Você está na página 1de 33

12 Intervenções da Psicoterapia Cognitivo

Comportamental para Ajudar seu Cliente a


EMAGRECER SEM DIETAS RESTRITIVAS
e Indicar NOVOS CLIENTES para Você!
‘’Não é possível ajudar efetivamente
o seu cliente a emagrecer sem
considerar a maneira como ele
pensa, sente e se comporta.’’
O
lá, gostaria de agradecer
o s e u i n t e re s s e p e l o
ebook. Ele foi elaborado
com muito carinho para que você
consiga, de uma maneira simples,
prática e estruturada, conduzir os
processos de emagrecimento dos
seus clientes, com o passo a passo
que considero importante e que
utilizo nos meus processos.

N
ovas abordagens
precisam ser incluídas
nesse processo e a
mentalidade de dietas precisa ser
desconstruída.

Sinto que estamos no caminho!


SUMÁRIO

Quem sou eu? ........................................................................................... 4


Introdução ................................................................................................. 5
A Dieta faz o seu cliente engordar...................................................... 7
Como o seu cliente funciona .............................................................. 11
Contato ....................................................................................................... 32
Quem sou eu?

E
u sou Laura Dechen, psicóloga há
16 anos, com MBA em Gestão
Estratégica de Pessoas pela
Fundação Getúlio Vargas, Coach pelo Instituto
Brasileiro de Coaching.
Cursos de abordagens inovadoras no
tratamento da obesidade de do transtorno da
compulsão alimentar. Instituto de Psiquiatria
do Hospital das Clínicas (Ambulim).
Aprimoramento em Transtornos
Alimentares - Instituto de Psiquiatra do
Hospital das Clínicas - Ambulim
Especialista em Psicoterapia Cognitivo
Comportamental pelo CETCC - Centro de
Estudos em Terapia Cognitivo
Comportamental.
Master Coach de Carreira pelo Instituto
Maurício Sampaio – IMS.
4
INTRODUÇÃO

O
grande problema que percebo nos dias de hoje é a falta de preparo dos
profissionais que trabalham com processo de emagrecimento de seus clientes.

Falo isso porque já estive nesse lugar, de insegurança, de falta de informação e de


estratégias claras que realmente possibilitam resultados.

As formações são carentes de matérias e/ou módulos que tratam desse assunto olhando
o cliente como um todo.

Percebo profissionais com as mesmas condutas que aprenderam há anos atrás em suas
formações.

As informações sobre o que funciona ou não nos processos de emagrecimento são


dinâmicas e novas estratégias chegam decorrentes de novas pesquisas científicas.

Na minha especialização em Psicoterapia Cognitivo Comportamental, decidi escolher


um tema para apresentar como trabalho de conclusão de curso: A contribuição da
psicoterapia cognitivo comportamental e do coaching no processo de emagrecimento.

5
Q
uando decidi escrever esse ebook, busquei o trabalho para aproveitá-lo e
disponibilizá-lo para você e, para a minha surpresa, percebi que algumas
informações que estão naquelas páginas já não funcionam hoje, e olha que
não faz tanto tempo assim.

O que quero dizer com isso é que para ajudar o seu cliente a conseguir os resultados
que ele necessita, você precisa estar em busca constante das informações com as fontes
seguras.

Você precisa acompanhar as estratégias e abordagens mais recentes para oferecer a


seu cliente.

Uma prova dessa mudança é o quanto já se sabe que dietas restritivas são prejudiciais
à saúde física e emocional.

Eu espero, de coração, que tenhamos cada vez mais acesso ao que realmente
funciona e estejamos atentos ao que hoje funciona e talvez amanhã não funcione mais.

Abra os seus olhos para o novo e, com isso, lance luz para os processos de seus
clientes. 6
A dieta faz o seu cliente engordar

A
s dietas não funcionam e fazem com que o seu cliente engorde. Para
conseguir um emagrecimento sustentável é necessário que ele mude de
  estilo de vida e comece a olhar, com a sua ajuda, para o processo de
emagrecimento de uma nova forma.

O seu cliente precisa entender que o excesso de peso não é a causa dos seus
problemas e sim a sua consequência. Pode ser que, no decorrer dos anos, ele tenha
engordado porque alguma coisa não estava bem na sua vida (relacionamento,
profissão, família).

E por que dietas não funcionam?

