Você está na página 1de 28

São Paulo, 19 de fevereiro de 2020 - O GPA [B3: PCAR4; NYSE: CBD] anuncia os resultados do 4º trimestre de 2019 e do ano de 2019.

As comparações a seguir são relativas ao mesmo


período de 2018, exceto onde indicado. Todos os comentários referentes ao EBITDA ajustado e margem bruta estão excluindo os efeitos não recorrentes dos períodos. Além disso, a
partir de 2019, os resultados passam a incluir os efeitos do IFRS 16/CPC 06 (R2) - Operações de arrendamento mercantil, que elimina a distinção entre arrendamentos operacionais e
financeiros e exige o reconhecimento de um ativo e um passivo financeiro relativo aos aluguéis futuros descontados a valor presente para praticament e todos os contratos de
arrendamento de nossas lojas. O GPA concluiu a aquisição de 96,57% do capital social de Éxito em 27 de novembro de 2019, portanto, no resultado do 4T19 e 2019, foi consolidado
apenas o mês de dezembro/2019.

RESULTADOS 4T19 e 2019


Os comentários a seguir referem-se aos números após a aplicação do IFRS 16, exceto onde indicado de outra forma. As operações do
Grupo Éxito estão consideradas nos resultados do GPA a partir de dezembro/19.

Foco no varejo ▪ Conclusão da venda da participação na Via Varejo em bolsa em junho, no valor de R$ 2,3 bilhões;
▪ Aquisição do Grupo Éxito, líder do varejo na Colômbia e com presença também no Uruguai e Argentina,
alimentar e
consolidando as operações na América Latina;
simplificação da ▪ Fortalecimento da Governança Corporativa, com aprovação da admissão do GPA no Novo Mercado realizada
estrutura pela B3 em 14 de fevereiro de 2020;

Transformação do portfólio de lojas para maior aderência às demandas de mercado:


▪ Aceleração da expansão do Assaí com 22 aberturas em 2019, recorde de inaugurações em um ano.
Crescimento da área de vendas de 20%, reforçando a estratégia do Assaí em busca da consolidação da sua
presença nacional;
▪ Conversão de 92 lojas Extra Super no ano, totalizando 70% do portfólio já convertido, resultando em 100
lojas Mercado Extra e 28 lojas Compre Bem;
▪ Revitalização de 20 Pão de Açúcar em 2019, alcançando o total de 46 lojas (40% da venda) no conceito da
última geração de lojas;
Transformação e
▪ Abertura de 10 novas lojas Minuto Pão de Açúcar no ano, retomando a expansão da bandeira. Os formatos
fortalecimento de Proximidade registraram crescimento de vendas pelo sétimo trimestre consecutivo;
do ecossistema ▪ Segmentação do portfólio de lojas do Extra Hiper em (i) lojas com alta performance (~80 lojas); e (ii) lojas em
GPA estudo de readequação do portfólio, podendo resultar em conversão em Assaí, venda ou fechamento;
Continuidade dos avanços de omnicanalidade:
▪ Crescimento anual acima de 40% no e-commerce alimentar, impulsionado pela ampliação dos modelos de
entrega “Express” (116 lojas) e “Clique & Retire” (119 lojas);
▪ Expansão da operação da James Delivery para 19 cidades, com crescimento do GMV de 446% no ano. O
número de pedidos aumentou 15 vezes em relação ao início do ano;
▪ Criação da Stix Fidelidade, uma plataforma de produtos e serviços para acúmulo e resgate de pontos para os
mais de 50 milhões de clientes fiéis do GPA e Raia Drogasil, com lançamento previsto para o 2S20;

▪▪ Forte crescimento de 14,8% do faturamento bruto do GPA consolidado: R$ 61,5 bilhões no ano;
Desempenho ▪ EBITDA ajustado do GPA consolidado de R$ 4,0 bilhões no ano, aumento de 7,9% vs 2018, com margem de
Operacional e 7,0%;
Financeiro ▪ Lucro dos acionistas controladores do GPA Consolidado totalizou R$ 790 milhões no ano, com margem de
1,4%, impactado por R$ 231 milhões de custos relacionados à reestruturação LatAm;

▪ Dívida líquida/EBITDA pro forma de 1,5x, refletindo a reestruturação LatAm, com expectativa de redução nos
Alavancagem próximos anos através da geração de caixa operacional e possível monetização de ativos;

▪ Manutenção de elevado patamar de capex no Brasil, totalizando R$ 2,1 bilhões de investimento líquido em
Capex 2019;

▪ Consolidação das operações do Grupo Éxito nos resultados do GPA a partir de dezembro/19, com
Grupo Éxito contribuição de R$ 2,4 bilhões na receita bruta e R$ 266 milhões no EBITDA do GPA Consolidado;

1
MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

No ano de 2019 fortalecemos a nossa presença no mercado brasileiro como uma companhia multinegócios,
multiformato e multirregião, como consequência da gestão estratégica do portfólio, do posicionamento e adequação
da proposta de valor das bandeiras e da oferta de produtos e serviços adequados às necessidades dos(as) nossos(as)
clientes.

Com a conclusão do processo de alienação da totalidade da participação acionária na Via Varejo, em junho,
concentramos 100% da nossa operação no varejo alimentar e demos um passo importante no processo de
simplificação da estrutura do Grupo Casino, nosso controlador, na América Latina. A aquisição de 96,57% do capital
social do Grupo Éxito, que agora se junta ao portfólio do GPA, ampliou nossa atuação para outros países e foi
realizada sob um alto nível de transparência, permitindo a geração de mais valor aos nossos stakeholders. O GPA se
estabelece como a maior companhia de varejo alimentar da América do Sul, incorporando o Grupo Éxito, que é líder
do mercado varejista na Colômbia e com operações também no Uruguai e na Argentina. Neste contexto, recebemos
com satisfação a aprovação do Conselho de Administração e de nossos(as) acionistas para o processo de migração do
GPA ao Novo Mercado, segmento especial de listagem da B3. Nossa expectativa é finalizar a admissão da Companhia
no primeiro trimestre de 2020.

Registramos importantes avanços, mesmo em um cenário econômico desafiador e de consumo fortemente


impactado pelos altos índices de desemprego: o faturamento bruto no Brasil teve um incremento de 10,2% em
relação ao ano anterior, fechando 2019 em R$ 59,1 bilhões. O faturamento consolidado do Grupo, considerando os
resultados do Éxito no mês de dezembro, atingiu R$ 61,5 bilhões no ano. Também registramos 7,9% de crescimento
do EBITDA, totalizando R$ 4,0 bilhões, e R$ 790 milhões de lucro líquido.

Mantivemos a forte aceleração da bandeira Assaí, com incremento superior a R$ 5 bilhões em vendas, com
continuidade de avanço no fluxo de clientes, ganhos de market share, mesmo com uma alta base de comparação, e
evolução da rentabilidade. Com recorde de aberturas em um único ano, as 22 novas lojas inauguradas confirmam a
assertividade da estratégia de expansão do modelo, já totalmente inserido à rotina do(a) consumidor(a) brasileiro(a).

No Multivarejo demos um grande passo na construção de um portfólio mais aderente às necessidades dos(as)
clientes, além de fortalecer o poder de escolha dos(as) consumidores(as), garantindo uma melhor oferta de produtos
e serviços. Ao todo, foram 122 lojas reformadas, convertidas ou inauguradas no ano que nos deixam mais confiantes
para 2020.

Nosso foco na melhoria da experiência de compra dos(as) clientes se materializou com o processo de renovação do
Pão de Açúcar sob o conceito da última geração de lojas, apresentando um espaço multicanal, multissensorial e
multissoluções. Ao fim de 2019, as 46 unidades revitalizadas já representavam 40% da receita da bandeira, com um
desempenho bastante diferenciado dentro da unidade de negócio em termos de venda e rentabilidade.

Destacamos também o processo de conversão das lojas de supermercado Extra nas bandeiras Compre Bem e
Mercado Extra, alcançando 70% do portfólio do negócio, com significativa evolução de vendas, volume e clientes. Os
negócios de Proximidade seguem de vento em popa por conta de sua proposta de valor bastante assertiva,
evidenciada pelo contínuo aumento de vendas, atingindo sete trimestres consecutivos de crescimento, e ganhos de
rentabilidade ao longo de todo o ano.

Nossas Marcas Exclusivas, importante pilar de fidelização e rentabilidade do nosso negócio, tiveram o portfólio
completamente reformulado, com o lançamento de mais de 1,5 mil produtos e entrada em novas categorias, com
aumento de participação em vendas e uma estratégia mais integrada aos diferentes negócios do Grupo.

Continuamos a fortalecer o ecossistema do GPA e progredir em nossa estratégia de transformação digital, em um


processo contínuo de evolução integrada de soluções on e offline, reafirmando nossa liderança no segmento de e-
commerce alimentar, com um crescimento superior a 40% no ano.
2
Com a inovação presente em nosso DNA, após um ano de parceria comercial com a startup Cheftime, fizemos a
aquisição da foodtech em novembro de 2019 e aceleramos seu desenvolvimento; ampliamos a operação do James
Delivery para 19 cidades e criamos o primeiro programa de coalizão do varejo brasileiro, a Stix Fidelidade, em
parceria com a Raia Drogasil, líder no mercado brasileiro de drogarias.

