Você está na página 1de 33

APRESENTAÇÃO DO MANUAL

manual do equipamento (instruções de uso)


Nome Técnico: Bomba Vácuo a Seco para consultórios
ondotológicos.

Marca: Gnatus

Modelo: Biovac Sec



Nome Comercial: Biovac Sec

Fornecedor / Fabricante:
GNATUS - EQUIPAMENTOS MÉDICO-ODONTOLÓGICOS LTDA.
Rod. Abrão Assed , Km 53+450m - Cx. Postal 782 CEP 14097-500
Ribeirão Preto - S.P. - Brasil
Fone +55 (16) 2102-5000 - Fax +55 (16) 2102-5001
C.N.P.J. 48.015.119/0001-64 - Insc. Est. 582.329.957.115
www.gnatus.com.br - gnatus@gnatus.com.br
Responsável Técnico: Gilberto Henrique Canesin Nomelini
CREA-SP: 0600891412

ATENÇÃO
Para maior segurança:
Leia e entenda todas as informações contidas nestas Instruções
de Uso antes de instalar ou operar este Equipamento.
Nota: Estas Instruções de Uso devem ser lidas por todos os
operadores deste Equipamento.

2
2
Índice
APRESENTAÇÃO DO MANUAL ........................................................................02
IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO...............................................................04
MÓDULOS, ACESSÓRIOS, OPCIONAIS E MATERIAIS DE CONSUMO.................05
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS..........................................................................06
- Características técnicas...................................................................................06
- Dimensional..................................................................................................07
- Simbologias da embalagem.............................................................................09
- Simbologias do produto...................................................................................09
- Normas aplicadas...........................................................................................09
- Conteúdo das marcações acessíveis e não acessíveis...........................................10
PRÉ-INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO............................................................11
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO....................................................................16
MANUTENÇÃO DO EQUIPAMENTO..................................................................22
OPERAÇÃO DO EQUIPAMENTO.......................................................................27
PRECAUÇÕES, RESTRIÇÕES E ADVERTÊNCIAS...............................................27
- Condições de transporte e armazenamento........................................................27
- Condições ambientais de operação...................................................................27
- Sensibilidade a condições ambientais previsíveis em situações normais de uso.......28
- Precauções e advertências “durante a instalação” do equipamento........................28
- Precauções e advertências “durante a utilização” do equipamento.........................28
- Precauções e advertências “após” a utilização do equipamento.............................28
- Precauções e advertencias durante a “limpeza e desinfecção” do equipamento.......29
- Precauções a serem adotadas contra riscos previsíveis ou incomuns,
relacionados com a desativação e abandono do equipamento.................................29
- Procedimentos adicionais para reutilização.........................................................29
Conservação e manutenção corretiva e preventiva..........................29
- Limpeza da área externa do equipamento..........................................................29
- Limpeza e desinfecção....................................................................................30
IMPREVISTOS - SOLUÇÃO DE PROBLEMAS.....................................................31
GARANTIA DO EQUIPAMENTO.......................................................................32

3
3
IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO

Descrição do Equipamento
Biovac Sec
A Biovac Sec GNATUS foi projetada para uma sucção de alta potência que absorve com
eficiência a saliva e resíduos, utilizando uma tecnologia que dispensa água no sistema de
geração de vácuo, além de suprir as necessidades de bio segurança na prática odontológica
geral.
Com esta tecnologia despensa-se preocupação com o consumo de água que neste
caso é zero. Sem o uso de retentores ou selos mecânicos que costumam ter a função de
retenção ou vedação, dispensa manutenções periódicas nestes agentes, despreocupando
os clientes com níveis de água ou vazamentos.
Pode ser conectada nas unidades de água, no Kit Bomba Vácuo ll e Kit Bomba Vácuo
lV.
Estrutura em aço com alta resistência à corrosão, com cantos arredondados e de fácil
limpeza que permite sua operação dia após dia de maneira consistente por muitos anos.
Pintura lisa de alto brilho à base de epoxi, polimerizada em estufa a 250ºC, resistente
a corrosão e materiais de limpeza.
Potência de 1/2HP @ 0,37 KW, permitindo operar até 3 consultórios simultaneamente.
Possui sistema de filtragem de detritos, localizado na entrada da sucção da Bomba.
Este sistema garante maior segurança evitando desgastes e travamentos, aumentando a
vida útil do equipamento.
A contaminação do ambiente é evitada graças ao sistema de descarga direta no
esgoto.
Compacta e silenciosa, a Biovac Sec é dotada de um revestimento acústico e sistema de
antivibração com coxins para fixação do motor e pés de borracha, se tornando ideal para
ser instalada ao lado do seu consultório.

