Você está na página 1de 63

“Homem é aquele que estuda as raízes das coisas, o resto é rebanho” – José Martí

Acompanhe:
Antes de tudo eu gostaria de deixar claro que não sou nenhum teólogo, nem tenho formação
parecida, nem tenho denominação religiosa (isso não quer dizer que eu seja desigrejado), sou
apenas um qualquer em busca do conhecimento da verdade que está repetindo vários estudos
agrupados neste. Fiz esse estudo para poupar do engano pessoas que amo e já o tornando
universal para que o máximo de pessoas o receba. Meu contato está no final do estudo para
qualquer ajuda que precisar
Saturno (latim: Saturnus) foi um grande deus romano da agricultura e da colheita.
Saturno é o sexto planeta a distância do Sol e o segundo maior planeta do sistema solar.
Saturno é também o nome do sétimo dia da semana em inglês, “SATUR[N]DAY”. Porém
algumas tradições religiosas insistem que este é o sexto dia.
É muito estranho que Saturno também tenha um polígono de seis lados sobre seu pólo norte.

Resumindo tudo, temos o sexto planeta, sexto dia da semana, e um polígono de seis lados.
Podemos fazer o símbolo da estrela “de Davi” em um hexagrama de seu hexágono, e usando a
geometria encontramos várias referências ao 666

Cada trinângolo retângulo da estrela possuí uma combinação de três vezes o 60°

Saturno está ligado como deus da colheita. Na sua linguagem babilênica ele se chama STUR,
que equivale a S=60, T =400, U=6 e R=200, uma soma que novamente forma um 666. Curioso
que o código da marca da besta esteja representado neste deus, não? Mais curioso são estes
símbolos estarem no nosso cotidiano.
Veja:

Por que este cara?

Você tem certeza que esta é a verdadeira imagem de Jesus?


Jesus deveria ter seus sequer poderia ter cabelos compridos pela tradição judaica (Levítico
19:27 e 1 Coríntios 11:14), além de que muito provavelmente o povo judeu era de pele negra
segundo pesquisadores.

Se Deus proibiu fazer imagens de escultura semelhantes às que os cristãos usam para
representar seus santos (Êxodo 20:4-6), e Paulo reprova os cristãos de terem representado a
Deus como homem (Romano s1:23), o que os cristãos estão fazendo com seus ídolos? Que
imagem é esta que anda sendo representada como Jesus Cristo então?
Em Sumeriano, o deus da colheita é chamado de Ninurta, que é saturno em inglês.

Dê uma boa olhada nesta gravura suméria:

Sentado no trono é Ninurta, ou Saturno, segurando um arado.

Olhe bem no canto superior esquerdo, a formação planetária.

Vemos claramente o símbolo do hexagrama sobre o artefato. Atualmente, a quem pertence


esta imagem e símbolo deste selo do cilindro? Você viu acima ela sendo representada em um
Cristo. Mas não só ali.

Devemos tomar conta que Saturno tem diversos nomes em muitas civilizações e culturas:
Cronos para os gregos, El na Fenícia, Saturnus em Roma, Stur na Caldéia, e Ninurta para os
sumérios. Embora tenha muitos nomes ele deixou sempre a mesma marca em todas as
religiões.

Quem é Saturno exatamente?


Observe:

Sinagoga

Aqui no hinduísmo o símbolo se chama


Yantra, localizado em Stakona

Yantra sobre o deus Kali


Yantra sobre Shiva

Templo Janardhana, Varlkala

Santuário hindu em Kerala


No budismo é conhecido como
Mandala. Aqui em um “pagode” no Nepal

Catmandu

Tibete
Santuário xintoísta, em
Ise-Jingu, no Japão

Manai-Jinja

No islã, em uma mesquita do século XVI, em Bakhsaray, Crimeia


Mesquita do Sultão Mameluco, 1503, Al-Azhar, Egito

Este símbolo de saturno está representado em todas as religiões, mas é chamado pelos
cristãos de “estrela de Davi”. Quem é realmente o deus deste mundo?

“Antes tomastes o tabernáculo de Moloque, e a estrela do vosso deus


Renfã, figuras que vós fizestes para as adorar.Transportar-vos-ei,
pois, para além da Babilônia.” – ATOS 7:43

REPHAN: um nome para Chiun, o planeta Saturno

Observe este símbolo é este que eles tanto usam no ostensório:


Reparou o hexagrama que pode ser conectado pelos círculos ao redor?
Mais ainda, 3 hexagramas, oque forma outro 666

Repare também as pontas do ostensório e compare com o símbolo do calendário solar de


Shamash:

O Papa é chamado de Vigário do Filho de Deus, ou VICARIVS FILLI DEI em latim. Quando se
separa toda numerologia deste nome, tem-se:

Por algum motivo não se usa mais esse nome no catolicismo, temos apenas os relatos dos
reformadores que nos dizem sobre esse nome. Hoje os católicos apenas o chamam de “vigário
de Cristo”.
“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos
de um cordeiro; e falava como o dragão.
E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a
terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga
mortal fora curada.” - Apocalipse 13:11,12

“Na sua presença” a tradução não está ajudando muito, mas é exatamente ser um
mensageiro, um portavoz, um vigário.
Que igreja cristã é esta? Ela é bíblica?

