Você está na página 1de 26

Exercícios de Língua Portuguesa

Professor: Rafael Silveira

01. A opção em que a oração subordinada pode ser considerada adverbial condicional
é:
a) Desde que o vi, me apaixonei.
b) Desde que tenho muito trabalho hoje, não poderei sair.
c) Permanecerei aqui, desde que você permaneça.
d) Diga-me se a proposta lhe interessa.
e) Falou sem que nos convencesse.

02. As orações subordinadas adverbiais assinaladas estão classificadas. assinale a


alternativa cuja classificação esteja errada:
a) “Nunca chegará ao fim por mais depressa que ande.” (oração subordinada adverbial
concessiva)
b) “Era tal a serenidade da tarde que se percebia o sino de uma freguesia distante,
dobrando a
finados.” (oração subordinada adverbial consecutiva).
c) Mesmo que faça calor, não poderemos nadar. (oração subordinada adverbial
concessiva)
d) Ela era tão medrosa, que não saía de casa. (oração subordinada adverbial
comparativa)
e) Se tudo correr bem, levar-te-ei à Europa. (oração subordinada adverbial
condicional)

03. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sino de uma
freguesia distante, dobrando a finados.", a segunda oração é:
a) subordinada adverbial causal                                
b) subordinada adverbial consecutiva
c) subordinada adverbial concessiva                   
d) subordinada adverbial comparativa
e) subordinada adverbial subjetiva

04. Assinale o período em que há oração subordinada adverbial consecutiva:


a) Diz-se que você não estuda.                                            .
b) Falam que você não estuda.                                           
c) Fala-se tanto que você não estuda.
d ) Comeu tanto que ficou doente
e) Quando saíres, irei contigo.

05. Qual das orações subordinadas pode ser considerada adverbial causal?
a. Mesmo que partas antes, precisarei do resultado das provas.
b. Chegamos tão cedo, que o portão da faculdade ainda estava fechado.
c. Já que possuo pouco dinheiro tomarei apenas um lanche.
d. O público aplaudia euforicamente para que o circense bisasse o número.
e. Realizou os exercícios de acordo com as instruções.
     
06. No período - “E quanto mais andava mais tinha vontade”, ocorre ideia de
proporção.
Assinale a opção em que tal ideia NÃO ocorre:
a. quanto mais leio este autor menos o entendo;
b. choveu tanto, que não pudemos sair;
c. à medida que corria o ano, o nosso trabalho era maior;
d. quanto menos vontade, mais negligência;
e. quanto mais se lê, mais se aprende.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

07. Em: "O moço ficou tão emocionado que chorou", a segunda oração é subordinada
adverbial:
a) comparativa;
b) proporcional;
c) consecutiva;
d) causal;
e) temporal.

08. Em: “ Ele planejou tudo segundo combinamos”, a segunda oração é uma
subordinada adverbial:
a. final
b. concessiva
c. condicional
d. conformativa
e. temporal

09. A oração destacada no período: “ ... mesmo que eu juntasse, um por um, os cacos
todos, nunca mais o espelho seria como antes.” ( Lygia Fagundes Telles ) expressa
um aspecto:
a. temporal
b. concessivo
c. causal
d. conformativo
e. condicional

10. Assinale a alternativa CORRETA quanto à classificação da oração adverbial,


destacada no período abaixo:
“Era tão pequena a cidade, que um grito ou gargalhada forte a atravessava de ponta a
ponta.”

a) Subordinada adverbial causal


b) Subordinada adverbial final
c) Subordinada adverbial temporal
d) Subordinada adverbial consecutiva
e) Subordinada adverbial conformativa

11. Assinale a oração classificada corretamente.

a) Como diz o povo, tristezas não pagam dívidas. (subordinada adverbial comparativa)
b) Não serás bom advogado, sem que estudes muito. (subordinada adverbial
consecutiva)
c) Cumprirei minhas tarefas mesmo que a oposição critique. (subordinada adverbial
concessiva)
d) Quanto mais se tem, mais se deseja. (subordinada adverbial causal)
e) Aproximei-me a fim de que pudesse ouvi-la. (subordinada adverbial proporcional)

12. Numa das frases abaixo, não se encontra exemplo da conjunção anunciada.
Assinale-a:
a) subordinativa concessiva -” Conquanto estivesse cansado, concordou em
prosseguir”;
b) subordinativa condicional - “Digam o que quiserem contanto que não me ofendam”;
c) subordinativa temporal - “Mal anoiteceu, iniciou-se a festa com grande entusiasmo” ;
d) subordinativa final - “Saiu sem que ninguém percebesse”;
e) subordinativa causal - “Como estou doente, não comparecerei”.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

13. As orações subordinadas adverbiais, exercem função de adjunto adverbial. Analise


os períodos abaixo identificando a circunstância de cada um. Em seguida assinale a
opção CORRETA:
I. Só fui ter consciência disso, quando mais tarde percebi que poderia perder outro
filho.
II. A reação da mãe foi tamanha que procurou recuperar o tempo perdido.
As orações em destaque são respectivamente:
a) Subordinada adverbial temporal e conformativa.
b) Subordinada adverbial causal e concessiva.
c) Subordinada adverbial temporal e consecutiva.
d) Subordinada adverbial causal e proporcional

14. "A reação do adversário foi tamanha que assustou o campeão". A oração em
destaque é:
a) subordinada adverbial causal;
b) subordinada adverbial proporcional;
c) subordinada adverbial consecutiva;
d) subordinada adverbial concessiva;
e) subordinada adverbial comparativa.

*********************************************  

GABARITO - 1C - 2D - 3B - 4D - 5C - 6B - 7C - 8D - 
                     9B - 10D - 11C - 12D - 13C - 14C 

1. (FCC) Elas _____ providenciaram os atestados, que enviaram _____ às


procurações, como instrumentos _____ para os fins colimados.
a) mesmas, anexos, bastantes
b) mesmo, anexo, bastante
c) mesmas, anexo, bastante
d) mesmo, anexos, bastante
e) mesmas, anexos, bastante

2. (UFSC) Marque a única frase onde a concordância nominal aparece de maneira


inadequada.
a) Obrigava sua corpulência a exercício e evolução forçada.
b) Obrigava sua corpulência a exercício e evolução forçados.
c) Obrigava sua corpulência a exercício e evolução forçadas.
d) Obrigava sua corpulência a forçado exercício e evolução.
e) Obrigava sua corpulência a forçada evolução e exercício.

