Você está na página 1de 4

A Música

no Novo Testamento
Jack P. Lewis

O
O Novo Testamento fala de canto celestial, refeição, Jesus e Seus discípulos cantaram um hino
canto secular e canto em adoração. Para determi- (uJmnh/santeß, humnesantes) e subiram para o mon-
narmos o que é necessário para a adoração cristã te das Oliveiras (Mateus 26:30; Marcos 14:26).
hoje, é crucial distinguirmos esses tipos e fazer- O Evangelho de João não faz alusão a música,
mos aplicação somente com os casos de canto nem à secular, nem à religiosa. Nas descrições do
como expressão de adoração no contexto da igre- Novo Testamento dos cultos em sinagogas, não se
ja primitiva. faz alusão a nenhum tipo de música.

OS EVANGELHOS ATOS
O canto celestial ocorreu no nascimento de Je- Embora a música instrumental fosse conhe-
sus: “E, subitamente, apareceu com o anjo uma cida nas comunidades judaicas, bem como entre
multidão da milícia celestial, louvando a Deus e os gregos, o Livro de Atos não menciona o canto
dizendo: Glória a Deus nas maiores alturas, e paz congregacional (seja com acompanhamento, seja
na terra entre os homens, a quem ele quer bem” a capela) durante o período por ele abrangido.
(Lucas 2:13, 14). Paulo e Silas oravam e cantavam (u¢mnoun, hum-
Jesus proibiu que se tocasse trombetas antes de noun) à meia-noite, na cadeia filipense, quando o
dar esmolas (Mateus 6:2). Flautistas estavam entre Senhor abriu a cela com um terremoto (Atos 16:25,
os pranteadores na casa de Jairo, por ocasião da 26). Essa história não descreve uma situação de
morte da filha dele (Mateus 9:23). Embora nem o adoração congregacional, mas é improvável que
Antigo nem o Novo Testamentos contenham uma algum prisioneiro tivesse um instrumento para
cerimônia prescrita para funerais ou casamentos, fazer o acompanhamento. Esta é a primeira alu-
temos exemplo desse tipo de música. Em Mateus são na história ao canto cristão.
11:17 há a descrição de crianças na praça dizendo
aos seus companheiros: “Nós vos tocamos flauta, e AS EPÍSTOLAS
não dançastes; entoamos lamentações, e não pran- Paulo falou aos coríntios sobre cantar (yalw,
teastes” (veja também Lucas 7:32). Embora nenhum psalo) com o espírito e com a mente (1 Coríntios
instrumento seja mencionado, presume-se que 14:15). Ele ressaltou que uma reunião de cristãos
a dança de Salomé diante de Herodes tenha tido poderia incluir um hino, ou “salmo” (yalmo\n,
acompanhamento musical (Mateus 14:6; Marcos psalmon; 1 Coríntios 14:26).
6:22). O filho mais velho ouviu música (sumfwni÷aß, O sinal de uma trombeta antes da batalha é
symphōnias) na casa após a volta do irmão pródigo mencionado numa analogia (1 Coríntios 14:8). No
(Lucas 15:25). As pessoas do primeiro século esta- último dia, a trombeta soará e os mortos ressusci-
vam acostumadas com música em celebrações. tarão incorruptíveis (1 Coríntios 15:52). “O Senhor
A música também está ligada à refeição de mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz
Páscoa (que era uma observância doméstica, e não do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá
um culto no templo ou na sinagoga). No fim da dos céus” (1 Tessalonicenses 4:16). Hebreus 12:18 e

