Você está na página 1de 52

PAT PALMER

O RATO, O MONSTRO
E EU
Assertividade para Jovens

Traduzido por: Dra. Maria Arcadinho (Psicóloga


Clínica)
Este livro é dedicado a crianças e jovens que sonham
em ser livres e a adultos que desejam ajudá-los

ÍNDICE
Primeira parte = Ao Jovem leitor
Capítulo 1 = O Rato, o Monstro e Tu
Capítulo 2 = As tuas forças e o teu poder
Capítulo 3 = Os teus direitos e Responsabilidades
Capítulo 4 = Pedir o que tu quiseres
Capítulo 5 = Dizer “Não”
Capítulo 6 = Críticas
Capítulo 7 = Elogios
Capítulo 8 = Sê Tu Mesmo

2
Ao Jovem Leitor

Este livro está cheio de ideias que podem ensinar-te a ser


uma criança assertiva, a tomar boas decisões e a
defenderes-te. Existem jogos que te irão ajudar a
conheceres-te melhor e a conhecer outras maneiras de
pensar e de te expressar. É uma boa ideia praticar cada
capítulo do livro com um amigo, com os teus pais ou com o
teu professor, para que eles possam ajudar-te a pareceres e
seres do jeito que queres.

PAT
PALMER

3
Capítulo 1

O RATO

O
MONSTRO

E TU
Este livro não fala realmente de
ratos ou monstros.

Fala sobre TI…..

E de como, algumas vezes, comportas-te como um Rato

4
… ou como um Monstro

Fala sobre como ensinar-te a poderes ser

Menos “Rato” … ou Menos “Monstro”

E a seres mais como TU


MESMO!

Escreve como consideras ser TU MESMO:

5
Os RATOS geralmente são animais muito agradáveis
e as crianças que se comportam como o nosso amigo
ratinho, às vezes
são tão boas que deixam que
as outras pessoas os pisem. E algumas
vezes, os ratos são esmagados.

As palavras que se utilizam


para descrever estes ratinhos
são:
Envergonhados, Tímidos
Amedrontados, Não
Assertivos

Consegues pensar em mais alguma?

6
Os Monstros raramente são amigos,
Atentos ou agradáveis, e o mais provável é que tu não
queiras ser um Monstro.

Tu podes até ter conhecido alguns Monstros agradáveis,


Mas as crianças que se comportam como Monstros
São aquelas que pisam os simpáticos Ratos.

Geralmente, os “Monstros” não são divertidos….

Alguns dos adjetivos que se utilizam para descrever os


“Monstros” são: Agressivos, Canalhas, Abusadores,
Mandões.

Mas há que ter em conta que nem todas as crianças se


comportam como
Ratos ou Monstros.
Muitas crianças são como são:
… Amigáveis
… Honestos
… Atentos
… Muito divertidos
Tu provavelmente também és assim,

7
Mas todos nós podemos aprender a ser melhores e a
gostarmos mais de nós mesmo.

8
Neste Livro encontrarás algumas
Boas ideias de como seres TU MESMO!

DIREITOS E
RESPONSABILIDADES

FORÇAS
E CRÍTICA
FRAQUEZA S
S

PERGUNTA O
QUE
QUISERES
ELOGIOS

SÊ TU MESMO!
9
10
Capítulo 2

As Tuas Forças e os teus


Poderes

Tu tens Forças e poderes que tu mesmo não


conheces?

11
12
Cada pessoa tem virtudes, talentos, habilidades, dons e
qualidades especiais.

Algumas crianças estudam bem na escola

Outros jogam muito bem futebol.

Outros pintam muito bem.

Enumera agora as tuas qualidades:

13
Relembraste algumas virtudes como…

Saber cozinhar…

Saber cantar…

… ser bom no trabalho

… escutar cuidadosamente

… ser um bom amigo

(Como podes ver, este tipo de Forças não são


as mesmas que os Monstros utilizam para
empurrar os outros)

14
Cada um tem as suas virtudes, denominadas muitas vezes
por Domínio (poder). Os Monstros confundem dominar com
comportar-se com dureza, mas estas palavras não
significam o mesmo.

