Você está na página 1de 6

Lista de Atividades

Questões 13, 14, 18, 19, 20, 22 e 24

Questão 14-

package entidade;

import java.util.ArrayList;

public class Agenda {

ArrayList<Contato> contatos = new ArrayList<Contato>();

public void Agendinha() {

if (this.contatos.size() == 0) {

System.out.println("A lista está vazia");

} else {

for (int i = 0; i < contatos.size(); i++) {

System.out.println("Nome: " + contatos.get(i).getNome());

System.out.println("Telefone: " + contatos.get(i).getTelefone());

System.out.println("Email: " + contatos.get(i).getEmail());

}}}

public void editarContato(String telefone, Contato contato) {

for (int i = 0; i < this.contatos.size(); i++) {

if (this.contatos.get(i).getTelefone() == telefone) {

this.contatos.get(i).setNome(contato.getNome());

return;

}}}}

package entidade;

public class Contato {

private String nome;


private String telefone;

private String email;

public String getNome(){

return nome;

public void setNome(String nome){

this.nome = nome;

public String getTelefone(){

return telefone;

public void setTelefone(String telefone){

this.telefone = telefone;

public String getEmail(){

return nome;

public void setEmail(String email){

this.email = email;

Questão 18-

Um Listener é normalmente usado em interfaces. Como o próprio nome indica, o Listener


(ouvinte, em inglês) “ouve” certas ações realizadas no programa, e a partir dessas ações, avisa
aos objetos relacionados a ele que algo ocorreu. Resumidamente, o Listener “ouve” o que ocorre
em um objeto e alerta a outros objetos que tal ação foi realizada.
No caso dos botões, o Listener consegue identificar quando o evento de clique de certo
botão ocorre a partir do método “addActionListener()”, que ao implementar o método
“actionPerformed(ActionEvent e)”, realiza uma determinada ação quando o botão for acionado.
Em outras palavras, o Listener “escuta” o clique do botão e manda o método fazer algo.

Questão 19-

Enquanto a abstração define as entidades de forma geral, o encapsulamento controla o


acesso aos atributos presentes no ambiente dessas entidades, manipulando quem pode ou não
ter acesso a tal. Em meio a tudo isso, vem a modularização, possibilitando que o código seja
“dividido” em partes específicas. Ao usar a programação estruturada, temos a oportunidade de
visualizar melhor cada parte do código e suas funcionalidades.

Ao abstrair uma classe, nós conseguimos destacar as principais informações e


características de tal. Posteriormente, é possível utilizar métodos abstratos, para possibilitar que
um método específico seja determinado não pelas superclasses, mas sim pelas classes filhas.

No encapsulamento, usamos níveis de acesso para determinar o controle dos atributos


e métodos de uma classe. Ao usar “public”, “protected” e “private”, dizemos aonde determinada
classe poderá ser utilizada.

Ao introduzir a modularidade, modificaremos a forma que utilizamos determinadas


funções no desenvolvimento de programas. Apesar de não existir algo que define exatamente o
que seria a modularização na programação, podemos dizer que modularizar seria a forma que
dividimos o código, para melhor visualização da funcionalidade de cada parte de tal.

Questão 20-

Um Error é algo que, diferente da Exception, não precisa ser “capturado” para ser tratado
durante o funcionamento do programa. Quando um Error ocorre, a aplicação enfrentará diversos
tipos de dificuldades para continuar rodando, acarretando sua má funcionalidade e até mesmo
no fim de sua execução. Uma Exception pode ser prevista, “capturada” (através de métodos
como o Try Catch) e tratada, evitando assim que a aplicação pare de funcionar de forma brusca.

Existem métodos que permitem que Errors sejam tratados, também como podem existir
Exceptions que são bastante difíceis de serem tratadas. Esses casos são específicos, mas vale
ressaltar a existência de tais.

Questão 22-

package invoice;

public class Invoice{

private int numero;

private int quantidade;

private String descricao;

private double preco;


Invoice(){

Invoice(int numero, int quantidade, String descricao, double preco){

this.numero=numero;

this.quantidade=quantidade;

this.descricao=descricao;

this.preco=preco;

public void setNumero(int numero){

this.numero=numero;

public void setQuantidade(int quantidade){

this.quantidade=quantidade;

public void setDescricao(String descricao){

this.descricao=descricao;

public void setPreco(double preco){

this.preco=preco;

public int getNumero(){

return numero;

public int getQuantidade(){

return quantidade;

public String getDescricao(){

return descricao;

public double getPreco(){

return preco;

}
public double getInvoiceAmount(){

double amount = preco*quantidade;

if(quantidade<0){ this.quantidade=0; }

if(preco<0){this.preco=0.0;}

return amount;

Questão 13-

package pato;

public class Produtos{

String Nome;

double Preco;

int Quantidade;

public Produtos(String nome, double preco, int quantidade){

Nome = nome;

Preco = preco;

Quantidade = quantidade;

}}

package pato;

import java.util.ArrayList;

public class Pedidos {

int Quantidade;

ArrayList<Produtos> produto = new ArrayList();

public void Pagar(int tipopagamento){


if (tipopagamento==1) {

System.out.println("Pedido pago com Cartão de Crédito");

}else if (tipopagamento==2) {

System.out.println("Pedido pago com Dinheiro");

}else if (tipopagamento==3) {

System.out.println("Pedido pago com Cheque");

Questão 24-

public class Complex {

int imaginario;

int real;

public Complex(){

imaginario = this.imaginario=0;

real = this.real=0;

public Complex (int real, int imaginario){

this.real = real;

this.imaginario = imaginario;