Você está na página 1de 71

As epístolas de Ali Puli

Amigos e colegas altamente honrados e instruídos da Academia Real de Pesquisa no Mundo da


Natureza (4):

O amor à verdade e o erro sério Em que muitos estudiosos, cada vez que tentam fazer um
experimento importante de pesquisa, estão muito ansiosos, eles me pressionaram a enviar-lhe
este tratado meu com a esperança e a expectativa de que ele não chegará a você indesejável,
meu os colegas dignos e amigos de honra.

O conteúdo do Tratado que lhe envio, amigos de honra, é o seguinte:

1 ° «NOSCE TEIPSUM »

2 ° «O MACO CURIOSO AINDA NÃO CONHECIDO »

3º « L CENTRUM NATURAE CONCENTRATUM» ou Regenerou o Sal da Natureza.

Escrevi este último trabalho, como você sabe, sob o nome de Ali Puli , um moro asiático. Não
posso fazer mais do que enviá-lo, escrito no idioma holandês, pois já foi publicado e impresso
em alto alemão com outro título e o que me disseram foi dito que foi traduzido para o alemão
por uma versão em português . É meu dever advertir que este tratado nunca foi publicado em
português, embora se possa dizer que a obra alemã foi produzida por uma tradução para o
português. Então, eu lhe envio o manuscrito, que você pode ver e as diferenças entre o original
e o outro trabalho.
(4) Na segunda parte deste trabalho, o autor menciona "seu PIermes Balduino". Com base nessa afirmação,
poderíamos supor que a academia mencionada aqui é a Academia Naturae Curìosorum, da qual Christian Adolphus
Balduinus faz parte (ver também nota 24).

(5) Ali Puli refere-se à edição de 1682, da qual damos o título completo: Centrum Naturae Concentratum. Também:
ein Tractat, von dem Wiedergebohrmen Saltz. Instituto de origem e origem alemã: Der Weisen Stein, em Arabiscben
gescbrieben de Ali Puli, einem Asiatiscben Mohren, darnacb em Portugal Sprache durch HLVAH Und hochteutsche
uersetzt, e berausgegstbbüt-von Obb, Alemanha. Pjaltzischen Ratb, Leib-Medico, e além do Professor Público
Heidelbergiscben Ilnioersitèt. Gedruckt im [abr 1682. Este pequeno tratado, identificado com a terceira parte do
trabalho que apresentamos neste volume, foi recomendado por Fictuld (Probier-Stein, i, página 60) e é citado por
Gmelin Gescbicbte, ii, página 14. ). Além do pequeno livro de Ali Puli (pp. 1-38), a obra contém Discursus de Universali
(p. 39) e Discursus Pbilosopbicus (p. 49) de Martinus de Delle; um trecho do livro Amor Proximi (p. 58); que Hamilton-
Jones supõe que foi escrito por Ali Puli e a história de uma cura operada por Sebastian Siebenfreund (p. 61) com a
narrativa de seu assassinato. Para a história do assassinato de S. Siebenfreund, o leitor interessado pode consultar L.
Figuier, A alquimia e os alquimistas, cit., P. 150-52. Uma edição subsequente do tratado de Ali Pulì, traduzida para o
inglês, foi publicada em 1696. Seu título completo é: Centrum Naturae Concentratum: ou o Salt of Nature Regenerated.
Na maior parte dos casos, inadequadamente chamada de Pedra de Pbilosopber. Escrito em árabe por Alipili [sic] em
pais mauritano, nascido ou asiático; Publicado em Low Dutcb, 1694, e agora concluído em Englisb, 1696. Por um Louer
da Hermetick Science. Aquilo que já foi é nomeado, e sabe-se que é que o homem (Eccles. 6. lO.) London, impresso [ou
[, Harris no Harroui em Little Britain, 1696. Como pode ser visto a partir da saudação ao leitor, tradutor era um certo
E. Brice. Uma edição subsequente, ainda em alemão, foi impressa em 1756. O título, além de algumas pequenas
variações, é o da edição de 1682.

O tratado publicado é atribuído a Ali Puli, um mouro asiático, que foi convertido pelo credo
maometano à fé cristã. Os motivos desta conversão não são desconhecidos para você e eu não
os discutirei mais. Você também sabe que não no eu nunca aspirou a ser nomeado Ministro da
natureza por causa do que eu escrevi em este tratado. Há muitos filósofos e homens de Médicos
NA hoje você dar o nome do Ministro da Natureza, que ou eu tentei, em meus escritos, para

1
agitar e colocar em junho Road 's; Quero dizer aqueles indivíduos adormecidos, indisciplinados
e equivocados, cuja mente é perspicaz pela natureza contraditória das convicções que têm sobre
a droga. Quanto ao clamor daqueles filósofos vaidosos e do charlatão supersticioso que,
impelidos pelo erro, fizeram um protesto contra o meu pequeno tratado, essa fortuna agora se
esgota na Luz da Verdade, que não é apenas uma teoria, mas filosofia e medicina válidas são
postas em prática. Porque a Verdade é minha testemunha, todas as suas objeções são
simplesmente um jogo de crianças.

Quanto a mim, é sabido que tudo o que fiz na minha Prática tem sido o trabalho das minhas
mãos sozinho. Eu tive que procurar a Verdade sozinho e fiz um ótimo uso dos frutos de meus
trabalhos para o benefício de mim, meu povo e outras pessoas na promoção da boa saúde.

No que diz respeito a «O curioso, mas desconhecido, Far »: se este trabalho é ou não aceitável
para os filósofos em geral, é uma questão de indiferença para mim. Escrevi o que é verdadeiro,
para a glória de Deus e para o bem da humanidade.

Não escrevi nada que não tenha verificado com várias experiências e não tenho o menor medo
de qualquer sentimento hostil na atmosfera filosófica dos tempos atuais. Portanto, compagni
dell'Accademia Nota in Terre Lontana, quando você ler este tratado ou, peço-lhe que o julgue
sem preconceitos ou, para que você não se prive desses frutos tão desejados e de um desejo de
satisfação e alegria há muito tempo.

Agora, peço-lhe, sem demora, que faça uso dessas epístolas e permaneça firme em Gesti Cristo,
a Fonte Universal da Verdadeira Sabedoria, e realmente mereça o que você deseja: ou seja, o
Nome e a condição de verdadeiros filósofos.

Ali Puli , ainda prosperando pela Graça das minhas Musas, 1735.

2
Nosce Teipsum

Altamente honrados , gentis cavalheiros e amigos leais :

Para cumprir a promessa e satisfazer seus desejos, responderei agora às perguntas que você me
fez. As respostas estão contidas neste pequeno tratado intitulado " Nosce Teipsum • Físico
Médico", que agora começa em Nome de Jesus Jeová, Qui Nobis est omnIAH (6).

Amigos muito honrados e leais, talvez não os que ignoram que hoje em dia toda a Verdade e a
Verdade Divina são desprezadas, abusadas e até consideradas "infundadas". A causa disso é que
existem dois tipos de homens que, tendo havido a porta dos fundos, assim como ladrões e
assassino s (Jo. xv. 1, 7, 8 , 9, 10), não vai admitir outros que não são de sua espécie na prática e
durante o público desta profissão. O lema do primeiro tipo é: Ducunt et non / aciunt (Mateus
XXIII v. 3) e no caso do segundo: Eles são e não são, mas são (Revelação XVII v. 8). A partir disso,
ele pode julgar o caráter deles e ficará claro para você que todo o mal que foi feito no mundo
vem desses dois tipos de pessoas; e continua até hoje.
(6) Aqui o autor enfatiza, escrevendo em maiúsculas, o final da palavra omni «com a adição de um h, para transmitir
com maior força o conceito da necessidade de ajuda divina em toda obra que lida com o divino. Na tradição cabalística,
de fato, IAH é o nome do poder de Deus, que o autor invoca implicitamente aqui, como é a tradição de todos os
alquimis no início de suas obras.

Como essas pessoas não tinham uma verdadeira fé, elas se arrogam para si mesmas o que
pertence somente a Deus. Fingindo acreditar nas Sagradas Escrituras, o motivo é sugerido por
seu espírito abjeto, em vez de pelo Espírito Santo, o único Distribuidor da Verdade e Sabedoria
Divinas , o único verdadeiro professor que nunca chega a tais seres malignos (La Pienza XIV v. 7,
27-28).

Não é nossa intenção discutir a teologia aqui, por isso vamos prosseguir, mas no que diz respeito
à medicina, preste atenção, você que acredita acreditar nas Sagradas Escrituras, que elas
ensinam que somente Deus é o verdadeiro criador e da Medicina (Eccl .XXXVIII v. 1, 2, 3, 4, 6).
Segue-se, portanto, que a porcelana média não é criada pelos homens, pois é Deus quem revela
a inf. a verdadeira arte da medicina, com grande prazer, seja louvada . A medicina do corpo é a
imagem da medicina da alma ), assim como as enfermidades da alma são a imagem das
enfermidades do corpo e da mesma forma que essas duas estão em harmonia, é por isso que a
preparação da verdadeira medicina deve do corpo para se conformar com a preparação do
verdadeiro remédio do ânus , mas que a imagem esteja na semelhança certa da alma e siga o
mesmo padrão. Assim chegamos a isso, que Deus é o Criador do médico sincero da medicina,
que o ama extrair em um remédio verdadeiramente fundado no próprio Deus que ecoa a
imagem perfeita da alma. Eu me referi completamente a isso no meu livrinho «Amor Proximi».
(Veja a nota do autor no final desta parte).
(7) A medicina hermética de Paracelso baseia-se neste conceito: "Paracelso também foi um dos fundadores da
medicina hermética, graças às suas teorias complexas sobre a correspondência entre alma, corpo e o mundo externo"
(Al, pago 35). ).

Deus é um Deus de boa ordem e criou tudo de acordo com seu peso, número e tamanho (La
Sapienza XI v. 22) e (Ezekiel Capp. XL, XLI, XLII) sem o qual não haveria certeza alguma no mundo.
'Arte do que na natureza.