O Rato abandona a sua força (poder) e deixa que as


pessoas tomem decisões que ele mesmo deveria tomar.
PODER é a capacidade de controlares a tua própria vida.

Escreve alguns exemplos de como podes controlar a tua


própria vida sem empurrar os outro:

15
As tuas virtudes e as tuas forças (poder) desenvolvem-se
quando tu as utilizas.

Ao longo do teu desenvolvimento, vais

adquirir poder para controlares

a tua própria vida,… para escolheres e

tomares decisões por ti mesmo.

Quando te tornares um adulto, estarás

preparado para seres tu próprio,

…e…

Saberás decidir e escolher por ti mesmo!

Podes começar agora mesmo a aprender a como escolher.

Cada pessoa tem diferentes alternativas no momento de se


comportar.

Algumas vezes escolhes o que tu queres.

Outras vezes escolhes fazer o que o outro quer que faças.

Ainda há vezes que é complicado decidir.

Quando isso acontecer, espera alguns minutos e repete


"Relaxa"!!

16
Fecha os olhos. Respira fundo e tenta acalmar-te.

Quando estiveres tranquilo…

Poderás escolher mais facilmente.

Quando estiveres relaxado e calmo, utiliza as tuas virtudes


e o teu poder para escolher, para viveres como tu quiseres.

Brinco ou faço os trabalhos de casa?

Digo-lhes que encontrei dinheiro?

Limpo o meu quarto ou vejo tv?

Vou com o meu grupo de amigos ou faço o que quero?

Engano-os ou digo a verdade?

Digo à minha mãe que parti o copo?

17
18
Quando estás a tomar decisões e escolhes
Pensar por ti mesmo, tu estás a ser
ASSERTIVO,

Assertivo pode ser uma palavra desconhecida


para ti.

Ser Assertivo significa que tu e as outras pessoas conhecem


o que tu queres,

Não de forma agressiva como


fazem os Monstros

Nem com medo como os Ratos,


Mas sim de forma honesta, sendo tu mesmo.

Jogo das Qualidades


1- Senta-te com os teus colegas em roda.
2- Dobra uma folha de papel ao meio. Escreve o teu
nome na margem superior de cada parte.
3- Enumera as tuas melhores qualidades e as coisas que
mais gostas de ti mesmo no lado esquerdo.
4- Entrega o papel à pessoa da tua direita. Essa pessoa
irá escrever na parte direita as qualidades que observa
em ti.
5- Continua a passar o papel aos teus colegas até que
chegue a ti
6- Compara ambas as partes:

19
As outras pessoas consideram-me como eu me
vejo a mim mesmo?
Como posso permitir que as outras pessoas
conheçam melhor as minhas qualidades?

20
Jogo das Preferências
1- Senta-te com os teus colegas.
2- Cada pessoa começa o jogo dizendo ao outro 5 coisas
que “Tem que fazer”. Por exemplo, “Tenho que me
levantar de manhã”. “Tenho que lavar os dentes”.
3- Agora diz as mesmas frases mas troca o “Tenho” por
“Prefiro”.
4- Diz a outra pessoa como te sentes quando dizes Tenho
e como te sentes quando dizes Prefiro.
a. Qual é mais fácil?
b. Como te sentes quando dizes Tenho?
c. Como te sentes quando dizes Prefiro?

Capítulo 3
Os teus Direitos e as tuas
Responsabilidades

Cada pessoa tem certos direitos e certas


responsabilidades!

Gostava muito de
ter um cãozinho e
ter a
responsabilidade de
cuidar dele

O que são
responsabilidades? E direitos?

