Você está na página 1de 38

Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR

CONJUNTOS 3. (FCC) Uma prova com duas questões foi dada a uma
classe de quarenta alunos. Dez alunos acertaram as duas
EXEMPLOS questões, 25 acertaram a primeira questão e 20 acertaram
1. Em um colégio sabe-se que: a segunda questão. Quantos alunos erraram as duas
- 80 alunos estudam Matemática. questões?
- 60 alunos estudam Português. a.) 5 b.) 6 c.) 7 d.) 8 e.) 9
- 20 alunos estudam Matemática e Português.
4. (ICMS) Em uma classe, há 20 alunos que praticam
Sabendo-se que apenas são dadas aulas destas duas
futebol mas não praticam voley e há 8 alunos que
disciplinas, quantos alunos estudam neste colégio?
praticam voley mas não praticam futebol. O total dos que
a.) 120 b.) 130 c.) 140 d.) 150 e.) 160
praticam voley é 15. Ao todo, existem 17 alunos que não
2. Em um colégio sabe-se que: praticam futebol. O número de alunos de classe é:
- 80 alunos estudam apenas Matemática. a.) 30 b.) 35 c.) 37 d.) 42 e.) 44
- 60 alunos estudam apenas Português.
- 20 alunos estudam Matemática e Português. 5. No curso Alfa com n alunos, 80 estudam informática, 90
estatística, 55 matemática, 32 informática e estatística, 23
Sabendo-se que apenas são dadas aulas destas duas matemática e informática, 16 estatística e matemática e 8
disciplinas, quantos alunos estudam neste colégio? estudam as três matérias. Sabendo-se que neste curso,
a.) 120 b.) 130 c.) 140 d.) 150 e.) 160 somente são lecionadas as três matérias, quantos alunos
estão matriculados neste curso?
3. Em um colégio sabe-se que: a.) 304 b.) 162 c.) 288
- 80 alunos estudam Matemática. d.) 154 e.) 225
- 60 alunos estudam Português.
- 20 alunos estudam apenas Matemática. 6. (TFC)Em uma pesquisa entre 3.600 pessoas sobre os
Sabendo-se que apenas são dadas aulas destas duas jornais que costumam ler, obteve-se seguinte resultado:
disciplinas, quantos alunos estudam neste colégio? - 1.100 lêem o “J.B.”
a.) 80 b.) 90 c.) 100 d.) 120 e.) 140 - 1.300 lêem “O Estado”
- 1.500 lêem “A Folha”
4. Em um colégio estudam 150 alunos, sabe-se que: - 300 lêem o “J.B.” e “O Estado”
- 80 alunos estudam Matemática. - 500 lêem “A Folha” e “O Estado”
- 60 alunos estudam Português. - 400 lêem “Folha“ e o “J.B.”
- 20 alunos estudam Matemática e Português. - 100 lêem “A Folha”, o “J.B.” e “O Estado”
Quantos alunos não estudam nem Matemática, nem
É correto afirmar que:
Português?
a.) 600 pessoas lêem apenas o “J.B.”
a.) 10 b.) 25 c.) 30 d.) 15 e.) 20
b.) 500 pessoas lêem apenas “O Estado”.
5. Em um colégio estudam 120 alunos, sabe-se que: c.) 900 pessoas não lêem nenhum dos três jornais.
- 80 alunos estudam Matemática d.) 400 pessoas lêem apenas “O Estado” e “A Folha”.
- 60 alunos estudam Português e.) 1.200 pessoas lêem mais de um dos três jornais.

Sabendo-se que apenas são dadas aulas destas duas 7. Uma pesquisa sobre preferencias dos leitores entre três
disciplinas, quantos alunos estudam as duas disciplinas jornais, apresentou o seguinte resultado: Jornal A, 48%;
ao mesmo tempo? Jornal B, 45%; Jornal C, 50%; A e B, 18%; B e C, 25%; A e
a.) 10 b.) 25 c.) 30 d.) 15 e.) 20 C, 15%; nenhum dos três, 5%. Qual a porcentagem dos
entrevistados que leem os três jornais.
a.) 5% b.) 10% c.) 12% d.) 15% e.) 17%
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 8. De um grupo de 50 pessoas sabe-se que:
- 27 estudam matemática.
1. Uma empresa divide-se unicamente nos departamentos - 26 estudam filosofia.
A e B. Sabe-se que 19 funcionários trabalham em A, 13 - 23 estudam música.
trabalham em B e existem 4 funcionários que trabalham - 16 estudam matemática e filosofia.
em ambos os departamentos. O total de trabalhadores - 14 estudam matemática e música.
dessa empresa é - 12 estudam filosofia e música.
a.) 36 b.) 32 c.) 30 d.) 28 e.) 24 - 7 não estudam nenhuma destas matérias.
2. (FCC) O resultado de uma pesquisa com os Quantas pessoas estudam filosofia, matemática e
funcionários de uma empresa sobre a disponibilidade música?
para um dia de jornada extra no sábado e/ou no domingo, a.) 9 b.) 43 c.) 36 d.) 16 e.) 27
é mostrado na tabela abaixo:

Dentre os funcionários pesquisados, o total que


manifestou disponibilidade para a jornada extra “apenas GABARITO
no domingo” é igual a 1. D 2. D 3. A 4. E 5. B 6. D 7. B
a.) 7 b.) 14 c.) 27 d.) 30 e.) 37 8. A

slas1@uol.com.br 1
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
TEORIA DOS CONJUNTOS União de Conjuntos: Considerando os conjuntos A e B, a
união é formado por todos os elementos que pertencem ao
Conjunto dos números naturais (N) conjunto A ou a B.
N={0, 1, 2, 3, 4, ...}

N*= {1, 2, 3, 4, 5,...}  o zero foi excluído do conjunto N.

Conjunto dos números Inteiros (Z)


Z = ..., –3, –2, –1, 0, 1, 2, 3, ...

Z * ... conjunto dos números inteiros não nulos;


Z + ... conjunto dos números inteiros não negativos;
Z – ... conjunto dos números inteiros não positivos;
Z+* ... conjunto dos números inteiros positivos;
Z * ... conjunto dos números inteiros negativos.

Conjunto dos números Racionais (Q) Intersecção de Conjuntos: Considerando os conjuntos A e
Número racional é todo número que pode ser escrito sob B , a intersecção é formada por elementos que pertencem ao
conjunto A e B simultaneamente
a
forma de fração . São os números inteiros, os números
b
decimais exatos e as dízimas.

Exemplos: decimais exatas ou finitas:


1 5 75
 0,5   1,25  3,75
2 4 20

Toda decimal exata ou periódica pode ser representada na


forma de número racional.
1 6 7
 0,333...  0,857142857142...  1,1666...
3 7 6 Diferença de Conjuntos: Considerando os conjuntos A e B,
define-se como diferença entre A e B (nesta ordem) ao
Conjunto dos números Irracionais (I) conjunto representado por A-B, formado por todos os
Número irracional é todo número decimal, com número elementos pertencentes a A, mas que não pertencem a B, ou
infinito de casas decimais, e que não podem ser escritos seja
sob forma de fração.
Exemplos:  = 3,141592653589... ; 2 ; 5
Conjunto dos números Reais (R)
À reunião do conjunto dos números racionais com o
conjunto dos números irracionais denominamos conjunto
dos números Reais.

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
1. Dados os conjuntos A = {a,b,c,d,e,f,g} B = {b,d,g,h,i}e
C = {e,f,m,n}. Assinale a alternativa correta.:
a.) A - B = {c,e,f} b.) B - C = {g,h,i}
Portanto, os números naturais, inteiros, racionais e c.) A  B = {b,d} d.) A  C = {a,b,c}
irracionais são todos números reais. e.) A - B = {a,c,e,f}

2. Considere os conjuntos X = {0,1,2,3,4} Y = {1,3,5,7,9}e


Z = {0,2,4,7}. O conjunto Z – (XY) é dado por:
Conjunto vazio: Conjunto que não possui elementos. Sua a.) { } b.) {0, 2, 4, 7} c.) {0, 1, 2, 3, 4, 7}
representação define-se pelos símbolos { } ou Ø. d.) {1, 3} e.) {4, 7}

3. Sendo os conjuntos A={0,1,2,3,}, B={3,4,5}, C={0,2,4,6} e


D={3,6}. Determine (CD)(AB), assinale a alternativa
OBS.: Número de subconjuntos de um conjunto: se um correta.
conjunto A possuir n elementos, então existirão 2n a.) { } b.) {6} c.) {1, 2, 3, 4, 5}
subconjuntos de A. d.) {0, 1, 2, 3, 4, 5} e.) {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6}

2 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
4. Considere os conjuntos X={1,2,6,7,8}, Y={0,1,2,3,5,8,9} e 12. (PUC) Dados os conjuntos
Z = {0,1,6,7,8}. O Conjunto Z – (X  Y) é dado por: A = {1, 4, 7, 10, 13} e B = {2, 4, 6, 8, 10, 12}, então:
a.) {  } b.) {0, 6, 7} c.) {1, 7}
d.) {0, 7} e.) {0, 1, 6, 7} a) A é um subconjunto de B; b) B é um subconjunto de A
c) A  B   d) A  B  
5. Dados os conjuntos A={xN/ x é divisor de 3} e e) A não possui elementos comuns com B
B={xN/ x é divisor de 12}, determine os elementos de
AB 13. (UEPG) Considere os conjuntos A e B e as afirmações:
a.) {1, 3} b.) {1, 2, 3} c.) {1, 3, 4, 6} I) A   = A
d.) {3} e.)  II) Se A  B = B, então B  A
III) Se x  A e x  B, então x  (A  B)
6. Sejam os conjuntos dados pelas condições:
A={x tal que x é um número que satisfaz; -x2-3.x +4=0}
Associando V ou F a cada afirmação conforme seja
B={x tal que x é um número inteiro que satisfaz; x2+4.x=0}
verdadeira ou falsa, nesta ordem, tem-se, de cima para
baixo;
Então o conjunto A  B é igual a
a) V – V – V b) V – F – F c) V – V – F
a.) {4} b.) {-4} c.) {1} d.) {-1} e.) 
d) F – V – F e) F – F – V
7. Dentre as alternativas abaixo assinale a opção 14. Em relação aos conjuntos: A = {1, 2}, B = {1, 2, 3} e
INCORRETA que não representa um número natural. C={1, 2, 3, 4}, assinale a alternativa correta.
a.) 0 b.) 1598 c.) -1 d.) 21 e.) 479 a.) A  B  C b.) A  B  C c.) A  B  C
8. Dentre as opções abaixo, assinale a alternativa d.) A  B  C e.) A  B  C
CORRETA.
a.) N* representa o conjunto dos números naturais excluindo o 15. Dado o conjunto A = {1, 2, 3}, qual é o total de
zero. subconjuntos do conjunto A?
b.) Os números naturais englobam números positivos e a.) 4 b.) 5 c.) 6 d.) 7 e.) 8
negativos.
c.) Todo número natural é decimal.
d.) O conjunto de números naturais é formado pelo zero e os GABARITO
números inteiros. 1. E 2. B 3. A 4. B 5. A 6. B 7. C
e.) Todo número natural é negativo. 8. A 9. D 10. A 11. A 12. D 13. C 14. B
15. E
9. Se AB={a} e AB = {a, b, c, d}, podemos afirmar que:
a.) c não está em A e em B;
b.) c não está em A, mas está em B; MMC (MENOR MÚLTIPLO COMUM)
c.) c não está em B, mas está em A; Calcular o MMC significa encontrar o menor múltiplo comum
d.) se b  a então b não está em A ou b não está em B; entre dois ou mais números.
e.) {b, c, d}  A ou {b, c, d}  B.
Utilizamos o MMC quando desejamos encontrar
10. Com relação a dois conjuntos quaisquer, Z e P, é encontros comuns entre eventos que se repetem
correto afirmar que: periodicamente.
a) Se Z  P   P, então P  Z
b) Se Z  P   Z , então Z  P
MDC (MAIOR DIVISOR COMUM)
c) Se Z  P   , então Z  P    Calcular o MDC significa encontrar o maior divisor comum
d ) Se Z  P   , então Z   ou P   entre dois ou mais números.
e) Se Z  P   P, então Z  
Utilizamos o MDC quando desejamos dividir em partes
iguais com a maior quantidade possível em cada parte.
11. Os dois círculos abaixo representam,
respectivamente, o conjunto S dos amigos de Sara e o
conjunto P dos amigos de Paula. PROPRIEDADE DO MMC E DO MDC
mdc (a,b) x mmc (a.b) = a . b

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
1. Três navios fazem viagens entre dois portos. O primeiro
cada 4 dias, o segundo cada 6 dias e o terceiro cada 9
Sabendo que a parte sombreada do diagrama não possui dias. Se esses navios partirem juntos, depois de quantos
elemento algum, então dias voltarão a sair juntos, pela primeira vez?
a.) todo amigo de Paula é também amigo de Sara. a.) 40 b.) 41 c.) 36 d.) 37 e.) 25
b.) todo amigo de Sara é também amigo de Paula.
c.) algum amigo de Paula não é amigo de Sara. 2. Numa República, o presidente deve permanecer 4 anos
d.) nenhum amigo de Sara é amigo de Paula. em seu cargo, os senadores 6 anos, e os deputados 4
e.) nenhum amigo de Paula é amigo de Sara. anos. Se em 1980 houve eleições para esses cargos, em
que ano se realizarão novamente as eleições para esses
três cargos, simultaneamente?
a.) 1995 b.) 1994 c.) 1986 d.) 1988 e.) 1992

slas1@uol.com.br 3
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
3. Três estudantes estio almoçando juntos num SISTEMA LEGAL DE MEDIDAS
restaurante. O primeiro almoça nesse restaurante a cada
10 dias, o segundo a cada 15 dias e o terceiro a cada 6 1. Um operário trabalha das 7 h às 10 h 45 min e das 13 h
dias. Sabendo que a data do último encontro foi 12/03/11, às 16 h 30 min. Calcular o tempo após 5 dias de trabalho.
pergunta-se quantas vezes iro se encontrar novamente a.) 35h 15min b.) 37h 30min c.) 36h 15min
até 20/10/11? d.) 35h 30min e.) 36h 30min
a.) 4 b.) 5 c.) 6 d.) 7 e.) 8
2. Um avião percorre 900 km/h. Que distância percorrerá
4. Três navios fazem viagens entre dois portos. O primeiro
em 45 min 45 s?
parte de 4 em 4 horas, o segundo de 3 em 3 horas e o
a.) 688 km b.) 688,25 km c.) 686,25 km
terceiro de 2 em 2 horas. Sabendo que a operação do
d.) 688,35 km e.) 688,45 km
porto aonde eles partem inicia-se às 4:00 horas e termina
às 21:00 horas, pergunta-se, se esses navios partirem
3. (FCC) Um relógio adianta 1 min por dia. Acerta-se o
juntos às 4:00 horas quantas vezes se encontrarão de
mesmo ao meio dia de um domingo. Que horas serão
novo simultaneamente num dia?
quando esse relógio marcar meio dia no domingo
a.) 0 b.) 1 c.) 2 d.) 3 e.) 4 seguinte?
5. Numa corrida de automóveis, o primeiro corredor dá a a.) 12h 07min b.) 12h 00min c.) 12h 10min
volta completa na pista em 10 segundos; o segundo, em d.) 11h 53min e.) 12h 01min
11 segundos e o terceiro em 12 segundos. Quantas voltas
4. Numa loja comprei 22 m de seda por R$ 1.430,00.
terá dado cada um, respectivamente, até o momento em
Verifiquei, porém, que o metro usado pelo vendedor era 2
que passarão juntos na linha de saída?
cm menor. Qual a importância que devo reclamar?
a.) 66, 60 e 55 b.) 62, 58 e 54
a.) R$ 28,00 b.) R$ 28,20 c.) R$ 28,40
c.) 60, 55 e 50 d.) 50, 45 e 40
d.) R$ 28,60 e.) R$ 28,80
e.) 40, 36 e 32

6. Qual a quantidade de divisores naturais o número 45 5. Se 300 cm3 de uma substância tem uma massa de 500
possui? g, quanto custarão 75 dl dessa substância, sabendo-se
a.) 4 b.) 5 c.) 6 d.) 12 e.) 15 que é vendido R$ 25,50 o quilograma?
a.) R$ 3.187,50 b.) R$ 31,87 c.) R$ 381,75
7. Qual a quantidade de divisores inteiros o número 64 d.) R$ 318,75 e.) R$ 31.875,50
possui?
a.) 5 b.) 7 c.) 8 d.) 12 e.) 14 6. (TTN) Uma tartaruga percorreu, num dia, 6,05 hm. No
dia seguinte, percorreu mais 0,72 km e, no terceiro dia,
8. Qual é o valor do produto entre o MMC de 15 e 24 e o mais 12.500 cm. Podemos dizer que essa tartaruga
MDC entre 15 e 24? percorreu nos três dias uma distância de:
a.) 360 b.) 120 c.) 180 d.) 240 e.) 600 a.) 1.450 m b.) 12.506,77 m c.) 14.500 m
d.) 12.506 m e.) 1.250 m
9. Determine o menor número positivo que é múltiplo, ao
mesmo tempo, de 5, 6 e 7. 7. (TTN) 100 dm x 0,1 dam x 100 mm =
a.) 30 b.) 70 c.) 210 d.) 44 e.) 100 a.)0,010 m3 b.)10 m3 c.)100 m3 d.)1 m3 e.)0,100 m3

10. Determine o menor número inteiro positivo de três 8. Um automóvel, com velocidade de 80 km/h, percorre
algarismos, que é divisível, ao mesmo tempo, por 4,8,12. uma estrada em 1h30min. Em quanto tempo o mesmo
a.) 40 b.) 80 c.) 24 d.) 48 e.) 120 automóvel percorrerá 3/5 da mesma estrada com 25% da
velocidade inicial?
11. Temos que os números 24, 36 e 48 possuem vários a.) 3h 36min b.) 3h c.) 3h 30min
números divisores comuns, como exemplo os números 2 d.) 2h 16min e.) 2h 36min
e 4. Determine o maior divisor comum a 24, 36 e 48.
a.) 6 b.) 4 c.) 24 d.) 12 e.) 18 9. Um automóvel percorre a distância de Brasília a Belo
Horizonte, de 729 km, em 7 horas e 30 minutos. Qual a sua
12. Determine os menores números inteiros positivos velocidade média?
pelos quais devem ser divididos os números 72 e 120 de a.) 97,2 km/h b.) 98 km/h c.) 100 km/h
modo que se obtenham divisões exatas com quocientes d.) 110 km/h e.) 972 m/s
iguais
a.) 2 e 4 b.) 3 e 5 c.) 3 e 6 10. (TTN) Uma pessoa caminha com passadas iguais de
d.) 4 e 8 e.) 2 e 6 80 cm, com velocidade constante de 2 m/s. Quantos
passos ela dará em 60 segundos?
13. Deseja-se cercar um terreno retangular de dimensões
a.) 240 b.) 180 c.) 150 d.) 120 e.) 90
940 m por 740 m com arame farpado. Para isso o dono
deverá colocar moirões em todos os lados de modo que a
11. (TTN) Para passar totalmente uma ponte de 100 m de
distância entre dois moirões consecutivos seja sempre a
comprimento, um trem de 200 m, a 60 km/h, leva:
mesma e a maior possível. Qual é o número mínimo de
a.) 6 s b.) 8 s c.) 10 s d.) 12 s e.) 18 s
moirões que deverão ser usados come qual é a distância
máxima entre dois moirões consecutivos?
12. (TTN) Uma indústria possui, em seu reservatório, 0,25
a.) 84 e 20 m b.) 168 e 20 m dam3 + 150 m3+22.000 dm3 + 3.000.000 cm3 de óleo de
c.) 120 e 20 m d.) 60 e 10 m soja. A empresa pretende embalar o produto em latas de
e.) 98 e 20 m 900 ml. Sabendo-se que no processo de embalagem há
uma perda de 1% do líquido, o número de latas de soja
GABARITO
que a indústria produzirá é
1. C 2. E 3. D 4. B 5. A 6. C 7. E
8. A 9. C 10. E 11. D 12. B 13. B a.) 459.500 b.) 467.500 c.) 460.300
d.) 425.300 e.) 456.800
4 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
13. (MPU) Um trem de 400m de comprimento, tem GABARITO
velocidade de 10 km/h. Quanto tempo ele demora para 1. C 2. C 3. D 4. D 5. D 6. A 7. D
atravessar completamente uma ponte de 300m de 8. A 9. A 10. C 11. E 12. B 13. D 14. A
comprimento? 16. A 17. D 18. E 19. D 20. B 21. D 22. A
a.) 1min 48s b.) 2min 24s c.) 3min 36s
d.) 4min 12s e.) 5min
RAZÕES E PROPORÇÕES.
14. (FCC) Certo dia, em sua fazenda, Ana percebeu que o
único relógio da casa - um enorme relógio de carrilhão - RAZÃO
havia parado. Deu-lhe corda e, achando que eram EX 1: Numa sala de aula há 50 alunos, onde 36 são
aproximadamente 10h, colocou os ponteiros marcando homens. Ache a razão entre homens e mulheres e a razão
10h. Foi então até a fazenda vizinha descobriu a hora entre mulheres e o total de pessoas na sala.
certa. Lá chegou às 11h20min e de lá partiu às 11h30min.
Chegando em sua fazenda, verificou que seu relógio PROPORÇÃO
marcava 10h30min. Se Ana foi e voltou com a mesma EX 1: Dividir 20 em duas partes tais que a primeira está
velocidade, qual a hora do seu retorno a sua casa? para a segunda assim como 3 está para o 7.
a.) 11h 40min b.) 11h 50min c.) 12h
d.) 12h 10min e.) 12h 15min EX 2: Dividir 10.000 em três partes tais que a primeira
esteja para a segunda como 2 está para 3, e a segunda
16. Gustavo, um pesquisador e profundo desconhecedor para a terceira como 3 está 5.
das leis matemáticas, verificou em um de seus
experimentos que em 4 litros de água do mar há 5 gramas EX 3: Dividir 35.000 em três partes tais que a primeira
de sal. Ajude este pesquisador a descobrir quantos Kg de esteja para a segunda como 2 está para 3, e a segunda
sal há em 5 m3 de água do mar. para a terceira como 4 está 5.
a.) 6,25 kg b.) 6,5 kg c.) 7,0 kg d.) 6,0 kg e.) 5,75 kg

17. (CESPE) Se um dia corresponde a 24 horas, então 9/12 EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO


do dia correspondem a:
a.) 8h b.) 9h c.) 12h d.) 18h e.) 20h 1. Dividir 15.000 em três partes tais que a primeira esteja
para a segunda como 3 está para 5, e a segunda para a
18. (FCC) Uma pessoa saiu de casa para o trabalho terceira como 5 está 7.
decorridos 5/18 de um dia e retornou à sua casa a.) 5.000, 3.000 e 7.000 b.) 3.000, 5.000 e 7.000
decorridos 13/16 do mesmo dia. Permaneceu fora de casa c.) 3.000, 7.000 e 5.000 d.) 5.000, 7.000 e 3.000
durante um período de e.) 7.000, 5.000 e 3.000
a.) 14 horas e 10 min b.) 13 horas e 50 min
c.) 13 horas e 30 min d.) 13 horas e 10 min 2. Dividir 17.000 em três partes tais que a primeira esteja
e.) 12 horas e 50 min para a segunda como 2 está para 6, e a segunda para a
terceira como 6 está 9.
19. (FCC) Às 13h 45min iniciei um trabalho. Às 16h 45min a.) 3.000, 5.000 e 9.000 b.) 3.000, 6.000 e 8.000
já tinha executado 3/4 desse trabalho. Prosseguindo c.) 2.000, 6.000 e 9.000 d.) 2.000, 7.000 e 8.000
nesse ritmo, terminarei meu trabalho às: e.) 1.000, 6.000 e 10.000
a.) 17h b.) 17h 15min c.) 17h 30min
d.) 17h 45min e.) 18h 3. (TTN) Dividir o número 570 em três partes, de tal forma
que a primeira esteja para a segunda como 4 está para 5,
20. 7/15 do dia correspondem a que horas: e a segunda esteja para a terceira como 6 está para 12.
a.) 11h 30 min b.) 11h 12 min c.) 12h 25min Nestas condições, a terceira parte vale:
d.) 12h 44 min e.) 13h 20min a.) 120 b.) 150 c.) 320 d.) 300 e.) 250