3
Ele sozinho é o Doador e Distribuidor de todos. Os irreligiosos fingem que tudo está confuso
neste grande labirinto: aqueles que duvidam continuam discutindo e sem entendimento,
porque não querem aprender na Verdadeira Escola com o Verdadeiro Mestre, que sozinho criou
a Natureza. e conhece seus segredos mais íntimos , que somente Ele pode revelar. Em vez disso,
eles pedem o conhecimento daqueles que são e são atraídos pela porta dos fundos. Veja, meus
amigos e colegas, que apenas reis e sacerdotes da Igreja até agora tiveram a diligência de
estudar e entender essa profissão sagrada e divina e isso é verdade para todas as nações, mas
agora elas se orgulham e eles se exaltaram (na auto-estima), porque esse conhecimento pode
realmente ser chamado de Ars Artium, como também é mostrado pelas três letras na cruz de
Cristo, que agora lhe expõem em seus numerosos sermões.

Gostaria que você soubesse que as doenças, qualquer que seja o nome que elas tenham, podem
ser curadas e um medicamento é suficiente para fazê-lo . Apresentarei esta teoria brevemente
na forma de um estudo.

O assunto mais nobre da medicina é o próprio homem; portanto , um doutor em Medicina não
pode fazer melhor do que se aplicar a Nacece Teipsum, que os estudiosos pagãos expuseram
como seu único medicamento nos templos de Apolo, com a intenção de ensinar que não se pode
obter o verdadeiro conhecimento sem a iluminação da Luz Divina.

Quando começamos a considerar o Homem, imediatamente percebemos que todos os meus


músculos e órgãos do seu corpo físico nascem de uma primeira substância espermática. Se esses
vários membros e órgãos não estivessem ocultos no esperma, eles não poderiam derivar dele.

Embora os órgãos do corpo humano derivem de uma única semente, eles são de várias
substâncias e essências e desempenham funções diferentes: seus poderes são diferentes, mas
eles extraem alimento de uma única fonte. Assim, ele deve necessariamente estar contido nos
alimentos, como o pão, por exemplo, todo o alimento e sustento essencial adequados para a
conservação e desenvolvimento dos vários órgãos, pois seria tolice supor que essa necessidade
possa vir de uma substância na qual eles não são inerentes.

A reflexão posterior diz que entre a economia do corpo ocorre uma separação que divide a boa
seiva do alimento da substância super essencial e menos essencial. Essa separação ocorre no
estômago: um processo meticulosamente penetrante absorve o bem e o resíduo forma as fezes.
As partes impuras cruas são parcialmente expelidas para a latrina, em parte através da urina,
uma terceira porção através do suor, outra para o espeto e também para as orelhas e o nariz.

O fato de o homem ficar doente não pode acontecer por outra razão senão que ele leva uma
vida quando nasce, ou por algum acidente ou por causa da idade; mas seja qual for o efeito, é
causado por alguma perturbação nos vários órgãos de sua constituição, que os priva de sua força
total normal. Assim, a separação, ordenada pela vontade de Deus, que era eficaz em todas as
partes do corpo, é perturbada e, em vez disso, o corpo obtém vários fluidos e acidez, que
eventualmente causam algum grau de combustão.

Portanto, todas as doenças e firmeza têm apenas uma causa. A gravidade da doença e sua
natureza devem ser buscadas nos órgãos: assim, um mais ou menos se origina. Na economia do
corpo do Homem, ocorre um verdadeiro processo químico, que é uma separação entre o bem e
o mal, o supérfluo e sua essência, que na Arte do Microcosmo é realmente chamada de
Espagírico a (8), que é o nosso Hissopo (Salmos LI 7).

4
Como existe em todos os órgãos apenas uma matéria espermática (9), da qual se originam
diferentes substâncias, portanto, um único alimento, que é o quilo viscoso, é completamente
suficiente para nutrir, sustentar e preservar os vários elementos destes órgãos. Como existe
apenas uma causa para todas as doenças, deve-se concluir que apenas uma edicina é necessária
para corrigir todas as doenças. Esta substância deve possuir a natureza do verdadeiro remédio
e deve conter em si a essência universal de todos os órgãos e ser tal que um estômago saudável
a digera para uso pelos órgãos. A verdadeira função da medicina, criada por Deus, é ajudar as
naturezas fracas e sofredoras e, no devido tempo, começar a trabalhar na fraqueza do corpo
humano que é distintiva ou do ser íntimo do homem; porque, onde a natureza zopica, onde é
muito fraca para separar o bom do mal, começa o trabalho da medicina. O médico não pode
fazer isso com um medicamento que ele próprio preparou, uma vez que esses medicamentos
depositam suas próprias impurezas e com a emoção estéril que produzem, dão origem à
necessidade de uma separação adicional dessas impurezas. O medicamento deve ser inerente
ao custo de ajudar a Natureza em sua fraqueza, para fortalecê-la, para que ela possa
desempenhar suas próprias funções: uma vez que a Natureza está disposta, ela joga fora as ervas
daninhas, que no momento de sua fraqueza seu inimigo, So nno, semeou e, assim, expulsa as
impurezas através de sua própria maneira natural de sair . Assim, é claro, não há nenhum dano:
l 'órgão doente é adequadamente curado, mas não como eles gostariam de resgatar-lhe os Red
Caps presunçosos e que, tendo havido em sua profissão através do erro de porta, adminis ânus
violento e medicamentos, por exemplo tranei que sendo inimigos da natureza, eles colocam o
paciente em maior perigo.
(8) Com Spagiria ou mesmo com atitudes espagíricas, a química foi indicada por Paracelso e seus discípulos, como
uma arte que tende a separar a parte útil ou ativa de uma substância da sua parte inútil, especialmente para fins
farmacêuticos. Parece que o termo foi cunhado por Paracelso; mais tarde, passou a indicar alquimia e alces mistos
(ver inglês: espagiristo).

(9) Em latim no texto.

Meus queridos amigos e colegas, você não vê que, neste caso, devemos considerar os nomes de
todas as doenças em sua nomenclatura complexa, juntamente com suas supostas causas e, além
disso, todo o labirinto acadêmico, enquanto todos que entenderem exatamente esse assunto
entenderão tudo as enfermidades e a forma peculiar e específica do medicamento necessário.
Quem não entende isso, apesar de seus títulos e de suas famosas declarações, não tem base ou
fundamento sólido ou real na medicina.

Agora chegamos à questão de preparar este medicamento. Vimos que todos os corpos se
originam de uma única substância e da única substância que são sustentados. O bem é
progressivamente separado do mal pela ação dos órgãos, de modo que o medicamento não
pode se preparar por artifícios ou, uma vez que se origina da constituição do primeiro sujeito.
Conclui-se, portanto, que essa dificuldade deve ser superada através da preparação correta,
porque a causa é encontrada na substância e, embora a substância esteja contida em qualquer
medicamento preparado, um medicamento falso não pode segurá-lo e, consequentemente, o
medicamento é prejudicado em sua e funções. O processo pelo qual isso ocorre é o seguinte e
você deve prestar muita atenção: o estômago é o órgão universal da preparação do chil ou
nutritivo e sua função é causar uma redução radical das primeiras substâncias viscosas em uma
substância primária real a partir da qual a centelha universal da vida em todas as formas (corpos)
é estimulada . Essa nutrição universal, preparada no estômago do ânus, é passada por cada
órgão, estimulando-a em sua localização peculiar, como será explicado mais adiante. Desejo que
você entenda bem e exatamente esse caldeirão borbulhante de Fogo Essencial , através deste
instrumento universal, pois assim você descobrirá facilmente o Tudo em Tudo. Você certamente

5
não deve ignorar esse argumento, porque sem suas operações em seu próprio corpo, você não
poderia viver nem ser saudável (a menos que, é claro, você viesse praticar esta arte pela porta
do erro) , e você sabe que não deve procurar nada fora de você: consequentemente, saberá que
o remédio real deve ser preparado com seu fogo, residente no estômago.
(10) O autor se refere aos bonés, de várias cores, usados pelos médicos das várias universidades no passado.

Louvado seja Deus, que escolheu esta coisa desprezada e desprezada pelos homens astutos,
desde o começo do mundo até hoje e a revelou aos seres humanos e às crianças. Quem quebrará
esta Aliança (11) contra a vontade de Deus e revelará esse segredo do qual somente Deus é o
Distribuidor? Mesmo que alguém o revelasse, o mundo e você o desprezariam e não
acreditariam ou aceitariam.
(11) Os Filhos de Hermes, que são os Hermetistas ou Alquimistas, são obrigados pelo pacto de não revelar o segredo
da Arte àqueles que não são dignos dele - este pacto, ao qual o Autor também se refere mais tarde e na parte final do
'trabalho, prevê que quem o quebrar pagará pessoalmente as consequências extremas .

Os pobres anatomistas, desejando descobrir esse segredo no homem, levaram muitos a um fim
prematuro. Eles procuraram nos mortos que devem ser procurados apenas nos vivos e nos
saudáveis. Portanto, ninguém pode obter esse segredo até conhecer a anatomia do corpo vivo,
sem prejudicar o corpo ou seus órgãos. Paracelso diz, com razão, que a essência de um órgão
pode ser extraída sem danificá-lo e que existe um milagre. Essa anatomia nos ensina a conhecer
o corpo humano muito melhor e completamente do que se abríssemos e dissecássemos corpos
mortos ou mesmo vivos. Muitos acreditavam que estavam escrevendo sobre esse espírito
essencial da vida, mas até onde eu sei, ninguém encontrou o caminho certo. GL os adeptos têm
mantido sot escondido esta arte a um cobertor e revelaram o quão grande segredo, mesmo que
apenas por isso certas pessoas eminentes: o que quer que comparam o conhecimento e posse
desta arte e considerações ratificado único jogo crianças. Abandone todos aqueles que não
respeitam sinceramente a Deus e deixe que ele abra seus olhos, para que você possua esse
segredo , assim como ele abriu seus olhos para os cegos, assim como meus olhos foram abertos.
ele estava cego de nascença (figurativamente) e de que maneira reside o segredo pela graça de
Deus.