3. (PUC-Campinas) A frase em que a concordância nominal está INCORRETA é:


a) As ferramentas que julgo necessárias para você consertar o motor, ei-Ias nesta
caixa; deixo anexa, para seu próprio controle, uma relação delas.
b) É realmente louvável os esforços que vocês empreenderam para nos ajudar,
portanto, qualquer que sejam os resultados, agradecemos muito.
c) Questões político-econômicas envolvem amplo debate, logo não considere
inaceitáveis algumas indefinições referentes a esses pontos.
d) Muitas pesquisas recentes tornaram superadas algumas afirmações sobre a língua
e a literatura portuguesas.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
e) Passadas cerca de duas semanas, foram conhecidos os resultados do concurso
que premiou o artista mais destacado do carnaval e de outras folias cariocas.

4. (FCC-BA) "Água às refeições é ________ para a saúde. Essa é uma das muitas
precauções que ________ tomar, se se quer conservar a silhueta."
a) mau, é preciso
b) mau, são precisas
c) mal, é precisa
d) má, são precisas
e) má, é preciso

5. (Cesgranrio) “Noites pesadas de cheiros e calores amontoados…”


Aponte a opção em que, substituídos os substantivos destacados acima, fica incorreta
a concordância de “amontoado”.

a) odores e brisas amontoadas


b) brisas e odores amontoadas
c) nuvens e brisas amontoadas
d) nuvens e morros amontoados
e) morros e nuvens amontoados

6. (UFJF) Texto para a próxima questão:


O fragmento de texto abaixo, de André Machado, foi adaptado da seção Informática
etc., do jornal O Globo, de 30 de junho de 2003, p. 2.

Texto

A Vida Antes e Depois do Computador e da Internet

Professora usa blog2 para informar sobre deficiências.

Usar um computador pode de fato dar uma nova dimensão ao dia de um deficiente
físico. A professora Marcela Cálamo Vaz Silva, 36, moradora de Guarulhos, SP, é
tetraplégica desde os seis anos de idade e conta que a tecnologia mudou sua vida. Ela
também cita o Motrix e o Dosvox como exemplos de softwares que ajudam os
deficientes, embora seu caso não os exija:

- Nunca usei nenhum software específico para portadores de deficiência, pois, mesmo
com uma lesão num nível muito alto, que me classifica como tetraplégica, tenho
preservados os movimentos de braços, mãos e dedos - explica, por e-mail. Mas posso
dizer, com toda segurança, que minha vida se divide em duas fases: antes e depois do
computador, sobretudo a Internet. Meu contato com a rede começou há quatro anos,
através dos chats3. A fase do chat durou uns dois anos e meio e foi no final dela que
descobri o quanto meu mundo poderia crescer através da Internet. Mesmo sendo
paraplégica desde os seis anos de idade, meu contato com outros portadores de
deficiências Iimitara-se aos poucos anos em que frequentei a AACD (Associação de
Apoio à Criança Deficiente). Foi através da Internet que retomei o contato com
pessoas com necessidades especiais, como eu, e comecei a me interessar por
assuntos relativos à deficiência, como luta por direitos, preconceito, acessibilidade.

Foi também através de um amigo de chat que Marcela teve o primeiro contato com o
mundo dos blogs (em julho, seu blog Maré fará um ano). Hoje, ela é uma blogueira
convicta.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
- No início era apenas um blog com assuntos despretensiosos. Mas, depois, percebi
que o estava direcionando para informar meus leitores, a maioria formada por pessoas
sem qualquer tipo de deficiência, sobretudo que minha experiência como "cadeirante"
permitia. Percebi o quanto as pessoas são mal informadas a respeito de como um
portador de deficiência vive e que essa ignorância se deve à falta de convivência ou
de alguém que possa dizer a elas como as coisas realmente são. Decidi que faria isso
em meu blog.

No fragmento "(...) tenho PRESERVADOS os movimentos de braços, mãos e dedos


(...)." (2º parágrafo), o ajuste de flexões em "preservados" se explica por um processo
de:

a) concordância nominal com “braços”.


b) concordância verbal com “movimentos”.
c) concordância nominal com “movimentos”.
d) concordância verbal com “braços, mãos e dedos”.
e) concordância nominal com “dedos”.

7. (Cesgranrio) Tendo em vista as regras de concordância nominal, assinale a opção


em que a lacuna só pode ser preenchida por um dos termos colocados entre
parênteses:
a) cabelo e pupila _____ (negros / negras)
b) cabeça e corpo _____ (monstruoso / monstruosos)
c) calma e serenidade _____ (invejável / invejáveis)
d) dentes e garras _____ (afiados / afiadas)
e) galhos e tronco _____ (seco / secos)

8. (Ibmec) Assinale a alternativa que preenche de forma adequada e correta as


lacunas nas frases abaixo, respectivamente.
I - Seguem _____ às cartas minhas poesias para você.
II - Polvo e lula _____ serão servidos no jantar.
III - Para a matrícula, é _____ a documentação pedida.
a) anexa - frescos - necessária
b) anexas - fresca - necessária
c) anexos - frescos - necessários
d) anexas - frescas - necessária
e) anexas - fresco - necessária

9. (FGV-SP) Assinale a alternativa em que ocorra erro de concordância.


a) Entre um copo de cerveja e outro, foi considerado, por algum tempo, a possibilidade
de eclodir uma revolução.
b) A maioria dos alunos chegou às 13 horas.
c) Não se sabem os motivos que levaram Chico Leitão a essas diatribes.
d) A entrada dos bois nos currais atrapalhou a contagem.
e) Chegaram de Brasília os ajudantes para fazer a faxina no consultório.

