Você está na página 1de 1

associacaoculturalcururu@outlook.

com
Educação em
Editorial foco

Primeiramente, nossas saudações aos prezados moradores do Satélite pelo retorno A Creche-Abrigo do Conjunto Satélite
dessa relação de comunicação alternativa, dando continuidade a uma opção desatrelada
da canalhice de uma mídia dominante que é, em grande medida, agente causador da
problemática realidade sócio-estrutural brasileira.
Aqui também, externamos nossos parabéns a importantíssima e considerável participação dos
pode se tornar escola infantil
moradores e moradoras do Satélite nas eleições para a nova diretoria/ coordenação do Centro O C e n t r o esta total falta de cuidado com o ensino
Comunitário Satélite ( CCS), chapa a qual apoiamos, e que precisa dar respostas efetivas e Comunitário do Satélite há quinze infantil. Foi mencionado ainda em
satisfatórias aos anseios da comunidade que, diga-se de passagem, precisa fazer sua parte, anos serve como anexo da Escola bom tom pelo Professor Henrique a
participando das Assembleias e audiências, para que possamos, juntos, transformar a realidade do Municipal Gabriel Lage possibilidade da transferência da
Satélite pra melhor e, em consonância com a fala do Seu Miranda: “(...) Se, cada um fazer a sua parte, e atende crianças de 4 e 5 anos, “escolinha” para a Creche Começo
as coisas vão melhorar”. com duas turmas de 30 alunos. O Feliz na We 08, do Conjunto Satélite, o
A nova gestão do CCS precisa também ser coerente nas suas ações e encaminhamentos, espaço infantil é coordenado pela antigo abrigo; já que o espaço foi
seguindo a proposta de campanha que pregou o desatrelamento à forma tradicional de relações Professora Angela Contente e tem desativado e tem salas suficientes com
político-partidárias restritas e não democratizadas que tem caracterizado, predominantemente, as como diretor o Sr. Alcemir uma área de lazer e a estrutura é toda
gestões do Centro Comunitário no Conjunto Satélite. Pantoja que visitou o espaço na adequada para atender uma Escola de
É lógico que as relações político -institucionais são necessárias para a obtenção de conquistas, We 06, confirmando mais uma vez Ensino Infantil pois a parceria do
contudo, prescindem do acompanhamento e aprovação da coletividade em fóruns adequados, e que, a falta de condições para o Centro Comunitário e Secretaria de
opções político-partidárias individuais e/ou de grupo, não podem, nem devem, ser estabelecidas como atendimento dos pequenos, o que Educação do Município podem abrir
sendo da instituição Centro Comunitário. Cada um tem sua opção política, mas não deve atrelá-la ao uma página nova na esfera da Educação Infantil no conjunto
é lamentável.
CCS, até porque, se constituirá em irregularidade, ferindo a lei e a própria condição regimental da satélite, possibilitando para pais, alunos e professores uma
A coordenadora do anexo programou uma reunião no
instituição Centro Comunitário. Escola Pública e de qualidade.
