Você está na página 1de 20

SÁBADO, Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • •1

PUB

15 DE FEVEREIRO
DAS 9H ÀS 18H.

Coimbra Sul • Coimbra • Figueira da Foz • Cantanhede • Viseu • Guarda • Covilhã • Castelo Branco • Santa Maria da Feira • Oliveira do Hospital • Santarém • Torres Novas

PUB
1049
13 fevereiro 2020
Ano 19
quinta-feira
 0.75 iva incluído
Diretor: Luís Baptista-Martins
semanário

Covilhã
Câmara obriga
empresa a corrigir
Novo dono vai decidir
ciclovias
Empresa vai retomar a obra «nos
próximos meses» para resolver
«erros técnicos» como o desgaste
futuro da Dura Automotive
Despedimento de 66 trabalhadores em Vila Cortês do Mondego está suspenso até à conclusão da venda
e desnivelamento do pavimento e
da multinacional no âmbito de um processo de insolvência apresentado nos Estados Unidos Pág.5
pintura das vias cicláveis criadas
na cidade ___________________ 4

Guarda
Câmara vai
aumentar PLIE
A expansão foi anunciada pelo
presidente da Câmara na se-
gunda-feira, no final da reunião
quinzenal do executivo, porque
só já haverá cinco lotes para ac-
olher empresas dos 196 criados
inicialmente ________________ 7

Vila Nova de Foz Côa


Amendoeiras em flor
são cartaz turístico__ 4

O que esperar e recear de 2020?


PUB

O INTERIOR desafiou personalidades a partilhar a sua opinião


sobre o novo ano, bem como as suas aspirações, preocupações
e anseios. Nesta edição publicamos o contributo de Carlos
Peixoto, deputado do PSD na Assembleia da República eleito
pelo círculo da Guarda e presidente da Distrital do PSD Guarda.
Pág 8
PUB
2• • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

Cara
Entrevista
no  fio  da  navalha

a P e r f i l
cara
Anabela Gradim
Amendoeiras em flor
Vila Nova de Foz Côa é o primeiro con-
«Se não há Diretora do jornal online académico
Urbi Et Orbi

periodicidade
celho da região a celebrar a Primavera ante- Idade: 49 anos
cipada proporcionada pelas amendoeiras em
flor. Este espetáculo da natureza continua a Naturalidade: Lisboa
ser um grande cartaz turístico do município
Currículo: Licenciada em Filosofia pela

deixa de ser um
duriense, que é visitado anualmente por mi-
lhares de pessoas neste período do ano para Universidade do Porto e doutorada em
apreciar as paisagens floridas, a gastronomia Ciências da Comunicação na Universida-
e divertir-se com as atividades programadas. de da Beira Interior com uma tese na área
da semiótica. Foi jornalista do “Comércio

jornal, passa a
do Porto” e do “Público”. Trabalha há
mais de 20 anos na área do ensino do
jornalismo e comunicação. É docente na
Faculdade de Artes e Letras da Univer-
CVRBI
ser um site de
sidade da Beira Interior, coordenadora
da Unidade de Investigação Labcom, e
A Comissão Vitivínicola Regional da diretora do jornal académico Urbi Et Orbi
Beira Interior apresentou na semana passada
a criação de um novo concurso dirigido aos Livro Favorito: “A Fada Oriana”, de So-

notícias»
restaurantes da região. phia de Mello Breyner
O “Beira Interior Gourmet” pretende
avaliar os estabelecimentos, a comida e a Filme Favorito: “Coração Selvagem”, de
sua conjugação com o vinho produzido na David Lynch
região. O grande objetivo é a promoção dos P - O jornal académico que
vinhos «e o seu “casamento” com as várias dirige, o pioneiro Urbi Et Orbi, Hobbies: Não tem
gastronomias», de forma a incentivar a vai comemorar este mês 20
restauração local a incluir mais vinhos da anos. O que representa para –, mas deixar de ser um jornal para passar
Beira Interior nas suas cartas. É uma inicia- si esta data? a ser um site como o NIT [New In Town]
tiva louvável que pode fazer a diferença na R - É sobretudo um símbolo que traz notícias e as atualiza como bem
promoção dos vinhos em estabelecimentos do enorme sucesso que o jor- entende, no meu ponto de vista não vai ser
locais. nal teve. É uma representação positivo e não gostaria de ver essa evolução.
da sua persistência e do facto Não quer dizer que não venha a acontecer,
de continuar a entusiasmar os pois eu não sou eterna, nem vou eternizar-
nossos alunos ano após ano. Além me na direção do Urbi, mas, à partida, para
disso afirma o seu significado en- mim não é uma boa opção. Como funciona
quanto grande laboratório para os O INTERIOR? Atualizam o site, mas têm a
nossos estudantes, que aqui deram edição em papel pois se deixarem de ter
os primeiros passos no mundo do isso e não tiverem mais uma periodicidade
jornalismo. deixam de ser um jornal. Até acho que a
atualização constante confunde o público…
Ciclovias da Covilhã P - Quais foram os maiores desafios
enfrentados ao longo deste percurso? P-Porque motivo?
As ciclovias da Covilhã vão ser alvo R- A sobrevivência. O facto de termos R-Porque quando leio um jornal quero
de correções «devido a erros técnicos» uma rotatividade de chefes de redação ler a edição diária, não quero passar o dia
cometidos na execução dos trabalhos. relativamente elevada também presa ao site a ver o que lá está de novo,
A obra gerou forte contestação entre os foi um desafio, sem dúvida. nem quero estar a fazer “scraping”
municípes, por se reduzir a uma faixa Inicialmente quem as- das notícias nas redes sociais.
vermelha no asfalto, sem possuir qualquer sumia esta função Quando leio, por exemplo,
outra indicação ou qualificação da via. Ao eram estagiários o “Expresso” quero sa-
minimalismo evidente nesta intervenção recém-licenciados ber que aquelas são
junta-se agora a má execução da obra que acabavam a sua as notícias que o “Ex-
oficialmente anunciada por parte da au- formação e depois presso” entendeu que
tarquia. Uma ciclovia não é, nem pode ficavam aqui um ano a fazer estágio como Além disso, também possibilita à comuni- eram pertinentes. Então esta rotina de
ser, apenas uma linha vermelha pintada chefes de redação. Era difícil, pois todos dade fora da universidade saber o que se termos números para mim é importante e
no pavimento. os anos era necessário treinar um estu- faz aqui dentro. Assim acaba por ser um vai manter-se. É o facto de termos números
dante novo, embora tentássemos sempre espelho da UBI para si própria e da UBI que me permite dizer que esta é a edição
escolher aqueles que se mostravam mais para o mundo – que é isso que significa o 1.046 do Urbi. Já viu a enormidade que isto
talentosos e se destacavam. Hoje em dia já nome Urbi Et Orbi. é? É mais do que dizer que tem 20 anos!
não funciona dessa forma. Apesar disso, o
simples facto de lançar uma nova edição P- Apesar de ser um jornal online P-Assim sendo, nesta fase o que
Dura Automotive todas as semanas é um desafio e uma – onde tradicionalmente não existe mudaria no jornal, se é que mudaria
dificuldade. periodicidade, pois a atualização é alguma coisa?
Quando tudo parecia decidido, regres- constante - o Urbi mantém o formato R-O site apresenta algum cansaço,
sou a incerteza sobre o futuro da empresa P- Assim sendo, como avalia a im- de edição periódica semanal. Isso é algo pois os meios tecnológicos vão evoluindo
de componentes para automóveis em Vila portância atual do jornal para a comu- que pretende manter? e começa a notar-se que não é um site
Cortês do Mondego. A multinacional está nidade académica? R-Sim, porque aquilo que caracteriza que foi feito ontem. Por essa razão, na
em processo de insolvência nos Estados R- Além de ser este laboratório pe- um jornal é a periodicidade. Se não tem edição de aniversário estamos a pre-
Unidos, o que suspendeu o processo de dagógico para os alunos – e eu acho que periodicidade deixa de ser um jornal, passa parar um refrescamento do site e uma
despedimentos anunciado em outubro pas- cumpre um papel muito importante nessa a ser um site de notícias. Não temos capaci- alteração – bastante radical aliás – da
sado, mas está também à procura de novo vertente –, também permite à Universidade dade, nem meios para atualizar constante- sua imagem gráfica e do seu modo de
dono, ao qual caberá decidir se mantém a da Beira Interior dar a conhecer as suas mente, nem acho que isso seja pertinente. funcionamento. Será lançado no encontro
operação no concelho da Guarda. atividades a si própria. Permite aos alunos Acho que isso descaracteriza aquilo que é de ciberjornalismo académico [agendado
de Medicina saber o que estão a fazer os um jornal. Um jornal é marcado precisa- para 19 de fevereiro, na UBI]. Acho que
colegas da Faculdade de Artes e Letras, mente pela rotina da sua edição. Não quer será uma grande melhoria relativamente
aos das engenharias saber o que fazem as dizer que não se façam atualizações – e ao que temos hoje, que é um site que já
pessoas das Ciências Sociais e Humanas… fazem-se no “feed” quando são necessárias tem uns anos.
repetição Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • •3

editorial Luís Baptista-Martins


baptista-martins@ointerior.pt

Dura!??
Na semana passada publicámos o ranking das maiores
empresas da Beira Interior que, sem surpresa, confirmava a
relevância da Coficab não apenas como entidade com maior vo-
lume de negócios em 2018 (os dados oficiais mais atuais) como
a maior exportadora da região. Com 235 milhões de vendas e
um crescimento assegurado, e para o qual muito irá contribuir
a nova unidade na PLIE, a Coficab arrisca-se a ser uma exceção
num interior deprimido e sem expetativas.
No ranking das 50 maiores empresas do distrito da Guarda
encontramos em 5º lugar a Dura Automotive com um volume
de negócios de quase 50 milhões de euros em 2018 e mais de
400 trabalhadores. A empresa de Vila Cortês do Mondego era
ainda um baluarte na economia regional e uma certeza na rele-
vância industrial do concelho da Guarda. Mas, todos o sabiam,
na Dura não havia otimismo. A empresa tinha capacidade para


crescer, mas o contexto internacional, as dificuldades do grupo
nos Estados Unidos e a falta de novos projetos anunciavam um
definhar latente já em 2018.
Entretanto, aquilo que eram
nuvens a passar sobre a cabe-
ça de centenas de famílias cujo
emprego, e vida, dependia há
dezenas de anos da “velha”
Femsa foram-se adensando
com despedimentos, prejuízos
A realidade é e falta de trabalho.
sempre muito Hoje, a Dura tem uma
centena de trabalhadores,
Trabalhar até que a alma mais dura e
difícil do que a
metade em formação (para
manter ocupadas as pesso-
opinião
Fidélia Pissarra nos doa narrativa pode
descrever
as), e espera as decisões do
grupo, que pode apresentar
um pedido de insolvência em
Quando nasci, excetuando a médica e a freira que perguntar a data em que nasci. Depois, com sorte,
breve. Ou pode ser vendida e
ajudaram a mãe a fazer-me chegar a este mundo, só a também já não ocorreria a ninguém comentar as mi-
resgatada da agonia.
família e, eventualmente, a vizinhança se aperceberam nhas fotos de perfil em crescendos de “cada vez mais
Não é a primeira vez que o complexo industrial vive momen-
da ocorrência, que a coisa também não era para mais. jovem”. É que, mesmo nestas imprecisões de sermos
tos de clamor e angústia, mas o pessimismo sobre o desenlace
Nessa altura, os dígitos ainda não serviam para nos velhos para isto e novos para aquilo, continua a ser
de mais uma crise na unidade fabril nunca foi tão dramático. O
denunciar a pegada desde o ventre materno, nem havia um facto irrefutável a impossibilidade de rejuvenescer.
fim está à vista…
cartão de cidadão ou de contribuinte. Passados dois ou No entanto, o que agora temos de mais certo, a par
A Femsa foi um ícone da indústria regional, um grande
três dias, julgo, meu pai para não juntar o registo com da morte, é que nos comecem a acriançar ainda em
empregador no concelho da Guarda e casa de milhares de
o batizado, marcado para daí a um mês, declarou-me idade ativa. Por este andar, mais do que a ciática e as
pessoas que deram a vida pela empresa. Os tempos da Bosch
civilmente viva. Bastará, portanto, esta descrição para cataratas, o que nos espera no trabalho é a desfeita de
deram brilho ao sonho de que a fábrica tinha futuro e assegurava
se perceber que já nasci há tempo suficiente para não segurarem a “portinha”, em vez da porta, até acabar-
emprego a novas gerações. A Dura Automotive chegou depois
me entaramelar toda quando, numa operação stop, um mos de a transpor, estarem sempre a lembrar-nos que
com ambição e os trabalhadores, otimistas, acreditavam que
polícia moderno demais para aceitar que alguém dos temos de escrever o “textinho”, em vez do texto. Ainda
haveria trabalho por muitos anos no Vale do Mondego. Mas os
tempos em que eu nasci fixe a data de aniversário, me havemos de chegar ao cúmulo de suspenderem os
dois últimos anos confirmaram que o sucesso é efémero e que
tenha atirado de C.C. em riste: «Sabe que idade tem, chistes à nossa entrada e de se desfazerem em garga-
o bom desempenho de anos anteriores não assegura o futuro.
minha senhora?» Assim como penso ser esta mesma lhadas à nossa saída. Pois, por muito bem-humoradas
Em novembro passado, quando foi anunciado o despedimento
descrição suficiente para se perceber que nem sempre (os homens não costumam ser acometidos por estas
de 66 trabalhadores, os que ficavam iriam perder condições
esteja com o mesmo humor com que lhe retorqui «sei, coisas) que sejamos, na dúvida, ninguém se atreverá
contratuais na convicção de que o trabalho ficava assegurado
sei senhor agente». Por vezes, afivelo mesmo uma ca- a rir connosco. A idade, mesmo sem posto, servirá
por dois anos, pelo menos. A decisão foi entretanto suspensa e
rantonha capaz de obrigar a explicar-se-me quem ousa assim para confirmar na pele os preconceitos de uma
a incógnita sobre o futuro é hoje um dado adquirido. Se a Dura
pedir desculpa só por perguntar a “data do nascimento” sociedade que, quanto mais enaltece o Photoshop,
não for vendida e não houver um novo projeto industrial para o
com ar de quem está a ser pecaminoso ao prever uma menos pondera os riscos do assédio geracional. Por
complexo, será o fim de uma das referências empresariais da
obscenidade por resposta. mim, já decidi que dos 65 aos 67,777 anos, retorquirei,
Guarda e mais um prego no caixão do despovoamento da região,
Seja por estas ou por outras, ao descobrir que a qualquer eventual apoquentador, da mesma maneira
porque as centenas de pessoas que foram saindo daquela fábrica
vou ter que trabalhar mais um mês, antes de me po- que ao meu cão quando me fita fixamente: «Queres ir à
ou se reformaram ou partiram (ou terão de partir).
der tornar oficialmente improdutiva, fico a pensar que rua, é?» Ora, se aumentassem logo a idade da reforma
Quando esperamos por medidas que promovam o emprego
nem levaria a mal se, em vez de um mês, fossem uns para os 75 ou, sei lá, 80, só já teria de me preocupar
no interior, e enquanto assistimos ao debate político sobre o im-
anitos. Pensando bem, mais década, menos década, já com estas questões depois dos oitenta e, pelo menos
pacto dos apoios aos territórios de baixa densidade, assistimos
o polícia me começava a tratar por menina e, ao rapaz antes dos setenta, não precisava de ser mal-educada
à realidade. E a realidade é sempre muito mais dura e difícil do
da ótica, não ocorreria pedir-me desculpa por ter de para ninguém.
que a narrativa pode descrever. Sem trabalho e sem empresas
PUB não há futuro. Muito mais do que promessas, as pessoas ne-
cessitam de presente, de dinheiro para pagar as contas, para
alimentar os filhos, para viver com dignidade. É urgente atrair
novos investimentos e estimular a economia local; é urgente
receber investimentos públicos e assegurar novos empregos
que permitam às pessoas ficar no interior.
4• • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