10. (UnB) Em todas as alternativas a concordância nominal fez-se


corretamente, exceto em:
a) Eu observava no velho guerreiro o destemor e a força quase lendários.
b) Estavam emudecidos, para sempre, as almas, as vozes e os risos dos homens.
c) Aquelas mesmas figuras pareceram a nós meio estranhas.
d) O presidente quer o decreto o mais breve e incisivo possíveis.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

11. (ITA) Assinale a opção que completa corretamente as lacunas do texto a seguir:
"Todas as amigas estavam _____ ansiosas _____ ler os jornais, pois foram
informadas de que as críticas foram _____ indulgentes _____ rapaz, o qual, embora
tivesse mais aptidão _____ ciências exatas, demonstrava uma certa propensão _____
arte."

a) meio - para - bastante - para com o - para - para a


b) muito - em - bastante - com o - nas - em
c) bastante - por - meias - ao - a - à
d) meias - para - muito - pelo - em - por
e) bem - por - meio - para o - pelas – na

1. A
2. C
3. B
4. B
5. B
6. C
7. A
8. B
9. A
10. B
11. A
CRASE: EXERCÍCIOS COM GABARITO

Use, nas Palavras Abaixo, o Acento Grave Quando For Necessário:


01 – O plano dos bandidos saiu [as] avessas.
02 – Não chegaram [a] saber quem era [a] autoridade.
03 – Encontramos os barcos [as] margens da lagoa.
04 – Fui [a] casa, mas voltei logo.
05 – Não fui [aquela] farmácia.
06 – Entregamos o prêmio [aquele] aluno.
07 – Submeterei [aqueles] alunos a uma prova.
08 – Reprovo [aquela] atitude.
09 – Encontrei-o [a] porta de minha casa.
10 – [A] noite, se reuniam para ouvi-lo.
11 – Sua aversão [a] estrangeiros era censurada.
12 - [As] dez e meia todos dormiam.
13 - Enviei a encomenda [a] Fernanda.
14 – Você vai [a] aula hoje?
15 – Não desobedeça [a] ninguém.
16 – Os guardas ficaram [a] uma grande distância.
17 - Os meninos chegaram [a] uma hora.
18 – Você entregou [a] encomenda [a] Dona Luísa?
19 – Você deu parabéns [a] Sua Alteza?
20 – Ofereci um presente [a] Carolina?
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
21 – Ela foi [a] Paraíba.
22 – A meia-noite, os fantasmas aparecem.
23 – Ele não se prendia [a] nenhuma garota.
24 - Iremos [a] Porto Alegre.
25 - As notas já foram devolvidas [a] gerência.
26 – Compareceu [a] prova indisposto.
27 - Fez [a] prova indisposto.
28 – [A] lua e [as] estrelas enfeitam o céu.
29 – Sua atitude agradou [a] maioria.
30 – Sua atitude satisfez [a] maioria.
31 – Fui [a] casa de Pedro.
32 – Rezo [a] Nossa Senhora.
33 – Voltarei este ano [a] minha terra.
34 – Permaneço fiel [a] minhas amizades.
35 – Aderi logo [a] proposta que me fez.
36 – A joia pertencia [a] Helena.
37 – Tinha bigodes [a] Hitler.
38 - Referiu-se [a] Apollo.
39 - Vou [a] Melhoramentos.
40 – Tomou o remédio gota [a] gota.
41 - Dia [a] dia, a empresa foi crescendo.
42 – Não me referi [a] Vossa Excelência.
43 – Peço [a] senhora que tenha paciência.
44 – Enfim encontraram-se face [a] face.
45 – Ele chegou [a] essa região há anos.
46 – Remeti [a] senhorita o lenço.
47 – Irá [a] uma hora qualquer.
48 - Já se acostumou [a] madame Angélica.
49 - Levou a encomenda [a] sua tia.
50 - Até [a] volta.
51 - O aumento entra em vigor [a] zero hora.
Gabarito
01 – O plano dos bandidos saiu às avessas (ao contrário).
02 – Não chegaram a saber (verbo) quem era a autoridade (o chefe).
03 – Encontramos os barcos às margens da lagoa. (ao leito)
04 – Fui a casa, mas voltei logo. (casa)
05 – Não fui àquela (a esta) farmácia.
06 – Entregamos o prêmio àquele (a este) aluno.
07 – Submeterei aqueles (estes) alunos a uma prova.
08 – Reprovo aquela (esta) atitude.
09 – Encontrei-o à porta de minha casa. (ao portão)
10 – À noite, se reuniam para ouvi-lo. (pela noite)
11 – Sua aversão a estrangeiros (masc.) era censurada.
12 - Às dez e meia todos dormiam. (ao meio-dia)
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
13 - Enviei a encomenda à Fernanda (ao Fernando).
14 – Você vai à aula hoje? (ao colégio)
15 – Não desobedeça a ninguém. (p. indefinido)
16 – Os guardas ficaram a uma grande distância. (uma)
17 - Os meninos chegaram à uma hora. (uma / hora)
18 – Você entregou a encomenda (o pedido) a Dona Luísa?
19 – Você deu parabéns a Sua Alteza? (p. tratamento)
20 – Ofereci um presente a ou à Carolina?
21 – Ela foi à (para a) Paraíba.
22 – À meia-noite (ao meio-dia), os fantasmas aparecem.
23 – Ele não se prendia a nenhuma (pron. Indef.) garota.
24 - Iremos a Porto Alegre. (para Porto)
25 - As notas já foram devolvidas à gerência. (ao gerente)
26 – Compareceu à prova indisposto. (ao exame)
27 – Fez a prova indisposto. (o exame)
28 – A lua (o Sol) e as estrelas (os astros) enfeitam o céu.
29 – Sua atitude agradou à maioria. (ao público)
30 – Sua atitude satisfez a maioria.  (o público)
31 – Fui à casa de Pedro. (casa)
32 – Rezo a Nossa Senhora. (santas)
33 – Voltarei este ano a ou à minha terra. (p. possessivo)
34 – Permaneço fiel a ou às minhas amizades. (possessivo)
35 – Aderi logo à proposta (ao convite) que me fez.
36 – A joia pertencia a ou à Helena. (nome mulher)
37 – Tinha bigodes à (moda) Hitler.
38 - Referiu-se à (à nave) Apollo.
39 - Vou à (à editora) Melhoramentos.
40 – Tomou o remédio gota a gota. (repetição)
41 – Dia a dia, a empresa foi crescendo. (repetição)
42 – Não me referi a Vossa Excelência.
43 – Peço à senhora (exceção) que tenha paciência.
44 – Enfim encontraram-se face a face. (repetição)
45 – Ele chegou a essa região há anos. (antes de essa)
46 – Remeti a senhorita (exceção) o lenço.
47 – Irá a uma hora qualquer. (hora indet.)
48 - Já se acostumou a madame Angélica. (antes de madame)
49 - Levou a encomenda a ou à sua tia. (possessivo)
50 - Até a ou à volta. (depois de até)
51 - O aumento entra em vigor à zero hora. (hora det.)

