Você está na página 1de 9

SETEMBRO DE 2019 Nº 04

E st i m a tiva s d a popu l a çã o
d os mu ni cí pi os br a si l ei r o s,
2 0 1 9 - I BG E .
O r g a n i z a d o r e s : L AU RA R E G I NA CAR NE IRO
E DUAR DO A S S U N ÇÃ O F RAG O S O
J OÃ O E DUA RD O M E L O

SEPLAN
PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS
EDIVALDO HOLANDA BRAGA JÚNIOR - PREFEITO

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO (SEPLAN)


JOSÉ CURSINO RAPOSO MOREIRA - SECRETÁRIO

DEPARTAMENTO DA INFORMAÇÃO E INTELIGÊNCIA ECONÔMICA (DIIE)


LAURA REGINA CARNEIRO – COORDENADORA-GERAL
EDUARDO ASSUNÇÃO FRAGOSO – ESTAGIÁRIO
JOÃO EDUARDO COUTINH O MELO– ESTAGIÁRIO

DEPARTAMENTO DA INFORMAÇÃO E INTELIGÊNCIA ECONÔMICA (DIIE)


END.: SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO –
SEPLAN
RUA DAS ANDIROBAS, Nº 26 – RENASCENÇA - SÃO LUÍS/MA - CEP.: 65.075-180

www.diie.com.br
diie@diie.com.br

Esta publicação tem por objetivo a divulgação de estudos


desenvolvidos por pesquisadores do Departamento da
Informação e Inteligência Econômica (DIIE), da Secretaria
Municipal de Planejamento e Desenvolvimento
(SEPLAN). Seu conteúdo é de inteira responsabilidade do(s)
autor(es), não expressando, necessariamente, o
posicionamento da Prefeitura Municipal de São Luís
(PMSL).

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019 - RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
RESUMO

A presente nota técnica visa, com base nas estimativas populacionais para 2019
divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, apresentar o
comportamento da população brasileira em diferentes escalas regionais, comparando os
dados maranhenses e ludovicenses. O estudo do IBGE pode ser encontrado em
https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9103-estimativas-de-
populacao.html.

1. INTRODUÇÃO

1.1 O QUE É?

A experiência do IBGE no campo das projeções de população teve início em 1973, ao


elaborar a projeção da população do Brasil pelo método das componentes demográficas1.
Foi a partir de 1989, no entanto, que o IBGE consolidou seu esquema de estimativas
populacionais anuais, compreendendo os níveis Nacional, Unidades da Federação (UF’s)
e Municípios, em cumprimento ao dispositivo constitucional, regulamentado pela Lei
Complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988.
A partir de 1992, o IBGE passa a publicar no Diário Oficial da União (DOU) as estimativas
das populações dos municípios e estados, em cumprimento ao artigo 102 da Lei nº 8.443,
de 16 de julho de 1992, para os fins previstos no inciso VI do artigo 1º da Lei nº 8.443. Em
2013 foi publicada a Lei complementar nº 143, de 17 de julho de 2013, que altera o artigo
102 da lei nº 8443, estabelecendo que entidade competente do poder executivo federal
fará publicar no Diário Oficial da União, até o dia 31 de agosto de cada ano, a relação das
populações dos municípios, e até 31 de dezembro, a relação das populações dos Estados
e do Distrito Federal.

1.2 METODOLOGIA

As estimativas da população das Unidades da Federação e do Distrito Federal foram


elaboradas pelo Método das Componentes Demográficas.
O modelo adotado para estimar os contingentes populacionais dos municípios brasileiros
emprega metodologia desenvolvida pelos demógrafos Madeira e Simões (1972)2, na qual
se observa a tendência de crescimento populacional do município, entre dois censos
demográficos consecutivos, em relação à tendência de crescimento de uma área
geográfica hierarquicamente superior (área maior). O método de tendência de
crescimento demográfico adotado tem como princípio fundamental a subdivisão de uma

1 http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/projecao_da_populacao/2013/default.shtm
2MADEIRA, J. L. & SIMÕES, C. C. S. Estimativas preliminares da população urbana e rural segundo as unidades da
Federação, 1960/1980: por uma nova metodologia. Revista Brasileira de Estatística, 33 (129), 3-11., 1972.

