Você está na página 1de 13

11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville.

| Quadrado dos Loucos

Capa (http://www.quadradodosloucos.com.br/)
Sobre (http://www.quadradodosloucos.com.br/sobre/)
Contato (http://www.quadradodosloucos.com.br/contato/)
RSS (http://www.quadradodosloucos.com.br/feed/)

(http://www.quadradodosloucos.com.br)

capa (http://www.quadradodosloucos.com.br/)
Literatura
artigos (http://www.quadradodosloucos.com.br/artigos/)

cinema (http://www.quadradodosloucos.com.br/cinema/)

ensaios (http://www.quadradodosloucos.com.br/ensaios/)

literatura (http://www.quadradodosloucos.com.br/literatura/)

podcast (http://www.quadradodosloucos.com.br/podcast/)

vídeos (http://www.quadradodosloucos.com.br/videos/)
(http://www.quadradodosloucos.com.br/literatura/)resenhas
(http://www.quadradodosloucos.com.br/literatura/resenhas/)
Publicado em 9 de novembro de 2010
Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville.

(http://2.bp.blogspot.com/_c-
wifMN1C0Y/TNiTtl68PTI/AAAAAAAAAX4/FpLpTGn8P6I/s1600/livro.jpg)

Com o subtítulo Introdução a uma espiritualidade sem Deus, é


o livro mais audacioso de André Comte-Sponville. O filósofo
iniciou a carreira na tradicional academia francesa, mas sua
inquietação não-acadêmica acabou por afastá-lo de bancas e
auditórios e currículos online. Passou a escrever mais
livremente, quase diletante, de todo modo em clima didático e
descontraído. Propôs-se a divulgar a filosofia, na sua vertente
materialista, naturalista, humanista e atéia. Publicou obras com
títulos frugais como Pequeno tratado das grandes virtudes, Uma educação
filosófica e Viver.
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 1/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

Livre do pesadume de notas de rodapé e longas citações, seus livros conseguem


articular conteúdos sem atrofiar em lição de escola ou, horror!, auto-ajuda
travestida de ensinamento filosófico. Tributário de uma prosa confessional, em
primeira pessoa, na melhor tradição de Michel de Montaigne e Blaise Pascal, as
obras vertem a ontologia de Epicuro, Spinoza, Nietzsche ou Wittgenstein, em
ensaios palatáveis e salpicados de insights, digressões elucidativas e humor
inteligente. Correndo por fora do mainstream intelectual, o autor tem sido um êxito
editorial, como educador eloqüente, que não hesita em comparecer à televisão
para se dirigir ao grande público, — por assim dizer fusão (improvável) de
Marilena Chauí e Viviane Mosé.
Em O Espírito do Ateísmo, o materialista epicuro-spinozano pretende conciliar-se
com o lado espiritual. Sem Deus, transcendência, esperança ou autoridade
religiosa; mas com “fidelidade”, “sentimento oceânico”, “serenidade” e
“comunhão”. Em síntese, um lado espiritual independente das religiões. Sua meta:
explicar como um ateu não precisa renunciar à espiritualidade, e como esta não
está associada necessariamente à crença em Deus e menos ainda à filiação
religiosa.
Para isso, Comte-Sponville divide a peça em três atos: Pode-se viver sem
religião?, Deus existe? e Que espiritualidade para os ateus?.
No primeiro ato, reafirma-se a repulsa por qualquer sistema de autoridade
baseado no dogma, na moral institucional, na verdade anunciada, — com seus
“janízaros do absoluto” e suas cruzadas assassinas. Se Deus existe tudo é
permitido, pois não se transige com o absoluto. Por um lado, Comte-Sponville
admite que as religiões, quando moderadas e submetidas ao poder civil laico,
podem ser úteis como consolo metafísico ou fio condutor de comportamento.
Afinal, diante do sofrimento e da morte, cada um se arranja como pode. Quem
somos nós para frustrá-los. Mas, por outro lado, sustenta que a religião é
dispensável para fundamentar uma ética, logo, a felicidade. Que se pode jogar a
água da banheira fora, mas não o bebê.
Daí Comte-Sponville introduzir a sua versão humanista-e-secular de ética não-
religiosa. Eis um cristianismo mundanizado, e por isso esboça chamá-lo,
paradoxalmente, de “ateísmo cristão”, para então se contentar com “ateísmo fiel”.
Isto significa um ateísmo que não prescinde dos valores cristãos, nominalmente a
comunhão e a fidelidade. Não rejeita a memória da comunidade e o convívio
humanista com as pessoas, no sentido de assistência, caridade, temperança,
eqüidade e polidez. Um ateísmo light, entre o agnosticismo pudico e o (ele rotula)
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 2/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