Princípio Físico utilizado pelo equipamento Biovac Sec


A Biovac Sec opera com o princípio de turbinas rotativas, sendo que nesta concepção
de funcionamento a água não é utilizada para se produzir vácuo, o que acarreta em
considerável economia de água. Com este sistema, a bomba a vácuo opera de forma
seca. O conjunto apresenta como partes funcionais principais: Motor elétrico de acionamento
do sistema e Reservatório com filtro separador de detritos.

Indicação do equipamento
Este equipamento é para exclusivo uso odontológico, devendo ser utilizado e manuseado
por pessoa capacitada (profissional devidamente regulamentado, conforme legislação local
do país) observando as instruções contidas neste manual.
É obrigação do usuário usar somente o equipamento em perfeitas condições e proteger
a si, pacientes e terceiros contra eventuais perigos.

Finalidade do equipamento
A Biovac Sec é um equipamento indispensável nos procedimentos odontológicos pois
além da sucção de sangue, saliva e resíduos, possui uma sucção de alta potência que
reduz eficazmente os aerossóis bacterianos auxilando na biossegurança das práticas
odontológicas.

4
4
Módulos, Acessórios, opcionais e materiais de
consumo
BIOVAC SEC

01

06
02
03
04

07
05
01 - Tampa de acesso ao
separador de detritos
02 - Disjuntor bipolar 10A
03 - Conector entrada de força
04 - Cabo de entrada de força
05 - Pé de borracha amortecedor
06 - Motocompressor OPCIONAIS
07 - Separador de detritos

Kit Bomba Kit Bomba


Vácuo ll Vácuo IV

5
5
ESPECIFICAÇÕES Técnicas
Geral
Modelo
Biovac Sec
Classificação do Equipamento segundo a norma IEC 60601-1
Proteção Contra Choque Elétrico - Equipamento Tipo BF e Classe II (IEC 60601-1)
Proteção contra penetração nociva de água
IPX 0
Modo de Operação
Operação contínua.

Capacidade do reservatório
1 litro
Vácuo máximo
110 mmHg
Ruido ao lado do equipamento
74 db (A)
Deslocamento de ar
Superior à 380 L/min

Alimentação
Tensão e freqüência de alimentação
127 V~ 60 HZ - 220/240 V~ 50/60 Hz
Tensão do comando
24 V~
Potência do motor
1/2 HP - 0,37 KW
Potência total da BV Seco
770 VA

Corrente nominal
4,7/5,3 A (127 V)
3,2/3,5 A (220/240 V)

Peso
Peso líquido
29,200 Kg
Peso bruto
34,200 Kg

6
6
ESPECIFICAÇÕES Técnicas
Dimensional (mm)

7
7
ESPECIFICAÇÕES Técnicas
Dimensional (mm)

Kit Bio-Vac IV (Opcional) Kit Bio-Vac II (Opcional)

8
8
ESPECIFICAÇÕES Técnicas
Simbologias da embalagem
Empilhamento máximo, Determina que a embalagem
determina a quantidade deve ser armazenada ou
máxima de caixa que pode ser transportada com proteção
empilhada durante o transporte de umidade (não expor à
e armazenamento “conforme chuva, respingos d’água ou
embalagem”. piso umedecido.

Determina que a embalagem deve Determina que a embalagem


ser armazenada ou transportada deve ser armazenada ou
com o lado da seta para cima. transportada com proteção
de luz.

Determina que a embalagem Determina os limites de


deve ser armazenada e temperatura dentre os quais
transportada com cuidado (não a embalagem deve ser
deve sofrer quedas e nem receber armazenada ou transportada.
impactos).

Simbologias do produto Advertência de ação


obrigatória: Indica instrução
importante para operação do
Advertência - consulte o manual
produto. Não seguí-la, pode
ocasionar mal-funcionamento,
perigoso.
Aterramento (em vários pontos
do equipamento) indica a
Nota: Indica informação útil para
condição de estar aterrado.
operação do produto.

Tipo BF Importante: Indica instrução


de segurança para operação
do produto. Não seguí-la, pode
Posição de Desligado. resultar em sério perigo ao
paciente.

Posição de Ligado Advertência Geral

Normas aplicadas:
Este produto foi ensaiado e aprovado de acordo com as normas:
IEC 60601-1:2005 - Equipamento Eletromédico - Parte 1: Prescrições gerais para segurança;
EN ISO 14971:2007 - Medical devices - application of risk management medical devices;
NBR ISO 9687: 2005 - Dental equipment - graphical symbols;
EN ISO 13485-2003 - Quality systems - medical devices;
IEC 60601-1-2:2007 - Compatibilidade Eletromagnética.

