Você está na página 1de 157

www.odiferencialconcursos.com.

br

1
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

SUMÁRIO

Apresentação.............................................................................................3

Questões....................................................................................................4

Respostas................................................................................................92

Bibliografia..............................................................................................156

2
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

APRESENTAÇÃO

Esta obra é destinada aos estudantes de Direito Administrativo,


especialmente para os que se preparam para a realização de concursos
púbicos.

Licitação é um tópico muito importante, complexo e bastante exigido


pelas bancas organizadoras, demandando uma atenção especial por parte dos
concurseiros.

O estudo por meio de resolução de questões é extremamente importante


para o entendimento e a fixação da matéria. Por vezes, a leitura de um tema de
Direito a princípio parece fácil, porém, ao se deparar com o caso concreto,
surgem as complicações. Nada melhor do que resolver questões,
principalmente quando estas possuem comentários objetivos e de fácil
compreensão baseados na doutrina, na legislação e na jurisprudência.

A apostila de 350 questões fundamentadas e/ou comentadas sobre


licitação é mais um instrumento colocado à disposição do concursando para
auxiliá-lo no alcance de seu objetivo, ou seja, aprovação num concurso público.

Outro ponto importante é que essa apostila é sempre atualizada até a


data do envio.

A quantidade de questões aliada à qualidade, rapidez no envio e ao


compromisso de conduzir o candidato ao sucesso representam todo nosso
diferencial.
.

Wilma G. Freitas

3
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

QUESTÕES

1.Complete a lacuna.
A licitação é um ................................. destinado à seleção de quem
eventualmente contratará com a Administração Pública, mediante a
escolha da melhor proposta.

( ) ato administrativo
( ) procedimento administrativo

2.É obrigada a realizar a licitação:


a) Sociedade de economia mista;
b) Empresa pública;
c) Autarquias;
d) Fundações de direito público;
e) Todas as respostas anteriores estão corretas.

3.Complete a lacuna.
Para aquisição de bens e serviços comuns, poderá ser adotada a
licitação na modalidade de ..................................

( ) consulta
( ) pregão

4.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for falsa.


Os órgãos, entes e entidades privadas sem fins lucrativos, convenentes
ou consorciadas com a União, poderão utilizar sistemas de pregão
eletrônico próprios ou de terceiros.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

4
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

5.Não é princípio licitatório:


a) Igualmente entre os licitantes;
b) Sigilo das propostas;
c) Vinculação aos termos do instrumento convocatório.
d) Julgamento subjetivo;
e) Adjudicação compulsória.

6.A modalidade apropriada para a aquisição de bens comuns é a(o):


a) pregão;
b) concorrência;
c) convite;
d) consulta;
e) leilão.

7.Complete a lacuna.
O pregão .................................. aos Municípios.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

8.Na modalidade pregão, o tipo de licitação utilizável é a de:


a) melhor preço;
b) maior preço;
c) melhor técnica;
d) melhor técnica e preço;
e) menor preço.

9.Qual a natureza da licitação?


a) Ato simples.
b) Ato de império.
c) Ato-condição.
d) Ato meio.
e) Procedimento administrativo.

5
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

10.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, é possível o estabelecimento do credito da técnica na
classificação das propostas.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

11.De acordo com a melhor definição, bens e serviços são aqueles:


a) em que a analise técnica é utilizável secundariamente;
b) cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser
objetivamente definidos pelo edital, por meio de especificações
usuais no mercado;
c) em que todos os licitantes possuem o mesmo produto;
d) em que os serviços são fungíveis;
e) cujos padrões de desempenho e qualidade são definidos em lei.

12.Complete a lacuna.
A competência para legislar sobre normas gerais sobre licitação e
contratos é .................................

( ) privativa da União
( ) concorrente entre a União, os Estados e o Distrito Federal

13.Complete a lacuna.
.................................. ser realizado o pregão por meio da utilização de
recursos de tecnologia da informação.

( ) Não poderá
( ) Poderá

14.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Em caso de inviabilidade de competição, a licitação deverá ser
dispensada.

6
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

15.“O julgamento das propostas há de ser feito de acordo com os


critérios fixados no edital”. Esta expressão configura o principio:
a) Do sigilo das propostas;
b) Da adjudicação compulsória;
c) Do julgamento objetivo;
d) Da igualdade entre os licitantes;
e) Da impessoalidade.

16.Complete a lacuna.
Subordinam-se ao regime da Lei n° 8.666/1993, além dos órgãos da
administração direta, as.................................

( ) pessoas jurídicas de direito público externo


( ) autarquias

17.Não há possibilidade de competição nos casos de:


a) Dispensa;
b) Inexigibilidade;
c) Anulação da licitação;
d) Revogação da licitação;
e) Derrogação da licitação.

18.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É vedada a utilização de recursos de tecnologia da informação no
pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

7
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

19.Complete a lacuna.
No pregão, é .................................. a exigência de pagamento de taxas e
emolumentos, salvo os referentes a fornecimento do edital, que não
serão superiores ao custo de sua reprodução gráfica, e aos custos de
utilização de recursos de tecnologia da informação, quando for o caso.

( ) permitida
( ) vedada

20.Os órgãos, entes e entidades privadas sem fins lucrativos,


convenentes ou consorciadas com a União:
a) poderão utilizar sistemas de pregão eletrônico próprios ou de
terceiros;
b) utilizarão sistemas de pregão aprovado pelo Ministério do
Planejamento;
c) utilizarão sistemas de pregão unificados;
d) deverão utilizar sistemas de pregão eletrônico próprio;
e) utilizarão sistemas de pregão aprovado pelo Gabinete Civil da
Presidência da Republica.

21.Complete a lacuna.
É .................................., nos termos de regulamentos próprios da União,
Estados, Distrito Federal e Municípios, a participação de bolsas de
mercadorias no apoio técnico e operacional aos órgãos e entidades
promotores da modalidade de pregão, utilizando-se de recursos de
tecnologia da informação.

( ) defeso
( ) facultado

22.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É vedado o uso eletrônico no pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

8
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

23.Na fase preparatória do pregão, a justificação da necessidade da


contratação e a definição do objeto da licitação serão atribuições
da(o):
a) autoridade competente;
b) pregoeiro;
c) leiloeiro;
d) Presidente da Comissão Licitatória;
e) Ministro de Estado.

24.Nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem:


a) A licitação é obrigatória;
b) A licitação é inexigível;
c) A licitação é dispensável;
d) A licitação é anulável;
e) A licitação é nula.

25.Complete a lacuna.
A equipe de apoio ao pregão deverá ser integrada em sua
.................................. por servidores ocupantes de cargo efetivo ou
emprego da administração.

( ) maioria
( ) totalidade

26.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Pode ser utilizado o tipo de licitação menor preço e melhor técnica no
pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

9
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

27.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A Administração também poderá conceder título de propriedade ou de
direito real de uso de bens imóveis, dispensada licitação, quando o uso
destinar-se a outro órgão ou entidade da Administração Pública,
qualquer que seja a localização do imóvel.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

28.Complete a lacuna.
A Administração Pública, ao realizar licitação, deve respeitar o principio
da.................................

( ) boa fé
( ) probidade administrativa

29.É a modalidade de licitação realizada entre interessados


previamente cadastrados ou que preencham os requisitos para
cadastramentos até o terceiro dia anterior à data do recebimento
das propostas:
a) Convite;
b) Tomada de preço;
c) Concorrência;
d) Leilão;
e) Concurso.

30.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da realização do
evento será de trinta dias para o concurso.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

31.O pregão:
a) é vedado às autarquias federais;
b) é vedado aos Estados e Municípios;
c) é vedado às fundações municipais;

10
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

d) é permitido à União, aos Estados, aos Municípios e ao Distrito


Federal;
e) é vedado às pessoas jurídicas de direito privado.

32.É o ato pelo o qual a que a Administração Pública atribui ao


vencedor o objeto da licitação:
a) Homologação;
b) Adjudicação;
c) Concorrência;
d) Julgamento;
e) Habilitação.

33.Complete a lacuna.
De acordo com o princípio da ................................., a Administração não
pode descumprir as normas e condições do edital , ao qual se acha
estritamente vinculada.

( ) impessoalidade
( ) vinculação ao instrumento convocatório

34.É cabível com relação a ato de Ministro de Estado ou Secretário


estadual ou municipal, no caso de aplicação da pena de declaração
de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração:
a) Pedido de reconsideração;
b) Anulação;
c) Recurso de oficio;
d) Recurso derrogatório;
e) Recurso necessário.

35.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As empresas públicas e as sociedades de economia mista não são
obrigadas a licitar.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

11
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

36.A participação de bolsas de mercadorias no apoio técnico e


operacional aos órgãos e entidades promotores da modalidade de
pregão:
a) é obrigatória, salvo nos casos previstos em lei;
b) é vedada;
c) é obrigatória, salvo por deliberação do pregoeiro;
d) é facultada;
e) é obrigatória, salvo por deliberação da autoridade competente.

37.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da realização do
evento será de trinta dias para concorrência, quando o contrato a ser
celebrado contemplar o regime de empreitada integral.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

38.É ato pelo qual a Administração divulga a abertura da licitação, fixa


os requisitos para participação, define o objeto e as condições
básicas do contrato e convida a todos os interessados para que
apresentem suas propostas:
a) Edital;
b) Habilitação;
c) Convite;
d) Carta-convocação;
e) Norma licitatória.

39.Complete a lacuna.
A fase ....................... do pregão será iniciada com a convocação dos
interessados que será efetuada por meio de publicação de aviso em
diário oficial do respectivo ente federado ou, não existindo, em jornal de
circulação local, e facultativamente, por meios eletrônicos e conforme o
vulto da licitação, em jornal de grande circulação, nos termos desta lei.

( ) interna
( ) externa

12
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

40.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, é livremente permitida a exigência de pagamento de taxas e
emolumentos.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

41.O pregão possui:


a) uma única fase;
b) duas fases;
c) três fases;
d) quatro fases;
e) cinco fases.

42.Complete a lacuna.
No pregão, a publicação do aviso de convocação dos interessados
constará a definição do .................................. da licitação.

( ) conteúdo
( ) objeto

43.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, é facultada a exigência de aquisição do edital pelos
licitantes, como condição para participar no certame.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

44.A fase preparatória do pregão observará o seguinte:


a) a autoridade competente justificará a necessidade de contratação e
definirá o objeto do certame, as exigências de habilitação, os critérios
de aceitação das propostas, as sanções por inadimplemento e as
cláusulas do contrato, inclusive com fixação dos prazos para
fornecimento;
b) fixação do limite máximo e mínimo das propostas;

13
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

c) nomeação e investidura da comissão de licitação formada por três


servidores efetivos e estáveis;
d) fixação dos limites para a classificação na fase externa;
e) nomeação do pregoeiro e toda a equipe de apoio.

45.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É vedada a exigência de garantia de proposta.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

46.Complete a lacuna.
Pelo principio da(o) ................................., a Administração está
vinculada às prescrições legais que regem a licitação em todos os seus
atos e fases.

( ) legalidade
( ) procedimento formal

47.Em caso de concessão de direito real de uso, a modalidade de


licitação é:
a) Tomada de preços;
b) Concorrência;
c) Convite;
d) Leilão;
e) Concurso.

48.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da realização do
evento será de quarenta e cinco dias para a concorrência, quando a
licitação for do tipo melhor técnica.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

14
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

49.O Estado realizou licitação para a execução de obra pública.


Classificadas as propostas, após decididos todos os recursos
cabíveis, a Comissão de licitação decidiu adjudicar o objeto da
concorrência ao licitante que teve sua proposta classificada em
segundo lugar, quanto ao preço, alegando que o licitante vencedor
não tinha idoneidade técnica para realizar a obra.
Pode-se considerar esta decisão como:
a) Errada, porque, ultrapassada a fase de habilitação, torna-se
impossível, em regra geral, a administração examinar a idoneidade
dos proponentes;
b) Certa, porque é facultado à administração preterir a proposta de
melhor preço, quando provar a idoneidade do proponente;
c) Certa, porque a administração tem liberdade para escolher a
proposta que melhor atenda ao interesse público;
d) Errada, porque a adjudicação sempre deve ser feita ao proponente
que oferecer o menor preço;
e) Certa, porque a falta de idoneidade técnica desclassifica o licitante.

50.Complete a lacuna.
A licitação não será ............................, salvo a entrega das propostas.

( ) pública
( ) sigilosa

51.A modalidade de licitação que restringe a participação aos


interessados previamente cadastrados é:
a) Leilão;
b) Convite;
c) Concurso;
d) Concorrência;
e) Tomada de preço.

52.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da realização do
evento será de dez dias para a tomada de preço em todos os casos.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

15
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

53.É licito exigir nas concorrências:


a) Comprovação de qualificações técnica e econômica, indispensáveis
ao cumprimento das obrigações;
b) Participação exclusiva de empresas brasileiras;
c) Participação exclusiva de empresas brasileiras de capital nacional;
d) Condição de pagamento, somente, em títulos públicos;
e) Formação de consórcio com empresas estrangeiras.

54.Complete a lacuna.
O significado do principio do(a) ................................. encontra-se na
idéia de que o julgamento das propostas deve ser feito em conformidade
com os critérios fixados no edital.

( ) julgamento objetivo
( ) moralidade

55.Complete a lacuna.
No aviso de convocação dos interessados em participar do pregão,
constará a indicação do local, dias e horários em que poderá ser lida ou
obtida a integra do ..................................

( ) aditivo do contrato
( ) edital

56.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo de validade das propostas no pregão será de trinta dias,
prorrogáveis por igual período, se outro não estiver fixado no edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

16
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

57.Assinale a alternativa abaixo que apresenta uma modalidade de


licitação.
a) Coleta de preços.
b) Seleção prévia.
c) Análise curricular.
d) Pregão.
e) Melhor preço.

58.Complete a lacuna.
A respeito do pregão, no dia, hora e local designados, será realizada
sessão .......................... para recebimento das propostas.

( ) pública
( ) secreta

59.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, quem, convocado dentro do prazo de validade da sua
proposta, apresentar documentação falsa exigida para o certame, será
punido, sem prejuízo de outras sanções, com a pena de intervenção.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

60.A fase preparatória do pregão observará o seguinte:


a) definição do objeto deverá ser precisa, suficiente e clara, vedadas
especificações que, por excessivas, irrelevantes ou desnecessárias ,
limitem a competição;
b) divulgação dos elementos técnicos necessários à participação dos
licitantes;
c) publicação dos valores técnicos que serão avaliados na fase de
classificação;
d) divulgação do prazo para a entrega dos documentos necessários à
habilitação;
e) definição dos critérios técnicos e valores a serem avaliados pela
comissão licitatória.

61.Complete a lacuna.
O pregão eletrônico .................................. aos Municípios.

17
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) aplica-se
( ) não se aplica

62.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Os atos essenciais do pregão, inclusive os decorrentes de meios
eletrônicos, serão documentados no processo respectivo, com vistas à
aferição de sua regularidade pelos agentes de controle.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

63.A Lei n° 10.520/2002, que regula a modalidade de licitação


denominada pregão, é uma norma:
a) estadual;
b) federal;
c) distrital;
d) municipal;
e) nacional.

64.Complete a lacuna.
No curso da sessão, o autor da oferta de valor mais baixo e os das
ofertas com preços até .................................. por cento superiores
àquela poderão fazer novos lances verbais e sucessivos, até a
proclamação do vencedor.

( ) cinco
( ) dez

65.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Aplicam-se diretamente, para a modalidade de pregão, as normas da Lei
n° 8.666/1993.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

18
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

66.No sistema jurídico brasileiro:


a) É obrigatória a licitação em todos os casos de compras, alienações,
permissões e serviços;
b) É obrigatória a licitação apenas nos casos expressos em lei;
c) A lei pode criar exceções à regra da obrigatoriedade da licitação;
d) A lei não pode criar exceções à regra da obrigatoriedade da licitação;
e) As empresas públicas e as sociedades de economia mista são
obrigadas a licitar, se assim estiver previsto em seus estatutos.

67.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da realização do
evento será de dez dias para o convite.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

68.A adjudicação direta, por valor não superior ao constante do


registro oficial de preços, quando as propostas apresentadas, em
licitação anterior, consignarem preços manifestamente superiores
aos praticados no mercado ou forem incompatíveis com os fixados
pelos órgãos estatais incumbidos de controlá-los, desde que os
licitantes, convocados para apresentarem outras propostas,
escoimadas desses excessos, não as apresentem, justifica o
procedimento previsto na lei como de:
a) Dispensa de nova licitação;
b) Inexigibilidade de nova licitação;
c) Anulação da licitação anterior;
d) Revogação da licitação anterior;
e) Derrogação da licitação anterior.

69.Complete a lacuna.
Pelo principio ................................., entende-se que a Administração não
pode, concluído o procedimento, atribuir o objeto da licitação a outrem
que não o vencedor.

( ) da adjudicação compulsória
( ) da impessoalidade

19
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

70.Complete a lacuna.
Acerca pregão, consideram-se bens e serviços comuns, para os fins e
efeitos de licitação, aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade
possam ser .................................. definidos pelo edital, por meio de
especificações usuais no mercado.

( ) objetivamente
( ) subjetivamente

71.Complete a lacuna.
No âmbito do Ministério da Defesa, as funções de pregoeiro e de
membro da equipe de apoio .................................. ser desempenhadas
por militares.

( ) não poderão
( ) poderão

72.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de pregão, as bolsas deverão estar organizadas sob a forma
de sociedades empresarias.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

73.No pregão, a equipe de apoio deverá ser integrada em sua:


a) maioria por servidores ocupantes de cargo efetivo ou emprego da
administração;
b) totalidade por servidores da Administração contratada;
c) totalidade por servidores ocupantes de cargo efetivo ou emprego da
administração;
d) minoria por servidores ocupantes de cargo efetivo ou emprego da
administração;
e) maioria por agentes públicos pertencentes ao Tribunal de Contas.

74.Complete a lacuna.
O pregão possui fase ..................................

20
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) externa
( ) interna
( ) externa e interna

75.No setor público, são modalidades de licitação:


a) Concorrência e tomada de preços;
b) Convite, melhor técnica e concurso;
c) Leilão e coleta de preços;
d) Menor preço e melhor técnica;
e) Consulta e coleta de preços.

76.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A Administração, bem como os licitantes, estão vinculados aos termos
do edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

77.As obras, os serviços, compras e alienações, na administração


pública brasileira:
a) Podem ser realizados sem licitação pública, no ultimo mês do ano
civil;
b) Só podem ser realizados pelos órgãos do poder executivo;
c) Serão contratados sempre mediante prévio processo de licitação
pública que assegure a igualdade formal e material a todos os
concorrentes;
d) Não podem ser realizados no ultimo trimestre do ano civil;
e) Exigem licitação pública, ressalvados os casos indicados na
legislação ordinária.

78.Complete a lacuna.
A alienação de bens imóveis da Administração Pública, subordinada à
existência de interesse público devidamente justificado, será precedida
de avaliação e ..........................

21
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) afetação
( ) desafetação
( ) autorização legislativa

79.Constitui inexigibilidade de licitação, nos termos da Lei n°


8.666/1993:
a) Quando não acudirem interessados à licitação anterior;
b) Quando as propostas apresentadas em licitação anterior
consignarem preços manifestamente superiores aos praticados no
mercado;
c) Quando houver possibilidade de comprometimento da segurança
nacional;
d) A aquisição ou restauração de obras de arte;
e) A contratação de serviços técnicos especializados de notória
especialização.

80.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Os princípios constitucionais que regem a administração pública exigem
que a concessão de serviços públicos seja precedida de licitação
pública.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

81.Nas licitações, sob a modalidade de concorrência, para obras de


grande vulto, pode-se exigir do licitante a prova de possuir
patrimônio líquido ou capital social num determinado valor, não
excedente a um percentual de custo estimado de contratação, da
ordem de:
a) 5%;
b) 10%;
c) 15%;
d) 20%;
e) 25%.

22
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

82.Será facultada a participação de bolsas de mercadorias no apoio


técnico no pregão. Nestas bolsas, haverá:
a) a participação plural de corretoras que operem sistemas eletrônicos
unificados de pregões;
b) o controle indireto da Comissão de Valores Mobiliários;
c) a participação de uma única corretora, escolhida por meio de
licitação;
d) o controle indireto do Banco Central do Brasil;
e) a participação de consórcio, regulado pela Lei das Sociedades
Anônimas.

83.Complete a lacuna.
No pregão, poderão fazer novos lances verbais e sucessivos ou autores
das melhores propostas até o máximo de ..................................

( ) cinco
( ) três

84.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As compras e contratações de bens e serviços comuns, no âmbito da
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Município, quando
efetuadas pelo sistema de registro de preços, poderão adotar a
modalidade de pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

85.A fase preparatória do pregão observará o seguinte:


a) preferência de marca;
b) definição do objeto deverá ser precisa, suficiente e clara;
c) negociação preliminar com os pretendentes à licitação;
d) possibilidade de padronização;
e) definição dos critérios técnicos a serem avaliados na licitação.

86.Complete a lacuna.
No pregão, para julgamento e classificação das propostas, será adotado
o critério de .................................. preço.

23
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) menor
( ) maior

87.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para aquisição de bens e serviços comuns, poderá ser adotada a
licitação na modalidade de pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

88.No pregão, o prazo fixado para a apresentação das propostas,


contado a partir da publicação do aviso, não será inferior a:
a) cinco dias úteis;
b) sete dias úteis;
c) oito dias úteis;
d) dez dias úteis;
e) quinze dias úteis.

89.Complete a lacuna.
Examinada a proposta classificada em primeiro lugar, quanto ao objeto e
valor, caberá à(ão) .................................. decidir motivadamente a
respeito da sua aceitabilidade.

