Você está na página 1de 4

CONSULTA - OPERAÇÃO INTERESTADUAL

NCM Selecionado: 4823.90.9

Caso o Estado informe uma NCM antiga, consulte nosso sistema de Correlação para encontrar o código atual clicando aqui.

Segmento NCM Descrição CEST


Autopeças 4823.90.9 Juntas, gaxetas e outros elementos com função semelhante de vedação 01.007.00

Benefícios
Atenção: A legislação também pode fazer referência ao produto beneficiado apenas pela sua descrição, neste caso, recomenda-se
que a busca seja realizada através do próprio sistema de Benefícios Fiscais pela descrição da mercadoria. Segue link abaixo:
Ferramenta para consulta de Benefícios Fiscais

Créditos Presumidos/Outorgados
Não foram encontrados resultados para a busca realizada.
Diferimentos
Não foram encontrados resultados para a busca realizada.
Isenções
Não foram encontrados resultados para a busca realizada.
Reduções de Base de Cálculo
Não foram encontrados resultados para a busca realizada.

Geral

Estado Origem Regime Origem Estado Destino Regime Destino Destinação:


São Paulo Simples Nacional Ceará Simples Nacional Op. Subsequente - Comercialização

Base Legal

Convênio/Protocolo Base Legal (MVA/IVA)


Protocolo ICMS Nº 22 DE 14/03/2008 Preventivamente deve ser considerado o MVA/IVA regulamentado internamente pelo Estado.

Informações do Estado

MVA Original Alíquota Interna Fundo de Pobreza

Fonte: LegisWeb Consultoria Tributária — www.legisweb.com.br Página 1 de 4


MVA Original Alíquota Interna Fundo de Pobreza
40.00% 18.00% -

Variação
Aplica-se o MVA 26,50% caso a operação esteja vinculada a contrato de índice de fidelidade de compra, conforme previsto no Art 8º
da Lei Federal nº 6.729/1979
Variação MVA Original Variação MVA Variação MVA 4% Variação MVA 7% Variação MVA 12%
26.50% - - - -

Base Legal Base de


Observações
da ST Cálculo
Decreto nº 30.519, de 26 de abril de 2011 dispõe sobre o regime de substituição tributária
Art. 2º do
Decreto com carga líquida do ICMS nas operações com peças, componentes e acessórios para veículos. §
Decreto
27.667/2004 5º, art. 1º do Decreto 27.667/2004: CNAEs-Fiscal responsáveis pelo pagamento do ICMS nas
27.667/2004
operações com mercadorias entradas para comercialização.

Observação: Verifique se o produto pesquisado possui algum benefício fiscal no estado de destino (Ceará), clicando no link
abaixo:
- Ferramenta para consulta de Benefícios Fiscais

As informações deste produto são referentes a regulamentação Federal (Protocolo/Convênio).

MVA Original
40.00%
Alíquota Interna Fundo de Pobreza
18.00% -

Variação
Aplica-se o MVA 26,50% caso a operação esteja vinculada a contrato de índice de fidelidade de compra, conforme previsto no Art 8º
da Lei Federal nº 6.729/1979
Variação MVA Original Variação MVA Variação MVA 4% Variação MVA 7% Variação MVA 12%
26.50% - - - -

Observação: Verifique se o produto pesquisado possui algum benefício fiscal no estado de destino (Ceará), clicando no link
abaixo:
- Ferramenta para consulta de Benefícios Fiscais

NCM Descrição Alíquota Base Legal Início Vigência Fim Vigência

Descrição Completa

Fonte: LegisWeb Consultoria Tributária — www.legisweb.com.br Página 2 de 4


NCM Descrição Alíquota Base Legal Início Vigência Fim Vigência

CFOP - Operações Internas com ST

Seção Operação
2.000 - ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DE OUTROS ESTADOS
2.400 - ENTRADAS DE MERCADORIAS SUJEITAS AO
Classificam-se neste código as compras de mercadorias a serem
REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA
utilizadas em processo de industrialização ou produção rural.

Códi
Descrição Aplicação Base Legal
go
Compra para Classificam-se neste código as compras de mercadorias a serem
Convênio
comercialização em comercializadas, decorrentes de operações com mercadorias sujeitas ao
2.40 SINIEF SEM
operação com mercadoria regime de substituição tributária. Também serão classificadas neste código as
3 NÚMERO DE
sujeita ao regime de compras de mercadorias sujeitas ao regime de substituição tributária em
15/12/1970
substituição tributária estabelecimento comercial de cooperativa.

CFOP - Operações Internas com ST

Seção Operação
6.000 - SAÍDAS OU PRESTAÇÕES DE SERVIÇOS PARA OUTROS ESTADOS
6.400 - SAÍDAS DE MERCADORIAS SUJEITAS Classificam-se, neste grupo, as operações ou prestações em que o
AO REGIME DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA estabelecimento remetente esteja localizado em unidade da Federação diversa
daquela do destinatário.


dig Descrição Aplicação Base Legal
o
Classificam-se neste código as vendas de produtos industrializados
Venda de produção do ou produzido pelo próprio estabelecimento em operações com
Convênio
estabelecimento em operação com produtos sujeitos ao regime de substituição tributária, na condição
6.4 SINIEF SEM
produto sujeito ao regime de de contribuinte substituto. Também serão classificadas neste código
01 NÚMERO DE
substituição tributária, na condição de as vendas de produtos industrializados por estabelecimento
15/12/1970
contribuinte substituto industrial ou produtor rural de cooperativa sujeitos ao regime de
substituição tributária, na condição de contribuinte substituto.
Venda de produção do
Convênio
estabelecimento de produto sujeito ao Classificam-se neste código as vendas de produtos sujeitos ao
6.4 SINIEF SEM
regime de substituição tributária, em regime de substituição tributária industrializados no estabelecimento,
02 NÚMERO DE
operação entre contribuintes em operações entre contribuintes substitutos do mesmo produto.
15/12/1970
substitutos do mesmo produto
Venda de mercadoria adquirida ou
Classificam-se neste código as mercadorias recebidas em Convênio
recebida de terceiros em operação
6.4 transferência de outro estabelecimento da mesma empresa, para SINIEF SEM
com mercadoria sujeita ao regime de
03 serem comercializadas, decorrentes de operações sujeitas ao regime NÚMERO DE
substituição tributária, na condição de
de substituição tributária. 15/12/1970
contribuinte substituto

Fonte: LegisWeb Consultoria Tributária — www.legisweb.com.br Página 3 de 4



dig Descrição Aplicação Base Legal
o
Classificam-se neste código as vendas de mercadorias sujeitas ao Convênio
Venda de mercadoria sujeita ao regime
6.4 regime de substituição tributária, na condição de substituto SINIEF SEM
de substituição tributária, cujo imposto
04 tributário, exclusivamente nas hipóteses em que o imposto já tenha NÚMERO DE
já tenha sido retido anteriormente
sido retido anteriormente. 15/12/1970

Fonte: LegisWeb Consultoria Tributária — www.legisweb.com.br Página 4 de 4

Você também pode gostar