Ninguém consegue permanecer em dieta por muito tempo. Pode ser que essa
“dieta” funcione quando ele tem uma meta próxima “Preciso emagrecer para ir no
casamento” ou coisa do tipo, mas percebe que depois que o casamento passa, a
viagem passa, o namoro acaba, ele volta a engordar?

7
F
azer dieta restritiva assusta e estressa o corpo e o cérebro. Não é estranho que as
pessoas emagreçam e, depois de um período, voltem a engordar tudo o que
emagreceram e muitas vezes até mais? E por que será que isso acontece? Quando
ele começa uma dieta restritiva, o cérebro percebe isso como um perigo e desenvolve
mecanismos de adaptação para protege-lo. Como isso? Ele vai aumentar o apetite,
diminuir o metabolismo e aumentar a obsessão por alimento. Isso tudo para tirá-lo do
“perigo”, para que ele coma e não corra nenhum perigo de perder gordura, porque o
cérebro enxerga a gordura como proteção.

O caminho para emagrecer de uma maneira sustentável é fugir das dietas restritivas,
que passam a informação para o seu cérebro de que ele está em perigo e, portanto, precisa
acumular gordura. Seu cliente precisa começar a se alimentar de forma consciente, que,
de maneira simplista, é comer quando está com fome e parar quando está satisfeito.
Quando ele age assim, de maneira natural, chega a um peso saudável e sustentável e deixa
de ser refém de dietas restritivas e radicais. Com as estratégias certas, o seu cliente é capaz
de aprender como fazer isso na prática.

Quanto mais ele maltrata o seu corpo, obrigando ele a seguir uma direção que não quer,
como perder peso rapidamente, mais o seu cérebro se sente prejudicado e acredita que
está correndo perigo. Com isso, aciona os “seus poderes” para protege-lo, engordando!
8
fácil achar programas de dietas prometendo resultados milagrosos, mas esses

É “milagres” não se sustentam.

Essa conduta (diferenciada) na sua atuação profissional é o que vai gerar transformação
para o seu cliente e não fazer mais do mesmo, isso ele encontra “aos montes’’ por aí,

Quando o seu cliente se submete a dietas restritivas, consegue emagrecer e volta a


engordar, depois ele se sente culpado e frustrado. O que ele talvez ainda não tenha
entendido é que, para você emagrecer, precisa aprender algumas habilidades. Vamos
imaginar que ele nunca tenha corrido na vida e decide começar a correr para participar de
uma maratona, como seria? Ele acordaria amanhã e começaria a correr 10Km, sem
preparo, sem técnica ou ele teria que aprender algumas habilidades para começar? E por
que para emagrecer tem que ser diferente? Basta começar na segunda-feira, depois de
uma jacada no domingo ou perto daquele casamento que ele quer colocar aquela roupa
linda e arrasar. Não, não funciona assim. Ele precisa aprender a emagrecer!

Muitas pessoas começam um processo de emagrecimento sem aprender as habilidades


necessárias para conseguir alcançar a meta e acabam não dando conta, desistindo e
sentindo-se frustradas. Então, eu tenho algo para te falar: Ele até pode começar, mas
aprender as técnicas e as habilidades necessárias é o que vai leva-lo mais longe e gerar um
resultado sustentável na sua jornada. 9
E
le precisa se perguntar o motivo que fez ganhar peso e saber que a solução que
funciona para uma pessoa não funciona para todas. Uma coisa é certa, fechar a
boca e retirar grupos alimentares não é a garantia e nem a melhor opção.

O seu cliente precisa escutar o seu corpo, entende-lo e respeita-lo. Se o corpo não tem a
percepção de que está estressado, não há porque se proteger armazenando gordura e a
“mágica” do emagrecimento acontece.

Está muito claro nos dias de hoje que muitos fatores são os responsáveis pelo ganho de
peso, não só o que ele come. Por isso é importante estar atento para o estresse, a qualidade
do sono, o uso de medicamentos, a prática ou ausência de atividade física, o cuidado com
a alimentação e o cuidado com a mente, esse último, na minha opinião e na opinião de
vários especialistas em diversas áreas, é o mais importante.  
 
 O peso não é a causa e sim a consequência do estado de saúde e bem estar do seu
cliente. Entender esses pontos vai melhorar a sua atuação e os clientes terão resultados
reais e duradouros.

10
COMO O SEU CLIENTE FUNCIONA?

O
seu cliente tem uma maneira
de funcionar igual a você e a
todas as outras pessoas que
estão ao seu redor. Perceber esse
funcionamento é importantíssimo para
trabalhar os processos de emagrecimento.