( ) comissão de licitação
( ) pregoeiro

90.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
De acordo com a lei 10.520/2002, são considerados bens e serviços
comuns da área da saúde, aqueles necessários ao atendimento dos
órgãos que integram o Sistema Único de Saúde, cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos no edital,
por meio de especificações usuais do mercado.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

24
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

91.As fases do pregão são:


a) preparatória e externa;
b) formal e material;
c) extrínseca e intrínseca;
d) objeta e subjetiva;
e) geral e especifica.

92.Complete a lacuna.
................................. é a modalidade de licitação entre quaisquer
interessados que, na fase inicial de habilitação preliminar, comprovem
possuir os requisitos mínimos de qualificação exigidos no edital para
execução de seu objeto.

( ) Concorrência
( ) Tomada de Preço
( ) Convite

93.O prazo mínimo de antecedência, para a publicação dos editais, em


relação à data do recebimento das propostas, nos casos de
concorrência destinada a obras, sob o regime de empreitada
integral, é de:
a) 15 dias;
b) 20 dias;
c) 30dias;
d) 45 dias;
e) 60 dias.

94.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No processo licitatório, não podem a lei, o decreto, os atos regimentais
ou instruções normativas, e muito menos acordo firmado entre partes,
superpor-se a preceito constitucional, instituíndo privilégios para uns
em detrimento de outros.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

25
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

95.Para a alienação de bens imóveis públicos é dispensada a licitação


no caso de:
a) Investidura de bem desapropriado;
b) Bens de uso dominial;
c) Bens havidos por doação;
d) Bens havidos por permuta;
e) Bens de uso especial.

96.Complete a lacuna.
Duas são as características básicas da concorrência: ampla
publicidade e.................................

( ) universalidade
( ) particularidade

97.São modalidades de licitação:


a) Investidura, concorrência e leilão;
b) Concessão, permissão e concurso;
c) Autorização, permissão e concessão;
d) Convite, concurso e leilão;
e) Melhor técnica, menor preço e melhor técnica e preço.

98.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Pode um edital estadual de licitação proibir que pessoas jurídicas
sediadas em outra unidade federativa participem de licitação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

99.A concorrência no caso do tipo menor preço deverá ser publicada


no Diário Oficial com a antecedência mínima de:
a) 15 dias;
b) 20dias;
c) 25 dias;
d) 30 dias;
e) 45 dias.

26
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

100.Complete a lacuna.
................................. é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições
exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do
recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.

( ) Concorrência
( ) Tomada de Preço
( ) Convite

101.O ato pelo qual se atribui ao vencedor o objeto da licitação, para


fins de efetivação do contrato chama-se:
a) Aclamação;
b) Adjudicação;
c) Afetação;
d) Admissão;
e) Anuência pública.

102.Complete a lacuna.
O pregão eletrônico .................................. ao Distrito Federal.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

103.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Sobre o pregão, quando o quantitativo total estimado para a
contratação ou fornecimento não puder ser atendido pelo licitante
vencedor, admitir-se-á a convocação de tantos licitantes quantos forem
necessários para o atendimento da totalidade do quantitativo,
respeitada a ordem de classificação, desde que os referidos licitantes
aceitem praticar o mesmo preço da proposta vencedora.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

104.Na fase externa do pregão, em regra, a convocação dos


interessados será efetuada por meio de:

27
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

a) publicação de aviso em jornal de grande circulação;


b) aviso fixado no quadro de aviso da repartição pública;
c) correspondência do tipo AR (aviso de recebimento);
d) comunicação eletrônica (e-mail);
e) publicação de aviso em diário oficial do respectivo ente federado.

105.Complete a lacuna.
.................................. habilitação no pregão.

( ) Haverá
( ) Não haverá

106.Complete a lacuna.
No pregão, encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertadas, o
.................................. procederá à abertura do invólucro contendo os
documentos de habilitação do licitante que apresentou a melhor
proposta, para verificação do atendimento das condições fixadas no
edital.

( ) pregoeiro
( ) presidente da Comissão de Licitação

107.Do aviso de convocação dos interessados para participar do


pregão constará, exceto:
a) indicação do local em que poderá ser lida a íntegra do edital;
b) indicação do nome do pregoeiro;
c) indicação do horário em que poderá ser lida a íntegra do edital;
d) definição do objeto da licitação;

108.Complete a lacuna.
No que diz respeito ao pregão, a habilitação far-se-á com a verificação
de que o licitante está em situação regular perante a(o)
..................................

( ) Fazenda Nacional
( ) Tesouro Nacional

28
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

109.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É possível a criação de uma nova modalidade licitatória por meio de
ato administrativo.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

110.A fase do procedimento licitatório consistente na análise da


qualificação técnica dos licitantes é a:
a) Adjudicação;
b) Classificação;
c) Habilitação;
d) Homologação;
e) Seleção prévia.

111.Complete a lacuna.
................................. é a modalidade de licitação entre interessados do
ramo pertinente ao seu objeto, cadastrados ou não, escolhidos e
convidados em número mínimo de 3 (três) pela unidade administrativa.

( ) Concorrência
( ) Tomada de Preço
( ) Convite

112.Em face da legislação vigente, a modalidade de licitação, própria


para a contratação de obras de grande vulto e de elevado custo,
bem como para compra de bens imóveis, é a(o):
a) Concorrência;
b) Tomada de preços;
c) Carta-convite;
d) Concurso;
e) Leilão.

113.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O procedimento da concorrência é igual ao da tomada de preços.

29
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

114.O capital mínimo ou valor do patrimônio líquido do licitante, nos


casos em que se permite a sua exigência, para a habilitação em
concorrência, em face da legislação vigente, não pode exceder ao
seguinte percentual do valor estimado da contratação:
a) 5%;
b) 10%;
c) 15%;
d) 20%;
e) 25%.

115.Complete a lacuna.
................................. é a modalidade de licitação entre quaisquer
interessados para escolha de trabalho técnico, cientifico ou artístico,
mediante a instituição de prêmios ou remuneração aos vencedores,
conforme critérios constantes de edital publicado na imprensa oficial
com antecedência mínima de 45 (quarenta e cinco) dias.

( ) Concorrência
( ) Concurso

116.A modalidade de licitação a que deve recorrer a Administração nos


casos de compras, obras ou serviços de grande vulto, em que se
admite a participação de qualquer licitante através de convocação
de maior amplitude, é uma definição de:
a) Concorrência;
b) Tomada de preços;
c) Convite;
d) Leilão;
e) Concurso.

117.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins da Lei n° 8.666/1993, os órgãos e entidades da Administração
Pública que realizem frequentemente licitações manterão registros

30
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

cadastrais para efeito de habilitação, na forma regulamentar, válidos


por, no máximo, três meses.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

118.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, a convocação dos interessados será efetuada,
necessariamente, por meio eletrônico.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

119.A alienação de bem imóvel da administração direta do Estado do


Ceará dependerá de:
a) Autorização legislativa, de avaliação prévia e licitação, dispensada
esta no caso de investidura;
b) Autorização legislativa, de avaliação prévia e de licitação, dispensada
esta no caso de doação;
c) Autorização legislativa e licitação, na modalidade de carta-convite,
para os casos de dação em pagamento;
d) Licitação, na modalidade de tomada de preços, para venda para
empresa particular;
e) Avaliação prévia, dispensada a licitação no caso de venda para
empresa particular.

120.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Do aviso do pregão constarão a definição do objeto da licitação, a
indicação do local, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a
integra do edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

121.Na fase externa do pregão, as cópias do edital e do respectivo


aviso serão colocadas à disposição de(o):
a) qualquer pessoa para consulta;

31
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) Ministério Público para aprovação;


c) qualquer cidadão para consulta;
d) Tribunal de Contas para aprovação;
e) qualquer contribuinte para consulta.

122.Complete a lacuna.
No pregão, a habilitação far-se-á com a verificação de que o licitante
está em situação regular perante a ..................................

( ) Previdência Social
( ) Seguridade Social

123.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A respeito do pregão, o prazo fixado para a apresentação das
propostas, contado a partir da publicação do aviso, não será inferior a
cinco dias úteis.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

124.Complete a lacuna.
A habilitação, no pregão, far-se-á com a verificação de que o licitante
está em situação regular perante o ..................................

( ) Empregado
( ) Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS

125.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As cópias do edital e do respectivo aviso do pregão serão colocadas à
disposição de qualquer pessoa para consulta.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

32
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

126.No pregão, no curso da sessão, o autor da oferta de valor mais


baixo e os das ofertas com preços até 10% (dez por cento)
superiores àquela poderão fazer novos lances verbais e
sucessivos, até a proclamação do vencedor. Os novos lances
verbais e sucessivos devem ser dados por no mínimo:
a) dois licitantes;
b) três licitantes;
c) cinco licitantes;
d) sete licitantes;
e) dez licitantes.

127.Complete a lacuna.
No pregão, os licitantes .................................. deixar de apresentar os
documentos de habilitação que já constem do Sistema de
Cadastramento Unificado de Fornecedores – Sicaf.

( ) não poderão
( ) poderão

128.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No que tange ao pregão, no dia, hora e local designados, será
realizada sessão pública para recebimento das propostas, devendo o
interessado, ou seu representante, identificar-se e, se for o caso,
comprovar a existência dos necessários poderes para formulação de
propostas e para a prática de todos os demais atos inerentes ao
certame.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

129.Complete a lacuna.
................................. é a modalidade de licitação entre quaisquer
interessados para a venda de bens móveis inservíveis para a
Administração ou de produtos legalmente apreendidos ou penhorados,
ou para a alienação de bens imóveis cuja aquisição haja derivado de
procedimentos judiciais ou dação em pagamento, a quem oferecer o
maior lance, igual ou superior ao valor da avaliação.

( ) Concorrência
( ) Leilão

33
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

130.A situação que configura hipótese de licitação dispensável é a:


a) Compra de gêneros alimentícios perecíveis pelas forças armadas
determinada pelo Ministério da Defesa;
b) Ocorrência de qualquer caso em que se verifique relevante interesse
público que autorize a execução ao dever de licitar;
c) Contratação de serviço técnico de auditoria financeira, de natureza
singular, com profissionais ou empresas de notória especialização;
d) Contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente
ou através de empresário exclusivo, desde que consagrados pela
crítica especializada ou pela opinião púbica;
e) Compra ou locação de imóvel destinado ao atendimento das
finalidades precípuas da administração, cujas necessidades de
instalação e localização condicionem a sua escolha, desde que o
preço seja compatível com o valor de mercado, segundo avaliação
prévia.

131.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O registro cadastral deverá ser amplamente divulgado e deverá estar
permanentemente aberto aos interessados.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

132.A concorrência é a modalidade de licitação cabível, em regra geral,


na compra de bens imóveis, nas concessões de obras públicas e
nas licitações internacionais, qualquer que seja o valor do seu
objeto.
a) Correta a assertiva.
b) Incorreta a assertiva, por ser inexigível licitação nas concessões de
serviço público.
c) Incorreta a assertiva, por ser dispensável a licitação, nas operações
de pequeno valor.
d) Incorreta a assertiva, porque para a compra e locação de imóveis em
geral é dispensável a licitação.
e) Incorreta a assertiva, pelas razões constantes das alternativas B, C e
D anteriores.

34
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

133.Complete a lacuna.
O procedimento da concorrência compreende as seguintes fases:
edital,............................., classificação, homologação e adjudicação.

( ) cadastramento
( ) habilitação

134.No curso da sessão de classificação das propostas do pregão,


poderão fazer novos lances verbais e sucessivos, o autor da
oferta de valor mais baixo e os das ofertas com preços até:
a) cinco por cento superiores àquela;
b) dez por cento superiores àquela;
c) quinze por cento superiores àquela;
d) vinte por cento superiores àquela;
e) vinte e cinco por cento superiores.

135.Analise a veracidade das frases:


I. No caso de dispensa ou inexigibilidade, a licitação deverá ser na
modalidade de consulta.

II. Poderá o Poder Executivo, por meio de decreto, instituir nova


modalidade licitatória.

III. Compete a Administração Pública de forma discricionária decidir


pela inexigibilidade ou dispensa da licitação.

Está(ão) correta(s):

a) Todas;
b) Nenhuma;
c) I e II;
d) II e III;
e) I e III.

136.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de tomada de preços, é facultado às unidades administrativas
utilizarem-se de registros cadastrais de outros órgãos ou entidades da
Administração Pública.

35
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

137.Se numa licitação, todos os licitantes forem inabilitados, a


Administração:
a) Poderá imediatamente passar todos os licitantes à próxima fase da
licitação, julgando suas propostas comerciais;
b) Poderá alterar as exigências do edital, que levaram às inabilitações,
considerando todos os licitantes habilitados;
c) Terá de considerar a licitação deserta e iniciar nova licitação;
d) Poderá conceder mais prazo para que todos os licitantes apresentem
nova documentação.

138.Complete a lacuna.
É dispensada a licitação na alienação de bens imóveis por meio de
.................................

( ) dação em pagamento
( ) novação

139.A modalidade de licitação aplicável para a venda de bens móveis


inservíveis para a administração ou de produtos legalmente
apreendidos ou penhorados é:
a) Leilão;
b) Convite;
c) Concurso;
d) Concorrência;
e) Tomada de preços.

140.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Na modalidade convite, a convocação dos licitantes é feita por escrito,
com sete dias úteis de antecedência.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

36
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

141.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, a convocação dos interessados será efetuada por meio de
publicação de aviso em diário oficial do respectivo ente federado ou,
não existindo, em jornal de circulação local.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

142.Numa licitação, a fase de adjudicação é a:


a) Posterior ao julgamento das propostas, impedindo que se contrate
com outrem que não o vencedor da licitação;
b) Subseqüente ao edital e anterior ao julgamento das propostas;
c) De homologação da licitação, com a celebração do contrato;
d) De juntada das propostas para julgamento;
e) De assinatura do contrato.

143.Complete a lacuna.
É dispensada a licitação na alienação de bens imóveis por meio de
doação, permitida ................................. para outro órgão ou entidade
da Administração Pública, de qualquer esfera de governo.

( ) exclusivamente
( ) preferencialmente

144.As agências reguladoras podem adotar a seguinte modalidade de


licitação:
a) Coleta de preços;
b) Classificação de ofertas;
c) Consulta;
d) Seleção de propostas;
e) Analise de preços.

145.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A autoridade competente para a aprovação do procedimento somente
poderá revogar a licitação por razões de interesse público decorrente

37
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente


para justificar tal conduta.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

146.Caso todos os licitantes houverem sido inabilitados, e havendo


urgência na contratação, caracteriza-se a:
a) Dispensa de nova licitação;
b) Inexigibilidade de nova licitação;
c) Anulação da licitação anterior;
d) Revogação da licitação anterior;
e) Licitação deserta.

147.Complete a lacuna.
É dispensada a licitação na alienação de bens moveis por meio de
doação, permitida exclusivamente para fins e uso interesse
.................................

( ) público
( ) social

148.No setor público, são tipos de licitação:


a) Menor preço e melhor técnica;
b) Consulta e pregão;
c) Coleta de preços e concorrência;
d) Concurso e seleção de pessoas;
e) Técnica e concorrência.

149.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Na fase da habitação de uma concorrência, a Administração faz o
julgamento das propostas, classificando-as pela ordem de preferência,
segundo os critérios objetivos constantes do edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

38
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

150.No pregão, se a publicação de aviso no diário oficial do respectivo


ente federado não for possível de realização a convocação será
efetuada por meio de:
a) jornal de circulação local;
b) jornal de grande circulação;
c) comunicação eletrônica;
d) publicação de aviso em diário oficial do respectivo ente federado;
e) jornal de circulação nacional.

151.As obras, serviços, compras e alienações, na administração


pública brasileira:
a) Podem ser realizados sem licitação pública, no caso de anulação do
primeiro procedimento licitatório;
b) Só podem ser realizados por determinação do poder judiciário;
c) Serão contratadas sem licitação, por determinação do tribunal de
contas;
d) Não podem ser realizados no ultimo ano de mandato;
e) Exigem licitação pública, ressalvados os casos de dispensa e
inexigibilidade.

152.Complete a lacuna.
A Administração poderá conceder título de propriedade ou de direito
real de uso de imóveis, dispensada licitação, quando o uso destinar-se
a pessoa natural que, nos termos da lei, regulamento ou ato normativo
do órgão competente, haja implementado os requisitos mínimos de
cultura, ocupação mansa e pacífica e exploração direta sobre área rural
situada na Amazônia Legal, superior a 1 (um) módulo fiscal e limitada a
15 (quinze) módulos fiscais, desde que não exceda .............................

( ) 1.000ha
( ) 1.500ha
( ) 3.000ha

153.Constitui hipóteses de inexigibilidade de licitação:


a) Aquisições realizadas pela administração, por ocasião de guerra,
grave perturbação da ordem ou calamidade pública;

39
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) Em situações de emergência, quando caracterizada a urgência no


atendimento de situações que possam acarretar prejuízo ou
comprometer a segurança das pessoas, obras, serviços,
equipamentos e outros bens, públicos ou particulares;
c) Quando a operação envolver concessionário de serviço público e o
objeto do contrato for pertinente à concessão;
d) Quando houver fornecedor exclusivo, em face de ser único fabricante
do bem pretendido;
e) Na contratação da coleta, processamento e comercialização de
resíduos sólidos urbanos recicláveis ou reutilizáveis, em áreas com
sistema de coleta seletiva de lixo, efetuados por associações ou
cooperativas formadas exclusivamente por pessoas físicas de baixa
renda reconhecidas pelo poder público como catadores de materiais
recicláveis, com uso de equipamentos compatíveis com as normas
técnicas, ambientais e de saúde pública.

154.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As obras e os serviços destinados aos mesmos fins terão projetos
padronizados por tipos, categorias ou classes, inclusive quando o
projeto-padrão não atender às condições peculiares do local ou às
exigências especificas do empreendimento.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

155.Para obras de pequeno valor, a modalidade de licitação que deve


ser utilizada é a(o):
a) Convite;
b) Consulta;
c) Leilão;
d) Pregão;
e) Concurso.

156.Sobre licitação, marque a alternativa falsa.


a) Qualquer cidadão é parte legitima para impugnar edital de licitação
por irregularidade na aplicação da Lei, devendo protocolar o pedido
até 5 (cinco) dias úteis antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação, devendo a Administração julgar e
responder à impugnação em até 3 (três) dias úteis.

40
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) Entre outras, a documentação relativa à habilitação jurídica,


conforme o caso, constituirá em ato constitutivo, estatuto ou contrato
social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de
sociedades comerciais, e, no caso de sociedades por ações,
acompanhado de documentos de eleição de seus administradores.
c) Na concorrência para a venda de bens imóveis, a fase de habilitação
limitar-se-á à comprovação do recolhimento de quantia
correspondente a 5% (cinco por cento) da avaliação.
d) É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição,
em especial, nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem.
e) Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação, o autor
do projeto básico ou executivo, pessoa física ou jurídica.

157.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Nenhuma compra será feita sem a adequada caracterização de seu
objeto e indicação dos recursos orçamentários para seu pagamento,
sob pena de nulidade do ato.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

158.A permuta de imóvel público por outro particular, para que neste
funcione determinado hospital, será uma modalidade de
contratação que (em que):
a) Pode ser dispensada a licitação, nos casos previstos na lei;
b) Prescinde de licitação, em qualquer caso;
c) É inexigível a licitação, nos casos previstos na lei;
d) Depende de prévia licitação, em qualquer caso;
e) É discricionariamente dispensável ou inexigível a licitação.

159.Complete a lacuna.
A alienação aos proprietários de imóveis lindeiros de área
remanescente ou resultante de obra pública denomina-se
.................................

( ) exposição
( ) investidura

41
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

160.Entre os serviços técnicos especializados abaixo, assinale aquele


que não é permitido para fins de contratação direta, mediante
inexigibilidade de licitação, pelo Poder Público.
a) Auditoria tributaria e financeira.
b) Restauração de obras de arte.
c) Publicidade e divulgação.
d) Defesa de causas judiciais.
e) Treinamento e aperfeiçoamento de pessoal.

161.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Acerca do pregão, consideram-se bens e serviços comuns, para os fins
e efeitos de licitação, aqueles cujos padrões de desempenho e
qualidade possam ser objetivamente definidos pelo edital, por meio de
especificações usuais no mercado.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

162.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A equipe de apoio ao pregão deverá ser integrada em sua maioria por
servidores ocupantes de cargo efetivo ou emprego da administração,
preferencialmente pertencentes ao quadro permanente do órgão ou
entidade promotora do evento.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

163.No âmbito do Ministério da Defesa, as funções de pregoeiro e de


membro da equipe de apoio:
a) não poderão ser desempenhadas por militares;
b) deverão ser desempenhadas por militares;
c) poderão ser desempenhadas por militares;
d) poderão ser desempenhados por militares, desde que agregados;
e) poderão ser desempenhadas por militares, desde que inativos.

42
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

164.Complete a lacuna.
Acerca do pregão, a convocação dos interessados será efetuada por
meio de publicação de ..................................

( ) aviso
( ) edital

165.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Sobre as compras, o registro de preços será precedido de ampla
pesquisa de mercado.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

166.O tipo de licitação de maior lance ou oferta, previsto na Lei n°


8.666/1993, ocorre na(o):
a) Pregão;
b) Convite;
c) Alienação de bens;
d) Contratação de serviço de engenharia consultiva;
e) Consultoria.

167.Complete a lacuna.
A doação de bens públicos imóveis com encargo .................................
licitada.

( ) não será
( ) será

168.No caso da modalidade “carta convite”, o prazo para o recurso


será de:
a) Dois dias corridos;
b) Dois dias úteis;
c) Três dias corridos;
d) Três dias úteis;
e) Cinco dias corridos.