Como um agente transformador na sociedade, temos como diretrizes de sustentabilidade da Companhia promover o
consumo e a oferta conscientes; minimizar nosso impacto ambiental; contribuir com transformações de toda nossa
cadeia de valor; valorizar a nossa gente, promovendo a inclusão e a diversidade; e fortalecer nossas relações e
engajamento com a sociedade da qual fazemos parte. A condução dessas frentes de atuação é feita por meio de uma
gestão transparente, que tem como fundamento integrar a sustentabilidade à estratégia e ao modelo de negócio do
Grupo, visando resultados econômicos, sociais e ambientais sustentáveis.

Com a convicção de que podemos e devemos gerar impactos positivos, entre os quais, contribuir para uma
sociedade mais inclusiva e representativa, perseguimos nossos compromissos de aumento do número de
colaboradores(as) com deficiência, de pessoas acima de 60 anos, jovens, mulheres e negros(as) em posições de
liderança. Também como parte da evolução da nossa agenda de diversidade, reforçamos as pautas de
enfrentamento e combate à discriminação racial e a promoção dos direitos LGBTQIA+. Com o objetivo de avançar na
equidade de gêneros, implementamos o nosso Programa para Desenvolvimento de Liderança Feminina, atingindo
mais de 200 gerentes mulheres e, com muito orgulho, recebemos em 2019 o Prêmio Mulheres na Liderança - Valor
Econômico na categoria varejo e o Prêmio WEPs (Women's Empowerment Principles) - ONU Mulheres na categoria
bronze.

O ano de 2020 se revela com uma perspectiva positiva, diante de sinais de melhoria da macroeconomia do país,
aliados ao resultado que inúmeras frentes de trabalho e a operacionalização do planejamento estratégico dos
negócios vão proporcionar à Companhia.

Neste ano, daremos grande foco ao formato de hipermercados, com o projeto de readequação do portfólio de lojas.
Manteremos em pleno vapor o plano de expansão do Assaí, com novas lojas orgânicas e conversões de
hipermercados, e voltaremos a investir no crescimento orgânico do Pão de Açúcar, que se somará às reformas de
novas lojas sob o último conceito, e do Minuto Pão de Açúcar.

Todas as frentes de transformação digital seguirão sendo realizadas em um processo ainda mais integrado com os
negócios, tendo como diretriz o alinhamento a quatro pilares fundamentais: rentabilidade, escalabilidade, redução
de custos e melhoria da experiência do consumidor(a).

Para executar esse plano, contamos com um time altamente engajado, de mais de 110 mil colaboradores(as), o
apoio de nossos(as) acionistas, a parceria com nossos(as) fornecedores(as) e a confiança de nossos(as) clientes. As
relações que estabelecemos se fortalecem com o nosso compromisso de servir nossos(as) clientes e contribuir com a
sociedade, fomentando iniciativas que geram maior impacto e crescendo de forma sustentável para a prosperidade
de todos(as).

Peter Estermann - Diretor Presidente do GPA

3
I. DESEMPENHO OPERACIONAL POR NEGÓCIO

Assaí

4T19

(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. No 4T18 esses efeitos totalizaram R$ 145 milhões no Assaí, composto por R$ 78 milhões de créditos integralmente relacionados aos 9M18 (portanto de natureza não
recorrente no trimestre e recorrente no ano de 2018), e R$ 67 milhões de créditos relacionados a períodos anteriores a 2018, de natureza não recorrente no trimestre e no ano, em complemento aos valores já
registrados.

Por mais um trimestre, o Assaí apresentou um forte patamar de crescimento da receita bruta e alcançou R$ 8,7
bilhões, +19,7%, impulsionado pela excelente performance proveniente da maior expansão da história do Assaí (22
lojas inauguradas em 2019) assim como pelo desempenho ‘mesmas lojas’.

O lucro bruto atingiu R$ 1,4 bilhão com margem de 17,1%, seguindo a tendência dos trimestres anteriores,
refletindo: (i) acelerada maturação das lojas abertas nos últimos anos; (ii) concentração das abertura de lojas em
regiões onde o Assaí já atua; (iii) um dos menores níveis históricos de quebra; e (iv) adequada gestão comercial e
atratividade do canal para o seu público-alvo, que inclui pessoa jurídica e também pessoa física.

As despesas com vendas, gerais e administrativas apresentaram crescimento inferior à expansão da receita, mesmo
com o maior número de aberturas já realizado pela bandeira em um único trimestre: 13 lojas em 11 diferentes
Estados.

Seguindo a tendência de crescimento observado nos últimos trimestres, o EBITDA ajustado totalizou R$ 624 milhões,
expressivo aumento de 39,8%, e margem 7,8% (+1,1 p.p.). Pré-IFRS, o EBITDA ajustado alcançou R$ 563 milhões e
margem de 7,0%, refletindo a consistência do forte resultado ao longo do ano.

4
2019

(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Em 2018 esses efeitos totalizaram R$ 436 milhões no Assaí, composto por R$ 369 milhões de estorno da provisão de créditos de ICMS ST relacionado a períodos anteriores a
2018 no 2T18 e R$ 67 milhões de complemento desses créditos no 4T18.

O ano de 2019 se concretizou em mais um ano de sucesso para o Assaí, reforçando a solidez do seu modelo de
negócio. O formato ampliou sua relevância para o Grupo e atingiu participação acima de 51% das vendas do GPA no
Brasil.

O excelente desempenho da expansão das lojas juntamente com seu posicionamento acertado e política comercial
bem-sucedida resultaram em avanço de mais de 3x nas vendas nos últimos 5 anos, com ampliação da participação de
mercado para 28,5% (+7,5 p.p. no período), contribuindo para o crescimento do formato de atacado no país.

O faturamento em 2019 alcançou R$ 30,4 bilhões (+21,9%), acréscimo de aprox. R$ 5,5 bilhões no ano, impulsionado
pela excelente performance das 22 lojas inauguradas no ano e maturação da expansão dos anos anteriores, além do
crescimento de 6,3% ‘mesmas lojas’, apesar da robusta base de comparação em 2018 (+8,3%).

A margem bruta atingiu 16,5%, refletindo principalmente a maturação das lojas advindas da expansão dos últimos
anos.

As despesas com vendas, gerais e administrativas mantiveram-se em patamar estável em relação à receita líquida
(9,6%), mesmo com 22 lojas novas e a entrada do formato em 3 novos estados (Tocantins, Amapá e Rondônia), como
resultado do controle rigoroso das despesas e ganhos de produtividade.

Como resultado, o EBITDA ajustado totalizou R$ 1,9 bilhão em 2019, adição de R$ 396 milhões no ano (+25,5%), e
margem de 7,0%. Pré-IFRS, o EBITDA alcançou R$ 1,7 bilhão e margem de 6,3%, alcançando o guidance divulgado no
início do ano.

Prioridades para os próximos anos:

1) Consolidação da presença nacional do Assaí


▪ Continuidade da acelerada expansão orgânica, com abertura de aproximadamente 60 novas lojas nos
próximos 3 anos;
▪ ~20 lojas Extra Hiper em estudo para conversão em Assaí, sendo aproximadamente 5 lojas esperadas para
o 1S20 e 5 lojas para o 2S20;
5
▪ Objetivo de alcançar faturamento bruto de R$ 50 bilhões em 2022.

2) Soluções financeiras
▪ Expansão e maior penetração dos produtos e serviços financeiros principalmente através do cartão de
crédito e das maquininhas de cartão com a marca “Passaí”.

3) Eficiência operacional
▪ Evolução dos processos e sistemas para sustentar o crescimento da bandeira;
▪ Continuidade da disciplina em despesas, apesar da forte expansão;
▪ Manutenção do Capital de Giro positivo.

6
Multivarejo

4T19

(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2). Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.

O faturamento bruto totalizou R$ 7,7 bilhões no 4T19, com impacto decorrente da aceleração do processo de
renovação e reforma de 51 lojas no trimestre, sendo: (i) revitalização de 18 lojas do Pão de Açúcar; e (ii) conversão
de 33 lojas Extra Super, das quais 18 em Mercado Extra e 15 em Compre Bem. As principais iniciativas para
incremento da venda em 2020 estão apresentadas nas páginas 9 e 10.

No trimestre, registrou-se um lucro bruto de R$ 1,7 bilhão e margem de 24,0%, refletindo:

1) efeitos pontuais relacionados a projetos estratégicos que impactaram pontualmente o 4T19 (aprox 1,7 p.p.):
▪ grande quantidade de reformas/conversões de lojas no trimestre (51 lojas), que gerou um
aumento na intensidade promocional no período de reinauguração, além de impactos nos
valores de quebra;
▪ categoria de proteína animal, especialmente Carnes, Aves e Suínos, impactada em função de
mudanças drásticas nas condições de mercado.

2) outros efeitos (aprox 1,6 p.p.), com destaque para:


▪ continuidade dos maiores investimentos em competitividade de preços em todo os formatos,
com destaque para as ações durante a Black Friday.

As despesas com vendas, gerais e administrativas apresentaram redução de 6,1% no trimestre, queda de 0,8 p.p.
como percentual da receita líquida decorrente da continuidade da disciplina no controle das despesas, com destaque
para as despesas de marketing, com maior utilização dos meios digitais e renegociação dos contratos de serviços
gerais.

