Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC

TEORIA GERAL DO ESTADO


PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA
1) De acordo com Aristoteles “o Homem é um animal político”. Isso
significa que:
a) Todo homem deve se candidatar a um cargo político;
b) Para que um homem seja um ser completo ele deve ter necessariamente um
cargo público;
c) O Homem é um ser social, e, portanto, político;
d) Não há humanidade sem que haja partido político;
e) O Homem é indiferente à política;

2) “Cada governo faz suas leis em seu próprio interesse. A democracia


institui leis democráticas, a tirania emana leis tirânicas e os demais do
mesmo jeito.” (PLATÃO, A República.).
Assinale a alternativa que se associa com a lei tirana:
(A) Legitimidade;
(B) respeito as liberdades públicas;
(C) legislação outorgada; terrorismo e racismo
(D) democracia
(E) solidariedade, igualdade e justiça social.

3) Pode-se considerar como uma sociedade:


(a) um conjunto qualquer de pessoas, ainda que numeroso.
(b) um grupo de pessoas com uma finalidade social comum; e a existência de
um poder social.
(c) um grupo de animais irracionais.
(d) um grupo de pessoas sem finalidade própria.
(e) nenhuma das alternativas acima é verdadeira.

4) Assinale a alternativa correta:


(a) O Estado é uma coletividade de indivíduos reunidos e organizados para
alcançar uma finalidade comum.
(b) o Estado é um grupo de indivíduos que se sentem unidos pela origem
comum, pelos interesses comuns e, principalmente, por idéias e aspirações
comuns.
(c) o Estado é organização político jurídica de uma sociedade para realizar o
bem comum, com governo próprio e território determinado.
(d) O Estado em regra não tem governo próprio nem território determinado.
(e) O Estado é pessoa jurídica de direito privado.

5) Sobre o bem comum, é mais correto afirmarmos que:


a) Não obstante ser o bem dos indivíduos, ele não se confunde com o bem
individual ou o bem de cada um.
b) O bem comum (ou bem público) é a finalidade do Estado, segundo a posição
doutrinária predominante.
c) É possível fixar-se com clareza o conceito de bem comum, sabendo-se, no
entanto, que ele é relativo para cada sociedade, quanto aos meios de atingi-lo
e quanto ao seu próprio conteúdo.
d) As respostas “a”, “b” e “c” estão corretas.
e) Somente as respostas “a” e “b” estão corretas.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA
6) “Fica evidente, portanto, que a cidade participa das coisas da natureza,
que o homem é um animal político, por natureza, que deve viver em
sociedade, e que aquele que, por instinto e não por inibição de qualquer
circunstância, deixa de participar de uma cidade, é um ser vil ou superior
ao homem. Esse indivíduo é merecedor, segundo Homero, da cruel
censura de um sem-família, sem leis, sem lar. Pois ele tem sede de
combates e, como as aves rapinantes, não é capaz de se submeter a
nenhuma obediência” (Política, Aristóteles, Título Primeiro, § 9º). Sobre
Aristóteles, é correto afirmar que:
a) A concepção aristotélica reconhece, na pólis, a aspiração humana natural; é
somente na cidade que o homem pode realizar a virtude inscrita em sua
essência.
b) Aristóteles considera que a sociabilidade é produzida pela natureza e,
portanto, que não se trata de fundá-la, e sim de ordená-la.
c) Para Aristóteles, a cidade é a expressão da forma política que permite a
explicitação da virtude do homem. Somente ela permite
a coletividade instaurar uma sociedade justa sob o império das leis.
d) As respostas “a” e “c” estão corretas.
e) As respostas “a”, “b”, e “c” estão corretas.

7) Dentre outros, constitui objetivo fundamental da República Federativa


do Brasil:
a) Construir uma sociedade desenvolvida.
b) Garantir uma sociedade justa.
c) Erradicar a pobreza e a marginalização.
d) Extinguir as desigualdades sociais.
e) Extinguir qualquer forma de discriminação.

8) Assinale a opção correta:


a) A Constituição não admite emenda constitucional tendente a abolir a
República.
b) A Constituição não admite emenda constitucional tendente a abolir os
direitos e garantias individuais
c) A Constituição admite emenda tendente a abolir a forma federativa.
d) A Constituição admite emenda tendente a abolir a separação dos
poderes.
e) A Constituição admite emenda tendente a abolir o voto direto, secreto
universal e periódico.

9) O Direito Constitucional integra o ramo do Direito:


a) Público.
b) Privado.
c) Social.
d) Misto.
e) Econômico.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA
10) O objeto de estudo do Direito Constitucional é:
a) O povo.
b) O Estado.
c) A Constituição.
d) A política.
e) O governo.

11) A República Federativa do Brasil tem como forma de Estado:


a) Estado Democrático de Direito.
b) Estado Federal.
c) Estado Unitário.
d) Estado Republicano.
e) Estado Confederado.

