Você está na página 1de 140
TERESA SOUSA HENRIQUES FREDERICO DE FREITAS QUAL EA DUVIDA? EXPLICACOES E EXERCICIOS DE GRAMATICA Niveis Intermédio e Avancado 1 LIDEL | Lidel - ediedes técnicas, ida ‘Da mesma Editora: — PorTucues x0 ‘Curso de Portugués Lingua Esvangeiaestrutrado em 3niveis: nag, elementareintermédio, ‘Componentes: Livo do Aluno + CD uo, Cadero de Exercicis e Lio do Professor — PRATICAR PORTUGUES ‘ividades inguisticas varias, destinada a alunos de Portugués Lingua Estrangira de nivel elementar eu ntrmédo — COMUNICAR EM PORTUGUES Uno de exerci para.o desenvolvimento da comunica;o oral. nll CO dud com a gravando de todos 0s estos, — OLA! COMO ESTA? ‘Curso intensivo de Portugués Lingua Estrangeiradestnado a adultos ou ovens adutos. ‘Componentes: Lio de Texas, Livo de Atvidades (que contém um Cademmo de ocabulério) CD duo culo. — VAMOS LA COMEGAR! Explicagdese execicios de gramaticae vocabuldro em 2 volumes nivel elementar. — NOVO PORTUGUES SEM FRONTEIRAS 1 Destina-se a arendentes princpiantes,cobrindo as estruturas gramaticals ¢lexicalsbésicas do nivel de iiiagoe elementar. nti CD duc cuplo que ‘contr as gravagées dos ddlogos, txts e exercicios de oralidade, — GUIA PRATICO DOS VERBOS PORTUGUESES Manual prético de conjogagéo vert. Inu verbs com prepasiges e parcuiridads de conjugago de alguns verbos no Bras. Conim cerca de 12.000 verbos. — GUIA PRATICO DE VERBOS COM PREPOSIQOES Diciondro de verbos com preposiées eos seus respetivos signifcados. Contim mais de 1.800 verbos com preposigSes. — LER PorTucues Colog de histras originals de letura tcl agradvel,estruturada em 3 nives — PORTUGUES ATUAL 1 Destin-se ao ensino/aprensizagem de Portugués Lingua Estrangeira ives At @ A2,@ pretende serum iro de apoio na sala de auta e/ou em trabalho auléooma. inci ainda um CO duo, — ENTRENOS 162 "Método de Portugués Lingua Estrangera que contempla os nveis A, A2,B1 B2. Cada conjuto de materiaspressupbe entre 100 120 horas de trabalho, englobando o trabalho na sala de aula eo estudoauténomo. — NAONDA DO PORTUGUES 1 e 2 Projeto pedagégico destinad ao ensino de Portugués Lingua Etrangeia e Potugus Lingua Segunda, digo a joven zlunos, que privleia uma aborda- gem comunicativa por competéncia etaefa. — GRAMATICA ATIVA 1 — Versio Portuguesa segundo 0 novo Acordo Ortogréfico Destina-se ao ensino de Portugués Lingua Estrangeira ov Portugués Lingua Segunda e contém expicagdes cares e apicagdo pti das principals estru- tures dos nies elementare pré-ntermédo ~ AI, AZ € B1. EDIGAD E DISTRBUGAD LIED. del ~ eaioges tscnicas, Ida ‘SEDE ua. Estefania, 183, r/c to. - 1049-057 Lisboa Tel: +351 213 511 448° Fax: +951 213 522 684 Revenda: revenda@iidl ot Exportagéo: dpintemacional@tidel pt Venda ontine:ivaria@iiel pt Marketing: marketing@idel pt Projetos de Edi¢do: edicoespa@tidel pt LUVRARIA ‘Av. Praia daVitiria, 14 ~ 1000-247 Lisboa Wrara@idel pt Copyright © julho 2011 (2* digo); outubro 2004 (1.* Ego) del — Edigdes Técnicas, a. \SBN: 978-972-787-700-3 ré-impressi: REK LAME Multiservigs Grfcos & Pubcidade, Lda. Impressio e acabamento: Cafes - Slugs Gras, Lda - Venda do Pinelo Reimprssio de julo de 2014 Depésio legal n°390541/11 (Capa: José Manvel Reis lystragao: © Steven Dern Este pctograma merece uma expicagéo. 0 seu propio & aertaroleitor para a ameaga que representa para o futuro da escita, nome- adamente na dre da edicdo tonic e univesitiria,o desenvohimento massivo da fotoctnia, (0 Cbdigo do Diet de Autor estabelece que & crime puido por le a ftoofpia sem autorizagdo dos proprietiios do copyright. No entanto, esta prtica generalizou-se sobretudo no ensno superior, provocando uma queda substancal na compra deliv tecnicos. Assim, num pais em que a iteratua tecnica & to escassa, 0s autores no sentem motivago para criar obras inéitas efazé-las publica, icando os letores impossibilitads deter bibliografia em portugués. Lembramos portanto, que é expressamente proibida a reproduco, no todo ou em parte, da presente obra sem autorizacao da editora. INDICE DEDICATORIA .. APRESENTACAO .. NIVEL INTERMEDIO FORMAS DE TRATAMENTO .... REGRAS DE ACENTUACAO .... SER / ESTAR .. TOMAR / APANHAR / DEMORAR / TIRAR / LEVAR COM OU SEM ARTIGO DEFINIDO? COM OU SEM ARTIGO INDEFINIDO? ESTAR / FICAR / ANDAR ... BONS EXEMPLOS PARA FALAR MELHOR . POSSESSIVOS (O MEU / MEU) ..... FOI/ERA ... ESTEVE / ESTAVA QUIS / QUERIA . SABER / CONHECER .. PRONOMES INDEFINIDOS .. TAO / TANTO ..... ONDE / QUEM / QUANDO / COMO / QUE / 0 QUE / QUANTO IMPERATIVO ... DAR + PREPOSICOES AQUI/Af/ALI/CA/LA/ENFATICO / SEI LA/CA SEI... DISSE, NAO DISSE? .. (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 3 LOGO .. CONJUGACAO PRONOMINAL ... TEXTO COM CONJUGACAO PRONOMINAL ... NIVEL INTERMEDIO ALTO INVERSAO DO PRONOME ..... COMO / POR QUE / PORQUE / PORQUE / POR CAUSA DE .. PRONOMES RELATIVOS PARA/POR . MESMO / MESMA .. PODER / SER CAPAZ DE IR TER COM/ ENCONTRAR-SE COM / ENCONTRAR . PODE/PODIATER .. PARTICIPIO PASSADO .... TELEFONEI / TENHO TELEFONADO ... JA/AINDA .... JA/JANAO/AINDA/AINDA NAO .... TER DE / HAVER DE / DEVER . FUI/IA+ GERUNDIO . GERUNDIO 1... GERUNDIO 2... NIVEL AVANCADO. FALANDO / TENDO FALADO ... RESPOSTA A “QUEM?” E “O QUE?” .. FUTURO E CONDICIONAL .. FORMACAO DOS CONJUNTIVOS . VENHA QUEM VIER ... SE GANHAR/ SE GANHASSE ... SE SAIR / SE TIVER SA{DO .. SE FIZESSE / SE TIVESSE FEITO .... TIVERA/ TIVESSE + FAZIA / TINHA FEIT ... SE TIVESSE IDO + TINHA FEITO / FAZIA ... 4° ©LIDEL-EDICOES TEcNICAS 50 52 54 56 58 60 62 66 68 70 72 74 76 77 8 80 82. 86 88 90 92 94 96 98 100 102 104 PRESENTE DO CONJUNTIVO (EXPRESSOES) .. INFINITIVOS ... HAVIA DE VER / HAVIA DE TER VISTO .. E NECESSARIO / E NECESSARIO QUE ... TALVEZ / DEVER / SER CAPAZ / SE CALHAR NAO ACHO QUE SEJA/TENHA SIDO / FOSSE . VOZ ATIVA -> VOZ PASSIVA .. DISCURSO DIRETO -> DISCURSO INDIRETO (Regras) .. DISCURSO DIRETO -> DISCURSO INDIRETO . 106 108 110 112 114 116 118 120 122 125 SOLUGOES DOS EXERCICIOS ... © LIDEL-eDIcbes TEcNIcAs 5 QUO DIUTIUS MEMORIA TENERETUR ET TESTATIOR ESSET Dedicamos este livro ao nosso falecido colega e amigo, Dr. Anténio Candido Mouteira Guerreiro homem de uma vastissima sabedoria estando sempre pronto a ajudar-nos e a esclarecer-nos sobre as duvidas que a nés proprios por vezes nos surgiam, para que por mais tempo e por um maior numero de pessoas seja lembrado. Teresa Sousa Henriques Frederico de Freitas © LIDEL-EDICOES TEcNICAS. 7 APRESENTACAO Cada estudante de uma lingua estrangeira depara-se frequentemente com dividas e dificuldades provenientes de uma comparagiio com a sua propria lingua e cultura. Ao longo da nossa experiéncia de mais de 25 anos a ensinar a Lingua Portuguesa a alunos estrangeiros das mais variadas nacionalidades, com os nossos conhecimentos das diferengas linguisticas (algumas das quais transmitidas pelos préprios alunos) e das diferengas culturais, propusemo-nos elaborar este livro de exercicios cuja finalidade é colocar em contraste as estruturas em que os estudantes revelam ter mais duvidas. Com este livro néo pretendemos abranger todas as estruturas nem explorar todas as situagdes gramaticais até por considerarmos que se destina, essencialmente, a estudantes de niveis intermédio, intermédio alto e avancado, razdo pela qual j4 ter um conhecimento razoavel da lingua. N&o podemos deixar de agradecer a Richard D. Lewis, pelas informagées transmitidas x0 seu livro When Cultures Colide, a todos os colegas com quem temos trabalhado ao ‘ongo destes anos, que nos apoiaram e nos deram sugestdes provenientes da sua propria experiéncia e, obviamente, a todos os alunos a quem tivemos o prazer de transmitir 05 nossos conhecimentos e com os quais também aprendemos. A todos, os nossos agradecimentos. Os AUTORES © LIDEL-epI¢OES TEcNICAs 9 ForMAS DE TRATAMENTO Existem em Portugal varias formas de tratamento: TU (informal) — usa-se normalmente com familia, amigos e criangas.Pode-se usar com colegas ou pessoas conhecidas quando estas propdem o tratamento. VOCE (formal —) — é uma forma que se usa quando se conhece alguém ¢ nao ha um grande grau de formalidade ou de informalidade. Se:se sabe 0 nome da pessoa, & sempre preferivel usa-lo. O/A SENHOR(A) (formal +) — é a forma que se deve usar quando nao se conhece uma pessoa ou ha um grande grau de formalidade. Para homens, usa-se 0 apelido, para senhoras, usa-se DONA mais 0 nome préprio. TITULO ou POSIGAO (formal ++) — Dr.() = Doutor(a) (economists, advogados, médicos, professores) / Eng. = Engenheiro / Arg. = Arquiteto / Prof. = Professor (Universitario) / Diretor(a) / Embaixador(a) / Embaixatriz / Cénsul / Presidente O/A SENHOR(A) + TITULO ou POSIGAO (formal +++) — Senhor Doutor Com a informacao que the é dada, indique qual a forma correta de tratamento e conjugue o verbo indicado. 1. Old Ana! O que é que (estar) a fazer? (filha de um colega) 2. (poder) dizer-me onde sao os correios? (na rua) 3. Boa tarde! Queria falar com . (na embaixada) 4. Isabel, (poder) vir ao meu gabinete, por favor? (com a sua secretaria) 5. Desculpe! (saber) indicar-me o caminho para a estado de S. Bento? (com um policia) 6. Queria marcar uma consulta para Sousa Lopes. Para quando & possivel? (no consultério médico) 7. Apresento-lhe 0 meu colega, 0 Nuno Pinto. (num gabinete de arquitetos) 8. Bom dia! Queria falar com a Carla Sarmento. (ao telefone, com a secretaria de uma economista sua amiga) 9. Olé Paulo! Hoje (estar) muito bem disposto! (no escritdrio, com um colega seu) 10. Fomos convidados para um jantar amanha. (ter) vontade de ir? (com 0 seu marido / a sua mulher) i. estou com dores neste brago ha dois dias. O que é que (achar) que sera? (com a médica) 10 © LIDEL-EDIGOEs TEcNICAS — Viva! Como (estar)? — Bem, obrigado e 2 (com uma pessoa que conhece mas com quem nao tem uma relagdo di ia) José, o que é que se passa? Hoje (parecer) cansado. (com um empregado do seu escritério) Mariana (receber) algum fax de Inglaterra, hoje de manha? (com a sua secretdria) Ola Anténio! (estar) bem? (querer) ir jogar ténis no sabado? (com um amigo) Nés somos os pais do Manuel. (importar-se) de dizer & Ana Tavares que j4 chegamos? (com um empregado, para falar com a professora do vosso filho) ° Correia jé chegou? Entao, (servir) um café ¢ (dizer) que daqui a 10 minutos eu ja vou ter sobre um amigo seu, advogado) com ele. (com a sua secret (vir) hoje de manha? E para confirmar a reunido que marquei com ele. (no consulado) (ter) jornais alemaes? (num quiosque) Joao, (it) comigo a praia no fim de semana? (entre irmdos) Esta aqui o Ribeiro para falar consigo. (a sua secretdria, a falar sobre um cliente) Quando é que (voltar) de férias? Quero combinar um jantar em minha casa. (com um amigo) fo} (achar) que podemos ganhar este caso em tribunal? (com um advogado) Esta semana (viajar) muito pelo pais! Conseguiu arranjar novos clientes? (com um vendedor) Paula, (ter) uma chamada na linha 2. Pode atender? (a telefonista, para uma secretaria) © LIDEL-eDI¢es Técnicas 11 REGRAS DE ACENTUACAO aiori: alavras portuguesas sio graves e dispensam acento, excel * Aquelas cuja falta de acento pode induzir.em erro: ex: +O plural-dos nomes terminados em el e ol: e: * Todas as palavras com uma-sé silaba, terminadas em a, ee '* Todas as palavras com duas ou mais silabas acabadas em em: ex.: também * Quando acabadas em i ¢ wu para evitar a ditongago: ex:: ai : + Quando terminam em i, is, 1, n, r é x: ex.: lapis, facil = z * Quando acabam em eis: ex.: faceis Z Z a + Para nasalar as palavras (til): ex.: mao + Para fechar o 0, a ou e (acento circunflexo); ex.: vé acento grave (’) indica a contragdo da preposigaio a com 0 artigo feminino a/as ¢ com os pronomes demonstrativos aquilo / aquele / aquela: ex.: aquilo Acentuam-se sem exce¢do as palavras esdriixulas: ex.: médico, fabrica, camara Acentue e sublinhe a palavra que necessita de acento. 1. O papa da-me a papa. 2. A papa esta pronta. 3. Da um beijinho a mae da Ana! 4, Esta caneta esta estragada. 5. Os pais dele sao do mesmo pais que os meus. 6. Os franceses gostam muito de caracois. 7. Os caixotes estao no armazem. 8. Eles foram muito amaveis. 9. Esta casa e identica aquela. 10. Ele e muito timido. 11. _ Ele joga tenis todos os sabados. 12. A cafeina em excesso e prejudicial a saude. 13. Alguem sabe responder a esta pergunta? 14. Parabens! A tua nota foi altissima! 15. _ Eles sao muito ageis, parece que voam! 16. Os objetos uteis nao se deitam fora. 17. De-me 0 exercicio de Ingles que esta ai. 18. Ai! Que carga de agua vem ai! 12 © LIDEL-EDIGOEs TécNICAS 19. 20. 21. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Contem uma historia! De quem e este dicionario de Portugues? Por favor de o nome da editora ao Joao porque ele tambem quer comprar um! Este produto contem uma substancia toxica. Qual foi o mobil do crime? O dolar subiu ou desceu? Como passas por la, diz-lhe para por a carta no correio. Ele diz que pratica natagao e que a pratica desta modalidade e a mais completa. Esta secretaria esta na secretaria, no primeiro andar. Esta fabrica fabrica calcado para exportacao. Ela saia sempre de saia comprida quando tinha um jantar de cerimonia. A sua pronuncia nao e correta, porque nao pronuncia o “R”. Ele critica-me quando sou incapaz de resolver uma situagao critica. Eu continuo sempre pelo trago continuo. Normalmente ele come a sopa quente, mas hoje vai come-la fria porque e gaspacho. Ontem nos vimos alguem naquele armazem que contem bebidas alcoolicas e que ninguem conhecia. De onde e que veio este fax? Por favor de-o ao Diretor de Vendas. Ele mantem boas relagoes com o Antonio, mas nos, como deixamos de 0 ver, nunca mais nos falamos. © LIDEL-EDIGoES Técnicas 13 Ser / Estar Caracteristica (permanente) Estados fisicos / psiquicos 7 (temporirios) cidades SER : ESTAR objetos Localizagao.} paises Localizagao edificios pessoas Preencha os espacos com os verbos SER ou ESTAR e devidamente conjugados. 1. Quando os morangos maduros vermelhos. 2 Océu azul, mas hoje cinzento. 3. Normalmente o mar aqui calmo, mas em certos dias muito agitado. 4. Por natureza ela calma, mas hoje nervosa por tudo o que esta a acontecer. 5. Aagéncia de viagens 4 direita de quem desce, mas a esta hora ja fechada. 6. O quadro bonito, mas num lugar onde mal se vé. 7. Acasa pequena, mas muito bem decorada. 8. Eles joralistas e agora num estagio. 9. Atualmente nds que em pior situagdo econémica. 10. Essa vila muito bonita, mas a estrada para la em obras. 11. O senhor que ld fora para falar consigo 0 dono do restaurante aqui ao lado. 12. Eles professores e nesta escola ha trés anos. 13. O banco muito perto da minha casa e a uma hora sempre cheio de clientes. 14. A consulta marcada para as trés horas e eles atrasados. 14 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 15. Areuniao muito importante e por isso, tudo preparado hé muito tempo. 16. © senhor que a seguir para levantar o bilhete de identidade? 17. Quem as pessoas que para a consulta de Oftalmologia? 18. Onde a casa que para venda? 19. De quem as malas que a entrada? 20. eles os que mais interessados em resolver essa questo. 21. O Algarve mais bonito quando as amendoeiras em flor. 22. Esta a can¢gao que agora na berra. 23. sempre um prazer consigo. Mu. Ai uma pergunta a qual dificil responder. 25. Para sincero acho que este trabalho pouco desenvolvido. 26. Estas criangas normalmente muito sossegadas, mas quando com outras ficam irrequietas. 27. Quem sempre pronta para essas coisas a minha colega. 28. Solidao sentir-se s6 quando se entre gente. 29. Eu mesmo a ver que isso que vai acontecer. 30. O mitido deles magro, mas agora um pouco mais gordo. a - letes © LIDEL-eDicoes TEewtcas 15, Tomar / APANHAR / DeMoRAR / TirsR / LEVAR TOMAR - o. -pequeno- almogo / duche ou bane, / medicamentos 1 notas / ‘bebidas = BEBER / uma decisio = DECIDIR APANHAR —um transporte ptiblico / com a amo t CONSEGUIR I CONFRONTAR.- SE com / SER. e tagiado DEMORA! ara fempo : me TIRAR ue um lugar / a uma pessoa /uma fotografia : . LEVAR — - para um lugar / a uma pessoa / dinheito (pagamento) / tempo - a Use 0 verbo adequado em cada uma das frases. 1. 10. i. 12. 13. 14, 15. 16. 17. Durante a dpera, o telemével dele tocou, ele -o do casaco e desligou-o muito envergonhado. Como estava cheio de pressa, teve de um taxi para nao chegar tarde. Como ainda é cedo, por que é que no vamos uma cerveja? Ontem, a nossa viagem mais tempo porque muito transito. Amanhi, vou a casa dele e -lhe o CD que ele me pediu. Quanto tempo é que vocés a fazer esse exercicio? No exame que fiz na semana passada, uma boa nota. Dé6i-me imenso a cabega. Acho que vou uma Aspirina. menos tempo para chegar ao escritério se © metro do que se vier de carro. Quando ele da carteira uma nota de 50€ para pagar o café, o empregado ficou furioso. Normalmente, eu sempre 0 pequeno-almogo em casa. Quanto é que eles te pelo arranjo da impressora? Nao vou com vocés porque quero ir primeiro a casa um duche. Depois, eu vou 1A ter. Como ja é tarde, eu -te a casa. Por que é que tu tanto tempo? Ja estava preocupada. Bom dia! Queria seis fotografias tipo passe. Amanhi, podes -me para a escola os apontamentos de Anatomia? 16 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Como 0 autocarro estava cheio, um ladréio -lhe 0 dinheiro do casaco e ninguém viu. Estava a sol na varanda quando ele me telefonou. Antes de comegar a trabalhar, eu sempre um café. Comegou a chover de repente uma molha. Nao as chaves dai! Depois ando maluco a procura delas. Como tinham muito trabalho, tiveram de alguns relatérios para fazer em casa. Ele estacionou mal o carro e uma multa. Espera s6 um minuto! Eu vou sé entregar esta carta e nao nada. Eles tém sempre muita dificuldade em decisdes. Por favor, esse papel que esta debaixo da sua mesa! No Guincho, é impossivel banho porque o mar é muito perigoso. Nao se esquega de uma camisola! E que agora a noite fica frio. Nao te porque 0 teatro comeca daqui a meia hora! Quando um taxi, pede sempre um recibo. Como nao tinha dinheiro, -te 10€ da carteira. Como ele estava distraido a conversar, no viu a bola e com ela na cabeca. Hoje ela © carro para o trabalho e deu-me boleia. Como pouco tempo, chegémos cedo e ainda tive tempo para uma meia de leite. Como eu nao trouxe caneta, -lhe uma da sua secretaria. Nao se importa? © LIDEL-EDI¢Es TEewicas_ 17 Com ou Sem Artico DrFINIDo? COM ARTIGO (preciso) SEM ARTIGO (vago) substantivo / nome proprio forma de tratamento (vocativo) pronome adjetivo possessivo pessoas famosas dias da semana / estagdes do ano nomes de cidades datas festivas pronome substantivo possessivo casa (edificio) aprender / estudar / ensinar superlativo casa (lar) outro / mesmo meses / anos depois de ambos / todos designagao das horas do dia nomes de paises / continentes / montanhas horas antecedidas de preposigao Coloque o artigo, quando necessdrio, contraindo-o ou néo com o pronome ou com a preposigao. 1. Lisboa tem sete colinas como Roma. 2. Todo dia choveu! 3. Natal é mais festejado em Portugal, Pscoa na Espanha e Carnaval no Brasil. 4. Maria! Em que andar é que estas? 5. Achas que Maria quer gelado? 6. Ele era melhor aluno da turma! 7. Ela gosta de aprender Matematica. 8. Fernando Pessoa escreveu a Mensagem. 9. Ambos irmaos eram louros. 10. Vou para ld em meados de julho. 11. Costumo visitar os meus avés a domingos. 12. Ainda é cedo, sio dez horas, mas a onze e meia tenho de lhe telefonar. 13. Este dicionario € meu. 14. meu filho mais velho esté em Direito, outro esta em Medicina. 15. Gosto muito de caldo verde e especialmente de caldo verde que ela faz. 16. Nao tive 4nimo nem forga, para fazer nada, tao mal me sentia! 17. Isso foi em 1999! tempo voa! 18. Norte é mais montanhoso, Sul, mais plano. 19. Serra da Estrela é mais alta de Portugal. 20. sdbado vou ficar em casa a estudar. 18 © LIDEL-EDICOEs TECNICAS Com ou SEM ArRTIGO INDEFINIDO? COM ARTIGO (vago) SEM ARTIGO (+ vago) semelhanga com alguém célebre / tanto para designar obra de um artista igual / tal no plural — aproximagiio numérica semelhante O artigo indefinido serve para fazer a apresentagado de um ser ou objeto ainda nado conhecido do ouvinte ou leitor. No seguimento passa-se a usar o artigo definido. A. Coloque o artigo, quando necessdrio, contraindo-o ou ndo com a preposi¢ao. 1. Ele é D.Juan. 2. Nunca vi coisa igual! 3. Ela deve ter 20 anos. 4. Fiquei hotel de 5 estrelas. 5. dia destes vou 1a. 6. Havia coisas no cho por todo o lado. 7. Nunca ouvi semelhante disparate. 8. Pareces D.Quixote a lutar contra moinhos de vento. 9. Foi acusado crime. 10. Ele disse grande verdade. 11. Comprei duas duzias de sardinhas. 12. Tenho Malhoa. Custou-me os olhos da cara. 13. Vim dos lugares da frente. 14, Nos restaurantes chineses como sempre com “pauzinhos”. 