O EBITDA ajustado totalizou R$ 445 milhões, com margem de 6,2%. Pré IFRS 16, o EBITDA ajustado alcançou R$ 200
milhões, margem de 2,8%, refletindo o menor patamar de margem bruta, conforme mencionado acima. As princ ipais
iniciativas para incremento da rentabilidade do Multivarejo para 2020 estão apresentadas nas páginas 9 e 10.

7
2019

(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2). Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Os efeitos de 2018 referem-se à venda a terceiros de parte dos créditos fiscais relacionados à exclusão do ICMS das bases de cálculo de PIS/COFINS, no m ontante líquido de R$
45 milhões realizados no 2T18.

O faturamento bruto totalizou R$ 28,7 bilhões no ano, patamar similar a 2018. O ano de 2019 mostrou-se desafiador
para o Multivarejo, com a retomada da economia mais lenta do que esperado ao longo do ano. Um dos pilares
estratégicos de destaque em 2019 foi a aceleração da otimização do portfólio de lojas, mais aderente às
necessidades dos consumidores, com melhoras expressivas de desempenho nos formatos Pão de Açúcar G7,
Mercado Extra, Compre Bem, Proximidade e e-commerce alimentar, garantindo uma melhor oferta de produtos e
serviços e fortalecendo o poder de escolha dos clientes. As principais iniciativas para incremento da venda em 2020
estão apresentadas nas páginas 9 e 10.

O lucro bruto totalizou R$ 7,0 bilhões e margem de 26,3%, principalmente em função dos investimentos em
competitividade ao longo do ano em todos os formatos e impactos pontuais do 4T19, conforme descrito
anteriormente.

As despesas com vendas, gerais e administrativas apresentaram queda de 1,3% e totalizaram R$ 5,3 bilhões, como
resultado do foco contínuo no controle das despesas.

O EBITDA ajustado totalizou R$ 1,9 bilhão e margem de 7,2%. Pré-IFRS, o EBITDA ajustado alcançou R$ 1,1 bilhão e
margem de 4,3%. As principais iniciativas para incremento da rentabilidade do Multivarejo para 2020 estão
apresentadas nas páginas 9 e 10.

Transformação Digital

E-commerce:

▪ No ano, o e-commerce registrou evolução superior a 40%, resultado da ampliação dos modelos de
entrega “Express” (116 lojas) e “Clique & Retire” (119 lojas), bem como o avanço no modelo tradicional
com a abertura da primeira e-store no Rio de Janeiro. Com esse avanço, as vendas online já representam
aproximadamente 6% da receita da bandeira Pão de Açúcar;
▪ James Delivery encerrou o ano presente em 19 cidades após o início de operação nas cidades de Aracajú,
Brasília, Cuiabá, João Pessoa, Uberlândia e Fortaleza. Destaca-se também o robusto crescimento do GMV
de 446% no ano, e aumento de 15 vezes no número de pedidos em relação ao início do ano;
8
▪ Pão de Açúcar Adega: mais de 1 milhão de garrafas de vinho vendidas no segmento online em 2019,
aumento de 60% em relação ao ano anterior, refletindo a forte adesão do consumidor para este modelo
de compra;
▪ Como resultado não só do pioneirismo, mas também da consistência na implementação da estratégia
digital, o GPA segue líder do e-commerce alimentar com mais de 70% de market share na medição da
Nielsen.

Programas de Fidelidade:

▪ Os programas de fidelidade “Cliente Mais” e “Clube Extra” acumulam mais de 20 milhões de clientes
fidelizados, 14% superior em relação a 2018. Complementarmente, o número de download dos apps
chega a mais de 11 milhões, 48% maior em relação a 2018, e representando mais 20% de participação
das vendas do Multivarejo e 50% das vendas online;
▪ Criação da Stix Fidelidade, coalizão inédita de fidelidade em parceria com a Raia Drogasil, uma plataforma
de produtos e serviços para acúmulo e resgate de pontos que oferecerá prêmios acessíveis e de resgate
frequente aos mais de 50 milhões de clientes fiéis do GPA e RD. A operação teve aprovação formalizada
pelo CADE em janeiro de 2020 e o desenvolvimento do back-office já se encontra em andamento.

Inovação:

▪ Aquisição da Cheftime, startup pioneira do segmento de Foodtech que oferece kits gastronômicos e
refeições prontas e semi-prontas, aliando seu comprometimento em soluções diferenciadas aos clientes
à expertise e agilidade da foodtech. A parceria foi iniciada em 2018 e, no ano, a foodtech registrou mais
de 200 mil refeições vendidas, além de presença em 200 lojas físicas e no e-commerce. Houve também o
lançamento da escola de gastronomia Cheftime by Pão de Açúcar, na qual os consumidores podem trocar
seus pontos por aulas de gastronomia através dos programas de fidelidade;
▪ 14 startups de alimentos entraram nas gôndolas de mais de 180 lojas e geraram mais de 300 mil
unidades em vendas, incluindo case de sucesso do hambúrguer do futuro que já representa 30% da
venda de hambúrgueres congelados nas lojas do Pão de Açúcar em São Paulo. Também foram realizadas
25 provas de conceito e projetos piloto para solucionar desafios de back-office e automatizar processos.

Principais alavancas para incremento da venda e rentabilidade do Multivarejo em 2020:

1) Iniciativas de Vendas para 2020

Efeito imediato a partir do 1T20:


▪ Maturação das lojas Compre Bem, Mercado Extra e Pão de Açúcar, que foram reformadas e convertidas
de forma concentrada no 2S19. Essas lojas representam até 20% do faturamento do Multivarejo;
▪ Continuidade do crescimento de dois dígitos dos formatos de Proximidade, que representam
aproximadamente 15% das vendas do Multivarejo;
▪ Continuidade do crescimento do e-commerce alimentar, que já representam mais de 5% do faturamento
das lojas que operam na modalidade Express (shipping from store);

9
▪ Aumento da intensidade promocional e comunicação no formato Extra Hiper em regiões com alto nível
de concorrência, com estímulo nas promoções em categorias geradoras de tráfego em loja, explorando
as principais sazonalidades do trimestre;
▪ Ampliação da participação de produtos de Marcas Exclusivas nas vendas totais do Multivarejo, com
crescimento estimado superior a 2 dígitos, através de uma variedade de produtos de qualidade e preço
baixo. O objetivo em relação às Marcas Exclusivas é de aumentar sua participação de 12,7% para 20% nas
vendas da categoria alimentar do Multivarejo até o final do ano.

Efeito gradual a partir do 2T20:


▪ Revisão da proposta de valor do segmento Não-Alimentar e novos modelos contratuais de negociação
com fornecedores a partir de Jan/20;
▪ Reestruturação das políticas de preço nas lojas Extra Hiper, com segmentação conforme o perfil do
público-alvo de cada loja;
▪ Redução das rupturas nas gôndolas com implantação de novos sistemas de suporte logístico, assim como
revisão dos parâmetros de camadas de exposição e ajustes de demanda.

2) Iniciativas de Rentabilidade para 2020

Efeito imediato a partir do 1T20:


▪ Maturação das reformas e conversões de lojas Compre Bem, Mercado Extra e Pão de Açúcar: +0,3 p.p. ;
▪ Planos de redução de quebra focados em diminuição de sortimento e integração com práticas de
abastecimento de lojas: +0,5 p.p.;
▪ Manutenção dos controles de custos, mantendo a taxa SG&A sobre vendas.

Efeito a partir do 2T20 até 4T20:


▪ Revisão da proposta de valor do segmento Não-Alimentar e novos modelos contratuais de negociação
com fornecedores a partir de Jan/20: + 0,3 p.p.;
▪ Redução de custos administrativos (0,2 p.p.) e manutenção do controle das despesas de vendas, sem
prejuízo ao nível de serviço prestado aos consumidores;
▪ Revisão do portfólio de lojas do Extra Hiper:
o ~20 lojas em estudo para conversão em Assaí, sendo aproximadamente 5 lojas esperadas para o
1S20 e 5 lojas para o 2S20. Essas 10 lojas representam aproximadamente 3% da venda do
Multivarejo, com potencial impacto positivo no EBITDA de aproximadamente 0,10 p.p.;
o ~80 lojas de alto desempenho, que terão como prioridade o fortalecimento dos diferenciais
competitivos, tais como produtos perecíveis frescos e não-alimentar, redução de sortimento,
maior penetração de marcas exclusivas e aumento da participação digital, o bjetivando elevar
ainda mais a rentabilidade assim como a proposta de valor ao cliente;
o ~10 lojas em estudo para potencial venda.
▪ Reforma adicional de 20 lojas Pão de Açúcar no conceito da última geração de lojas, com previsão de 3
lojas no 2T20, 7 lojas no 3T20 e 10 lojas no 4T20;
▪ Expansão de 5-10 novas lojas Pão de Açúcar, a partir do 2T20;
▪ Expansão de 20-30 novas lojas Minuto Pão de Açúcar, a partir do 2T20;
▪ Finalização das conversões das unidades Extra Super para Mercado Extra, com previsão de 5 lojas no
2T20, 25 lojas no 3T20 e 20 lojas no 4T20.

10
Grupo Éxito

4T19 | 2019 - Visão Contábil

O GPA concluiu a aquisição de 96,57% do capital social de Éxito em 27 de novembro de 2019. Portanto, no resultado
do 4T19 e ano de 2019, foi considerado somente o mês de dezembro.