Não podemos deixar de falar da conjuntura política nacional, que vive a atmosfera de um mês de dezembro de 2015, onde estiveram presentes pais de
alunos, moradores, diretores e o atual Secretário de Educação e O professor Alcemir Pantoja ficou de marcar a reunião
esdrúxulo pedido de impeachment arquitetado e iniciado parte de quem não tem nenhuma referência com a Secretária de Educação de Belém, a Senhora Rose Salame
moral ou ética para tal. É evidente que o atual governo federal é limitadíssimo e mesmo incompetente Cultura do Centro Comunitário Henrique Amoras, estudante de
sociologia da UFPA e Professor do Mais Educação (Escola para o mês de janeiro de 2016. E o Centro Comunitário promete
política economicamente e em gestão, mas, não é a substituição por golpistas oportunistas que, diga- organizar uma audiência Pública, chamando o apoio dos
se de passagem, são tão ou mais lesivos do que os governistas atuais. Precisamos, e temos a obrigação Helena Guilhon), para discutirem uma solução do abandono que
se encontra a “escolinha do centro Comunitário”. moradores do Conjunto Satélite, Comunidade da Cosanpa,
de, cobrar veementemente do governo Dilma para que seja mais competente e qualificado, mas, não Ibifan, Sevilha e demais interessados.
precisamos colocar o Brasil nas mãos de aproveitadores e entreguistas que, num passado não muito O Diretor Alcemir pontuou as dificuldades que inibem o
avanço para uma escola melhor e citou as seguintes: A falta de Contamos com a participação efetiva da comunidade e
distante, nos roubavam com a conivência da mídia, PF e Supremo.
recurso do Governo Federal, a inadimplência do conselho da apoio ao Direito a esta causa tão nobre, mas desrespeitada que é a
No mais, parabenizamos a atuação de entidades satelitenses como a Associação Cultural O
escola Gabriel Lage e a burocracia de Brasília que dificulta as EDUCAÇÃO BRASILEIRA!
CURURU, que continua suas atividades pela melhoria do Satélite, conduzindo e assumindo junto
negociações. E lamenta pela situação de abandono da “escola”. Estiveram presentes à reunião: Henrique Amoras
com o valoroso apoio de pessoas engajadas, amigos e colabores. Enfim, que os ventos da mudança no
Satélite tenham se estabelecido, de fato. Depende de nós, todos, o êxito nessa busca por um Satélite Mas, diante do quadro ele se compromete junto a secretaria de (Secretário de Educação e Cultura – CCS) Silvia da Silva –
melhor. educação alugar futuramente um espaço melhor para aquelas Silvinha (Diretora de Segurança e Transporte-CCS) Joana
Para todos um 2016 repleto de realizações, saúde, paz e conquistas. Grande abraço. crianças. Cláudia (Secretaria Geral – CCS) Renato Saraiva (Associação
O Coordenador de Educação e Cultura do Centro Cultural Cururu).
Comunitário Satélite, Henrique Amoras, diante da sua diagnose,
concordou na melhoria urgente da “escolinha centro” para poder
Pedro Costa atender as crianças e seus professores que também sofrem com Renato Saraiva

