Você está na página 1de 5

Origem e Histórico do método de ABP

PERÍODO OCORRÊNCIAS REGISTRADAS NA LITERATURA REFERÊNCIAS


500 a.C. O conceito de aprendizagem autodirigida, um dos pilares do curso de medicina da McMaster, já
Branda (2009, p.
seencontrava nos Analectos de Confúcio:ele só ajudava seus discípulos depois que eles pensavam em
215)
determinado tema ou pergunta, tentavam resolver e não conseguiam encontrar as respostas.
Século Jan Amos Comênio escreveu: “Os professores devem se preocupar em ensinar menos, e os alunos, em Comênio, 1986
XVII apud Branda (2009,
aprender mais”
p.215)
Fins do OCurso de Direito da Universidade de Harvard aplicou os princípios da Aprendizagem Baseada em
século XIX Gil (2009, p. 176)
Problemas no método de caso.
1910 Publicado o Relatório Flexner, nos Estados Unidos e no Canadá, que apontava falhas cometidas pela
Branda (2009, p.
educação médica. O relatório gerou polêmicas, mas as ideias nele contidas são coerentes com as mudanças
216)
que viriam a ser introduzidas nos programas (focados na aprendizagem ativa e centrada no estudante e na
interdisciplinaridade), que hoje são vistos como inovadores.
Década A Harvard Business School implantou a ideia de utilizar problemas da vida real como parte da Penaforte (2001, p.
52-3)apud Souza,
de 1930 aprendizagem, mas com uma abordagem diferenciada da aplicada na McMaster.
2011, p. 36)
Primeiros registros de aplicação da Aprendizagem Baseada em Problemas foram trilhados nos escritos de
1944 Karakas (2008, p.
Dewey ao enfatizar a “conexão entre fazer, pensar e aprender”.
60-1)
1952 Faculdade de Medicina da Case Western Reserve University (CWRU), em Cleveland, Ohio – Estados
Unidos, sob a direção de Frederick Robbins, aplicou um programa organizado em sistemas, que inspirou
McMaster. Entre suas particularidades, o programa incluía: 1) integração interdisciplinar em uma estrutura Ham, 1971 apud
Branda (2009, p.
de órgãos e sistemas; 2) diminuição do número de cátedras; 3) maior número de disciplinas optativas; 4) 211)
controle do currículo a cargo de comissões temáticas e não pelo departamento.
Metade - A literatura associou o termoProblem-Based Learning – PBL ou Aprendizagem Baseada em Problemas - Caplow et al., 1997;
da década Delisle, 1997;
ABP à ocorrência de uma mudança curricular noCurso de Medicina daMcMasterUniversityFacultyof Health Gallagher, 1997
de 1960
até o Sciences–na cidade de Hamilton, província de Ontário – Canadá. apudDuffrin, 2003, p.
2.
início dos
- O Departamento de Medicina da McMaster foi fundado por Moran Campbell (falecido em 2004), educador
anos
Branda (2009, p.
de1970 e cientista renomado que acreditava na educação em detrimento da mera capacitação. Um grupo de 20
207-9)
professores deslocou-se de diversas universidades do mundo para a McMasterUniversity, com a missão de
iniciar um programa inovador de aprendizagem em Medicina. O grupo foi liderado por John Robert Evans,
que, aos 35 anos, foi o primeiro diretor da Faculdade de MedicinaMcMaster(hoje Faculdade de Ciências da
Saúde McMaster) e foi responsávelpelo progresso da faculdade tanto em educação, quanto em pesquisa e
extensão, no período de 1965-1972.
Cada um dos integrantes do grupo de educadores da McMastercontribuiu significativamente para o sucesso
da instauração do programa educacional. James Anderson (1966-1975) - químico, médico, antropólogo e
pedagogo - introduziu o conceito de problemas no aprendizado de anatomia, foi pioneiro no princípio de
aprendizagem autodirigida e estimulou a inauguração da Aprendizagem Baseada em Problemas no
conteúdo de endocrinologia, ambas os conteúdos estudados no primeiro ano de medicina. Howard Barrows
(1970-1981), inspirado em usar problemas clínicos na ABP, liderou a inovação docente e a difusão da ABP,
incluindo o uso de grupos de pacientes típicos e outros métodos de avaliação de competências. William
Spaulding (1965-1970 / falecido em 1989) presidiu a primeira comissão curricular da McMaster e foi o
primeiro diretor associado. Dave Sackett (1967-1994), além das contribuições iniciais no desenvolvimento
do programa, fundou o Departamento de Epidemiologia Clínica e Bioestatística com intuito de subsidiar os
demais departamentos, especialmente os clínicos.
Primeira turma graduou-sena Faculdade de Medicina da Universidade McMaster, tendo o novo currículo
com ênfase no estudo de problemas apresentados nos casos de pacientes e mantendo a leitura dos textos
1971 Gil(2009, p. 176)
teóricos apenas como recurso didático de suporte na atuação do estudante.
Barrows e Tamblynapresentaram justificativas para a necessidade do uso do método de ABP no currículo
1980 Duffrin (2003, p. 2)
da medical school baseado no pressuposto de que o currículo tradicional não enfatizava aprendizagem
apropriada ao contexto da prática profissional.
O relatório ReportofthePanelonthe General Professional EducationofthePhysicianandCollegePreparation for
Medicine – GPEP reporter, marcou a disseminação do método deABP, nos Estados Unidos e levou várias
universidades a mudarem seus currículos para ABP. O documentário apresentou considerações sobre o
1984 Barrows(1996)apud
ensino de medicina e recomendou a promoção do aprendizado independente, da solução de problemas, a
Passos (2003, p. 3-
redução do número de aulas e a avaliação considerando a habilidade de aprendizagem independente. 4)
1986 Barrowsatribuiu as razões para o surgimento do método de ABPà insatisfação dos estudantes diante da
Schunemann (2010,
grande quantidade de conteúdos abordados, considerados como pouco importantes à prática médica.
p. 6)
1990 - Primeiras experiências de adoção da ABP no Brasil, nos currículos de educação médica da Universidade de - Batista et al. 2005;
Coelho Filho, Soares e
Marília, no estado de São Paulo e da Universidade de Londrina, no Paraná.
Sá, 1998; apudDecker e
- O curso médico da Faculdade de Medicina de Marília –FAMEMA - adotou a Aprendizagem Baseada
Bouhuijs (2009, p. 180).
emProblemas,implementou o novo currículo de forma gradual,série a série, e em 2002 graduou-se a - Guimarães(2005, p.
primeira turma de estudantesformada pela metodologia da ABP. 39)