43
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

169.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Sobre as compra, os preços registrados serão publicados anualmente
para orientação da Administração, na imprensa oficial.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

170.Marque a alternativa correta.


a) Configura-se como hipótese de dispensa de licitação a celebração de
contratos de prestação de serviços com as organizações sociais,
qualificadas no âmbito das respectivas esferas de governo, para
atividades contempladas no contrato de gestão.
b) As hipóteses de inexigibilidade de licitação estão exaustivamente
arroladas no art. 25 da Lei n° 8.666/1993.
c) A lei federal sobre licitação admite exclusivamente os seguintes tipos
de licitação: menor preço e melhor técnica.
d) A fundação governamental qualificada como agencia executiva tem
valor limite para dispensa de licitação majorado em 50% (cinquenta
por cento).
e) O julgamento do concurso, modalidade de licitação, pode ser
realizado por único servidor público.

171.Complete a lacuna.
Os bens imóveis da Administração Pública, cuja aquisição haja
derivado de procedimentos judiciais ou de dação em pagamento,
poderão ser alienados por .................................

( ) ato da autoridade competente


( ) autorização legislativa

172.A investidura dos membros das Comissões de Licitações


permanentes não excederá a:
a) Três meses;
b) Seis meses;
c) Um ano;
d) Dois anos;
e) Três anos.

44
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

173.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Os casos de dispensa estão taxativamente elencados na lei.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

174.Para julgamento e classificação das propostas no pregão, será


adotado o critério de:
a) menor preço;
b) menor preço e melhor técnica;
c) maior preço;
d) maior preço e melhor técnica;
e) melhor técnica.

175.Complete a lacuna.
Se a oferta não for aceitável ou se o licitante desatender às exigências
habilitatórias, o ................................ examinará as ofertas subseqüentes
e a qualificação dos licitantes, na ordem de classificação, e assim
sucessivamente, até a apuração de uma que atenda ao edital, sendo o
respectivo licitante declarado vencedor.

( ) pregoeiro
( ) presidente da Comissão de Licitação

176.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A respeito do pregão, no curso da sessão, o autor da oferta de valor
mais baixo e os das ofertas com preços até vinte por cento superiores
àquela poderão fazer novos lances verbais e sucessivos, até a
proclamação do vencedor.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

177.A fase de habilitação no pregão ocorrerá:


a) ao final com o vencedor;

45
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) no inicio com todos os licitantes;


c) ao final da fase preparatória com os licitantes classificados;
d) ao final com todos os classificados;
e) após a entrega das propostas, com todos os licitantes.

178.Complete a lacuna.
A habilitação no pregão ocorrerá ao final com ..................................

( ) o vitorioso
( ) três melhores classificados

179.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para a segunda fase do pregão, devem existir, no mínimo, cinco ofertas.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

180.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Examinada a proposta classificada em primeiro lugar, quanto ao objeto e
valor, caberá ao pregoeiro decidir motivadamente a respeito da sua
aceitabilidade.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

181.Na União, os licitantes do pregão poderão deixar de apresentar os


documentos de habilitação que já constem de(o):
a) cadastro geral de licitação;
b) outro procedimento licitatório;
c) sistema de cadastramento unificado de fornecedores;
d) cadastro de outro pregão;
e) cadastro do Ministério do Planejamento.

46
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

182.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O pregão eletrônico só poderá ser utilizado pela União.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

183.Complete a lacuna.
No pregão, o acolhimento de recursos importará a invalidação ...............

( ) apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento


( ) de toda a licitação

184.Complete a lacuna.
No pregão, decididos os recursos, a autoridade competente fará a
..................................

( ) adjudicação
( ) homologação

185.No Brasil, em virtude da Lei Federal n° 8.666/1993, é vedada a


inexigibilidade de licitação para contratação de serviço de:
a) Gerenciamento de obras;
b) Publicidade;
c) Auditoria;
d) Patrocínio de causas judiciais;
e) Treinamento de pessoal

186.Complete a lacuna.
Os bens imóveis da Administração Pública, cuja aquisição haja
derivado de procedimentos judiciais ou de dação em pagamento,
poderão ser alienados por ato da autoridade competente. O
procedimento licitatório será a(o) .................................

( ) concorrência
( ) leilão
( ) concorrência ou leilão

47
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

187.Sobre a licitação, marque a alternativa falsa.


a) No caso de convite, a Comissão de licitação, excepcionalmente, nas
pequenas unidades administrativas e em face da exiguidade de
pessoal disponível, poderá ser substituída por servidor formalmente
designado pela autoridade competente.
b) No caso de concurso, o julgamento será feito por uma comissão
especial integrada por pessoas de reputação ilibada e reconhecido
conhecimento da matéria em exame, todos servidores públicos.
c) A investidura dos membros das Comissões permanentes não
excederá a 1 (um) ano, vedada a recondução da totalidade de seus
membros para a mesma comissão no período subseqüente.
d) Os membros das Comissões de licitação responderão solidariamente
por todos os atos praticados pela Comissão, salvo se posição
individual divergente estiver devidamente fundamentada e registrada
em ata lavrada na reunião em que tiver sido tomada a decisão.
e) A habilitação preliminar, a inscrição em registro cadastral, a sua
alteração ou cancelamento, e as propostas serão processadas e
julgadas por comissão permanente ou especial de, no mínimo, 3
(três) membros.

188.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Os casos de inexigibilidade estão taxativamente enumerados na lei.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

189.Nos projetos básicos e projetos executivos de obras e serviços


não é considerado o seguinte requisito:
a) Facilidade na execução, conservação e operação, sem prejuízo da
durabilidade da obra ou do serviço ;
b) Impacto ambiental;
c) Economia na execução, conservação e operação;
d) Segurança;
e) Estabilidade estrutural.

48
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

190.Complete a lacuna.
As licitações serão efetuadas no local onde se situar o(a)
.................................

( ) licitante
( ) repartição interessada

191.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A habilitação no pregão far-se-á com a verificação de que o licitante
está em situação regular perante a Fazenda Nacional, a Seguridade
Social e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, e as
Fazendas Estaduais e Municipais, quando for o caso, com a
comprovação de que atende ás exigências do edital quanto à
habilitação jurídica e qualificações técnica e econômico-financeira.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

192.No pregão, declarado o vencedor, qualquer licitante poderá


manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer. O
prazo para a apresentação das razões no recurso será de:
a) três dias;
b) cinco déias;
c) sete dias;
d) dez dias;
e) quinze dias.

193.Complete a lacuna.
O pregão .................................. aos Estados.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

194.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A respeito do pregão, os licitantes poderão deixar de apresentar os
documentos de habilitação que já constem do Sistema de
Cadastramento Unificado de Fornecedores – Sicaf e sistemas

49
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

semelhantes mantidos por Estados, Distrito Federal ou Municípios,


assegurado aos demais licitantes o direito de acesso aos dados nele
constantes.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

195.No que tange ao pregão, declarado o vencedor, qualquer licitante


poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de
recorrer, quando lhe será concedido o prazo de 3 (três) dias para
apresentação das razões do recurso, ficando os demais licitantes
desde logo intimados para apresentar contra-razões pelo prazo
de:
a) vinte e quatro horas;
b) quarenta e oito horas;
c) três dias;
d) cinco dias;
e) sete dias,

196.Complete a lacuna.
No pregão é.................................. exigência de aquisição do edital
pelos licitantes, como condição para participação no certame.

( ) permitida
( ) vedada

197.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, quem, convocado dentro do prazo de validade de sua
proposta, não celebrar o contrato, será descredenciado no Sicaf pelo
prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas em
edital e no contrato e das demais cominações legais.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

198.Homologado o pregão pela autoridade competente, o adjudicatário


será convocado para assinar o contrato no prazo:
a) de quarenta e oito horas;

50
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) de cinco dias;
c) de até quinze dias;
d) de até trinta dias;
e) definido no edital.

199.Complete a lacuna.
No pregão, o prazo de validade das propostas será de .........................
dias, se outro não estiver fixado no edital.

( ) Trinta
( ) Sessenta

200.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É vedado ao pregoeiro a negociação direta com o proponente para que
seja obtido preço melhor.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

201.Para a alienação onerosa de bens imóveis, pode ser adotada a


seguinte modalidade licitatória:
a) Leilão;
b) Tomada de preços;
c) Coleta de preços;
d) Concurso;
e) Pregão.

202.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Na fase de habilitação, não se pode exigir do licitante documentação
relativa à regularidade fiscal e Trabalhista.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

51
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

203.É inexigível a licitação:


a) Nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem;
b) Quando a união tiver que intervir no domínio econômico para regular
preços ou normalizar o abastecimento;
c) Para contratação de profissional de qualquer setor artístico,
diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que
consagrado pela critica especializada ou pela opinião pública;
d) Quando houver possibilidade de comprometimento da segurança
nacional, nos casos estabelecidos em decreto do Presidente da
Republica, ouvido o conselho de defesa nacional;
e) Quando não acudirem interessados à licitação anterior e esta,
justificadamente, não puder ser repetida sem prejuízo para a
administração, mantidas, neste caso, todas as condições
preestabelecidas.

204.Complete a lacuna.
................................. que o licitante tenha domicílio fora do local da
licitação.

( ) É possível
( ) Não é possível

205.Nos procedimentos licitatórios, dos atos da Administração, que


resultarem em anulação ou revogação da licitação, é cabível
recurso, no prazo de:
a) 3 dias úteis;
b) 5 dias úteis;
c) 10 dias úteis;
d) 15 dias úteis;
e) 30 dias úteis.

206.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Pode, após a apresentação das propostas, a Administração Pública
alterar a modalidade de licitação de concorrência para tomada de
preços.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

52
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

207.Os crimes definidos na lei de licitação são de:


a) Ação penal privada;
b) Ação penal pública condicionada;
c) Ação penal pública incondicionada;
d) Ação penal privada condicionada;
e) Ação penal mista.

208.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento da realização do evento será de
............................ dias para concurso.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

209.Sobre licitação e contrato administrativo, marque a alternativa


falsa.
a) De acordo com Lei n° 8.666/1993, o projeto básico é conjunto de
elementos necessários e suficientes, com nível de precisão
adequado, para caracterizar a obra, serviço, ou complexo de obras
ou serviços objeto da licitação, elaborado com base nas indicações
dos estudos técnicos preliminares, que assegurem a viabilidade
técnica e o adequado tratamento do impacto ambiental do
empreendimento, e que possibilite a avaliação do custo da obra e a
definição dos métodos e do prazo de execução.
b) É vedado incluir no objeto da licitação a obtenção de recursos
financeiros para sua execução, qualquer que seja a sua origem,
exceto nos casos de empreendimentos executados e explorados sob
o regime de concessão, nos termos da legislação especifica.
c) É dispensável a licitação na hipótese de doação com encargo,
devendo do instrumento do contrato constar os encargos, o prazo de
seu cumprimento e cláusula de reversão.
d) Qualquer cidadão poderá requerer à Administração Pública os
quantitativos das obras e preços unitários de determinada obra
executada.
e) A existência de preços registrados não obriga a Administração a
firmar as contratações que deles poderão advir, ficando-lhe facultada
a utilização de outros meios, respeitada a legislação relativa às
licitações, sendo assegurado ao beneficiário do registro preferência
em igualdade de condições.

53
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

210.No pregão, o prazo de validade das propostas, se outro não for


fixado no edital, será de:
a) trinta dias, prorrogáveis por igual período;
b) sessenta dias, prorrogáveis por igual período;
c) trinta dias;
d) sessenta dias;
e) noventa dias.

211.Complete a lacuna.
A respeito do pregão, quem, convocado dentro do prazo de validade da
sua proposta, não celebrar o contrato, deixar de entregar ou apresentar
documentação falsa exigida para o certame, ensejar o retardamento da
execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na
execução do contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer
fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União, os
Estados, Distrito Federal ou Municípios e será descredenciado no
Sicaf, pelo prazo de até .................................. anos.

( ) três
( ) cinco

212.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No que diz respeito ao pregão, declarado o vencedor, qualquer licitante
poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer,
quando lhe será concedido o prazo de cinco dias para a apresentação
das razões do recurso, ficando os demais licitantes desde logo
intimados para apresentar contra-razões em igual número de dias, que
começarão a correr do término do prazo do recorrente, sendo-lhes
assegurada vista imediata dos autos.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

213.No pregão, quem, convocado dentro do prazo de validade da sua


proposta, não celebrar o contrato, será descredenciado no Sicaf
pelo prazo de até:
a) três anos;
b) cinco anos;
c) sete anos;

54
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

d) dez anos;
e) quinze anos.

214.Complete a lacuna.
Aplicam-se .................................. , para a modalidade de pregão, as
normas da Lei n° 8.666/1993.

( ) originariamente
( ) subsidiariamente

215.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O acolhimento de recurso no pregão importará a invalidação apenas
dos atos insuscetíveis de aproveitamento.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

216.De acordo com a lei 10.191 de 14 de fevereiro de 2001, na área da


saúde, são considerados serviços comuns aqueles:
a) necessário ao atendimento dos órgãos que integram o Sistema Único
de Saúde, cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser
objetivamente definidos no edital, por meio de especificações usuais
do mercado;
b) cujos valores não excedem o da concorrência;
c) definidos pelo Ministério da Saúde por meio de resolução;
d) definidos pela Organização Mundial da Saúde.
e) definidos pelo Conselho Mundial da Saúde.

217.Complete a lacuna.
O pregão .................................. ao Distrito Federal.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

55
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

218.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A falta de manifestação imediata e motivada do licitante importará a
decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto da licitação
pelo pregoeiro ao vencedor.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

219.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Na modalidade carta-convite, exige-se a publicação do edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

220.Analise a veracidade das frases.


I. A licitação não será sigilosa, sendo públicos e acessíveis ao
público os atos de seu procedimento, salvo quanto ao conteúdo
das propostas, até a respectiva abertura.

II. Ressalvados os casos de inexigibilidade de licitação, os contratos


para a prestação de serviços técnicos profissionais especializados
deverão, preferencialmente, ser celebrados mediante a realização
de concurso, com estipulação prévia de premio ou remuneração.

III. O prazo mínimo até o recebimento das propostas ou da


realização do evento será trinta dias para concurso.

IV. Nos casos em que couber convite, a Administração poderá utilizar


a tomada de preços e, em qualquer caso, a concorrência.

Estão corretas:

a) I, II e III;
b) II, III e IV;
c) I, III e IV;
d) I, IV;
e) I, II e IV.

56
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

221.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de ...........................
dias para concorrência, quando o contrato a ser celebrado contemplar
o regime da empreitada integral.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

222.Tratando-se das normas de licitação, correlacione corretamente.

1. Hipótese de dispensa de licitação.


2. Hipótese de inexigibilidade de licitação.

( ) Na contratação de remanescente de obra, serviço ou fornecimento,


em conseqüência de rescisão contratual, desde que atendida a ordem
de classificação da licitação anterior e aceitas as mesmas condições
oferecidas pelo licitante vencedor, inclusive quanto ao preço,
devidamente corrigido.

( ) Na contratação do fornecimento ou suprimento de energia elétrica


com concessionário, permissionário ou autorizado, segundo as normas
da legislação especifica.

( ) Para a contratação de serviços técnicos, de natureza singular, com


profissionais ou empresas de notória especialização, vedada a
inexigibilidade para serviços de publicidade e divulgação.

( ) Para a celebração de contratos de prestação de serviços com as


organizações sociais, qualificadas no âmbito das respectivas esferas de
governo, para atividades contempladas no contrato de gestão.

( ) Para a aquisição de bens e insumos destinados exclusivamente à


pesquisa científica e tecnológica com recursos concedidos pela Capes,
pela Finep, pelo CNPq ou por outras instituições de fomento a pesquisa
credenciadas pelo CNPq para esse fim específico;

a) 1;1;2;1;1.
b) 2;2;2;1;1.
c) 1;1;1;2;2.
d) 2;1;2;1;1.
e) 1;2;2;1;2.

57
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

223.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Não se admite, no ordenamento jurídico brasileiro, o tipo de licitação
menor preço.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

224.Analise a veracidade das frases.


I. Sempre que o valor estimado para uma licitação ou para um
conjunto de licitações simultâneas ou sucessivas for superior a
100 (cem) vezes o limite para dispensa de licitação, o processo
licitatório será iniciado, obrigatoriamente, com uma audiência
pública concedida pela autoridade responsável com antecedência
mínima de 15 (quinze) dias úteis da data prevista para a
publicação do edital, e divulgada, com a antecedência mínima de
10 (dez) dias úteis de sua realização, pelos mesmos meios
previstos para a publicação da licitação, à qual terão acesso e
direito a todas as informações pertinentes e a se manifestar todos
os interessados.

II. O original do edital deverá ser datado, rubricado em todas as


folhas e assinado pela autoridade que o expedir, permanecendo
no processo de licitação, e dele extraindo-se cópias integrais ou
resumidas, para sua divulgação e fornecimento aos interessados.

III. É dispensável a elaboração de edital na modalidade tomada de


preços.

Está(ão) correta(s):

a) Nenhuma;
b) I e II;
c) I.
d) II;
e) I e III.

225.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de.............................
dias para concorrência, quando a licitação for do tipo melhor técnica.

58
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

226.A natureza jurídica da licitação é:


a) Procedimento administrativo;
b) Ato simples;
c) Concurso público;
d) Ato complexo;
e) Ato composto.

227.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Os documentos necessários à habilitação só poderão ser apresentados
em original.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

228.Na alienação gratuita ou onerosa, aforamento, concessão de


direito real de uso, locação ou permissão de uso de bens imóveis
residenciais construídos, destinados ou efetivamente utilizados
no âmbito de programas habitacionais ou de regularização
fundiária de interesse social desenvolvidos por órgãos ou
entidades da administração pública, a licitação é:
a) Inexigível;
b) Dispensada;
c) Ineficaz;
d) Obrigatória;
e) Dispensável.

229.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até recebimento das propostas será de ..............................
dias para concorrência, quando a licitação for do tipo técnica e preço.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

59
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

230.Segundo a Lei n° 8.666/1993, a Administração Pública deve


obediência a uma serie de princípios fundamentais, entre eles o
principio da vinculação ao instrumento convocatório. Assinale a
alternativa abaixo que melhor o caracterize.
a) A Administração e os licitantes ficam sempre adstritos aos termos do
pedido ou do permitido no edital da licitação, quer quanto ao
procedimento, quer quanto à documentação, às propostas, ao
julgamento e ao contrato.
b) A Administração Pública está vinculada às prescrições legais que a
regem em todos os seus atos e fases
c) O edital pode fixar deveres não especificados em lei.
d) À Administração Pública só é permitido fazer aquilo que a lei
autoriza.
e) A Administração Pública deve respeitar o interesse público.

231.No pregão, quem, convocado dentro do prazo de validade da sua


proposta, apresentar documentação falsa exigida para o certame,
será descredenciado no Sicaf pelo prazo de até:
a) dois anos;
b) três anos;
c) quatro anos;
d) cinco anos;
e) seis anos.

232.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O procedimento da licitação será iniciado com a abertura de processo
administrativo, devidamente autuado, protocolado e numerado,
contendo a autorização respectiva, a indicação sucinta de seu objeto e
do recurso próprio para a despesa.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

233.Para fins da Lei n°8.666/1993, considera-se alienação:


a) A transferência onerosa do domínio;
b) O empréstimo oneroso da posse;
c) Toda transferência de domínio de bens a terceiros;

60
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

d) Toda construção, reforma, fabricação, recuperação ou ampliação,


realizada por execução direta ou indireta;
e) Toda aquisição remunerada de bens para fornecimento de uma só
vez ou parceladamente.

234.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de ............................
dias para concorrência, quando a licitação for do tipo menor preço.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

235.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, decididos os recursos, a autoridade competente fará a
adjudicação do objeto da licitação ao licitante vencedor.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

236.Nas licitações realizadas com a utilização de recursos públicos


para aquisição de bens e serviços comuns, a modalidade pregão
será de uso:
a) facultativo, salvo para valores de grande vulto;
b) facultativo, salvo nos casos previstos em lei;
c) obrigatório, salvo para valores de grande vulto;
d) obrigatório;
e) defeso.

237.Complete a lacuna.
Na União para aquisição de bens e serviços comuns, será
.................................. o emprego da modalidade pregão.

( ) facultativo
( ) obrigatório

61
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

238.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Acerca do pregão, homologada a licitação pela autoridade competente,
o adjudicatário será convocado para assinar o contrato no prazo
definido em edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

239.A modalidade pregão conforme previsão legal aplica-se, exceto,


para as:
a) autarquias;
b) sociedades de economia mista;
c) sociedades empresariais;
d) organizações sociais;
e) organizações da sociedade civil sem fins lucrativos.

240.Complete a lacuna.
Na modalidade pregão, será .................................. a utilização de sua
forma eletrônica.

( ) obrigatória
( ) preferencial

241.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A inviabilidade da utilização do pregão na forma eletrônica deverá ser
devidamente justificada pelo pregoeiro.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

242.Analise a veracidade das frases.


I. A modalidade pregão pode ser substituída pela tomada de
preços.

II. A modalidade pregão pode ser substituída pelo leilão.

III. A modalidade pregão pode ser substituída pela concorrência.

62
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Está(ão) correta(s):

a) nenhuma;
b) I;
c) II;
d) III;
e) I e III.

243.Complete a lacuna.
A inviabilidade de sua utilização do pregão na forma eletrônica
.................................. de fundamentação.