“... de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus,


querendo parecer Deus.” - 2 Tessalonicenses 2:4

"O Papa e Deus são iguais, de modo que ele tem todo o poder no Céu e na Terra ". - Pope Pius
V, quoted in Barclay, Chapter XXVII, p. 218, “Cities Petrus Bertanous”.

"a denominação de Deus foi confirmada por Constantino sobre o Papa, que, sendo Deus, não
pode ser julgado pelo homem" (Labb IX Dist .: 96) Can 7 Satis Evidentur Decret Gratian Primer
Para)

“O Papa não é apenas o representante de Jesus Cristo, Ele é o próprio Jesus Cristo, escondido
sob o véu da carne. " - Catholic National July 1895

"Nós temos sobre esta terra o lugar de Deus Todo-Poderoso" - Pope Leo XIII Encyclical Letter
of June 20,1894

"Todos os nomes que nas Escrituras são aplicados a Cristo, em virtude dos quais é estabelecido
que Ele está sobre a igreja, todos os mesmos nomes são aplicados ao Papa." - Ferraris
Ecclesiastical dictionary; Did Pope Pius V

Veja:

Este mudra se chama “prithvi”, é designado como “mudra da terra”, em que manifesta as
forças do panteísmo no indivíduo.
Qual o sentido deste sinal no cristianismo? Existe alguma explicação pra ele? Quem foi o
primeiro a usar um mudra?

Ardha Pataka Mudra

Você pode ver este gesto em diversas divindades pagãs e cristãs pelo mundo. Oque este gesto
tem a ver com as diversas religiões? Onde ele foi feito pela primeira vez? Cristianismo? Será
que, em essência, eles representam a mesma pessoa?
Observe que apelação:
O deus Saturnus é hemafrodita. Ele pode adquirir a forma tanto de homem quanto de mulher
ou ser ambas ao mesmo tempo.

Da mesma forma, nesta representação de Baphomet nós podemos ver que o fizeram com
seios de mulher e com o falo saindo no formato do cetro de ... . Também pode ver aqueles
gestos familiares nas mãos.

Com estas características andrógenas você pode associálas suas outras representações pelo
mundo.

A adoração de Baphomet (também chamado de Bode de Mendes), que foi revivido por Eliphas
Levi, tem suas origens no antigo Egito em um lugar chamado Mendes, onde o ídolo de cabra é
adorado. O nome da cabra é Banebdjet, ou Senhor de Mendes
De acordo com o ocultismo, o homem é deus. É
masculino e feminino, tanto em cima como em baixo,
tanto no espírito como na carne, tanto no céu como na
terra.

O corpo inteiro do misticismo está escondido dentro do


hexagrama. Você pode ver muito bem estes referidos
na figura andrógena de Baphomet e nas direções que
ele aponta. Observe também os 3 dedos pra cima e 3
pra baixo, referindo às pontas do hexagrama.

Observe:

As mesmas mensagens subliminares de Baphomet. O cabelo longo como atributo feminino


(compare a virilidade que dão às imagens de Jesus para com as imagens de outros santos), o
tanto no céu como na terra, os 3 dedos...

Repare no cetro deste padre católico ortodoxo:


SATURNUS
1980-1981, as missões de telemetria da Voyager 1 e 2 capturaram um padrão hexagonal em
torno do Pólo Norte de Saturno

Em 2006

Lembra-se do selo sumério, nele o deus Ninurta ou Saturno estava sentado no trono com seu
hexagrama ao redor
Esse hexágono só foi confirmado pelos cientistas no século XX. Mas como que os sumérios já
sabiam de sua existência? Nem mesmo os melhores telescópios puderam ver esta forma,
apenas a sonda de tecnologia mais avançada. Que tecnologia eles usaram?

Esta outra imagem mostra o anel de Saturno juntamente com as posições corretas dos corpos
celestes, a saber, Saturno, Júpiter, o cinturão de asteróides e Marte.

Com o que estamos nos lidando?


Em 2006, a sonda Cassini da NASA viu um furacão-tempestade no pólo sul de Saturno, com um
olho bem desenvolvido cercado por nuvens altas.

A partir disso, podemos disginguir dois símbolos polares de Saturno.

A adoração a Saturno está morta?

Observe:

Amuleto islâmico. Pode-se observar um


heagrama dentro de um olho

Catedral gótica em Amsterdã


Igreja em Lviv

Templo Cao Dai, no Vietnã. Um olho num globo?

Maçonaria

Será mesmo que todas estas organizações religiosas adoram o que não conhecem?

Observe a estranha formação de linhas no hexagrama de Saturno:


Percebe-se um pentagrama dentro do hexagrama.

O emblema maçom com


ambos os símbolos escondidos

Lembre-se do Bode de Mendes no


ocultismo
Neste não se detecta muito o hexagrama como conhecemos, mas
é evidente os triângulos sobrepostos com a estrela ao centro.

Este ocultismo é conhecido desde os tempos medievais, mas pode-se rastrear suas
características até o antigo Egito.

