Você está na página 1de 24

Alteração da informação de tipo de estabelecimento para

adequação ao código CNAE (Classificação Nacional de Atividade


Econômica)

A partir do final de 2018, o Estado de Minas Gerais passou a adotar a Classificação Nacional de
Atividades Econômicas – CNAE – na determinação de risco para licenciamento sanitário, com
efeito direto sobre as atividades de inspeção sanitária realizadas pelo Estado e pelos
Municípios.

Em sua atualização mais recente, a RESOLUÇÃO SES/MG N° 6.963, DE 04 DE DEZEMBRO DE


2019, estabelece no artigo 11 que o Alvará Sanitário será único por estabelecimento, e que
nele devem constar as denominações e os códigos das atividades econômicas licenciadas de
acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Oportunamente, destacamos que essa providência (a utilização do CNAE no alvará) torna o


documento mais descritivo, sendo possível a um mesmo estabelecimento desenvolver
múltiplas atividades econômicas, devendo todas aquelas que forem sujeitas a controle
sanitário constarem no Alvará.

De forma a harmonizar os procedimentos, o Grupo Técnico Vigi-Risco implementou mudanças


na estrutura do formulário para que a declaração do tipo de estabelecimento reflita a forma
de declaração a ser empregada no Estado.

Na prática, ainda que determinemos grandes grupos por características (todos os consultórios,
por exemplo) e apresentemos separações que não se determinam por atividade (por exemplo,
dois fabricantes de pão de queijo, sendo um do grupo “Indústria de alimentos -
microempreendedor individual”, e outro de “Indústria de alimentos de grande porte,
conforme os critérios da Resolução 222/2006-ANVISA”), o formulário desse ano procura
apresentar alterações que compatibilizem ao máximo os CNAE que devem constar no alvará e
os dados coletados sobre o risco sanitário.

Complementarmente, apresentamos aqui para consulta, no ANEXO I, uma tabela de


compatibilização do CNAE declarado por uma empresa e os grupos temáticos do formulário
(área da VISA e tipo de estabelecimento).

O objetivo dessa tabela é permitir a conferência da atividade econômica no grupo temático da


notificação. Lembramos ainda que esse documento tem caráter orientativo, e não se constitui
determinação pétrea, portanto, caso alguma incongruência ou incompatibilidade seja
encontrada, o Grupo Técnico Vigi-Risco ou sua Unidade Regional de Saúde devem ser
consultados.

Adicionalmente, disponibilizamos, no ANEXO II, a Nota Técnica nº 17/SES/SUBVS-SVS-


DVAL/2019, constante do processo SEI Nº 1320.01.0108605/2019-76. Embora seja uma nota
produzida com base na Resolução SES 6460/2018 e seu teor seja voltado à área de alimentos,
o conteúdo e os princípios utilizados para a determinação da atividade econômica de um
estabelecimento são comuns a todas as áreas da Vigilância Sanitária, podendo a Nota Técnica
ser um auxílio na execução dessa tarefa.
Informamos que uma nota técnica mais compreensiva e de caráter geral está sendo produzida,
e será divulgada assim que possível.

Esse Grupo Técnico Vigi-Risco se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos na


expectativa que a continuidade dos trabalhos e da parceria entre os sistemas Estadual e
Municipais de Vigilância Sanitária seja benéfica, frutífera e útil a todos os envolvidos.
ANEXO I
Correspondências possíveis entre os Grupos Temáticos da PLANILHA DE NOTIFICAÇÕES DE
RISCOS E SITUAÇÕES DE RISCOS e os CNAE sujeitos a licenciamento sanitário conforme a
RESOLUÇÃO SES/MG N° 6.963, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2019.