15. Comprei sem numero de coisas. B, Coloque 0 artigo definido ou indefinido, contraido com a preposigao, se necessério. 1. Com inauguracao novas instalaces, come¢dmos nova etapa nossa existéncia. Depois interregno trés anos, motivado trabalho instalagao maquinas alta tecnologia esto criadas condigdes necessdrias para que fabrica volte a funcionar com regularidade. 2. Ao exigir répida conclusio obras centro cidade, que causaram transtornos comércio local e profunda crise, abrimos__ porta para resolugao conflito com Camara. exigéncia foi aprovada por unanimidade com votos representantes proprios habitantes e forga politica dominante concelho longo ultimas décadas. © LIDEL-EDI¢dES TEcNIcAs 19. Estar / Ficar / ANDAR “ESTAR (estado temporario) “FICAR (consequéncia) ~ = ANDAR (estado prolongado) — Preencha com o verbo adequado, devidamente conjugado. 1. Depois de apanhar tanta chuva, claro que constipado. 2. Desde que cheguei que desanimada porque ainda nao arranjei trabalho. 3. ha muito tempo para ter uma conversa com ele para esclarecer a minha situagdo. 4. Eles euforicos porque iam finalmente realizar o seu sonho! 5. Quando comi aquele peixe, maldisposta. Nao devia estar muito fresco... 6. Durante toda a semana, nds numa correria, por causa da exposigao. 7. ha que tempos a dizer que essa lei vai ser alterada. Ainda nao vi nada. ‘ 8. pior do que antes: os comprimidos nao deram resultado! 9. de boca aberta, quando me contaram o que aconteceu! 10. téo lentamente com os documentos que tive de reclamar. 11. Se isso me acontecesse, como uma barata tonta! 12. A entrevista que vai fazer hoje é que vai decidir o futuro dele e, por isso, nés preocupados. 13. Desde entdo para ca, sem vontade para fazer nada, preciso de arrebitar! 14. Ontem, de um lado para o outro a procurar casas e nado conseguimos ver uma de jeito! 15. todos felicissimos, 0 bebé é um bonequinho! 16. Nem sei quantas piscinas fizemos! de rastos! 20 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Quando o vi naquele estado, sem pinga de sangue! meio mundo a lutar contra a violéncia e outro meio a exercé-la. fartos de te dizer para nao te portares assim com os teus avs! desorientada quando vi tanta gente a minha volta! desnorteados, desde que fomos assaltados! Desconfiamos de tudo ¢ de todos, Quando o chefe Ihe disse que ia ser promovida, muito contente. Raramente nos encontramos porque ele com muito trabalho. Eles muito contentes quando nos viram. Ela hoje preocupada porque o marido doente. Ontem, quando cheguei a casa, muito cansado. Nem sabes como eu quando me deram a noticia! Como eles nao a convidaram para o casamento, cla aborrecida. Ainda zangada comigo, ou ja te passou? Tive de vir de autocarro porque o meu carro avariado. Quando ela soube a nota do exame, muito contente. Coitado do mitdo! Os dentes esto a nascer e hd dez dias que com dores. Quando os pais disseram ao filho que se iam separar, o mitdo muito triste e até dois meses numa psicéloga. Ele com muito cuidado a conduzir porque jé foi multado duas vezes. Quando acabou o exercicio, muito contente. Notas © LIDEL-epi¢Oes Técnicas. 21 Bons EXeMPLos PARA FaLaR MELHOR COMPARATIVO Bom / Boa Bem / Mal ~ referente a adjetivo ou verbo Bons / Boas | eferente a Melhor Mau / Ma._[ substantivo Mais bem / mal — referente a Pior adjetivo verbal Maus / Mas : Preencha os espacos com a palavra adequada. 1. A comida estava muito - Soube-me muito ! 2. Com tempo, faz andar a pé e apanhar ar. 3. Dantes, o negécio era , mas agora vai de a pior! 4, Naquele restaurante, a comida nao é nada e come-se por pouco dinheiro. 5. Hoje, estou disposto e acordei com pressentimentos em relagdo ao resultados dos exames. 6. A publicidade esté toda organizada, sé falta expé-la num lugar. 7. Nao gostei da casa, porque é e esta dividida. 8. Uma parede para pér o quadro é por cima do sofa, mas pée-no posto, sendo, cai! 9. Se quiseres um conselho, toma atengao! 10. 0 trabalho de grupo mais apresentado, recebeu um prémio: uma viagem! 11. A ligagdo ficou feita, porque o canalizador era endo tinha experiéncia. 12. Este vinho nao sé é , como cheira muito ! 13. O senso diz-nos que a nossa liberdade acaba onde comega a liberdade dos outros! 14. Na clinica de que te falei, encontras um ambiente, assisténcia médica e um servigo de enfermagem muito 15. Espero que ele tenha uma nota e que fique classificado para poder arranjar um emprego! 22 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Desejo-lhe felicidades e um dia passado! A tua exposigaéo foi muito aceite pela assisténcia. Apresentaste © assunto ¢ usaste argumentos. Fica-lhe esse fato! Tem um corte! Damo-nos muito com 0s nossos vizinhos. Sao umas pessoas muito prestaveis! As coisas e que nos acontecem nao nos afetam segundo a sua grandeza, mas segundo a nossa sensibilidade. Com vontade no chegamos nunca a resultados! Os amigos conhecem-se nos momentos. Os trabalhos mais pagos, geralmente sdo aqueles que ninguém quer fazer. de ti, se nado fosses uma pessoa com feitio! Nao ha nada que nao te acontega! Antes sé que acompanhado. Foi escolhido. era impossivel. Se todos os conselhos fossem , vendiam-se, nio se davam. O que ele disse foi uma brincadeira de gosto. Ele no vé com olhos a situag&o que se esta a passar. Nao ha cego do que aquele que nao quer ver. Para , muda-se sempre. Essa observagao esta vista! Fumar faz a satide. Gosto muito dela. E uma pessoa de gosto e que esta sempre de humor. Se fez este exercicio, tem uma nota. © LIDEL-EDIGOES TEcnicas_ 23 Possgssivos (O Meu / Merv) * concorda em género e numero com 0 objeto * seu / sua quando € ambiguo substituimos por dele / dela Ex: A Paula falou com o José sobre os seus problemas. (do José? da Paula?) = indica aproximacado numérica * tem valor afetivo ou irénico c * quando nos referimos a familia, companheiros, compatriotas * o artigo precede o pronome quando 0 substantivo esté expresso ou implicito + exclui-se 0 artigo no vocativo Preencha os espacos e faca a contragao com a preposigao, quando necessdrio. 1, Ninguém o influenciou. A ideia foi 2, La vens tu com perguntas! 3. senhores e senhoras: vamos dar inicio ao leilao! 4, Vem ai o dia da mae e nao sei 0 que hei de dar a 5. Deus! Em que estado estas! 6, Vamos beber um clice de Porto. A ! 7. Boa viagem para os dois! Vou ter saudades ! 8. Quem sai aos , nao degenera! 9. De quem é isto? nao é, deve ser do Joao. 10. Nao chorem! Nao foi culpa ! 11. Vai comer essa fatia de bolo enorme? gulosa! 12. Elatem 15 anos, nds 40. A geragio si: diferente de 13. E______, este copo? Parece-me que deixei ali 14, Ai, ricos éculos que se partiram! 15. Que sorte ! Nao ter partido nada quando cai! 16. Agora é vez! Concentre-se! a7 sorte foi estarem de partida, sen’o tinham apanhado mau tempo! 18. Posso ajudé-la, senhora? 19. Foi multada porque se esqueceu da carta, problema ! 20. Se nao tem telemével, eu empresto-Ihe 21. Com muita pena , nao posso estar presente. 24 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. 36. 37. 38. 39. 40. Como o filme nado é dobrado, nao € para idade. Ainda nao sabes ler as legendas. Como foram as férias? foram étimas 7 parabéns! Gostémos muito! caro amigo, desejo-lhe muitas felicidades a si e & mulher! Ja nao me lembro, eu devia ter catorze anos! E um momento dificil para vocés! sentimentos! Todos nés puxamos para pais, independentemente de ser bom ou mau. E tudo isto aconteceu por culpa . Nao sei onde é que eu tinha a cabega! Fato novo...! vaidoso! A frente estava a mesa dos noivos e a lado as mesas dos amigos. — De quem é este capacete? -E____, porque hoje vim de mota. Temos de pér de lado divergéncias. Esta é a sede do partido. Apresento-lhes este amigo que é ca de Diz la quais sao passatempos preferidos? Nao tens pena deste carro ndo ser 2 Exceléncia (Ex.*) mandou-me chamar? O Primeiro-Ministro vai ser recebido por Santidade o Papa na proxima terga-feira. Tem de se resolver o problema do aquecimento global de planeta. Um abrago ! Esperamos voltar a vé-los muito em breve. © LIDEL-EDIGOES TEcNICAS 25 Foi / Era Pretérito Perfeito eté i fui era foste eras foi pontual era descritivo fomos éramos foram eram Preencha os espacos com o verbo no tempo adequado. 1. 2. 9 10. ll. 12. 13. 14, 15. 16. Os prémios seis, mas s6 quatro é que entregues diretamente aos vencedores, os outros fizeram-se representar. como. de esperar. Um sucesso de bilheteiras! Como os meus pais acharam que bom, eu aceitei, mas para mim muito dura a experiéncia. -se 0 tempo em que as criangas que inventavam 0s seus proprios brinquedos! muito bom, porque o recinto ao ar livre. neste ponto que encerrou a primeira fase das negociacées. Na batalha, o numero de soldados enorme, mas a superioridade dos nossos obvia. Eles to categéricos, que vi que impossivel remar contra a maré. O final feliz, patente 0 entusiasmo do piblico! sol de pouca dura o entusiasmo inicial, depressa cairam numa inéreia absoluta! um desgosto para as pessoas que da familia! Acabaram-se as férias. Anteontem © regresso ao trabalho. 8h e jd estavamos a trabalhar. s6 20 os que se apresentaram, mas mais os inscritos. O nosso anterior carro caro, mas uma “maquina”! Este © que reunia mais condi¢gdes, e por isso ° nosso eleito. s6 dois dedos de conversa, mas as novidades tantas que ficaram para a préxima. os primeiros a chegar, para ai 11h! 26 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 18. grande o numero de visitantes. quase todos espanhdis. 19. La fora um mar de gente. um castigo para chegarmos as bancadas! 20. com muito custo que conseguimos comprar esta casa. Os ordenados nessa altura muito baixos. CAMOES com muita imaginagao e através da sua poesia que se reconstituiu a sua ja. Pensa-se que estudante em Coimbra, apesar do seu nome nio aparecer nos registos. Mais tarde veio para Lisboa, onde precetor de um filho de um fidalgo. Quando jovem um conquistador de coragées femininos, nao se sabendo ainda hoje se a grande paixao da sua vida uma irma de caridade a quem dedicou versos muito platénicos. Como transferido para Marrocos, numa das lutas contra os Mouros perdeu o olho direito, por isso todos os seus retratos o representam com essa deformidade. No regresso, um homem marcado a quem ninguém reconhecia valor. Embarcou para Goa, passou seis meses no mare as suas viagens que lhe deram conhecimentos para as cenas maritimas de Os Lusiadas. pobre, mas o seu humor brilhante. Conta-se que, num banquete, os convidados portugueses surpreendidos com pratos nao de iguarias mas de folhas de poesia. Nelas dizia que se nao queriam passar uma ou duas horas tristes, 0 que haviam de fazer voltar para casa porque ali nfio havia nada que comer. Conta a lenda que Provedor dos Defuntos e Ausentes em Macau quando voltou para Goa e, num naufragio, salvou o poema épico, nadando apenas com um brago e, com 0 outro estendido acima das ondas, atingiu o litoral. Como, por habito, nao recebido no palacio, mandou um mensageiro entregar © seu poema, que D.Sebastido leu com agrado, concedendo-lhe uma renda. Morreu em 1580. O destino de Os Lusiadas mais feliz do que o seu autor. traduzido em quase todas as linguas do mundo e hoje tem um lugar de relevo na literatura universal. O seu grande valor integrar na vida dos portugueses o relato dos feitos heroicos dos navegadores. _| © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 27 Esteve / Estava Pretérito Perfeito Pretérito Imperfeito estive estava estiveste | pontual estavas | descritivo esteve ou estava ou estivemos | tempo limitado estavamos | tempo prolongado estiveram estavam Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 1. 2. 3. 9 10. i. 12. 13. Como eu um ano fora, desejosa de chegar a casa! Acho que o senhor ___ c& quando o meu colega de férias. Nesse dia, eu tanto tempo de pé que até com dores nas costas! Como eu toda animada com a vinda deles, toda a tarde a preparar tudo para os receber. Como nés n&o bem preparados para o exame, a rever a matéria durante todo o fim de semana. Ele _______ meia hora a falar para 0 boneco pois ninguém com atengao. Nés tdo necessitados de férias que, no primeiro dia, manha e tarde de papo para o ar, na praia! O telemével desligado durante todo o espetaculo. Claro que a saida carregadinho de mensagens! Como eu bronzeada, com um ar muito mais saudavel. A ultima vez que eles connosco, foi quando para voltar para o Japa combinado esperar a porta do restaurante, mas como cheguei atrasado todos 14 dentro. A primeira vez que nés ca, a mesa naquele canto. Nos vai nao vai para a ir visitar. Ainda bem que nao fomos, porque ela nao 28 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Eu todo o dia em casa porque me a apetecer passar um dia calmo. tanto frio, que eu mesmo para nao vir! Eles nao connosco porque em reuniao. Nos fartos de lA ir, mas s6 naquele dia é que com ele. Eu preocupado com a demora dela e por isso a pé até ela chegar. As criangas ao frio e & chuva, no jardim, aquele tempo todo e em casa ninguém preocupado! na hora de sair e ele ainda nfo despachado. Como aqueles sapatos na moda, aum prego inacessivel. A pessoa que 4 minha frente bem meia hora a preencher o papel! Eu to desanimada que para te telefonar a pedir ajuda! Eu bem longe de te encontrar aqui! Onde é que ontem durante todo o dia? Eu cheia de saudades da minha mae e por isso nds mais de meia hora ao telefone. Acasa em obras e quando fui ld completamente diferente ¢ muito mais bonita. S6 connosco durante o almogo porque os colegas a espera deles para uma reuniao. Ela muito triste porque toda a tarde a falar com ele e nio o convenceu a mudar de opiniao. No més passado, nés com imenso trabalho no escritério, mas quando aceitémos 0 projeto ja a prever que isso ia acontecer. (tu) sem dar noticias mais de um més. Ja (eu) em cuidados. Notas © LIDEL-EDICOES Técnicas 29 Quis / QuERIA Pretérito Perfeito Pretérito Imperfeito quis queria quiseste querias quis intengo concretizada queria inteng&o nao concretizada quisemos queriamos quiseram queriam Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 10. il. 12. 13. 14. Eu ir visité-la, mas 0 meu marido nao e acabémos por ficar em casa a ver um video. Os jornalistas saber pormenores, mas o entrevistado nao revelar mais informacées. O meu pai explicar-me tudo antes do exame, mas eu fazer a reviséo sem a ajuda dele e nao chumbei! Nés fazer o jantar de curso num restaurante, mas no fim um colega fazé-lo na sua propria casa e até foi melhor! Depois da operacao, eu comegar logo a trabalhar, o médico é que dar-me uma semana de baixa. Tu nao ir, ele é que ! Tiveste de lhe fazer a vontade! Nés vir pela autoestrada, para fugir ao transito, sé que ele nao nos ouvir! Quem , foi fazer vela, quem nao » ficou na praia. As pessoas que despachar-se mais cedo, foram as que ficaram para o fim. Ninguém 0 bilhete que sobrava, por isso fiquei eu com ele. Eu nao decidir sem antes termos uma conversa, mas ninguém assumir as responsabilidades. Nos parar para perguntar 0 caminho e aproveitamos para tomar um café. A cor que tu ja no havia, por isso, tive de escolher outra. Os miidos ficar a pé até mais tarde, mas os pais nao fazer-lhes a vontade. 30 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22, 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Foste tu que comprar este carro, portanto nao venhas dizer agora que nao gostas dele! Eras tu que © outro carro mas agora concordas que este foi uma boa escolha. Como eles faziam anos de casados, os filhos fazer-lhes um jantar surpresa. Eles adoraram! Eu um bife grelhado, mas como me cairam os olhos naquela travessa de cozido a portuguesa, vou ceder a tentagao. Por que é que tu essa marca? Nao é das melhores! Eles fazer uma viagem ao Oriente, mas este ano nio vai poder ser. Eles fazer esta viagem porque assim ficaram a conhecer o Oriente. Nos ver as fotografias, mas ela esqueceu-se... Nos ver as fotografias e j4 escolhemos algumas para nés. Ele enganar-me, s6 que eu nao fui na conversa... Quem ir aos Acores era a Maria, mas a ultima hora mudou de ideias e ir 4 Madeira. Nao ficou arrependida. O delegado sindical falar sobre esse assunto, mas ele adié-lo para uma melhor ocasiao. Eu fazer-lhe companhia naquele momento dificil porque ja sabia que ninguém meter-se no assunto. Tu nao a convidar porque nao a conhecias, mas eu apresentar-ta... Foi ele que fazer isso assim e agora ja é tarde para voltar atras. Era eu que apresentar a questo, mas ele antecipou-se e complicou tudo. © LIDEL-EDIGoES Técnicas 31 SaBer / CONHECER SABER - indica: estar informado de / ter sabor de / tornar-se piblico / compreender saber bem — causar uma sensagao agradavel a saber — isto ¢ no querer saber de — nfo estar interessado CONHECER - utiliza-se para pessoas ou lugares Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 1, Disseram que o resultado das eleigdes sé saia amanha, mas veio < -se As primeiras horas de hoje. 2, Ainda estou para o que é que Ihe deu para falar daquela maneira 3. -o de vista, cruza-se sempre comigo de manha. 4. Nos -nos quando ainda éramos estudantes, depois cada um foi para o seu lugar. 5. Esta um belo dia de sol! -me tao bem um dia assim! 6. Acho que esta tudo, : 0 cademo, as canetas, o dicionario... 7. Nem quero ! Isso n&o € da minha conta! 8. bem a zona, mas nao qual é 0 caminho para la. 9. -08 porque vivem mesmo ao meu lado, mas nem © que é que fazem! 10. Coimbra como a palma das nossas maos! 11. S6 se os verdadeiros amigos nas mas ocasides. 12. Nunca mais © que foi feito dele, depois de ter ido trabalhar para tao longe! 13. Eu bem o meu ponto fraco, por isso me protejo. 14. As férias a pouco! Quem me dera mais uma semaninha! 15. -o de o ver todos os dias na televisao. 16. que estavam cé e por isso ndo podiamos deixar de vos visitar. 17. Nao © que € que ele quis dizer com aquilo! Cheira-me que vai haver mudangas! 32 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Se o que hoje, tinha tomado outra atitude! Quem nao & como quem nao vé! Gostava que 0 ! Ias gostar dele com certeza! -nos de longa data! Somos como irmaos! Quem nao te , que te compre! Espera ai! Talvez ele onde é que isso fica. Eu que ele vai dizer que nao. -lhe as manias! -0 eu como 0 , ja que vai ficar irritado. Nao me contes 0 que se passou porque disso. Acho que © autor daquela escultura. Aposto contigo em como nao quem é o autor daquele quadro. Quem é 0 atual Presidente do Parlamento Europeu? Eu nao O aniversario dele € amanha. Por acaso tu quantos anos faz? Como ele falou com o diretor, talvez quando é que esta previsto o arranque desta obra. por que é que se bate trés vezes na madeira? E para afastar a ma sorte. Se eu isso antes, nao Ihe tinha telefonado. Desculpe! Acho que o de qualquer lado, Por acaso nao andou na Faculdade de Direito? bem que eu no gosto que tu fagas esses comentarios em frente de outras pessoas. (© LIDEL-EDICOES Técnicas 33 PRONOMES INDEFINIDOS NENHUM / ALGUM / QUALQUER / TODO / OUTRO / MUITO / POUCO (varidveis, usam-se a maior parte das vezes acompanhados do substantivo) ALGUEM / NINGUEM / TUDO / NADA / CADA (invaridveis, nunca vem acompanhados de substantivo) Preencha 0 espaco com o pronome adequado. 1. Ele nao vai achar graga a tua ideia. 2. Sao as pessoas que gostam de se dedicar exclusivamente 2 agricultura. 3. Eladeu importancia ao que ele disse, mas nfo era caso para tanto. 4. A situagdo chegou a um ponto em que era preciso tomar uma atitude 5. O seu filho come bem! Comeu a comida sem fazer fitas. 6. Isso nao faz sentido até porque a proposta que ele apresentou teve a aprovacao de os presentes. 7. Nao ha divida que ele se portou bem na competigao. 8. Convidei-os para 0 nosso churrasco porque sé estéo ha um més em Portugal e ainda nao conhecem 9. Ele deve estar a chegar a momento. 10. Podemos encontrar-nos amanha as Sh, mas eu tenho tempo porque tenho onde estar 4s 6h sem falta. ll. grupo tem de apresentar o seu trabalho até ao dia 20. 12. Posso entrar ou ele esta com no gabinete? 13. Ainda necessitamos de dados para completar a sua ficha de cliente. 14. Quando é que recebemos 0 resultado da prova? 15. As pessoas que vou chamar vao neste autocarro e as vao no autocarro que esta no terminal numero 3! 16. Ele tem uma vida sedentaria. Trabalha e nao faz exercicio. 34 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 17. 18. 