“niilismo bárbaro” — tão nocivo e incivilizado à sociedade quanto os piores


fundamentalismos religiosos.
O segundo ato, Deus existe?, é o menos polêmico. E gerará menos calores nas
mãos do leitor ateu. Aqui, Comte-Sponville compila seis cadeias de argumentos
para não se acreditar numa entidade pessoal, transcendente e eterna, criadora do
mundo, acima do bem e do mal, que gerou o ser humano a sua imagem e
semelhança, com o fito de cumprir um plano providencial e secreto, que visa à
salvação das almas. Deus do cristianismo, islamismo e judaísmo. Seguem
refutações loquazes, elegantes, das célebres provas de Deus — ontológica,
cosmológica e física, — bem como os conhecidos argumentos da enormidade do
mal e da mediocridade do homem. Capítulo leve, quase burocrático, não fosse a
prosa límpida do autor, menos passional que Richard Dawkins, mas igualmente
convincente. Até aqui, nada de novo no reino do ateísmo.
O bicho pega é no terceiro ato, a razão de ser do livro.
Convocando usuais referências do cânone ocidental, mas também “orientais”,
como Lao-Tsé, Nagarjuna, Krishnamurti e Prajnanpad, o autor pretende
estabelecer que o ateu também tem espírito, ou melhor, um lado espiritual. Nada
tem de anímico, transcendente ou participante do divino, mas também não possui
sentido figurado. É espírito mesmo. Trata-se de um atributo que distingue o
humano dos demais animais. Que faz o homem contemplar uma bela paisagem ou
gozar estupefato de uma sinfonia de Mozart. E permite, assim, que uma criatura
finita e relativa possa experimentar o absoluto e o ilimitado.
A mãe dos argumentos dele é uma experiência absolutamente pessoal do
absoluto, um sentimento do Todo que, na sua inteireza e desproporção, seria
inenarrável. Epifânica. É uma vivência reveladora, num “sentimento oceânico” que
várias pessoas relatam em certas ocasiões singulares. Um amor por todas as
coisas que dá vontade de chorar, uma revelação de plenitude imensamente
serena; uma aceitação total do enigma agasalhado no peito; uma prostração
apaziguadora e venerável, pela insignificância do homem diante de um universo
infinito, do universo indiferente, do “eterno silêncio desses espaços infinitos”.
Ousado, Comte-Sponville confessa filiar-se ao misticismo, ao mistério, ao “fazer
silêncio”. Subscreve Ludwig Wittgenstein, no seu mergulho calado nos confins da
lógica e da ontologia. Subscreve Martin Heidegger, no seu escutar do Ser, nas
entranhas da floresta negra da existência.
São sessenta páginas tentando verbalizar essa epifania que, para o autor,
inaugura e possibilita uma espiritualidade atéia, — nada contraditória com seu
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 3/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