ALIMENTOS
Comércio varejista de carnes - açougues 4722-9/01
Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas 5611-2/02
Serviços de alimentação para eventos e recepções - bufê (mais de 750 5620-1/02
refeições diárias) 5620-1/01
Serviços de alimentação para eventos e recepções - bufê (menos de 750 5620-1/02
refeições diárias) 5620-1/01
Cantinas - serviços de alimentação privativos (mais de 750 refeições 5620-1/03
diárias) 5620-1/01
Cantinas - serviços de alimentação privativos (menos de 750 refeições 5620-1/03
diárias) 5620-1/01
Comércio varejista de alimentos 4712-1/00
4721-1/03
4721-1/04
4723-7/00
4724-5/00
4729-6/02
4729-6/99
5620-1/04
Fornecimento de alimentos preparados - Cozinha industrial (mais de 750 5620-1/01
refeições por dia) 5620-1/04
Fornecimento de alimentos preparados - Cozinha industrial (menos de 750 5620-1/01
refeições por dia) 5620-1/04
Distribuidora de alimentos comercialização, fracionamento ou 1061-9/01
acondicionamento de alimentos 1081-3/01
1081-3/02
4621-4/00
4622-2/00
4623-1/05
4623-1/08
4623-1/99
4631-1/00
4632-0/01
4632-0/02
4632-0/03
4633-8/01
4633-8/02
4634-6/01
4634-6/02
4634-6/03
4634-6/99
4635-4/01
4635-4/02
4635-4/03
4635-4/99
4637-1/01
4637-1/02
4637-1/03
4637-1/04
4637-1/05
4637-1/06
4637-1/07
4637-1/99
4639-7/01
4639-7/02
4691-5/00
4693-1/00
5211-7/01
5211-7/99
Comércio atacadista de Embalagens - Distribuidora de embalagens de 4686-9/02
alimentos
Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de 4711-3/01
produtos alimentícios - hipermercados
Indústria de alimentos - agricultura familiar/ produtor rural 0892-4/03
1031- 7/00
1032-5/01
1032-5/99
1033-3/02
1041-4/00
1043-1/00
1042-2/00
1053-8/00
1061-9/01
1061-9/02
1062-7/00
1063-5/00
1064-3/00
1065-1/01
1065-1/02
1065-1/03
1069-4/00
1071-6/00
1072-4/01
1072-4/02
1081-3/01
1081-3/02
1082-1/00
1091-1/01
1091-1/02
1092-9/00
1093-7/01
1093-7/02
1094-5/00
1095-3/00
1096-1/00
1099-6/02
1099-6/03
1099-6/04
1099-6/05
1099-6/06
1099-6/07
1099-6/99
1121-6/00
1122-4/04
1122-4/99
2071-1/00
5620-1/01
5620-1/04
Indústria de alimentos – empresa de médio porte (conforme os critérios da 0892-4/03
RDC 222/2006-ANVISA) 1031- 7/00
1032-5/01
1032-5/99
1033-3/02
1041-4/00
1043-1/00
1042-2/00
1053-8/00
1061-9/01
1061-9/02
1062-7/00
1063-5/00
1064-3/00
1065-1/01
1065-1/02
1065-1/03
1069-4/00
1071-6/00
1072-4/01
1072-4/02
1081-3/01
1081-3/02
1082-1/00
1091-1/01
1091-1/02
1092-9/00
1093-7/01
1093-7/02
1094-5/00
1095-3/00
1096-1/00
1099-6/02
1099-6/03
1099-6/04
1099-6/05
1099-6/06
1099-6/07
1099-6/99
1121-6/00
1122-4/04
1122-4/99
2071-1/00
5620-1/01
5620-1/04
Indústria de alimentos - microempreendedor individual 0892-4/03
1031- 7/00
1032-5/01
1032-5/99
1033-3/02
1041-4/00
1043-1/00
1042-2/00