9
9
ESPECIFICAÇÕES Técnicas
Conteúdo das marcações acessíveis e não acessíveis

10
10
pré - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Seguem abaixo 2 opções para instalação da Biovac Sec no consultório.
• Opção 1: Bomba vácuo localizada ao lado da caixa de ligação.
• Opção 2: Bomba vácuo localizada dentro de um armário.

Para instalação da bomba vácuo considerar os seguintes pontos.


- ESGOTO - Pode ser ligada diretamente ao esgoto comum (Não dá retorno por possuir
deságue por gravidade não gerando pressão no esgoto).
- TOMADA DE ENERGIA ELÉTRICA - Fios 3 x 1,5mm2 (rede/terra).

11
11
pré - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Localização dos Pontos de Ligação
A bomba a vácuo pode ser instalada no
interior do consultório, em uma sala ao lado
do consultório ou em uma sala de máquinas.
É importante que o local escolhido esteja
protegido de umidade, raios solares e que tenha
uma boa ventilação.
G- ÁGUA - Ponto dispensável: Sistema
de funcionamento a Seco. Não consome água
em seu funcionamento.
H- SUCÇÃO - Tubo de PVC soldável Ø
25mm, terminando em luva soldável e com
bucha de latão Ø25x3/4”, rente ao piso, ligado
ao ponto “F” da caixa de ligação.
I- ESGOTO - Tubo de PVC soldável Ø40mm,
terminando com luva soldável e com bucha de
latão Ø25x3/4”, rente ao piso, ligado à caixa de
inspeção (mínimo 2% de declive).
VISTA DE TOPO
J-COMANDO DOS SUGADORES
(medidas em milímetro)
- Eletroduto flexível corrugado Ø20mm,
terminando 50 mm acima do piso, com fios
3x0,75 mm2 (cores diferentes), com 200 mm
acima do eletroduto - ligado ao ponto ”J” da caixa de ligação.
Tomada de energia elétrica - Fios 3x2,5mm2 (rede/terra).
Orientação para instalações elétricas da bomba vácuo:
Para garantir o perfeito funcionamento da Bomba a Vácuo, favor observar na tabela
abaixo as tensões, bitolas e distâncias especificadas pela fábrica.

Tensão (V) Bitola do cabo (mm2) Distância (m)


127 2,5 Até 30
127 4,0 de 31 a 50
220 2,5 Até 50

IMPORTANTE:
Os dimensionamentos e instalações são para um único
consultório.
Informações complementares, consultar o manual de
Pré-Instalação.

12
12
pré - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Pontos internos de ligação (caixa de ligação)

AR (PONTO A) ELÉTRICA (PONTO B)


01 04
02
05
02

06
03

**ÁGUA (PONTO G)
ESGOTO INDEPENDENTE (PONTO D)
08
02
14 02
19
11 10
15
12 16
13 17
18
**ESGOTO INDEPENDENTE BIO-VAC II
(PONTO I) SUCÇÃO BIO-VAC (PONTO H)
20
20 02
15

15
16 24
16
17
18
23
**ÁGUA (Ponto G)
Ponto dispensável para a COMANDOS DOS SUGADORES
alimentação da bomba vácuo: BIO-VAC (PONTO J)
Sistema de funcionamento a Seco.
Não consome água. 09
**ESGOTO INDEPENDENTE
(Ponto I)
05
Pode ser ligada diretamente ao 02
esgoto comum.
Não há retorno de ar na tubulação
por não apresentar pressão no 07
esgoto.

13
13
pré - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Pontos internos de ligação (BioVac)
**ÁGUA (PONTO G) SUCÇÃO BIOVAC
08
(PONTO H)
02
20 02

11 10
15
12 24
16
13
23
**ESGOTO INDEPENDENTE BIOVAC
(PONTO I) COMANDOS DOS SUGADORES
20 BIOVAC (PONTO J)
15 09
05
16
02
17
18
07