As principais contribuições do Grupo Éxito para o resultado do GPA foram:

▪ Receita bruta de R$ 2,4 bilhões;


▪ Lucro bruto de R$ 602 milhões, equivalente a 28,0%, patamar que adiciona 0,2 p.p. sobre a margem
bruta do GPA Consolidado;
▪ EBITDA ajustado de R$ 266 milhões, com elevado patamar de margem de 12,4%.

2019 - Visão Pro forma 12 meses

A receita líquida do Grupo Éxito totalizou R$ 18,4 bilhões no ano, impulsionado pelo melhor desempenho de vendas
na Colômbia dos últimos 3 anos, com crescimento de 4% em moeda local, resultado do: (i) sólido desempenho dos
formatos inovadores Wow, FreshMarket e Surtimayorista; (ii) forte crescimento das operações omnichannel; e (iii)
fortalecimento das atividades de transformação digital.

O EBITDA ajustado totalizou R$ 1,5 bilhão, com margem de 8,3%, impulsionado principalmente pelo resultado na
Colômbia.

Perspectivas para 2020:

Colômbia
▪ 20 a 24 lojas (entre aberturas, conversões e reformas), incluindo ao menos 6 a 7 Éxito WOW, 6 a 7 Carulla
FreshMarket e 8 a 10 lojas Surtimayorista;
▪ Crescimento de receita no varejo e negócios complementares;
▪ Mais de 50% das vendas totais beneficiadas por atividades inovadoras, WOW, FreshMarket, Cash & Carry
e omnichannel;
▪ Margem EBITDA recorrente ao menos em linha com o nível demonstrado em 2019;
▪ CAPEX: aproximadamente COP$ 400.000 milhões destinado a otimização de lojas, inovação,
transformação digital e real estate.

Uruguai
▪ 4 a 6 lojas (entre aberturas, conversões e reformas), incluindo 2 a 3 FreshMarket e 2 a 3 lojas Express;
▪ Margem EBITDA recorrente ao menos em linha com o nível demonstrado em 2019.

Argentina
▪ Fortalecimento do conceito FreshMarket com 2 a 3 lojas (entre aberturas, conversões e reformas);
▪ Desenvolvimento de leasing ocasional no atual portfólio imobiliário.

11
II. OUTRAS RECEITAS E DESPESAS

No trimestre, a linha de “Outras Receitas e Despesas” somou uma despesa de R$ 227 milhões, principalmente
relacionadas a: (i) despesas relacionadas a reestruturação nas operações brasileiras e também gastos decorrentes do
processo de aquisição do grupo Éxito; (ii) contingências fiscais e (ii) resultado com ativo imobilizado. No acumulado
do ano, “Outras Receitas e Despesas” totalizou uma despesa de R$ 459 milhões, sendo que o aumento em relação ao
ano anterior ocorreu principalmente em função da integração dos ativos América Latina.

III. RESULTADO FINANCEIRO

No 4T19 o resultado financeiro líquido do GPA Consolidado totalizou R$ 442 milhões, equivalente a 2,6% da receita
líquida. O principal montante está relacionado às despesas financeiras de R$ 361 milhões, composta em sua maioria
pelas despesas relacionadas à captação destinada à aquisição do Grupo Éxito.

Considerando o perímetro Alimentar Brasil, o resultado financeiro totalizou R$ 250 milhões no 4T19, equivalente a
1,7% da receita líquida, patamar estável em relação ao 4T18. As principais variações foram:
▪ Receitas financeiras: a redução em relação ao 4T18 ocorreu em função de efeitos extraordinários
positivos relacionados à atualização monetária no ano passado;
▪ Custo da dívida: menor patamar em relação ao 4T18 decorrente da queda na taxa de juros no período;
▪ Antecipação de recebíveis: menor volume de recebíveis descontados em relação ao 4T18 e menor taxa
CDI no período;
▪ Atualizações de contingências e outras despesas: patamar similar ao apresentado no 4T18.
Em função da adoção do IFRS 16, o resultado financeiro passou a incluir a rubrica de Juros sobre passivo de
arrendamento. No trimestre, houve reconhecimento de R$ 164 milhões relativo a essa rubrica.

Em 2019, o resultado financeiro líquido do GPA Consolidado somou uma despesa de R$ 1,2 bilhão, representando
2,1% da receita líquida. Os principais componentes estão relacionados ao maior patamar de receita financeira em
razão do aumento de caixa pós venda da participação da Via Varejo em junho e ao aumento do custo da dívida
decorrente da captação para a aquisição do Grupo Éxito.

12
IV. LUCRO LÍQUIDO

(*) Exclui os efeitos não recorrentes. No 4T18 esses efeitos totalizaram R$ 145 milhões no Assaí, composto por R$ 78 milhões de créditos integralmente relacionados aos 9M18 (portanto de natureza

não recorrente no trimestre e recorrente no ano de 2018), e R$ 67 milhões de créditos relacionados a períodos anteriores a 2018, de natureza nã o recorrente no trimestre e no ano, em complemento

aos valores já registrados.

(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Em 2018 esses efeitos totalizaram R$ 436 milhões no Assaí, composto por R$ 369 milhões de estorno da provisão de créditos de ICMS ST relacionado a períodos

anteriores a 2018 no 2T18 e R$ 67 milhões de complemento desses créditos no 4T18. No Multivarejo, os efeitos de 2018 referem-se à venda a terceiros de parte dos créditos fiscais relacionados à

exclusão do ICMS das bases de cálculo de PIS/COFINS, no montante líquido de R$ 45 milhões realizados no 2T18.

13
O lucro dos acionistas controladores do GPA consolidado no ano alcançou R$ 790 milhões, com margem de 1,4%,
impactado por R$ 231 milhões de custos relacionados à reestruturação LatAm. No trimestre totalizou R$ 84 milhões,
com margem de 0,5%.

Considerando o perímetro Alimentar no Brasil, o lucro líquido dos acionistas controladores em 2019 totalizou R$ 1,1
bilhão, crescimento de 34,1% e margem de 2,0%. No trimestre, contabilizou o montante de R$ 266 milhões, com
margem de 1,8%.

V. DÍVIDA LÍQUIDA

Para efeito de cálculo dos indicadores na tabela abaixo, a Companhia não considera os passivos de arrendamento
relacionados ao IFRS 16.

(1) EBITDA Ajustado Pré IFRS 16, acumulado dos últimos 12 meses. Para 2019, foi utilizado o EBITDA Ajustado pro forma, ou sej a, considerando 12 meses de consolidação das operações do Grupo
Éxito.

A dívida líquida ajustada pelo saldo de recebíveis não antecipados totalizou R$ 6,1 bilhões para o GPA consolidado,
equivalente a 1,5x dívida líquida/EBITDA ajustado pro forma (1), refletindo principalmente a captação de recursos
destinados à aquisição do controle do Grupo Éxito. O maior patamar de alavancagem está em linha com o planejado
pela Companhia decorrente da reestruturação LATAM e permanece em patamar adequado.

A posição de caixa registrada ao final do ano foi de R$ 7,9 bilhões e saldo de recebíveis não antecipados de R$ 66
milhões, que somam R$ 8,0 bilhões em recursos disponíveis.

14
VI. INVESTIMENTOS

No 4T19, o investimento no perímetro Brasil somou R$ 450 milhões, líquido da venda de imobilizado, destinados à
expansão de 13 lojas do Assaí, conversão de 33 Extra Super em 18 Mercado Extra e 15 em Compre Bem, revitalização
de 18 lojas do Pão de Açúcar e abertura de 7 lojas Minuto Pão de Açúcar.

No acumulado do ano, o montante líquido investido no Brasil totalizou R$ 2,1 bilhões, suportando a estratégia de
otimização e fortalecimento do portfólio através da expressiva abertura de 22 lojas do Assaí, reforma de 20 lojas do
Pão de Açúcar, inauguração de 10 lojas Minuto Pão de Açúcar e conversão de 92 lojas Extra Super (sendo 77 em
Mercado Extra e 15 em Compre Bem). Além disso, foram iniciadas obras em outras 9 lojas que serão abertas em
2020, representando um investimento de R$ 81 milhões.