Ciclovias da Covilhã
da cidade geraram polémica por
aparentemente se limitarem a
linhas vermelhas pintadas no as-
falto. Conforme O INTERIOR noti-
ciou em outubro do ano passado,

vão ser corrigidas


«o principal foco de preocupação
da população é a (aparente) falta
de segurança das ciclovias (por
não apresentarem nenhuma bar-
reira física relativamente à faixa
destinada ao trânsito automóvel)
Empresa vai retomar a obra nos próximos meses para resolver «erros técnicos» e o facto de não possuírem a di-
como o desgaste e desnivelamento do pavimento e pintura mensão adequada – o que pode
SC
traduzir-se numa proximidade
Sofia Craveiro perigosa entre automóveis e
bicicletas». Estas críticas foram
diretamente dirigidas ao executi-
As ciclovias da Covilhã vão vo por cidadãos durante a sessão
ser alvo de correções «devido de apresentação do novo plano de
a erros técnicos» cometidos na mobilidade, no dia 21 de outubro,
execução dos trabalhos. O anún- na qual foi reservado tempo para
cio foi feito na última sexta-feira, prestar esclarecimentos públicos
durante a sessão do executivo, sobre a construção das ciclovias.
pelos vereadores José Armando Na ocasião Jorge Mourito, da
Serra dos Reis e Jorge Gomes. MPT – Mobilidade e Planeamento
De acordo com o descrito do Território Lda, a empresa
na acta da reunião, os erros responsável pela planificação da
consistem em «excessiva rugo- rede cicloviária, chamou à aten-
sidade do pavimento», «zonas ção para o facto do projeto não
com tinta mais viscosa ou mes- estar concluído e sublinhou que
mo com falta de tinta», «exces- a intervenção é «de sinalização
sivo desgaste da tinta aplicada» da presença das bicicletas», pois
e «zonas fresadas em locais não estas, de acordo com o Código da
previstos». É ainda referida «a Estrada, podem utilizar a mesma
incorreta implantação do canal via dos automóveis. Desvalori-
ciclável na Alameda Europa zando as críticas dos munícipes
(sentido descendente), junto à presentes, o geógrafo salientou
loja Maxmat». Em declarações que as medidas das faixas em
a O INTERIOR, Vítor Pereira, causa são «as exigidas por lei» e
As ciclovias geraram polémica entre os municípes por se limitarem a linhas vermelhas pintadas no asfalto
edil covilhanense, explicou que referiu que «18 quilómetros de
«a obra não começou a ser autarca garante que assim que mita retomamos o projeto reti- desnivelamento serão corrigidos ciclovia seriam muitos milhões
bem executada» pela empresa a anomalia foi «detetada» os ficado em termos de execução», pela empresa responsável. de euros se fosse realizada uma
contratada, situação que «ultra- trabalhos foram suspensos. «En- acrescentou. De acordo com a au- Recorde-se que as novas “obra pesada”». No caso da Co-
passa a Câmara, que nada tem tretanto meteu-se o Inverno, mas tarquia a obra será retomada nos ciclovias que estão a ser criadas vilhã, foram investidos cerca de
a ver com o projeto em si». O logo que a metereologia o per- próximos meses, e o desgaste e nalgumas das principais artérias 300 mil euros.

Vila Nova de Foz Côa

Amendoeiras em Flor começam já este fim de semana DR


O certame que celebra o Folclore, com início às 14h30
produto-bandeira de Vila Nova do dia seguinte. Nesse sábado
de Foz Côa tem início já este haverá também espaço para as
sábado. Apesar do cartaz oficial atuações de Bárbara Bandeira
do evento anunciar a Festa da e Wilson Honrado na Praça do
Amendoeira em Flor para dia Município. O investimento da
21 de fevereiro, há atividades autarquia na Festa das Amen-
relacionadas com esta Primav- doeiras em Flor situa-se entre
era antecipada marcadas para os «120 e os 130 mil euros», de
este fim de semana. acordo com o João Paulo Botto,
Pelas 16 horas do próximo que salienta o «impacto direto
sábado a exposição “Amendoei- do certame na restauração e
ras e o Mundo Rural”, de Adriano alojamentos do concelho, que
Ferreira, será inaugurada na estão completamente esgotados
galeria de artes do Centro Cul- nesta altura», afirma.
tural de Foz Côa. No dia seguinte A festa prolonga-se ainda
o destaque vai para o todo-o- durante o início do mês de
terreno, com a segunda edição março. No dia 7 será a vez de
do “Foz Côa TT Tour” e a quinta Carolina Deslandes atuar na
do passeio TT – Motos-Qwuads- Praça Municipal de Foz Côa,
Buggies” com saída simultânea realizando-se no dia seguinte o
às 8h30 da sede do concelho. emblemático “Desfile Etnográ-
A abertura oficial do certame fico”, a partir das 14h30. Nesse
está agendada para dia 21 e domingo de encerramento do
será marcada pelo espetáculo certame terá também lugar o
de “stand-up comedy” de Hugo espetáculo de Rouxinol Faduncho,
Sousa, às 21h30 no auditório do Município, que antecedem esta festa para nos colocarmos da autarquia de Foz Côa. No às 21h30, que será finalizado com
do Centro Cultural. No sábado um domingo preenchido com pontualmente no território, mas calendário do evento destaque o tradicional fogo de artifício. «É
seguinte Matay e o DJ João diversas atividades culturais, sim para nos afirmarmos de ainda para a “Noite de Fado difícil inovar após 39 anos, mas
Amaral são os destaques da desportivas e de natureza. forma estrutural», explica João Fozcoense”, dia 28 de fevereiro, esta festa mantém-se em alta»,
noite de espetáculos na Praça «Não queremos utilizar Paulo Botto, vice-presidente e para o XXXIVº Festival de sublinha o autarca fozcoense.
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • •5

Novo dono
Empresas
Quinta dos Termos lança coleção
de garrafas-livro

vai decidir
DR

futuro da Dura
Automotive
Despedimento de 66 trabalhadores em Vila Cortês do Mondego
está suspenso até à conclusão da venda da multinacional
no âmbito de um processo de insolvência apresentado nos
A Quinta dos Termos, de celho de Belmonte, na Beira Estados Unidos
João Carvalho, lança esta quin- Interior, se aventura neste tipo AR
ta-feira uma coleção inédita de de projeto. Em 2018, a Quinta
três garrafas-livro que resulta dos Termos criou a primeira
de uma parceria com o editor garrafa-livro em Portugal dedi-
Ricardo Paulouro e o poeta cada a “Rubá’iyat Poemas do
Gonçalo Salvado. Amor e do Vinho - 77 Poemas
Estas novas edições têm para Ler e Degustar”. No evento,
como temas “Cântico dos Cân- que tem início pelas 16 horas,
ticos”, “Amor e Vinho nos Po- serão ainda apresentados e
etas de Lisboa” e “Quem Mais provados alguns vinhos da Quin-
Vinho que Tu – Amor e Vinho ta dos Termos que chegarão ao
em Fernando Pessoa” e contam mercado na Primavera, bem
com ilustrações de Francisco como uma nova carrinha Toyota
Simões e Dorindo de Carvalho. Hilux, no âmbito de uma parce-
Não é a primeira vez que o ria do produtor vinícola com a
produtor de vinhos do con- Caetano Retail.

Guarda
1.200 figurantes e 25 freguesias
no Desfile e Julgamento do Galo
no Carnaval
O evento “GuardaFolia” lado por Vítor Freitas.
começa dia 21 com o desfile Do programa destacam-se Incógnita quanto à continuidade da fábrica na Guarda é cada vez maior
infantil e termina dia 25 com o ainda as tabernas do Entrudo na
Luis Martins escrita. Recorrer ao Capítulo Dura iria despedir 66 dos 157
“Enterro do Entrudo” em Fama- Alameda de Santo André, espaço
11 implica o reconhecimento de trabalhadores, não tendo sido
licão da Serra. de animação e de gastronomia, a
dificuldades financeiras, mas ga- ainda definidos os critérios
O programa de animação Fun Run (manhã de dia 23) e o
Os despedimentos previstos rante à empresa a proteção dos para a seleção dos funcionários
carnavalesca da cidade mais espetáculo de humor “Casal da
na Dura Automotive de Vila Cor- credores e permite-lhe contin- a dispensar, nem datas limite.
alta foi apresentado pelo mu- Treta” (dia 24), com Ana Bola
tês do Mondego (Guarda) estão uar a funcionar até chegar a um Na altura a multinacional as-
nicípio, esta segunda-feira e José Pedro Gomes, no TMG.
suspensos até novas ordens da acordo para viabilizar o negócio sumiu ainda que se manteria
e envolve a participação de Mas tudo começa dia 21 com
multinacional norte-americana. e o pagamento das suas dívidas. no concelho da Guarda por mais
milhares de pessoas. o desfile infantil, que contará
Mas desengane-se quem pensar Trata-se de um procedimento dois anos (2020 e 2021), mas
O ponto alto da iniciativa é o com a participação de 2.000
que esta é uma boa notícia, pois supervisionado por um tribu- exigido como contrapartida o
tradicional Desfile e Julgamento crianças dos jardins de infân-
a empresa invocou o Capítulo 11 nal. No caso da Dura, o Capítulo congelamento dos salários dos
do Galo, no domingo Gordo, cia e escolas do primeiro ciclo
da Lei de Falências nos Estados 11 foi invocado em outubro de trabalhadores que iriam con-
que mobiliza 25 freguesias, do ensino básico do concelho.
Unidos e está à venda. O novo 2019, tendo sido assumido pela tinuar e o fim dos prémios de
bem como 1.200 figurantes, e Este ano, pela primeira vez,
dono do fabricante de compo- administração da multinacional produção.
terminará na Praça Velha com o cortejo terá início na Praça
nentes para automóveis terá de um prazo de quatro meses para A situação da Dura Automo-
a queima do galináceo. A ani- Velha. O município da Guarda
ser encontrado até ao final deste vender os seus ativos e negócios. tive sofreu um forte declínio com
mação do cortejo estará a cargo vai gastar cerca de 150 mil euros
mês e será ele que vai decidir o Por cá, a fábrica de Vila Cor- o fim das encomendas da Boco,
dos Bombos Ida e Volta; Tocan- no “GuardaFolia”, que inclui a
futuro da unidade do concelho tês do Mondego está a laborar, um fornecedor da Mercedes, que
dar; Fanfarra NemFáNemFum; atribuição de 1.600 euros a cada
da Guarda. mas «aproximadamente 60 a 70 anunciou a cessação do contrato
Bombos do Paul, Projeto EZ, freguesia participante no desfile
O cenário foi confirmado a trabalhadores não têm trabalho com a fábrica a 31 de agosto. A
Bandalhada, Peña Calimotxo do domingo Gordo. «Com este
O INTERIOR pela Comissão de e para os manter ocupados a saída deste cliente pôs em causa
e Nice Groove. O espetáculo programa de animação é nosso
Trabalhadores da Dura. «Como empresa está a dar formações», a continuidade da unidade de Vila
final tem direção artística de objetivo atrair visitantes para o
está a decorrer o Capítulo 11, o adianta a Comissão. Contudo, a Cortês do Mondego já que era o
Graeme Pulleyn, dramaturgia território nesta época do ano e
cenário de despedimentos ficou incógnita quanto ao futuro da responsável por cerca de 50 por
de Carlos Clara Gomes e inter- animar os guardenses com um
para já suspenso e só depois unidade é cada vez maior, não cento da sua faturação. A empresa
pretação de Emanuel Santos, Carnaval genuinamente portu-
da venda o novo Grupo poderá havendo neste momento certe- labora desde a década de 90 do
Lisa Reis, Ricardo Augusto e guês», disse Carlos Chaves Mon-
tomar, ou não, essa iniciativa», zas, nem garantias, sobre a sua século passado nas instalações
Romulus Neagu. Já o galo será teiro, presidente da autarquia
referem os representantes dos continuidade. Em outubro tinha da antiga FEMSA, tendo chegado
criado, construído e manipu- na apresentação das atividades.
funcionários numa resposta ficado decidido que, em 2020, a a empregar mais de 200 pessoas.
6• • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

Autarcas da CIMBSE
S contestam estudo
Sociedade
do IPG sobre condições
Obituário
de habitação na região SC