Dados Gerais
*01 - Tubo de cobre rígido Ø1/4”
*02 - Piso acabado
*03 - Alimentação Ar comprimido
*04 - 3 fios 2,5mm²
*05 - Eletroduto flexível corrugado Ø20mm **ÁGUA (Ponto G)
*06 - Alimentação rede elétrica Ponto dispensável para a
*07 - Ligação do ponto J da Bio Vac alimentação da bomba vácuo:
08 - Conexão entrada de Água Ø1/2” Sistema de funcionamento a
*09 - 3 fios 0,75mm² (em cores diferentes) Seco. Não consome água.
*10 - Ligação a rede de Água
*11 - Luva soldável com bucha de latão Ø20mm x 1/2” **ESGOTO INDEPENDENTE
*12 - Joelho 90º soldável Ø20mm (Ponto I)
*13 - Tubo de PVC rígido, soldável Ø20mm Pode ser ligada diretamente
14 - Abafador ao esgoto comum.
*15 - Luva soldável com bucha de latão Ø25mmx3/4” Não há retorno de ar na
*16 - Joelho 90º soldável Ø25mm tubulação por não apresentar
*17 - Bucha de redução soldável longa pressão no esgoto.
*18 - Tubo de PVC rígido, soldável Ø40mm
*19 - Caixa sinfonada 150x150x50mm
20 - Adaptador para mangueira Ø3/4”
*23 - Tubo de PVC rígido, soldável Ø25mm
*24 - Ligação do ponto H da Bio Vac
*25 - Ligação do ponto H da caixa de ligação
*26 - Ligação do ponto J da caixa de ligação
* Itens não fornecidas pela GNATUS

14
14
pré - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Pontos de ligação
Caso a instalação da rede de esgoto não esteja conforme especificação, sugerimos
outras opções.

1 - Instalação em caixa sifonada

2 - Instalação externa em caixa sifonada


1 - Mangueira SVL Vacum ar Ø 3/4” (esgoto)
- Introduzir a mangueira no furo de saída da
caixa sifonada.

3 - Instalação no esgoto da pia


* 1 - Tubo de PVC rígido, soldável Ø 40mm
* 2 - Tê 900 soldavel Ø 40mm
* 3 - Tubo de PVC rígido, soldável Ø 40mm
* 4 - Separador de ar - opcional
5 - Adaptador para mangueira Ø 3/4”
6 - Mangueira SVL Vacum ar Ø 3/4”
(esgoto)

* Materiais não fornecidos pela gnatus

15
15
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Preparando o equipamento
- Remova o invólucro de papelão;
- Utilizando uma chave tipo fixa de 1/2” ou 13mm Solte o parafuso de fixação da BioVac.
- Retire a BioVac do pallet;
- Enrosque os 4 pés de borracha (01), em seguida, utilizando uma chave tipo fixa de 1/2”
afrouxe as quatro porcas localizadas na parte inferior do equipamento (02);

01 02

- Posicione o equipamento ao piso o mais próximo possível de sua posição final.


- Retire a tampa de acesso do motocompressor;
- Afrouxe as quatro porcas localizadas na parte superior do equipamento (03).
- Com as porcas levemente soltas, retire o suporte de proteção dos amortecedores do
motocompressor (04).

03 04

16
16
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Preparando o equipamento
Após retirar os protetores dos amortecedores, prenda o motocompressor apertando
adequadamente as porcas. Em seguida, feche o equipamento através da tampa de proteção
(05).

05

Deixando a Biovac Sec ainda mais 06


silenciosa
Caso a Biovac Sec esteja instalada dentro
do consultório, coloque a extremidade de uma
mangueira 3/4” (não acompanha o produto) no
abafador localizado na parte inferior da Biovac Sec
e a outra extremidade deixe fora do consultório,
esse procedimento diminuirá o ruído da bomba.
Obs.: Este procedimneto não é obrigatório para
o funcionamento da Biovac Sec.

17
17
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Instalação BioVac Sec dentro do consultório
BioVac Sec instalada na unidade de água

14

12 01
01 11

06
02
05

13
03
04 09
06 G
07
08 D
I

Dados Gerais
01 - Chicote - Comando dos Sugadores
02 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 3/4” - Sucção
03 - Mangueira Pu Verde 6,0x8,5 mm - Água
04 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 3/4” - Esgoto Unidade de Água
05 - Redução LL 3/4” para 1/2”
06 - Adaptador para Mangueira Ø 3/4”
07 - Joelho 90º 3/4”
08 - Niple com Rosca 3/4”
09 - Conexão Entrada de Água Ø 1/2”
11 - Conector
12 - Mangueira Svl Vacuum Ar Ø3/4” - Esgoto
13 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 1/2” - Sucção
14 - Cabo Entrada de Força (1,5m) - Rede Elétrica
* I - Ponto - Esgoto
* G - Ponto - Água
* D - Ponto - Esgoto Unidade de Água

* Itens não fornecidos pela GNATUS

18
18
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Instalação BioVac Sec dentro do consultório
BioVac Sec instalada no kit suctor

14

12
01

13 06
15 01 11

13

Dados Gerais
01 - Chicote - Comando dos Sugadores
06 - Adaptador para Mangueira Ø 3/4”
11 - Conector
12 - Mangueira Svl Vacuum Ar Ø3/4” - Esgoto
13 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 1/2” - Sucção
14 - Cabo Entrada de Força (1,5m) - Rede Elétrica
15 - Mangueira Sve Sanf. Ø 3/4”
* I - Ponto - Esgoto

