Você está na página 1de 5

REVISÃO DE QUÍMICA Valor: Nota:

Professor (a): Diogo Lopes


2º Ano – 1º Bim
Goiânia: 02 / 05 / 2011
Aluno (a): Nº

Cabe ao homem lutar, mas ao Céu dar o sucesso.


“E farás o que é reto e bom aos olhos do Senhor, para que bem te suceda”. Deuter. 6.18

Lista de química – revisão


1- O elemento químico tungstênio de símbolo W, é muito a) as afirmações I e II são verdadeiras.
utilizado em filamentos de lâmpadas incandescentes b) as afirmações II e III são verdadeiras.
comuns. Quando ligado a elementos como carbono ou c) as afirmações I, II e III são verdadeiras.
boro, forma substâncias quimicamente inertes e duras. O d) todas são verdadeiras. e) todas são falsas.
carbeto de tungstênio, WC é muito utilizado em ponteiras
de ferramentas como perfuratrizes, esmeris, lixas para 5- Calcule a energia de ligação Br- Br a partir dos
metais, etc. Essa substância pode ser obtida pela reação: seguintes dados:
C(grafite) + W (s) → WC(s) Br2(g) + H2(g) → 2HBr(g) + 25000 cal
A partir das reações a seguir, calcule o H de formação H- H = 104 kcal. Mol-1
para o WC(s) H - Br = 87,5 kcal. Mol-1
Dados: a) 166 kcal/mol b) 46 kcal/mol c) 71 kcal/mol ]
W(s) + 3/2 O2 → WO3(s) ΔHcombutstão = 840 kJ/mol; d) 25 kcal/mol e) 216 Kcal/mol
C(GRAF) + O2(g) → CO2(g) ΔHcombustão = 4kJ/mol;
WC(s) + 5/2 → WO3(s) + CO2(g) ΔHcombustão = -1196 6- Considere as seguintes energias de ligação: kcal.mol-1:
kJ/mol C- CI = -81 C- H = -99 C = O = -178 C-O = -86
a) -19 kJ/mol. H-O = -110
b) - 2430 kJ/mol. Qual dos compostos abaixo requer maior energia para se
c) +2430 kJ/mol. dissociar completamente em átomos quando aquecemos
d) -38 kJ/mol. 1 mol desse composto no estado gasoso?
e) +38 kJ/mol.

2- Considerando os processos:
I) H2(g) + ½ O2 → H2O(l) ΔH = -68,3kcal
II) H2(g) + ½ O2 → H2O(g) ΔH = -57,8kcal
O valor de ΔH para H2O(g) se convertendo em H2O(l) será
de:
a) -126,1 kcal. b) -10, 5 kcal. c) -97, 2 kcal. d) -136, 6
kcal.
e) – 21 Kcal.

3- Dadas as seguintes entalpias de reação:


C (s) → C (g} ΔH = + 170,9 kcal/mol
2H(g) → 4H (g) ΔH = + 208,4 kcal/mol 7- Calcule a variação de entalpia na reação:
C(s) + 2H2 (g}→ CH4 (g) ΔH = - 17,9 kcal/mol 2HBr (g) + Cl2 (g) → 2HCl (g) + Br2 (g)
Indique a opção que apresenta energia de ligação H- C Conhecendo as seguintes energias de ligação (todas nas
aproximada: mesmas condições de pressão e temperatura):
a) 5 kcal/mol b) 20 kcal/mol c) 50 Kcal/mol d) 100 H- Br = 87.4 kcal/mol CI- CI = 57,9 kcal/mol
kcal/mol e) 400 kcal/mol H- CI = 103,1 kcal/mol Br- Br = 46,1 kcal/mol
a) + 232.7kcal b) +19,6 kcal c) -149,2 kcal d) +145,3kcal
4- Considere as seguintes afirmações, segundo a lei de e) -19,6 Kcal
Hess:
I) O calor de reação (ΔH) depende apenas dos estados 8- Dadas às energias de dissociação (no estado gasoso)
inicial e final do processo. abaixo:
II) As H- H: ΔH = + 104 kcal/mol; H- CI: ΔH = +103 kcal/mol;
equaçõestermoqufmicaspodemsersomadascomosefosse CI- CI: ΔH = +58 kcal/mol;
mequaçõesmatemáticas. Conclui-se que o calor da reação H2(g) + CI2 (g) → 2HCI
III) Podemos inverter uma equação termoquímica desde (g) será igual a:

que o sinal de ΔH seja invertido. a) - 206 kcal b) - 59 kcal c) - 103 kcal d) - 44 kcal
IV) Se o estado final do processo for alcançado por e) - 22 Kcal
vários caminhos, o valor de ΔH dependerá dos estados
intermediários, através do qual o sistema pode passar. 9- Considerando a reação de dissolução do cloreto de
Conclui-seque: sódio em água:
NaCl(s) + água  Na+(aq) + Cl-(aq) ∆H = - 0,9
kcal/mol 18- Acima de que temperatura a reação ½ I2(g) + ½ Cl2(g)
Podemos afirmar que este processo é:  ICl(g) torna-se espontânea?
a) exotérmico; b) endotérmico; c) isotérmico; d) atérmico; (ΔH = 8,4 kcal/mol; ΔS = 37 cal/K . mol)

10- Considerando as energias de ligação (∆H) dos ácidos 19- Acima de que temperatura, a reação H2(g) + ½ O2(g)
inorgânicos  H2O(g) torna-se espontânea?
Ácido Ligação ∆H (kcal/mol) 25 °C, 1 atm (ΔH = -58,1 kcal/mol; ΔS = -10,6 cal/K . mol.)
HF H—F +135,0
HCl H — Cl +103,0
HBr H — Br +88,0
20- São dadas as seguintes energias de ligação:
Ligação Energia (kJ/mol de ligação formada)
HI H—I +71,4
H—Cl -431,8
analise as afirmativas: H—F -563,2
I-. Os valores de ∆H são positivos, porque a quebra de Cl—Cl -242,6
ligações é um processo exotérmico. F—F -153,1
II.- Dentre os compostos dados, HI é o menos estável. Com os dados fornecidos, é possível prever que a reação
III.- HF possui ligação mais fraca que o HI. 2HCl(g) + F2(g)  2HF(g) + Cl2(g)
Está(ao) correta(s): tenha ∆H, em kJ, da ordem de:
a) apenas I. b) apenas III. c) apenas II e III d) apenas II. a) -352,3, sendo exotérmica.
b) -220,9. sendo endotérmica.c) -220,9 sendo
11- Com base na tabela abaixo, determine a variação de exotérmica.
entalpia para a reação seguinte: d) + 352,3, sendo endotérmica.
3 Cl2 + 2 NH3  6 HCl + N2
Energias de ligação (kcal/mol) 21- As equações I, II e III representam as combustões de
H—N -93 metanol, carbono e hidrogênio:
H—H -104
C—C -83
I. CH3OH(l) + 3/2 O2(g)  CO2(g) + 2 H2O(l)
H—CL -103 ΔH1
N—N -38 II. C(s) + O2(g)  CO2(g)
Cl—CL -58 ΔH2
N≡N -225 III. 2 H2(g) + O2(g)  2 H2O(l)
a) 152 kcal b) 0 kcal c) 222 kcal d) -111 kcal ΔH3