( ) não necessita
( ) necessita

244.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No pregão, os órgãos, entes e instituições convenentes, firmatários de
contrato de gestão ou de termo de parceria, ou consorciados deverão
providenciar a transferência eletrônica de dados, relativos aos
contratos firmados com recursos públicos repassados voluntariamente
pela União para o Sistema Integrado de Administração de Serviços
Gerais – SIASG, de acordo com instrução a ser editada pelo Ministério
do Planejamento, Orçamento e Gestão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

245.A utilização do pregão eletrônico para aquisição de bens e


serviços comuns é:
a) obrigatória;
b) defesa;
c) permitida, nos casos previstos em lei;
d) facultativa;
e) permitida, nos casos previsto no edital.

63
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

246.Complete a lacuna.
Os órgãos, entes e entidades privadas sem fins lucrativos, convenentes
ou consorciadas com a União, .................................. utilizar sistemas
de pregão eletrônico próprios ou de terceiros.

( ) não poderão
( ) poderão

247.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No que tange ao pregão, se a oferta não for aceitável ou se o licitante
desatender às exigências habilitatórias, o pregoeiro examinará as
ofertas subseqüentes e a qualificação dos licitantes, na ordem de
classificação, e assim sucessivamente, até a apuração de uma que
atenda ao edital, sendo o respectivo licitante declarado vencedor.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

248.Analise a veracidade das frases.


I. A inviabilidade da utilização do pregão na forma eletrônica deverá
ser devidamente justificada pelo dirigente ou autoridade
competente.

II. No dia, hora e local designados, será realizada sessão pública


para recebimento das propostas do pregão, devendo o
interessado, ou seu representante, identificar-se e, se for o caso,
comprovar a existência dos necessários poderes para formulação
de propostas e para a prática de todos os demais atos inerentes
ao certame.

III. Aberta a sessão do pregão, os interessados ou seus


representantes, apresentarão declaração dando ciência de que
cumprem plenamente os requisitos de habilitação e entregarão os
envelopes contendo a indicação do objeto e do preço oferecidos,
procedendo-se à sua imediata abertura e à verificação da
conformidade das propostas com os requisitos estabelecidos no
instrumento convocatório.

Está(ão) correta(s):

a) I e II;
b) II e III;

64
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

c) nenhuma;
d) I e III;
e) todas.

249.Complete a lacuna.
O pregão .................................. às entidades qualificadas como
Organizações Sociais.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

250.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A respeito do pregão, as transferências voluntárias de recursos
públicos da União subseqüentes, relativas ao mesmo ajuste, serão
condicionadas à apresentação, pelos convenentes ou consorciados, da
documentação ou dos registros em meio eletrônico que comprovem a
realização de licitação nas alienações e nas contratações de obras,
compras e serviços.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

251.A modalidade do pregão tem as seguintes características, exceto;


a) pregão é a modalidade de licitação para a aquisição de bens e
serviços comuns, utilizada apenas pela União, qualquer que seja o
valor estimado da contratação, em que a disputa pelo fornecimento é
feita por meio de propostas e lances em sessão pública;
b) é vedada a exigência de garantia de proposta;
c) o prazo fixado para a apresentação das propostas, contado a partir
da publicação do aviso, não será inferior a oito dias úteis;
d) para julgamento e classificação das propostas, será dotado o critério
de menor preço, observados os prazos máximos para fornecimento,
as especificações técnicas e parâmetros mínimos de desempenho e
qualidade definidos no edital;
e) declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar imediata
e motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido
o prazo de três dias para apresentação das razões do recurso ,
ficando os demais licitantes desde logo intimados para apresentar
contra-razões em igual número de dias, que começarão a correr do

65
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista


imediata dos autos.

252.Complete a lacuna.
O pregão .................................. às entidades qualificadas como
Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

253.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O pregão eletrônico é vedado aos Municípios.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

254.A alienação de móveis da Administração Direta e Indireta


dependerá, entre outros requisitos, de:
a) Autorização legislativa;
b) Realização de pregão;
c) Desafetação;
d) Avaliação prévia;
e) Expropriação.

255.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A lei de licitações é classificada como nacional.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

256.Entre outras modalidades de licitação, encontra-se o concurso,


que é conceituado como:
a) Sinônimo de pregão;
b) A modalidade de licitação entre quaisquer interessados para escolha
de trabalho técnico, cientifico ou artístico, mediante a instituição de

66
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme critérios


constantes de edital publicado na imprensa oficial com antecedência
mínima de 45 (quarenta e cinco) dias;
c) A modalidade de licitação entre quaisquer interessados para a venda
de bens moveis inservíveis para a administração ou de produtos
legalmente apreendidos ou penhorados;
d) A modalidade de licitação entre quaisquer interessados que, na fase
inicial de habilitação preliminar, comprovem possuir os requisitos
mínimos de qualificação exigidos no edital para execução de seu
objeto;
e) A modalidade de licitação entre interessados devidamente
cadastrados ou que atenderem a todas as condições exigidas para
cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das
propostas, observada a necessária qualificação.

257.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de ...........................
dias para tomada de preço, quando a licitação for do tipo melhor
técnica.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

258.É dispensável a licitação na seguinte hipótese:


a) Nos casos de grave perturbação da ordem;
b) Nos casos de inviabilidade de competição;
c) Para contratação de profissional de qualquer setor artístico,
diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que
consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública;
d) Para a contratação de serviços técnicos de notória especialização;
e) Para a contratação de serviços de publicidade e divulgação.

259.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O procedimento licitatório caracteriza-se por ser um ato administrativo
formal.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

67
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

260.Para a habilitação nas licitações exigir-se-á dos interessados


documentação relativa:
a) À comprovação patrimonial;
b) À regularidade fiscal e trabalhista;
c) À capacidade jurídica dos empregados da empresa licitante;
d) Á identificação civil dos direitos e empregados da empresa licitante;
e) Ao protesto de título da divida pública.

261.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de ............................
dias para a tomada de preço, quando a licitação for do tipo melhor
técnica e preço.

( ) trinta
( ) quarenta e cinco

262.Para a celebração do contrato de empreitada, o tipo de licitação


que poderá ser adotado, entre outros, é:
a) O de técnica e preço;
b) O de maior lance;
c) O de maior oferta;
d) O de maior demanda;
e) O de melhor qualidade.

263.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins da lei de licitação, a alienação é toda transferência onerosa
de domínio de bens a terceiros.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA

264.A extinção da licitação por razoes de interesse púbico decorrente


de fato superveniente devidamente comprovado denomina-se:
a) Caducidade;
b) Revogação;

68
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

c) Anulação;
d) Convalidação;
e) Invalidação.

265.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso dos resumos dos editais
contado até o recebimento das propostas será de ............................
dias para tomada de preço, quando a licitação for do tipo menor preço.

( ) quinze
( ) trinta

266.A habilitação, no processo licitatório, pode ser definida como:


a) O ato de reconhecimento dos requisitos legais para licitar;
b) A classificação das propostas;
c) O ato de controle pelo qual a autoridade competente confirma a
classificação das propostas;
d) O ato pelo qual se atribui ao vencedor o objeto da licitação;
e) O ato de celebração do contrato administrativo.

267.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de licitação, a execução direta é a feita pelos órgãos e
entidades da Administração, pelos próprios meios.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

268.A União abre licitação com objetivo de adquirir cinco


computadores da marca Beta. Na fase de habilitação, a empresa
Delta S.A. foi inabilitada do certame por falta de regularidade
fiscal. Intimada da decisão no dia 25 de outubro, a empresa
interpõe recurso no dia 27 de outubro, pleiteando a sua
continuação no processo de seleção. Vale destacar a não-
ocorrência de nenhum feriado durante o período. Assim, a
autoridade competente para a apreciação do recurso deverá:
a) Conhecer do recurso, atribuir efeito suspensivo;
b) Não conhecer do recurso, em razão da interposição ter se dado fora
do prazo;

69
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

c) Conhecer do recurso, atribuindo somente efeito devolutivo;


d) Não conhecer do recurso, devido à impossibilidade jurídica do
pedido;
e) Conhecer do recurso, atribuindo efeito misto.

269.Complete a lacuna.
O prazo mínimo para a publicação do aviso da carta convite contado
até o recebimento das propostas será de .......................... dias úteis.

( ) cinco
( ) sete

270.Em um pregão realizado por um órgão federal, a habilitação far-se-


á necessariamente com a verificação de que o licitante está em
situação regular perante a:
a) Fazenda Estadual;
b) Fazenda Municipal;
c) Fazenda Nacional;
d) Fazenda Distrital;
e) nenhuma das respostas anteriores está correta.

271.Complete a lacuna.
O pregoeiro .................................. negociar diretamente com o
proponente para que seja obtido preço melhor.

( ) não poderá
( ) poderá

272.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para julgamento e classificação das propostas no pregão, será adotado
o critério de maior preço.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

70
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

273.Na fase externa do pregão, a convocação dos interessados por


meio eletrônico é:
a) vedada;
b) facultativa, salvo nas licitações de grande vulto;
c) obrigatória, salvo nas licitações de grande vulto;
d) obrigatória, em qualquer hipótese;
e) facultativa, em qualquer hipótese.

274.Complete a lacuna.
Declarado o vencedor, qualquer .................................. poderá manifestar
imediata e motivadamente à intenção de recorrer.

( ) licitante
( ) pessoa

275.Cícero Fernandes, que nunca ocupou cargo, emprego ou função


pública, foi nomeado para um cargo de direção de uma empresa
pública. Para fins da Lei n° 8.666/1993, Cícero Fernandes :
a) É considerado agente honorífico;
b) É considerado servidor público, podendo sofrer as sanções
administrativas previstas na lei;
c) Não é considerado servidor público, podendo por conseguinte sofrer
apenas as sanções civis;
d) Não é considerado servidor público, não podendo ser punido por
infrações previstas na lei;
e) É considerado servidor público, mas não pode sofrer as sanções
previstas na lei.

276.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de licitação, a Administração Pública é a direta e indireta da
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, abrangendo
inclusive as entidades com personalidade jurídica de direito privado sob
controle do poder público e das fundações por ele instituídas ou
mantidas.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

71
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

277.A alienação de bem imóvel de propriedade de empresa pública:


a) Dependerá de avaliação previa e de licitação;
b) Não dependerá de qualquer procedimento licitatório;
c) Deverá ser precedida de autorização legislativa;
d) Exigirá sempre autorização judicial;
e) Exigirá lei especifica.

278.Complete a lacuna.
Para as obras e serviços de engenharia, a modalidade convite será
utilizada para os valores de até ............................. reais.

( ) oitenta mil
( ) cento e cinqüenta mil

279.Uma autarquia promoveu licitação à qual não acudiu qualquer


interessado. Conforme justificado no respectivo processo, a
repetição da licitação anterior poderia acarretar prejuízo para a
Administração. Em tal hipótese:
a) É dispensável a licitação, desde que mantidas todas as condições
preestabelecidas;
b) É indispensável nova licitação, apesar da justificativa;
c) A obra ou serviço deverá ser suspenso;
d) É dispensável a licitação, podendo ser alteradas as condições
preestabelecidas;
e) É nula a licitação.

280.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de licitação, contrato é o órgão ou entidade pública.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

281.Da decisão de Ministro de Estado, ou Secretario Estadual ou


Municipal declarando a inidoneidade para licitar ou contratar com
a Administração Pública cabe:
a) Recurso no prazo de 15 (quinze) dias corridos;
b) Pedido de reconsideração no prazo de 10 (dez) dias úteis da
intimação do ato;

72
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

c) Recurso no prazo de 5 (cinco) dias úteis a contar da intimação do


ato;
d) Representação no prazo de 5 (cinco) dias úteis da intimação do ato;
e) Recurso no prazo de 5 (cinco) dias a contar da intimação do ato.

282.Complete a lacuna.
Para as obras e serviços de engenharia, a modalidade tomada de
preços será utilizada para os valores de até ................................. reais.

( ) um milhão
( ) um milhão e quinhentos mil

283.Na modalidade de concorrência, quando o contrato a ser


celebrado contemplar o regime de empreitada integral ou quando
a licitação for do tipo “melhor técnica” ou “técnica e preço”, o
prazo mínimo, a contar do edital até o recebimento das propostas
ou da realização do evento, será de:
a) Quinze dias;
b) Trinta dias;
c) Quarenta e cinco dias;
d) Sessenta dias;
e) Setenta e cinco dias.

284.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As obras, os serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações,
concessões, permissões e locações da Administração Pública, quando
contratados com terceiros, serão obrigatoriamente precedidos de
licitação, salvo as exceções decididas pela própria Administração.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

285.Para a alienação de bem público imóvel, no caso de investidura,


de acordo com a Lei ° 8.666/1993, é:
a) Dispensável a autorização legislativa;
b) Necessário o leilão;
c) Inexigível a licitação;

73
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

d) Necessária a modalidade de licitação correspondente ao valor da


respectiva operação;
e) Dispensada a licitação.

286.Complete a lacuna.
Para as obras e serviços de engenharia, a modalidade concorrência
será utilizada para os valores superiores a .................................

( ) um milhão e quinhentos mil reais


( ) dois milhões mil reais

287.Qual das alíneas abaixo, todas pertinentes à modalidade licitatória


do leilão, mostra-se incompatível com disciplina legal da matéria
(Lei n° 8.666, de 21/06/1993, Lei de Licitações)?
a) É impositiva não só a avaliação prévia de qualquer bem a ser
leiloado, para fixação do preço mínimo de arrematação, como
também a ampla divulgação do edital de leilão, principalmente no
município em que se realizará.
b) Constitui modalidade licitatória adequada à venda de bens móveis
inservíveis para a Administração ou de produtos legalmente
apreendidos ou penhorados.
c) Constitui modalidade licitatória adequada à alienação de bens
imóveis da Administração Pública, cuja aquisição haja derivado de
procedimentos judiciais ou de dação em pagamento.
d) Os bens arrematados serão pagos à vista ou no percentual
estabelecido no edital, não inferior a 5% (cinco por cento), e, após a
assinatura da respectiva ata lavrada no local do leilão, imediatamente
entregues ao arrematante, o qual se obrigará ao pagamento do
restante no prazo estipulado no edital de convocação, sob pena de
perder em favor da Administração o valor já recolhido.
e) Deve ser sempre cometido a leiloeiro oficial, vedada, em qualquer
hipótese, sua realização por funcionário designado pela
Administração.

288.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Para fins de licitação, o projeto executivo é o conjunto dos elementos
necessários e suficientes à execução completa da obra, de acordo com
as normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas –
ABNT.

74
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

289.No campo das licitações, havendo igualdade de condições entre


duas ou mais propostas, o critério de desempate é:
a) A aquisição dos bens e serviços produzidos no país;
b) O sorteio;
c) A hasta pública;
d) As preferências às empresas brasileiras de capital nacional;
e) A realização de nova licitação.

290.Complete a lacuna.
Para as compras e serviços, a modalidade convite será utilizada para
os valores de até ................................. reais.

( ) oitenta mil
( ) cem mil

291.A alienação de bens imóveis das entidades da administração


indireta com personalidade jurídica de direito privado, sob
controle do poder público, dependerá de avaliação prévia e de
licitação na modalidade de:
a) Tomada de preços, dispensável no caso de dação em pagamento;
b) Concorrência, dispensada no caso de investidura;
c) Concorrência ou tomada de preços, de acordo com o valor atribuído
ao imóvel no respectivo laudo, dispensada no caso de venda a outro
órgão da administração pública;
d) Tomada de preços, dispensada no caso de dação em pagamento;
e) Concorrência, dispensada em qualquer caso de doação.

292.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação ou da
execução de obra ou serviço e do fornecimento de bens a eles
necessários o autor do projeto básico ou executivo, pessoa física ou
jurídica.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

75
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

293.Analise a veracidade das frases.


I. A administração pode estabelecer no edital que, em caso de
pequena diferença de preço entre os concorrentes, poderá ser
declarada vencedora a empresa do lugar.

II. Ressalvados os casos especificados na legislação (licitação


dispensada, dispensável ou inexigível), as obras, serviços,
compras e alienações a cargo da administração pública serão
contratados mediante processo de licitação pública.

III. No caso de convite, em igualdade de condições, será dada


preferência à proposta apresentada por empresa situada na sede
da entidade pública promotora da licitação.

IV. Quando for permitido ao licitante estrangeiro cotar preço em


moeda estrangeira, igualmente o poderá fazer o licitante
brasileiro.

Está(ão) correta(s):

a) Nenhuma assertiva;
b) Uma assertiva;
c) Duas assertivas;
d) Três assertivas;
e) Todas as assertivas.

294.Complete a lacuna.
Para as compras e serviços, a modalidade tomada de preços será
utilizada para os valores de até ................................. mil reais.

( ) seiscentos
( ) seiscentos e cinqüenta

295.O ato administrativo final, para cuja prática é indispensável a


licitação, quando exigida, e que antecede, após a homologação do
resultado do procedimento, a formalização de contrato
administrativo, denomina-se:
a) Julgamento;
b) Adjudicação;
c) Liquidação;
d) Nota de empenho da despesa;
e) Habilitação.

76
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

296.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Ressalvados os casos de inexigibilidade de licitação, os contratos para
a prestação de serviços técnicos profissionais especializados deverão,
preferencialmente, ser celebrados mediante a realização de concurso,
com estipulação prévia de prêmio ou remuneração.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

297.Em relação ao procedimento licitatório pode-se afirmar que:


a) Pode ser anulado por interesse público ou revogado por motivo de
ilegalidade;
b) No caso de empate entre licitantes é possível considerar atos
praticados em licitações anteriores;
c) Leilão é a modalidade de licitação utilizável para a venda de bens
móveis e de bens imóveis, estes últimos quando adquiridos mediante
procedimento judicial ou por dação em pagamento;
d) É vedada a realização de tomada de preços nas licitações
internacionais;
e) Nas hipóteses previstas em lei, poderá participar, direta ou
indiretamente, da licitação ou da execução de obra ou serviço e do
fornecimento de bens a eles necessários o autor do projeto básico ou
executivo.

298.Complete a lacuna.
Para as compras e serviços, a modalidade concorrência será utilizada
para os valores superiores a ................................. mil reais.

( ) seiscentos e cinqüenta
( ) um milhão e quinhentos

299.Para alienação de bens públicos imóveis, que se constituíam de


áreas remanescentes de obras públicas inaproveitáveis
isoladamente, é:
a) Inexigível licitação, por inviável a competição;
b) Sempre exigível licitação;
c) Dispensada licitação, sob condições previstas em lei;
d) Facultada a realização de convite;
e) Obrigatória a licitação.

77
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

300.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O edital é imprescindível em todas as modalidades licitatórias.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

301.Dos atos da Administração decorrentes da aplicação da Lei n°


8.666/1993, gerando a aplicação da pena de advertência, cabe
recurso no prazo de:
a) 2 dias úteis;
b) 3 dias úteis;
c) 5 dias úteis;
d) 7 dias úteis;
e) 10 dias úteis.

302.Complete a lacuna.
Nos casos em que couber convite, a Administração poderá utilizar a
.................................

( ) consulta
( ) tomada de preços

303.A licitação destina-se a garantir a observância do princípio


constitucional da:
a) Isonomia;
b) Legalidade;
c) Eficácia;
d) Razoabilidade;
e) Probidade.

304.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É imprescindível a licitação em todas as alienações de bens públicos
imóveis.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

78
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

305.Ultrapassada a fase de habilitação dos concorrentes e abertas as


propostas, não cabe desclassificá-los por motivo relacionado com
a habilitação, salvo em razão de fatos supervenientes ou só
conhecidos após o julgamento.
a) Correta essa assertiva;
b) Incorreta essa assertiva, porque não mais cabe desclassificá-las, em
caso nenhum (preclusão);
c) Incorreta, porque só cabe desclassificar, por motivo de falência;
d) Incorreta, porque só pode desclassificar, por motivo de irregularidade
fiscal;
.

306.Complete a lacuna.
Nos casos em que couber tomada de preços, a Administração poderá
utilizar .................................

( ) a concorrência
( ) o convite

307.As licitações para contratação de uma obra orçada em R$


300.000,00 e de uma compra orçada em R$ 800.000,00 poderão
ocorrer, respectivamente, sob as modalidades:
a) Convite e concorrência;
b) Convite e tomada de preços;
c) Concorrência e concorrência;
d) Tomada de preços e concorrência;
e) Concorrência e tomada de preços.

308.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Considera-se investidura a alienação, aos legítimos possuidores diretos
ou, na falta destes, ao Poder Público, de imóveis para fins residenciais
construídos em núcleos urbanos anexos a usinas hidrelétricas, desde
que considerados dispensáveis na fase de operação dessas unidades
e não integrem a categoria de bens reversíveis ao final da concessão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

79
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

309.As licitações para a execução de obras obedecerão à seguinte


seqüência:
a) Projeto básico; projeto executivo e execução das obras;
b) Projeto executivo; projeto básico e execução das obras;
c) Edital; habilitação; classificação e homologação;
d) Edital; projeto executivo e execução das obras;
e) Projeto executivo; execução das obras e homologação.

310.No pregão, declarado o vencedor, qualquer licitante deverá


manifestar a intenção de recorrer:
a) imediatamente;
b) no prazo de vinte e quatro horas;
c) logo após a publicação no diário oficial;
d) no prazo de quarenta e oito horas;
e) no prazo de três dias.

311.Complete a lacuna.
É............................. a licitação quando houver inviabilidade de
competição.