VII. MOVIMENTAÇÃO DE LOJAS POR BANDEIRA - BRASIL

15
VIII. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS CONSOLIDADAS
Balanço Patrimonial

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO

GPA Consolidado GPA Alimentar - Brasil Grupo Éxito

(R$ milhões) 31.12.2019 31.12.2018 31.12.2019 31.12.2018 31.12.2019


Ativo Circulante 19.892 40.851 13.263 13.897 6.590
Caixas e Equivalentes de Caixa 7.954 4.369 4.773 4.369 3.150
Contas a Receber 727 384 423 384 303
Cartões de Crédito 66 92 66 92 0
Tickets de vendas e duplicatas a receber 527 196 197 196 330
Provisão para Devedores Duvidosos (32) (5) (6) (5) (27)
Provenientes de Acordos Comerciais 166 101 166 101 -
Estoques 8.625 5.909 6.206 5.909 2.418
Tributos a Recuperar 1.627 679 1.210 679 417
Ativos Disponíveis para Venda 218 29.018 171 2.065 47
Despesas Antecipadas e Outras Contas a Receber 741 491 480 491 256
Ativo Não Circulante 38.101 21.138 23.022 23.967 15.030
Realizável a Longo Prazo 4.340 4.045 4.138 4.048 206
Contas a Receber 1 4 1 4 -
Cartões de Crédito 1 4 1 4 -
Tributos a Recuperar 2.703 2.745 2.703 2.745 -
Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos 355 298 338 301 17
Partes Relacionadas 104 34 41 34 68
Depósitos para Recursos Judiciais 795 776 795 776 -
Despesas Antecipadas e Outros 382 188 261 188 121
Investimentos 749 203 291 203 459
Propriedades para Investimento 2.863 20 - 20 2.863
Imobilizado 22.709 14.053 15.660 14.150 7.045
Intangível 7.440 2.817 2.933 5.546 4.457
TOTAL DO ATIVO 57.993 61.989 36.285 37.865 21.620
PASSIVO

GPA Consolidado GPA Alimentar - Brasil Grupo Éxito

31.12.2019 31.12.2018 31.12.2019 31.12.2018 31.12.2019


Passivo Circulante 23.136 37.586 15.885 13.813 7.252
Fornecedores 14.887 9.246 9.676 9.246 5.208
Empréstimos e Financiamentos 1.202 916 904 916 298
Debêntures 2.287 1.068 2.287 1.068 -
Passivo de Arrendamento 937 507 641 512 296
Salário e Encargos Sociais 980 686 685 686 293
Impostos e Contribuições a Recolher 531 370 310 370 220
Dividendos Propostos 168 57 156 57 52
Financiamento Compra de Imóveis 231 149 180 149 51
Partes Relacionadas 214 143 152 239 58
Propaganda 25 59 25 59 -
Provisão para Reestruturação 6 10 6 10 0
Receitas a apropriar 365 250 238 250 101
Passivos sobre Ativos Não-Correntes a Venda 0 23.874 - - 0
Outros 1.301 252 625 252 676
Passivo Não Circulante 21.344 11.242 11.918 11.886 9.324
Empréstimos e Financiamentos 1.130 313 1.084 313 46
Debêntures 9.576 3.078 2.438 3.078 7.138
Passivo de Arrendamento 7.730 5.280 6.159 5.302 1.571
Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos 747 523 312 1.099 433
Impostos Parcelados 376 471 375 471 1
Provisão para Demandas Judiciais 1.305 1.235 1.197 1.328 108
Receitas a apropriar 26 13 26 13 -
Provisão para perda de investimento em associadas 386 279 286 233 1
Outros 68 49 41 49 27
Patrimônio Líquido 13.513 13.160 8.482 12.166 5.044
Atribuido aos Acionistas Controladores 10.943 10.235 8.482 11.031 2.477
Capital Social 6.857 6.825 6.857 6.825 -
Reservas de Capital 448 414 448 414 -
Reservas de Lucro 3.531 3.063 1.070 3.859 2.243
Outros resultados Abrangentes no Patrimonio 107 (66) 107 (66) 235
Participação de Acionistas não Controladores 2.571 2.925 (0) 1.135 2.566
TOTAL DO PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO 57.993 61.989 36.285 37.865 21.620

16
Demonstração de Resultado do Exercício - 4o Trimestre 2019 - Pós IFRS 16

GPA Consolidado (2) GPA Alimentar - Brasil (1) Grupo Éxito

4T19 4T18 Δ 4T19 4T18 Δ 4T19


R$ - Milhões
Receita Bruta 18.926 15.237 24,2% 16.486 15.237 8,2% 2.408
Receita Líquida 17.321 14.012 23,6% 15.139 14.012 8,0% 2.151
Custo das Mercadorias Vendidas (13.596) (10.765) 26,3% (12.020) (10.765) 11,7% (1.544)
Depreciação (Logística) (42) (29) 42,0% (37) (29) 26,8% (4)
Lucro Bruto 3.683 3.217 14,5% 3.082 3.217 -4,2% 602
Despesas com Vendas (2.314) (1.741) 32,9% (1.783) (1.741) 2,4% (510)
Despesas Gerais e Administrativas (120) (313) -61,8% (298) (313) -4,8% 187
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. (2.434) (2.054) 18,5% (2.081) (2.054) 1,3% (323)
(3)
Resultado da Equiv. Patrimonial (1) 91 n.d. 30 27 11,8% (18)
Outras Despesas e Receitas Operacionais (227) (20) 1058,5% (33) (20) 70,8% (193)
Depreciação e Amortização (416) (311) 34,0% (356) (311) 14,7% (59)
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 605 924 -34,5% 641 861 -25,5% 9
Receitas Financeiras 104 104 -0,6% 41 104 -60,9% 63
Despesas Financeiras (546) (316) 72,7% (291) (316) -8,0% (255)
Resultado Financeiro Líquido (442) (212) 108,8% (250) (212) 18,1% (192)
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 163 712 -77,1% 391 649 -39,7% (183)
Imposto de Renda (57) (168) -66,3% (116) (168) -30,9% 57
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações em continuidade 106 544 -80,5% 275 481 -42,8% (126)
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações descontinuadas (9) (204) -95,7% (9) (7) 23,3% (0)
Lucro Líquido Companhia Consolidado 98 340 -71,4% 266 473 -43,8% (126)
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 93 544 -82,9% 275 481 -42,8% (139)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores - op. descontinuadas (4) (9) (105) -91,3% (9) (7) 23,3% (0)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 84 439 -80,8% 266 473 -43,8% (139)
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 13 - n.d. 0 - n.d. 13
Participação de Acionistas Não Controladores - op. descontinuadas (0) (99) -99,8% (0) 0 n.d. -
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 13 (99) n.d. (0) 0 n.d. 13
EBITDA - Lucro oper. antes da depr.,result. financeiro e impostos 1.063 1.264 -15,9% 1.035 1.200 -13,8% 73
(5)
EBITDA Ajustado 1.290 1.284 0,5% 1.068 1.220 -12,4% 266
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 1.290 1.139 13,3% 1.068 1.075 -0,6% 266
(2) (1)
GPA Consolidado GPA Alimentar - Brasil Grupo Éxito

% da Receita Líquida 4T19 4T18 4T19 4T18 4T19


Lucro Bruto 21,3% 23,0% 20,4% 23,0% 28,0%
Despesas com Vendas 13,4% 12,4% 11,8% 12,4% 23,7%
Despesas Gerais e Administrativas 0,7% 2,2% 2,0% 2,2% 8,7%
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. 14,1% 14,7% 13,7% 14,7% 15,0%
Resultado da Equiv. Patrimonial (3) 0,0% 0,6% 0,2% 0,2% 0,8%
Outras Despesas e Receitas Operacionais 1,3% 0,1% 0,2% 0,1% 9,0%
Depreciação e Amortização 2,4% 2,2% 2,4% 2,2% 2,8%
EBIT 3,5% 6,6% 4,2% 6,1% -0,4%
Resultado Financeiro Líquido 2,6% 1,5% 1,7% 1,5% 8,9%
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 0,9% 5,1% 2,6% 4,6% 8,5%
Imposto de Renda 0,3% 1,2% 0,8% 1,2% 2,7%
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - op. em continuidade 0,6% 3,9% 1,8% 3,4% 5,8%
Lucro Líquido Companhia Consolidado 0,6% 2,4% 1,8% 3,4% 5,9%
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 0,5% 3,9% 1,8% 3,4% 6,5%
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 0,5% 3,1% 1,8% 3,4% 6,5%
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 0,1% 0,0% 0,0% 0,0% 0,6%
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado -0,1% -0,7% 0,0% 0,0% 0,6%
EBITDA 6,1% 9,0% 6,8% 8,6% 3,4%
EBITDA Ajustado (5) 7,4% 9,2% 7,1% 8,7% 12,4%
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 7,4% 8,1% 7,1% 7,7% 12,4%

(1) GPA Alimentar - Brasil inclui o resultado de Malls e Corporação. (2) GPA Consolidado considera resultado de outros negócios complementares (3 ) resultado da equivalência
patrimonial inclui o resultado de FIC contabilizado no Multivarejo e consequentemente no GPA Alimentar Brasil, Cdiscount no GPA Consolidado e a parceria com Bancolombia no Grupo
Éxito. (4) Lucro líquido após participação de acionistas não controladores. (5) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Ope racionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. No 4T18 esses efeitos totalizaram R$ 145 milhões no Assaí, composto por R$ 78 milhões de créditos integralme nte relacionados aos 9M18
(portanto de natureza não recorrente no trimestre e recorrente no ano de 2018), e R$ 67 milhões de créditos relacionados à períodos anteriores a 2018, de natureza não recorrente no
trimestre e no ano, em complemento aos valores já registrados.