Morreu João No domingo o


Politécnico da
Malaca Casteleiro DR Guarda divulgou os
resultados de um
diagnóstico feito às
habitações da região
segundo o qual «cerca
de um terço dos
habitantes das Beiras
e Serra da Estrela
vivem em condições
indignas». A CIM e os
autarcas da região
contestam estes
números e mostram-
O linguista João Malaca se revoltados pela
Casteleiro faleceu na sexta- divulgação das
feira, aos 83 anos, no Hospital conclusões sem a sua
da Cruz Vermelha, em Lisboa, validação.
onde estava internado, mas
a noticía só foi divulgada no Sofia Craveiro
domingo.
Natural do Teixoso (Co-
vilhã), o professor catedráti- Esta terça-feira à tarde
co foi o principal respon- estava agendado um seminá-
sável na elaboração do novo rio no Instituto Politécnico
Acordo Ortográfico de 1990. da Guarda (IPG) que previa
A adoção deste novo tratado, o esclarecimento de autarcas
em 2009, gerou controvérsias e público sobre as políticas
governamentais de apoio às Joaquim Brigas esclareceu que houve «de facto um erro» no comunicado divulgado, sendo o estudo relativo ao
que se prolongam até hoje,
famílias com carências habita- território do distrito da Guarda e não às Beiras e Serra da Estrela
facto que levou a que grande
parte das suas intervenções cionais. Em destaque estavam a ser realizada por professores lações, não nos podemos sentir responsável esclareceu que
tenham sido em defesa das os programas de apoio “1º e estudantes do IPG integrados bem pela forma como a notícia houve «de facto um erro» no
vantagens das novas regras Direito” e “Porta de Entrada” no processo de ensino-aprendi- veio ao ar», disse o também comunicado divulgado, sendo
de ortografia. Licenciado em que seriam abordados por Ana zagem desenvolvido nos TESP, edil de Gouveia. o estudo relativo ao território
Filogia Românica, em 1961, Cruz, do Instituto da Habitação licenciaturas e mestrados». A par destas críticas, a CIM- do distrito da Guarda e não às
doutorou-se na mesma área e Reabilitação Urbana (IHRU), Durante a sessão no IPG, BSE emitiu um comunicado Beiras e Serra da Estrela (con-
em 1979, na Faculdade de - entidade que promove os re- o primeiro a contestar estas momentos após o final da sessão forme divulgado inicialmente).
Letras da Universidade de feridos programas - contudo, a conclusões foi Esmeraldo Car- no IPG para reforçar a «indig- Relativamente à acusação de
Lisboa, com uma tese sobre a sessão acabou por ficar marcada valhinho. Para o presidente nação» desta entidade perante que os números de habitações
sintaxe da língua portuguesa. pela contestação dos autarcas ao da Câmara de Manteigas, «os os resultados do estudo, classi- indignas foram extrapolados,
Foi professor catedrático na estudo divulgado pelo IPG. resultados foram extrapola- ficados como «uma conclusão Joaquim Brigas esclarece que
mesma instituição e membro A polémica estalou no dos indevidamente». O au- destituída de qualquer valida- esse critério é «muito abran-
da Academia de Ciências de passado domingo, quando o tarca mostrou-se indignado de». O documento sublinhava gente» e tem a ver com «o que
Lisboa. Foi o coordenador Politécnico fez chegar às reda- relativamente à implicação do que «o alegado estudo incidiu está especificado na lei», po-
científico do Dicionário da ções um comunicado relativo a município a que preside no num único município, o que dendo dizer respeito a fatores
Língua Portuguesa Contem- conclusões de um diagnóstico estudo, afirmando que «há, por torna estranha a extrapolação isolados como a falta de con-
porânea desta academia. Foi levado a cabo em parceria com vezes, imprecisões» que levam dos dados para o conjunto do forto térmico ou acessibilida-
ainda diretor de investigação as autarquias da região. Nessa a que «casebres e edifícios de- território de quinze municípios de. Apesar disso, o presidente
do Centro de Linguística nota lia-se que «o número de sabitados há várias décadas» que compõem a CIMBSE». do Politécnico referiu que o
da Universidade de Lisboa, famílias que vivem situações de sejam considerados habitações Perante a contestação dos estudo ainda está a decorrer e
conselheiro científico do grave carência habitacional na precárias. Esmeraldo Carvalhi- autarcas, Joaquim Brigas, pre- abrange outras áreas «como a
Instituto Nacional de Inves- região das Beiras e Serra da Es- nho frisou ainda o «desconten- sidente do IPG, fez menção, pobreza, o acompanhamento
tigação Científica e presi- trela ultrapassa os 30 por cento, tamento generalizado» entre no fim da sessão, aos polos de crianças e jovens, defici-
dente do Conselho Científico segundo estudos desenvolvidos os autarcas da Comunidade do Centro de Estudos Popu- ência». «A realidade é muito
da Faculdade entre 1984 e por investigadores em Projetos Intermunicipal Beiras e Serra lação Economia e Sociedade preocupante, mas o principal
1987. Foi também presidente de Investigação promovidos da Estrela perante a informa- e do Observatório dos Estu- objetivo do estudo é que se
do Instituto de Lexicologia na Unidade de Investigação do ção divulgada pelo Politécnico. dos Socieoeconómicos, que coloque o foco sobre proble-
entre 1991 e 2008. Foi feito Desenvolvimento do Interior do A contestação foi confirmada estão sediados no IPG atra- mas reais, que existem – não
Grande-Oficial da Ordem Instituto Politécnico da Guarda». por Luís Tadeu, presidente da vés de protocolos, e afirmou adianta dizer que não existem
Infante D. Henrique em abril Era ainda referido que «o diag- CIMBSE: «Enquanto autarcas, que há «várias investigações ou tentar escondê-los debaixo
de 2001. nóstico surge através de uma que estamos a trabalhar para em curso» no âmbito dessas do tapete», considerou ainda o
prestação de serviços que está o bem-estar das nossas popu- unidades. A O INTERIOR, o responsável.
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • •7

Celorico da Beira
GNR acusado de abuso sexual
foi absolvido
Plataforma
O militar da GNR que, em
fevereiro do ano passado, foi
acusado de abusar sexualmente
de uma mulher detida no posto
remontam a 24 de fevereiro
de 2019, quando a mulher foi
detida pela Polícia Judiciária da
Guarda e entregue sob detenção
logística da
Guarda vai
de Celorico da Beira foi ab- no posto de Celorico da Beira,
solvido pelo Tribunal da Guarda. onde iria permanecer até ser
Na leitura do acórdão, na ouvida pelas autoridades. No
passada segunda-feira, a pres- dia seguinte, «a detida for-
idente do coletivo de juízes malizou uma queixa-crime

ser ampliada
referiu que a conduta do militar, na PJ por, alegadamente, ter
embora fosse «reprovável en- sido vítima de abusos sexuais,
quanto agente de autoridade», praticados por um militar no
não corresponde «aos requi- referido posto», divulgaram
sitos do crime» de que estava na altura a Judiciária e a GNR.
acusado. Em causa está a falta Na sequência da denúncia o
de provas para comprovar a militar suspeito foi detido e Expansão foi anunciada pelo presidente da Câmara na segunda-
acusação de que o guarda se presente ao Tribunal Judicial
aproveitou da sua profissão da Guarda, tendo a GNR instau- feira por haver apenas cinco lotes de terreno disponíveis dos 196
para ter relações sexuais com a rado um processo disciplinar e criados na área empresarial da Gata
vítima. O tribunal concluiu as- transferido o guarda em causa AR

sim que a mulher «avançou por para outra subunidade do Co-


sua livre iniciativa». Os factos mando Territorial da Guarda.

Fotolegenda
Ação alertou população para eventuais
cortes de árvores na Guarda DR

Carlos Chaves Monteiro afirma desde 2015 foram criados «600 postos de trabalho» e investidos «cerca de 100
milhões de euros» na Guarda
Luis Martins a apresentar junto da Comissão Na resposta, Carlos Chaves
de Coordenação e Desenvol- Monteiro afirmou que desde
vimento Regional do Centro», 2015 foram criados «600 postos
Esta terça-feira a Guarda da Rua Soeiro Viegas e da A Plataforma Logística de acrescentou o autarca. A PLIE de trabalho» e investidos «cerca
acordou com a palavra “So- Alameda de Santo André. De Iniciativa Empresarial (PLIE) localiza-se na Gata, nas proximi- de 100 milhões de euros». E
corro” afixada em várias ár- acordo com um dos promo- da Guarda vai ser ampliada para dades da Guarda, e resultou de acrescentou: «Valorizámos as
vores da Avenida Alexandre tores da ação de protesto, que disponibilizar mais 41 lotes de um investimento de 34 milhões infraestruturas empresariais
Herculano. pediu para não ser identifica- terreno. A expansão foi anuncia- de euros. como a PLIE, apoiámos inves-
Segundo apurou O INTE- do, a ideia é «consciencializar da pelo presidente da Câmara O assunto foi abordado timentos e empresários com
RIOR, a ação realizada durante a população, em especial os na segunda-feira, no final da na sessão de Câmara após os a redução do IMI, IMT e das
a madrugada destinou-se a jovens, relativamente ao corte reunião quinzenal do executivo, vereadores socialistas Cristina taxas municipais, criámos o
alertar a população para o pos- massivo de árvores» que acr- porque só já haverá cinco lotes Correia e Manuel Simões terem Regulamento de Apoio ao Inves-
sível corte de árvores no de- editam estar iminente naquela para acolher empresas dos 196 elogiado, no período de antes timento, que entrará em vigor
curso da requalificação do eixo zona da cidade. Os pequenos criados inicialmente. da ordem do dia, o programa brevemente. O PS critica sem
viário das Avenidas Afonso cartazes acabaram por ser re- «Mais de metade da PLIE “Trabalhar no Interior” lançado argumentos ou bases objetivas».
Costa e Alexandre Herculano, tirados durante a manhã. tem projetos de instalação a pelo Governo. Nesta tomada de O autarca social-democrata
decorrer, outros estão aprova- posição, entregue aos jornalistas respondeu depois que desde
GNR dos e aguarda-se o início das no final da sessão, os eleitos da que é presidente da Câmara, à
obras e temos mais solicitações, oposição perguntaram, entre cerca de dez meses, foram cria-
Oito detidos por caça ilegal em Gouveia, nomeadamente de um grande outras coisas, a Carlos Chaves dos «317 postos de trabalho e
Guarda e Pinhel operador de logística nacional», Monteiro «quantos postos de investidos 73 milhões de euros
disse Carlos Chaves Monteiro trabalho foram criados» no con- no âmbito dos projetos PIM».
Oito homens, com idades estavam a caçar «um, num ter-
aos jornalistas, adiantando que celho desde que é presidente da Chaves Monteiro afirmou ainda
entre os 43 e 78 anos, foram reno junto a um lar de idosos e
a autarquia vai iniciar este ano autarquia. «Não basta fazer de que «a ambição é ter tantos ou
detidos pela GNR nos concelhos o outro numa faixa de proteção
os procedimentos para amplia- conta que faz. O que tem andado mais postos de trabalho» no
de Gouveia, Pinhel e Guarda por de criação animal», refere a GNR
ção daquela área empresarial a fazer o seu executivo nestas futuro e que o município está «a
caça ilegal na semana passada. em comunicado. No âmbito
que integra a Rede Nacional de áreas tão fundamentais para o trabalhar para isso». Quanto às
Segundo o Comando Ter- destas detenções os militares
Plataformas Logísticas. O alarga- município?», questionaram os medidas do Governo, divulgadas
ritorial da Guarda, as detenções daqueles três Núcleos de Pro-
mento terá «um custo elevado» socialistas, pedindo «resultados na última edição de O INTERIOR,
foram efetuadas durante ações teção Ambiental apreenderam
e vai ser candidatado a fundos concretos» da ação da maioria o edil guardense disse acreditar
de fiscalização à atividade cine- seis caçadeiras e 188 cartuchos
comunitários. «Temos espaço social-democrata na atração de que «podem criar alguma coisa,
gética, sendo que seis dos oito de chumbo cheios, entre outros
disponível nas traseiras do par- investimento e na dinamização mas vamos aguardar. O que é
suspeitos foram apanhados «a objetos. Os detidos foram con-
que TIR, só falta o financiamento da economia. «Promover o em- preciso é implementar os pro-
utilizar métodos não permiti- stituídos arguidos e os factos
para fazer a infraestruturação preendedorismo não se resume gramas anunciados e reduzir as
dos, nomeadamente chamariz e remetidos para os respetivos
daquela área, o que contamos a uma entregas esporádicas de portagens», considerou Chaves
laços de aço». Os restantes dois Tribunais Judiciais. 
garantir com uma candidatura cheques», acrescentaram. Monteiro.
8• • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

