Você está na página 1de 20

EXERCÍCIOS DE FÍSICA - Professor Fabio Teixeira

ELETRODINÂMICA (LISTA 2)
a leitura do amperímetro A, em amperes,
CIRCUITOS, GERADORES E RECEPTORES considerando que a bateria fornece 120 V e
tem resistência interna desprezível.
1. (Unesp 2007) Como conseqüência do
rápido desenvolvimento da tecnologia
eletrônica, hoje é possível realizar
experimentos nas diversas áreas da ciência
utilizando amostras com dimensões da ordem
de nm (1 nm = 10ª m). Novas perspectivas
foram introduzidas e vêm sendo exploradas,
como as investigações sobre propriedades
elétricas de macromoléculas e cadeias
poliméricas, como as proteínas. Diante dessa
possibilidade, um pesquisador verificou com
sucesso a sua hipótese de que uma
determinada proteína, esticada, satisfazia à lei
de Ohm. Depois de medidas sistemáticas da 5. (Puc-rio 2007) Quando as resistências R e
resistência elétrica, ele concluiu que o seu R‚ são colocadas em série, elas possuem uma
valor é R. Prosseguindo na investigação, partiu resistência equivalente de 6 ². Quando R e
essa cadeia em dois pedaços, ligando-os em R‚ são colocadas em paralelo, a resistência
paralelo, e a medida da resistência efetiva foi equivalente cai para 4/3 ². Os valores das
de 3R/16. Considerando que o pedaço de resistências R e R‚ , respectivamente, são:
menor comprimento tenha resistência R e o a) 5 ² e 1 ² b) 3 ² e 3 ² c) 4 ² e 2 ²
de comprimento maior, resistência R‚, calcule d) 6 ² e 0 ² e) 0 ² e 6 ²
esses valores expressos em termos de R.
6. (Fgv 2007) O circuito elétrico representado
2. (Unesp 2007) Um indivíduo deseja fazer foi construído a partir de resistores de mesma
com que o aquecedor elétrico central de sua resistência elétrica R.
residência aqueça a água do reservatório no
menor tempo possível. O aquecedor possui
um resistor com resistência R. Contudo, ele
possui mais dois resistores exatamente iguais
ao instalado no aquecedor e que podem ser
utilizados para esse fim. Para que consiga seu
objetivo, tomando todas as precauções para
evitar acidentes, e considerando que as
resistências não variem com a temperatura,
ele deve utilizar o circuito

Supondo o gerador E ideal, a corrente elétrica


total, i, fornecida ao circuito, é
a) i = 0 B) i = (4E)/R c) i = 4RE
d) i = E/(8R) e) i = (2R)/E
7. (Pucsp 2007) A figura a seguir representa
um circuito elétrico no qual há
- um gerador (G) ideal, de força eletromotriz
3. (Uerj 2007) Um circuito elétrico é composto 48 V
de uma bateria B de 12 V que alimenta três - um resistor R‚, de resistência elétrica 6²
resistores - X, Y e Z -, conforme ilustra a figura - um resistor Rƒ, de resistência elétrica 8²
a seguir. - um resistor R„ e um resistor R ambos com
mesmo valor de resistência.
Se a diferença de potencial entre os pontos A
e B é igual a 24 V, a resistência do resistor R é
dada, em ohms, por um número

Considerando que os resistores têm a mesma


resistência R, calcule a ddp entre os terminais
do resistor Z. a) menor do que 3. b) entre 3 e 6.
c) entre 6 e 9. d) entre 9 e 12.
4. (Ufpe 2007) No circuito a seguir, determine e) maior do que 12.
8. (Ufrs 2005) No circuito elétrico (FERRO DE PASSAR: Tensão: 110 V; Potência:
representado na figura a seguir, a fonte de 1400 W
tensão é uma fonte ideal que está sendo MICROONDAS: Tensão: 110 V; Potência: 920 W
percorrida por uma corrente elétrica contínua Disjuntor ou fusível: dispositivo que
de 1,0 A. interrompe o circuito quando a corrente
ultrapassa o limite especificado.)
a) 10 A b) 15 A c)
20 A
d) 25 A e) 30 A
11. (Ufc 2007) Considere o circuito mostrado
na figura a seguir.

Quanto valem, respectivamente, a força


eletromotriz ” da fonte e a corrente elétrica i
indicadas na figura?
a) 2,0 V e 0,2 A. b) 2,0V e 0,5 A.
c) 2,5 V e 0,3 A. d) 2,5 V e 0,5 A.
e) 10,0 V e 0,2 A.
9. (Ufpe 2007) No circuito da figura, a corrente
através do amperímetro é igual a 3,5 A, Assinale a alternativa que contém,
quando a chave S está aberta. Desprezando respectivamente, os valores da resistência R e
as resistências internas do amperímetro e da da diferença de potencial entre os pontos a e
bateria, calcule a corrente no amperímetro, b, sabendo que a potência dissipada no
em amperes, quando a chave estiver fechada. resistor de 5² é igual a 45W.
a) 1 ² e 5 V. b) 5 ² e 15 V. c) 10 ² e 15 V.
d) 10 ² e 30 V. e) 15 ² e 45 V.
12. (Uerj 2007) Considere a associação de três
resistores: A, B, e C. Suas respectivas
resistências são RÛ, R½, e RÝ, e RÛ > R½ >
RÝ.
O esquema que apresenta a maior resistência
entre os pontos P e M está indicado em:

a) 3,5 b) 4,0 c) 6,0 d) 7,5 e) 8,0


10. (Fuvest 2007) Na cozinha de uma casa,
ligada à rede elétrica de 110 V, há duas
tomadas A e B. Deseja-se utilizar,
simultaneamente, um forno de microondas e
um ferro de passar, com as características
indicadas. Para que isso seja possível, é
necessário que o disjuntor (D) dessa
instalação elétrica, seja de, no mínimo,

13. (Pucsp 2006) A figura representa um


reostato de pontos que consiste em uma
associação de resistores em que ligações
podem ser feitas nos pontos indicados pelos
números 1 a 6. Na situação indicada, o
resistor de 2² é percorrido por uma corrente
elétrica de 5 A quando nele se aplica uma
diferença de potencial U entre os terminais A
e B. Mantendo-se a diferença de potencial U, a
máxima resistência elétrica do reostato e a
intensidade de corrente no resistor de 2²
quando a chave Ch é ligada ao ponto 6 são,
respectivamente, iguais a
16. (Ufms 2006) As quatro lâmpadas
idênticas, representadas na figura, acendem
quando os extremos A e B do circuito são
ligados a uma fonte de tensão constante.
Queimada a lâmpada 3, é correto afirmar

