Você está na página 1de 32

Modalidades de Importação para

redução de custos de equipamentos


e produtos
d t importados
i t d
•Introdução
•Contexto Brasileiro
•Aquisição
A i i ã ded Produto
P d t
•Direta / Trading

•Importação por Conta e Ordem


•Globalização e Internet
•Adaptação a nova economia
•Base Legal
•Características

•Importação por Encomenda


•Inicio
•Base Legal
•Características

•Conclusão
•Vantagens / Conclusão
•Introdução
•Contexto Brasileiro
•Aquisição
A i i ã ded Produto
P d t
•Direta / Trading

•Importação por Conta e Ordem


•Globalização e Internet
•Adaptação a nova economia
•Base Legal
•Características

•Importação por Encomenda


•Inicio
•Base Legal
•Características

•Conclusão
•Vantagens / Conclusão
Introdução

Contexto Brasileiro

•Globalização e o Brasil

•PIB x Comércio Exterior

•Exportação x Commodities

www.bexi.com.br
Introdução

Contexto Brasileiro
Até a década de 90 existiam dois meios de
adquirir produto estrangeiro no Brasil:

•Aquisição Direta “Importação Própria”

•Aquisição via Trading Company


www.bexi.com.br
Introdução

Aquisição de produto via Importação Direta


Operação convencional, conhecida como “Conta
Própria” utilizada onde o importador é a própria empresa
adquirente como no fluxo a seguir:

F b i exportadora
Fabrica t d Adquirente Importador

www.bexi.com.br
Introdução

Aquisição de produto via Trading Company


Operação onde o importador é uma Trading Company e
revende o produto com margem para a empresa
consumidora ou distribuidora:

Fabrica exportadora

Trading Company
Importador Empresa consumidora

www.bexi.com.br
•Introdução
•Contexto Brasileiro
•Aquisição
A i i ã ded Produto
P d t
•Direta / Trading

•Importação por Conta e Ordem


•Globalização e Internet
•Adaptação a nova economia
•Base Legal
•Características

•Importação por Encomenda


•Inicio
•Base Legal
•Características

•Conclusão
•Vantagens / Conclusão
Conta e Ordem

Globalização e Internet
Com a aceleração da economia Brasileira, Globalização,
a chegada da Internet, as distancia entre fornecedores e
compradores diminuiu democratizando as informações
referentes a produtos, fornecedores e tecnologias
Conta e Ordem

Adaptação das Tradings a nova economia


Após este tempo as Tradings se renovaram e ofereceram
também:

•Financiamento para produtores rurais;

•Operação dos mercados de derivativo no caso de


commodities;

•Negociações de escala logística tais como armadores,


armadores
agentes de carga seguro internacional etc.;

Desenvolver uma engenharia tributária especializada em


•Desenvolver
operações de comércio exterior.
www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Engenharia Tributária - década 90

II + IPI + ICMS Trading


Importadora
p
Nacionalização

Fabrica exportadora
IPI

Ve
enda
ICMS
PIS/COFINS

Consumidor

Revendedor
Conta e Ordem

Base Legal

•SINDIEX (Sindicato dos Importadores e Exportadores do estado


do Espírito
p Santo))

•Medida Provisória nº 2.158-35 de 2001

•IN (SRF) nº75 e nº98, de 2001

•Deu base para a criação da IN nº 274, de 2002, PIS / COFINS

•Chegando a IN nº 255, de 2002 onde, “Estabelece requisitos e


condições para a atuação de pessoa jurídica importadora em
operações procedidas por conta e ordem de terceiros.
terceiros ”

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Base Legal

Com a IN 255, veio a nova concepção de distinção entre


Importador e Adquirente;

Importador por conta e ordem:


• IN (SRF) nº 255/2002,
255/2002 Art.
Art 1,
1 Parágrafo único:
Entende-se por importador por conta e ordem de terceiro a pessoa
jurídica que promover, em seu nome, o despacho aduaneiro de
importação de mercadoria adquirida por outra, em razão de
contrato previamente firmado, que poderá compreender, ainda, a
prestação de outros serviços relacionados com a transação
comercial, como a realização de cotação de preços e a
intermediação comercial.
comercial