1053-8/00
1061-9/01
1061-9/02
1062-7/00
1063-5/00
1064-3/00
1065-1/01
1065-1/02
1065-1/03
1069-4/00
1071-6/00
1072-4/01
1072-4/02
1081-3/01
1081-3/02
1082-1/00
1091-1/01
1091-1/02
1092-9/00
1093-7/01
1093-7/02
1094-5/00
1095-3/00
1096-1/00
1099-6/02
1099-6/03
1099-6/04
1099-6/05
1099-6/06
1099-6/07
1099-6/99
1121-6/00
1122-4/04
1122-4/99
2071-1/00
5620-1/01
5620-1/04
Indústria de alimentos – microempresa e empresa de pequeno porte 0892-4/03
(conforme os critérios da RDC 222/2006-ANVISA) 1031- 7/00
1032-5/01
1032-5/99
1033-3/02
1041-4/00
1043-1/00
1042-2/00
1053-8/00
1061-9/01
1061-9/02
1062-7/00
1063-5/00
1064-3/00
1065-1/01
1065-1/02
1065-1/03
1069-4/00
1071-6/00
1072-4/01
1072-4/02
1081-3/01
1081-3/02
1082-1/00
1091-1/01
1091-1/02
1092-9/00
1093-7/01
1093-7/02
1094-5/00
1095-3/00
1096-1/00
1099-6/02
1099-6/03
1099-6/04
1099-6/05
1099-6/06
1099-6/07
1099-6/99
1121-6/00
1122-4/04
1122-4/99
2071-1/00
5620-1/01
5620-1/04
Indústria de alimentos de grande porte (conforme os critérios da 0892-4/03
Resolução 222/2006-ANVISA) 1031- 7/00
1032-5/01
1032-5/99
1033-3/02
1041-4/00
1043-1/00
1042-2/00
1053-8/00
1061-9/01
1061-9/02
1062-7/00
1063-5/00
1064-3/00
1065-1/01
1065-1/02
1065-1/03
1069-4/00
1071-6/00
1072-4/01
1072-4/02
1081-3/01
1081-3/02
1082-1/00
1091-1/01
1091-1/02
1092-9/00
1093-7/01
1093-7/02
1094-5/00
1095-3/00
1096-1/00
1099-6/02
1099-6/03
1099-6/04
1099-6/05
1099-6/06
1099-6/07
1099-6/99
1121-6/00
1122-4/04
1122-4/99
2071-1/00
5620-1/01
5620-1/04
Fabricação de embalagens de material plástico - Indústria de embalagens 2222-6/00
de alimentos e de adesivos e selantes alimentares 2091-6/00
Fabricação de embalagens de vidro - Indústria de embalagens de 2312-5/00
alimentos
Fabricação de embalagens metálicas - Indústria de embalagens de 2591-8/00
alimentos
Fabricação de produtos cerâmicos refratários ou não refratários -Indústria 2341-9/00
de embalagens de alimentos 2349-4/99
Fabricação de embalagens de papel - Indústria de embalagens de 1731-1/00
alimentos 1732-0/00
1733-8/00
Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares 5611-2/03
Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de 4712-1/00
produtos alimentícios - minimercados, mercearias e armazéns
Padaria 1091-1/02
4637-1/04
4721-1/02
Peixaria 4722-9/02
Fornecimento de alimentos preparados - Restaurante (mais de 750 5611-2/01
refeições) 5620-1/01
5620-1/04
Fornecimento de alimentos preparados - Restaurante (menos de 750 5611-2/01
refeições) 5620-1/01
5620-1/04
Serviço ambulante de alimentação 5612-1/00
Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de 4711-3/02
produtos alimentícios - supermercados
Tabacaria 4729-6/01
Transportadora de alimentos 4930-2/01
4930-2/02
4930-2/03
5120-0/00
5320-2/02