* Itens não fornecidos pela GNATUS

19
19
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Instalação BioVac Sec fora do consultório
BioVac Sec instalada na unidade de água

14

01
12
02
06 06
I 13
01 03 10
09 11 17
11
04 H
08 16
07 G
D H J
J 16

Dados Gerais
01 - Chicote - Comando dos Sugadores
02 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 3/4” - Sucção
03 - Mangueira Pu Verde 6,0x8,5 mm - Água
04 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 3/4” - Esgoto Unidade de Água
06 - Adaptador para Mangueira Ø 3/4”
07 - Joelho 90º 3/4”
08 - Niple com Rosca 3/4”
09 - Conexão Entrada de Água Ø 1/2”
10 - Adaptador para Mangueira Ø 1/2”
11 - Conector
12 - Mangueira Svl Vacuum Ar Ø3/4” - Esgoto
13 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 1/2” - Sucção
14 - Cabo Entrada de Força (1,5m) - Rede Elétrica
* 16 - Chicote - Comando dos Sugadores (Eletroduto)
17 - Bucha Redução Roscavel 3/4” para 1/2”
* H - Ponto - Sucção
* I - Ponto - Esgoto
* G - Ponto - Água
* J - Ponto - Comando dos Suctores
* D - Ponto - Esgoto Unidade de Água

* Itens não fornecidos pela GNATUS

20
20
INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Instalação BioVac Sec fora do consultório
BioVac Sec instalada no kit suctor

14

01
12
06
13
15 I 13
01
10 10
11
17 17
11 16 H
J
H
J
16

Dados Gerais
01 - Chicote - Comando dos Sugadores
06 - Adaptador para Mangueira Ø 3/4”
10 - Adaptador para Mangueira Ø 1/2”
11 - Conector
12 - Mangueira Svl Vacuum Ar Ø3/4” - Esgoto
13 - Mangueira Svl Vacum Ar Ø 1/2” - Sucção
14 - Cabo Entrada de Força (1,5m) - Rede Elétrica
15 - Mangueira Sve Sanf. Ø 3/4”
* 16 - Chicote - Comando dos Sugadores (Eletroduto)
17 - Bucha Redução Roscavel 3/4” para 1/2”
* H - Ponto - Sucção
* I - Ponto - Esgoto
* J - Ponto - Comando dos Suctores

* Itens não fornecidos pela GNATUS

21
21
MANUTENÇÃO
Limpeza do filtro
UTILIZE LUVAS DE PROTEÇÃO QUANDO MANIPULAR OS FILTROS E OS
RALOS. DESCARTE OS DETRITOS E OS PRODUTOS CONTAMINADOS EM LIXO
BIOLÓGICO.
O filtro da Bomba Vácuo deverá ser limpo quinzenalmente. Antes de fazer a limpeza
deve-se fazer a sucção da solução (ver preparo da solução no tópico: Limpeza e desinfecção,
pag.30.
Para a limpeza do filtro siga o procedimento a seguir.

01 02 03

- Após a sucção da solução através do suctor, retire a tampa da Biovac Sec que da acesso
ao reservatório (01);
- Solte o cabo do clip (02);
- Retire as duas mangueiras conectadas ao reservatório (03) e (04);

- Solte as travas da
tampa do reservatório 04 05
(05);

22
22
MANUTENÇÃO
Limpeza do filtro
- Levante a tampa e retire o filtro
movendo-o lateralmente (06) e (07); 06 07

08 09 10

- Retire o reservatório puxando-o para cima (08);


- Lave o filtro e o reservatório em água corrente;
- Limpe os eletrodos (09);
- Encaixe o filtro novamente e coloque o tubo que estará dentro do reservatório
envolvendo os eletrodos (10).
Obs.: Não deixe de colocar este tubo pois ele evita espuma nos eletrodos.

23
23
MANUTENÇÃO
Substituição da tampa do separador de detrito
- Retire as tampas de acesso “motocompressor e separador de detrito”;
- Localize a placa eletrônica na lateral traseira do equipamento;
- Utilizando uma chave tipo fenda 1/8” solte os cabos de ligação da tampa do separador de
detrito - “seguir conforme indicado nas anilhas dos cabos” (01);
- Utilizando um alicate, desprenda o prensa cabo (02); ANILHAS 13 14 15
- Em seguida, puxe o cabo pelo orifício retirando-o completamente;
- Retire o joelho (A) puxando-o completamente (03).

B
01 02 03

- Solte a abraçadeira que prende o joelho (B), em seguida puxe-o completamente (05);
- Solte as travas da tampa do reservatório (06) e efetue a substituição do conjunto.