21. Um Técnico Judiciário iniciou a digitação de um texto 4. (MPU) Se dividirmos 2.840 em três partes, tais que a
quando eram decorridos 4/9 de certo dia e terminou essa primeira esteja para a segunda como 4 está para 5, e a
tarefa quando eram decorridos 61/96 do mesmo dia. Se ao segunda esteja para a terceira como 4 está para 7, o valor
longo desse intervalo de tempo ele interrompeu seu da terceira parte é de:
trabalho apenas por 55 minutos, quando, então, foi a.) 1.400 b.) 800 c.) 1.440 d.) 710 e.) 1.243
almoçar, o tempo que ele gastou na digitação de tal texto
foi de 5. Se dividirmos 2.190 em três partes, tais que a primeira
a.) 2 horas e 30 minutos b.) 2 horas e 45 minutos esteja para a segunda como 2 está para 5, e a segunda
c.) 3 horas e 20 minutos d.) 3 horas e 40 minutos esteja para a terceira como 4 está para 9, o valor da
e.) 3 horas e 45 minutos primeira parte é de:
a.) 240 b.) 300 c.) 1.200 d.) 120 e.) 360
22. O relógio de um analista adianta 30 segundos por dia 6. Em um auditório se encontram 78 pessoas das quais 26
e o de outro atrasa 10 segundos por dia. Às 9 horas do dia são mulheres. Determine a razão entre o número de
3 de fevereiro deste ano eles acertaram seus relógios e homens e o total de pessoas do auditório.
combinaram não consertá-los nem mexer nos ponteiros a.) 1/3 b.) 2/3 c.) 4/5 d.) 3/5 e.) 2/5
até o próximo encontro. Alguns dias depois eles se
encontraram e verificaram que os horários marcados 7. A razão entre dois capitais é de 2/3. Aumentando o
diferiam de 3 minutos e meio. O segundo encontro maior em R$ 1.000,00 e o menor em R$ 2.000,00, a relação
ocorreu em fevereiro, às passa a ser de 3/4. Os dois capitais inicias serão:
a.) 15 horas do dia 8 b.) 9 horas do dia 10 a.) R$ 16.000,00 e R$ 14.000,00
c.) 9 horas do dia 13 d.) 21 horas do dia 13 b.) R$ 15.000,00 e R$ 17.000,00
e.) 18 horas do dia 15 c.) R$ 13.000,00 e R$ 18.000,00
d.) R$ 17.000,00 e R$ 15.000,00
e.) R$ 10.000,00 e R$ 15.000,00
slas1@uol.com.br 5
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
8. (CESGRANRIO) Em uma empresa, a razão do número EXEMPLOS
de empregados homens para o de mulheres é 3/7.
Portanto, a porcentagem de homens empregados nessa 1. Obtive 20% de desconto numa compra de R$ 24.000,00.
empresa é: Quanto paguei?
a.) 30% b.) 43% c.) 50% d.) 70% e.) 75% a.) R$ 20.640,00 b.) R$ 22.300,00
c.) R$ 23.000,00 d.) R$ 23.200,00
9. Num mapa cuja escala é 1:500.000 a distância entre as e.) R$ 19.200,00
cidades A e B é de 43 cm. A distância real entre A e B é:
a.) 215.000 km b.) 21.500 km c.) 2.150 km 2. Uma loja vende calçados com desconto de 10%. Um
d.) 215 km e.) 21,5 km calçado custa R$ 220,00 sem desconto. Qual é o seu
preço de venda?
10. (PUC) Um mapa está na escala de 1:20.000. Qual o
a.) 198,00 b.) 200,00 c.) 175,00
valor real de uma distância representada no mapa por um
d.) 180,00 e.) 190,00
segmento de 5 cm.
a.) 100 m b.) 250 m c.) 1 km d.) 2,5 km e.) 10 km 3. O lucro de uma transação foi de R$ 20.000,00 e
representa 25% do preço de custo. Qual foi o preço de
venda deste produto?
GABARITO
a.) R$ 75.000,00 b.) R$ 80.000,00
1. B 2. C 3. D 4. A 5. A 6. B 7. E
c.) R$ 85.000,00 d.) R$ 90.000,00
8. A 9. D 10. C
e.) R$ 100.000,00

4. João comprou diretamente de uma fábrica um conjunto


PORCENTAGEM de sofás pagando R$ 24.000,00, incluindo imposto de
20%. O valor do imposto foi de:
1º Caso: Porcentagem sobre Porcentagem a.) R$ 4.000,00 b.) R$ 2.000,00
Toda questão onde o examinador cobrar um aumento seguido c.) R$ 5.000,00 d.) R$ 6.000,00
de outro aumento ou um desconto seguido de outro desconto, e.) R$ 8.000,00
ou aumento sobre desconto ou desconto sobre aumento,
devemos multiplicar os fatores. 5. Entre 10 de fevereiro e 10 de novembro de 1990 o preço
do quilograma de mercadorias num determinado
FATOR é 100% + % de aumento. “sacolão” sofrem um aumento de 150%. Se o preço do
ou quilograma em 10 de novembro era R$ 40,00, qual era o
FATOR é 100% - % de redução. preço em 10 de fevereiro?
a.) 15,00 b.) 16,00 c.) 17,00
EXEMPLOS d.) 18,00 e.) 19,00

1. Uma mercadoria sofre um aumento de 20% e em 6. Uma loja vende um produto à vista por R$ 400,00 com
seguida um de 30%. Qual a porcentagem real do 20% de desconto. Qual o preço de tabela deste produto?
aumento? a.) 450,00 b.) 440,00 c.) 460,00
a.) 50% b.) 52% c.) 54% d.) 56% e.) 58% d.) 480,00 e.) 500,00

2. Uma mercadoria sofre um desconto de 20% e em 7. Uma loja vende seus artigos nas seguintes condições:
seguida outro desconto de 10%. Qual a porcentagem real à vista com 10% de desconto sobre o preço de tabela ou
de desconto? no cartão com 5% de acréscimo sobre o preço de tabela.
a.) 24% b.) 26% c.) 28% d.) 30% e.) 32% Um artigo que à vista sai por R$ 150,00, no cartão sairá
por:
3. Um produto é vendido com um lucro bruto de 30%. a.) 160,00 b.) R$ 165,00 c.) 170,00
Sobre o preço total da nota, 20% corresponde a despesas. d.) 175,00 e.) 180,00
O lucro líquido do comerciante é:
a.) 4% b.) 8% c.) 11% d.) 2% e.) 12% 8. Maria vendeu um relógio por R$ 16.000,00 com um
prejuízo de 20% sobre o preço de compra. Para que
4. Certa categoria de trabalhadores obteve em junho um tivessem um lucro de 25% sobre o custo, ela deveria ter
reajuste salarial de 50% sobre os salários de abril, vendido por:
descontados as antecipações. Como ela havia recebido a.) R$ 24.000,00 b.) R$ 25.000,00
em maio uma antecipação de 20% (sobre o salário de c.) R$ 26.000,00 d.) R$ 27.000,00
abril), a percentagem do aumento obtido em junho, sobre e.) R$ 28.000,00
o salário de maio, é de:
a.) 20% b.) 25% c.) 30% d.) 35% e.) 40% 9. Uma loja vende um produto à vista por R$ 28.000,00
com 30% de desconto. Qual o preço de tabela deste
produto?
GABARITO a.) R$ 30.000,00 b.) R$ 32.400,00
1. D 2. C 3. A 4. B c.) R$ 36.800,00 d.) R$ 38.600,00
e.) R$ 40.000,00
10. Em 20 kg de liga com 30% cobre, quantos kg se deve
2º Caso: Aumento ou Redução sobre o VALOR INICIAL acrescentar desse material para que aquela porcentagem
Valor Inicial ----- 100% passe para 40% aproximadamente:
Valor Final

----- 100% + % de aumento
– % de redução
a.) 6,66 b.) 3,33 c.) 6 d.) 3 e.) 4,44

Aumento ------ % de aumento GABARITO


Redução ------- % de redução 1. E 2. A 3. E 4. A 5. B 6. E 7. D
8. B 9. E 10. B

6 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
3º Caso: Aumento ou Redução sobre o VALOR FINAL 8. Dos 300 alunos de minha escola, 75% solicitaram


Valor Final ----- 100% passes escolares. Quantos são os alunos que não
Valor Inicial ----- 100% –% de aumento solicitaram passes escolares?
+ % de redução a.) 252 b.) 225 c.) 75 d.) 220 e.) 150
Aumento ------ % de aumento
Redução ------- % de redução 9. Os 6% de alunos estrangeiros de uma escola somam
36. Quantos alunos tem essa escola?
EXEMPLOS a.) 600 b.) 60 c.) 6000 d.) 300 e.) 200

1. João vendeu um fogão com prejuízo de 10% sobre o 10. Num curso de treinamento de Fiscais de Tributos
preço de venda. Admitindo-se que ele tenha comprado o Estaduais compareceram 108 dos 150 fiscais inscritos. A
produto por R$ 2640,00, o preço de venda foi de: porcentagem de comparecimentos foi de:
a.) R$ 2.380,00 b.) R$ 2.400,00 a.) 70% b.) 72% c.) 75% d.) 80% e.) 82%
c.) R$ 2.420,00 d.) R$ 2.450,00
e.) R$ 2.500,00 11. Obtive 14% de desconto numa compra de R$
24.000,00. Quanto paguei?
2. Uma casa, comprada por R$ 240.000,00, foi vendida, a.) R$ 20.640,00 b.) R$ 22.300,00
após um ano, com um prejuízo de 20% sobre o preço de c.) R$ 23.000,00 d.) R$ 23.200,00
venda. Ela foi vendida, então, por: e.) R$ 19.800,00
a.) R$ 288.000,00 b.) R$ 192.000,00
c.) R$ 200.000,00 d.) R$ 300.000,00 12. Uma loja vende calçados com desconto de 20%. Um
e.) R$ 480.000,00 calçado custa R$ 60,00 sem desconto. Qual é o seu preço
de venda?
GABARITO a.) R$ 48,00 b.) R$ 45,00 c.) R$50,00
1. B 2. C d.) R$ 40,00 e.) R$ 38,00

13. O lucro de uma transação foi de R$ 30.000,00 e


EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO representa 30% do preço de custo. Qual foi o preço de
venda deste produto?
1. Uma mercadoria sofre um aumento de 15%, em a.) R$ 103.000,00 b.) R$ 120.000,00
seguida, outro de 20% e, finalizando, sofre outro aumento c.) R$ 130.000,00 d.) R$ 123.000,00
de 5%. Qual a porcentagem real do aumento? e.) R$ 140.000,00
a.) 40% b.) 45,9% c.) 42%
d.) 44,9% e.) 43% 14. Quando o açúcar custa R$ 1.200,00 o quilo, seu preço
representa 40% do preço de uma determinada marca de
2. Uma mercadoria sofre um desconto de 15%, em café. Qual o preço do quilo desse café?
seguida, outro de 20% e, finalizando, sofre outro desconto a.) 3.000,00 b.) 4.000,00 c.) 5.000,00
de 5%. Qual a porcentagem real do desconto? d.) 6.000,00 e.) 7.000,00
a.) 40% b.) 38,5% c.) 35,4%
d.) 36,5% e.) 37% 15. João comprou diretamente de uma fábrica um
conjunto de sofás pagando R$ 322.000,00, incluindo
3. Um cliente obteve do comerciante desconto de 20% no imposto de 15%. O valor do imposto foi de:
preço da mercadoria. Sabendo-se que o preço de venda, a.) R$ 40.000,00 b.) R$ 42.000,00
sem desconto, é superior em 20% ao custo, pode-se c.) R$ 45.000,00 d.) R$ 46.000,00
afirmar que houve por parte do comerciante um: e.) R$ 48.000,00
a.) lucro de 5% b.) prejuízo de 4%
c.) lucro de 4% d.) prejuízo de 2% 16. Entre 10 de fevereiro e 10 de novembro de 1990 o
e.) lucro de 2% preço do quilograma de mercadorias num determinado
“sacolão” sofrem um aumento de 275%. Se o preço do
4. Um produto é vendido com um lucro bruto de 20%. quilograma em 10 de novembro era R$ 67,50, qual era o
Sobre o preço total da nota, 10% corresponde a despesas. preço em 10 de fevereiro?
O lucro líquido do comerciante é: a.) R$ 19,00 b.) R$ 18,00 c.) R$ 18,50
a.) 5% b.) 8% c.) 11% d.) 2% e.) 12% d.) R$ 19,50 e.) R$ 17,00

5. O preço de certa mercadoria sofre anualmente 17. Uma loja vende um produto à vista por R$ 14.000,00
acréscimo de 100%. Supondo que o preço atual seja R$ com 30% de desconto. Qual o preço de tabela deste
100,00, daqui a três anos será de: produto?
a.) R$ 300,00 b.) R$ 400,00 c.) R$ 500,00 a.) R$ 20.000,00 b.) R$ 18.200,00
d.) R$ 600,00 e.) R$ 800,00 c.) R$ 24.000,00 d.) R$ 19.200,00
e.) R$ 19.200,00
6. Um comerciante comprou um lote de mercadorias por
R$ 80.000,00. Deu um aumento de 30% nessa mercadoria, 18. Uma loja vende seus artigos nas seguintes condições:
mas teve que abater 20% na venda, para desencalhar à vista com 30% de desconto sobre o preço de tabela ou
estoque. Seu lucro nessa transação foi: no cartão com 10% de acréscimo sobre o preço de tabela.
a.) R$ 1.600,00 b.) R$ 2.400,00 Um artigo que à vista sai por R$ 7.000,00, no cartão sairá
c.) R$ 3.200,00 d.) R$ 4.800,00 por:
e.) R$ 8.000,00 a.) R$ 10.000,00 b.) R$ 12.000,00
7. Ao pagar com atraso uma parcela do meu imposto de c.) R$ 11.000,00 d.) R$ 15.000,00
renda cujo valor era de R$ 50.000,00, tive uma multa de R$ e.) R$ 10.500,00
10.000,00. Qual a taxa da multa?
a.) 5% b.) 10% c.) 15% d.) 20% e.) 25%

slas1@uol.com.br 7
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
19. Um terreno foi vendido por R$ 16.500,00, com um PROBLEMAS DO 1º E 2 º GRAU
lucro de 10%; em seguida, foi revendido por R$ 20.700,00.
O lucro total das duas transações representa sobre o
custo inicial do terreno um percentual de: EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
a.) 38,00% b.) 40,00% c.) 28,00%
d.) 51,80% e.) 25,45% 1. A soma de dois números naturais pares, consecutivos,
é 82. Calcule o menor.
20. Ao pagar com atraso uma parcela do meu imposto de a.) 42 b.) 41 c.) 40 d.) 39 e.) 38
renda cujo valor era de R$ 8.000,00, tive uma multa de R$
1.600,00. Qual a taxa da multa? 2. A soma de dois números naturais ímpares,
a.) 5% b.) 10% c.) 15% d.) 20% e.) 25% consecutivos, é 404. Qual é o maior?
a.) 201 b.) 202 c.) 203 d.) 204 e.) 205
21. Dos 200 trabalhadores de uma empresa, 75% usam
vale transporte. Quantos são os trabalhadores que não 3. Resolva esta proporção: 5 - X = X .
usam vale transporte? 4 6
a.) 10 b.) 100 c.) 25 d.) 120 e.) 50 O resultado correto de X é:
a.) 2 b.) 3 c.) 4 d.) 5 e.) 6
22. Os 15% de alunos estrangeiros de uma escola somam
36. Quantos alunos tem essa escola? 4. Um vasilhame de 32 litros de capacidade contém leite
a.) 600 b.) 60 c.) 240 d.) 300 e.) 200 somente até os seus 3/4. Tirando-se 2/3 do leite contido,
quantos litros restam?
23. Um terreno foi vendido por R$ 27.500,00, com um a.) 5 b.) 8 c.) 7 d.) 6 e.) 9
lucro de 10%; em seguida, foi revendido por R$ 30.000,00.
O lucro total das duas transações representa sobre o 5. Ao comprar um aparelho de som, dei de entrada a
custo inicial do terreno um percentual de: quarta parte do valor e o restante, em duas prestações de
a.) 18% b.) 19% c.) 20% d.) 22% e.) 25% $ 450,00 cada. Qual era o preço do aparelho?
a.) $ 2.400,00 b.) $ 3.000,00
24. A meta de crescimento de um banco para o biênio c.) $ 3.400,00 d.) $ 2.000,00
2011-2012 é de 50%. Se no ano de 2011 foi registrado um e.) $ 1.200,00
crescimento de 20%, então, para que a meta seja atingida,
o banco deverá crescer em 2012 6. João ficou 1/3 de sua vida solteiro, 2/5 casado e ainda
a.) 35% b.) 30% c.) 25% d.) 20% e.) 15% viveu mais 20 anos viúvo. Com que idade faleceu?
a.) 60 b.) 65 c.) 70 d.) 80 e.) 75
25. Em uma sala com 200 pessoas, 90% são homens.
Após alguns homens se retirarem, tendo permanecido 7. Os 3/5 dos 5/9 de $ 600,00 são iguais a:
todas as mulheres, elas passaram a representar 20% do a.) $ 3.000,00 b.) $ 2.000,00 c.) $ 200,00
grupo. A quantidade de homens que saíram da sala é d.) $ 800,00 e.) $ 600,00
igual a
a.) 20 b.) 40 c.) 80 d.) 90 e.) 100 8. Sabe-se que, um número menos 1/3 de sua quinta parte
é igual a 70. Este número é:
26. Certo dia, no início do expediente, um Técnico a.) 75 b.) 70 c.) 80 d.) 60 e.) 65
Judiciário constatou que no almoxarifado do Tribunal ha-
via 120 pastas, 60% das quais eram verdes e as demais, 9. Se aos 3/4 do que um menino possui, juntarmos $ 0,50
azuis. Sabe-se que, tendo sido retiradas algumas pastas obteremos $ 0,80. Então, a quantia que o menino possui
do almoxarifado, no final do expediente ele constatou que é:
a porcentagem do número de pastas verdes havia se a.) $ 0,40 b.) $ 0,50 c.) $ 0,60
reduzido a 52% do total de pastas que lá restavam. Assim, d.) $ 0,70 e.) $ 0,80
considerando que o número de pastas azuis era o mesmo
que havia inicialmente, a quantidade de pastas verdes que 10. Um motorista oficial do TJ/CE abasteceu seu carro
foram retiradas é um número com 60 litros de combustível e gastou 3/5 do mesmo.
a.) menor que 10. Então sobraram:
b.) compreendido entre 10 e 18. a.) 64 b.) 30 c.) 34 d.) 24 e.) 20
c.) maior que 30.
d.) compreendido entre 18 e 25. 11. Os 2/3 de um campo estio plantados de milho, os 2/9,
e.) compreendido entre 25 e 30. de capim e o resto de batatas. A segunda parte do campo
excede a terceira de 840 m. Então, a extenso do campo é:
a.) 7650 m b.) 6750 m c.) 5760 m
d.) 7560 m e.) 650 m

12. A idade atual de Carlos é a diferença entre a metade


da idade que ele terá daqui a 20 anos e a terça parte da
que teve 5 anos atrás. Qual a idade de Carlos?
a.) 15 b.) 14 c.) 13 d.) 12 e.) 11

13. Comprou-se vinho a $ 4,85 o litro e chope a $ 2,50 o


GABARITO litro. O número de litros de chope ultrapassa o de vinho
1. D 2. C 3. B 4. B 5. E 6. C 7. D em 25 e a soma paga pelo vinho foi de $ 19,75 a mais do
8. C 9. A 10. B 11. A 12. A 13. C 14. A que a paga pelo chope. A quantidade de litros de vinho
15. B 16. B 17. A 18. C 19. A 20. D 21. E comprada foi de:
22. C 23. C 24. C 25. E 26. D a.) 60 b.) 40 c.) 65 d.) 35 e.) 25

8 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
14. Em uma amostra retirada de um lote de feijão 25. Certa quantidade de sacos precisam ser transportados
constatou-se que 3/7 deles eram de feijão branco e o resto e para isto dispõem-se de jumentos. Se colocarmos dois
de feijão preto. Sabendo-se que a diferença entre as sacos em cada jumento, sobram treze sacos; se
quantidades de sacos de um e outro tipo de feijão é 120. colocarmos três sacos em cada jumento, sobram três
Os sacos de feijão branco eram, portanto, em número de: jumentos. Quantos sacos precisam ser carregados?
a.) 840 b.) 480 c.) 360 d.) 240 e.) 120 a.) 44 b.) 45 c.) 57 d.) 22 e.) 30

15. O valor de 1,728 é 26. Pedro e José têm juntos R$450,00. O primeiro gastou
0,12 1/6 do que possuía e o segundo ganhou de seu pai 1/4 do
a.) 144 b.) 14,4 c.) 1,44 que tinha. Sabendo-se que, após essas ocorrências
d.) 0,144 e.) 0,0144 ambos passaram a ter a mesma importância. José ganhou
de seu pai a quantia de R$
16. Um pai distribui a seus filhos a importância de $ a.) 54,00 b.) 56,00 c.) 48,00 d.) 45,00 e.) 50,00
36.300,00, de modo que o segundo tenha o dobro do
primeiro e o terceiro o quádruplo do segundo. Quanto 27. Os 2/3 de 5/3 de uma moto equivalem a 3/2 de 2/5 do
deverá receber cada um? preço de um automóvel, avaliado em R$ 9.600,00. O preço
a.) $ 3.300,00, $ 6.600,00 e $ 26.400,00 da moto é de
b.) $ 6.600,00, $ 3.300,00 e $ 26.400,00 a.) R$ 5.760,00 b.) R$ 8.640,00 c.) R$ 6.400,00
c.) $ 6.600,00, $ 26.400,00 e $ 3.300,00 d.) R$ 16.000,00 e.) R$ 5.184,00
d.) $ 26.400,00, $ 6.600,00 e $ 3.300,00
e.) $ 26.400,00, $ 3.300,00 e $ 6.600,00 28. Em uma festa, formou-se uma enorme mesa
retangular, justapondo-se, em fila, várias mesinhas
17. Uma pessoa, ao fazer um cheque, inverteu o algarismo quadradas de 4 lugares, o que permitiu alojar 44
das dezenas com o das centenas. Por isso pagou a mais a convidados. Com o dobro do número de mesinhas
importância de $ 270,00. Sabe-se que os dois algarismos haveria lugar para até quantos convidados?
estão entre si como 1 está para 2. O algarismo, no a.) 80 b.) 82 c.) 84 d.) 86 e.) 88
cheque, que está na casa das dezenas é o:
a.) 6 b.) 2 c.) 1 d.) 3 e.) 4 29. Um pai quer dividir uma quantia de $ 5.000.000,00
entre seus três filhos de modo que Gilberto, Flávio e Kátia
18. Pensei um número. Multipliquei-o por 2. Depois somei recebam seu dinheiro de maneira proporcional a suas
a terça parte do número ao resultado e obtive 14. Qual o idades. Assim, feita a divisão, a grana de Gilberto excede
número pensado? a de Flávio em $ 500.000,00, e a grana deste excede a
a.) 5 b.) 6 c.) 7 d.) 8 e.) 9 metade da grana da Kátia em $ 700.000,00. Qual a quantia
respectivamente de Flávio, Gilberto e Kátia?
19. Um pai e um filho possuem hoje 45 anos juntos. Daqui a.) $1.975.000,00, $1.475.000,00 e $1.550.000,00
a quinze anos, a idade do pai será o dobro da idade do b.) $1.550.000,00, $1.475.000,00 e $1.975.000,00
filho. Calcule as idades atuais do pai e do filho. c.) $1.475.000,00, $1.550.000,00 e $1.975.000,00
a.) 30 e 15 b.) 30 e 10 c.) 35 e 10 d.) $1.475.000,00, $1.975.000,00 e $1.550.000,00
d.) 33 e 12 e.) 34 e 11 e.) $1.975.000,00, $1.550.000,00 e $1.475.000,00