a) 10 ²; 3 A b) 6 ²; 5 A c) 30 ²; 5 A
d) 30 ²; 1 A e) 6 ²; 1 A
14. (Fatec 2006) No circuito esquematizado a
seguir, o amperímetro ideal A indica 400mA.
O voltímetro V, também ideal, indica, em V,
a) as lâmpadas 1, 2 e 4 tornam-se mais
brilhantes.
b) as lâmpadas 1, 2 e 4 permanecem com o
mesmo brilho.
c) as lâmpadas ficam com brilhos desiguais
sendo que a 1 é a mais brilhante.
d) as lâmpadas 1 e 4 irão brilhar menos e a
lâmpada 2 irá brilhar mais do que quando a
lâmpada 3 não está queimada.
e) ficam com intensidades desiguais sendo
que a 1 torna-se mais brilhante do que
quando a lâmpada 3 não está queimada.
17. (Pucmg 2006) Cada uma das opções a
seguir apresenta um conjunto de valores para
a força eletromotriz e para as intensidades de
corrente i e i‚. Assinale a opção que fornece
corretamente os valores de ”, i e i‚ para o
circuito a seguir:
a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 10
15. (Ufpel 2006) O circuito elétrico
esquematizado representa quatro resistores
de resistências elétricas iguais ligados a um
gerador. A corrente elétrica que passa pelo
resistor R„ vale i.

a) ” = 8,0 V; i = 2,0 A; i‚ = 1,0 A


b) ” = 6,0 V; i = 1,5 A; i‚ = 2,0 A
Baseado em seus conhecimentos é correto c) ” = 4,0 V; i = 0,5 A; i‚ = 1,0 A
afirmar que o resistor onde há maior d) ” = 2,0 V; i = 0,5 A; i‚ = 0,1 A
dissipação de energia por unidade de tempo e
os valores da corrente elétrica que passa nos
resistores R e R‚ são, respectivamente
a) R, 3i e 2i. b) R‚, 3i/2 e i/2. c)
Rƒ, 2i e 2i.
d) R‚, i e i/2. e) R, 2i e i.
18. (Pucrs 2006) Um eletricista tem uma corrente fornecida pela bateria é igual a 7,5 A.
tarefa para resolver: precisa instalar três Calcule o valor da resistência X, em ohms.
lâmpadas, cujas especificações são 60W e
110V, em uma residência onde a tensão é
220V.
A figura a seguir representa os três esquemas
considerados por ele.

22. (Ufpe 2006) Uma bateria, de força


eletromotriz ” desconhecida e resistência
interna desprezível, é ligada ao resistor R e a
corrente medida no amperímetro é 3,0 A. Se
um outro resistor de 10 ohms for colocado em
série com R, a corrente passa a ser 2,0 A. Qual
o valor de ”, em volts?

Analisando os elementos da figura, é correto


concluir que, no esquema
a) 1, todas as lâmpadas queimarão.
b) 2, duas lâmpadas queimarão, e a outra terá 23. (Ufpe 2006) No circuito a seguir qual o
seu brilho diminuído. valor da força eletromotriz ”, em volts, se a
c) 3, todas as lâmpadas terão seu brilho corrente fornecida pela bateria for igual a 9,0
diminuído. A? Considere desprezível a resistência interna
d) 1, só uma das lâmpadas queimará, e as da bateria.
outras não acenderão.
e) 2, duas lâmpadas exibirão brilho normal.

19. (Ufrs 2006)

24. (Ufpe 2006) No circuito a seguir R³ = 17,3


ohms. Qual deve ser o valor de R, em ohms,
para que a resistência equivalente entre os
terminais A e B seja igual a R³?

Quanto vale a corrente elétrica i, indicada no


circuito, quando a chave C está fechada?
a) V/(3R).
b) V/(2R).
c) V/R.
d) 2V/R.
e) 3V/R.
TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.
(Ufrs 2006) A figura a seguir representa um
circuito elétrico com três resistores idênticos,
de resistência R, ligados a uma fonte ideal de
força eletromotriz V.
(Considere desprezível a resistência elétrica
dos fios de ligação.)
20.

Quanto vale a corrente elétrica i, indicada no


circuito, quando a chave C está aberta?
a) V/(3R). b) V/(2R). c) V/R.
d) 2V/R. e) 3V/R.
21. No circuito a seguir, R = R‚ = 2 ohms e a
25. (Puc-rio 2006) Três tipos de circuitos 27. (Ufmg 2006) Aninha ligou três lâmpadas
idênticas à rede elétrica de sua casa, como
elétricos diferentes podem ser montados com mostrado nesta figura:
uma bateria e três lâmpadas idênticas. Em
uma primeira montagem, ao se queimar uma
das lâmpadas, as outras duas permanecerão
acesas. Em uma segunda montagem, ao se
queimar uma das lâmpadas, as outras duas
apagarão. Em uma terceira montagem, ao se
queimarem duas lâmpadas, a terceira
permanecerá acesa. Qual das hipóteses
abaixo é verdadeira?
a) Todas as lâmpadas da primeira montagem
estão em série e todas as da terceira
montagem estão em paralelo com a bateria.
b) Todas as lâmpadas da segunda montagem
estão em paralelo e todas as da terceira Seja V(P) a diferença de potencial e i(P) a
montagem estão em série com a bateria. corrente na lâmpada P. Na lâmpada Q, essas
c) Todas as lâmpadas da primeira montagem grandezas são, respectivamente, V(Q) e i(Q).
estão em série e todas as da segunda
montagem estão em paralelo com a bateria. Considerando-se essas informações, é
d) Todas as lâmpadas da segunda montagem CORRETO afirmar que
estão em série e todas as da terceira a) V(P) < V(Q) e i(P) > i(Q).
montagem estão em paralelo com a bateria. b) V(P) > V(Q) e i(P) > i(Q).
e) Todas as lâmpadas da primeira montagem c) V(P) < V(Q) e i(P) = i(Q).
estão em paralelo e todas as da terceira d) V(P) > V(Q) e i(P) = i(Q).
montagem estão em série com a bateria.
28. (Unesp 2006) Um estudante utiliza-se das
26. (Ufsc 2006) No circuito mostrado na figura medidas de um voltímetro V e de um
a seguir, A é um amperímetro e I e I‚ são amperímetro A para calcular a resistência
interruptores do circuito. Suponha que os elétrica de um resistor e a potência dissipada
interruptores estejam fechados e que ” = 2 V, nele. As medidas de corrente e voltagem
” = 5 V, R = 3 ², R = 9 ², r = 2 ², r‚ = 1 ². foram realizadas utilizando o circuito da
figura.

