Você está na página 1de 1

Algarvepress | www.algarvepress.com | Pág. 14 | SAÚDE | Quarta-Feira, 09 de Setembro de 2009 | Edição N.

º 147
OPINIÃO: CIENTISTAS ANUNCIAM

MAIOR AVANÇO CONTRA ALZHEIMER


Doutorado em Hipnose Clínica
Octávio Escolástico
omne@sapo.pt

DOS ÚLTIMOS 15 ANOS


MEDOS E
Dois grupos de cientistas identificaram três novos genes relacionados com o Alzheimer, o que
pode reduzir até 20% os seus índices de incidência.

FOBIAS Cientistas britânicos e fran-


ceses identificaram os genes
mos 15 anos”.
Os investigadores asseguram
te um tratamento eficaz para
esta doença.
Será importante realçar que existe significati-
va diferença entre o medo e a fobia, apesar de
básicos responsáveis por um que, se as actividades dos ge- Genes e funções
existir alguma confusão entre as duas designa- em cada cinco casos de Al- nes descobertos forem neutra- A identificação destes três
ções. O medo pode ser explicado como um meca- zheimer, e ainda a possibili- lizadas, poderão ser evitados, genes é a primeira desde
nismo de defesa (impulso nervoso) em face das dade de que a doença possa num país como o Reino Uni- 1993, ano em que um gene
muitas situações de perigo, é uma emoção nor-
mal que todos os indivíduos sentem em determi- ocorrer por causa de uma in- do (com uma população de 61 chamado APOE foi o res-
nados momentos da vida. O medo é comummen- flamação no cérebro. milhões), 100 mil novos casos ponsável por 25% dos casos
te interpretado, na esfera da psicologia, como diagnosticados da doença.
uma emoção saudável, visto que aparece quan- Dois destes três novos ge-
do nos sentimos em perigo; isso aumenta o nos-
so potencial de sobrevivência, sem o medo se- nes, denominados clusterina
ria difícil perpetuar a espécie humana, porque (ou CLU) e PICALM, foram
sem ele atirar-nos-íamos para as diversas situa- identificados pela equipa bri-
ções caóticas sem calculismos racionais.
tânica, e o terceiro, denomi-
A fobia também significa medo, só que é um medo pa- nado receptor complementar
tológico, especifico, intenso e desencadeado por uma si- 1 (ou CR1), pela equipa fran-
tuação que normalmente não apresentaria qualquer peri- cesa.
go. As fobias são inúmeras e, geralmente, consideradas O CLU tem uma qualidade
irracionais ou bizarras, são, de igual modo, incapacitantes protectora do cérebro e ajuda-
por limitar a vida das pessoas que sofrem desse distúrbio
o a desfazer-se dos amilóides,
psíquico, ao ponto de se tornar um empecilho para que es-
sas pessoas levem uma vida normal. uma proteína potencialmen-
A pessoa fóbica sofre de uma ansiedade generalizada e te destrutiva. Segundo o estu-
são os pensamentos recorrentes de medo que fazem eclo- do, também ajuda a reduzir as
dir os indícios da perturbação psicossomática (palpita- inflamações no cérebro causa-
ções, arritmia, sensação de falta de ar, aperto no peito, das por uma resposta excessi-
despersonalização, tonturas, suores frios ou quentes, sen- va do sistema imunitário, fun-
sação de desmaio, etc.). Todos estes sintomas corporais ção que partilha com o CR1.
são produzidos pela mente subconsciente, face aos pen- O PICALM está relacionado
samentos recorrentes de medo de que algo de ruim possa com o transporte de moléculas
vir a ocorrer. Estas estranhas sensações corporais levam até às células nervosas e com
ao desencadeamento da hipocondria (ex. “sinto o meu co- o funcionamento das sinapses,
ração a bater fortemente, logo é porque ele está a funcio- o processo de conexões neu-
nar mal, logo posso morrer de uma destas crises”, “é me-
ronais que ajudam a formar a
lhor não sair de casa, porque se me der alguma destas
crises posso não conseguir ajuda e alguma coisa grave Julie Williams, professora da por ano da variante mais habi- memória do indivíduo.
me pode acontecer”). Estes são os pensamentos de medo Universidade de Cardiff, que tual do Alzheimer, a que afec- Os cientistas acreditam que
antecipado produzidos pela pessoa fóbica, quando assim esteve à frente da equipa do ta os mais idosos. a inflamação cerebral pode ter
acontece ela mergulha na solidão da casa e desiste de le- Reino Unido, afirmou após a O Alzheimer é uma doença um papel muito mais impor-
var uma vida normal, não é uma vontade consciente, mas publicação da investigação na neurodegenerativa que se ma- tante no desenvolvimento do
uma vontade comandada pelo seu inconsciente e que é revista científica Nature Ge- nifesta por alterações cogniti- mal de Alzheimer e que ao in-
poderosamente forte. netics que se trata “do maior vas e comportamentais devido teragir com estes genes abre
Ao nível psiquiátrico, estas pessoas são geralmente tra- avanço conseguido na investi- à morte de neurónios e à atro- as portas para tratamentos no-
tadas com antidepressivos, incluindo os inibidores especí- gação do Alzheimer nos últi- fia do cérebro. Ainda não exis- vos e mais eficazes.
ficos da serotonina e os tricíclicos. Também lhes são pres-
critos alguns tipos específicos de tranquilizantes como o GNR
alprazolam e o clnazepam e, ainda, os beta-bloqueantes,

APREENDE TABACO NO ALGARVE


como o propanolol ou o atenolol. Claro que toda esta pa-
nóplia de medicação actua sobre os sintomas, produzindo
algum alívio temporário, mas não elimina a raiz do pro-
Quase 20 100 cigarros foram aprendidos esta segunda-feira em Loulé e Albufeira.
blema, porque a “chave-mestra” não se encontra no lado
físico do cérebro, mas, sim, na mente subconsciente (a A operação realizada geiro de mercadorias e
memória). Tudo aquilo que produz fobias advém do pas- pelo Destacamento de um veículo misto, 5 604
sado, mais concretamente das experiências traumáticas de
Acção Fiscal de Faro em euros e 4 900 libras e 15
medo vividas na infância. Esta é uma verdade científica
que, na maioria dos casos, ultrapassa a própria compreen- Loulé e Albufeira resul- telemóveis.
são humana, porque o estudo da mente não é acessível a tou na apreensão de 209 Quatro cidadãos dos 32
todos. Para se penetrar nos recessos do subconsciente, ao 740 cigarros (com um aos 49 anos foram cons-
nível mais profundo, é necessário possuir-se um grande valor presumível de 37 tituídos arguidos, sujei-
domínio da hipnose e de todas as técnicas psicanalíticas, 704 euros), 1 160 onças tos a Termo de Identida-
só assim se pode assegurar a cura das psicopatologias. de tabaco, um veículo li- de e Residência.

Você também pode gostar