Você está na página 1de 4

Avicultura / Nº 11 - 2003

Sistema imune das aves


Mecanismos imunes não-específicos, e introdução sobre os mecanismos
imunes específicos. Adaptado por Marcelo A. Fagnani Zuanaze, médico
veterinário do Laboratório Biovet, a partir de texto da Univ. da Flórida.
O sistema imune aviário pode ser dividido em baixa qualidade devido à poeira ou amônia, o sistema
mecanismos imunes específicos e não-específicos. ciliar pode ser oprimido e tornar-se não efetivo.
Os mecanismos imunes não-específicos incluem os Outros fatores que envolvem a resistência natural
"caminhos natos ou ine- incluem nutrição, meio
rentes" pelos quais as ambiente (exemplo:
aves resistem às deve-se evitar o
doenças. Este sistema estresse calórico).
protetor quase sempre Idade dos animais,
não é considerado quan- jovens ou velhos são
do se planeja um progra- mais susceptíveis às
ma de sanidade aviária. infecções, processos
Muitos programas inflamatórios, fatores
tendem a preocupar-se metabólicos.
primariamente com vaci- A importância
nações e/ou antibióticos destas boas práticas de
para manter a saúde dos manejo na
lotes. manutenção da boa
A importância dos saúde das aves é mais
mecanismos imunes não- bem entendida quando
específicos se dá por: os mecanismos imunes
Fatores Genéticos: aves podem não ter recep- não-específicos são definidos. Por exemplo: o uso
tores complementares que permitam a infecção por exagerado de antibióticos ou a inadequada desin-
certos organismos. Como exemplo, algumas aves são fecção pode conduzir a um rompimento da microflora
geneticamente resistentes ao vírus da leucose linfóide normal; nutrição deficiente pode conduzir a deficiên-
aviária. cias que permitirão a ação de organismos patogênicos
Temperatura corporal: a alta temperatura cor- presentes na flora; a seleção de raças resistentes aos
poral das aves impossibilita a infecção por muitos patógenos pode diminuir ou impossibilitar os efeitos de
agentes. Se a temperatura corporal das aves diminuir, certas doenças, entre outros.
algumas infecções podem ocorrer.
Características anatômicas: muitos patógenos Mecanismo imune específico - Os mecanis-
não podem penetrar em cobertura do corpo intacto mos imunes específicos (sistema adquirido) são carac-
(por exemplo: peles e mucosas), ou ficam presos nas terizados por especificidade, homogenicidade e
secreções. Algumas deficiências nutricionais (exemplo: memória. Este sistema é dividido em celular e humoral.
deficiência de biotina) ou doenças infecciosas compro- Os componentes humorais incluem imunoglobuli-
metem a integridade das coberturas corpóreas, per- nas (anticorpos) e as células que os produzem.
mitindo a penetração de patógenos. Anticorpos são específicos (especificidade) para corpos
Microflora normal: a pele e o intestino normal- estranhos (antígenos), o qual combatem.
mente mantêm uma densa microbiota. Esta microflora Os anticorpos contra o vírus da doença de
previne a invasão de organismos por alguns patógenos Newcastle, por exemplo, terão eficácia somente contra
através da competição. O uso inapropriado de alguns o próprio vírus de Newcastle, e não para o vírus da
antibióticos ou uma desinfecção inadequada pode bronquite infecciosa aviária.
romper este balanço da microflora. Existem três classes de anticorpos que são produzi-
Trato ciliar respiratório: partes do sistema respi- dos pelas aves, após a exposição a organismos
ratório são cobertas com cílios que removem organis- patogênicos sendo eles: IgM, IgG e IgA.
mos patogênicos e débeis. Se o ar do galpão tem Continua na próxima edição do Informativo técnico.
Ponto de vista
O mundo do ovo