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Base Legal

Adquirente por conta e ordem:


• IN (SRF) n
nº 247/2002, Art. 12, Inciso §1
1º,, Parágrafo II:
Entende-se por adquirente a pessoa jurídica encomendante da
mercadoria importada;

Resumindo:
i d
O Importador nesta operação é a empresa que realiza a
“nacionalização” do produto em nome do adquirente assumindo
todas as obrigações fiscais e tributárias junto ao erário.
O adquirente, é a empresa que efetua a compra e o
fechamento de cambio dos produtos a serem importados.

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Características

Fatura Comercial B/L


Importer TRADING Consignee TRADING
Cliente Cliente
B
Buyer N tif
Notify
adquirente* adquirente*

*- Decreto nº 6.759 de 2009 (Regulamento Aduaneiro) Art. 557 Parágrafo II:


E i que na F
Exige Fatura
t C
Comercial
i l contenha
t h o nome e endereço,
d completos,
l t d
do adquirente
d i t
ou do encomendante predeterminado.

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Características

1. Contrato de Importação por Conta e Ordem entre a TRADING e o cliente


encomendante,, p
prévio ao embarque;
q ;

2. Importação realizada com recursos do cliente encomendante ou


próprios da TRADING;

3. Ambos, cliente encomendante e TRADING são equiparados a


Estabelecimentos Industriais;

4. A TRADING possui apenas a Posse da mercadoria;

5. Lançamento contábil da TRADING: “Estoque de terceiros em seu


poder ;
poder”;

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Características
6. A TRADING emite Nota Fiscal de Saída (de transmissão de posse / remessa) CFOP Nº 6949
Operação Interestadual e Nº 5848 Op. Internas;

7
7. Regra geral,
geral o cliente encomendante lança a crédito o ICMS+IPI+PIS+Cofins declarados na
N.Fiscal da TRADING;

8. Fechamento de câmbio realizado diretamente pelo cliente encomendante (Circular BACEN


3.325/2006);

9. Condição Indispensável: Cliente precisa estar habilitado no RADAR da SRF;

10. Os maiores diferenciais desta modalidade para ao cliente encomendante são:


(i) permitir que o cliente encomendante esteja declarado na Fatura Comercial (o Exportador
prefere).
(ii) Contratação direta do câmbio pelo cliente encomendante.
(iii) deter do início ao fim do processo a propriedade dos bens.
(iv) não incidência do Pis+Cofins nas Saídas.
( ) Os
(v) O Tributos
T ib t d D.I.
da D I podem
d ser debitados
d bit d automaticamente
t ti t da
d C.C.
C C do d cliente
li t
encomendante

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

PIS/COFINS - Governo Lula (ante - 2004)

PIS/COFINS pedágio e não há incidência na


Nacionalização.

Nesta época era um custo a mais na transferência


do produto da Trading para a empresa compradora.

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

PIS/COFINS - Governo Lula (pós - 2004)

PIS/COFINS (débito/crédito) deixa de ser pedágio


e incidência na Nacionalização.

ABIMAQ (Associação brasileira de Industrias de


Maquinas) pede para extinguir o PIS/COFINS das
maquinas fabricadas no Brasil.

O governo adiciona na nacionalização o


PIS/COFINS.

www.bexi.com.br
Conta e Ordem

Eng. Tributária – Antes de 2004

II + IPI + ICMS Trading


Importadora
p
Nacionalização

Fabrica exportadora

Rem
IPI

messa
ICMS
NF serviço

Consumidor

Adquirente
Conta e Ordem

Eng. Tributária – Após 2004

II + IPI + ICMS + PIS/COFINS Trading


Importadora
p
Nacionalização

Fabrica exportadora IPI

Rem
ICMS

messa
PIS/COFINS
NF Serviço

Consumidor

Adquirente
•Introdução
•Contexto Brasileiro
•Aquisição de Produto
•Direta / Trading

