Você está na página 1de 17

Migrações

Rio Grande - Postal dos Correios (Oficial Videoclip), 1996


Conceitos a saber:

- Migração( ou movimento
migratório) – movimento de
pessoas de uma área para outra.

- Migrantes – pessoas que se


deslocam de uma área para outra.
Causas das Migrações
Naturais - A Ocorrência de catástrofes naturais, como
sismos, erupções vulcânicas, inundações ou secas
prolongadas, levam muitas vezes a que as pessoas tenham
de abandonar as suas terras;

Por exemplo da erupção do vulcão dos capelinhos


nos Açores ( Faial), que levou à saída de muitos
Açorianos para o Canadá e EUA.
Económicas - Procura de melhores condições de vida,

melhor emprego, melhores remunerações. Os maiores


contingentes migratórios devem-se essencialmente a razões
de ordem económica.

Exemplo: deslocação de muitos Portugueses para França,


Alemanha, após a II Guerra Mundial.
Políticas - A falta de liberdade e a repressão de alguns

regimes políticos podem provocar a migração de pessoas de


áreas onde a democracia e as liberdades fundamentais sejam
respeitadas.

Exemplo dos Cubanos (regime ditatorial, presos políticos,


repressão) que abandonam o seu país e se refugiam nos EUA.
Religiosas – Existem áreas onde as perseguições religiosas
são uma realidade.
Exemplo da perseguição religiosa aos Judeus aquando da II Guerra
Mundial.
Ètnicas – As rivalidades étnicas, ou seja, minorias ou
comunidades mais fracas são muitas vezes expulsas dos
lugares onde habitam, apenas por causa da sua cor, raça,
etnia, ascendência, religião ou origem.
Exemplo das perseguições movidas durante o recente conflito
na ex-Jugoslávia ( perseguição pelos sérvios, croatas, e até
muçulmanos).
Tipos de Migrações
Definitivas

DURAÇÃO
Temporárias - Sazonais ( ex. Vindimas)
Em função da:

- Êxodo Rural
Internas - Êxodo Urbano
- Pendulares
AMPLITUDE

- Intracontinentais
Externas - Intercontinentais

Existem as migrações livres (legais e ilegais) e as migrações forçadas (


refugiados) pág.71- ler a definição de refugiados
Fluxos migratórios no mundo desde o séc. XVI
( pág.74 manual escolar)
Migrações para a Europa Ocidental,
Canadá e EUA.
Actualmente a
permeabilidade das
fronteiras e o acentuar
dos desequilíbrios
demográficos e
socioeconómicos entre
os “Países do Norte”
(desenvolvidos) e os
“Países do Sul”(em
desenvolvimento
permitem perspectivar a
intensificação dos fluxos
migratórios no futuro (
legais e ilegais)
Migrações Internas em
Portugal
- Grandes fluxos migratórios do
Interior para o Litoral;
- Êxodo rural ( dos campos para
as cidades);
Devido:
-Disparidades socioeconómicas
regionais;
-Busca de melhores condições de
vida;
Consequências:
- Acentua os desequilíbrios
demográficos inter-regionais, ao
nível da natalidade, mortalidade,
distribuição e crescimento da
população.
Destinos da Emigração Portuguesa
desde 1900 até 1993 ( a população que saiu do
nosso país).

Fonte : INE
Principais países de destino da
emigração portuguesa, segundo o tipo,
em 2003

Emigração permanente:
-Reino Unido

Temporária:
- França, Suíça e Espanha
Os Imigrantes em Portugal
( intensificação a partir de 1980)
Quem nos
procura?

- PALOP’s ;
- Países de Leste,
nomeadamente
Ucranianos.

Em 2004,
contabilizaram-se
449 194 imigrantes
(legais) em Portugal.
Principais consequências das migrações
( áreas de partida)
Demográficas Económicas Sociais e Culturais

-Diminuição da população - Diminuição da população - Diminuição das


absoluta; activa; relações familiares e
de amizade;
- Diminuição da taxa de - Diminuição do dinamismo - Introdução de novas
natalidade e de económico; ideias e culturas.
fecundidade;
- Envelhecimento da - Decréscimo do desemprego;
população;
- Aumento da taxa de - Entrada de dinheiro dos
mortalidade; emigrantes ( caso de
migrações externas).
-Diminuição da taxa de
crescimento natural.
Principais consequências das migrações
( áreas de chegada)
Demográficas Económicas Sociais e Culturais

-Aumento da população - Aumento da população - Dificuldades de


absoluta; activa ( pop. jovem-adulta); Integração;

- Aumento da taxa de - Aumento do dinamismo - Descriminação


natalidade e de económico; relativamente aos
fecundidade; naturais;
- Rejuvenescimento da - Aumento do desemprego; -Aumento da
população; conflitualidade social
- Diminuição da taxa de -Saída de dinheiro do pais - Difusão de algumas
mortalidade; ( caso de migrações externas) referências culturais.

-Aumento da taxa de
crescimento natural.
Realização da ficha nº 3
Bom Trabalho!