Você está na página 1de 1

VI.

DINÂMICA DO ACIDENTE
Os elementos materiais coligidos no exame do local permitem inferir que transitava
o veículo caminhão Volkswagen pela Via de Acesso Armando Alves da Cunha, SPA
348/310, sentido Fernando Prestes – Agulha, e transitavam os veículos caminhão
canavieiro, Uno e Corsa pela mesma Via, nesta ordem, em sentido oposto, quando, na
altura do km 8 mais 500 metros, o veículo Uno efetuou manobra de ultrapassagem em
local permitido, adentrando na faixa de rolamento de sentido oposto à de seu
trânsito, vindo a colidir sua região dianteira com a dianteira do caminhão
Volkswagen, que transitava pela mesma via, em sentido oposto, em sua respectiva mão
de direção.
Estabelecido este embate, o conjunto caminhão Volkswagem - Uno empreenderam trajeto
oblíquo (para frente e para a esquerda), sentido Fernando Prestes – Agulha,
seguindo a trajetória do veículo de maior massa, vindo a colidir com o flanco
esquerdo do segundo semi-reboque do caminhão canavieiro, que trafegava sentido
Agulha – Fernando Prestes da Rodovia.
O caminhão canavieiro imobilizou-se a 61 metros a frente do sítio da primeira
colisão, e o conjunto caminhão Volswagen – Uno continuou seu trajeto, momento em
que o veículo Corsa, que transitava sentido Agulha – Fernando Prestes, em sua
respectiva mão de direção, colidiu sua metade dianteira direita e terço anterior do
flanco direito com o terço anterior do flanco direito do caminhão Volkswagen.
Por fim, o conjunto caminhão Volkswagen – Uno chocaram-se contra defensa metálica
localizada à direita da via, considerando sentido Agulha – Fernando Prestes,
imobilizando-se conforme apontam croqui e anexos fotográficos.