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO (com gabarito) - Orações Subordinadas Substantivas


(9º ano)
abril 03, 2018
Classifique cada uma das orações subordinadas substantivas encontradas nos
períodos abaixo.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

a) É necessário que todos se esforcem.

b) Os homens se esquecem de que são mortais.

c) O pior é que bati o carro.

d) Eu te desejo isto: que sejas feliz.

e) Lembro-me de que brincávamos juntos.

f) Tenho medo de confiar nas pessoas.

g) Espero que se recupere logo.

h) A bíblia destaca a necessidade de vivermos bem.

i) É fundamental que você compareça à reunião.

j) Todos querem que você seja aprovado.

GABARITO

A) O S S SUBJETIVA
B) O S S OBJETIVA INDIRETA
C) O S S PREDICATIVA
D) O S S APOSITIVA
E) O S S OBJETIVA INDIRETA
F) O S S COMPLETIVA NOMINAL
G) O S S OBJETIVA DIRETA
H) O S S COMPLETIVA NOMINAL
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
I) O S S SUBJETIVA
J) O S S OBJETIVA DIRETA

Exercícios de Fixação

1) Classifique as  orações subordinadas substantivas em destaque:

a) “Meu Deus, por que me abandonaste se sabias que eu não era Deus...”.

b)  Nunca duvidei de que estivessem certos

c). Não tive dúvidas de que estivessem certos

d). Sou contrário a que se conceda tal regalia

e). Digo-te uma coisa: que aprenderás ainda mais

f)  Acontece que meu coração parou naquela hora.

g) A verdade é que nós não somos dignos de você.

2) No seguinte grupo de orações sublinhadas:

É bom que estejas entendendo. / Não esqueças que somos privilegiados.

Temos orações subordinadas respectivamente:

a. ( ) objetiva direta, subjetiva.

b. ( ) subjetiva, objetiva direta.

c. ( ) objetiva direta, completiva nominal.

d. ( ) subjetiva, predicativa.

e. ( ) predicativa, objetiva direta.

3) Só não funciona como sujeito da oração principal a subordinada da


alternativa:

a. ( ) É claro que eles virão.

b. ( ) Acontece que ela mentiu.

c. ( ) Sabe-se que é um golpe de mestre.


Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
d. ( ) O fato é que tudo morre.

e. ( ) Pelo visto, parece que vai chover muito.

4) Há oração subordinada substantiva subjetiva em:  

a. ( ) Veja se está tudo em ordem.

b. ( ) Pergunta quem era aquela jovem.

c. ( ) Que ele não compareceu, todos souberam.

d. ( ) É necessário que tenhamos muita paciência.

e. ( ) Ainda não sei se chegaremos a tempo.

5) “Parecia que a ventania queria levar a cidade.” No período acima, a oração


subordinada é:

a. ( ) substantiva objetiva direta.

b. ( ) substantiva subjetiva.

c. ( ) adjetiva explicativa.

d. ( ) substantiva predicativa.

e. ( ) substantiva completiva nominal..

6) A mãe ficou à janela na esperança de que o filho voltasse para casa. A oração
em destaque é:

a. ( ) subordinada substantiva subjetiva.

b. ( ) subordinada substantiva completiva nominal.

c. ( ) subordinada substantiva predicativa.

d. ( ) substantiva objetiva direta

e. ( ) substantiva objetiva indireta

7) Assinale o período em que a oração destacada é substantiva apositiva:

a. ( ) Não me disseram onde tu moravas.

b. ( ) Não quero que mores nesse bairro


Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

c. ( ) Só me interessa saber uma coisa: onde moras?

d. ( ) Morarei onde tu moras.

e. ( ) Agora já sei onde tu moras.

8) “Se ele vai passar no vestibular não se sabe ainda.” A oração destacada é:

a. ( ) subordinada substantiva completiva nominal.

b. ( ) subordinada substantiva objetiva direta.

c. ( ) subordinada substantiva objetiva indireta.

d. ( ) subordinada substantiva subjetiva.

e. ( ) subordinada substantiva predicativa.

9) “Nem sempre se professou que a terra fosse redonda.” No texto, a oração


destacada que é:

a. ( ) substantiva objetiva direta.

b. ( ) substantiva predicativa.

c. ( ) substantiva objetiva indireta

d. ( ) substantiva subjetiva.

e. ( ) substantiva completiva nominal..

10) Na frase: “Aposto que você nunca colou nas provas.”, a subordinada é:

a. ( ) substantiva objetiva direta.

b. ( ) substantiva completiva nominal.

c. ( ) substantiva predicativa.

d. ( ) substantiva apositiva.

e. ( ) substantiva subjetiva.

11) As orações destacadas estão corretamente classificadas, exceto na


alternativa:
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
a.  ( ) Meu desejo é que te saias bem. (subordinada substantiva predicativa)

b.  ( ) Digo que tens receio de que ele não volte. (subordinada substantiva subjetiva)

c. ( ) Convença-o de que ele deve voltar. (subordinada substantiva objetiva indireta)

d. ( ) Tenho medo de que essa epidemia se alastre. (subordinada substantiva


completiva nominal)

e. ( ) Acho que já entendi esse assunto. (subordinada substantiva objetiva direta)

12) Analise as duas orações em destaque e assinale a alternativa correta:

“Felizes os homens cujo conhecimento é livre de ilusões e superstições.” / “O


amigo deve ser como o dinheiro, cujo valor já conhecemos antes de termos
necessidade dele.”

a.  ( ) Subordinada adjetiva explicativa na 1ª oração/ subordinada adjetiva restritiva na


2ª.

b.  ( ) Subordinada adjetiva restritiva na 1ª oração/ subordinada adjetiva explicativa na


2ª.

c.  ( ) Subordinada adjetiva explicativa tanto na 1ª oração quanto na 2ª.

d.  ( ) Subordinada adjetiva restritiva tanto na 1ª oração quanto na 2ª.

e.  ( ) Apenas uma das orações analisadas é subordinada adjetiva.

13. As orações em destaque estão corretamente classificadas na alternativa:

"O futuro é uma espécie de banco ao qual vamos remetendo, um a um, os cheques
de nossas esperanças. Ora, não é possível que todos os cheques sejam sem
fundo".

a.  ( ) Subordinada adjetiva explicativa na 1ª oração/ subordinada adjetiva restritiva na


2ª.

b.  ( ) Subordinada adjetiva restritiva na 1ª oração/ subordinada adjetiva explicativa na


2ª.

c.  ( ) Subordinada adjetiva explicativa tanto na 1ª oração quanto na 2ª.

d.  ( ) Subordinada adjetiva restritiva tanto na 1ª oração quanto na 2ª.

e.  ( ) Apenas uma das orações analisadas é subordinada adjetiva.