O amperímetro indicou 3 mA e o voltímetro 10


V. Cuidadoso, ele lembrou-se de que o
voltímetro não é ideal e que é preciso
considerar o valor da resistência interna do
medidor para se calcular o valor da resistência
Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). R. Se a especificação para a resistência
(01) A diferença de potencial entre A e B é interna do aparelho é 10 k², calcule
maior que o valor da força eletromotriz ”. a) o valor da resistência R obtida pelo
(02) A diferença de potencial entre C e B é estudante.
maior que o valor da força eletromotriz ”. b) a potência dissipada no resistor.
(04) A diferença de potencial entre D e E é
igual à diferença de potencial entre F e E. 29. (Pucsp 2006) No lustre da sala de uma
(08) O amperímetro A registra a mesma residência, cuja tensão de entrada é de 110 V,
corrente, esteja com o interruptor I‚ aberto ou estão colocadas duas lâmpadas "queimadas"
fechado. de potência nominal igual a 200 W cada,
(16) Abrindo-se o interruptor I, a diferença de fabricadas para funcionarem ligadas à rede de
potencial entre A e B é igual ao valor da força 220 V. Para substituir as "queimadas" por uma
eletromotriz ”‚. única, que ilumine o ambiente da mesma
forma que as duas lâmpadas anteriores
iluminavam, será preciso que a especificação
desta nova lâmpada seja de
a) 400 W - 110 V b) 200 W - 110 V
c) 200 W - 220 V d) 100 W - 110 V
e) 100 W - 220 V
30. (Unesp 2006) Um estudante adquiriu um
aparelho cuja especificação para o potencial
de funcionamento é pouco usual. Assim, para
ligar o aparelho, ele foi obrigado a construir e
utilizar o circuito constituído de dois
resistores, com resistências X e R, como
apresentado na figura.
Em seguida, fez evoluir seu fractal,
substituindo cada resistor por uma célula
idêntica à original. Prosseguiu a evolução até
atingir a configuração dada na figura 2.

Considere que a corrente que passa pelo


aparelho seja muito pequena e possa ser
descartada na solução do problema. Se a
tensão especificada no aparelho é a décima
parte da tensão da rede, então a resistência X
deve ser
a) 6 R. b) 8 R. c) 9 R.
d) 11 R. e) 12 R.
31. (Uerj 2006) O gráfico a seguir apresenta
os valores das tensões e das correntes
elétricas estabelecidas em um circuito
constituído por um gerador de tensão
contínua e três resistores - R, R‚ e Rƒ.
O resistor equivalente a esse arranjo tem
valor
a) 3,375 × R. b) 3,250 × R.
c) 3,125 × R. d) 3,000 × R.
e) 2, 875 × R.
34. (Ufg 2006) No circuito representado na
figura a seguir, a força eletromotriz é de 6V e
todos os resistores são de 1,0 ²

Quando os três resistores são ligados em


série, e essa associação é submetida a uma
tensão constante de 350 V, a potência
dissipada pelos resistores, em watts, é igual a:
a) 700 b) 525 c) 350 d) 175
32. (Fgv 2006) Neste circuito, quando a chave
está na posição 1, o motor (M) não está sendo
'alimentado' e a lâmpada (L) permanece
acesa. Quando a chave é posicionada em 2, a
lâmpada (L‚) indica o funcionamento do motor.

As correntes i e i‚ são, respectivamente,


a) 0,75 A e 1,5 A b) 1,5 A e 3,0 A
c) 3,0 A e 1,5 A d) 3,0 A e 6,0 A
e) 6,0 A e 3,0 A
35. (Pucsp 2005) Deseja-se projetar um
circuito elétrico no qual uma lâmpada L (6V -
3W) funcione de acordo com as suas
especificações. Para isso, dispõe-se de uma
fonte de tensão de resistência interna
Dados: desprezível e de força eletromotriz E=9V, e de
E = 10,0 V dois resistores idênticos de resistência R=12².
E' = 8,0 V Qual das alternativas seguintes representa
r = 0,5 ² adequadamente esse circuito?
r‚ = 7,5 ²
L = 2,0 ²
L‚ = 2,0 ²
Sendo r a resistência interna do gerador (E) e
r‚ a do motor elétrico (M), as indicações dos
amperímetros A e A‚ quando a chave ch é
ligada em 1 e em 2, respectivamente, são
a) 2,0 A e 0,5 A. b) 2,0 A e 0,4 A.
c) 4,0 A e 0,5 A. d) 4,0 A e 0,2 A.
e) 5,0 A e 0,8 A.
33. (Fgv 2006) Após ter lido um artigo sobre a
geometria e formação de fractais, um técnico
de rádio e TV decidiu aplicar a teoria a
associações com resistores de mesmo valor R.
Para iniciar seu fractal, determinou que a
primeira célula seria a desenhada na figura 1.
circuito que está submetido à diferença de
36. (Ufms 2005) Na associação a seguir, cada potencial V e por onde flui a corrente I.
resistor tem uma resistência R. É correto Com base no exposto, atenda às solicitações
afirmar que seguintes.
a) Na figura 2, está representada a montagem
incompleta que a professora fez do circuito.
Complete tal montagem inserindo
corretamente o amperímetro e o voltímetro.
Para isso, represente nessa figura o
amperímetro por A e o voltímetro por V .
Justifique por que você os inseriu nos
respectivos locais que escolheu para tal.
b) A partir dos dados da figura 1, trace o
gráfico V(V) × I(A) no sistema cartesiano
(figura 3).

(01) a resistência equivalente entre A e B é R.


(02) a resistência equivalente entre A e C é
7R/8.
(04) a resistência equivalente entre A e D é R.
(08) a resistência equivalente entre B e C é
R/2.
(16) a resistência equivalente entre B e D é R.
Soma ( )
37. (Ufms 2005) No circuito a seguir o
capacitor de capacitância 100mF está
totalmente carregado.

É correto afirmar que


(01) a diferença de potencial entre X e Y é
nula.
(02) a intensidade de corrente pelo resistor de
7² é nula.
(04) a intensidade de corrente pelo resistor de
5² é 1A.
(08) a intensidade de corrente pelo resistor de
1² é 2A.
(16) a carga elétrica armazenada no capacitor
de 100mF é 100mC.
Soma ( )
38. (Ufrn 2005) Numa das aulas de laboratório
de Física, Zelita pôde aprofundar seus
conhecimentos práticos de eletricidade, em
particular aqueles envolvendo a lei de Ohm.
Nessa aula, foram disponibilizados para ela os
seguintes componentes elétricos: uma fonte
de corrente, uma lâmpada de filamento
montada em um soquete, fios elétricos, um
amperímetro e um voltímetro.
A professora pediu que Zelita determinasse o
valor da corrente elétrica que passa pela
lâmpada e a diferença de potencial na
lâmpada. Para isso, a professora fez uma
montagem incompleta de um circuito e
solicitou que Zelita conectasse corretamente o
amperímetro e o voltímetro, de modo que eles
pudessem registrar a corrente e a diferença
de potencial na lâmpada. Após Zelita
completar a montagem correta do circuito, ela
fez a corrente da fonte variar entre 1,0 A e 4,0
A e registrou, para a corrente (I) e para a
correspondente diferença de potencial (V) na
lâmpada, os valores da figura 1
É dada também a expressão: V = R× I, em
que R é a resistência elétrica no trecho de
c) Analise o gráfico e explique-o usando os 41. (Puc-rio 2005) Cinco resistores idênticos,
conceitos de resistor ôhmico e não-ôhmico. de resistência R=100², estão colocados como
na figura, ligados por condutores aos pontos
A, B, C e D. Uma tensão de 120 V é aplicada
nos terminais A e B.

a) Calcule a diferença de tensão entre os


pontos C e D.
b) Calcule a diferença de tensão entre os
39. (Pucpr 2005) Considere o circuito elétrico: pontos A e C. Calcule a corrente no resistor
que conecta A e C.
c) Calcule a corrente total que passa entre A e
B.
42. (Unesp 2005) Uma luminária, com vários
bocais para conexão de lâmpadas, possui um
fusível de 5 A para proteção da rede elétrica
alimentada com uma tensão de 110 V, como
ilustrado na figura.