O nome SATURN é o mesmo que SATAN. É apenas uma diferença de linguagem entre as
culturas. Em gaético irlandês, Saturno é Satarn, e em linguagem Bantu (Xhosa) da África do Sul,
Saturno é iSateni. A adoração a Saturno sempre envolve o número 666. Saturno é o 6º planeta
do sistema solar, os ocultistas consideram o Saturday (saturn day, nome dado por homens
enquanto o Eterno deu o Shabat) como 6º dia da semana, tem um polígono de 6 lados como
símbolo do qual podemos tirar um 666. Tudo símbolo de Satanás, adoração direta a Satã.
Todos os símbolos ligados a Saturno mencionados acima estão ligados a Satã logo no
satanismo, todos eles significam propriedade de Satanás sobre a instituição.

Catedral Alemã

Maçonaria
Templo Cao Dai, Vietnã

Sagrado Coração

Igreja católica polonesa


Vejamos a provável origem dos raios brilhantes ao redor do olho.

Quando a sonda Cassini orbitou a sombra de Saturno, ela formou uma imagem eclipsada
interessante:

Consegue perceber que esta imagem é de um olho com os raios de luz ao redor? Distancie-se
dela pra reparar melhor.

Templo mórmon Salt Lake


Maçonaria

Você deve se lembrar da história da Torre de Babel. O nome “Babel” tem origem de se referir
a uma mistura de sons confusos, algo da raiz “tagarelice”, “balbuciar”. Daí o significado
designado de “confusão”. Isto é coerente com oque Jesus diz em Mateus 6:7 sobre as “vãs
repeticões”, que são mais familiares com mantras do que com rezas.

Você já ouviu como são as orações pagãs? Ao ouví-las se lembrando do entendimento de


“babel” você irá perceber uma evidência de origem vinda dos primitivos adoradores de
Saturno.

E a ultilização do rosário como contador de orações?

Tasbih Islâmico (contador de rezas)


Mala Hindu

Mala Budista
Rosário da bruxaria thelêmica

Você já foi influenciado a aceitar estes símbolos?

“A mais brilhante técnica propagandista não terá nenhum sucesso a menos que obedeça um
princípio fundamental constantemente – é limitar-se a alguns pontos e repetí-los várias e
várias vezes”
“Se você contar uma mentira grande o suficiente e FICAR REPETINDO ISSO, as pessoas
acabarão por vir a acreditar nisso”
-Joseph Goebbels, mestre depropaganda de Hitler
CONSTANTINO
Constantino por volta do quarto século passava pelo momento mais turbulento de Roma onde
os cristãos eram os acusados de serem os responsáveis pelos movimentos revolucionários. E
mesmo com a perseguição contra estes, eles continuavam crescendo.
Os espiões de Roma que buscavam congregações cristãs secretas estudavam a bíblia para
aprender códigos secretos que eram versículos usados pelos crentes para se identificarem.
Nesses estudos muitos deles acabaram se convertendo.

Satanás então entendeu que a palavra de Cristo não podia ser combatida com as perseguições.

Constantino era devoto da religião mais popular da época: o mitraísmo, que consistia na
principal veneração ao deus sol Mitra. Uma variação de outras divindades astrológicas como
Stur, Tamuz, Dagom...

Mitra caçando um touro.


Atente aos detalhes

No cerco que fez em Roma durante a guerra civil ele tem a visão de uma
cruz próxima ao sol que diz “sobre este símbolo vencerás”. Então faz
seus soldados marcharem para a batalha com o símbolo do “Chi Rho”
em seus escudos e ganha a batalha. Diz-se que o símbolo já era usado
pelos cristãos como símbolo de Cristo crucificado, pois representa as
iniciais sobrepostas do nome “Cristo” em grego.
Constantino dominou então o império romano ocidental. Ele logo usou seu poder para abordar
o status dos cristãos, emitindo o Edito de Milão em 313. Esta proclamação legalizou o
cristianismo e permitiu a liberdade de culto em todo o império.

Ele ainda continuou fazendo guerras em nome de Deus, até em 324, quando derrotou Licinius
e assumiu o controle de um império reunido. Após este triunfo, Constantino fundou a cidade
de Constantinopla no local de Bizâncio.

Constantino ainda proclamava sua adesão ao cristianismo de maneira convincente. Em seu


reinado estabeleceu influência sobre os conflitos religiosos dentro da igreja. Então ele
convocou os oficiais da igreja para o Concílio de Nicéia em 325. Dali saiu o Credo Niceno. Então
se batizou quando estava perto de sua morte em 337, na idade aproximada de 57.
Sabendo o que é fato, vamos à investigação:

Se os cristãos não podiam ser destruídos, a melhor estratégia é simplesmente subvertê-los.

A visão de Constantino é descrita como fato histórico, pois não há como encontrar algo
negando sua veracidade. Mas você pode decidir por si só se é do caráter de Jesus liderar tal
exército que criou tal império.

O imperador mitraico era também sacerdote de Mitra chamado “pontifex maximus”, ou seja,
Constantino era um sumo sacerdote devoto e conhecedor do paganismo.

Note o nome nesta moeda romana:

Lembre-se, este não é Constantino, é um sacerdote pagão

Agora veja:

Trabalhando com a hipótese de que Constantino estava a subverter os cristãos, nós podemos
perceber que ele criou em Niceia um cristianismo próprio e unificado: o trinitário. Para ganhar
mais adeptos a ele deveria conquistar o apoio da maioria romana que, obviamente era pagã.
Também se embelezaria o cristianismo tirando todas tradições dos “repugnantes judaizantes”
que Deus os deu no Sinai baseadas em “seja sincero” e substituindo pelas belas e ocultistas
pagãs baseadas em “apenas faça”. Esse embelezamento tinha acontecido entre os judeus
quando criaram o culto a Ashera, que foi uma esposa criada para Deus.
Sobre o Chi Rô, nunca encontramos nenhuma referência a ele nas escrituras, então de onde
ele surgiu?

