Você está na página 1de 11

Formanda: Olívia Gomes Pereira

Guia da Sessão: O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (Conclusão)

O Ministério da Educação (ME) tem em curso um processo de avaliação externa de todos os estabelecimentos públicos de ensino, tendo por suporte um
Quadro de Referência e o trabalho de um conjunto de equipas de avaliação no terreno, mediante os quais, se propõe vir a avaliar cada escola de 4 em 4 anos.

Esta avaliação externa articula-se com os mecanismos de auto-avaliação postos em prática em cada escola que, como sabemos, são muito distintos de escola
para escola.

Tendo em conta esta variedade, a IGE definiu um conjunto de campos e tópicos de análise comuns que visam uniformizar e facilitar às escolas a preparação
da sua apresentação à equipa de avaliação externa e a elaboração do texto que lhe serve de suporte e fundamentação.

A análise e reconhecimento do papel da BE a nível da auto-avaliação da escola, para a qual tenta contribuir o Modelo de Auto-Avaliação das BE proposto pela
RBE, e a inclusão da BE na informação prestada às equipas de avaliação externa, tendo em vista a sua valorização, desenvolvimento e melhoria, é
fundamental.

A actividade desta sessão incide, deste modo, nesta fase de transferência e comunicação para o exterior dos resultados de avaliação apurados no processo de
auto-avaliação da BE e incorporados na auto-avaliação de cada escola.

Como desconhecemos o modo como cada escola organiza a informação resultante da sua auto-avaliação, mas conhecemos a estrutura descritiva comum da
IGE, a que essa informação deve obedecer com vista à avaliação externa, utilizaremos também esta estrutura, como referencial para o nosso trabalho de
reflexão nesta sessão.

1. Elabore um quadro que permita cruzar o tipo de informação resultante da auto-avaliação da BE nos seus diferentes Domínios/Subdomínios e respectivos
Indicadores, com os Campos de análise e Tópicos descritores estabelecidos pela IGE, nos quais aquela informação deve ser relatada e enquadrada para
apresentação.
Formanda: Olívia Gomes Pereira

CAMPOS E TÓPICOS ESTABELECIDOS PELA IGE

1. CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ESCOLA 4. LIGAÇÃO À COMUNIDADE


a. Contexto físico e social a. Articulação e participação dos pais e encarregados de
b. Dimensão e condições físicas da escola educação na vida da escola
c. Caracterização da população discente b. Articulação e participação das autarquias
d. Pessoal docente c. Articulação e participação das instituições locais –
e. Pessoal não docente empresas, instituições sociais e culturais
f. Recursos financeiros 5. CLIMA E AMBIENTE EDUCATIVOS
2. O PROJECTO EDUCATIVO a. Disciplina e comportamento cívico
a. Prioridades e objectivos b. Motivação e empenho
b. Estratégias e planos de acção 6. RESULTADOS
3. A ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA ESCOLA a. Resultados académicos
a. Estruturas de Gestão b. Resultados sociais da educação
b. Gestão pedagógica 7. OUTROS ELEMENTOS RELEVANTES PARA A CARACTERIZAÇÃO
c. Procedimentos de auto-avaliação institucional
Formanda: Olívia Gomes Pereira

O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO


(CONCLUSÃO)

CAMPOS E TÓPICOS PLANO DE ACÇÃO


ESTABELECIDOS
AUTO-AVALIAÇÃO BE Dominios,
PELA IGE subdominios e 09/10 10/11 11/12 12/13
indicadores
Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços
prestados pela BE
Os órgãos de direcção, administração e gestão reconhecem
o valor da BE, garantindo boas condições em termos de
1 - CONTEXTO E recursos humanos com qualidade e de verba para o seu Recursos Recursos Recursos
CARACTERIZAÇÃO D.1 Recursos
funcionamento. Humanos Humanos Humanos
Humanos
Verba Verba Verba
GERAL DA ESCOLA - Verba
A BE assume-se e é entendida por todos como um recurso D 1.3 Relato/ Relato/ Relato/
1 Relato
CONTEXTO FÍSICO E D 3.1 valor valor valor
/valor
activo ao serviço da escola/agrupamento. O professor Articulação Articulação Articulação
SOCIAL; RECURSOS D 3.2 Articulação/
bibliotecário integra o conselho pedagógico. Os órgãos de / / /
Planificação
FINANCEIROS Planificação Planificação Planificação
direcção, de administração e gestão estabelecem
estratégias visando a articulação/planificação entre a BE e
os vários departamentos curriculares e demais estruturas
de coordenação educativa e supervisão pedagógica.

Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços D.2. Espaço Espaço Espaço Espaço
1 - CONTEXTO E Mobiliário Mobiliário Mobiliário Mobiliário
A BE apresenta muito boas condições de espaço e de
CARACTERIZAÇÃO Equipament Equipament Equipament Equipament
mobiliário e equipamentos, garantindo uma utilização D1.1. os os os os

1
Direcção, Conselho Geral, Conselho Pedagógico, Departamentos
Formanda: Olívia Gomes Pereira

GERAL DA ESCOLA - individual e em grupo e a satisfação das necessidades dos D2.3 (Hardware e (Hardware e (Hardware e (Hardware e
utilizadores. D2.4 Sofware) Sofware) Sofware) Sofware)
DIMENSÃO E Questionári Questionári
A BE disponibiliza um bom nível de equipamentos os os
CONDIÇÕES FÍSICAS
tecnológicos (hardware e software) que responde muito
DA ESCOLA
bem às necessidades da escola/agrupamento: 80% ou mais
dos utilizadores avaliam muito positivamente este item.

Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços


O professor bibliotecário possui formação adequada ao seu
conteúdo funcional, nos termos da legislação vigente.
O professor bibliotecário exerce uma liderança forte e uma
1 - CONTEXTO E gestão efectiva, mobilizando a equipa e a escola para o
Formação 1
valor e para o trabalho com a BE (___% ou mais dos D.2. Formação 1
2
Formação 2
CARACTERIZAÇÃO utilizadores servidos pela BE na escola/agrupamento 3 Formação 1 Formação 1
Formação 2 Equipa
Formação 2 Formação 2
GERAL DA ESCOLA - avaliam muito positivamente este item). D2.2 Equipa Questionári
Equipa Equipa
A equipa é, no que respeita às competências e número dos os
PESSOAL DOCENTE
seus elementos, muito adequada às necessidades da BE.
Tem o seu conteúdo funcional bem definido e responde
muito bem às necessidades da escola/agrupamento e às
solicitações dos utilizadores.

1 - CONTEXTO E Adequação dos recursos humanos às necessidades de


funcionamento da BE
CARACTERIZAÇÃO D2.2
GERAL DA ESCOLA -

2
Professora Bibliotecária 1
3
Professora Bibliotecária 2
Formanda: Olívia Gomes Pereira

PESSOAL NÃO
DOCENTE

Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços D.1


2- O PROJECTO prestados pela BE A1.1
RI RI RI RI
EDUCATIVO - A BE está bem integrada no funcionamento global da A2.1 Regimento Regimento Regimento Regimento
escola/agrupamento, que a contempla na formulação e A2.2 BE BE BE BE
PRIORIDADES E
desenvolvimento da sua missão, princípios e objectivos A2.3 Projecto Projecto Projecto Projecto
OBJECTIVOS; B2 Educativo Educativo Educativo Educativo
estratégicos e operacionais. Projecto Projecto Projecto Projecto
ESTRATÉGIAS E C 1.1
TEIP TEIP TEIP TEIP
D 1.1 PAA PAA PAA PAA
PLANOS DE ACÇÃO
D2.1
D3.1
Leitura e literacia
A BE desenvolve um trabalho sistemático de promoção da
leitura com todas as turmas da escola/agrupamento. A1.1
A BE está integrada no plano de desenvolvimento da leitura A1.2
e da literacia constante do projecto educativo e curricular A1.3
2 - O PROJECTO da escola/agrupamento e desenvolve estratégias e um A1.4
EDUCATIVO- leque muito diversificado de actividades em articulação A1.5 PNL
com ___% ou mais dos docentes e com o exterior. A1.6 PNL PNL PNL
PRIORIDADES E Plano de
A BE cria contextos diversificados de leitura e de Plano de Plano de Plano de
OBJECTIVOS; B. Literacia Literacia Literacia
Literacia
produção/comunicação da informação com recurso a B.2 Questionári
ESTRATÉGIAS E suportes impressos e a ambientes digitais. C1.2 o

PLANOS DE ACÇÃO A BE apoia e incentiva o desenvolvimento do PNL e/ou de C 1.3


outros projectos e actividades na escola/agrupamento, C1.4
desenvolvendo trabalho com ___% ou mais das turmas da C1.5
escola/agrupamento. D1.1
A BE desenvolve um trabalho com impacto no crescimento
do gosto pela leitura e no desenvolvimento de
Formanda: Olívia Gomes Pereira

competências associadas à leitura. A grande maioria dos


alunos (80% ou mais) usa a BE ou a documentação
fornecida à escola em contextos de leitura e revela, de
acordo com o seu ano/ciclo de escolaridade, progressão nas
competências de leitura.

3 - A ORGANIZAÇÃO Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços


prestados pela BE
E GESTÃO DA A1.1
BE implementa um sistema de auto-avaliação sistemático
ESCOLA - D.1
que controla o processo de funcionamento, identificando
PROCEDIMENTOS DE D1.1 Domínio A Domínio D Domínio C Domínio B
pontos fracos e fortes e fomentando a melhoria da D1.2
AUTO-AVALIAÇÃO qualidade, através da análise e divulgação dos resultados e D2.1
INSTITUCIONAL posterior planificação.