***************************************** 

GABARITO: 
1           - a. oração subordinada substantiva objetiva direta               
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
             - b. oração subordinada substantiva objetiva indireta               
             - c. oração subordinada substantiva  completiva nominal          
             - d. oração subordinada substantiva  
completiva nominal       
             - e. oração subordinada substantiva apositiva
             - f. oração subordinada substantiva subjetiva
             - g. oração subordinada substantiva predicativa.
                 
2B - 3D - 4D - 5B - 6B - 7C - 8D - 9D - 10A - 11B - 12B - 13E

QUESTÕES SOBRE ORAÇÕES REDUZIDAS

1. Desenvolva   e  classifique  as  orações  reduzidas:

a) É possível terminar o trabalho ainda hoje.


____________________________________________________________________
____

b) Não saia sem falar comigo.


____________________________________________________________________
____

c) Encontrei o menino a chamar pela mãe. 


____________________________________________________________________
____

d) Preocupado com a saúde, logo foi procurar um médico.


____________________________________________________________________
____

e) Saindo do trabalho, passe na farmácia.   


____________________________________________________________________
____

f) Suponho serem eles os culpados.  


____________________________________________________________________
____

g) Insistindo nesse projeto, você irá à falência.  


____________________________________________________________________
____

h) Estando de férias, resolveu passar uns dias no sítio.  


____________________________________________________________________
____

i) Por não ter estudado, saiu-se mal no teste.


____________________________________________________________________
____

j) Tendo algum problema, procure-me. 


____________________________________________________________________
____
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
2. (UM-SP) A. Sua palavra foi a primeira a perder o significado naquele agitado
contexto. B. Tenho necessidade de me apoiares nesta complicada situação .
C. Antes de repelir seus mestres , procure compreendê-los.  
Analisando os períodos A, B e C, concluímos que as frases neles destacadas são
três orações reduzidas. Desdobrando-as, obteremos, respectivamente:

 a) uma adjetiva, uma substantiva e uma adverbial        


 b) uma adjetiva, uma adverbial e uma substantiva
 c) três adverbiais                                                            
 d) uma adjetiva e duas adverbiai 
e) uma adverbial e duas adjetivas
  
 3 (UEPG-PR) Marque a alternativa onde se encontra a oração reduzida de
infinitivo, substantiva objetiva direta:
      a) Tenho esperança de seres aprovado.                         
      b) Ao chegar, o candidato foi ovacionado.
      c) Nada me impedirá de ir embora.                                
      d) Recomendo-te seres paciente.
      e) n.d.a
   
  4. (FMU) No texto: "Um se encarrega  de comprar camarões ", a oração
destacada é uma:
      a) subordinada substantiva completiva nominal, reduzida de gerúndio
      b) subordinada substantiva objetiva direta, reduzida de infinitivo
      c) subordinada substantiva subjetiva, reduzida de gerúndio
      d) subordinada substantiva objetiva indireta, reduzida de infinitivo
      e) subordinada substantiva apositiva, reduzida de infinitivo
 5. (UM-SP) Assinale o período que contenha uma oração reduzida com valor
de adjetivo:
  a) O ônibus parou na rua transversal para assustar passageiros.
  b)Correndo assustado, o menino foi chamar o guarda.
  c)Os garotos vestindo camisetas velhas reclamavam apenas uma penca de
bananas meio amassadas.
  d)Faça das entranhas coração para obter, um dia, a rara felicidade dos
humanos.                                                                        

  6. (FUVEST) No período: "É possível  discernir no seu percurso momentos de


rebeldia contra a estandardização e o consumismo ", a oração grifada é:
      a) subordinada adverbial causal, reduzida de particípio
      b) subordinada objetiva direta, reduzida de infinitivo
      c) subordinada objetiva direta, reduzida de particípio
      d) subordinada substantiva subjetiva, reduzida de infinitivo
      e) subordinada substantiva predicativa, reduzida de infinitivo
                                              
Gabarito: 
1- a) que termine o trabalho ainda hoje/sub.subst.subjetiva/reduzida de infinitivo,    
    b)  sem que fale comigo/ sub. adv. condicional/reduzida de infinitivo     
    c) que chamava pela mãe/ sub.adj. restritiva/ reduzida de infinitivo      
    d) Porque estava preocupado com a saúde/ sub. Adv. causal/ reduzida de
particípio       
    e) Quando sair do trabalho/ sub. adv. temporal/ reduzida de gerúndio    
    f) que sejam eles os culpados/ sub. subst. objetiva direta/reduzida de infinitivo       
    g) Se  insistir nesse  projeto/ sub. adv. condicional/ reduzida de gerúndio      
    h) Porque estava de férias/ sub. adv. causal/reduzida de gerúndio   
    i) Porque não tinha estudado/ sub. adv. causal/reduzida de infinitivo       
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
    j) Se tiver algum problema/ sub. adv. condicional/reduzida de gerúndio

2-a, 3-d, 4-d 5-c, 6-d.

Mais exercícios de pontuação (com gabarito)

 
EXERCÍCIOS SOBRE PONTUAÇÃO
1. Assinale a opção em que a supressão das vírgulas alteraria o sentido do anunciado:

a) os países menos desenvolvidos vêm buscando, ultimamente, soluções para seus


problemas no acervo cultural dos mais avançados;
b) alguns pesquisadores,que se encontram comprometidos com as culturas dos
países avançados, acabam se tornando menos criativos;
c) torna-se, portanto, imperativa uma revisão modelo presente do processo de
desenvolvimento tecnológico;
d) a atividade científica, nos países desenvolvidos, é tão natural quanto qualquer outra
atividade econômica;
e) por duas razões diferentes podem surgir, da interação de uma comunidade com
outra, mecanismos de dependência.

2. Assinale a opção em que está corretamente indicada a ordem dos sinais de


pontuação que devem preencher as lacunas da frase abaixo:

“Quando se trata de trabalho científico ___ duas coisas devem ser consideradas ____
uma é a contribuição teórica que o trabalho oferece ___ a outra é o valor prático que
possa ter.
a) dois pontos, ponto e vírgula, ponto e vírgula
b) dois pontos, vírgula, ponto e vírgula;
c) vírgula, dois pontos, ponto e vírgula;
d) pontos vírgula, dois pontos, ponto e vírgula;
e) ponto e vírgula, vírgula, vírgula.