( ) dispensável
( ) inexigível

312.Assinale a opção correta.


a) Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar edital de licitação
por irregularidade, devendo protocolar o pedido até dez dias úteis
antes da data fixada para a abertura dos envelopes de habilitação,
devendo a Administração julgar e responder a impugnação em até
três dias úteis.
b) Em concorrências e em outras modalidades de licitação, o licitante
poderá impugnar termos do edital de licitação perante a
administração até o terceiro dia útil que anteceder a abertura dos
envelopes de habilitação.
c) A carta-convite é enviada diretamente aos interessados, após
publicação, nos termos da lei, devendo, ainda, ser fixada sua copia
em local apropriado.
d) Órgãos ou entidades da Administração poderão instituir comissões
permanentes ou comissões especiais de licitação. Tais comissões
serão integradas por, no mínimo, três membros, sendo que, destes,

80
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

pelo menos dois deverão ser servidores qualificados, pertencentes


aos quadros permanentes dos órgãos da Administração
responsáveis pela licitação. Tratando-se de licitação na modalidade
convite, a comissão de licitação, excepcionalmente, nas pequenas
unidades administrativas e em face da exigüidade de pessoal
disponível, poderá ser substituída pela autoridade competente, sem
designação de qualquer servidor membro da comissão.
e) A licitação será processada e julgada com observância de
determinados procedimentos inseridos na lei pertinente.

313.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A tomada de preços pode ser substituída pela carta-convite.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

314.São modalidades de licitação:


a) Concorrência, tomada de preços, pregão, convite, concurso e leilão;
b) Concorrência e a técnica e preço;
c) Concorrência e coleta de preços;
d) Concorrência, tomada de preços, convite, pregão, concurso, leilão e
outros métodos criados em decreto regulamentar;
e) Concorrência, tomada de preços, convite, concurso, leilão e outras
modalidades resultantes da combinação destes métodos.

315.Complete a lacuna.
A prova de inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal
será exigida para fins de regularidade .................................

( ) fiscal
( ) jurídica

316.Assinale a alternativa incorreta.


a) A concorrência é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições
exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do
recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.

81
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

b) A inexigibilidade da licitação é caracterizada pela inviabilidade de


competição.
c) O procedimento licitatório não é sigiloso, sendo públicos e acessíveis
todos os atos, exceto quanto ao conteúdo das propostas até a sua
respectiva abertura.
d) A Administração não pode descumprir as normas e condições do
edital, ao qual se acha estritamente vinculada.
e) O procedimento da licitação será iniciado com a abertura de
processo administrativo, devidamente autuado, protocolado e
numerado, contendo a autorização respectiva, a indicação sucinta de
seu objeto e do recurso próprio para a despesa.

317.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
É vedada a criação de outras modalidades de licitação não previstas
em lei.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

318.Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar edital de licitação


por irregularidade na aplicação da lei licitatória, devendo
protocolar o pedido:
a) Até 3 (três) dias úteis antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação;
b) Até 5 (cinco) dias úteis antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação;
c) Até 10 (dez) dias úteis antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação;
d) Até 3 (três) dias corridos antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação;
e) Até 5 (cinco) dias corridos antes da data fixada para a abertura dos
envelopes de habilitação;

319.Complete a lacuna.
A comprovação de aptidão para desempenho de atividade pertinente e
compatível em características, quantidades e prazos com o objeto da
licitação será exigida para fins de qualificação .............................

( ) jurídica
( ) técnica

82
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

320.Assinale a alternativa falsa.


a) O sistema de registro de preços será regulamentado por decreto,
atendidas as peculiaridades regionais.
b) A Administração poderá conceder direito real de uso de bens
imóveis, dispensada licitação, quando uso se destina a outro órgão
ou entidade da Administração Pública.
c) É vedada a instituição de nova modalidade de licitação não prevista
em lei.
d) Na concorrência para a venda de bens imóveis, a fase de habilitação
limitar-se-á à comprovação do recolhimento de quantia
correspondente a 5% (cinco por cento) da avaliação.
e) Os casos de inexigibilidade estão taxativamente previstos em lei.

321.No pregão, após a declaração do vencedor, terá legitimidade ativa


para propositura de recurso administrativo:
a) qualquer licitante;
b) o Ministério Público;
c) qualquer pessoa;
d) o licitante classificado, apenas;
e) qualquer contribuinte.

322.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas, o pregoeiro
procederá à abertura do invólucro contendo os documentos de
habilitação do licitante que apresentou a melhor proposta, para
verificação do atendimento das condições fixadas no edital.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

323.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A concorrência é a modalidade de licitação cabível para as concessões
de direito real de uso.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

83
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

324.O ato mediante o qual a Comissão Julgadora declara que


determinado licitante não poderá prosseguir no certame por não
haver comprovado regularidade fiscal e trabalhista constitui:
a) Inabilitação;
b) Desclassificação;
c) Reprovação;
d) Derrogação;
e) Expulsão.

325.Complete a lacuna.
A certidão negativa de falência será exigida para fins de qualificação
.................................

( ) econômico-financeira
( ) financeira

326.Uma das unidades do Ministério Público do Estado de Sergipe tem


a necessidade de adquirir um equipamento mediante licitação.
Segundo as normas aplicáveis, considera-se o bem como de valor
médio. Em conseqüência, a modalidade de aquisição adequada
será, em função do valor.
a) Pregão;
b) Convite;
c) Concorrência;
d) Tomada de preços;
e) Leilão.

327.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A comprovação de boa situação financeira da empresa será feita de
forma objetiva, através do cálculo de índices contábeis previstos no
edital e devidamente justificados no processo administrativo da
licitação que tenha dado início ao certame licitatório, vedada a
exigência de índices e valores não usualmente adotados para correta
avaliação de situação financeira suficiente ao cumprimento das
obrigações decorrentes da licitação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

84
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

328.No procedimento da licitação, não é cabível recurso


administrativo, em sentido estrito, no prazo de 5 dias úteis, no
caso de:
a) Revogação de licitação;
b) Aplicação da pena de multa;
c) Indeferimento do pedido de inscrição em registro cadastral;
d) Impugnação do edital;
e) Habilitação de licitante.

329.Complete a lacuna.
O contrato social em vigor devidamente registrado será exigido para
fins de regularidade .................................

( ) fiscal
( ) jurídica

330.A etapa preliminar da pré-qualificação é possível na seguinte


modalidade licitatória:
a) Convite;
b) Concorrência;
c) Pregão;
d) Concurso;
e) Leilão.

331.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
O procedimento licitatório não pode ser objeto de revogação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

332.Para se dar a revogação do procedimento licitatório, deve haver:


a) Fator superveniente e motivação;
b) Inviabilidade da licitação;
c) Ilegalidade do edital;
d) Imoralidade da classificação;
e) Ilegitimamente do edital.

85
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

333.Assinale a alternativa falsa no que diz respeito às características


do pregão.
a) Sua adoção dependerá do valor da contratação.
b) Há possibilidade de renovação dos lances por todos ou alguns dos
licitantes até chegar a proposta mais vantajosa;
c) Escolha do vencedor através de propostas escritas e lances verbais.
d) Podem participar do certame quaisquer interessados.
e) Visa à aquisição de bens ou serviços de natureza comum.

334.Complete a lacuna.
As transferências voluntárias de recursos públicos da União
subseqüentes, relativas ao mesmo ajuste, ..................................
condicionadas à apresentação, pelos convenentes ou consorciados, da
documentação ou dos registros em meio eletrônico que comprovem a
realização de licitação nas alienações e nas contratações de obras,
compras e serviços com os recursos repassados a partir do Decreto
5.504/2005 (exigência do pregão).

( ) não serão
( ) serão

335.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A concorrência é amplamente substituível pelo pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

336.A Lei n° 9.472/1997 instituidora da Agencia Nacional de


Telecomunicações – ANATEL prevê uma modalidade licitatória
aplicável nos casos de aquisição de bens e serviços não
compreendidos na modalidade pregão. Assinale a alternativa
abaixo que apresenta esta modalidade.
a) Consulta.
b) Leilão.
c) Convite.
d) Tomada de Preços.
e) Concorrência.

86
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

337.Complete a lacuna.
O pregão eletrônico .................................. aos Estados.

( ) aplica-se
( ) não se aplica

338.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
As bolsas devem ter a participação plural de corretoras que operem
sistemas eletrônicos unificados de pregões.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

339.Analise a veracidade das frases.


I. Os entes públicos e privados poderão formalizar termos de
cooperação técnica com outros órgãos e entidades públicas ou
privadas, incluindo o órgão repassador, para a realização do
pregão, ficando o titular do ente público ou privado beneficiário do
repasse como autoridade responsável pela licitação.

II. A inviabilidade da utilização do pregão na forma eletrônica deverá


ser devidamente justificada pelo dirigente ou autoridade
competente responsável pela licitação.

III. Os entes públicos e privados poderão utilizar seus próprios


sistemas eletrônicos de pregão, ou de terceiros.

IV. Não sendo viável a realização do pregão na forma eletrônica,


deverá ser adotado o pregão presencial.

O número de assertivas corretas é:

a) zero;
b) um;
c) dois;
d) três;
e) quatro.

87
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

340.Complete a lacuna.
No pregão, é .................................. a exigência de garantia de
proposta.

( ) permitida
( ) vedada

341.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão
adotar na área da saúde, a modalidade do pregão.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

342.Analise a veracidade das frases.


I. Os órgãos, entes e instituições convenentes, firmatários de
contrato de gestão ou termo de parceria, ou consorciados
deverão providenciar a transferência eletrônica de dados,
relativos aos contratos firmados com recursos públicos
repassados voluntariamente pela União para o Sistema Integrado
de Administração de Serviços Gerais – SIASG, de acordo com
instrução a ser editada pelo Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão.

II. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão


adotar, nas licitações de registro de preços destinadas à
aquisição de bens e serviços comuns da área da saúde, a
modalidade do pregão, exceto por meio eletrônico.

III. Os órgãos, entes e entidades privadas sem fins lucrativos,


convenentes ou consorciadas com a União, poderão utilizar
sistemas de pregão eletrônico próprios ou de terceiros.

IV. Aplicam-se subsidiariamente, para a modalidade de pregão, as


normas da Lei n° 8.666/1993.

Estão corretas:

a) I, II e III;
b) II, III e IV;
c) I, III e IV;
d) II e IV;

88
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

e) todas.

343.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.

A compra ou locação de imóvel destinado ao atendimento das


finalidades precípuas da Administração, cujas necessidades de
instalação e localização condicionem a sua escolha, desde que o
preço seja compatível com o valor de mercado, segundo avaliação
prévia é motivo de dispensa de licitação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

344.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.

É causa de dispensa de licitação, a impressão dos diários oficiais, de


formulários padronizados de uso da Administração e de edições
técnicas oficiais, bem como a prestação de serviços de informática a
pessoa jurídica de direito público interno, por órgãos ou entidades que
integrem a Administração Pública, criados para esse fim específico;
( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

345.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.

É causa de dispensa de licitação as compras ou contratações de


serviços para o abastecimento de navios, embarcações, unidades
aéreas ou tropas e seus meios de deslocamento, quando em estada
eventual de curta duração em portos, aeroportos ou localidades
diferentes de suas sedes, por motivo de movimentação operacional
ou de adestramento, quando a exiguidade dos prazos legais puder
comprometer a normalidade e os propósitos das operações, qualquer
que seja o valor da contratação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.
89
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

346.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.

A contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente


ou através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela
crítica especializada ou pela opinião pública é motivo de dispensa de
licitação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

347.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
No âmbito do Ministério da Defesa, as funções de pregoeiro e de
membro da equipe de apoio não poderão ser desempenhadas por
militares.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

348.A fase externa do pregão será iniciada com a:


a) publicação do resultado da primeira fase;
b) divulgação de todas as propostas classificadas;
c) habilitação dos vencedores;
d) convocação dos interessados;
e) adjudicação.

349.Complete a lacuna.
O prazo fixado para a apresentação das propostas, contado a partir da
publicação do aviso, não será inferior a .................................. dias úteis.

( ) cinco
( ) oito

90
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

350.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.
Será facultado, nos termos de regulamentos próprios da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, a participação de bolsas de mercadorias
no apoio técnico e operacional aos órgãos e entidades promotores da
modalidade de pregão, utilizando-se de recursos de tecnologia da
informação.

( ) FALSA.
( ) VERDADEIRA.

351.Complete a lacuna.
Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar imediata e
motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido o
prazo de ..................... dias para apresentação das razões do recurso,
ficando os demais licitantes desde logo intimados para apresentar
contra-razões em igual número de dias, que começarão a correr do
término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata
dos autos

( ) três
( ) cinco

352.Marque V, se a assertiva for verdadeira, ou F, se a assertiva for


falsa.

A documentação relativa à regularidade fiscal e trabalhista, conforme


o caso, consistirá em, dentre outros, a prova de inexistência de
débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, mediante a
apresentação de certidão negativa, nos termos do Título VII-A da
Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei no
5.452, de 1o de maio de 1943.” (NR)

91
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

RESPOSTAS

1.
Resposta: Procedimento administrativo
Fundamentos e/ou Comentários:
Pode-se definir a licitação como o procedimento administrativo pelo qual um ente
público, no exercício da função administrativa, abre a todos os interessados, que se
sujeitem às condições fixadas no instrumento convocatório, a possibilidade de
formularem propostas dentre as quais selecionará e aceitará a mais conveniente para
a celebração de contrato.
Ao falar-se em procedimento administrativo, está-se fazendo referência a uma série de
atos preparatórios do ato final objetivado pela Administração.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

2.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, parágrafo único da Lei 8.666/1993
Estão obrigadas a licitar as Administrações públicas diretas, autárquicas e
fundacionais das diversas esferas de governo, bem como as empresas públicas e
sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou
indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios.
SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção
de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010.

3.
Resposta: Pregão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput da Lei 10.520/2002
"Pregão é a modalidade de licitação para aquisição de bens e serviços comuns pela
União, Estados, Distrito Federal e Municípios, conforme disposto em regulamento,
qualquer que seja o valor estimado da contratação, na qual a disputa pelo
fornecimento é feita por meio de propostas e lances em sessão pública."
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

4.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 3º do Decreto 5.504/2005

92
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

5.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput da Lei 8.666/1993
Art. 3o A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da
isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a
promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada
em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da
impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade
administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e
dos que lhes são correlatos. (Redação dada pela Lei nº 12.349, de 2010)

6.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput do Decreto 3.555/2000
Art. 1º, caput da Lei 10.520/2002
Art. 1º, parágrafo único da Lei 10.520/2002

7.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
A Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002, expressamente estendeu o pregão a todas
as esferas da Federação, passando ele a ser modalidade aplicável no âmbito da
União, Estados, DF e Municípios, consoante expressamente plasmado na ementa
da referida Lei: "Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios,
nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação
denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras
providências."
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010

8.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002

9.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Pode-se definir a licitação como o procedimento administrativo pelo qual um ente
público, no exercício da função administrativa, abre a todos os interessados, que
se sujeitem às condições fixadas no instrumento convocatório, a possibilidade de
formularem propostas dentre as quais selecionará e aceitará a mais conveniente

93
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

para a celebração de contrato.


Ao falar-se em procedimento administrativo, está-se fazendo referência a uma
série de atos preparatórios do ato final objetivado pela Administração.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

10.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
No pregão, não se leva em consideração o vulto do contrato (valor da contratação),
mas sim as características dos bens ou serviços, que devem ser comuns, ou seja,
simples, ordinários, rotineiros. Por esse motivo, também, o tipo de licitação, no
pregão, é sempre o de menor preço (não se exige capacitação técnica
especializada para o fornecimento dos bens ou prestação dos serviços objeto do
pregão).
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

11.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 1º do Decreto 5.405/2005
Bens e serviços comuns - Diferentemente das outras espécies de licitação, em
que a modalidade é estabelecida em função do valor do objeto licitado, o pregão
destina-se à aquisição de bens e serviços comuns. Nos termos do citado diploma,
consideram-se bens e serviços comuns aqueles cujos padrões de desempenho e
qualidade possam ser objetivamente definidos pelo edital, por meio de
especificações usuais no mercado (art. 1º, § 1º). O conceito legal é insuficiente,
visto que, a rigor, todos os bens licitados devem ser objetivamente definidos, em
descrição sucinta e clara (Lei 8.666/93, art. 40, I). O que caracteriza os bens e
serviços comuns é sua padronização, ou seja, a possibilidade de substituição de
uns por outros com o mesmo padrão de qualidade e eficiência. Isto afasta desde
logo os serviços de Engenharia, bem como todos aqueles que devam ser objeto de
licitação nas modalidades de melhor técnica ou de técnica e preço. No pregão o
fator técnico não é levado em consideração, mas apenas o fator preço.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

12.
Resposta: Privativa da União
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, XXVII da CF
XXVII - normas gerais de licitação e contratação, em todas as modalidades, para as
administrações públicas diretas, autárquicas e fundacionais da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, obedecido o disposto no art. 37, XXI, e para as
empresas públicas e sociedades de economia mista, nos termos do art. 173, § 1°,
III; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998).
Por normas gerais devem entender-se todas as disposições da lei aplicáveis
indistintamente às licitações e contratos da União, Estados, Municípios, Distrito

94
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Federal e Territórios, bem como de seus desmembramentos autárquicos e


paraestatais. Como já vimos precedentemente, continua com os Estados,
Municípios, Distrito Federal e Territórios a faculdade de editar normas peculiares
para suas licitações e contratos administrativos de obras, serviços, compras e
alienações em tudo que não contrariar as normas gerais notadamente no
procedimento da licitação, na formalização e execução dos contratos, nos prazos e
nos recursos admissíveis.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

13.
Resposta: Poderá
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002
Pregão eletrônico é aquele efetuado por meio da utilização de recursos de
tecnologia da informação, ou seja, por meio de comunicação pela Internet. Está
previsto no § 1º do art. 2º da Lei 10.520/2002. No âmbito da União, seu
regulamento foi aprovado pelo Dec. 5.450, de 31.5.2005, que revogou
expressamente o Dec. 3.697, de 21.12.2000. Seu art. 4º dispõe que o pregão é a
modalidade obrigatória para a aquisição de bens e serviços comuns, sendo
preferencial a forma eletrônica. Seu procedimento segue as regras básicas do
pregão comum, mas, como é evidente, deixa de ocorrer a presença física do
pregoeiro e dos participantes, já que todas as comunicações são feitas por via
eletrônica.
O Dec. 5.504, de 5.8.2005 determinou que o mesmo procedimento deve ser
seguido por entes públicos e privados, quando tais contratações forem realizadas
com recursos da União, decorrentes de convênios ou instrumentos congêneres, ou
ainda consórcios públicos. Esta determinação alcança também as Organizações
Sociais (Lei 9.637/1998) e as entidades qualificadas como Organizações da
Sociedade Civil de Interesse Público (Lei 9.790/1999). Tais entidades poderão
utilizar sistemas de pregão eletrônico próprios ou de terceiros e a sua inviabilidade
deverá ser devidamente justificada pelo dirigente ou autoridade competente. Novos
recursos da União relativos ao mesmo ajuste ficam condicionados à comprovação
dos preceitos desse decreto.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

14.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, caput da Lei 8.666/1993
É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição.
A diferença básica entre as duas hipóteses está no fato de que, na dispensa, há
possibilidade de competição que justifique a licitação de modo que a lei faculta a
dispensa, que fica inserida na competência discricionária da Administração. Nos
casos de inexigibilidade, não há possibilidade de competição, porque só existe um
objeto ou uma pessoa que atenda às necessidades da Administração; a licitação é,
portanto, inviável.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

95
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

15.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Segundo Hely Lopes Meirelles, julgamento objetivo é o que se baseia no critério
indicado no edital e nos termos específicos das propostas. Objetiva-se, aqui,
afastar a discricionariedade na escolha da proposta vencedora.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

16.
Resposta: Autarquias
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput, parágrafo único da Lei 8.666/1993

17.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, I, II, III da Lei 8.666/1993
A inexigibilidade de licitação se verifica sempre que houver impossibilidade jurídica
de competição.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

18.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002

19.
Resposta: Vedada
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, III da Lei 10.520/2002

20.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 3º do Decreto 5.504/2005

21.
Resposta: Facultado
96
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 2º, § 2º da Lei 10.520/2002

22.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
O Decreto 5.450, de 31 de maio de 2005 regulamenta o pregão, na forma eletrônica
para aquisição de bens e serviços comuns.
O Decreto nº 5.504, de 05 de agosto de 2005 estabelece a exigência de utilização
do pregão, preferencialmente na forma eletrônica, para entes públicos ou privados,
nas contratações de bens e serviços comuns, realizadas em decorrência de
transferências voluntárias de recursos públicos da União, decorrentes de convênios
ou instrumentos congêneres, ou consórcios públicos.

