Você está na página 1de 119

Encerramento do

4º Trimestre de 2019

Professor: Erberson R. Pinheiro dos Santos

O slide de encerramento é distribuído


gratuitamente pelo EBD em Foco.

É livre a distribuição desse slide.


Você já conhece o
EBD em Foco?

No EBD em Foco você encontra:

➢ Slides em PowerPoint das lições


➢ Comentários das lições em vídeo
➢ Subsídio extra em vídeo
➢ Subsídio em PDF
➢ Comentário em PDF da leitura bíblica em classe
➢ Sermões baseados no tema
➢ Cursos de capacitação para professores da EBD
Acesse agora www.ebdemfoco.com
Vantagens da assinatura

➢ Acesso aos subsídios (vídeos, áudios e PDF’s) – Esses

subsídios são gratuitos de qualquer maneira.

➢ Slides em PowerPoint (Somente assinante)

➢ Curso baseado no tema da lição (Somente assinante)

➢ Cursos de capacitação para EBD (Somente assinante)


Lição 1

Conhecendo os Dois
Livros de Samuel

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Neste trimestre, estudamos os livros históricos
de 1 e 2 Samuel.
Vimos que eles mostram como A partir de seus personagens
Deus escolhia homens para reinar principais
sobre Israel.
Samuel Saul Davi

percebemos que os líderes do


passado não eram infalíveis.
CONTEXTO HISTÓRICO DE

I
1 E 2 SAMUEL

www.ebemfoco.com
AUTORIA E DATA

II
www.ebdemfoco.com
A TEOLOGIA NOS
III LIVROS DE SAMUEL

www.ebdemfoco.com
SAMUEL: O DIVISOR
IV DE ÁGUAS

www.ebdemfoco.com
Conclusão

Os livros de 1 e 2 Samuel apresentam a narrativa histórica da


transição do período dos juízes para a monarquia dinástica.

As muitas histórias apresentadas nesses livros revelam os


erros e os acertos de líderes humanos, mas, ao mesmo
tempo, revela o quanto Deus trabalha pelo seu povo.
Lição 2

O Nascimento de um
Líder Profético em Israel

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Antes de aparecer no cenário de Israel, Samuel já
era consagrado diretamente ao Senhor (1 Sm 1.11).
Nesta lição, vimos que esse homem tinha tudo a seu
favor para ser o que foi.
Primeiramente, ele foi Em seguida, passou toda a sua
fruto de oração de sua juventude sob a mentoria do sacerdote
mãe. Eli, morando no Santuário Central.
Vimos que Samuel era constante na Casa do Senhor e, por isso, foi
grandemente abençoado.
O nosso objetivo é que, a partir Vale a pena criar os filhos no
desta lição, você e o seu lar sejam temor do Senhor; que eles não se
grandemente abençoados. afastem da Casa de Deus!
O AMBIENTE FAMILIAR
DE SAMUEL

I
www.ebdemfoco.com
SAMUEL: FRUTO DE
ORAÇÃO

II
www.ebdemfoco.com
A DEDICAÇÃO DE
SAMUEL

III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
Com esta lição, somos estimulados a apresentar a Deus as
nossas petições. Uma vez abençoados, voltarmos à sua
Casa, conforme o exemplo de Ana, para agradecê-lo pelas
orações respondidas.

Nesse sentido, nossa vida deve ser um testemunho


aberto aos nossos filhos acerca da dedicação,
reverência e humildade ao Deus todo-Poderoso. Ana
teve dois privilégios: ter um filho e, além disso, vê-lo
ungido por Deus para o ministério. Por intermédio
de sua família, Deus pode levantar novos
vocacionados.
Lição 3

A Chamada Profética
de Samuel

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Nesta lição, vimos que o ministério profético do Antigo
Testamento não se caracterizava pela adivinhação nem pela
mera predição do futuro, mas tinha como principal objetivo
levar a todos a ter um firme compromisso com Deus.
Sua essência é anunciar a Por isso, Jeremias foi bem
totalidade da mensagem divina. categórico:

“O profeta que tem sonho


conte-o como apenas sonho;
mas aquele em quem está a
minha palavra fale a minha
palavra com verdade [...] − diz o
SENHOR” (Jr 23.28).
DEFININDO O
“PROFETA” EM
I ISRAEL

www.ebdemfoco.com
O DESENVOLVIMENTO
DO MINISTÉRIO DE

II SAMUEL

www.ebdemfoco.com
O MINISTÉRIO
PROFÉTICO NA
III ATUALIDADE

www.ebdemfoco.com
Conclusão
Onde estão os crentes usados por Deus para falar
extraordinariamente ao seu povo? Nestes últimos dias,
precisamos de obreiros fiéis que busquem os dons do
Espírito. Entretanto, estejamos vigilantes.

Como já dissemos, todo enunciado profético tem de


passar, necessariamente, pelo crivo da Bíblia Sagrada.
Lição 4

A Degeneração da
Liderança Sacerdotal

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
O tema desta lição é a degeneração da liderança
sacerdotal da casa de Eli. Vimos que os filhos deste não
corresponderam aos propósitos divinos, e enveredaram
pelo caminho do pecado, o que os fez deturpar as
características do sacerdócio (Lv 21.6,7).
Assim, Deus agiu de modo Quando Deus escolhe alguém para
punitivo para com os filhos de Eli, executar uma missão, deve este
pois eles, tendo conhecimento das alguém observar rigorosamente a
leis divinas, não andaram por elas vontade divina.
A DEGENERAÇÃO
DOS FILHOS

I DE ELI

www.ebdemfoco.com
A SENTENÇA DO
JUÍZO DE DEUS

II
www.ebdemfoco.com
AS CONSEQUÊNCIAS
DO PECADO
III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
O pecado tem o seu salário. O pecado tem
as suas consequências.

Por isso, se andarmos segundo a Palavra de


Deus, se formos fiéis aos seus mandamentos
e se procedermos com sinceridade e verdade,
Deus nos confirmará em sua presença.
Lição 5

A Instituição da
Monarquia em Israel

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Ao tratar da instituição da monarquia em Israel,
não podemos ignorar a soberania de Deus ao
estabelecer essa forma de governo.
Embora a monarquia fosse um desejo nacional, Deus interveio e,
segundo a sua vontade, estabeleceu essa forma de governo.

Outrora, Ele levantava juízes em Mas agora Ele levantaria uma


diversas regiões monarquia em Israel.
Nesse sentido, estudamos a
razão da monarquia, a
escolha do rei Saul, o
primeiro rei de Israel e o
mérito dessa escolha.
POR QUE A
MONARQUIA?

I www.ebdemfoco.com
A ESCOLHA DE
SAUL COMO REI

II
www.ebdemfoco.com
O REI QUE O POVO
ESCOLHEU

III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
Deus é o Senhor da história. Muitas vezes não
conhecemos seus caminhos nem propósitos, mas
sabemos que sua vontade é sempre a mais perfeita e
agradável.

Não podemos perder de vista que o Pai é quem


governa a nossa vida. Como cristãos, devemos buscar
a bênção de que a nossa vontade e escolhas estejam
sempre bem alinhadas com as de Deus.
Lição 6

A Rebeldia de Saul e a
Rejeição de Deus

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com.br
Nesta lição tratamos sobre a rebeldia de Saul e de
sua rejeição por parte de Deus.
Figuradamente, Israel foi A Bíblia mostra que há castigo
comparado a uma vaca rebelde que divino para quem trilha o caminho
se rebelou contra Deus (Os 4.16). da rebeldia
Arão será recolhido a seu povo,
porque não entrará na terra que
tenho dado aos filhos de Israel,
porquanto rebeldes fostes à minha
ordem, nas águas de Meribá.
Números 20:24
Foi isso o que estudamos
aqui, tomando como
exemplo Saul, o primeiro rei
de Israel.
DEFINIÇÃO DE
REBELDIA

I
www.ebdemfoco.com
A REBELDIA DE SAUL

II
www.ebdemfoco.com
SAUL: UM LÍDER SEM
CRITÉRIOS

III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
O que é ter sucesso no ministério? É ter agenda
concorrida? Um estilo de vida confortável?