O valor da corrente do circuito é de:


a) 6,0 A b) 12 A c)
10 A
d) 1,0 A e) 1,2 A
40. (Pucrs 2005) Considere a figura a seguir,
que representa um circuito elétrico com
gerador de corrente contínua.

Calcule
a) a potência máxima que pode ser dissipada
na luminária.
b) o número máximo de lâmpadas de 150 W
que podem ser conectadas na luminária.
43. (Unesp 2005) Um circuito com 3 resistores
iguais é submetido a uma diferença de
potencial V entre os pontos A e C, conforme
mostra a figura.
As diferenças de potencial elétrico, em volts,
em cada um dos resistores R, R‚ e Rƒ com a
chave S aberta, e depois fechada, serão,
respectivamente, de
a) 2,0 ; 4,0 ; 6,0 e 2,0 ; 4,0 ; zero
b) 2,0 ; 4,0 ; 6,0 e 4,0 ; 8,0 ; zero
c) 2,0 ; 4,0 ; 6,0 e 6,0 ; 4,0 ; 2,0
d) 6,0 ; 4,0 ; 2,0 e 4,0 ; 6,0 ; 2,0
e) 6,0 ; 4,0 ; 2,0 e 8,0 ; 4,0 ; zero

A diferença de potencial que se estabelece


entre os pontos A e B é
a) V/4 b) V/3 c) V/2 d) 2/3 V e)
3/2 V
44. (Fgv 2005) Analise o circuito. 46. Quatro pilhas de 1,5 V cada são ligadas
em série para alimentar o funcionamento de 1
lâmpada de dados nominais 12 V-9 W. Nessas
condições, a potência da lâmpada em
funcionamento será, em watts, igual a
a) 8,0 b) 6,25 c) 6,0
d) 4,5 e) 2,25
47. (Ufsc 2005) No circuito mostrado, todas as
lâmpadas são iguais. R, R‚ e Rƒ são três
resistores. A bateria representada tem
resistência elétrica desprezível. Suponha que
o interruptor I esteja aberto.
Sabendo que o brilho de uma lâmpada
depende da intensidade da corrente elétrica
que passa por ela, assinale a(s)
A resistência elétrica do reostato R para que proposição(ões) CORRETA(S).
os voltímetros V e V‚ indiquem a mesma
diferença de potencial é, em
a) 4. b) 5. c) 8. d) 10. e) 20.
TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.
(Puccamp 2005) Nos circuitos de corrente
contínua, constituídos por baterias, resistores
e capacitores, diversamente combinados, os
valores de tensão e corrente elétricas nos
ramos podem ser calculados de acordo com
as Regras de Kirchhoff:
- Quando se percorre uma malha fechada de
um circuito, as variações de potencial têm
uma soma algébrica que é igual a zero.
- Em qualquer nó do circuito, onde a corrente
se divide, a soma das correntes que fluem
para o nó é igual à soma das correntes que
saem do nó.
(Adaptado de Paul Tipler. "Física". v. 3. (01) Ao fechar o interruptor I, o brilho de
Rio de Janeiro: LTC. p. 145) L„ não permanece o mesmo.
(02) L‚ e Lƒ têm o mesmo brilho.
45. Um circuito e constituido por um gerador (04) L tem o mesmo brilho de L†.
(E, r), e dois resistores R = 10 ² e R‚ = 15 ², (08) L brilha mais do que L‚ e esta, mais do
conforme esquema. que Lƒ.
48. (Ufrrj 2005) Um conjunto de 3 resistores,
uma lâmpada e uma bateria. Veja a figura
destes elementos:

Sabendo que a intensidade i da corrente em R


vale 0,60 A, as correntes no gerador e no
resistor R‚ têm intensidades, em amperes,
respectivamente de
a) 0,80 e 0,20 b) 1,0 e 0,40
c) 1,2 e 0,60 d) 1,6 e 1,0
e) 2,0 e 1,4
a) Represente o circuito que produz a maior
corrente possível com o uso de todos os
elementos citados.
b) Com o mesmo circuito, calcule a potência
dissipada na lâmpada durante 5 minutos de
uso.
49. (Ufrj 2005) O fornecimento de energia
elétrica, em corrente contínua, a um conjunto
de 4 lâmpadas iguais, de 100W-100V, é feito
por intermédio de três linhas, como ilustra o
esquema a seguir:

Nessa cozinha, há duas lâmpadas L, uma


geladeira G e um forno elétrico F. Considere
que a diferença de potencial na rede elétrica é
constante. Inicialmente, apenas as lâmpadas
e o forno estão em funcionamento. Nessa
situação, as correntes elétricas nos pontos A e
B, indicados na figura, são, respectivamente,
iÛ e i½. Em um certo instante, a geladeira
entra em funcionamento.
Considerando-se essa nova situação, é
CORRETO afirmar que
A linha 1 tem potencial de +100V; a linha 2, o a) iÛ e i½ se alteram. b) apenas iÛ se
neutro, tem potencial nulo, por estar ligada à altera.
Terra; a linha 3 tem potencial de -100V. c) iÛ e i½ não se alteram. d) apenas i½ se
Calcule a intensidade da corrente que circula altera.
em cada uma das linhas, quando todas as
lâmpadas estão ligadas e funcionando.
54. (Ufg 2005) No circuito a seguir, a fonte de
50. (Ufrj 2005) Você dispõe de uma bateria tensão U, o voltímetro V e o amperímetro A
que fornece uma ddp constante de 12 volts, são ideais.
dois resistores de resistências R = 2,0 ohms e Variando os valores da tensão na fonte e
R‚ = 4,0 ohms, e fios de ligação supostamente medindo a diferença de potencial no
ideais. voltímetro e a corrente no amperímetro,
a) Faça um esquema do circuito que fará construiu-se o gráfico a seguir.
funcionar os dois resistores em série,
alimentados pela bateria. Utilize no esquema
do circuito somente os seguintes símbolos
usuais:

b) Calcule a intensidade de corrente que


percorre cada um dos resistores.
51. (Ufpe 2005) Numa montagem com 5
resistores iguais e ligados em paralelo, a
diferença de potencial e a corrente elétrica em
um dos resistores valem 12 V e 0,05 A, Calcule a resistência equivalente do circuito.
respectivamente. Calcule, a resistência
elétrica equivalente da montagem, em ohms. 55. (Uff 2005) As extremidades de dois
cilindros condutores idênticos, de resistência
52. (Ufpe 2005) Determine o valor do resistor R e comprimento L = 5,0 cm, estão ligadas,
R, em ohms, para que a corrente no circuito a por fios de resistência desprezível, aos
seguir seja de 0,5 A. terminais de uma fonte de força eletromotriz ”
= 12 V e resistência interna r = 0,50 ²,
conforme mostra o esquema a seguir. Em um
dos ramos está ligado um amperímetro ideal
A.