21
Todas as pessoas têm o direito de serem
tratadas com respeito.

Cada pessoa é valiosa independentemente


do seu tamanho, sexo…

Religião

Cor de pele

Idade

Nacionalidade

Nível Económico

Etnia

A Regra de Ouro
“Trata os outros como queres que te tratem”

Isto é o que significa ser Responsável


(Esta é também uma boa regra para ser Assertivo)
22
23
Por exemplo:
Pediste algo emprestado a um amigo teu

e terás partido.

Agora, tens medo de lhe dizer.

Gostarias que o teu amigo

te dissesse que tinha partido algo teu?

Ficas chateado com o teu irmão e discutes com ele sobre


quem tem de lavar a loiça. Apetece-te
insultá-lo.

Como te sentes quando alguém te


insulta?

Todas as pessoas têm direito a ser tratadas com justiça.

Isso significa que tu tens direito

a pedir que sejas tratado com justiça.

E a defenderes os teus direitos

de forma assertiva quando és tratado de forma injusta.


24
25
Todo o mundo tem direito a expressar os seus sentimentos,
pensamentos e opiniões
… sem vergonha, tens de utilizar este direito
de forma justa e responsável.
No está bem que atues como um Monstro e
Que esmagues os outros.

Por exemplo: Discutir e decidir as tuas opiniões


está bem, mas humilhar alguém não!

Todas as pessoas têm


direito a controlar o seu próprio corpo e
a não sofrer de abusos físicos,
nem castigos dolorosos.

Ninguém tem direito a provocar dano ao outro!

Tu tens o direito e a responsabilidade de permitir que as


outras pessoas conheçam o que tu necessitas e o que
queres.

Ninguém pode ler os teus pensamentos, então


não fiques parado como um Rato!
“Quero uma bicicleta vermelha”!

26
Os Monstros dizem-nos o que querem
A GRITARRRRRRRRRRRRRRR…
Tens direito a expressar a tua opinião
e ideias sobre a tua própria vinda e tomar outras mais
decisões
enquanto as tuas responsabilidades aumentam.

Como por exemplo: Escolher os teus amigos,


escolher a roupa que vestes,
e comprar as tuas próprias coisas em algumas ocasiões.

Escreve algumas decisões que gostavas de tomar por ti:

1. Como obterias permissão para tomar essas decisões?


(Um conselho: Sem ser Rato e sem ser um Monstro)

27
2. Como achas que os teus pais, professores ou outros
adultos responderiam a esse pedido?

28
Completa a lista de Direitos que gostarias de ter:
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
___________________________________________
_______________________

Talvez queiras mostrar esta lista aos teus pais. Juntos


podem decidir quais os direitos que podes ter agora e quais
os que poderás ter quando fores mais velho.

Todos temos responsabilidade


Não fumar

Colocar o papel no lixo

Prevenir os incêndios florestais


Fechar bem as torneiras

29
30
Porque fazes parte de um grupo,

De uma família, de uma escola, de


uma turma

De uma comunidade, de um país.

Enumera algumas das


responsabilidades que tens por ser membro deste conjunto
de grupos:

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Algumas vezes, certos direitos e responsabilidades não


são compatíveis

Não sei o que


Então é difícil escolher o que fazer… estudar
vais fazer! ou jogar. Que
Difícil!
Estas decisões são parte de ti mesmo.

RECORDA-TE: O teu direito básico


mais importante é
SERES TU MESMO!

31
Capítulo 4
Pedir o que Queres
Ninguém se
lembra de
mim
Nunca posso
vestir a roupa
que quero!!

Há formas boas e más de pedires o que queres

Podes lavar- Ajuda-me a ir


me a buscar a
camisola? roupa e já te a
Uma boa forma de pedir as coisas
Gostava muito lavo.
de a vestir
é ires diretamente ao assunto

Isto é ser honesto e assertivo. Algumas formas como os


Ratos pedem as coisas são: Implorando, Chorando, a fazer
beicinho.