MEDICAMENTOS, COSMÉTICOS E SANEANTES


Armazenadora de Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 5211-7/01
5211-7/99
Distribuidoras de Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 4646-0/01
4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Importador de cosméticos, insumos de cosméticos, produtos de higiene e 4646-0/01
perfumes 4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Exportador de cosméticos, insumos de cosméticos, prod. de higiene e 4646-0/01
perfumes 4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Importador de insumos para cosméticos, produtos de higiene e perfumes 4684-2/99
Exportador de insumos para cosméticos, produtos de higiene e perfumes 4684-2/99
Armazenadora de Insumos Farmacêuticos 5211-7/01
5211-7/99
Distribuidora de Insumos Farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Importadora de insumos farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Exportadora de insumos farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Armazenadora de Medicamentos 5211-7/01
5211-7/99
Distribuidoras de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Importadora de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Exportadora de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Armazenadora de produtos para saúde 5211-7/01
5211-7/99
Distribuidora de Produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Importador de Produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Exportadora de produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Armazenadora de Saneantes 5211-7/01
5211-7/99
Distribuidora de saneantes e domissanitários 4649-4/08
4684-2/99
Importadora de saneantes e domissanitários 4649-4/08
4684-2/99
Exportadora de saneantes e domissanitários 4649-4/08
4684-2/99
Importadora de insumos para saneantes, domissanitários e insumos de 4684-2/99
saneantes
Comércio varejista de produtos de higiene, perfumes e cosméticos 4713-0/01
4713-0/02
4713-0/03
4729-6/01
4729-6/02
4772-5/00
Comércio varejista de produtos para saúde 4773-3/00
4729-6/02
4789-0/99
Comércio varejista de saneantes 4789-0/99
Drogaria 4771-7/01
4729-6/02
Ervanaria 4771-7/01
Farmácia de Manipulação 4771-7/02
4771-7/03
Indústria de cosméticos, produtos de higiene e perfumes 1742-7/01
1742-7/02
1931-4/00
2063-1/00
2219-6/00
2229-3/01
3291-4/00
Indústria de insumos para Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes. 2110-6/00
Fabricante de Medicamentos 2014-2/00
2121-1/01
2121-1/03
2121-1/02
2123-8/00
Fabricantes de Produtos para saúde 3250-7/04
3250-7/03
2660-4/00
2219-6/00
3092-0/00
3292-2/02
2670-1/01
3250-7/01
3250-7/05
2829-1/99
2123-8/00
2071-1/00
72.10-0-00
Indústria de saneantes e domissanitários 1931-4/00
2011-8/00
2019-3/99
2052-5/00
2061-4/00
2062-2/00
2063-1/00
Fabricantes de insumos para Saneantes 2110-6/00
Fabricante de insumos farmacêuticos 2110-6/00
Posto de medicamentos 4771-7/01
Serviços de dedetização, desratização, descupinização e similares 8122-2/00
Transportadora de Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 4911-6/00
4930-2/01
4930-2/02
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
Transportadora de Medicamentos 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Transportadora de insumos farmacêuticos 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Transportadora de produtos para saúde 4911-6/00
4930-2/01
4930-2/02
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
Transportadora de Produtos Saneantes 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Fabricante de Medicamentos 2014-2/00
2121-1/01
2121-1/03
2121-1/02
2123-8/00
Fabricante de insumos farmacêuticos 2110-6/00
Distribuidoras de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Distribuidora de Insumos Farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Armazenadora de Medicamentos 5211-7/01
5211-7/99
Armazenadora de Insumos Farmacêuticos 5211-7/01
5211-7/99
Importadora de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Importadora de insumos farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Exportadora de Medicamentos 4644-3/01
4684-2/99
Exportadora de insumos farmacêuticos 4644-3/01
4684-2/99
Transportadora de Medicamentos 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Transportadora de insumos farmacêuticos 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Farmácia de Manipulação 4771-7/02
4771-7/03
Drogaria 4771-7/01
4729-6/02
Posto de medicamento 4771-7/01
Ervanaria 4771-7/01
Fabricantes de Produtos para saúde 3250-7/04
3250-7/03
2660-4/00
2219-6/00
3092-0/00
3292-2/02
2670-1/01
3250-7/01
3250-7/05
2829-1/99
2123-8/00
2071-1/00
72.10-0-00
Distribuidora de Produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Importador de Produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Exportadora de produtos para saúde 4645-1/01
4664-8/00
4645-1/03
Armazenadora de produtos para saúde 5211-7/01
5211-7/99
Transportadora produtos para saúde 4911-6/00
4930-2/01
4930-2/02
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
Comércio varejista de produtos para saúde 4773-3/00
4729-6/02
4789-0/99
Indústria de cosméticos, produtos de higiene e perfumes 1742-7/01
1742-7/02
1931-4/00
2063-1/00
2219-6/00
2229-3/01
3291-4/00
Indústria de insumos para Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes. 2110-6/00
Importador de cosméticos, insumos de cosméticos, produtos de higiene e 4646-0/01
perfumes 4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Importador de insumos para cosméticos, produtos de higiene e perfumes 4684-2/99
Exportador de cosméticos, insumos de cosméticos, prod. de higiene e 4646-0/01
perfumes 4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Exportador de insumos para cosméticos, produtos de higiene e perfumes 4684-2/99
Distribuidoras de Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 4646-0/01
4646-0/02
4649-4/08
4649-4/09
4684-2/99
Armazenadora de Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 5211-7/01
5211-7/99
Transportadora Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes 4911-6/00
4930-2/01
4930-2/02
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/01
5021-1/02
Comércio varejista de produtos de higiene, perfumes e cosméticos 4713-0/01
4713-0/02
4713-0/03
4729-6/01
4729-6/02
4772-5/00
Indústria de saneantes e domissanitários 1931-4/00
2011-8/00
2019-3/99
2052-5/00
2061-4/00
2062-2/00
2063-1/00
Fabricantes de insumos para Saneantes 2110-6/00

Importadora de saneantes e domissanitários 4649-4/08


4684-2/99
Importadora de insumos para saneantes, domissanitários e insumos de 4684-2/99
saneantes

Exportadora de saneantes e domissanitários 4649-4/08


4684-2/99
Distribuidora de saneantes e domissanitários 4649-4/08
4684-2/99
Armazenadora de Saneantes 5211-7/01
5211-7/99
Transportadora Produtos Saneantes 4911-6/00
5011-4/01
5012-2/01
5021-1/02
5021-1/01
4930-2/01
4930-2/02
Comércio varejista de saneantes 4789-0/99

