Você está na página 1de 2

ORIGEM DA DOUTRINA BATISTA

A Igreja Batista é uma denominação Protestante de origem Anglo-Americana. Está


presente em quase todos os países.

A igreja nasceu quando grupo de refugiados ingleses que foram para a Holanda em
busca da liberdade religiosa em 1608, liderados por John Smyth, um clérigo e Thomas Helwys,
um advogado, organizaram em Amsterdã, em 1609 uma igreja de doutrina batista.

John Smyth discordava da política e doutrina da Igreja Anglicana e examinando a


Bíblia, creu na necessidade de batizar-se por imersão, o que fez e em seguida batizou os
demais fundadores da igreja, constituindo-se assim a primeira igreja organizada.

Depois da morte de John Smyth e da decisão de Thomas Helwys e seus seguidores de


regressarem para a Inglaterra, a igreja organizada na Holanda desfez-se e parte dos seus
membros uniram-se aos Mennonitas. Thomas Helwys organizou a Igreja Batista em
Spitalfields, nos arredores de Londres, em 1612.

Nos Estados Unidos a Igreja Batista nasceu através de Roger Williams, que organizou
a Primeira Igreja Batista de Providence em 1639, na colônia que ele fundou com o nome de
Rhode Island, e John Clark que organizou a Igreja Batista de Newport, também em Rhode
Island em 1648. Em terras americanas os batistas cresceram principalmente no Sul, onde hoje
sua principal denominação, a Convenção Batista do Sul, conta com quase 15 milhões de
membros

Existem ainda outras teorias sobre a origem dos Batistas, mas que são rejeitadas pela
historiografia oficial. São elas a teoria de sucessão apostólica e a teoria Anabaptista. Ambas
são rejeitadas pelos historiadores batistas Henry C. Vedder e Robert G. Torbet.

A teoria de sucessão apostólica postula que os batistas atuais descendem de João


Batista e que a igreja continuou através de uma sucessão de igrejas (ou grupos) que batizavam
apenas adultos, como os montanistas, novacianos, donatistas, paulícianos, bogomilos,
albigenses e cátaros, valdenses e anabatistas.Os Batistas Landmarkistas utilizam este ponto
de vista para se auto-proclamar única igreja verdadeira.

BATISTAS NO BRASILl

Em 1860 Thomas Jefferson Bowen, missionário enviado ao Brasil pela Junta de Richmond,
associação de igrejas batistas do Sul dos Estados Unidos, aportou na cidade do Rio de
Janeiro. Bowen havia sido missionário na África e pregava para os escravos, já que conhecia a
língua iorubá. Porém foi impedido pelas autoridades de propagar a doutrina Batista no Brasil e
Bowen acabou ficando no Brasil por apenas nove meses.

A Guerra Civil Americana (1859-1865), entre os estados do Norte e do Sul dos EUA, fez que
milhares de imigrantes sulistas americanos vieram para o Brasil, establecendo-se
principalmente em Santa Bárbara D'Oeste, Piracicaba e Americana, no interior paulista

Em 1882 foi organizada a Primeira Igreja Batista de Salvador, com objetivo de evangelizar os
brasileiros, pelos casais de missionários batistas norte-americanos, Willian Buck Bagby e Anne
Luther Bagby; Zacharias Clay Taylor, Kate Stevens Crawford Taylor, e auxiliados pelo ex-padre
Antonio Teixeira de Albuquerque, batizado em Santa Bárbara D'Oeste.

Em 1907 foi realizada em Salvador a primeira Convenção Batista Brasileira cujo presidente foi
Francisco Fulgêncio Soren. Já nesta convenção foi tratado o assunto do trabalho missionário,
discutindo-se o envio de missionário para Portugal, Chile e África. A Unidade foi rompida na
década de 50, com surgimento de grupos batistas de aspectos pentecostais e de grupos
conservadores