O que esperar e
Beiras e Serra da Estrela

recear de 2020?
Vítor Pereira
O INTERIOR desafiou personalidades a partilhar reitera que
todos os
a sua opinião sobre o novo ano, bem como as
suas aspirações, preocupações e anseios. Nesta
edição publicamos o contributo de Carlos Peixoto,
deputado do PSD na Assembleia da República
eleito pelo círculo da Guarda e presidente da
Distrital do PSD Guarda
autarcas
Ano novo, problemas velhos e novos devem «avaliar
continuidade»
Desafiaram-me a antever o futuro. ainda mais apoiados na fase final da vida
Não tendo eu dotes de adivinhação, com dignidade e com humanismo, terão
procurarei, ainda assim, fazer um exer- a “oferenda eutanásica” da esquerda
cício prospetivo em face dos dados que parlamentar, que aprovará finalmente

na CIM
se conhecem. Antecipando conclusões, a sua morte assistida e que tudo fará
o que corre bem no país e no distrito, para branquear o estado degradante em
continuará a correr bem. Portugal – e que deixou o Serviço Nacional de Saúde
a nossa região – deverão continuar a ao atirar para as calendas consultas e
ser destinos turísticos seguros, de boa cirurgias de quem delas mais precisa.
gastronomia e convidativos clima e O discurso sobre o ambiente e as Sofia Craveiro
SC

acolhimento. O que corre mal em todo alterações climáticas fará manchetes,


o território, continuará a correr mal. mas não nascerá um programa nacional
Nada de estrutural mudará porque as de recolha e separação de lixo doméstico O presidente da Câmara da Covilhã
políticas implementadas também não compatível com as nossas “lágrimas de garante que «disse aquilo que alguns
mudaram. O Estado engordará, tornar- crocodilo”. No interior do país o hori- não ousam dizer em público, e disse-
se-á ainda mais ineficiente e pregui- zonte estará cheio de nuvens. Já tem o de forma desassombrada, objetiva,
çoso e o investimento Secretarias de Estado clara e inequívoca», quando aludiu à
público e privado não por cá instaladas, já tem eventual saída do município da Comuni-
arrancarão. Iremos um lugar no Conselho dade Intermunicipal das Beiras e Serra
pagar mais impostos de Ministros para assi- da Estrela (ver edição de 30/01/2020).
e taxas e a maioria nalar a sua agonia, mas Em declarações a O INTERIOR,
dos portugueses terá não terá muito mais Vítor Pereira considera que «no final
menos dinheiro nos a não ser mezinhas e deste mandato e deste quadro comu-
bolsos ao fim do ano. paliativos que não se nitário devemos todos [os presidentes
A indecente e má tratam com receitas de de Câmara] fazer uma reflexão acerca
figura de sermos o “aspirina”. Um Governo do desenho geográfico» da CIMBSE. Em
quarto país da Europa politicamente sério, que janeiro, o edil tinha afirmado que iria
a crescer menos eco- agita o emblema da coe- refletir sobre a permanência da Covilhã
nomicamente, já atrás são territorial, não pode na Comunidade Intermunicipal e que
Carlos Peixoto
da Roménia, Eslová- ordenar ao PS que vote era possível haver «outros desenhos
quia, Estónia e Eslovénia (algo impen- contra a redução das portagens na A23 geográficos» no contexto regional.
sável há uns anos), não se alterará. A e na A25 (agora que a “troika” já cá não Quinze dias depois, a posição de Ví-
fatura da nossa eletricidade doméstica está e que o país já aparenta ter saído da tor Pereira reitera que «não me repugna
e industrial manter-se-á a mais cara bancarrota), não pode recusar o progra- nada que haja a junção das duas comuni-
da União Europeia e o preço dos com- ma “Erasmus Interior” para atrair jovens dades, pois ficávamos com uma dimensão
bustíveis permanecerá incomportável estudantes para estes territórios, nem extraordinária». Mas se essa junção não
e obsceno. O mercado de trabalho pode impedir a localização de futuros for possível, então a alternativa é que
tenderá a pagar salários recorrente- serviços públicos no interior de Portugal, «os três municípios da Cova da Beira se
mente baixos e a convidar os jovens a tudo medidas recentemente apresen- juntem à Beira Baixa», considerou. bramento» da CIM, «até porque dividir
emigrar, valendo os imigrantes que a tadas pelo PSD no Parlamento que a Entretanto, até ao final do mandato, territórios seria um contrassenso e uma
instabilidade e a pobreza de outras pa- esquerda chumbou com inclemência. pretende «acompanhar com a mesma de- estupidez». Na sua opinião, os autarcas
ragens nos permitem captar. As nossas Para mal dos “nossos pecados”, terminação, a mesma vontade e o mesmo da região devem é pensar em «alargar a
empresas viverão com a diabolização, foi apenas a devastação e as mortes empenho aquilo que se começou há seis Comunidade, isso sim será desejável e
o desprezo e esmagamento com que dos incêndios trágicos de 2017, que anos», na CIMBSE O edil covilhanense razoável para ganharmos escala, massa
foram brindadas nos últimos 4 anos puseram o país centralista e mediático lembrou ainda que «já não era a primeira crítica e poder político», até porque o
por uma esquerda preconceituosa e a falar dos denominados territórios de vez que dizia isto», pois «nos primeiros futuro vai passar pela regionalização.
continuarão com enormes dificuldades baixa densidade. Mas agora que já não dois anos da minha presidência, reu- A CIMBSE é atualmente constituída
em contratar pessoas, muitas delas há fumo no ar, tudo parece ter voltado nimos todos os autarcas dos distritos pelos municípios de Almeida, Celorico
não necessitadas e, ainda assim, cada à irrelevância e à subalternização. Só de Castelo Branco e da Guarda e todos da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo,
vez mais prendadas com rendimentos que não, não nos calaremos. As nossas ficamos de refletir sobre a possibilidade Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia,
sociais de inserção e afins. gentes são heroicas e têm alma. Apesar de nos juntarmos, mas nada aconteceu». Manteigas, Mêda, Pinhel, Seia, Sabugal
A classe média, não protegida por das tormentas, não baixarão os braços. Quem já se pronunciou sobre a e Trancoso (distrito da Guarda), bem
benefícios e isenções de nenhuma or- A esperança é mesmo a última a morrer. eventual saída dos concelhos da Cova como Belmonte, Covilhã e Fundão (do
dem, arrastar-se-á a contar os tostões Com a responsabilidade política que os da Beira da CIMBSE foi Esmeraldo distrito de Castelo Branco). Já a CIM
para sobreviver. Os jovens terão cada eleitores do distrito da Guarda honrosa- Carvalhinho. O autarca de Manteigas e Beira Baixa é composta pelos concelhos
vez mais os olhos postos no estrangeiro mente me confiaram, tudo farei para a atual vice-presidente da Comunidade de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Olei-
e os idosos, em luta contra a solidão, a manter viva até ao suspiro final do meu Intermunicipal garante nunca ter ouvi- ros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila
doença e a indiferença, em vez de serem mandato. do falar na possibilidade de «desmem- Velha de Rodão.
AF_CREDIBOM_CHEF_PS_PUBLIMPOR INTERIOR_243x325.pdf 1 30/01/2020 13:10

Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • •9

PUB

CM

MY
Sê chef da tua vida.
CY

CMY
Dá uma oportunidade a ti mesmo.
K

Não deixes a vida em banho maria. Se queres passar a ser dono do teu destino, faz já
uma simulação e compara as taxas. No Banco Credibom tens o crédito que mereces.

Crédito Pessoal 5.000€ a 75.000€


24 a 96 meses | TAN desde 6,60% | TAEG desde 9,73%

89,22€* MÊS Crédito 5.000€ | 72 meses


TAN 8,30% TAEG 10,61%

credibom.pt 21 413 48 30
*Impostos aplicáveis retidos ao financiamento. Acresce comissão de processamento das prestações de 1,50€. MTIC 6.651,84€.
Crédito sujeito à aprovação do Banco Credibom SA.
10 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

PUB

X X X IX

F E S TA d a E I R A
AM E N D O
em F L O R
2020
CAPITAL DA
AMENDOEIRA EM
FLOR

21 DE FEVEREIRO A 8 DE MARÇO
FEVEREIRO
15 |SÁB. | 16H00 | Abertura da Exposição “Amendoeiras e Mundo Rural” pelo olhar de Adriano Ferreira
| Galeria d’ Artes do Centro Cultural |
16 |DOM.| 08H30 | II Foz Côa TT Tour | Foz Côa Automóvel Clube + J.F. de Foz Côa + J.F. de Freixo de Numão - Murça | Praça do Município
08H30 | VI Passeio TT – Motos-Quads-Buggies | Largo do Adro - J.F. de Chãs
21 | SEX. | 21H30 | Abertura Oficial | Stand Up Comedy com HUGO SOUSA | Auditório do Centro Cultural
22 | SÁB. | 09H00 | Montaria das Amendoeiras em Flor 2020 | Clube Caça e Pesca de V.N. Foz Côa
21H45 | MATAY | Praça do Município

23H00 | DJ JOÃO AMARAL | Praça do Município

23 |DOM.| 09H00 | Montaria em Flor 2020 | Clube Caça e Pesca de Almendra


09H00 | XIX Passeio Pedestre das Mós | Sede da ACR d´As Mós
09H00 | XXXII - Passeio de Cicloturismo | ACCÔA + J.F. de Almendra + J.F. de Castelo Melhor | Praça do Município
09H00 | Rota das Amendoeiras - Passeio em 2 Rodas | (Mcbonellifozcoariders) + J.F. de Numão + J.F. de Touça

09H30 | Das Seixas à Quinta do Vesúvio pelos Socalcos do Douro | Ass. Causas e Contextos - Largo do Terreiro - Seixas
15H00 | Tertúlias de Pão Tradicional e Incursões ao Museu da Telha | J.F. de Touça

15H00 | Free Style Motard | Mcbonellifozcoariders | Estação de Camionagem


15H00 | Concerto de Guitarra do Conservatório de São José da Guarda | Freguesia de Custóias | Igreja Matriz

18H00 | Brass Band | Guitarras do Côa | Freguesia de Sta. Comba | Igreja Matriz

24 | SEG. | 21H00 | Brass Band e Orquestra Sinfónica | Auditório do Centro Cultural

25 | TER. | 16H00 | Guitarras do Côa | Freguesia de Touça | Salão da Junta de Freguesia

27 | QUI. | Um Percurso, Dois Patrimónios


09H30 | Quinta do Vale Meão | Inscrições na Fundação do Côa | Museu do Côa

14H00 | Adega Mateus Nicolau de Almeida e Quinta do Monte Xisto e Mateus Nicolau de Almeida | Inscrições na Fundação do Côa | Museu do Côa

28 | SEX. | 21H30 | NOITE DE FADO FOZCOENSE | Auditório do Centro Cultural


29 | SÁB. | 09H00 | XI Torneio de Karaté das Amendoeiras em Flor 2020 | Pavilhão Gimnodesportivo

11H00-13H00 | 14H30-20H00 | Aqui Portugal - RTP | Av. Gago Coutinho e Sacadura Cabral

14H30 | Jogar com Tradição – Jogo da Malha e Torneio da Sueca | Ass. Amigos de Murça – Murça

14H30 | Passeio pela História, Sentir o Local | Castelo de Numão – J.F. de Numão

14H30 | XXXIV Festival de Folclore | Coreto do Parque de St. António


R.F. de Vila Nova de Foz Côa – Associação de Cultura Popular | R.F. de Alcaria, Fundão
R.F. de "Os Loureiros de Lordosa", Castelo Branco | R.F. de "Danças e Cantares de Raiz do Monte" de Vila Pouca de Aguiar

16H15 | Master Chefe - À Mesa com a Amêndoa Com o Chef Emanuel Cunha e Tia Cátia | CLDS4G | Auditório do Centro Cultural
EXPOSIÇÂO PERMANENTE
21H45 | BÁRBARA BANDEIRA | Praça do Município
“AMENDOEIRAS
23H00 | DJ WILSON HONRADO | Praça do Município
E MUNDO RURAL”
MARÇO pelo olhar de Adriano Ferreira
1 |DOM.| Feira Franca
| Um Percurso, Dois Patrimónios
09H30 | Percurso Pedestre entre Muxagata e Ribeira de Piscos | Inscrições na Fundação do Côa | Museu do Côa

6 |SEX. | 21H45 | Sarau Cultural do Agrupamento Vertical de Escolas | Auditório do Centro Cultural
7 |SÁB.| 09H00 | Caminhada “Do Pelourinho ao Museu de Ervamoira“ | Junta de Freguesia de Muxagata
14H30 | Atuação da Banda Musical de Freixo de Numão | Coreto do Parque de St. António

17H00 | Olhares Cativos | Fundação do Côa | Museu do Côa

21H45 | CAROLINA DESLANDES | Praça do Município

8 |DOM.| 14H30 | DESFILE ETNOGRÁFICO


21H30 | ROUXINOL FADUNCHO | Praça do Município

23H00 | Fogo de Artifício | Praça do Município


Siga-nos em:

15 |DOM.| 08H00 | “Rota da Amêndoa e do Figo” Convívio de Veículos, Motos, Clássicos e Desportivos
Motoclube do Côa + J. F. de Muxagata + J. F. de Chãs | Praça do Município

EM CASO DE MAU TEMPO OS ESPECTÁCULOS MUSICAIS SERÃO NA EXPOCÔA


CM-FOZCOA.PT | MUNICIPIO_DE_FOZ_COA | CMFOZCOA
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • • 11