materialismo e naturalismo.
Audacioso, porém impotente.
A impressão que tive, ao finalizar O Espírito do Ateísmo, é que Carlos Drummond
foi mais sintético e expressivo, mais feliz, com o poema A Máquina do Mundo, —
entre outros de sua fase metafísico-sentimental. É curioso como tais teodicéias
místicas sempre e sempre se realizam com viagens para a floresta, em imersões
na natureza silvestre. Quer diante de um lago bucólico, de um velho plátano, de
uma cachoeira tropical, de uma estradinha de Minas Gerais… o “sentimento
oceânico” jamais ocorre no burburinho da metrópole, na azáfama de vozes e
cheiros das ruas e praças. A meditação pressupõe paisagens amplas e
contemplativas, e afasta o homem de suas preocupações (supostamente)
menores e mais imediatas.
Mas a fuga da cidade é também o distanciamento da política. A estética da
aceitação, da escuta do Ser e a contemplação assombrada, não importa, todas
elas contrariam uma ética da revolta. Na medida em que não se revolvem e se
remordem com o absurdo, mas o abraçam e se contentam. Esse contentamento
me enche de ódio. Fazem do absurdo um bonsai e não uma máquina de guerra, e
assim adormecem no conformismo deslumbrado.
Mais uma vez Camus foi clarividente, quando escreveu que só o ateísmo é pouco,
pois a negação pela negação nada produz. O ateísmo não viceja seus frutos
podres se não passar ao campo da prática, na revolta no seu tempo, contra o seu
tempo. Viver absurdamente demanda que o absurdo se conjugue com o orgulho e
a revolta, numa recusa militante à finitude, à totalidade, ao absoluto, isto é, a
todas as formas de fraqueza, conciliação e subjugação. O homem exila-se em sua
vida menos por se prostar e aceitar sua falibilidade e torpeza, do que por
insubmissão n´importe quoi.
Mesmo nos últimos suspiros, sentirá o ciúmes daqueles que ficam, que poderão
saborear um sorriso, uma risada, um bom vinho ou a boca da mulher. “Eu irei para
debaixo da terra, e você, você caminhará ao sol!” O ateu revoltado morrerá
irreconciliado, sua sabedoria não virá jamais. E não escreverá odes ao poente
nem se inebriará com a sua insignificância. Disso, no máximo, poderá rir, com
timbre trágico, nunca aceitar.
André Comte-Sponville assume uma ética do apaziguamento. Pretende saciar a
sua fome de absoluto com uma outra religião. Religião pós-moderna? pós-
materialista? Uma religião orientalizada (nunca oriental), um misticismo
desesperado, um pessimismo passivo disfarçado de contemplação, na mesma
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 4/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

linha de Arthur Schopenhauer, e de infindáveis autores esotéricos


contemporâneos. Prefere o silêncio da floresta e a sua clara noite, à alegria
carnavalesca da metrópole, ao espetáculo de dança e sangue da política
mundana. Prefere os olhos e as pupilas cansadas aos dentes e mandíbulas
vorazes. Zaratustra não foi ao deserto para reconciliar-se com o mistério, mas
para sofrer até a última gota de absurdo e não se purificar.
Na busca por simpatia universal, Comte-Sponville não concilia o ateu com o seu
lado espiritual. Domestica-o com a “espiritualidade” e termina por oferecer apenas
mais uma religião da decadência, — tão contemporânea, tão débil.
******************
Comte-Sponville, André; O Espírito do Ateísmo, 1a ed., 2a tiragem, São Paulo: 2009, Martins Fontes
[2006], 192 pág.

Tags:Ateísmo (http://www.quadradodosloucos.com.br/tag/ateismo/), Auguste Comte-Sponville


(http://www.quadradodosloucos.com.br/tag/auguste-comte-sponville/), Espiritualismo Débil
(http://www.quadradodosloucos.com.br/tag/espiritualismo-debil/)
Posts relacionados ao assunto

(http://www.quadradodosloucos.com.br/379/desertar-do-capitalismo-
virtuosismo-e-revolucao/)Desertar do capitalismo. Virtuosismo e
Revolução. (http://www.quadradodosloucos.com.br/379/desertar-do-
capitalismo-virtuosismo-e-revolucao/)

(http://www.quadradodosloucos.com.br/3327/occupy-o-partido-e-a-revolucao/)Occupy, o partido e a
artilhar revolução (http://www.quadradodosloucos.com.br/3327/occupy-o-partido-e-a-revolucao/)
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3595/sao-paulo-de-alain-
badiou/)São Paulo, de Alain Badiou
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3595/sao-paulo-de-alain-badiou/)