1
19 fala de uma trombeta no monte Sinai. rificar-te-ei [e˙xomologh/somai, exomologesomai],
Paulo também observou o seguinte: “É assim pois, entre os gentios, ó Senhor, e cantarei louvores
que instrumentos inanimados, como a flauta ou [yalw◊, psallo] ao teu nome”. A expressão “cantar
a cítara, quando emitem sons, se não os derem louvores”, isolada, poderia significar música vocal
bem distintos, como se reconhecerá o que se toca ou canto com acompanhamento, embora o Novo
na flauta ou cítara? Pois também se a trombeta Testamento não contenha exemplo de louvor com
der som incerto, quem se preparará para a bata- acompanhamento. Nem o salmo nem a citação
lha?” (1 Coríntios 14:7, 8). Encontramos aqui três apresentam alguma indicação de onde o louvor
dos instrumentos conhecidos nos dias de Paulo: deve ser feito, em particular ou em público.
a flauta (aujlo/ß, aulos), a cítara (kiqa¿ra, kithara)
e a trombeta (sa¿lpigx, salpigx). Numa metáfora Romanos 15:11
em 1 Coríntios 13:1, Paulo falou do bronze que Salmos 117:1 [116:1] é citado em Romanos
retine (calko/ß, chalkos) e do címbalo que retine 15:11: “Louvai ao Senhor, vós todos os gentios,
(ku/mbalon, kumbalon). Vamos olhar mais de perto e todos os povos o louvem”. O texto grego usa
algumas referências a música nas Epístolas. ai˙nei√te (aineite, “louvor”) e e˙painesa¿twsan (epai-
nesatosan, “louvai”), ambos da mesma raiz. O
Romanos 15:9 texto hebraico do salmo, porém, usa dois verbos
Este versículo cita Salmos 18:49 [17:50]1: “Glo- diferentes, lAlh D (halal, “louvor”) e jAbvD (shabach,
1 
Particularmente no Antigo Testamento, os números hebraico, grego e latim. Os estudiosos indicam a diferença
de capítulos e versículos diferem nas versões bíblicas em colocando uma das numerações entre colchetes.

A Tradução de Psallein
O verbo grego psallein no início significava seus corações”. Somente W. F. Beck interpretou
tanger as cordas de um instrumento. Ele ocor- o versículo como “... com seus corações cantam
re na Septuaginta (LXX) como a tradução do e tocam música ao Senhor”. Beck verteu as ou-
verbo zamar e com menor freqüência, de nagan. tras três ocorrências para “cantar”. Ronald Knox
Descreve o que Davi fazia com a harpa para (1947) traduziu por “... cantar e dar louvor ao Se-
acalmar o espírito do rei Saul (1 Samuel 16:16, nhor em seus corações”. Algumas traduções in-
17, 23; 18:10). O instrumento tocado é introdu- glesas do século XX vertem todas as ocorrências
zido com a preposição en (Salmos 97:5 [98:5]). para “cantar”, exceto Efésios 5:19, onde usam
Quando não se menciona especificamente um “fazer música do seu coração” (Revised English
instrumento, esse verbo é traduzido por “can- Bible, Today’s New International Version e Holam
tar” ou “entoar”. Christian Standard Bible). A NVI em inglês (NIV)
Psallein ocorre em quatro passagens do Novo diz “fazer música em seu coração”. A versão de
Testamento: Romanos 15:9; 1 Coríntios 14:15; Hugo McCord traz “tangendo as cordas do seu
Efésios 5:19 e Tiago 5:13. A Vulgata traduziu o coração”, mas em outros casos diz “cantar”. A
vocábulo uma vez por cantabo (Romanos 15:9), RC diz “cantar e salmodiar no coração”.
mas também a transliterou para psallam. A tradu- Provavelmente, os tradutores se debate-
ção inglesa desde a época de John Wycliffe (ca. ram com a variedade de opções para aidontes e
1328–84) tem sido “cantar”. Todavia, Efésios 5:19 psallontes, e não com a questão música instru-
diz “cantando e entoando salmo”. William Tyn- mental versus música a capela.
dale traduziu essas palavras por “cantando e fa- A expressão “de coração” ou “no coração”
zendo melodia” e o Novo Testamento de Rheims (RC) (thØv kardi÷a, te kardia) também precisa ser
diz “salmodiando e cantando”. J. B. Rotherham examinada. No grego ela traça um paralelo
usou “cantando e tangendo as cordas com o vos- exato com “cantar com a mente” em 1 Coríntios
so coração” e a versão de W. J. Conybeare é “fa- 14:15. Hebreus 13:15 fala de “sacrifício de lou-
zer melodia com a música dos seus corações”. vor [a Deus], que é o fruto de lábios que confes-
Outra tradução inglesa chamada Twentieth Cen- sam o seu nome” (Hebreus 13:15).
tury New Testament diz “cantar e fazer música em Jack P. Lewis