19, 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27, 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. No fim de semana estive na praia com das minhas amigas. A firma est4 numa étima situagdo financeira porque tem clientes. Desejam mais coisa, além do café? E preciso ter sorte! Vé 14 tu que ele parou ali o carro sé cinco minutos e foi multado! O segundo canal € 0 unico que esté a dar o noticidrio. Os estado todos a dar futebol. Que tal as vossas férias? Correu bem? Ao contrario do que pessoas afirmam, eu acho que nao vai haver problemas quando essa lei entrar em vigor. s&io os que dizem que vio fazer e os que realmente o fazem. Hoje, as criangas do infantério foram visitar a “Quinta Ecolégica”. Ele vai a Itdlia porque tem ld amigos e aproveita para os ir visitar. Hoje é um mau dia! Nao ha que nao me acontega. O despertador nao tocou, houve greve dos comboios e, ainda por cima, perdi a carteira com os documentos. Apesar de nao gostar de filmes de terror, ela viu o filme dos senhores me sabe responder a esta questao? Nao havia indicios de violéncia. ‘Nao acredito muito em vocés. Estéo a esconder-me uma coisa ! Como esta licenciado pela autoridade competente, eles nao tém obstaculos. — Ainda tem rosas? — Nii, ja nfio ha . Venderam-se todas. Em dos casos que apresentaste, percebe-se que as investigagdes estéo muito avancadas, mas noutros parece-me que nao. Acho que nao vou conseguir, mas vou tentar de as maneiras. © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 35 TAo / Tanto oO ‘anto é usado com substantivos. Que significa consequéncia. slamativo. - QUE / TANTO ... QUE Preencha os espacos com a palavra adequada. 10. ll. 12. 13. 14, 15. Apertaste os atacadores, por isso agora é dificil descalgares esses ténis! la apertada no metro mal podia respirar! Que saltos altos! Deves ter dores na barriga das pernas ao fim do dia nem deves conseguir andar! Langaste mal a bola nem parece que jogas futebol todos os dias! nds © casal nosso amigo, nao estamos interessados em viagens de muitas horas. este aquele, cabem aqui! E uma questio de gosto! Ele langou-lhe um olhar meigo até eu fiquei comovida! € da vossa responsabilidade da nossa, prestarmos um bom servico pés-venda! O motivo por que houve assobios teve a ver com a parcialidade do juiz de linha. Ficou tudo mal feito, porque ele fez 4 toa, sem organizagao nenhuma! Estava com pressa até vesti a t-shirt as avessas! Umé estimado 0 outro. Ambos s&o uns empregados extremamente eficientes! me sabe bem “Bacalhau a Bras” a “Zé do Pipo”, agora é conforme o gosto de cada um. Estivemos a vontade na nossa casa! A influéncia portuguesa em Bassoré foi importante ainda ha dialetos que usam palavras como “bandeira”. 36 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 16. 17. 18, 19, 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Uma boa noite de sono consolida a memorizagao de nova informacao recupera a informagao previamente acondicionada. Eramos que nao havia espago suficiente na sala. Tenho aqui exercicios no sei qual hei de fazer primeiro. bonita é uma a outra. a esquerda 4 direita ha um parque de estacionamento, mas o da direita nao é caro © da esquerda. Comi e bem e a conta nem foi assim cara. E bonito! So é pena ser caro! hoje amanha nao posso combinar nada consigo. Estava um dia bonito e, de repente, levantou-se uma ventania forte tivemos de sair da praia. ca dentro 14 fora, esta um frio de rachar. Nao conhego ninguém com piada ele! Com poucos espectadores, nao sei quanto tempo é que a peca de teatro se vai manter em cena. Estao a fazer barulho nao me consigo concentrar! O restauro ficou bem feito nao se nota absolutamente nada. Com pratica, acho que nunca mais vou fazer erros. ‘© LIDEL-EDIGOES TEcNICAS 37 Onpbe / Quem / Quanpo / Como / Que / O Que / Quanto / QuaL ONDE - lugar QUEM - pessoas QUANDO — tempo COMO -— descrigao QUE -— substantivos O QUE — “que coisa...” QUANTO ~— (varidvel) quantidade QUAL — (varidvel + verbo) selegao. Por vezes sio acompanhados de preposigdes. aes Ex.: de quem, para quem, aonde Complete a pergunta de acordo com a resposta, usando a preposigdéo quando necessério. i horas & que estiveram sem luz? — Nao chegou a uma. 2, —Estavam a espera a — Dos nossos maridos. a € que eles se revoltaram? — Contra os invasores. ee que gosta.) mais7, = Do tinto do Alentejo. 5. marca é que escolheram? — Vista Alegre. c= prateleira estdo as latas de feijao? — Estdo na do meio. Rox tempo é que levaram a fazer o teste? — Uma hora e qualquer coisa. 8 € que esta cd? ~ Desde fevereiro. x te dirigiste para pedir 0 impresso? — Ao guichet em frente. 10. - € que andaste? — A passear pela praia. Ww - & que soubeste? — Soube pela minha cunhada. 12 - € que devemos agradecer estes péssegos? — Em primeiro lugar, aos donos da casa e, depois, ao caseiro. 38 © LIDEL-EDICOES TéCNICAS - €é esta posta de peixe? -E para mim. - & que pensam cé ficar? — S6 até meados do més. - temas é que eles fizeram mais perguntas? — Sobre a ultima parte da matéria. - importancia é que isso tem? — C4 para mim, nenhuma. ~ delas era a tua irma? — Era a morena. . & que 0 convenceste? — Com muita persuasao. = raz&o nao me pediste ajuda? — N§o te quis incomodar. = delas é que queres ficar? — Com a de tinta permanente. = € que estas a olhar? — Para aquela rapariga que vai a passar do outro lado. Acho que a conhego. - fulano é que estavas a falar? — Com um colega meu da Faculdade. S & que se dé mais? — Com os meus vizinhos de cima. - é que te esqueceste? — De apagar o esquentador. z horas te despachaste do banco? — Ao meio dia e meia. © LIDEL-EDIGOESs Técnicas 39 IMPERATIVO Presente Imperativo : (TU) (VOCE) (TU NAO) (VOCEs) trago = traga. _ tragas tragam trazes ss traz traz Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 1. —Como é que hei de fazer isto? = assim! 2. —Acha que ponha a planta neste canto ou naquele? = antes ao pé da janela para apanhar luz! 3. — Vou estender a roupa. — Nao » que vai chover ¢ nunca mais enxuga! 4. —A que horas & que quer que lhe telefone? —Nao antes das oito porque a essa hora ainda vou a caminho de casa. 5. — Deixo o recado a telefonista ou a sua secretaria? a telefonista, porque ela chega primeiro! 6. —Se houver uma grande fila, por onde é que havemos de vir? . pela faixa da direita e, no primeiro cruzamento, a direita! 7. Se te magoci, ! 8. Até que enfim que chegaste! ja para a mesa! % bem para o que vocés fizeram! Deixaram as folhas todas fora de ordem! 10. — Onde é que eles hao de brincar sem nos incomodar? —Eles que para 0 quarto deles, 14 podem fazer o que Ihes apetecer! 11, Esta muito frio! (agasalhar-se)! 12. — Querem que dé primeiro as boas ou as més noticias? - primeiro as mas! Os doces vém sempre no fim! 13. Nao nisso, agora! Tém muito tempo para decidir o que hao de fazer! 14. (despachar-se), que ja estas atrasado! O aviao nao espera por ti! 15. — Ja pode entrar o doente seguinte? = -o entrar daqui a cinco minutos! 16. ! Pode dizer-me as horas? 40 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS Conselhos para comprar um carro: 1. 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. (comegar) por decidir néo a marca e o modelo, mas as suas necessidades! (ver) se o que pagar a mais sera recompensado quando vender o carro! Nao (virar) a cara A ope&o “usado com garantia”! (questionar) os vendedores do stand sobre “carros de servi¢o”! (assegurar-se) do bom estado de um carro usado! (exigir) 0 livro de manutengo! (certificar-se) de que as revises foram feitas! (reparar) na quilometragem! (ver) se nao ha ferrugem na carrogaria! (verificar) as capas em borracha dos pedais! (comparar) os pre¢os das versdes a diesel e a gasolina! (fazer) as contas! (ter) em conta que no momento da revenda o modelo antigo é€ penalizado! Nao (prescindir) da carrogaria de quatro ou cinco portas se tem criangas ou pessoas idosas! (saber) que os pneus largos sé fazem sentido em carros com alguma poténcia! Nao (descurar) nada que tenha a ver com a sua seguranca! Nunca (desistir) da diregdo assistida, nem dos vidros elétricos e do fecho centralizado! (dar) ateng&io a garantia que deve ter a forma escrita! (pedir) 0 certificado de aprovagao na inspegao obrigatoria! (fazer) uma boa viagem! © LIDEL-eDIcoES Técnicas 41 Em/A PREPOSICOES EM - além de significar dentro ou movimento para dentro, usa-se com expressdes de tempo. A —além de significar direcZo ¢ proximidade, usa-se no sentido de modo como. Preencha com a preposigdo adequada, contraindo-a com o artigo se necessério. 15. 16. 17. 18. 19. 20. Ele deu as respostas toa. minhas férias vou estar fora. Fiz anos fevereiro. Ele fez tudo contrario do que eu lhe disse. Estas a ler escuras. Vire direita! dia dos meus anos quero convidar todos os meus amigos para irem ld a casa. Teve um acidente porque ia__ mais de 100 a hora! Acabo isto___ dez minutos. Foi mais caro porque foi feito ___—_—mfo. Ocdoia____saltos__ lado dele. Nao me lembro se a gravata que te compreié___quadrados ou__pintas. sexta-feira tenho uma entrevista, nao posso ir ter contigo a essa hora. Quando é que isso foi? Se calhar foi 2000. Comprei um carro gas6leo, mas é para andar na cidade. dia do nosso casamento, fizeram-nos tantas partidas! Comi pressa, nem descansei! breve, damos-te uma apitadela para nos encontrarmos. Comprei estas calgas no pronto-a-vestir, mas parece que foram feitas medida! Pascoa, as montras das pastelarias est&o cheias de améndoas. 42 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Esta téo bem feito, que parece que foidesenhado_——sréguae___——_—scompasso! Carnaval, as criangas mascaram-se. bem ou____ mal, temos que obrigar os mitdos a irem para a cama! Fizeste tudo __ avessas, antes é que se tira a nédoa, depois é que se lava. Anmelhor altura para ir 14é___ primavera. Estava tfo nervoso que falou comigo__ gritos! E bom passar uma manhi ___ar livre! O pio cozido__lenha é muito mais saboroso! Sentia-me tao vontade, que nem me apetecia vir embora! Parecia que estava em casa! As aulas comecam meados de setembro. Isso é fim deste més ou principio do préximo. anos setenta, era moda as calcas boca de sino, como agora. século passado, a ciéncia deu passos de gigante! O comboio chegou tabela! A estrada esté toda altos e baixos, é preciso ter cuidado a conduzir! Notas © LIDEL-EDIGbES TécNICAS 43 Dar + PREPOSICOES O verbo DAR usa-se com a preposigio A quando tem o significado normal de OFERECER (a). Se usamos outra preposi¢a0, mudamos 0 significado do verbo. ENCONTRAR (b) | BATER (e) PAGAR (d) | NOTAR, SENTIR (@) DAR POR _DAR PARA = SER SUFICIENTE (f) | TER QUALIDADES PARA (g) / FICAR DE. FRENTE PARA | @) “DAR EM = TRANSFORMAR-SE, MODIFICAR-SE, FICAR (i) Indique em cada frase qual o significado do verbo DAR (a,b, 0 4¢£ % h oui. 1. Ele ia distraido e deu com o ombro na porta. 2. As traseiras do prédio dao para um jardim. 3. Quanto é que deste por esses sapatos? Sdo muito bonitos! 4. Amanha ela faz anos e eu vou dar-lhe este livro. 5. Quase dava em maluca com todo aquele movimento! 6. Viste as minhas chaves de casa? Nao consigo dar com elas. 7. Somos sete pessoas ao jantar e duas garrafas de vinho nao dao para todos. 8. Roubaram-lhe o telemével e ele nao deu por nada. 9. Depois do parecer técnico que eles nos deram, pudemos arrancar com 0 projeto. 10. Necessitamos de uma sala de reunides maior. Esta nao da para tanta gente. 11. Li esse texto duas vezes e nao dei com nenhum erro. 12. O que é que lhes deste como prenda de casamento? 13. Para onde é que dao estas janelas? 14. Na radio, disseram que choveu toda a noite mas nao dei por ela. 15. A experiéncia que ele tem nessa drea ndo da para esse lugar. 16. Quando ele vé sangue, fica mal disposto. Como é que ele da para médico? 17. Eu tive uma nota baixa no ultimo exame, mas a média deu para passar. 18. As ultimas noticias dao para ver que a economia est4 a melhorar. 19. Quando ele chegou a casa, eu ja estava a dormir e nao dei por ele entrar. 20. Deu em doido para conseguir resolver o problema. 21. $6 tenho aqui 5€! Para quantos pacotes de leite é que da? 44 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 22. Ew estava a varanda e nao dei pelo telefone tocar. 23. Eles deram-me exatamente o CD que eu queria comprar. 24. Quando o mitdo caiu, deu com a cabega numa cadeira. 25. Depois de reformado, deu em desportista. 26. Queria dar-lhes uma outra coisa, mas era demasiado cara. 27. Ela nao dava para secretaria e deixou o emprego. Agora é vendedora. 28. Nunca dou com ele quando é necessdrio qualquer coisa urgente. 29. O novo parque de estacionamento dé para 130 carros. 30. Ele sé deu pelo defeito na camisa quando chegou a casa. 31. _Nés nao vamos dar o que eles pedem por aquele apartamento. 32. Antigamente, estas janelas davam para o rio, mas agora construiram um novo edificio em frente e j4 no se pode ver nada. 33. Os testes que ele fez, diziam que ele dava para economista ou diplomata. 34. Quando o comboio partiu, ele desequilibrou-se e deu com a mala no pas- sageiro que estava sentado em frente. 35. Quanto é que te deram pelo teu carro? 36. S6 quando cheguei a casa é que dei pela falta da caneta. 37. Nao quis acender a luz para n4o acordar o marido e deu com o pé na perna da cama. 38. Quando entrou em casa, deu com a empregada na sala a ver televisao. 39. Essa impressora ndo dé para fazer esse tipo de trabalho. 40. Por esta casa nés demos muito pouco, mas depois tivemos de fazer grandes obras. Notas ‘© LIDEL-EDIGbES ThcNIcAs 45 Agu / Ai / Aut / CA / LA / EnrAtico / Set LA / CA set AQUI / Af / ALI — Localizacao de objeto ou pessoa, ao alcance dos _nossos olhos: aqui — perto de quem fala (referéncia isto) ai —perto da pessoa com quem se fala (referéncia isso) ali — longe de ambas as pessoas (referéncia aquilo) CA/LA — Localizagiio de objeto ou pessoa fora do alcance dos nossos olhos: c4 — relativamente ao lugar em que nos encontramos 14 - relativamente ao lugar em que no nos encontramos Aqui — neste momento / tempo indefinido Ai /Ali — nesse momento Ai — quanto a isso Contraido com a preposig&o de — sentido de distancia, tempo ou justificagio Dai / Dali a nada / a pouco tempo — depois do momento passado Daqui a nada / a pouco tempo — depois do momento presente Ex.: Daf eu n&o querer fazer isso. CA/LA Va la! = Entao! (enfatico) Sei 14! = No sei e no estou interessado em saber! Quero 14 saber! = Nao quero saber! La para... = Aproximadamente. Ele ld sabe! = Sabe bem! (inversaio do verbo) | Eu ed sei! = Sei bem. (inversao do verbo) DA ca! / Vem ca! = Junto da pessoa que fala. Preencha os espagos com as palavras adequadas: 1. Que sossego! & que se estA bem! 2. Ela perguntou-me, mas eu o nome dele! 3. ! Deixem-se de brincadeiras e acabem o trabalho! 4. Esse jornal diz que na proxima semana ha greve geral. 5. Contem © que fizeram, aonde foram e se gostaram! 6. Nao alteres nada! Eu onde quero as minhas coisas! 7. Ele ia contar-nos o melhor, mas parou, porque bateram a porta. 8. para mim, eles nao querem ir. 9. no meu pais, os habitos so diferentes. 10. Vi-o ha dias! Esté muito mais magro! 11. Eles vém ja ! Jé estou a vé-los. 12. Da ! Eu faco. 46 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32, 33. 34, 35. Anda connosco! Nao sejas desmancha-prazeres! Procura nesta prateleira! Estdvamos preocupados com a demora, mas eles chegaram. Olha para 1 O que te parece aquilo? Sentado nessa cadeira ndo resolves nada. Vem comigo, eu ajudo-te! Vé se nessa gaveta encontras! para o fim de semana, telefono-lhe. Despacha-te! 0 aviao aterra. vai um fax com a informag&o que pediste. em Portugal, raramente comemos bacalhau fresco, geralmente é salgado. no meu pais, levantamo-nos todos muito cedo. Tanto faz fazermos a festa dentro como fora! so duas horas certinhas. Tu sabes as linhas com que te coses! Ele anda sempre e ! Nao paral Tira a mao ! Isso est4 pintado de fresco! Sabe-se © que pode acontecer, o melhor é ires acompanhado! Compreendi mal, a minha pergunta. estas tu com essas brincadeiras! para as trés da tarde, dou-lhe a resposta. vou tomar um café para fazer um intervalo, depois continuamos. ele apareceu e fomos ent&o jantar. A equipa perdeu o campeonato. a substituicdo do treinador. Notas © LIDEL-EDIGOES Técnicas 47 Dissr, NAo DissE? VERBO + (OU) NAO + VERBO — confirmagio afirmativa de opiniao _Ex.: Fiz bem, nao fiz? NAO + VERBO + POIS NAO? — confirmaco negativa de opiniao Ex.: Nao viu as minhas chaves, pois nao? . OU E£? / OU NAO E? — oportunidade de opiniao ESTA BEM? — pedido de aprovagao UM(A) QUE? — incompreensio Substitua pela expressdo adequada. ll. 12. 13. 14, Ela no vai comprar outro vestido, 2 Eles vém amanhi a festa, 2 = Com 0 subsidio de Natal vou trocar de mota. Vou comprar uma CBR 750. - ’ Esta ultima geragéo de teleméveis tem uma tecnologia muito avangada, a Na sexta-feira 4 noite, vou sair com as minhas amigas, 2 Ja estas quase a acabar 0 livro? Eu achei-o muito interessante. ry Por favor, envie até as 4h este fax para os nossos escritérios de Lisboa! 2 —Tenho de fazer uma densitometria! — Tens de fazer 2 Amanha vamos ao cinema. 2 N6s ja te tinhamos dito que eles ndo podiam tirar férias nessa altura, 7 Ouvi dizer isso mas nao é verdade, 2 Tenho a certeza de que todos vao fazer um esforgo extra para aumentar 0 nosso volume de vendas, 2 © médico disse-Ihe que tinha de tomar este xarope de 12 em 12 horas, 2 Entdo, mesmo que saiba mal, tem de o tomar. Hoje, vou ficar em casa a ver o jogo de futebol na televisio. Tu também vais ficar, 2 48 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21, 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Tenho uma divida. Esta gravata é cinzenta, 2 Vieste pelo caminho que eu te disse, a Hoje nfo vais ficar até tarde no escritério, 2 Vais ao café agora? Entio, faz-me um favor! Traz-me dois pastéis de bacalhau € um sumo de péssego, 2 Houve um abrandamento econémico, o que provocou uma diminuig&o do volume de vendas. Felizmente, nfo teve muito impacto no nosso setor, a Tem a certeza que eles disseram que entregavam a encomenda ainda hoje, i — Sabes 0 que me estava a apetecer comer agora? Uma alheira. - a A policia j4 deteve o ladrao, ? Na minha opiniao, este estudo de mercado est4 muito bem feito. O que é que achas? 2 Marcar uma reunifo para as 19h é muito tarde, mas eles no podem vir antes, 2 O nosso Diretor de Recursos Humanos vem hoje de Lisboa. Confirme a que horas chega o avido para estar alguém a espera dele, 2 Senhor Doutor, pus a ata da ultima reunido de acionistas em cima da sua secretéria. Jé a viu, 2 Comprdmos as novas instalagdes para o Servico de pés-venda por um prego mais barato. Pelo que pagdmos, acho que foi um étimo negécio. O que é que acha? 2 Para fazer o tipo de vida que eles fazem, devem ganhar muito dinheiro, 2 Desculpe! Para ir para a Estrela é sempre em frente, ry ‘Vamos acabar este exercicio agora, 2 ‘© LIDEL-EDI¢OES TEcNIcAS 49 Indique para cada frase a letra correspondente ao significado de LOGO! 1. Penso, logo existo. 2. Logo hoje é que isto havia de acontecer! Jé vou comegar mal as minhas férias! 3. Logo vemos isso com mais calma! 4. Fui logo pér a gelatina no frigorifico para nao se desfazer. 5. Ele disse que nao vinha, logo, este prato esté a mais. 6. Ele telefonou-me logo nesse dia para esclarecer a questo. 7. Logo a meia-noite ja devemos saber os resultados. 8. Fui a primeira a saber que estava livre de perigo! Soube logo depois de ela sair da sala de operagdes! 9. Logo no dia dos meus anos é que me das uma noticia dessas! 10. Depois de manipular este produto, deve lavar logo as maos! 11. Estou com pressa, logo falamos! 12. Sabes que tenho razio, logo, nao estejas com desculpas esfarrapadas! 13. Vé ld 0 que é que vais dizer logo! O momento nao é para por mais achas na fogueira... 14. Logo a chover é que eles decidiram dar um passeio... 15. Logo no momento mais importante € que 0 telemével desatou a tocar... 16. Nao quero ir, logo, nao insistas! 17. Bem te avisei! Logo vi que isso ia acontecer! 18. Logo a mim é que me havia de calhar dar-lhe essa ma noticia! 19. Esta a ver a saida do metro? O centro comercial € logo em frente. 50 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 20. Ela desatou a chorar de alegria, logo depois de saber da promogao. 21. Logo vi que isso ia dar em aguas de bacalhau... 22. Quando come¢ou a tocar o hino nacional, todos se puseram logo de pé. 23. Vamos deixar isso para logo. 24. Com tantos carros a passar, logo a nés é que a policia nos mandou parar! 25. N&o se preocupe! Depois do resultado dos exames, logo se vé qual o tra- tamento que se pode fazer. 26. Ha muito leite, logo, é escusado comprar mais. 27. Logo o quadro mais valioso é que foi roubado! 28. O quadro mais valioso foi logo vendido. 29. Logo depois da descoberta do fogo, o homem comegou a domesticar os animais. 30. Logo vimos que isso ia acontecer! Nao ligaste nenhuma ao que te dissemos. 31. Nés usamos os sapatos em casa, mas os japoneses deixam-nos logo a entrada. 32. Essa rua fica logo a direita de quem desce. 33. Quando o vi, reconheci-o logo. 34, Esté combinado. Encontramo-nos logo as 7h. 35. Logo, ao entardecer, vamos passear 4 beira-mar. Notas ‘© LIDEL-EDIGOES Técnicas 51. ConsuGacAo PRONOMINAL A — CONJUGACAO REFLEXA ~ quando a pessoa faz a agao para ela propria. B — CONJUGACAO PRONOMINAL INDIRETA - quando a pessoa faz uma agao_ que se destina a outra pessoa (verbo sempre com preposi¢o A). — CONJUGACAO PRONOMINAL DIRETA ~ para objetos (ou pessoas quando © verbo nao é acompanhado da preposi¢do A). D-— FORMA IMPESSOAL - sé se utiliza com a 3.