04 05 B 06
B

Substituição da placa eletrônica


- Retire a tampa de acesso do “motocompressor”;
- Localize a placa eletrônica na lateral traseira do equipamento;
- Utilizando uma chave tipo fenda 1/8” solte todos os cabos de ligação da placa eletrônica (01);
- Utilizando uma chave tipo philips (02) solte a placa da moldura (03) e efetue a substituição.

01 02 03

24
24
MANUTENÇÃO
Substituição do motocompressor
- Retire a tampa de acesso do “motocompressor”;
- Localize a placa eletrônica na lateral traseira do equipamento;
- Utilizando uma chave tipo fenda 1/8” solte os cabos de ligação do motocompressor - “seguir
conforme indicado nas anilhas dos cabos” (01);
ANILHAS 02 07 11

- Solte as duas
01 02
abraçadeiras que
prendem as mangueiras
ao motocompressor
(02);

- Desconecte as mangueiras do motocompressor (03);


- Com o auxilio de uma chave tipo fixa de 1/2” finalize soltando as porcas de fixação do
mesmo. Efetue a substituição.

03 04

25
25
MANUTENÇÃO
Diagrama Elétrico - BioVac Sec

26
26
OPERAÇÃO DO EQUIPAMENTO
Para o funcionamento da
Biovac Sec, basta retirar o suctor
(01) do suporte, a Bomba entrará
automaticamente em operação.
Ajuste a vazão de aspiração 01
conforme necessidade através da
alavanca (02) acoplada no suctor,
movimentando para cima ou para
baixo.
Recolocando o suctor na posição
inicial, a Biovac Sec desligará
automaticamente, neste momento
haverá o descarte dos líquidos do
reservatório.
A Biovac Sec também desligará
caso o reservatório atinga 1 litro,
quando isso ocorrer o reservatório se 02
esvaziará (aproximadamente 10s) e
a bomba em seguida estará pronta
para uso, todo esse processo é de
forma automática.

Kit Bomba Vácuo ll


(não acompanha o produto)

precauções, restrições e advertências


Condições de transporte e armazenamento
O equipamento deve ser transportado e armazenado com as seguintes observações:
- Com cuidado, para não sofrer quedas e nem receber impactos.
- Com proteção de umidade, não expor a chuvas, respingos d’água ou piso
umedecido.
- Manter em local protegido de chuva e sol direto e em sua embalagem original.
- Ao transportar, não movê-lo em superfícies irregulares e proteja a embalagem da chuva
direta e respeite o empilhamento máximo informado na parte externa da embalagem.
- Faixa de temperatura ambiente de transporte ou armazenamento -12ºC a +50ºC.
- Faixa de umidade relativa de transporte ou armazenamento 0% a 90% (não
condensante).
O Equipamento mantém sua condição de segurança e eficácia, desde que mantido
(armazenado) conforme mencionados nesta instrução de uso. Desta forma, o
equipamento não perderá ou alterará suas características físicas e dimensionais.

Condições ambientais de operação


- Faixa de temperatura ambiente de acondicionamento +5ºC a +45ºC.
- Faixa de umidade relativa de acondicionamento 30% a 75% (não condensante).
- Faixa de pressão atmosférica 700 hPa a 1060 hPa (525 mmHga 795 mmHg).

27
27
precauções, restrições e advertências
Sensibilidade a condições ambientais previsíveis em situações
normais de uso
- O equipamento foi projetado para não ser sensível a interferências como campos
magnéticos, influências elétricas externas, descargas eletrostáticas, a pressão ou variação de
pressão, desde que o equipamento seja instalado, mantido limpo, conservado, transportado
e operado conforme esta instrução de uso.

Precauções e advertências “durante a instalação” do equipamento


- O equipamento deverá ser instalado somente por técnicos ou assistência técnica
autorizados Gnatus.
- Verifique se a tomada onde será ligado o equipamento possui pino terra, indispensável
ao perfeito funcionamento e segurança do equipamento, conforme norma ABNT.
- Posicione o equipamento em um lugar onde não será molhado.
- Instale o equipamento em um local onde não será danificado pela pressão, temperatura,
umidade, luz solar direta, pó ou sais.
- O equipamento não deverá ser submetido à inclinação, vibrações excessivas, ou choques
(incluindo durante transporte e manipulação).
- Este equipamento não foi projetado para uso em ambiente onde vapores, misturas
anestésicas inflamáveis com o ar, ou oxigênio e óxido nitroso possam ser detectados.
- Este equipamento deve ser instalado de forma que fique nivelado.
- Verifique a voltagem do equipamento no momento de fazer a instalação elétrica.
- Antes da primeira utilização e/ou após longas interrupções de trabalho como férias, limpe
e desinfecte o equipamento; elimine ar e água depositados nas mangueiras internas.

