Você está na página 1de 34

E-BOOK TÉCNICA DE

MOULAGE
BLOCOS BÁSICOS

SAIAS RETA E EVASE


Francys Saleh é professora de moda há 10 anos,

atualmente no Curso de Design de Moda da

Universidade Católica de Pelotas. É criadora do

site e canal Francys Saleh e do perfil

AROTUA
@livrosdemoda, onde compartilha nas redes seu

amor pelos livros, moulage e educação.

Especialista na área da moulage, onde atua há 15 anos, fez diversos cursos com

profissionais renomados, dentre eles Shingo Sato, mestre do Pattern Magic.

Como professora da disciplina de Técnica de Moulage, desenvolveu uma

metodologia que facilita o entendimento, possibilitando ao aluno agilidade e

autonomia na hora de reproduzir a técnica.

Desejo que usufrua deste e-book que preparei com carinho para você e que seja

o início de uma inspiradora jornada neste mundo da modelagem.


.

Ah! Quero te acompanhar nesse processo, então os tutoriais que você testar, me

marca nas redes com a tag #moulagefacil? Assim vamos criando uma

comunidade de apaixonados pela moulage e eu poderei acompanhar seus

moldes.

ME ACOMPANHE NAS REDES:

#MOULAGEFACIL
WWW.FRANCYSSALEH.COM/MOULAGE
INSTAGRAM.COM/LIVROSDEMODA  
YOUTUBE.COM/FRANCYSSALEH
04 BLOCOS BÁSICOS

05 LISTA DE MATERIAIS

EGALUOM
06  PREPARAÇÃO DA TELA

07 SAIA RETA

22  SAIA EVASÊ

33  BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA
EGALUOM

BLOCOS BÁSICOS
O bloco básico, também conhecido como caixa de modelagem, é a base para a criação de uma peça de

roupa, que mais adiante poderá ser interpretado em uma criação mais elaborada. 

Portanto, esses moldes não apresentam detalhes de estilo e no caso da moulage, são

construídos diretamente no manequim, utilizando como base de medidas o mesmo.

As bases de modelagem são consideradas “segunda pele” do corpo humano. pois não sofrem nenhuma

influência estilística externa, retratando a forma básica do corpo.


EGALUOM
LISTA DE MATERIAIS
Para a técnica de moulage é essencial a utilização de um manequim. O tamanho a ser escolhido difere de

acordo com o público-alvo da empresa.

Existe uma gama de manequins disponível. Antes de começar a moulage, é fundamental analisar bem o

manequim com o qual se está trabalhando. Verifique as medidas e analise se conferem com as medidas das

tabelas industriais.

1-  Fita métrica

2- Caneta marcadora ou lápis 6B

3- Giz de alfaiate

4- Câmera fotográfica ou celular

5- Alfinetes finos prateados

6- Alfinetes de cabeça colorida

7- Tesoura para tecido

8- Tesoura para papel

9- Tesoura de picotar tecido (opcional)

10- Fitas de cetim

11- Tecido morim

12- Régua 60 cm

13- Esquadro 45 graus

14- Curva francesa

5
PREPARAÇÃO DA TELA
COMO COMEÇAR?
Ao começar a modelar uma peça utilizando a Este roteiro é básico e serve para realizar as

técnica de moulage é necessário estar ciente de marcações de todos os exercícios. Normalmente

alguns detalhes. A escolha do tecido é um deles, os tutoriais de moulage indicam as medidas a

pois existem diversas gramaturas de algodão, tais serem utilizadas, tais como comprimento e

EGALUOM
como o morim leve, que é um tecido fluido, largura da tela. As demais medidas, como linha

semitransparente, no qual o sentido do fio é do busto, cintura e quadril são marcadas de

facilmente identificado. Normalmente é utilizado acordo com o manequim, ou seja, é uma medida

para fazer blusas, vestidos soltos e lingerie. individual.