CVRBI lança
PUB

concurso
gastronómico
para restaurantes
da região SC

«O vinho pode ser a mola de alavancagem de toda uma região gastronómica»,


considera Fernando Melo, presidente do júri do concurso

Avaliar a oferta gastronómica a fase das provas nos estabelecimentos


dos restaurantes locais de concorrentes.  
PUB

Leilão 
forma a promover a Beira Os vinhos da Beira Interior serão um
Interior e os seus, é o mote do importante critério de avaliação, além
“Beira Interior Gourmet”, o da «harmonização» dos mesmos com as
primeiro concurso promovido ementas propostas. «O vinho pode ser a
Agência de Leilões 1) 
pela Comissão Vitivinícola mola de alavancagem de toda uma região
Regional (CVRBI) para colocar
I m ó v e i s   n a   G u a rd a  
gastronómica», afirmou Fernando Melo
o vinho da região na carta dos durante a conferência de imprensa, reali-
restaurantes. zada no Solar do Vinho, na Guarda, sede
da CVRBI. As inscrições estão abertas a
Sofia Craveiro todos os restaurantes do distrito de Castelo
Branco e aos restaurantes dos municípios
de Almeida, Celorico da Beira, Figueira
«Já há algum tempo que tínhamos de Castelo Rodrigo, Guarda, Manteigas,
pensado que havia uma lacuna na região, Mêda, Pinhel, Sabugal e Trancoso. O úni-
em termos da harmonização entre os co requisito é que os estabelecimentos
nossos vinhos da Beira Interior e a nossa participantes se integrem numa das três
gastronomia». Foi desta forma que Rodolfo categorias de avaliação: “Cozinha regio-
Queirós, presidente da Comissão Comissão nal/tradicional”, “Cozinha criativa” ou
Vitivinícola Regional da Beira Interior “Cozinha europeia e do mundo”.
(CVRBI) apresentou, na quinta-feira, o O prazo para inscrições decorre até 2 ‐ Um prédio urbano  na Rua Vasco Borges, n.º 27 e 31 (Lote n.º 6) 
novo concurso gastronómico dirigido aos de março, sendo a participação gratuita.
‐ Duas lojas  na Rua Marquês de Pombal, n.º 77 / Rua Dr. Francisco dos 
restaurantes beirões. Os vencedores serão reconhecidos com
Prazeres, n.º 8 e 10 (Lotes n.º 7 e 8) 
O “Beira Interior Gourmet” pretende diplomas que certificam os melhores nas
avaliar menus analisando os estabele- três categorias referidas, e “O Melhor Res-
cimentos, a comida e a sua conjugação taurante” na generalidade. Serão também
Visitas dia 19 de fevereiro de 2020 
com o vinho produzido na região. O entregues diplomas ao restaurante “Reve- 11h‐13h (Lote n.º 6) e 14h30‐16h30 (Lotes n.º 7 e 8) 
grande objetivo é a promoção dos vi- lação”, à “Melhor Promoção”, “Melhor Carta
nhos «e o seu “casamento” com as várias de Vinhos” e diplomas “Ouro” e “Prata”, Local do leilão: Rua Marquês de Pombal, n.º 77, R/c D. to, Guarda 
gastronomias», de forma a incentivar a além da distinção da “Melhor Entrada”, Coordenadas GPS: 40.536444, ‐7.265111 ou 40°32'11.2"N 7°15'54.4"W 
restauração local a incluir mais vinhos “Melhor Prato Principal” e “Melhor Sobre-
da Beira Interior nas suas cartas. Os mesa”. Todos os restaurantes aderentes Insolvência de P.J.D. Ribeiro, arquitectura e construções, unipessoal, Lda. 
estabelecimentos serão avaliados por serão incluídos posteriormente num guia Processo n.º 956/14.6TYLSB 
um júri especializado de 14 elementos especializado, que será distribuído por Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, Juízo de Comércio de Lisboa ‐ Juiz 5 
presidido por Fernando Melo, conhecido parceiros, municípios e em eventos promo- Venda extrajudicial com recurso a leilão por determinação do Exmo. Administrador Judicial. 
crítico gastronómico. Três a cinco mem- cionais da Rota dos Vinhos da Beira Interior. Venda efetuada nos termos do disposto no artigo 834.º do Código do Processo Civil (CPC). 
bros deste júri irão deslocar-se a cada Os prémios serão entregues na Gala de
restaurante, em data definida, e avaliar Vinhos da Beira Interior, agendada para Mais detalhes e condições de venda em w w w . l i g e n c i a . p t  
um menu completo, que deverá estar dis- 9 de maio. Mais informação sobre o regu- geral@ligencia.pt | 917557853 / 239104135 
ponível para o público entre 14 de março lamento em www.cvrbi.pt , onde também
1) 
e 16 de abril – período em que decorre está disponível a ficha de inscrição. Autorizada para o exercício de atividade leiloeira pela DGAE. 
12 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

PUB
Seia

Réplicas de “Star Wars” nos 18


anos do Museu do Brinquedo DR

O Museu do Brinquedo de Seia come- a série mais limitada e restrita da LEGO.


morou no domingo 18 anos de existência Instalado num solar do século XVIII, no
com a inauguração da exposição tempo- centro da cidade de Seia, o Museu do
rária “Stars Wars in Pieces”. Brinquedo é um dos espaços dedicados
A mostra está patente até novembro a esta temática mais completos do país,
e é composta por réplicas exatas dos sa- reunindo mais de 10 mil peças, de várias
bres laser usados nos filmes, as armas e épocas, de Portugal e do mundo, grande
demais adereços, todas peças numeradas parte das quais foram doadas por particu-
e raras autorizadas pela LucasFilm. Estão lares e instituições. Segundo o município,
igualmente expostas as principais naves e que gere o equipamento, trata-se de um
personagens dos filmes produzidas com «espaço privilegiado para conhecer e
peças da “Lego Ultimate Collector Series”, explorar o mundo a brincar».
PUB
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • • 13

Manteigas «está Sábado é Dia Litocar


Pelo 14º ano consecutivo,
a Litocar realiza este sábado
DR

na moda» e
o “Dia Litocar” nos 36 pontos
de venda do Grupo, nomeada-
mente na Guarda e na Covilhã,
com um conjunto de ofertas e
oportunidades para clientes

promove-se
das marcas representadas
(Renault, Opel, Nissan, Honda
e Dacia).
A iniciativa, que decorre seminovas da NCar, marca das
das 9 às 18 horas, inclui o oportunidades Litocar. Entre-
“check-up” gratuito às viaturas tanto, os clientes empresariais

na Expo Estrela
e a oferta de uma lavagem. têm direito a atendimento per-
Serão também atribuídos va- sonalizado durante esta semana
les de desconto em futuras mediante marcação antecipada
intervenções e descontos até de um “check-up” gratuito. Mais
50 por cento em pneus. Já informações através do telefone
os dez primeiros clientes a 808 500 112 ou do email marke-
Mostra de atividades económicas do concelho serrano decorre chegarem às instalações do ting@litocar.pt.
concessionário multimarca Segundo Ricardo Marques,
no fim de semana do Carnaval vão receber um vale de 100 responsável de marketing da
LM euros que poderão utilizar na Litocar, «os números não enga-
próxima manutenção. Durante nam. Nas últimas duas edições
o dia haverá ainda descontos do “Dia Litocar” oferecemos
imbatíveis – que podem chegar mais de 7.500 “check-ups” e
aos 12.500 euros – num lote vendemos mais de 500 viatu-
de viaturas novas e de serviço ras. Esta é, sem dúvida, uma
de todas as marcas represen- das maiores ações do género e
tadas pelo Grupo e viaturas uma referência no país».

Fornos de Algodres
Campanha de sensibilização
permitiu reduzir consumo de água
O consumo de água baixou gestora em alta – Águas do Vale
no concelho de Fornos de Algo- Tejo –, o equivalente a menos
dres graças a uma campanha de de 86.582 metros cúbicos. «Este
sensibilização dos munícipes volume de água economizado
iniciada pela autarquia em 2018, constitui a quantidade de litros
denominada “A Água não Dura que dariam para abastecer o
Sempre. Poupe-a”. concelho de Fornos de Algodres
Segundo o município, com- nos meses de maior consumo,
parativamente a 2017, em 2019 de julho a setembro», sublinha
«as famílias, o comércio/indús- a autarquia.
tria e as Instituições Particulares A campanha de sensibili-
«O turismo é cada vez mais a alavanca do desenvolvimento de Manteigas», disse o autarca Esmeraldo Carvalhinho de Solidariedade Social viram zação teve o apoio do Fundo
Luis Martins 101 mil euros, mas é um evento média nacional, e 89 por cento a fatura da água reduzir-se, Ambiental e incluiu ações nos
com muita qualidade, que não em termos de hóspedes. Já os em média, 17,47 euros/ ano, media, em “outdoors”, em men-
fica nada a dever àquilo que se proveitos subiram 79 por cento 69,06 euros/ ano e 245,41 sagens exclusivas na rede mul-
Cinquenta expositores vão vê noutros municípios», subli- neste período, ou seja, mais de euros/ ano, respetivamente». tibanco e por SMS, bem como
participar na 27ª edição da nhou Esmeraldo Carvalhinho, 2,6 milhões de euros». Em comunicado, a edilidade ações porta a porta ou junto da
Expo Estrela, que terá lugar em presidente da autarquia, na Na sua opinião, o turismo acrescenta que no ano transato, comunidade escolar. Após estes
Manteigas no fim de semana sexta-feira na apresentação é «cada vez mais a alavanca» comparativamente a 2017, hou- «excelentes resultados», a Câmara
do Carnaval para dinamizar a do certame. do desenvolvimento de Man- ve uma redução de 22 por cento fornense tenciona continuar a
economia local e promover o Na ocasião, o autarca con- teigas, onde «não é fácil fixar de água comprada à entidade apostar em políticas ambientais.
município numa altura do ano siderou que Manteigas «está investimentos noutras áreas,
muito procurada pelos turistas. na moda e voltou a ter autoes- nem há terrenos disponíveis
De 22 a 25 de fevereiro, tima» graças ao crescimento para isso». O autarca apro- Vinhos
a praça municipal será palco
de uma mostra de artesanato,
exponencial do setor turístico
nos últimos anos. «Este ano
veitou ainda a presença dos
jornalistas para reconhecer
Paulo Nunes considerado
gastronomia, comércio, in- teremos mais de 750 camas que «há neste momento algu- “Enólogo do Ano”
dústria, serviços e animação com a abertura dos hotéis Vila ma dificuldade para encontrar DR
O enólogo Paulo Nunes,
a cargo de grupos locais e da Galé e Santa Luzia. É um nú- casas para arrendar», mas
da Casa da Passarella e Quinta
região bem como a atuação de mero fora do vulgar e que nos esclareceu que a situação deve-
Madre D’Água, produtor do
DJ’s. Os cabeças de cartaz deste coloca à frente de municípios se aos operários que estão a
concelho de Gouveia integra-
ano são Matias Damásio (dia muito maiores», reconheceu o trabalhar nas obras, nomeada-
do na região do Dão, foi eleito
23), Anjos (dia 24) e Cláudia edil, para quem o potencial do mente no hotel do grupo Vila
“Enólogo do Ano” pela “Revista
Martins e Os Minhotos Marotos concelho está «nas paisagens, Galé. «Estamos a terminar o
de Vinhos”. A cerimónia “Os
(dia 22). No domingo Gordo nos trilhos e no património diagnóstico e a estratégia de
Melhores do Ano” decorreu no
haverá ainda uma caminhada natural ímpar que o estatuto de habitação no concelho e quan-
início deste mês, no Porto, e é
de 13 quilómetros entre as “coração” da Serra da Estrela do isso acontecer poderemos
considerada os “Óscares” do vi-
Penhas Douradas e a vila, en- nos proporciona». Esmeraldo avançar para a reabilitação de
nho em Portugal. Paulo Nunes já
quanto na terça-feira terá lugar Carvalhinho revelou que, entre edifícios, com apoios de várias
tinha sido distinguido “Enólogo
uma prova de queijo Serra da 2014 e 2018, segundo dados fontes de financiamento, e
do Ano” em 2017 pela revista país a ser distinguido pelas duas
Estrela e o tradicional desfile do INE, o município cresceu colocá-los novamente no mer-
“Vinho Grandes Escolhas”, pelo publicações mais importantes
de Carnaval. «A Expo Estrela «90,63 por cento em dormi- cado», adiantou o presidente
que é o primeiro enólogo do da especialidade.
tem um orçamento total de das, o que é muito superior à do município serrano.
14 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 Publicidade

PUB

Odontopediatria - Medicina dentária para crianças :)

MEDICINA DENTÁRIA | Drª. Rita Vilar | Dr. Alexis Oliveira | Drª. Soraia Rocha
ODONTOPEDIATRIA | Drª. Rita Vilar

GINECOLOGIA / OBSTETRÍCIA | Drª. Cremilda Sousa PODOLOGIA | Dr. Cristóvão Polónio


CIRURGIA GERAL | Dr. Pedro Caldes MEDICINA CHINESA | Drª. Celina Barreto
ENDOCRINOLOGIA | Drª. Daniela Guelho PSICOLOGIA CLÍNICA | Drª. Maggie Vaz
MEDICINA GERAL E FAMILIAR | Drª. Ana Isabel Santos EXAMES PSICOTÉCNICOS | Drª. Liliana Tavares
PNEUMOLOGIA | Drª. Rita Gomes TERAPIA DA FALA | Drª. Ana Rita Gonçalves
PSIQUIATRIA | Dr. João Campos Mendes ENFERMAGEM | Enf. David Centeio
UROLOGIA | Dr. Gustavo Gomes NUTRIÇÃO CLÍNICA | Drª. Inês Costa
PEDIATRIA | Drª. Rita S. Oliveira OSTEOPATIA | Dr. João Araújo
REUMATOLOGIA | Drª. Joana Ferreira MEDICINA INTEGRATIVA | Drª. Sandra Grilo
ORTOPEDIA | Dr. António Mendes | Dr. Eduardo Ferreira COACHING | Drª. Susana Menoita
ACORDOS - Consulte as especialidades abrangidas
CHEQUE DENTISTA | ADVANCECARE | TRANQUILIDADE | SANTANDER TOTTA | ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA MONTEPIO | SSCGD | SAMS CENTRO
SAMS QUADROS | MEDICARE | GENERALI CARE | FUTURE HEALTHCARE | SAÚDE PRIME|VICTÓRIA | EDP MAIS | DECO+ | DENTALREDE

Prof. Doutor
PUB

Dra Assunção Vaz Patto


L. Taborda Barata
Neurologista
Imunoalergologista Consultas de Neurologia
Asma e Doenças Alérgicas Exames: Electromiografia
e Potenciais Evocados
Rua Comendador Campos Melo, nº 29 – 1º Esq, Covilhã;
Tel: 275334876 CLIFIG - Rua Pedro Álvares Cabral -
Cliniform, Rua Mouzinho da Silveira nº 15 R/C, Guarda; Edifício Gulbenkian, s/n
Tel: 271211905 6300-745 Guarda

Prof. Celso Pereira Empresa de transportes admite:


COMERCIAL

Imuno-Alergologia Procuramos profissional com o seguinte perfil:


• Fluente na língua francesa (imprescindível);
(Doenças Alérgicas) • Conhecimentos de língua inglesa;
Ass Graduado HU Coimbra / • Informática na ótica do utilizador;
Fac Medicina UC • Valorizam-se conhecimentos e relações comerciais
no setor de transportes;
Covilhã: Clínica Médica Serra da Estrela Oferecemos:
Galerias de S. Silvestre - Piso 3 Telf: 960023455 • Formação;
Guarda: Clínica de Fisioterapia da Guarda • Disponibilização de computador portátil;
Av. Rainha D. Amélia, nº 6 - 271238581/96 • Trabalho a partir de casa;
Coimbra: 239802700; 968574777 e 918731560 Enviar Curriculum Vitae para Apartado 196, 6300-909 GUARDA