17
Demonstração de Resultado do Exercício - 4o Trimestre 2019 - Pré IFRS 16

GPA Consolidado (2) GPA Alimentar - Brasil (1) Grupo Éxito

4T19 4T18 Δ 4T19 4T18 Δ 4T19


R$ - Milhões
Receita Bruta 18.926 15.237 24,2% 16.486 15.237 8,2% 2.408
Receita Líquida 17.321 14.012 23,6% 15.139 14.012 8,0% 2.151
Custo das Mercadorias Vendidas (13.651) (10.804) 26,3% (12.069) (10.803) 11,7% (1.549)
Depreciação (Logística) (17) (11) 52,6% (13) (12) 9,3% (4)
Lucro Bruto 3.653 3.196 14,3% 3.057 3.197 -4,4% 597
Despesas com Vendas (2.593) (1.973) 31,4% (2.037) (1.974) 3,2% (534)
Despesas Gerais e Administrativas (122) (315) -61,2% (300) (315) -4,7% 186
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. (2.715) (2.288) 18,6% (2.337) (2.289) 2,1% (348)
(3)
Resultado da Equiv. Patrimonial (1) 80 n.d. 30 23 34,6% (18)
Outras Despesas e Receitas Operacionais (157) (22) 600,9% 37 (23) n.d. (194)
Depreciação e Amortização (279) (215) 29,9% (245) (215) 14,1% (34)
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 501 751 -33,2% 542 693 -21,8% 4
Receitas Financeiras 104 104 -0,6% 41 104 -60,9% 63
Despesas Financeiras (364) (164) 122,1% (130) (164) -21,0% (234)
Resultado Financeiro Líquido (260) (60) 337,0% (89) (60) 48,3% (171)
Lucro (Prejuízo) Operacional antes I.R. 241 691 -65,1% 453 633 -28,5% (167)
Imposto de Renda (90) (165) -45,3% (134) (165) -18,6% 42
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações em continuidade 151 527 -71,3% 319 468 -32,0% (125)
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações descontinuadas (17) (237) -92,9% (17) (10) 60,8% (0)
Lucro Líquido Companhia Consolidado 134 289 -53,6% 302 458 -34,1% (125)
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 137 526 -73,9% 318 468 -32,1% (138)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores - op. descontinuadas (4) (17) (113) -84,7% (17) (10) 60,8% (0)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 120 413 -70,9% 301 458 -34,2% (138)
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 13 - n.d. - - n.d. 13
Participação de Acionistas Não Controladores - op. descontinuadas 1 (125) n.d. 1 0 16225,4% -
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 14 (125) n.d. 1 0 16225,4% 13
EBITDA - Lucro oper. antes da depr.,result. financeiro e impostos 797 977 -18,4% 800 920 -13,0% 42
(5)
EBITDA Ajustado 954 999 -4,5% 763 942 -19,1% 236
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 954 854 11,7% 763 797 -4,4% 236

GPA Consolidado (2) GPA Alimentar - Brasil (1) Grupo Éxito

% da Receita Líquida 4T19 4T18 4T19 4T18 4T19


Lucro Bruto 21,1% 22,8% 20,2% 22,8% 27,7%
Despesas com Vendas 15,0% 14,1% 13,5% 14,1% 24,8%
Despesas Gerais e Administrativas 0,7% 2,2% 2,0% 2,2% 8,7%
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. 15,7% 16,3% 15,4% 16,3% 16,2%
Resultado da Equiv. Patrimonial (3) 0,0% 0,6% 0,2% 0,2% 0,8%
Outras Despesas e Receitas Operacionais 0,9% 0,2% 0,2% 0,2% 9,0%
Depreciação e Amortização 1,6% 1,5% 1,6% 1,5% 1,6%
EBIT 2,9% 5,4% 3,6% 4,9% -0,2%
Resultado Financeiro Líquido 1,5% 0,4% 0,6% 0,4% 7,9%
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 1,4% 4,9% 3,0% 4,5% 7,8%
Imposto de Renda 0,5% 1,2% 0,9% 1,2% 1,9%
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - op. em continuidade 0,9% 3,8% 2,1% 3,3% 5,8%
Lucro Líquido Companhia Consolidado 0,8% 2,1% 2,0% 3,3% 5,8%
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 0,8% 3,8% 2,1% 3,3% 6,4%
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 0,7% 2,9% 2,0% 3,3% 6,4%
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 0,1% 0,9% 0,0% 0,0% 0,6%
EBITDA 4,6% 7,0% 5,3% 6,6% 2,0%
EBITDA Ajustado (5) 5,5% 7,1% 5,0% 6,7% 11,0%
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 5,5% 6,1% 5,0% 5,7% 11,0%

(1) GPA Alimentar - Brasil inclui o resultado de Malls e Corporação. (2) GPA Consolidado considera resultado de outros negócios complementares (3) resultado da e quivalência
patrimonial inclui o resultado de FIC contabilizado no Multivarejo e consequentemente no GPA Alimentar Brasil, Cdiscount no GPA Consolidado e a parceria com Bancolombia no Grupo
Éxito. (4) Lucro líquido após participação de acionistas não controladores. (5) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Ope racionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. No 4T18 esses efeitos totalizaram R$ 145 milhões no Assaí, composto por R$ 78 milhões de créditos integralmente relacionados aos 9M18
(portanto de natureza não recorrente no trimestre e recorrente no ano de 2018), e R$ 67 milhões de créditos relacionados à períodos anteriores a 2018, de natureza não recorrente no
trimestre e no ano, em complemento aos valores já registrados.

18
Demonstração de Resultado do Exercício - 2019 - Pós IFRS 16

GPA Consolidado (2) GPA Alimentar - Brasil (1) Grupo Éxito

2019 2018 Δ 2019 2018 Δ 2019


R$ - Milhões
Receita Bruta 61.543 53.615 14,8% 59.101 53.615 10,2% 2.408
Receita Líquida 56.635 49.388 14,7% 54.451 49.388 10,3% 2.151
Custo das Mercadorias Vendidas (44.304) (37.656) 17,7% (42.725) (37.656) 13,5% (1.544)
Depreciação (Logística) (147) (124) 18,7% (142) (124) 15,1% (4)
Lucro Bruto 12.185 11.608 5,0% 11.584 11.608 -0,2% 602
Despesas com Vendas (7.431) (6.553) 13,4% (6.879) (6.553) 5,0% (510)
Despesas Gerais e Administrativas (923) (1.049) -12,0% (1.101) (1.049) 5,0% 187
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. (8.354) (7.602) 9,9% (7.980) (7.602) 5,0% (323)
(3)
Resultado da Equiv. Patrimonial (10) 28 n.d. 107 79 35,8% (18)
Outras Despesas e Receitas Operacionais (459) (202) 126,8% (259) (202) 28,0% (200)
Depreciação e Amortização (1.413) (1.202) 17,6% (1.353) (1.202) 12,5% (59)
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 1.949 2.630 -25,9% 2.100 2.681 -21,7% 3
Receitas Financeiras 449 231 94,0% 356 231 54,2% 92
Despesas Financeiras (1.655) (1.291) 28,1% (1.355) (1.291) 4,9% (300)
Resultado Financeiro Líquido (1.206) (1.060) 13,8% (998) (1.060) -5,8% (208)
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 742 1.570 -52,7% 1.101 1.621 -32,0% (205)
Imposto de Renda (254) (414) -38,5% (321) (414) -22,4% 64
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações em continuidade 488 1.156 -57,8% 780 1.207 -35,3% (141)
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações descontinuadas 348 130 167,5% 312 (72) n.d. (0)
Lucro Líquido Companhia Consolidado 836 1.286 -35,0% 1.092 1.135 -3,7% (141)
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 475 1.156 -58,9% 780 1.207 -35,3% (154)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores - op. descontinuadas (4) 315 (6) n.d. 312 (72) n.d. (0)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 790 1.151 -31,3% 1.092 1.135 -3,7% (154)
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 13 - n.d. - - n.d. 13
Participação de Acionistas Não Controladores - op. descontinuadas 33 136 -76,0% (0) 0 n.d. -
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 46 136 -66,4% (0) 0 n.d. 13
EBITDA - Lucro oper. antes da depr.,result. financeiro e impostos 3.509 3.956 -11,3% 3.595 4.007 -10,3% 67
(5)
EBITDA Ajustado 3.967 4.158 -4,6% 3.853 4.209 -8,4% 266
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 3.967 3.677 7,9% 3.853 3.728 3,4% 266

(2) (1)
GPA Consolidado GPA Alimentar - Brasil Grupo Éxito

% da Receita Líquida 2019 2018 2019 2018 2019


Lucro Bruto 21,5% 23,5% 21,3% 23,5% 28,0%
Despesas com Vendas 13,1% 13,3% 12,6% 13,3% 23,7%
Despesas Gerais e Administrativas 1,6% 2,1% 2,0% 2,1% 8,7%
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. 14,8% 15,4% 14,7% 15,4% 15,0%
Resultado da Equiv. Patrimonial (3) 0,0% 0,1% 0,2% 0,2% 0,8%
Outras Despesas e Receitas Operacionais 0,8% 0,4% 0,5% 0,4% 9,3%
Depreciação e Amortização 2,5% 2,4% 2,5% 2,4% 2,8%
EBIT 3,4% 5,3% 3,9% 5,4% -0,1%
Resultado Financeiro Líquido 2,1% 2,1% 1,8% 2,1% 9,7%
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 1,3% 3,2% 2,0% 3,3% 9,5%
Imposto de Renda 0,4% 0,8% 0,6% 0,8% 3,0%
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - op. em continuidade 0,9% 2,3% 1,4% 2,4% 6,5%
Lucro Líquido Companhia Consolidado 1,5% 2,6% 2,0% 2,3% 6,5%
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 0,8% 2,3% 1,4% 2,4% 7,1%
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 1,4% 2,3% 2,0% 2,3% 7,2%
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,6%
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 0,1% 0,3% 0,0% 0,0% 0,6%
EBITDA 6,2% 8,0% 6,6% 8,1% 3,1%
EBITDA Ajustado (5) 7,0% 8,4% 7,1% 8,5% 12,4%
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 7,0% 7,4% 7,1% 7,5% 12,4%

(1) GPA Alimentar - Brasil inclui o resultado de Malls e Corporação. (2) GPA Consolidado considera resultado de outros negócios complementares (3) resultado da equivalência
patrimonial inclui o resultado de FIC contabilizado no Multivarejo e consequentemente no GPA Alimentar Brasil, Cdiscount no G PA Consolidado e a parceria com Bancolombia no Grupo
Éxito. (4) Lucro líquido após participação de acionistas não controladores. (5) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Ope racionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Em 2018 esses efeitos totalizaram R$ 436 milhões no Assaí, composto por R$ 369 milhões de estorno da provisão de créditos de ICMS ST relacionado
a períodos anteriores a 2018 no 2T18 e R$ 67 milhões de complemento desses créditos no 4T18. No Multivarejo, os efeitos de 2018 referem-se à venda a terceiros de parte dos créditos
fiscais relacionados à exclusão do ICMS das bases de cálculo de PIS/COFINS, no montante líquido de R$ 45 milhões realizados no 2T18 .