12- Considerando os processos: A parir dessas equações e de seus ΔH, a reação de


I) H2 + ½ O2 H2O(L) ΔH = - 68,3 Kcal formação de metanol, representada pela equação:
II) H2 + ½ O2 H2O(g) ΔH = - 57,8 Kcal C(s) + 2 H2(g) + ½ O2(g)  CH3OH(l)
Ao final devemos ter: tem ΔH igual a:
H2O(L) H2O(g) qual será o valor do ΔH dessa a) ΔH1 + ΔH2 + ΔH3 b) ΔH1 + ΔH2 - ΔH3 c) -ΔH1 + ΔH2 +
reação final: ΔH3
a) + 126,1 Kcal b) – 97,2 Kcal c) – 10,5 Kcal d) – 136,6 d) ΔH1 + ΔH2 + (ΔH3/2) e) ΔH1 - ΔH2 + ΔH3
Kcal
22- Os propelentes de aerossol são normalmente
13- Sejam os dados abaixo: clorofluorcarbonos (CFCs), como freon-11 (CFCl3) e
I. Entalpia de formação da H2O(L) = -68 kcal/mol freon-12 (CF2Cl2). Tem sido sugerido que o uso
II. Entalpia de formação do CO2(g) = -94 kcal/mol continuado destes pode reduzir a blindagem de ozônio
III. Entalpia de combustão do C2H5OH = - 327 kcal/mol na estratosfera, com resultados catastróficos para os
A entalpia de formação do etanol é: habitantes de nosso planeta. Na estratosfera, os CFCs e
a) 15,5 kcal/mol b) 3,5 kcal/mol c) 28 kcal/mol o O2 absorvem radiação de alta energia e produzem,
d) -45 kcal/mol e) -65 kcal/mol respectivamente, átomos Cl. Dadas as equações
termoquímicas:
14- Dada a equação: O2 + Cl  ClO + O2 ΔH = +64 kcal
N2(g) + 3 H2(g)  2 NH3(g) ΔH° = -22,0 kcal O3 + Cl  ClO + O2 ΔH = - 30 kcal
sistema 1 sistema 2 Calcular o valor de ΔH, em módulo e em quilocalorias,
Perguntam-se: para a reação da remoção de ozônio, representada pela
a) Em qual dos dois sistemas a entalpia é maior? equação O3 + O  2 O2 .
b) Em qual dos dois sistemas a entropia é maior?
23- Dadas as equações termoquímicas:
15- Calcule a variação de entropia (ΔS) da reação H2(g) + C(grafite) + O2(g)  CO2(g) ΔH = -94,1 kcal
I2(g)  2 HI(g) a 25 °C, sabendo que, nessa temperatura, H2(g) + ½ O2(g)  H2O(l) ΔH = -68,3 kcal
as entropias padrão são: H2(g): 31,2 cal/K . mol; I2(g): 27,9 CH4(g) + 2 O2(g)  CO2(g) + 2 H2O(l) ΔH = - 212 kcal
cal/K . mol; HI(g): 49,3 cal/K . mol. Calcule o valor do ΔH da reação C(grafite) + 2 H2(g) 
CH4(g)
16- Calcule a variação de entropia da reação: H2(g) + ½
O2(g)  H2O(g). (Entropias padrão, na temperatura da 24- São dadas as equações termoquímicas,
reação, em cal/K . mol, para: H2(g): 31,2; O2(g): 49,0; 2 H2(g) + O2(g)  2 H2O(l) ΔH° = -136,6 kcal
H2O(g): 45,1.) N2O5(g) + H2O(l)  2 HNO3(l) ΔH° = -18,3 kcal
½ N2(g) + 3/2 O2(g) + ½H2(g)  HNO3(l) ΔH° = -41,6
17- Para uma reação, sabe-se que ΔH = 20 kcal/mol e kcal
ΔS = 80 cal/mol . K. Qual o ΔG dessa reação a 1000 K?

2
Pode-se afirmar que a entalpia de formação (ΔHf°) do b) Considerando o calor envolvido, classificar as reações
óxido de nitrogênio V é: (I), (II) e (III).
a) -133,2 kcal/mol c) +174,9 kcal/mol e) +3,4 kcal/mol
b) +133,2 kcal/mol d) -3,4 kcal/mol 32- Considere a tabela:
Ligação Energia de ligação em kcal/mol
25- Considere as transformações abaixo: H—H 104
O=O 120
S(s) + O2(g)  SO2(g) ΔH1 = -70,96 kcal/mol O—H 110
SO3(g)  SO2(g) + ½ O2(g) ΔH2 = +23,49 kcal/mol Calcule a quantidade de calor liberada na reação de
H2SO4(l)  SO3(g) + H2O(l) ΔH3 = +31,14 kcal/mol formação da água, de acordo com a equação:
H2(g) + ½ O2(g)  H2O(l) ΔH4 = -68,32 kcal/mol H2 + ½ O2  H2O
O calor de formação do ácido sulfúrico líquido é
aproximadamente: 33- Dadas as reações exotérmica abaixo:
a) -193,9 kcal/mol c) + 193,9 kcal/mol e) – 1,939 a) A(s) + B(g)  C(g) + D(g) + Q1
kcal/mol b) A(s) + B(g)  C(g) + D(l) + Q2
b) -19,39 kcal/mol d) + 19,39 kcal/mol qual das duas reações liberará mais energia? Justificar.
26- As duas equações abaixo representam a combustão 34- Sabendo-se que:
do metano: HCl(aq) + NaOH(aq)  NaCl(aq) + H2O(l) ΔH = -13,8
I. CH4 + 3/2 O2  CO + 2 H2O kcal
II. CH4 + …. O2  CO2 + ……. perguntam-se:
a) Complete a equação (II). a) A reação é exotérmica ou endotérmica?
b) Sabendo que a combustão do Co dando CO2 é b) Qual é a quantidade de calor envolvida na
exotérmica, explique em qual das duas reações, equação neutralização de 146 g de HCl(aq), segundo a equação
(I) ou equação (II) é liberada maior quantidade de calor acima?
por mol de CH4.
35- Dadas as equações:
27- Se, nas condições-padrão: I. S(s) + O2(g)  SO2(g) ΔH1 = x kcal
2 NH3(g)  N2(g) + 3 H2(g) ΔH = + 22,0 kcal/mol II. S(l) + O2(g)  SO2(g) ΔH2 = y kcal
então a entalpia de formação do gás amoníaco é: III. S(g) + O2(g)  SO2(g) ΔH3 = z kcal
a) +11,0 kcal/mol c) + 22.0 kcal/mol e) -18,0 lcal/mol Pode-se dizer que os valores, em módulo, de x, y e z e
b) – 11,0 ical/mol d) – 22,0 kcal/mol que os valores das variações de entalpia pra as reações
I, II e III são respectivamente:
28- A obtenção do aço na siderurgia é feita pela redução a) x = y = z com ΔH > 0 e exotérmicas
de minérios de ferro. A equação global desse processo b) x > y > z com ΔH> 0 e espontâneas
poderia ser representada por: c) x < y < z com ΔH > 0 e endotérmicas
Fe2O3(s) + 3 C(s)  2 Fe(s) + 3 CO(g) d) x < y < z com ΔH< 0 e exotérmicas
Dadas as entalpias de formação a 25 °C e 1 atm, a e) x > y = z com ΔH < 0 e exotérmicas
entalpia da reação global, nas condições citadas, em
kcal/mol é: (Entalpias de formação: Fe2O3 = -196,3 36- Considere as seguintes transformações que
kcal/mol; CO = - 26,4 kcal/mol envolvem o elemento sódio:
a) -117,0 b) + 117,0 c) + 169,8 d) + 222,6 e) + 275,4 I II III
Na(s)  Na(l)  Na(g)  Na+(g) + é
29- As entalpias padrão de formação da água nos Há absorção de energia na realização:
estados líquido e gasoso são, respectivamente: -69,3 a) da transformação I, somente.
kcal e -57,8 kcal. A entalpia de vaporização da água a 25 b) da transformação II, somente.
°C e 1 atm, em quilogramas, é: c) da transformação III, somente.
a) -10,5 b) 126,1 c) 10,5 d) 126,1 e) -57,8 d) das transformações I e II, somente.
30- De acordo com os seguintes dados: e) das transformações I e II e III.
Tipo de ligação Energia para romper a ligação ( kcal por mol de
ligações)
N—N 39 37- Calcule a variação de entalpia na reação
N—H 93 2 HBr(g) + Cl2(g)  2 HCl(g) + Br2(g)
qual é, aproximadamente, a energia necessária para conhecendo as seguintes energias de ligação (todas nas
decompor 1 mol de hidrazina (H2N — NH2) em seus mesmas condições de pressão e temperatura):
átomos constituintes? H—Br 87,4 kcal/mol
a) 39 kcal b) 93 kcal c) 132 kcal d) 411 kcal e) 450 kcal Cl—Cl 57,9 kcal/mol
H—Cl 103,1 kcal/mol
31- A entalpia da reação (I) não pode ser medida Br—Br 46,1 kcal/mol
diretamente em um calorímetro porque a reação de a) +232,7 kcal b) + 19,6 kcal c) – 149,2 kcal
carbono com excesso de oxigênio produz uma mistura de d) + 145,3 kcal
monóxido de carbono e dióxido de carbono gasosos. As
entalpias das reações (II) e (III), a 20 °C e 1 atm, estão 38- De maneira bastante simplificada explique quando é
indicadas nas equações termoquímicas a seguir: que um indivíduo engorda ou emagrece?
I. 2 C(s) + O2(g)  2 CO2(g)
II. C(s) + O2(g)  CO2(g) ΔH = -394 kJ . mol-1 39- Marque verdadeiro ou falso:
III. 2 CO(g) + O2(g)  2 CO2(g) ΔH = -283 kJ . mol-1 ( ) A termoquímica estuda a quantidade de energia
a) Calcular a entalpia da reação (I) nas mesmas envolvida em uma reação química.
condições.