20. Um número é tal que se do seu quadrado subtrairmos 30. Em duas caixas existem 23 bolas. Se tirarmos 5 bolas
o triplo do seu antecedente obtemos a unidade. Calcule o de um e pusermos 2 na outra, ambas ficarão com o
número. mesmo número de bolas. O número original de bolas em
a.) 0 ou 1 b.) -1 ou -2 c.) -1 ou 2 cada caixa é:
d.) 1 ou -2 e.) 1 ou 2 a.) 11 e 2 b.) 14 e 9 c.) 15 e 8
d.) 18 e 11 e.) 19 e 4
21. Há oito anos, o quadrado da minha idade era
exatamente igual ao décuplo da idade que terei daqui a 31. Um número é formado por três algarismos cuja a
doze anos. Qual a minha idade? soma é 19. O algarismo das dezenas é a metade do
a.) 24 b.) 25 c.) 26 d.) 27 e.) 28 algarismo das unidades, e o algarismo das centenas é o
antecessor do algarismo das unidades. Esse número é:
22. A soma das idades de Leonardo e Maurício é 27 anos. a.) 324 b.) 469 c.) 568 d.) 748 e.) 849
Sabe-se que há dois anos o produto de suas idades era
126 anos. Calcule suas idades. 32. Um indivíduo possui 65 notas, umas de R$ 50,00 e
a.) 15 e 12 b.) 14 e 13 c.) 16 e 11 outras de R$ 20,00, ao todo R$ 2.320,00. Quantas notas há
d.) 15 e 11 e.) 14 e 12 de cada espécie:
a.) 31 e 34 b.) 30 e 31 c.) 39 e 30
23. Uma pessoa gastou num dia 1/5 do seu dinheiro e no d.) 29 e 30 e.) 28 e 29
outro, 2/7. Ficou ainda com $ 3.600,00. Quanto possuía?
33. Duas vasilhas contém, em conjunto 36 litros de água.
a.) $ 6.500,00 b.) $ 8.000,00 c.) $ 7.000,00
Se transferíssemos para a que tem menos água, 2/5 da
d.) $ 6.800,00 e.) $ 7.500,00
água contida na outra, ambas ficariam com a mesma
quantidade de água. Quantos litros da água contém cada
24. Um excursionista fez uma viagem de 360km. Os 3/4 do
vasilha?
percurso foram feitos de trem, 1/8 a cavalo e o resto de
automóvel. Quantos quilômetros andou de automóvel? a.) 30 e 6 b.) 29 e 7 c.) 28 e 8
d.) 27 e 9 e.) 31 e 5
a.) 45 km b.) 44 km c.) 43 km
d.) 42 km e.) 41 km 34. Tenho R$ 53,00, em notas de R$ 5,00 e R$ 1,00.
Sabendo-se que o total de notas são 21, calcular o
número de notas de cada espécie.
a.) 8 e 13 b.) 9 e 12 c.) 10 e 11
d.) 7 e 14 e.) 6 e 15

slas1@uol.com.br 9
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
35. Tem-se emas e hienas, ao todo 21 cabeças e 50 pés. 46. Numa fábrica, fazem-se 480 peças de ferro, umas de
Quantos animais há de cada espécie? 12 kg e outras de 20 kg. O peso total é de 7520 kg.
a.) 17 e 4 b.) 16 e 5 c.) 15 e 6 Quantas peças há de cada espécie?
d.) 14 e 7 e.) 13 e 8 a.) 220 peças de 12 kg e 250 de 20 kg
b.) 230 peças de 12 kg e 260 de 20 kg
36. Um casal saiu com uma quantia de R$ 700,00. O c.) 260 peças de 12 kg e 250 de 20 kg
marido gastou R$ 92,50 e ficou com a metade da quantia d.) 260 peças de 12 kg e 220 de 20 kg
da esposa. Quanto tinha cada um ao sair? e.) 280 peças de 12 kg e 250 de 20 kg
a.) R$ 290,00 e R$ 410,00
b.) R$ 285,00 e R$ 415,00 47. Vinte empregados entre operários e aprendizes
c.) R$ 305,00 e R$ 395,00 receberam um gratificação. Aos operários coube a
d.) R$ 295,00 e R$ 405,00 importância de R$ 600,00 e aos aprendizes igual quantia.
e.) R$ 300,00 e R$ 400,00 Sabendo-se que cada aprendiz recebeu menos R$ 80,00
do que qualquer dos operários. Quantos eram os
37. Um colégio quer premiar os melhores alunos aprendizes
distribuindo entre eles um certo número de livros. Se der a.) 10 b.) 16 c.) 15 d.) 13 e.) 12
6 livros para cada um, restarão 10 e se der 8 livros a cada
u, faltarão 4. Quantos são os alunos premiados e quantos 48. Um rádio de R$ 280,00 devia ser comprado por u
são os livros? grupo de rapazes que contribuiriam em partes iguais.
a.) 7 e 52 b.) 8 e 60 c.) 9 e 58 Como 3 deles desistiram, a quota de cada um dos outros
d.) 5 e 68 e.) 7 e 48 ficou aumentada de R$ 12,00. Quantos eram os rapazes?
a.) 10 b.) 11 c.) 12 d.) 13 e.) 14
38. Num ônibus, transportando crianças, se sentassem,
duas crianças em cada banco ficariam 9 em pé. No 49. Duas pessoas trabalham 20 e 25 horas. A segunda
entanto, se sentassem 3 em cada banco, sobrariam 3 ganha por hora R$ 60,00 a mais que a primeira. Quanto
bancos. Qual o número de bancos e quantas crianças ganha cada uma, sabendo que receberam juntas R$
estavam no ônibus respectivamente? 7.800,00.
a.) 18 e 45 b.) 15 e 45 c.) 19 e 48 a.) R$ 3.400,00 e R$ 3.200,00
d.) 17 e 55 e.) 13 e 62 b.) R$ 2.800,00 e R$ 5.000,00
c.) R$ 4.800,00 e R$ 3.000,00
39. Determinar quantos passageiros viajam em um certo d.) R$ 3.800,00 e R$ 4.000,00
ônibus, sabendo que se dois passageiros ocupassem
cada banco, 26 ficariam em pé, e que se 3 passageiros 50. Um empregado tem a diária de R$ 3,00. Em cada dia
ocupassem cada banco, 2 ficariam vazios. que falta, perde a diária e mais R$ 1,00. No fim do mês
a.) 90 b.) 40 c.) 35 d.) 32 e.) 30 recebeu R$ 50,00. Quantos dias trabalhou? (Usar mês
comercial)
40. Um pai diz ao seu filho: “Hoje a sua idade é 2/7 da
a.) 10 b.) 20 c.) 15 d.) 25 e.) 8
minha, e há 5 anos era 1/6”. Qual é a idade do filho?
a.) 10 b.) 15 c.) 20 d.) 25 e.) 30 51. A soma de 3 algarismos de um número é 16. O da
41. Os 3/4 de um número juntos aos seus 5/6 fazem 494. centena excede de 4 o da dezena e este excede de 3 o da
Qual é esse número? unidade. Qual é este número?
a.) 123 b.) 132 c.) 231 d.) 312 e.) 321 a.) 259 b.) 529 c.) 862 d.) 952

42. Os 5/6 do preço de uma propriedade diminuídos de R$ 52. Pensei num número multipliquei-o por 3, depois somei
3.000,00 valem R$ 563.000,00. Qual é o preço da a terça parte ao resultado e obtive 10. Qual é este
propriedade? número?
a.) R$ 679.200,00 b.) R$ 796.200,00 a.) 1 b.) 2 c.) 3 d.) 4 e.) 5
c.) R$ 769.200,00 d.) R$ 967.200,00
e.) R$ 976.200,00 53. Os 2/7 de um campo estão plantados de agrião, 1/3 de
couve, 1/7 de milho e o resto de cenoura. A segunda parte
43. Um homem recebeu R$ 2.400,00 por um cavalo e um do campo excede a última parte em 800 m. Qual a
jumento. O jumento vale os 7/8 do cavalo. Qual é o preço extensão do campo?
do cavalo e do jumento respectivamente. a.) 8.400 m b.) 5.400 m c.) 84 m d.) 54 m
a.) R$ 1.280,00 e R$ 1.220,00
b.) R$ 1.120,00 e R$ 1.280,00 54. 40 pessoa, rapazes e moças alugaram um ônibus, para
c.) R$ 2.180,00 e R$ 820,00 uma excursão por R$ 400,00. Os rapazes não permitiram
d.) R$ 1.820,00 e R$ 1.120,00 que as moças pagassem suas partes. Dessa forma a
e.) R$ 1.280,00 e R$ 1.120,00 quantia de cada rapaz foi aumentada de R$ 30,00. Quantas
eram as moças?
44. Em um jogo de tiro ao alvo, um jogador tem que atirar a.) 30 b.) 31 c.) 32 d.) 33 e.) 34
20 tiros. Recebe R$ 500,0 cada vez que acerta; mas paga
R$ 750,00 cada vez que erra. Depois dos 20 tiros não 55. Se uma pessoa gastou os 2/5 que possuía e ficou com
perdeu nem ganhou nada. Quantas vezes acertou o alvo? R$ 36,00. Então tal pessoa possuía:
a.) 2 b.) 12 c.) 18 d.) 22 e.) 28 a.) R$ 60,00 b.) R$ 65,00 c.) R$ 70,00
45. Uma pessoa paga R$ 103,00 com 29 notas de R$ 2,00 e d.) R$ 75,00 e.) R$ 80,00
outras de R$ 5,00. Quantas notas há de cada espécie?
56. Um casal tem filhos e filhas. Cada filho tem o número
a.) 14 notas de R$ 2,00 e 18 notas de R$ 5,00
de irmãos igual ao número de irmãs. Cada filha tem o
b.) 14 notas de R$ 2,00 e 15 notas de R$ 5,00
número de irmãos igual ao dobro do números de irmãs.
c.) 15 notas de R$ 2,00 e 14 notas de R$ 5,00
Qual o total de filhos e filhas do casal
d.) 15 notas de R$ 2,00 e 18 notas de R$ 5,00
a.) 4 b.) 5 c.) 6 d.) 7 e.) 8
e.) 18 notas de R$ 2,00 e 23 notas de R$ 5,00
10 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
57. Distribui-se certa quantidade de lápis entre três 67. A tabela abaixo apresenta as frequências das pessoas
alunos; o primeiro ficou com 1/3, o segundo com 1/4 e o que participaram de um programa de recuperação de
terceiro com os 25 lápis restantes. Dê o número de lápis pacientes, realizado ao longo de cinco dias sucessivos.
distribuídos.
a.) 50 b.) 55 c.) 60 d.) 65 e.) 70

58. Do vinho contido num barril, vendeu-se 3/7, a seguir


1/4 do resto e finalmente os 15 litros restantes, que Considerando que cada um dos participantes faltou ao
sobraram. Quantos litros continham no barril? programa em exatamente 2 dias, então, relativamente ao
a.) 25 b.) 30 c.) 35 d.) 40 e.) 45 total de participantes, a porcentagem de pessoas que
faltaram no terceiro dia foi
59. A diferença entre os 4/5 e os 2/3 do preço de um a.) 40% b.) 38,25% c.) 37,5% d.) 35,25% e.) 32,5%
objeto é de R$ 12,00. Qual o preço do objeto?
a.) R$ 90,00 b.) R$ 95,00 c.) R$ 80,00 68. O combustível ideal para certo tipo de veículo deve
d.) R$ 85,00 e.) R$ 98,00 conter 75% de gasolina e 25% de álcool. Uma refinaria “A”
produz combustível a 80% de gasolina e 20% de álcool,
60. Se um pai desse R$ 5.000,00 a cada filho, ainda lhe enquanto outra, ”B”, produz a 70% de gasolina e 30% de
sobrariam R$ 20.000,00. Se desse R$ 7.000,00 só lhe álcool. Assinale a opção que indica quanto um litro do
sobraria R$ 8.000,00. Quantos eram os filhos e quanto combustível ideal deverá conter, respectivamente,
possuía o pai? daquele, produzido pela refinaria “A” e pela “B”.
a.) 6 filhos e R$ 50.000,00 b.) 8 filhos e R$ 50.000,00 a.) 1/2L e 1/2L b.) 1/4L e 3/4L
c.) 7 filhos e R$ 50.000,00 d.) 6 filhos e R$ 80.000,00 c.) 3/5L e 1/5L d.) 3/4L e 1/4L
e.) 8 filhos e R$ 40.000,00 e.) 2/3L e 1/3L
61. A soma de 2 números positivos é 14e a diferença entre 69. Em um ônibus da cidade de São Paulo sabemos que
seus inversos é 1/24. Quais são esses números duas pessoas sentam em um banco e, deste modo, os
a.) 6 e 8 b.) 10 e 14 c.) 23 e 4 bancos ficam lotados; porém, 25 pessoas ficam em pé. Se
d.) 4 e 8 e.) 3 e 8 pudessem sentar 3 pessoas em um banco desse ônibus,
sobrariam 5 bancos. Qual a porcentagem de bancos
62. Um número é tal que, dividindo-o pela soma de seus ocupados nesse ônibus, onde três pessoas sentam em
dois algarismos obtém-se 4. Calcule-o sabendo-se que o um mesmo banco?
produto desses algarismos é 8. a.) 100% b.) 86,8% c.) 88% d.) 93% e.) 87,5%%
a.) 20 b.) 21 c.) 22 d.) 23 e.) 24
70. Num complexo industrial, a porcentagem de fumantes
63. Os 2/3 de um campo estão plantados de batatas, 2/9 é 30% do número de funcionários. Em uma campanha
de abóboras e o resto de mandioca. Sabe-se que a contra o fumo, obteve o seguinte resultado: A cada 11
segunda parte do campo excede a terceira em 2520 m. fumantes, 3 deixaram de fumar. Então o número reduziu-
Calcule a extensão do campo se a 12.000, qual o número de trabalhadores desse
a.) 23.000 m b.) 20.000 m c.) 23.590 m complexo?
d.) 22.680 m e.) 23.640 m a.) 30.600 b.) 36.200 c.) 17.600
d.) 40.600 e.) 55.000
64. Em um edifício, 40% dos condôminos são homens e
60% são mulheres. Dentre os homens, 80% são favoráveis 71. Numa população 18% são gordos, 30% dos homens
à construção de uma quadra de futebol. Para que a são gordos e 10% das mulheres são gordas. A % de
construção seja aprovada, pelo menos a metade dos homens na população é de:
condôminos deve ser a favor. Supondo que nenhum a.) 30% b.) 40% c.) 50% d.) 60% e.) 80%
homem mude de opinião, para que a construção seja
aprovada, o percentual de mulheres favoráveis deve ser, 72. Dentre os inscritos em um concurso público, 60% são
no mínimo, homens e 40% são mulheres. Já tem emprego 80% dos
a.) 20% b.) 25% c.) 30% d.) 35% e.) 50% homens e 30% das mulheres. Qual a porcentagem dos
candidatos que já têm emprego?
65. Em uma escola privada, 22% dos alunos têm bolsa de a.) 30% b.) 40% c.) 50% d.) 60% e.) 70%
estudo, sendo os demais pagantes. Se 2 em cada 13
alunos pagantes ganharem bolsa de estudo, a escola
passará a contar com 2.210 alunos bolsistas. Dessa
forma, o número atual de alunos bolsistas é igual a
a.) 1.430 b.) 1.210 c.) 910 d.) 340 e.) 315

66. Na câmara dos deputados de um país, 37% dos GABARITO


deputados compõem a base de sustentação do governo, 1. C 2. C 3. B 4. B 5. E 6. E 7. C
sendo o restante da oposição. Se 2 em cada 9 deputados 8. A 9. A 10. D 11. D 12. B 13. D 14. C
da oposição passarem para o bloco governista, os 15. B 16. A 17. D 18. B 19. C 20. E 21. E
deputados oposicionistas ficarão reduzidos a 294. Dessa 22. C 23. C 24. A 25. C 26. D 27. E 28. D
forma, a base de sustentação do governo é atualmente 29. D 30. C 31. D 32. A 33. A 34. A 35. A
composta por 36. D 37. A 38. A 39. A 40. A 41. D 42. A
a.) 222 deputados b.) 240 deputados 43. E 44. B 45. B 46. D 47. C 48. A 49. B
c.) 252 deputados c.) 259 deputados 50. B 51. D 52. C 53. A 54. A 55. A 56. D
e.) 296 deputados. 57. C 58. C 59. A 60. A 61. A 62. E 63. D
64. C 65. A 66. A 67. C 68. A 69. E 70. E
71. B 72. D

slas1@uol.com.br 11
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
JUROS SIMPLES EXERCÍCIOS EXEMPLOS

Juros Simples comercial é uma modalidade de juro calculado 1. Calcular os juros simples que um capital de
em relação ao capital inicial, neste modelo de capitalização, R$10.000,00, rende em um ano e meio, aplicado à taxa de
os juros de todos os períodos serão sempre iguais, pois eles 6%a.a.?
serão sempre calculados em relação ao capital inicial. a.) R$ 700,00 b.) R$ 1.000,00 c.) R$ 1,600,00
d.) R$ 600,00 e.) R$ 900,00
Veja as fórmulas que usaremos nos exercícios de Juros
Simples. 2. Qual o capital que produz, à taxa simples de 6% a.a., em
JC.i.t ou M  C .  1 i . t  3 meses, juro de R$ 78,00?
a.) R$ 4.300,00 b.) R$ 3.000,00 c.) R$ 5.200,00
Onde J = juros C = capital i = taxa unitária d.) R$ 2.600,00 e.) R$ 3.500,00
t = tempo M = Montante
3. A que taxa anual simples, o capital de R$ 5.000,00, em 1
ano, renderia R$ 300,00?
Neste tópico o aluno precisa entender as variáveis que usará
no seus cálculos e descobrir qual das duas fórmulas é a a.) 5% b.) 6% c.) 4% d.) 3% e.) 2%
melhor para a resolução dos exercícios. Se bem que qualquer
4. Durante quantos meses um capital de R$ 100,00
exercício pode ser calculado com qualquer uma delas.
aplicado a uma taxa simples de 30% a.m., renderia
R$240,00?
Ë importante que a unidade da taxa deva coincidir com a
unidade do tempo para poder utilizar as fórmulas. a.) 4 b.) 6 c.) 8 d.) 3 e.) 10

O que é Juros? Resposta: Juros é quanto se ganha em uma 5. Calcule o montante produzido por capital de
R$5.000,00, aplicado durante 3 meses a uma taxa simples
aplicação. Por exemplo: se aplicarmos R$ 100,00 e esse valor
de 15% a.m?
se transforma em R$ 140,00, conclui-se que a aplicação gerou
um aumento de capital de R$ 40,00, esse valor é o que a.) R$ 7.500,00 b.) R$ 4.300,00 c.) R$ 3.000,00
ganhamos na aplicação, isto é R$ 40,00 é os juros. d.) R$ 5.000,00 e.) R$ 7.250,00

O que é Capital? Resposta: É o valor que aplicamos. No 6. Qual o capital que em dois anos, à taxa simples de 5%
a.a., produz um montante de R$ 6.600,00?
exemplo da resposta anterior, o capital é R$ 100,00.
a.) R$ 5.400,00 b.) R$ 6.000,00 c.) R$ 4.200,00
O que é taxa unitária? Resposta: É a retirada do símbolo de d.) R$ 5.200,00 e.) R$ 6.200,00
percentagem da taxa. Por exemplo: se estamos utilizando
7. A que taxa mensal simples, o capital de R$ 1.200,00, no
uma taxa de 10%, a taxa unitária é 0,10. Se estamos
fim de dois meses, geraria um capital acumulado de R$
utilizando uma taxa de 5%, a taxa unitária é 0,05. Isto é,
2.400,00?
devemos dividir por 100 o valor da taxa percentual.
a.) 12% b.) 23% c.) 25%
O que é tempo? Resposta: É o valor de quanto tempo se d.) 15% e.) 50%
aplica um capital.
8. Durante quantos meses um capital de R$ 100,00,
O que é Montante? Resposta: Montante é o capital aplicado a uma taxa simples de 30% a.m., geraria um
montante de R$ 220,00?
acrescidos de juros. M = C + J.
a.) 4 b.) 6 c.) 8 d.) 3 e.) 10
Nosso próximo passo é ganhar experiência com os 12
9. Qual é o prazo para uma aplicação a uma taxa simples
exercícios exemplos resolvidos. Preste muita atenção na
de 5% a.a., tenha um aumento que corresponda a 1/5 de
resolução deles, por mais fácil que sejam, existe muita
seu valor?
experiência sendo transmitida.
a.) 2 anos b.) 4 anos c.) 6 anos
Repare também que usarei sempre o melhor método de d.) 5 anos e.) 8 anos
resolução, isto é, aquele onde economizamos tempo e espaço
10. Em quanto tempo um capital aplicado à taxa simples
de resolução.
de 150% a.a., quadruplique seu valor?
a.) 2 anos b.) 4 anos c.) 6 anos
d.) 5 anos e.) 8 anos

11. Um capital de R$ 14.400,00, aplicado a 22% a.a.,


rendeu R$ 880,00 de juros simples. Durante quanto tempo
esteve empregado?
a.) 3 meses e 3 dias b.) 3 meses e 8 dias
c.) 2 meses e 23 dias d.) 3 meses e 10 dias
e.) 3 meses

12. Calcule o valor do montante produzido por capital de


150, aplicado a juro simples a uma taxa de 4,8% a.m. ,
durante 25 dias?
a.) 151 b.) 151,2 c.) 156
d.) 153,6 e.) 210,0

12 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 13. Em quanto tempo triplicará um capital aplicado a taxa
de juro simples de 5% a.a.
1. Qual o capital que produz, à taxa de 2% a.m., o juro a.) 10 anos b.) 20 anos c.) 40 anos
simples mensal de R$ 48,00? d.) 60 anos e.) 80 anos
a.) R$ 2.400,00 b.) R$ 2.000,00 c.) R$ 3.200,00
d.) R$ 2.600,00 e.) R$ 3.000,00 14. A que taxa de juro simples deve ser colocado um
capital para que produza 1/50 de seu valor em 4 meses.
2. Qual é o prazo para uma aplicação de 10% a.a., juros a.) 2% a.m. b.) 0,5% a.m. c.) 2,5% a.m.
simples, tenha um aumento que corresponda a 1/5 de seu d.) 1,5% a.m. e.) 3% a.m.
valor?
a.) 4 anos b.) 3 anos c.) 2 anos 15. Durante quanto tempo um capital, colocado à taxa de
d.) 1 ano e.) 0,5 ano 5% a.a., rende juro simples igual a 1/50 de seu valor?
a.) 140 dias b.) 141 dias c.) 142 dias
3. Qual o capital que produz em 5 meses, à taxa simples d.) 143 dias e.) 144 dias
mensal de 4%, o juro de $ 1.000,00?
a.) R$ 6.000,00 b.) R$ 5.000,00 c.) R$ 6.200,00
d.) R$ 4.600,00 e.) R$ 4.000,00 16. O prazo de aplicação para que um capital qualquer
4. Qual o capital que, em 40 dias, à taxa simples de aplicado à taxa simples de 18% a.m., quadruplique o seu
4%a.a., produz o juro de R$ 32,00? valor, é de:
a.) R$ 8.200,00 b.) R$ 7.000,00 c.) R$ 9.000,00 a.) 2 anos e 7 meses b.) 1 ano, 7 meses e 25 dias
d.) R$ 7.200,00 e.) R$ 8.000,00 c.) 1 ano e 6 meses d.) 1 ano, 4 meses e 20 dias
e.) 1 ano e 10 meses
5. Em quanto tempo um capital aplicado à taxa simples de
17. Qual o capital que em 40 dias, à taxa simples de
150% a.a., quintuplica seu valor?
4%a.a., produz o montante de R$ 7.232,00
a.) 3 anos e 4 meses b.) 2,67 meses
a.) R$ 8.400,00 b.) R$ 6.000,00 c.) R$ 5.200,00
c.) 2 anos e 2 meses d.) 2 anos e 8 meses
d.) R$ 7.200,00 e.) R$ 6.200,00
e.) 27 meses

6. Qual o capital que, à taxa simples de 2,5% a.a., no fim


GABARITO
de um semestre, produz o montante de R$ 8.100,00?
1. A 2. C 3. B 4. D 5. D 6. C 7. B
a.) R$ 10.000,00 b.) R$ 5.000,00
8. D 9. B 10. B 11. B 12. C 13. C 14. B
c.) R$ 8.000,00 d.) R$ 7.000,00
15. E 16. D 17. D
e.) R$ 9.000,00

7. A que taxa simples anual o capital de R$ 5.000,00, em


um ano, renderia R$ 300,00? JURO COMPOSTO
a.) 5% a.a. b.) 6% a.a. c.) 4% a.a.
d.) 3% a.a. e.) 2% a.a. Juros Composto é uma modalidade de juro calculado em
relação ao capital inicial de cada período, onde o capital inicial
8. O capital que, investido hoje a juros simples de de cada período é o capital do período anterior acrescidos dos
12%a.a., se elevará a R$ 1.296,00 no fim de 8 meses, é: juros do período anterior se houver. É costume dizer que juro
a.) R$ 1.100,00 b.) R$ 1.000,00 c.) R$ 1.392,00 composto é juros sobre juros.
d.) R$ 1200,00 e.) R$ 1.399,68
Veja as fórmulas que usaremos nos exercícios de Juros
9. A que taxa simples, o capital R$ 13.200,00 rende Compostos.
R$352,00 em 8 meses?
a.) 2% a.a.
d.) 8% a.a.
b.) 4% a.a.
e.) 10% a.a.
c.) 6% a.a. 
J  C . 1 i  1
t
 ou M  C .  1 i 
t

Onde J = juros C = capital i = taxa unitária


10. Se um capital de R$ 400,00 rendeu juros de R$ 240,00
t = tempo M = Montante
em um ano e quatro meses, a que taxa de juros simples
equivalente bimestral esteve aplicado?
a.) 6,6% a.b. b.) 7,5% a.b. c.) 6,2% a.b.
EXERCÍCIOS EXEMPLOS
d.) 8,6% a.b. e.) 7,0% a.b.
1. O capital de R$ 500.000,00 e aplicado à 5% a.m. de juros
11. Calcular o juro e montante de uma aplicação de
compostos, durante 3 meses. Calcule o montante?
R$1.000,00, durante 3 meses, a taxa de juro simples de
a.) R$ 578.800,00 b.) R$ 588.810,50
10% a.m.
c.) R$ 570.000,50 d.) R$ 579.600,00
a.) R$ 1.300,00 e R$ 3.300,00
e.) R$ 588.882,50
b.) R$ 300,00 e R$ 1.300,00
c.) R$ 1.100,00 e R$ 2.100,00
2. Calcule o capital que produz o montante de
d.) R$ 100,00 e R$ 1.100,00
R$112.360,00, à taxa de 6% a.m. de juros compostos
e.) R$ 500,00 e R$ 1.500,00
durante 2 meses é:
a.) R$ 100.000,00 b.) R$ 145.000,00
12. Se 6/8 de uma quantia produzem 3/8 desta mesma
c.) R$ 230.000,00 d.) R$ 214.000,00
quantia de juros em 4 anos, qual é a taxa simples?
e.) R$ 233.000,00
a.) 20% a.a. b.) 125% a.a. c.) 12,5% a.a.
d.) 200% a.a. e.) 10% a.a.
3. Durante quantos meses o capital R$ 500.000,00 deverá
ser aplicado a 6% a.m. de juros compostos para se
transformar em R$ 844.700,00?
a.) 5 b.) 8 c.) 7 d.) 6 e.) 9
slas1@uol.com.br 13
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
4. A que taxa de juros compostos R$ 560.000,00 devem 9. Quantos bimestres são necessários para o capital
ser aplicados para produzirem o montante de R$1.000.000,00 se transformar em R$ 3.341.700,00, se for
R$888.608,00 em 6 meses de aplicação? aplicado a 9% a.m. de juros compostos?
a.) 8% a.m. b.) 7% a.m. c.) 6% a.m. a.) 5 b.) 8 c.) 7 d.) 6 e.) 9
d.) 5% a.m. e.) 4% a.m.
10. Qual o valor do capital que aplicado a 4% a.m. de juros
5. O capital R$ 10.000,00 foi aplicado à taxa composta de compostos, produz ao final de 5 meses, um montante de
5% ao trimestre, durante 8 anos. O valor do capital R$ 1.300.000,00?
acumulado é: a.) R$ 1.088.551,70 b.) R$ 1.135.552,56
a.) R$ 38.566,88 b.) R$ 40.224,60 c.) R$ 1.222.642,60 d.) R$ 1.068.463,88
c.) R$ 44.120,97 d.) R$ 47.647,65 e.) R$ 1.155.897,32
e.) R$ 52.337,56
6. O capital de R$ 10.000,00 e aplicado à 25% a.m. de juros GABARITO
compostos, durante 2 meses. Calcule o montante? 1. B 2. C 3. C 4. A 5. A 6. A 7. A
a.) R$ 15.000,00 b.) R$ 15.150,00 8. E 9. C 10. D
c.) R$ 15.350,00 d.) R$ 15.500,00
e.) R$ 15.625,00 FATOR DE ACUMULAÇÃO DE CAPITAL (1 + i)n

n 1% 2% 3% 4% 5% 6% 7%
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 1 1,0100 1,0200 1,0300 1,0400 1,0500 1,0600 1,0700
2 1,0201 1,0404 1,0609 1,0816 1,1025 1,1236 1,1449
1. Aplicaram-se R$ 400.000,00 a 9% ao bimestre de juros
3 1,0303 1,0612 1,0927 1,1249 1,1576 1,1910 1,2250
compostos, durante 1 ano e 4 meses. O valor do capital
4 1,0406 1,0824 1,1255 1,1699 1,2155 1,2625 1,3108
acumulado é:
5 1,0510 1,1041 1,1593 1,2167 1,2763 1,3382 1,4026
a.) R$ 792.067,06 b.) R$ 797.025,06
6 1,0615 1,1262 1,1941 1,2653 1,3401 1,4185 1,5007
c.) R$ 700.000,00 d.) R$ 733.867,53
e.) R$ 730.800,53 7 1,0721 1,1487 1,2299 1,3159 1,4071 1,5036 1,6058
8 1,0829 1,1717 1,2668 1,3686 1,4775 1,5938 1,7182
2. O capital de R$ 700.000,00 vencível em 4 meses é 9 1,0937 1,1951 1,3048 1,4233 1,5513 1,6895 1,8385
R$495.897,00. Qual a taxa de juros compostos vigente? 10 1,1046 1,2190 1,3439 1,4802 1,6289 1,7908 1,9672
a.) 7% a.m. b.) 8% a.m. c.) 9% a.m. 11 1,1157 1,2434 1,3842 1,5395 1,7103 1,8983 2,1049
d.) 10% a.m. e.) 12% a.m. 12 1,1268 1,2682 1,4258 1,6010 1,7959 2,0122 2,2522
13 1,1381 1,2936 1,4685 1,6651 1,8856 2,1329 2,4098
3. Calcular o calor do montante final da aplicação de R$ 14 1,1495 1,3195 1,5126 1,7317 1,9799 2,2609 2,5785
300.000,00 à taxa composta de 6% ao mês, durante 5 15 1,1610 1,3459 1,5580 1,8009 2,0789 2,3966 2,7590
meses. 16 1,1726 1,3728 1,6047 1,8730 2,1829 2,5404 2,9522
a.) R$ 303.337,67 b.) R$ 501.433,67 17 1,1843 1,4002 1,6528 1,9479 2,2920 2,6928 3,1588
c.) R$ 401.467,67 d.) R$ 601.457,65 18 1,1961 1,4282 1,7024 2,0258 2,4066 2,8543 3,3799
e.) R$ 501.565,65