Mantenha toda a sua sabedoria médica, pois você pode dizer, em um compêndio e aparte, que
você pode, através do conhecimento do Microcosmo, passar pelo Macrocosmo, exatamente
como o Filho no Padr e, e de sua autoconsciência, passar por à conexão externa. Ir para este
grande labirinto de múltiplas curiosidades e habilidades em que tudo e tudo de volta com uma
verdadeira Sag Gezza móvel então você está livre de todos os preconceitos acadêmicas e não
servirá como doutrinal na, nada mais do que a do "All in Todos ». Considere o fato de que na
semente de uma planta você tem uma prova clara do "Tudo em Tudo", porque a semente
contém em si a raiz, o tronco, as folhas, as flores e também os frutos, e é assim que é todos os
outros organismos. Esta é a mesma maneira mostrada na todas as três ordens (minas rale,
vegetais e animais) e qualidades especiais em cada um pode dar vida ao nosso gosto, porque
você TTE as coisas que fazemos "tudo em todos", um médico na , tanto no que diz respeito ao
particular quanto ao Universal.

Para que isso lhe dê mais motivos para meditação, descreverei brevemente alguns dos principais
órgãos do corpo humano e suas funções e o que pode ser aprendido de cada um deles com base
na verdadeira preparação da Medicina Universal, para tudo o que for suficiente.

Os dentes são as pedras de moinho por meio das quais as substâncias do relógio de sol são
reduzidas: preste atenção nisso! O estômago é o tanque ou forno no qual, pela ação da essência

6
do fogo, o alimento é copiado primeiro para formar uma substância viscosa através da digestão
e decomposição: depois, dissolvendo-o, é reduzido em espírito salino, ou quilo, o produto da
comida . O sal grosso é trazido para a bexiga, o sol dos sólidos porosos (fezes) vai para o intestino,
a parte mercurial é supérflua para a boca (e aqui está o nó górdio, que não pode ser eliminado
de nenhuma outra maneira, exceto pela espada de Alessro e (12) e assim por diante, cada um
na sua saída purificadora. Os lactatos de leite são os filtros que separam o quilo e também os
outros elementos nutricionais do quilo. A função dos pulmões é mudar todos os princípios da
ária porque no ar todos os sólidos se tornam fluidos, porque o ar se atrai e depois se emite
novamente.
(12) O autor refere-se à lenda do nó de Gordio, a antiga capital da Frígia. Esse nó uniu o gi ogo ao comando da
carruagem de Zeus no templo que Gordio, fundador da cidade, lhe havia consagrado. O oráculo havia predito o
domínio da Ásia para aqueles que sabiam desatar o nó e Alexandre, o Grande, visitando a cidade em 334 aC, cortou
o nó com um golpe definitivo da espada.

O fígado prepara a substância do quilo para receber uma cor sulfurosa. O coração, o que em si
é completamente inerte, bate e eu aprender tees atração do sc libra Intilla da vida animal, por
meio do qual o espírito ig neo vida humor radical se torna sangue, que é um tapete IADA
celestial, um orvalho ígneo aguado universal que sustenta o microcosmo, assim como beber
ouro em sua construção, que sustenta todo o corpo através de seu essencial úmido e úmido.
Simples em si mesma, essa substância é permitida para toda a constituição. Assim, a verdadeira
essência dos órgãos está neste fluido aquoso, no qual reside o elemento do FOGO que lhe dá
movimento. Esse orvalho celeste é transmutado, em cada órgão, em uma forma específica: a
partir daí, os órgãos entram nos rins e daí para os dois fogos espermáticos centrais nos quais a
semente é produzida.

Estes são criados como obras de arte, a partir do Archeo (13), em todas as formas de animais.
Assim, nos rins, o vermelho torna-se branco novamente e uma força multiplicativa, vírus e um
humor viscoso são transmitidos a ele. Dos rins aos tanques e através de uma saída no ventre da
mãe.
(13) Nome pelo qual os biólogos indicaram a força vital que, baseada nas teorias do vitalismo, regula e governa os
fenômenos vitais e que corresponde à alma e enteléquia aristotélica da doutrina neo-vitalista de H. Driesch. Com esse
termo, Paracelso indicou uma força vital oculta, ou princípio imaterial, e distinguiu uma alma arcaica, um arcaico
vegetal e um arcaico terrestre, que acabou presidindo a criação de fósseis (petrefacts).

O intestino é o destinatário das impurezas, que são as substâncias inflamáveis do fogo que
centralizam o calor. O local da ejeção (do esperma) é um ponto de coleta para o fogo frio central.

Aqui é bom notar que todos os órgãos extraem seu ser da substância do fogo e o próprio fogo é
o agente que dá forma a todos eles.

O fogo reside no coração e na cabeça e nos pulmões, o fogo se torna ar: transmite o espírito dos
sentidos aos órgãos; o próprio fogo é a hora criativa do ar: quanto mais fogo está presente na
esfera celeste (a cabeça), quanto maior, mais penetrante e mais aguda se torna a inteligência. A
qualidade peculiar de qualquer tipo de fogo que se origine do calor do coração produzirá um
efeito correspondente no ar no compartimento superior da cabeça e terá efeitos no
microcosmo, porque uma influência lançada no compartimento superior da cabeça é
semelhante à influência de um sinal, refletida no assento dos sentidos; esse fluxo faz os sentidos
trabalharem através dos membros e órgãos do corpo, dos quais você pode saber se o fogo, o ar
e o espírito de um homem são bons ou ruins.

7
Já falei bastante, meus valiosos amigos e colegas, sobre a harmonia do Macrocosmo e do
Microcosmo (triuna atque catholica), para que você perceba a harmonia que reina entre o
Grande e o Pequeno Mundo, tríplice e Universal: quem deixar de entender isso deve estar
mergulhado em confusão e perplexidade. Portanto, confie no seu conhecimento real dos dois
incêndios centrais, pois o mundo pequeno e o grande são desejáveis, pois a partir dessas escalas
eles fecham todos os humores da constituição em seus poderes de dissolução e coagulação: de
calor e frio. Quem está ciente disso, certamente possui o conhecimento de todas as doenças,
tanto em um sentido universal quanto particular. Além disso, você deve saber que existem
apenas duas maneiras de preparar o verdadeiro remédio.

Primeiro, você deve aprender a extrair as essências do estômago de um corpo vivo, sem
prejudicar o estômago ou o próprio homem, o que só pode ser feito por um verdadeiro artista,
e então a medicina é preparada. Então você possuirá verdadeiro conhecimento verdadeiro em
seu próprio corpo e todos os homens receberão uma dose suficiente de você: mas já lhe
dissemos o suficiente sobre você. A segunda maneira é a possibilidade de aprendermos a
entender e preparar a imagem das essências microcósmicas e, dessa maneira, fazer a medicina
corretamente.

Ambas as maneiras são corretas para o Iniciado e conhecendo uma, a outra também é
conhecida. Aqui fazemos uma distinção clara entre a verdadeira Alquimia a e o que é conhecido
como Alquimia comum. Os sofistas não podem superar essas armadilhas, mas afundam-se
contra elas.

Agora é hora de esclarecer como esse conhecimento indica Deus e Cristo. Graus rei, no entanto,
evitar qualquer longo discurso, mas eu gostaria ref letteste se o homem não intuisoa uma
premonição do G iudizio Universal a partir do estudo do Livro de Gênesis, aqui ndo será julgado
por Cristo em pessoa, porque assim como em nosso estômago o bem que passa para os órgãos
é aceito e o mal é rejeitado; nesse dia do julgamento, a luz será separada da escuridão: uma vez
que Cristo descreveu esse dia do julgamento em Mateus XIII, v. 41 e manifestou-se
adequadamente em Salmi CIV, v. 4 quem devem ser os juízes.

A fim de criar um relacionamento harmonioso entre este dia e a arte, agora revelarei o que Deus
queria naquele tempo para permanecer oculto e, portanto, demonstrarei o assunto para que
você e todos os pesquisadores tenham motivos para orar a Deus para conceder a você todo o
Dom do Espírito e Sua Sabedoria, isto é, que você recebe Hpotere, derivado de um
conhecimento da Natureza, para conhecê-Lo, o Criador, a quem somente a Honra é feita para
todos os tempos e Eternidade ( Romanos I, v. 20. Sabedoria XIII, v. 3, 5, 7).

Eu acho que demonstrei suficientemente que uma Medicina Universal pode ser encontrada na
Natureza . Quem não acredita que seja possível, descobrirá que isso não ajudará nem mesmo a
evidência de suas próprias experiências. Então, amo vocês, amigos e colegas, aceite isso como
uma pequena oferta ditada pela minha generosidade e não duvide do que digo sobre a certeza
que é inerente a esta arte. No entanto, é certo que o que se tornou não ou até agora não se
tornou assim através do trabalho rápido, uma vez que não é de todo um presente receber isso
com obscuridade do próprio Deus. Procure, portanto, a resposta à sua pergunta lendo
Eclesiastes, Cap. IV, v. 11, 12, 1 3, 14, pois a Sabedoria eleva seus filhos e recebe aqueles que a
buscam: quem tem amor tem vida; aqueles que buscam laboriosamente terão grande alegria;
quem é fiel terá grande honra : o que ele empreender, Deus concederá. Posso lhe mostrar que
todas as diferentes operações do Médico dependem , e são ativadas por uma única Força, de
fato, que todas as operações, embora diferentes na aparência, podem de fato ser conhecidas e

8
rastreadas e, em qualquer caso, eles devem ser atribuídos a uma única fonte. Este é o único
aspecto da parada que pode ser considerado digno do nome de ve ve medicine. Esse paradoxo
já foi trazido à sua atenção em outro lugar, mas, devido à extensão do discurso e à pressa da
minha resposta, a explicação não era óbvia.

