Você está na página 1de 25

CITAÇÃO

“Os verdadeiros
analfabetos são os
que aprenderam a ler
e não leem.”
Mario Quintana
HISTÓRICO
A escrita se manifesta nas tabuinhas com
escrita cuneiforme da antiga Mesopotâmia até
a escrita virtual dos monitores de computador,
passando por rolos de papiros, códices,
escritos em pedra, escritos em couro, entre
outros.
Do mesmo modo que a invenção do telescópio
por Galileu Galileu, no século XVII, revolucionou
a astronomia, a invenção da máquina de
impressão em tipos móveis, mais conhecida
como imprensa, pelo alemão Johannes
Gutenberg, no século XV, provocou uma enorme
revolução na modernidade: o processo de
aceleração da produção de livros.
No século XVIII, com o advento do
romantismo literário e das feiras de
livros em várias cidades europeias, a
prática da leitura tornou-se um hábito
realmente popular e com grande
impacto na sociedade.
Basta dizer que a leitura de panfletos
políticos e escritos filosóficos dos
iluministas mobilizou, em grande
parte, os burgueses da França à ação
revolucionária de 1789.
FILOSÓFICO
Para Putnam, capital social
refere-se a práticas sociais,
(como a leitura), normas e
relações de confiança que existe
entre cidadãos de uma dada
sociedade. Sistema de
Robert David Putnam
participação que estimulam a
(cientista político
norte-americano) cooperação.
Quanto maior a capacidade dos cidadãos
confiarem uns nos outros, além de seus
familiares, assim como maior e mais rico for
o número de possibilidades associativas
numa sociedade, maior o volume de capital
social.
ESTATÍSTICO
FILMOGRÁFICO
John Keating é um ex aluno que se
torna professor de literatura inglesa e
norte-americana na tradicional escola
Welton Academy. No decorrer da
história, eles descobrem que o
docente havia participado de uma
Sociedade dos Poetas Mortos, um
Sociedade dos clube de leitura de poesia , e decidem
Poetas Mortos
reviver o grupo.
O filme conta a história real do diretor do
departamento de Neurocirurgia Pediátrica
do hospital Johns Hopkins, nos Estados
Unidos. Ele era um menino pobre, negro de
mãe separada e analfabeta. Mas, quando
sua mãe repara na biblioteca de seu patrão,
ela tem a ideia de fazer com que ele leia 2
livros por semana. Essa rotina modifica
completamente a postura de Ben diante da
Mãos Talentosas:
A História de Ben Carson vida e se constitui nos primeiros degraus
para sua chegada à neurocirurgia.
Na Alemanha pós 2ª Guerra Mundial, o
adolescente Michael Berg se apaixona por
uma mulher com o dobro da sua idade,
Hanna Schimitz. Eles vivem uma intensa
história de amor e passam tardes em que
ela deixa a imaginação voar pelas
narrativas lidas pelo rapaz. Oito anos
depois, Berg descobre que Hanna está
sendo julgada por executar ordens nazistas
O Leitor
e a antiga relação dos dois pode ser a prova
da inocência da alemã.
SOLUÇÃO