LIXÃO DA AERONÁUTICA BELÉM 400 ANOS, O QUE COMEMORAR??


«NOSSO CARTÃO POSTAL» Belém, desde seu marco
inicial, se estabeleceu como um
morando em áreas de favelas no país.
Os dois últimos gestores municipais
Mano,, eu desprezo toda aquela lixarada da frente do acidente de percurso. O tal de transformaram a cidade num
Conjunto Satélite, tudo aquilo me lembra aqueles filmes da idade Castello Branco estava em São
média Francesa: Onde Homens, ratos, baratas, Mosquito da
verdadeiro caos: transporte,
Luiz do Maranhão e fora desordenamento urbano, abandono da
Dengue, urubus brincam de pira-se-esconde a montueira de lixo e
entulho em plena rodovia,
convocado para suprir nossa educação e saúde pública, etc. Belém,
Belém vai fazer 400 anos, em janeiro de 2016, é esse presente
frágil territorialidade diante de passou a ganhar títulos negativos,
desagradável que estamos dando para nossa cidade, quem poderá
ameaças externas. Veio, então, estando, constantemente, entre as
nos ajudar? O Chapolin colorado ou o Saci da Mata Encantada - Ele margeando a Baía do Marajó e mais violentas, mais caras, mais sujas
poderia distribuir imensos gorros que serviriam como sacolas de considerou o local que implantou (com a contribuição de parte da
Satélite: século XXl lixo ecológicas, quando a “população burra” pretendesse despejar o forte com o nome dele, o ponto população), mais desordenada, e por
lixo e entulhos nas suas áreas. kkkk! Mas o papo é real e é sério ideal. aí vai.
mano! De lá, se iniciou o processo Belém dos excluído! «Talvez, parte dessa caoticidade se
Temos que nos conscientizar, nos tocar e não jogar lixo na rua, na de formatação desta cidade que é esvaia no bolo comemorativo. Não é,
praça, na cacimba, em “nosso Rio Maguari”. Tudo isso gera um dos principais centros Maria Lima?”
doenças, prolifera o mosquito da dengue, trás doenças novas urbanos da vilipendiada Amazônia. Nessa produção comemorativa que estão forjando
Chicunguya e Zica-virus, e velha como a Leptospirose (a doença Da Belle Époque aos dias atuais, Belém tem se para acortinar a problemática e insustentável situação da
do Rato). Vamos todos buscar algo solucionável para essa poluição constituído e reproduzido desigualdade, desproporção e cidade, o grupo Liberal que, diga-se de passagems
ambiental, por onde devo começar: Não jogar lixo e entulho em desordenamento. Essa lógica, acentuada no Período da apoiou, esteve e está do lado das duas últimas gestões
vias públicas, esperar a coleta do lixo, principalmente não pagar Borracha, se evidencia nos dias de hoje de forma ainda municipais, vide o tal “calendário armação”,faz sua parte
Satélite: idade primitiva ninguém para despejar entulho e lixo em lugar nenhum, pois isso é mais brutal, 80% da população de Belém sobrevive com nessa encenação que tenta idilizar o caos estabelecido em
crime ambiental sujeito à pagar 600 reais em multa. 1 ou 2 salários mínimos e, desses, 62% com apenas um Belém. O Liberal ajudou e ajuda também o governo
Agora que já fizemos nossa parte vamos exigir da Prefeitura de Belém a coleta de entulho em mínimo, ou seja, é uma cidade de miseráveis ou muito estadual, responsável direto por muitos problemas que
nosso conjunto, que a Semma venha construir juntos com os moradores a praça da área da aeronáutica, pobres, tendo, em contrapartida, uma pequena parcela assolam Belém como a questão da insegurança e a
na We 01, onde fica o lixão. acumulando quase 80% da riqueza da cidade. , sórdida campanha contra a educação estadual.
Mande sugestões para nosso jornal o cururu, dicas como fazer um projeto de conscientização “Ganhamos”, recentemente, o título de cidade dos
com nossos moradores e do entorno há não sujar nosso conjunto, nossa cidade! favelados, como a capital com maior número de pessoas Paulo Hernesto
Envie - email e face : associacaoculturalcururu@outlook,com
Materia enviada
via email pelo filho CONVENIÊNCIA ROSA BRANCA
do João mata-porco
Clínica Médica Veterinária JW LANCHONETE BAR E MERCEARIA
- PIZZA E SALGADINHO
7 DE JANEIRO / 1835 A 1840 - LANCHES SUCOS E VITAMINAS
CONSULTAS - VACINAS - CIRURGIA -
CABANAGEM ATENDIMENTO: 08:00`ÀS 22:00
- BEBIDAS E REFRIGERANTES
- GÊNEROS ALIMENTÍCIOS E DE LIMPEZA

NOSSA HISTÓRIA, NOSSA IDENTIDADE AMAZÔNICA


Fones: (91) 32464731
HOMENAGEM A TODAS AS MULHERES E
HOMENS QUE LUTARAM E VENCERAM 99129-6888 / 99809-7836
OS OPRESSORES QUE REINAVAM O PARÁ
NAQUELA ÉPOCA. CONJ. SATÉLITE WE 10, Nº286
HOMENAGEM AOS CABANOS QUE MORRERAM Rodovia Mário Covas FONE: 98954-0619 (TIM) 98885-6808 (OI)
ABERTO DE 06 ÀS 00:00
PELA SUA LIBERDADE E SEUS DIREITOS, QUE NOS
INSPIRAM A VIVER OS DIAS DE HOJE! Conjunto Pedro Teixeira, Rua B- 17Coqueiro-Belém-PA DE DOMINGO A DOMINGO

Você também pode gostar