Você está na página 1de 6

Questões

Após ouvir a canção responda às questões de 01 a 05.


1- A canção retrata dois momentos vividos pelo eu lírico, relate sobre ambos:
2- Qual momento da vida do eu lírico é retratado de forma positiva? Explique sobre essa fase da vida com elementos extraídos
da canção.
3- Explique o sentido dos versos a seguir:
“Dá pra viver
Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau
É só não permitir que a maldade do mundo
Te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real
E entender que ela mora no caminho e não no final…”
4- Nos versos abaixo, explique o que o eu lírico sugere em relação a infância e a vida adulta?
“É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido…”
5- Transcreva 8 preposições, três conjunções e 8 verbos da canção.
6- Produza um texto narrativo com o tema proposto na canção. Ele poderá ser redigido com foco narrativo em 1ª ou 3ª pessoa.
Não esqueça do título. Bom trabalho!
1- Justifique o título utilizado na canção, mencionando a sua importância para o contexto:

2- O que seria, para você, "um dia bom"? O que é necessário para que ele assim o seja?

3- Relacione o quarto verso da música ao de uns de uma música antiga dos Engenheiros do Hawaí: "um dia me disseram que
as nuvens não eram de algodão / sem querer eles me deram as chaves que abrem essa prisão":

4- Copie do texto um exemplo de antítese, explicando seu raciocínio:

5- Como tal antítese era possível de ocorrer?

6- Você concorda com a afirmação presente no refrão? Justifique sua resposta:

7- Segundo o texto, qual é a solução para não acentuarmos a maldade presente no mundo?

8- Do que você mais sente falta da sua infância? Enumere algumas vantagens e desvantagens de crescer:

9- Permitindo-se "viajar" com a música, ilustre como foi a sua infância:

10- Que mensagem a canção lhe transmitiu e que sentimento ela mais despertou em você?
Atividade: Preceitos

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil!”
Durante todo o filme “Extraordinário” é possível ver a gentileza de muitos personagens, como o professor Browne, que
ensinou esse preceito* na sala de aula e fez com que os alunos refletissem sobre tal ação.
Na trama ou na vida real, a gentileza é uma virtude e ela sempre será sinônimo de pessoas amorosas e agradáveis. Ser
gentil torna o dia mais alegre, prazeroso e transformador. Pratique a gentileza.
1- Pesquise um preceito na internet ou livros de sua preferência;
2- Copie em uma folha sulfite e faça ilustrações ou colagens.
3- Escreva também uma interpretação ou reflexão do porquê escolheu determinado preceito.

*Preceito: é o que se recomenda praticar; o que se ensina; uma regra; uma lição.

Atividade: Autorretrato

Seguindo as referências do personagem, crie seu próprio autorretrato, contando sobre suas próprias preferências e
informações:
Quem é August Pullman?
... prefere ser chamado de Auggie.
... tem dez anos de idade.
... adora sorvete.
... anda de bicicleta.
... joga bola.
... tem um Xbox.
... é fã de Star Wars.
... tem uma irmã.
... é gentil.
... é engraçado.
... odeia a mãe dele falando com ele como um bebê na frente dos outros.
... tem um cachorro de estimação.
... é um bom artista.
... gosta de ciência.

Atividade: Animais extraordinários


Criar um personagem animal que, como Auggie, parece diferente no lado de fora. Pode ser um leão com uma juba azul,
ou um coelho sem orelhas, ou uma cobra que tenha pernas, etc.
Pesquisar seu animal escolhido e preencher o arquivo de fatos, antes de decidir o que será diferente sobre sua
aparência. Que dificuldades isso cria para o seu personagem?
- Pesquise seu animal escolhido e preencha o arquivo abaixo.
- Decida o que vai ser diferente na aparência do seu personagem animal.
- Faça o desenho de seu personagem para ilustrar sua história.

1. Meu animal é um:

Habitat:

Dieta:

Habilidades especiais:

Fato interessante:

Esse tipo de animal geralmente se parece com:

2. A aparência do meu animal é diferente por fora porque

Isso cria dificuldades para o meu personagem porque

3. Inicie uma história do ponto de vista do seu personagem animal.


Continue sua história, imaginando que seu personagem vai para algum lugar pela primeira vez.
Como os outros animais reagem à sua aparência extraordinária? O que acontece depois?
Atividade 3:
Sei que não sou um garoto de dez anos....................... Quer dizer, é claro que faço ....................... comuns. Tomo
........................ Ando de ........................ Jogo bola. Tenho um Xbox. Essas coisas me fazem ser comum. Por ........................
Mas sei que as ....................... comuns não fazem outras crianças comuns saírem correndo e gritando do ........................ Sei
que os outros não ficam ....................... as crianças comuns aonde quer que elas vão.
Se eu encontrasse uma ....................... mágica e pudesse fazer um ......................., pediria para ter um rosto comum,
em que ninguém nunca prestasse ........................ Pediria para poder andar na rua sem que as ....................... me vissem e
depois fingissem ....................... para o outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém
além de mim me ....................... dessa forma.
Mas agora meio que já me ....................... com minha ........................ Sei ....................... que não vejo as .......................
que as pessoas fazem. Nós todos ficamos muito bons nisso: eu, mamãe e papai, a Via. Na ......................., retiro o que disse: a
Via não é tão boa. Às vezes ela fica muito ....................... quando fazem algo ........................ Por ......................., naquela vez
no parquinho, quando uns garotos mais velhos fizeram alguns ........................ Nem sei que barulhos eram, porque eu mesmo
não ouvi, mas a Via escutou e ....................... começou a ....................... com eles. Esse é o ....................... dela. Eu não sou
assim.
Ela não acha que eu seja comum. Diz que acha, mas, se eu fosse comum, ela não precisaria me ....................... tanto.
Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham ........................ Talvez a ....................... pessoa no
....................... que percebe o quanto sou comum seja eu.
Aliás, meu nome é August. Não vou ....................... minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque
.......................é pior.
COMUM COISAS SORVETE BICICLETA DENTRO CRIANÇAS PARQUINHO ENCARANDO LAMPADA DESEJO
ATENÇÃO PESSOAS OLHAR ENXERGA ACOSTUMEI APARENCIA FINGIR CARETAS VERDADE GROSSEIRO
IRRITADA EXEMPLO BARULHOS SIMPLESMENTE GRITAR JEITO UNICA EXTRAORDINARIO PROTEGER MUNDO
DESCREVER PROVAVELMENTE
Trabalho interpretativo do Filme “Extraordinário”

1- Como você interpreta a frase "Você não pode se misturar quando nasceu para se destacar", que aparece no filme? Você
acha que é verdade para Auggie?

2- Em “Extraordinário” não aparece apenas o ponto de vista de Auggie. De quais outros personagens aparecem o ponto de
vista?

3- No filme, não aparece o ponto de vista de Julian. Por que você acha que o autor escolheu deixar a perspectiva de Julian fora
da história?

4- Depois que Auggie faz um tour para conhecer onde vai estudar, sua mãe não quer mais que ele vá para a escola. Por que
ela muda de ideia?

5- No começo, Via não quer que Auggie vá assistir sua peça em sua nova escola. Por quê? Você acha que isso é justo ou
não?

6- No Halloween, Auggie ouve Jack dizendo a Julian que se ele se parecesse com Auggie, ele se mataria. Você acha que Jack
realmente quis dizer isso? Por que você acha que ele disse isso?

7- As crianças da escola jogam um jogo que você não pode tocar em Auggie, ou você vai pegar "a Praga”. Por que você acha
que o autor escolheu nomear este jogo "a Praga"? Como você acha que Auggie se sentiu quando ele descobre o nome do
jogo?

8- Quando Auggie escolhe uma mesa de almoço para sentar, ninguém mais se senta ao lado dele no começo. Você acha que
isso é assédio moral? Você consegue pensar em algum outro exemplo da história em que esse tipo de coisa acontece?

9- Há uma série de incidentes de bullying por exclusão social no filme. Você pode pensar em alguns exemplos disto da
história? Por que você acha que as crianças fazem mais desse tipo de bullying do que bullying verbal ou físico?

10- Que outros tipos de bullying acontecem no filme “Extraordinário”?

11- Star Wars é uma das paixões de Auggie. Cite pelo menos um personagem de “Star Wars” que aparece no filme
“Extraordinário".

12- Os valentões de “Extraordinário” comparam Auggie a personagens como Darth Sidious de Star Wars, orcs de O Senhor
dos Anéis e Gollum. O que esses personagens têm em comum? Por que você acha que os valentões fazem isso? Como eles
estão tentando fazer Auggie se sentir? Você acha que, se alguém é feio por fora, também tem que ser feio por dentro?
E se alguém for bonito por fora, ele também é sempre bonito por dentro para combinar?

13- No início do filme, Auggie usava um capacete de astronauta em todos os lugares. Como ele se sentia ao usar o capacete
do astronauta?
14- Quem deu o capacete a Auggie?
15- Mais tarde na história, acontece que o pai de Auggie escondeu ou jogou o capacete. Por que você acha que o pai dele não
queria que ele usasse o capacete? Você acha que isso foi uma coisa boa ou uma coisa ruim para Auggie?

16- Durante o filme, Auggie descreve a maneira como muitas pessoas reagem a ver seu rosto pela primeira vez:
imediatamente desviando o olhar. Você já esteve em uma situação em que também agiu assim ao ver alguém diferente?
Depois de assistir ao filme “Extraordinário”, como você se sente sobre isso agora?

