Você está na página 1de 1

Paralisia da face em um pós-operatório de reconstrução de côndilo da mandíbula

Introd: O nervo facial é o VII par dos nervos cranianos responsável pela inervação da face.
Possui origem no sulco bulbo-pontino e sai do crânio pelo forame estilomastóideo. Em um
pós-operatório para reconstrução de côndilo de mandíbula, um paciente apresentou um
quadro de paralisia facial.

OBJ: Possíveis motivos para ocorrer paralisia facial na intervenção cirúrgica.

Met: Acesso submandibular e pré-auricular. (afastador de tecido)

Refencial: O nervo facial é o VII par dos nervos cranianos responsável pela inervação da face.
Possui origem no sulco bulbo-pontino e sai do crânio pelo forame estilomastóideo. Após esse
forame o nervo facial se ramifica em ramos que vão para o ventre do músculo occipital, o
ramo cervical, o ramo marginal mandibular, o ramo bucal, o ramo zigomático e o ramo
temporal que irão inervar suas respectivas regiões. O côndilo da mandíbula se articula com a
fossa mandibular que é relativamente próxima ao forame estilomastoide.

Conclusão: Podemos observar que pela recuperação do paciente, é notável a retomada dos
movimentos faciais. Sendo assim, a idéia de lesão no nervo facial é descartada. Por outro lado,
podemos acreditar que o motivo pelo qual a face perdeu os seus movimentos foi pela
compressão do nervo facial na região do forame estilomastóideo, assim paralisando os
movimentos faciais.