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 5/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

2 comentários 1

Join the discussion…

Mais votados Comunidade Compartilhar Entrar

Raphael S ouz a • 11 meses atrás


Você pareceu ter detectado, pelo menos parcialmente, a dificuldade humana de
autorregulação por meio da política é uma eterna fuga para contemplação individual, algo
sempre-recorrente nas modernas filosofias que perderam suas absolutos. Irritante ver o
quanto as pessoas têm se rendido ao agnosticismo eclético em busca de consolo, de uma
"estuda silenciada". Independente de nossa moderna crise religiosa, ao que parece, a pior
perda não foi a fé em Deus, mas a fé nos homens. O grande esquecimento moderno não
foi da memória, da linguagem, do SER. O grande esquecimento foi o da política e da
liberdade, isto é, daquilo que há entre nós e somente se mostra entre nós. Quanto a
moderna tentativa volta ao amor, a liberdade e a finitude, isso soa tão hebraico-cristão, não?

Obrigado pela resenha.


• Responder • Compartilhar ›

Dan Jung • 3 anos atrás


Bruno, estou amando o seu artigo! A meu ver, o melhor, até agora lido, sobre o livro. É
inovador e corajoso sem perder seriedade (não é sisudismo acadêmico).

Fiquei aqui pensando na defesa (Comte-Sponville) da dignidade do ateísmo perpassada


pelo espírito da tolerância (laicidade e liberdade) e sua proposta de comunhão pela
fidelidade e amor (Durkheim).

Sua ressalva "misticismo passivo disfarçado de contemplação" (personalidade mística) é a


máxima do artigo. Parabéns!

Abraço.
• Responder • Compartilhar ›

As s i n a r fe e d Ad d D i s q u s to yo u r s i te

O autor
Seguir @BrunoCava

Assíduos

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 6/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

Participar deste site


Facebook
Google Friend Connect

Membros (471) Mais »


Quadrado dos Loucos
Curtir

1.403 pessoas curtiram Quadrado dos Loucos.

Já é um membro? Fazer login

Plug-in social do Facebook

Virtual

Últimos pitacos
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 7/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

JP em "Rolezinho é ação afirmativa contra racismo


(http://www.quadradodosloucos.com.br/3994/rolezinho-e-acao-afirmativa-contra-racismo/)"
KKK, puta texto merda, cala a boca,você só pode ser um retardado para escrever tanta asneira...
Arnaldo em "Rolezinho é ação afirmativa contra racismo
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3994/rolezinho-e-acao-afirmativa-contra-racismo/)"
E no que ouvir funk carioca e gastar em roupas, acessórios e celulares caros, mesmo sendo pobre
ajuda a tornar...
gabriel em "A padeira do bairro, Éric Rohmer, 1963.
(http://www.quadradodosloucos.com.br/359/a-padeira-do-bairro-eric-rohmer-1963/)"
bom texto. só uma correção: os nomes das moças está trocado. a garota da padaria é jacqueline,
que diz seu...
NENA em "Rolezinho é ação afirmativa contra racismo
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3994/rolezinho-e-acao-afirmativa-contra-racismo/)"
PRECONCEITUOSO VC EM?O PEIXE MORRE PELA BOCA MEU CARO VAI QUE UM DIA VC
TIVER UMA FILHA OU JA...
Bruno em "Rolezinho é ação afirmativa contra racismo
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3994/rolezinho-e-acao-afirmativa-contra-racismo/)"
Arianos uhaUHAHUAhaHUHUAuhaUHAuhaUH