12) Das definições abaixo, apenas uma não é aceitável para a


Constituição:
a) Conjunto de normas que organiza os elementos constitutivos do Estado.
b) Conjunto de normas que podem ser alteradas sem qualquer
procedimento específico.
c) Lei fundamental do Estado.
d) Conjunto de normas fundamentais que regula a atribuição e o domínio
do Poder Público, bem como os direitos fundamentais do indivíduo.
e) Estatuto básico para a existência do Estado e que contém toda a
estrutura organizacional de uma nação politicamente organizada.

13) A República Federativa do Brasil adota o Sistema de Tripartição de


Poderes no seu atual modelo constitucional. Assinale a opção correta:
a) Os poderes da União são: o Legislativo, o Executivo e o Moderador.
b) Os três poderes existem no âmbito interno do Distrito Federal e dos
Municípios.
c) Através de emenda à Constituição é possível a supressão do
supracitado sistema.
d) Os poderes da União não têm funções típica, destacadas, exercem
apenas funções atípicas, expressa do texto constitucional.
e) Os poderes da União são o Legislativo, o Executivo e o Judiciário,
interdependentes e harmônicos.

14) São fundamentos da República Federativa do Brasil:


a) A soberania, a autodeterminação dos povos, a cidadania, a igualdade
entre os Estados.
b) A cidadania, a dignidade da pessoa humana, a solução pacífica dos
conflitos, a soberania.
c) A soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores
sociais do trabalho e a livre iniciativa, e o pluralismo político.
d) A soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores
sociais do trabalho e a livre iniciativa, e o pluripartidarismo.
e) Todas as respostas anteriores estão corretas.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA
15) O titular do Poder Constituinte é::
a) Exclusivamente os representantes eleitos.
b) Os representantes eleitos ou nomeados.
c) Os representantes nomeados.
d) Exclusivamente o povo
e) Os representantes eleitos e o povo..

16) A promoção do bem-estar de todos constitui um dos:


a) Fundamentos da República.
b) Objetivos da República.
c) Princípios de ordem internacional.
d) Princípios de expressão de cidadania.
e) Postulados básicos do neoliberalismo.

17) São fundamentos da República Federativa do Brasil dentre outros:


a) Soberania e monarquia.
b) Parlamentarismo e cidadania.
c) Soberania e cidadania.
d) República e presidencialismo.
e) Parlamentarismo e monarquia.

18) Segundo a Constituição Federal (Art. 4º, parágrafo único), a República


Federativa do Brasil buscará a integração econômica.
a) e também política, social e cultural dos povos da América Latina,
visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.
b) porém não a integração política dos povos da América do Sul.
c) de todos os povos do mundo visando à formação de uma comunidade
internacional mais justa e solidária.
d) com todos os países com os quais mantém relações diplomáticas,
visando ao desenvolvimento recíproco do intercâmbio comercial
internacional.
e) e o intercâmbio comercial entre o Brasil e os povos asiáticos.

19) O artigo 1º da Constituição da República Federativa do Brasil enumera


os “fundamentos” do Estado brasileiro. Dentre eles, qual o que embasa o
poder de polícia estatal em matéria de segurança pública?
a) A soberania.
b) A cidadania.
c) A dignidade da pessoa humana.
d) Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
e) O pluralismo político.

20) Quanto aos Princípios Fundamentais da Constituição Federal, pode-se


afirmar que:
a) O Brasil é um Estado unitário, uma vez que existe unidade de
poder político sobre o território, pessoas e bens, não havendo
repartição regional de poderes autônomos.
b) O Brasil assumiu a forma de estado federal, que consiste na união
indissolúvel de entidades políticas.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA
c) A forma de estado revista na Constituição Federal pode ser abolida
mediante emenda constitucional.
d) A divisão de funções e a independência entre os Poderes
Legislativo, Executivo e Judiciário é absoluta nexistindo interferências
recíprocas.

21) O poder constituinte derivado de reforma com força para emendar a


Constituição da República Federativa do Brasil é:
a) inicial, incondicionado e ilimitado.
b) Soberano, permanente e incondicionado.
c) Secundário, limitado e condicionado.
d) Temporário, autônomo e limitado.
e) Secundário, soberano e permanente.

22) Assinale a opção correta. O princípio da tripartição de poderes foi


esboçado, originariamente por:
a) John Locke.
b) Montesquieu.
c) Aristóteles.
d) Santo Tomás de Aquino.
e) Diógenes.

23) Assinale a alternativa correta. As funções típicas desenvolvidas pelos


poderes estatais são:
a) previstas na Constituição e exercidas em caráter preponderante pelos
órgãos do Poder;
b) legislar, executar e julgar, atribuídas com exclusividade,
respectivamente, aos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário;
c) aquelas que alei delega aos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário
para serem exercidas em conjunto com outras, atípicas, expressamente
previstas na Constituição;
d) aquelas que decorrem da natureza do Poder estatal respectivo,
independentemente de previsão constitucional;
e) aquelas que decorrem da função regulamentadora do Poder Executivo,
devidamente controlada pelo Poder Legislativo ou, mediante
provocação, pelo Poder Judiciário.