a) 9 b) 7 c) 5 d) 3 e) 1
53. (Ufmg 2005) O circuito da rede elétrica de
uma cozinha está representado,
esquematicamente, nesta figura:

Sabendo que o amperímetro fornece uma


leitura igual a 2,0 A, determine:
a) a diferença de potencial elétrico entre os 58.
pontos P e Q, identificados na figura
b) a resistência elétrica R do cilindro
c) o campo elétrico E, suposto constante, no
interior de um dos cilindros, em N/C
56. (Uff 2005) Os aparelhos elétricos
possuem, normalmente, um fusível de
proteção que queima, impedindo a passagem
de correntes elétricas superiores àquela
permitida. Deseja-se ligar uma lâmpada a
uma bateria e, ao mesmo tempo, monitorar a
corrente no circuito por meio de um
amperímetro A, verificar a ddp fornecida pela
bateria por meio de um voltímetro V e colocar
um fusível F de proteção.
A opção que apresenta a maneira correta de
se ligarem todos os componentes do circuito,
de modo que a lâmpada acenda, é:
Durante a eletroforese, a velocidade de
migração dos fragmentos F, F‚ e Fƒ obedecerá
à seguinte ordem:
a) VF < VFƒ < VF‚ b) VF‚ < VF < VFƒ
c) VFƒ < VF < VF‚ d) VFƒ < VF‚ < VF

57. (Uff 2005) A figura a seguir mostra o


esquema elétrico de um dos circuitos da
cozinha de uma casa, no qual está ligada uma
geladeira, de potência especificada na própria
figura. Em cada uma das tomadas I e II pode
ser ligado apenas um eletrodoméstico de cada
vez. Os eletrodomésticos que podem ser
usados são: um microondas (120 V - 900 W),
um liqüidificador (120 V - 200 W), uma
cafeteira (120 V - 600 W) e uma torradeira
(120 V - 850 W).

Quanto maior a corrente elétrica suportada


por um fio, maior é seu preço. O fio, que
representa a escolha mais econômica possível
para este circuito, deverá suportar, dentre as
opções a seguir, uma corrente de:
a) 5 A b) 10 A c) 15 A
d) 20 A e) 25 A
TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.
(Uerj 2005) Um procedimento comum em
engenharia genética consiste em cortar uma
molécula de DNA com enzimas de restrição.
Os fragmentos assim formados podem ser
separados por eletroforese em suporte de gel
com poros apropriados, embebido em solução
salina de pH igual a 8,6. Nessa técnica, uma
corrente elétrica passa através do gel,
fazendo com que os fragmentos de DNA
migrem, através desses poros, para o pólo
positivo.
Considere três fragmentos de DNA, F, F‚ e Fƒ,
cujas velocidades de migração são
identificadas como VF, VF‚ e VFƒ e cujos pesos
moleculares são respectivamente iguais a 2 ×
10ª, 1 × 10§ e 1 × 10¨.
Observe os gráficos, que indicam as variações
da velocidade de migração dos fragmentos
em função da intensidade da corrente e do
tamanho das moléculas.
59. 62. (Unesp 2004) Dois resistores, um de
resistência 6,0 ² e outro de resistência R,
estão ligados a uma bateria de 12 V e
resistência interna desprezível, como mostra a
figura.

O esquema mostrado representa o circuito Sabendo que a potência total dissipada no


elétrico de corrente contínua a ser utilizado circuito é 6,0 W, determine
para a separação dos fragmentos de DNA. a) a corrente i que percorre o circuito.
A tabela relaciona as características físicas de b) o valor da resistência R.
quatro condutores cilíndricos, em ordem
decrescente de resistividade, que podem ser 63. (Unesp 2004) Dois resistores, um de
empregados como resistores nesse circuito resistência 5,0 ² e outro de resistência R,
elétrico. estão ligados a uma bateria de 6,0 V e
O condutor que deve ser colocado na posição resistência interna desprezível, como mostra a
R para proporcionar as maiores velocidades figura.
de migração desses fragmentos de DNA é o
de número:
a) 1 b) 2 c) 3 d) 4
60. (Pucpr 2005) No circuito esquematizado
na figura, o voltímetro e o amperímetro são
ideais. O amperímetro indica uma corrente de
2,0 A.

Sabendo que a potência total dissipada no


circuito é 12W, determine
a) a corrente i que passa pela bateria.
b) o valor da resistência R.
64. (Unesp 2004) A figura representa uma
associação de três resistores, todos de mesma
resistência R.

Analise as afirmativas seguintes:


I. A indicação no voltímetro é de 12,0 V.
II. No resistor de 2,0 ² a tensão é de 9,0 V.
III. A potência dissipada no resistor de 6,0 ² é Se aplicarmos uma tensão de 6 volts entre os
de 6,0 W. pontos A e C, a tensão a que ficará submetido
o resistor ligado entre B e C será igual a
Está correta ou estão corretas: a) 1 volt. b) 2 volts. c) 3 volts.
a) somente I e III b) todas d) 4 volts. e) 5 volts.
c) somente I d) somente I e II
e) somente II e III 65. (Fuvest 2004) Um sistema de alimentação
de energia de um resistor R = 20 ² é formado
61. (Unifesp 2004) Por falta de tomadas extras por duas baterias, B e B‚, interligadas através
em seu quarto, um jovem utiliza um benjamin de fios, com as chaves Ch1 e Ch2, como
(multiplicador de tomadas) com o qual, ao representado na figura 1. A bateria B fornece
invés de um aparelho, ele poderá conectar à energia ao resistor, enquanto a bateria B‚ tem
rede elétrica três aparelhos simultaneamente. a função de recarregar a bateria B.
Ao se conectar o primeiro aparelho, com Inicialmente, com a chave Ch1 fechada (e Ch2
resistência elétrica R, sabe-se que a corrente aberta), a bateria B fornece corrente ao
na rede é I. Ao se conectarem os outros dois resistor durante 100 s. Em seguida, para repor
aparelhos, que possuem resistências R/2 e toda a energia química que a bateria B
R/4, respectivamente, e considerando perdeu, a chave Ch2 fica fechada (e Ch1
constante a tensão da rede elétrica, a aberta), durante um intervalo de tempo T. Em
corrente total passará a ser relação a essa operação, determine:
a) 17 I /12. b) 3 I. c) 7 I. d) 9 I. e) 11 I.
68. (Unifesp 2003) Um rapaz montou um
pequeno circuito utilizando quatro lâmpadas
idênticas, de dados nominais 5W-12V, duas
baterias de 12V e pedaços de fios sem capa
ou verniz. As resistências internas das
baterias e dos fios de ligação são
desprezíveis. Num descuido, com o circuito
ligado e as quatro lâmpadas acesas, o rapaz
derrubou um pedaço de fio condutor sobre o
circuito entre as lâmpadas indicadas com os
números 3 e 4 e o fio de ligação das baterias,
conforme mostra a figura.

