Você está na página 1de 1

Pedra, Papel e Tijolo: Chegou o

Momento de Investir em Imóveis?


Ernani Reis | 20.02.2020 12:11

Visualizar todos os comentários (15)

Talvez você já tenha tido a oportunidade de


conversar com uma pessoa mais velha sobre
investimentos e aprendido uma receita
centenária para a construção de patrimônio:
invista em imóveis. Essa orientação foi e
ainda é o que mais escuto quando tenho a
oportunidade de buscar um pouco de
conhecimento com investidores mais
experientes, que muitas vezes são nossos
sábios avôs ou avós. Mas, sabendo o que sei
hoje, é sensato dizer que existe uma série de
armadilhas nessa orientação, como liquidez,
concentração, vacância etc.

Colocando a sabedoria popular em contexto,


quase sempre que recebemos esse conselho
de pessoas com experiência de vida, mas
sem experiência no mercado Rnanceiro, a
referência implícita é aos imóveis físicos, que
costumamos classiRcar como de “tijolos”. É o
sonho da casa própria traduzido em RlosoRa
de investimentos.

Comece a operar
| AD |

Felizmente, porém, hoje em dia temos uma


opção cada vez maior de investimentos em
imóveis por meio de Fundos de Investimentos
Imobiliários (FIIs). Motivados cada vez mais
pelo baixo retorno de investimentos de renda
Rxa e pela possibilidade de começar com
pouco – aRnal, não é todo mundo que tem
condições de comprar um imóvel “de
verdade” –, a busca por esse tipo de ativo
tem crescido cada vez mais.

Em 2019, por exemplo, a indústria brasileira


de fundos imobiliários fechou o ano com R$
5,41 trilhões em recursos sob gestão, Rcando
entre as maiores do mundo. A possibilidade
de escolher entre (i) fundos que investem em
imóveis físicos (shopping center, lajes
corporativas, galpões logísticos, entre
outros), com retornos ligados ao valor de
locação, e (ii) aqueles que investem em
papéis lastreados em recebíveis do setor
imobiliário, tornam os FIIs um produto
Rnanceiro dos mais atraentes no cenário
atual.

Isso acontece porque o momento é bastante


favorável ao setor imobiliário. Além da
redução na taxa básica de juros, os avanços
da lei do distrato (que oferece maior
segurança jurídica) e a criação da
modalidade de crédito imobiliário indexado
ao IPCA pela Caixa Econômica Federal,
seguida pelo Banco do Brasil, reforçam a
intenção de alavancar as vendas do setor.

Essa teoria foi endossada por um


levantamento realizado pela Associação
Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias
(Abrainc), que apontou que cada 1% de queda
nos juros do Rnanciamento pode incluir até 2
milhões de famílias no mercado imobiliário.
Para completar, a contração dos preços nos
últimos anos aumenta as chances de uma
boa valorização durante o novo ciclo de
crescimento econômico.

Mas muita calma nessa hora!

Se agora você está conRante de que investir


em imóveis de “tijolo” ou em “papéis” dos
Fundos Imobiliários é a melhor oportunidade,
tenha cautela. Antes de decidir se esse é o
investimento ideal, é importante compreender
os riscos e as características de cada tipo de
ativo que você está buscando. ARnal, todos
eles têm seus prós e contras.

Investir na construção física, por exemplo,


pode demandar um bom euxo de caixa para
realização da obra, além dos riscos de projeto
e execução (caso esteja construindo) e
manutenção do imóvel no médio ou longo
prazo, até que ele seja vendido ou alugado.
Além disso, se o imóvel em questão for “não
performado”, há também o risco de obtenção
de licença, entre outros. Por isso, ao escolher
um imóvel físico, perde-se na liquidez do
investimento, além do tempo de espera para
locação (vacância) e da exigência de alto
capital inicial.

Já para os Fundos de Investimento


Imobiliário, a depender da modalidade
escolhida, além de estar sujeito a
praticamente os mesmos riscos de um
imóvel físico, você acaba exposto ao risco de
crédito, de variação da taxa de juros e dos
próprios riscos de mercado, ou seja, da
variação no valor das cotas. Um exemplo
disso foi a correção que vimos no IFIX, o
índice de referência dos fundos imobiliários,
que caiu 3,8% em janeiro, após ter subido
10,6% em dezembro. Nesse caso, porém, as
vantagens vão desde isenção de imposto de
renda, passando pela necessidade de baixo
capital inicial e pela possibilidade de
diversiRcação, até a maior liquidez que tais
ativos oferecem.