Não. O sucesso do ministério não está somente em ser


separado para um cargo, mas sim na obediência
completa do Deus da Palavra. Assim, Salomão
escreveu: “é melhor o fim das coisas, do que seu
princípio” (Ec7.8). Que Deus nos ajude a obedecer e a
viver para sua glória!
Lição 7

Davi é Ungido Rei

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
O conceito de unção é do Antigo Testamento;
destinava-se a sacerdotes e reis, para que estes
exercessem com êxito suas funções e ministérios
(Êx 40.13-15;1 Sm 9.16);
Nesta lição, vimos que a temática pois ela trata da capacitação de
da unção de Davi é um clássico servos de Deus para desempenhar
bíblico em funções na obra divina.
A unção do rei Davi, por intermédio de Samuel, é uma declaração da
escolha divina para cumprir seus propósitos.
DAVI: O REI UNGIDO

I
www.ebdemfoco.com
DAVI: O REI QUE ERA
SERVO

II
www.ebdemfoco.com
DAVI: O REI QUE ERA
GUERREIRO
III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
Deus procura homens e mulheres para entregar-lhes grandes
responsabilidades. Ele não conta somente com a posição física,
social, intelectual de alguém, mas para sua condição espiritual,
por isso Ele olha o coração do ser humano, e não somente o
exterior.

Foi dentre os filhos de Jessé que Deus serviu-se de


um servo, segundo o seu coração (1 Sm 13.14).
Deus unge e separa pessoas humildes para sua
obra, que estejam prontas para viver pela fé e que
não temam enfrentar o inimigo.
Lição 8

O Exilo de Davi

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Nem sempre as vivências marcadas por situações
traumáticas podem ser vistas como negativas. Por
vezes, elas servem para tirar as cascas das
aparências, a infantilidade, o esquecimento de nós
mesmos, a fim de levar-nos à essência real da vida.
O exílio fala de expatriação A conotação nem sempre é
forçada ou livre, isolamento social, pejorativa, pois, nas Escrituras
solidão. Sagradas.

O exílio recebeu conotações


positivas e negativas.
O exílio pode ser o lugar onde A caverna de Adulão não será
nosso caráter será testado, onde apenas o exílio de Davi, mas, sim, o
nossa própria identidade será lugar que moldará o seu caráter,
descoberta, onde nossa lucidez preparando-o para uma missão
mental e espiritual terá a sua maior: a liderança de Israel.
aurora (Pv 4.18).
AS CARACTERÍSTICAS
DO EXÍLIO DE DAVI

I
www.ebdemfoco.com
DAVI E O AMOR COM
OS PAIS

II
www.ebdemfoco.com
MORRENDO POR DAVI

III
www.ebdemfoco.com
Conclusão
Deus usa instrumentos falhos para fazer a sua obra
nesta terra, como disse Paulo em 1 Coríntios 1.28: “E
Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as
desprezíveis, e as que não são para aniquilar as que
são”.

Antes, porém, esses instrumentos devem ser trabalhados,


forjados pelo auxílio do Espírito Santo, a fim de que sejam vasos
de honra no trabalho do Senhor.
Lição 9

O Reinado de Davi

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebemfoco.com
O pujante reinado Davi não foi circunstancial, aleatório ou
por causa de habilidades natas para guerra.

suas vitórias e fortalecimento se originavam em Deus

E Davi pôs guarnições na Síria de


Damasco, e os sírios ficaram por
servos de Davi, pagando-lhe
tributos; e o Senhor guardou a
Davi por onde quer que ia.