Em sua carta, pergunte o que você escreveu sobre a verdadeira base do diastólico de Médici ,
porque você não encontrou satisfação em nenhum autor. Talvez você saiba que permaneci
calado sobre esse assunto por muitas razões importantes, mas para que você perceba agora
meus sentimentos de benevolência em relação a você, pelo bem de nossa longa amizade , da
melhor maneira possível, informarei da seguinte maneira que espero , você não estimará pouco,
pois pode seguir algo útil, que pode ser demonstrado. Embora exista muito o que dizer , não
apenas para satisfazer uma curiosidade, mas também de uma maneira útil, não poderei revelá-
la neste Tratado ou nas cartas que escrevo para você , porque não considero apropriado
mencionar isso.

Meus amigos dignos! Em todas as coisas e em toda parte na natureza, Deus distribuiu uma força
que atrai e se rejeita , como um ímã por suas características; como inspirar ; que pode de fato
ser chamado de Pólo Ártico e Pólo Antártico. A inspiração é a sua verdadeira vida, que é do
espírito e do fogo, e é a Luz transformada em água , na forma de ar - assim como o homem,
quando respira, retira o ar exterior e retorna a expiração. É certo que, junto com o que é
renderizado durante a inalação, há algo mais (além do ar) que é atraído. Muitas dessas coisas
maravilhosas são realizadas não apenas na medicina, mas também em outras artes, através
dessa inalação magnética que eu revelarei a você, embora com certa cautela, mas claramente
para aqueles que têm inteligência e, na verdade , uma vez expliquei a você em tudo o suficiente
em uma carta . Mostrarei o que é atraído em todas as coisas criativas e inalatórias e retornado
novamente com a expiração e também a dedução que pode ser extraída dessa função. Essa
respiração está na mumia (14) de todas as coisas. É um corpo espiritual e um espírito corporal.
(14) Com o termo múmias, Paracelso indicou o tetrasoma ou os primeiros quatro metais (cobre, chumbo, zinco e ferro),
encontrados mortos no túmulo de Osíris, ou seja, o vaso em que estão contidos e onde, quando acordam sob a
respiração divino que os fixa operando o Grande Mistério, eles geram todos os outros metais, sempre entendidos no
sentido de Paracelso. Com esses quatro metais simbólicos, Paracelso e seus discípulos criaram um medicamento ao
qual atribuíram grandes poderes de cura. O termo mumia também tem um significado mais secundário na alquimia,
assim como é usado aqui pelo autor e também existem vários tipos de mumia, falso, primário, secundário, etc. (ver
Diz, pp. 124 e 187) .

É da natureza de um ímã que tende para sua raiz e local de origem e, se uma parte se separa
dela, a raiz mantém em si a verdadeira força da vida, juntamente com a untuosidade do espírito,
isto é, o espírito que nasce e se origina. da raiz; e enquanto essa raiz tem vida, tem em si a sede
e a origem do espírito: é o principal da própria vida e a mãe do espírito; atrai para si qual é o seu
princípio, através de uma inspiração do que é separado dele. Faça referência aqui, que esta é a
Mãe de todos os princípios, todo princípio gera seu próprio espírito, ou seja, o temporal gera o
temporal e o eterno gera o eterno somente e, embora aqui nos preocupemos com o temporal,
o mplicmente podemos indicar uma correspondência desde o tempo até a eternidade.

Agora é certo que no corpo pesado e pesado e não há princípio de vida, mas apenas no corpo
espiritual, que é uma força invisível que permeia todas as coisas: assim, o princípio vital sempre
atrai para si o que é. similar e igualmente certamente emite de si mesmo seus próprios raios,
exatamente como o Sol. Dessa forma, estabelecemos o primeiro princípio do movimento
constante.

9
Agora considere o ímã e. Descobrimos que, quando o ferro é devidamente friccionado, uma
força magnética é comunicada ao ferro , que quando é removido do ímã indica o pólo norte.
Através desta demonstração , podemos ver facilmente onde uma cura magnética pode se
originar , que pode ser ativada à distância (15 ) e pode ser demonstrado que essa influência ativa
é inerente não apenas ao homem, mas em todas as coisas: A existência dessa força inalante do
norte explica, através de experimentos, como a influência funciona.

Na natureza, não há nada e está em harmonia e desarmonia com todas as forças superiores e
inferiores, de maneira tão poderosa e violenta, até com o próprio homem, porque ele é o
microcosmo. Enquanto o ser humano estiver vivo, ele possui dentro de si o mais poderoso triplo
Mumiam Magneticam Vivam, que inspira e exala constantemente dentro de si e se algo se
separa da raiz desse Mumia, seja pela arte ou pela violência, então essa raiz atrai novamente a
parte perdida, potencialmente simulada, o que não poderia acontecer, exceto se ela exercesse
uma força atraente que vinha de si mesma: a parte separada possui em si exatamente
exatamente o mesmo volume de atração que possui. o toco ou raiz e por sua vez Exibição
Exercício em uma força atrativa semelhante sobre a mãe de raiz e desde que o rei espiro ou a
influência que vem da raiz está cheio de uma vida de espírito ígneo, sendo um Spiritus Mumiae
Vivae, Ignis Centralis Dupl ied, ele provoca, através desse alento vivo, uma fermentação ou
envenenamento na parte morta separada de si mesma e, em seguida, a Mumia separada fica
livre das amarras do invólucro mortal inútil e da mudança espiritual pregados e semelhante a
uma respiração vivo e assim att rae em si a b uon b alsamo de Mumia usando o d respiração el
estirpe e a raiz de estar a qual exerce uma maior tracção.
(15) A teurgia é baseada neste princípio (ver Tel, pp. 98-116) .

Da mesma forma, a expiração do sangue no Homem, sendo uma liberação do Ar, faz com que o
sangue expelido das veias fermente e, com isso, o bálsamo de sangue destacado é liberado. Uma
vez que isso se torna móvel, novamente atrai o fôlego da vida para o tronco e cura e cura a parte
doente.

Ao misturar um aroma ou um tempero com Mosto ou cerveja, isso é feito por fermentação . O
espírito fermentador não cessa de funcionar depois que o processo fermentativo termina , da
mesma forma, quando no processo o Mosto é libertado , juntamente com as outras misturas, a
Mumia da B irra ou do vinho é impregnada com força. estrangeiro e imediatamente tem "corpo",
que é perceptível através do aroma e sabor após a destilação.

Essa experiência simples , que é bem conhecida por você, serve como exemplo para mostrar
que conheço algumas experiências muito mais prodigiosas e complexas , a saber: sangue e
vitríolo e outras misturas (o adjunctorum mumiam), ingredientes do material corporal e , nos
levam ao local de sua origem ou fonte e são de rápida fermentação e realizam uma rápida cura
simpática devido à sua identidade com a origem, sendo uma força magnética enraizada na
natureza, mas não inerente ao próprio homem. Isso ocorre porque a mumia viva convida
novamente a parte separada em si mesma de todos os corpos materiais. A cura é assim
realizada.

O espírito mumial vital e o sangue são derramados nas veias e atraídos pelas artérias, o resíduo
restante está contido nos vasos do coração, de modo que, dessa maneira, a respiração da cepa
pode atraí-la lentamente para si mesma: essa fermentação preenche o vitríolo e impregna-o
com raios solares juntamente com a mistura, tornando-o fértil através do sol. I Vetriolo tem uma
dupla natureza sulfurosa: uma, uma inflamabilidade metálica e outra, uma inflamabilidade
vegetal, equipada com bálsamos de sal , cada um dos quais tem seu próprio bálsamo peculiar,

10
homogêneo à Mumia do corpo humano: é criado pelo Sol, através de seus raios, sendo
introduzido nele por uma característica particular desses raios que o vivificam, com os quais o
Sol e , que é o instrumento do Fogo Universal da Natureza, traz movimento e desenvolvimento
para tudo e é o agente desse movimento rápido (embora ele próprio esteja distante), que atrai
a respiração para si e dá todas as forças a todas as coisas , jogando fora essas forças impregnadas
e dando a cada uma delas sua porção.

O Ar, que é o fogo central frio e rarefeito, e a Umidade Radical, é tornado fértil pelos quentes
raios benevolentes do Sol e sua doce balsamica Luz. Assim como o Sol é o instrumento universal
da umidade radical, que juntos, em sua união, são a única causa da verdadeira fermentação em
todas as coisas. O Sol sempre permanece o primeiro e principal Motor, mas todo o motivo é
influenciado por esses dois, tanto em seus efeitos quanto em suas propriedades magnéticas, em
todo o mundo, tão diversos quanto os raios de fogo do O sol no ar absorve a umidade radical
como força viva.

Acho que demonstrei suficientemente que no único Mumia reside a antipatia simpática e
magnética de todas as coisas. O que quer que seja despertado nesses dois, produzirá resultados
correspondentes. Quem se libertou dos grilhões da escuridão pode ser uma das maiores
maravilhas, pois sabe agir com mais habilidade e como usar e aplicar o instrumento universal de
calor e frio, podendo assim operar grandes milagres, que não são desconhecidos para você -
você não apenas pode curar, mas também pode fazer outras coisas maravilhosas, das quais não
mencionarei, mas todas as mutações se baseiam nesse fato.

Embora o Sol seja a principal causa de todo movimento oculto, coisas estranhas também são
realizadas pela Lua, que é um fogo frio e, portanto, pode ser das Estrelas. É evidente que muitas
coisas na Natureza são governadas pela Lua, sendo decompostas por seu rei brilhante , algumas
coisas são renovadas, enquanto outras são totalmente perdidas. As múmias dos doentes e dos
mortos são fortemente influenciadas pela Lua e isso se refere de maneira notável aos bons e
aos maus.

Devo ficar calado, no entanto , sobre as causas reais, pois esse conhecimento pode ser mal
utilizado.

