Você está na página 1de 1

A farmácia

Farmacêutica Boa tarde.


D. Maria Boa tarde senhora doutora.
Farmacêutica Entáo o que é que se passa com a D. Maria?
D. Maria Ai, senhora doutora! Com todo este frio, acho que estou
com gripe.
Farmacêutica Então como é que isso aconteceu?
D. Maria Sabe! Nós não temos o cuidado necessário, descuidamo-
nos e depois é isto.
Farmacêutica Pois é, devemos sempre precavermo-nos de modo a
evitar surpresas.
D. Maria Pois! Mas agora é tarde.
Farmacêutica Então e em que é que poderei ser útil?
D. Maria Eu queria saber se me poderei facultar algum
medicamento para a gripe.
Farmacêutica A senhora tem febre ou é apenas a tosse?
D. Maria Eu sinto que a minha testa está quente, acho que tenho
alguma febre.
Farmacêutica Se não se importa, vou medir a sua temperatura.
D. Maria Claro.
Farmacêutica Por favor, coloque este termómetro debaixo do braço.
D. Maria Já está.
Farmacêutica Muito bem, deixe-me ver o resultado. Estou a ver que tem
um pouco de febre pois tem 37,5 graus.
D. Maria Bem me parecia!
Farmacêutica Como tem febre eu acho que deveria tomar um
antibiótico, pois cobre os efeitos da gripe e da febre. Mas,
também acho que deveria tomar um xarope para ajudar
com o problema da tosse.
D. Maria Se é para o meu bem, pode ser.
Farmacêutica Vou então dar-lhe este antibiótico que se chama Gripal e o
xarope Sem Tosse.
D. Maria Como é que eu devo tomar os medicamentos?
Farmacêutica No caso do antibiótico deve tomar um comprimido de 12
em 12 horas, de preferência com as refeições. Em relação
ao xarope pode tomar uma colher de sopa a cada 6 horas.
D. Maria Vou fazer isso.
Farmacêutica Posso ajudar em mais alguma coisa?
D. Maria Não, era só isso. Quanto é que é tudo?
Farmacêutica No total são 8 euros e 60 cêntimos.
D. Maria Aqui tem.
Farmacêutica Muito obrigada e as melhoras.
D. Maria Obrigada e até breve.