Você está na página 1de 49

HOSPITAL MORIAH

SÃO PAULO - BRASIL

1
Ficha Técnica
• Cliente: Grupo Life Empresarial Saúde

• Local: São Paulo, SP

• Área do terreno: 7.719,75 m²

• Área construída: 9.535,75 m²

• Projeto: dezembro de 2010

• Conclusão da obra: fevereiro de 2014

• Arquitetura: Siegbert Zanettini (autor); Thaís Barzocchini (coordenadora); André Balsini, Natália Malateaux,
Eric Fick, Juliana Martins Bacchi, Alexandre Baroni, Luciana de Paula e Luciana Cainelli (colaboradores)

• Construção: Planova / Estrutura de concreto: HR / Acústica: Sresnewsky Engenharia

• Fachadas: Penha Vidros (sistema spider, fabricação e montagem); Erg’s (sistema entre vãos, fabricação e
montagem)

• Estrutura metálica: HR (cálculo, projeto executivo e dimensionamento); Forte Metal (fabricação e montagem)
2
Localização
O imóvel está instalado no quarteirão formado pelas
avenidas Moreira Guimarães, Moaci, Miruna e
alameda Guaramomis, na zona sul de São Paulo.
Como praticamente metade do terreno voltado para a
Moreira Guimarães não podia ser edificada, foi
destinada ao estacionamento aberto.

3
Estrutura:
Considerado um ícone para a produção televisiva, o edifício, inaugurado na década de 1950, foi construído
exclusivamente para abrigar a TV Record em São Paulo. Após a mudança da emissora para o bairro da Barra
Funda, na década de 1990, o prédio foi ocupado pela Rede Mulher e depois pela Record News, sendo
desativado em 2007. A partir de 2010, passou por ampla reforma e foi transformado no Hospital Moriah, o
primeiro do Grupo Life Empresarial Saúde.

Implicações:
Por orientações tanto da prefeitura quanto do próprio cliente, o projeto arquitetônico deveria aproveitar o máximo
do prédio existente e complementar com uma nova construção as áreas necessárias ao hospital-conceito, que
servirá de modelo para as futuras unidades da rede. Desenvolvido pelo arquiteto Siegbert Zanettini, o hospital
conta com 60 leitos, centros cirúrgico e obstétrico, pronto-socorro e sala de hemodinâmica. Devido às
características do edifício e em função da legislação local, não foi possível aumentar muito a área construída.

4
5
Intervenções Estruturais:
O bloco existente tem estrutura de concreto e o novo foi erguido com estrutura metálica. De acordo com
Zanettini, “como o prédio antigo não tinha configuração própria para hospital e apresentava certa indisciplina
técnica, estrutural e de instalações, foi necessário fazer um amplo retrofit. Ele estava bastante deteriorado, pelo
tempo que ficou desativado. Foi preciso fazer um levantamento minucioso de cálculo para ver o que a estrutura
suportaria”. As paredes internas e as fachadas sem caracterização plástica foram derrubadas, de modo que do
antigo edifício ficou apenas o esqueleto da estrutura de concreto, que recebeu reforço com acintamento. Assim,
foi possível criar a ala de internação, com os quartos voltados para a área ajardinada às margens da alameda
Guaramomis e as fachadas cegas substituídas por entre vãos. Os apartamentos receberam caixilhos móveis
produzidos com perfis de alumínio da linha Atlanta, da Belmetal, e vidros laminados insulados com persianas
entre vidros e de acionamento manual.

6
7
Pavimentos:
A área construída de 9.535,75 metros quadrados se distribui em cinco andares. Havia dois subsolos: o primeiro
foi transformado em pavimento técnico enterrado; o segundo, ampliado até o limite permitido por lei sob o novo
bloco, abriga área de carga e descarga, estacionamento e serviço de diagnóstico de imagens. No pavimento
térreo encontram-se lobby de entrada, auditório, loja, pronto-socorro e internação. No primeiro andar estão
administração, restaurante, internação e centro cirúrgico/hemodinâmica. Na cobertura/solário, circundada por
telhado verde, ficam setores administrativos, áreas técnicas cobertas e descobertas. Em cima dela existem dois
volumes destinados a caixa-d’água, casa de máquinas e suporte técnico.