32
Pelo contrário, os Monstros utilizam as Birras, Gritos,
Chapadas, Insultos, Raiva.

Quando ages como um Rato ou como um Monstro para


conseguires o que queres, sentes-te mal e fazes com que
quem está ao teu redor se sinta mal.

Se pedires as coisas de forma assertiva


é mais provável que consigas o que queres.

Sinto-me triste.
Vem e senta-te
Por favor, a meu lado
Gostava muito
ensina-me a
de ser teu
fazer isso
amigo

Escreve algumas coisas que gostavas de pedir de forma


assertiva:

33
Pratica com um amigo, ou um membro da tua família
Como pedir as coisas que tu escreveste
na página anterior de forma assertiva.
RECORDA-TE, estar de pé ou
sentares-te de forma direita,
olhar para a cara da pessoa,
falar normalmente (sem gritar ou falar baixinho)
e ser honesto e directo.

Está tudo bem que peças o que queiras


(ainda que não esperes conseguir sempre!)

Capítulo 5
Dizer que “NÃO”
Dizer que “NÃO” pode ser como dar-te um presente
Dá-te:

Tempo
Intimidade
O teu corpo
Autorrespeito
Posse

34
35
Tens direito a dizer “Não” quando alguém te pede que faças
algo:
Não, tu não podes
ler as minhas
*Ilegal
mensagens

*Desonesto

*Ires contra as tuas crenças

Em tais ocasiões tens de te mostrar


Firme!!
Por exemplo: … O teu amigo quer
copiar as respostas da tua ficha de
avaliação.
…Alguns dos teus amigos querem ir lançar pedras aos
pássaros.

Está tudo bem se, algumas vezes,


quiseres dizer NÃO quando:
Queres estar sozinho.
Não queres partilhar as tuas coisas.
Não queres jogar futebol.
Estás ocupado.
Não te apetece.

36
Não está bem que digas “Não”
Se é a tua responsabilidade.
Se é algo que te comprometeste a fazer.
E RECORDA-TE, sempre que dizes que “não”
Marca uma grande diferença.

Trata os outros como gostarias que te tratem.

Jogo de dizer que NÃO

Algumas vezes pode ser estranho dizer “Não”. Podes


praticar com um amigo ou membro da tua família. Por
turnos, joga a pedir favores, utilizando sempre Não como
respostas.
Tenta dizer Não de diferentes maneiras. Pergunta a outras
pessoas como se sentem quando dizes NÃO.

Ajuda alguém a aprender a dizer “Não” de forma assertiva


mas sem ferir a outra pessoa.

37
Capítulo 6
Críticas
Quando eras pequeno acreditavas que muita gente te podia
criticar.
Não faças isso!
Não te portes como um bebé!
As crianças não choram!
As meninas não comem pastilhas!
Tens de ser um homem!
O teu quarto está todo desarrumado!
Preguiçoso!

Quais são algumas das coisas sobre TI MESMO que


acreditas que são diferentes do que as pessoas dizem de ti:
Eu acredito que sou: As pessoas dizem que eu
sou:

38
Algumas vezes os nossos pais dizem-nos coisas sobre nós
mesmos que eles querem que sejam verdade,

Por exemplo: Tu vais ser famoso.

Como te sentes quando alguém te critica?


Assinala a resposta que melhor te define:
____ 1. Magoado
____ 2. Ninguém me ama
____ 3. Confuso
____ 4. Culpado
____ 5. Rejeitado
____ 6. Como se fosses uma má pessoa
____ 7. _________________________

O que fazes quando alguém te critica?


Assinala com um X o que tu fazer.
____ 1. Quero-me esconder
____ 2. Quero brigar
39
____ 3. Fico furioso e respondo mal
____ 4. Choro
____ 5. Quero chorar mas não posso
____ 6. Tento não pensar nisso
____ 7. _____________________

Todos nós precisamos aprender se as críticas que são feitas


a nós são verdadeiras ou não, se são feitas com a
intenção de nos ajudar ou nos prejudicar.