Traduzindo alguns trechos: Constantemente vemos o Tau e o Resh unidos assim. Essas duas
letras, no antigo Samaritano, encontrados em Arins, a primeira para 400 [a.C.], a segunda
entre 200-600. Este é o Cajado de Osíris, também é seu monograma, que foi adotado pelos
cristãos como um sinal.

Doutrina Secreta vol. IV pág. 118


Não precisa acreditar nesses ocultistas, só quero que perceba que a origem desse símbolo é
deles, e não de Cristo. Vá juntando as peças...

Pense agora se o cristianismo criado por Constantino adora como paganismo disfarçado de
cristianismo. Compare muitas das doutrinas que não existiam no judaísmo e,
consequentemente na igreja primitiva, e que são universais no mundo pagão mas acabaram
entrando no cristianismo depois de Roma. Doutrinas como uso de ídolos, “deusa mãe”,
trindade, imortalidade da alma, céu e inferno, batismo infantil, guarda do domingo,
intercessão de mortos, uso de um sacerdote soberano infalível... Você verá melhor isso mais
afrente.

Você decide em quem confiar sobre o que realmente Constantino quis fazer. Não deixem que
insultem sua inteligência.
SOL
Já no período de Ninrode, Semíramis e Tamuz. A trindade babilônica estava a ser a religião
mundial com seu sistema de adoração aos astros. O Shamash citado acima era este deus que
regia o tempo e a colheita.

Os assírios (babilônicos) foram pioneiros no desenvolvimento do calendário solar, lá desde o


Stonehenge.

Repare nas roupas dos druidas:

Compare:
Eis novamente representação de Shamash e seu calendário solar:

Agora compare com o calendário solar na praça do vaticano. Vale lembrar que a “história
oficial” do vaticano diz que este foi um presente do paganismo, não uma encomenda.

Consegue perceber algo como a estrela de 8 pontas na Basílica de São Pedro na imagem
acima? Talvez o restante da forma esteja dentro da capela, eu não sei. Eu não preciso falar de
toda simbologia presente neste lugar.
A parte que mais chama a atenção nesta praça é este obelisco:

Eu sei que é bem óbvio que ele esteja ali, já que está um calendário solar. Mas este símbolo é
um sinal tão descarado de paganismo que deveria deixar qualquer teólogo enojado com esta
praça.

Este é um símbolo sexual quando colocado dentro do calendário. Trata-se do pênis de Baal
sendo representado pelo obelisco, e uma vagina pelo calendário solar. Quando a sombra do
calendário o circula todos os dias, simboliza o renascer do sol.
Veja como este obelisco do ibirapuera é demonstra muito bem isto:

Existe 2 tipos de calendários solares usando o obelisco:

1- O calendário do equinócio

Obeliscos de Tothmes III


2- O calendário do solstício

Na mesma ruína

Perceba que até a representação mostra que não existe precisão de quando acontecem os dias
dos solstícios e equinócios. Então não se pode argumentar contra a tese de que 25/12 era o
sosltício de verão dos romanos pra falar do nascimento de Mitra, pois quem colocou este dia
foram os romanos usando inclusive um calendário diferente, e não a geografia.
Agora perceba a semelhança entre estes obeliscos e a arquitetura das catedrais

Note que as catedrais com duas torres possuem o símbolo semelhante a um sol entre as
torres, e a de uma possui no centro dela o relógio (em posição difícil de ver as horas quem está
embaixo) lembra o sol. As posições onde estão os símbolos solares entre as torres estão
alinhadas conforme o antigo rito dos obeliscos solares.

Uma informação interessante também é que todas as catedrais da Europa foram construídas
em antigos locais de cultos pagãos. Pra provar isso eu teria que estudar cada catedral de lá,
por isso prefiro deixar hipótese. Mas pro argumento não ficar totalmente sem informações,
posso mostrar isso:

Este é um fragmento da Tumpa de Julli, descoberto


em 1574. Na imagem pode-se ver o deus sol grego
Helios. Esse mausoléu foi encontrado enterrado na
Basílica de São Pedro
E não se esqueça:

Outra referência:

São divindades babilônicas e assírias usando uma coroa tríplice, ou uma coroa triplicada.
Prepotência?
Na direita é o sacerdote do deus assírio Dagon

A mesma estrela vista anteriormente. Também aquela cruz maltesa

Esta prática é encontrada nas escrituras??


Por que a instituição que se diz apostólica “romana” faz referências a divindades pagãs
romanas/luciferanas?

Vários pesquisadores de History Channel concordam com a frase de Ernest Renan: “Se o
cristianismo tivesse sido detido em seu crescimento por alguma doença mortal, o mundo seria
mitraico.”
Suas poucas semelhanças realmente confirmadas já são capazes de mudar todo um
entendimento da inspiração da religião cristã. Mitra nasceu dia 25/12 (solstício de inverno pra
ser mais honesto) numa gruta, sua cerimônia de consagração é feita comendo a carne de Mitra
simbolizada pelo touro que ele mata, ele foi nascido de uma virgem imaculada...