* pessoa do singular ou plurale e nao se indica quem pratica a acao. E — COM PREPOSICOES F — COM A PREPOSICAO COM PRONOMES O senhor o/a/lo/a/ A senhora no/na o/a/lo/la/ no/na consigo o/a/to/lal com ele ee no/na com ela nos connosco Os senhores jos/as/los/las/| As senhoras convosco lhes / vos / convosco com eles Eles / Elas nos/nas com elas * C - CONJUGACAO PRONOMINAL DIRETA * Quando o verbo termina em vogal, os pronomes so: 0 (masculino singular) / a (feminino singular) / os (masculino plural) / as (feminino plural). Ex.: — Ele leu o livro? — Sim, ele leu-o. Quando o verbo termina em nasal (do / 6e / m), os pronomes sao: no (masculino singular) / na (feminino singular) / nos (masculino plural) / nas (feminino plural). Ex.: — Eles leram o livro? — Sim, eles leram-no. * Quando o verbo termina em r, s ou z € necessario tirar 0 r, S ou Z € Os pronomes sao: lo (masculino singular) / la (feminino singular) / Ios (masculino plural) / las (feminino plural). Ex.: — Eles vao ler o livro? — Sim, eles vao 1é-lo. Nos casos de inversao dos pronomes estes s4o sempre 0 / a / os / as e nao € necessério modificar 0 verbo. Ex.: — Eles nao vo ler 0 livro? — Eles nao 0 vio ler. 52 © LIDEL-EDICOES TECNICAS Coloque o pronome na posigdo correta. Faga as alteragdes necessdrias. 1. La vive ao ar livre € come 0 que a horta da! 2. Quando vires (0 Joao), da cumprimentos meus. 3. Queremos ver (a exposi¢ao) antes que ela termine. 4, fez um siléncio. Nem ouvia uma mosca! 5. Nao empresto (aos meus amigos) nenhum livro sem que prometam devolver (0 livro) tal como receberam (0 livro). 6. deram a morada e o numero, eu apontei » Mas ja nao lembro onde. 7. Os empregados gostam muito de (0 senhor) porque é uma pessoa justa. 8. divirta ! Acho que vai ser um espetdculo fora de série. 9. Eles compram (0 jornal) sempre na tabacaria ao lado de casa. 10. é (a mim) completamente impossivel ir buscar (os mitidos), a nao ser que entreguem © carro pronto, hoje. ue - incomodo i — De modo nenhum! Estou a sua disposi¢ao! 12. Este livro é para (eu)? Muito obrigado. 13. Passo a passo, vou (os colegas) conhecendo melhor. 14. Enquanto ela arranja » vamos por (as malas) no porta-bagagens. 15. Eles nado podem ir com (nds) porque esto adoentados. 16. Quantas pessoas na vida olhei sem ver ! 17. As chaves? Devo ter debaixo do nariz mas nao vejo ! 18. Quanto a (eu), esse projeto tem pernas para andar. 19. Ela voltou para o marido e disse que queria fazer uma pergunta. 20. Como quer que trate ? Por tu, senhor, ou sé 0 nome? 21. Nao zangues ! Apenas quis brincar contigo! 22. Se querem vir com (eu), tém de despachar 23. Ela ja tem 16 anos, mas os pais tratam como uma crianga. 24, Eu convidei para almogar com (eu) e ele aceitou. 25. Como fui a Evora, aproveitei e fui visitar (o meu amigo). © LIDEL-EDICEs Técnicas 53 Texto com ConsuGAcAo PRONOMINAL ‘Até aos anos 70, a mulher tinha trabalho noturno na Indistria. Nessa altura saiu uma lei que ___proibiu. Também nao ___ era permitido desempenhar cargos na magistratura, diplomacia e administragao local. Nao __podia divorciar e voltar acasar, se__ tivesse feito pela Igreja Catélica. As primeiras eleigdes livres sé fizeram em 1975. As antigas colonias tornaram-. independentes, 4 excegao de Timor. Chegou a Portugal o “Ultimo tango em Paris”, com Marlon Brando. Para ver, houve filas enormes. Mais tarde, Spielberg realizou “Encontros imediatos do terceiro grau”. Viram- milhares de portugueses! A Coca-Cola foi posta 4 venda. Ninguém tinha provado até essa altura! Apareceram as cangdes dos Bee Gees e os filmes do John Travolta. Imitavamos- I cantando e dangando como eles. Nos anos 80, a série americana “Dallas” foi um sucesso! Vimos-. sem tirar os olhos do ecra. Criancas e adultos brincavam com 0 cubo magico de Rubik. Nao largavam; em qualquer momento ou lugar, tiravam-, do bolso ¢ dedicavam- Aquela “paciéncia”! Ja esquecia dos leitores de video! Tivemos- ao nosso alcance também nessa década. Abriu entretanto o Centro Comercial Amoreiras. Quando comeg¢aram a construir gerou- uma grande polémica, nao sé pela arquitetura moderna, como também pela cor. Na moda, Ana Salazar langou-___ em Paris com uma loja de roupa! As caixas multibanco espalharam-____ pela cidade. Jane Fonda dedicou-___ aerdbicae todos__ seguimos. A mulher, foi-____permitido fazer o servigo militar. Todos os portugueses __voltaram para os hipermercados. ‘A medalha de ouro nos Jogos Olimpicos de Seul, foi Rosa Mota que __ ganhou. A grande tragédia dessa década foi o fogo que atingiu 0 Chiadoe que___destruiu! Depois, nos anos 90, todos __ ligaram 4 Internet. Lisboa foi a Capital Europeia da Cultura. Esse facto deu- grande projegao. Comegou-. a investir na informatica. 54 © LIDEL-EDICOES TECNICAS ‘A José Saramago, foi-____airibuido o Prémio Nobel da Literatura. O turismo estendeu-____ ao campo. Passdmos a chamar-___ “turismo rural”. Portugal organizou a Expo98 e muitas foram as pessoas que __visitaram. E chegdmos ao século XXI! Agora, pode- falar por telemével sem tirar do bolso ou ver a pessoa que esta a telefonar. O Rock in Rio organizou- pela primeira vez em Lisboa. A Unio Europeia passou a ser constituida por 27 paises membros. Também realizou o Campeonato da Europa de Futebol — Euro 2004 e a selegao portuguesa quase consagrou vencedora. Ficou em segundo lugar. Constroem-. habitagées inteligentes. Basta falar, para as portas abrirem, desligar o alarme, pér as mquinas a funcionar! Um robot foi colocado pela primeira vez em Marte. Vimos- em direto pela televisdo. O gas natural invadiu- as casas! Quanto ao vento, usamos-. como uma nova fonte de energia... “O mundo pula e avanga”, como diz o Poeta! MAS... A pobreza continua a fazer- pensar se estamos a gastar bem o nosso dinheiro. Os paises pobres continuam a desenvolver- muito lentamente. © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 5S INVERSAO DO PRONOME Faz-se a inversio do pronome quando antecedido de: + advérbios * conjungdes * preposigdes * pronomes indefinidos Coloque o respetivo pronome (reflexo, direto ou indireto) no seu devido espaco. 10. 1. 12, 13. 14, 15. 56 Ninguém soube explicar, por isso senti perdida. Nenhum bolo soube tao bem como aquele! Vista logo o pijama ao menino, depois de dar banho! Por que é que contaste , sabendo tu que era para ficar entre nds? Para levantar cedo, é 0 cabo dos trabalhos! Nao vai acontecer nada, vocés preocupam A toa! O desenvolvimento nao é linear, faz de ordem e desordem. Quando os pais dao os brinquedos as criangas, estdo a roubar a liberdade de criaco. A educagiio moderna das criangas & transformar intelectualmente ativas e fisicamente passivas, queremos adultas muito rapidamente e faltam os rituais de passagem. Ela esta gravida e diz que é indiferente se é um rapaz ou uma rapariga. Um livro langado nos Estados Unidos diz que 0 consumo desenfreado apenas compensa 0 homem da sua propria infelicidade, da um sentimento de prazer e de novidade que gasta rapidamente e torna consumidor compulsivo. O tempo parece ora interminavel, ora breve. Quando empregamos mal, dizemos que falta , quando usamos bem, dizemos que sobra Todos os nossos pensamentos encontram ocupados com o passado e o futuro. Quase nunca com o presente. Acabei por nao dizer © mais importante. Ambos perdemos em pormenores que nao tinham o minimo interesse. fartamos de procurar a caderneta € sé descobrimos dias depois, porque tinha arrumado numa gaveta ao acaso. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 16. 17. 18. 19, 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Se despacharem a horas, ainda apanhamos em casa. Eles disseram que sé saiam por volta das 10h. Ela apaixonou e casou pouco tempo depois. ver e amar foi obra de um instante! Gostas da minha obra? fiz em trés tempos! Para arranjar a sua maquina, tem de levar a oficina, nds temos a nossa carrinha avariada. Se o problema € s6 esse, resolve ja. Se esta a referir aos tinteiros das impresoras, ele traz agora e sabe por sem a nossa ajuda. Um homem s6 tem 0 direito de olhar outro de cima para baixo se for para ajudar a levantar. Se os interessados nao fornecem © que falta como é que podemos entregar os cartées de visita até ao fim da semana? Nao recebeu 0 Didrio da Repiiblica? entregamos ao continuo para distribuir pelos gabinetes. é completamente impossivel comparecer a reuniao de condéminos, por razdes de ordem familiar. apeteceu comprar uma tablete de chocolate e nao descansou enquanto nao comeu até ao fim. “Projetos para a vida, ndo tenho , para no atrapalhar aqueles que a vida tem para mim” — disse Agostinho da Silva. Uma coisa nao tem valor sendo para aquele que deseja ! Uma coisa que ele nfo podia fazer ha muito tempo: deu ao luxo de ficar na cama até As tantas! Tém que dar por muito felizes, pois hd outros que estfio a passar por piores situagdes! O advogado deitou por terra todos os argumentos contra o arguido e defendeu com inteligéncia. © LIDEL-EDI¢OES Técnicas 57 Como / Por Que / Porque / Porqué / Por Causa DE O TERRAMOTO DE 1755 Era dia de Todos os Santos, o povo estava nas igrejas. A cidade tremeu durante seis minutos, tudo ficou de pernas para o ar e as pessoas foram atiradas para o chao. Houve movimentos bruscos da terra e os candeeiros e vidros partiram-se, os méveis cairam, os tetos e paredes abateram. A multidao estava prisioneira e procurava uma saida, devido ao bloqueamento das ruas. A terra moveu-se novamente. As chamas das velas nas igrejas passaram as tapegarias ¢ 4 madeira dourada. Sabe-se a razdo do medo terrivel que se espalhou pela cidade: no Castelo de S. Jorge havia grande paiol de pélvora. Muitos correram para o Tejo, com medo que Lisboa explodisse. A gua protegia do fogo! Mas também o Tejo no estava calmo: os barcos eram atirados contra o Terreiro do Pago, chocavam uns contra os outros ¢ 0 rio assaltava as ruas baixas. De repente, a 4gua pareceu ser aspirada: secou as margens e os peixes lutavam na praia. Uma onda gigantesca ergueu-se, avangou, rebentou o cais e chegou ao Rossio: ent&o os cavalos corriam sem rumo, homens e mulheres gritavam pelos seus familiares, outros procuravam nas ruinas das suas casas dinheiro que 14 tinham deixado ou um objeto de estimagao. O Marqués de Pombal, na sua casa, quando se preparava para vestir sentiu o cho fugir-lhe debaixo dos pés. Vivia no campo, fora da Cidade Baixa. Ouviu gritar que era o fim do mundo. A sua carruagem dirigiu-se a Belém onde estava a familia real. O Rei sé perguntou: “O que fazer?”. Pombal respondeu: “Sepultar os mortos e cuidar dos vivos!” O desastre de Lisboa inspirou poetas, escritores, autores de gravuras e houve um que disse que desde a criagaio do mundo nao tinha havido maior desgraga do que 0 terramoto de Lisboa. A destruigao foi total do Tejo ao Rossio e Pombal dedicou-se reconstrugao da cidade. As fundagées dos novos edificios foram feitas com uma construgao antissismica. Os nobres nao tinham dinheiro e a reconstrucao foi paga pelos comerciantes. Antes eram tuas desordenadas e os urbanistas tragaram-nas largas e perpendiculares. Pombal agrupou as lojas segundo cada oficio e deu as novas ruas os seus nomes. Ainda hoje vemos a “Rua dos Ferreiros”, a “Rua dos Douradores”, a “Rua dos Sapateiros”, etc. No caso de um incéndio as chamas nao alastravam para outros edificios. Os portugueses n&o compreenderam a razdo deste tragado e ficaram escandalizados. “Um dia, hao de aché-las estreitas.” — disse Pombal! 58 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS COMO nfo quero,... POR QUE € que nao quer? POR CAUSA DE + substantivo O motivo POR QUE nao quero... Nao quero PORQUE = POIS = JA QUE = VISTO QUE = DADO QUE Nao queres, PORQUE? Recomponha 0 texto usando as expressées acima indicadas. 1. era dia de Todos os Santos, 0 povo estava na igreja. 2. a cidade tremeu durante seis minutos, tudo ficou de pernas para o ar. 3. Os candeeiros e vidros partiram-se 0s movimentos muito bruscos da terra. 4. as ruas estavam bloqueadas, a multiddo estava prisioneira. 5 se espalhou 0 medo? no Castelo de S. Jorge havia uma grande quantidade de pdlvora. 6. Os barcos eram atirados contra o Terreiro do Pago 0 rio nao estava calmo. 1. muitos correram para 0 Tejo? tinham medo que Lisboa explodisse. 8. € que a Agua pareceu ser aspirada? secaram as margens e os peixes lutavam na praia. 9. Uma onda gigantesca chegou ao Rossio, razo os cavalos corriam sem rumo e homens e mulheres gritavam. 10. Pombal vivia fora da cidade, s6 se apercebeu da tragédia mais tarde. i. A familia real estava em Belém, motivo ele se dirigiu para 14. 12. O desastre inspirou artistas. ? 13. a destruigao foi total, Pombal dedicou-se 4 reconstrugao. 14, razdo os urbanistas tragaram as ruas largas? 15. Os portugueses néo compreenderam as ruas eram tao largas! (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 59 PRonoMEsS RELATIVOS QUE — qeterente ‘a pessoa ou coisa ‘depois de reposigoes monossilabicas: a , com, ‘de, em, por. QUAL — depois de outras preposigdes, partitivo. QUEM — sempre depois de preposi¢Ao ou referente a pessoa au esta exes _anteriormente. - ONDE - relativo a lugares. CUJO(A) — possessivo / relativo. Substitua o espago em branco pelo respetivo pronome, acrescentando uma preposigado quando necessério. 10. ll. 12. 13. 14, Este é 0 unico dia da semana eu nao vou 14. Eis aqui a investigag4o sobre me baseei para preparar a minha tese! Ofereceram-nos oportunidades com nunca tinhamos sonhado. Aquilo ele falou, j4 eu sabia ha muito. A pessoa me dava mais, vivia mesmo ao meu lado. Montaram trés cendrios, um justamente com um palco de 6pera. Eram muitos e nfo havia espago para ficarem todos juntos, por isso ficou em lugares diferentes. O arquiteto Siza Vieira é um tem mais projegdo no estrangeiro. A Torre de Belém é um monumento foi atribuida a importancia de “Patriménio Mundial”. Os livros sobre estivemos a falar sao todos de escritores portugueses contempordneos. Foram apresentadas varias propostas, nenhuma reunia todos os quesitos pretendidos. O lugar fui este fim de semana é um dos mais bonitos da zona norte do pais. O mitido pais abandonaram, esta agora ao cuidado duma instituigao de apoio a crianga. O exame o estudante se apresentou foi, até agora, um dos mais dificeis. 60 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 15. A rapariga se apaixonou é uma das mais simpaticas da aldeia. 16. Estou a ler o livro “Vai te leva 0 coragao”. 17. A razao estou aqui hoje é para vos explicar as vantagens deste novo medicamento. 18. Ha uma série de coisas sem eu nao poderia viver. 19. O senhor Ferrari vermelho esté estacionado em frente da porta, é favor dirigir-se a recego. 20. Ha situagdes contra ficamos de mfos atadas. TEXTO LACUNAR Gostei muito da pega esteve em exibigfo no Teatro Nacional. A pessoa fui vé-la e filho faz parte do elenco, convidou-me. A razao nao perdi essa oportunidade, foi por a sugestao vir da pessoa mais confio em termos de critica de teatro € porque foi numa altura estava a precisar de uma lufada de ar fresco. De facto, foi a pega dos ultimos tempos mais gostei. Estavam 1 centenas de pessoas, a maior parte ligadas & cultura. Os amigos falei dela, também nao a quiseram perder. Esteve um més em cartaz, a lotag&o esteve sempre esgotada! Fizeram outros espetaculos fora de Lisboa, dois no Porto, mas nao me lembro dos outros teatros foi representada. A produgio foi patrocinada pela Camara Municipal, ajuda era impossivel manté-la durante tanto tempo. ‘© LIDEL-EDICOES TEcNICAS 61. Para / Por PARA - finalidade, direg&o, tendéncia para um limite apresentam também outra POR ~ através de, agente da voz passiva variedade de usos Use a preposigaéo conveniente, contraindo-a com o artigo quando necessario. 1. 2. 9 10. ll. 12. 13. 14, 15. 16. 17, 18. 19, 20. 62 O acidente nao aconteceu um triz. La o fim da semana tenciono ir ver este filme. Se nés dividirmos este trabalho todos, fica feito num instante. Andamos cima e baixo e demos com a loja. cima de nds vive um casal de reformados ¢ baixo um senhor que passa a maior parte do tempo fora. Encontramo-lo acaso na papelaria, quando estvamos a dar uma vista de olhos revistas. Nao te aconselho o livro, ndo presta nada! caminho vais encontrar uma rotunda e logo a seguir entras a direita na nossa rua. Espreitei porta, estavam eles no chao muito entretidos a brincar. Se pensas que mim é facil enfrentar a situagao, estés muito enganado! Tivemos sorte, vendemos o carro um bom prego! Fiquei fula ter tido tanto trabalho e tudo ter corrido mal. um pouco, dava de caras com eles! Dava tudo saber jd hoje a resposta! Nao dei nada, porque estava embrenhada na leitura. agora é tudo. Vamo-nos embora. Isso é impensavel menos mim! Convidei-os darem uma volta cidade ficarem com uma ideia. sim nao, vou responder ao antincio. Pode ser que tenha sorte! Vi dentro e fora, mas nao encontrei. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. 36. 37. 38. 39. 40. Deitei tudo trés das costas, nao me ralar mais! essas © outras é que eu ndo peco nada emprestado. que sei, ainda esto de férias. Ha sempre uma solugdo tudo. Nao desanimes! Vais mal ai! Pergunta a alguém depois nao andares as voltas, perdido! este andar, nunca mais la chegamos. comegar, queremos melo com presunto. As ONGs sao importantes seu papel nos paises subdesenvolvidos. Nao fume, sua satide! No vero, ha turistas todo o lado. Pedimos desculpa incémodo. Estou ver © resultado que isso vai dar. ser franco, nfo me apetece ir lé hoje. Essa campanha tem objetivo alertar os efeitos do dlcool na condugio. Todos devemos lutar nossos direitos sem nos esquecermos dos nossos deveres. A tua filha esta muito crescida a idade. Nao sei se queres ir. Eu mim, vou. Quanto é que eles levaram isso? S6 curiosidade: “Quantos anos tens?” Isso aconteceu volta da meia-noite. Notas © LIDEL-EDIGOEs TEcNIcAS 63 Mesmo / MesMA A- nio outro/a : G — alo referida/o atras B — proprio/a : H — apesar de : C— a mesma coisa IT = até / inclusivamente D= quase J. —sem divida E — exatamente Al L — completamente F — sem alteracao a M— simultaneamente Escolha, de entre os varios sentidos, qual o correspondente a frase em questéo. 1, Venho mesmo! Fica descansado que nao falto! 2. Estévamos tao preocupados que chegamos mesmo ao ponto de telefonar para a policia! 3. Foi ele mesmo que telefonou. 4. Sinto o mesmo que tu. 5. A testemunha disse que tinha presenciado o acidente e confirmou que o mesmo tinha ocorrido naquela data. 6. Tive mesmo vontade de chorar! 7. Tens dividas? Vou mesmo dizer isso! 8. Gostava muito de ir, mas é mesmo impossivel! 9. Tens umas calgas novas ou séo as mesmas de ontem? 10. Eu diria o mesmo. Fizeste bem! 11. Hoje mesmo mando-lhe as instrugées. 12. O conflito esté mesmo a rebentar! 13. Eu mesma nao fazia isso, é muito arriscado! 14. E barato, mas, mesmo assim, nao quero! 15. Vou mesmo assim como estou! 16. Houve mesmo uma pessoa que se sentiu mal e que teve de ir de ambulancia para o hospital! 17. Se ele estivesse mesmo interessado, tinha vindo. 18. Foi mesmo giro! 19. A lei esta mesmo a sair, se é que nao saiu ja! 20. _E isto mesmo que eu quero! 64 © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Ele disse que mandou a fatura e que a mesma tinha sido arquivada. Mesmo assim, nao doeu muito! Nao me resta outra hipétese. Vou mesmo comprar a casa. Fiz tudo no mesmo dia. S6 cheguei agora e mesmo para vir a esta hora foi dificil. Estou mesmo farto de o aturar. Mesmo a chover, ele joga golfe. Estés na mesma! Fiz tudo ao mesmo tempo. Eu proponho exatamente 0 mesmo. Faga vocé mesmo! Preencha 0 inquérito e envie o mesmo por fax! Mesmo com estes medicamentos, nao sinto melhoras. Estou mesmo de rastos. Esse bolo é o mesmo que fizeste para os anos do teu filho? Notas (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 65 Poper / Ser Capaz DE PODER ~ ter possibilidade, autorizagao / contrario 4 Natureza, 4 Lei PODER ~ SUPORTAR, NAO GOSTAR SER CAPAZ (DE) — CONSEGUIR’/ dependente da capacidade / incapacidade fisica ou psiquica de cada um (ultrapassa os limites da pessoa) Preencha os espagos em branco com a forma adequada. 1. Nao subir aquele muro, tenho medo. 2 atingir os nossos objetivos quando queremos. 3. Nao se por aqui 0 carro porque & proibido. 4. Nao fazer mal a um animal. 5. Eu fazer uma omoleta, mas, sem ovos, nado fazer! 6. Para fazeres esta conta, seguir esta regra mas nao vais » porque ainda tens pouca pratica. 7. Ele para este trabalho, mas, segundo as regras da casa, eu nao o aceitar, devido a idade. 8. A lei diz que fazer, mas eu nao > porque estou a trair os meus principios. 