2 Samuel 8:6
Os 33 anos que ele reinou em Jerusalém e os sete
anos e seis meses que reinou em Hebrom revelam um
rei protótipo do Messias que viria. Por isso, Davi é
considerado um tipo do Messias.
Isso está confirmado pela profecia e pela profecia de Gênesis 49.10
de Miqueias em relação a Jesus Cristo.
E tu, Belém Efrata, posto que O cetro não se arredará de Judá,
pequena entre os milhares de Judá, nem o legislador dentre seus pés,
de ti me sairá o que governará em até que venha Siló; e a ele se
Israel, e cujas saídas são desde os congregarão os povos.
tempos antigos, desde os dias da
eternidade. Miquéias 5:2 Gênesis 49:10

pelo texto de 2 Samuel 5.2


e também o Senhor te disse: Tu
apascentarás o meu povo de Israel,
e tu serás príncipe sobre Israel. 2
Samuel 5:2
DAVI É
CONSTITUÍDO REI

I www.ebemfoco.com
A CONSOLIDAÇÃO
DO REINO DE DAVI

II www.ebemfoco.com
A GRANDEZA
POLÍTICA DO

III REINADO DE DAVI

www.ebemfoco.com
Conclusão

O reinado de Davi, e de seu filho, Salomão, ficou conhecido


como a era de ouro de Israel. Mas na verdade, o rei Davi
sabia que a fonte verdadeira de toda a grandeza do reino
vinha de Deus: “Porque quem sou eu, e quem é o meu povo
para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas?
Porque tudo vem de ti, e das tuas mãos to damos”
(1 Cr 29.14).
Lição 10

O Pecado do Homem
Segundo o Coração de Deus

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
A Bíblia não se limita a descrever as façanhas de
seus heróis, mas revela igualmente seus pecados,
erros e fragilidades.

Homens como Noé, Abraão e Jacó cometeram graves faltas


na caminhada espiritual (Gn 9.20,21; 20.1-6; 27.19)
Davi, embora ungido do Senhor, Por isso, Jesus nos alerta e orar e
deu lugar ao Diabo, e veio a a vigiar constantemente
cometer dois gravíssimos (Mt 26.41).
pecados.
A presente lição procura mostrar Não evita a possibilidade de uma
que ser escolhido de Deus, para eventual (e evitável!) queda.
algum propósito.

Por essa razão, não podemos


descuidar-nos de nossa vida
espiritual.
É imprescindível estar cheio do atentando seriamente para este
Espírito Santo, para não sucumbir conselho de Paulo:
aos desejos da carne
Fujam da imoralidade sexual. Todos os
outros pecados que alguém comete,
fora do corpo os comete; mas quem
peca sexualmente, peca contra o seu
próprio corpo. 1 Coríntios 6:18
SEGUNDO O
CORAÇÃO DE
DEUS
I
www.ebemfoco.com
O AMBIENTE EM QUE
DAVI PECOU

II
www.ebdemfoco.com
O ADULTÉRIO E O
HOMICÍDIO DE DAVI

III
www.ebdemfoco.com
Conclusão

O registro do pecado de Davi revela a perfeita justiça de Deus e de


sua Palavra. As Escrituras mostram que a prática do pecado é
sempre desastrosa. Portanto, evitemos a ociosidade,
desenvolvamos os dons úteis à obra de Deus. Confessemos o nosso
pecado, pois quem o oculta, torna-o mais grave ainda. Se este for o
seu caso, procure o seu pastor; peça-lhe a ajuda. Quem confessa a
sua transgressão e a deixa, alcançará a misericórdia.
Lição 11

As Consequências do Pecado
de Davi

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
O assunto desta lição mostrou o alto preço que Davi
pagou e as consequências que sofreu por causa dos
pecados cometidos.
A história de Davi nos ensina a não Não podemos arriscar ou desafiar
brincar com o pecado. o pecado, pois ele é destruidor e
seus resultados são trágicos.
Por isso, o mais importante é viver e confiar no sacrifício perfeito de
em santidade Cristo
O CONCEITO DE PECADO
NO ANTIGO E NOVO

I
TESTAMENTO

www.ebdemfoco.com
A REPREENSÃO
DO PROFETA

II NATÃ AO REI DAVI

www.ebdemfoco.com
AS CONSEQUÊNCIAS

III DO PECADO DE DAVI

www.ebdemfoco.com
Conclusão
Evitemos o pecado a qualquer custo, pois ainda que aparentemente
seja inofensivo, ele sempre trará consequências gravíssimas. O
adultério de Davi marcaria sua vida para sempre, mesmo depois de
perdoado. Isso porque o preço do pecado é demasiado alto; seus
frutos geram a morte.