3
( ) Os alimentos auxiliam a produção da energia no b) Qual delas tem a dieta mais balanceada, de acordo
interior do organismo humano. com suas necessidades? Por quê?
( ) A energia é produzida no interior da mitocôndria da
célula. 46- Considerando a reação de dissolução do cloreto de
( ) O primeiro local de armazenamento da energia no sódio em água:
nosso organismo é o fígado. NaCl(s) + água  Na+(aq) + Cl-(aq) ∆H = - 0,9 kcal/mol
( ) Entalpia é o mesmo que energia. Podemos afirmar que este processo é:
a) exotérmico; b) endotérmico; c) isotérmico; d) atérmico;
40- Para uma reação, sabe-se que H = 20 kcal/mol e S e) adiabático.
= 80 cal/mol . K. Qual o G dessa reação a 1000 K?
47- Considere as seguintes equações termoquímicas e
41- Acima de que temperatura a reação ½ I2(g) + ½ Cl2(g) as classifique em endotérmicas ou exotérmicas:
 ICl(g) torna-se espontânea? (H = 8,4 kcal/mol; S = I – 3 O2(g)  2 O3(g) ∆H1 = +284,6 kJ
37 cal/K . mol) II – C(Graf) + O2(g)  CO2(g) ∆H2 = -393,3 kJ
III- C2H4( g) + 3O2(g)  2 CO2(g) + 2H2O(l) ∆H3 = -1410,8
42- De forma simplificada, a reação da fotossíntese seria: kJ
luz IV- C3H6(g) + H2(g)  C3H8(g) ∆H4 = -123,8 kJ
6 CO2 + 6 H2O  C6H12O6 + 6 O2 V- I(g)  ½ I2(g) ∆H5 = -104,6 kJ
clorofila
Dadas as entalpias de formação do CO2 (-94 48- Analise as três tabelas a seguir e responda no
caderno.
kcal/mol), da H2O (-58 kcal/mol) e da glicose (-242 Tabela I
kcal/mol), pode-se concluir que o processo é: Necessidades energéticas diárias expressas em kcal