9. Nao ver miséria 4 minha volta e ndo mexer uma palha para melhorar a situagao! 10. Quando uma cena é muito violenta, eu nao ver € tapo os olhos. ll. Nao mais com esta situagdo! Vou tomar uma atitude! 12. Nao parar o tempo, mas niio 0 perder. 13. ajudar-te, mas nao fazer tudo aquilo que me pedes. 14. Se ele vencer esta corrida, ter um. futuro brilhante no atletismo! 15. Talvez vir se acabar 0 que falta. 16. Quem é que ter a certeza do que esta para vir? 66 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. “O essencial é invisivel aos nossos olhos. S6 se vé bem com 0 coragdo”, isto é, s6 os “olhos” do coragao ver 0 que os olhos da cara nao Perguntas-me se te dou licenga para resolver este problema intrincado: la 7 , mas ndo Esta maquina fazer uma data de coisas, mas eu ainda nao trabalhar com ela. Aquilo que nés nao fazer, porque nos levaria um tempo sem fim, uma maquina fazer em dez minutos. O Homem tudo? Tem os seus limites. Ha muita coisa que nao fazer. Nao responder porque nao saber tudo © que se passa na cabega dele, prever com os dados que tenho mas nao ter a certeza. Este mével ser adaptado as suas necessidades e com as instrugdes vocé o montar. explicar, mas nao fazer o desenho. O que que fazer para o ajudar? The fazer ver onde est4 o erro? Eu passar uma noite sem dormir mas nfo passar uma vida inteira. O homem estar debaixo de 4gua uns tantos minutos, mais nao Nao com este mével, nao sei por que o comprei! Nao com pessoas dissimuladas! © LIDEL-EDICOES TECNICAS 67 Ik Ter Com / Encontrar-SE Com / ENCONTRAR IR / VIR TER COM ~ ir / vir ao encontro de alguém ENCONTRAR + objeto direto ou pronome reflexo — combinado ou acidental ENCONTRAR + objeto direto - ACHAR ENCONTRARSSE — ESTAR Complete a frase com a forma verbal adequada, acrescentando o pronome quando necessario. ar a0 teu escritério, as 10h. 2, Entdo esta combinado: & porta do cinema. 3. isto no cho, mas no sei de quem é. 4. na praia, sem termos combinado nada. 5. & saida, quem chegar primeiro espera. 6. , mas dei com o nariz na porta, ja tinhas saido. 7. Ele onde menos esperava: no alfaiate! 8. Ja sei que amanha na biblioteca; ele passa l4 os dias! 9. Quem procura, sempre ! 10. Procurei a bola no meio dos arbustos, afinal, debaixo dum banco do jardim. 11. Quando , iam eles, de mochila as costas, a caminho do estédio, para comprar bilhetes. 12. Quando , ali no meio da rua, achei-o muito diferente, com outro ar... 13. Quando e nos reconhecemos, caimos nos bragos um do outro! 14. Quando ele ao cabeleireiro, nem me reconheceu! 15. O que o senhor procura, no corredor de congelados em frente ao talho. 16. Os objetos perdidos, na secgdo de “perdidos e achados” da PSP. 17. Deixa la! Se nao te da jeito, noutro dia! 68 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Eles 14 a casa depois do jantar e depois partimos. Nao te preocupes comigo, eu ai, assim que me despachar! Ele disse que cA ao clube, o mais tardar 4s nove e meia! Nao estava combinado » Mas ja que estavamos no restaurante, as nossas mulheres 14 connosco para jantarmos. por acaso e aproveitamos as duas para por a conversa em dia. Amanhi, se melhor, j4 vou trabalhar. Disseram-te que ontem estive aqui? para irmos a inauguragao da galeria de arte mas, tu nao estavas. Nao ninguém a espera. Vao ser ja atendidos! Amanha, de propésito para acertarmos agulhas. Vé lé tu onde estava o cartio multibanco! debaixo da almofada. Ainda ontem estiveram ca em casa. para nos mostrarem as fotografias do bebé. Os passageiros que em trnsito, é favor dirigirem-se a sala de embarque! Ja ando ha dois meses a procura e nao ha meio de trabalho. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 69 Pope / Popta Ter PODE TER VINDO - talvez tenha vindo PODIA TER VINDO — ligeira recriminagao Complete a frase da maneira que achar mais coerente. 10. ll. 12. 13. 14, 15. 16. 17. 18. Nao sabemos do comando da televisao. (p6r) noutro lugar. Temos de 14 voltar para pedir a garantia. (pedir) quando compraémos a maquina! ‘Nunca mais vamos comer cerejas to boas. (comprar) mais! Estamos fartos de procurar por todo o lado e no damos com o parafuso. (cair) para tras do armario... Eles nunca mais chegam. (ficar) parados no transito. (gastar) mais dinheiro se n&o estivéssemos com a corda na garganta! (ficar) ca em casa! Havia camas para todos! _ (enganar-se). Vou dar outra vista de olhos. (morrer) mais pessoas! Foi uma sorte! (por) a questdo de outra maneira! Todas as pessoas 0 tinham compreendido! Ela (ter) vergonha e, por isso, niio disse 0 que se estava a passar. Ja que estavas aqui perto, (vir) visitar-me! AAna (comer) 0 bacalhau! Nao estava nada salgado! (precipitar-se). Se calhar fiz uma grande asneira!? Eu (tirar) mal as medidas. E melhor ir confirmar. ‘Vao-se arrepender! (esperar) mais uns tempos e tinham vendido por melhor prego! Foste teimoso! (ir) conosco e tinhas arejado! A Carris, (fazer) a greve noutra altura! Esta é a de maior afluéncia de turistas! 70 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. (ser) sé um aguaceiro. Vamo-nos despachar para no nos molharmos mais! (pedir) ajuda! Eu fazia-te isso com todo o gosto! (intervir) se nao estavas de acordo! (compreender) mal. Nao se importa de repetir? (dar) essa informagao, quando estive ca da primeira vez! Obriga-me a ter de voltar ca! Procura outra vez! (guardar) noutro sitio e j4 nao te lembras. (haver) uma fuga de gas, tenho de chamar alguém da Companhia. (vir) pela autoestrada e no te tinhas perdido! Em vez de teres andado as voltas, (perguntar) a alguém! Ele nao (fazer) isso de propésito. nao (ser) culpa dele. O arranjo (sair) “de graca” se nao fosse aquela pega que teve de ser feita 4 medida! Eu avisei-os! (estudar) mais ¢ nao tinham de repetir a cadeira! © LIDEL-eDI¢OEs TEcNIcAS 71 Participio Passapo Estado resultante de uma agdo passada, presente ou fatura. Reconstrua as frases seguintes, usando o participio passado. 1. 10. ll. 12. 13. 14. 15. 72 Depois de dizer isto, saiu. Em virtude da falta de quérum, vamos adiar a reunido de condéminos. Quando se diz dessa maneira, até parece que é verdade! Em virtude do momento de emogao, desviamos a conversa. Depois de discutirmos este ponto, vamos passar ao seguinte. Quando se abre uma excegao, estd-se a dar lugar a irregularidades. Quando fizermos isto, podemos avangar! Se ele vier pela autoestrada, apanha menos transito. Quando se pde a questo de uma maneira tao transparente, nao restam dividas a ninguém, Depois de fazermos as contas, perdemos mais do que ganhdémos. Depois de ler o rascunho, jé dava para ver que era um bom trabalho. Se eu vir as coisas por esse angulo, dou-te razao. Quando despacharmos as malas, vamos tomar um café! Depois de descobrirem a india, os portugueses langaram-se no comércio das especiarias. Quando enchermos 0 depésito, partimos em seguida. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Se cobrir o bolo com natas ou chocolate, fica com melhor aspeto. Depois de elegermos o presidente, espero que as coisas fiquem mais calmas. Quando se repés a verdade dos factos, nio houve mais votos discordantes. Depois de se extinguir o incéndio, procedeu-se ao rescaldo. Quando entreguei a encomenda, fui tratar dos meus assuntos. Quando se redobrou a vigilancia, todos se sentiram protegidos. Depois de desfazermos as malas, fomos logo para a praia. Quando se acendem as velas, o ambiente fica mais romantico. Depois de eu fritar as batatas, podemos ir para a mesa. Depois de escrever o relatério, pode-se ir embora. Depois de se propor a mogao, passou-se 4 vota¢ao. Quando revirem isso, fagam-me uma fotocdpia! Se pagar com Visa, nao podemos fazer desconto. Depois de salvarem a vitima, levaram-na para as urgéncias do hospital. Se aceitarem as nossas condigées, assinamos 0 contrato. © LIDEL-EDICOES Técnicas 73 TELEFONE! / TENHO TELEFONADO Pretérito Perfeito / Pretérito Perfeito Composto Ex.: — Ha dois meses que nao lhe telefono. = Telefonei-lhe ha dois meses. Desde ent4o, nao lhe tenho telefonado. A semelhanga do exemplo dado, componha com o verbo sublinhado e no tempo adequado as frases que se seguem. 1. 2. 3. 10. Nao fago bolos desde os meus anos. Nao vejo futebol desde o ultimo campeonato europeu. Nao vou a concertos desde o comego dos exames. Desde que eles estdo fora, sei todas as novidades pelo pai dele, exceto a referente ao nascimento do filho. Faltei uma tnica vez por doenga, de resto venho todos os dias. Escrevo esta palavra assim, desde que a aprendi. $6 hoje é que me enganei. Ele diz isso a partir do momento em que se levantou a polémica. Ontem, mudou de discurso! Ha muito tempo que no leio livros dele. Ja nem me lembro do nome do ultimo! Nao ha grandes incéndios desde 2003, a nao ser o da semana passada. Desde que estou a desempenhar este cargo que ele ndo quer intervir. Fé-lo agora, por discordar de certas medidas. 74 © LIDEL-EDICOES TECNICAS ll. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. S6 uma vez pedi ajuda, de resto descubro sempre os erros na contabilidade. Apenas me esqueci dessa vez, dai em diante nunca mais deixei de estar com atengdo. Até tirar o curso, nunca fui responsavel por esse setor, mas, de ha uns tempos para cA a minha chefe encarrega-me de algumas tarefas. Naquele dia tive muita febre, desde entio, sinto-me melhor! Nunca me passou pela cabega uma coisa dessas! Desde ai, penso constantemente na melhor forma de enfrentar este desafio. Agora eles tem mais cuidado com a impressora. Naquele dia, nem viram que 0 papel estava encravado. Ha mais de quinze dias que nao pego nos livros para estudar! Nao o deixei sair naquele dia, nem o deixo jogar no computador, apesar de me custar muito. Primeiro estéo os exames, tenho de ser intransigente! Deixei passar a data sem Ihes dar os parabéns e, a partir dai, lembro-me todos os dias mas nunca os apanho em casa. Nao mostrei e continuo a nado mostrar que estou melindrado, mas esta a ser muito dificil continuar a disfari © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 75 JA / AinDA “AINDA= mais uma:vez (A) / ideia de aumento (B) / pelo | menos ©) /justamente (D). AINDA BEM = felizmente (E) AINDA ASSIM = apesar de (F) JA = na falta de melhor (G) = 4 Nas frases que se seguem, qual o significado que atribui a AINDA e a JA? 1. Ainda ontem a vi. 2. Ainda assim, nao foi mau. 3. Ainda queres outra fatia de bolo??? 4. Ainda bem que passaste! 5. Nao queria uma prenda, ja ficava feliz com uma boa palavra! 6. Ainda quero voltar a vé-los. 7. Ainda se ele compreendesse... 8. Ainda agora falei com ele. 9. As férias foram pequenas mas ainda assim gostei. 10. Depois de tudo 0 que aconteceu, ainda tu dizes que nao tenho razdo!!! 11. Ja me contentava com um telefonema! Nao queria mais nada! 12. Hoje ainda esta mais calor do que ontem. 13. Falta muito? Ainda quero passar pelo cabeleireiro para marcar hora! 14, — Nunca mais fizeste andlises... — Ainda na semana passada fiz uma ao sangue. 15. N§o te dou bolachas! Ainda ha uma hora acabaste de almogar. 16. Ainda se o meu trabalho fosse reconhecido, ficava contente. 17. Ainda vou reler as minhas notas para nao me esquecer dos pontos que quero apresentar no seminario. 18. Um aumento de 5% ja nao era mau. Vamos la ver! 19. Ainda estou mais cansada do que ontem. 20. Ainda bem que telefonaram! Estavamos a ficar preocupados. 76 © LIDEL-EDIGoES TECNICAS JA / JA Nao / Anna / Ainpa NAo JA = imediatamente JA (AGORA) = para aproveitar a oportunidade JA (QUE) = como / visto que JA / JA NAO — aspeto cessativo (passado, presente ou futuro) AINDA / AINDA NAO = até agora Preencha com a palavra que achar adequada. no estés despachada? esta no mesmo emprego? quero ver mais nada. Esta tudo visto. sei quando € que vou para la. esta tudo muito demorado. me contaram essa anedota, mas me lembro. fiz 0 depésito, mas recebi o extrato. estou nesta empresa ha muitos anos. Cheguei ha pouco tempo. estou aqui ha meia hora. Como estou aqui, vou a farmdcia ali em frente. ainda tém dividas, vou explicar mais uma vez. ‘Vou sair vem. E muito tarde! se usa. Agora a moda ¢ outra. Podes emprestar-me este livroou___———_ov ests a ler? Estas na fila para a bilheteira? compra-me dois bilhetes para amanha. © LIDEL-EDIGOES TEcNICAS 77 Ter DE / Haver DE / DEVER TER DE — obrigag3o (por necessidade) - ~ - 3 = ee . ee Heide Havemos de HAVER DE ~ intencdo firme com.énfase, ou indecisdo His de (com incidéncia no futuro) : Haéde Hao de DEVER — obrigacao por lei, moral ou costumes / sugestio / conselho Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 1. Para que uma empresa funcione, os empregados ter incentivos. 2. Eu espero que com o tempo nos habituar 4 nova situagao! 3. Achei que ser eu a dar-Ihes a noticia, porque tenho mais intimidade com eles. 4. A policia intervir, langando gas lacrimogéneo. 5. Um dia escrever um livro a contar as minhas viagens! 6. Meu Deus! A esta hora nés ja estar a fazer 0 check-in! 7. O que é que vestir com este tempo? Tao depressa chove, como faz sol! 8. mudar de casa porque esta fica longe da escola dos mitidos e ja é pequena para nés. 9. Nao sei onde é que por o escadote, se na despensa se na arrecadagao 10. Com esses sintomas, tu fazer ja uma radiografia! 11. Quando chegou a altura de partir, pensei: c4 voltar! 12. No proximo ano, combinar a viagem com mais antecedéncia. 13. Como é que Ihe dar a noticia? E uma situagdo to delicada! 14. Para a prevengao das doengas, as pessoas ir com mais frequéncia ao médico. 15. ter mais cuidado, quando arrumas o carro. A porta ja estd toda riscada. 16. Se nao se sentir bem quando tomar este comprimido, dizer logo ao seu médico! 17. Quando vos levar 14, provar um queijo caseiro, que é um espetaculo! 18. Hoje arranjar maneira de isto caber aqui. Nao o vou deitar fora. 78 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 19, 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Desculpa 14, mas me ir embora. La em casa estdo 4 minha espera para jantar! Na minha opiniao, nao te precipitar! Da tempo ao tempo! Eles se despachar, caso contrario, nao chegam a horas! Tu fazer uma selecdo a esse monte de roupa e deitar fora a que ja nao presta. me explicar em que tecla é que carregaste, para isto nao ficar completamente desalinhado! ser nds a fazer 0 convite, j4 que vocés mal 0 conhecem! Nos por um ponto final no assunto, para nao alimentar por mais tempo estas especulagdes! Senhores passageiros, a bagagem de mao ser posta nas bagageiras por cima dos vossos lugares. O que é que Ihe oferecer no Natal? As garrafas ser postas no “vidrao”. Como é que eles resolver esse problema? Amanha, sair cedo para ndo apanharmos muito transito. Tu nao tomar decisdes de cabega quente. O senhor tomar estes comprimidos de 8 em 8 horas e nao suspender a medicac¢o sem primeiro falar comigo. Um dia, eu explicar-te por que é que fiz isso! Onde é que por isto para nao se partir? ter isto pronto até as Sh. © LIDEL-EDI¢OES Técnicas 79 Fur / 1a + Gertnpio Pretérito: Perfeito (fui) + verbo (-ando / -endo / -indo) (ac&o.que decorre lentamente). Pretérito: Imperfeito (ia) + verbo (ando / -endo / -indo) (agdo que nado chegou'a acontecer por pouco) Preencha os espacos com os verbos adequados e devidamente conjugados. 1. 10. 11. 12. 13. 14, 15. 16. O fogo (alastrar) tanto, que (atingir) casas e fabricas! (deixar) cair o prato! Ele comeu tanto, que (ter) uma indigestao! Nos iltimos minutos do jogo, ele (meter) um golo! Como a faca estava muito afiada, eu (cortar-se)! Nés (falar) (falar) que quase (esquecer-se) das horas! Ele (gastar) dinheiro e mais dinheiro que quase (ficar) sem um tostdo! Estava tanto frio que (apanhar) uma constipagao! As criangas estiveram tanto tempo ao sol, que (ficar) desidratadas! Eles (chegar-se) tio perto de nds que (acontecer) um acidente! Nos (ganhar) a lotaria! Erramos por um numero. A enfermeira (tirar) cada vez mais sangue e o doente (desmaiar)! O ciclista (bater) 0 recorde! A praca estava cheia de gente e ele (afastar-se) tanto, que ° (perder) de vista! A minha filha deixou tudo para a Ultima hora até que chegaram os exames! Ai, teve de estudar tanto que (ter) um esgotamento! Eu sabia tudo o que se passava. Ele (manter) (a mim) ao corrente. 80 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Tropecei numa pedra e (cair) se nfo fosse a ajuda dele! Eu (subir), degrau a degrau, até chegar ao patamar! Ai tive de descansar. Se eu nao tivesse intervindo de imediato, (haver) uma discussao das grandes! (ser) uma desgraga! O que valeu foi que nds estévamos ali e evitémos o pior. Com tanta confusao, (dar) em maluca! Os primeiros reis (conquistar) terras, até Portugal se tornar no que é hoje. (bater) as claras até ficarem em “castelo”. Os pneus (ficar) to carecas que tive de os mudar. Na prova oral, (responder) bem mas, no fim, (espalhar-se)! Eles (bater) no carro da frente porque o nevoeiro (ficar) cada vez mais denso. A maré (subir) e quase nos (levar) a toalha! Por pouco, (atropelar) o gato! (adaptar-se) e (tornar-se) mais independente. Aempregada (regar) todas as semanas mas, mesmo assim, as plantas quase (morrer)! (estragar) a surpresa mas calei-me a tempo! (ver) os antincios até que encontrei o que queria. O negécio (ir) por 4gua abaixo! (ler) (repetir) até decorar toda a matéria. (contar) histérias até que ele adormeceu. © LIDEL-EDIcOES Técnicas 81 Gerwnpio 1 QUER QUANDO / AO COMO PARA MESMO / APESAR DE SE NESSE CASO A Escolha de entre os varios sentidos qual 0 que corresponde a frase em questio e reconstrua-a. 1. Sendo 10h, vou-me embora! 2. Sendo muito dificil, desisto. 3. Isso nao se diz, nem sendo a brincar! 4. Sendo uma pessoa feia, é muito simpatica. 5. Sendo assim, esté combinado! 6. Dando conta de que nao levava dinheiro suficiente, passei um cheque. 7. Dando ou nao dando resultado, vou tentar! 8. Gostando ou nao, tens de comer! 9. Ele la se foi desculpando, dando uma no cravo, outra na ferradura! 10. Nao sendo parvo, compreendo muito bem aonde ele quer chegar! 11. Ora, permitindo isso, estava a abrir um precedente. 12. Chegou, chorando como uma Madalena! 82 © LIDEL-EDIGOES TEcNICAS 13. 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. Conversando com ela, apercebi-me de que nio estava a par do sucedido. Tendo em conta o nivel de conhecimentos dele, era de esperar aquela nota. Sabendo eu que ele gostava, fiz-lhe a surpresa. Avangando a esse ritmo, nunca mais 14 chegamos. Nao sendo bonito, nao deixa de ter o seu interesse. Respondendo a sua pergunta, considero que ainda é cedo para fazer previsdes. Vendo que ainda é cedo, vou aproveitar para tratar deste assunto. Vendo que ainda era cedo, aproveitei para tratar deste assunto. Nem explicando bem o caminho, sozinho, nao vais la chegar. Partindo do principio de que ele jé nao vem, vamos comegar a comer. Pensando melhor, vou aceitar. Voltando ao assunto: “O que é que decidimos?” Falando como falas, ninguém te vai compreender. © LIDEL-EDI¢ES TécNIcAS 83 Gerwnpio 2 Ago com carater durativo. Usa-se com o verbo IR ou VIR no presente, passado ou imperativo, Conjugue com o verbo IR ou VIR e 0 gertindio do verbo adequado. 1. 2. 3. 4. 5. 9. 10. ll. 12. 13. 14, 15. 0 jornal, enquanto eu fago o jantar! a carta, enquanto ele a ditava. Nao te incomodes comigo! Eu os trabalhos, enquanto tu arrumas essa papelada. Nés © mapa das estradas, até ele acabar de reparar o motor. Enquanto vocés a sobremesa, eu vou fazer as malas para nos despacharmos mais depressa! Olha! tudo na mesa, que eu os molhos! Enquanto vou tomar um duche rapido, as coisas novas que comprei para a casa! A medida que nés os caixotes, tu podes fita adesiva para ser mais depressa. Enquanto eles se vestem, eu de preparar 0 pequeno-almogo para sairmos a horas. Um e as batatas, enquanto o outro as sardinhas. Vamos fazer tudo coordenado: tu a loiga e eu e no armario. Nao perco tempo: a roupa a ferro e, ao mesmo tempo, as noticias. Ao longo da vida, nés muitas experiéncias com as quais ! O gosto pela misica (nascer) e até que se tornou num verdadeiro artista! — Entéo, como & que vocés est’io? (in) 84 © LIDEL-eDICOES TéCNICAS 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. A pouco e pouco, os prédios recuperados e agora as cidades estéo muito mais bonitas. Com os novos avangos tecnolégicos, (surgir) aparelhos cada vez mais sofisticados. Agora que o meu marido nao tem trabalho, (arranjar) conforme podemos. Anténio, (descobrir) os erros enquanto vou falar com ele! cada vez mais prédios e os apartamentos novos estdo cada vez mais caros. Eles ja cé nao esto. porque estavam com pressa! A mie estava longe mas (ver) 0 que o filho estava a fazer. Foi rapido porque enquanto ela as fotocépias, a amiga as folhas por ordem. A medida que a policia os suspeitos, mais certezas tinham de quem era o criminoso. O telefone esta sempre impedido. (ligar) até conseguires falar com ele! Enquanto uma equipa de bombeiros © fogo, a policia (evacuar) as pessoas que viviam na aldeia. Os pescadores a rede e o peixe (saltar) para dentro do barco. cada vez mais zangado, a medida que eles Ihe © que se tinha passado. A medida que o perigo , aS pessoas mais calmas. Aos poucos e poucos, eles (trazer) para Portugal as coisas que tinham na casa que deixaram. © LIDEL-eDI¢OES TEcwIcas 85 Favanpo / Tenpo FALabo GERUNDIO SIMPLES — exprime tempo, modo. condigiio / introdugaio ¢ conclusio de uma carta formal. GERUNDIO COMPOSTO - uso idéntico ao do geriindio simples mas reportando- =se ao passado. A. Agora decida! 