O ímã universal está presente em todos os órgãos, não apenas no próprio homem , mas em
todas as partes de todos os seres criados: da mesma forma, é encontrado em todos os seres
criados um corpo peculiar e vital (semelhante a uma abertura ou buraco) . 'ar) intimamente
ligado ao poder imaginativo do homem, que pode funcionar remotamente operando através do
meio universal (16), que está próximo de todas as coisas e sem o qual nada pode existir. Q T seu
poder de imaginação pode jogar fora em muitos milhares de milhas de distância. Que tal
respiração mútua e magnética exista e é acionada pelo calor é claramente demonstrado pelas
plantas, especialmente pelas árvores frutíferas e especialmente pela vinha. O Sol exerce essa
força magnética através de seus raios, emitindo respiração e reenergizando-a novamente ,
colocando a força em ação, de modo que seus pólos árticos e formiga ártica começam a
funcionar.
(16) O médium universal, do qual o autor fala aqui, faz um relato dos fenômenos da telepatia, da teleurgia , etc. (dr.
Tel, pp. 98-116).

A influência da respiração proveniente do Sol produz um efeito sobre o vinho, pois observamos
que o vinho se fechava nas adegas e nos barris a vários quilômetros de distância de qualquer
vinhedo e começa a fermentar sem assistência artificial. A mumia é libertada do vinho e torna-

11
se um elemento antigo que é reativado ao seu estoque vivo na vinha pela influência solar e
depois retornado ao vinho no barril. Você pode ver que isso acontece com todas as pessoas ,
como maçãs, peras etc. e com isso você pode entender que muitos vegetais não ficam verdes
no verão ou no inverno, mas na primavera e, embora possuam propriedades aromáticas no final
da estação, perdem toda a força, a menos que sejam colhidos quando estão frescos e verde
todos os anos. Quando a força do Sol - o instrumento do bálsamo Universal e do Fogo Mumial -
de modo que as raízes das árvores liberem seus sais e as árvores comecem a emitir um sopro na
umidade radical da terra e do ar, você observará claramente ch e as frutas começam a perder o
melhor de seu cheiro, cor e aroma.

Considere se há qu auks grande mistério e maravilha escondida em tudo e se não houver qu


auks tentação de penetrar este argomen para. Deixo para você ser um juiz disso e entender
esses assuntos.

Vemos que tudo o que é atraído por si mesmo e reemitido deve ser de natureza espiritual, e o
que absorve a natureza espiritual deve ser fixo; portanto, esses dois, o fixo e o volátil, o espiritual
e o corporal, são duas naturezas contrárias . , que no entanto têm uma afinidade um pelo outro.

Aqui mencionamos brevemente Hipócrates (17), que colocou o dedo na boca até alguns anos
atrás. Tudo o que é atraído por si mesmo e libertado por si mesmo deve ser de natureza
espiritual, enquanto o que absorve e retém a natureza espiritual deve ser corrigido.
(17) Hipócrates (c. 460 aC • c. 377 aC) foi chamado de "pai da medicina" principalmente por causa do grande tributo
que ele trouxe, com sua escola e seus discípulos, ao progresso da separação médica. da medicina sacerdotal e
baseando-a na observação e no raciocínio. A ele devemos a chamada "doutrina umor ale", à qual o autor se refere
nesta obra, segundo a qual o corpo humano possui quatro humores fundamentais, que são sangue, fleuma, bile
amarela e bile preta ou atrativa, da cuja mistura dependeria do temperamento individual, categorizado em sanguíneo,
fleumático, bilioso e atrabiliar . Essa teoria estabeleceu que o estado de saúde ou doença de um homem dependia do
equilíbrio ou desequilíbrio desses quatro humores no corpo humano. A "doutrina humoral " influenciou as concepções
da patologia .

Agora, nas substâncias medicinais comestíveis e revigorantes, tanto as espirituais quanto as fixas
são boas em suas respectivas naturezas, mas nos medicamentos venenosos não se sabe, porque
nelas a ave deve ser amadurecida ou por meios artificiais: os preparados pela Natureza são
ativos . Apenas o fixo é bom e o conjunto é o método atração e landmar e, porque atrai o seu
próprio veneno e torna-se um meio de conjuntos de porcelana que precisa de um método de
tratamento especial e quanto mais violenta quanto mais ele é poderoso veneno, porque O
veneno é o pássaro que desaparece ou endurece no frio ou no calor, corroendo tudo. A mumia
fissa, uma vez que o veneno sai dela, torna-se um calor vivo e vivificante que, introduzido em
seu direito e lisir, pode fazer com que seu próprio veneno voe , imaturo, amadurece , podendo,
portanto, ser alterado com método e arte apropriado em um medicamento prodigioso.

Antes que tudo isso possa ser feito com perfeição, é necessário muito tempo e deve permanecer
trancado no estojo seguro da minha caneta.

Agora vou lhe mostrar que você pode fazer um remédio a partir da mumia fixa citando dois
exemplos ou experimentos, o que faço em prol de nossa linha de amizade e benevolência mútua
, e aqui eu lhe dou provas.

Qualquer um que tenha absorvido arsênico ou algum outro veneno metal deve ser mantida
pequena ou pela administração de um antídoto feito de arsênico névoa ou em um nitro fixa: a
pessoa deve ser mantido quente, e pela graça de Deus Tara novamente bem depois das doses
cune. Este tratamento também é bom para a Peste que se origina de uma substância e tem sido

12
amplamente utilizada por escritores ingleses do século XVIII, incluindo George Chapman (1559-
1634) em Comedy Humours e Ben Jonson (1572-16 37). em todo homem em seu humor.

minério e para o bem da nost velha amizade ra e mútua consideração, essen não queridos
amigos e colegas de tal uma renomada Academia , posso introduzir uma nota da m conteúdo I
armário de remédios de antipirético e medicamentos arsenicais I preparado Ge rmany e na Itália
e Argel. No que diz respeito à preparação, é o seguinte: Sp, - Arsênico branco 1 3. Remova e
misture com uma terceira parte de Acet. Vinhos. Deixar evaporar até que esteja completamente
seco e adicionar SaI Prunell. Tartar Ana 1 3. Pulverize e misture com o arsênico acima
mencionado. Reduza o combustível: esmague e misture em um cadinho. Ele deve ser
novamente reduzido a cinzas e será obtida uma massa amarela esbranquiçada: esmague-a e
ponha-a com Cinab. Nativ. 1 3. Ser preservado para nós ou em vidro bem fechado, para que a
umidade do ar não o atinja.

Você deve saber que, em casos comuns, você pode tomar uma colher desses medicamentos
sem nenhum resultado ruim ou até indisposição. O dos e para as crianças é o mesmo, dado em
um meio adequado. Você também pode dar duas ou três colheres de sopa e é uma receita
comum no uso do conteúdo do armário de remédios para um tratamento de três ou quatro dias.
Eu poderia lhe mostrar muitos exemplos de outros tratamentos e os acadêmicos pagãos
(mìscredenti) podem me chamar pelo nome que desejam.

Você sabia que existe uma mumia nas partes e pernas fixas dos animais peçonhentos, que
contém uma certa propriedade curativa e um antídoto ao seu veleno? Este antídoto é eficaz
também no caso de uma mordida de um cão hidrófobo: a cinza do corpo calcinado do cão
irritado, aplicado internam corpo e externamente, faz com que uma certa dose de cuidado. Este
veneno (hidrofobia) é muito perigosa e rapidamente acima de todos os outros, como emanando
Dalio espírito criador de imagens no corpo vivo do cão e infectados com a sua velocidade eno
nada. A mumia fissa atrai rapidamente seu elemento volátil em si, que o preenche. Disso pode-
se dar prova suficiente de afeto ou do superior no inferior, acompanhado pela influência remota.

Assim, cada criatura tem seu próprio vórtice, inspirando e expirando o fôlego. É uma ótima arte
aprender como se pode, à sua maneira, abrir o vórtice em cada coisa e atraí-lo um ao outro com
ganância e bons resultados intencionais. O vórtice da constelação da mente está sempre aberto:
exala uma respiração particularmente forte e volta a entrar nela novamente a partir do mundo
inferior. O vórtice de criaturas no mundo inferior se fecha repetidamente, em sua maior parte,
depois de atrair para si o hálito bom e puro do estado mental. Você deve ter apenas um
propósito; isto é, encontrando a chave para abrir e fechar, então você terá a verdadeira arte de
unir o inferior ao superior e torná-los férteis. Então você terá realizado um milagre.

A influência ativa remota pode melhor do que qualquer outra coisa ser comparada ao poder
humano da imaginação. A constelação do mentor e emite um espírito masculino. O mundo
inferior emite uma névoa ou vapor para cima por si só . Estes dois se encontram e se a conjunção
fazer vesse ocorrer no Lun para, em seguida, o mais Basso eo mais Alto tornar-se unido e
espiritual i ea Constellation Homens te atrai-los em si mesmo; mas se, pelo contrário, a
conjunção ocorre na Terra, o Superior se torna corporal e cai, como vemos quando a chuva cai
e quando as nuvens estão próximas da Terra . Assim, o poder da estrela se torna um elemento
visível na Terra. Quando os vapores inferiores são puros, essa conjunção produz Gêmeos (18) e
esi puros (ou elemento gêmeo). E agora meu Nosce Tei psum está no fim. Pense neste pequeno
tratado. Meus amigos dignos, passarei para minha entrada na verdade - o remédio ainda
desconhecido - cuja verdade ainda não foi revelada na academia.

13
(18) No texto em inglês Gêmeos , a constelação de Gêmeos. NOTA · O livro «Amor Pr oximi» referido neste tratado Eu
escrito em alemão e publicado anonimamente em Haia em 1678. Outra edição foi impressa em 1686. O livro foi
reimpresso em Frankfurt e Leipzig em 1746 e por novo em 1782. Não consegui encontrar nenhuma edição em inglês.
Uma tradução recente, que eu vi, confirma, acredito, sem sombra de dúvida, que o autor de "Amor Proximi" e dessas
epístolas é uma e a mesma pessoa.