Por exemplo…

Deixaste as chaves dentro de casa e alguém diz-te:


“Qualquer dia deixas a tua cabeça em casa”

Às vezes, tudo nos soa como crítica, como se estivéssemos


sempre errados, fizéssemos tudo errado ou estivéssemos
chateados porque as pessoas que criticam costumam ser
muito exageradas.

Quando as pessoas te criticam, está tudo bem que digas de


forma assertiva que não estás de acordo.

Se a crítica é verdadeira e estás de acordo com ela,


diz o que pensas fazer.

40
Pratica com um amigo!

41
Tu cometes erros porque és humano.
Mas cometer um erro não significa que tu não sejas bom.
Está tudo bem em não ser perfeito!
Ninguém é perfeito!
Tu podes gostar de ti mesmo e pensar que és bom
mesmo que queiras mudar algo em ti.
Depois de tudo, mudar faz parte do crescimento
para te tornares a pessoa que TU queres ser.

Algumas Críticas podem ser construtivas

Estas críticas são muito úteis porque nos dizem algo sobre
nós mesmos que…
… irritam outras pessoas
… é o culpado que os outros não gostam
… eles colocam-nos em problemas

Aprende a ouvir as críticas e decide por ti mesmo


se é esse comportamento que tu queres alterar

42
Quando te criticam
1. Coloca uma armadura. Imagina que vestes uma
armadura, uma capa invisível ou qualquer outra coisa que
impeça que as críticas te prejudiquem.

2. Fica relaxado. Respire fundo e diz a ti mesmo "Relaxa"


e imagina que estás num local seguro por um tempo antes
de ficares nervoso.

3. Decide no que acreditas. Não precisas acreditar no


que é dito sobre ti. Podes aceitar ou rejeitar qualquer
crítica. A pessoa que te conhece melhor és tu.

Se desejas contestar uma crítica, podes:

1. Concordas e dizes: "Sim, sou às vezes".

2. Não concordas. Diz: "Não, não concordo que sou


preguiçoso" ou "Não, não sou burro".

3. Elogia-te "Não, eu não sou estúpido, na verdade, sou


muito inteligente" ou "Eu sei que isso te incomoda, mas eu
realmente gosto da forma como sou".

4. Fica calado.

5. Diz "Sim, é um problema para mim e tento melhorar".

6. Diz que irás pensar sobre isso e que discutes isso mais
tarde.

43
Capítulo 7
Elogios

Um Elogio é como um presente.


Se o aceitares de forma agradável,
serás gentil com a pessoa que te o fez.

Assim, quem a dá e quem a recebe está feliz!

Um elogio sincero não é uma "bajulação".


Fizeste um
Bom
Trabalho! Um elogio sincero,
é dado sem receber nada em troca.

És tão
inteligente!
Fazes os
trabalhos de
A educação é um suborno feito para receber algo em troca.

Quando alguém te elogia:


O que pensas? O que sentes?
____ 1. Sinto-me culpada
____ 2. Penso que a pessoa está a mentir
____ 3. Sinto-me ridículo
____ 4. Pergunto-me o que querem de mim
____ 5. Sinto-me Feliz
____ 6. Aproxima-me de outra pessoa

44
____ 7. Pergunto-me o que dizer
Qual destas respostas escolheria um Monstro? E o Rato? E
Tu?
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Quando alguém te elogia:


Como te comportas? Assinala com um X as respostas que
descrevem o que normalmente fazes.
____ 1. Fico corado e envergonhado
____ 2. Finjo que não oiço
____ 3. Sorrio
____ 4. Devolvo o elogio
____ 5. Sinto-me mal
____ 6. Agradeço gentilmente
____ 7. Felicitas-te a ti mesmo e achas-te o melhor
____ 8. Olho para o chão

Quais seriam as respostas dos Monstros e dos Ratos? E as


tuas?
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Podes aceitar o elogio, agradecendo e sorrindo.