8
9
10
11
12
Automação, construção econômica e sustentabilidade:
Aspectos da sustentabilidade marcam áreas internas e externas. Para levar luz ao interior da edificação, duas
pequenas praças descobertas estão dispostas no térreo da ala antiga. “Criar áreas verdes dentro do edifício é
tirar um pouco o aspecto fechado de um hospital”, defende o arquiteto. A preocupação se estendeu para as
salas administrativas na cobertura, que receberam na face norte vidros laminados de proteção solar instalados
no vão-luz que vence todo o pé-direito das salas. Nessa fachada instalaram-se brises de alumínio móveis e
ajustáveis individualmente conforme a posição do sol.

No entorno das salas inseridas na cobertura, foram instalados telhados verdes com plantas e impermeabilização
especiais. “O tratamento do telhado verde deve ser definido com espécies não poluidoras e não favoráveis a
insetos, além do grande cuidado com a estanqueidade”, lembra Zanettini. Como o hospital está perto do
Aeroporto de Congonhas, foi realizado estudo para avaliar a acústica dos ambientes e trabalhar materiais que
promovessem uma barreira ao ruído. Além dos revestimentos externos, as fachadas possuem janelas com
vidros insulados e vidros estruturais laminados e temperados de 16 milímetros.

13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
Fachada Curva:
Envolvendo as faces frontal e lateral do antigo edifício, o novo bloco deveria dar um tratamento diferenciado ao
conjunto. Para seguir a premissa do cliente, de ter um hospital marcante como sua primeira unidade, a fachada
frontal da edificação existente tornou-se uma face interna envolvida por pele de vidro estrutural curva dividida
em duas partes, que totalizam 700 metros quadrados. São duas meias cúpulas voltadas para a avenida Moreira
Guimarães.

Para dar leveza e exuberância à edificação, os panos de vidro que vedam o átrio do hospital são constituídos de
uma estrutura metálica com pé-direito triplo (12,37 metros), que parte do chão em ângulo reto e se torna curva
ao se encontrar com a estrutura de concreto do prédio antigo.

Internamente, a fachada do prédio antigo, instalada a partir do primeiro andar, é tratada como uma divisória de
vidro laminado de 12 milímetros aplicada nas áreas de restaurante, bar e outras que estão voltadas para o átrio.
Para a fachada curva foram utilizados vidros laminados de 16 milímetros fixados através do sistema spider com
peças presas à estrutura metálica. Nas juntas entre as placas de vidro foram empregados fita de vedação e
silicone neutro.

35
36
37
38
39
40
Ampliação:
Reforma sem aumento de área (áreas existentes – internas): 614m² (total)

• Adaptações para interligação da nova torre de elevadores (pavs. Subsolo/ Térreo/ 1°pav.): 130m²

• Reforma do Centro Cirúrgico (1°pav.): 181,50m²

• Reforma da área de Diretoria, Auto-Cuidado, TI (2°pav – Solarium): 302,50m²

Construção nova com ampliação da área construída (novas áreas): 1.787m² (total)

• Internação: 18,00m² (área de projeção da torre dos elevadores)

• Ampliação do pavimento Térreo:

• Área Administrativa em “open-offce”: 188,50m²

• Área de Projeção do 1°pavimento com circulação aberta / interligação com Cúpula do Prédio atual: 170,50m²

• Ampliação 1°pav. Centro Cirúrgico: 359m²

• Ampliação área técnica do Centro Cirúrgico (2°pav. – Solarium): 359m²


41
• Ampliação da área de Internação e Diretoria no 2°pavimento (Solarium): 692m²
42
43
44
45
46
47
Referências :
Siegbert Zanettini: Hospital Moriah, São Paulo. Átrio Protegido por Fachada Curva. Disponível em:
<https://www.arcoweb.com.br/finestra/arquitetura/siegbert-zanettini-hospital-moriah-sao-paulo>.
Acesso em: 14 fev. 2020.

Hospital Moriah. Na reforma do Hospital Moriah, os arquitetos do escritório Zanettini Arquitetura o


transformaram em um partido contemporâneo dotado de ciência, tecnologia e inovação.
Disponível em: <https://www.galeriadaarquitetura.com.br/projeto/zanettini-arquitetura_/hospital-
moriah/558>. Acesso em: 15 fev. 2020.

Hospital Moriah – Reforma com Ampliação e Construção de Novo Edifício Anexo. Detalhes do
Projeto. Disponível em: <https://www.teixeiraduarteconstrucao.com.br/projetos/hospital-moriah-
reforma-com-ampliacao-e-construcao-de-novo-edificio-anexo/>. Acesso em: 15 fev. 2020.

48
OBRIGADO

49

Interesses relacionados