14
O FARMACO DESCONHECIDO

Nada é mais seguro, Nob ili Gentiluomini e Leali Amici, do fato de que, com o ouro, buscam o
conhecimento da Natureza, são desviados da Via Regia por uma multiplicidade de vozes e
opiniões: isso da mesma maneira é um obstáculo para quem já o segue. , mas no final eles
percebem a armadilha. Constatamos que, entre muitos homens ilustres, cada um deles tenta,
de maneira mais enérgica, defender sua própria opinião preconcebida.

Não há homem que, tendo apresentado algo ao mundo, não tenha sido, portanto, rejeitado e
desprezado por alguns e, neste momento, elogiado e apoiado por outros. Possi amo perdoar
algumas pessoas para a ignorância demonstrando possuir e podemos scusame outros por sua
intensa desi derio para aprender algo novo. No entanto, é dessa condição que surge uma grande
diversidade de médicos (19), que muitas seitas são formadas e que existem muitos princípios
incertos nas Ciências Naturais . Uma escola reconhece cinco elementos , a saber, as regiões
celestes, o fogo, o ar, a água e a terra; outro grupo rejeita o primeiro elemento e aprova os
outros quatro. Um terceiro grupo jura por ar, água e terra; e aqueles que argumentam que
atualmente os elementos estão limitados à água e ao fogo não são os menores . Algumas
audiências são propensas à teoria dos mais fracos que rendem aos mais fortes da natureza,
como agente e paciente, e um exemplo imediato é encontrado no homem e em seu consorte,
um exemplo que é claro em si mesmo e ao qual se leva ele pode agarrar com as duas mãos ou,
como tem sido proposto para expressá-lo, o calor e o calor inatos, juntamente com a umidade,
estão na raiz de todas as coisas. Existe uma certa esperança em Mercúrio e Enxofre de que
aqueles que baseiam seus argumentos em Venda realmente tornem a Trindade perfeita (2 0).
Os ácidos e os alcalis, que são os princípios mais novos inventados entre as teorias mais recentes,
têm seus pesquisadores e os cérebros dessas pessoas foram desviados a tal ponto que são quase
mudos e cegos: esse é o efeito de violentos em seus olhos e ouvidos que suas mãos não
encontraram nada além de seus cabelos emaranhados. O resultado é representado por
inúmeros livros, todos tocando a lira em uníssono e as exceções são as obras de Paracelso,
Helmont el), Verulanus (22) e algumas outras.
(19) Levando em conta essa grande diversidade de doutrinas, em 1614, a Rosa Croce publicou a Reforma Geral, na
qual desejavam uma reunião de todos os homens da cultura para criar uma síntese científica que acabasse com as
controvérsias e divisões existentes. Alguns autores discordam da autenticidade do Riform para General (veja Rit., Pag.
16).

(20) O autor ainda se refere à teoria da constituição de metais com sal, mercúrio e enxofre, discutida na Introdução,
divulgada na Europa principalmente por Paracelsus (ver nota 48 da Introdução).

(21)] um Baptiste van Helmont (15 77 · 1644) era médico e químico de grande fama. Como químico, ele identificou
dióxido de carbono e realizou estudos muito importantes sobre fluidos aeriformes, que primeiro chamou de gás. Como
médico, ele foi grandemente influenciado pela alquimia e naturalismo de Paracelso, dos quais desenvolveu
principalmente a teoria arcaica (ver nota 13). Suas obras foram coletadas em 1648 sob o título de Ortus medicinae,
uel opera e opuscula omnia de seu filho Franz Mercurius (1618 · 1699) que, com seus escritos Apborismes Chymiques
(1 692) e Alphabeti oerè Naturalis Hebraici brevissima Delineatio, ocupa bastante da literatura oculta. (Consulte Enl.,
Página 273).

(22) O autor faz alusão aqui a Francis Bônon, barão de Verulam, cuja participação na tradição hermética hoje não era
apenas uma hipótese, mas amplamente demonstrada (ver Introdução a este trabalho).

A certeza de que toda a multiplicidade de livros, que exaltam essas noções de ciências naturais
que já foram minuciosamente investigadas, produz apenas uma repetição sem fim de uma ica e
a mesma coisa: elas diferem apenas no estilo de exposição e no grau de preconceito.

15
À primeira vista , parece haver uma sabedoria abundante, que em uma inspeção mais minuciosa
equivale a muito pouco. Eles adicionar a estes livros innumer Evoli comentários: publicá-los na
forma sucinta em que cada escritor, proporcionando um esplicativ conhecido para, faz questão
de introduzir um elogio à sua própria opinião. A seguir, estão traduzidas para línguas
estrangeiras: são impressas declarações citadas de professores e certas passagens e tópicos.
Milhares de pessoas abrem livrarias e ganham dinheiro com a publicação desses livros:
promovendo assim a área de controvérsia e causando nada menos que uma escuridão nas idéias
químicas e uma filosofia extravagante .

Essa repetição constante em que fui capturada pela rede de Ciências Naturais me levou a um
caminho que me apressei a aproveitar, já que desejava ardentemente que eu recebesse as jóias
escondidas no ventre da Natureza, com maior velocidade e velocidade. certeza do que parecia
provável que acontecesse com os outros.

Comecei com Chimi ca, firmemente convencido em meu coração de que essa ciência teria sido
de grande ajuda para mim na prática de Medicin e tinha certeza de que andaria na Via
Benedetta, mas Oh! Vaidade das vaidades!

Procurei a LUZ na escuridão: a SABEDORIA do mundo. Imagine minha maravilha quando,


pensando em levar uma vida emancipada de qualquer dúvida, de repente me vi sem esperança.

Enquanto eu enchia os ouvidos dos meus ouvintes com meu agente e paciente, com meu fogo
e minha água, o enxofre e o mercúrio, e com seu mediador, o ar e o sal, tudo isso de repente se
tornou para mim uma rede assustadora intrincadamente. Achei inútil , por meio da retórica,
extrair abstrações da natureza , que não eram sustentadas pela verdade na lógica. Os elementos,
mais fortes que meus princípios, escaparam do conjunto de regras sobre o caráter secreto que
eu havia formado; contradiz as inferências derivadas dos meus pensamentos; eles a
conquistaram, enfraqueceram minha teoria e a desafiaram. Minha arte estava lá , por mais
espúria que fosse. A lógica e o retorius ca, ambos assustados, fugiram de minha casa sem
barulho. Aqui estava eu , sozinho, como outro IRO , roubado do que eu possuía e desprezando
os outros pelo que eles tinham, mesmo que tivesse sido mal adquirido. Não vi possibilidade de
ajuda em nenhuma parte do mundo , angustiada e com dúvidas sobre onde procurar conselhos,
invoquei o Céu com toda humildade.

Mas as meditações de todos os dias e todas as noites nada fizeram além de encher meu coração
com ainda mais ansiedade. Comecei a desprezar as coisas do mundo: purifiquei meu coração e
purgei-o de orgulho, e ansiava por qualquer outra coisa com desejo ardente de amar a Deus
acima de tudo e amar meu próximo como a mim mesmo. Então eu tive certeza de que o Todo-
Poderoso Espírito de Deus infunde o Agente Eterno e Universal no Coração daqueles em quem
Ele reside e então o Coração se liberta da Escuridão e irradia a Luz Eterna da Verdade, e assim
eu me prostro diante de Deus e com lágrimas confessei minha fraqueza e minha ignorância,
orando fervorosamente com o coração que me ouviria em sua misericórdia e que ele me
iluminaria com a luz eterna da verdade. Enquanto estava deitado , soluçava diante de Deus, fui
iluminado pela Luz Eterna e vi, como num espelho claro, a base da Verdade que me foi revelada
pela Força Divina do Espírito Eterno, que abraça tudo.

Vi a primeira matéria de todas as coisas criadas - água viscosa, de forma oval, ligada ao seu ponto
de origem e cercada pelo Espírito de Deus.Essa substância, por maior que fosse, permaneceu
imóvel , escura, fria e vazio: mas o Verbo Divino FIAT o infundiu com o agente não criado e, a
partir disso, ele recebeu LIFE e ficou animado com esse Espírito Bento de Sávez. Primeiro, um
Espírito da mais alta pureza se rompeu, que podemos realmente chamar de Alma Eterna. A parte

16
mais densa, o Bem Supremo, tinha a forma de uma esfera, como um feto cercado por um caos
da matéria restante. Eles não servem no lugar da Luz no processo do Nascimento , pois, embora
o firmamento tenha sido, ele ainda não foi criado. Percebi que havia um Esplendor Divino que
nasceu através da perfeição da Luz Sublime, da qual fui induzido a contemplar a inexprimível
Majestade dos Abençoados com um coração alegre.

A parte mais baixa, as fezes da salvação , era tão terrível, sombria e terrível, que os olhos não
podiam contemplar suas funções sem apreensão. Assim, os três foram divididos e separados um
do outro, nomeadamente H límpido, o orbide e a mediana. A clareira foi a mais alta, o turvo
precipitou-se para baixo e a mediana permaneceu mais ou menos imóvel. A água clara e mais
alta permaneceu acima do Cofre Celestial - o mais alto grau de prededica. O peso denso pesado
por um meio aquoso permaneceu firmemente abaixo. O movimento veio e causou uma
separação das águas e a parte densa tornou - se visível e permaneceu firme no meio das águas.
O que tinha acontecido que incontáveis terra você gramíneas, arbustos e árvores começaram a
se formar e flutuar, e assumiu gradualmente suas formas adequadas. Assim, as flores, frutos e
sementes das águas mais puras da Esfera Superior se originaram . Le Du e Luci, os grandes e os
pequenos, lançam seus raios no meio aquoso inferior e no touro bido e o secam
maravilhosamente . A mediana de Jil deu origem a muitas espécies de animais que se
espalharam no claro cofre do firmamento, nos lugares verdes. Os quadrúpedes começaram
imediatamente a aumentar, a se multiplicar e a se espalhar pelo mundo. Da Trindade das Águas,
finalmente, um animal de um tipo extremamente incomum foi formado, e o HOMEM, nosso
primeiro Ser criado, saiu da energia do excelente das três águas, mas sem a capacidade de
Movimento; em cuja cabeça o Criador e, o Altíssimo, sopraram algo da Luz que estava acima e
depois, através do nariz, o Fluido Eterno, que eu chamei de Alma das Águas. Assim, o homem é
a mais nobre das criaturas, formada pela mais excelente pomada do Mais Alto e do Mais Baixo;
assim, ele recebeu vida cheia de sublimidade e poder, extraída do Piii mais alto e mais baixo,
para ser fortalecida e ajudada por ambos.