19
Demonstração de Resultado do Exercício - 2019 - Pré IFRS 16

GPA Consolidado (2) GPA Alimentar - Brasil (1) Grupo Éxito

2019 2018 Δ 2019 2018 Δ 2019


R$ - Milhões
Receita Bruta 61.543 53.615 14,8% 59.101 53.615 10,2% 2.408
Receita Líquida 56.635 49.388 14,7% 54.451 49.388 10,3% 2.151
Custo das Mercadorias Vendidas (44.456) (37.785) 17,7% (42.872) (37.785) 13,5% (1.549)
Depreciação (Logística) (54) (48) 13,0% (50) (48) 2,9% (4)
Lucro Bruto 12.125 11.556 4,9% 11.530 11.555 -0,2% 597
Despesas com Vendas (8.274) (7.297) 13,4% (7.697) (7.297) 5,5% (534)
Despesas Gerais e Administrativas (932) (1.057) -11,8% (1.110) (1.057) 5,0% 186
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. (9.206) (8.354) 10,2% (8.807) (8.354) 5,4% (348)
(3)
Resultado da Equiv. Patrimonial (10) 28 n.d. 107 74 44,3% (18)
Outras Despesas e Receitas Operacionais (420) (215) 95,2% (220) (215) 2,0% (200)
Depreciação e Amortização (966) (840) 15,0% (931) (840) 10,9% (34)
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 1.523 2.175 -30,0% 1.679 2.220 -24,4% (2)
Receitas Financeiras 449 231 94,0% 356 231 54,2% 92
Despesas Financeiras (1.002) (705) 42,1% (722) (705) 2,5% (279)
Resultado Financeiro Líquido (553) (473) 16,8% (366) (474) -22,8% (187)
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 970 1.702 -43,0% 1.313 1.746 -24,8% (189)
Imposto de Renda (328) (448) -26,7% (380) (449) -15,3% 49
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações em continuidade 642 1.254 -48,8% 933 1.298 -28,1% (140)
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - operações descontinuadas 211 (75) n.d. 312 (29) n.d. (0)
Lucro Líquido Companhia Consolidado 853 1.179 -27,6% 1.245 1.269 -1,9% (140)
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 628 1.252 -49,8% 932 1.298 -28,2% (153)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores - op. descontinuadas (4) 265 (61) n.d. 312 (29) n.d. (0)
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 894 1.191 -25,0% 1.245 1.269 -1,9% (153)
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 13 - n.d. - - n.d. 13
Participação de Acionistas Não Controladores - op. descontinuadas (53) (14) 271,8% 1 0 16225,4% -
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado (40) (14) 181,4% 1 0 16225,4% 13
EBITDA - Lucro oper. antes da depr.,result. financeiro e impostos 2.543 3.063 -17,0% 2.659 3.108 -14,4% 36
(5)
EBITDA Ajustado 2.963 3.278 -9,6% 2.879 3.323 -13,4% 236
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 2.963 2.797 5,9% 2.879 2.842 1,3% 236
(2) (1)
GPA Consolidado GPA Alimentar - Brasil Grupo Éxito

% da Receita Líquida 2019 2018 2019 2018 2019


Lucro Bruto 21,4% 23,4% 21,2% 23,4% 27,7%
Despesas com Vendas 14,6% 14,8% 14,1% 14,8% 24,8%
Despesas Gerais e Administrativas 1,6% 2,1% 2,0% 2,1% 8,7%
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. 16,3% 16,9% 16,2% 16,9% 16,2%
Resultado da Equiv. Patrimonial (3) 0,0% 0,1% 0,2% 0,2% 0,8%
Outras Despesas e Receitas Operacionais 0,7% 0,4% 0,4% 0,4% 9,3%
Depreciação e Amortização 1,7% 1,7% 1,7% 1,7% 1,6%
EBIT 2,7% 4,4% 3,1% 4,5% 0,1%
Resultado Financeiro Líquido 1,0% 1,0% 0,7% 1,0% 8,7%
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 1,7% 3,4% 2,4% 3,5% 8,8%
Imposto de Renda 0,6% 0,9% 0,7% 0,9% 2,3%
Lucro (Prejuízo) Líquido Companhia - op. em continuidade 1,1% 2,5% 1,7% 2,6% 6,5%
Lucro Líquido Companhia Consolidado 1,5% 2,4% 2,3% 2,6% 6,5%
Lucro (Prejuízo) Líquido dos Acionistas Controladores - op. em continuidade (4) 1,1% 2,5% 1,7% 2,6% 7,1%
Lucro (Prejuízo) dos Acionistas Controladores Consolidado (4) 1,6% 2,4% 2,3% 2,6% 7,1%
Participação de Acionistas Não Controladores - op. em continuidade 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,6%
Participação de Acionistas Não Controladores Consolidado 0,1% 0,0% 0,0% 0,0% 0,6%
EBITDA 4,5% 6,2% 4,9% 6,3% 1,7%
EBITDA Ajustado (5) 5,2% 6,6% 5,3% 6,7% 11,0%
EBITDA Ajustado (5) - ex efeitos não recorrentes (*) 5,2% 5,7% 5,3% 5,8% 11,0%

(1) GPA Alimentar - Brasil inclui o resultado de Malls e Corporação. (2) GPA Consolidado considera resultado de outros negócios complementares (3) resultado da equivalência
patrimonial inclui o resultado de FIC contabilizado no Multivarejo e consequentemente no GPA Alimentar Brasil, Cdiscount no G PA Consolidado e a parceria com Bancolombia no Grupo
Éxito. (4) Lucro líquido após participação de acionistas não controladores. (5) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Ope racionais.
(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Em 2018 esses efeitos totalizaram R$ 436 milhões no Assaí, composto por R$ 369 milhões de estorno da provisão de créditos de ICMS ST relacionado
a períodos anteriores a 2018 no 2T18 e R$ 67 milhões de complemento desses créditos no 4T18. No Multivarejo, os efeitos de 2018 referem-se a venda a terceiros de parte dos créditos
fiscais relacionados à exclusão do ICMS das bases de cálculo de PIS/COFINS, no montante líquido de R$ 45 milhões realizados no 2T18.

20
Demonstração de Resultado do Exercício - 2019 - Pós IFRS 16 - Pro forma

Considera 12 meses de consolidação do Grupo Éxito

GPA GPA Alimentar -


Grupo Éxito
Consolidado Brasil
2019
R$ - Milhões
Receita Líquida 72.872 54.451 18.388
Custo das Mercadorias Vendidas (56.319) (42.725) (13.559)
Depreciação (Logística) (217) (142) (74)
Lucro Bruto 16.337 11.584 4.754
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. (11.321) (7.980) (3.290)
Resultado da Equiv. Patrimonial (1) (5) 107 (12)
Outras Despesas e Receitas Operacionais (371) (259) (112)
Depreciação e Amortização (1.896) (1.353) (542)
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 2.744 2.100 798
Receitas Financeiras 1.120 356 763
Despesas Financeiras (2.711) (1.355) (1.356)
Resultado Financeiro Líquido (1.591) (998) (593)
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 1.153 1.101 206
Imposto de Renda (347) (321) (28)
Lucro Líquido Companhia Consolidado 1.155 1.092 178
EBITDA Ajustado (2) 5.228 3.853 1.527
GPA GPA Alimentar -
Grupo Éxito
Consolidado Brasil
% da Receita Líquida 2019
Lucro Bruto 22,4% 21,3% 25,9%
Desp. com Vendas, Gerais e Adm. 15,5% 14,7% 17,9%
(1)
Resultado da Equiv. Patrimonial 0,0% 0,2% 0,1%
Outras Despesas e Receitas Operacionais 0,5% 0,5% 0,6%
Depreciação e Amortização 2,6% 2,5% 2,9%
EBIT - Lucro operac. antes do result. financeiro e impostos 3,8% 3,9% 4,3%
Resultado Financeiro Líquido 2,2% 1,8% 3,2%
Lucro (Prejuízo) Operacional Antes I.R. 1,6% 2,0% 1,1%
Imposto de Renda 0,5% 0,6% 0,2%
Lucro Líquido Companhia Consolidado 1,6% 2,0% 1,0%
EBITDA Ajustado (2) 7,2% 7,1% 8,3%

(1) Resultado da equivalência patrimonial inclui o resultado de FIC contabilizado no Multivarejo e consequentemente no GPA Al imentar Brasil, Cdiscount no GPA Consolidado e a
parceria com Bancolombia no Grupo Éxito. (2) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.