a) O valor da corrente I, em amperes, que


percorre o resistor R, durante o tempo em que
a chave Ch1 permanece fechada.
b) A carga Q, em C, fornecida pela bateria B,
durante o tempo em que a chave Ch1
permanece fechada.
c) O intervalo de tempo T, em s, em que a
chave Ch2 permanece fechada.
NOTE E ADOTE:
As baterias podem ser representadas pelos
modelos da figura 2, com
fem1 = 12 V e r = 2² e
fem2 = 36 V e r‚ = 4²
66. (Ufscar 2003) Na associação da figura, L,
L‚ e Lƒ são lâmpadas idênticas de valores
nominais 5,0 W; 12 V. A fonte de tensão O que o rapaz observou, a partir desse
contínua tem valores nominais 20 W; 12 V. momento, foi
a) as quatro lâmpadas se apagarem devido ao
curto-circuito provocado pelo fio.
b) as lâmpadas 3 e 4 se apagarem, sem
qualquer alteração no brilho das lâmpadas 1 e
2.
c) as lâmpadas 3 e 4 se apagarem e as
lâmpadas 1 e 2 brilharem mais intensamente.
d) as quatro lâmpadas permanecerem acesas
e as lâmpadas 3 e 4 brilharem mais
intensamente.
e) as quatro lâmpadas permanecerem acesas,
sem qualquer alteração em seus brilhos.
69. (Ufu 2006) O circuito elétrico (fig. 1) é
utilizado para a determinação da resistência
interna r e da
força eletromotriz ” do gerador. Um resistor
variável R (também conhecido como reostato)
pode assumir diferentes valores, fazendo com
Ao ligar a chave C, observa-se que que a corrente elétrica no circuito também
a) todas as lâmpadas brilham com a mesma assuma valores diferentes para cada valor
intensidade. escolhido de R.
b) L‚ e Lƒ têm o mesmo brilho, menos intenso Ao variar os valores de R, foram obtidas
do que o brilho de L. leituras no voltímetro V e no amperímetro A,
c) L‚ e Lƒ têm o mesmo brilho, mais intenso do ambos ideais, resultando no gráfico (fig. 2).
que o brilho de L.
d) L, L‚ e Lƒ têm brilhos de intensidades
decrescentes, nessa ordem.
e) L, L‚ e Lƒ têm brilhos de intensidades
crescentes, nessa ordem.
67. (Unesp 2003) Dentro de uma caixa com
terminais A e B, existe uma associação de
resistores. A corrente que atravessa a caixa
em função da tensão aplicada nos terminais A
e B é dada pela tabela.
A caixa poderia conter

Com base nessas informações, assinale a


alternativa que corresponde aos valores
corretos, respectivamente, da resistência
interna e da força eletromotriz do gerador.
a) 2 ² e 7 V. b) 1 ² e 4 V. c) 3 ² e 12 V.
d) 4 ² e 8 V.
70. (Ufms 2006) Uma bateria B, de força determinar essa resistência, um voltímetro foi
eletromotriz E = 12 V e resistência interna r ligado aos dois pólos da bateria, obtendo-se
desconhecida, é conectada a um circuito V³ = ” (situação I). Em seguida, os terminais
elétrico, conforme a figura a seguir, que da bateria foram conectados a uma lâmpada.
contém um resistor de resistência R = 3,5 ² e Nessas condições, a lâmpada tem resistência
uma chave S. Com o resistor R imerso em 240 R = 4 ² e o voltímetro indica VÛ (situação II),
g de água, a chave S é ligada, permitindo que de tal forma que V³ / VÛ = 1,2. Dessa
o circuito seja atravessado por uma corrente experiência, conclui-se que o valor de R³ é
elétrica de intensidade igual a 3,0 A.
Considere que não há dissipação de energia
nos fios de ligação e que a energia liberada no
resistor é utilizada integralmente para
aquecer a água. (Dados: calor específico da
água = 1,0 cal/g°C; 1,0 J = 0,24 cal)

a) 0,8 ² b) 0,6 ² c) 0,4 ²


d) 0,2 ² e) 0,1 ²
Assinale a(s) alternativa(s) correta(s). 74. (Ufms 2005) O circuito a seguir apresenta
(01) a resistência interna da bateria é de 0,5 ². um gerador de força eletromotriz ” e
(02) a diferença de potencial nos terminais da resistência interna r, associado a dois
bateria é de 12 V. resistores de resistências 12R e 6R,
(04) a potência útil da bateria é de 31,5 W. controlados por uma chave K. É correto
(08) a energia absorvida pela água, durante afirmar que
os 10 min que sucedem à ligação da chave S
é de 315 J.
(16) a variação da temperatura da água, 10
min após a chave S ser ligada, é de 9,45 °C.
71. (Ufrs 2006) O circuito a seguir representa
três pilhas ideais de 1, 5 V cada uma, um
resistor R de resistência elétrica 1, 0 ² e um
motor, todos ligados em série.
(Considere desprezível a resistência elétrica
dos fios de ligação do circuito.) a) a resistência elétrica do circuito será igual a
6R + r, com a chave K aberta.
b) a resistência elétrica do circuito será igual a
2R + r, com a chave K fechada.
c) a máxima intensidade de corrente no
circuito será igual a ”/6r.
d) a intensidade de corrente na chave K
fechada será igual a ”/(4R + r).
e) a potência dissipada na associação das
resistências 12R e 6R será máxima se R = r /
4, com a chave K fechada.
A tensão entre os terminais A e B do motor é 75. (Ufscar 2005) Com respeito aos geradores
4, 0 V. Qual é a potência elétrica consumida de corrente contínua e suas curvas
pelo motor? características U × i, analise as afirmações
a) 0, 5 W. b) 1, 0 W. c) 1, 5 W. seguintes:
d) 2, 0 W e) 2, 5 W.
I. Matematicamente, a curva característica de
72. (Ufrj 2006) Uma bateria comercial de 1,5V um gerador é decrescente e limitada à região
é utilizada no circuito esquematizado a seguir, contida no primeiro quadrante do gráfico.
no qual o amperímetro e o voltímetro são II. Quando o gerador é uma pilha em que a
considerados ideais. Varia-se a resistência R, e resistência interna varia com o uso, a partir do
as correspondentes indicações do momento em que o produto dessa resistência
amperímetro e do voltímetro são usadas para pela corrente elétrica se iguala à força
construir o seguinte gráfico de voltagem (V) eletromotriz, a pilha deixa de alimentar o
versus intensidade de corrente (I). circuito.
III. Em um gerador real conectado a um
circuito elétrico, a diferença de potencial entre
seus terminais é menor que a força
eletromotriz.
Está correto o contido em
a) I, apenas. b) II, apenas.
c) I e II, apenas. d) II e III, apenas.
e) I, II e III.
76. (Fuvest 2004) Seis pilhas iguais, cada uma
com diferença de potencial V, estão ligadas a
um aparelho, com resistência elétrica R, na
forma esquematizada na figura. Nessas
Usando as informações do gráfico, calcule: condições, a corrente medida pelo
a) o valor da resistência interna da bateria; amperímetro A, colocado na posição indicada,
b) a indicação do amperímetro quando a é igual a
resistência R tem o valor 1,7².
73. (Fuvest 2006) Uma bateria possui força
eletromotriz ” e resistência interna R³. Para
80. (Ufpe 2007) Calcule o potencial elétrico no
ponto A, em volts, considerando que as
baterias têm resistências internas
desprezíveis e que o potencial no ponto B é
igual a 15 volts.