O último ato foi confinar a força atrativa - o Íman Universal - a uma cavidade escura e úmida.
Através deste Ímã Universal, eles são atraídos pelos corpos Superior e Inferior e corpos
semelhantes, que são as primeiras substâncias distintas a emergir do m - aquele é a glória mais
elevada e é de grande utilidade para o homem ; o outro é um testemunho perene da criação
perfeita.

Observando isso, eu me aventurei nisso. Peguei uma parte e, com muito zelo, saí com ela. As
mesmas funções foram manifestadas . As partes se separaram em um movimento urgente.

Mais uma vez, a metade aquosa que continha a Luz e a Escuridão se separou nas águas Mais
Alta, Mais Baixa e Mais Baixa, nas quais vi com meus próprios olhos o renascimento de um
mundo radiante, depois de limpá-lo. Escuridão e eu permitimos que a Luz emergisse . Mas era
perverso e eu simplesmente não conseguia reuni-lo novamente - as três partes separadas
permaneceram caladas por conta própria. Agora, eu tinha certeza de que o grande presente do
céu concedido por Deus ao homem poderia ser produzido por essa cavidade na natureza, para
que os olhos pudessem vê-lo; fiquei surpreso com a singularidade do local e me perguntei quais
seriam suas propriedades. Lembrei - me de que aqui, diante dos meus olhos, havia o que os
sábios buscam e lembrei-me daquele silêncio intimado pelo próprio Hipocrae , porque eu
desejava fortemente não ser chamado por Deus para explicar a revelação desse Segredo ao
mundo. . Eu sei que existem muitas pessoas piedosas e fiéis a quem você comunicaria um pouco
do conhecimento que eu alcancei , mas isso depende inteiramente da vontade de Deus.

17
Acontece, minhas dignas irmãs, que decidi mostrar mais uma vez, com meus escritos, aqueles
que rezam com tanta sinceridade e trabalham tão incessantemente, o verdadeiro, único e
inquestionável Princípio da Natureza e mostram que os Elementos , os Princípios e os casos em
que até agora é acreditado, não pode fazer nada - e eu não tenho dúvida de que este novo
Notícias e Verdade irá atender a sua pesquisa Excelências Academy.

Existem espíritos hostis que são ouvidos com uma ameaça severa. Não me preocupo com eles,
porque permanecerei firme nessa nova verdade professada através da Graça de Deus e contra
todo o mundo dos doutores em medicina; enquanto estiver vivo, não desanimo, mas defenderei
vigorosamente essa verdade. Vocês devem ter sido capazes, meus valiosos amigos, de que não
sou atacado apenas com palavras e através de citações de autores obscuros cujas obras são tão
odiadas, mas também com relação a outras questões que a gravidade do assunto exige que seja
tomada. ! em consideração. Aproveitarei e utilizarei bem essas acusações, pois, com grande
diligência, farei a essas pessoas um relatório duradouro sobre a Verdade apresentada por mim,
tanto na Teoria quanto na Prática.

Digo, portanto, que, para a Grã Bretanha, tudo provém de um elemento simples e criado, o
Acqua Viscosa que, através do meio aquoso divino e de um processo de separação, produz
milhões de formas, nas quais todas as coisas têm seu começo e a partir do qual todas as coisas
subseqüentes são produzidas . Escreverei sobre a Luz e as Trevas mais sutil e mais densa em um
tratado futuro, como é o seu desejo, de mostrar que o sutil, o intermediário e o denso se
originam em Luz, Água e Terra , como são. às vezes chamada, mas estas não são as primeiras a
importar, o que algumas pessoas ignorantes dizem ser apenas confusão e caos: é a água viscosa
que é a origem, formada especialmente em um ambiente que é ao mesmo tempo sutil e denso,
através do movimento Divino .

A maior parte é a água mediana, que é liberada como um líquido; a parte restante não é mais
viscosa; no entanto, todas as três são criadas de tal maneira que toda vez que a mediana se une
novamente ao penetrante de uma movimento regular , eles sempre determinam uma geração
de formas.

O primeiro e único elemento (a viscose da água) e a água seca são atraídos por um ímã universal,
que continua a extrair não apenas a água fluida, mas também o ar volátil e a retém: então,
através de um movimento gradual e um processo ativo, eles são novamente transformados em
água.

A Terra é produzida pela natureza penetrante do Ar, que a libera na forma de uma seiva densa
e pegajosa, suficiente para o processo de geração. Assim, no processo de geração, a Terra é o
orpo, o ar é a alma, a água é o espírito, que sucessivamente traz alimento para o crescimento.
Assim, todo o Cos surge das Três Águas que, quando unidas, dão a primeira água radical e
frutífera. Nesse movimento e geração , é expelida a porção da matéria das três águas que a
Natureza considera supérflua às suas necessidades para a produção de suas formas.

A parte mais penetrante e supérflua retorna à atmosfera a água mediana e as partes densas e
retorna a uma Terra ainda mais densa, sem acreditar em nada da atmosfera; a água e a terra
são decompostas e recompostas - a terra retorna à água através de um processo natural; a água
retorna ao ar; então, novamente, através da atração, o ar retorna à água; Água para a Terra. É
sabido pelo verdadeiro médico que todos os corpos gerados acabam retornando à Terra, ao Ar
e, finalmente, à Água; no entanto, nem a menor parte perece completamente ou se dispersa
completamente.

18
A Majestade no topo usa o círculo da Natureza para a preservação de todas as coisas que
começam desde o começo, onde nili termiles - o denso é tornado tênue e o denso tênue. A
natureza não precisa desse movimento da chama do Fogo, nem precisa (como alguns sonham )
da assistência das Hostes Angélicas. O Agente Universal , o Espírito Eterno Não Criado , que pode
instilar tudo ao calor, Fogo, Luz, Energia e Água e tudo isso não pode deixar de ser sujeito a ser
levado para onde é levado .

O ar e a terra se afastam da água límpida, assim como os galhos se projetam de uma árvore e se
tornam membros separados do mesmo elemento, mas não são o próprio elemento. A água
original, tornando-se um Elemento, não mantém mais a forma da Água elementar viscosa,
tornando-se mais sutil e mais fluida e, portanto, merece o nome de Elemento mais a Luz ou a
Terra. A Terra e o Ar podem ficar sozinhos em águas fluidas e isso pode ser causado pela
ingenuidade do operador. Muitos têm a Fi errado losofia de Fogo, considerando a instabilidade
do nosso ímã: A água é a base em que o éter é reduzida, mas isso não acontece através de uma
condensação ou com violenta pressão de ar, mas através do ' energia do nosso ímã universal, a
Terra, que abraça firmemente, e da nossa Tessa.

A teoria que propõe que o ar e a terra, que por natureza são completamente distintos um do
outro, se opõem um ao outro, é totalmente falsa.

Quem presume que os elementos estão em conflito acredita em um conto de fadas. Aqueles
que acreditam que o Agente Natural é um calor inato e outros sonhos estão errados . Quem
afirma que o Fogo comum é um elemento, é cego, considerando que ele destrói, desintegra e
mata.

Os elementos naturais são usados para desenvolver uma substância apropriada e adequada que
não seja chocante, nem cruel, nem letal. Alguns professores de química dizem que não
queremos dizer fogo ardente e destrutivo, mas confesso que não sei o que esse bálsamo
imaginado pode ser , que é um fogo inato , um enxofre, um meio central, um ácido que
normalmente funciona, aquece , nutre, sustenta e penetra nas coisas mais íntimas. Que fogo é
esse? E se se destina? Eu absolutamente não sei!

O outro Fogo, que é chamado por esse nome e que leva o nome de Elemento por sua excelência,
é uma substância originária da primeira origem, ou fogo que não é fogo, mas o Sal da Natureza
que Água criada primeiro. É, portanto, o segundo assunto. Assim, o primeiro fogo perde o nome
de elemento e, em vez disso, tornou- se uma acidez corrosiva e destrutiva, e não da natureza de
um elemento cuja ação é doce, paciente e adequada ao trabalho da criação. Vou primeiro a
natureza dessa substância no spiegazi uma dei Principi, com e são chamados, e depois o outro.

Descrevemos o Fogo como dizendo que é um movimento sobrenatural do Sal da Natureza, que
é estimulado por um movimento externo violento ou por um movimento interno de
fermentação, pelo qual ele se aquece. A parte mais nobre e madura da água (s al naturae) é feita
de espuma e, uma vez que não suporta o movimento incomum e a elevação sempre intensa de
sua natureza, é extinta violentamente como um flash. Eu já disse que o fogo pode vir dos corpos
de duas maneiras , isto é, através de movimentos violentos internos ou externos. Do caminho e
do esterno, você tem vários casos, por exemplo, quando está enfeitiçando a isca e o lincha ou
uma pedra juntos em outra. Nas Índias Orientais, quando as latas duras e grossas são esfregadas
entre si, chamadas bambu, elas emitem faíscas. A quantidade utilizada é sal, em grandes
quantidades. As calçadas têm uma importância : queimam a madeira de carvalho dura e viscosa,
fixando -a em um rebolo e sujeitando- a a uma rotação rápida e rápida, que depois é reduzida a
carvão .

