Você está na página 1de 3
Capitulo 1 Projegées do som sobreaimagem I. Ailusao audiovisual [As luzes da sla apagamse,o filme omega. No cr sucedem-s a ages, brats, enigmatias uma projeio de cinema, 2 pelicula em igre plano. Cena raumatizntes de animals sacrifices. Uma mio ier pregada. Em seguida, uma morgue, onde o tempo qootiiano se Seanc nesta morgue uma crangs que parece inialmente win eadiver ‘omo ov outosc que realmente se exe, desperta, Ie um ivr, aproxima ‘Tndo da superficie do ex, sob esa mo, parece Formarse 0 costo de ‘ama mir muito bea. "Evo que vimos. fa sequtnca inal de Pesona, de Bergman, que {ol analsaa cm vos ecm eusos, por um Raymond Bellour, um David ‘Boswell ov uma Marylin Johns Blackwell Eo filme podera continuar SS “Rebobinemose fle de Bergman dede onic, muito simplesments, orteros ovr, pratentar vero fle exquecendo aguilo que vimos antes. ‘Agora, aqullo que semose € ora coisa, OSS pimcto las o plano da mio pregada no uilénci, peresbemos tatava de rs planosditiaos,embora 36 tvésemo visto um, enealeados plo som. Sobretudo,pivada de som, a mio Ealbsata, Com som, € atetadora, real, As imagens da morgue: gars dguaa gost), dercobrios uma vie de oc uns até ds outros, desprovidos Bando diva do rapa, sem a nota vibrant que rataraa sua explorao, dead formar eso, moves. am ealzador Sea oom 5 Sequénciaconhecida de Tr em As Fétas do es de Monsieur Hulots numa pequena praia SEE ree ann ager, surreal como face opost dime at ee eos a0 PENA COM 0 Ss ona Fon i pans qe dnerem ¢ DINE oes Que eeu nm spider, pam man debs de sim Ea Hirao som, eno exalt re rtcmnos agora a Bergan os seus sons ¢ 2 Tata sua imagen suds normal A mio ser regada impression actianga odela wae anos os verancates tém um a estrao alguns barulhos que aes amor epeialmente, quando hava som, saem da imagem com Tales de banda desenhada Sb ue agors, lems eouvimos de outa mania, Seco cng arte daimagem, uma uso? Evderemee, com pia dpande se? realmente dist qe fal ext vo: da asi audios Tina into qu eencotra, para comes no cero da telgSo mals importance ent som eager (cma istada por Bergman) dovaloracrexcenado, 1,0 valor acrescentado: definigio ue verse que est conia apenas na imagers até dar a impress tierce injusta de que osm én ede que refrga um sentido ‘ora verdad de cdc seu porno, sa pla sua posi diene com aul que sev. ue permit sabdeceruma eso media ‘ore pnt ee ul gsr co choqus gue ow xl eno ers chou, queda ot cnn a nai os recom om a consnnca uma materialiade qu spies May am piel lepers el ale tonto, omar acral odo tex sobre TIL. Valor acrescentado pelo texto nifcalembra que, em quae dos ox ease, fivorece vor, evideniaa desta dos otros sons, Fa or que n dager, écapada na romada ~ ©5907 Oe ealtado iguabeeene aa cl prope do Veo, ra salad gualene ap, ace de Fmencaor podesa ter dio derenas de ots col cos, Em anes mas de wna redundancia hsiria, wma ver ido eextrucurado a nossa vis to bem eimai ui it ne Sc np ‘de uma opinio colada sobre uma ie seria ie ek 1X ropa estrururagio da visio que ee implica, enquadrando-a de uma emg, cm ime Bee een cremains amg sega nn sendin epee a “aia ipa gs onan eo ie Sera ir set Se ee ee ‘nic. Exemplos deste segundo cao, a ques pd chamar anc tim sax privat) so as numernas sia de plano mecico, de cles, dle cana de misc ede angus de blle cua fivolidae eingenuidade tstndadasrefrgam, os lms, emogdo individual das pesonagens edo ‘spzador, aa medida em que afetam ignor-ls ‘Nao hi divide de que ete cleo de ndifrena cscs era tlio em certas eras, quando a emogio er deal modo forte que pralisaeas ‘eae das peonagense rovers nla uma eapéce de eresso pica op famowo feito de loucuts, 4 melpeia que o louco erie abunando-e {am ldo para 0 auto, ete. Mas no cc, ee efioalerpatco adquitia tal importacia que te pode conalderar que em uma elaao intima com ‘etna do cinema a sua mecinia escondida, ‘De facto, qualquer me rena de um desenolarindferenee ao imicico, oda projeeo, que provca no crt enor aifslantessimlacrs de ‘movimento ede ida ~cetedesenralat deve ser escondidoe esquecido ‘Armisieaanempétia mais no faz do que eelarasua verdad, aa face robsiea, Ea miica que faz apaecera tama mecinia desta tapesaria tmocionale sensorial Exit eambem msias que so empitcas nem anempicas que mum sentido abutrao ou uma mera fungi de presenca, um valor de ‘lca informatva~em tod o cas, sm retonnclaemocional 1V.2 Ruidos anempaticos © efeitoanemptico, na maora dos cats, diz respi & misica, mas pode ser ambém utiliza com ruldos: por exemplo, quando, nama cena ‘io vilenta on 3p mort de uma personage, im process quale ‘tuido de miquina, bru de um ventladr, ato de um diche, te) continua a desenrlarse com se nada eee pasado, po cx Pc, de Hitchcock, ou Pefade: Repére, de Antonioni. YV. Influéncias do som sobre as percegies de movimento e de velocidade V1 0 som é movimento ‘A percesso sonora ea peceso visual, comparadas cnc sisi muito mais dispares do que se imagina, Se remo pouca consciéncia disso € por «que, no contzate audiovisual, extas persue se afluenciam mucuamente + Por contaminagio ¢ projey. a8 as propric: