Você está na página 1de 1

POMBA DO ESPÍRITO

-Tema: ESPÍRITO SANTO


João 1.32-34
-Introdução: Os quatro evangelhos insistem em mostrar a pomba como símbolo do Espírito Santo (MT 3.16; Mc 1.10; Lc
3.22; Jo 1.32) mostrando Sua brandura, doçura, amabilidade, inocência, suavidade, paz, pureza e paciência. Uma tradição
Judaica traduz Gênesis 1.2 da seguinte maneira: “O Espírito de Deus como pomba pousava sobre as águas”.
É também um pássaro que leva um símbolo do amor em cantares de Salomão vemos várias citações da pomba como sinal
de carinho: ”Os seus olhos são como os das pombas junto às correntes das águas, lavados em leite, postos em
engaste” (Ct. 5:12).
Uma característica interessante é que a pomba voa e está SOBRE quem pousa, o que significa que o Espírito Santo deve
estar acima de nós e não abaixo. Nós devemos seguir e obedecer suas orientações.
Para saber mais sobre o assunto, leia o estudo: Símbolos do Espírito Santo.
O Espírito Santo está sobre sua vida?
Vamos entender algumas situações em que o Espírito Santo se manifesta como pomba:

1- Santificação: Gênesis 8.8-12


A pomba era vista como um animal limpo e símbolo de pureza. Quando Noé soltou um corvo (ave de rapina que come
carniça) ele não voltou provavelmente por que encontrou muita carniça boiando sobre as águas. Mas quando soltou a
pomba, ela voltou. E quando a soltou novamente, trouxe um sinal de esperança: um galho de oliveira que mostrava que as
águas estavam baixando.
O corvo representa a pessoa que não está pura e sai e não volta por que se satisfaz com as imundícies do mundo.
A pomba representa o Espírito Santo na vida da pessoa que primeiro sai e volta para a Arca/Igreja não encontrando
repouso no mundo, depois quando volta traz esperança de vida e então só voa definitivamente quando é conduzida
totalmente pelo Espírito Santo.
Santifique sua vida para ser conduzido pelo Espírito Santo de maneira que quando sair por este mundo e não encontrar
vida retorne para a casa de Deus e traga esperança até o dia que for totalmente capacitado por Deus para anunciar o
evangelho.

2- Dedicação: Lucas 2.21-24


A pomba também era ave usada no sacrifício (Lv 1.14), por isso quando Jesus nasceu seus pais ofereceram por Ele “dois
pombinhos”. Esta era uma oferta feita pelos pobres que não tinham como doar um cordeiro, então doavam pombos que
poderia apanhar mais facilmente. Isso mostra que a família de Jesus era pobre e que mesmo os pobres, podem não ter
nada, mas podem receber o Espírito Santo e doar o seu melhor para Deus.
Desde o nascimento de Jesus foi dedicado a Deus e consagrado com o sacrifício de dois pombinhos como símbolo da
manifestação do Espírito Santo em sua vida.
Ao dedicar nossa vida em louvor e sacrifício de rejeitar o pecado e servir a Deus e ao próximo, a pomba do Espírito Santo
estará presente em nossas vidas.

3- Humildade: Mateus 3.13-17


Mateus destaca a humildade de Jesus em aceitar ser batizado por João Batista. Isso é muito importante por que certamente
uma pessoa orgulhosa mesmo dos dons espirituais não tem a presença do Espírito Santo.
Cristo falou da pomba como uma simbologia de simplicidade, dizendo aos discípulos para serem “símplices como as
pombas” (Mt 10.16).
Certamente a presença do Espírito Santo na vida do cristão marca com amor e humildade. Busque para sua vida estes
frutos do Espírito como mansidão, domínio-próprio, longanimidade, etc (Gálatas 5-22).

4- Preparação: Marcos 1.9-13


Marcos destaca que logo após a descida do Espírito Santo sobre Jesus ele foi para o deserto e enfrentou 40 dias de jejum e
oração para vencer a tentação. Isso é para nos mostrar que mesmo quando recebemos o Espírito Santo devemos continuar
orando, mortificando a carne e enfrentamos provações e tentações. Se até Jesus enfrentou sem merecer, muito mais
devemos nós.
As lutas servem para nos moldar e nos ensinar a sermos mais humildes dependendo do Senhor em oração. Às vezes a
pessoa fala ‘não estou prepa