Posts mais recentes


Rolezinho é ação afirmativa contra racismo
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3994/rolezinho-e-acao-afirmativa-
contra-racismo/)
No Brasil tudo vira pó (http://www.quadradodosloucos.com.br/3986/no-
brasil-tudo-vira-po/)
UPP x tráfico: um falso problema
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3973/upp-x-trafico-um-falso-
problema/)
O esgotamento histórico do lulismo (http://www.quadradodosloucos.com.br/3968/o-esgotamento-
historico-do-lulismo/)
Da lepra à peste: desafios do movimento ante a repressão
(http://www.quadradodosloucos.com.br/3960/da-lepra-a-peste-desafios-do-movimento-ante-a-
repressao/)

Divulgue o blogue
Coloque o selo em seu blog colando o
código abaixo em seu template.
<a
href="http://www.qua
dradodosloucos.com.b
r"><img
src="http://www.quad
Somos membros radodosloucos.com.br
/media/botao.jpg"
border="0"></a>
Tuíter

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 8/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

Amigos
A morte é uma borboleta

(http://amorteumaborboleta.blogspot.com.br/)
A Navalha de Dali (http://murilocorrea.blogspot.com/)
Ademonista (http://ademonista.wordpress.com/)
Ágora com dazibao no meio (http://agora.opsblog.org/)
Ambiente Musical (http://ambientemusical.net/)
Aqui, Jazz. (http://beyondhereliesnothin.wordpress.com/)
Blog do Clécio Lemos (http://cleciolemos.blogspot.com/)
Blog do Tsavkko (http://tsavkko.blogspot.com/)
Carta e Verso (http://cartaeverso.blogspot.com/)
Choppinho Feminino (http://chopinhofeminino.blogspot.com.br)
Correndo no Escuro (http://correndonoescuro.blogspot.com/)
Flanagens (http://flanagens.blogspot.com/)
Incontinência Verbal (http://oluquetucho.wordpress.com/)
Malva Mavais (http://malvamauvais.wordpress.com/)
Nuvem Preta (http://nuvempreta.blogspot.com/)
O Descurvo (http://descurvo.blogspot.com/)
O Inferno de Dandi (http://dandi.blogspot.com/)
O Ingovernável (http://moysespintoneto.wordpress.com/)
O Último Baile dos Guermantes (http://ultimobaile.com)
Palavreado de Cria (http://palavreadodecria.blogspot.com/)
PICICA – Rogelio Casado (http://rogeliocasado.blogspot.com/)
Tudo é Crítica (http://www.tudoecritica.com.br)

Movimento
"EUS" em Transe (http://eusemtranse.blogspot.com/)
A Coisa Toda (http://sergiorauber.wordpress.com/)
À Revolta entre a Mocidade (http://revoltairmandinha.blogspot.com/)
Altamiro Borges (http://altamiroborges.blogspot.com/)
Angry Arab (http://angryarab.blogspot.com/)
As árvores são fáceis de achar… (http://asarvoressaofaceisdeachar.blogspot.com/)
Blog do Rovai (http://www.revistaforum.com.br/blog)
Blog do Zanatta (http://rafazanatta.blogspot.com/)
Brecha Coletivo (http://brechacoletivo.wordpress.com)
Carmilla Online (http://www.carmillaonline.com/)
Ciroma (http://ciroma.info/)
Consenso, só no Paredão! (http://www.culturaebarbarie.org/blog/)
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 9/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