Serviços de dedetização, desratização, descupinização e similares 8122-2/00

SERVIÇOS DE SAÚDE
- Atividades de atenção ambulatorial executadas por médicos e odontólogos
Atividades médica ambulatorial 8630-5/01
8630-5/02
8630-5/03
Atividade odontológica - Estabelecimentos de Assistência Odontológica 8630-5/04
Serviços de vacinação e imunização humana 8630-5/06
Atividades de reprodução humana assistida 8630-5/07
Atividades de atenção ambulatorial não especificadas anteriormente 8630-5/99
- Atividades de assistência a idosos, deficientes físicos, imunodeprimidos e convalescentes
prestadas em residências coletivas e particulares
Atividades de assistência a idosos, deficientes físicos, imunodeprimidos e 8711-5/01
convalescentes prestadas em residências coletivas e particulares 8711-5/03
8711-5/04
8711-5/05
Instituições de longa permanência para idosos - ILPI 8711-5/02
- Atividades de assistência psicossocial e à saúde a portadores de distúrbios psíquicos,
deficiência mental e dependência química
Atividades de centros de assistência psicossocial 8720-4/01
8720-4/99
Comunidades terapêuticas 8720-4/99
- Atividades de assistência social
Orfanatos 8730-1/01
Atividades de assistência social 8730-1/02
8730-1/99
- Atividades de atendimento hospitalar
Atividades de atendimento hospitalar 8610-1/01
8610-1/02
- Atividades de ensino
Educação infantil - creche 8511-2/00
Atividades de ensino 8512-1/00
8513-9/00
8520-1/00
8591-1/00
8531-7/00
8532-5/00
8533-3/00
8541-4/00
8542-2/00
- Atividades de fornecimento de infra-estrutura de apoio e assistência a paciente no
domicílio
Atividades de fornecimento de infraestrutura de apoio e assistência a 8712-3/00
paciente no domicílio (Home-care)
- Atividades de limpeza
Limpeza em prédios e em domicílios 8121-4/00
Serviço de reprocessamento e esterilização de materiais médico-hospitalar 8129-0/00
Atividades de limpeza não especificadas anteriormente 8129-0/00
- Atividades de profissionais da área de saúde, exceto médicos e odontólogos
Atividades de profissionais da área de saúde 8650-0/01
8650-0/02
8650-0/03
8650-0/05
8650-0/06
8650-0/99
Atividades de fisioterapia 8650-0/04
Atividades de terapia de nutrição enteral e parenteral 8650-0/07
- Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica
Laboratórios de anatomia patológica e citológica 8640-2/01
Laboratórios clínicos 8640-2/02
Laboratório de histocompatibilidade e genética e Biologia molecular 8640-2/02
Serviços de diálise e nefrologia 8640-2/03
Serviços de tomografia 8640-2/04
Serviços de diagnóstico por imagem com uso de radiação ionizante, exceto 8640-2/05
tomografia
Serviços de ressonância magnética 8640-2/06
Serviços de diagnóstico por imagem sem uso de radiação ionizante, exceto 8640-2/07
ressonância magnética
Serviços de diagnóstico por registro gráfico - ECG, EEG e outros exames 8640-2/08
análogos
Serviços de diagnóstico por métodos ópticos - endoscopia e outros exames 8640-2/09
análogos
Serviços de quimioterapia 8640-2/10
Serviços de radioterapia 8640-2/11