Obrigado!
Sentes-te bem…

45
Deixa que o elogio te deixe sentimentos
Agradáveis, sentes-te Feliz e guarda esses
Sentimentos por muito tempo.
Relembra esse elogio e repete-o!
Aprende também COMO ELOGIAR OS OUTROS DE FORMA
AGRADÁVEL.
Deixa que os outros fiquem a saber o quanto os aprecias.

Escreve alguns elogios que poderás fazer às pessoas que


são importantes na tua vida (Mãe, pai, irmãos, avós,
professores, amigos, etc…):

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Um elogio sincero é um grande presente!

Aceitar um elogio não implica que tenhas de dar algo em


troca.

46
Dar um elogio não significa que a outra pessoa tenha que
te o devolver.

Não há regras fixas para fazer um elogio sincero.

47
Quando te sentes triste
Recorda-te dos elogios e examina-os lentamente!

Faz um elogio sincero a outra


pessoa. Assim, de qualquer das formas
sentir-te-ás melhor rapidamente!

O Jogo dos Elogios


1. Senta-te em círculo com os teus amigos ou família.
2. Uma pessoa senta-se no meio do círculo.
3. Cada pessoa do círculo irá elogiar a pessoa do centro.
4. A pessoa do meio aceita os elogios e não diz nada.
5. Depois de cada pessoa dizer pelo menos um elogio, a
pessoa do meio coloca-se no círculo, fechando os
olhos, e recordando em voz alta todos os elogios.
6. Um a um, todos os elementos irão sentar-se no meio
do círculo.

48
Capítulo 8
Sê Tu Mesmo
Seres Tu Mesmo significa
Que te ocupas da tua própria vida.

Quando aceitas ser responsável da tua própria vida,


ninguém tem que se intrometer!

Isto é o que significa ser livre e assertivo e isso é muito


importante.

Por exemplo: Se decides utilizar o autocarro ou ir de


bicicleta em vez de pedires a alguém para te levar, és livre
de pensar qual será a melhor decisão, comunicando-a aos
teus pais.

Outro exemplo: Se decides que queres ter explicação de


matemática, aprender a andar de patins, ir para o andebol,
estás disposto a fazer algo para conseguir isso?

Escreve que áreas da


tua vida
podes assumir responsabilidade:

49
Querias ser realmente responsável por estas coisas? Os
outros deixar-te-iam controlá-las? Podias pedir aos teus pais
de forma assertiva que te deixassem controlas a tua vida
sem que estes te chateassem?

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Quando és assertivo e responsável de ti mesmo, ninguém


pode controlar-te, o que não acontece com os Ratos.

Ninguém pode tomar decisões por ti!

Ninguém pode forçar-te a fazer algo contra a tua


vontade, como fazem os monstros.
És livre para seres tu mesmo!

Que coisas mudarias na tua vida se


pudesses?
Poderias ser assertivo e mudar as
coisas para

50
seres mais responsável? Aponta-as.

Como achas que se sentiriam os teus pais, os teus amigos e


os professores quando mudares as coisas? Gostarias de ser
responsável por um maior número de coisas?

____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________
____________________________________________________________

Algumas formas de seres tu mesmo são:


- Aprender a gostar de ti mesmo.
- Ser honesto contigo mesmo e com as outras pessoas.
- Falar sobre o que sentes.
- Deixar de tentar controlar os outros como fazem os
Monstros.
- Não permitir que os outros te controlem como fazem os
Ratos.
- Praticar o ser assertivo, sendo TU MESMO!

Ser assertivo significa que, na maioria das vezes, sabes o


que queres e o que não queres. Podes ter o teu próprio

51
estilo de vida, crenças e formas de agir. Podes ser livre e
ser responsável, elegendo e tomando as tuas próprias
decisões.

Tu podes controlar a tua vida!

Diverte-te sendo TU MESMO!

52