3. Assinale o exemplo em que há emprego incorreto da vírgula:


a) como está chovendo, transferi o passeio;
b) não sabia, por que todos lhe viravam o rosto;
c) ele, caso queira, poderá vir hoje;
d) não sabia, por que não estudou;
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
e) o livro, comprei-o por conselho do professor.

4. Assinale o trecho sem erro de pontuação:

a) vimos pela presente solicitar de V.Sas., que nos informe a situação econômica da
firma em questão;
b) cientificamo-lo de que na marcha do processo de restituição de suas contribuições,
verificou-se a ausência da declaração de beneficiários;
c) o Instituto de Previdência do Estado, vem solicitar de V.Sa. o preenchimento da
declaração;
d) encaminhamos a V.Sa., para o devido preenchimento, o formulário em anexo;
e) estamos remetendo em anexo, o formulário.

5. Assinale as frases em que as vírgulas estão incorretas:


a) ora ríamos, ora chorávamos;
b) amigos sinceros, já não os tinha;
c) a parede da casa, era branquinha branquinha;
d) Paulo, diga-me o que sabe a respeito do caso;
e) João, o advogado, comprou, ontem, uma casa.

6. Observe:
1) depois de muito pedir ( ) obteve o que desejava;
2) se fosse em outras circunstâncias ( ) teria dado tudo certo;
3) exigiam-me o que eu nunca tivera ( ) uma boa educação;
4) fez primeiramente seus deveres ( ) depois foi brincar;

Assinale a alternativa que preencha mais adequadamente os parênteses:


a) (;) (,) (:) (;);
b) (,) (;) (:) (;); 
c) (,) (,) (:) (;);
d) (?) (,) (,) (:);
e) (,) (;) (.) (;).

7. Assinale o item em que as vírgulas estão empregadas corretamente:


I - Foi ao fundo da farmácia, abriu um vidro, fez um pequeno embrulho e entregou ao
homem.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
II - A sua fisionomia estava serena, o seu aspecto tranqüilo.
III - E o farmacêutico, sentindo-se aliviado do seu gesto, sentira-se feliz diante de suas
lembranças.
IV - Quando, vi que não servia, dei às formigas, e nenhuma morreu.

a) I - IV;   b) II - III;    c) II - IV;   d) I - II;     e) I - III.

8.A frase: “O assunto desta reunião - voltou a afirmar o presidente - é sigiloso”.


Quais das alternativas apresentam as possibilidades corretas dentre as numeradas de
I a V?

I - O assunto desta reunião (voltou a afirmar o presidente...) é sigiloso.


II - O assunto desta reunião (voltou a afirmar o presidente) é sigiloso.
III - O assunto desta reunião, voltou a afirmar o presidente, é sigiloso.
V - O assunto desta reunião: voltou a afirmar o presidente: é sigiloso.

a) I, II, III, IV, V;     b) II, IV;     c) I, III, V;     d) I, IV, V;      e) II, IV, V.

9.Em seguida vai um pequeno trecho de Machado de Assis, pontuado de diversos


modos. Só uma vez a pontuação estará de acordo com as normas gramaticais.
Assinale-a:
a) homem gordo, não faz revolução. O abdômen, é naturalmente amigo da ordem. O
estômago pode destruir, um império: mas há de ser antes do jantar;

b) homem gordo não faz revolução. O abdômen é naturalmente amigo da ordem; o


estômago pode destruir um império: mas há de ser antes do jantar;
c) homem gordo não faz revolução, o abdômen é, naturalmente, amigo da ordem. O
estômago, pode destruir um império: mas há de ser antes do jantar;
d) homem gordo não faz revolução: o abdômen e naturalmente, amigo da ordem. O
estômago pode destruir um império: mas há de ser antes do jantar;
e) homem gordo não faz revolução: o abdômen é naturalmente amigo da ordem. O
estômago pode destruir um império mas há de ser, antes do jantar.

10. Assinale a opção em que está corretamente indicada a ordem dos sinais de
pontuação que devem preencher as lacunas da frase abaixo:

“Como amanhã será o nosso grande dia ___ duas coisas serão importantes ___ uma
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
é a tranqüilidade ___ a outra é a observação minuciosa do que esta sendo solicitado”.
a) dois pontos, ponto e vírgula, ponto e vírgula;
b) vírgula, vírgula,vírgula;
c) vírgula, dois pontos, ponto e vírgula;
d) dois pontos, vírgula, ponto e vírgula;
e) ponto e vírgula, dois pontos, vírgula.

11. Assinale a série de sinais cujo emprego corresponde, na mesma ordem, aos
parênteses indicados no texto:
“Pergunta-se ( ) qual é a ideia principal desse parágrafo ( ) A chegada de reforços ( ) a
condecoração ( ) o escândalo da opinião pública ou a renúncia do presidente ( ) Se é a
chegada de reforços ( ) que relação há ( ) ou mostrou seu autor haver ( ) entre esse
fato e os restantes ( )”.
a) , , ? ? ? , , , .
b) : ? , , ? , ___ ___ ?
c) ___ ? , , . ___ ___ ___ .
d) : ? , . ___ , , , ?
e) : . , , ? , , , .

GABARITO - 1. B   2. C  3. D  4. D  5. C  6. C  7. E  8. B  9. B  10. C  11. B

 OUTROS EXERCÍCIOS
1) (PONTUAÇÃO) A frase em que deveria haver uma vírgula é:

a) Comi uma fruta pela manhã e outra à tarde.


b) Eu usei um vestido vermelho na festa e minha irmã usou um vestido azul.
c) Ela tem lábios e nariz vermelhos.
d) Não limparam a sala nem a cozinha.

2) (EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO) Indique o erro de pontuação:

a) Diga-me quantas horas são?


b) Dorme, que eu penso.
c) Os soldados agacharam-se, e ele saltou.
d) As nuvens, as folhas, os ventos não são deste mundo.

3) Assinale a pontuação errada:


Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira

a) Falei com ele com tanta segurança, que nem discordou de mim.
b) Porque falei com ela, para mim não há mais dúvidas.
c) Falei com ela que eu, estaria aqui cedo hoje se tudo corresse bem.
d) Falei ao chefe que, se o plano corresse bem, estaríamos salvos.