Há também o morim médio, que é produzido com ROTEIRO


uma trama mais fechada e é levemente

transparente. É o tipo de morim mais utilizado na 1- Nivele o morim, para isso faça um pique na

maioria das roupas. E por fim, o morim pesado, ourela e rasgue o tecido;

que é mais firme e áspero, utilizado na criação de

jaquetas e casacos. 2- Após rasgar o tecido é necessário esticar os

fios, passe com o ferro no sentido da trama para

Então, após a escolha do tecido o próximo passo achatar as bordas enroladas;

é a marcação da tela, que é o outro detalhe

importante.A marcação da tela nos auxilia a 3- Para marcar, meça 2,5 cm a partir da ourela;

posicionar o tecido no manequim, utilizando as

linhas guias do busto, cintura, quadril, centro e as 4- Trace uma linha reta até o fim da tela;

demais marcações que o compõem.

5- Com um esquadro, marque a linha da trama.


SAIA RETA
ROTEIRO

EGALUOM
1 N A

D O
F R E N T E ,

C O M

A L F I N E T A N D O

C R U Z A M E N T O S
P O S I C I O N E

M A N E Q U I M ,

C E N T R O A

O
N O

L I N H A

T E C I D O

A T É O
A

D A
T E L A

C R U Z A M E N T O
N O

C I N T U R A ,

N E S T E S

C E N T R O D A
C E N T R O

D O

B A R R A .
2 M A N U S E I E

E M

Q U E
O

D I R E Ç Ã O

O B S E R V A N D O
T E C I D O

A C O M P A N H E

Q U A D R I L .
L E V E M E N T E

L A T E R A L

M A R C A Ç Ã O

O
D A

F I T I L H O
D A

N A
E N V I E S A D O

C I N T U R A ,

T E L A ,

L I N H A
P A R A

D O
3 A L F I N E T E

N O
A

Q U A D R I L .
L A T E R A L D A S A I A , N A C I N T U R A E
4 A L F I N E T E

C I N T U R A .
A P E N C E Q U E S U R G I U N A
5 C O M U M A

M A R C A Ç Õ E S

S A I A .
C A N E T A

D A
O U

P E N C E
L Á P I S ,

E D A
F A Ç A A S

L A T E R A L D A
6
C O R T E O E X C E S S O D E T E C I D O D A L A T E R A L .
7 N A S C O S T A S ,

A L F I N E T A N D O

C O S T A S

D A
E N O S

C I N T U R A ,
S I G A

A
O

T E L A
M E S M O

N O

C R U Z A M E N T O S

Q U A D R I L E
P R O C E S S O ,

C E N T R O

C O M
D A S

L A T E R A I S .
A L I N H A
8 A L F I N E T E A P E N C E .
9 F A Ç A A S M A R C A Ç Õ E S D A L I N H A L A T E R A L .
10 N A

A
L A T E R A L ,

C O S T U R A .
A C O M O D E A T E L A O N D E S E R Á
11 FAÇA AS MARCAÇÕES DA PENCE.
12 N O C E N T R O

C I N T U R A ,

C O S T A S ,
D A F R E N T E ,

R E B A I X E

R E B A I X E
1

2
C M

C M .
N A

E
L I N H A

C E N T R O
D A

D A S
13 U T I L I Z A N D O

U M A

E A L I N H A

C I N T U R A D A
U M

M A R C A Ç Ã O ,

D A S
P E D A Ç O

E N T R E

C O S T A S .

S A I A .
D E

E S T A
T E C I D O ,

L I N H A

É
D A

A
F A Ç A

F R E N T E

L I N H A D A
14 O M O L D E D A

C O S T U R A D O
S A I A

O U
E S T Á P R O N T O

P L A N I F I C A D O .
P A R A S E R
SAIA EVASÊ
ROTEIRO

EGALUOM
1 N A

D O
F R E N T E ,

M A N E Q U I M ,

C E N T R O

A L F I N E T E

Q U A D R I L
C O M

E
O
P O S I C I O N E

N O
A
N O

L I N H A

C R U Z A M E N T O

C E N T R O
A

D A

D A
T E L A

C R U Z A M E N T O
N O

D O

C I N T U R A .