Professor Benedito, de Minas Gerais, faz um raio-X da avicultura brasileira

As opiniões em certa para os americanos e errada para a realidade


destaque nesta e na brasileira na promoção do ovo. Existe um potencial
próxima página são enorme de promoção desvinculado da questão médica,
do Dr. Benedito muito polêmica e ótima, portanto, para a imprensa, que
Lemos de Oliveira, cada vez confunde mais o consumidor real (classes B e
médico veterinário e C) e esclarece um público rico e culto, mas de consumo
professor aposenta- líquido muito baixo. Seria bom falar menos do complexo
do e voluntário da "ovo-colesterol-doenças" e entrar de frente, de modo
Universidade simples, entendível e direto no tema do valor nutricional,
Federal de Lavras nos pontos positivos, nos modos de preparo e na
(UFLA). Oliveira importância da utilização do ovo em nossas famílias, nos
atua como diretor restaurantes institucionais, nas refeições públicas e sub-
técnico do Aviário sidiadas que servem a população de baixo poder aquisi-
Santo Antônio Ltda. tivo. Neste aspecto, parabenizo a ASGAV (Associação
Além disso, é mem- Gaúcha de Avicultura) pelo trabalho que vem desenvol-
bro do Conselho vendo.
Estadual de Outro erro estratégico é esperar só de granjeiros a
Sanidade Avícola e promoção do ovo, onde sua participação não passa de
do Conselho 10%. Na verdade, entendemos, como em outros países,
Técnico da que produtores são importante veículo de vendas para
Associação dos cerca de 40% de insumos específicos para alimentação,
Avicultores de Minas Gerais. A seguir, ele tece comen- manejo, saúde das aves e principalmente de embala-
tários sobre o setor de postura e a avicultura em geral. gens. Algumas empresas isoladas já entenderam isto,
mas uma ação integrada seria mais abrangente.
Desempenho do setor de postura Para melhorar a imagem do ovo, além dos itens já
O ano de 2002 encerrou o período de estagnação, com mencionados, é preciso enaltecer a qualidade e oferecer
sérias dificuldades para a classe, que enfrentou instabili- bons produtos. Milhões de embalagens de ovos chegam
dade cambial, incertezas do novo governo, crise do às cozinhas brasileiras todos os dias, sem qualquer men-
milho e doenças preocupantes como Laringotraqueíte e sagem neste sentido. Precisamos mudar o conceito de
Pneumovirose - sem contar os efeitos tardios dos surtos qualidade que cresce nas empresas, mas pouco evolui
da Doença de Gumboro. As lições aprendidas e o bom nos pontos-de-venda. As justificativas são várias, mas na
desempenho neste 2003 fazem acreditar em algo dife- prática, destaca-se o descompromisso dos atacadistas.
rente para o segundo semestre, incluindo a retomada de Em locais como sacolões e até em bons supermerca-
projetos de modernização e ou ampliação. Admite-se dos, ainda encontram-se ovos de baixa qualidade, sujos,
alguma preocupação com farelo de soja, mas uma certa trincados e mofados. Ainda pior, ovos de peso compro-
tranqüilidade com relação ao milho. Os alojamentos cer- vadamente abaixo da legislação. Por outro lado, o alto
tamente aumentarão, visando o quadrimestre inicial de custo de embalagens faz crescer o uso de alternativas
2004, sempre favorável. Agora, será normal uma preco- como ovos "filmados", justamente num país de clima
cidade de postura gerando excedentes e ovos pequenos, tropical onde os locais de armazenamento e vendas nem
com promoções de baixo preço em supermercados, prin- sempre são adequados, favorecendo a degradação da
cipalmente se medidas reguladoras forem efetivadas qualidade externa (trincas e mofos) e interna. Esta
cerceando muda-forçada em regiões de risco, com imagem não é conhecida das granjas e empresas produ-
redução da oferta de ovos maiores. Entretanto, a classe toras, cuja maioria jamais acompanhou seu produto até
hoje está mais capacitada a ajustar rapidamente os plan- o mercado, muitas vezes vendido em embalagem de ter-
téis para amenizar crises de preço. E confia-se ainda em ceiros. Ainda são poucas as granjas que fazem auditorias
medidas econômicas que melhorem o giro de dinheiro e junto ao consumidor final. E, assim mesmo, apenas em
o poder de compra no comércio do final de ano. grandes redes de comercialização. Ovos ruins são fre-
qüentemente alvo de promoções a baixo preço que influ-
Ovo X Saúde enciam as cotações dos bons e ajudam a formar ima-
Neste aspecto, tenho uma opinião bem diferente da gens negativas e duradouras do produto pelos consumi-
maioria. Creio que estamos importando uma estratégia dores.
Parece utopia, mas a melhor maneira de melhorar a em função do custo por ave instalada. Como resultado
imagem do ovo ainda é cumprir a legislação (Resolução observa-se a dificuldade das frangas em ganhar peso,
