Você está na página 1de 6

Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.

Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Técnico de Logística


UFCD: 8509 - Coordenação da Expedição em Armazém

NOME _______________________________________________ N.º __________________

Ficha de Avaliação

1. Define a função de expedição e identifica quais as suas atividades.(4


valores)
2. Quais as características mais importantes do armazém para a
expedição.(3 valores)
3. No que respeita ao planeamento do espaço para a expedição, refere
quais os locais que devemos ter em conta no interior do armazém.(3
valores)
4. De acordo com o conceito de logística, define o que são redes de
distribuição. (2 valores)
5. Que meios de transporte conheces adequados à logística. Explica a
funcionalidade e vantagens de um desses meios de transporte. (4
valores)
6. Refere quais as vantagens adjacentes à subcontratação das operações
logísticas. (4 valores)

TOTAL 20 VALORES
Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.
Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Técnico de Logística


UFCD: 8509 - Coordenação da Expedição em Armazém

1. Define a função de expedição e identifica quais as suas atividades.

A expedição ou despacho corresponde ao processo de separar os itens


armazenados em determinado local, movimentando-os para um outro
lugar, com o objetivo de atender uma procura específica, que pode ser o
envio a um cliente ou terceiro com o objetivo de agregar valor ao item.
Dentro da operação de expedição ou despacho, podemos detalhar as
atividades de separação, emissão de documentos e carregamento da carga.

As actividades necessárias para a expedição são:

 Acondicionar e embalar a encomenda;

 Arrumar e verificar a encomenda;

 Comparar a guia de remessa com a encomenda;

 Identificar e fixar o veículo no cais;

 Bloquear as rodas do veículo;

 Posicionar e fixar a dockboard;

 Carregar o veículo;

 Entregar documentação necessária ao motorista;

 Expedir o veículo.

2. Quais as características mais importantes do armazém para a expedição.

Algumas características importantes do armazém para a expedição são:

 Fluxo de materiais linear entre os veículos, zona de ordenação de


mercadoria e áreas de armazenagem;
Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.
Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Técnico de Logística


UFCD: 8509 - Coordenação da Expedição em Armazém

 Fluxo contínuo sem paragens (congestionamentos) excessivos;

 Uma área concentrada de operações, que minimize a movimentação de


materiais e aumente a eficiência da supervisão;

 Movimentação eficiente de materiais;

 Operações seguras;

 Minimização de estragos;

 Fácil de limpar.

3. No que respeita ao planemamento do espaço para a expedição, refere


quais os locais que devemos ter em conta no interior do armazém.

O espaço interior do armazém têm de ter em conta locais tais como:

 Espaços de conveniência pessoal;


 Escritórios, para supervisão das atividades de receção e expedição;
 Espaços para guardar equipamentos de manutenção e transporte de
material para movimentação de cargas;De acordo com o conceito de
logística define o que são redes de distribuição.
 Locais para acondicionar dispositivos para coleta e tratamento do
lixo e contentores de reciclagem. As operações no cais,
principalmente as de receção de mercadoria, criam muito lixo;
 Locais de descanso para os condutores, uma zona destinada para os
condutores quando não estão a trabalhar. Esta zona de incluir
bancos, cadeiras ou sofás, revistas e se possível, máquinas de
bebidas,;
 Espaço para guardar paletes e materiais para embalar Um espaço
vazio com materiais destes é importante pois é habitual a chegada
de cargas não-paletizadas ou de outras maneiras que requerem
uma correta paletização.

4. De acordo com o conceito de logística define o que são redes de


distribuição.

As redes de distribuição são um conjunto de instalações que fazem a


recepção, armazenagem e expedição de materiais; Podem ser também um
Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.
Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Técnico de Logística


UFCD: 8509 - Coordenação da Expedição em Armazém

conjunto de rotas e meios que ligam as diferentes instalações, ou um


conjunto de meios que permitem o transporte das mercadorias através das
rotas.