1. 6. 1 9. 10. 11. 12. 13. 86 Quando acabou de preencher o requerimento, dirigiu-se ao guichet. a) acabando b) tendo acabado No momento em que recebeu a chamada, interrompeu a conversa. a) recebendo b) tendo recebido Na altura em que percebeu o que se pretendia, ofereceu-se logo para participar. a) percebendo b) tendo percebido Logo que souber a data, aviso-te. a) sabendo b) tendo sabido Se quiser ir, no vejo nenhum inconveniente. a) querendo b) tendo querido Mal demos conta dos primeiros sinais de perigo, langamos os botes a agua. a) dando b) tendo dado Como nés bem sabemos as consequéncias, ¢ melhor tomarmos jé as devidas precaugées. a) sabendo b) tendo sabido Quando ele vier, podemos comegar a entrega dos prémios. a) vindo b) tendo vindo Quando encerrou o debate, serviram-se os salgados ¢ as bebidas. a) encerrando b) tendo encerrado Se ele quiser vir, por mim, nao ponho obstaculos. a) querendo b) tendo querido No momento em que se levantou 0 conflito, pés-se termo 4 conversa. a) levantando-se b) tendo-se levantado Como se previam desacatos, preparou-se uma equipa para estar de prevengao. a) prevendo-se b) tendo-se previsto Como nés bem sabemos as consequéncias que isso pode trazer, vamos preparar- -nos para o que der e vier. a) sabendo b) tendo sabido © LIDEL-EDICOES TECNICAS 14. Como vocés bem me conhecem, a partida sabem a minha posigfo. a) conhecendo-me b) tendo-me conhecido 15. Embora nao queira ser desmancha-prazeres, nao posso ficar mais tempo. a) (nao) querendo b) (nao) tendo querido 16. Mal acabémos de esconder as prendas, os mitidos entraram de rompante. a) acabando b) tendo acabado 17. Depois de saber o que sei hoje, acho que tomei a melhor decisao. a) sabendo b) tendo sabido 18. Para voltar ao assunto que nos trouxe aqui, falta um ponto que ainda naodebatemos. a) voltando b) tendo voltado 19. Por falar nisso, ainda nao contei um pormenor importante. a) falando b) tendo falado 20. A leres assim, tao devagar, nunca mais chegas ao fim. a) lendo b) tendo lido B. Preencha os espagos com os verbos devidamente conjugados. Excelentissimo Senhor: (viver) em Portugal desde 2001 e (necessitar) de um atestado de residéncia, para efeitos de renovagao da minha carta de condugao, venho por este meio solicitar a V. Ex.* se digne emiti-lo. Junto envio fotocépias do B.I. (Bilhete de Identidade), namero fiscal de contribuinte e uma fatura de eletricidade como comprovativo da minha morada. (agradecer) desde ja a atengao dispensada e (aguardar) o V. contacto para o levantamento do referido atestado, Atentamente, foie Fitoas ‘© LIDEL-eDI¢oes TEcNIcAs 87 Resposta A “QuEM?” E “O QuE?” Sempre com o verbo SER e inversao do sujeito. Conjugue o verbo no tempo correto. 1. = Quem é que pds isto mesmo a beira da mesa? = a empregada, que nio teve cuidado. 2. —Quem é que estava ontem, no jantar, a tua direita? — o meu diretor. 3. —Quem é que esta a bater a porta? —Talvez eles. 4. —Quem é que deixou isto fora do lugar? = eles que ainda no conhecem os cantos & casa. 5. —Eu perguntei-lhe quem é que tinha telefonado? — Ele respondeu que um colega meu da Universidade. 6. ~O que é que consta nas atas lavradas na ultima reuniao? - as diretivas a adotar para o proximo quadriénio. 7. —Quem é que precisa de sair mais cedo? eu, que tenho um cliente 4 minha espera. 8. — Quem é que os deixou levar 0 carro? . a me, que nunca é capaz de dizer que nao. 9. Quem é que levava sempre 0s mitidos para a escola? S © pai, quando ia para o trabalho. 10. —Quem é que est a fazer tanto barulho? — provavel que os homens que estio a fazer obras no andar de cima. 11. — Quem é que mandou reconstruir Lisboa depois do terramoto? = 0 Marqués de Pombal. 12. -—O que é que esta a dar lugar a tantas davidas? -Acho que a maneira como esta a por a questao. 13. — Quem é que escreveu a Mensagem? = Fernando Pessoa. 14, — Quem é que escondeu os presentes de Natal? = nés, para as criangas nao os verem sendo no dia 24. 88 © LIDEL-EDIGdES TECNICAS 15. — Quem ¢ que foi tratar dos papéis para a transferéncia do dinheiro de c para la? — Espero que eles, pois sfio os interessados. 16. — Para ti, o que é que deu um salto qualitativo no ultimo século? —Acho que ‘os avancos na tecnologia e na medicina. 17. —Diz lé quem é que te ajudou a resolver tudo? et vocés. Se nao vocés, eu estava hoje num beco sem saida. 18. | —Quem é que vos aconselhou bem, diz 14? - tu, e por isso te estou muito grata! 19. —Oque é que o levou a perder o trabalho que estava a fazer no computador? uma falha de corrente. 20. — Quem é que tinha razio? a tu, nisso tenho de dar a mao a palmatoria! 21. —Quem é que se uma coisa dessas? —Parto do principio de que alguém que nfio estivesse a par do assunto. 22. —Quem é que sabe os resultados da votacao? — Se nio eles, mais ninguém sabe. 23. —Quem é que deixou isto neste lindo estado? —Quer os meus filhos ou os teus, temos de ter uma conversa com eles. 24. —O que é que deu origem a toda esta polémica? . as declaragdes prestadas pelo Diretor de Marketing. 25. —O que é que tera provocado os atrasos nos voos de ontem? —E provavel que as condi¢des atmosféricas. © LIDEL-EDICGOEs TEcNIcAS 89 Futuro £ ConpDICIONAL Futuro ei as ias Infinitivo + a Infinitivo + ia emos iamos ao iam Excegoes: Verbosem __zer Ex.; FAZBR = FAR__ 1. a) previsao / divida relativamente ao passado—Condicional b) previsdo / davida relativamente ao futuro ~ Futuro 2. a) interroga¢ao que dispensa resposta no momento presente — Futuro b) interrogagao que dispensa resposta no momento passado — Condicional Use a forma que achar correta com o verbo indicado. 1. Os cientistas sugeriram que a causa principal da doenga (estar) nas diferengas genéticas. . 2. Aobra que se esta a levar a cabo (ficar) pronta no primeiro semestre do préximo ano. 3. A par de um restaurante, vamos fazer um jardim que (fazer) a ligagio entre as Areas de lazer, de cultura e de jogo. 4, Naquele momento, (ser) imprudente adiantar qualquer estimativa, pois ainda ninguém dispunha de todos os dados. 5. Oprimeiro avango na luta contra essa doenga, foi entender que se (ter) de estudar os habitos de higiene da populacao. 6. — Estio a bater 4 porta. Quem (ser) a estas horas? 7. Quem (ser) aquele individuo que estava de pé, encostado ao balc’io a olhar tao insistentemente para nés? 8. No local do préximo concerto, para além do palco, (estar) espalhados pelo recinto diversos bares. 9. Que impacto ambiental (ter) ali aquela construgo de tamanha envergadura? 10. Segundo anoticia, a tragédia aconteceu quando um grupo armado (estar) a colocar uma bomba perto do local. 11. Ahipotese que ele pos (agradar) a muitas pessoas, mas a resolucao final (ficar) para uma préxima reuniao. 90 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18, 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. Uma pergunta que se coloca constantemente: (ser) vidvel o projeto nas condigdes atuais da economia? Nunca soube por que é que ele tomou aquela decisao. (haver) pressio da diregao? Quanto tempo (levar) ele a fazer 0 caminho? (ser) ela a pessoa que estava a provocar toda aquela confusio? Eu , (ter) talvez, uns doze anos quando a conheci. Quem (dizer) que ele jé tinha essa idade? Desta vez, que historia é que ele (trazer) para nos contar? A semelhanga dos eventos anteriores, a ceriménia de abertura (contar) com a presenga de individualidades ligadas ao setor. Ao que tudo indica, 0 cenario politico (ir) manter-se. Sabe-se l4 ao certo 0 que os navegadores portugueses (trazer) das suas viagens a paises longinquos! Ao contrario do que (ser) de prever, o doente recuperou rapidamente. O Municipio (suportar) parte dos custos do Festival Internacional de Orgao que se (realizar) em setembro, em Lisboa. Ela (telefonar) (a mim) logo que possivel. Dentro de dias, (ser) anunciada a data da proxima reuniao do Conselho de Administragao onde se (decidir) o futuro da empresa. © LIDEL-EDI¢OEs Técnicas 911 Formacao pos ConsuNTIVOS FUTURO DO CONJUNTIVO Com — Pretérito Perfeito aver) pat tiver Vocés Eles Elas Eu Tu Vocé Ele Ela ig tiver Nos Vocés Eles Elas tiver B a tiver el + PRESENTE DO INDICATIVO / FUTURO COLOQUIAL/ FUTURO SIMPLES ou IMPERATIVO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO Com — Futuro Conj TIVE)RISSE = TIVESSE Eu tivesse Tu tivesse Vocé Ele tivesse Ela Nos tivésse mos Vocés Eles tivesse m Elas +PRETERITO IMPERFEITO ou CONDICIONAL PRESENTE DO CONJUNTIVO Como o Imperativo REGULARES (__AR—E/__ER—A/__IR— A) FALAR > FALE COMER ~ COMA ABRIR — ABRA Eu fale coma abra Tu fales comas abras Vocé Ele fale coma abra Ela Nos falemos comamos abramos Vocés Eles falem comam abram Elas 92 © LIDEL-EDICOES TECNICAS IRREGULARES (TENH}§A /FAC}KA / DIGHXA / PONH}KA) TER ~ TENHA PREFERIR — PREFIRA QUERER — QUEIRA Eu tenha prefira queira Tu tenhas prefiras queiras Vocé Ele tenha prefira queira Ela Nos tenhamos prefiramos queiramos Vocés Eles tenham prefiram queiram Elas CONJUNTIVOS — ESPECULACGAO —> a) Especulacao com incidéncia no presente e no futuro. Ex.: Disseram-me que ele gosta de ginjinha, mas nao acredito que goste. b) Especulacao com incidéncia no passado (pontual). Ex.: Disseram-me que ele gostou da ginjinha, mas nao acredito que tenha gostado. c) Especulacgao com incidéncia no passado (nao pontual). Ex.: Disseram-me que ele gostava de ginjinha, mas nao acredito que gostasse. — a) Gostei / Gostava que + Imperfeito do Conjuntivo Ex.: Gostei que ele estivesse presente. (esteve) Ex.: Gostava que ele estivesse presente. (nao sei se vai estar) b) Gostava que + Mais-que-perfeito do Conjuntivo Ex.: Gostava que ele tivesse estado presente, (nao esteve) — a) Imperfeito do Conjuntivo + Pretérito Imperfeito ou Condicional Especulagdo com incidéncia no presente e no futuro. Ex.: Se tivesse tempo, ia / iria contigo. b) Mais-que-perfeito do Conjuntivo + Mais-que-perfeito do Indicativo Especulagdo com incidéncia imediata. Ex.: Se tivesse tido tempo, tinha ido contigo. c) Mais-que-perfeito do Conjuntivo + Pretérito Imperfeito ou Condicional Especulago com incidéncia no presente. Ex.: Se tivesse ido contigo, nao precisava / precisaria de la ir hoje. © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 93 VenHA QueM VIER Presente de njuntive + Futuro do Conjuntivo Ligado por quem, quando, onde, o/a que, como, quanto. Generaliza a pessoa, a data, o lugar, etc. Use o verbo adequado. 1. 10. i. 12. 13. 14, 15. 94 Tanto um como 0 outro disseram que vinham, mas quem , eu nao posso receber! O congresso ou é em janeiro ou em fevereiro. quando ; ja falta pouco! O livro ou esta na estante ou esta na pasta. onde ,ndoo perdi! Pée 0 quadro naquela parede ou por cima deste mével! onde , fica sempre bem! Nao vai acontecer nada, espero! No entanto, © que , podes telefonar-me a qualquer hora. Faz a tua vontade! como , com certeza que vai sair bem! 0 médico 0 que , telefona-me logo! Quando chega alguém para jantar, naio me atrapalho. Come-se o que no congelador! . 08 resultados do exame a que horas , diz qualquer coisa para nao estarmos preocupados! quanto essa despesa, no se esqueca de pedir a fatura! O meu cio segue-me sempre, eu para onde ! Ele tem problemas de saiide. ele o que , precisa de uns dias de descanso. —Niao sei 0 que Ihe hei de dar! . -Ihe tu 0 que Ihe , ela vai ficar contente. O mitido quer comer um chocolate. oque sno vai comer nada agora porque depois nao almoga. ele que filme , gosta sempre. (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 16. 17. 18. 19. 20. 21, 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29, 30. Nao tragas nada porque oque , no vai ser preciso. ‘Nao me quero desfazer desse mével. Tem de caber ca em casa onde Aessa hora, em que canal » vejo sempre o noticiario. Pode trazer-nos duas ou trés garrafas de vinho tinto. quantas nunca é demais, porque somos muitos. Essa informagdo é muito importante para nds. -na quando a , comuniquem-na imediatamente! Este relatério € urgente. Ligue para o gabinete dos engenheiros e diga-lhes que quem tem de o comegar imediatamente, Dizem-se muitas coisas por ai mas, para mim, oque nao acredito em nada. ‘Vais ver muitas coisas engragadas em casa dele, mas oque , nao fagas comentarios! © tempo como nés vamos fazer a viagem. Em nossa casa, quem , € sempre bem recebido. Ele anda com problemas de estémago e © que » fica sempre maldisposto. Nao sei quem tem a minha caneta mas quem , agradego que a ponha em cima da minha secretaria. eu onde , ela quer sempre saber onde vou e a que horas volto. Faga este orcamento até sexta-feira mas, quando nao se engane. Ela joga muito bem golfe e contra quem. ganha quase sempre. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 95 Se Ganuar / SE GANHASSE SE GANHAR - situacdo provavel no futuro _SE GANHASSE - situacdo impossivel ou improvavel no presente ou no futuro Preencha os espacos com o tempo verbal adequado. 10. ll. 12, 13. 14, 15. 16. 17. Se a conferéncia de imprensa (ser) aberta a todos os jonalistas, 0 leque de perguntas era mais alargado. Se (ter) de escolher entre o azul claro e o verde, escolhia o primeiro sem hesitar. Se nds (fazer) castelos na areia, vem o mar e leva-os. Se (conseguir) fazer o contrato, é uma “langa em Africa”. Vocés niio se afligiam tanto se (encarar) 0 problema sob outro prisma. Se nao (ser) nés a defender a nossa lingua, quem o fara? Teriamos menos concorréncia se (apostar) mais na qualidade. Eu fazia esse trabalho de outra forma se (ser) a si. Depois de passar a rotunda, se (virar) a esquerda, dao logo com arua. Se (cortar) no sal, a tua tens&o ira baixar. Seeu (ter) menos dez anos, atrevia-me a enfrentar esse desafio. Ja nao me faz falta, por isso pode ficar para ti, se te (dar) jeito. Se os principios nao (ser) comuns, é inutil qualquer discussao. Se lhe (reconhecer) o seu devido valor, promoviam-no. Podem contar comigo se nao (haver) mais ninguém disponivel. Sends (ter) em linha de conta os custos da mao de obra, é-nos mais vantajoso. Se me (deixar) ir contigo, eras um amor! 96 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 18. 19. 20. 21. 22, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Nada disto se teria passado, se tu (estar) a par da situacao. Se eles, que sao os préprios interessados, (decidir) fazer assim, quem sou eu para os criticar? Cada um de nds tem 0 seu ponto de vista. Se (mudar) de ideias, serei o primeiro a aplaudir-te. Se eu (ser) o treinador, punha-o a jogar a meio-campo. Deixe-me dormir sobre 0 assunto! Se eu (ver) que isso me traz alguma vantagem, nao digo que nao. Se, na reuniao, essa questao (vir) a propésito, vou apresentar as suas sugesties. Se, a partida, isso me (convir), nem vou pensar duas vezes. Se tu me (dizer) a que horas chegavas, ia-te buscar. Se (querer), aposto convosco em como vai ser ele o advogado desse caso. Se nés (trazer) 0 carro amanha, damos-lhe boleia. Senao (p6r) termo a essa situagdo, nao tarda nada vais comegar a ter problemas. Seeu (poder) contava-Ihe, mas pediram-me segredo. Se eu (saber) o que sei hoje, nao estava a trabalhar aqui. © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 97 Se Sarr / Se Tiver Saipo Futuro do Conjuntivo — marca a possibilidade no futuro. Implica 0 uso de quando, enquanto, conforme, consoante, aquele que, quem, o/a pessoa que. Na continuacao da frase obriga o uso do Imperativo, Futuro gramatical ou coloquial. Futuro Composto do Conjuntivo — marca a anterioridade possivel relativamente ao Futuro do Conjuntivo. Preencha os espacos com a forma correta do verbo. 1. Os turistas podem permanecer 60 dias sem visto se 0 documento de identidade (estar) valido. 2. Tudo depende da forma como 0 anterior contrato (ser) redigido. 3. _ E possivel obter toda a informagao se (ir) ao posto de turismo no aeroporto. 4. Seeles (gostar) do hotel onde ficaram, tenciono ir para la. 5. Tem de pagar bilhete de entrada se (querer) visitar monumentos e igrejas. 6. Pode pagar metade do prego se (trazer) 0 cartéio de estudante. 7. Penso trazé-lo hoje, mas se ainda nfo o (arranjar), tenho de voltar 14 amanha. 8. _ Encontram programas de informacdo para turistas se (ouvir) a radio portuguesa. 9. Ha noticidrios em varios idiomas se (ver) a TV cabo. 10. Penso que nao me vou demorar a levantar os vouchers, mas se ainda nao os (emitir), vou chegar mais tarde. 11. Telefonem para o 112 se (haver) algum problema de satide. 12. Tém de ir ao servigo de urgéncia de um hospital se (precisar) de tratamento médico. 13. Se ja (ser) anunciada a data do exame quando eu 14 chegar, dou-te logo uma telefonadela. 14. Se oestado de satide da minha mae (agravar-se) ontem, vamos internd-la. 98 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 15. Nao ha problema se tu (beber) agua da torneira. 16. Se o canalizador ainda nao (remediar) a situag4o neste meio termo, fago ideia do que vou encontrar quando voltar para casa. 17. _E mais pratico se os senhores (levantar) dinheiro numa caixa multibanco. 18. Foi uma estupidez nao o ter comprado logo. Se jé o (vender) entretanto, vou-me arrepender. 19. $6 podemos analisar objetivamente a proposta, conforme ela nos (ser) apresentada. 20. Se a cadela (fazer) alguma asneira enquanto fui @ rua, vou castiga-la! BULA Nao pode tomar este medicamento se: 1. 10. gravida; alérgico/a ao principio ativo; fora do prazo de validade; © seu carro; alcool. MeEdICcO se: tonturas; a febre nao B alteragées respiratorias ou cardiacas; dores de estémago; © doente idoso, para um ajuste da dose. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 99 Sr Fizesse / Se Tivesse FEIto Imperfeito do Conjuntivo Mais-que-Perfeito do Conjuntivo UM CHEIRINHO DE CULTURA PORTUGUESA Preencha os espacos com a forma correta do verbo. 1. 2. 10. i. 100 Se nao (ser) a grande forga atrativa do Atlantico ¢ a vontade de D. Afonso Henriques, possivelmente nao (existir) hoje Portugal. Se Lisboa nao (estar) mais voltada para o mar que para a terra, anossa capital _ (ser) no interior, como acontece com Madrid. Se nés nao (ter) a situagtio geografica que temos, a cultura portuguesa nao (ser) determinada, em parte, pelo seu carater expansivo. Se 0 povo nao (desbravar) os mares, 0 génio portugués, patente n'Os Lusiadas ¢ nos Jerénimos, nao (ser) hoje a nossa expressiio superior! Seosceltasnao (invadir) anossa costa, endo se (fundir) com os autéctones, nao (existir) 0 povo Lusitano. Se os arabes no (querer) impora sua religido, nao (conquistar) a Peninsula. Ses primeiros reis nao (cuidar) das letras, nio (fundar) os “Estudos Gerais”. Se os espanhdis nio (cobigar) Portugal, nao nos (invadir). Sento (set)aforcanacional, nésnaoos (expulsar) em 1385. Se nio (mandar) exploradores para a costa africana com 0 propésito de chegar 4 india, uma das nagdes mais pequenas da Europa nao (ser) um dos maiores impérios e nao (ter) a maior armada da época. Se Gil Vicente nao (escrever) os seus Autos, nao (ter) hoje conhecimento do nascimento do drama e da ironia na nossa literatura. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 12. 13. 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. Se Cam6es nao (viver), nao (conhecer) hoje a mais bela poesia lirica carateristica do nosso temperamento afetivo. Se a tourada a portuguesa (ter) a intensidade dramatica que tem em Espanha, (perder) a beleza e a coragem fisica das pegas em que os homens medem forgas com o touro. Se os portugueses nao (gostar) de fazer “castelos no ar”, se nao (acreditar) no “milagre”, nao (haver) “o sebastianismo”. Se os portugueses nao (ter) uma grande capacidade de adaptagdo, os nossos classicos nio (escrever) em mais de uma lingua. Se Colombo nao (ser) um dos sobreviventes de um confronto naval entre genoveses e portugueses, na costa algarvia, nado (vir) para Portugal. Se o Infante D.Henrique nao (mandar) pér carneiros nos Agores, nunca se (descobrir) que as ilhas eram habitaveis. Se o Marqués de Pombal e Conde de Oeiras nao (ser) um homem avangado para a sua época, a Baixa Pombalina nunca (ter) 0 tragado que observamos atualmente. Se no dia 25 de abril de 1974 no (haver) a “Revolugio dos Cravos”, se calhar ainda hoje (viver) numa ditadura. Se, em 1986, Portugal nao (entrar) para a Uniao Europeia, atualmente (estar) em pior situagao. © LIDEL-epicdes Técnicas 101 Tivera / Tivesse + Fazia / Tinna Feito + Imperfeito do Indicativo (condicional) Imperfeito do Conjuntivo + Mais-que-Perfeito do Indicativo Complete os espacos em branco com a forma adequada. 