4. Um capital de R$ 500.000,00 é aplicado a juros


FATOR DE ACUMULAÇÃO DE CAPITAL (1 + i)n
compostos durante 3 anos, à taxa de 10% a.a. Calcule o
montante produzido e os juros auferidos? n 8% 9% 10% 12% 15% 18%
a.) R$ 665.500,00 e R$ 165.500,00 1 1,0800 1,0900 1,1000 1,1200 1,1500 1,1800
b.) R$ 645.500,00 e R$ 145.500,00 2 1,1664 1,1881 1,2100 1,2544 1,3225 1,3924
c.) R$ 633.300,00 e R$ 133.300,00 3 1,2597 1,2950 1,3310 1,4049 1,5209 1,6430
d.) R$ 663.300,00 e R$ 163.300,00 4 1,3605 1,4116 1,4641 1,5735 1,7490 1,9388
e.) R$ 643.300,00 e R$ 143.300,00 5 1,4693 1,5386 1,6105 1,7623 2,0114 2,2878
6 1,5869 1,6771 1,7716 1,9738 2,3131 2,6996
5. Após 8 meses de aplicação a 7% ao mês de juros 7 1,7138 1,8280 1,9487 2,2107 2,6600 3,1855
composto, o capital acumulado era igual a R$1.374.552,00. 8 1,8509 1,9926 2,1436 2,4760 3,0590 3,7589
Qual o valor do capital aplicado? 9 1,9990 2,1719 2,3579 2,7731 3,5179 4,4355
a.) R$ 800.001,78 b.) R$ 789.661,78 10 2,1589 2,3674 2,5937 3,1058 4,0456 5,2338
c.) R$ 763.301,33 d.) R$ 850.601,33 11 2,3316 2,5804 2,8531 3,4785 4,6524 6,1759
e.) R$ 732.201,11 12 2,5182 2,8127 3,1384 3,8960 5,3503 7,2876
13 2,7196 3,0658 3,4523 4,3635 6,1528 8,5994
6. Durante quantos anos um capital de R$ 1.000.000,00, a
14 2,9372 3,3417 3,7975 4,8871 7,0757 10,1472
juros compostos, a uma taxa de 15% a.a., produzirá um
15 3,1722 3,6425 4,1772 5,4736 8,1371 11,9737
montante de R$ 2.011.356,00?
a.) 5 b.) 4 c.) 6 d.) 3 e.) 7 16 3,4259 3,9703 4,5950 6,1304 9,3576 14,1290
17 3,7000 4,3276 5,0545 6,8660 10,7613 16,6722
7. Quantos meses uma aplicação de R$550.000,00 a juros 18 3,9960 4,7171 5,5599 7,6900 12,3755 19,6733
compostos gerará um montante de R$ 1.106.246,50, a uma
taxa de 15% a.m.
a.) 5 b.) 6 c.) 7 d.) 8 e.) 4

8. O capital R$ 1.060.000,00 foi aplicado a juros


compostos durante 4 meses. Ao final do prazo o montante
será igual a R$ 1.288.440,00. Qual a taxa da aplicação?
a.) 9% a.m. b.) 8% a.m. c.) 7% a.m.
d.) 6% a.m. e.) 5% a.m.
14 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
FUNÇÕES
11. No gráfico estão representadas as funções I e II,
1. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (0,3) e (2,0) definidas por y = 3 - x e y = kx + t, respectivamente.
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por
estes pontos é:
y
a.) f(x) = 2x + 3 b.) f(x) = 3x + 2 c.) f(x) = -2x – 3
II
d.) f(x) = -2x + 3 e.) f(x) =  3 x + 3
2 3
2. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (0,3) e (-2,0)
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por
estes pontos é:
a.) f(x) = -2x + 3 b.) f(x) = 3x – 2 c.) f(x) = -2x – 3
d.) f(x) = 2x + 3 e.) f(x) = 3 x + 3
2
3. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (0,6) e (-2,0)
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por
estes pontos é: 2 3 x
a.) f(x) = -2x + 6 b.) f(x) = 2x – 6 c.) f(x) = -2x – 6 I
d.) f(x) = 3x + 6 e.) f(x) = 1 x + 6
3 Os valores de k e t são respectivamente:
a.) 2 e 1; b.) -2 e 1; c.) 2 e 0; d.) -1/2 e 0; e.) 1/2 e 0
4. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (0,-2) e (-4,0)
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por 12. A figura representa a função y = ax + b
estes pontos é:
a.) f(x) = -4x – 2 b.) f(x) = +4x + 2 c.) f(x) = 4x – 2
d.) f(x) = 4x + 2 e.) f(x) =  1 x – 2 y
2
5. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (1,2) e (4,5)
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por
estes pontos é:
a.) f(x) = 4x – 1 b.) f(x) = 4x + 1 c.) f(x) = 2x + 5
d.) f(x) = x + 1 e.) f(x) = -2x -5

6. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (3,6) e (4,8)


pertence ao gráfico de f, então a função que passa por 3
estes pontos é:
a.) f(x) = 2x – 1 b.) f(x) = 2x c.) f(x) = -2x
d.) f(x) = 2x + 1 e.) f(x) = -2x -5

7. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (-1,-2) e (4,-5)


pertence ao gráfico de f, então a função que passa por -2 x
estes pontos é:
a.) f(x) =  3 x – 13 b.) f(x) = 3 x - 13 c.) f(x) =  3 x + 13
5 5 5 5 5 5
3
d.) f(x) = x + 13 e.) f(x) =  3 x O valor da função no ponto x = -1/3 é
5 5 5 a.) 2,8; b.) 2,6; c.) 2,5; d.) 1,6; e.) 1,7.

8. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (5,-3) e (3,-2) 13. Assinale a alternativa que corresponde a função de
pertence ao gráfico de f, então a função que passa por acordo com o gráfico:
estes pontos é:
a.) f(x) =  1 x – 1 b.) f(x) = 1 x - 1 c.) f(x) =  1 x + 1
2 2 2 2 2 2
1
d.) f(x) = x + 1 e.) f(x) =  1 x
2 2 2
9. (PM/09) Considere uma colisão de dois veículos. Num
sistema de coordenadas cartesianas, as posições finais
destes veículos após a colisão são dadas nos pontos
A=(2,2) e B=(4,1). Para compreender como ocorreu a
colisão é importante determinar a trajetória retilínea que a.) f(x) = -x+2 b.) f(x) = -x/2 + 1 c.) f(x) = -x/2 + 2
passa pelos pontos A e B. Essa trajetória é dada pela d.) f(x) = 4x e.) f(x) = -x
equação
a) x − y = 0. b) x + y − 5 = 0. c) x − 2y + 2 = 0.
d) 2x + 2y − 8 = 0. e) x + 2y − 6 = 0.
10. Seja a função f(x) = ax + b. Se os pontos (0,3) e (2,0)
pertence ao gráfico de f, então a+b é igual a:
a.) 9/2 b.) 3/2 c.) 2/3 d.) - 3/2 e.) -1
slas1@uol.com.br 15
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
14. O gráfico abaixo representa a função f(x)= ax + b . 23. Sendo f(x) = 2x – 10 e g(x) = x2 – 100. Calcule x para
Assinale a alternativa correta: que a igualdade (g(f(x))) = 0
a.) x = 1 ou x = 10 b.) x = 0 ou x = 5
c.) x = 0 ou x = 10 d.) x = 1 ou x = 10
e.) x = 0 ou x = 10

24. Sejam f e g funções reais, tais que f(x)=2x+3 e g(x)=x 3.


Então f(g(2)) é igual a
a.) 8 b.) 9 c.) 7 d.) 17 e.) 19

25. Sejam as funções f e g, de R em R, definidas por


f(x)=2x – 3 e g(x)=ax + b. A função g será a inversa de f se,
a.) a = 0 ; b = 0 b.) a > 0 ; b > 0 c.) a < 0 ; b > 0 e somente se,
d.) a > 0 ; b = 0 e.) a > 0 ; b < 0
a.) a  1 b.) a – b = -1 c.) a + b = 0
b 4
15. O gráfico abaixo é o da reta y = ax + b, quando :
d.) a = b = 1 e.) a + b = 1
2
26. Determine a função inversa da seguinte função:
f(x)=7.x – 4, após calcular a função inversa, assinale a
alternativa correta

b.) y  x  4
4x
a.) y c.) y  7x
7 7 4
d.) y  7 e.) y  x  4
x4 7
a.) a < 2 b.) a < 0 c.) a = 0 d.) a > 0 e.) a = 2
27. Seja a função f(x) = ax2 + bx + c. Se os pontos (0,3) ;
16. O gráfico abaixo pode representar qual das (1,6) e (-1,2) pertence ao gráfico de f, então a função que
expressões? passa por estes pontos é:
a.) f(x) = x2 + 2x + 3 b.) f(x) = x2 + 2x – 3
2
c.) f(x) = x - 2x + 3 d.) f(x) = -x2 + 2x + 3
e.) f(x) = x2 - 2x - 3

28. Seja a função f(x) = ax2 + bx + c. Se os pontos (1,4) ;


(0,3) e (-1,0) pertence ao gráfico de f, então a função que
passa por estes pontos é:
a.) f(x) = -x2 + 2x – 3 b.) f(x) = x2 - 2x + 3
c.) f(x) = -x2 + 2x + 3 d.) f(x) = -x2 - 2x + 3
e.) f(x) = x2 + 2x + 3
a.) y = 2x – 3 b.) y = - 2x + 3 c.) y = 1,5 x + 3
29. Seja a função f(x) = ax2 + bx + c. Se os pontos (1,9) ;
d.) 3y = - 2x e.) y = - 1,5x + 3
(0,4) e (-1,3) pertence ao gráfico de f, então a função que
passa por estes pontos é:
17. Em 1994, uma indústria fabricou 3.000 produtos. A
a.) f(x) = 2x2 + 3x - 4 b.) f(x) = -2x2 - 3x – 4
cada ano, porém, acrescenta duzentas e cinqüenta
c.) f(x) = 2x2 - 3x + 4 d.) f(x) = -2x2 - 3x + 4
unidades à sua produção. Se esse ritmo de crescimento
e.) f(x) = 2x2 + 3x + 4
for mantido, a produção da indústria num ano qualquer
será: 30. Seja a função f(x) = ax2 + bx + c. Se os pontos (1,4) ;
a.) 250 b.) 3.000t c.) 3.000 + 250t; (2,9) e (3,16) pertence ao gráfico de f, então a função que
d.) 3.000 - 250t; e.) 3.000t + 250. passa por estes pontos é:
a.) f(x) = x2 + 2x - 1 b.) f(x) = -x2 - 2x – 1
18. Determine a função inversa de f(x) = 4.x -5 c.) f(x) = x2 - 2x + 1 d.) f(x) = -x2 - 2x + 1
a.) x  5 b.)
x5 c.) x  4 d.)
x4 e.) 4 x  5 e.) f(x) = x2 + 2x + 1
4 4 5 5
31. Seja a função f(x) = ax2 + bx + c. Se os pontos (1,-1) ;
(2,-6) e (3,-13) pertence ao gráfico de f, então a função
19. Determine f(g(x)). Sabendo que Sabe-se que g(x)= x - 2
que passa por estes pontos é:
e f(x) = x2 – 3.
a.) f(x) = x2 + 2x - 2 b.) f(x) = -x2 - 2x – 2
a.) x2 - 4.x + 4 b.) x2 + 7 c.) x2 - 7.x + 4
c.) f(x) = x2 - 2x + 2 d.) f(x) = -x2 - 2x + 2
d.) x2 + 4 e.) x2 - 4.x + 1 2
e.) f(x) = x + 2x + 2
20. Qual o valor de f(2) – f-1(5). Sabe-se que f(x) = 2.x +5 32. Uma função quadrática tem o eixo y como eixo de
a.) 9 b.) 0 c.) 9/5 d.) -3 e.) 80/9 simetria. A distância entre os zeros das funções é de 4
unidades, e a função tem -5 como valor mínimo. Esta
21. Qual o valor de g(f(3)) – f(g(1)). Sabe-se que g(x)=2.x+5 função quadrática é:
e f(x) = 3.x – 3.
a.) 60 b.) 17 c.) 18 d.) 35 e.) -1 a.) y = 5x2 - 4x - 5; b.) y = 5x2 - 20; c.) y = 5 x2 - 5x;
4
22. Seja a função f:R  R dada por f(x) = 2x. Então o valor
de f(a+1) – f(a) é igual a d.) y = 5 x2 - 5; e.) y = 5 x2 - 20.
a.) 1 b.) f(1) c.) 2.f(a) d.) f(a) e.) 2 4 4

16 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
33. Um determinado fio é constituído de um material que, a.) Apenas I está correta.
quando preso a dois pontos distantes um do outro de 20 b.) Apenas I e II estão corretas.
m e ambos a 13 m do solo, toma a forma de uma parábola, c.) Apenas I e III estão corretas.
estando o ponto mais baixo do fio a 3 m do solo. Assinale d.) Apenas II e III estão corretas.
a alternativa que corresponda à parábola no sistema de e.) Todas estão corretas.
coordenadas cartesianas XOY, onde o eixo OY contém o
ponto mais baixo e o eixo OX está sobre o solo:
a.) y = x2 + x + 3; b.) y = x2 + 30; c.) 10y = -x2 + 30; GABARITO
d.) 5y = x2 + 15; e.) 10y = x2 + 30. 1. E 2. E 3. D 4. E 5. D 6. B 7. A
8. A 9. E 10. B 11. E 12. C 13. C 14. E
34. O gráfico do trinômio do 2 grau ax2 - 10x + c é o da 15. B 16. C 17. C 18. A 19. E 20. A 21. E
figura: 22. E 23. C 24. E 25. B 26. E 27. A 28. C
29. E 30. E 31. D 32. D 33. E 34. A 35. D
36. C 37. A 38. C 39. B

EXPONENCIAL
1. Calcule o valor x nas equações:
a.) 2x = 4; b.) 2x = 16; c.) 5x = 125;
5 d.) 105 = 10x; e.) 196 = 14x; f.) 625 = (1/5)x;
g.) 2 2 = (1/4)x; h.) 2 2 = 4x; i.) (0,25)x = 16;

-9
j.) 3x = 81; k.) 16x = 1/64; l.)  53
x
= 5
625 ;
m.) (1/125)x = 25 ;
3
n.)  3
5
x
 3 1/ 9 ;
Podemos afirmar que: o.)  2
6
x
  2 1 / 8  ; p.) 73x+4 = 492x-3;
a.) a = 1 e c = 16; b.) a = 1 e c = 10; c.) a = 5 e c = -9;
q.) 8x-9 = 16x/2; r.) 32x-1 . 93x+4 = 27x+1;
d.) a = 1 e c = 9; e.) a = -1 e c = 16.
2. Calcule o valor de x na equação: 22x+1 + 3.2x+1 = 8
35. Uma bola, colocada no chão, é chutada para o alto e
a.) 0 b.) 1 c.) 2 d.) 3 e.) -1
percorre uma trajetória descrita por y = -2x2 + 12x, onde y
é a altura, dada em metros. A altura máxima atingida pela
3. Resolver 24x . 3 2y = 432:
bola é:
a.) x = 1 b.) x = 1,5 e y = 1 c.) x = y
a.) 3 b.) 6 c.) 12 d.) 18 e.) 36
d.) y = 1,5 e.) x = 1 e y = 1,5
36. Suponha que um atleta do salto com vara, ao saltar do
4. Se 2x = 8y-1 e 9y = 3x-2, então x + y é igual a:
solo, tenha uma posição no espaço descrita em função do
a). 17 b.) 10 c.) 0 d.) 18 e.) 5
tempo (em segundos), pela expressão h(t)= -t2 + 4t + 4, em
que h é a altura atingida em metros. Nessas condições,
5. Se 102y = 25, então 10-y é igual a:
qual é a altura máxima atingida pelo atleta?
a.) 5 b.) 1/5 c.) 25; d.) 1/25 e.) -1/5
a.) 4 b.) 6 c.) 8 d.) 10 e.) 12
4
37. O lucro mensal de uma fábrica é dado por 6. (A.F.C.) O valor de x, tal que: 10x = 10-0,2. 10 , é:
L(x) = –x2 + 60x – 10 onde x é a quantidade mensal de a.) -0,05 b.) -0,5 c.) 0,005 d.) 0,05 e.) 0,3
unidades fabricadas e vendidas de um certo bem,
produzido por esta empresa e L é expresso em Reais 1
(Obs.: Real é uma unidade monetária). O maior lucro 7. Resolva a seguinte equação exponencial: 9 x 1  .
mensal possível que a empresa poderá ter é dado por: 3
a.) R$ 890,00 b.) R$ 910,00 c.) R$ 980,00 Em seguida, assinale a alternativa correta.
d.) R$ 1.080,00 e.) R$ 1.180,00 a.) 1/3 b.) 1/2 c.) 0 d.) 1 e.) 27

39. O movimento de um projétil, lançado para cima


verticalmente, é descrito pela equação y= -40x2+200x.
Onde y é a altura, em metros, atingida pelo projétil x GABARITO
segundos após o lançamento. A altura máxima atingida e 1. a. 2 b. 4 c. 3 d. 5 e. 2 f. -4 g. -3/4
o tempo que esse projétil permanece no ar corresponde, h. 3/4 i. -2 j. 4 k. -3/2 l. 12/5 m. -2/9 n. -10/3
respectivamente, a: o. -9 p. 10 q. 27 r. -4/5
a.) 250 m, 2,5s b.) 250 m, 5 s c.) 250 m, 7,5s 2. A 3. E 4. A 5. B 6. D 7. B
d.) 250 m, 10 s e.) 250 m, 12,5s
LOGARITMO
38. Para se produzir “x” unidades de um certo produto,
uma empresa tem como expressar o seu custo por 1. Calcule o valor dos logaritmos abaixo:
C(x) = x2 – 50.x + 2500. Analise as proposições a seguir: a.) log24; b.) log216; c.) log5125;
I. A empresa deve produzir 25 unidades para que o custo 3
d.) log105; e.) log14196; f.) log9 3;
seja mínimo.
II. O custo mínimo da empresa é de R$ 2500,00. g.) log25 5; h.) log8-8; i.) log48;
III. O custo de produção de 10 unidades é maior que o 3  3
custo de produção de 30 unidades. j.) log5 (52 . 5 ); k.) log3   ; l.) log1/5625;
Assinale a alternativa correta:  3

slas1@uol.com.br 17
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
m.) log1/4(2 2 ); n.) log4 2 ; o.) log525; PROGRESSÕES ARITMÉTICAS
p.) log255; q.) log 2; r.) log25125;
2 1. Determine o termo de ordem 46 de uma P.A infinita cujo
2. Log111 é igual a: primeiro termo é -10 e cuja razão é 6.
a.) 11 b.) 1 c.) 0 d.) -1 e.) não existe a.) 260 b) 254 c) 266 d.) 270 e) 275

3. Log2727 é igual a: 2. Determine o termo de ordem 101 de uma P.A finita cujo
a.) 2 b.) 1 c.) 27 d.) 0 e.) 3 primeiro termo é -20 e cuja razão é 7.
b a.)673 b.) 680 c.) 687 d.) 694 e.) 700
4. A expressão a log
a é igual a:
a.) b b.) a c.) ab d.) ba e.) b.a 3. Determine o termo de ordem 138 de uma P.A. infinita
cujo primeiro termo é 14 e cuja razão é 3.
3 4 a.) 219 b.) 422 c.) 425 d.) 428 e.) 420
5. O logaritmo de 16 . 4 . 256 na base 4 é:
a.) 1/2 b.) 19/3 c.) 3/19 d.) 2 e.) 10/3 4. Qual é o trigésimo sétimo termo de uma P.A. cujo
quinto termo é 9 e cujo nono termo é 15?
6. Se a = log8225 e b = log215, então:
a.)55 b.) 56 c.) 57 d.) 58 e.) 60
a.) a = b/a b.) a = 2b/3 c.) a = 3b/2
d.) a = 5b/2 e.) a = -2b/3
5. Numa P.A finita com 21 termos, o primeiro termo é 4 e o
último termo é 124. Qual é a razão desta P.A?
7. Se ab = 1 então logb a é: a.) 6 b.) 7 c.) 8 d.) 9 e.) 10
a.) 2 b.) 1/2 c.) -1/2 d.) 1/a2 e.) -2
6. Numa P.A., tem-se o 1° termo igual a -3 e o 19° igual a 1.
8. O valor de log0,04125 é igual a: Calcule a razão.
a.) -2/3 b.) -4/3 c.) -3/2 d.) 2/3 e.) 4/3 a.) 1/18 b.) 0 c.) 1 d.) 1/3 e.) 2/9
9. Se log a + log b = p, então log (1/a) + log (1/b) vale:
7. Numa P.A. finita com 51 termos, o primeiro termo é -34
a.) 1/p b.) –p c.) 6 d.) p-1 e.) p+1
e o último termo é 116. Qual é a razão desta P.A.?
10. Calcule log5. Dado log2 = 0,3010: a.) 3 b.) 5 c.) 4 d.) 7 e.) 6
a.) 0,6990 b.) 0,6020 c.) 0,1505
d.) 0,1256 e.) 1,398 8. Determinar o número de termos de uma P.A. de razão 3
na qual o 1° termo é -6 e o último 21.
11. (A.F.C.) Se log (p + 1) = log (p) + log (q), para p>0, q>0 a.) 15 b.) 13 c.) 8 d.) 10 e.) 12
e q  1, então podemos afirmar que p-1 vale: 9. Determinar o número de termos de uma P.A. de razão 2
a.) (q - 1) b.) (q + 1) + q c.) q + (q + 1) na qual o 1° termo é 10 e o último 1.222.
d.) q + (q - 1) e.) 1 + (q - 1) a.) 606 b.)607 c.) 608 d.)609 e.) 610
12. Em quanto tempo aproximadamente um capital 10. Determinar o número de termos de uma P.A. de razão
quadruplica o valor quando aplicado à uma taxa de juros 15 na qual o 1°termo é -356 e o último 4.
compostos de 5% a.m.?
a.)23 b.) 24 c.) 25 d.) 26 e.) 27
Considere: log 2 = 0,301 ; log 1,05 = 0,0212
a.) 15 bimestres e 20 dias b.) 28,396 anos 11. Determinar o 14° termo de um P.A. em que o 5° termo
c.) 4,27 meses d.) 2 anos 4 meses e 12 dias é 15 e o 11°termo é 39.
e.) 30 meses e 20 dias a.) 50 b.) 51 c.) 52 d.) 53 e.) 55
13. Sabendo que log 2  0,30 e log 3  0,47. Qual é o valor 12. Determinar o 38° termo de um P.A. em que o 7° termo
de log 60? é 4 e o 11° termo é 16.
a.) 1,77 b.) 1,0 c.) 1,57 d.) 0,77 e.) 1,80 a.) 111 b.) 48 c.) 58 d.) 118 e.) 97