Precauções e advertências “durante a utilização” do equipamento


- O equipamento deverá ser operado somente por técnicos devidamente habilitados e
treinados (Cirurgiões Dentistas e Profissionais Capacitados)
- Na necessidade de uma eventual manutenção, utilize somente serviços da Assistência
Técnica Autorizada Gnatus.
- O equipamento foi fabricado para suportar operação contínua.
- Embora este equipamento tenha sido projetado de acordo com as normas de
compatibilidade eletromagnética, pode, em condições muito extremas, causar interferência
com outros equipamentos. Não utilize este equipamento em conjunto com outros
dispositivos muito sensíveis a interferência ou com dispositivos que criem altos distúrbios
eletromagnéticos.
A Gnatus não será responsável por:
- Uso do equipamento diferente daquele para o qual se destina.
- Danos causados ao equipamento, ao profissional e/ou ao paciente pela instalação incorreta
e procedimentos errôneos de manutenção, diferentes daqueles descritos nestas Instruções
de uso que acompanham o equipamento ou pela operação incorreta do mesmo.

Precauções e advertências “após” a utilização do equipamento


- Desligue o equipamento quando não estiver em uso por tempo prolongado.
- Mantenha o equipamento sempre limpo para a próxima operação.
- Não modifique nenhuma parte do equipamento. Não desconecte o cabo ou outras
conexões sem necessidade.
- Após a utilização do equipamento, limpe e desinfete todas as partes que possam estar
em contato com o paciente.

28
28
precauções, restrições e advertências
Precauções e advertencias durante a “limpeza e desinfecção” do
equipamento
- Antes de limpar o equipamento, desligue a chave geral.
- Evite derramar água ou outros líquidos dentro do equipamento, o que poderia causar curtos-
circuitos.
- Não utilizar material microabrasivo ou palha de aço na limpeza, não empregar solventes
orgânicos que contenham produtos tais como éter, tira manchas, gasolina etc.
- Jamais utilize detergente ou qualquer produto espumante para efetuar a limpeza de
qualquer parte ou peça interna da Bomba Vácuo.

Precauções a serem adotadas contra riscos previsíveis ou


incomuns, relacionados com a desativação e abandono do
equipamento
Para evitar contaminação ambiental ou uso indevido do Equipamento após a inutilização,
o mesmo deve ser descartado em local apropriado (conforme legislação local do país).
- Atentar-se a legislação local do pais para as condições de instalação e descarte dos
residuos.

Procedimentos adicionais para reutilização


O equipamento é reutilizável em quantidades indeterminadas, ou seja, ilimitadas,
necessitando apenas de limpeza e desinfecção.

Conservação e manutenção corretiva e pre-


ventiva
Limpeza da área externa do equipamento
Importante: Para efetuar a limpeza ou qualquer tipo de manutenção certifique-se de que
o equipamento esteja desligado da rede elétrica.
Para realização da limpeza do seu equipamento, recomendamos o uso do
produto “BactSpray” (nº Reg. MS: 3.2079.0041.001-5) ou outro que possua
características similares:
Ingrediente Ativo: Cloreto de Benzalcônio (Tri-quaternário de Amônio)
Sol à 50%....................................................0,329%
Composição do produto: Butilglicol, Decil Poliglicose, Benzoato de
Sódio, Nitrito de Sódio, Essência, Propano / Butano Desodorizado, Água
desmineralizada.
Maiores informações sobre procedimentos de limpeza, consulte as instruções
do fabricante no produto.
NOTA: O registro no Ministério da Saúde deste produto é realizado
separadamente da Biovac Sec, pois o produto “BactSpray” não é fabricado pela
Gnatus.
ATENÇÃO:
- Visando eliminar riscos de segurança ou danos ao equipamento,
recomendamos que ao efetuar a limpeza não haja penetração de líquidos no
interior do mesmo.
- A aplicação de outros produtos químicos para limpeza a base de solventes ou hipoclorito
de sódio não são recomendados, pois podem danificar o equipamento.