A forma mais simples de definir como ele


funciona é: Ele sente o que ele pensa,
então ele pode viver mais feliz se tiver
pensamentos saudáveis!

Acontece que, algumas vezes, ele pode


ter uma interpretação errada sobre as
situações que estão se apresentando.

11
E
ssas interpretações estão ligadas aos seus pensamentos automáticos e a
algumas crenças que ele tem.

Os pensamentos automáticos parecem surgir de repente e são, com frequência,


rápidos e breves. Temos também os erros cognitivos, que são pensamentos
distorcidos, como se fossem processamentos defeituosos da informação.

Esses pensamentos parecem surgir espontaneamente, mas estão ligados ao nosso


sistema de crenças centrais e intermediárias.

As crenças são as verdades do seu cliente. Se originam daquilo que ele ouviu ou
percebeu ao longo da sua história, de pessoas que ele conviveu e que tinha laços
afetivos.

São ideias e conceitos sobre ele mesmo, sobre os outros e o mundo. Elas são
formadas desde a infância e se fortalecem com o passar tempo. Essas ideias podem
ser consideradas por ele como verdades absolutas.

12
M
uitas são culturalmente
reforçadas, como: sofrer é
virtuoso, só podia ser mulher,
professor tem que saber tudo, psicólogo não
tem problema, é esforçada e não inteligente.

As crenças centrais sobre si mesmo podem


ser de: Desamparo, Desamor e Desvalor

Já as Crenças intermediárias são regras,


padrões, normas e atitudes que ele adota e que
guiam a sua conduta.

Exemplo: Tenho que ser perfeito em tudo o


que faço. Se eu fizer o que os outros esperam,
então irão gostar de mim.

Você pode lidar com a crença através de três


estilos de enfrentamento (respostas).
13
P
ode evitar a crença, tentando organizar a sua vida de maneira que essa
crença nunca seja ativada. Por exemplo: Uma pessoa tímida, que não se
sente desejável e acaba se deprimindo, ficando só em casa. Como não faz
nenhum movimento para enfrentar o problema, ao contrário, o evita, acaba
perpetuando sua crença de não ser desejável.

Aceita a sua crença como verdadeira, age de maneira a confirma-la. Exemplo: A


pessoa acredita que não tem sorte no amor e só se envolve com homens casados, ou
muito mais jovens ou muito mais velhos, que não querem um relacionamento sério.
Dessa forma, mantem a crença de que não tem sorte no amor.

Lutam contra a crença, mas tendo comportamentos excessivos. – Exemplo: A


pessoa que se vê como não desejado, engaja-se em uma frenética vida social e
amorosa, sem se aprofundar em nenhuma das relações, tudo isso para compensar a
sua crença de não ser desejado.

Todos esses pensamentos e crenças interferem na maneira como ele interpreta as


situações do seu dia a dia.

14
E
stá tudo ligado, as situações do seu dia a dia, a forma como ele interpreta
essas situações, os seus pensamentos, os seus comportamentos e até
alguns possíveis sintomas fisiológicos.

Exemplo mais prático voltado para o emagrecimento:


Situação: Você tem uma discussão no trabalho.
Pensamento: Isso só prova que ninguém gosta de mim
Sentimento: Tristeza
Comportamento: Devora uma caixa de bombom.

Esse pensamento (Isso prova que ninguém gosta de mim) está ligado às crenças
que ele desenvolveu ao longo da sua história.

Por isso é muito importante você ajudar o seu cliente a perceber que está tudo
conectado. O comportamento alimentar que ele demostra tem interferência de
como ele interpreta as situações do dia a dia, quais são os pensamentos que ele tem,
muitas vezes sabotadores, e o que isso gera de emoções e comportamentos.

15
P
ercebem que o problema não
é a comida???

Se ele identificar esses pensamentos,


reconhecer e nomear as suas
emoções, ele consegue ter um
comportamento mais funcional em
relação a comida.

Agora que você já sabe como o seu


cliente funciona, eu sugiro prestar
atenção em algumas etapas
importantes para você ajudá-lo a ter
um emagrecimento sustentável.

16
A
plicar algumas
ferramentas para
conhecer o cliente, seus
hábitos alimentares, o histórico
de dietas e os possíveis motivos
para uma alimentação em
excesso.

Nesse momento é importante


também entrar em contato com a
história de vida desse cliente e
perceber momentos que o
fizeram engordar.