4) (EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa que apresenta redação


CORRETA em relação à pontuação.

a) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego,


mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades
sociais.
b) O crescimento econômico é o melhor remédio para as doenças do desemprego
mas, por si só, também, não é suficiente, para reduzir a pobreza e nem as
disparidades sociais.
c) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças, do desemprego
mas por si só também não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades
sociais.
d) O crescimento econômico, é o melhor remédio para as doenças do desemprego,
mas, por si só também, não é suficiente para reduzir a pobreza e, nem as disparidades
sociais.

5) A pontuação está inteiramente adequada na frase:

a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias
da Terra, tiradas de um satélite.
b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, não erravam, na opinião do autor,
quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo.
c) Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho,
nada tendo a ver esse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada.
d) Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus
escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo?

6) (EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO) Os períodos abaixo apresentam diferenças de


pontuação. Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta:

a) A vida como, a antiga Tebas, tem cem portas.


Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
b) A vida como a antiga Tebas tem, cem portas.
c) A vida, como a antiga Tebas, tem cem portas.
d) A vida como a antiga Tebas, tem cem portas.

7) Assinale o período de pontuação correta:

a) Se alguém vier com perguntas a que você não sabe responder, será mais honesto
dizer que vai estudar o assunto.
b) Se alguém, vier com perguntas a que você não sabe, responder, será mais honesto
dizer que vai estudar o assunto.
c) Se alguém vier, com perguntas a que você não sabe responder será, mais honesto,
dizer que vai estudar o assunto.
d) Se, alguém vier com perguntas, a que você não sabe responder, será, mais
honesto, dizer que vai estudar o assunto.

8) Assinale a opção em que o trecho apresenta pontuação correta.

a) Em um estado com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados, o segundo maior


da Federação brasileira, e com 20% da população - de 7 milhões de habitantes - na
capital, já destituída de função produtiva de significação, o tema da redivisão territorial
deveria ser fundamental. Mas, contrariando a lógica e o bom senso, isso não ocorre no
Pará.
b) A eventualidade do retalhamento do estado, para a formação de novos estados
emerge apenas episodicamente. Quando surge, é tratada como urgência e
emergência. Uma vez cessado o risco de mudança, a letargia devolve, o tema, quase
à estaca zero, ao ponto de partida.
c) À semelhança de quase toda a elite local a imprensa se assustou, mais uma vez
com a possibilidade de desmembramento do Pará. Em vez de examinar o problema
racionalmente, a mídia, simplesmente se danou a dar gritos de alerta, e a bradar
contra a ameaça.
d) O mote fundamental da posição contrária ao desmembramento do estado é
congênito: quem nasceu no Pará atual, não quer morrer em um Pará diferente.
Dificilmente razão desse porte, conseguirá deter o avanço da reivindicação e da
mobilização, pela criação de novos estados dentro do que hoje, é área única do Pará.

9) (EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO) Assinale a alternativa em que o trecho - No


Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
entanto, quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, o
panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente. - reescrito, encontra-se
corretamente pontuado.

a) No entanto, em 1980, quando a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso o


panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente.
b) Quando a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980, no entanto, o
panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente.
c) No entanto, o panorama da biologia molecular havia mudado radicalmente, quando
a Suprema Corte, decidiu ouvir o apelo do caso, em 1980.
d) Quando, no entanto, em 1980, a Suprema Corte decidiu ouvir o apelo do caso, o
panorama da biologia molecular, havia mudado radicalmente.

10) Quanto ao uso da vírgula nos trechos abaixo, assinale a opção que apresenta
justificativa de emprego INCORRETA.

a) "Hoje, essa visão..." - para separar o adjunto adverbial deslocado.


b) "começa a perder força, já que as empresas..." - para separar a oração subordinada
da principal.
c) "afirma Maria Carlota Boabaid, pedagoga e mestra em Administração de
Empresas," - para isolar o aposto.
d) "pedagoga e mestra em administração de empresas, que atua na área de Gestão
de Pessoas." - para separar a oração subordinada adjetiva restritiva.
  
GABARITO:   1-b  2-a  3-c  4-b     5-a  6-c  7-a     8-a  9.b  10-d

MAIS EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO

1. (Fuvest-SP) Do texto seguinte, omitiram-se as vírgulas. Transcreva-o,


colocando-as:

 "Quando eu pedi três meses depois que casasse comigo Iaiá Lindinha não estranhou
nem me despediu."
 
2. (Faap-SP) Pontue adequadamente o trecho:
"Os que vivem dependentes do dinheiro sujeitos à sua força encarcerados por ele não
sabem que a mais nobre das condições humanas é justamente o desprezo do vil
metal quando a gente não o tem esclareço"
 
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
3. (UFG-GO) Pontue o texto a seguir, empregando os seguintes sinais de pontuação:
vírgula, ponto-e-vírgula e dois-pontos.
"Há mitos Timbira que narram como os índios aprenderam a fazer determinados
rituais com animais terrestres aquáticos e aéreos assim nos tempos míticos a situação
seria o inverso da atual os ritos existiam no âmbito da natureza mas não no da
sociedade."
 
4. (Cefet-PR) Assinale o item em que o texto está corretamente pontuado:
a) Não nego, que ao avistar a cidade natal tive uma sensação nova.
b) Não nego que ao avistar, a cidade natal, tive uma sensação nova.
c) Não nego que, ao avistar, a cidade natal, tive uma sensação nova.
d) Não nego que ao avistar a cidade natal tive uma sensação nova.
e) Não nego que, ao avistar a cidade natal, tive uma sensação nova.
 
5. (UM-SP) Os trechos seguintes tiveram sinais de pontuação suprimidos e alterados.
Aponte aquele cuja pontuação permaneceu gramaticalmente correta:
a) A ideia do ministro extraordinário dos Esportes, Edson Arantes do Nascimento, o
Pelé de colocar na cadeia "os meninos" que participam de brigas entre torcidas
organizadas é para ficar no jargão esportivo, uma "bola fora".
b) Parece que, o Pelé do milésimo gol, que pedia escola para "esses meninos",
também era bem mais sábio do que o que hoje lhes propõe "cadeia".
c) Os otimistas olham e dizem: Ah, está meio cheio. Mas os pessimistas, vêem o
mesmo copo, a mesma quantidade de água e acham que está meio vazio.
d) A pesquisa, descrita na edição de hoje da revista científica britânica "Nature", é
mais um dado na busca pelos cientistas de compreender os mecanismos moleculares
da embriogênese, ou seja, a formação e o desenvolvimento dos seres vivos.
e) Como os bens públicos não podem ser penhorados os precatórios entram em
ordem cronológica no orçamento do governo.