Serviços de hemoterapia 8640-2/12


Serviços de litotripsia 8640-2/13
Serviços de bancos de células e tecidos humanos 8640-2/14
Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica não 8640-2/99
especificadas anteriormente
- Atividades esportivas, recreação e lazer
Atividades de condicionamento físico 9313-1/00
Atividades esportivas, recreação e lazer 9312-3/00
9321-2/00
- Atividades funerárias e serviços relacionados
Atividades funerárias e serviços relacionados 9603-3/03
9603-3/04
9603-3/01
9603-3/99
Serviços de cremação 9603-3/02
Serviços de necropsia 9603-3/99
Serviços de somatoconservação 9603-3/05
- Cabeleireiros e outras atividades de tratamento de beleza
Cabeleireiros 9602-5/01
Manicure e pedicure 9602-5/01
Atividades de Estética e outros serviços de cuidados com a beleza 9602-5/02
- Lavanderias, tinturarias e toalheiros
Lavanderias 9601-7/01
Toalheiros 9601-7/03
- Óptica
Serviço de laboratório óptico 3250-7/09
Comércio varejista de artigos de óptica 4774-1/00
- Outras atividades de atenção à saúde humana
Atividades de práticas integrativas e complementares em saúde humana 8690-9/01
Atividades de bancos de leite humano 8690-9/02
Atividades de acupuntura 8690-9/03
Atividades de podologia 8690-9/04
Outras atividades de atenção à saúde humana não especificadas 8690-9/99
anteriormente
- Serviços de hospedagem
Hotéis e similares 5510-8/01
Apart-hotéis 5510-8/02
Motéis 5510-8/03
Albergues, exceto assistenciais 5590-6/01
Campings 5590-6/02
Pensões (alojamento) 5590-6/03
Outros alojamentos não especificados anteriormente 5590-6/99
- Serviços móveis de atendimento a urgências e de remoção de pacientes
UTI móvel 8621-6/01
Serviços móveis de atendimento a urgências, exceto por UTI móvel 8621-6/02
Serviços de remoção de pacientes, exceto os serviços móveis de 8622-4/00
atendimento a urgências
- Transporte de produtos relacionados à saúde
Transporte de produtos relacionados à saúde 4911-6/00
4930-2/03
5021-0/01
5021-0/02
4930-2/01
4930-2/02
5120-0/00
- Outros
Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE 9430-8/00
Atividades de sauna e banhos 9609-2/05
Atividades veterinárias 7500-1/00
Serviços de assistência social sem alojamento 8800-6/00
Serviços de prótese dentária 3250-7/06
Serviços de tatuagem e colocação de piercing 9609-2/06
Terminais rodoviários e ferroviários 5222-2/00
ANEXO II
Nota Técnica nº 17/SES/SUBVS-SVS-DVAL/2019, do processo SEI Nº 1320.01.0108605/2019-76.

Orientações aos trabalhadores de VISA quanto a Classificação Nacional de Atividades


Econômicas e a determinação de risco de licenciamento para estabelecimentos de Alimentos

Alimentar-se é um dos alicerces da própria existência, e talvez por esse motivo, os


estabelecimentos de alimentos são, via de regra, os primeiros estabelecimentos comerciais de
todas as ocupações humanas.

A sujeição dos estabelecimentos que produzem e manipulam alimentos à fiscalização sanitária


se estabeleceu desde muito cedo em nossa legislação, sendo importante citarmos os artigos
45 a 47 do Decreto-Lei Nº 986, de 21 de outubro de 1969, que já instituíam a necessidade de
inspeção prévia e alvará para seu funcionamento e culminando, neste Estado, em nosso
Código de Saúde do Estado de Minas Gerais. O Código de Saúde determina o controle sanitário
dos estabelecimentos que produzem, beneficiam, manipulam, fracionam, embalam,
reembalam, acondicionam, conservam, armazenam, transportam, distribuem, importam,
exportam, vendem ou dispensam alimentos, bebidas, matérias-primas alimentares, produtos
dietéticos, aditivos, coadjuvantes, artigos e equipamentos destinados ao contato com
alimentos (art. 80, art. 82) e a necessidade de alvará sanitário condicionada a requisitos
técnicos e à inspeção (art. 85).

Ocorre que a modernização dos padrões de produção e consumo e a implementação da gestão


de risco como fundamento balizador das atividades de fiscalização sanitária nos últimos anos
determinaram a necessidade não apenas de compatibilizar os parâmetros empregados entre
os diferentes entes governamentais, mas também de estabelecer o universo de ação da
Vigilância Sanitária para fins de licenciamento, inclusive trazendo inovações na forma de
licenciamento.

Uma dessas inovações consiste na adoção pelos serviços de Vigilância Sanitária da Classificação
Nacional de Atividades Econômicas, o CNAE, como identificador das atividades econômicas
sujeitas ao controle sanitário, e através dele estabelecer a classificação de risco dessas
atividades para fins de licenciamento sanitário.

Essa adesão foi materializada na edição da Resolução SES/MG Nº 6460 de 06 de novembro de


2018, que conforme sua própria ementa “Adota a Classificação Nacional de Atividades
Econômicas – CNAE – para as atividades econômicas sujeitas ao controle sanitário, estabelece
sua classificação de risco para fins de licenciamento sanitário e dispõe sobre a
responsabilidade de licenciamento sanitário do Estado e dos Municípios no âmbito do estado
de Minas Gerais”.