a) V/R b) 2V/R c) 2V/3R


d) 3V/R e) 6V/R
77. (Unesp 2002) Três resistores idênticos,
cada um deles com resistência R, duas pilhas
P e P‚ e uma lâmpada L estão dispostos como
mostra a figura. Dependendo de como estão
as chaves C e C‚, a lâmpada L pode brilhar
com maior ou menor intensidade ou, mesmo,
ficar apagada, como é a situação mostrada na
figura a seguir.
Sabendo que em nenhum caso a lâmpada se
queimará, podemos afirmar que brilhará com
maior intensidade quando as chaves 81. (Ufu 2005) Considera o trecho de um
estiverem na configuração mostrada na circuito elétrico apresentado a seguir,
alternativa contendo um resistor R, um gerador de força
eletromotriz ” e um fio ideal AB. Os pontos A,
C e D não se ligam diretamente no circuito.

É correto afirmar que


78. (Ufg 2007) Um laboratório possui um a) a potência dissipada no resistor R depende,
galvanômetro de resistência interna 100² e diretamente, da intensidade da corrente que o
corrente de fundo de escala 2,0 mA. Calcule a atravessa e, inversamente, da diferença de
resistência necessária para utilizá-lo como potencial entre B e D.
a) um amperímetro para medir uma corrente b) a aplicação da 1 Lei de Kirchhoff (lei dos
máxima de 50 mA; nós) no ponto B garante a conservação da
b) um voltímetro para medir uma tensão carga elétrica no trecho apresentado.
máxima de 20 V. c) independentemente do restante do circuito,
há conservação de energia no trecho
79. (Ufrs 2005) Certo instrumento de medida apresentado, o que impõe que ”i = R[i(r)]£,
tem um ponteiro P cuja extremidade se move sendo i a intensidade da corrente através do
sobre uma escala espelhada EE', graduada de gerador e i(r) a intensidade da corrente que
0,0 a 10,0 mA. Quando se olha obliquamente percorre o resistor.
para a escala - o que é um procedimento d) a diferença de potencial entre os pontos C e
incorreto de medida -, o ponteiro é visto na A (VÝ - VÛ) é zero.
posição indicada na figura a seguir, sendo R
sua reflexão no espelho.

Se a leitura do instrumento for feita


corretamente, seu resultado será
a) o valor de 7,5 mA.
b) um valor entre 7,5 mA e 8,0 mA.
c) o valor de 8,0 mA.
d) um valor entre 8,0 mA e 8,5 mA.
e) o valor de 8,5 mA.
GABARITO deve ser nula.
b) A ddp entre A e C deve ser a metade
daquela entre A e B, na medida em que a ddp
1. Chamando R = x e R‚ = y temos: entre C e B deve ser a mesma que entre A e
Os dois pedaços em série: x + y = R C. Assim ambas são metade da ddp entre A e
Os dois pedaços em paralelo: x.y/(x+y) = B. Ou seja, a ddp entre A e C é de 60V. Como
3R/16 ë x.y = 3R£/16 VÛÝ = R iÛÝ ë iÛÝ = VÛÝ/R = 60/100 = 0,60 A.
Resolvendo o sistema e considerando que x é
o menor comprimento, e portanto a menor c) A corrente pelo percurso ACB deve ser de
resistência (2 lei de Ohm): mesma intensidade da do percurso ADB.
x = R = R/4 e y = R‚ = 3R/4 Portanto a corrente total deve ser 2 × 0,60 =
1,20 A.
2. [C]
3. Uz = 8V 42. a) 550W b) 3 lâmpadas

4. A corrente no amperímetro será 1/3 da 43. [D] 44. [B] 45. [B]
corrente I½, ou seja IÛ = 36/3 = 12A 46. [E] 47. 01 + 02 + 04 = 07
5. [C] 6. [B] 7. [B] 48. a) Observe a figura a
8. [D] 9. [C] 10. [D]
11. [C] 12. [D] 13. [D]
14. [D] 15. [A] 16. [D]
17. [A] 18. [E] 19. [E]
20. [C] 21. 1 ² 22. ” = 60 volts
23. 12 V 24. 10 ² 25. [D]
26. 02 + 04 + 16 = 22
27. [B] b) 10 W × 5 × 60 s = 3000 J
28. a) 5 k² b) 2 × 10 £ W 49. l³ = 0.
29. [D] 30. [C] 31. [D] 50. a) Observe o esquema a seguir:
32. [D] 33. [A] 34. [B]
35. [C] 36. 04 + 08 = 12
37. 02 + 08 = 10
38. a) I - O amperímetro deve ser ligado em
série com o ramo do circuito onde está ligada
a lâmpada.
II - O voltímetro deve ser ligado em paralelo
com a lâmpada.
b)