a) endotérmico e a energia envolvida, 1152 kcal/mol de Idade Homem Ambos os sexos Mulher
glicose 0–1 1000
b) endotérmico e a energia envolvida, 670 kcal/mol de 1–3 1300
3–6 1600
glicose 6–9 2100
c) exotérmico e a energia envolvida, 1152 kcal/mol de 9 – 12 2400 2200
glicose 12 – 15 3000 2300
d) exotérmico e a energia envolvida, 670 kcal/mol de 15 - 18 3400 2500
glicose
Tabela II
e) endotérmico e a energia envolvida, 392 kcal/mol de
Quantidade de energia (em kcal) que o corpo gasta conforme atividade
glicose realizada

43- A cabeça de palito de fósforo contém uma substância Atividade realizada Kcal necessárias por hora de atividade
chamada trissulfeto de tetrafósforo. Esse composto Dormir 70
Escrever 95
inflama na presença de oxigênio, ocorrendo à pressão
Costurar 120
normal, a liberação de uma quantidade de calor de 3677 Varrer 170
kJ/mol. A reação referente ao processo está Caminhar 270
representada abaixo: P4S3(s) + 8 O2(g)  P4O10(s) + 3 Serrar madeira 470
SO2(g)
Calcule a entalpia padrão de formação do P4S3(s) , Tabela III
Quantidade de energia (em kcal) fornecida por 100 g de vários
considerando a seguinte tabela: alimentos
Composto (Hf° (kJ.mol-1)
P4O10(s) -2940,0 Alimento (100 g) kcal Alimento (100 g) kcal
SO2(g) -296,8 Arroz 364 Pão 307
Feijão 337 Queijo 420
44- Grafite e diamante são formas alotrópicas do Verduras 13 Chocolate 542
carbono, cujas equações de combustão são Macarrão 81 Leite 61
Manteiga 791 Ovo 148
apresentadas abaixo: Açúcar 384 Cenoura 41
C(gr) + O2(g)  CO2(g) H = -393,5 kJ.mol-1 Batata 79 Banana 97
C(d) + O2(g)  CO2(g) H = -395,4 kJ.mol-1 Carne 244 Laranja 32
a) Calcule a variação de entalpia necessária para a) Quantas kcal uma pessoa gasta caminhando durante
converter 1,0 mol de grafite em diamante. 1 hora e escrevendo durante 2 horas?
b) Determine a variação de entalpia envolvida na queima b) Quando se gasta mais energia: ao ficar 1 hora
de 120 g de grafite. (Dado; massa molar do C = 12 g. serrando madeira ou costurando?
mol-1)
c) Pelos dados da Tabela II, em qual das atividades
45- Observe a tabela abaixo e responda: realizadas se gasta menos energia?
Nome Quantidade de energia Quantidade de energia d) Com os dados da Tabela III, monte um cardápio rico e
necessária por dia ingerida por dia outro pobre em calorias?
Luciana 3000 kcal 3050 kcal
Silmara 3500 kcal 3600 kcal
Eduardo 4500 kcal 4800 kcal 49- Observe as equações termoquímicas:
Antônio 4000 kcal 5000 kcal I) H2O(l)  H2(g) + ½ O2(g) ∆H = + 68,3 kcal
Pedro 3500 kcal 3000 kcal II) 2C(grafite) + 3H2(g)  C2H6(g) ∆H = -20,5 kcal
a) Qual dessas pessoas tem maior probabilidade de III) Fe(s) + ½ O2(g)  FeO(s) ∆H = -64,04 kcal
engordar? Por quê? IV) CO2(g)  C(grafite) + O2(g) ∆H = +94,1 kcal