Articulação Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Conselho Conselho Conselho Conselho


Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Pedagógico Pedagógico Pedagógico Pedagógico
Departamen Departamen Departamen Departamen
A BE desenvolve um trabalho sistemático de cooperação tos tos tos tos
com todas as estruturas de coordenação educativa e de Áreas Áreas Áreas Áreas
supervisão pedagógica da escola/agrupamento: conselho A.1. disciplinares disciplinares disciplinares disciplinares
3 - A ORGANIZAÇÃO pedagógico, departamentos curriculares, áreas Coordenado Coordenado Coordenado Coordenado
A2.1 res de res de res de res de
disciplinares, coordenadores de estabelecimento e A2.2
E GESTÃO DA estabelecim estabelecim estabelecim estabelecim
conselhos de turma. D1.1 ento ento ento ento
ESCOLA - GESTÃO A BE colabora activamente com todos os docentes Conselhos Conselhos Conselhos Conselhos
D1.2
PEDAGÓGICA responsáveis pelas Áreas Curriculares Não Disciplinares: D2.2 de turma de turma de turma de turma
áreas de projecto; estudo acompanhado/apoio ao estudo e Área de Área de Área de Área de
Projecto Projecto Projecto Projecto
formação cívica.
Estudo Estudo Estudo Estudo
A BE assegura uma importante actividade de suporte junto Acompanha Acompanha Acompanha Acompanha
dos docentes responsáveis pelos apoios educativos. do do do do
A BE participa activamente no PTE e no desenvolvimento de Apoio ao Apoio ao Apoio ao Apoio ao
Estudo Estudo Estudo Estudo
Formanda: Olívia Gomes Pereira

outros programas e projectos existentes na Formação Formação Formação Formação


escola/agrupamento. Cívica Cívica Cívica Cívica
A BE está plenamente integrada, através da disponibilização
de espaços, recursos e actividades, no plano de OTE da
escola/agrupamento.
Os recursos da BE são fortemente rentabilizados pelos
docentes no âmbito da actividade lectiva: 80% dos docentes
ou mais recorrem à BE e aos seus serviços.
A BE produz e difunde um conjunto diversificado de
materiais de apoio para as diferentes actividades.

Desenvolvimento das literacias da informação, tecnológica e


digital
BE organiza sistematicamente actividades de formação de
utilizadores com todas as turmas, tendo em atenção as
necessidades detectadas.
A BE fomenta de forma intensiva e generalizada o ensino
3 - A ORGANIZAÇÃO Formação Formação
em contexto das competências de informação: 80% ou mais Formação
de Formação de
dos docentes articulam com a BE para o desenvolvimento de
E GESTÃO DA utilizadores de utilizadores
A.2. utilizadores
ESCOLA - GESTÃO destas competências. TIC/Internet utilizadores TIC/Internet
TIC/Internet
D1.4 Questionári TIC/Internet Questionári
A BE desenvolve um conjunto alargado de acções
PEDAGÓGICA promotoras do uso das TIC e da Internet como ferramentas
os os

de acesso, produção e comunicação de informação e como


recurso de aprendizagem.
A BE favorece com o seu trabalho o desenvolvimento,
visível em 80% ou mais dos alunos, de um leque de valores
e de atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à
aprendizagem ao longo da vida.
Formanda: Olívia Gomes Pereira

Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento


curricular
A BE fomenta fortemente a aquisição e desenvolvimento de
métodos de trabalho e de estudo autónomos pelos alunos,
proporcionando um horário de funcionamento contínuo e
alargado e a abertura nos períodos de interrupção lectiva.
3 - A ORGANIZAÇÃO A BE dinamiza um amplo conjunto de actividades livres, de Alunos
Alunos Alunos Alunos
carácter lúdico e cultural, que correspondem aos interesses C.1. colaborador
colaborador colaborador colaborador
E GESTÃO DA e necessidades dos alunos. es
C2.1 es es es
Materiais de
ESCOLA - GESTÃO A BE promove a utilização autónoma e voluntária da C2.4 apoio ao
Materiais de Materiais de Materiais de
biblioteca como espaço de lazer e livre fruição dos recursos, C2.5 apoio ao apoio ao apoio ao
PEDAGÓGICA utilizador
utilizador utilizador utilizador
praticando um horário contínuo e alargado e a abertura nos AEC
AEC AEC AEC
períodos de interrupção lectiva.
A BE estimula e apoia fortemente a iniciativa e intervenção
livre dos alunos.
A BE está implicada nas AEC, conciliando-as com a utilização
livre da BE (só para o 1º ciclo).

