Você está na página 1de 2

Fichas de trabalho por domínio

Educação Literária

Ficha 2 · Lenda
Lê o texto e, depois, responde ao questionário. Em caso de necessidade, consulta o
vocabulário apre sentado.

A lenda dos nove irmãos (Uma lenda dos Açores) PNL


A meio do oceano havia um lindo reino com grandes montanhas cobertas de
arvoredo. As mais altas eram tão altas que furavam as nuvens e pareciam tocar o céu.
Nesse país vivia um rei que tinha nove filhos muito amigos uns dos outros. Certo dia o
pai chamou-os e anunciou:
5 – Resolvi dar uma propriedade a cada um, por isso escolham o sítio que preferem.
Todos preferiram lugares situados no cume1 das montanhas, e como se entendiam
bem escolheram sem zangas. Pouco tempo depois despediram-se e partiram, cada um
na intenção de construir uma bela casa. Antes de se separarem, marcaram encontro para
daí a um ano.
10 E o ano passou. Na véspera do dia previsto, demoraram a adormecer, tal era a ânsia2
de reverem os irmãos. A meio da noite, porém, sentiram a terra tremer e ouviram um
ruído pavoroso3. Saíram a correr estremunhados4, para verificarem com assombro5
que país se tinha afundado! Restavam apenas os nove cumes das montanhas, agora
transformados em ilhas.
15 Após o primeiro susto, a mesma ideia atravessou todas as cabeças: começariam
imediatamente a construir barcos. Lançaram-se ao trabalho com a maior energia e não
tardou que se voltassem a reunir. Nada nem ninguém os impediria de se verem e
abraçarem sempre que lhes apetecesse. A terra fragmentara-se6 em ilhas? Pois
viajariam por mar. Quando o mar estivesse revolto e as saudades apertassem,
20 encontrariam maneira de voar.
Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, 2001. Portugal – Histórias e Lendas.
Lisboa: Caminho (p. 86)

1. cume: topo; 2. ânsia: vontade; 3. pavoroso: medonho; 4. estremunhados: assustados; 5. assombro:


espanto; 6. fragmentara-se: dividira-se.

1 Identifica as personagens da lenda.


1.1. Caracteriza a relação entre elas, baseando-te em passagens textuais.

2 Transcreve uma expressão referente ao espaço e outra, ao tempo da ação.


2.1. Explica de que modo essas passagens confirmam tratar-se de uma lenda.
2.2. Apresenta uma outra característica do texto relativa a este género textual.

3 Explica, por palavras tuas, o acontecimento extraordinário que ocorreu.


3.1. De que modo esse acontecimento afetou os planos dos irmãos?
3.2. Refere a solução que eles encontraram para resolver esse problema.
Fichas de trabalho por domínio

Ficha 2 · Lenda (p. 271)


1. As personagens desta história são o rei e os seus nove filhos.
1.1. Os irmãos eram muito amigos e unidos (“nove filhos muito amigos uns dos outros”, l. 3; “e como se
entendiam bem escolheram sem zangas.”, ll. 6-7). O pai era justo, uma vez que tratava os filhos da
mesma maneira (“Resolvi dar uma propriedade a cada um, por isso escolham o sítio que preferem”, l.
5).
2. Espaço: “A meio do oceano”, l. 1; Tempo: “Certo dia”, l. 3.
2.1. As passagens apresentam referências espaciais e temporais indefinidas.
2.2. O facto de se apresentar um acontecimento fantástico (“o país se tinha afundado”, l. 13), a ação é
simples e existem poucas personagens.
3. Durante a noite, a terra tremeu e o reino afundou-se, restando apenas os nove cumes das
montanhas.
3.1. Esse acontecimento afetou os planos dos irmãos, porque eles queriam encontrar-se, mas como
o reino se havia afundado, tal não era possível.
3.2. Os irmãos decidiram construir barcos para se deslocarem por mar.

EUG5 © Porto Editora

Você também pode gostar