No primeiro dia de aula, o professor Sr. Browne pede para que os alunos digam duas coisas sobre si mesmos. Auggie disse
três. Quais foram? O que VOCÊ diria sobre si mesmo?
Como você descreveria Auggie como uma pessoa no início do filme? E quanto ao final? Ele mudou significativamente?
O professor de Auggie, o Sr. Browne, dá a sua turma um novo preceito para escrever um ensaio todos os meses, como “Entre
escolher ser gentil e ser ... escolha ser gentil". Por que você acha que o autor escolheu incluir isso na história? Que efeito você
acha que os preceitos têm sobre Auggie e seus amigos?
No final da história, Auggie e Jack são atacados por algumas crianças de uma escola diferente e os amigos de Julian os
salvam. Por que você acha que eles escolheram defender Auggie e Jack ao invés de se juntar aos valentões? Por que a
atitude deles em relação ao Auggie mudou do jeito que foi no começo da história?
Quando Julian chama Auggie de "aberração", Jack lhe dá um soco na boca. Quem você acha que se comportou mais mal
nessa situação: Julian ou Jack? Jack está justificado na ação que ele toma contra Julian?
A avó de Via disse à Via que ela a amava mais do que qualquer outra pessoa no mundo inteiro. Por que ela fez isso? Foi uma
coisa boa para ela dizer?
Por que Auggie gostaria que fosse dia das bruxas todos os dias?

Quem era Via? Como era sua atitude em relação a Auggie ao longo da história?
Como os pais, professores e outros adultos de Auggie afetam sua vida? Você acha que eles realmente entendem como é ser o
Auggie?
Quem começou a deixar notas desagradáveis no armário e carteira de Auggie?

Se/imagine que Auggie vá se juntar à turma como novo aluno. Que tipo de coisas eles diriam para fazer Auggie se sente bem-
vindo? Como eles podem mostrar a Auggie que eles entendem que ele é normal por dentro, como eles?

NÃO JULGUE UM LIVRO POR SUA CAPA


Entendendo que não devemos julgar os outros pela sua aparência
Distribuir cartões coloridos.
Escrever duas coisas sobre si mesmos que ninguém mais na classe sabe (se houver dificuldade em pensar coisas que
ninguém conhece, peça que pensem em coisas que a maioria das pessoas não conhece). Pode ser um interesse ou hobby,
algo que aconteceu no passado, ou um fato fascinante sobre eles mesmos ou a sua família.
Quando todos terminarem de escrever, colocar em um pote. Retire os cartões um de cada vez e leia os dois fatos em voz alta
para a classe. Os alunos têm que adivinhar quais de seus colegas escreveram cada cartão.
No final do exercício, discuta se foi fácil ou difícil adivinhar quais fatos pertenciam a qual colega.
E que não podemos dizer tudo sobre alguém apenas da maneira que eles parecem - sua aparência é apenas uma pequena
parte de quem você é.

Em “Extraordinário”, Auggie foi julgado por sua aparência por muitos dos outros personagens até que eles puderam conhecer
ele. O que aconteceu quando as pessoas na história olharam para além da aparência e viu quem ele era por dentro?
No filme, Auggie está sendo deixado de lado ou excluído pelas outras crianças, e isso é uma forma de bullying social. Não é
tão óbvio
como alguns outros tipos de bullying - como bullying verbal, bullying físico e cyber bullying - mas ainda é assédio moral. Isso
faz Auggie se sentir mal consigo mesmo.

1- Quais são os nomes das três crianças que apresentam a escola para August?
a) Jack Will, Summer e Reid.
b) Summer, Tristan e Maya.
c) Charlotte, Julian e Via.
d) Jack Will, Julian e Charlotte.
e) Julian, Miles e Amos.
2- Em que escola August foi estudar?
3- Por que o livro tem o nome de Extraordinário?
a) Porque a doença dele é extraordinariamente rara.
b) Porque a mãe e o pai de August acham ele extraordinário.
c) Por que ele vive com pessoas extraordinárias.

4- Qual o nome da irmã de August?