Esta imagem é da GRUTA da natividade, lugar onde Jesus nasceu no dia 25/12. Observe que o
local é marcado com um sol.

E realmente, Jesus é tratado como sol nas profecias (Malaquias 4.2), porém não como um sol
com características pagãs e que muda a lei de Deus.
Ainda mais o ostensório onde é trazido o que eles dizem corpo de Cristo para ser comido.
Outro símbolo bem absurdo óbvio

Tudo isto denota que Jesus pertence a mesma adoração Luciferana pagã de Ninrode?

Por que algumas referências destacadas não estão na bíblia? Não existe em lugar nenhum uma
descrição de Cristo loiro, com olhos azuis e cabelo comprido; nem o colocando com vestes
romanas, nem fazendo rituais de “sagrado coração”, nem que ele nasceu dia 25/12, nem
nasceu de uma imaculada, nem que ele nasceu numa caverna, nem sequer a santa ceia! A
santa ceia que Jesus comeu era apenas a festa de Pêssach (páscoa) judaica, ele apenas
lembrou os discípulos de que todo simbolismo dela significava seu sacrifício. Todo simbolismo
presente em todos os rituais ordenados por Deus remetiam a Cristo, como prova de que ele é
o Messias. Jesus não pode ter nascido no inverno, pois no dia de sua concepção haviam
pastores alimentando o gado a noite, e o deserto no inverno vira para um extremo de frio que
mataria as ovelhas.

Por incrivel que pareça, todas as evidências que mostram que esse Jesus católico romano é
outra variação das divindades pagãs são apenas tradições católicas, e não apostólicas.

ATENÇÃO: Eu sei que a tese que o Jesus é cópia das religiões pagãs é uma mentira neo-ateísta
que se aproveitou das informações acima pra criar mais mitos em cima do verdadeiro Cristo.
Porém as informações que citei foram bem pesquisadas antes e deixo algumas referências
aqui:

http://www.iranicaonline.org/articles/anahid
http://www.freemasons-freemasonry.com/19carvalho.html
A data do nascimento de Mitra é posta incerta, mas se sabe que foi no solstício de inverno do
hemisfério Norte, que é variável.
A RAINHA DOS CÉUS
“Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres
preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem
libações a outros deuses, para me provocarem à ira.” -
Jeremias 7:18

“Porquanto deixaram ao Senhor, e serviram a Baal e a Astarote.” -


Juízes 2:13
Você já viu aqui que este mundo tem servido ao próprio Lúcifer de diversas faces.

Enciclopédia Britânica: “ASTARTE / Astarote é a Rainha do Céu a quem os cananeus


queimavam incenso e derramaram libações”

Como todos os deuses pagãos, a Rainha do Céu é chamada por muitos outros nomes nas
diferentes culturas. Ela é conhecida como Astarte pelos fenícios, Ishtar pelos acádios, Inanna
pelos sumérios, Diana pelos romanos, Quan Yin / Kannon pelo Extremo Oriente e Artemis /
Cibele pelos gregos

Biblioteca pública de Boston – Galeria Sargent;


Astarte / Astarote; fenícios

A Rainha do Céu também é conhecida como a deusa da lua, e é representada pelo símbolo da
lua cescente. Observe que a lua crescente aparece em todas as suas imagens em todas as
culturas:

Artemis; gregos
Anahita; persas

Sin; babilônios

Hecate; Anatólia (Turquia)


Diana; romanos

Quan Yin / Kannon; extremo oriente

Atualmente como nós reconheceríamos essa deusa lua, ou Rainha do Céu?

Observe o símbolo da lua crescente:


Reconhece todas estas imagens?

Porque ela está pisando numa serpente


também? Não é Jesus que deveria estar a ferindo (Gênesis 3:15)?

Veja denovo Astarote e Hecate


Porque este dragão na
imagem?

Quan Yin

Oque as imagens da deusa lua e rainha dos céus estão fazendo nas igrejas ditas cristãs? Por
que Maria é chamada de Rainha do Céu pelos cristãos mesmo sem referênca bíblica? Apenas
Astarote foi mencionada com este título!
A deusa lua também é conhecida pelo Musei Vaticani como Luna, Selene, ou LUCIFERA

O gesto da mão sagrada (mudra) desta de deusa lua é conhecido como “Mano Cornuto”, que
significa “mão chifrada” ou “mão cornuta”, em italiano .

Veja o sigil de Lucifera, amuleto mano cornuto de origem itálica antiga.

Na Ásia ele também é conhecido como Karana, Tarjani e Funnu-in em japonês. Podemos ver
esta evidência na versão asiática da deusa lua Kannon, ou Quan Yin:
Uma vez que este sigil é conhecido hoje como “sinal do capeta”, vamos descobrir oque
realmente está detrás do sigil de Lucifera.

Versão Greel de Artemis, a senhora de Éfeso; foto tirada no Museu da Arqueologia, Seljuk,
Turquia:

Baphomet?

Lembra-te do pentagrama que o bode carrega


em sua testa. Ele é chamado de “STAR” da
versão acadiana da deusa lua “Ishtar”. A versão
fenícia também é bastante semelhante,
“aSTARte”. Este é o principal símbolo satânico da
deusa lua em todas as culturas. Atualmente o
verdadeiro significado foi perdido devido ao
tempo.
Luas e estrelas. Oque este símbolo faz também
no islã?