23.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, I da Lei 10.520/2002
Fase interna do pregão - Como em todas as modalidades de licitação, o
pregão possui também uma fase preparatória, que se passa no âmbito interno do
órgão ou entidade responsável pela aquisição dos bens ou serviços desejados.
Esta fase interna inicia-se com o ato da autoridade competente pelo qual justifica a
necessidade da contratação, define seu objeto, as exigências de habilitação, os
critérios de aceitação das propostas, as sanções por inadimplemento e as
cláusulas do contrato, com fixação dos prazos para o fornecimento (art. 3º, I).
Trata-se da motivação do ato administrativo inicial do procedimento licitatório,
a qual, diante dos requisitos impostos pela lei, transforma-se em elemento
vinculante do mesmo, cuja ausência dá lugar à nulidade de todo o procedimento.
Autoridade competente é aquela que dispõe de poderes legais para determinar a
aquisição de bens e serviços indispensáveis à Administração, porque sem
competência o ato será inválido.
A definição do objeto deverá ser precisa, suficiente e clara, afastadas as
especificações irrelevantes e desnecessárias. Os elementos indispensáveis a essa
definição deverão constar de um termo de referência, bem como o respectivo
orçamento, considerando os preços praticados no mercado, a descrição dos
métodos, a estratégia de suprimento e o prazo de execução do contrato, conforme
determina o Dec. 3.555/2000.
Finalmente, a mesma autoridade competente designará, dentre os servidores
do órgão ou entidade, o pregoeiro - que será o responsável pela condução do
pregão - e a respectiva equipe de apoio, que o auxiliará no recebimento das
propostas, na análise de sua aceitabilidade, bem como no exame dos documentos
da habilitação. A lei preferiu substituir a tradicional Comissão de Julgamento por
apenas um servidor, já que o pregão, devendo realizar-se numa sessão oral,
pressupõe decisões rápidas e terminativas, dele exigindo experiência e
capacidade. Daí por que o Regulamento aprovado pelo Dec. 3.555/2000 determina
que "somente poderá atuar como pregoeiro o servidor que tenha realizado
capacitação específica para a função".
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

97
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

24.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, III da Lei 8.666/1993

25.
Resposta: Maioria
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 1º da Lei 10.520/2002

26.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002

27.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, § 2º, I da Lei 8.666/1993

28.
Resposta: Probidade administrativa
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput da Lei 8.666/1993
Probidade administrativa: a probidade administrativa é dever de todo administrador
público, mas a lei a incluiu dentre os princípios específicos da licitação (art. 3º),
naturalmente como uma advertência às autoridades que a promovem ou a julgam.
A probidade na Administração é mandamento constitucional (art. 37, § 4º), que
pode conduzir a "suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a
indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e gradação
previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível".
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010

29.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 2º da Lei 8.666/1993

30.
Resposta: F
98
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 22, § º da Lei 8.666/1993
Concurso é a modalidade de licitação entre quaisquer interessados para escolha de
trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou
remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de edital publicado na
imprensa oficial com antecedência mínima de 45 (quarenta e cinco) dias.

31.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
A Lei 10.520/2002, na sua ementa, institui, no âmbito da União, Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços
comuns.

32.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Competitividade
Celso Antônio Bandeira de Mello menciona a competitividade como um dos
princípios norteantes das licitações públicas, afirmando ser ele da essência mesmo
do procedimento. Com efeito, a Lei e a própria Constituição, em mais de um
dispositivo, estabelecem como obrigatório o caráter competitivo do procedimento
licitatório. Somente o procedimento em que haja efetiva competição entre os
participantes, evitando manipulações de preços, será capaz de assegurar à
Administração a obtenção da proposta mais vantajosa para a consecução de seus
fins.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

33.
Resposta: Vinculação ao instrumento convocatório
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, caput da Lei 8.666/1993
Vinculação ao edital
A vinculação da Administração aos estritos termos do edital de convocação da
licitação é exigência expressa do art. 41 da Lei nº 8.666/1993. Esse artigo veda à
Administração o descumprimento das normas e condições do edital, "ao qual se
acha estritamente vinculada".
Logo em seguida, a Lei assegura a qualquer cidadão o direito de impugnar o
edital de licitação por motivo de ilegalidade.
Segundo Hely Lopes Meirelles, o edital é "a lei interna da licitação" e, como tal,
vincula aos seus termos tanto os licitantes como a Administração que o
expediu.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

34.
99
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 109, III da Lei 8.666/1993
O pedido de reconsideração é cabível com relação a ato de Ministro de Estado ou
Secretário estadual ou municipal, no caso de aplicação da pena de declaração de
inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração; o prazo para pedir
reconsideração é de 10 dias úteis da intimação do ato, também reduzido a dois dias
úteis no caso de convite.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

35.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, parágrafo único da Lei 8.666/1993

36.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 2º da Lei 10.520/2002

37.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b”, II, “a” da Lei 8.666/1993

38.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Conceito de edital: é o instrumento por meio do qual a pessoa licitante noticia a
abertura da licitação em uma das modalidades, fixando as condições de sua
realização e convocando os interessados para a apresentação das propostas para
contrato ou ato de seu interesse.

39.
Resposta: externa
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002
A fase externa do pregão inicia-se com a convocação dos interessados por
meio de aviso no Diário Oficial da União e, facultativamente, por meios eletrônicos
(Internet) e em jornais de grande circulação. Do aviso deverão constar a definição
do objeto e a indicação do local, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a
íntegra do edital e poderão ser recebidas as propostas. Esse prazo não poderá ser
inferior a oito dias úteis.
O julgamento é realizado em uma única sessão, que será conduzida pelo
100
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

pregoeiro, com o auxílio da equipe de apoio. A ele caberá receber o envelope com
as propostas de preços, sua abertura e classificação, os lances, a análise de sua
aceitabilidade e classificação final, bem como a adjudicação do objeto do certame
ao vencedor.
O pregão é uma modalidade de licitação de menor preço. Assim, entregues as
propostas, proceder-se-á à sua imediata abertura e à verificação da conformidade
das propostas com os requisitos estabelecidos no instrumento convocatório.
Aquelas que não preencherem essa condição serão automaticamente
desclassificadas. Em seguida o pregoeiro classificará as demais propostas em
ordem crescente do preço ofertado. No curso da sessão o autor da oferta de valor
mais baixo e os das ofertas com preços até 10% superiores àquela poderão fazer
novos lances verbais. Não havendo pelo menos três ofertas nesse sentido,
poderão os autores das três melhores ofertas oferecer novos lances verbais e
sucessivos, até o anúncio daquele que apresentou o preço mais baixo.
Encerrada essa etapa passa-se à fase da habilitação, com a abertura do
envelope contendo a documentação do autor da proposta classificada em primeiro
lugar. Esta é uma das maiores vantagens do pregão. Inverte-se a ordem
procedimental: procura-se verificar primeiro quem venceu a etapa comercial, para
depois conferir os documentos de habilitação do vencedor. Suprime-se, assim,
tempo precioso despendido no exame da documentação de concorrentes que
foram eliminados no julgamento das propostas. Se o vencedor não for habilitado,
de acordo com as exigências constantes do edital, será verificada a documentação
do classificado em segundo lugar, e assim subsequentemente.
Proclamado o vencedor da licitação pelo pregoeiro, contra essa decisão só
poderá ser interposto recurso se o licitante interessado manifestar sua intenção de
imediato, sendo-lhe concedido o prazo de três dias para apresentação de suas
razões, ficando os demais licitantes intimados para apresentar suas contra-razões
em igual prazo. Decididos os apelos, o objeto da licitação será adjudicado ao
vencedor, cabendo à autoridade superior homologar o julgamento e convocar o
adjudicatário para assinar o contrato. Para participar do pregão é vedada a
exigência de garantia da proposta, de aquisição do edital e do pagamento de
quaisquer taxas ou emolumentos, salvo o custo da reprodução gráfica do edital
solicitado pelo interessado.
Lembre-se, finalmente, que as normas da Lei 8.666/93, que trata das licitações
em geral, são aplicáveis ao pregão subsidiariamente.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010

40.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, III da Lei 10.520/2002

41.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput da Lei 10.520/2002
Art. 4º, caput ao da Lei 10.520/2002

101
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

42.
Resposta: Objeto
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, II da Lei 10.520/2002

43.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, II da Lei 10.520/2002

44.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, I da Lei 10.520/2002

45.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, I da Lei 10.520/2002

46.
Resposta: Procedimento formal
Fundamentos e/ou Comentários:
O procedimento administrativo da licitação é sempre um procedimento formal,
especialmente em razão de preceder contratações que implicarão dispêndio de
recursos públicos.
Embora o princípio do formalismo não se encontre expresso no caput do art.
3º, é incluído por Hely Lopes Meirelles como princípio cardeal das licitações e está
enunciado no art. 4º, parágrafo único, da Lei nº 8.666/1993, segundo o qual "o
procedimento licitatório previsto nesta Lei caracteriza ato administrativo formal,
seja ele praticado em qualquer esfera da Administração Pública".
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

47.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 3º da Lei 8.666/1993
A concorrência é a mais complexa das modalidades de licitação.
Presta-se à contratação de obras, serviços, compras, de qualquer valor. Além
disso, é a modalidade exigida para a celebração de contratos de concessão de
serviços públicos (sempre), para os contratos de parcerias público-privadas (que
são espécie do gênero "concessões"), para a compra de imóveis e a alienação de

102
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

imóveis públicos (regra geral), para a concessão de direito real de uso (regra
geral) e para as licitações internacionais (regra geral).
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010

48.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993

49.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Procedimento administrativo
Procedimento administrativo é a sucessão ordenada de operações que
propiciam a formação de um ato final objetivado pela Administração. É o iter legal a
ser percorrido pelos agentes públicos para a obtenção dos efeitos regulares de um
ato administrativo principal.
O procedimento administrativo constitui-se de atos intermediários,
preparatórios e autônomos, mas sempre interligados, que se conjugam para dar
conteúdo e forma ao ato principal e final colimado pelo Poder Público. As
operações intermediárias, à medida que se realizam sem oposição dos
interessados, tornam-se definitivas para a Administração e para o administrado,
porque ocorre, em tal caso, a preclusão administrativa dos meios invalidatórios,
para que se passe à fase seguinte com a certeza da eficácia dos atos anteriores.
A preterição de atos preparatórios ou a sua realização em desconformidade
com a norma legal que disciplina o procedimento administrativo podem acarretar a
nulidade do ato final, desde que se trate de operações essenciais ou de requisitos
de legalidade do ato principal.
Exemplo de procedimento administrativo típico é o da concorrência, visto que
à adjudicação da obra ou serviço ao melhor proponente (objetivo da
Administração) precedem operações intermediárias (atos procedimentais: edital,
verificação de idoneidade, julgamento) necessárias à efetivado da adjudicação (ato
final). Outros exemplos poderiam ser apontados, mas em todos eles
encontraríamos o traço característico do procedimento administrativo, que é a
existência de "uma série de atos necessariamente interligados, tendo em vista a
obtenção de um final".
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

50.
Resposta: Sigilosa
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 3º da Lei 8.666/1993

51.
103
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 2º da Lei 8.666/1993

52.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, II, “b”, III da Lei 8.666/1993

53.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, II, III da Lei 8.666/1993

54.
Resposta: Julgamento objetivo
Fundamentos e/ou Comentários:
Segundo Hely Lopes Meirelles, julgamento objetivo é o que se baseia no critério
indicado no edital e nos termos específicos das propostas. Objetiva-se, aqui,
afastar a discricionariedade na escolha da proposta vencedora.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

55.
Resposta: Edital
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, II da Lei 10.520/2002

56.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º da Lei 10.520/2002
O prazo de validade das propostas será de 60 (sessenta) dias, se outro não estiver
fixado no edital.

57.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º do Decreto 3.555/2000
Art. 2º Pregão é a modalidade de licitação em que a disputa pelo fornecimento de
bens ou serviços comuns é feita em sessão pública, por meio de propostas de
preços escritas e lances verbais.
104
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

58.
Resposta: Pública
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VI da Lei 10.520/2002
No dia, hora e local designados, será realizada sessão pública para recebimento
das propostas, devendo o interessado, ou seu representante, identificar-se e, se for
o caso, comprovar a existência dos necessários poderes para formulação de
propostas e para a prática de todos os demais atos inerentes ao certame.

59.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º da Lei 10.520/2002
Quem, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, não celebrar o
contrato, deixar de entregar ou apresentar documentação falsa exigida para o
certame, ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a
proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo
inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União,
Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será descredenciado no Sicaf, ou nos
sistemas de cadastramento de fornecedores a que se refere o inciso XIV do art. 4º
desta Lei, pelo prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas em
edital e no contrato e das demais cominações legais.

60.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, I da Lei 10.520/2002

61.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa da lei 10.520/2002 - Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e
Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade
de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá
outras providências.
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002

62.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 8º da Lei 10.520/2002

63.
105
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, XXVII da CF
XXVII - normas gerais de licitação e contratação, em todas as modalidades, para as
administrações públicas diretas, autárquicas e fundacionais da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, obedecido o disposto no art. 37, XXI, e para as
empresas públicas e sociedades de economia mista, nos termos do art. 173, § 1°,
III; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998).

64.
Resposta: Dez
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VIII da Lei 10.520/2002

65.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput da Lei 10.520/2002
Art. 1º Para aquisição de bens e serviços comuns, poderá ser adotada a licitação
na modalidade de pregão, que será regida por esta Lei.
As normas da Lei 8.666/93, que trata das licitações em geral, são aplicáveis ao
pregão subsidiariamente.

66.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, I ao XXXI da Lei 8.666/1993
Art. 25, I ao III da Lei 8.666/1993
A regra geral em nosso ordenamento jurídico, imposta diretamente pela
Constituição Federal, é a exigência de que a celebração, pela Administração
Pública, de contratos de obras, serviços, compras e alienações seja precedida de
licitação pública (CF, art. 37, XXI).
Existem, entretanto, determinadas situações em que, legitimamente, celebram-se
tais contratos sem a realização de licitação: trata-se das hipóteses de
inexigibilidade de licitação e dispensa de licitação.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

67.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, IV da Lei 8.666/1993

68.
106
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, VII da Lei 8.666/1993

69.
Resposta: Da adjudicação compulsória
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 50 da Lei 8.666/1993
Como preleciona Hely Lopes Meirelles, o princípio da adjudicação compulsória
ao vencedor impede que a Administração, concluído o procedimento licitatório,
atribua seu objeto a outrem que não o legítimo vencedor. Esse princípio também
veda que se abra nova licitação enquanto válida a adjudicação anterior.
Não se deve confundir adjudicação com a celebração do contrato. A ad-
judicação é um ato declaratório, que apenas garante ao vencedor que, quando a
Administração for celebrar o contrato relativo ao objeto da licitação, ela o fará com
o vencedor. É, todavia, possível que o contrato venha a não ser celebrado, por
motivos como a anulação do procedimento, se houve ilegalidade, ou a revogação
da licitação em decorrência de razões de interesse público supervenientes.
A adjudicação é o ato final do procedimento de licitação.
O art. 50 da Lei veda à Administração a celebração do contrato com preterição
da ordem de classificação das propostas ou com terceiros estranhos ao
procedimento licitatório. Será nulo o contrato celebrado nessas condições.

ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª


Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

70.
Resposta: Objetivamente
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, parágrafo único da Lei 10.520/2002

71.
Resposta: Poderão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 2º da Lei 10.520/2002

72.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 3º da Lei 10.520/2002

73.
Resposta: A
107
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 3º, § 1º da Lei 10.520/2002

74.
Resposta: Externa e interna
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput da Lei 10.520/2002
Art. 4º, caput da Lei 10.520/2002

75.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, I ao V da Lei 8.666/1993
Art. 1º, caput da Lei 10.520/2002

76.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput , 41, caput da Lei 8.666/1993
A vinculação da Administração aos estritos termos do edital de convocação da
licitação é exigência expressa do art. 41 da Lei nº 8.666/1993. Esse artigo veda à
Administração o descumprimento das normas e condições do edital, "ao qual se
acha estritamente vinculada".
Logo em seguida, a Lei assegura a qualquer cidadão o direito de impugnar o
edital de licitação por motivo de ilegalidade.
Segundo Hely Lopes Meirelles, o edital é "a lei interna da licitação" e, como tal,
vincula aos seus termos tanto os licitantes como a Administração que o
expediu.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

77.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput da Lei 8.666/1993

78.
Resposta: Autorização legislativa
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I da Lei 8.666/1993

79.

108
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, II da Lei 8.666/1993

80.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 37, XXI da CF

81.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 56, § 3º da Lei 8.666/1993

82.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 3º da Lei 10.520/2002

83.
Resposta: Três
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VIII da Lei 10.520/2002

84.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 11 da Lei 10.520/2002

85.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, II da Lei 10.520/2002

86.
Resposta: Menor
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002

109
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

87.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput da Lei 10.520/2002

88.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, V da Lei 10.520/2002

89.
Resposta: Pregoeiro
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XI da Lei 10.520/2002

90.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 12, I da Lei 10.520/2002

91.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput, 4º, caput da Lei 10.520/2002

92.
Resposta: Concorrência
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 1º da Lei 8.666/1993

93.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993

94.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 37, caput, XXI da CF
110
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art. 3º, caput , § 1º, I, II da Lei 8.666/93


A igualdade entre os licitantes é princípio impeditivo da discriminação entre os
participantes do certame, quer através de cláusulas que, no edital ou convite,
favoreçam uns em detrimento de outros, quer mediante julgamento faccioso, que
desiguale os iguais ou iguale os desiguais (art. 3º, § 1º).
O desatendimento a esse princípio constitui a forma mais insidiosa de desvio
de poder, com que a Administração quebra a isonomia entre os licitantes, razão
pela qual o Judiciário tem anulado editais e julgamentos em que se descobre a
perseguição ou o favoritismo administrativo, sem nenhum objetivo ou vantagem de
interesse público. Todavia, não configura atentado ao princípio da igualdade entre
os licitantes o estabelecimento de requisitos mínimos de participação no edital ou
convite, porque a Administração pode e deve fixá-los sempre que necessários à
garantia da execução do contrato, à segurança e perfeição da obra ou serviço, à
regularidade do fornecimento ou ao atendimento de qualquer outro interesse
público.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

95.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “d” da Lei 8.666/1993

96.
Resposta: Universalidade
Fundamentos e/ou Comentários:
A doutrina aponta como princípios da concorrência: universalidade, ampla
publicidade, habilitação preliminar e julgamento por comissão.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.
Publicidade de seus atos: a publicidade dos atos da licitação é princípio que
abrange desde os avisos de sua abertura até o conhecimento do edital e seus
anexos, o exame da documentação e das propostas pelos interessados e o
fornecimento de certidões de quaisquer peças, pareceres ou decisões com ela
relacionadas. É em razão desse princípio que se impõem a abertura dos envelopes
da documentação e proposta em público e a publicação oficial das decisões dos
órgãos julgadores e do respectivo contrato, ainda que resumidamente (arts. 3º, §
3º, e 43, § 1º).
Não há de confundir, entretanto, a abertura da documentação e das propostas
com seu julgamento. Aquela será sempre em ato público; este poderá ser realizado
em recinto fechado e sem a presença dos interessados, para que os julgadores
tenham a necessária tranquilidade na apreciação dos elementos em exame e
possam discutir livremente as questões a decidir. O essencial é a divulgação do
resultado do julgamento, de modo a propiciar aos interessados os recursos
administrativos e as vias judiciais cabíveis.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

97.
Resposta: D
111
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 22, I ao V da Lei 8.666/1993

98.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 1º, I da Lei 8.666/1993

99.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, II da Lei 8.666/1993

100.
Resposta: Tomada de Preço
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 2º da Lei 8.666/1993

101.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Adjudicação compulsória - Impede que a Administração, uma vez concluído o
processo licitatório e designado o licitante vencedor, atribua o objeto a outro. A
adjudicação é obrigatória exceto nos casos em que o licitante expresse sua
desistência do contrato ou não o celebre dentro do prazo estipulado (a menos que
comprove justo motivo).

SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção


de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010.

102.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
A lei 10.520/2002 institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e
Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade
de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá
outras providências.
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002

103.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
112
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art.12, II da Lei 10.520/2002

104.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

105.
Resposta: Haverá
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, I da Lei 10.520/2002

106.
Resposta: Pregoeiro
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XII da Lei 10.520/2002

107.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, II da Lei 10.520/2002

108.
Resposta: Fazenda Nacional
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIII da Lei 10.520/2002

109.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 8º da Lei 8.666/93

110.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, II da Lei 8.666/1993

111.
113
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: Convite
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 3º da Lei 8.666/1993

112.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Concorrência — É a modalidade designada para contratos que envolvam valores
altos, podendo dela participar todos os interessados, cadastrados ou não, que se
enquadrem nas condições estabelecidas no edital. Os interessados devem ser
convocados com uma antecedência mínima, que a lei prevê, e com ampla
publicidade pelo órgão oficial e pela imprensa em geral. Esta pode substituir a
qualquer outra modalidade abaixo indicada, por permitir maior número de
concorrentes.
A concorrência será obrigatória quando houver:
• obras e serviços cujo valor seja superior ao fixado em lei;
• compras e serviços, exceto os de engenharia, cujo valor seja o fixado em lei;
• compra e alienação de bens imóveis, não importa o valor, exceto nos casos de
alienação de bens adquiridos em processos judiciais ou por meio de dação em
pagamento, casos em que se admite tanto a concorrência como o leilão.
• concessão de direito real de uso;
• licitações internacionais, exceto para o caso em que o órgão ou a entidade
dispuser de cadastro internacional de fornecedores, ocasião em que se admite a
tomada de preços, ou no caso de não haver fornecedor do bem ou serviço no país,
ocasião em que se admite o convite;
• alienação de bens imóveis cujo valor seja superior a R$ 650.000,00 (seiscentos
e cinquenta mil reais);

SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção


de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010.

113.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Arts. 22, § 1º, 23, I, “c”, II, “c”, § 3º da Lei 8.666/1993
Arts. 22, § 2º, 23, I, “b”, II, “b” da Lei 8.666/1993

114.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 31, §§ 2º, 3º da Lei 8.666/1993

115.
Resposta: Concurso
114
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 22, § 4º da Lei 8.666/1993
Concurso é a modalidade de licitação entre quaisquer interessados para escolha
de trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a instituição de prêmio ou
remuneração aos vencedores (art. 22, § 4º).
A publicidade é assegurada por meio de publicação do edital, consoante es-
tabelece o mesmo artigo 22, § 4º, com, pelo menos, 45 dias de antecedência; esse
prazo é previsto também no artigo 21, § 2º, inciso, I, a.
De acordo com o artigo 52, § 2º, em se tratando de projeto, o vencedor deverá
autorizar a Administração a executá-lo quando julgar conveniente, devendo ser
observada também a norma do artigo 111.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010

116.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Concorrência — É a modalidade designada para contratos que envolvam valores
altos, podendo dela participar todos os interessados, cadastrados ou não, que se
enquadrem nas condições estabelecidas no edital. Os interessados devem ser
convocados com uma antecedência mínima, que a lei prevê, e com ampla
publicidade pelo órgão oficial e pela imprensa em geral. Esta pode substituir a
qualquer outra modalidade, por permitir maior número de concorrentes.
SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção
de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010.