Primeiro estudo na área de alimentos, divulgado na literatura, analisou uma experiência de implantação
Lieux (1996)
1996 parcial de ABP (conteúdo “Serviço e Produção de Alimentos em Quantidade”), no Curso de Nutrição e
Dietética da UniversityofDelaware.
Gallagher aponta comopropósitos da implementação do método de ABPa necessidade de ajudar os
1997 Karakas(2008, p. 65)
estudantes a aprenderem as habilidades de especialistas em tomar decisões corretas e rápidas e resolver
problemas.
- O método de ABP desenvolveu-se e diversificou-se com taxonomias semelhantes e se propagou por todo Graaff e Cowdroy
(1997, p. 168);
o mundo, numa ampla variedade de estudos;
- Diversas escolas passaram a orientar seus cursos por ABP, tanto na forma considerada mais efetiva, que Gil (2009, p. 176-7);
Até fins
envolve todo o currículo do curso, quanto no âmbito restrito a uma disciplina (nesse caso,com inúmeras
do século
XX limitações e sendo considerada uma estratégia de ensino);
Graaff e
- O modelo de ABP tem sido adaptado a muitos contextos educacionais e ao ensino de diversas áreas de
Cowdroy(1997, p.
conhecimento (história, pedagogia, engenharia, arquitetura, direito, economia, administração de empresas, 168); Ribeiro (2008,
p. 25)
etc.), resultando em formatos e abordagens alternativas ao modelo McMaster original.
- Novas adaptações trazem uma redefinição da ABP para uso numa ampla variedade de disciplinas; Duffrin (2003, p. 2)
- Estudos comprovam que, nos casos onde o método foi implementado, é possível verificar resultados
Primeira Kalatzis (2008, p.
década significativos, mas a escassez de iniciativas mostra a necessidade de pesquisas envolvendo o ABP no 22)
do século
contexto brasileiro.
XXI
- Adaptações para adoção vêm ocorrendo, tendo em vista que as soluções objetivas dos problemas no Ribeiro (2008, p. 25-
6).
ensino de cada área apresentam complexidades peculiares e normalmente resultam em mais de uma
solução. No entanto, existem controvérsias na literatura sobre a propriedade de serem classificados como
ABP, uma vez que são diferentes do original.