2
“enaltecimento”). Esses verbos não implicam em cânticos são citados em Colossenses 3:16.
si qualquer uso de instrumento. A ação denotada A segunda forma de particípio no versículo 19 é
poderia ser feita vocalmente ou com acompanha- ‡ onteß (aidontes), traduzida por “entoando”. Essa
aˆd
mento instrumental. O texto sozinho não especi- raiz também é usada em Colossenses 3:16. Uma for-
fica nenhuma dessas possibilidades. ma nominal da palavra aparece em Efésios 5:19; Co-
lossenses 3:16; Apocalipse 5:9; 14:3; e duas vezes em
1 Coríntios 14:15 Apocalipse 15:3. O terceiro particípio, ya¿llonteß
Paulo falou de cantar (ya¿llw, psallo) com o (psallontes), pode ser traduzido por “louvando de
espírito e com a mente. Esta passagem nunca foi coração”. A forma verbal dessa palavra encontra-
traduzida por “tocar” com o espírito e “tocar” se em quatro passagens do Novo Testamento: Ro-
com a mente; nem tampouco por “cantarei e toca- manos 15:9; 1 Coríntios 14:15; Efésios 5:19 e Tiago
rei”. Na primeira parte do versículo, Paulo disse 5:13. O substantivo salmos ocorre em três passagens
a mesma coisa sobre orar. O contexto deixa cla- (Lucas 20:42; Atos 1:20; 13:33) referindo-se ao Livro
ro que “com a mente” significa “com linguagem de Salmos e três vezes como um tipo de cântico
inteligível”. Paulo não estava prevendo o uso de (1 Coríntios 14:26; Efésios 5:19; Colossenses 3:16).
palavras extáticas [causadas por êxtase]. O versículo seguinte, Efésios 5:20, encontramos
“Espírito” pode ser usado em mais de um outro particípio, eujcaristouvnteß (eucharistountes),
sentido. Quando um líder diz para fazerem algo que é traduzido por “dando graças”. Havendo obje-
com “espírito”, ele pode estar dizendo “com mais ção ao fato de se atribuir força imperativa a esses par-
entusiasmo ou ânimo”. Foi esse o sentido usado ticípios, pelo menos é inegável que eles expressam
por Paulo aqui. admoestações. Alguém diria que prestar atenção a
uma admoestação é opcional para um cristão?
1 Coríntios 14:26 Nos últimos seis séculos, desde o tempo de
“Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, John Wycliffe (ca. 1328–84) e do primeiro Novo
um tem salmo [yalmo\n, psalmon]”. Embora esse Testamento em inglês2, esta passagem (com varia-
substantivo derive de yallein (psallein), o trecho ções ortográficas) sempre foi vertida para: “falan-
acima nunca foi traduzido por “um tem harpa [ou do com salmos, hinos e cânticos espirituais”. As
flauta ou qualquer outro instrumento]”; nem por três atividades vocais são descritas como “o fruto
“cada um tem um cântico com acompanhamento”. de lábios” em Hebreus 13:15.
Ademais, essa passagem mostra sem sombra Nunca houve a tradução “tocando salmos,
de dúvida que cantar fazia parte da reunião de hinos e cânticos espirituais” (conforme as evidên-
adoração em Corinto, assim como as orações. A cias). Do sexto século em diante (e na Inglaterra
adoração mencionada não teve que esperar pelos desde o século XIV), as pessoas que usam instru-
defensores do canto a capela do século XIX para ser mentos na adoração agem com base em pressu-
introduzida. Paulo foi explícito ao dizer: “Quando posições; mas não ousam modificar as palavras
vos reunis”. A reunião de adoração era o tema em do Novo Testamento.
discussão nesse capítulo. A igreja coríntia cantava.
No versículo 33 Paulo contrastou “em todas as igre- Tiago 5:13
jas dos santos” com “em casa” no versículo 35. “Está alguém entre vós... alegre?”, perguntou
O escritor de Hebreus, citando a tradução grega Tiago. “Cante [yalle÷tw, psalleto] louvores.” O ce-
de Salmos 22:22 [21:23], declarou: “A meus irmãos nário de Tiago 5:13 não é adoração congregacio-
declarareioteunome;cantar-te-eilouvores[uJmnh/sw, nal, mas não há sugestão de instrumento musical.
humneso] no meio da congregação” (Hebreus 2:12). O texto original usa uma flexão do importante
Isto estava sendo feito “na congregação”. verbo psallein, sendo traduzido por “cantar” nos
últimos seis séculos. Jamais foi interpretado aqui
Efésios 5:19 como “tocar” ou “cantar e tocar”.
Efésios 5:19 vem após o imperativo “enchei-
vos do Espírito”, com três particípios. O primei-
ro é “falando [lalouvnteß, lalountes] entre vós”. 2 
Houve outro Novo Testamento editado por Anna Paues
Como isto deve ser feito? Em “salmos e hinos e no século XIV. (Anna C. Paues, ed. A Fourteenth Century Eng-
cânticos espirituais”. Esses mesmos três tipos de lish Bilbical Version. Cambridge: University Press, 1902.)