13. Determinar o 104°termo de um P.A. em que o 8° termo


é 36 e o 16°termo é 76.
a.) 186 b.) 187 c.) 188 d.) 189 e.) 516

14. Se (x+b), (3x+a) e (x-b) estão P.A. nesta ordem,então x


é igual a:
a.) a/4 b.) (a+b)/2 c.) –a/2 d.) a/2 e.) –a/3

15. Determine a soma dos 101 primeiros termos da P.A.


(-2,0,2,4,...)
a.) 9.898 b.) 9.800 c.) 9.750 d.) 9.662 e.) 9.854

16. Determine a soma dos dez primeiros termos da P.A.


(-4,0,4,8,...)
a.) 139 b.) 138 c.) 150 d.) 151 e.) 140
GABARITO 17. Calcular a soma dos 25 primeiros termos da PA
1. a. 2 b. 4 c. 3 d. 5 e. 2 f. 1/6 g. 1/4 (1,3, 5...)
h.  i. 3/2 j. 5/2 k. 5/2 l. -4 m. -3/4 n. 1/4 a.) 495 b.) 375 c.) 650 d.) 625 e.) 500
o. 2 p. 1/2 q. 2 r. 3/2
2. C 3. B 4. A 5. E 6. B 7. C 8. C 18. Calcular a soma dos termos da P.A. finita
9. B 10. A 11. A 12. D 13. A (25, 39, 53,...,375)
a.) 30 b.) 35 c.) 600 d.) 7.850 e.) 5.200

18 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
19. A soma de todos os 40 primeiros números naturais é 33. (CESGRANRIO) Uma empresa de propaganda instalou
igual a: dois painéis em uma estrada, o primeiro no km 78 e o
a.) 400 b.) 410 c.) 700 d.) 670 e.) 780 segundo no km 246. A mesma empresa pretende instalar
outros 7 painéis entre esses dois, de modo que a
20. Qual é o trigésimo termo da Progressão Aritmética distância entre dois outdoors consecutivos seja sempre a
“P.A.” (5,8, ...) mesma. Qual será, em km, essa distância?
a.) 83 b.) 86 c.) 89 d.) 92 e.) 95 a.) 21 b.) 24 c.) 26 d.) 28 e.) 31

21. Num programa de condicionamento físico, uma 34. A seqüência (s – 1, 3s – 1, s – 3), onde s é um real, é,
pessoa correndo 300m num dia, 400m no dia seguinte, nesta ordem, uma Progressão Aritmética de 3 termos. A
500m no próximo dia e assim sucessivamente até chegar soma dos termos extremos de tal PA é igual a:
aos 2 km por dia. A partir de que dia ela estará correndo 2 a.) 5 b.) 3 c.) 0 d.) –3 e.) –5
km por dia?
a.) 16° b.) 17° c.) 18º d.) 19º e.) 20º 35. Se os ângulos internos de um quadrilátero estão em
progressão aritmética (PA) e o menor deles é igual a um
22. Um atleta nadou, hoje, 500 metros. Nos próximos dias, terço do maior, então o menor mede.
ele pretende aumentar gradativamente essa marca a.) 15º b.) 45º c.) 30º d.) 60º e.) 35º
nadando, a cada dia, uma mesma distância a mais do que
nadou no dia anterior. No 15o dia, ele quer nadar 3300 36. Tisiu ficou sem parceiro para jogar bolita (bola de
metros. Determine a distância que ele deverá nadar a mais gude); então pegou sua coleção de bolitas e formou uma
por dia. sequência de “T” (a inicial de seu nome), conforme a
a) 100 m b) 150 m c) 200 m d) 250 m e) 50 m figura

23. Ainda em relação à questão anterior, determine a


distância que deverá nadar no 10o dia.
a) 2500 m b) 1300 m c) 1800 m d) 2000 m e) 2300 m

24. Se um escritor escreveu, em um certo dia, as 20


primeiras de um livro. A partir desse dia, ele escreveu, em
cada dia, tantas linhas quantas havia escrito no dia
Supondo que o guri conseguiu formar 10 “T” completos
anterior mais 5 linhas. O livro tem 17 páginas, cada uma
pode-se, seguindo o mesmo padrão, afirmar que ele
com exatamente 25 linhas. Em quantos dias o escritor
possuía
terminou de escrever este livro?
a.) mais de 300 bolitas. b.) pelo menos 230 bolitas.
a.) 10 b.) 31 c.) 67 d.) 81 e.) 124
c.) menos de 220 bolitas. d.) exatamente 300 bolitas.
25. Quantos números compreendidos entre 1 e 5000 são e.) exatamente 41 bolitas.
divisíveis por 3 e 7. 37. (FCC) Na sequência de quadriculados abaixo, as
a.) 234 b.) 235 c.) 236 d.) 237 e.) 238 células pretas foram colocadas obedecendo a um
determinado padrão.
26. Quantos números inteiros compreendidos entre 1.000
e 10.000, são divisíveis por 3 e 7.
a.) 427 b.) 428 c.) 429 d.) 430 e.) 431

27. Determine o número total de múltiplos de 15


compreendidos entre 1492 e 3427.
a.) 161 b.) 150 c.) 129 d.) 113 e.) 120

28. Quantos números inteiros compreendidos entre 10 e


4000 são divisíveis por 3 e por 5 ao mesmo tempo?
a.) 225 b.) 250 c.) 256 d.) 260 e.) 266 Mantendo esse padrão, o número de células brancas na
Figura V será :
29. Determine o número total de múltiplos de 15 a.) 101 b.) 99 c.) 97 d.) 83 e.) 81
compreendidos entre 1759 e 3825.
a.) 136 b.) 137 c.) 138 d.) 139 e.) 140 38. (BACEN) A 11ª figura da seqüência abaixo terá:

30. (CESGRARIO) Quantos são os números inteiros,


compreendidos entre 100 e 200, que são múltiplos de 3 e,
simultaneamente, não são múltiplos de 5?
a.) 13 b.) 16 c.) 21 d.) 26 e.) 27
a.) 10 quadradinhos pretos. b.) 10 quadradinhos brancos.
31. Três números estão em uma progressão aritmética
c.) 22 quadradinhos pretos. d.) 86 quadradinhos brancos.
(PA) crescente. O produto dos três é 66 e a soma deles é
e.) 110 quadradinhos brancos.
18. Determine o próximo termo dessa progressão
aritmética. GABARITO
a) 12 b) 13 c) 14 d) 15 e) 16 1. A 2. B 3. C 4. C 5. A 6. E 7. A
8. D 9. B 10. C 11. B 12. E 13. E 14. C
32. (PUC) As quantias, em reais, de cinco pessoas estão 15. A 16. E 17. D 18. E 19. E 20. D 21. C
em progressão aritmética. Se a segunda e a quinta 22. C 23. E 24. A 25. E 26. C 27. C 28. E
possuem, respectivamente, R$ 250,00 e R$ 400,00, a 29. B 30. D 31. E 32. A 33. A 34. E 35. B
primeira possui: 36. B 37. A 38. E
a.) R$ 200,00 b.) R$ 180,00 c.) R$ 150,00
d.) R$ 120,00 e.) R$ 100,00

slas1@uol.com.br 19
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
PROGRESSÕES GEOMÉTRICAS 17. (CESGRANRIO) Quando três números representam
termos consecutivos de uma progressão geométrica, o
1. Determine o termo de ordem 46 de uma P.G. infinita termo do meio corresponde à média geométrica dos
cujo primeiro termo é 625 e cuja razão é 25. outros dois. Se a sequência (x-1; x+2; 2x- 4) é uma
a.) 594 b.) 593 c.) 595 d.) 547 e.) 546 progressão geométrica crescente, o maior termo dessa
progressão é igual a
2. Determine o termo de ordem 6 de uma P.G. infinita cujo a.) 9 b.) 10 c.) 12 d.) 15 e.) 16
primeiro termo é 1/625 e cuja razão é 5.
a.) 1/5 b.) 1/25 c.) 1 d.) 5 e.) 25 18. Três números estão em uma progressão geométrica
(PG) crescente. O produto dos três é 64 e a soma deles é
3. Determine o termo de ordem 5 de uma P.G. infinita cujo 14. Determine o próximo termo dessa progressão
primeiro termo é -1 e cuja razão é 5. aritmética.
a.)-5 b.) -25 c.) -125 d.) -625 e.) -325 a) 12 b) 13 c) 14 d) 15 e) 16

4. Determine o 7° termo de uma PG, na qual a3=1/25 e GABARITO


a9=625 1. Á 2. D 3. D 4. B 5. D 6. E 7. C
a.) 125 b.) 25 c.) 5 d.) 1/5 e.) 1/25 8. B 9. B 10. E 11. B 12. B 13. D 14. E
15. E 16. B 17. E 18. E
5. Numa P.G. finita com seis termos, o primeiro termo é 2
e o sexto termo é -486. Qual é a razão dessa P.G. ? GEOMETRIA
a.) -2 b.) 3 c.) 2 d.) -3 e.) 4
1. Ache as áreas das figuras abaixo:
6. Calcular a soma dos cem primeiros termos da P.G.
a.) Círculo de raio 15 cm.
(10, 10, 10, ...)
b.) Um triângulo de lado igual a 4 dm e altura 6 dm.
a.) 900 b.) 800 c.) 1.200 d.) 7.000 e.) 1000
c.) Um quadrado de lado igual a 5 cm.
d.) Um retângulo de lados 4 dm e 9 dm.
7. Calcular a soma dos dez primeiros termos da P.G.
(1,2,4,...)
2. Ache os volumes das seguintes figuras:
a.) 1.022 b.) 2.024 c.) 1.023 d.) 2.025 e.) 2035
a.) paralelepípedo de lados 8 m,15 m e altura 2 m.
b.) cubo de aresta de aresta iguala 20 cm.
8. Calcule a soma dos 7 primeiros termo da P.G.
c.) esfera de raio 15 mm.
(5, 15,45,...)
a.) 5.400 b.) 5.465 c.) 6.335 d.) 6.745 e.) 6.835 3. Ache os perímetros das figuras abaixo:
a.) de um quadrado de lado igual a 5 cm.
9. Calcule a soma dos 9 primeiros termo da P.G. (8,4,2,...)
b.) de um triângulo equilátero de lado igual a 10 cm.
a.) 511 b.) 511/32 c.) 729/15 d.) 729 e.) 324
c.) de uma circunferência de raio igual a 9 m.
d.) de um retângulo de lados 3 m e 18 m.
10. Calcule o limite da soma dos termos da P.G.
(5, 1, 1/5, 1/25, 1/125,...)
4. (FUVEST) Aumentando-se os lados a e b de um
a.) 3 b.) 10 c.) 5 d.) 25 e.) 25/4 retângulo de 15% e 20% respectivamente, a área do
retângulo é aumentada de:
11. Calcule o limite da soma dos termos da P.G.
a.) 35% b.) 30% c.) 3,5% d.) 3,8% e.) 38%
(1, 3/10, 9/100,27/1000,...)
a.) 7/10 b.) 10/7 c.) 7 d.) 10 e.) 17 5. Enchi um reservatório de 0,45m de comprimento, 1,2m
de altura e 1,0m de largura, com 50 latas de mesma
12. (ITA) Dada a P.G. (1, 1/2, 1/4,.,.), o limite da soma dos
capacidade. Qual a capacidade em dl de cada lata?
termos da P.G. é:
a.) 1,08 b.) 10,8 c.) 108 d.) 1080 e.) 10.800
a.) 21/3 b.) 2 c.) 1 + 1/2n d.) 3/2 e.) 4/3
6. (TTN) Um arquiteto planejou uma caixa de água de base
13. (FCC) A soma dos infinitos termos da sequência
quadrada, para 2.000 litros de capacidade com altura igual
(0,5; 0,25; 0,125; 0,0625;...) é:
ao dobro do lado. A execução da obra, o construtor fez o
a.) indeterminada b.) 0,75 c.) 0,875 d.) 1 e.) 1,25 lado igual a altura planejada. Sabendo-se que a caixa de
água continuou com a mesma capacidade, a nova altura
14. (ITA) Uma bola é lançada, na vertical, de encontro ao
mede:
solo, de uma altura H. Cada vez que bate no solo, ela sobe
a. 0,7m b.) 2m c.) 1m d.) 1,5m e.) 0,5m
até a metade da altura de que caiu. Determinar distância
total percorrida pela bola até atingir o repouso.
7. Uma sala de 0,007 Km de comprimento, 80dm de
a.) H b.) 1,5H c.) 2H d.) 2,5H e.) 3H largura e 400 cm de altura, tem uma porta de 2,40 m 2 de
área e uma janela de 2m2 de área. Sabendo-se que com 1
15. (TFC) Cinco números estão em progressão
litro de tinta pinta-se 0,04 dam2, indique a quantidade de
geométrica. Sabendo-se que o primeiro é igual a 2 e o
tinta necessária para pintar a sala toda, inclusive o teto.
último a 32, o valor do quarto número é:
a.) 59,4 litros b.) 35,9 litros c.) 44 litros
a.) 30 b.) 28 c.) 24 d.) 17 e.) 16
d.) 440 litros e.) 42,9 litros
16. (CESGRANRIO) Atualmente, Marcelo tem 12 anos e as
8. (TTN) No interior de um colégio há um grande pátio
idades de Pedro, Joana e Marcelo, em anos, formam,
quadrado composto de uma área calçada e outra não
nessa ordem, uma progressão geométrica de razão 2.
calçada, destinada aos alunos. A área calçada esta ao
Qual será a idade de Joana quando Pedro estiver com 5
redor da área não calçada e tem largura de 3 m de seus
anos?
lados paralelos. A área não calçada está para área total do
a.) 6 b.) 8 c.) 10 d.) 12 e.) 14 pátio, assim como 16 está para 25. O lado do pátio mede:
a.) 36 b.) 24 c.) 18 d.) 32 e.) 30
20 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
9. (TFC) Considere um círculo com 1,1 cm de diâmetro e 19. (MAPOFEI) Três terrenos têm frente para rua “A” e
um quadrado com 1cm de lado. A área do círculo: para a rua “B”, como na figura. As divisas laterais são
a.) é maior do que o dobro da área do quadrado. perpendiculares à rua “A”. Qual a medida da frente para a
b.) é  vezes a diagonal do quadrado. rua “B” do lote II, sabendo-se que a frente total para essa
c.) é o dobro da área do quadrado. rua é 120m?
d.) é igual a área do quadrado.
e.) é menor do que a área do quadrado.
Rua “B“
10. (TTN) Uma pessoa pretende medir a altura de um
poste baseado no tamanho de sua sombra projetada ao
solo. Sabendo-se que a pessoa tem 1,80m de altura e as I II III
sombras do poste e da pessoa medem 2 m e 60 cm
respectivamente, a altura do poste é:
a.) 6,0 b.) 7,0 c.) 8,0 d.) 6,5 e.) 7,5 40m 30m 20m
Rua “A”
11. (TTN) Na planta de um apartamento, as dimensões da
sala são: 9 cm de largura e 12 cm de comprimento. Ao a.) 20 b.) 40 c.) 60 d.) 90 e.) 120
construir o apartamento, a sala ficou com uma largura de
7,5 m. A medida do comprimento dessa sala é: 20. Uma rodovia será construída para ligar duas cidades
a.) 10,0 m b.) 11,0 m c.) 5,6 m d.) 9,0 m e.) 8,6 m A1 e A2, sendo que está última localiza-se a 20 Km a leste
e 20 Km ao sul de A1. No entanto, entre essas duas
12. Uma bola de borracha é abandonada de uma altura de cidades, existe um grande lagoa que impede a construção
0,9 m. Sabendo-se que ela volta até os 2/5 da altura donde da rodovia em linha reta. Para contornar a lagoa, a estrada
caiu, pergunta-se quantos metros percorreu a bola desde deverá ser feita em dois trechos, passando pela cidade
que foi abandonada até no chão pela segunda vez? A3, que está a 16 Km a leste e 17 Km ao sul de A1. O
a.) 1,42 b.) 1,45 c.) 1,52 d.) 1,55 e.) 1,62 comprimento, em Km, do trecho entre a cidade A3 e a
cidade A2 é igual a:
13. (MPU) Uma bola de tênis é abandonada de uma altura a.) 2 b.) 5 c.) 4 d.) 6 e.) 7
de 1,2 m. Sabendo-se que ela volta até os 3/8 da altura de
onde caiu, pergunta-se quantos metros percorreu essa 21. (AFTN) Uma ferrovia será construída para ligar duas
bola desde que foi abandonada até bater no chão pela cidades C1 e C2, sendo que está última localiza-se a 20
segunda vez. Km a leste e 20 Km ao sul de C1. No entanto, entre essas
a.) 1,56 b.) 1,65 c.) 2,1 d.) 2,2 e.) 3,2 duas cidades, existe um grande lagoa que impede a
construção da ferrovia em linha reta. Para contornar a
14. Uma pessoa pretende medir a altura de uma árvore lagoa, a estrada deverá ser feita em dois trechos,
baseado no tamanho de sua sombra projetada ao solo. passando pela cidadeC3, que está a 16 Km a leste e 18
Sabendo-se que a pessoa tem 1,60m de altura e as Km ao sul de C1. O comprimento, em Km, do trecho entre
sombras da árvore e da pessoa medem 15 m e 30 cm a cidade C3 e a cidade C2 é igual a:
respectivamente, a altura da árvore é: a.) 2/5 b.) 5/2 c.) 4/5 d.) 25 e.) 45
a.) 60 b.) 70 c.) 80 d.) 65 e.) 75
22. (FUVEST) Uma escada de 2,5 m de altura está apoiada
15. Uma pessoa pretende medir a altura de um edifício em uma parede e seu pé dista 1,5 m da parede. Determine
baseado no tamanho de sua sombra projetada ao solo. a altura Que a escada atinge na parede:
Sabendo-se que a pessoa tem 1,70 m de altura e as a.) 3 b.) 4,5 c.) 4 c.) 2 e.) 5
sombras do edifício e da pessoa medem 20 m e 20 cm
respectivamente, a altura do edifício é: 23. (FUVEST) Dois ciclistas partem de uma cidade em
a.) 160 b.) 110 c.) 120 d.) 170 e.) 115 direção reta, um em direção leste e outro em direção
norte. Determinar a distância que os separa depois de 2
16. Uma escada com 25 m de comprimento apóia-se num horas. Sabendo que a velocidade dos ciclistas são de 30
muro do qual seu pé dista 7 m. Se o pé da escada se Km/h e 45 Km/h respectivamente.
afastar mais 8 m do muro, qual o deslocamento verificado a.) 30.13 b.) 30 c.) 45.3 c.) 71.2 e.) 50.2
pela extremidade superior da escada?
a.) 6 b.) 5 c.) 8 d.) 4 e.) 7 24. (PUC) Um ciclista de uma prova de resistência deve
percorrer 500 Km sobre uma pista circular de raio 200 m.
17. Uma escada apóia-se num muro do qual seu pé dista 7 O número de voltas, aproximado, que ele deve dar é:
m está a uma altura de 24 m do solo. Qual o comprimento a.) 100 b.) 200 c.) 300 d.) 400 e.) 500
da escada
a.) 26 b.) 25 c.) 28 d.) 24 e.) 27 25. (PUC) Se uma pessoa der 4 voltas em torno de um
canteiro circular de 3m de diâmetro, essa pessoa
18. Uma escada apóia-se num muro do qual seu pé dista 6 percorrerá:
m está a uma altura de 8 m do solo. Qual o comprimento
a.) 12 b.) 15 c.) 16 c.) 18 e.) 35
da escada
a.) 16 b.) 15 c.) 11 d.) 14 e.) 10
26. (FEI) Num retângulo, a altura mede 3/4 da base. Se a
área desse retângulo é 9 m2, então seu perímetro em
metros é:
a.) 7.3 b.) 2.3 c.) 7/2 c.) 42 e.) 60

27. (FEI) Num retângulo, a altura é o triplo da base. Se o


perímetro desse retângulo é 24 cm. A área dele é, em cm 2
de:
a.) 9 b.) 3 c.) 27 d.) 54 e.) 60

slas1@uol.com.br 21
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
28. (FEI) Dois quadrados são tais que a área de um deles é 40. (AFC) Em um triângulo retângulo, um cateto mede 5
o dobro da área do outro. A diagonal do menor é 4. A cm e o comprimento da hipotenusa é igual ao
diagonal do maior é: comprimento do outro cateto mais 1 cm. O perímetro do
a.) 8 b.) 6 c.) 6.3 d.) 4.3 e.) 4.2 referido triângulo é:
a.) 13cm b.) 17cm c.) 20cm d.) 30cm e.) 42cm
29. (MACK) Se a altura de um triângulo equilátero mede 5
cm, então o perímetro do triângulo é igual é: 41. (AFC) Sabe-se que o volume de um cubo cujas arestas
a.) 15.2 b.) 10.2 c.) 10.3 c.) 15.3 e.) 20.5 medem 1m é igual a 1000 litros. Um reservatório tem a
forma de um prisma reto retangular cuja base, em seu
30. (MACK) Se a altura de um triângulo equilátero mede 3 interior, tem 30 m de comprimento e 10 m de largura. A
m, então a área do triângulo é igual é: quantidade de litros, a ser acrescentada para elevar o
a.) 15.2 b.) 5.3 c.) 10.3 c.) 15.3 e.) 3.3 nível de líquido do reservatório em 30 cm é igual a:
a.) 15 (102) b.) 25 (102) c.) 45 (103)
31. (PUC) Um quadrado e um triângulo equilátero tem d.) 75 (103) e.) 90 (103)
perímetros iguais. Se a diagonal do quadrado mede 9.2,
então a altura do triângulo mede: 42. (AFC) Um pequeno container em forma de
a.) 3 b.) 2.3 c.) 6.3 d.) 4.12 e.) 32.3 paralelepípedo pesa vazio 20 kg e tem como medidas
2 3 externas 50 cm de altura e base retangular com 3 dm por
400 mm. Considerando que ele está cheio de uma
32. (FEI) O lado de um quadrado mede 4 cm. A diagonal substância homogênea que pesa 1,5 kg por litro e que
desse quadrado tem a mesma medida da altura de um ocupa o espaço correspondente a 90% do seu volume
triângulo eqüilátero. A área desse triângulo é, em cm 2 externo, o peso total do container e da substância é, em
igual: quilogramas,
a.) 8. 2 b.) 4. 12 c.) 128 c.) 32.3 e.) 64.3 a.) 60 b.) 81 c.) 90 d.) 101 e.) 110
3 3 3 43. Sejam três retas: a reta R1 que é a bissetriz do
primeiro quadrante; a reta R2 que é a bissetriz do quarto
33. Um triângulo isósceles tem um perímetro de 16 cm e quadrante e a reta R3 que é dada pela equação x = 1. A
uma altura de 4 cm com relação à base (isto é, com área, em cm2, do triângulo cujos lados coincidem com
relação ao lado diferente dos demais). A área do triângulo essas três retas é:
é a.) 1,5 b.) 2,5 c.) 0,5 d.) 2 e.) 1
a.) 12 cm2 b.) 24 cm2 c.) 48 cm2
2 2 44. Em um triângulo retângulo, um dos catetos forma com
d.) 96 cm e.) 100 cm
a hipotenusa um ângulo de 450. Sendo a área do triângulo
34. (AFC) Considere as seguintes razões: igual a 8 cm2, então a soma das medidas dos catetos é
m1 = razão entre a circunferência e o diâmetro, em um igual a:
círculo de raio igual a 6 cm. a.) 8 cm2 b.) 16 cm c.) 4 cm d.) 16 cm2 e.) 8 cm
m2 = razão entre a circunferência e o diâmetro, em um
círculo de raio igual a 9 cm. 45. Um trapézio ABCD possui base maior igual a 20 cm,
Então: base menor igual a 8 cm e altura igual a 15 cm. Assim, a
a.) m2 = 0,5.m1 b.) m2 = m1 c.) m2 = 1,5.m1 altura, em cm, do triângulo limitado pela base menor e o
prolongamento dos lados não paralelos do trapézio é
d.) m2 = .m1 e.) m2 = 1,5..m1
igual a:
a.) 10 b.) 5 c.) 7 d.)17 e.) 12
35. (TTN) Um triângulo isósceles tem um perímetro de 32
cm e uma altura de 8 cm com relação à base (isto é, com 46. Um serralheiro precisa estimar o custo de estruturas
relação ao lado diferente dos demais). A área do triângulo de alumínio no formato de polígonos. Essas estruturas
é poligonais devem ter barras diagonais para reforçá-las. O
a.) 24 cm2 b.) 16 cm2 c.) 100 cm2 d.) 48 cm2 e.) 96 cm2 custo da estrutura metálica depende do número de barras
diagonais. O número de diagonais d de um polígono de n
36. (TTN) A área de um círculo localizado no segundo lados é dado por uma função quadrática. Vejamos, o
quadrante e cuja circunferência tangencia os eixos triângulo tem n = 3 lados e d = 0 diagonais, o quadrado
coordenados nos pontos (0,4) e (-4,0) é dada por tem n = 4 lados e d = 2 diagonais, o pentágono tem n = 5
a.) 4 b.) 32 c.) 16 d.) 8 e.) 2 lados e d = 5 diagonais e assim por diante.
Generalizando, em um polígono de n lados, o número de
37. (TTN) Os pontos A, B, C e D, não coincidentes, diagonais d é dado por:
encontram-se todos sobre uma mesma linha reta. Se B é o a) d = n.(n − 2).(n − 3)
ponto médio do segmento AD e se C é o ponto médio 4
b) d = (n − 2).(n − 3)
do segmento BD , o valor de AB é 6
AC
a.) 2/3 b.) 1/2 c.) 1/3 d.)1/4 e.) 3/4 c) d = (n − 2).(n − 3)
d) d = n.(n − 3)
38. (GDF) A carga de uma caneta esferográfica – um 2
reservatório cilíndrico – tem 2 mm de diâmetro e 10 cm de e) d = 2.(n − 3)
altura. Se forem gastos mais ou menos 10 mm 3 de tinta
por dia, a carga vai durar quantos dias? (=3,14) 47. Em um polígono de n lados, o número de diagonais
a.) 28 b.) 30 c.) 31 d.) 35 e.) 40 determinadas a partir de um de seus vértices é igual ao
número de diagonais de um hexágono. Desse modo, n é
39. (AFC) Em um triângulo ABC, o ângulo interno de igual a:
vértice A mede 50º. O ângulo formado pelas bissetrizes a) 11 b) 12 c) 10 d) 15 e) 18
dos ângulos internos B e C é:
a.) 30º b.) 45º c.) 115º d.) 120º e.) 135º
22 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
GABARITO 2. Uma escada deve ser construída para unir dois pisos
1. a.) 225 cm2 b.) 12 dm2 c.) 25 cm2 d.) 36 dm2 de um prédio. A altura do piso mais elevado em relação
2. a.) 240 m3 b.) 8.000 cm 3 c.) 4.500 mm3 ao piso inferior é de 8 cm. Para isso, foi construída uma
3. a.) 20 cm b.) 30 cm c.) 18 m d.) 42 m rampa plana para unir os dois pisos. Sabendo-se que o
ângulo formado pela rampa com um plano horizontal é de
4. E 5. C 6. E 7. E 8. E 9. E 10. A 33º, calcule aproximadamente o comprimento da rampa.
11. A 12. E 13. C 14. C 15. D 16. D 17. B (Dados: sen33º=0,54, cos33º=0,83, tg33º=0,64)
18. E 19. B 20. B 21. D 22. D 23. A 24. D a.) 14,8 cm b.) 14,0 cm c.) 15,0 cm
25. A 26. A 27. C 28. E 29. C 30. E 31. C d.) 15,5 cm e.) 15,2 cm
32. D 33. A 34. B 35. D 36. C 37. A 38. C
39. C 40. D 41. E 42. D 43. E 44. E 45. A 3. Uma pessoa de 1,50 m de altura, situada a 100 m de
46. D 47. B uma torre, avista o seu topo sob um ângulo de 60º com a
horizontal. Qual a altura da torre?
(Dados: sen60º=0,86, cos60º=0,50, tg60º=1,73).
a.) 174,5 m b.) 173,0 m c.) 86,6 m
RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS d.) 50,0 m e.) 17,45 m

1. Sabendo-se que sen36º=0,58, cos36º=0,80, tg36º =0,72, 4. (FUVEST) Dois pontos A e B estão situados na margem
sen28º=0,46, cos28º=0,88, tg28º=0,53, sen43º=0,68, de um rio e distantes 40 m um do outro. Um ponto C, na
cos43º=0,73 e tg43º=0,93, calcular o valor de x em cada outra margem do rio, está situado de tal modo que o
figura angulo do vértice A mede 75º e o angulo do vértice C
mede 75º. Determine a largura do rio:
a.) b.) a.) 40 b.) 20 c.) 20. 3 d.) 30 e.) 25

10 x x 5 5. Quando o sol está 27º acima do horizonte (ver figura, a


sombra de um edifício de 90 m de altura tem que
36º 36º comprimento?
Dados sen 27º = 0,45; cos 27º = 0,89; tg 27º = 0,50

c.) d.)