1. Nao ha ovos. Se : um bolo! 2. Nao havia ovos. Se : um bolo! 3, Nao tinha nada para fazer hoje. Se : (levantar- se) mais cedo! 4. Ponho sempre protetor solar. Se no 5 (apanhar) um escaldao! 5. Nao tenho febre. Se : uma Aspirina ¢ para a cama 6. Nao tinha febre. Se i uma Aspirina e para a cama. 7. Nese dia tive medo que (haver) acidentes por causa da carga de agua que caiu. 8. Estava cheio de fome! Sendo ,n&o aquela pratada! 9. Sendo o Pasteur, se calhar agora nao leite pasteurizado! 10. Sendo um amigo meu, que é médico, com certeza que naquele dia para o hospital de urgéncia! 11, Sou sempre eu que arrumo este escritério! Se nao (ser) um caos! 12. Se ati, nao amanhi ter com ela, deixava para o fim de semana! 13. Se __acles, no _ aquela casa onde eles vivem agora. Perdem horas a chegar ao trabalho! 14. Se nds a hora a que acaba o espetaculo, buscé-los! 102 © LIDEL-eDIC¢bES TECNICAS 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. Se eu (saber) ir 14 ter sozinha, a horas ao concerto € desde 0 inicio, o que no aconteceu! Dantes, receavamos que as pessoas (atrapalhar-se) nas escadas rolantes, mas agora ja todas se habituaram. Se (oder), (meter) férias. Nesse ano, estava to estoirado que se. (poder), (meter) férias. eu dinheiro, agora um carro novo. (prever-se) que os bilhetes , mas nem todos foram vendidos. Se os sacos (caber) todos no porta-bagagens do carro, (levar) mais esta planta. O mitdo portou-se tao bem como se um adulto. Ele recomendou-me que gasolina na primeira area de servigo da autoestrada, senéo uma multa. eu mais novo e nunca (recusar) ir trabalhar para esse pais. Se os Portugueses pontuais, o trabalho mais, mas ja é um habito institucionalizado. E se agora aluz? Que magada! © trabalho todo. A bateria ficou sem carga e, como se nao (bastar), uma semana depois 0 motor gripou. O vicio do jogo fez com que ele na miséria. Eles fizeram tudo sem que ninguém por nada. (precisar) de alguém que me a pegar neste caixote. E muito pesado. © LIDEL-EDIGOES Técnicas 103 Se TivessE Ipo + Tinna Ferro / Fazia TINHA FEITO (no passado) Ago possivel de acontecer no passado, nao realizada. SE TIVESSE IDO FAZIA (no presente) Preencha os espagos com as formas corretas dos verbos. Ll. 2. 10. 11. 12. 13. 104 Hoje nao pude ir buscar o carro a oficina. Se (poder), logo a noite (ir) a vossa casa. Se nés (concorrer) ao concurso piiblico, provavelmente (ganhar). Ainda que naquele dia nés (ir) a casa deles, nao os (encontrar). Se (voltar) quando eu te disse, no (apanhar) tanto transito. Nao posso ir com vocés para o Gerés passar a semana que vem. Se (estudar) mais para os exames finais, provavelmente até (poder), mas... Ja respondemos ao fax que chegou ontem. Se (sair) a hora habitual, no 0 (ver). Se Sua Majestade E] Rei D.Carlos I nfo (ser) assassinado, possivelmente agora ainda (ter) uma monarquia. Claro que nao vimos o Diretor de Pessoal! Se (ver), (dizer) que a reuniao tinha sido adiada. Nao te queixes de teres sido multado! Se (pér) 0 carro onde devias, nada disso (acontecer). Se vocés (aproveitar) a promogao que fizeram, (comprar) exatamente 0 mesmo computador por menos 300€. Agora eu (ter) uma posigéo muito melhor se (aceitar) o convite da outra firma. Se eu (por) a maquina a lavar durante a noite, hoje ao acordar _ (dar) com a cozinha toda alagada. S6 agora acabei o trabalho que estava a fazer. Se (comegar) mais cedo, também o (acabar) mais cedo. © LIDEL-EDICOES TECNICAS 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 24, 25. (poder) ter-te explicado tudo se (chegar) mais cedo. Assim, tem de ficar para mais tarde. Se vocés jé (provar) comida japonesa, agora nao (achar) esquisito comer peixe cru. Se nds (ter) um patrocinador, agora (ter) mais margem de manobra. Se (cortar-se) o mal pela raiz, 0 cenario econémico de Portugal (mudar) logo. Caso em 2003 as estimativas (corresponder) a realidade, (aumentar) a nossa quota de mercado. Acho que eles (poder) ter elaborado aquela brochura com melhor aspeto, se (empenhar-se) mais. Gostava que tu (assistir)! (haver de) ter apreciado o espetaculo! Ainda bem que eles decidiram nao vir na semana passada, porque se (vir), nao (poder) mostrar- lhes a cidade. Mesmo que (querer) comprar aquele relégio, nado o (comprar) porque ainda nao tinha recebido o subsidio de férias. Felizmente, nao falei nesse assunto. Se (tocar) nesse ponto, (levantar) ainda mais polémica. Até se descobrir que 0 culpado do erro (ser) outra pessoa, ele falou comigo como se (ser) eu. Todos os que ja (fazer) 0 exame em junho tiveram mais possibilidade de escolha de hordrios. Se eu (saber), nao o tinha deixado para a segunda época. ‘© LIDEL-Epi¢dEs TEcNIcAs 105 PRESENTE DO CONJUNTIVO (EXPRESSOES) CONJUNTIVO. Frase subordinada, quando a primeira exprime divida, ordem, proibig&o, vontade ¢ 0 verbo esta no Presente.do Indicativo. Segue'as conjungdes, niio tendo valor proprio. + E 0 modo do eventual, incerto. Conjugue o verbo. 1. % 10. ll. 12. 13. 14, 15. 16. 17. 106 Recomendo-Ihe que (tomar) este medicamento. Admito que (existir) essa probabilidade. Preciso de alguém que (ajudar) (a mim) a carregar este caixote. Parto do principio de que eles (estar) cA. Nao sei se (ir) se (ficar). Nao estou muito entusiasmado com essa ideia, verdade (ser) dita! Eles que (voltar) ao escritério depois da reuniao e que (fazer) o relatério ainda hoje! Ao contrario do que se (poder) pensar, nao estou nada preocupado! Esta nfo é uma decisio que (tomar-se) de Animo leve. Por pouco ortodoxo que (ser), vou avangar com a minha proposta. Para um minuto que (ser) para pensares! Por incrivel que (parecer), fiz 0 contrario do que te tinha dito! Faz isso sem que ninguém (ver)! Talvez a questo (ter) a ver com assuntos de ordem politica. Prevé-se que (haver) uma esmagadora maioria. Pretende-se que todos (estar) presentes. Nao h4 nada com que uma pessoa (entreter-se) melhor do que com um bom livro! © LIDEL-EDIGOES TECNICAS 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Apetece-me que tu me (fazer) aquele prato de que tanto gosto. Qualquer pessoa que (atrever-se) a propor isso, sera logo corrida. Os resultados da sondagem levam a que (existir) fortes probabilidades de ele ser eleito. A casa pode estar hipotecada sem que ninguém (saber). Como (querer)! Estamos aqui para servir o cliente. (Valer) -me Deus! Nada te impede que (fazer) isso. Tu é que sabes! E fundamental que se (reconhecer) a sua competéncia. Isto vai fazer com que (ficar) bem visto perante o publico. Elimine tudo o que (poder) prejudicar a nossa parte. A ideia é fazer com que todos (beneficiar). Primeiro que ele (fazer) qualquer coisa, uma pessoa desespera! Quaisquer que - (ser) os resultados, ndo nos afetarao! Antes que os mitidos (chegar), vou esconder os ovos de PAscoa. Gosto que me (fazer) surpresas. Juero que vocés me (contar) tudo, tintim por tintim. Caso o senhor nao (poder), diga qualquer coisa! Prefiro que vocés me (dar) um livro a um CD. ‘© LIDEL-EDICOES TEcNICAS 107 FINITIVOS Infinitivo Impessoal — Com dois verbos em que o primeiro é conjugado. _Infinitivo Pessoal — Com -expressdes impessoais, preposiges, para maior ghtase. (agado. no presente ou futuro) Infinitivo Pessoal Composto — No mesmo caso do anterior, mas relativo ao ale Complete com a forma adequada do infinitivo. 1. O curioso é tu nao (saber) 0 apelido de uma pessoa com quem lidas diariamente. 2, Nao vale a pena vocés (ir) a essa loja porque nao vao encontrar nada do que querem. 3. Basta nds (tirar) as medidas a um, porque todos os outros sdo do mesmo tamanho. 4. Depois de tu (acabar) isso, diz, que eu vou-te buscar. 5. Ontem, em vez de vocés (ficar) dentro do carro, podiam (subir) para tomar um copo. 6. Ficdmos em tltimo lugar por (ser) muito lentos a dar as respostas. 7. Até tu (ficar) bem, ndo me vou embora! 8. Acho melhor nos (ir) andando, para nao (apanhar) muito transito. 9. (escolher) nds, ou (escolher) eles, tanto faz, ha sempre possibilidade de troca. 10. Vi (entrar) duas pessoas mas nem reparei na cara delas. ll. Podias (dizer). Bastava (telefonar) ¢ nés tinhamos-te ajudado. 12. Para tu nao (estar) ai sem fazer nada, vou pér um video para (ver). 13. Em vez de vocés (vir) ca hoje, venham amanha e jantam connosco. 14. No caso de eles (telefonar), diz-lhes que os vamos esperar ao aeroporto. 108 © LIDEL-EDI¢bES TECNICAS 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. Sem tu (dar) a tua opiniao, nao resolvo nada. Calhou nés (olhar) para o cho, caso contrério nunca mais vias a carteira! Apetecia-nos (ficar) em casa mas foi melhor (sair) porque passdmos um dia inesquecivel. Custou-te muito a (chegar) aqui, ou deste com a casa facilmente? Agora sé falta nés (fazer) 0 indice e ja esta! Convém vocés (trazer) pouca coisa. Ca, logo compram! Na altura de (aprender) uma nova lingua, somos todos criangas. Bastava (ir) atras de nés. Escusavas de (parar) para perguntar. Deixa de me (fazer) perguntas! Eles estao a espera de vez para (ser) atendidos. Se fizermos isso, corremos 0 risco de (cair) no mesmo erro! Faz isso, de maneira a eles nao (refilar). Vou contigo, no caso de eles (querer) ficar em casa. A questo é nds (saber) exatamente o que eles querem! A ideia € vocés (ir) ter 14 connosco. Senti as lagrimas (saltar) quando vi o estado em que ele estava! © LIDEL-EDICOES TécNicas_ 109 Havia DE Ver / Havia DE Ter Visto + Relativo ao futuro — era bom / gostava que visses + imperfeito * Relativo ao passado — era bom / gostava que tivesses visto + mais-que-perfeito composto Preencha com uma das estruturas que lhe sdo propostas. 1. 3. 10. 1. 12. 13. 14, 110 (ver) como eu punha um ponto final a essa questdo! Nao permitia mais gastos intteis! (passar) pela mesma situagao! Tinhas-te enervado como eu. Os nossos filhos (saber) o que a vida custa a ganhar! Nao exigiam tanto! O meu filho (ter) uma instrugao primaria mais bem estruturada, pois nao tinha tido tantas dificuldades na escola secundaria. Vocés (ir) & Madeira na passagem do ano! Ficavam a saber como é 0 fogo de artificio visto do mar! (pér) os bifes fora do congelador! Tinham descongelado enquanto fomos dar uma volta. Nao te disse o que é que (trazer) porque jé sabia que vinhas carregada. (trazer) um casaco, assim nao te tinhas constipado! (marcar) uma consulta para o dentista, assim ndo andavas ai cheio de dores! Nos (avisar) que estavamos na quinta ¢ ela nao tinha vindo cé em vio. O senhor (vir) ca antes do prazo terminar, tinha comprado 0 selo do carro e nao tinha sido multado! O pai (dar) uma mesada e eu nao Ihe estava sempre a pedir dinheiro! Tu (contar) logo isso aos teus pais, assim eles nao tinham feito juizos errados! Ela (deixar) ficar 0 peixe menos tempo no forno, nao tinha ficado tao seco! (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. (mandar) mais publicidade, assim tinhamos divulgado mais © novo produto! (preocupar) mais com a questdo ambiental! Antes de comprar este fato, (provar) 0 outro, nao va cair- lhe melhor! (informar) melhor antes de nos precipitarmos. (pensar) nisso mais cedo! Agora j4 no pode fazer nada. Ele (treinar) mais se queria ter ficado mais bem classificado. Ja nao o via ha trés meses. Tu (ver) como ele esta diferente. Assim que isso aconteceu, vocés (fazer) queixa a policia! Com 0 jeito que tu tens, (dedicar) 4 pintura! Agora jé se comega a ver como vai ficar esta escultura depois de acabada. Vocés (vir) ao atelier ha quinze dias para ver a diferenga! O senhor (provar) 0 cozido que fazem nas furnas, nos Agores! E uma especialidade. (estar) em jejum para lhe fazer a andlise! Agora s6 a podemos fazer amanha. Vocés (acender) a lareira assim que chegaram! Esté um frio de rachar. (passar) 14 por casa para verem como estd bonito o meu jardim! Estd todo florido! Um de nés (levar) o carro a oficina! Esta a fazer um barulho esquisito. (ajudar) porque é a tua area! Tinham feito melhor figura! © LIDEL-EpIGbEs TEcNicas 111 E NecessArto / E NEcEssArIo QuE Depois ‘de frases com sujeito'indeterminado ¢ de preposigdes. Presente do Conjuntivo Normalmente depois de verbo (presente do indicativo) ¢ com a conjungao QUE. Preencha os espagos com as formas corretas dos verbos. 1. E melhor nés (ir) andando! 2. No caso de vocés (querer) ficar, faz-se mais uma cama! 3. Caso nao (incomodar), eu volto cé amanha. 4, E natural que (haver) bilhetes, a pega ja se estreou ha um més. 5. A primeira experiéncia foi ma, dai que ele (estar) de pé atras. 6. Faz isso bem, de maneira a (ter) uma boa nota! 7. Porta-te bem, de maneira a que o teu pai nao (ralhar) contigo! 8. Convém que o senhor nos (avisar) com antecedéncia. 9. Convém nés (avisar) a porteira, para ela chamar um canalizador. 10. A sinalizagdo é deficiente, dai nds (precisar) de um mapa local. 11. Basta tu (levar) duas garrafas de refrigerante, as outras bebidas tem ele. 12. Basta que vocés (estar) cA As 9h, s6 servimos o jantar 14 para as 10. 13. Ebom que tu (contar) como tudo se passou para evitar mal- -entendidos. 14. Ebom (ser) tu o primeiro a dar o exemplo. 15. Apesar de nés (ter) uma garagem, pomos sempre o carro ca fora. 16. Embora eles (ter) uma grande varanda, nao tiram partido dela. 17. Nao compro o carro sem tu (ver). 18. Nao compro sem que tu (ver) primeiro. 19. Vou-me embora, antes que tu (comegar) para ai com grandes discursos! 20. Antes de tu (comegar) a dizer mal de tudo, vou-te provar que eu é que tinha razio, 112 © LIDEL—EDIGOES TECNICAS 21. 22, 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31, 32. 33. 34, 35. Corremos 0 risco de as coisas (correr) mal, mas vamos em frente! Vale a pena vocés (ficar) la mais tempo para (conhecer) melhor a zona. Facam o melhor que puderem para que o professor (ficar) bem impressionado! Ninguém tem uma ideia? Ao menos que (haver) alguém que (dizer) qualquer coisa! Para (ficar) 14 até essa hora, temos de deixar a nossa filha em casa dos avés. Até (ter) uma confirmagao oficial dos factos, nao fagam nada! Ainda que (ser) uma secretaria muito eficiente, ainda tem muito para aprender. Oxala tudo Ihes (correr) como eles querem! Sem que (haver) uma boa estratégia publicitaria, nado vai ser facil nés (langar) esse produto no mercado. Apés (analisar) calmamente a situagao, chegamos a conclusio de que o senhor tem razao. Creio que (enfrentar) novos desafios é sempre estimulante. Para que esses resultados (ser) atingidos, é necessdrio um bom espirito de equipa no setor de vendas. Mesmo que ele nao (querer) ir, é importante que (estar) representados nessa exposigao. Deus queira que eles (ter) os meus acetatos, sen&o, nao sei como irei fazer a minha apresentagao. Para (fechar) com chave de ouro, tenho de vos comunicar que, este ano, aumentdmos a nossa quota de mercado em 2%. ‘© LIDEL-EpICOES TEcNICAS 113 Tatvez / Dever / Ser Capaz / SE CALHAR TALVEZ + Presente do Conjuntivo ou Pretérito Perfeito. Composto do Conjuntivo DEVER + Infinitivo SER CAPAZ + Infinitivo (com de) SE CALHAR + Indicativo Complete os espacos com a expressio adequada. 7. 8. 10. il. 12. 13. 14, 15. 16. 17. 114 haver uma maneira melhor de obter essa informaciio. eles deem 14 um salto para verem como é que vao as obras. de valer a pena ficar la esta noite, para descansarmos ¢ fazermos a viagem de dia. foi ontem que eles ligaram, s6 que eu ndo estava. eles eram capazes de fazer a instalagdo, mas nao estiveram para isso. ter sido daqui que ele tirou a fotografia, porque se vé a ponte com o Cristo-Rei ao fundo. Ela esta reformada, portanto ter uns 60 e tal anos! Tu nao gostar do filme, é muito parado. ele queira fazer uma surpresa e por isso esta calado que nem um rato!!! eu nao tenha compreendido bem e por isso pego as minhas desculpas! foi ele que fez a asneira e agora nao quer assumir. estar na hora de tomar uma atitude! Como nos vém visitar durante os feriados, de os levar a conhecer a Serra da Estrela. Nao sei por que & que o bolo saiu mal. de ter posto farinha a mais. Ele ter-se enganado no caminho! Ja eram horas de cé estar! Vou telefonar-Ihe, saiba por onde é que ela anda. ainda seja cedo para nos darem uma resposta, nio vamos desanimar! © LIDEL-EDICOES TECNICAS 18, 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. Isso ter acontecido ha uma data de tempo, j4 nem me lembro! eu ter uns 10 anos, quando comecei a ter a chave de casa. Quando tocaste 4 porta e eu nao atendi, de estar a tomar banho. vou a tua casa amanha. Logo 4 noite ligo-te a confirmar. Vocés de ter razio, Deixem-me pensar nisso ¢ a tarde falamos outra vez. haja uma nogao diferente de tempo em cada pais. Ja reparaste que quando se pede a uma pessoa para esperar, os americanos dizem “sé um segundo”, os ingleses “sé um minuto” e os portugueses “sé um momento”? Viste que eles nao se falaram durante todo o jantar? houve alguma discussio entre eles. Veja se ainda os consegue apanhar! eles ainda estejam no edificio. Eles nao deram a certeza. Disseram que vinham. Tenho uma reunidio até as 7h. Depois tenho de entrevistar seis candidatos. Acho que de nao estar em casa antes das 10h. O congresso é no dia 15 de julho mas ainda nao se sabe ao certo onde vai ser. Este ano de ser em Braga. Vocés ter ouvido a palestra. Foi muito interessante. esta semana vou jogar no totoloto. Ha jackpot no Loto 2. o senhor nao tenha nada de grave, mas é melhor fazer umas analises. Se chegares tarde, de ja nado me veres. Tenho de sair as 8h. Nao sei onde é que eles estao. ter ido almogar. esse e-mail j tenha sido enviado. Deixe-me verificar! va la. de os encontrar eles ficar contentes por me verem. © LIDEL-EDICOES TEcNICAS 115 NAo Acuo Que SEsa / TenHA Sip0 / Fosse SEJA — Presente ‘do Conjuntivo TENHA SIDO ~ Pretérito Perfeito Composto do Conjuntivo FOSSE — Imperfeito do Conjuntivo QUAL E A SUA OPINIAO? Use as expressées assinaladas, tendo em conta os tempos propostos. (ndo) duvido / (néo) acredito / (néo) concordo / no acho / (néo) deixo / espero / tenho pena / (n&o) gosto / talvez / (n&o) convém / embora / prevé-se / quero 1, Portugal tem um mau clima! 2. Os mitdos foram sinceros! 3. A minha filha quer chegar sempre da discoteca de madrugada! 4. Os seus amigos fizeram a viagem com um tempo péssimo! 5. Ele disse que quando era estudante era muito organizado! 6. Ele nao quis ir ao concerto comigo! 7. Ela era muito teimosa em pequena, levava sempre a dela avante! 8. Ele afirma a sete pés que foi 14, mas que eles nao estavam... 9. Ele diz que o pai Ihe dava uma grande mesada... 10. © arguido disse que nao cometeu nenhum dos crimes de que foi acusado. 11. Nos sabiamos a matéria toda, mas fizemos alguns erros. 12. Tu nao estudas nada! 116 © LIDEL-EDICdES TECNICAS 13. 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25. Vé la se nfo apanhas muito frio no estddio para nfo te constipares. Ela fica aborrecida quando eu decido sem falar primeiro com ela. Sera que a temperatura vai finalmente subir? Digo isso j4 ou quando todos estiverem presentes? Onde é que ele pds 0 fato a limpar? Eles nao foram ao langamento do livro. Que pena! Acho que, nessa altura, no havia 4gua canalizada. Na préxima semana vai haver greve dos transportes publicos. Se houver uma grande abstengdo, eles podem perder as eleigées. Uma estante deste tamanho nao cabe no espa¢o que temos no escritério para ela! Achas que eles vao querer tomar um digestivo depois do jantar? Quanto a mim, dos filmes nomeados, este é 0 que vale mais a pena ver! Envie este fax até a hora do almogo, por favor! © LIDEL-EDICOES Técnicas 117 Voz Ativa — Voz Passiva Na passagem para a voz passiva, utilizam-se os verbos SER, ESTAR ou FICAR no mesmo tempo em que esta o verbo da voz ativa, seguido do seu participio passado. VOZ ATIVA mandou hoje | a_carta. VOZ PASSIVA foi mandada hoje por Passe as frases seguintes para a voz passiva. 1. O Presidente da Repiblica convocou eleigdes gerais antecipadas. 2. A Reitoria da Universidade de Lisboa programou cursos para os meses de verdo. 3. Se eles fizerem essa especializagao, vai ser muito bom. 4. Espero que ele ponha o relatério em cima da minha secretaria, como lhe pedi. 5. No Natal os meus filhos mandavam sempre cartas ao Pai Natal. 6. Se eles tivessem feito o que lhes disse, nada disto teria acontecido. 7. Se eles acabassem a proposta hoje, seria étimo! 8. Ja envidmos a informagao que nos solicitaram. 9. nosso servico financeiro ja autorizou o seu pedido de crédito. 118 © LIDEL-EDICdES TECNICAS 10. il. 12. 13. 14, 15. 16. 17. 18. 19. 