3
APOCALIPSE exemplo, os seguintes:
As alusões a música em Apocalipse são pou-
cas e nenhuma descreve atividades na igreja. • taças de ouro cheias de incenso (5:8; veja 8:3)
Uma cena celestial retrata quatro seres viventes • um trono (4:2)
e vinte e quatro anciãos, cada um segurando uma • seres com múltiplas faces (4:6–8)
harpa (kiqa¿ra, kithara) e se prostrando diante do • anciãos vestidos de branco e coroas de ouro
Cordeiro. Eles “entoam” (aˆd ‡ ousin, aidousin) novo (4:4)
cântico (wÓdˆ h, ode), declarando que o Cordeiro é • um livro selado (5:1–7)
digno de abrir os selos do livro (5:8–10). Os que • cavaleiros (6:4–8)
venceram a besta e sua imagem possuem harpas • vestiduras brancas e palmas (7:9)
de Deus e entoam o cântico de Moisés e o cântico • anjos (8:6)
do Cordeiro (15:2–4). • um altar de ouro (8:3)
Numa símile usada em Apocalipse 14:2, ou- • a arca da aliança (11:19)
ve-se um som comparado a harpistas tangendo • taças de ouro cheias da cólera de Deus (15:7)
suas harpas. Uma voz de ordem é descrita como
uma trombeta (1:10; 4:1) e outra é comparada a Se as duas menções de harpas em Apocalipse
uma multidão, a muitas águas e a fortes trovões justificassem a introdução de música instrumen-
(19:6). tal na adoração cristã, como esses outros itens po-
A trombeta como um instrumento sinaliza- deriam ser excluídos?
dor aparece tanto no Antigo como no Novo Tes-
tamento. Ela é mencionada diversas vezes (veja,
por exemplo, 8:13; 9:14). Apocalipse 1:10 e 4:1 usa Versões da Bíblia
a trombeta em símiles para uma voz de comando. Usadas nesta Edição
Sete anjos soprando trombetas formam um dos A21—Almeida Século 21
ciclos do livro (8:6, 7, 8, 10, 12, 13; 9:1, 13, 14; 10:7; BV—Bíblia Viva
11:15). Trombetas são mencionadas mais uma vez KJA—King James Atualizada
numa passagem que descreve música na Babilô- LXX—Septuaginta, a tradução grega do Anti-
nia, não no céu (18:22). Com a queda da Babilô- go Testamento
nia, harpistas, músicos, flautistas e trombeteiros NTLH—Nova Tradução na Linguagem de
já não seriam ouvidos. Os anciãos com harpas Hoje
são de fato mencionados em 5:8, e há outros ten- NVI—Nova Versão Internacional
do harpas de Deus em 15:2. Se esses dois casos RA—Almeida Revista e Atualizada
justificam o uso de instrumentos na adoração da Rheims—a tradução de Douay-Rheims da
igreja, como algumas igrejas partiram das harpas Vulgata
para as orquestras? Na verdade, poucas congre- RC—Almeida Revista e Corrigida
gações cantam com harpas. Vulgata—a tradução latina feita por Jerônimo
Apocalipse apresenta muitos itens que não de Stridon
fazem parte da adoração na igreja. Vejamos, por

© Copyright 2011 by A Verdade para Hoje


TODOS OS DIREITOS RESERVADOS