36º

20 4 x 27º
sombra
28º
a.) 140 b.) 160 c.) 150 d.) 180 e.) 170
x
e.) x f.) 6. Determine a medida de x do segmento BD, na figura a
10 seguir? (Dados: sen 27º=0,45, cos 27º=0,89, tg27º=0,50,
28º sen 10º = 0,17, cos 10º = 0,98, tg 10º = 0,17).
5
A
28º
x

g.) 20 h.) 27º 10º


B X D 30 C
43º
x a.) 10,2 b.) 10,6 c.) 11,5 d.) 11,8 e.) 12,0
x
7. Determine a medida de x do segmento AB, na figura a
43º
seguir? (Dados: sen 20º=0,34, cos 20º=0,93, tg20º=0,36,
sen 36º = 0,58, cos 36º = 0,80, tg 36º = 0,72).
5
B
i.)

x 8
X
43º

20º 36º
C 100 D A

a.) 70 b.) 77 c.) 86 d.) 80 e.) 72

slas1@uol.com.br 23
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
8. Dois níveis de uma praça estão ligados por uma rampa Se um pequeno avião partir do ponto A, no sentido do
de 3,25 m de comprimento e  graus de inclinação, ponto B, e exatamente no ponto C levantar vôo em linha
conforme a figura. Devem-se construir sobre a rampa reta, de modo que essa reta forme um ângulo com o plano
cinco degraus de mesma altura. Se sen  = 5/13, então a horizontal, qual deve ser a tangente do ângulo para que o
altura, em metros, de cada degrau será: avião passe exatamente 10 m acima da árvore?
a.) 1/4 b.) 1/3 c.) 1/5 d.) 1/6 e.) 1/8

12. Para obter a altura de uma torre, um topógrafo instala


o teodolito a 200 m do centro da base da mesma; o ângulo
indicado na figura mede 30º. Se a luneta do teodolito está
a 1,7 m do solo, então o valor aproximado da altura da
torre é: (Dados: sen30º=0,50, cos30º=0,86, tg30º=0,57.
a.) 0,15 b.) 0,25 c.) 0,30 d.) 0,35 e.) 0,65
9. Um alpinista deseja calcular a altura de uma encosta
que vai escalar. Para isso, afasta-se, horizontalmente, 80
m do pé da encosta (conforme figura) e visualiza o topo
sob um ângulo de 55º com o plano horizontal. Calcule a
altura a encosta.
(Dados: sen 55º = 0,81, cos 55º = 0,57e tg 55º = 1,42.

a.) 116 b.) 120 c.) 120,7 d.) 112 e.) 110,7
13. Assinale a alternativa que corresponde à área do
triângulo abaixo

22

30º
16
a.) 154,3 m b.) 113,6 m c.) 116,4 m
d.) 138,0 m e.) 117,9 m a.) 88. 3 b.) 84 c.) 88 d.) 84. 3 e.) 80

10. Um engenheiro deve medir a largura de um rio. Para 14. Assinale a alternativa que corresponde à área do
isso, fixa um ponto A na margem em que se encontra e triângulo abaixo
um ponto B na margem oposta (conforme figura). A
seguir, desloca-se 40 m perpendicularmente à reta AB até
o ponto C e mede o ângulo do vértice C, obtendo 44º.
Qual é a largura do rio?
(Dados: sen 44º = 0,69, cos 44º = 0,71, tg 44º = 0,96)

a.) 36 cm2 b.) 36. 2 cm2 c.) 39. 2 cm2


d.) 39. 3 cm2 e.) 39 cm2

15. Na figura abaixo, ABCD é um trapézio isósceles com


as seguintes medidas: AB = 7 cm, CD = 15 cm e α = 45º

a.) 40,6 b.) 36,7 c.) 35,0 d.) 38,4 e.) 33,7

11. A polícia federal localizou na floresta amazônica uma


pista de pouso clandestina com as seguintes
Então, a área desse trapézio, em cm2, é
características:
a.) 11. b.) 22. c.) 44. d.) 88. e.) 110.
 A pista media 300 m de comprimento, era plana e
horizontal;
 No final da pista havia um árvore de 30 m de altura,
(conforme figura).

GABARITO
1. a.) 5,8 b.) 4 c.) 14,4 d.) 1,84 e.) 2,65
f.) 11,36 g.) 18,60 h.) 3,65 i.) 5,44
2. A 3. A 4. B 5. D 6. A 7. E 8. B
9. B 10. D 11. B 12. A 13. C 14. E 15. C

24 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
ESTRUTURAS LÓGICAS NÚMERO DE LINHAS DA TABELA VERDADE
Iremos abordar uma diferente forma de argumentação que se Quando trabalhamos com tabela verdade, é sempre
associa diretamente com a língua portuguesa. Apesar de importante verificar quantas linhas deveremos analisar. E para
analisarmos frases muitas vezes de forma subjetiva a matéria isso é preciso conhecermos a seguinte fórmula:
que transmitirei a vocês abordará de forma simples, concisa e 2n
precisa conclusões das frases ligadas com a nossa língua. onde n é o número de proposições simples.
Porém, com a lógica não teremos como discutir a validade da
frase, pois ela irá detalhar precisamente o certo do errado. Por exemplo, caso formos analisar uma proposição composta
Vamos ao que interessa. com duas proposições simples (p e q), poderemos analisá-las
das seguintes maneiras:
PROPOSIÇÕES p q
Chama-se proposição toda sentença declarativa que pode ser V V
classificada ou só como verdadeira ou só como falsa. Temos V F
dois tipos de proposições: simples e composta. F V
F F
PROPOSIÇÕES SIMPLES
Chama-se proposição simples toda oração declarativa que Repare que fórmula já previa quatro linhas para serem
pode ser classificada ou só como verdadeira ou só como analisadas. 22 = 4 linhas
falsa. Representaremos uma proposição simples como uma
letra minúscula qualquer de nosso alfabeto. Vamos analisar agora uma proposição composta com três
proposições simples (p,q e r).
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO p q r
1. Das sentenças abaixo, assinale quais são proposições V V V
a.) O Chile e o Brasil. V V F
b.) Emerson é professor. V F V
c.) Ela é professora. V F F
d.) O Brasil foi campeão de futebol em 1982 F V V
e.) Que legal! F V F
f.) 5 x 4 = 20 F F V
g.) 4 x 2 + 1 > 4 F F F
h.) O Brasil perdeu o título
i.) X + Y é maior do que 7.
Repare que fórmula já previa oito linhas para serem
j.) Que horas são? analisadas. 23 = 8 linhas
k.) Aquela mulher é linda.
l.) O Brasil ganhou 5 medalhas de ouro em Atlanta EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
2. Assinale a alternativa que exibe a quantidade de linhas
que uma proposição composta com 8 proposições
GABARITO
simples pode possuir em uma tabela verdade.
1.
a.) 16 linhas
a) Não é proposição. b) É proposição. c)
b.) 32 linhas
Não é proposição. d) É proposição.
c.) 64 linhas
e) Não é proposição. f) É proposição. g) É
d.) 128 linhas
proposição. h) É proposição
e.) 256 linhas
i) Não é proposição j) Não é proposição k)
Não é proposição m) É proposição. 3. Assinale a alternativa que exibe a quantidade de linhas
que uma proposição composta com 6 proposições
PROPOSIÇÕES COMPOSTAS
simples pode possuir em uma tabela verdade.
Ao utilizarmos a linguagem combinamos idéias simples,
a.) 64 linhas
ligando as proposições simples através de símbolos lógicos,
b.) 128 linhas
formando assim as chamadas proposições compostas.
c.) 256 linhas
d.) 512 linhas
CONECTIVOS LÓGICOS
e.) 1024 linhas
Vejamos os conectivos (e seus símbolos ) que ligam as
proposições simples, formando as proposições compostas.
Conjunções XXX e YYY XXX  YYY
GABARITO
2. E 3. A
Disjunções não
XXX ou YYY XXX  YYY
excludentes

Disjunções
Ou XXX ou YYY XXX  YYY
excludentes

Condicionais XXX então YYY XXX  YYY


NEGAÇÃO (¬p)
Bicondicionais XXX se e somente se YYY XXX YYY
Uma proposição quando negada, recebe valores lógicos
opostos dos valores lógicos da proposição original. O símbolo
Para analisar os valores lógicos das proposições compostas,
que iremos utilizar é ¬p.
iremos utilizar uma tabela que prevê todos os possíveis
p ¬p
valores lógicos que uma sentença pode possuir a partir dos
V F
valores lógicos das proposições simples. O nome desta tabela
é: TABELA VERDADE. F V

slas1@uol.com.br 25
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
VALORES LÓGICOS DAS PROPOSIÇÕES COMPOSTAS gerando uma idéia verdadeira à frase como um todo.

TABELA VERDADE DO CONECTIVO E, CONJUNÇÃO ( ^ ) Paris não se situa na África ou a África não uma
Iremos estudar a lógica entre duas proposições p e q através população predominante negra.
do uso a conjunção “e”. Simbolicamente temos p ^ q (lê-se p Repare que a primeira proposição é verdadeira e a segunda é
e q). Este conectivo traduz a idéia de simultaneidade. falsa, gerando uma idéia verdadeira à frase como um todo

Assim, uma proposição composta do tipo: p ^ q é verdadeira Paris situa-se na África ou a África tem uma população
apenas quando as proposições simples p e q forem predominante negra.
simultaneamente verdadeiras, em qualquer outro caso p^q é Repare que a primeira proposição é falsa e a segunda é
falsa. verdadeira, gerando uma idéia verdadeira à frase como um
todo
Resumindo na tabela verdade:
p q p^q Paris situa-se na África ou a África não tem uma
V V V população predominante negra.
V F F Repare que as duas proposições simples são falsas, gerando
F V F uma idéia falsa à frase como um todo.
F F F

A conjunção p ^ q é verdadeira se p e q são verdadeiras ao


mesmo tempo. E caso uma delas for falsa, então p ^ q é
falsa. Veja o exemplo abaixo com frases.
TABELA VERDADE DO CONECTIVO OU, DISJUNÇÃO
Paris não se situa na África e a África tem uma população EXCLUSIVA ( )
predominante negra. Iremos estudar a lógica entre duas proposições p e q através
Repare que as duas proposições simples são verdadeiras, do uso da disjunção exclusiva “ou”. Simbolicamente temos p
gerando uma idéia verdadeira à frase como um todo.  q (lê-se p ou q). Este conectivo traduz a idéia hipóteses
mutuamente exclusivas.
Paris não se situa na África e a África não tem uma
população predominante negra. Antes de continuar qualquer tipo de explicação é importante
Repare que a primeira proposição é verdadeira e a segunda é salientar a diferença entre os dois tipos de “ou”. Esse “ou“ que
falsa, gerando uma idéia falsa à frase como um todo. iremos abordar, dá a idéia de exclusão plena: “ou Irei ao
shopping ou ao estádio”. Repare que o personagem ou vai ao
Paris situa-se na África e a África tem uma população shopping ou vai ao estádio, ele não poderá ir aos dois locais
predominante negra. ao mesmo tempo. Temos aqui, a idéia da disjunção que
Repare que a primeira proposição é falsa e a segunda é estamos apresentando.
verdadeira, gerando uma idéia falsa à frase como um todo
Uma proposição composta do tipo p  q é verdadeira quando
apenas uma das proposições simples forem verdadeiras,
Paris situa-se na África e a África não tem uma população sendo falsa quando ambas forem falsas ou ambas
predominante negra. verdadeiras.
Repare que as duas proposições simples são falsas, gerando
uma idéia falsa à frase como um todo. Resumindo na tabela verdade:
p q pq
TABELA VERDADE DO CONECTIVO OU, DISJUNÇÃO V V F
NÃO EXCLUSIVA () V F V
Iremos estudar a lógica entre duas proposições p e q através F V V
do uso da disjunção não exclusiva “ou”. Simbolicamente F F F
temos p  q (lê-se p ou q). Este conectivo traduz a idéia de
que pelo menos uma das hipóteses ocorre. A disjunção p  q é verdadeira se ao menos uma das
proposições p ou q é verdadeira, caso p e q são falsas ao
Assim, uma proposição composta do tipo p  q é verdadeira mesmo tempo então p  q é falsa. Veja o exemplo abaixo
quando pelo menos uma das proposições simples forem com frases.
verdadeiras, sendo falsa apenas quando ambas forem falsas.
Ou Sérgio mora em Curitiba ou mora em Fortaleza.
Resumindo na tabela verdade: Repare que se as duas proposições simples forem
p q pq verdadeiras, Sérgio morará nas duas cidades. Sabemos que
V V V uso deste conectivo lógico significa que ele poderá morar em
V F V apenas uma das cidades, ou Curitiba ou Fortaleza.
F V V
F F F
EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO
A disjunção p  q é verdadeira se ao menos uma das 4. Classifique em verdadeira ou falsa cada uma das
proposições p ou q é verdadeira. Caso p e q são falsas ao seguintes proposições compostas.
mesmo tempo então p  q é falsa. Veja o exemplo abaixo com a.) 40 = 1  22 = 4
frases. b.) 2! = 2 ^ 0! =1
c.) 40 = 1  23 = 6
Paris não se situa na África ou a África tem uma d.) 2! = 2 ^ 0! =0
população predominante negra. e.) 1! = 0 ^ 0! = 0
Repare que as duas proposições simples são verdadeiras,

26 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
5. Sejam as proposições:
p: A vaca foi para o brejo q: O boi seguiu a vaca. Este conectivo traduz a idéia de condição. Assim, uma
Forme sentenças, na linguagem natural, que proposição composta do tipo p → q só é falsa se tivermos p é
correspondam às proposições abaixo: verdadeira e q falsa; em qualquer outro caso, ela é
a.) ¬p verdadeira.
b.) ¬q Resumindo na tabela-verdade:
c.) p ^ q p q p→q
d.) p  q V V V
e.) ¬p ^ q V F F
f.) p  ¬q F V V
g.) ¬(p ^ q F F V
h.) ¬(p  q)
i.) ¬p  ¬q O condicional p → q é falso somente quando p é verdadeira e
q é falsa; caso contrário, p→q será verdadeiro
6. Sejam as proposições simples.
p: João é alto q: João é jogador de Basquete. Como este conectivo é muito difícil de entender, vamos
Escreva na forma simbólica imaginar a seguinte situação: Imaginemos que você seja uma
a.) João não é alto. pessoa que normalmente carrega seu guarda chuva na sua
b.) Não é verdade que João não é alto. bolsa ou mala ou de qualquer outra forma. Suponha, também,
c.) João é alto e é jogador de basquete. que está chovendo é uma frase verdadeira e que levar o
d.) João não é alto e é jogador de basquete. guarda chuva também será verdadeira.
e.) João não é alto ou não é jogador de basquete.
f.) João não é jogador de basquete. Se não está chovendo então eu levo o guarda chuva.
g.) Não é verdade que João não é jogador de basquete. Esta frase pode ser falada por uma pessoa com esse perfil,
h.) João é alto ou é jogador de basquete. pois chovendo ou não ela carrega o guarda chuva. Logo,
i.) João é alto e não é jogador de basquete. concluímos que causa falsa e efeito verdadeiro, gera uma
j.) Não é verdade que João é alto e é jogador de basquete. frase verdadeira como um todo.
k.) Não é verdade que João é alto ou é jogador de basquete.
l.) Não é verdade que João não é alto ou é jogador de Se não está chovendo então eu não levo o guarda chuva.
basquete. Esta frase pode ser falada por uma pessoa com esse perfil,
m.) João não é alto nem é jogador de basquete. pois chovendo ou não ela carrega o guarda chuva. Logo,
concluímos que causa falsa e efeito falso, gera uma frase
verdadeira como um todo.
GABARITO
4. Vamos interpretar as duas situações acima. Pessoas que
a) verdadeira b) verdadeira c) verdadeira normalmente carregam seu guarda chuva, em dias que
d) falsa e) falsa não chove, elas podem ou não carregar seu guarda
chuva. Por isso que as frases acima são verdadeiras.
5.
a) A vaca não foi para o brejo. Se está chovendo então eu levo o guarda chuva.
b) O boi não seguiu a vaca. Esta frase pode ser falada por uma pessoa com esse perfil,
c) A vaca foi para o brejo e o boi seguiu a vaca. pois está realmente chovendo e com certeza ela irá carregar o
d) A vaca foi para o brejo ou o boi seguiu a vaca. guarda chuva. Logo, concluímos que causa verdadeira e
e) A vaca não foi para o brejo e o boi seguiu a vaca. efeito verdadeiro, gera uma frase verdadeira como um todo.
f) A vaca foi para o brejo ou o boi não seguiu a vaca.
g) Não é verdade que a vaca foi para o brejo e o boi seguiu a Se está chovendo então eu não levo o guarda chuva.
vaca. Esta frase NÃO pode ser falada por uma pessoa com esse
h) Não é verdade que a vaca foi para o brejo ou o boi seguiu a perfil, pois se chove, pessoas com esse perfil com certeza
vaca. levarão seu guarda chuva. Logo, concluímos que causa
i) A vaca não foi para o brejo ou o boi não seguiu a vaca. verdadeira e efeito falso, gera uma frase falsa como um todo.

6. Vamos interpretar as duas situações acima. Pessoas que


a) ¬p b) ¬(¬p) c) p  q d) ¬p  q normalmente carregam seu guarda chuva, em dias que
e) ¬p  ¬q f) ¬q g) ¬( ¬q) h) p  q chove, elas sempre carregarão seu guarda chuva. Por
i) p  ¬q j) ¬( p  q) k) ¬( p  q) l) ¬( ¬p  q) isso que das duas frases acima uma é verdadeira e a
m) ¬p  ¬q outra é falsa.

TABELA VERDADE DO CONECTIVO SE XXX ENTÃO YYY ,


CONDICIONAL ( → )
Iremos estudar a lógica entre duas proposições p e q através
do uso da condicional “Se xxx então yyy”. Simbolicamente
temos p → q (lê-se se p então q). Este conectivo traduz a
ideia de condição, em outras palavras, causa e efeito.
É importante apresentar um outro conceito que costuma cair
de uma frase condicional.
Temos p → q.
p é condição suficiente para q. Ou ainda p é chamado de
causa.
q é condição necessária para p Ou ainda q é chamado de
consequência ou efeito

slas1@uol.com.br 27
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
ATENÇÃO ESPECIAL EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
Devemos tomar muito cuidado em provas, pois está 7. Classifique em verdadeira ou falsa cada uma das
virando um costume das bancas examinadoras utilizarem seguintes proposições compostas:
o conectivo “Se... então...” usando outras construções a.) 2! = 2  0! = 1
gramaticais que dão o mesmo sentido. b.) 22 = 4  32 = 6
Irei apresentar uma frase utilização o conectivo “Se... c.) 20 = 0  0! = 0
então...” e logo abaixo outras construções gramaticais d.) 22 = 4  32 = 9
que dão o mesmo sentido que a frase apresentada: e.) 2 é ímpar  3 é ímpar
f.) 2 - 1 = 1  5 + 7 = 3 x 4
Se Ana é feliz então Carla é médica.
g.) 52 = 25  3 - 4 = -1
Se Ana é feliz, Carla é médica.
h.) 2 é par  3 é impar
Ana é feliz então Carla é médica.
Carla é médica se Ana é feliz. i.) 52 = 125  3 - 4 = 7
Quando Ana é feliz, Carla é médica. j.) 2 é ímpar  3 é par
Carla é médica quando Ana é feliz.
Sempre que Ana é feliz, Carla é médica. 8. Sejam as proposições:
Carla é médica sempre que Ana é feliz. p: A vaca foi para o brejo q: O boi seguiu a vaca.
Enquanto Ana é feliz, Carla é médica. Forme sentenças, na linguagem natural, que correspondam às
Carla é médica enquanto Ana é feliz. proposições abaixo:
Caso Ana é feliz, Carla é médica. a.) p  q
Carla é médica caso Ana é feliz. b.) ¬p  ¬q
c.) ¬(p  q)
d.) (p  q)  ¬q
Outros conectivos também estão sendo abordados com e.) p  ¬(p  q)
construções gramaticais que dão o mesmo sentido. f.) ¬p  q
Porém, fica difícil abordá-los da mesma forma como g.) p  q
abordamos o conectivo “Se... então...”. h.) ¬p  ¬q
i.) p  ¬(p  q)
j.) ¬p  ¬(p  q)
TABELA VERDADE DO CONECTIVO XX SE E SOMENTE
SE YY, BICONDICIONAL () 9. Sejam as proposições:
Iremos estudar a lógica entre duas proposições p e q através p: João é alto q: João é jogador de Basquete
do uso da bicondicional “ xxx se somente se yyy”. Escreva na forma simbólica
Simbolicamente temos p  q (lê-se p se e somente se q). a.) Se João não é alto então ele é jogador de basquete.
Este conectivo traduz a idéia de bicondição. Este conectivo b.) Se João não é alto então ele não é jogador de basquete.
não é muito usado em nossa língua portuguesa,usamos mais c.) É mentira que se João não é alto então ele é jogador de
em frases matemáticas,para provar certas teorias. basquete.
d.) João é alto se e somente se ele não é jogador de
Temos p  q. basquete.
p é condição suficiente e necessária para q. Ou ainda p é e.) João não é alto se e somente se ele é jogador de
chamado de causa e efeito ao mesmo tempo. basquete.
q é condição necessária e suficiente para p Ou ainda q é f.) João não é alto se e somente se ele não é jogador de
chamado de causa e efeito ao mesmo tempo. basquete.
g.) É mentira que João não é alto se e somente se ele é
Este conectivo traduz a idéia de bicondição. Assim, uma jogador de basquete.
proposição composta do tipo pq só será falsa se tivermos p h.) É mentira que João não é alto se e somente se ele não é
e q apresentando valores lógicos diferentes; e se p e q jogador de basquete.
possuírem os mesmos valores lógicos a frase será verdadeira. i.) Se João é alto então ele é jogador de basquete.
Resumindo na tabela-verdade: j.) Se João é alto então ele não é jogador de basquete.
p q pq k.) Não é verdade que se João é alto então ele é jogador de
V V V basquete.
V F F l.) Não é verdade que se João é alto então ele não é jogador
F V F de basquete.
F F V