ADVOGADOS ADVOGADOS
Vitor Nascimento António Ferreira, Paula Camilo
& Associados
Bárbara Brigas Sociedade de Advogados, RL
Filipe Pinto
Telefone: 271 086 518 Telefone: 271 213 346 • Fax: 271 082 765 Fotojornalista
e_mails:
e_mails: antonio.ferreira.adv@gmail.com • paula.m.camilo@gmail.com
vitor.nascimento-5874c@adv.oa.pt Rua Alves Roçadas, nº 27 A, 1º CM2
barbarabrigas-4041c@adv.oa.pt (ao lado da loja MANGO) Escadas do Quebra Costas, Nº 2 • 6200-170 COVILHÃ
Telef. 275 336 805 • Telem. 919 487 978 • Telem. 964 196 950
Rua do Encontro, nº 9 - 3º • 6300-704 Guarda 6300-663 Guarda E-mail: filipepintofoto@sapo.pt • fotoacademica@hotmail.com

Médico

Diogo Cabrita
Cirurgião geral
tratamento de varizes e suas
complicações, pequenas cirurgias,
hérnias, hidrocelos, vesícula Litiásica.
Marcações : (Clínica Cembi)
Telef.: 271213445
Protocolo com a Médis

António Gil Advogado


Tel. / Fax 271 238 344
R. Dr. Lopo de Carvalho, 30-2º • 6300-700 Guarda
Contacte-nos!
Tel: 271212153 antonio.gil-5388C@adv.oa.pt
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • • 15

Opinião Covilhã

Coro Misto da Beira


Ovo de Colombo

Noiserv, o “homem orquestra” DR

Interior celebrou 30
anos com fotografias
e homenagens SC

Joana Rebelo sozinho em palco servindo-se de


dezenas de instrumentos como
David Santos é o músico guitarra, harmónica, acordeão,…
lisboeta criador do projeto musical Mas também outros sons inespe-
a solo Noiserv. O projeto surge rados que combina, criando uma
em 2005 quando grava as suas experiência maravilhosa para
primeiras ideias num álbum demo. quem o ouve.
Alguns anos mais tarde cria o seu Para além das centenas de
primeiro álbum, intitulado “One concertos por todo o mundo,
Hundred Miles from Thoughtles- surpreende com a participação em
sness”, e um estilo musical novo peças teatrais na criação de bandas
alternativo e emocionante. sonoras que toca ao vivo. Em 2010
Durante os anos seguintes participou também na banda sono-
partilha a sua música em diver- ra do documentário “José & Pilar”,
sos palcos portugueses e inter- de Miguel Gonçalves Mendes.
nacionais, destacando-se pelas David Santos continua a ino-
suas performances únicas ao var com o seu projeto a solo e
vivo. Caracterizado como “o ho- conta com concerto a 5 de março
mem orquestra”, encontramo-lo no Teatro Municipal da Guarda.

Cinema O Coro Misto da Beira In- das várias personalidades que O antigo primeiro-ministro não
terior assinalou, no sábado, contribuíram para o sucesso do esteve presente, mas deixou
7ª. Sena assinala quinto aniversário 30 anos de existência com a Coro. «Há uma Covilhã cultural uma mensagem de agradeci-
O 7a. Sena – Núcleo Cinéfilo quais premiados internacional- inauguração de uma exposição antes e depois do surgimento mento que foi lida na cerimónia.
de Seia comemora este mês o mente. Até lá, realizam-se as fotográfica na Biblioteca Muni- deste Coro», reconheceu Vítor Foram ainda distinguidos
quinto aniversário e agendou habituais sessões de cinema às cipal da Covilhã. Pereira, presidente da autar- vários os membros do Coro
para dia 28 uma conversa com quintas-feiras no Cineteatro local. São «30 anos, 16 CD gra- quia, no seu discurso de agra- que receberam um diploma e
o produtor e realizador António O ciclo intitula-se “A experiência vados, 674 concertos em 29 decimento. O edil foi um dos uma peça artesanal em forma
Costa Valente. O encontro terá do cinema” e inclui filmes como países diferentes» que estão homenageados, a par de Paulo de ovelha. A figura simboliza
lugar na Casa da Cultura a partir “Era Uma Vez Em Hollywood”, representados nesta mostra de Oliveira (empresário), Marta todas as pessoas que integraram
das 18 horas. de Quentin Tarantino (2019), patente até ao fim de abril e que Oliveira (empresária), João Ma- a história do grupo, tal como «a
Diretor do Festival de Avan- esta quinta-feira, e “Apocalypse recorda a história do grupo coral galhães (empresário), Alçada lã é o material que permite fazer
ca há 22 anos, o convidado já Now - Final Cut”, de Francis Ford da Associação Cultural da Beira Rosa (antigo governador civil uma camisola bonita», explicou
produziu ou dirigiu mais de uma Coppola (1979/2019), no dia 20. Interior (ACBI). Na abertura da de Castelo Branco), Martinho Luís Cipriano, maestro do Coro
centena de filmes, alguns dos A entrada é gratuita. exposição foram homenagea- Lopes (padre) e José Sócrates. Misto.

PUB

Pintura
Museu Abel Manta
mostra pinturas
esquecidas
O Museu Municipal de Arte
Moderna Abel Manta, em Gou-
veia, tem patente uma exposição
de pintura contemporânea pou-
co habitual.
Até 1 de março, os visitan-
tes podem descobrir e apreciar
algumas das obras que concor-
reram às oito edições do Prémio
Abel Manta, que se realiza desde
2007, e não foram distinguidas
nem reclamadas pelos seus
autores. Deste espólio foram
selecionadas mais de uma de-
zena de pinturas que têm agora
lugar de destaque na mostra
intitulada “Unclaimed - pintu-
ras esquecidas”, inaugurada a
1 de fevereiro. A exposição tem
entrada livre.
Dérbi serrano correu de feição ao
Manteigas, que recebeu e venceu
o Gouveia por 3-0
16 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 Publicidade

Futebol distrital
Sp. Mêda “descola”
Rua do
Rua do Campo,
Campo, 55 –– 1º
271211730
Telefone: 271
Telefone:
1º Dto
Dto -- 6300-672
6300-672 Guarda
211 730- 967543140
Guarda
– 967 543 140
Lic.NºNº15550
Lic. 2890 –– AMI
www.predialdaguarda.pt
www.predialdaguarda.pt
AMI
de Gouveia e
Manteigas
VENDE
ID:1173B Garagem No centro com boa localização. Oportunidade….. .…8.000€
ID:1179 Casa Rústica Zona do Mondego para restaurar com terreno.. .12.500€
ID:1220 Vivenda A 20km da cidade da Guarda, pronta a habitar. Só!….27.000€ DR
ID:1258 Moradia Para remodelar na zona de Sequeira com terreno… ..30.000€
ID:1143 Casa Rústica Para remodelar com 42.502m² de terreno……. ..31.000€
ID:1300 T3 Centro A necessitar obras,3 quartos, sala, cozinha, sala….33.500€
ID:1241C Lote Na Guarda para construção de moradia. OCASIÃO!.…...35.000€
ID:1238 T2 Pinhel Coz. mobilada c/ lareira, garagem, logradouro…… ..41.000€
ID:0159 Quinta Com 3 poços, tanques 2 casas de apoio. 8.500m². Só!.45.000€
ID:0000 T3 Centro A precisar algumas obras de remodelação……. …..46.900€
ID:1267 Casa Rústica Casa em ruinas p/restaurar com terreno………..58.000€

VIDENTE
ID:0000 T2 CentroCoz.mobilada,lareira c/ recuperador,marquise,sótão 64.900€
ID:1268 Casa Rústica Parcialmente remodelada, logradouro c/ poço.. .65.000€
ID:0361 T4 Centro Completamente mobilado e equipado, garagem…...79.900€
ID:1265 T2 Centro Coz. mobilada, roupeiros, 1 wc, despensa, sótão….84.900€
ID:0829 T3 Duplex Com lareira, 3quartos, 2wc´s, lugar de garagem… ..95.000€
2
ID:0000 Vivenda A 10minutos do centro, c / 2500 m de terreno….…. ...95.000€
ID:1254 T3 Centro Ocasião! Com sótão e garagem. Bem situado!….....95.000€
ID:0545 V4 Guarda Moradia próxima da Guarda, c/ 4 quartos……… .100.000€
Com longos anos de experiência
ID:0061C T3 Guarda Novos! Cozinha mobilada, lugar de garagem… ..108.000€
ID:1000 V4 Isolada C/4 quartos, 2 wc´s, adega, garagem, quintal… …115.000€
Trata inveja, mau olhado, espiritual, estudos, negócios,
ID:1262 T3 Guarda Aquec.central a lenha, sótão,garagem p/2 carros. 117.500€
ID:0997 T3 Guarda Aquec. central, roupeiros, garagem p/ 2 carros.….120.000€
empresas, amor, problemas familiares, saúde, etc.
ID:0580 Lote Para Construção no Bairro do Pinheiro, c/ 945m²…..…. .125.000€ Sempre pronto a dar resposta aos seus problemas.
ID:1155 T3 Guarda Aquec. central,lareira, garagem p/2 carros,sótão...132.500€
ID:1022 V4 Guarda Coz. e sala comum, aquec. central, garagem… …145.000€ Saiba tudo sobre o seu futuro e o porquê que tudo
ID:1269C Prédio Com 4 fracções, logradouro,excelente investimento..150.000€
corre mal em sua vida? O Sp. Mêda descolou na frente do Distrital da Iª Divisão
Não hesite, fale com quem sabe. Tenha FÉ:
ARRENDA
2
IID:1075B Salas Centro Salas c/ 20 m , óptimo, para explicações……. ….…90€
da AF Guarda. Os medenses golearam no domingo o “lan-
ID:0972C Escritório Centro Com 30m², óptimas vistas, 1 wc………… …...150€
2 271238451 ou 969012923 terna vermelha” Estrela de Almeida (14º classificado) por
IID:1050 Loja Guarda Loja para comércio c/ 110 m , 2 wc´s, c/armazém …220€
ID:0316 Escritório Centro Com 30m², c /2 salas, 1 wc, boa localização….250€ 6-1 e aumentaram para quatro pontos a vantagem sobre o
IID:0972B Loja Guarda Com 2 salas, recepção,2 wc´s, bem localizada…...250€ Desportivo de Gouveia.
ID:0653 Escritório Centro Todo remodelado, sala ampla c/varanda,1 wc. .275€
ID:0886 T3 Centro Coz. mobilada e equipada, roupeiro, 2 wc, marquise.. ..300€ A equipa orientada por Rogério Afonso ainda não
perdeu esta época e somou no domingo a décima vitória no
2
IID:1240C Loja Guarda Loja para comércio c/ 163 m , 2 wc´s, 2 salas ……350€
IID:0851B Loja Centro Loja r/chão, c/ cave p/ arrumos, bem localizada..….400€
ID:1246 T2 Centro Completamente mobilado e equipado, 1 wc, marquise. 400€ campeonato. No registo há ainda cinco empates, 37 golos
Predial da Guarda marcados e dez sofridos nas 15 jornadas já disputadas, o
Vende, Arrenda, Administra imóveis. arquiteta que perfaz um total de 35 pontos. O líder do campeonato
aproveitou também a derrota do Gouveia (2º) em Mantei-
Paula Maria Lemos da Costa gas por 3-0 no jogo grande da jornada e que permitiu aos
rua almirante gago coutinho n.º 95, r/ ch dirº manteiguenses consolidar o terceiro lugar com 30 pontos,
NOTÁRIA
6300-507 guarda menos um que a formação da “cidade-jardim”. Quem tam-
CERTIFICO que, por escritura de 5 de Fevereiro de 2020, exarada a fls. 125 e seguintes
do livro de notas para escrituras diversas número 422-P, da Notária Paula Maria 271 023 832 . 96 407 2248 bém se atrasou foi o Trancoso (4º) depois de perder 1-0
Lemos da Costa, com Cartório na cidade da Guarda, ANTÓNIO JÚLIO FERNANDES quelarquiteta@gmail.com . https://quelarquitetura.webnode.pt/ em Vila Franca das Naves (6º) no dérbi do concelho. Já o
GONÇALVES e mulher MARIA DA ASCENSÃO PIRES PINHEIRO GONÇALVES,
casados sob o regime de comunhão de adquiridos, naturais, ele da freguesia de Guarda vasta experiência em todo o tipo de projetos Vila Cortês do Mondego (5º, menos um jogo) foi ganhar
(Sé) e ela da freguesia de Avelas de Ambom, ambas deste concelho e residentes na Rua 2-1 a Vila Nova de Foz Côa (13º).
da Veiga, número trinta e quatro, nesta cidade da Guarda, deste concelho declaram-se Nos restantes jogos da 15ª jornada o Sp. Celoricense
donos e legítimos possuídores dos seguintes imóveis.
PRÉDIO RÚSTIVO constituído por pinhal, com a área de quatro mil quinhentos e trinta (9º) recebeu e goleou o Soito (7º) por 4-0, o Aguiar da Beira
Diretor e Editor: Luís Baptista-Martins • Rua da Corredoura, 80 - R/C
metros quadrados, denominado e sito em Terras, na freguesia e concelho da Guarda, a (8º) foi ganhar 3-1 ao terreno do Vilanovenses (11º) e o Sp.
confrontar do norte e nascente com limite da Arrifana, do sul com caminho e do poente Dto - C • 6300-825 Guarda •
com Domingos Alves da Silva, inscrito na matriz respectiva em nome do justificante
Vilar Formoso (12º) empatou a zero na receção ao Fornos
marido sob o artigo 2391, que proveio do artigo 781 da extinta freguesia de São Miguel Redação: Luis Martins (Chefe de Redacção) e Sofia Craveiro. • Conselho Editorial: de Algodres (10). Este domingo o líder tem mais um teste
da Guarda, com o valor patrimonial actual de 11,44 euros e o de IMT e atribuído de cento António Ferreira, Nuno Amaral Jerónimo, Cláudia Quelhas, João Canavilhas, José ao jogar na Guarda com o Vila Cortês do Mondego, enquan-
e setenta e oito euros e quinze cêntimos, descrito na competente Conservatória do Registo Carlos Alexandre, Diogo Cabrita e Maurício Vieira.
Predial sob o número mil novecentos e setenta e sete da extinta freguesia de São Miguel
to o Gouveia viaja até Almeida e o Manteigas desloca-se a
da Guarda, registado a favor de Maria José de Jesus Monteiro e marido José Manuel da Colunistas e Colaboradores: Acácio Pereira, Albino Bárbara, Ângela Guerra, António Vila Nova de Tazem. Fornos-Celoricense, Trancoso-Foz
Costa, Maria Clotilde Monteiro e marido António Nunes, Maria do Rosário Monteiro, solteira, Costa, António Ferreira, António Godinho, Cláudia Quelhas, David Santiago, Diogo Côa, Aguiar da Beira-Vilar Formoso e Soito-Vila Franca
maior e Maria Clotilde Antunes Monteiro de Almeida e marido José Cunha de Almeida pela Cabrita, Eduardo Lourenço, Fernando Pereira, Fidélia Pissarra, Frederico Lucas,
apresentação doze de doze de Julho de mil novecentos e noventa. completam a jornada.
Hélder Sequeira, Honorato Robalo, João Canavilhas, Joana C. Pereira, Joana Dente,
Que possuem este bem em nome próprio, convictos de que lhes pertence, há mais João Mendes Rosa, João Morgado, João Santiago Correia, Joaquim Igreja, Jorge Noutel,
de vinte anos, por o terem adquirido pelo ano de mil novecentos e noventa e seis, por
compra verbal a Maria José de Jesus Monteiro e marido José Manuel da Costa, com
José Carlos Alexandre, José Carlos Breia Lopes, José Pires Manso, Júlio Sarmento, Freixo e Guarda FC lideram Taça da
última residência conhecida em Arrifana, Guarda, Maria Clotilde Monteiro e marido
Melanie Alves, Miguel Castelo Branco, Miguel Moreira, Miguel Sousa Tavares, Norberto IIª Divisão
Gonçalves, Nuno Jerónimo, Telma Madaleno e Víctor Afonso. Desporto: António
António Antunes, com última residência conhecida em Sequeira, Guarda, Maria do
Rosário Monteiro, solteira, maior, com última residência conhecida na Rua da Veiga, Silva, Arlindo Marques, Cristina Sofia, Daniel Soares, José Luís Costa, Miguel Machado
e Rui Geraldes. • Cartoon: Maurício Vieira. • Paginação: Jorge Coragem • Projeto No segundo escalão disputou-se a quinta jornada da
Guarda Gare, na Guarda e Maria Clotilde Antunes Monteiro de Almeida e marido José
Cunha de Almeida, com última residência conhecida na Rua de Veiga, Guarda Gare, Gráfico: Maurício Vieira. • Departamento Comercial: Natalina Martins • Impressão: Taça da IIª Divisão. Na série A o Freixo de Numão derrotou
Guarda e desde então e ininterruptamente o cultivam ou mandam cultivar, colhendo FIG-Indústrias Gráficas, S.A. • Rua Adriano Lucas – 3020-430 Coimbra • Telefone o Sp. Sabugal em casa por 3-0 e o Nespereira foi ganhar
os frutos e fazendo as obras de conservação necessárias, pagando contribuições e 239 499 922 • Fax 239 499 981 • e-mail: fig@fig.pt • Sede, Redação e Publicidade:
impostos, posse que sempre exerceram, com conhecimento e à vista de toda a gente, Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda N.I.P.C. – P-504847422.
3-2 a Casal Cinza. A equipa do concelho de Foz Côa lidera,
sem oposição de quem quer que seja, sendo, por isso, uma posse pacífica, contínua, • Nº de registo na ERC: 123436 • Depósito Legal:146398/00 • Tiragem desta seguido do Nespereira e do Sabugal. Já na série B o Guarda
pública e de boa fé, pelo que o adquiriram por usucapião, não tendo todavia, dado o modo edição: 5.200 exemplares • Periodicidade: Semanário • Edição Internet: O Interior • FC goleou 7-1 na receção ao Paços da Serra e comanda o
de aquisição, documentos que lhes permitam fazer prova do seu direito de propriedade. Propriedade: JORINTERIOR - Jornal • O Interior, Ldª. Detentores com 5% ou mais grupo, à frente do Pinhelenses. Marcada para 15 de março,
Guarda, 05 de Fevereiro de 2020 do capital da empresa: José Luís Carrilho Agostinho de Almeida e Luís Baptista-Martins.
A Notária em substituição, a próxima jornada será a última. O campeonato regressa
Estatuto Editorial: https://www.ointerior.pt/ficha-tecnica/ • este fim de semana após uma paragem de duas semanas
(Paula Maria Lemos da Costa) Guarda - Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt com os jogos Freixo-Pinhelenses, Casal Cinza-Nespereira e
• publicidade@ointerior.pt
O Interior, nº 1049 de 13/02/2020 Paços da Serra-Sp. Sabugal, folgando o Guarda FC.

Cupão de Assinatura
Identificação: Nacional_ ____ Semestral.....(16€) Anual.. (30e)
Nome: _________________________________________________________________________________________________________
Estrangeiro_ Semestral.....(18€) Anual.. (35e)

Morada: ________________________________________________________________________________ Código Postal: _________ - ______ Localidade: _____________________________________________

NIF: ________________________ Telefone/Telemóvel: __________________________________________________ Email: ________________________________________________________________

Modo de Pagamento:
Enviar para: Rua da Corredoura 80, R/C Dto C • 6300-825 Guarda
Transferência Avulsa
IBAN: PT50 001000002256785000177
Data ___/___/______ Assinatura ________________________________________ Assinatura __________________________________________________ Data _____/_____/________
Transfira o valor da Assinatura para o NIB indicado e junte a este cupão o talão comprovativo da transferência.
O Jornal O Interior compromete-se a adoptar as medidas de segurança necessárias para garantir a salvaguarda dos dados
Cheque / Vale Postal nº _____________________ Banco _________________ pessoais / empresas dos assinantes contra a sua eventual utilização abusiva ou contra o acesso não autorizado.
O contrato de assinatura renovar-se-á por iguais e sucessivos períodos de tempo (seis/12 meses), até que qualquer das partes
Numerário denuncie a desistência por meio de comunicação escrita com antecedência mínima de 30 (trinta) dias.
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • • 17

Antepenúltimo Futsal

CF Sabugal é campeão
derrota e trava distrital de iniciados DR

ambições do
Sp. Covilhã
Vilafranquense venceu pela margem mínima e faz cair serranos
para o sexto lugar da IIª Liga, a sete pontos dos lugares de subida
DR
Os iniciados do Clube Fut- marcados contra dez sofri-
sal Sabugal são os primeiros dos. Este foi o primeiro título
campeões distritais da época de iniciados, mas o terceiro
da Associação de Futebol da do CF Sabugal nos escalões de
Guarda. formação. O clube vai agora
A formação raiana, orien- disputar a Taça Nacional. A
tada por João Nunes, termi- AD Manteigas terminou na
nou o campeonato sem qual- segunda posição e joga este
quer derrota, tendo registado domingo com o Vila Cortês
cinco vitórias e um empate do Mondego (4º e último
nos jogos disputados. Desta- classificado) na derradeira
que também para os 37 golos jornada da prova.

Escape Livre

Mário Patrão eleito


piloto do ano DR

Covilhanenses dominaram encontro mas não conseguiram criar ocasiões para marcar
O Sp. Covilhã caiu um lugar para ameaçar a baliza serrana, Este domingo, os serranos
na classificação após perder 1-0 mas sem consequência até ao recebem o Académico de Viseu,
na visita ao reduto do Vilafran- intervalo. atual décimo classificado com
quense, antepenúltimo da IIª O domínio do Sp. Covilhã 27 pontos.
Liga. A derrota de domingo, em intensificou-se no segundo pe-
Ficha de Jogo
jogo da 20ª jornada, não estava ríodo, contudo não se traduziu
Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa) Mário Patrão foi eleito homenageados 38 pilotos
nos planos e trava as aspirações em ocasiões de perigo. As en-
Árbitros assistentes: Pedro Mota e piloto do ano na 22ª Gala Spal da Guarda e do distrito, de
dos comandados de Daúto Fa- tradas de Jean e, mais tarde, de Hugo Ribeiro – “A Nossa Seleção de Pilotos”, doze modalidades diferentes
quirá no campeonato. Gui Inters, destinaram-se a dar
E. Municipal, Rio Maior que decorreu no sábado no (veja a lista em https://www.
O treinador Armando Evan- maior dinamismo ofensivo ao
Teatro Municipal da Guarda ointerior.pt/desporto/gala-
gelista não podia ter tido melhor jogo dos visitantes, mas estes
estreia no banco do “aflito” continuaram com dificuldades
Vilafranquense............ 1 (TMG). spal-homenageia-38-pilotos-
Rodrigo Josviaki, Denis, Dirceu, Kas- O piloto da KTM, que ali- da-guarda/).
Vilafranquense, que não vencia em ultrapassar a bem organi- sio Fernandes, Rafael Furlan, Ulisses, nha no Nacional de Enduro e Pedro Machado, presi-
há oito jogos. Os locais entraram zada defensiva vilafranquense. Pepo (André Ceitil 65’), Nikita Korzun, foi 32º classificado no último dente da entidade Turismo do
melhor e controlaram a primei- Só de bola parada os “leões da João Vieira (Gustavo Tocantins 78’),
Wilson Santos e Kikas (China 90’+4’)
Rali Dakar, foi o mais vota- Centro, foi distinguido com o
ra parte, tendo inaugurado o serra” conseguiram assustar o
Treinador: Armando Evangelista do pelo público presente no Troféu Manuel Gião, a mais alta
marcador ainda algum do públi- conjunto anfitrião, sendo que na
grande auditório, seguido de distinção da gala, pela «aposta
co presente não se tinha sentado parte final do encontro a opção Sp. Covilhã................. 0 António Matias (ralis) e de na valorização do turismo na
nas bancadas do Municipal de passou por “bombear” a bola Carlos Henriques, Tiago Moreira, Francisco Carvalho (velocida- região Centro e pela parceria
Rio Maior. Aos 5’, Rafael Furlan para a área, com a defesa riba- Jaime, Brendon, Soares, Filipe (Gui de). Foi a sétima vez que Mário desenvolvida com o Clube
foi oportuno na recarga a um tejana a impor-se claramente. Inters 64’), Gilberto, Rodrigo António
(Jean 45’), Mica, Rodrigo Martins
Patrão recebeu o troféu, que Escape Livre». Já a Freguesia
alívio de cabeça de Gilberto na Os minutos finais do jogo foram
(Daffé 74’) e Kukula considerou «importante numa da Guarda recebeu o Troféu
sequência de um cruzamento de muito intensos na procura do
Treinador: Daúto Faquirá festa que já tem reconheci- Prestígio João Lopes. Este ano
Wilson Santos. O Covilhã tinha golo de parte a parte. O Vilafran-
mento nacional. Para mais, a organização decidiu atribuir
mais posse de bola, mas não quense podia ter aumentado Golo: Rafael Furlan (5’) é ainda um incentivo para uma menção honrosa a Luis
conseguia ter grandes espaços a vantagem já em período de
Ação disciplinar: Cartão amarelo para uma época muito preenchida Máta Perez, diretor do Museu
na defesa ribatejana. A exceção descontos, aos 97’, por Wilson
Filipe (13’), Nikita Korzun (15’), Tiago e diversificada como a que Automóvel de Salamanca, um
foi um cabeceamento de Kukula, Santos, enquanto dois minutos
Moreira (43’), Soares (53’), Pepo (57’), tenho previsto para 2020». dos parceiros do Escape Livre
que saiu por alto, após livre de depois foram os covilhanenses Rodrigo Martins (70’), Rodrigo Jos- No evento organizado pelo na organização de passeios de
Gilberto. Por sua vez, o Vilafran- a estar perto da igualdade por viaki (90’+3’) e Ulisses (90’+7’). Clube Escape Livre foram clássicos.
quense usava o contra-ataque Daffé.
18 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