Conforme definido na mencionada Resolução Estadual, o alvará sanitário é o documento


emitido pelo órgão de vigilância sanitária do Sistema Único de Saúde que habilita a operação
de atividade específica sujeita à vigilância sanitária. Essa atividade específica é identificada a
partir da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e, se houver, da lista de
estabelecimentos auxiliares a ela associados, regulamentadas pela Comissão Nacional de
Classificação (CONCLA).

Isso quer dizer que, ainda que a determinação da atividade a ser exercida por um
estabelecimento e os moldes em que ele a realizará sejam responsabilidades do
empreendedor e não uma atribuição da Vigilância Sanitária, os serviços de VISA necessitam de
conhecimento suficiente sobre o assunto, seja pela realidade dos estabelecimentos de
alimentos (em especial os de baixo risco) e seu desconhecimento das normas sanitárias, seja
exclusivamente para, a partir das informações prestadas pelo responsável técnico do
estabelecimento que se pretende regularizar, identificar o CNAE e determinar as atividades
que vão figurar no alvará sanitário, (que deve refletir a real atividade econômica do
estabelecimento).

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE é uma tabela desenvolvida pela


Comissão Nacional de Classificação (CONCLA), sob a coordenação do Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE), e recomendada como instrumento de harmonização das
informações econômicas em âmbito internacional. Trata-se de uma classificação usada com o
objetivo de padronizar os códigos de identificação das unidades produtivas do país nos
cadastros e registros da administração pública nas três esferas de governo, contribuindo para a
melhoria da qualidade dos sistemas de informação que dão suporte às decisões e ações do
Estado, possibilitando, ainda, uma maior articulação inter sistemas.

A estrutura de códigos CNAE contempla as atividades de todos os agentes econômicos


responsáveis pela produção de bens e serviços do País, compreendendo atividades de
estabelecimentos empresariais e agrícolas, organismos públicos e privados, instituições sem
fins lucrativos e trabalhadores autônomos. Portanto a atividade licenciada (descrita no alvará)
deve coincidir com a atividade executada pelo estabelecimento, não sendo cabível que o
estabelecimento execute atividade, para a qual há CNAE previsto, utilizando CNAE divergente
do previsto para fins de licenciamento.

O CONCLA disponibiliza em seu website uma consulta online que permite encontrar todos os
CNAE das atividades econômicas do país (sejam elas passíveis ou não de inspeção sanitária) e
que está disponível em https://concla.ibge.gov.br/busca-online-cnae.html, conforme figura 1.
Figura 1: Aparência do acesso a página de busca de CNAE, CONCLA, 2019.

A inserção de palavras-chave traz descrições de todas as atividades que contêm esta palavra-
chave, individualmente designadas como “descritor”. Esse descritor permite determinar
código da atividade e o conjunto de atividades a ele associadas (as que possuem o mesmo
código), chamadas subclasses.

Deve-se tomar o cuidado de digitar com precisão, inclusive a acentuação, e diferenciar entre
singulares e plurais, já que a busca se limita às exatas ocorrências procuradas. Na figura 2, a
seguir, temos a exemplificação da página de resultados em busca por palavra-chave, tendo
sido usada a palavra “LEGUMES” a título de exemplificação. A busca pela palavra-chave
“LEGUME” não traria nenhum resultado.

Figura 2: Aparência da página de resultados de busca de CNAE utilizando-se a palavra-chave


“LEGUMES”, CONCLA, 2019.
A correta determinação de um descritor e, consequentemente, da subclasse de um
estabelecimento é de suma importância ao serviço de VISA, já que a citada Resolução SES/MG
Nº 6460 de 06 de novembro de 2018 não traz em seu bojo todos os descritores, e sim classifica
o risco em função das subclasses.

Na Figura 3, abaixo, tem-se a exemplificação de uma hierarquia de CNAE, utilizando para


exemplificação a atividade econômica Processamento de Legumes e Vegetais, o que apresenta
como resultado o código 1032-5/99 LEGUMES E VEGETAIS, PROCESSAMENTO DE.
Figura 3: Aparência da página de hierarquia na busca de CNAE utilizando-se o código 1032-
5/99 LEGUMES E VEGETAIS, PROCESSAMENTO DE, CONCLA, 2019.