4- LIGAÇÃO À Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços


prestados pela BE
COMUNIDADE -
A BE está aberta em contínuo e num horário alargado e
ARTICULAÇÃO E responde de forma eficaz às necessidades da escola e dos Horário Horário Horário
Horário
C2.1 Taxas de Taxas de Taxas de
PARTICIPAÇÃO DOS utilizadores. Faculta recursos e equipamentos e Taxas de
Utilização Utilização Utilização
C2.4 Utilização
PAIS E acompanhamento e formação aos utilizadores, assumindo- Catálogo Catálogo Catálogo
Catálogo
C2.5 Online Online Online
ENCARREGADOS DE se como pólo cultural e pilar do funcionamento da D.1 Online
Plataforma Plataforma Plataforma
escola/agrupamento. Regista taxas de utilização Plataforma
EDUCAÇÃO NA VIDA
DA ESCOLA; correspondentes a ____% ou mais do número total de
utilizadores.
ARTICULAÇÃO E
Formanda: Olívia Gomes Pereira

PARTICIPAÇÃO DAS
AUTARQUIAS;
ARTICULAÇÃO E
PARTICIPAÇÃO DAS
INSTITUIÇÕES
LOCAIS – EMPRESAS,
INSTITUIÇÕES
SOCIAIS E
CULTURAIS

4 - LIGAÇÃO À Projectos e parecerias


A BE estabelece fortes parcerias com outras entidades
COMUNIDADE -
(CM/BM, e outros.) e é envolvida nos diferentes projectos
ARTICULAÇÃO E da escola/agrupamento.
PARTICIPAÇÃO DOS A BE realiza um trabalho colaborativo permanente com
PAIS E outras escolas, agrupamentos e BE.
RCBVC RCBVC RCBVC
ENCARREGADOS DE C.2. RCBVC
A BE participa regularmente com outras SABE SABE SABE
SABE
EDUCAÇÃO NA VIDA C2.1 RIBE RIBE RIBE
escolas/agrupamentos, com o SABE e outras entidades num RIBE
C2.3 ASS. Pais ASS. Pais ASS. Pais
ASS. Pais
DA ESCOLA; grupo de trabalho concelhio. C2.4 Abertura ao Abertura ao Abertura ao
Abertura ao
ARTICULAÇÃO E Exterior Exterior Exterior
Exterior
A BE mobiliza e conta com a participação dos pais/EE em
PARTICIPAÇÃO DAS
actividades conjuntas (Só para o Ensino Básico).
AUTARQUIAS;
ARTICULAÇÃO E A BE está aberta ao exterior, sendo os seus recursos
PARTICIPAÇÃO DAS utilizados pela comunidade educativa em horário e períodos
extralectivos.
INSTITUIÇÕES
Formanda: Olívia Gomes Pereira

LOCAIS – EMPRESAS,
INSTITUIÇÕES
SOCIAIS E
CULTURAIS

5 -CLIMA E Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes


indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem
AMBIENTE
ao longo da vida
EDUCATIVOS - A2.5
DISCIPLINA E B1
C1.1
COMPORTAMENTO
C1.2
CÍVICO; MOTIVAÇÃO
E EMPENHO

Desenvolvimento das literacias da informação, tecnológica e


6 - RESULTADOS - digital A.2.
RESULTADOS A BE tem um grande impacto nas competências A2.2 Impacto do Impacto do Impacto do Impacto do
tecnológicas e de informação dos alunos: 80% ou mais sabe A2.4 PNL PNL PNL PNL
ACADÉMICOS; A2.5 Impacto do Impacto do Impacto do Impacto do
RESULTADOS utilizar com proficiência fontes de informação e estratégias Plano de Plano de Plano de Plano de
B.
de pesquisa diversificadas e detém excelentes B1 Literacia Literacia Literacia Literacia
SOCIAIS DA
competências tecnológicas, de acordo com o seu ano/ciclo B3
EDUCAÇÃO
de escolaridade. C1.1

6 - RESULTADOS - Articulação da BE com a escola/ agrupamento. Acesso e serviços


prestados pela BE Relatório Relatório Relatório Relatório
RESULTADOS PAA PAA PAA PAA
A BE faculta serviços de grande qualidade e articula D.1
ACADÉMICOS; Questionári Questionári Questionári Questionári
actividades/projectos com a escola/agrupamento: 80% ou os os os os
RESULTADOS mais do número de utilizadores avalia positivamente o
Formanda: Olívia Gomes Pereira

SOCIAIS DA trabalho da BE.


EDUCAÇÃO

7 - OUTROS
ELEMENTOS
RELEVANTES PARA A
CARACTERIZAÇÃO

BIBLIOGRAFIA
Guia da sessão
Modelo de Auto-Avaliação da BE
Modelo de Auto-avaliação das BE: Metodologias de operacionalização (conclusão)
Quadro de referência da Biblioteca Escolar