21
(*)
Fluxo de Caixa - Consolidado

FLUXO DE CAIXA
GPA Consolidado
(R$ milhões) 31.12.2019 31.12.2018
Lucro (Prejuízo) líquido do exercício 836 1.284
Imposto de renda diferido 157 235
Perda (ganho) na alienação de imobilizado e intangível 88 17
Depreciação e amortização 1.559 1.322
Juros e variações monetárias 1.668 1.730
Ajuste a valor presente 1 3
Resultado de equivalência patrimonial (6) (69)
Provisão para demandas judiciais 194 730
Provisão para baixas e perdas do imobilizado - 29
Remuneração baseada em ações 38 41
Provisão para créditos de liquidação duvidosa 263 634
Provisão para obsolescência e quebras 16 (6)
Outras despesas operacionais 18 (369)
Receita diferida (344) (478)
Perda (ganho) na baixa de passivo de arrendamento (116) (80)
Ganho de venda de subsidiária (598) -

(Aumento) redução de ativos


Contas a receber (14) (326)
Estoques (175) (1.475)
Impostos a recuperar (289) (1.350)
Dividendos recebidos 23 36
Outros ativos (173) (34)
Partes relacionadas (81) 166
Depósitos judiciais (6) (1)

(Aumento) redução de passivos


Fornecedores (1.215) 2.149
Salarios e encargos sociais (131) 36
Impostos e contr. sociais a recolher (15) 249
Demais contas a pagar (52) 193
Demandas judiciais (453) (1.021)
Receita diferida 173 1.032
Imposto de renda e contribuição social pagos (231) (410)

Caixa líquido gerado (utilizado) nas atividades operacionais 1.135 4.267

Aquisição de bens do ativo imobilizado (2.462) (1.649)


Aumento no ativo intangível (320) (715)
Venda de bens do imobilizado 511 467
Caixa líquido de aquisições de empresas (3.309) -
Caixa recebido na venda de subsidiária 2.326 -
Aquisição de propridade para investimento (12) -
Caixa líquido gerado (utilizado) nas atividades de investimento (3.266) (1.897)
Fluxo de caixa das atividades de financiamento
Aumento de capital 32 3
Captação e refinanciamentos 13.604 9.139
Pagamentos de empréstimos e financiamentos (9.952) (8.687)
Pagamento de dividendos (268) (351)
Aquisição de sociedade (31) (1)
Transação com não controladores 7 (1)
Pagamento de passivo de arrendamento (1.498) (1.743)
Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes 111 -
Caixa líquido gerado (utilizado) nas atividades de financiamento 1.894 (1.641)

Aumento (redução) de caixa e equivalentes (126) 729

Disponibilidades no início do exercício 8.080 7.351


Disponibilidades no fim do exercício 7.954 8.080
Variação no caixa e equivalentes (126) 729

(*) Considera 5 meses de Via Varejo em 2019 e 12 meses em 2018. Considera 1 mês de Éxito em 2019.

22
IX. SEGMENTAÇÃO DE VENDAS POR NEGÓCIO – BRASIL

(1)
Inclui vendas do Extra Supermercado, Mercado Extra, Extra Hiper e Compre Bem. (2) Inclui vendas do Mini Extra e Minuto Pão de Açúcar.
(3)
Inclui as vendas dos Postos de Combustíveis, Drogarias, Delivery e receitas provenientes do aluguel de galerias comerciais.

X. COMPOSIÇÃO DAS VENDAS (% sobre Vendas Líquidas) - BRASIL

23
XI. IFRS 16

A partir de 1º de Janeiro de 2019, os resultados do GPA passam a incluir os efeitos do IFRS 16/CPC 06 (R2) – Operações de
arrendamento mercantil, que elimina a distinção entre arrendamentos operacionais e arrendamentos financeiros, e exige o
reconhecimento de um ativo e um passivo financeiro relativo aos aluguéis futuros, descontados a valor presente, para
praticamente todos os contratos de arrendamento das nossas lojas.
A Companhia optou pela adoção retrospectiva completa, como se o pronunciamento tivesse sido sempre adotado desde o início
dos contratos, de forma a apresentar os efeitos comparativos para cada um dos períodos pretéritos. Dessa forma, as despesas
com arrendamento operacional são substituídas por despesas de depreciação relacionadas ao direito de uso e despesas de juros
relacionadas ao passivo de arrendamento.

A tabela abaixo demonstra os ajustes para reconciliação dos efeitos do IFRS 16 para o GPA Consolidado e GPA Alimentar no
4T19 e 2019:

(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.

(*) Exclui os efeitos não recorrentes. No 4T18 esses efeitos totalizaram R$ 145 milhões no Assaí, composto por R$ 78 milhões de créditos integralmente relacionados aos 9M18 (portanto de natureza não

recorrente no trimestre e recorrente no ano de 2018), e R$ 67 milhões de créditos relacionados à períodos anteriores a 2018, de natureza não recorrente no trimestre e no ano, em complemento aos valores já

registrados. No lucro líquido os efeitos estão líquidos de IR.

24
(1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Ajustado pelas Outras Despesas e Receitas Operacionais.

(*) Exclui os efeitos não recorrentes. Em 2018 esses efeitos totalizaram R$ 436 milhões no Assaí relacionados à R$ 369 milhões de estorno da provisão de créditos de ICMS ST de períodos anteriores a 2018 no

2T18 e R$ 67 milhões de complemento desses créditos no 4T18. No Multivarejo, os efeitos de 2018 referem-se à venda a terceiros de parte dos créditos fiscais relacionados à exclusão do ICMS das bases de

cálculo de PIS/COFINS, no montante líquido de R$ 45 milhões realizados no 2T18. No lucro líquido os efeitos estão líquidos de IR.

25
Teleconferência e Webcast sobre os Resultados do 4T19
Quinta-Feira, 20 de fevereiro de 2020
10:30h (horário de Brasília) | 8:30h (NY) | 13:30h (Londres)
Conferência em Português (idioma original)
+55 (11) 3181-8565
Conferência em inglês (tradução simultânea)
+1 (412) 717-9627 ou +1 (844) 204-8942
Webcast: http://www.gpari.com.br
Replay
+55 11 3193-1012
Código para áudio em português: 1932275#
Código para áudio em inglês: 1779586#
http://www.gpari.com.br

Contatos – Relações com Investidores

GPA
Telefone: 55 (11) 3886-0421
gpa.ri@gpabr.com
www.gpari.com.br

Aviso / Disclaimer: As declarações contidas neste comunicado relativas à perspectiva dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais /
financeiros, potencial de crescimento da Empresa e relativas às estimativas de mercado e macroeconômicas constituem-se em meras previsões e foram
baseadas nas crenças, intenções e expectativas da Administração em relação ao futuro da Companhia. Estas expectativas são alt amente dependentes de
mudanças do mercado, do desempenho econômico geral do Brasil, da indústria e dos mercados internacionai s e, portanto, estão sujeitas a mudanças.

26
APÊNDICE
Negócios da Companhia:

Alimentar - Brasil: Valores apresentados referem-se à soma das atividades de Assaí e Multivarejo.

Grupo Éxito: Valores apresentados referem-se às atividades do Grupo Éxito exercidas na Colômbia, Uruguai e Argentina. O GPA
concluiu a aquisição de 96,57% do capital social do Grupo Éxito em 27 de novembro de 2019.

Consolidado: Valores apresentados referem-se à soma das atividades Alimentar - Brasil, Grupo Éxito, Cdiscount e outros
negócios da Companhia.

Atividades descontinuadas: Referentes às atividades da Via Varejo até maio de 2019 e outros efeitos posteriores relacionados à
baixa dos investimentos.

EBITDA: O cálculo do EBITDA é realizado em conformidade com a Instrução nº 527 da Comissão de Valores Mobiliários, de
04/10/12.

EBITDA Ajustado: Medida de rentabilidade calculada pelo EBITDA excluídas as Outras Despesas e Receitas Operacionais. A
Administração utiliza a medida em suas análises por entender que, dessa maneira, despesas e receitas excepcionais e outros
lançamentos extraordinários que podem comprometer a comparabilidade e análise dos resultados são eliminados.

Lucro por Ação: O lucro diluído por ação é calculado conforme segue:
● Numerador: lucro do exercício ajustado pelos efeitos dilutivos de opções concedidas por subsidiárias.
● Denominador: número de ações de cada categoria ajustado de modo a incluir as possíveis ações correspondentes a
instrumentos dilutivos (opções de ações), deduzido o número de ações que poderiam ser recompradas no mercado,
conforme o caso.

27
Os instrumentos de patrimônio que devam ou possam ser liquidados com ações da Companhia e de suas subsidiárias somente
são incluídos no cálculo quando sua liquidação tiver impacto dilutivo sobre o lucro p or ação.

Crescimento ‘mesmas lojas’: Todos os crescimentos ‘mesmas lojas’ mencionados no documento estão ajustados pelo efeito
calendário de cada período.

Crescimento e Variações: Os crescimentos e variações apresentados neste documento referem-se à variação comparada ao
mesmo período do ano anterior, exceto quando indicado no texto.

28