No islã, sexta-feira é o dia devocional mais importante da semana. A oração salat al-Jum’a é
uma oração congragacional obrigatória ordenada pelo Alcorão e deve ser obedecida como tal.

“Friday” ven do nome Freyja, uma versão escandinava da deusa da lua. Ele tambpem vem do
nome Frigg, uma versão nórdica da mesma. Mas curiosamente, Friday é representada pelo
planeta Vênus, o mesmo do Ishtar acadiano. A mesma é representada pela estrela de 5 pontas
e pela lua crescente.

Cinco pilares do Islã / Cinco elementos da bruxaria / Cinco pontos de um pentagrama

Será que você também se curva diante da mesma lua com estrela?
E esta estrela islâmica?

Oque ela faz também no cristianismo??

Abadia da Dormição; Repare nas estrelas na beira da gruta, perto da lâmpada


“Na arábia antiga, o deus-sol era visto como uma deusa do sexo feminino e a lua como o deus
do sexo masculino. Como tem sido apontado por muitos estudiosos como Alfred Guillaume, o
deus da lua foi chamado por vários nomes, um dos quais era Allah” (Op.cit., O Islã; pág 7)

“O nome Allah foi usado como o nome pessoal do deus da lua, além de outros títulos que
poderiam ser dados a ele.” (Robert Morey: A invasão islâmica; 1977 pág 50,51)

No ocultismo, as divindades lunares podem ser aceitas tanto no masculino quanto no


feminino. Inanna (versão suméria da deusa da lua) é descrita incorporando ambas as
qualidades masculinas e femininas. Ela diz: “Embora eu seja uma mulher, eu sou um homem
jovem nobre...” (O Dicionário Assírio, do Instituto Oriental de Chigago; vol. M/2 pág 306)

“Ishtar muda o lado direito (masculino) no lado esquerdo (feminino), ela muda do lado
esquerdo para o direto, ela transforma um homem em uma mulher” (Sjoberg- Um Hino à
deusa Inanna; 1976)

Kuan Yin é o Bodhisattva da compaixão como venerado pelos budistas, geralmente como
mulher. A visão oficial é que Kuan Yin originou com Avalokiteshvara de forma MASCULINA.
Algumas escolas budistas referem-se a Kuan Yin como ambos, macho e fêmea,
indistintamente.

Feminino Masculino

Shiva:

Feminino Masculino
Shiva Hemafrodita

Percebeu os vários símbolos e sinais que nós estudamos estão presentes nas imagens acima
também?

Agora sabemos porque a deusa Cibele/Artemis possui um atributo tão distinto do sexo
masculino. A deusa da lua sempre continuou a mesma em sua divindade bissexual em todas as
culturas.

Veja:

“A grande deusa Artemis (Diana) que é louvada na província da Ásia e em todo mundo” – Atos
19:27 (perceba o “todo mundo”)
Está notando pra onde todas estas religiões estão apontando a adoração?

Lua crescente->deusa da lua


Estrela->deusa da lua
Bissexual->deusa da lua

Agora entende o porquê dos aspectos androgênicos e travestidos de Jesus. Repare nas vestes
de ambos

“...a cidade de Éfeso é a guardiã do templo da grande Artemis


(Diana) e de sua imagem que caiu do céu” – Atos 19:35

“Eu vi Satanás cair como um raio do céu” – Lucas 10:18

“E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada


o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi
precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” -
Apocalipse 12:9 (Lembre-se que o dragão que caiu do céu arrastanto as estrelas de
Apocalipse 12 só as trouxe quando o Messias estava para nascer)

Atos -> deusa da lua


Lucas -> Satanás
Apocalipse ->Satanás

“Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o


pranto.
Apocalipse 18:7”
E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande
babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra.
Apocalipse 17:5

Igreja cristã (não achei qual), em


Kanazawa no Japão

Observe o sinal nas mãos novamente


Agora você percebe que estas falsas auréolas nada mais são do que o anel de Saturno
envolvendo seu astro.

Agora você pode sentir a reação em cadeia dos impulsos elétricos do cérebro e os precursores
químicos que sinalizam o ligar da emoção projetada para sobrepujar a razão e a lógica.

A partir dessas evidências científicas, históricas e arqueológicas por si só, sem usar sequer
teologias, podemos determinar a origem das antigas religiões de mistério e quem elas estavam
a adorar, e talvez até, dialogar.
Mas então o cristianismo é adoração a Lúcifer? Então Jesus era um adorador de Lúcifer? Ou
ele é mais um deus criado para outra religião de adoração a Satã? Ele é mesmo um falso
messias?

Pensem comigo, primeiramente vamos adotar a versão “catolicismo” do cristianismo como sua
base, já que eles dizem ter surgido junto com Cristo e serem o povo perseguido por Nero. Até
a história já decidiu aceitar esta versão deles.

Pro cristianismo ser a verdade necessita de:


-que o judaísmo seja a verdade, pois toda sua história comecou nele;
-as profecias messiânicas apontarem para Jesus; para que ele seja o verdadeiro enviado de
Deus;
-Jesus ser um judeu praticante que não contradiga a lei, para que fosse aceito pela
comunidade judaica (at21.20);
São fatos. Se não puderem ser aceitos então pelo menos pode-se admitir que não baseia-se
seu cristianismo na bíblia. Não preciso comentar essas 3 máximas, então vamos comentar algo
mais terrível: doutrinas. Vamos comparar as doutrinas da instituição católica e comparar com
as doutrinas presentes na bíblia e com as doutrinas presentes no paganismo.