117.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 34, caput da Lei 8.666/1993

118.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

119.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “d” da Lei 8.666/1993

120.

115
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, II da Lei 10.520/2002

121.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, IV da Lei 10.520/2002

122.
Resposta: Seguridade Social
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIII da Lei 10.520/2002

123.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, V da Lei 10.520/2002

124.
Resposta: Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIII da Lei 10.520/2002

125.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, IV da Lei 10.520/2002

126.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VIII, IX da Lei 10.520/2002

127.
Resposta: Poderão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIV da Lei 10.520/2002

116
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

128.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VI da Lei 10.520/2002

129.
Resposta: Leilão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 5º da Lei 8.666/1993

130.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, X da Lei 8.666/1993

131.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 34, § 1º da Lei 8.666/1993

132.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Concorrência — É a modalidade designada para contratos que envolvam valores
altos, podendo dela participar todos os interessados, cadastrados ou não, que se
enquadrem nas condições estabelecidas no edital. Os interessados devem ser
convocados com uma antecedência mínima, que a lei prevê, e com ampla
publicidade pelo órgão oficial e pela imprensa em geral. Esta pode substituir a
qualquer outra modalidade, por permitir maior número de concorrentes.

A concorrência será obrigatória quando houver:


• obras e serviços cujo valor seja superior ao fixado em lei;
• compras e serviços, exceto os de engenharia, cujo valor seja o fixado em lei;
• compra e alienação de bens imóveis, não importa o valor, exceto nos casos de
alienação de bens adquiridos em processos judiciais ou por meio de dação em
pagamento, casos em que se admite tanto a concorrência como o leilão.
• concessão de direito real de uso;
• licitações internacionais, exceto para o caso em que o órgão ou a entidade
dispuser de cadastro internacional de fornecedores, ocasião em que se admite a
tomada de preços, ou no caso de não haver fornecedor do bem ou serviço no país,
ocasião em que se admite o convite;
• alienação de bens imóveis cujo valor seja superior a R$ 650.000,00 (seiscentos
e cinquenta mil reais).
SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção
117
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010.

133.
Resposta: Habilitação
Fundamentos e/ou Comentários:
Arts. 27, I ao V, 40, caput, 43, V, VI da Lei 8.666/1993

134.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VIII da Lei 10.520/2002

135.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
A modalidade consulta de licitação, cuja previsão genérica surgiu em nosso
ordenamento jurídico na Lei Geral de Telecomunicações - Lei nº 9.472/1997 (que
criou a ANATEL), é uma modalidade não prevista na Lei nº 8.666/1993, prevista
apenas para as agências reguladoras.
Art. 22, § 8º da Lei 8.666/1993
Art. 24, I ao XXXI, 25, I ao III da Lei 8.666/1993
Nos casos em que a Lei autoriza a não realização da licitação diz-se
ser ela dispensável.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

136.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 34, § 2º da Lei 8.666/1993

137.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 48, § 3º da Lei 8.666/1993
Temos licitação fracassada quando aparecem interessados, mas nenhum é
selecionado, em decorrência de inabilitação ou de desclassificação das propostas.
A licitação fracassada, de regra, não é hipótese de licitação dispensável. No
caso de licitação fracassada, aplica-se o disposto no art. 48, § 3°, da Lei nº
8.666/1993:

§ 3º Quando todos os licitantes forem inabilitados ou todas as propostas forem


desclassificadas, a administração poderá fixar aos licitantes o prazo de oito dias

118
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

úteis para a apresentação de nova documentação ou de outras propostas


escoimadas das causas referidas neste artigo, facultada, no caso de convite, a
redução deste prazo para três dias úteis. (Incluído pela Lei nº 9.648, de 1998)
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

138.
Resposta: Dação de pagamento
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “a” da Lei 8.666/1993

139.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 5º da Lei 8.666/1993

140.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, IV da Lei 8.666/1993

141.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

142.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 43, VI da Lei 8.666/1993

119
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Princípio da adjudicação compulsória

Com relação ao princípio da adjudicação compulsória, significa, segundo


Hely Lopes Meirelles, que a Administração não pode, concluído o procedimento,
atribuir o objeto da licitação a outrem que não o vencedor. "A adjudicação ao
vencedor é obrigatória, salvo se este desistir expressamente do contrato ou o não
firmar no prazo prefixado, a menos que comprove justo motivo. A
compulsoriedade veda também que se abra nova licitação enquanto válida a
adjudicação anterior." Adverte ele, no entanto, que "o direito do vencedor limita-se
à adjudicação, ou seja, à atribuição a ele do objeto da licitação, e não ao contrato
imediato. E assim é porque a Administração pode, licitamente, revogar ou anular o
procedimento ou, ainda, adiar o contrato, quando ocorram motivos para essas
condutas. O que não se lhe permite é contratar com outrem, enquanto válida a
adjudicação, nem revogar o procedimento ou protelar indefinidamente a
adjudicação ou a assinatura do contrato sem justa causa".
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

143.
Resposta: Exclusivamente
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “b” da Lei 8.666/1993

144.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 54, parágrafo único da Lei 9.472/1997

145.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 49, caput da Lei 8.666/1993

146.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24. IV, V da Lei 8.666/1993

147.
Resposta: Social
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, II, “a” da Lei 8.666/1993

120
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

148.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 45, § 1º, I, II da Lei 8.666/1993
Na licitação de melhor técnica o que a Administração pretende é a obra, o
serviço, o equipamento ou o material mais eficiente, mais durável, mais
aperfeiçoado, mais rápido, mais rentável, mais adequado, enfim, aos objetivos de
determinado empreendimento ou programa administrativo. Em face desses
objetivos, é lícito à Administração dar prevalência a outros fatores sobre o preço,
porque nem sempre se pode obter a melhor técnica pelo menor preço. O vencedor
será, portanto, o proponente que apresentar a melhor técnica, dentro das
especificações e do preço negociado pela Administração.
Para facilidade de julgamento nesse tipo de licitação, são utilizados três
envelopes: um para a documentação, outro para a proposta técnica e o terceiro
para a proposta de preço e condições de pagamento. Uma vez examinadas as
propostas técnicas, abrem-se os envelopes dos preços dos licitantes classificados,
passando a Administração a negociar o preço com o primeiro colocado, tendo em
vista o menor preço oferecido. Não havendo acordo, a negociação passa para o
segundo classificado, e assim sucessivamente, até a consecução do acordo.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010

149.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, I ao V da Lei 8.666/1993

150.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

151.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, caput da Lei 8.666/1993

152.
Resposta: 1.500ha
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, § 2º, II da Lei 8.666/1993

153.
121
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, I da Lei 8.666/1993

154.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 11 da Lei 8.666/1993

155.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, I, “a” da Lei 8.666/1993

156.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, § 1º da Lei 8.666/1993
Art. 28, III da Lei 8.666/1993
Art. 18 da Lei 8.666/1993
Art. 24, III da Lei 8.666/1993
Art. 9º, I da Lei 8.666/1993

157.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 14 da Lei 8.666/1993

158.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “c” da Lei 8.666/1993

159.
Resposta: Investidura
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, § 3º, I da Lei 8.666/1993

122
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

160.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, II da Lei 8.666/1993

161.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art.1º, parágrafo único da Lei 10.520/2002

162.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 1º da Lei 10.520/2002

163.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 2º da Lei 10.520/2002

164.
Resposta: Aviso
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

165.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 15, § 1º da Lei 8.666/1993

166.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 45, § 1º, IV da Lei 8.666/1993

167.
Resposta: Será
Fundamentos e/ou Comentários:
Art.17, § 4º da Lei 8.666/1993
123
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

168.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 109, I, “a” a “f”, II, § 6º da Lei 8.666/1993

169.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 15, § 2º da Lei 8.666/1993

170.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, XXIV da Lei 8.666/1993

171.
Resposta: Ato da autoridade competente
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 19, caput da Lei 8.666/1993

172.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 51, § 4º da Lei 8.666/1993

173.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, I ao XXXI da Lei 8.666/1993

174.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002

175.
124
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: Pregoeiro
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVI da Lei 10.520/2002

176.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, VIII da Lei 10.520/2002

177.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XII da Lei 10.520/2002

178.
Resposta: O vitorioso
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XV da Lei 10.520/2002

179.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, caput da Lei 10.520/2002
Algumas importantes características do pregão, que têm permitido a redução do
preço das contratações, com sensível vantagem para o Erário, são a possibilidade
de redução do preço das propostas iniciais por meio de lances verbais dos
participantes e a não exigência de habilitação prévia ou de garantias, com o
consequente aumento do número de concorrentes e da competitividade. O
legislador abriu mão da exigência de habilitações prévias e garantias, optando por,
em vez disso, cominar rigorosas sanções àqueles que, vencendo a licitação,
deixem de adimplir o contrato ou o executem inadequadamente. A Lei prevê
sanções como a imposição de multas e o impedimento de licitar e contratar com o
ente federado licitante pelo prazo de até cinco anos.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

180.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XI da Lei 10.520/2002

181.
125
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIV da Lei 10.520/2002

182.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
A Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002, expressamente estendeu o pregão
a todas as esferas da Federação, passando ele a ser modalidade aplicável
no âmbito da União, Estados, DF e Municípios, consoante expressamente
plasmado na ementa da referida Lei: "Institui, no âmbito da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da
Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para
aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências."
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.
Pregão eletrônico é aquele efetuado por meio da utilização de recursos de
tecnologia da informação, ou seja, por meio de comunicação pela Internet. Está
previsto no § 1º do art. 2º da Lei 10.520/2002. No âmbito da União, seu
regulamento foi aprovado pelo Dec. 5.450, de 31.5.2005, que revogou
expressamente o Dec. 3.697, de 21.12.2000. Seu art. 4º dispõe que o pregão é a
modalidade obrigatória para a aquisição de bens e serviços comuns, sendo
preferencial a forma eletrônica. Seu procedimento segue as regras básicas do
pregão comum, mas, como é evidente, deixa de ocorrer a presença física do
pregoeiro e dos participantes, já que todas as comunicações são feitas por via
eletrônica.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010.

183.
Resposta: Apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIX da Lei 10.520/2002

184.
Resposta: Adjudicação
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XXI da Lei 10.520/2002

185.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, II da Lei 8.666/1993

186.
126
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: Concorrência ou leilão


Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 19, III da Lei 8.666/1993

187.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 51, § 5º da Lei 8.666/1993
§ 5o No caso de concurso, o julgamento será feito por uma comissão especial
integrada por pessoas de reputação ilibada e reconhecido conhecimento da matéria
em exame, servidores públicos ou não.

188.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, I, II, III da 8.666/1993
Art. 25. É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição,
em especial:

I - para aquisição de materiais, equipamentos, ou gêneros que só possam ser


fornecidos por produtor, empresa ou representante comercial exclusivo, vedada a
preferência de marca, devendo a comprovação de exclusividade ser feita através
de atestado fornecido pelo órgão de registro do comércio do local em que se
realizaria a licitação ou a obra ou o serviço, pelo Sindicato, Federação ou
Confederação Patronal, ou, ainda, pelas entidades equivalentes;

II - para a contratação de serviços técnicos enumerados no art. 13 desta Lei,


de natureza singular, com profissionais ou empresas de notória especialização,
vedada a inexigibilidade para serviços de publicidade e divulgação;

III - para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou


através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada
ou pela opinião pública.

189.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 12, I ao VII da Lei 8.666/1993

190.
Resposta: Repartição interessada
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 20, caput da Lei 8.666/1993

127
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

191.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIII da Lei 10.520/2002

192.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

193.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa da Lei 10.520/2002: Institui, no âmbito da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da
Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão,
para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências.

194.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIV da Lei 10.520/2002

195.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

196.
Resposta: Vedada
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, II da Lei 10.520/2002

197.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º da Lei 10.520/2002

198.
128
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XXII da Lei 10.520/2002

199.
Resposta: Sessenta
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º da Lei 10.520/2002

200.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVII da Lei 10.520/2002

201.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 5º da Lei 8.666/1993

202.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, IV da Lei 8.666/1993

203.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, III da Lei 8.666/1993

204.
Resposta: É possível
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 1º, I da Lei 8.666/1993

205.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 109, I, “c” da Lei 8.666/1993

129
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

206.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 4º da Lei 8.666/1993
As três primeiras modalidades enumeradas na Lei nº 8.666 - concorrência,
tomada de preços e convite - são, embora a Lei não o diga expressamente,
hierarquizadas com base na complexidade de seus procedimentos e no vulto dos
contratos a serem celebrados, especialmente no que se refere aos valores
envolvidos. Estas três modalidades de licitação são as aplicáveis, por excelência,
aos contratos de execução de obras públicas, prestação de serviços à
Administração e compras de bens pela Administração. Veremos, também, que os
contratos de concessão de serviços públicos sempre exigem licitação prévia e
somente admitem seja esta na modalidade concorrência.
Temos, portanto, a concorrência como a mais complexa modalidade de
licitação, sendo sua utilização possível para a celebração de contratos de qualquer
valor e, como dito, sempre exigida para os contratos de concessão de serviços
públicos. É também a modalidade em que se verificam a maior competitividade e
publicidade possíveis.
Em seguida, menos complexa e utilizável para celebração de contratos de
valor intermediário, tem-se a tomada de preços.
Por último, o convite é a mais simples modalidade de licitação, somente
utilizável para a celebração de contratos de menor valor (devemos, ainda, lembrar
que quando o valor do contrato é muito reduzido existe a possibilidade de a
Administração dispensar a licitação, constituindo a hipótese de licitação
dispensável expressamente prevista nos incisos I e II do art. 24 da Lei nº
8.666/1993).
A existência de uma hierarquia entre as três modalidades acima citadas
decorre da letra do § 4º do art. 23 da Lei, segundo o qual "nos casos em que
couber convite, a Administração poderá utilizar a tomada de preços e, em qualquer
caso, a concorrência".
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

207.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 100 da Lei 8.666/1993

208.
Resposta: Quarenta e cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “a” da Lei 8.666/1993

209.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
130
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art. 24, I, XXXI da Lei 8.666/1993


Art. 17, § 4º da Lei 8.666/1993

210.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º da Lei 10.520/2002

211.
Resposta: Cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º da Lei 10.520/2002

212.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

213.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º da Lei 10.520/2002

214.
Resposta: Subsidiariamente
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 9º da Lei 10.520/2002

215.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIX da Lei 10.520/2002

216.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 12 da Lei 10.520/2002
Art. 2-A, I da Lei 10.191/2001

131
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

217.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa da Lei 10.520/2002: Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços
comuns, e dá outras providências.

218.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XX da Lei 10.520/2002

219.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, caput, § 3º da Lei 8.666/1993
Art. 22, § 3º da Lei 8.666/1993

220.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 3º da Lei 8.666/1993
Art. 13, § 1º da Lei 8.666/1993
Art. 21, § 2º, I, “a” da Lei 8.666/1993
Art. 23, § 4º da Lei 8.666/1993

221.
Resposta: Quarenta e cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993

222.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, XI da Lei 8.666/1993
Art. 24, XXII da Lei 8.666/1993
Art. 25, II da Lei 8.666/1993
Art. 24, XXIV da Lei 8.666/1993
Art. 24, XXI da Lei 8.666/1993
132
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

223.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 45, § 1º, I da Lei 8.666/1993

224.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 39, caput da Lei 8.666/1993
Art. 40, § 1º da Lei 8.666/1993
Arts. 21, caput , 40, caput da Lei 8.666/1993

225.
Resposta: Quarenta e cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993

226.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
A licitação é um procedimento administrativo, consubstanciando-se, portanto,
numa sequência encadeada de atos administrativos visando a um fim comum.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

227.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 32, caput da Lei 8.666/1993

228.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “f” da Lei 8.666/1993

229.
Resposta: Quarenta e cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993
133
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

230.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, caput da Lei 8.666/1993
A vinculação da Administração aos estritos termos do edital de convocação
da licitação é exigência expressa do art. 41 da Lei na 8.666/1993. Esse artigo veda
à Administração o descumprimento das normas e condições do edital, "ao qual se
acha estritamente vinculada".
Logo em seguida, a Lei assegura a qualquer cidadão o direito de impugnar o
edital de licitação por motivo de ilegalidade.
Segundo Hely Lopes Meirelles, o edital é "a lei interna da licitação" e, como tal,
vincula aos seus termos tanto os licitantes como a Administração que o
expediu.

ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª


Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

231.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º da Lei 10.520/2002

232.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 38, caput da Lei 8.666/1993

233.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º, IV da Lei 8.666/1993

234.
Resposta: Trinta
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, II, “a” da Lei 8.666/1993

235.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:

134
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art. 4º, XXI da Lei 10.520/2002

236.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 1º do Decreto 5.504/2005

237.
Resposta: Obrigatório
Fundamentos e/ou Comentários:
Arts. 1º, parágrafo único, 3º, caput do Decreto 3.555/2000

238.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XXII da Lei 10.520/2002

239.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, parágrafo único da Decreto 3.555/2000
Ementa da lei 10.520/2002: Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços
comuns.

240.
Resposta: Preferencial
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa do Decreto 5.504/2005: Estabelece a exigência de utilização do
pregão, preferencialmente na forma eletrônica, para entes públicos ou privados,
nas contratações de bens e serviços comuns, realizadas em decorrência de
transferências voluntárias de recursos públicos da União, decorrentes de convênios
ou instrumentos congêneres, ou consórcios públicos.
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002

241.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 2º do Decreto 5.504/2005

135
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

242.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput, § 1º do Decreto 5.504/2005
Ementa do Decreto 5.504/2005: Estabelece a exigência de utilização do
pregão, preferencialmente na forma eletrônica, para entes públicos ou privados,
nas contratações de bens e serviços comuns, realizadas em decorrência de
transferências voluntárias de recursos públicos da União, decorrentes de convênios
ou instrumentos congêneres, ou consórcios públicos.
Nas licitações realizadas com a utilização de recursos repassados nos termos do
caput, para aquisição de bens e serviços comuns, será obrigatório o emprego da
modalidade pregão, nos termos da Lei no 10.520, de 17 de julho de 2002, e do
regulamento previsto no Decreto no 5.450, de 31 de maio de 2005, sendo
preferencial a utilização de sua forma eletrônica, de acordo com cronograma a ser
definido em instrução complementar

243.
Resposta: Necessita
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 2º do Decreto 5.504/2005

244.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º do Decreto 5.504/2005

245.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, §§ 1º, 2º do Decreto 5.504/2005

246.
Resposta: Poderão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 3º do Decreto 5.504/2005

247.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVI da Lei 10.520/2002

248.
136
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 2º do Decreto 5.504/2005
Art. 4º, VI da Lei 10.520/2002
Art. 4º, VII da Lei 10.520/2002

249.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 5º do Decreto 5.504/2005

250.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º do Decreto 5.504/2005

251.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa da Lei 10.520/2002 : Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços
comuns.
Art. 5º, I da Lei 10.520/2002
Art. 4º, V da Lei 10.520/2002
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

252.
Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 5º do Decreto 5.504/2005

253.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 1º do Decreto 5.504/2005
Art. 2º, § 1º da Lei 10.520/2002

254.

137
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, caput da Lei 8.666/1993

255.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Esta lei regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas
para licitações e contratos da Administração Pública.
Art. 1º, caput, parágrafo único da Lei 8.666/1993

256.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 4º da Lei 8.666/1993

257.
Resposta: Trinta
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, II, “b” da Lei 8.666/1993

258.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, III da Lei 8.666/1993

259.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, parágrafo único da Lei 8.666/1993

260.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, IV da Lei 8.666/1993

261.
Resposta: Trinta
Fundamentos e/ou Comentários:

138
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art. 21, § 2º, II, “b” da Lei 8.666/1993

262.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 46, caput, § 2º da Lei 8.666/1993
Na licitação de técnica e preço combinam-se estes dois fatores para a escolha
final da proposta que apresente técnica satisfatória e preço mais vantajoso. Por
isso mesmo, devem ser usados também três envelopes, para a documentação,
proposta técnica e preço, respectivamente. Selecionadas as propostas que
apresentem técnicas satisfatórias, são abertos os envelopes de preços. De acordo
com a lei anterior, vencia o proponente que ofertasse o menor preço. A lei atual
determinou que a classificação seja feita de acordo com a média ponderada das
valorizações das propostas técnicas e de preço, segundo os critérios objetivos
estabelecidos no edital (art. 46, § 2º).
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São Paulo: Malheiros,
2010

263.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º, IV da Lei 8.666/1993

264.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 49, caput da Lei 8.666/1993

265.
Resposta: Quinze
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, III da Lei 8.666/1993

266.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, I a V da Lei 8.666/1993
Hely Lopes Meirelles define a fase de habilitação como aquela em que se
procede à verificação da documentação e de requisitos pessoais dos licitantes,
habilitando-os ou inabilitando-os. É etapa relacionada às qualidades pessoais dos
interessados em licitar. Como regra, ocorre previamente à análise das propostas.
Nesses casos, o licitante inabilitado, na verdade, é excluído do procedimento e a
proposta que havia formulado nem chega a ser conhecida (devolve-se a ele o
envelope ainda lacrado).
139
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª


Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

267.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º, VII da Lei 8.666/1993

268.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 109, I, “a”, § 2º da Lei 8.666/1993

269.
Resposta: Cinco
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, IV da Lei 8.666/1993

270.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XIII da Lei 10.520/2002

271.
Resposta: Poderá
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVII da Lei 10.520/2002

272.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, X da Lei 10.520/2002

273.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4, I da Lei 10.520/2002

274.
140
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: Licitante
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

275.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 84, caput, § 1º da Lei 8.666/1993

276.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, parágrafo único da Lei 8.666/1993

277.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I da Lei 8.666/1993

278.
Resposta: Cento e cinqüenta mil
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, I, “a” da Lei 8.666/1993

279.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, V da Lei 8.666/1993

280.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, parágrafo único da Lei 8.666/1993

281.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 109, III da Lei 8.666/1993

141
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

282.
Resposta: Um milhão e quinhentos mil
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, I, “b” da Lei 8.666/1993

283.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 21, § 2º, I, “b” da Lei 8.666/1993

284.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, caput da Lei 8.666/1993
Art. 2o As obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações,
concessões, permissões e locações da Administração Pública, quando contratadas
com terceiros, serão necessariamente precedidas de licitação, ressalvadas as
hipóteses previstas nesta Lei.