20. Ja envidmos a sua encomenda hoje! Espero que jé tenham instalado o gs ¢ a eletricidade. Quando tiver acabado esse trabalho, diga-me! Estou 4 espera que chegue o técnico para reparar a avaria, Para ter feito isso, precisava de mais informagao. Expulsaram os emigrantes por estarem ilegais. Se tivesse sido ele a fazer este relatério, ja tinha sido enviado. Ela ja tinha pago o seguro do carro quando eu fui 4 companhia. Ja fizemos 0 orgamento. Enviar-lhe-emos 0 orgamento da obra assim que for aprovado. Se ja tivesse depositado o cheque, agora teria de o cancelar. © LIDEL-eDI¢dEs Técnicas 119 | ______» DISCURSO DIRETO oes >DISCURSO INDIRETO (REGRAS) DISCURSO DIRETO. ESTOUAFALAR ===> _ESTAVAA FALAR FALO ==> FALAVA VOU FALAR =p IA FALAR FALEL =p TINHA FALADO FALAVA =—=p> FALAVA TEM FALADO =—=p TINHA FALADO TINHAFALADO = ===> TINHA FALADO SE FALAR SE FALASSE ==) FALASSE TALVEZ FALE FALE! =—»> (PARA FALAR) TIVER FALADO TIVESSE FALADO ==) _TIVESSE FALADO TENHA FALADO FALAREI =——> FALARIA TEREIFALADO ===> TERIA FALADO FALARIA =——> FALARIA TERIAFALADO = ===> TERIA FALADO PARA FALAR =p PARA FALAR PARATER FALADO ===> PARA TER FALADO FALANDO =— p> FALANDO 120. © LIDEL-EDICOES TECNICAS DISCURSO DIRETO TENDO FALADO TENDO FALADO FALARA FALARA VIR IR TRAZER LEVAR JA / AGORA NAQUELE MOMENTO LOGO MAIS TARDE HOJE NAQUELE / NESSE DIA AMANHA NO DIA SEGUINTE ONTEM NO DIA ANTERIOR NA PROXIMA SEMANA / NA SEMANA / NO MES / / NO PROXIMO MES / ANO / ANO SEGUINTE NA SEMANA PASSADA / / NO MES / ANO PASSADO NA SEMANA / NO MES / / ANO ANTERIOR ISTO / ISSO ESTE / ESSE ESTA / ESSA AQUI/ CA Ai / ALI AQUILO AQUELE AQUELA LA NAQUELE LUGAR MEU(S) / TEU(S) / / SEU(S) / MINHA(S) / / TUA(S) / SUA(S) NOSSO(S) / VOSSO(S) NOSSA(S) / VOSSA(S) DELE / DELA DELES / DELAS WY Ud DELE / DELA DELES / DELAS DELE / DELA DELES / DELAS © LIDEL-epig6es Técnicas 121 Discurso Direto — Discurso INpDIRETO Passe as seguintes frases para o discurso indireto, usando as regras ensinadas. 1. 2. 6. 7. 9. 10. ue 12. 13. 14, 15. 122 Estou a espera dela ainda hoje. Ele Faga esse trabalho amanha assim que chegar! Ela Sabes se eles ja terio chegado? Ele Um dia, tu vais ver que nés temos razao. Nos Quando tiveres acabado esse trabalho, podes sair. Tu Para visitarmos o teu pais, quanto tempo achas que sera necessdrio? Eles Ainda nao sei, mas talvez c4 possa vir amanha. Tu Se tivessem vindo a reunio, sabiam que essa situag&o jé foi resolvida. Ele Espero que tenhas falado com ele e que esteja tudo esclarecido. Ela O concerto que fomos ver ontem foi muito bom. Eles Joana, se tiver tempo, vou visitar-te na proxima semana. Ele Temos vindo a Portugal todos os meses, mas nunca tivemos tempo para nos encontrarmos contigo. Eles Ja te tinha dito que nao valia a pena fazeres isso. Ele Nao me passe nenhuma chamada porque estou a falar com um cliente. O Diretor Se viesses cd amanha, podiamos falar calmamente sobre o meu problema. Ela (© LIDEL-EDICOES TECNICAS 16. 17. 18, 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. Na semana passada ele perdeu muito dinheiro porque as agdes em que tinha investido cairam imenso. Ele Faca-me um favor! Quando puder, venha ao meu gabinete e traga-me o relatério do doente que esteve c4 ontem as 3h. O médico Se ele tivesse dito isso, eu seria a primeira a saber! Ela Para ele ter vindo c, teria de ter passado pela seguranca e nao ha nenhum registo. Portanto, é porque nao veio. Eles Sé fazendo mais exercicio ¢ que vais conseguir emagrecer. Ela Venha cé jd porque tenho uma carta urgente para enviar ainda hoje! Ele Esse trabalho ja foi feito ha dois dias. Eles Tendo acabado o meu discurso, sentei-me. Ele A nossa filha pediu-nos para ir a uma festa no proximo sdbado. Eles Venha quem vier, agora nao posso atender. Ele © LIDEL-EDicoes Técnicas 123 1 2 3. 4. 5. 6. 1. 8 L 2 3. 5. 6. 2 & % 10. un. 12. 13. 14. 15, 16. 17. 18. 19. 20. a. 22, SoLuc6éEs pos ExERcicios Pags. 10 e 11 - Formas bE TRATAMENTO (tu) estds 10. (Tu) Tens 18. _O senhor Cénsul vem OVA senhor(a) pode 11. Senhora Doutora; acha 19, OVA senhor(a) tem o/a senhor(a) Embaixador(a) 12. _estd; o/a senhor(a) 20. (tu) vais pode 13. (voce) parece 21. senhor O senhor sabe 14, recebeu 22, (tu) voltas © Doutor 15. _Estés; (Tu) Queres 23. senhor Doutor acha Arquiteto 16, Importa-se; Doutora 24, (voce) viajou Doutora 17. Doutor; sirva-lhe; diga-Ihe 25. Dona; tem (vocé) esta Pags. 12 e 13 - REGRAS DE ACENTUACAO A papa esté pronta. Dé um beijinho a mie da Ana! Esta caneta est estragada. Os pais dele so do mesmo pais que os meus. Os franceses gostam muito de caracéis. Os caixotes esto no armazém. Eles foram muito améveis. Esta casa é idéntica aquela, Ele € muito timido. Ele joga ténis todos os sébados. A cafeina em excesso ¢ prejudicial a sat Alguém sabe responder a esta pergunta? Parabéns! A tua nota foi altissima! Eles sto muito 4geis, parece que voam! Os objetos titeis nao se deitam fora. Dé-me o exercicio de Inglés que esta ai. Ai! Que carga de égua vem ai! Contem uma histéria! De quem € este dicionario de Portugués? Por favor dé 0 nome da editora ao Jodo porque ele também quer comprar um! Este produto contém uma substincia t6xica. Qual foi o mébil do crime? O délar subiu ou desceu? 4, 25, 26. 21, 28. 29, 30. 3. 32. 33. 34, 35. Como passas por 1é, diz-the para pOr a carta no correio. Ele diz que pratica natacio © que a pritica desta modalidade & a mais completa. Esta secretéria est na secretaria, no primeiro andar. Esta fibrica fabrica calcado para exportacto. Ela saia sempre de saia comprida quando tinha ‘um jantar de ceriménia. A sua proniincia no correta, porque ndo pronuncia 0 “R”. Elec 1-me quando sou incapaz de resolver uma situacdo critica. Eu continuo sempre pelo trago continuo. Normalmente, ele come a sopa quente, mas hoje vai comé-la fria porque & gaspacho. ‘Ontem, nés vimos alguém naquele armazém que -contém bebidas alcodlicas e que ninguém conhecia. De onde & que veio este fax? Por favor, dé-o a0 Diretor de Vendas. Ele mantém boas relagdes com 0 Anténio, mas nds, como deixdmos de o ver, nunca mais nos falémos. © LIDEL-EDIGOEs Técnicas 125 Pags. 14 e 15 - Ser / Estar 1. esti; sto ML. esta; 21. esto 2 Gest 12, silo; esto 22. & esta 3. &esté 13. esta 23, ; estar 4 esti 14, esté; esto 24, est; € 5. Gest 15, é esté 25, ser; esté 6 é esta 16. E; esta 26. — siio; estdio 1. Gest 17. sho; esto 27. est; € 8. sio; esto 18. é esté 28. Gest 9. somos; estamos 19. so; esto 29, estou; é 10, esta 20. Sto; esto 30. & esta Pags. 16 e 17 - Tomar / APANHAR / Demorar / TirRaR / LEVAR 1. tirow 13, tomar 25, demoro 2. apanhar 14. levo 26. tomar 3. tomar 15. demoraste 27. apanhe 4. demorou; apanhimos 16, tirar 28. tomar 5. levo 17. levar 29. levar 6. demoraram 18, tirow 30. demores 7. apanhei 19, apanhar 31. apanhares 8. tomar 20. tomo 32. tire’ 9. Demoro; apanhar 21. apanhei 33. apanhou 10. tirou 22. tires 34. levou; demorémos; tomar 11. tomo 23, evar 35. tire’ 12, levaram 24, apanhou Pag. 18 - Com ou sem Artico DEFINIDO? Los & 15. ao 9 os 16. 3. O;a;0 10. — 17. 4— 1. aos 18. 5. 1 as 19. 6 0 RB. — 20, No; — mo 4. Pag. 19 - Com ov sem ArTIGO INDEFINIDO? A 1 um 6 11. umas / — 2. uma ho 12 um 3. uns & um 13. num 4. num 9. dum “4 5. Um 10. uma 15. um B. 1. a; das; uma; da; dum; de; pelo; da; das; de; as; a; — 2, a; das; no; da; —; ao; uma; uma; a; do; a; A; os; dos; dos; da; no; ao; das 126 © LIDEL-EDICOEs TECNICAS 10. M. 12. 2 3 4 6. a % 10. n. 2 3 4 5. 6. 7. 8. 10. Pags. 20 e 21 — Estar / Ficar / ANDAR esta; esté estava fiquei ficou estis esté ficou anda ficou; andou anda ficou MELHOR mal bem; Melhor bons mau bons pior melhor bem mal bom; bom. bem; boa 31. A nossa; ao nosso 32. meu 33. as nossas 34. dos nossos 35. os teus 36. teu 37. Vossa 38. Sua 39, do nosso fiquei 13. ando 25. ando 14, andémos 26. Ando 15. Esto 27. estavam 16. Estamos 28. fiquei 17. fiquei 29. andémos 18. Anda 30. ‘Andam 19, Estamos 3 Estou; estava 20, Fiquei 32. Fiquei 21. Andamos 33. ‘Andam 22. ficou 34, ficava 23. anda 35. estamos 24. ficaram Pags. 22 e 23 — Bons EXEMPLOS PARA FALAR boa; bem 13. bom 25, bom; bem 14. bom; boa; bom 26. bom; mal 15. boa; bem; bom 2. ‘ma; bem 16. bem 28, ‘mal; maus 17. bem; bem; bons 29, bem; bom 18, bem; bom 30. ma; mal 19, bem 3. boa; bem 20. boas; mas 32. bom; bem 21, mé; bons 33. bem; bom 22. bons; maus 34, ‘mal; mau 23, mal 35, bom; bem 24, Mal; bom Pags. 24 e 25 —- Possessivos (O Meu / Mev) dele 11. Sua 21. minha as tuas 12, dela; da nossa 22. atua Meus; minhas 13, teu; o meu 23. As minhas; as tuas minha 14, 0s meus 24, Os nossos Meu 15. a minha 25. Meu; a sua nossa 16, asua 26. 0s meus vossas 17. Avossa 27, Os meus seus 18. minha 28. o nosso Meu 19, dela 29. minha vossa 20. o meu 30. Seu 40. nosso © LIDEL-EDI¢ES Técnicas. 127 1 2 3. 4. 5. 6. 1 Pags. 26 e 27 —- For / Era eram; foram a Foi; era 9. era; foi 10. Foi; eram nn Foi; era 2 Foi 13. cera; era 14, foram; era foi; era Foi cram foi; Eram Foram; eram foi; era 15. 16. 17. 18. 19. 20. era; foi Foram; eram Foram; eram Foi; Eram era; Foi Foi; eram CAMOES - Foi; foi; foi; era; era; foi; foi; era; foram; Era; era; foram; era; foi; era; foi; Foi; foi 1. 2. 4 5. 1. 9. 10. Pags. 28 e 29 —- Esteve / Estava estive; estava ie esteve; estava 2 estive; estava 13. estava; estive rs estévamos; estivemos 15. esteve; estava 16. estavamos; estivemos 17. esteve; estava 18, cestava; estava 19, estiveram; estavam 20. Pags. queria; quis n. queriam; quis 12, queria; quis 13. queriamos; quis 14. queria; quis 15, querias; quis 16. queriamos; quis 1. 18, 19. 20. 128 © LIDEL-EDICOES TECNICAS Estava; estavam estivemos; estava estivemos; estava estive; estava Estava; estive estiveram; estavam estivamos; estivemos estava; estive estiveram; estava Estava; estava 30 e 31 — Quis / QuERIA queria; quis quisemos querias queriam; quiseram quiseste querias quiseram queria quiseste queriam a. 22, 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 21. 22. 23. 24, 25. 26. 21. 28, 29. 30. estavam; estavam estava; esteve estava; estive estava; estiveste estava; estivemos esteve; estava estiveram; estavam estava; esteve estivemos; estévamos Estiveste; estava quiseram queriamos quisemos queria queria; quis queria; quis quis; queria quiseste; queria a queria Pags. 32 e 33 — SABER / CONHECER saber 13. conhego 25. Conhecendo; conheso; sei saber 14, souberam-me 26. no quero saber Conhego 15. Conhego 27. conhego conhecemo 16. Sabiamos 28. sabes Sabe 17. sei 29. sei a saber 18. soubesse; sei 30. sabes saber 19. sabe 31. saiba Conhego; sei 20. conhecesses 32. Sabe Conhego; sei 21. Conhecemo 33. Conhecemos 22. conhecer 34. conhecem 23. saiba 35. soube 24. sei; Conhego Pags. 34 e 35 — Pronomes INDEFINIDOS nenhuma 13, alguns 25. todas poucas 14. outra 26. alguns muita 15. outras 27. nada qualquer 16. muito 28. todo ‘muito; toda 17. algumas 29, Algum nenhum; todos 18. muitos 30. nenhuns nenhuma 19. alguma 31. qualquer ninguém 20. pouca 32, tudo; quaisquer qualquer 21. outros 33. nenhuma pouco 22. tudo 34, alguns Cada 23. algumas; quaisquer 38. todas alguém 24, Muitos; poucos Pags. 36 e 37 - TAo / Tanto tanto; to 11, tanta ... que 21. tanto; to; to to ... que 12, to ... como 22, tho... tho to; tantas ... que 13, Tanto ... como 23, Tanto ... como to ... que 14. to ... como 24, tio; to... que Tanto ... como 15. tho... que 28, Tanto ... como Tanto ... como 16. tanto ... como 26. tanta ... como to ... que 17. tantos 27, tio Tanto ... como 18. tantos ... que 28. tanto ... que tantos 19. T&o ... como 29, to... que to 20. Tanto ... como; to... como 30. tanta ‘© LIDEL-EDIGOEs TEcNIcAs 129 Pags. 38 e 39 - OnE / Quem / Quando / Como / Que / O Que / Quanto / QuaL 1 2. 3 4 5. 6. Conselhos para comprar um carro: 1 2 1 2 3 4 5. 6. 130 © LIDEL-EDIGOES TECNICAS Quantas de quem Contra quem De qual Que Em que Quanto Desde quando Aonde Faga / Faz Ponha estenda / estendas telefone Deixe ‘Venham; voltem / Comece Veja vire Questione Assegure-se Exija Certifique-se a 7. Nas 8 em % 20 10. as un. a 2 No a em a 0s; a0 aos; as 10. Por onde; Onde 11, Por quem 12. Aquem 13. Para quem 14, Até quando 15. Sobre que 16. Que 17. Qual Pags. 40 e 41 - IMpERATIVO 7. desculpa 8 Vai 9. Othem 10. vao 11, Agasalhe-se / Agasalha-te 8. Repare 9. Veja 10. Verifique 11, Compare 12, Faga 13. Tenha 14. prescinda Pags. 42 e 43 - Em /A 13. Na 1. 8 28, 14. em 20. Na 26. 15. a 2. aa 27. 16. No 22. No 28. ma 23. Asa 29. 18. Em 24. as 30. 18. 19. 20. a. 22, 23. ms 25, 12. 13. 14. 15. 16. 15. 16. 1. 18. 19. 20. na 0s a0 em Como Por que Com qual Para quem Com que ‘Com quem De que Aque De/ DA pensem Despacha-te Mande Desculpe Saiba descure desista De Pega Faga 31. no; no 32. Nos; a 33. No 35. aos 1 2. 4. 5. 1. 10. n. 2 1 5. 6. 7. 8. 9% 10. c 8. h 9. d 10. a cv 12. b 13. f 14. re em e Pags. 44 e 45 —- Dar + PREPOSICOES 15. 16. 17. 18, 19. 20, 2. moe 22. 23. 24. 25, 26. 27. 28, 29. 30, 3. 32. 33. 34, om sae Pags. 46 e 47 - Aqui / Ai / Aut / CA / LA / EnrAtico Aqui sei lé Vala al a cf sei ch aqui ali pois nfo nao vém Uma qué no tem esté bem E ou niio é Esté bem uma qué Esté bem nao tinhamos Pags. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 2. 22, 23, 24, la aqui daf a nada ali Daqui a nada Aqui ca La fs Ia 25. 26, 21. 28. 29. 30. aL. 32. 33. 34. 35. 48 e 49 - Dissz, NAo Dissz? Mu. 12. 1B. 14. 15, 16. 17. 18, 19. 20. pois nio no vio no disse no vais ou nfo é no viest pois niio esté bem pois no nao tem 21. 22, 23, 24, 25, 26. 21. 28, 29, 30, 35. d 36. 31. 38. 39, am co / Ser LA / CA Ser Daqui la cA; la dai 6 dai La Li Daqui a nada Dali a nada Dai Uma qué nfo deteve Esta ou nao esté pois néo esté bem no viu Foi ow ndo foi no devem no é est bem © LIDEL-eEDIGOES Técnicas 131 LC A 13. 2 D B 14. a A % D 15. a2 8) 10. B 16. 5 Cc uA 17. & 8B iz C 18, Pags. 50 e 51 - Loco vumavco> 19. 20. 21. 2, 23. 24, o> ume 25. *F 31 B 2%. C an D) 27. D 33. «=@B 2B 34, 2. B 35. A 30. £ Pag. 53 - ConsuGACAO PRONOMINAL 1. vive-se; come-se 2. 9 vires; dé-Ihe 3. vela 4. Fez-se; se ouvia 5. Ihes empresto; me prometam; devolvé-lo; 9 receberam 6. Deram-me; apontei-os; me tembro 7 desi 8. Divirta-se 9. compram-no 10. E-me; buscé-los; me entreguem 11. Incomodo-o/a 12. «mim 13. vou-9s 14. 15. 16. 17. 19, 20. 2. 2. 23, 24, 25, ‘¢ arranja; pé-las conposco as ver t8-las; as vejo nim voltou-se; disse-Ihe; Ihe queria fazer Q trate te zangues comiga; se despachar tratam-na convidei-9; comigo fui visité-lo Pags. 54 e 55 —- Texto com ConsuGacAo PRONOMINAL que o proibit; ndo Ihe era; Nao se podia; se 9 tivesse feito; s6 se fizeram; tornaram-se; Para 9 ver; Viram-no milhares; ‘Ninguém a tinha provado; Imitévamo-les; Vimo-la sem; Nao @ largavam; tiravam-no; e dedicavam-se; J4 me esquecia; Tivemo-los; Quando 9 comecaram; gerou-se; langou-se; espalharam-se; dedicou-se; a seguimos; foi-lhe permitido; se voltaram; que a ganhou; que @ destruiu; todos se ligaram; den-lhe; Comecou-se; foi-lhe; estendeu-se; chamar-the; que a visitaram; pode-se falar; sem 9 tirar; que nos esté; organizou-se; Também se realizou; quase s¢ consagrou; Constroem-ge; se abrirem; se desligar; Vimo-lo; invadiu-nos; usamo-lo; fazer-nos pensar; desenvolver-se. 132 © LIDEL—EDICOES TECNICAS 13. 14. 15. 1. 2 5. 1 Pags. 56 e 57 — INVeRSAO Do PRONOME me soube; me senti me soube Ihe dar Ihe contaste mg levantar Preocupam-se faz-se roubar-Ihes transformé-las; queremo-las; faltam-thes Ihe é dé-The; se gasta; 9 toma parece-nas; 9 empregamos; nos falta; @ usamos; nos sobra ‘se encontram Ihe dizer; nos perdemos Fartémo-nos; a descobrimos; a tinha 16. 17. 18. 19. 20, 21. 2. 23. 24, 25, 26. 21. 28. 29, 30, ‘se despacharem; os apanhamos; disseram-me apaixonou-se; casou-se; Vé-lo; amé-lo Fi-la Ihe arranjar; a levar resolve-se; s¢ esti; tré-los; los © ajudar nos fomecem; lhes podemos Entregimo-lo; o distribuir E-me Apeteceu-the; a comeu 198 tenho a deseja deu-se se dar defendeu-o Pag. 59 - Como / Por QuE / Porque / Porqué / Por Causa DE Como 6. porque ‘Como 1 por causa dos 8. Como 9. por que Por que; Porque 10. Como Por que; Porque Por que; Porque 11. por que 12. Porqué 13, Como 14. Por que 15. por que Pags. 60 e 61 —- PRonomEs RELATIVOS em que 8. dos que a qual 9. a0 qual as quais, 10. 0s quais, de que 11. das quais com quem 12, aonde dos quais 13. cujos cada qual 14, a0 qual 15. por quem 16. aonde 17, pela qual 18. as quais 19. cujo 20. as quais TEXTO LACUNAR que; com quem; cujo; pela qual; em quem; em que; de que; das quais; com quem; durante o qual; dos quais; onde / J em que; sem a qual 133 © LIDEL-EDICOES TECNICAS 1 2 3. 5. 1. & 10. uM. 12. 13. 14. L 3. 134 © LIDEL—EDICOES TECNICAS por por para; para Por; por por; pelas para Pelo pela para Por; por Por para 1. 8 %. 10. i voowrs 12. sou capaz de Somos capazes de pode sou capaz de sou capaz de; posso podias; ser capaz & capaz; posso se pode; sou capaz sou capaz de sou capaz de omoares Pags. 62 e 63 — Para / Por 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24, 25, 26. 21. por Por pelo; para para; pela; para Pelo; pelo Por; por ara; para Por; por Pelo para por; para Por Para 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34, 35. 36. 31. 38. 39, Pags. 64 e 65 - Mesmo / MESMA 13. 4. 15. 16. 17. 18. momo cv 12. 13. 4. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 1%. D 20. £ ua. G 22. H 2B. J 24. =B posso se pode; pode-se Posso; sou capaz de fosse capaz de; podia possa; for capaz de pode so capazes de; podem poder; podes; és capaz pode; sou capaz de somos capazes de; pode 28, 26. 21. 28, 29, 30. Pgs. 66 e 67 - Pover / Ser Capaz ogurtns DE 30. pelo pela por pelo para Para por; para 31. 32. 33. 34, 35. >r- oe pode; pode sou capaz de; posso Sou capaz de; posso pode; é capaz de Posso; sou capaz de posso; S paz de sou capaz de; posso é capaz de; pode posso osso 10. 1 2 3 5. 6. 8 9. 10. 6 1. 9. 10. Pags. 68 e 69-—IrR TeR Com / Encontrar-sz Com / ENCONTRAR Vou ter contigo IL. os encontrei 21. encontrarmo-nos; foram ter encontramo-nos 12. oencontrei 22. Encontrimo-nos Encontrei 13. nos encontramos 23. me encontrar Encontrémo-nos 14, foiter comigo 24, Vim ter contigo Encontramo-nos 15, encontra-se 25, se encontra Fui ter contigo 16. encontram-se 26. vamo-nos encontrar encontrou-a 17, encontramo-nos 27. Encontrei-o vou encontrar 18. vo ter connosco 28. Vieram ter connosco encontra 19. vouter contigo 29. se encontram encontrei-a 20. _vinha ter comigo 30. encontrar Pags. 70 e 71— Pope / Popia TER Podemos té-lo posto Il. pode ter tido 21. Podias ter intervindo Podiamos té-la pedido 12, _ podias ter vindo 22, Posso ter compreendido Podiamos ter comprado 13. _ podia ter comido 23, Podia ter-me dado Pode ter caido 14. Posso ter-me precipitado 24. Podes ter guardado Podem ter ficado 15. _ posso ter tirado 25. Pode ter havido Podiamos ter gasto 16. Podiam ter esperado 26. Podias ter vindo Podiam ter ficado 17. Podias ter ido 27. podias ter perguntado Posso ter-me enganado 18. _ podia ter feito 28. pode.... ter feito; Pode... ter sido Podiam ter morrido: 19. Pode ter sido 29. — podia ter saido Podia ter posto 20. — Podias ter pedido 30. — Podiam ter estudado: Pags. 72 e 73 — Participio Passapo Dito isto... I. Lido o rascunho... 21, Redobrada a vigilincia. Dada a / Devido a... 12, Vistas as coisas... 22, Desfeitas as malas... Dito dessa maneira 13. Despachadas as malas... 23. Dado o moment: 14, Descoberta a india, 24, Discutido este ponto... 15. Cheio o depésito... 25. Aberta uma excecio.. 16. — Coberto o bolo... 26. — Proposta a mogio... Feito isto. 17, Eleito o presidente... 27. Revisto isso... Vindo ele pela autoestrada... 18. — Reposta a verdade... 28. Pago com visa... Posta a questio... 19. Extinto o incéndio... 29, Salva vitima... Feitas as contas... 20. — Entregue a encomenda... 30. — Aceites as nossas condigées... © LIDEL-EDICOES Técnicas 135 3. 1 3. 5. 1 3 5. 1. % 10. n. 2. 136 © LIDEL-EDICOES TECNICAS Pags. 74 e 75 — TELEFoNEI / TENHO TELEFONADO Fiz... nfo tenho feito 8 Li... nfo tenho lido 14, Nao me senti... tenho-me sentido Vi... nfo tenho visto 9. Houve... nfo tem havido 15, Nao pensei... tenho pensado Fui...nfo tenho ido 10. Interveio... nfo tem intervindo 16. Nao tiveram... tém tido Nio soube... tem sabido 11. Nao descobri... tenho descoberto 17, Peguei... no tenho pegado ‘Nao vim...tenho vindo 12, Nao estive... tenho estado 18, Custou-me... tem-me custado Tenho escrito... no escrevi 13. Nao me-encarregou...tem-me 19, Ndome lembrei... tenho-me lembrado Nio disse... tem dito encarregado 20. Disfarcei... tenho disfargado Pag. 76 — JA / AInDA D 5G 9 OF 2 B 1s. D 18. G F 6A 0. B BB i B A fc uu. G 4. =D mA 20. —E E & D Pag. 77—JA / JA Nao / Ainpa / Ainpa Nio ‘Ainda 6. J4; ainda nao ue ja Ainda 2 12, Jénto Jando 8 Ainda nao 13. Jando ‘Ainda no; Ainda 9. jdagora 14, ainda Sis j nto 10. Haque 15. Jéagora Pags. 78 e 79 — TER DE / HAVER DE / DEVER tém de 13. hei de 25. temos de hhavemos de 14, deviam 26, deve devia 15. Devias 27, heide teve de 16, deve 28, devem hei de 17. hao de 29, deviamos 18. tenho de 30. hei de 19. tenho de 31. Temos de 20. devias 32. hei de 21. témde 33. devias 22. devias 34, hei de 23. Tens de 38. Temos de temos de 24. Deviamos