05/91-DIPOA- MAPA). problemas de casca, altas taxas de "body checked" ou
"casca fina", e o que é pior, difícil controle de doenças
Ovos especiais infecciosas "emergentes" e, ainda, viabilidades anormais.
As universidades se baseiam em pesquisas publicadas, e
estas ainda não respaldam a produção comercial de Sanidade
ovos com baixo colesterol. Quanto à produção de ovos Valorizar mais as medidas de biossegurança em três
frentes: movimentação de aves de descarte principal-
mente oriundas das áreas comprovadamente de risco
para doenças emergentes; movimentação de embala-
gens usadas e trânsito de veículos e pessoas estranhos à
granja. Além disso, até em respeito às novas normas
ambientais, cuidar adequadamente de dejetos (esgoto e
esterco) e aves mortas. Vejo com muito entusiasmo os
resultados obtidos com uso de probióticos e a quase
eliminação de antibióticos. Entretanto, são preocupantes
o excesso de vacinações e o fantasma das micotoxinas
por seus efeitos imunossupressores e implicações na
sanidade como um todo.
Sobre salmoneloses, outro ponto bastante comenta-
do, não vejo como problemas de poedeiras em granjas
de melhor manejo, desde que recebam pintainhas de
com ômega-3, é tecnologia facilmente comprovada em um dia livres. A cada dia, elimina-se o uso de água cor-
pesquisas e de amplo domínio e uso nos principais paí- rente e esgotos a céu aberto que geravam proliferação
ses do mundo evoluído. A matéria-prima tem suporte de de moscas e ratos. Os programas de qualidade aliados
multinacionais de renome, e os técnicos envolvidos em à mecanização; as boas práticas de higiene e alimen-
cada granja produtora sabem da seriedade exigida pelo tação com menos subprodutos de origem animal, além
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento da aplicação de probióticos, têm contribuído para con-
(MAPA), pessoalmente transmitida pelo Dr. Rui Vargas. trolar as salmonelas nas granjas.
Neste aspecto, minha opinião pessoal é de que, ao Gostaria de dizer que em documento recente o
contrário dos ovos comuns, o enfoque dos ovos especi- MAPA, cumprindo normas do PNSA (Plano Nacional de
ais tem que ser direcionado para a classe médico/nutri- Sanidade Avícola), está liberando vacinação para S
cionista, e a partir daí, difundir-se para os consumidores Enteritidis em poedeiras comerciais sob condições divul-
já mais conscientes. gadas pelo COESA-MG, do qual faço parte, e que
devem ser conhecidas e cumpridas por técnicos de cada
Bem-estar das aves empresa.
Sou favorável à obtenção do máximo de produtividade
das poedeiras até mesmo para atender aos princípios da Comentário final
aplicação de dons (ciência e técnicas) para o bem do Gostaria de aproveitar esta oportunidade para expressar
próximo, mas sem os exageros da etologia (bem-estar alguns pensamentos.
animal) e até da ecologia como fim. Aponto algumas O setor de postura tem um crescimento futuro
regras básicas: inevitável, ditado pela conjuntura européia, pelo poten-
- Confinamento sem excessos, oferecendo um mínimo cial de mercado de ovos industrializados no mundo e
de frente de cocho e área por ave. pelas condições gerais brasileiras (clima, condições
- Observar pesquisas sobre o número de aves por nip- ambientais, disponibilidade de água, baixo custo de
ple, temperatura e renovação de ar, temperatura da grãos). E o principal, uma grande população carente de
água nos meses quentes. boa alimentação, pronta para consumir quando o poder
- Poupar os efeitos negativos das práticas estressantes aquisitivo e a educação melhorarem. Se os produtores
usando conhecimentos disponíveis, por exemplo, em de ovos se unirem em uma entidade supra, além das
debicagens, vacinações e transportes. empresas, além do regionalismo, este futuro será abrevi-
- Já que confinamos as aves temos também a obrigação ado.
de fornecer rações sem deficiências. O setor de postura tem nas empresas de produção
Meus professores, Lamas e Egladson, deram a regra de insumos e serviços um trunfo em relação a outros
geral "o que é bom para nós é bom para as aves tam- países. Neste caso, destacamos o Laboratório Biovet,
bém". Estamos assistindo agressões a estas regras a todo com quem me relaciono há mais de 30 anos, usufruindo
o momento, bastando citar as altas densidades usadas principalmente da valorização profissional, consideração
como recurso de vendas de equipamentos calculados e amizade, aliadas à qualidade dos seus produtos.
como a elevada taxação dos cortes de peito salgado
Mercado & Afins (75%) e inspeção de nitrofurano em todas as cargas à
Europa. No acumulado de 2003, as exportações
brasileiras do setor já somam US$ 1,09 bilhão (35% a
Safra de grãos 2002/03 mais do que o exercício anterior). As informações são da