•Importação por Conta e Ordem


•Globalização e Internet
•Adaptação a nova economia
•Base Legal
•Características

•Importação por Encomenda


•Inicio
I i i
•Base Legal
•Características

•Conclusão
•Vantagens / Conclusão
Encomenda

Inicio

Era uma operação clássica de compra e venda

Após a criação da Imp. Conta e Ordem, algumas


operações continuam vantajosas na compra pelos
motivos:
ti

•Produto de IPI alto (Produtos Acabados)

•Não incidência de PIS/COFINS na nacionalização

www.bexi.com.br
Encomenda

Base Legal
A fim de disciplinar esse tipo de importação, a SRF,
no uso da atribuição que lhe foi conferida pelo:

•§ 1º do artigo 11 da Lei nº 11.281, de 2006, e pelo


artigo 16 da Lei 9.779, de 1999, editou a:

•Instrução Normativa (IN) SRF nº 634, de 2006,


que:

“Estabelece requisitos e condições para a atuação de


pessoas jurídicas importadoras em operações
procedidas por encomenda de terceiros.”
www.bexi.com.br
Encomenda

Características

Fatura Comercial B/L


Importer TRADING Consignee TRADING
Buyer TRADING Notify TRADING
Final CLIENTE¹ Final
Customer¹ Customer¹ CLIENTE¹

Decreto nº 6.759 de 2009 (Regulamento Aduaneiro) Art. 557 Parágrafo II:


Exige que na Fatura Comercial contenha o nome e endereço,
endereço completos,
completos do adquirente ou do
encomendante predeterminado.
¹ - Adicionado no campo Observation (OBS)
www.bexi.com.br
Encomenda

Características
1. Contrato de Compra & Venda entre a TRADING e o Cliente
Adquirente (encomendante predeterminado), prévio ao
embarque;

2. Colocação de Pedido de Compra (P.O.) ao Exportador pela


TRADING a cada importação;

3. Importação realizada com recursos próprios da TRADING até o


dia da emissão da N. de Venda;

4. Regra geral, o cliente Adquirente (encomendante


predeterminado) lança a crédito o ICMS+IPI+PIS+Cofins da Nota
de Venda da TRADING;

www.bexi.com.br
Encomenda

Características

6. A TRADING é sempre equiparada a estabelecimento Industrial. O


encomendante predeterminado também,
também portanto,
portanto na hipótese
de simples revenda de produto acabado o encomendante pré-
determinado paga IPI em sua etapa de saída / venda;

7. A TRADING possui a Posse e a Propriedade da mercadoria;

8. Fechamento de câmbio realizado sempre pela TRADING;

9. Condição Indispensável: Cliente encomendante predeterminado


precisa estar habilitado no RADAR da SRF (podendo ser
simplificado pois o limite é utilizado o da TRADING);

www.bexi.com.br
Encomenda

Eng. Tributária

II + IPI + ICMS + PIS/COFINS Trading


Importadora
p
Nacionalização

Fabrica exportadora NF Venda

ve
IPI

enda
ICMS
PIS/COFINS

Consumidor

Adquirente
•Introdução
•Contexto Brasileiro
•Aquisição de Produto
•Direta / Trading

•Importação por Conta e Ordem


•Globalização e Internet
•Adaptação a nova economia
•Base Legal
•Características

•Importação por Encomenda


•Inicio
I i i
•Base Legal
•Características

•Conclusão
•Vantagens / Conclusão
Conclusão

Vantagens

•Ganho de Escala Logístico;

•Estrutura Operacional Especializada;

•Otimização de Fluxo de Caixa

•Assessoria profissional nas questões legais e


administrativas dos processos

www.bexi.com.br
Conclusão

Continuar Focado no seu negócio,


negócio sem
perder a oportunidade que o mundo
globalizado oferece

www.bexi.com.br
Conclusão

MUITO OBRIGADO!

Duvidas e informações:
(15) 3327-4007 – Rogério Bonilha

Acesse:
www.bexi.com.br
www.bexicompany.blogspot.com
b i bl t
www.twitter.com/bexicompany