17
M
esmo que o processo seja
d e e m a g re c i m e n t o , é
fundamental olhar para as
áreas da vida do cliente e identificar o
que não está em equilíbrio.

Fazer o cliente perceber que o


sobrepeso ou o comer emocional tem
ligação com questões não resolvidas é
importante.

18
A
judar o cliente entender
quais são as vantagens
q u e e l e t e m a o
emagrecer e a definir uma meta
realista, alinhada com o estilo de
vida.

19
N
a maioria das
vezes o cliente
não consegue
modificar as situações que
acontecem na sua vida,
m a s e l e , c om a s
ferramentas certas, pode
modificar os seus
pensamentos sabotadores
e com isso as suas
e m o ç õ e s e
comportamentos.

20
P
arece óbvio, mas o cliente tem dificuldades de
dar nome ao que está sentindo e, com isso, ele
tem dificuldade de reagir a emoção de uma
maneira mais assertiva.

21
T
rabalhar a
c o n e x ã o
mente-corpo
identificando qual é o
tipo de fome que ele está
sentindo no momento.

22
T
udo está conectado: as
situações do dia a dia,
os pensamentos, as
emoções e os comportamentos.

23
A
judar o cliente a
gerenciar o seu
tempo para
colocar como prioridade
as tarefas que interferem
no emagrecimento.

24
T
rabalhar a auto
estima, que é um pilar
importantíssimo
para o processo de
emagrecimento.

25
P
raticar a atenção plena, para
incentivar o cliente a ouvir os
sinais internos do seu corpo.

26
T
rabalhar com a
higiene do sono.

O sono é um pilar
fundamental para a saúde e
pode prejudicar o processo de
emagrecimento do seu cliente.

27
F
o r n e c e r e s t r at é g i a s
para o cliente lidar com
momentos de recaídas
e ter autonomia.

28
S
e logo nas primeiras sessões você perceber que o seu cliente tem um padrão
alimentar muito diferente de outras pessoas e acender a luz vermelha, fique
atento, pois você pode estar diante de um cliente com algum tipo de
transtorno alimentar.

Se você não tem experiência com essa demanda, interrompa o processo e indique
esse cliente para profissionais preparados para lidar com transtornos alimentares.

Esse cliente precisará de acompanhamento com uma equipe multiprofissional.

Nesses casos, um atendimento mal feito gera mais danos do que a ausência de
atendimento.

29
J
á está comprovado cientificamente que 95% das pessoas que se submetem a
dietas restritivas voltam a engordar.

O processo de emagrecimento precisa considerar inúmeros fatores que hoje não


são trabalhados.

Você pode olhar para o seu cliente, entendendo a complexidade desse processo e
auxiliando a sua percepção para uma mudança efetiva.

‘’Fazer o que precisa ser feito, diferente do que a maioria está fazendo”

30
S
e você chegou até aqui, acredito que já entendeu a importância de dominar
técnicas específicas e aprender as ferramentas para auxiliar o seu cliente a
emagrecer. Você viu que, hoje em dia, um grande problema que nós temos
é a falta de informações sobre o que realmente funciona e a razão disso é que
muitos profissionais não atualizam o conhecimento que possuem e usam
estratégias que não trazem resultados efetivos.

Com essas informações que eu coloquei neste e-book, você já consegue gerar
ótimos resultados na vida dos seus clientes... assim que você colocar em prática já
vai ver o resultado e vai comprovar isso que eu estou falando.

Se você quiser se aprofundar muito mais neste conteúdo e ter acesso à


ferramentas completas para aplicar nos seus atendimentos, clique aqui e conheça o
meu Programa - Ferramentas de Emagrecimento para profissionais. Nesse
programa eu mostro muito mais que os detalhes de cada ferramenta, eu entrego a
lógica de um processo inteiro. Você aprende a aplicar todas as ferramentas (desde a
primeira até a última sessão) e mais do que isso, você entende a lógica que existe por
trás e tem liberdade para alterar a sequência ou até mesmo usar as ferramentas de
forma pontual quando sentir necessidade. clique aqui para ver todos os detalhes.
31
CONTATO

S
e você gostou desse conteúdo que eu preparei
com muito carinho para você, sinta-se a vontade
para compartilhar esse material e ajudar a
espalhar essa mensagem por esse mundão afora.

Site: www.lauradechen.com.br E-mail: contato@lauradechen.com.br

Insta: laura_dechen

Telefone: 11 – 99626 6272

32

Você também pode gostar