A produção nacional de grãos da safra 2002/2003 Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de
chegou a 122,38 milhões de toneladas, segundo le- Frango (Abef).
vantamento final realizado pela Companhia Nacional
de Abastecimento (Conab). A safra recorde é 26,5% Postura
superior as 96,76 milhões de toneladas colhidas em Depois de três anos de estagnação, o mercado de ovos
2001/2002. Os números finais, pesquisados entre os no país alimenta expectativa de crescimento neste segun-
dias 25 e 30 de agosto em 284 municípios do país, do semestre. Segundo José Carlos Teixeira, diretor-execu-
mostram que a produção total de milho será de tivo da Associação Paulista de Avicultura (APA), a peque-
47,38 milhões de toneladas, um volume 34,3% supe- na redução dos custos de produção - queda dos preços
rior as 35,28 milhões de toneladas de 2001/2002. O do milho e da soja - em andamento, já beneficia o
levantamento final de safra da Conab confirma ainda aumento da produção e, em conseqüência, a diminuição
a excelente safra de soja, que chegou a 52 milhões do preço do ovo. "Estivemos praticamente estagnados nos
de toneladas, um resultado 24,2% acima da safra últimos três anos, situação provocada também pelos
passada. O presidente da Conab atribui a nova safra preços da soja e do milho, que este ano iniciaram movi-
recorde aos investimentos dos produtores nas mento de queda. Devemos crescer entre 2,5% e 3% no
lavouras e à alta profissionalização do setor. Segundo segundo semestre deste ano em comparação aos
Guedes Pinto, um exemplo disso é o crescimento do primeiros seis meses do ano, apesar de ser apenas uma
nível de produtividade da agricultura nacional. Nas retomada tímida", previu em meados de agosto José
últimas 13 safras, a área plantada no Brasil cresceu Carlos Teixeira, diretor executivo da Associação Paulista
1,2% ao ano enquanto a produção aumentou 6,4% de Avicultura. Para se ter uma idéia da importância do
ao ano. Na próxima pesquisa de safra, entre 5 e 11 setor, a cadeia produtiva da avicultura de postura movi-
de outubro, a Conab fará o primeiro levantamento de menta US$ 2 bilhões anualmente no Brasil, com pro-
intenção de plantio para a atual safra 2003/04. dução de cerca de 16,4 bilhões de unidades de ovo por
ano.
Biovet na AVMA
O Laboratório Biovet participou entre os dias 19 e 23
de julho, em Denver, Colorado (EUA), da 140th
Produto
AVMA (American Veterinary Medical Association) Bio-Bronk-Vet (H-120)
Annual Convention. Um dos mais importantes eventos
de medicina veterinária do mundo, o AVMA contou
Vacina viva contra a Bronquite
em 2003 com a participação de 9.314 pessoas.
Infecciosa Aviária constituída da
Durante o encontro, o Biovet apresentou o trabalho
amostra de vírus Massachussets (H-
"Very Virulent IBDV: Experimental Studies In Vaccinated
120), preparada em ovos embriona-
And Unvaccinated Chickens", assinado por Marcelo
dos de galinhas livres de agentes
A. Fagnani Zuanaze e pelos co-autores Hugo
patogênicos específicos (SPF -
Scanavini Neto, Nair M. K. Ito, Claudio Miyaji,
Specific Pathogen Free).
Sandra Okabayashi, Eduardo Lima e Antonio Roberto
A. Corrêa. A vacinação sistemática das aves
é realmente a medida mais eficaz na prevenção da
Exportação Bronquite Infecciosa Aviária, uma doença grave das
No acumulado do ano, até agosto, as exportações de aves. Como medida de reforço recomenda-se revacinar
frango atingiram 1,265 milhão de toneladas. O prin- as aves periodicamente.
cipal destino foi Ásia e Oriente Médio, que impor- A vacina pode ser aplicada via oral, ocular/nasal ou
taram 88 mil toneladas. Houve uma queda de 12% spray.
em relação aos embarques para União Européia (26 Bio-Bronk-Vet (H-120) é apresentada em frascos,
mil toneladas), em virtude de medidas protecionistas liofilizada, com 1.000 ou 2.000 doses.

O Informativo Técnico Biovet/Avicultura é uma publicação mensal dirigida aos clientes, fornecedores e colaboradores do Laboratório. O compromisso de qualidade da publicação é o mesmo fir-
mado diariamente na nossa planta de produção e repassado a todos os nossos produtos e lançamentos. Os interessados em receber o informativo devem enviar seus dados postais por meio do
site www.biovet.com.br

Expediente
Publicação mensal do Laboratório Bio-Vet S/A (Rua Coronel José Nunes dos Santos, 639 - Centro - CEP 06730.000 - Vargem Grande Paulista - SP - Tel. 11.4158.8200 - Internet:
www.biovet.com.br). Supervisão: Médico Veterinário Hugo Scanavini Neto. Editora responsável: EiraCom - Registro especial conforme art. 1º do Decreto-lei nº 1.593, de 21 de dezembro de 1977,
concedido pela ARF/Itu sob nº de identificação 13876.000763/2001-92 (Senapro/Ministério da Fazenda/Serpro). Jornalista responsável: Alessandro Mancio de Camargo (MTb 24.440).
Diagramação: André Chiodo Silva.