Você está na página 1de 3

ESTUDO DE CASO

A NutIsland é uma ilha que foi descoberta por piratas em 1840, quando haviam poucos
índios residindo no local. Logo o território se tornou uma colônia inglesa, pois a Coroa
Britânica tinha interesse nos recursos que havia no local. O território era rico em ouro,
prata e diamantes e em um primeiro momento a ilha foi apenas uma colônia de
exploração, onde a Inglaterra enviou pessoas para extrair estes metais e pedras com
mão de obra indígena.
Com o tempo os recursos foram se exaurindo ou se tornaram de difícil extração, não
compensando a atividade, pois naquela época a tecnologia de extração era baixa, e
também os metais não eram tão valorizados como hoje. Continuaram existindo minas
de extração, mas em pouca quantidade.
Por um lado, a ilha não tinha mais utilidade, no entanto, devido às atividades de
mineração muitas pessoas haviam ido morar lá e uma pequena economia havia se
desenvolvido. As principais atividades eram ligadas ao setor terciário, mas também se
destacava, em segundo lugar, o setor primário, com alguns produtos naturais que se
desenvolviam em abundância naquelas terras, como frutas exóticas, tais como
Caruãma, Nestólica e Ambarisa.

QUESTÃO n° 1: O que é o setor primário, secundário e terciário?

No início da colonização de NutIsland estes produtos agrícolas eram apenas extraídos


da natureza e consumidos no local, sendo um pequeno excedente enviado para a
Inglaterra.
Como os produtos eram muito apreciados pela coroa, ordenou-se um esforço para
ampliação da produção, atingindo em escala comercial e para isso, inglesa ganharam a
posse de terras na ilha para desenvolver as atividades agrícolas. Estes levaram
profissionais qualificados para estudar e identificar melhores práticas de plantio e
manejo, bem como equipamentos modernos para os padrões da época. Até descobriu-
se que a boa produtividade agrícola se deve ao solo, que possui matéria vulcânica.
Gradativamente foi iniciando-se a produção agrícola que, embora do setor primário,
sem grande capacidade de geração de Produto Interno Bruto - PIB fomentavam a
economia local, com aumento de dinheiro circulando, aquecendo o comércio e os
serviços.

QUESTÃO n° 2: O que é PIB?

A população era de 67% de homens, o que é explicado por que estes foram levados para
NutIsland para servirem como força de trabalho. No gráfico a seguir é apresentada a
divisão etária da população em 1900.
Embora a população destaque-se pelos jovens, a taxa de natalidade era baixa, por haver
poucas mulheres. A maioria destes jovens foram para NutIsland em busca de trabalho.
Devido às baixas condições de saúde da época a taxa de óbitos também era grande, seja
por falta de saúde e pelas condições insalubres de trabalho.

QUESTÃO n° 3: Explique o que é trabalho insalubre, e comente se ainda existe este tipo
de trabalho atualmente.
Embora a população fosse de maioria inglesa havia também pessoas de outras
nacionalidades, principalmente europeus, que somavam esparsos 2% da população.
A economia se desenvolveu e nos anos 1950 o rendimento médio dos trabalhadores já
chegava a 2.400 dólares por ano, e começavam a surgir aglomerações (bairros) por
classes sociais. Atualmente o PIB per capita é de quase 24.000 dólares anuais.

QUESTÃO n° 4: O que é PIB per capta? Essa é uma renda alta?

Com o crescimento da economia, em 1925 foi nomeado um governador para NutIsland,


que até então era administrada à distância. O governador era subordinado a rainha da
Inglaterra para grandes decisões, principalmente aquelas de cunha estratégico de
NutIsland, contudo, tinha autonomia para decidir sobre diversos assuntos e até mesmo
poder de juiz, para julgar crimes.
NutIsland possui uma aglomeração urbana principal, onde instalou-se a estrutura do
governo, mas também possuía alguns vilarejos mais distantes, como bairros, que não
distanciavam mais do que 15 Km da sede.
Até 1930, como visto na tabela acima, as atividades eram prioritariamente primárias,
sendo os produtos todos enviados para a Inglaterra, mas também vendidos para outros
países. O PIB da ilha crescia, mas começou-se a perceber que os produtos primários
eram vendidos a preços baixos e muitos eram comprados novamente por NutIsland,
após serem beneficiados, por preços muito maiores. Um exemplo era o café, vendido in
natura para outros países, e depois comprada torrado, moída e embalada, muito mais
caro, ou seja, com alto valor agregado.

QUESTÃO n° 5: O que é valor agregado?

Entendeu-se, então, que o produto primário, também chamado de commoditie, tem


valor muito baixo e precisa-se produzir muito para se trocar por pouco. Assim, a
necessidade de desenvolver a indústria ficou eminente.

QUESTÃO n° 6: O que é commoditie?

Um programa governamental passou a incentivar a indústria, mas ainda de maneira


singela, apenas fazendo palestras e oferecendo terrenos para instalação de fábricas.
Embora não existissem partidos políticos em NutIsland, haviam movimentos que
achavam que ao invés de o governo ajudar a classe empresária deveria ajudar os pobres.
A atividade industrial foi crescendo singelamente, como mostrou a tabela da atividade
do setor secundário, mas foi a partir de 1950 que ficou claro o incremento dos
rendimentos a partir dos produtos industrializados e iniciou-se uma pequena revolução
industrial na ilha.
As principais indústrias que surgiram foram relacionadas aos produtos mais produzidos:
caruãma, nestólica, ambarisa. Estes produtos são torrados para serem vendidos prontos
para consumo e também é extraído óleo, considerado nobre para alta culinária.

No início das atividades industriais, como havia pouca tecnologia, a mão de obra era
intensiva e as condições de trabalho eram bastante precárias. As pessoas trabalhavam
até 12 horas por dia em alguns casos, em troca de salários baixos, em ambientes
bastante insalubres.
A situação era auto organizada pelo mercado em uma situação de oferta e demanda de
trabalho.
Havia tantos acidentes graves que o hospital de NutIsland, que também era bastante
precário, precisou ser reformado e ampliado.
A expansão industrial levou mais pessoas até a ilha em busca de oportunidades e fez
com que sobrasse mão de obra, assim, as empresas não tinham problemas em substituir
trabalhadores caso algum não estivesse satisfeito. Surgiram os primeiros sindicatos, mas
sem muita força, haja vista que a oferta de mão de obra era menor do que a demanda.

QUESTÃO n° 7: Explique o conceito de oferta e demanda, e como isso funciona no


mercado de trabalho.