Desvirtual (http://www.desvirtual.com)
Diário Gauche (http://diariogauche.blogspot.com/)
Egyptian Chronicles (http://egyptianchronicles.blogspot.com/)
Espai En Blanc (http://espai-en-blanc.blogspot.com/)
Estamos pelo Mundo (http://elenaralelex.wordpress.com/)
Global Project (http://www.globalproject.info/it/home_page_principale/articles)
Groselha News (http://srtabia.com/)
Guilherme Scalzilli (http://guilhermescalzilli.blogspot.com/)
Hupomnemata (http://hupomnemata.blogspot.com/)
Ill Doctrine (http://www.illdoctrine.com/)
Informed Comment (http://www.juancole.com/)
Juventud Rebelde (http://www.juventudrebelde.cu/)
KLF Paris (http://klfparis.blogspot.com/)
Les contrées magnifiques (http://quadruppani.blogspot.com/)
Linhas de Fuga (http://www.linhasdefuga.com/)
Madrilonia (http://madrilonia.org/)
Maria Frô (http://mariafro.com.br/wordpress)
Mega Não! (http://meganao.wordpress.com/)
Náufrago da Utopia (http://naufrago-da-utopia.blogspot.com/)
News for Europe (http://news4europe.wordpress.com/)
O Biscoito Fino e A Massa (http://www.idelberavelar.com/)
O Palco e o Mundo (http://opalcoeomundo.blogspot.com)
Observatório de Levantes (http://eprotest.wordpress.com/)
Olhar Feérico (http://olharfeerico.wordpress.com/)
Outra Política (http://outrapolitica.wordpress.com/)
Outras Palavras (http://www.outraspalavras.net/)
Pablo Ortellado (http://www.gpopai.org/ortellado)
Post on Politics (http://postonpolitics.blogspot.com/)
Precaria (http://www.precaria.org/)
Rama na Vimana (http://ramanavimana.blogspot.com)
Rebelion (http://www.rebelion.org/)
Rede Castor Photo (http://redecastorphoto.blogspot.com/)
Reflections on a Revolution (http://roarmag.org/)
Schizophy (http://schizosophy.com/)
The Highchair Analyst (http://highchairanalyst.blogspot.com/)
Tudo em Cima (http://tudo-em-cima.blogspot.com/)
Viomundo (http://www.viomundo.com.br/)

Ocupar Tudo
AcampaSampa (http://15osp.org/)
Blog da Jody Dean (http://jdeanicite.typepad.com/)
Democracia Real Já Brasil (http://www.democraciarealbrasil.org/)
Derritorial Support Group (DSG) (http://deterritorialsupportgroup.wordpress.com/)
OccupyAuckland (http://occupyauckland.org/)
OccupyBoston (http://www.occupyboston.org/)
OccupyChicago (http://occupychi.org/)
OccupyEverything (http://occupyeverything.org/)
OccupyNY (http://occupywallst.org/)
OccupyTheory (http://occupytheory.org)
OcupaBrasil (http://ocupabrasil.wordpress.com)
www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 10/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

OcupaCampinas (http://www.ocupacampinas.blogspot.com/)
OcupaRio (http://ocupario.org/)
OcupaSalvador (http://www.ocupasalvador.org/)
OcupaTeoria (http://ocupateoria.wordpress.com/)
Possible Futures (http://www.possible-futures.org/)

Cinema e Outras Artes


Arapa Rock Motor (http://arapongasrockmotor.blogspot.com/)
Blog do Polvo (http://blogpolvo.blogspot.com/)
Blog Jazz + Bossa + Baratos Outros (http://ericocordeiro.blogspot.com/)
Chronicart (http://www.chronicart.com/)
Cine Cult Classic (http://cinecultclassic.blogspot.com/)
Cine Persona (http://www.cinepersona.com/)
Cinema & Outras Artes (http://cinemaeoutrasartes.blogspot.com/)
Cinema Brazuca (http://cinema-brazuca.blogspot.com/)
Cinema é Magia (http://cinemagia.wordpress.com/)
Desdobramentos (http://desdobramentos.wordpress.com/)
Dicionários de Cinema (http://dicionariosdecinema.blogspot.com/)
Download de Filmes Cult e Antigos (http://cinemacultura.blogspot.com/)
Ensaios Ababelados (http://www.ensaiosababelados.com.br/)
Filmes para Doidos (http://filmesparadoidos.blogspot.com/)
Incinerrante (http://incinerrante.com/)
Jimi Hendrix Brasil (http://wemisshendrix.blogspot.com/)
Lume Filmes (http://lumefilmes.blogspot.com/)
Observations on film art (http://www.davidbordwell.net/blog)
Pólis + Arte (http://a8000.blogspot.com/)
Queijo Godard (http://queijogodard.blogspot.com/)
Revista Cinefilia (http://www.cinefilia.net/)
Setaro's Blog (http://setarosblog.blogspot.com/)
Sombras Elétricas (http://sombras-eletricas.blogspot.com/)
The Sounds of Eye (http://thesoundofeye.blogspot.com/)
Ubu Web (http://www.ubu.com/)