5. Que meios de transporte conheces adequados à logística. Explica a


funcionalidade e vantagens de um desses meios de transporte.

Os meios de transporte existente são: meios aéreos, rodoviário, marítimo,


ferróviário e pipeline.

(apenas um destes como resposta)

Meios aéreos
A maior vantagem do transporte por avião é a velocidade, e a maior
desvantagem o custo do frete. Normalmente, utiliza-se este meio de transporte
para produtos de elevado valor, de pequenas dimensões e que têm de ser
entregues com rapidez. Outro inconveniente é a pouca acessibilidade dos
aeroportos. Não existem aeroportos em todos os locais e muito menos junto às
fábricas e armazéns, o que obriga a considerar três expedições: uma, entre o
ponto de fornecimento e o aeroporto 1, por camião, outra, entre o aeroporto 1 e
o aeroporto 2, por avião, e, finalmente, entre o aeroporto 2 e o ponto de
consumo, por camião.
Normalmente só se recorre ao avião para transporte de longa distância.

Meios ferroviários
O comboio permite o transporte de cargas pesadas a preço mais reduzido que
os outros meios de transporte. Normalmente é mais rápido que o barco e
equivalente ou mais lento que o camião, dependendo dos locais de destino.

Normalmente recorre-se ao comboio para transporte de produtos por grosso


(cereais, minério, etc.).

Meios marítimos
O barco é o meio de transporte mais lento, mas também o mais barato.
É muito utilizado no transporte de cargas pesadas por grosso em longas
Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.
Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Técnico de Logística


UFCD: 8509 - Coordenação da Expedição em Armazém

distâncias. Em termos de acessibilidade é o pior porque só pode acostar em


portos, que normalmente se situam junto à costa ou no interior de rios
navegáveis.

Pipeline
Os pipelines são os meios de transporte adequado a um determinado tipo de
produtos. Os líquidos e os gases podem ser expedidos através de um pipeline,
sob a forma de um fluxo contínuo. A acessibilidade dos pipelines é reduzida
devido à sua estrutura fixa, mas este tipo de transporte só é utilizado, um
pipeline para transporte de pasta de papel entre a fábrica da Portucel em
Setúbal e a INAPA. Um inconveniente dos piplines é o elevado custo de
manutenção devido à necessidade de inspecções frequentes e ao equipamento
necessário ao seu funcionamento.

Meios rodoviários
O transporte por camião é o meio utilizado porque permite o transporte de
pequenas quantidades a um preço razoável. Permite ainda uma grande rapidez
em entregas de curta distância. Por outro lado, a sua acessibilidade é grande
porque o camião pode ser conduzido até qualquer ponto de fornecimento ou de
consumo, desde que exista estrada. Pode ser utilizado em pequenas e longas
distâncias. É mais rápido que o comboio em pequenas distâncias e equivalente
em grandes distâncias, sendo ligeiramente mais caro.
Instituto do Emprego e Formação Profissional, IP.
Centro do Emprego e Formação Profissional de Entre o Douro e Vouga

Curso: Logística e Armazenagem


UFCD: 419 - Gestão de Expedição

pelo cliente, conforme os acordos contratuais. No transporte internacional, recorre-se a


diferentes alternativas designadas por incoterms.

6. Refere quais as vantagens adjacentes à subcontratação das operações


logísticas.

As vantagens da subcontratação das operações logísticas de distribuição são:


 O Know-how do operador logístico, que se especializou nessa área, será, com
certeza, superior ao da empresa industrial, podendo esta tirar partido disso;
 A partilha de recursos permite uma melhor utilização dos veículos no seu
retorno e a consolidação da carga, e, ainda, um melhor aproveitamento dos
veículos e armazéns em casos de produtos de consumo sazonal;
 Os custos de distribuição passam a ser variáveis e não fixos: a empresa
industrial só paga os serviços de que necessitar;
 Aumenta o controlo sobre o sistema, na medida em que basta gerir a relação
com o operador logístico em vez de gerir os motoristas próprios e o pessoal de
armazém.