crónica
Júlio Sarmento *
POLÍTICA
Jorge Noutel
crónicaPOLÍTICA Farsetes, pobretes e alegretes
O que é ser Acabou a farsa da apresentação, discussão e votação do Orça-
mento de Estado para 2020. Farsa porque, ainda antes de o ser, já
o era. Ou seja, já se sabia que o orçamento era para ser aprovado a
lo, a um desmontar lúcido e arrasador da demagogia e da propaganda
a que o sistema recorre habitualmente para esconder estes problemas.
Alguém fez alguma coisa depois desses avisos? Não…
do Centro? todo o custo, fosse ele qual fosse!
Os erros e as gafes que obrigaram a modificações sucessivas e
Soubemos agora que os piores prognósticos do tal médico se
confirmaram. Bastaram pouco mais de dois meses para a Oftalmologia
Ser do Centro é defender o à introdução de fórmulas em que as condicionais e as implicações da Guarda colapsar mesmo e para deixarem de ser operados, em cada
ideal de uma sociedade justa cen- abundam, são apenas incidências de percurso, de que foi exemplo a mês, na Guarda, entre 150 a 200 doentes! Recordo-me de ter retido
trada na valorização de homens e lamentável novela do IVA da eletricidade. O que interessa é que, com um número, quando o tal médico falou na Assembleia Municipal: a
mulheres livres. Ser do Centro não muitas contorções e piruetas à mistura, as lavandarias e os “offsho- Oftalmologia havia efetuado mais de 38% de todas as cirurgias da
é votar por preconceito de classe, res” continuam por aí e no essencial nada muda. Está aprovado um ULS da Guarda em 2019. E tinha-o conseguido com escassíssimos
mas sim por convicção de uma orçamento que carrega ainda mais nos impostos, em cima da mais recursos humanos, uma proeza verdadeiramente extraordinária para
sociedade sem preconceito. alta carga fiscal de sempre! médicos, enfermeiros e outros profissionais!
O Centro não é contra os O povo, esse, diz estar farto deste jogo de sombras que alguns O que fez o conselho de administração do nosso hospital? Veio a
trabalhadores, cujos empregos dominam com mestria. Mas continua a colher aquilo que semeia. terreiro assumir a sua responsabilidade neste colapso e comprometer-
ajuda a criar e a manter. O Centro Queixa-se do falso aumento das pensões, do patético apoio aos que se a fazer tudo para o reverter? Não. Esboçou apenas uma ténue e
é contra a inveja aos empresários, querem vir para o interior, da hipocrisia dos investimentos na saúde, patética reação nos meios de comunicação social, tentando atirar
a todos os empreendedores e na educação e nas ferrovias, dos falsos aumentos, do falso travão algum tipo de culpa para cima do único médico que permaneceu no
contra o saque que os impostos aos vistos gold em Lisboa e Porto, do teatro do superavit, eu sei lá. serviço, por sinal o mesmo que, em dezembro, nos quis avisar do
representam. O Centro não é con- Pelo meio, nós, aqui no interior, ficamos ainda pior do que os que estava na forja! O mesmo médico que é publicamente conhecido
tra os sindicatos, mas sim a favor outros. Somos cada vez mais os campeões da desgraça. Quando isto por há uns anos ter colocado dezenas de milhares de euros do seu
da liberdade sindical e contra a está mal para os outros, para nós está ainda pior! Querem um exemplo bolso em equipamento no serviço e por ter ajudado a impedir que nos
sua instrumentalização político concreto? Então aqui vai… fechassem a Maternidade e, em última instância, o próprio hospital!
partidária pela esquerda. Sempre tivemos problemas graves na Saúde. Listas de espera Percebem agora porque é que eu digo que o orçamento é uma
O Centro não é contra as no- imensas, ausência de valências clínicas, complexos problemas de farsa? Porque vai ser gasto por gente deste calibre, gente com a
vas famílias que respeita nos seus acessibilidade, uma dependência crónica de outros hospitais, conflitos competência e sentido de vergonha que podemos ver neste caso!
direitos, mas defende e valoriza de todos os tipos. Agora, à laia de cerejinha em cima do bolo, temos Será preciso lembrar a todos os mandantes e comensais que o
a família tradicional. O Centro o colapso de serviços e as “fake” listas! Isso mesmo, listas de espera Hospital de que vos falo não é concelhio, mas distrital? Que abrange
não está contra os pobres, nem a fingir, com doentes a serem inscritos para cirurgia, mas sem serem uma área de gente paupérrima, envelhecida e cada vez mais com
valoriza mais os ricos. O Centro validados e sem poderem por isso ser operados se e quando a sua problemas de saúde e, também oftalmológicos? Ou será que querem,
quer uma sociedade desenvolvida vez chegar! a exemplo do que já sucede pela grande maioria do país, que uma
que eleve o rendimento dos mais A história conta-se em poucas palavras. No último mês de dezem- qualquer instituição privada de saúde abra portas na Guarda? Que
pobres e introduza justiça na bro, um médico oftalmologista foi à Assembleia Municipal da Guarda aumentem os planos privados de saúde e que o Serviço Nacional de
repartição da riqueza. avisar toda a gente para o risco eminente de colapso da Oftalmologia e Saúde seja só o parente pobre do sistema que devia ser universal e
O Centro defende o investi- de outras especialidades no nosso hospital. Assisti em direto, incrédu- de qualidade? Infelizmente parece que é essa a vontade…
mento e a criação de riqueza, a
articulação entre o setor público e
o setor privado. O Centro defende
o rigor e o planeamento, comba-
te o facilitismo, o improviso, a
demagogia e o derrotismo sem
doutrina.
O Centro defende uma so-
ciedade livre, de homens e www.ointerior.pt
mulheres livres, sem etiquetas,
nem rótulos, nem transige nos
seus valores com extremismos
de esquerda e de direita. O Cen-
tro defende a liberdade criativa
contra a cultura presa no pre-
conceito de classe.
Ser do Centro é saber res-
opinião
Sofia Colares Alves *
Pacto Ecológico Europeu
peitar a diferença, sem receio, Na luta contra as alterações climáticas, torna-se cada vez mais a produção e o consumo de energia são responsáveis por 75% das
complexo ou necessidade de ser claro que os custos de não agirmos e de não mudarmos serão muito emissões de gases com efeitos de estufa na UE. Duas das prioridades
diferente. O Centro não tem o altos. Não falamos apenas de custos financeiros, mas também de do Pacto Ecológico Europeu são a descarbonização do setor da ener-
preconceito de defender como custos naturais e humanos muito altos – como a extinção de ecos- gia, por via da substituição dos combustíveis fósseis pelas fontes de
modelo de sociedade o paradigma sistemas ou o aumento de catástrofes naturais. energia renováveis, e a diminuição do desperdício de energia, por via
da defesa da diferença, ou das A prioridade de toda a ação da nova Comissão Europeia, sob a da renovação ou do reforço do isolamento dos edifícios.
minorias, respeita-as, mas não alçada da presidente Ursula von der Leyen, é um novo modelo de Por sua vez, os meios de transporte, tanto públicos como priva-
sofre desse complexo. crescimento. Um modelo que tome no seu centro o equilíbrio entre dos, são responsáveis por 25% das emissões de gases com efeito
Ser do Centro é ser autêntico, o desenvolvimento económico e o ambiente. Para nos guiar nesse de estufa na UE. Outra das prioridades do Pacto Ecológico Europeu
é dar valor à palavra e ao compro- caminho foi adotado o Pacto Ecológico Europeu, que inclui mais de é a aposta em meios de transporte mais limpos.
misso, é ser livre de amarras, con- 50 medidas transversais – que tocam todos os setores – para que Finalmente, a indústria europeia é uma das maiores responsá-
tra a política feita de banalidades, possamos tornar a Europa no primeiro continente neutro em carbono veis pela produção de lixo e, em consequência, pela poluição do ar,
oportunismo e conveniência. Ser em 2050. do solo e do mar. O Pacto Ecológico Europeu visa incentivar a sua
do Centro é defender no poder ou Existem várias evidências científicas de que, caso não respon- reconversão verde.
na oposição os mesmos valores damos de imediato à crise climática, os efeitos de deterioração do Qualquer uma destas medidas requererá, obviamente, um grande
e a mesma política, sem transigir planeta – que já conseguimos sentir – se tornarão progressivamente esforço de adaptação, sobretudo por parte das populações, empresas e
no que é útil, conveniente ou mais devastadores: serão cada vez mais frequentes as situações de regiões mais dependentes dos combustíveis fósseis, mas mecanismos
oportunista. calor extremo, de seca ou escassez de água; multiplicar-se-ão os como o Fundo de Transição Justa procurarão minimizar os custos
incêndios descontrolados, o número de espécies em extinção, os desta transição, de forma a que ninguém seja deixado para trás.
* Presidente da mesa da deslocamentos forçados de populações, as mortes prematuras. E Acima de tudo, importa perceber que temos de agir. E de agir
Assembleia Distrital do PSD nós, aqui em Portugal, sentimos estas mudanças. depressa.
da Guarda e ex-presidente da O Pacto Ecológico Europeu incide em todos os domínios, nomea-
Câmara de Trancoso damente a energia, os edifícios, a mobilidade e a indústria. Atualmente, * Representante da Comissão Europeia em Portugal
Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020 • • 19

PUB

opinião Observatório
de Ornitorrincos
Nuno Amaral Jerónimo
extremo.acidental@gmail.com

Paz perpétua
Agora que já entendemos que Antó- Era uma vez um gato maltês,
nio Costa ganha sempre, mesmo quando Tocava piano, falava francês.
todos os partidos da oposição estão de Opiniões, não tinha nem três,
acordo uns com os outros e em desacordo E o Governo fez dele marquês.
com o PS, não adianta ocupar este espaço
e a paciência dos leitores com análises Roncava, dormia, comia no prato,
políticas. A análise política do Portugal Era um lorde em sentido lato.
contemporâneo é “a resposta do que gosta Nada fazia, na vida de gato,
o Costa”. Mas era querido no Largo do Rato.
Sendo assim, o Observatório de Orni-
torrincos vai abandonar os temas políticos Tinha uma vida pacata e baril,
e dedicar-se à literatura infantil. Era invejado por tantos mil.
Um dia, ao chefe não foi servil
E terminou enfiado num canil.

* O autor escreve de acordo com a antiga ortografia

Espaço
Público do Leitor
Cortar árvores é fácil, cuidar delas
e do ambiente dá trabalho
A Câmara Municipal da Guarda apro- Cortar árvores que representam um
vou em Outubro a “requalificação Urbana perigo para a população ou porque o seu
dos Arruamentos no Eixo Rodoviário da estado de saúde represente algum perigo,
Av. Dr. Afonso Costa, Av. Alexandre Her- é bem-vindo e necessário, agora andarem
culano, Rua Soeiro Viegas e Alameda de a cortar o nosso património arbóreo,
Stº. André”, um projecto aguardado por quase centenário, só porque é mais
muitos guardenses, principalmente os fácil do que a sua gestão, não pode ser
que têm carro. aceite de ânimo leve, ainda mais, num
Olhando para o projecto sem particu- contexto de alterações climáticas. Al-
lar atenção, o cidadão comum interpreta guém já viu funcionários da Câmara, ou
tal requalificação como a melhoria da outros, a alimentar árvores na cidade?
pavimentação rodoviária e, porventura, O único tratamento que é feito consiste
o arranjo dos passeios que se encon- nas podas extremas que enfraquecem
tram algo danificados. Contra isto julgo as árvores e encurtam a sua vida,
que não há ninguém, mas, e há sempre dizem-nos estudos feitos por técnicos
um “mas”, se prestarmos atenção, por capacitados. O paradigma tem que ser
exemplo ao caderno de encargos, depa- mudado! Faço um apelo aos leitores
ramo-nos com um pequeno artigo onde para enviarem um email aos responsá-
é alocada uma verba para abate de 50 veis (presidente da Câmara Municipal
árvores e arbustos de porte arbóreo. As e seu vice-presidente) manifestando a
razões para tais abates não podem estar preocupação com o futuro da cidade, a
relacionadas com o estado fitossanitário rejeição a mais abates “só porque sim”
nem com motivos de segurança, uma e a pedir esclarecimentos. Por exemplo,
vez que a autarquia não estaria a pôr em quantas e que árvores pretendem abater
perigo a sua população, esperando, desde e o porquê de tais abates. Os abates são
Outubro, que começassem as obras do definitivos, há que quebrar o enguiço da
projecto. Resta-nos, portanto, a justifi- apatia na intervenção cívica, os cidadãos
cação do “é só porque sim”. “São opções”, devem ser ouvidos!
dizem-nos, mas as pessoas já começam a
estar fartas desta história. Jorge M., Guarda

* EXCLUÍDO DO SCE, AO ABRIGO DO ARTIGO 4º, DO DECRETO-LEI Nº 118/2013, DE 20 DE AGOSTO

Participe no espaço do leitor. Diga de sua justiça. Cada Agência é jurídica e financeiramente independente

Rua da Corredoura, 80 - R/C Dto C • 6300-825 Guarda • ointerior@ointerior.pt


opinião
20 • • Quinta-feira • 13 de fevereiro de 2020

rua da corredoura, 80 - R/C Dto - C • 6300-825 Guarda


bilhete postal
Redacção/Publicidade: 271212153 • www.ointerior.pt
publicidade@ointerior.pt • ointerior@ointerior.pt

Guarda
Os idosos sós dcabrita@iol.pt
Diogo Cabrita

A moita de aço é lugar onde não caça o leão. A moita de espinhos


Empresa para pintar brinquedos vai não atrai predadores. Acantonado num lugar hostil, qualquer um que
sobreviva escapa do ataque mais ou menos biselado. O problema é

criar até 90 postos de trabalho DR


sobreviver na adversidade maior, conseguir salvar-se da tormenta mais
brutal e depois comer um pratinho de tremoços a contar a aventura
A Maia & Borges Lda., líder já distante. Sobram as memórias boas, as regas do ego, a flor que
do mercado nacional de fabrico brota da salvação. Havias de ver! Eu fiz e aconteci! Gostávamos
de brinquedos, vai criar uma todos de ter uma moita de aço coberta de espinhos onde a porta era
nova unidade de produção na a nossa salvação. À chegada do ladrão corríamos para o quarto de
Guarda que poderá vir a criar pânico, refugiávamo-nos e pronto! A vida não tem quartos de pânico,
até 90 novos postos de trabalho. tem por substituição medos, fugas, balbuciantes respostas, pernas
A MB2 Manufacturer Lda. – titubeantes e figuras tristes que são a forma cobarde de enfrentarmos
assim se designa a nova empresa uma violência incomportável. Amochar é um ato de defesa que nos
– vai implicar um investimento protege a vida. Urino-me nas calças. Liberto fezes. Perco os esfíncte-
que ronda os 600 mil euros até res e envergonhado olho para o chão. A vítima nasce deste processo
2025 e destina-se à pintura de e nunca mais esquece, ou a violência ou a vergonha. Já o caso do
pequenos bonecos e brinquedos atacante é mais doce. O agressor muitas vezes adormece a memória,
em PVC, como “os animais da esquece aquilo que fez passar, a brutalidade que cometeu. A moita
quinta” ou “os animais da flores- de ferro protege disto tudo, mas não apaga o medo. Pode o coelho
ta”, tal como acontece atualmente treinar karate que não vai ganhar ao puma.
na fábrica da Maia cuja produção A vida é assim: há predadores que espreitam as fraquezas dos
de três milhões de figuras se mais fracos. Devoram-nos! Assim vejo os ladrões que andaram a
destina exclusivamente para enganar idosos sós pelos distritos de Setúbal e Porto. Predadores
exportação, sendo a Alemanha presa vai laborar num pavilhão lugares de formação disponíveis», violentos.
o principal mercado de destino. situado na zona da Pombeira, nos disse o empresário, segundo o
Segundo apurou O INTERIOR, arredores da Guarda, e tem como qual serão admitidos mais oito
o projeto previsto para a cidade parceiro local o empresário Nuno trabalhadores durante o primeiro
mais alta contempla três fases: Henriques. trimestre deste ano. O objetivo é
uma primeira de pintura manual, A MB2 Manufacturer já con- empregar mais 20 colaboradores
já em funcionamento, e outra de tratou doze pessoas na sequência até ao final de 2020, sendo que os
pintura em cabines de pistola, de ações de formação. «Apa- promotores estimam atingir os 80
enquanto a derradeira etapa con-
sistirá na injeção de figuras. A em-
receram muitos interessados.
Tivemos 120 pessoas para os 20
a 90 postos de trabalho durante o
ano de 2021.
www.facebook.com/ointerior
PUB PUB