A bicondicional p  q só será falsa se tivermos p e q GABARITO


apresentarem valores lógicos diferentes; e se p e q são 7.
proposições com os mesmos valores lógicos a frase será a) verdadeira b) falso c) verdadeira
verdadeira. d) verdadeira e) falso f) verdadeiro
g) verdadeira h) verdadeira i) verdadeira
2 x 3 = 6 se e somente se 2 + 2 + 2 = 6. Conclusão V j) verdadeira
V V
8.
2 x 3 = 6 se e somente se 2 + 2 + 2 ≠ 6. Conclusão F a) Se a vaca foi para o brejo então o boi seguiu a vaca.
V F b) Se a vaca não foi para o brejo então o boi não seguiu a
vaca.
2 x 3 ≠ 6 se e somente se 2 + 2 + 2 = 6. Conclusão F c) Não é verdade que a vaca foi para o brejo se e somente se
F V o boi seguiu a vaca.
d) Se a vaca foi para o brejo e o boi seguiu a vaca então o boi
2 x 3 ≠ 6 se e somente se 2 + 2 + 2 ≠ 6. Conclusão V não seguiu a vaca.
F F e) Se a vaca foi para o brejo então não é verdade que a vaca
28 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
foi para o brejo ou o boi seguiu a vaca. CONTRADIÇÃO
f) Se a vaca não foi para o brejo então o boi seguiu a vaca. Vamos determinar os possíveis valores lógicos da proposição
g) A vaca foi para o brejo se e somente se o boi seguiu a p. ¬p, construindo a seguinte tabela verdade:
vaca.
h) A vaca não foi para o brejo se e somente se o boi não p ¬p p ^ ¬p
seguiu a vaca. V F F
i) Se a vaca foi para o brejo então não é verdade que a vaca F V F
foi para o brejo e o boi seguiu a vaca.
j) Se a vaca não foi para o brejo então não é verdade que a Exemplo: “Hoje é sábado e hoje não é sábado”
vaca foi para o brejo ou o boi seguiu a vaca.
9. Sempre que uma proposição composta recebe todos os seus
a) ¬p  q b) ¬p  ¬q c) ¬(¬p  q) possíveis valores lógicos falsos, independentemente dos
d) p  ¬q e) ¬p  q f) ¬p  ¬q valores lógicos das proposições simples componentes, dizem
g) ¬(¬p  q) h) ¬(¬p  ¬q) i) p  q j) p  ¬q que a proposição em questão é uma CONTRADIÇÃO
k) ¬(p  q) l) ¬(p  ¬q)

TAUTOLOGIA
Vamos determinar todos os possíveis valores lógicos da
proposição p  ¬p, construindo a seguinte tabela verdade
MONTAGEM DE TABELAS VERDADES
Pelo uso repetido dos conectivos estudados e da negação, p ¬p p  ¬p
podemos construir proposições compostas progressivamente V F V
mais complexas, cujos valores lógicos não temos condições F V V
de determinar imediatamente. No entanto, o valor de uma
proposição sempre pode ser determinado a partir dos valores Exemplo: “O céu está claro ou não está.”
lógicos das proposições simples componentes e dos
conectivos utilizados. Um modo organizado, sistemático, de Sempre que uma proposição composta recebe todos os seus
fazer isso é a utilização de uma tabela com todas as possíveis possíveis valores lógicos verdadeiros, independentemente dos
combinações entre os valores lógicos das proposições valores lógicos das proposições simples componentes,
componentes e com o correspondente valor lógico da dizemos que a proposição em questão é uma Tautologia
proposição composta. A partir do uso desta técnica, podemos
descobrir os valores lógicos das proposições compostas e
verificar se elas são equivalentes, ou negações, ou EQUIVALÊNCIAS LÓGICAS:
tautológicas, contraditórias ou ainda contingentes. Dizemos que duas proposições compostas são equivalentes
quando os valores lógicos das suas tabelas verdades são
equivalentes. Vejamos se essas duas frases são equivalentes:
DUPLA NEGAÇÃO ¬(p) p→q e ¬pq
A dupla negação nada mais é do que a própria proposição.
Isto é, p = ¬(¬p) p q ¬p p→q ¬p  q
V V F V V
p ¬p ¬(¬p)
V F F F F
V F V
F V V V V
F V F
F F V V V
¬(¬p) = p
Percebe-se que os valores lógicos das duas proposições
Exemplos compostas analisadas são equivalentes. Desse modo
Vamos determinar todos os possíveis valores lógicos da podemos dizer que elas são equivalentes.
proposição p ^ ¬q, construindo a seguinte tabela-verdade:
p q ¬q p ^ ¬q Analisando outras frases.
V V F F A proposição “Não é verdade que nossos produtos são caros
V F V V e duram pouco” é equivalente a “Nossos produtos não são
F V F F caros ou não duram pouco”.
F F V F
Vamos verificar:
Vamos determinar todos os possíveis valores lógicos da p: Nossos produtos são caros
proposição ¬p  ¬q construindo a seguinte tabela-verdade: ¬p: Nossos produtos não são caros
p q ¬p ¬q ¬p  ¬q q: Nossos produtos duram pouco
V V F F F ¬q: Nosso produtos não duram pouco
V F F V V ¬(p ^ q): Não é verdade que nossos produtos são caros e
F V V F V duram pouco.
¬p  ¬q: Nossos produtos não são caros ou não duram pouco.
F F V V V
p q ¬p ¬q p^q ¬(p ^ q) ¬p  ¬q
CONTINGÊNCIA V V F F V F F
Sempre que uma proposição composta recebe valores lógicos V F F V F V V
falsos e verdadeiros, independentemente dos valores lógicos F V V F F V V
das proposições simples componentes, dizemos que a F F V V F V V
proposição em questão é uma CONTINGÊNCIA.
Como podemos notar ¬(p ^ q) ≡ ¬p  ¬q

slas1@uol.com.br 29
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
Analogamente, podemos verificar que a proposição “Não é 14. (FT) Chama-se tautologia a toda proposição que é
verdade que Bráulio passou no concurso ou se matou.” sempre verdadeira, independentemente da verdade dos
Garante o mesmo que “Bráulio não passou no concurso e não termos que a compõem. Um exemplo de tautologia é:
se matou.” a.) Se João é alto, então João é alto ou Guilherme é gordo
b.) Se João é alto, então João é alto e Guilherme é gordo
Vamos verificar: c.) Se João é alto ou Guilherme é gordo, então Guilherme é
p: Bráulio passou no concurso. gordo
¬p: Bráulio não passou no concurso. d.) Se João é alto ou Guilherme é gordo, então João é alto e
q: Bráulio se matou. Guilherme é gordo
¬q: Bráulio não se matou. e.) Se João é alto ou não é alto, então Guilherme é gordo
¬(p  q):Não é verdade que Bráulio passou no concurso ou se
matou. 15. Se A, B, C são sentenças verdadeiras e X, Y, Z são
¬p ^ ¬q: Bráulio não passou no concurso e não se matou. sentenças falsas, então os valores de verdade de (¬A ^
¬X)  (Y → C), B → (Y → Z) e B → Z respectivamente são:
p q ¬p ¬q pq ¬(p  q) ¬p ^ ¬q a.) V, V, F
V V F F V F F b.) F, V, F
V F F V V F F c.) F, F, V
F V V F V F F d.) V, F, F
F F V V F V V e.) V, F, V

Como podemos notar ¬(p  q) ≡ ¬p ^ ¬q 16. Considere as seguintes correspondências


I. p → (p  ¬q)
II. (p → p) → p
NEGAÇÃO DE PROPOSIÇÕES COMPOSTAS III. p → [(p → q) → q]
Dizemos que uma proposição composta é a negação da outra Assinale a alternativa correta:
quando os valores lógicos das suas tabelas verdades são a.) I é contingente, II é contraditória e III é tautológica
opostas. Vejamos se uma frase é a negação da outra e vice- b.) I é tautológica, II é contraditória e III é contingente
versa: p → q e p ^ ¬q c.) I é tautológica, II é contraditória e III é tautológica
d.) I é tautológica, II é contingente e III é tautológica
p q ¬q p→q p ^ ¬q e.) I é contingente, II é contingente e III é contingente
V V F V F
17. (ICMS) Se você se esforçar, então irá vencer. Assim
V F V F V sendo,
F V F V F a.) seu esforço é condição suficiente para vencer.
F F V V F b.) seu esforço é condição necessária para vencer.
c.) Se você não se esforçar, então não irá vencer.
Como podemos notar ¬(p → q) ≡ p ^ ¬q. d.) você vencerá só se esforçar.
Em outras palavras, a negação da proposição p→q é p ^ ¬q e.) mesmo que você se esforce, você não vencerá.

Percebe-se que os valores lógicos das duas proposições


compostas analisadas são opostas. Desse modo podemos
dizer que uma é a negação da outra e vice versa.

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO
10. Se A, B e C são enunciados verdadeiros e X, Y e Z são
enunciados falsos. Classifique os enunciados abaixo em
verdadeiros ou falsos:
a.) (C  Z) ^ (Y  B)
b.) (A ^ B)  (X ^ Y)
c.) ¬(B  X) ^ ¬(Y  Z)
d.) ¬(C  B)  ¬(¬X ^ Y)
e.) ¬B  X
f.) ¬X  A
g.) ¬X  Y
h.) X → (Y → Z)
i.) (X → Y) → Z
j.) (A → B) → Z

11. Mostre que a proposição (p  q)  ¬p é uma


contradição. GABARITO
10.
a) V b) V c) F d) V e) F f) V
12. Mostre que a proposição (p  q)  ¬p é uma tautologia. g) V h) V i) F j) F

11. é contradição
13. Mostre que a proposição (p  q)  ¬p é uma 12. é tautologia
13. é contingência
contingência.
14. A 15. A 16. D 17. A

30 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
RESUMÃO EQUIVALÊNCIAS LÓGICAS
CONECTIVOS LÓGICOS
:e  : ou  : ou ..... ou  : PROPRIEDADE DAS EQUIVALÊNCIAS LÓGICAS
então ↔ : se e somente se
1. “Então virando então” (inverte e nega)
TABELAS VERDADES p → q ≡ ¬q → ¬p
P Q PQ PQ PQ PQ P↔Q
V V V V F V V EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
V F F V V F F 1. Sejam p e q duas proposições. A proposição p → ¬q
F V F V V V F equivale a:
F F F F F V V a.) ¬p → q
b.) ¬p → ¬q
REGRA DOS CONECTIVOS c.) q → ¬p
Regra do “e”: Um FALSO deixa tudo FALSO. d.) ¬q → p
Regra do “ou”: Um VERDADEIRO deixa tudo e.) p → q
VERDADEIRO.
Regra do “ou... ou ...”: SÓ UMA frase pode ser 2. “Se x = 3, então y = 7.”. Pode-se concluir que:
VERDADEIRA. a.) se x  3, então y  7
Regra do “então”: Vera Fischer é FALSA. b.) se y = 7, então x = 3
Regra do “se e somente se”: Os DOIS lados tem que ser c.) se y  7, então x  3
IGUAIS. d.) se x = 3, então y  7
e.) se x = 7, então y = 3
Número de linhas de uma tabela verdade = 2n.
3. “Se x > 3, então y < 7.”. Pode-se concluir que:
POR QUE DEVEMOS MONTAR TABELAS VERDADE? a.) se x < 3, então y > 7
1º MOTIVO: Encontrar frases tautológicas. b.) se y > 7, então x < 3
O que é tautologia? c.) se y  7, então x  3
É uma tabela verdade que apresenta APENAS d.) se x  3, então y  7
VALORAÇÕES VERDADEIRAS. e.) se y = 7, então x = 3

2º MOTIVO : Encontrar frases contraditórias. 4. (FCC) Um economista deu a seguinte declaração em


O que é contradição? uma entrevista: “Se os juros bancários são altos, então a
É uma tabela verdade que apresenta APENAS inflação é baixa”. Uma proposição logicamente
VALORAÇÕES FALSAS. equivalente à do economista é:
a.) se a inflação não é baixa, então os juros bancários não são
3º MOTIVO: Encontrar frases contingentes. altos.
O que é contigência? b.) se a inflação é alta, então os juros bancários são altos.
É uma tabela verdade que apresenta VALORAÇÕES c.) se os juros bancários não são altos, então a inflação não é
FALSAS e VERDADEIRAS. baixa.
d.) os juros bancários são baixos e a inflação é baixa.
4º MOTIVO: Descobrir quais são as valorações que uma e.) ou os juros bancários, ou a inflação é baixa.
frase possui.
5. (MPU) Uma sentença logicamente equivalente a: “Se
5º MOTIVO: Descobrir quantas valorações verdadeiras e Pedro é economista, então Luíza é solteira” é:
falsas uma frase possui. a.) Pedro é economista ou Luíza é solteira.
b.) Pedro é economista ou Luíza não é solteira.
6º MOTIVO: Descobrir frases equivalentes. c.) Se Luíza é solteira, Pedro é economista.
Duas frases são equivalentes, quando suas tabelas d.) Se Pedro não é economista então Luíza não é solteira.
verdades são exatamente iguais. e.) Se Luíza não é solteira então Pedro não é economista.

7º MOTIVO: Descobrir frases que negam. 6. (ICMS) Se Rodrigo mentiu, então ele é culpado. Logo,
Duas frases se negam, quando suas tabelas verdades são a.) Se Rodrigo não é culpado, então ele não mentiu.
exatamente opostas. b.) Rodrigo é culpado.
c.) Se Rodrigo não mentiu, então ele não é culpado.
d.) Rodrigo mentiu.
e.) Se Rodrigo é culpado, então ele mentiu.

7. (TST) A Seguradora Sossego veiculou uma propaganda


cujo slogan era: “Sempre que o cliente precisar, terá
Sossego ao seu lado.”
Considerando que o slogan seja verdadeiro, conclui-se
que, necessariamente, se o cliente
a.) não precisar, então não terá Sossego ao seu lado.
b.) não precisar, então terá Sossego ao seu lado.
c.) não tiver Sossego ao seu lado, então não precisou.
d.) tiver Sossego ao seu lado, então não precisou.
e.) tiver Sossego ao seu lado, então precisou.

8. (PREFEITURA/SP) De acordo com o novo projeto


implantado pelo setor de informática de um banco,
sempre que o sistema integrado principal cair, o sistema
slas1@uol.com.br 31
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
auxiliar estará pronto para entrar em funcionamento. EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
Considerando que essa informação esteja correta, pode- 1. Considere a proposição: “Não é verdade que Sansão é
se concluir que, necessariamente, forte e Dalila é linda.” Qual das a firmações abaixo
a.) o sistema auxiliar só estará pronto para entrar em equivale a proposição mencionada:
funcionamento quando o sistema integrado principal cair. a.) Se Dalila não é linda, então Sansão é forte.
b.) o sistema integrado principal cairá sempre que o sistema b.) Sansão não é forte ou Dalila não é linda.
auxiliar estiver pronto para entrar em funcionamento. c.) Não é verdade que Sansão é forte e Dalila é linda.
c.) se o sistema integrado principal não cair, então o sistema d.) Sansão não é forte ou Dalila é linda.
auxiliar não estará pronto para entrar em funcionamento. e.) Sansão não é forte e Dalila é linda.
d.) se o sistema auxiliar não estiver pronto para entrar em
funcionamento, então o sistema integrado principal não terá 2. A frase “Não é verdade que Pedro não é pedreiro ou
caído. Paulo é paulista” equivale a:
e.) se o sistema auxiliar estiver pronto para entrar em a.) Se Pedro é pedreiro, então Paulo é paulista
funcionamento, então o sistema integrado principal terá caído. b.) Paulo é paulista e Pedro é pedreiro
c.) Pedro não é pedreiro e Paulo é paulista
d.) Pedro é pedreiro e Paulo não é paulista
GABARITO e.) Se Pedro não é pedreiro, então Paulo não é paulista
1. C 2. C 3. C 4. A 5. E 6. A
7. C 8. D GABARITO
1. B 2. D

2. “Ou virando então” (nega a primeira, mantém a NEGAÇÕES LÓGICAS


segunda) ou “Então virando ou”
p  q ≡ ¬p → q EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
1. Sejam p e q duas proposições. A negação p ^ q
EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO equivale a:
1. Sejam p e q duas proposições. A proposição p  ¬q a.) ¬p  ¬q
equivale a: b.) ¬p ^ ¬q
a.) ¬p → ¬q c.) ¬p  q
b.) p → ¬q d.) ¬p ^ q
c.) ¬p  q e.) p ^ ¬q
d.) ¬p → q
e.) p ^ ¬q 2. Sejam p e q duas proposições. A negação p  ¬q
equivale a:
2. Sejam p e q duas proposições. A proposição ¬p → q a.) ¬p  ¬q
equivale a: b.) ¬p ^ ¬q
a.) ¬p  ¬q c.) ¬p  q
b.) ¬p ^ ¬q d.) ¬p ^ q
c.) p  q e.) p ^ ¬q
d.) ¬p ^ q
e.) p  ¬q
GABARITO
3. (FT) Dizer que “Pedro não é pedreiro ou Paulo é 1. E 2. E
paulista” é, do ponto de vista lógico, o mesmo que dizer
que:
a.) Se Pedro é pedreiro, então Paulo é paulista QUESTÕES QUE USAM MAIS DE UMA PROPRIEDADE
b.) Se Paulo é paulista, então Pedro é pedreiro
c.) Se Pedro não é pedreiro, então Paulo é paulista EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
d.) Se Pedro é pedreiro, então Paulo não é paulista 1. Sejam p e q duas proposições. A negação p ^ q
e.) Se Pedro não é pedreiro, então Paulo não é paulista equivale a:
a.) ¬p → ¬q
4. Dizer que “Ana não é alegre ou Beatriz é feliz” é do b.) ¬q → ¬p
ponto de vista lógico, o mesmo que dizer: c.) ¬p → q
a.) se Ana não é alegre, então Beatriz é feliz. d.) q → ¬p
b.) se Beatriz é feliz, então Ana é alegre. e.) q → p
c.) se Ana é alegre, então Beatriz é feliz.
d.) se Ana é alegre, então Beatriz não é feliz. 2. Sejam p e q duas proposições. A negação p → q
e.) se Ana não é alegre, então Beatriz não é feliz. equivale a:
a.) ¬p  ¬q
GABARITO b.) ¬p ^ ¬q
1. A 2. C 3. A 4. C c.) ¬p  q
d.) ¬p ^ q
e.) p ^ ¬q
3. Distributiva com inversão do conectivo
¬(p ^ q) ≡ ¬p  ¬q ou ¬(p  q) 3. Sejam p e q duas proposições. A proposição ¬p  q
≡ ¬p ^ ¬q equivale a:
a.) ¬p ^ ¬q
Obs: essa propriedade só pode ser aplicadas para os b.) ¬p → ¬q
conectivos “e” ou “ou”. c.) ¬p → q
d.) ¬p  ¬q
e.) ¬q → ¬p
32 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
4. A negação da afirmação condicional “Ana é feliz e LÓGICA DE ARGUMENTAÇÃO
Beatriz é triste” é: Objetivo principal deste tópico é analisar quais das conclusões
a.) Se Ana é feliz então Beatriz é triste. apresentadas é a correta de uma história que será
b.) Se Beatriz não é triste então Ana é feliz. apresentada no enunciado da questão:
c.) Se Ana não é feliz então Beatriz é triste.
d.) Se Ana não é feliz então Beatriz não triste. O que é um argumento?
e.) Se Beatriz é triste então Ana não é feliz. Argumento é um conjunto de premissas (frases que são
sempre verdadeiras) que geram uma conclusão que poderá
5. (FT) A negação da afirmação condicional “se estiver ser verdaeira ou falsa.
chovendo, eu levo o guarda-chuva” é:
a.) Se não estiver chovendo, eu levo o guarda-chuva Temos dois casos para analisar:
b.) Não está chovendo e eu levo o guarda-chuva 1º Caso: Argumento Válido.
c.) Não está chovendo e eu não levo o guarda-chuva Neste caso temos um conjunto de premissas que geram uma
d.) Se estiver chovendo, eu não levo o guarda-chuva conclusão verdadeira.
e.) Está chovendo e eu não levo o guarda-chuva
2º Caso: Argumento Inválido.
6. (FCC) Considere a seguinte afirmação: Neste caso temos um conjunto de premissas que geram uma
Se José estuda com persistência, então ele faz uma boa conclusão que pode ser ou falsa ou ambígua (conclusão que
prova e fica satisfeito. ao mesmo tempo pode ser verdadeira ou falsa).
Uma afirmação que é a negação da afirmação acima é
a.) José estuda com persistência e ele não faz uma boa prova Vamos ver como se aplica esta técnica em 3 exemplos:
e ele não fica satisfeito.
b.) José não estuda com persistência e ele não faz uma boa Exemplo 1. (MPU) Se Ana não é advogada, então Sandra é
prova ou fica satisfeito. secretária. Se Ana é advogada, então Paula não é
c.) José estuda com persistência ou ele faz uma boa prova ou professora. Ora, Paula é professora. Portanto:
ele não fica satisfeito. a.) Ana é advogada.
d.) José estuda com persistência e ele não faz uma boa prova b.) Sandra é secretária.
ou ele não fica satisfeito. c.) Ana é advogada, ou Paula não é professora.
e.) Se José fica satisfeito então ele fez uma boa prova e d.) Ana é advogada, e Paula é professora.
estudou com persistência. e.) Ana não é advogada e Sandra não é secretária.
7. Se Elaine não ensaia, Elisa não estuda. Logo, Exemplo 2: (AFC) Se Beto briga com Glória então Glória
a.) Elaine ensaiar é condição necessária para Elisa não vai ao cinema. Se Glória vai ao cinema, então Carla fica
estudar. em casa. Se Carla fica em casa, então Raul briga com
b.) Elaine ensaiar é condição suficiente para Elisa estudar. Carla. Ora Raul não briga com Carla. Logo,
c.) Elaine não ensaiar é condição necessária para Elisa não a.) Carla não fica em casa e Beto não briga com Glória.
estudar. b.) Carla fica em casa e Glória vai ao cinema.
d.) Elaine não ensaiar é condição suficiente para Elisa c.) Carla não fica em casa e Glória vai ao cinema.
estudar. d.) Glória vai ao cinema e Beto briga com Glória.
e.) Elaine ensaiar é condição necessária para Elisa estudar. e.) Glória não vai ao cinema e Beto briga com Glória.
8. (TRF4ª) “Se vou ao shopping, então faço compras”. Exemplo3: (FT) Se o jardim não é florido, então o gato
Supondo verdadeira a afirmação anterior, e a partir dela, mia. Se o jardim é florido, então o passarinho não canta.
pode-se concluir que Ora, o passarinho canta. Logo:
a.) sempre que vou ao shopping compro alguma coisa. a.) O Jardim é florido e o gato mia.
b.) para fazer compras, preciso ir ao shopping. b.) O Jardim é florido e o gato não mia.
c.) posso ir ao shopping e não fazer compras. c.) O Jardim não é florido e o gato mia.
d.) somente vou ao shopping. d.) O Jardim não é florido e o gato não mia.
e.) só posso fazer compras em um lugar específico. e.) Se o passarinho canta, então o gato não mia.

GABARITO
1. B 2. A 3. C

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO
1. (AFTN) José quer ir ao cinema assistir ao filme “Fogo
contra fogo”, mas não tem certeza se o mesmo será
exibido. Seus amigos, Maria, Luís e Júlio tem opiniões
discordantes sobre se o filme está ou não em cartaz. Se
Maria estiver certa, então Júlio está enganado. Se Júlio
está enganado, então Luís está enganado. Se Luís está
enganado, então o filme não estará exibido. Ora, ou filme
“Fogo contra Fogo” está sendo exibido, ou José não irá
ao cinema. Verificou-se que Maria está certa. Logo:
a.) O filme “Fogo contra Fogo” está sendo exibido.
b.) Luís e Júlio não estão enganados.
GABARITO c.) Júlio está enganado, mas não Luís.
1. D 2. E 3. E 4. E 5. E 6. D d.) Luís está enganado, mas não Júlio.
7. E 8. A 9. C e.) José não irá ao cinema.

slas1@uol.com.br 33
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
2. (AFTN) Se Nestor disse a verdade, Júlia e Raul 8. (AFC) Se Carlos é mais velho do que Pedro, então Maria
mentiram. Se Raul mentiu, Lauro falou a verdade. Se e Júlia têm a mesma idade. Se Maria e Júlia têm a mesma
Lauro falou a verdade, há um leão feroz nesta sala. Ora, idade, então João é mais moço do que Pedro. Se João é
não há um leão feroz nesta sala. Logo: mais moço do que Pedro, então Carlos é mais velho do
a.) Nestor e Júlia disseram a verdade. que Maria. Ora, Carlos não é mais velho do que Maria.
b.) Nestor e Lauro mentiram. Então,
c.) Raul e Lauro mentiram. a.) Carlos não é mais velho do que Júlia, e João é mais moço
d.) Raul mentiu ou Lauro disse a verdade. do que Pedro.
e.) Raul e Júlia mentiram. b.) Carlos é mais velho do que Pedro, e Maria e Júlia têm a
mesma idade.
3. (TFC) Ou Celso compra um carro, ou Ana vai à África, c.) Carlos e João são mais moços do que Pedro.
ou Rui vai a Roma. Se Ana vai à África, então Luís compra d.) Carlos é mais velho do que Pedro, e João é mais moço do
um livro. Se Luís compra um livro, então Rui vai a Roma. que Pedro.
Ora, Rui não vai a Roma, logo: e.) Carlos não é mais velho do que Pedro, e Maria e Júlia não
a.) Celso compra um carro e Ana não vai à África. têm a mesma idade.
b.) Celso não compra um carro e Luís não compra o livro.
c.) Ana não vai à África e Luís compra um livro. 9. (FT) Um rei diz a um jovem sábio: “dizei-me uma frase e
d.) Ana vai à África ou Luís compra um livro. se ela for verdadeira prometo que vos darei ou um cavalo
e.) Ana vai à África e Rui não vai a Roma. veloz, ou uma linda espada, ou a mão da princesa; se ela
for falsa, não vos darei nada”. O jovem sábio disse, então:
4. (FT) Se Frederico é francês, então Alberto não é “Vossa majestade não me dará nem o cavalo veloz, nem a
alemão. Ou Alberto é alemão, ou Egídio é espanhol. Se linda espada”. Para manter a promessa feita, o rei:
Pedro não é português, Frederico é francês. Ora, nem a.) deve dar o cavalo veloz e a linda espada.
Egídio é espanhol nem Isaura é italiana. Logo: b.) deve dar a mão da princesa, mas não o cavalo veloz nem
a.) Pedro é português e Frederico é francês. a linda espada.
b.) Pedro é português e Alberto é alemão. c.) deve dar a mão da princesa e o cavalo veloz ou a linda
c.) Pedro não é português e Alberto é alemão. espada.
d.) Egídio é espanhol ou Frederico é francês. d.) deve dar o cavalo veloz ou a linda espada, mas não a mão
e.) Se Alberto é alemão, Frederico é francês. da princesa.
e.) não deve dar nem o cavalo veloz, nem a linda espada,
5. (FCC) Ou Carlos fica nervoso ou Júlia grita. Se Manuel nem a mão da princesa.
chega correndo, então Júlia não grita. Se Manuel não
chega correndo, então Marina descansa. Marina não
descansa. A partir dessas informações, pode-se concluir
corretamente que
a.) Manuel chega correndo e Júlia grita.
b.) Marina descansa.
c.) Carlos não fica nervoso e Marina descansa.
d.) Carlos fica nervoso.
e.) Se Manuel não fica nervoso, então Marina grita.