Antes, entenda esta passagem:

“E passando por Anfípolis e Apolônia, chegaram a Tessalônica, onde


havia uma sinagoga de judeus.
E Paulo, como tinha por costume, foi ter com eles; e por três sábados
disputou com eles sobre as Escrituras,
Expondo e demonstrando que convinha que o Cristo padecesse e
ressuscitasse dentre os mortos. E este Jesus, que vos anuncio, dizia
ele, é o Cristo.
E alguns deles creram, e ajuntaram-se com Paulo e Silas; e também
uma grande multidão de gregos religiosos, e não poucas mulheres
principais.
Mas os judeus desobedientes, movidos de inveja, tomaram consigo
alguns homens perversos, dentre os vadios e, ajuntando o povo,
alvoroçaram a cidade, e assaltando a casa de Jasom, procuravam
trazê-los para junto do povo.
E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles,
chegando lá, foram à sinagoga dos judeus.
Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica,
porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas
Escrituras se estas coisas eram assim.” - Atos 17:1-5,10,11
Repare que nesta passagem é dito que Paulo pregava em sinagogas aos sábados para os
judeus que provavelmente foram um dia a favor da condenação de Jesus. Então ele usava de
argumentos na lei e nos profetas pra dizer que Jesus seguia suas mesmas doutrinas, pois foi
uma contradição nisso que estes judeus tentaram encontrar em Jesus mas não puderam, aí
tiveram que condená-lo a morte por uma mentira. Em seguida Paulo tem que ir pregar aos
bereanos, e estes foram chamados de “mais nobres” que os judeus tumultuosos de
Tessalônica, pois examinavam nas escrituras as palavras que Paulo pregara. A escritura que
existia para estes judeus não era o Novo Testamento, nem “catecismo” nem tradições
estranhas, era a lei e os profetas. Com base nisso podemos dizer que nós podemos provar
qualquer doutrina cristã primitiva usando apenas a lei e os profetas.

Vale também lembrar que “lei e os profetas” é diferente de “Antigo Testemento”. O AT é


apenas a junção de livros, uns históricos, outros proféticos. A lei e os profetas já são livros
sagrados, pois são a palavra que saiu da boca de Deus (claro que os profetas são apenas os que
foram provados serem verdadeiros).

E só pra deixar claro: discutir as questões doutrinárias abaixo não é a intenção do estudo.
Oque estou mostrando é a concidência das doutrinas de ambas as religiões e sua originalidade.
Falar da veracidade é assunto pra outro estudo, então não se atente pra isso no momento.
Vamos a análise então:

paganismo Cristianismo Doutrinas primitivas


Politeísmo Chamam Jesus e o Pai de Deus. O próprio Jesus declarou que
Afirmam ser o mesmo Deus Deus é somente o Pai em Jo
porém se referindo como duas 17:3, e Paulo reafirma isso em
pessoas distintas. Também 1Cor 8:6. Esta crença nunca
possuem o costume persa e existiu no meio judaico que
grego de deuses para certas profetizava que o Messias iria
áreas da vida como “causas chegar. Se Jesus diz ser o
impossíveis”, direção, dores, próprio Deus e em uma
etc. Embora não o chame de trindade (contradição mas não
deuses mas os tratam como tais admitem), então ele é um falso
messias
Trindade Praticamente a doutrina citada “Não terás outros deuses
acima. Nunca foi reconhecida dianta de mim (não “de nós”).”
pelos judeus e nem mesmo – Êx 20:3. Quando um cristão
pelo Concílio de Niceia (o que é percebe que esta doutrina é
curioso pois os melhores contraditória, ele apenas diz
tradutores de grego estavam que é um mistério, como o
naquela época e não acharam citado por Paulo totamente
argumento para definir uma fora de contexto
trindade)
Ídolos Esta doutrina é tão patética que “Eu sou o Senhor... a minha
precisou-se tirar o segundo glória não darei a outro, nem o
mandamento do decálogo no meu louvor a imagens de
catecismo romano e dividir o escultura” – Isaías 42:8. Será
décimo pra continuar com o que houve alguma situação de
mesmo belo número. Jesus ou seus discípulos se
prostrando perante o ídolo de
alguém?
Guarda do domingo A própria igreja católica admite “Certamente guardareis os
que ela apenas foi a meus sábados, pois é SINAL
responsável pela instituição da entre Mim e vós nas vossas
guarda do domingo pelos gerações” – Êxodo 31:13
cristãos, mesmo sem base
bíblica nenhuma. Confira: "A
observância do domingo pelos
protestantes é uma
homenagem que eles prestam,
sem o saberem, à autoridade da
igreja católica." - (monsignore
louis segar, plain talk of the
prostetantismo of today. p 213)
deusa Mãe Óbvio que não tem uma deusa, “E em nenhum outro nome
porém a partir dos itens citados [que não seja o de Cristo] há
acima você pode perceber as salvação” – Atos 4:12. Eles
inúmeras referências claras dela admitem este versículo
com as divindades pagãs normalmente, mas rotulam de
herege quem não busca
nenhum outro “intercessor”
para salvação. Por que será?