b) i = 2,0 A
51. 48 ².
52. [B] 53. [B]
54. R(eq) = 110 ²
55. a) 10 V. b) 5,0 ². c) 2,0 × 10£ N/C.
56. [E] 57. [D] 58. [A]
59. [D] 60. [A] 61. [C]
62. a) 0,5 A b) 18 ²
c) A partir do gráfico, podemos afirmar que, 63. a) 0,04 ² b) 72 W
para correntes menores que 2 amperes, a
lâmpada apresenta comportamento de um 64. [D]
resistor ôhmico, pois a diferença de potencial
na mesma varia linearmente com a corrente. 65. a) 0,55ª b) 55C c) 13,75 s
Porém, para correntes maiores que 2
amperes, o comportamento da diferença de 66. [B] 67. [C] 68. [E]
potencial na lâmpada deixa de ser linear, e
esta passa a ter comportamento de um 69. [C]
resistor não ôhmico.
70. 04 + 01 = 05
39. [E] 40. [B]
71. [D]
41. a) A figura representa uma ponte de
Wheatstone em equilíbrio e desta forma a 72. a) Se a corrente é nula a resistência
diferença de tensão entre os terminais C e D externa tende ao infinito e a voltagem se
iguala a força eletromotriz ou fem. Isto
significa que a fem, ou seja, ” = 1,5V. Se a
corrente no circuito é 1,0A a diferença de
potencial, ddp, é 1,2V. Usando a equação do
gerador: ” - V = ri, obtem-se a resistência
interna: r = (1,5 - 1,2)/1,0 = 0, 30².
b) Visto que U = Ri , pode-se escrever a
equação anterior na forma ” = (R + r)i. A
corrente vale então, I=1,5/(1,7+0,3) = 0, 75A.
73. [A] 74. [E] 75. [E]
76. [B] 77. [E]
78. a) Rs ¸ 4,2² b) Rs ¸ 9.900²
79. [D]
80. VÛ = 5,0 V 02. (Fei-SP) Qual a resistência equivalente da
81. [B] associação a seguir?

a) 80 b) 100 c) 90 d) 62 e) 84 

03. (UEL-PR) No circuito representado no esquema


a seguir, a resistência de R2 é igual ao triplo da
resistência R1.

O valor do resistor R, em ohms, é igual a:


a) 20 b) 10 c) 5,0 d) 3,6 e) 1,8

04. (Unisa-SP) Cinco resistores de 200  cada são


ligados, formando um quadrado com uma diagonal.
Qual a resistência equivalente entre dois vértices,
não adjacentes, ligados por um resistor?

05. (Mackenzie-SP) No trecho de circuito


representado a seguir, a potência dissipada pelo
resistor de 40  é 10W. A intensidade de corrente
elétrica que passa pelo resistor de 2  é:
01. (F.M. Itajubá-MG) Abaixo temos esquematizada
uma associação de resistências. Qual é o valor da
resistência equivalente entre os pontos A e B?
a) 2,5 A b) 2,0 A c) 1,5 A d) 1,0 A e) 0,5 A

06. (Fuvest-SP) A figura representa,


esquematicamente, as ligações de um chuveiro a) 10 b) 15 c) 30 d) 40 e) 90
elétrico. R é a resistência e C uma chave que,
quando ligada, coloca em curto-circuito um
segmento de resistência. Entre os terminais A e B 09. (Unip-SP) Entre os pontos A e B, é aplicada uma
está aplicada uma tensão de 220 V. diferença de potencial de 30 V. A intensidade da
corrente elétrica no resistor de 10  é:

a) Com a chave C aberta, dissipa-se uma potência


de 2,2 kW na resistência. Qual o valor de R?
b) Qual deve ser a posição da chave C no inverno?
Por quê? a) 1,0 A b) 1,5 A c) 2,0 A d) 2,5 A e) 3,0 A

07. (ITA-SP) Determine a intensidade da corrente


que atravessa o resistor R2 da figura quando a 10. (PUCCamp-SP) A figura abaixo representa o
tensão entre os pontos A e B for igual a V e as trecho AB de um circuito elétrico, onde a diferença
resistências R1; R2 e R3 forem iguais a R de potencial entre os pontos A e B é de 30 V.

a) V/R b) V/3R c) 3V/R d) 2V/3R


e) nenhuma das anteriores

08. (UEL-PR) O valor de cada resistor, no circuito A resistência equivalente desse trecho e as
representado no esquema a seguir, é 10 ohms. A correntes nos ramos i1 e i2 são, respectivamente:
resistência equivalente entre os terminais X e Y, em a) 5 ; 9,0 A e 6,0 A b) 12 ; 1,0 A e 1,5 A
ohms, é igual a: c) 20 ; 1,0 A e 1,5 A d) 50 ; 1,5 A e 1,0 A
e) 600 ; 9,0 A e 6,0 A

11. (Mackenzie-SP) Três lâmpadas, L1, L2 e L3,


identificadas, respectivamente, pela inscrições (2 W
- 12 V), (4 W - 12 V) e (6 W - 12 V), foram
associadas conforme mostra o trecho de circuito a
seguir. Entre os terminais A e B aplica-se a ddp de
12 V. A intensidade de corrente elétrica que passa
pela lâmpada L3 é:
14. (Fuvest-SP) Dispondo de pedaços de fios e 3
resistores de mesma resistência, foram montadas as
a) 2,5∙10-1 A b) 3,3∙10-1 A c) 1,0 A d) 1,6 A e) 2,0 conexões apresentadas abaixo. Dentre essas,
A aquela que apresenta a maior resistência elétrica
entre seus terminais é:
a)
12. (Cesgranrio-RJ) No circuito esquematizado, i1, i2
e i3 referem-se às correntes elétricas que percorrem,
respectivamente, os resistores R1, R2 e R3. São
u u u
representadas por 1, 2 e 3 as correspondentes
quedas de potencial nesses mesmos resistores. b)
Quaisquer que sejam os valores de R1, R2 e R3 é
sempre verdadeiro que:

c)

a) u + u + u = (i + i + i ) (R + R + R )
1 2 3 1 2 3 1 2 3
d)

b) u = u + u 1 2 c) u = u
3 2 3

d) i = i
3 e) u = (i + i ) (R + R )
1 1 2 3 2 3

e)
13. (Fuvest-SP) Considere um circuito formado por 4
resistores iguais, interligados por fios perfeitamente
condutores. Cada resistor tem resistência R e ocupa
uma das arestas de um cubo, como mostra a figura
a seguir. Aplicando entre os pontos A e B uma
diferença de potencial V, a corrente que circulará
entre A e B valerá:
a) 4V/R b) 2V/R c) V/R d) V/2R e) V/4R
15. (Vunesp-SP) Dentro de uma caixa com
terminais A e B, existe uma associação de
resistores. A corrente que atravessa a caixa
em função da tensão aplicada nos terminais A
e B é dada pela tabela.
V(V) I(A)
3 1
6 2 03: letra c
04: 100 
9 3
05: letra a
12 4 06: a) R = 22 b) a chave deve ficar fechada
A caixa poderia conter: reduzindo o tamanho da resistência.
a) 07: letra a
08: letra b
09: letra a
10: letra b
11: letra a
12: letra c
13: letra a
b) 14: letra c
15: letra c
16: letra e

c)

d)

e)

16. (Mackenzie-SP) Entre os pontos A e B do trecho


do circuito elétrico abaixo, a ddp é 80 V. A potência
dissipada pelo resistor de resistência 4  é:

a) 4 W
b) 12 W
c) 18 W
d) 27 W
e) 36 W

Gabarito:

01: 3,50 
02: letra d