6. (FCC) Se o diretor está no escritório, então Rodrigo não


joga no computador e Tomás não ouve rádio. Se Tomás
não ouve rádio, então Gabriela pensa que Tomás não
veio. Se Gabriela pensa que Tomás não veio, então ela
fica mal humorada. Gabriela não está mal humorada. A
partir dessas informações, é possível concluir,
corretamente, que
a.) o diretor não está no escritório e Tomás não ouve rádio.
b.) Gabriela pensa que Tomás não veio e Tomás não ouve
rádio.
c.) o diretor está no escritório e Tomás ouve rádio.
d.) Tomás não ouve rádio e Gabriela não pensa que Tomás
não veio.
e.) o diretor não está no escritório e Gabriela não pensa que
Tomás não veio.

7. (FCC) Considere verdadeiras as afirmações:


I. Se Ana for nomeada para um novo cargo, então Marina
permanecerá em seu posto.
II. Marina não permanecerá em seu posto ou Juliana será
promovida.
III. Se Juliana for promovida então Beatriz fará o
concurso.
IV. Beatriz não fez o concurso.
A partir dessas informações, pode-se concluir
corretamente que
a.) Beatriz foi nomeada para um novo cargo.
b.) Marina permanecerá em seu posto. GABARITO
c.) Beatriz não será promovida. 1. E 2. B 3. A 4. B 5. D 6. E
d.) Ana não foi nomeada para um novo cargo. 7. D 8. E 9. B
e.) Juliana foi promovida.
34 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
PROVAS DA FAE 7. Imagine uma eleição envolvendo 3 candidatos A, B, C e
33 eleitores (votantes). Cada eleitor vota fazendo uma
ordenação dos três candidatos. Os resultados são os
TJ 2009 TÉCNICO seguintes:
ORDENAÇÃO Nº DE VOTANTES
1. Três amigas estavam de férias em três cidades
ABC 10
diferentes. Com base nas informações abaixo, descubra o
ACB 04
nome do lugar e o número do quarto de hotel em que Ana,
BAC 02
Claudia e Vanessa estavam hospedadas.
BCA 07
Pessoas: Ana, Claudia, Vanessa CAB 03
Lugares: Gramado, Canela, Blumenau
CBA 07
Números dos quartos no hotel: 503, 149, 358
TOTAL DE VOTANTES 33
A pessoa de Blumenau deixa o seu quarto número 149
para ir fazer compras. A primeira linha do quadro descreve que 10 eleitores
Uma hora depois, liga para Cláudia, que está hospedada escolheram A em 1o lugar, B em 2o lugar e C em 3o lugar e
em um hotel em Gramado. assim por diante.
Enquanto isso, Vanessa vê televisão no seu quarto Considere o sistema de eleição no qual cada candidato
número 358. ganha 3 pontos quando é escolhido em 1o lugar, 2 pontos
a) Gramado – 149; Canela – 358; Blumenau – 503 quando é escolhido em 2o lugar e 1 ponto se é escolhido
b) Gramado – 358; Canela – 149; Blumenau – 503 em 3o lugar. O candidato que acumular mais pontos é
c) Gramado – 149; Canela – 503; Blumenau – 358 eleito. Nesse caso:
d) Gramado – 503; Canela – 358; Blumenau – 149 a) A é eleito com 70 pontos. b) A é eleito com 68 pontos.
e) Gramado – 358; Canela – 503; Blumenau – 149 c) B é eleito com 70 pontos. d) B é eleito com 68 pontos.
2.Quatro amigas foram a um show, e uma delas entrou e) C é eleito com 68 pontos.
sem pagar. Um fiscal quer saber quem foi a penetra.
8. Doentildes é uma menina muito doente. Ela tem hoje
- Eu não fui, disse Barbara.
exatamente 230 bactérias no seu corpo que causam uma
- Foi a Patrícia, disse Carla. certa doença. As bactérias aumentam em número de 270
- Foi a Carla, disse Mariana. por dia. Porém, hoje, (1.o dia) ela começou a tomar um
- A Mariana não tem razão, disse Patrícia.
remédio que vai matar 1 bactéria. Amanhã o remédio
Só uma delas mentiu. Quem não pagou a entrada? matará 2 bactérias e assim por diante, sempre dobrando o
a) Bárbara. b) Carla. c) Mariana. número de bactérias mortas no dia anterior. Quantas
d) Patrícia. e) Impossível determinar. bactérias Doentildes terá no 3o dia?
a) 780 b) 750 c) 759 d) 763 e) 767
3. Uma perereca caiu em um fosso de 20 m de
profundidade. Na sua busca por sobrevivência, a perereca 9. Com relação à questão anterior, quantas bactérias o
conseguiu subir 3 m cada dia, e deslizava à noite, remédio matará no 8o dia?
descendo 2 m. Quantos dias a perereca demorou para sair a) 1725 b) 1865 c) 1875 d) 1880 e) 1715
do fosso?
a) 20 b) 19 c) 18 d) 17 e) 16 10. Ainda em relação à questão trinta e três (33), em
quantos dias ela estará totalmente curada?
4. Em determinada hora do dia, um prédio projeta uma a) 16 b) 8 c) 10 d) 12 e) 14
sombra de 15 m no solo, enquanto uma ripa de madeira
de 2 m, perpendicular ao solo, projeta uma sombra de 120 11. Um historiador comentou em sala de aula: “Meu
cm. Nessas condições, qual a altura do prédio? tataravô nasceu no século 18. O ano em que nasceu era
a) 9 b) 18 c) 36 d) 30 e) 25 um cubo perfeito. O ano em que morreu era um quadrado
perfeito. O quanto viveu, também era um quadrado
5. Em relação à questão anterior, quantos andares tem perfeito.” Quantos anos viveu o tataravô do historiador?
esse prédio, sabendo-se que cada andar tem 3 m de altura a) 36 b) 30 c) 32 d) 34 e) 40
e o andar térreo tem 4 m de altura?
a) 9 b) 8 c) 7 d) 6 e) 5 12. Um rapaz decide subir uma montanha no feriado. Ele
sobe a montanha a uma velocidade de 2 km/h e desce
6. Aproveitando parte de um muro já existente e com 120 com uma velocidade de 6 km/h. Qual será a velocidade
m de arame, deseja-se construir um alambrado retangular média do percurso (considerando ida e volta) ?
para proteger uma determinada área. Quais devem ser as a) 6 km/h b) 3 km/h c) 5 km/h
dimensões do alambrado para que a área cercada seja de d) 4 km/h e) 2 km/h
1000 m2?
a) 60 m e 40 m ou 10 m e 100 m 13. Um atleta nadou, hoje, 500 metros. Nos próximos dias,
b) 50 m e 20 m ou 10 m e 100 m ele pretende aumentar gradativamente essa marca
c) 50 m e 20 m ou 60 m e 40 m nadando, a cada dia, uma mesma distância a mais do que
d) 50 m e 40 m ou 60 m e 10 m nadou no dia anterior. No 15o dia, ele quer nadar 3300
e) 60 m e 10 m ou 50 m e 40 m metros. Determine a distância que ele deverá nadar a mais
por dia.
a) 100 m b) 150 m c) 200 m
d) 250 m e) 50 m

14. Ainda em relação à questão anterior, determine a


distância que deverá nadar no 10o dia.
a) 2500 m b) 1300 m c) 1800 m
d) 2000 m e) 2300 m

slas1@uol.com.br 35
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
15. Uma maquete de uma casa foi construída na escala 3. Três amigos receberam um prêmio de loteria e
1:40. As dimensões da maquete são: comprimento 62,5 dividiram o valor total da seguinte maneira: o primeiro
cm e largura 20 cm. Quais as dimensões reais da casa? recebeu 2/5 desse valor, o segundo recebeu 3/10 o
a) 25 m x 8 m b) 2500 m x 800 m terceiro recebeu R$ 400.000,00 mais 1/4. É correto afirmar
c) 500 m x 160 m d) 250 m x 80 m que
e) 50 m x 16 m a) o primeiro recebeu a menor quantia.
b) o segundo recebeu a maior quantia.
16. Um caminhão-pipa entra em um posto com uma carga c) o terceiro recebeu a maior quantia.
de 10800 litros de gasolina. Ele vai descarregar essa d) o primeiro e o segundo receberam a mesma quantia.
gasolina, colocando no reservatório 1200 litros por e) o segundo e o terceiro receberam a mesma quantia.
minuto. A quantidade de litros varia em função do tempo
de descarga em que C representa a carga do caminhão, 4. Dois números são tais que o primeiro está para o
em litros, e t, o tempo de descarga, em minutos. Nessas segundo assim como 3 está para 4. Sabendo que a soma
condições, após quantos minutos de descarga o dos dois números é 42, é correto afirmar que
caminhão estará praticamente vazio? a) a diferença entre o maior e o menor é 12.
a) 0,9 minuto b) 9 minutos c) 8 minutos b) o produto entre eles é 430.
d) 0,8 minuto e) 18 minutos c) o máximo divisor comum entre eles é 6.
d) o mínimo múltiplo comum entre eles é 36.
17. Três minutos após o início da operação de descarga, e) o menor é divisível por 12.
quantos litros de gasolina ainda restam na carga do
caminhão? 5. Um posto de combustíveis anuncia o litro de gasolina
a) 9600 litros b) 12000 litros c) 7200 litros por R$ 2,52, após ter efetuado um aumento de 13%. Qual
d) 14400 litros e) 10000 litros era o valor do litro da gasolina antes do aumento?
a) 2,44. b) 2,19. c) 2,23. d) 2,37. e) 2,28.
18. Se cada lado de um quadrado é acrescido de 6 cm,
6. Efetuando-se a divisão 1,3333...  0,3333... . Obtemos o
sua área aumenta de 1008 cm2. Nessas condições,
determine a área do quadrado original.
a) 81 cm2 b) 324 cm2 c) 419904 cm2 número
d) 209952 cm2 e) 1296 cm2 a) 1,1111... b) 2,3333... c) 3
d) 4 e) 4,3333...
19. A área do quadrado que tem o valor do lado
aumentado é
a) 1404 cm2. b) 1188 cm2. c) 216 cm2. GABARITO
d) 419796 cm2. e) 209844 cm2. 9. E 10. D 11. E 12. C 13. C 14. D

20. Se de cada 10 kg de morango resultam 25 tortas, PROVAS DA UFPR


quantos kg de morango serão necessários para se obter
200 tortas de morango? 1. João tinha R$ 1.200,00 e Antonio, R$ 900,00.
a) 125 b) 120 c) 80 d) 40 e) 45 Resolveram aplicar em uma única conta de investimentos,
porque a remuneração era melhor para depósitos maiores
que R$ 2.000,00. Depois de certo tempo, decidiram
GABARITO resgatar o montante e dividi-lo proporcionalmente aos
1. D 2. D 3. D* 4. E 5. B 6. B 7. D valores investidos. Quanto coube a cada um, sabendo
8. D 9. X 10. D 11. A 12. B 13. C 14. E que o montante era de R$ 2.870,00?
15. A 16. C 17. C 18. X 19. X 20. C a) R$ 1.690,00 e R$ 1.180,00
b) R$ 1.640,00 e R$ 1.230,00
*Não concordo com o gabarito oficial da banca que é C c) R$ 1.620,00 e R$ 1.250,00
X – questão anulada d) R$ 1.615,00 e R$ 1.255,00

OUTRAS PROVAS DA FAE 2. Em uma pesquisa sobre pratos mais procurados em


restaurantes, na qual 800 pessoas foram consultadas,
1. Um prêmio no valor de R$ 5.400,00 vai ser dividido apurou-se que 24% dessas pessoas preferem saladas;
entre dois amigos, na razão direta de seus respectivos 12%, massas; 28%, peixes; 36%, carnes. Então, dentre
números de filhos e na razão inversa de seus respectivos essas pessoas:
salários mensais. O primeiro tem 3 filhos e salário mensal a) 192 preferem saladas e 288 preferem carnes.
de R$ 1.000,00, o segundo tem salário mensal de R$ b) 224 preferem carnes e 96 preferem massas.
2.000,00 e 2 filhos. Qual a parte do prêmio que caberá ao c) 202 preferem saladas e 230 preferem peixes.
primeiro amigo? d) 216 preferem peixes e 104 preferem massas.
a) R$ 1.350,00. b) R$ 2.314,29. c) R$ 2.700,00.
d) R$ 3.085,71. e) R$ 4.050,00. 3. Um salário de R$ 600,00 teve um aumento de 8% e, em
seguida, novo aumento, dessa vez de 5%. O aumento
2. Uma loja de departamentos atribuiu a um aparelho total, relativo a R$ 600,00, foi de:
televisor aumentos sucessivos em seu valor. O primeiro a) 13,4% b) 13% c) 9,5% d) 14,2%
aumento foi de 10%, em seguida 5% e, no final, um
aumento de 2%. O consumidor que adquiriu esse 4. Se uma lâmpada ficar acesa ininterruptamente e durar
aparelho após esses três acréscimos pagou um valor final exatamente 2000 horas, terá ficado acesa por:
com reajuste total, em porcentagem, equivalente a a) 82 dias e 20 horas b) 83 dias e 8 horas
a) 16,21%. b) 17%. c) 17,5%. c) 84 dias e 10 horas d) 85 dias
d) 17,81%. e) 18,25%.

36 slas1@uol.com.br
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
5. As dimensões de uma fotografia são 9 cm de largura e 1. João trabalha como vendedor em uma loja e recebeu
12 cm de comprimento. Para ficar melhor em um porta- uma proposta de mudança do cálculo do seu salário. Pelo
retrato, a fotografia será ampliada de modo que a largura contrato atual, o seu salário mensal é de R$430,00.
seja 12 cm. Na ampliação, para que as imagens não se Segundo a proposta, o salário mensal terá uma parte fixa
deformem, é necessário que a razão entre as dimensões de R$ 120,00, mais 5% sobre o total de vendas que João
seja mantida. Então, o comprimento deverá ser, em realizar no mês. Para avaliar a mudança, João precisa
centímetros: saber qual é o total mensal de vendas necessário para, no
a) 15 b) 16 c) 18 d) 20 mínimo, manter o salário igual ao atual. Esse total é de:
a) R$ 4.800,00 b) R$ 5.200,00
6. Um relógio marca 8:10. Depois de funcionar c) R$ 6.000,00 d) R$ 6.200,00
ininterruptamente por 19.800 segundos, que horas estará
marcando? 2. Um texto de 80 laudas plenas está digitado em formato
a) 20:00 b) 18:30 c) 15:10 d) 13:40 de 40 linhas por página e 90 caracteres por linha. Qual
será o número de laudas, no caso de o mesmo texto ser
7.Em uma agência de correio, são vendidas caixas para digitado no formato de 60 linhas por página e 100
envio de encomendas na seguinte proporção: 56% de caracteres por linha?
tamanho médio, 12% de tamanho grande e 32% de a) 48 b) 52 c) 56 d) 64
tamanho pequeno. Se o gerente pretende ter no estoque
250 caixas na mesma proporção das vendas, deverá ter, 3. No mês de agosto de 2003, os jornais que circulam em
respectivamente, dos tamanhos médio, grande e Curitiba noticiaram que equipes de fiscalização de
pequeno: combustível detectaram irregularidades na mistura de
a) 125, 30 e 95 b) 95, 125 e 30 álcool à gasolina. Conforme as especificações da Agência
c) 80, 140 e 30 d) 140, 30 e 80 Nacional de Petróleo, a mistura deve ser de 25% de álcool
e 75% de gasolina, sendo permitida uma variação de 1%
8. Qual das alternativas abaixo representa corretamente a para mais ou para menos. Considere a seguinte situação:
expressão matemática da frase "a soma de três números um tanque cuja capacidade é de 1.000 litros contém 800
consecutivos é 696"? litros de combustível. O exame de uma amostra revela
a) x  (x  1) + (x +2) = 696 que esse combustível é composto por 19% de álcool e
b) x  2x  3x = 696 81% de gasolina. Quantos litros de álcool devem ser
c) 3x  1  1 = 696 adicionados ao combustível nesse tanque, de modo que a
mistura fique com exatamente 25% de álcool?
d) x  x  x = 696
a) 48 b) 56 c) 64 d) 72
9. Um retângulo de medidas 30 cm por 48 cm deve ser 4. Um grupo de pessoas interessadas em encaminhar
totalmente preenchido com quadrados, todos do mesmo uma ação contatou um advogado. Para iniciar os
tamanho. Qual deve ser a medida do lado do maior trabalhos, ele solicitou a documentação pertinente e um
quadrado que satisfaz o enunciado? pagamento de R$ 2.400,00. Esse valor seria dividido em
a) 12 cm b) 6 cm c) 3 cm d) 2 cm partes iguais entre as pessoas do grupo. Ocorreu que,
enquanto se decidia a forma de encaminhamento, quatro
10. Um trajeto pode ser percorrido em 7 horas, à pessoas desistiram, e assim a parcela que caberia a cada
velocidade média de 75 km/h. Se a velocidade média for pessoa que continuou no grupo aumentou em R$ 50,00.
de 100 km/h, o tempo necessário será de: Quantas pessoas formavam o grupo inicial?
a) 6 horas e 5 minutos b) 4 horas e 45 minutos a) 15 b) 16 c) 18 d) 20
c) 5 horas e 15 minutos d) 5 horas e 25 minutos
5. As especificações de uma fita de vídeo, quanto ao
11. Um folheto de publicidade é feito em papel sulfite que tempo de gravação, são: duas horas de gravação, se for
tem massa de 75 g por m2. Se o folheto tem 8 folhas usado o modo padrão, e seis horas, se for usado o modo
retangulares de medidas 15 cm por 20 cm, a massa de econômico. Sabendo-se que essa fita foi gravada
papel em cada exemplar é de: inicialmente por 25 minutos no modo padrão, durante
a) 15 g b) 18 g c) 25,5 g d) 33,5 g quanto tempo ainda poderá ser gravada no modo
econômico, se for mantida a gravação já feita?
12. Um grupo de amigos decidiu comprar um presente a) 5 horas e 20 minutos b) 4 horas e 55 minutos
para o chefe, dividindo a despesa igualmente entre eles. c) 4 horas e 45 minutos d) 4 horas e 30 minutos
Na hora de coletar o dinheiro, faltavam 3 pessoas do
grupo inicial e, assim, cada um dos presentes teve que 6. Em um escritório, havia 30 processos para serem
pagar R$ 2,00 a mais do que pagaria se o grupo estivesse relatados. Os funcionários A, B, C e D assumiram o
completo. Sabendo que o valor a ser dividido era de R$ trabalho pela remuneração total de R$ 2.250,00.
120,00, o número de pessoas que pagaram foi: Combinou-se que a divisão desse valor seria feita de
a) 15 b) 12 c) 9 d) 6 modo que as remunerações individuais recebidas pelos
quatro funcionários fossem diretamente proporcionais ao
número de processos relatados por cada um deles.
Terminado o trabalho, constatou-se que todos haviam
relatado o mesmo número de processos, exceto o
funcionário A, que relatou o dobro do número de cada um
dos outros. Então, a remuneração que cabe ao
funcionário A é de:
a) R$ 820,00 b) R$ 900,00
GABARITO c) R$ 920,00 d) R$ 950,00
1. B 2. A 3. A 4. B 5. B 6. D 7. D
8. A 9. B 10. C 11. B 12. B GABARITO
1. D 2. A 3. C 4. B 5. C 6. B

slas1@uol.com.br 37
Sérgio Altenfelder Matemática Tribunal de Justiça PR
TJ/PR - 2014 técnico 7 - Um mastro é mantido na vertical por meio de dois
cabos de 10 m de comprimento. O primeiro está fixado a 6
1 - Uma caixa contém certa quantidade de lâmpadas. Ao m da base do mastro, e o segundo a 2,8 m da base,
retirá-las de 3 em 3 ou de 5 em 5, sobram 2 lâmpadas na conforme indica a figura. Determine a distância x entre as
caixa. Entretanto, se as lâmpadas forem removidas de 7 alturas dos pontos de fixação dos cabos no mastro.
em 7, sobrará uma única lâmpada. Assinale a alternativa
correspondente à quantidade de lâmpadas que há na
caixa, sabendo que esta comporta um máximo de 100
lâmpadas.
a) 36. b) 57.
c) 78. d) 92.

2 - Devido a um acidente ocorrido em alto mar, uma


grande quantidade de óleo está vazando de um navio
cargueiro. Suponha que a mancha de óleo gerada por
esse vazamento esteja se espalhando uniformemente em
todas as direções e que, após algumas horas do início do
vazamento, estima-se que a mancha terá assumido o
formato circular, com raio de 500 metros. Qual será a área
coberta pelo óleo nesse momento? (Use  = 3,14)
a) 0,157 km2. b) 0,471 km2.
2
c) 0,785 km . d) 1,57 km2.
a) 1,2 m. b) 1,6 m.
3 - Após viajar 300 km e chegar ao seu destino, um c) 2,4 m. d) 2,8 m.
motorista percebeu que, se sua velocidade média na
viagem tivesse sido 10 km/h superior, ele teria diminuído 8 - Após o processo de recuperação de uma reserva
o tempo da viagem em 1 hora. Quanto tempo o motorista ambiental, uma espécie de aves, que havia sido extinta
gastou na viagem? nessa reserva, foi reintroduzida. Os biólogos
a) 6 horas. b) 5,5 horas. responsáveis por essa área estimam que o número P de
c) 5 horas. d) 4,5 horas. aves dessa espécie, t anos após ser reintroduzida na
reserva, possa ser calculado pela expressão
4 - Abaixo estão representados os primeiros passos da
construção de uma sequência de figuras formadas por
quadrados. Nessa sequência, cada figura é obtida a partir
da figura anterior seguindo-se certa regra, conforme
indicado a seguir: De acordo com essa estimativa, quantos anos serão
necessários para dobrar a população inicialmente
reintroduzida?
a) 2 anos. b) 4 anos.
c) 8 anos. d) 16 anos.

9 - Suponha que o tempo necessário para se tomar uma


decisão esteja relacionado com o número de escolhas de
que se dispõe. Nesse caso, um modelo matemático que
fornece o tempo de reação R, em segundos, em função do
número de escolhas N, é dado pela expressão:
R = 0,17 + 0,44 log(N)
Seguindo essa mesma regra, quantos quadrados terá a De acordo com esse modelo, quando o número de
figura do passo 20? escolhas for reduzido de 100 para 10, qual será o
a) 125 quadrados. b) 421 quadrados. percentual de diminuição no tempo de reação,
c) 653 quadrados. d) 761 quadrados. aproximadamente?
a) 26%. b) 42%.
5 - Um grupo de alunos deseja comprar um livro como c) 55%. d) 88%.
presente para sua professora. Se cada aluno contribuir
com R$ 9,00 para a compra do livro, haverá R$ 11,00 de 10 - Um investimento rende juros compostos a uma taxa
troco ao final. Por outro lado, se cada aluno contribuir de 6% ao ano. Depois de quantos anos, um valor inicial de
com R$ 6,00, faltarão R$ 16,00 para completar o valor do R$ 1.000,00 chegará ao valor de R$ 10.000,00 com esse
livro. Qual é o preço do livro? investimento? (Use log(1,06) = 0,025)
a) R$ 56,00. b) R$ 64,00. a) 20 anos. b) 30 anos.
c) R$ 70,00. d) R$ 85,00. c) 40 anos. d) 50 anos.

6 - Um tanque é abastecido com água por três torneiras,


cada uma com uma vazão diferente, que podem ser
abertas e fechadas individualmente. Quando o tanque se
encontra vazio, cada uma delas é capaz de enchê-lo em 2,
5 e 10 horas individualmente. Se as três torneiras forem
abertas simultaneamente, no momento em que o tanque
está vazio, quanto tempo será necessário para enchê-lo? GABARITO
a) 1 hora e 15 minutos. b) 1 hora e 48 minutos. 1. D 2. C 3. A 4. D 5. C 6. A
c) 3 horas e 20 minutos. d) 7 horas e 12 minutos. 7. B 8. B 9. B 10. C

38 slas1@uol.com.br

Você também pode gostar