A desobediência a Deus e a crueldade para com Urias


seriam pagas por meio da dor e do sofrimento da
própria família do rei.
Lição 12

A rebelião de
Absalão

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Nesta lição, discorremos sobre a rebelião de Absalão; não
se tratava apenas de uma oposição ou resiliência à
autoridade, mas da síndrome do poder.
O assassinato de seu irmão, Absalão era oportunista e
Amnon, não foi apenas um feito perspicaz.
vingativo

Mas a oportunidade de excluir um Valendo-se de sua beleza física e


rival que estava na linha de carisma incomum, procurou
sucessão. derrubar o próprio pai.
O HOMEM ABSALÃO

I
www.ebdemfoco.com
A REVOLTA DE

II ABSALÃO

www.ebdemfoco.com.br
A MORTE DE
ABSALÃO

III
www.ebdemfoco.com.br
Conclusão

Com este episódio, aprendemos que a rebelião aborrece a Deus.


Evitemos, pois, o pecado da rebeldia; busquemos a sabedoria e
a prudência divinas, para que não experimentemos a ira do
Deus justo e verdadeiro.

Sejamos fiéis e santos.


Lição 13

A Velhice de Davi

www.ebdemfoco.com
Introdução

www.ebdemfoco.com
Nada há nada de pejorativo na palavra velhice. Ela
não fala apenas de idade avançada, mas também
de maturidade, experiência. Por isso, o hebraico
(seybah) a define como cabelos grisalhos, cabeça
encanecida.
Nas Escrituras, a velhice é vista A velhice pode ser boa ou ruim −
como fonte de bênçãos: isso dependerá da forma como
vivemos cada fase de nossa vida;
“Na velhice darão ainda frutos, temamos a Deus e sejamos sábios
serão cheios de seiva e de verdor” (Ec 12.1).
(Sl 92.14).
Os últimos momentos da vida de mas, pela sua peregrinação e
Davi, já na velhice, foram comunhão com Deus, ele finda sua
conturbados, conforme descrito missão com uma grandiosa ação
em 1 Reis, de graças ao Senhor, que o
chamara desde a meninice.
UMA VISÃO GERAL
SOBRE A VELHICE

I
www.ebdemfoco.com
PROBLEMAS NA
VELHICE DE DAVI

II www.ebdemfoco.com
AS PALAVRAS FINAIS
DE DAVI EM SUA
III VELHICE

www.ebdemfoco.com
Conclusão
A Bíblia fala dos atos heroicos de Davi, mas não esconde seus erros
e deslizes. Mas o pastorzinho de Belém, como o homem segundo o
coração de Deus, soube como retornar ao que o ungira como rei de
Israel.

Seus salmos relatam a comunhão profunda e íntima que ele


mantinha com o Senhor. E, dessa forma, o amado rei finda sua vida,
enaltecendo o Deus de Jacó.
Próximo trimestre
Sumário:
Lição 1 - Adão, o Primeiro Homem
Lição 2 - A Criação de Eva, a Primeira Mulher
Lição 3 - A Natureza do Ser Humano
Lição 4 - Os Atributos do Ser Humano
Lição 5 - A Unidade da Raça Humana
Lição 6 - A Sexualidade Humana
Lição 7 - A Queda do Ser Humano
Lição 8 - O Início da Civilização Humana
Lição 9 - O Primeiro Projeto de Globalismo
Lição 10 - Só o Evangelho Muda a Cultura Humana
Lição 11 - O Homem do Pecado
Lição 12 - Jesus, o Homem Perfeito
Lição 13 - O Novo Homem em Jesus Cristo