Inferno eterno (embora Outra doutrina jamais pregada “E a morte e o Inferno foram
contraditória) no judaísmo, sequer jogados no lago de fogo”
encontrada nas escrituras do (Apocalipse 20:14). Esta
AT. A ICAR admite ter criado doutrina deveria ser combatida,
esta doutrina, e ainda diz que é pois sua demonstração de um
“para o prazer dos santos na caráter fora do normal de Deus
eternidade ao verem a dor dos a faz com que tenha gerado
ímpios” agnosticismo em quem tenta
entender a Deus sozinho
Imortalidade da alma Basicamente é a mentira da “A alma que pecar, esta
serpente, quando disse morrerá” - Ezequiel 8:4
“certamente não morrerás,
serás como Deus”. Esta
doutrina chegou ao judaísmo a
partir do cabalismo, que
também é contra a lei de Deus.
Ela era aceita por quase toda
comunidade judaica, exceto
pelos fariseus da qual Jesus
participava
Intercessão dos mortos Existe uma aparição desta Deus condena em Dt 18:11 aos
prática no Segundo livro de que exploram este engano e
Macabeus da septuaginta. Mas ainda deixa uma explicação por
foi por isso que este livro foi parte de Salomão: “Porque na
considerado apócrifo pelos sepultura, para onde tu vais,
reformadores, embora os não há obra, nem projeto, nem
judeus ainda considerem o conhecimento, nem sabedoria”
primeiro livro – Eclesiastes 9:10. E o mais
legal: “Consultai os espíritos
familiares e os adivinhos, que
chilreiam e murmuram:
Porventura não consultará o
povo a seu Deus? A favor dos
vivos consultar-se-á aos
mortos:” – Isaías 8:19
Natal O Cristo católico nasceu dia Curiosamente vemos a igreja
25/12 (solstício de inverno no comemorando a festa
hemisfério norte) e em uma “judaizante” da dedicação
caverna (basílica da natividade). (chanuká) em João 10:22. Não é
O deus sol Mitra romano tem um mandamento, mas também
essas mesmas características não é uma festa de origem pagã
além de muito mais referências
solares que falarei mais adiante
Batismo de crianças “O batismo católico na sua Perceba que o batismo bíblico
benção usa o elemento terra consiste na confissão de Cristo
representado pelo sal colocado como salvador (Atos 8:37)
na boca da criança, depois o
elemento água é jogado na
cabeça do batizado, o elemento
fogo é representado pela vela
que lava o padrinho e o
elemento ar é representado
pela fumaça do incenso usado
pelo turíbulo do coroinha.” –
Escola Espiritualista Luzes do
Mundo (.blogspot)
Sacerdote soberano infalível Em todas as religiões pelo “A ninguém na terra chameis
mundo o sacerdote terreno que de vosso pai, porque um só é o
é o cabeça da instituição. Não vosso Pai (gurus), o qual está
existe a necessidade de dogmas nos céus. Nem vos chameis de
sendo passados de geração, por mestres, porque um só é o
isso vemos tantas “bulas e vosso Mestre, que é o Cristo” -
concílios”, coisa que não Mateus 23:9,10. “Padre” e
acontecia no tempo de Israel “papa” são palavras para “PAI”
BÔNUS:
A algum tempo tinha circulado um vídeo na internet do vaticano cantando um louvor onde
dizia "ó lúcifer, que nunca será derrotado. Cristo é seu filho". E sim, tem uma explicação pra
isso: Lúcifer significa "estrela da manhã", um adjetivo para Jesus encontrado na bíblia.
Confiram: https://www.youtube.com/watch?v=8uDNaWPaDuc
Agora sejamos realistas, o nome "lúficer" se referindo a satã nunca foi citado nas escrituras (a
passagem de Isaías está falando de um rei). Esse nome foi dado pela própria ICAR por alguma
razão. Lembremos que toda simbologia de Jesus que a ICAR paganizou vem do mitraísmo, o
deus sol, até nasceram no mesmo dia. Quantos sóis que você pode encontrar na igreja?
Recebem a hóstia dele pedindo mais uma morte de Cristo ao invés de comemorarem sua
ressurreição. O sol está em vários de seus elementos inclusive onde dizem que Jesus nasceu
(gruta da natividade). Então associem adorar a lúficer, adorar a Tamuz, adorar ao sol... tudo
com o nome "Christus" por detrás, que em latim significa as cristas do sol, não é uma palavra
em latim para ungido, nem Khristós é ungido em grego. Então quem eles realmente estão
adorando?
Se até os judeus tivessem entendido as cerimônias eles iriam acreditar em Jesus, pois todas as
cerimônias remetem à ele e à seu plano de salvação. A páscoa no caso, era sobre sua
ressurreição. Quando Jesus estava comemorando a última ceia ele simplesmente estava
comemorando a páscoa judaica como o bom judeu que ele era. E podemos conferir em Atos
24:14 que os apóstolos continuaram pregando essas festas mesmo depois de Jesus ressuscitar
Por: Ysrael Vilas Boas

Recomendações:
https://www.youtube.com/playlist?list=PLJnhVDPdBOQxF3Hk_EqlTEyTVZSjJewDu
https://www.youtube.com/channel/UC-sYio3O37PwSnznSztKK_g