Letras
A Terceira Margem do Sena (http://aterceiramargemdosena.opsblog.org/)
Alex Sens (http://alexsens.opsblog.org/)
Amálgama (http://www.amalgama.blog.br/)
Azeitona de Dois Caroços (http://azeitonadedoiscarocos.blogspot.com/)
Biajoni (http://biajoni.opsblog.org/)
Bule Voador (http://bulevoador.haaan.com/)
Caosmosis (http://caosmosis.acracia.net/)
Catatau (http://catatau.blogsome.com/)
Contos Fantásticos (http://www.contosfantasticos.com.br/index.php?
option=com_content&view=frontpage)
Daniel Lopes (http://index.opsblog.org/)
Dilema Dissonante (http://dilemadissonante.blogspot.com/)
Dispersões, Delírios e Divagações (http://ddd.opsblog.org/)
Dostoyevsky (http://dostoyevsky.tumblr.com/)

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 11/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

Empregadas e escravos (http://empregadaseescravos.blogspot.com/)


Estafeta (http://estafeta-gabrielpulecio.blogspot.com/)
forma não difere de vazio (http://sensho.posterous.com/)
Histórias Brasileiras (http://hisbrasileiras.blogspot.com/)
Liberal, Libertário, Libertino (http://www.interney.net/blogs/lll/)
Marcos Donizetti (http://donizetti.opsblog.org/)
Na Ponta dos Lápis (http://www.napontadoslapis.com.br/)
O Gato Précambriano (http://gatoprecambriano.wordpress.com/)
O Pensador da Aldeia (http://opensadordaaldeia.blogspot.com/)
Papo Poético (http://papopoetico.blogspot.com/)
Para Ler Sem Olhar (http://diegoviana.opsblog.org/)
Passa Palavra (http://passapalavra.info/)
Revista Bula (http://www.revistabula.com/)
Revista O Viés (http://oviesrevista.wordpress.com/)
Sociologia do Absurdo (http://carlosmagalhaes.com.br/)
Um drible nas certezas (http://andreegg.opsblog.org/)

Universidade Nômade
A Fúria dos Cérebros (http://furiacervelli.blogspot.com/)
Assaz Atroz (http://assazatroz.blogspot.com/)
Blog da Global (http://www.blogdaglobal.org/)
Blog do André Barros (http://andrebarrospolitica.blogspot.com/)
Blog do Malini (http://fabiomalini.com/)
Clinamen (http://www.ciudadclinamen.blogspot.com/)
Do Público ao Comum (http://www.dupublicaucommun.com/)
Edu Factory (http://www.edu-factory.org/)
Horizontes Nômades (http://horizontesnomadas.blogspot.com)
Multitudes Web (http://multitudes.samizdat.net/)
Omnia Sunt Communia (http://deterritorialsupportgroup.wordpress.com/)
Precários (http://www.precaria.org/)
Revista Global (antigo) (http://revistaglobal.wordpress.com/)
Sofia Roney (http://sofiaroney.org/)
Tifiamo Default (http://www.scoop.it/t/tifiamo-default)
Univ. Nômade Brasil (http://www.universidadenomade.org.br/)
Univ. Nômade Espanha (http://www.universidadnomada.net/)
Univ. Nômade Itália (http://uninomade.org/)

Quadrado dos Loucos


(http://www.quadradodosloucos.com.br) - Prosa,
crítica, crueldade e desejo.
Copyleft © 2014 - Desenvolvido por Renan Halphen
(http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.pt_BR)

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 12/13
11/01/14 Ateísmo Débil. Sobre "O Espírito do Ateísmo", de André Comte-Sponville. | Quadrado dos Loucos

www.quadradodosloucos.com.br/322/ateismo-debil-sobre-o-espirito-do-ateismo-de-andre-comte-sponville/ 13/13