5- Qual é o apelido de August?
a) Auggie
b) Gus
c) Aug
d) Agosto
6- August disse para seus amigos que iria usar uma fantasia no Halloween da escola, mas acabou indo com outra. Quais eram
elas, respectivamente?
a) Jango Fett; Palhaço.
b) Pânico; Astronauta.
c) Boba Fett; Pânico.
7- Do que Miranda, amiga de Via, chamava August?
8- Charlotte fez uma lista com os três grupos da sala. Quem estava no grupo do Jack?
Miles, Henry, Amos, Simon, Tristan, Pablo, Nino, Isaiah, Luca, Jake, Toland, Roman, Ben, Emmanuel, Zeke e Tomaso.
August, Reid, Max G. e Max W.
Malik, Remo, Jose, Leif, Ram, Ivan e Russell.
Os colegas de classe do August tinham medo tocá-lo por medo de pegar a "peste negra da feiura". Este fato foi relacionado
com algo de outro livro:
Qual foi o Preceito que August escreveu para o Sr. Browne?
Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil
Não se esforce muito para ser legal. Sempre dá pra notar, e isso não é legal.
Se você consegue passar pelo ensino fundamental sem ferir os sentimentos de ninguém, isso é muito maneiro.
Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.
Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito.

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil!”

Durante todo o filme “Extraordinário” é possível ver a gentileza de muitos personagens, como o professor Browne, que
ensinou esse preceito* na sala de aula e fez com que os alunos refletissem sobre tal ação.
Na trama ou na vida real, a gentileza é uma virtude e ela sempre será sinônimo de pessoas amorosas e agradáveis.
Ser gentil torna o dia mais alegre, prazeroso e transformador. Pratique a gentileza.

*Preceito: é o que se recomenda praticar; o que se ensina; uma regra; uma lição.
Atividade – Encontre as palavras que completam a apresentação de Auggie do filme “Extraordinário”.
Sei que não sou um garoto de dez anos....................... Quer dizer, é claro que faço ....................... comuns. Tomo
........................ Ando de ........................ Jogo bola. Tenho um Xbox. Essas coisas me fazem ser comum. Por ........................ Mas sei
que as ............................. comuns não fazem outras crianças comuns saírem correndo e gritando do ........................ Sei que os outros
não ficam ...................................... as crianças comuns aonde quer que elas vão.
Se eu encontrasse uma ............................... mágica e pudesse fazer um ..........................., pediria para ter um rosto comum,
em que ninguém nunca prestasse ............................... Pediria para poder andar na rua sem que as ............................... me vissem e
depois fingissem ............................... para o outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém
além de mim me ................................ dessa forma.
Mas agora meio que já me ...................... com minha ....................... Sei ...................... que não vejo as ..................... que as
pessoas fazem. Nós todos ficamos muito bons nisso: eu, mamãe e papai, a Via. Na ...................., retiro o que disse: a Via não é tão
boa. Às vezes ela fica muito ....................... quando fazem algo ........................ Por ......................, naquela vez no parquinho, quando
uns garotos mais velhos fizeram alguns ....................... Nem sei que barulhos eram, porque eu mesmo não ouvi, mas a Via escutou e
...................... começou a ...................... com eles. Esse é o ...................... dela. Eu não sou assim.
Ela não acha que eu seja comum. Diz que acha, mas, se eu fosse comum, ela não precisaria me .............................. tanto.
Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham ............................ Talvez a ............................ pessoa no
....................... que percebe o quanto sou comum seja eu.
Aliás, meu nome é August. Não vou .................................... minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque
.......................................é pior.

Atividade – Encontre as palavras que completam a apresentação de Auggie do filme “Extraordinário”.


Sei que não sou um garoto de dez anos....................... Quer dizer, é claro que faço ....................... comuns. Tomo
........................ Ando de ........................ Jogo bola. Tenho um Xbox. Essas coisas me fazem ser comum. Por ........................ Mas sei
que as ............................. comuns não fazem outras crianças comuns saírem correndo e gritando do ........................ Sei que os outros
não ficam ...................................... as crianças comuns aonde quer que elas vão.
Se eu encontrasse uma ............................... mágica e pudesse fazer um ..........................., pediria para ter um rosto comum,
em que ninguém nunca prestasse ............................... Pediria para poder andar na rua sem que as ............................... me vissem e
depois fingissem ............................... para o outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém
além de mim me ................................ dessa forma.
Mas agora meio que já me ...................... com minha ....................... Sei ...................... que não vejo as ..................... que as
pessoas fazem. Nós todos ficamos muito bons nisso: eu, mamãe e papai, a Via. Na ...................., retiro o que disse: a Via não é tão
boa. Às vezes ela fica muito ....................... quando fazem algo ........................ Por ......................, naquela vez no parquinho, quando
uns garotos mais velhos fizeram alguns ....................... Nem sei que barulhos eram, porque eu mesmo não ouvi, mas a Via escutou e
...................... começou a ...................... com eles. Esse é o ...................... dela. Eu não sou assim.
Ela não acha que eu seja comum. Diz que acha, mas, se eu fosse comum, ela não precisaria me .............................. tanto.
Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham ............................ Talvez a ............................ pessoa no
....................... que percebe o quanto sou comum seja eu.
Aliás, meu nome é August. Não vou .................................... minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque
.......................................é pior.