Você está na página 1de 11

Flexibilidade Curricular:

operacionalização de equipas educativas


e de ação educativa interdisciplinar

Sónia Alves ̶ cfaeci.pafc@gmail.com


Equipas Educativas: funções nucleares
São espaços de congregação de docentes de diferentes disciplinas que se responsabilizam pela gestão e configuração articulada do
currículo a ser apreendido pela(s) turma(s).
Constituem-se por ano de escolaridade / por conjunto de turmas / por conselho de turma.
Efetivam trabalho colaborativo docente, através de canais de comunicação e plataformas digitais de colaboração e partilha.

 Definir as dinâmicas de trabalho pedagógico adequadas às especificidades da turma;

 Assegurar a gestão das dinâmicas pedagógicas a implementar;

 Envolver os alunos no planeamento, na realização e na avaliação das aprendizagens;

 Operacionalizar o trabalho de natureza interdisciplinar e de articulação disciplinar;

 Avaliar o impacto das estratégias adotadas;

 Produzir dispositivos de informação dirigida aos pais e encarregados de educação como apoio às
aprendizagens dos alunos e ao seu processo de autorregulação.
Opções curriculares de articulação e integração de saberes
 Gestão e lecionação interdisciplinar e articulada do currículo;
 Atividades para aprendizagens transdisciplinares;
 Alternância de períodos de funcionamento disciplinar com
períodos de funcionamento multidisciplinar;
 Exploração de diferentes organizações de tempos,
metodologias e espaços, para:
 Trabalho de diferenciação pedagógica;
 Trabalho prático ou experimental;
 Trabalho colaborativo e interdisciplinar no planeamento,
realização e avaliação das aprendizagens;
 Desenvolvimento de projetos que aglutinem
aprendizagens das diferentes disciplinas;
 Integração de projetos desenvolvidos na escola.
 Avaliação ao serviço do ensino e das aprendizagens;
Projetos interdisciplinares
 Orientados para criação de produtos ou eventos, com  Exemplos:
contributo e intervenção de diferentes áreas disciplinares;  Campanhas de sensibilização;
 Programas de rádio;
 Saraus;
 Visam a articulação dos saberes e a coerência entre as  Exposições;
aprendizagens;  Semanas culturais;
 Intercâmbios culturais e científicos;
 A sua conceção, planificação, implementação e avaliação  Publicações (livros, jornais, revistas);
 Candidaturas a prémios;
são subordinadas ao sucesso das aprendizagens do aluno.
 Medidas de melhorias ambientais ou outras;
 …
Domínios de Autonomia Curricular
Opção de trabalho interdisciplinar /
articulação curricular.
Planificação Metodologias
Combinações totais ou parciais de
áreas disciplinares.
Matemática
Têm por referência os documentos
Cidadania e
Ciências
curriculares.
Desenvol-
Naturais
vimento Baseiam-se nas AE e visam as áreas de
DAC
competências do PA.

Geografia Privilegiam o trabalho prático /


História
experimental.

Visam as capacidades de pesquisa,


Avaliação Execução
relação e análise.

Articulam-se com/em instrumentos de


planeamento curricular (PE, PCT).
Domínios de Autonomia Curricular
Planificação Metodologias Execução Avaliação
Identificação das AE comuns ou • Aprendizagem colaborativa Aluno agente da construção de Técnicas, instrumentos e
relacionadas de várias • Aula invertida (flipped conhecimento pela ação, de procedimentos diversificados e
disciplinas (de um ano de classroom) forma integrada adequados a:
escolaridade) • Trabalho de projeto • Finalidades;
Professor promotor das
• Aprendizagem baseada em • Objeto em avaliação;
aprendizagens
Intencionalidade pedagógica e problemas
• Destinatários;
curricular • Aprendizagem por Ambientes de aprendizagem
investigação (inquiry) • Informação a recolher.
diferenciados e intencionais
• Aprendizagem por
descoberta guiada Intervenientes externos Foco no(s) processo(s)
• Estudo de caso
• …
Que aprendizagens/conteúdos? Que metodologia(s)? Com que recursos (materiais e O que avaliar (em cada disciplina)?
Que competências Que atividades? humanos)? Como avaliar?
(específicas/transversais)? Que problema de partida/desafio Em que espaços? Avaliar para quê?
Que projeto? Com que finalidades? inicial? Que distribuição de tarefas?
Todas as disciplinas / algumas? Como gerir o tempo?
Que articulação com o meio? Como monitorizar o trabalho?
Domínios de Autonomia Curricular: etapas
Levantamento de ideias pelos alunos.

Planificação dos passos (problema, inicial, processo, produto).

Aferição dos eixos de confluência/articulação entre as várias disciplinas.

Identificação dos conteúdos das AE de cada disciplina a mobilizar para a


concretização no projeto.

Seleção das áreas de competência do PA a desenvolver.

Definição dos critérios comuns para avaliação de competências


transversais e critérios específicos para a avaliação em cada disciplina.
Domínios de Autonomia Curricular
DC5_dac EXEMPLO DA IDENTIF IC AÇÃO E ORGANIZAÇÃO D AS D ISCI PLINAS NUM D AC

Projeto da turma: Biobattery – Desenvolvimento de uma pilha de sódio a partir de resíduos dos curtumes
Técnicas/Instrumentos de
Fase do trabalho DAC Instrumentos de registo Procedimentos Timings
avaliação
Questionários
BG Grelhas de observação
Ponto de partida Entrevistas
FQA Análise de conteúdo
Cadernos digitais Uso de ferramentas Ao longo das
Port colaborativas online aulas, em
Pesquisa BG para otimizar e agilizar estreita
procedimentos: articulação com
FQA Produção de textos e esquemas
Grelhas de observação • partilha, as várias
BG Observação em situação disciplinas.
Análise de informação Escalas de classificação comunicação,
FQA Briefings trabalho (Padlet,
Listas de verificação
BG Debates Google Forms, Office
Levantamento de ideias Análise de conteúdo 365, OneNote, One
FQA Cadernos digitais
Drive);
Fil • redes sociais
Sistematização de ideias
BG (Messenger,
Redação de textos (e-mails Facebook); Paragens (uma
Grelhas de observação • Moodle.
Estabelecimento de contactos BG formais) em cada
Análise de conteúdo período letivo)
Cadernos digitais
BG Produção de textos e esquemas Escalas de classificação
Planificação
Port Cadernos digitais Análise de conteúdo

www.raizeditora.pt
Ana Cláudia Cohen, José Fradique • Guia da Autonomia e Flexibilidade Curricular 1
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
Domínios de Autonomia Curricular
Tema:
Áreas disciplinares intervenientes:
Objetivo / produto:
RECURSOS
AE: CONHECIMENTOS, AÇÕES ESTRATÉGICAS DE DESCRITORES INSTRUMENTOS DE DATA /
(materiais, espaços,
CAPACIDADES E ATITUDES APRENDIZAGEM DO PA AVALIAÇÃO E PONDERAÇÃO TEMPOS
convidados)
Fontes e recursos para consulta
Cohen, A. C. e Fradique, J. (2018). Guia da Autonomia e Flexibilidade Curricular. Lisboa: Raiz Editora.
Cosme, A. (2018). Autonomia e Flexibilidade Curricular. Propostas e estratégias de ação. Porto: Porto editora.

MOOC Autonomia e Flexibilidade Curricular - DGE

Área PAFC da Escola Virtual


Autonomia e Flexibilidade Curricular – DGE
Divulgação da Autonomia e Flexibilidade Curricular - DGE/DSDC
Recursos e instrumentos de trabalho – Cohen e Fradique, Raiz Editora