285.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “d” da Lei 8.666/1993

286.
Resposta: Um milhão e quinhentos mil reais
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, I, “c” da Lei 8.666/1993

287.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 53, caput da Lei 8.666/1993

288.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 6º, X da Lei 8.666/1993

289.
142
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 2º, II da Lei 8.666/1993

290.
Resposta: Oitenta mil
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, II, “a” da Lei 8.666/1993

291.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “d” da Lei 8.666/1993

292.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 9º, I da Lei 8.666/1993

293.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Arts. 3º, § 2º, 45, § 2º da Lei 8.666/1993
Art. 2º, caput da Lei 8.666/1993
Arts. 3º, § 2º, 45, § 2º da Lei 8.666/1993
Art. 42, § 1º da Lei 8.666/1993

294.
Resposta: Seiscentos e cinqüenta
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, II, “b” da Lei 8.666/1993

295.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 38, VII da Lei 8.666/1993
Art. 43, IV da Lei 8.666/1993
Adjudicação é o ato final do procedimento da licitação mediante o qual a
Administração atribui ao vencedor o objeto do futuro contrato. Contudo, ainda que
pese a possibilidade de se travar o contrato com o licitante vencedor, nos termos

143
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

º
da decisão referida no acórdão RE n 107.533.0-DF, pelo STF: "Adjudicar não é
contratar. Não se confunde o direito à adjudicação com o eventual direito de
contratar. A revogação pode ser feita a qualquer tempo antes de travado o vínculo
consensual relativo ao objeto licitado".
Cabe aqui registrar o comentário de Di Pietro a respeito dessas duas fases
licitatórias. Segundo a autora, houve uma inversão nos atos finais do
procedimento, pois, anteriormente, a adjudicação precedia a homologação. Agora
ocorre o inverso, nos termos do art. 43, IV, da Lei nº 8.666/1993. A homologação,
atualmente, nada mais é do que a aprovação do procedimento. Poderá a
Administração, nessa fase, revogar a licitação, caso se demonstre razões de
interesse público.
Diante do exposto, a autoridade pode, antes de convocar o vencedor do
certame, no prazo de 60 dias da data da entrada das propostas, adjudicar a ele o
objeto. Caso isso não ocorra, ficará o mesmo liberado quanto aos termos
oferecidos na proposta. Porém, poderá revogar, por motivos de conveniência ou
oportunidade, ou mesmo anular, em caso de ilegalidade.

SALEME, Edson Ricardo. Direito Administrativo-Preparatório para concursos-Coleção


de Direito Rideel. São Paulo: Rideel, 2010,

296.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 4º da Lei 8.666/1993

297.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 5º da Lei 8.666/1993

298.
Resposta: Seiscentos e cinqüenta
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, II, “c” da Lei 8.666/1993

299.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “d”, § 3º, I da Lei 8.666/1993

300.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
144
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Art. 22, § 3º da Lei 8.666/1993


A carta-convite é o instrumento convocatório utilizado para chamar os interessados
a participar da licitação quando adotada a modalidade convite. A carta-convite é
enviada diretamente aos interessados e não precisa ser publicada, devendo,
entretanto, ser fixada cópia em local apropriado (art. 22, § 3º). Aplicam-se à carta-
convite, no que for cabível, as disposições relativas ao edital, especialmente
quanto à identificação do objeto da licitação, critério de julgamento e demais
condições cujo conhecimento seja indispensável.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

301.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 87, I da Lei 8.666/1993
Art. 109, I, “f” da Lei 8.666/1993

302.
Resposta: Tomada de preços
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 4º da Lei 8.666/1993

303.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, caput da Lei 8.666/1993

304.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, I, “a” a “i” da Lei 8.666/1993

305.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 43, § 5º da Lei 8.666/1993

306.
Resposta: A concorrência
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 4º da Lei 8.666/1993

145
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

307.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, I, “b”, II, “c” da Lei 8.666/1993

308.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 17, § 3º, II da Lei 8.666/1993

309.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 7º, I, II, III da Lei 8.666/1993

310.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

311.
Resposta: Inexigível
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, caput da Lei 8.666/1993

312.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, § 1º da Lei 8.666/1993
Art. 41, § 2º da Lei 8.666/1993
Arts 21, caput, 22, § 3º da Lei 8.666/1993
Art. 51, caput, § 1º da Lei 8.666/1993
As etapas de habilitação dos licitantes e julgamento das propostas são
efetivadas por uma comissão, denominada comissão de licitação ou comissão
julgadora.
Os órgãos ou entidades da Administração poderão possuir comissões
permanentes ou constituir comissões especiais. As comissões serão integradas por
no mínimo, 3 membros, sendo pelo menos 2 deles servidores qualificados
pertencentes aos quadros permanentes dos órgãos da Administração responsáveis
pela licitação (art. 51).
No caso de licitação na modalidade convite, a comissão de licitação,
146
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

excepcionalmente, nas pequenas unidades administrativas e em face da


exigüidade de pessoal disponível, poderá ser substituída por um servidor,
formalmente designado pela autoridade competente (art. 51, § Iº).
Os membros das comissões de licitação responderão solidariamente por todos
os atos praticados pela comissão, salvo se posição individual divergente estiver
devidamente fundamentada e registrada em ata lavrada na reunião em que tiver
sido tomada a decisão (art. 51, § 3º).

ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª


Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.
Art. 43, caput, I ao VI da Lei 8.666/1993

313.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 4º da Lei 8.666/1993

314.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, I ao V da Lei 8.666/1993
Art. 1º, do REGULAMENTO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE DE
PREGÃO aprovado pelo Decreto 3.555/2000
Art. 2º Pregão é a modalidade de licitação em que a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços comuns é feita em sessão pública, por meio de
propostas de preços escritas e lances verbais.

315.
Resposta: Fiscal
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 29, II da Lei 8.666/1993

316.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 1º da Lei 8.666/1993

317.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, § 8º da Lei 8.666/1993

147
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

318.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, § 1º da Lei 8.666/1993

319.
Resposta: Técnica
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 30, II da Lei 8.666/1993

320.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, I, II, III da Lei 8.666/1993
É inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em
especial:

I - para aquisição de materiais, equipamentos, ou gêneros que só possam ser


fornecidos por produtor, empresa ou representante comercial exclusivo, vedada a
preferência de marca, devendo a comprovação de exclusividade ser feita através
de atestado fornecido pelo órgão de registro do comércio do local em que se
realizaria a licitação ou a obra ou o serviço, pelo Sindicato, Federação ou
Confederação Patronal, ou, ainda, pelas entidades equivalentes;

II - para a contratação de serviços técnicos enumerados no art. 13 desta Lei,


de natureza singular, com profissionais ou empresas de notória especialização,
vedada a inexigibilidade para serviços de publicidade e divulgação;

III - para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou


através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada
ou pela opinião pública.

321.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

322.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XII da Lei 10.520/2002

323.
148
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 23, § 3º da Lei 8.666/1993

324.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 27, IV da Lei 8.666/1993

325.
Resposta: Econômico-financeira
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 31, II da Lei 8.666/1993

326.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, II, § 2º da Lei 8.666/1993
Tomada de preços

O art. 22, § 2º, da Lei nº 8.666/1993 define a tomada de preços como a


"modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que
atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento até o terceiro dia
anterior à data do recebimento das propostas, observada a necessária
qualificação."
A habilitação, que é o próprio cadastramento, é prévia à abertura do
procedimento. Entretanto, a fim de atender ao princípio da competitividade, os não
previamente cadastrados têm garantida a possibilidade de se inscreverem até o
terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas, contanto que
satisfaçam as condições de qualificação exigidas (que são as mesmas condições
exigidas para o cadastramento).
Como dito acima, a tomada de preços presta-se à celebração de contratos
relativos a obras, serviços e compras de menor vulto do que os que exigem a
concorrência. Mas o julgamento, assim como na concorrência, é realizado por uma
comissão integrada por três membros. O que realmente distingue a tomada de
preços é a existência da habilitação prévia à abertura do procedimento, mediante o
cadastramento dos interessados nos registros cadastrais da Administração.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

327.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 31, § 5º da Lei 8.666/1993

149
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

328.
Resposta: D
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 41, § 2º da Lei 8.666/1993
EDITAL

O edital é o ato pelo qual a Administração divulga a abertura da concorrência,


fixa os requisitos para participação, define o objeto e as condições básicas do
contrato e convida a todos os interessados para que apresentem suas propostas.
Em síntese, o edital é o ato pelo qual a Administração faz uma oferta de contrato a
todos os interessados que atendam às exigências nele estabelecidas.
Costuma-se dizer que o edital é a lei da licitação; é preferível dizer que é a lei
da licitação e do contrato, pois o que nele se contiver deve ser rigorosamente
cumprido, sob pena de nulidade; trata-se de aplicação do princípio da vinculação
ao instrumento convocatório, previsto no artigo 3º da Lei nº 8.666/93.
O artigo 40 estabelece os requisitos que deve observar o edital, alguns deles
concernindo ao próprio procedimento da licitação (objeto, condições para
participação, forma de apresentação das propostas, critérios para julgamento) e
outros referentes ao contrato (prazo e condições para assinatura do contrato, para
execução e para entrega do objeto da licitação, condições de pagamento e,
quando for o caso, de reajuste de preços, condições de recebimento do objeto da
licitação). Na redação do termo do contrato ou instrumento equivalente, nada pode
ser inserido em discordância com o que determina o edital (art. 41).
Publicado o edital, com observância das normas de publicidade já referidas
(art. 21), o interessado que tenha alguma objeção deve argüí-la até o momento da
abertura dos envelopes de habilitação, pois o artigo 41, § 2º, estabelece que
"decairá do direito de impugnar os termos do edital de licitação perante a
Administração o licitante que não o fizer até o segundo dia útil que anteceder a
abertura dos envelopes de habilitação em concorrência, a abertura dos envelopes
com as propostas em convite, tomada de preços ou concurso, ou a realização do
leilão, as falhas ou irregularidades que viciariam esse edital, hipótese em que tal
comunicação não terá efeito de recurso". A norma tem o evidente intuito de evitar
que os licitantes deixem transcorrer o procedimento da licitação sem levantar
objeções ao edital, somente as argüindo, posteriormente, quando as decisões da
Comissão lhes sejam desfavoráveis. De acordo com o § 3º do mesmo dispositivo,
"a impugnação feita tempestivamente pelo licitante não o impedirá de participar do
processo licitatório até o trânsito em julgado da decisão a ela pertinente". Embora a
lei fale em trânsito em julgado, parece, na realidade, referir-se à decisão final da
própria Administração e não do Poder Judiciário; a terminologia é, evidentemente,
inadequada.
Também ao cidadão é dado o direito de impugnar edital de licitação por
irregularidade na aplicação da lei, devendo protocolar o pedido até cinco dias úteis
antes da data fixada para a abertura dos envelopes de habilitação, cabendo: à
Administração julgar e responder à impugnação em até três dias úteis (art. 41.
§1º)
º
Tanto o § 1º como o § 2 têm caráter ordinatório da própria atividade admi-

150
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

nistrativa; mas, como todo prazo estabelecido em benefício da Administração e


não do servidor ou do administrado, o previsto nos referidos parágrafos também
pode e deve ser relevado quando as impugnações, mesmo sendo feitas fora de
prazo, sejam procedentes; razões de economia processual aconselham essa
medida, pois evitará que a ilegalidade venha a ser apontada depois pelos próprios
órgãos administrativos de controle ou mesmo pelos órgãos de controle externo
(Tribunal de Contas e Poder Judiciário). Também a vinculação ao princípio da
legalidade obriga a Administração a rever seus próprios atos quando
irregularidades sejam descobertas por ela mesma ou por terceiros.
Acresce que o cidadão, além de ter o direito de petição já assegurado pelo
artigo 5º, XXXIV da Constituição Federal, ainda pode, sem prejuízo da impugnação
referida no § 1º do artigo 41, representar ao Tribunal de Contas ou aos órgãos
integrantes do sistema de controle interno contra irregularidades na aplicação da
lei (art. 113, § 1º); e ainda pode provocar a iniciativa do Ministério Público para os
fins previstos no artigo 101.
Quando se tratar de concorrência de âmbito internacional, o artigo 42 manda
que o edital se ajuste às diretrizes de política monetária e do comércio exterior e
atenda às exigências dos órgãos competentes.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

329.
Resposta: Jurídica
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 28, III da Lei 8.666/1993

330.
Resposta: B
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 22, §1º da Lei 8.666/1993

331.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 49, caput da Lei 8.666/1993

332.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 49, caput da Lei 8.666/1993

333.

151
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
No pregão, não se leva em consideração o vulto do contrato (valor da contratação),
mas sim as características dos bens ou serviços, que devem ser comuns, ou seja,
simples, ordinários, rotineiros. Por esse motivo, também, o tipo de licitação, no
pregão, é sempre o de menor preço (não se exige capacitação técnica
especializada para o fornecimento dos bens ou prestação dos serviços objeto do
pregão).
no curso da sessão, o autor da oferta de valor mais baixo e os das ofertas com
preços até 10% (dez por cento) superiores àquela poderão fazer novos lances
verbais e sucessivos, até a proclamação do vencedor.
Pregão é a modalidade de licitação em que a disputa pelo fornecimento de bens ou
serviços comuns é feita em sessão pública, por meio de propostas de preços
escritas e lances verbais.

334.
Resposta: Serão
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º do Decreto 5.504/2005
Estabelece a exigência de utilização do pregão, preferencialmente na forma
eletrônica, para entes públicos ou privados, nas contratações de bens e serviços
comuns, realizadas em decorrência de transferências voluntárias de recursos
públicos da União, decorrentes de convênios ou instrumentos congêneres, ou
consórcios públicos.

335.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, § 1º do Decreto 5.504/2005
o
§ 1 Nas licitações realizadas com a utilização de recursos repassados nos
termos do caput, para aquisição de bens e serviços comuns, será obrigatório o
o
emprego da modalidade pregão, nos termos da Lei n 10.520, de 17 de julho de
o
2002, e do regulamento previsto no Decreto n 5.450, de 31 de maio de 2005,
sendo preferencial a utilização de sua forma eletrônica, de acordo com cronograma
a ser definido em instrução complementa.

336.
Resposta: A
Fundamentos e/ou Comentários:
A modalidade consulta de licitação, cuja previsão genérica surgiu em nosso
ordenamento jurídico na Lei Geral de Telecomunicações - Lei nº 9.472/1997 (que
criou a ANATEL), é uma modalidade não prevista na Lei nº 8.666/1993, prevista
apenas para as agências reguladoras.
ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 18ª
Ed. rev. Atualizada. São Paulo: Método, 2010.

337.
152
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Resposta: Aplica-se
Fundamentos e/ou Comentários:
Ementa da lei 10.520/2002: institui, no âmbito da União, Estados, Distrito
Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços
comuns, e dá outras providências.
o
§ 1 Nas licitações realizadas com a utilização de recursos repassados nos
termos do art. 1º, do decreto 5.504/2005 para aquisição de bens e serviços
comuns, será obrigatório o emprego da modalidade pregão, nos termos da Lei no
10.520, de 17 de julho de 2002, e do regulamento previsto no Decreto no 5.450, de
31 de maio de 2005, sendo preferencial a utilização de sua forma eletrônica, de
acordo com cronograma a ser definido em instrução complementar.

§ 2o A inviabilidade da utilização do pregão na forma eletrônica deverá ser


devidamente justificada pelo dirigente ou autoridade competente.

338.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 3º da Lei 10.520/2002

339.
Resposta: E
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 1º, caput do Decreto 5.504/2005
Art. 1º, § 2º do Decreto 5.504/2005
Art. 1º, § 3º do Decreto 5.504/2005
Art. 1º, § 1º do Decreto 5.504/2005

340.
Resposta: Vedada
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 5º, I da Lei 10.520/2002

341.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2-A, I da lei 10.191/2001
Art. 2-A. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão
adotar, nas licitações de registro de preços destinadas à aquisição de bens e
serviços comuns da área da saúde, a modalidade do pregão, inclusive por meio
eletrônico, observando-se o seguinte: (Incluído pela Lei nº 10.520, de 2002)

I - são considerados bens e serviços comuns da área da saúde, aqueles


necessários ao atendimento dos órgãos que integram o Sistema Único de Saúde,

153
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos no


edital, por meio de especificações usuais do mercado. (Incluído pela Lei nº 10.520,
de 2002)

342.
Resposta: C
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º do Dcreto 5.504/2005
Art. 2-A da lei 10.191/2001
Art. 1º, § 3º do Decreto 5.504/2005
Art. 9º da lei 10.520/2002

343.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, X da Lei 8.666/1993

344.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, XVI da Lei 8.666/1993

345.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 24, XVIII da Lei 8.666/1993

346.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 25, III da Lei 8.666/1993

347.
Resposta: F
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 3º, § 2º da Lei 10.520/2002

348.
Resposta: D
154
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

Fundamentos e/ou Comentários:


Art. 4º, I da Lei 10.520/2002

349.
Resposta: Oito
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, V da Lei 10.520/2002

350.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 2º, § 2º da Lei 10.520/2002

351.
Resposta: Três
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 4º, XVIII da Lei 10.520/2002

352.
Resposta: V
Fundamentos e/ou Comentários:
Art. 29, V da Lei 8.666/93 e Lei 12.440 de 07.07.2011.

155
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

BIBLIOGRAFIA

BRASIL. Constituição (1988). Constituição 1988 : Constitucional de 5 de


outubro de 1988. Ed. atual. – Brasília, Presidência, 2011

PAULO, Vicente & ALEXANDRINO, Marcelo. Direito Constitucional


Descomplicado.5ª Ed., ver. e atualizada. - Rio de Janeiro: Forense; São
Paulo: MÉTODO: 2010

MOTTA FILHO, Sylvio Clemente da; Direito Constitucional: Teoria,


Jurisprudência e Questões. 22ª Ed. – Rio de Janeiro:Elsevier, 2010

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 23ª Ed. São Paulo:
Atlas, 2010

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 36ª Ed. São


Paulo: Malheiros, 2010

ALEXANDRINO, Marcelo & PAULO, Vicente. Direito Administrativo


Descomplicado. 18ª Ed. rev. Atualizada.São Paulo: Método, 2010

LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993: Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da


Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá
outras providências.

LEI Nº 8.248, DE 23 DE OUTUBRO DE 1991: Dispõe sobre a capacitação e


competitividade do setor de informática e automação, e dá outras providências.

LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995: Dispõe sobre o regime de


concessão e permissão da prestação de serviços públicos previsto no art. 175 da Constituição
Federal, e dá outras providências.

LEI Nº 9.472, DE 16 DE JULHO DE 1997:: Dispõe sobre a organização dos serviços


de telecomunicações, a criação e funcionamento de um órgão regulador e outros aspectos
institucionais, nos termos da Emenda Constitucional nº 8, de 1995.

LEI Nº 10.191, DE 14 DE FEVEREIRO DE 2001: Dispõe sobre a aquisição de


produtos para a implementação de ações de saúde no âmbito do Ministério da Saúde.

LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002: Institui o Código Civil.

156
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011
www.odiferencialconcursos.com.br

LEI No 10.520, DE 17 DE JULHO DE 2002: Institui, no âmbito da União, Estados,


Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá
outras providências.

LEI Nº 12.349, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2010: Altera as Leis nos 8.666, de 21 de


junho de 1993, 8.958, de 20 de dezembro de 1994, e 10.973, de 2 de dezembro de 2004; e
revoga o § 1o do art. 2o da Lei no 11.273, de 6 de fevereiro de 2006.

DECRETO Nº 5.450, DE 31 DE MAIO DE 2005: Regulamenta o pregão, na forma


eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências.

DECRETO Nº 5.504, DE 5 DE AGOSTO DE 2005: Estabelece a exigência de


utilização do pregão, preferencialmente na forma eletrônica, para entes públicos ou privados,
nas contratações de bens e serviços comuns, realizadas em decorrência de transferências
voluntárias de recursos públicos da União, decorrentes de convênios ou instrumentos
congêneres, ou consórcios públicos.

DECRETO Nº 3.555, DE 8 DE AGOSTO DE 2000: Aprova o Regulamento para a


modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns.

DECRETO Nº 3.693, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2000: Dá nova redação a


dispositivos do Regulamento para a modalidade de licitação denominada pregão, para
aquisição de bens e serviços, aprovado pelo Decreto nº 3.555, de 8 de agosto de 2000.

LEI Nº 12.440, DE 7 DE JULHO DE 2011: Acrescenta Título VII-A à Consolidação das


Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, para
instituir a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, e altera a Lei no 8.666, de 21 de junho de
1993.

157
“Não somos responsáveis apenas pelo que fazemos, mas também pelo que deixamos de fazer.”
Ano 2011