29
29
Conservação e manutenção corretiva e pre-
ventiva
Limpeza e desinfecção
A Gnatus recomenda fazer a sucção da solução desinfetante e
desobstrutora diariamente, evitando o risco de contaminação cruzada e
aumentando a vida útil do equipamento.
Para realização da desinfecção do seu equipamento, recomendamos o
uso do produto “Sugclean” (nº Reg. MS: 31.080.003-2).
• Indicação: Indicado na desobstrução do sistema de sucção do sugador
e das mangueiras. Ao proceder com a sucção da solução é importante que
seja realizado em todos os terminais de sucção e que os mesmos estejam
abertos. Em seguida retire os suctores das mangueiras para assepsia.
• Preparo da Solução: Adicione 30mL de “Sugclean” em 1 litro de
água. Aspire a solução com a máxima potência dos sugadores e jogue
também o líquido na bacia da unidade de água.
Na primeira utilização do produto “Sugclean”, sugerimos adicionar
60mL do produto concentrado em 1 litro de água durante os 5 primeiros dias, a fim de
remover resíduos acumulados.
• Composição:
• Princípio Ativo: Ácido Fosfórico 13,6%
• Excipiente: Álcool Isopropílico, Acidulante, Corante e Espessante.

Importante: Não usar produto espumante.


NOTA: O registro no Ministério da Saúde do “Sugclean” é realizado separadamente do
produdo descrito neste manual, pois o “Sugclean” não é fabricado pela Gnatus.

Atenção: Não use nenhum


Nota: Use luvas e outros
spray desinfetante, uma vez
sistemas de proteção,
que o vapor pode inflamar, o
durante a desinfecção.
que pode causar ferimentos.

30
30
IMPREVISTOS - Solução de Problemas
Imprevistos Provável Causa Soluções
-Após retirar o suctor do su- -Alavanca de regulagem -Proceda o ajuste da vazão
porte, não há aspiração. de vazão do suctor está através da alavanca confor-
fechada; me necessidade;
-Disjuntor desarmado; -Arme o disjuntor;
-Cabo desconectado da -Conecte o cabo na rede.
rede.
-Contato dos eletrodos fe- -Limpe os eletrodos ou lave o
chado por sujeira ou espuma filtro e o reservatório até que
no reservatório. não haja mais espuma.

-Regulagem de vazão do -0Filtro do Kit Suctor está -0Proceda a limpeza do fil-


corpo suctor está no má- obstruido. tro.
ximo e a aspiração é insu- -0Filtro da Bomba está -0Proceda a limpeza do filtro
ficiente. 0 obstruido. 0 da Bomba.

-0A pós retirar o suctor do -0Rede elétrica sem energia. -0Aguardar normalização da
suporte, a Bomba não fun- 0 rede.
ciona. -0Micro Switch do suporte -0Substitua o Micro Switch.
danificado.
-Placa eletrônica danificada. -Substitua a placa eletrônica.
-Motocompressor danificado. -Substitua o motocompres-
sor.

-0Vazamento de água pela -Mau contato dos cabos de Regularizar a conexão elétrica
saída do abafador. ligação da tampa do sepa- dos cabos de ligação junto à
rador de detritos na placa placa eletrônica.
eletrônica.
-Tampa do separador de de- -Substitua a tampa do separa-
tritos danificada. dor de detritos.
-Placa eletrônica danificada. -Substitua a placa eletrônica.

31
31
Garantia do Equipamento
Este equipamento está coberto pelos prazos de garantia a contar da data de instalação,
conforme abaixo especificados; desde que o defeito tenha ocorrido em condições normais
de uso e que o equipamento não tenha ficado armazenado por mais de 06 meses a contar
da data de emissão da nota fiscal de venda até a data da efetiva instalação.
- PRAZOS DE GARANTIA: Verificar certificado de garantia;
- PERDA DA GARANTIA:
A) Tentativa de reparo através de ferramenta inadequada ou por técnicos não
autorizados;
B) Instalação do equipamento por técnico não autorizado;
C) Danos provenientes de armazenamento inadequado ou sinais de violação;
D) Uso incorreto do equipamento;
E) Uso de produto de limpeza não indicado pela fábrica;
F) Quedas ou batidas que o equipamento possa vir sofrer ou falta de observação e
atendimento às orientações do Manual do Proprietário, o qual foi entregue com o presente,
junto ao equipamento. Reparação ou substituição de peças durante o período da garantia
não prorrogará o prazo de validade de garantia da mesma.
- Esta garantia não exime o cliente do pagamento da taxa de serviço pela visita e das
despesas de locomoção do técnico, exceto quando o cliente enviar o equipamento para
realizar a manutenção dentro do estabelecimento da assistência técnica.
“Código de Defesa do Consumidor - art. 50, parágrafo único”.
- O Certificado de Garantia acompanha o produto e deve ser preenchido na data da
instalação pelo Técnico Autorizado Gnatus.
- Dúvidas e informações: Serviço de Atendimento GNATUS (+55) 16 2102-5000.
- Verificar o termo de garantia em anexo neste manual.

32
32
33
33

Você também pode gostar