4
São endotérmicas as reações indicadas nas equações:
a) I e II b) I e III c) II e III d) I e IV 57- Diferencie o valor do ΔH das reações endotérmicas e
das reações exotérmicas.
50- Classifique as reações abaixo em endotérmicas e
exotérmicas: 58- Numa reação endotérmica, a entalpia dos produtos é:
a) H2O(l)  H2(g) + ½ O2(g) ∆H = +68,3 kcal/mol a) menor que a dos reagentes. b) maior que a dos
b) CH4(g) + 2O2(g)  CO2(g) + 2H2O(l) ∆H = -210,8 reagentes. c) igual à dos reagentes. d) depende da
kcal/mol reação.
c) H+(aq) + OH-(aq)  H2O(l) ∆H = -13,0 kcal/mol
59- Numa reação exotérmica, a entalpia dos produtos é:
51- Considere os valores das entalpias relacionados a) menor que a dos reagentes. c) igual à dos reagentes.
abaixo: b) maior que a dos reagentes. d) depende da reação.
∆H de formação do CO2(g) = -94,1 kcal
∆H de formação de H2O(l) = -68,3 kcal
∆H de formação da sacarose = -531,5 kcal
Assim, a energia liberada, em kcal, pela oxidação de 1
mol de sacarose, segundo o processo:
C12H22O11 + 12 O2(g)  12 CO2(g) + 11 H2O(l)
Será:
a) 531,5. b) 751,3. c) 1349,0 d) 693,9. e) 1129,2.

52- Dizemos que reações de combustão são exotérmicas


porque:
a) absorvem calor. d) são higroscópicas.
b) liberam calor. e) liberam oxigênio. c) perdem água.

53- Qual das equações a seguir exemplifica uma


mudança de estado que ocorre com liberação de energia
térmica?
a) H2(l)  H2(g) d) CO2(s)  CO2(g)
b) H2O(s)  H2O(l) e) Pb (s)  Pb(l) c) O2(g)  O2(l)

54- Estudando o calor nas reações químicas, entalpia


(H), variação de entalpia (∆H), estado físico e estado
alotrópico, assinale a única proporção falsa dentre as
alternativas abaixo:
a) Denomina-se calor da reação o calor perdido ou
absorvido pela reação.
b) Entalpia (H) é o conteúdo global de calor do sistema.
c) A passagem líquido  vapor para qualquer
substância absorve calor.
d) Quando um elemento químico apresentar várias
formas alotrópicas, pode-se prever que as mesmas
influirão no calor de reação dos processos em que
participar o referido elemento.
e) O estado físico dos reagentes e produtos não influi no
valor de ∆H.

55- A reação cujo efeito térmico representa o calor de


formação do ácido sulfúrico é:
a) H2O(l) + SO3(g)  H2SO4(l)
b) H2(g) + SO2(g) + O2(g)  H2SO4(l)
c) H2O(g) + Sr + 3/2 O2(g)  H2SO4(l)
d) H2S(g) + 2 O2(g)  H2SO4(l)
e) H2(g) + Sr + 2 O2(g)  H2SO4(l)
Qual é a variação de entalpia que pode ser designada
calor de formação ou calor de combustão?
a) ∆H1 b) ∆H2 c) ∆H3 d) ∆H4 e) ∆H5

56- Considere as seguintes equações termoquímicas e


classifique-as em endotérmicas ou exotérmicas:
I – 3 O2(g)  2 O3(g) ∆H1 = +284,6 kJ
II – C(Graf) + O2(g)  CO2(g) ∆H2 = -393,3 kJ
III- C2H4( g) + 3 O2(g)  2 CO2(g) + 2H2O(l) ∆H3 = -1410,8
kJ
IV- C3H6(g) + H2(g)  C3H8(g) ∆H4 = -123,8 kJ
V- I(g)  ½ I2(g) ∆H5 = -104,6 kJ