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019- RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
área maior, cuja estimativa já se conhece, em n áreas menores, de tal forma que seja
assegurada ao final das estimativas das áreas menores a reprodução da estimativa,
previamente conhecida, da área maior através da soma das estimativas das áreas
menores.
Portanto, as estimativas da população residente para os municípios brasileiros foram
elaboradas a partir da projeção para cada estado, incorporando os resultados dos
parâmetros demográficos calculados com base nos resultados do Censo Demográfico
2010 e nas informações mais recentes dos registros de nascimentos e óbitos.
Os totais populacionais dos municípios, enumerados pelos Censos Demográficos 2000 e
2010, foram ajustados linearmente, utilizando-se o fator de ajuste aplicado nestes anos
em cada Unidade da Federação. Esses totais populacionais municipais, em 2000 e 2010,
serviram de base para o estabelecimento da tendência de crescimento de cada município
no cálculo das estimativas municipais, com data de referência em 1º de julho de 20193.

2. RESULTADOS

2.1 BRASIL

✓ Segundo as estimativas de população, com data de referência em 1º de julho de


2019, o Brasil conta com 210,1 milhões de habitantes, distribuídos pelos 5.570
municípios que compõem as 27 Unidades da Federação. A taxa de crescimento
nacional, segundo o IBGE, foi de 0,79%.
✓ A maior taxa de crescimento médio foi de Roraima, com 2,88%. Rio Grande do Sul
apresentou a redução mais acentuada, com uma taxa negativa de 0,08%. O
Maranhão, 15º lugar entres os estados, apresentou taxa de crescimento de 0,49%.

Figura 1. Taxa média de crescimento geométrico populacional das UFs 2018-


2019

3 As estimativas das populações para as Unidades da Federação com data de referência em 1º de julho de 2019, foram
obtidas pela soma dos municípios que as compõem. Eventuais diferenças entre as populações estimadas das Unidades
da Federação e as populações projetadas para as Unidades da Federação, devem-se à alteração de limites territoriais
ocorridas após a divulgação da Projeção de População, em 2013.

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019 - RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
Fonte: “Estimativas da população dos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2019”,
IBGE (2019).

2.2 MARANHÃO

✓ A população do estado do Maranhão e de seus 217 municípios, totaliza 7.075.181


habitantes, e representa 3,37% da população brasileira;
✓ O Maranhão está no 11º lugar, entre os mais populosos do Brasil, no ranking dos
27 estados;
✓ Com 1.101.884 habitantes, São Luís é a única cidade do estado com mais de
500.000 habitantes. A segunda mais populosa é Imperatriz, com 258.682.
Tabela 1. População das UFs em 2019.
Ordem Brasil e UFs Estimativa Populacional 2019 %
1º São Paulo 45.919.049 21,85%
2º Minas Gerais 21.168.791 10,07%
3º Rio de Janeiro 17.264.943 8,22%
4º Bahia 14.873.064 7,08%
5º Paraná 11.433.957 5,44%
6º Rio Grande do Sul 11.377.239 5,41%
7º Pernambuco 9.557.071 4,55%
8º Ceará 9.132.078 4,35%
9º Pará 8.602.865 4,09%
10º Santa Catarina 7.164.788 3,41%
11º Maranhão 7.075.181 3,37%
12º Goiás 7.018.354 3,34%
13º Amazonas 4.144.597 1,97%
5

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019- RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
14º Espírito Santo 4.018.650 1,91%
15º Paraíba 4.018.127 1,91%
16º Rio Grande do Norte 3.506.853 1,67%
17º Mato Grosso 3.484.466 1,66%
18º Alagoas 3.337.357 1,59%
19º Piauí 3.273.227 1,56%
20º Distrito Federal 3.015.268 1,43%
21º Mato Grosso do Sul 2.778.986 1,32%
22º Sergipe 2.298.696 1,09%
23º Rondônia 1.777.225 0,85%
24º Tocantins 1.572.866 0,75%
25º Acre 881.935 0,42%
26º Amapá 845.731 0,40%
27º Roraima 605.761 0,29%
TOTAL 210147125

Fonte: “Estimativas da população dos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2019”,
IBGE (2019).