Dessa forma, o setor imobiliário se mantém


entre as principais apostas de crescimento
nos próximos meses e anos e, mesmo que o
ciclo de retomada econômica ainda dependa
de medidas como a aprovação da reforma
tributária, o aumento da geração de emprego,
a redução da inadimplência familiar e a maior
oferta de crédito, talvez tenha chegado a hora
de ouvir a voz da experiência (fazendo alguns
ajustes) e começar a construir seu próprio
patrimônio.

Escrito por:
Ernani Reis

NOW
PLAYING

Artigos Relacionados

Supermercados chineses
retiram carne brasileira das
prateleiras após escândalo

O preço do aparelho auditivo


em Brasil pode surpreendê-lo
(Aparelho Auditivo | Links de pesquisa)
Promoted

Índice registra pior dia em 3


semanas por resultados
fracos e riscos de vírus

Os preços atuais para


implantes-dentários podem
surpreendê-lo!
Promoted (Implantes Dentários | Pesquisar
anúncios)

Presidente do banco central


da Argentina diz que "é
possível" um default--mídia

Conheça o alarme em
Telemaco Borba que assusta
qualquer bandido.
Promoted (Alarme Verisure - N°1 do Brasill)

Recomendado por

Últimos comentários

Escrever um comentário...
Adicionar comentário

Fernando Augusto Lopes


Estou de acordo. Ótimo conselho
há uma hora · Responder

Jonathan Carvalho
Invista em ouro ou em criptomoedas (2)
(Imóvel só se for rural)
há 2 horas · Responder

danilo Rodrigues
invista em ouro ou em cripto moedas.
há 2 horas · Responder

geremias soares
excelente artigo
há 3 horas · Responder

Anderson Gil
muito bom
há 4 horas · Responder

Reinaldo Francisco
*xadrez
há 4 horas · Responder

Reinaldo Francisco
me lembrou um Rlme que assisti uma vez,
o velhinho jogava chadrez contra ele
mesmo, passando de um lado a...outro da
(Leia Mais)
mesa
há kkkk
4 horas Mas é bom um artigo assim
· Responder

BullGreen
Parabéns pelo artigo, indicando prós e
contras relativos ao mercado imobiliário.
Valew
há 4 horas · Responder

Sérgio Martins
Respeito aos que trazem o bonus e o onus
do mercado Rnanceiro. Parabens pela
transparencia!
há 4 horas · Responder

Renato CBS
Nem que sim, nem que não... Talvez...
Disse tudo o menino! Kkkkkkkkkkk
há 4 horas · Responder

Well Gamer
FALOU FALOU E NAO DISSE NADA
há 4 horas · 2 · Responder

Edgard Moreira
sábio Ernani
há 8 horas · Responder

Negociar instrumentos Rnanceiros e/ou criptomoedas envolve


riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor
do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a
todos os investidores. Os preços das criptomoedas são
extremamente voláteis e podem Exibir ser
maisafetados por fatores
externos, como eventos Rnanceiros, regulatórios ou políticos.
Negociar com margem aumenta os riscos Rnanceiros.
Antes Voltar
de decidir operar e negociar instrumentos
para o topo EnviarRnanceiros
Feedbackou
criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os
riscos e custos associados a operações e negociações nos
mercados Rnanceiros, considerar cuidadosamente seus
Versão
objetivos de investimento, para
nível Desktop e apetite de risco;
de experiência
além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos
proRssionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria deAlterar
lembrarEdição
que os dados contidos neste
site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo
real. Os dados e preços disponíveis no site não são
necessariamente Privacidade
fornecidos porequalquer mercado ou bolsa de
Aviso Legal
valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços
podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em
qualquer mercado, o que signiRca que são inapropriados para
Rns de uso em negociaçõesSiga-nos
e operações Rnanceiras. A Fusion
Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de
conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos
Rnanceiros ou em negociações sofridas como resultado da
utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modiRcar,
transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem
© 2007-2020
permissão explícita Fusion
prévia por escritoMedia Limited.
da Fusion Media e/ou de
Todos os direitos reservados
colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os
direitos de propriedade intelectual são reservados aos
colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de
valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que
AnúncionoBloco
aparecem da fraude,
site com base nanem pensar.dos
interação Monitore seus
usuários do site
documentos
com os anúncios com ou
publicitários Serasa AntiFraude.
entidades anunciantes.
Serasa Antifraude ABRIR