D O C E N T R O

B A R R A .
C E N T R O

D O
2 M A N U S E I E

D I R E Ç Ã O

Q U E

P A R A
A
A
O

L I N H A

B A I X O .
T E C I D O

L A T E R A L

D A
E N V I E S A D O

D A

C I N T U R A
C I N T U R A ,

D E V E
E M

O B S E R V E

D E S L O C A R
3 A L F I N E T E

L A T E R A L
A

D O
L A T E R A L

Q U A D R I L .
D A C I N T U R A E A
4 C O M

O
A T E S O U R A ,

E X C E S S O

C I N T U R A A T É
D E

O
C U I D A D O S A M E N T E

T E C I D O D A

Q U A D R I L .
L A T E R A L
C O R T E

D A
5 N A S C O S T A S ,

R E A L I Z A D O

N O C E N T R O

C R U Z A M E N T O S

Q U A D R I L E
N A

D A S
S I G A O

F R E N T E ,
M E S M O

C O S T A S

C O M A

L A T E R A I S .
E N O S

L I N H A
P R O C E S S O

A L F I N E T A N D O

D A
A T E L A

C I N T U R A ,
6 N A L A T E R A L ,

O B S E R V A D O

Q U A D R I L
A L F I N E T E

P A R A

F O R M E M
Q U E

U M
A O

A S

“ V ” .
L O N G O

L I N H A S
D A S A I A ,

G U I A S D O
7 D E F I N A O C O M P R I M E N T O D A S A I A .
8 N O C E N T R O

C I N T U R A ,

C O S T A S
D A F R E N T E ,

M A R Q U E

M A R Q U E 2
1 C M .

C M
N A

N O
L I N H A

C E N T R O
D A

D A S
9 U T I L I Z A N D O

U M A

D A
A

S A I A .

M A R C A N D O
U M

M A R C A Ç Ã O ,

L I N H A D A S

F A Ç A

A S
P E D A Ç O

E N T R E

C O S T A S .

A S
A
D E

E S T A

M A R C A Ç Õ E S

L I N H A S D A S
T E C I D O ,

L I N H A

É
D A

D O
F A Ç A

F R E N T E

C I N T U R A

L A T E R A I S .
M O L D E ,
10 O M O L D E D A

C O S T U R A D O
S A I A

O U
E S T Á P R O N T O

P L A N I F I C A D O .
P A R A S E R
BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA EGALUOM

Ao longo dos anos trabalhando com moulage e também estudando sobre este tema, descobri vários livros

maravilhosos e destaco aqui, dois que são básicos para quem está começando a aprender sobre a técnica.

Moulage Arte e Técnica de Anette Duburg apresenta o contexto histórico da moulage e também relata o
trabalho de alguns designers contemporâneos que usam intensamente a moulage em seu dia a diaEm seguida,

apresenta, passo a passo, todos os aspectos da moulage, mostrando os principais componentes das peças de

roupa em suas variações mais comuns. Por fim, mostra como fazer alguns dos modelos mais icônicos dos principais

designers de moda do final do século XIX até o presente.

Moulage, Modelagem e Desenho de Bina Abling ensina as técnicas da maneira como são praticadas na
indústria: integradas durante todo o processo criativo. Este livro apresenta o processo completo de criação de

uma peça de roupa, estabelecendo ligações entre os métodos de ateliê e a ilustração de moda. As autoras

trazem exercícios passo a passo que simulam as demonstrações em sala de aula.


#moulagefacil

www.francyssaleh.com/moulage

www.instagram.com/livrosdemoda

www.youtube.com/francyssaleh