6. (UM-SP)
 
"- Muito bom dia, senhora,
Que nessa janela está;
sabe dizer se é possível algum trabalho encontrar?"
(João Cabral de Melo Neto)
 
No primeiro verso, senhora vem entre vírgulas porque o termo é:
a) um aposto.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
b) um sujeito deslocado.
c) um vocativo.
d) um predicativo.
e) um sujeito simples.

7. (Fuvest-SP) Assinale a alternativa em que o texto esteja corretamente pontuado:


 
a) Enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo
sem chapéu trazendo pela mão, uma menina de quatro anos.
b) Enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja, um sujeito baixo,
sem chapéu, trazendo pela mão, uma menina de quatro anos.
c) Enquanto eu fazia comigo mesmo aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo,
sem chapéu, trazendo pela mão uma menina de quatro anos.
d) Enquanto eu, fazia comigo mesmo, aquela reflexão, entrou na loja um sujeito baixo
sem chapéu, trazendo pela mão uma menina de quatro anos.
e) Enquanto eu fazia comigo mesmo, aquela reflexão, entrou na loja, um sujeito baixo,
sem chapéu trazendo, pela mão, uma menina de quatro anos.
 
8. (Fesb-SP) Assinale a alternativa correspondente ao período de pontuação correta:
a) Na espessura do bosque, estava o leito da irara ausente.
b) Na espessura, do bosque; estava o leito, da irara ausente.
c) Na espessura do bosque; estava o leito, da irara, ausente.
d) Na espessura, do bosque estava o leito da irara ausente.
e) Na espessura, do bosque estava, o leito da irara ausente.
 
9 (USF-SP) Os períodos apresentam diferenças de pontuação. Indique a alternativa
que corresponde ao período de pontuação correta.
a) A menina chorando de emoção, recebeu, o presente das mãos do padrinho.
b) A menina, chorando de emoção recebeu o presente, das mãos do padrinho.
c) A menina, chorando de emoção recebeu o presente das mãos do padrinho.
d) A menina chorando, de emoção recebeu o presente, das mãos do padrinho.
e) A menina, chorando de emoção, recebeu o presente das mãos do padrinho.
 
10. (UEPG-PR) A opção em que está correto o emprego do ponto-e-vírgula é:
a) Solteiro, foi um menino turbulento; casado, era um moço alegre; viúvo, tornara-se
um macambúzio.
b) Solteiro; foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; tornara-se
um macambúzio.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
c) Solteiro, foi um menino; turbulento, casado; era um moço alegre viúvo, tornara-se
um macambúzio.
d) Solteiro foi um menino turbulento, casado era um moço alegre, viúvo; tornara-se um
macambúzio.
e) Solteiro, foi um menino turbulento, casado; era um moço alegre, viúvo; tornara-se
um macambúzio.
 
11. (UFPR) Quais são as frases corretamente pontuadas?
a) Os alunos angustiados esperam o resultado dos exames.
b) Os alunos, angustiados, esperam o resultado dos exames.
c) Os alunos, esperam angustiados, o resultado dos exames.
d) Angustiados, os alunos esperam o resultado dos exames.
e) Os alunos, esperam, angustiados, o resultado dos exames.
f) Os alunos esperam angustiados, o resultado dos exames.
 
12. (Unisinos-RS) Ocorre pontuação inaceitável em:
a) Doutor, ainda que mal pergunte, que negócio é esse?
b) Se queres distrair-te, ouve cantores italianos.
c) Bento era entre todos os empregados, o mais fiel.
d) Perdoo-te; espero, porém, que não reincidas no erro.
e) Não creias naqueles que não acreditam em ninguém.
 
13. (Fuvest-SP) Escolha a alternativa em que o texto é apresentado com a pontuação
mais adequada:
a) Depois que há algumas gerações, o arsênico deixou de ser vendido, em farmácias,
não diminuíram os casos de suicídio, ou envenenamento criminoso, mas aumentou e
— quanto... o número de ratos.
b) Depois que há algumas gerações o arsênico, deixou de ser vendido em farmácias,
não diminuíram os casos de suicídio ou envenenamento criminoso, mas aumentou: e
quanto! o número de ratos.
c) Depois que, há algumas gerações, o arsênico deixou de ser vendido em farmácias,
não diminuíram os casos de suicídio ou envenenamento criminoso, mas aumentou —
e quanto! — o número de ratos.
d) Depois que há algumas gerações o arsênico deixou de ser vendido em farmácias —
não diminuíram os casos de suicídio, ou envenenamento criminoso, mas aumentou; e
quanto — o número de ratos.
Exercícios de Língua Portuguesa
Professor: Rafael Silveira
e) Depois que, há algumas gerações o arsênico deixou de ser vendido em farmácias,
não diminuíram os casos de suicídio ou envenenamento criminoso, mas aumentou; e
quanto, o número de ratos!
 
14. (Ueba) Assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta:
a) Deu, uma última entrevista, ocasião, em que pôde expor melhor suas intenções.
b) Deu uma última entrevista, ocasião em que pôde expor melhor suas intenções.
c) Deu uma última entrevista, ocasião em que, pôde expor melhor, suas intenções.
d) Deu uma última, entrevista, ocasião em que pôde, expor melhor suas intenções.
e) Deu uma última entrevista ocasião em que, pôde expor melhor, suas intenções.
 
GABARITO DOS EXERCÍCIOS DE PONTUAÇÃO
1. (Fuvest-SP) Do texto seguinte, omitiram-se as vírgulas. Transcreva-o, colocando-
as:
"Quando eu pedi, três meses depois, que casasse comigo, Iaiá Lindinha não
estranhou, nem me despediu."
 
2. (Faap-SP) Pontue adequadamente o trecho:
"Os que vivem dependentes do dinheiro, sujeitos à sua força, encarcerados por ele,
não sabem que a mais nobre das condições humanas é, justamente, o desprezo do vil
metal; quando a gente não o tem, esclareço"
 
3. (UFG-GO) Pontue o texto a seguir, empregando os seguintes sinais de pontuação:
vírgula, ponto-e-vírgula e dois-pontos.
"Há mitos Timbira que narram como os índios aprenderam a fazer determinados
rituais com animais terrestres, aquáticos e aéreos; assim, nos tempos míticos, a
situação seria o inverso da atual: os ritos existiam no âmbito da natureza, mas não no
da sociedade."
 
4. E   5. D  6. C  7. C  8. A   9. E   10. A   11. A, B, D   12. C   13. A   14. B