Determinada a subclasse, é possível consultar seu código e sua denominação nos anexos da
Resolução SES/MG Nº 6460 de 06 de novembro de 2018 conforme seu risco para fins de
licenciamento, sendo que o ANEXO I traz as Atividades Econômicas de Alto Risco; o ANEXO II
elenca as Atividades Econômicas de Baixo Risco e o ANEXO III traz as Atividades Econômicas
Dependentes de Informações Complementares divididas em dois grupos: III.i - Atividades
Econômicas Dependentes de uma Informação, e III.ii - Atividades Econômicas Dependentes de
duas Informações.

Importante frisar que durante o processo de licenciamento, para as atividades econômicas


cuja determinação do risco dependa de informações complementares, ou seja, aquelas
elencadas no ANEXO III da Resolução, e em conformidade com seu artigo 4º, é o responsável
legal que deve responder às perguntas que remeterão para o alto risco, baixo risco ou não
passível de licenciamento sanitário.

Após a determinação da atividade e de seu risco para licenciamento, estabelecimentos cujas


atividades econômicas sejam classificadas como de alto risco deverão antes do início de sua
operação seguir o disposto na RESOLUÇÃO SES/MG Nº 5711 de 02 de maio de 2017 – norma
que Regulamenta procedimentos e documentação necessários para requerimento e protocolo
de concessão/renovação de Licença Sanitária e padroniza procedimento de emissão de Alvará
Sanitário pela Vigilância Sanitária do Estado de Minas Gerais, na qual constam os documentos
exigíveis e o procedimento que deve ser adotado para o processo de licenciamento sanitário.
Os procedimentos para o licenciamento de estabelecimentos de baixo risco constam da
própria Resolução SES/MG Nº 6460 de 06 de novembro de 2018.

Convém acrescentar que, para atender às solicitações e pedidos de informação provenientes


dos serviços de VISA, os estabelecimentos podem valer-se de seus próprios conhecimentos,
consultoria especializada (como contadores e contabilistas), órgãos públicos como o SEBRAE e
a EMATER, ou qualquer outro meio que acreditem cabível. O mesmo deve ser aplicado aos
enquadramentos empresariais e outras adequações fazendárias, fiscais e tributárias referentes
ao empreendimento.

Ainda que por vezes a Vigilância Sanitária demande apresentação de documentos em que
constem atividades econômicas e peculiaridades tributárias entre a lista de documentos
exigidos para licenciamento, esses aspectos não compõem o escopo de atuação da Vigilância
Sanitária.

Isso quer dizer que caso uma não-correspondência entre a atividade declarada e a atividade
exercida caracterize inexatidão ou insuficiência de documentação que determine
impossibilidade de emissão do alvará sanitário, o estabelecimento deve ser instruído a
procurar os órgãos competentes para os eventuais necessários ajustamentos. Por exemplo,
um Microempreendedor Individual sujeito a licenciamento de baixo risco nos termos da
Resolução SES/MG Nº 6.362, de 08 de agosto de 2018 deve apresentar o CCMEI – Certificado
da Condição de Microempreendedor Individual, mas caso a atividade que este deseja exercer
não conste do documento, esse desajustamento deve ser saneado antes da emissão do alvará
sanitário. Não sendo a Vigilância Sanitária competente para atuação nessas áreas (fazendárias,
fiscais e tributárias), o estabelecimento deve primeiro buscar o órgão responsável e adequar-
se de forma a possibilitar seu licenciamento.

Nessa oportunidade, o licenciamento sanitário nos termos das mencionadas resoluções não
desobriga o estabelecimento do cumprimento das demais normas pertinentes a sua atividade,
inclusive em relação à taxa para licenciamento sanitário, que, no âmbito do Estado de Minas
Gerais, é disciplinada pela Lei 6.763, de 26 de dezembro de 1975 e o Decreto 38.886 de 01 de
julho de 1997, que a regulamenta, e suas alterações posteriores.
Por fim, informamos que as citadas normas estaduais referentes ao licenciamento sanitário de
alimentos encontram-se disponíveis no portal da saúde e podem ser acessadas por meio do
link: http://www.saude.mg.gov.br/sobre/institucional/resolucoes, devendo ser reiterada a
informação de que os municípios têm competência para legislar suplementarmente nessa
matéria, devendo sua legislação específica ser consultada.

Caso persistam dúvidas, esta Diretoria de Vigilância em Alimentos - DVA encontra-se a


disposição por meio do endereço eletrônico gva.svs@saude.mg.gov.br.