24) Assinale a assertiva que não contém um princípio fundamental do


Estado Democrático de Direito fundado pela Constituição de 1988.
a) A soberania.
b) A cidadania.
c) A dignidade da pessoa humana.
d) A fidelidade partidária.
e) O pluralismo político.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA

25) Sobre sufrágio universal responda a assertiva correta:


(A) Sufrágio universal é aquele que confere o direito de voto à generalidade
dos nacionais.
(B) O sufrágio universal sempre restringe o direito de voto.
(C) No sistema universal, as restrições ao direito de voto devem estar
expressamente previstas na lei ordinária.
(D) No Brasil a existência de um processo criminal implica em que alguém seja
proibido de votar.
(E) No Brasil não existe o sufrágio com restrição por motivo de idade.

26) Assinale a alternativa incorreta:


(A) Atualmente o voto, no Brasil, é expresso somente de forma indireta.
(B) Voto direto é aquele em que o eleitor escolhe os próprios representantes,
sem intermediários.
(C) Voto indireto é aquele em que o eleitor, inicialmente, escolhe seus
delegados ou representantes, que funcionam como intermediários, e que,
somente em etapa posterior, escolhe os governantes.
(D) O voto para Presidente da República nem sempre foi direto, no Brasil. Em
alguns períodos, como os do primeiro governo Vargas, e os governos militares,
o voto para Presidente da República era indireto, pois um restrito colégio
eleitoral, muitas vezes sequer eleito pelo povo, indicava o Presidente da
República.
(E) Os argumentos favoráveis ao voto indireto são: a) os delegados constituem,
tese, uma elite capaz de eleger os governantes definitivos de modo mais
consciente; e b) o sistema permite uma eleição mais desapaixonada,
consciente e objetiva.

27) Assinale a alternativa correta sobre voto distrital.


(A) é aquele em que os eleitores escolhem os governantes dentre candidatos
pertencentes a seu próprio distrito eleitoral.
(B) afasta a população de candidatos mais diretamente ligados à problemática
regional.
(C) aumenta a influência do poder econômico e do poder dos meios de
comunicação.
(D) não permite maior contato entre eleitor e candidatos durante o processo
eletivo
(E) é aquele em que os eleitores escolhem os governantes mediante a
concorrência, de candidatos de mesmo partido.

28) São inelegíveis no Brasil, exceto:


(A) aqueles que não preencherem as condições exigidas no art. 14, § 3°, I a VI;
(B) os inalistáveis;
(C) os analfabetos (CF, art. 14, § 4°);
(D) o cônjuge e os parentes consangüíneos ou afins do titular, no território de
sua jurisdição, de Presidente da República, Governadores de Estado e do
Distrito Federal, os Prefeitos e quem os houver sucedido, ou substituído nos
seis meses anteriores ao pleito (art. 14, § 7°):
(E) aquele que tem nacionalidade brasileira e está em pleno gozo de seus
direitos políticos.
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS - UBC
TEORIA GERAL DO ESTADO
PROFª ANA MARIA DE SANT´ANA

29) Que cargos eletivos são privativos de brasileiros natos:


(A) Presidente e Vice Presidente da República
(B) Presidente da Câmara dos vereadores.
(C) Presidente do Tribunal de Justiça
(D) Servidor Público Federal
(E) Governador do Estado
6) Assinale a assertiva que não contém um princípio fundamental do Estado
Democrático de Direito fundado pela Constituição de 1988.
(A) A soberania.
(B) A cidadania.
(C) A dignidade da pessoa humana.
(D) A fidelidade partidária.
(E) O pluralismo político.

30) O poder constituinte derivado de reforma com força para emendar a


Constituição da República Federativa do Brasil é:
(A) inicial, incondicionado e ilimitado.
(B) Soberano, permanente e incondicionado.
(C) Secundário, limitado e condicionado.
(D) Temporário, autônomo e limitado.
(E) Secundário, soberano e permanente.

31) A República Federativa do Brasil tem como forma de Estado:


(A) Estado Democrático de Direito.
(B) Estado Federal.
(C) Estado Unitário.
(D) Estado Republicano.
(E) Estado Confederado.

32) Nos termos do artigo 14 da CF o voto é:


(A) facultativo para maiores de 18 anos e obrigatório para maiores de 70 anos.
(B) facultativo para analfabetos, e obrigatório para os maiores de 70 anos.
(C) obrigatório para maiores de 16 anos e menores de 18 anos.
(D) obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 anos.
(E) obrigatório para os analfabetos e maiores de 70 anos.

33) Assinale a alternativa correta:


(A) O Referendum consiste numa consulta prévia à opinião popular para se
adotar ou
não providências legislativas.
(B) O Plebliscito consiste numa consulta prévia à opinião popular para se
adotar ou não providências legislativas, visa a aprovação de uma lei a ser
criada.
(C) A Iniciativa Popular consiste em facultar ao povo a iniciativa de votar.
(D) O Referendum é uma consulta à opinião pública para o fim de revogar a
eleição do chefe do Executivo.
(E) O Recall é uma instituição brasileira.

Você também pode gostar