2.3 REGIÕES METROPOLITANAS

✓ A Região metropolitana da Grande São Luís totaliza 1.633.117 habitantes, e


representa a 19ª maior região dentre as 28 do país.

2.4 OS 20 MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS DO BRASIL


Gráfico 1. Os 20 municípios mais populosos.

Fonte: “Estimativas da população dos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2019”,
IBGE (2019).

✓ Estes 20 municípios mais populosos somam 48.782.803 habitantes em 2019,


representando 23,21% da população total do Brasil;

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019 - RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
✓ São Luís encontra-se na 15ª colocação desse ranking dos 20 municípios mais
populosos, com 1.101.884 habitantes.

2.5 CAPITAIS

✓ O conjunto das 27 Capitais totaliza 50,1 milhões de habitantes, representando em


2019, 23,9% da população total do País;
✓ São Luís encontra-se na 13ª colocação no ranking das capitais mais
populosas.
Ordem Capitais Estimativa Populacional 2019 %
1º São Paulo (SP) 12.252.023 5,83%
2º Rio de Janeiro (RJ) 6.718.903 3,20%
3º Brasília (DF) 3.015.268 1,43%
4º Salvador (BA) 2.872.347 1,37%
5º Fortaleza (CE) 2.669.342 1,27%
6º Belo Horizonte (MG) 2.512.070 1,20%
7º Manaus (AM) 2.182.763 1,04%
8º Curitiba (PR) 1.933.105 0,92%
9º Recife (PE) 1.645.727 0,78%
10º Goiânia (GO) 1.516.113 0,72%
11º Belém (PA) 1.492.745 0,71%
12º Porto Alegre (RS) 1.483.771 0,71%
13º São Luís (MA) 1.101.884 0,52%
14º Maceió (AL) 1.018.948 0,48%
15º Campo Grande (MS) 895.982 0,43%
16º Natal (RN) 884.122 0,42%
17º Teresina (PI) 864.845 0,41%
18º João Pessoa (PB) 809.015 0,38%
19º Aracaju (SE) 657.013 0,31%
20º Cuiabá (MT) 612.547 0,29%
21º Porto Velho (RO) 529.544 0,25%
22º Macapá (AP) 503.327 0,24%
23º Florianópolis (SC) 500.973 0,24%
24º Rio Branco (AC) 407.319 0,19%
25º Boa Vista (RR) 399.213 0,19%
26º Vitória (ES) 362.097 0,17%
27º Palmas (TO) 299.127 0,14%
TOTAL 50.140.133 23,86%

2.6 AS TAXAS DE CRESCIMENTO GEOMÉTRICA DAS CAPITAIS ENTRE 2018-2019

✓ A maior taxa de crescimento entre as capitais foi a de Boa Vista – RR, com 6,4%.
Porto Alegre, com 0,3%, foi a menor entre as capitais.
✓ São Luís ficou na 18º colocação entre as Capitais, com uma taxa de 0,66%.

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019- RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
Gráfico 2. Taxa de crescimento geométrica (TCG) das capitais, 2018-2019.

Fonte: “Estimativas da população dos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2019”,
IBGE (2019).

✓ Essa variação percentual da população ludovicense representou um aumento de


0,40 pontos percentuais em relação ao ano passado. Representa uma recuperação
em relação à estimativa de 2018, mas ainda sendo a segunda menor desde o início
da série histórica.

Gráfico 3. Variação percentual de São Luís 2011 - 2019

Fonte: “Estimativas da população dos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2019”,
IBGE (2019).

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019 - RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.
3. CONSIDERAÇÕES FINAIS

As estimativas populacionais municipais são fundamentais para o cálculo de indicadores


econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e um dos parâmetros
utilizados pelo Tribunal de Contas da União para no cálculo do Fundo de Participação de
Estados e Municípios.

4. REFERÊNCIAS BIBLIOGR ÁF ICAS

Estimativa da População dos Municípios em 2019. Instituto Brasileiro de Geografia e


Estatística:<https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9103-estimativas-
de-populacao.html>. Acessado em agosto de 2019.

NOTATÉCNICA Nº 04/Setembro2019- RESUMO: Estimativas da população dos municípios brasileiros -


2019, IBGE.