19
Quando eu estava estudando lá em um famoso ginásio, vi um jovem de cabelos escuros e
oleosos e brilhantes, que dava um tom escarlate quando os esfregava vigorosamente , o que
surpreendeu tantos professores que não haviam estudado muita física que o consideravam um
prodígio. Como exemplo de movimento sobrenatural, existe o fenômeno conhecido que ocorre
no feno, raízes, plantas e sim ili, através da fermentação.

É o sal da natureza que anima o fogo que, ficando muito inchado, se deteriora, se torna ácido e
corrosivo, o que sempre é mostrado pelo solo quando o processo natural da natureza é
perturbado . Que esta é uma venda é claramente demonstrada tanto por sua natureza quanto
por seu sustento, uma vez que na dissolução é alimentada por gorduras e substâncias oleosas e
são substâncias de sais . Você pode facilmente preparar um sal a partir de qualquer ol destilado.
Nas chamas, é produzido um resíduo que é um sal e uma terra. Essa acidez comum é bastante
conhecida pelos professores. Quando essa força salina central é posta em contato próximo com
o corpo, ela o ataca e age como veneno ou leva à autodestruição. Mas quem o usa com cuidado
e o aplica adequadamente, pode trazer grandes benefícios aos homens.

Deus, eu tenho grandes artes Janus, deu a este mundo menor para os homens e fez deles seus
superintendentes de obras neste reino inferior, dando-lhes o presente do fogo, movimento
sobrenatural, como sua ajuda nas artes e nas obras humanas , já que o Homem não é capaz de
comandar e usar o Agen Divino e Sobrenatural que você. Despertamos, estimulamos e levamos
a água a um feitiço de condensação, pelo fogo, mas não temos o poder de realizar uma
dissolução natural e homogênea. Você pode fazer os experimentos, mas há apenas uma , até
agora, que é cheio de escuro confusão e é interpretado tato incorretamente. A menos que o
Espírito de Deus nos encha, não conhecemos nem o começo nem o fim da natureza. Acima de
tudo, nada sabemos sobre o ímã; da atmosfera do mundo terrestre; nem, o mais importante de
tudo, de nossa morada cavernosa. Quando tomamos posse desse conhecimento , a teoria do
fogo em nossa arte nos dá muita ajuda e força em nossa feliz tarefa.

Portanto, é tão surpreendente que os professores de química se afastem tão longe da estrada
real quando procuram a origem das coisas no fogo - esse elemento flamejante? Os primeiros
elementos, quando estão sob uma chama poderosa e várias outras operações , adquirem uma
forma abortiva que é muito diferente de sua forma original.

Em reinos animal e Veg elementos fetais adquirir uma substância oleosa e inflamável, o qual é
enxofre: um sos tanza espírito e aquosa, que é mer cúrio; e o resto, as fezes, o c aput mortuum,
é o sal. No Reino Mineral, existe um mercúrio atual e um enxofre em chamas. Sob esses nomes,
devemos entender Fogo, Água, Ar e Terra. Mostraremos, no entanto, com uma investigação
mais precisa, que esses destiladores pobres (os Profs. Essori di Chimica. - HJ) não têm idéia
correta de nada; O enxofre e o mercúrio são, desde o início , apenas uma invenção e nada mais
são que sal e água. Trala scerò seus reinos animal, vegetal e mineral, porque, por um lado, o
espírito oleosa e aquosa, em gether à terra e cinza, combinada com o sal, pode ser transformado
em água, como ocorre em metais e minerais, mudando completam corpo sua substância, effet
vamente se tornar, através da nossa arte, de volta quartos e wate no. Isso acontece em uma
dissolução universal , por meio da ação do ar, e nessa dissolução não existe Mercercio nem
Enxofre, que seria necessariamente descoberto se eles fossem inerentes aos primórdios ; em
qualquer caso, eu produzi Merc urio a partir do Animal, do Mineral e do Metallic, e eu descobri,
além disso, que esses Mercurii produziram um aumento de metais através de outras adições do
Reino Animal, mas esse aumento foi estranho, coexistente e aderente ao corpo. O primeiro
efeito é produzido por putrefação, como mostra o ácido tartárico que pode ser encontrado nas
vinhas: o segundo efeito é produzido pela violência do elemento ardente. Dal Tartaro (simples)

20
e outros sais produzem um mercúrio atual, como minha pesquisa me ensinou . No que diz
respeito aos corpos minerais, por serem impuros devido às substâncias estranhas que aderem
a eles, eles geralmente podem ser cortados em pedaços e refinados no fogo.

Sei também como produzir Minerais e Metais da terra a partir de barro e outras terras
gordurosas , de diferentes maneiras: isso não é desconhecido, e o método consiste em usar a
força inerente e não a violência do fogo . Também consegui uma união dessa terra gorda com
outra mistura, como demonstrei na presença de seus predecessores em Berlim.

Que foi erroneamente chamado de electum Immaturum Paracelso, na época, do seu Hermes
Balduinus (23) l no a mistura foi colocada em um incêndio de calcinação; depois de algumas
horas, foi calcinada e coloquei a poeira em um recipiente de vidro. Então eu o fiz infiltrar a partir
de gotas cert e destiladas, dando tempo para o processo de assimilação . Depois de alguns dias,
apareceram numerosas bolhas de Mercuri ou corrente que até o recipiente estar quente
erodem no dissolvedor e também no mineral, mas quando o recipiente foi resfriado essas gotas
foram para o fundo e desapareceram de vista. A partir disso, parece que Mercúrio é o primeiro
princípio no elemento Mineral, porque essas gotas desapareceram tão rapidamente. Desde que
o corpo foi queimado pelo poder das chamas, o Mercúrio teve que ter se originado do mineral.
Assim, a menos que tenha sido gerado pelo mineral ou por uma regeneração ou pela união do
sal com as gotas filtrantes destiladas (não explicarei aqui a causa ou a origem de ambos), pode-
se dizer que foi criado por uma regeneração do metal ou uma mistura, o que mostra que o
primeiro começo do Mercurial foi feito do nada. Considerarei um milagreiro um químico capaz
de extrair um mercúrio atual por meio de putrefação, calcinação, reverberação e axioma de
qualquer substância animal, metálica ou não da natureza ou do mineral próprio do próprio
mercúrio. Isso, no entanto, é completamente impossível simplesmente seguindo os processos
conhecidos, ou a arte adotada, pelo Artista. Para mim, muitas vezes dissolvi ouro e prata pela
influência de nosso ímã, sem fogo ou qualquer agente corrosivo , e afirmo que nenhum artista
poderia fazê-lo, a menos que ele se familiarizasse com a ciência metafísica, através do trabalho
constante e tendo convertido para métodos novos e diferentes.

(23) Christianus Adolphus Balduinus nasceu em Doebeln, perto de Meissen (Saxônia), em 1632.
Ele estudou direito, foi para Regensburg, onde viveu por algum tempo e retornou à Saxônia em
1654. Dedicado ao estudo da alquimia, descubra a substância fluorescente , nitrato de cálcio,
ainda conhecido como fósforo de Balduino. Ele era membro da Academia Naturae Curiosorum
em 1673, sob o nome de Hermes, em cujos atos seus escritos aparecem. Ele também foi membro
da Royal Society em 1676. Ele morreu em 31 de dezembro de 1682. Seus trabalhos são: Aurum
Aurae, Vi Magnetismi universalis atraum, para Inuentorum anagrammatizomenum (Colônia,
1674), Aurum Superius e Inferius Aurae Superioris e Inhereris Hermeticum Christiani Adolphi
Balduini ( Frankfurt e Leipzig, 1675), Hermes Curiosus, sede Inventa et Experimenta Físico-
Quimica Nova Christiani Adolphi Balduini (Leipzig, 1680).

O corpo dissolvido e composto não produz nada além de sal e água e, é claro, nada que eu possa
descrever com o nome de enxofre ou qualquer outra coisa que venha à luz .

De outros metais e minerais, extraí um corante incombustível, uma substância colorida e oleosa
e, até certo ponto, que queima e com outras operações, essa substância adquire um
maravilhoso e brilhante revestimento de sal.

Assim, aqueles que argumentam que Mercúrio e enxofre são os princípios fundamentais de
todos os organismos existentes, afastam-se do caminho certo e levam seus erros à Iuz do dia;
pois é na Alma e no Espírito que, na realidade, os primeiros princípios pertencem radicalmente

21
. Minhas descobertas experimentais mostram que o óleo e o espírito dos corpos metálicos, que
outros afirmam ser mercúrio e enxofre, são na verdade apenas um sal. E assim a teoria cáustica
que os químicos, nos últimos doze anos, tão estimaram e elogiaram, cai no chão. Ele
desapareceu, você, e sofreu um terrível nau Fragio porque, tendo enganado inúmeras pessoas
com suas disputas, eles não têm conseguido produzir uma verdadeira luz com suas pesquisas na
Natureza.

O enxofre consumiu as propriedades de muitos, o atual Mercúrio arruinou e fez com que outros
fugissem de suas casas e de sua terra natal para outra nação. Agora, cabe a nós fazer outra
investigação sobre uma terceira coisa: sal, sua fama, força e virtude, não tentarei avaliar
minimamente esse sal, para dizer a verdade até que eu o respire como o mais precioso do
Primeiro Princípios que, juntamente com a Luz, a Água e a Terra, para os quais é como um centro
no meio de uma circunferência, é o que as Eras buscam. É, como diz o professor Basílio (24 ), um
Todo no Todo, é o melhor guia para o conhecimento da Natureza e nos adverte ainda mais: se
você não conseguir encontrar o Tudo no Todo, procure -o na meditação dentro de você, uma
vez que, como ele fecha a porta, c atreve também abre-lo.

Observe as luzes do norte espalhadas pelo céu - elas iluminam a Terra e as águas com o supremo
esplendor de seus raios. Este é o primeiro, e também o último, entre os fenômenos de todas as
coisas na natureza.

Oh, Espírito Abençoado! Oh, Salvação Temporal dos Homens - apenas elogios dos Sábios.
(24) Basilio Valentino, um alquimista de quem pouco ou nada se sabe, exceto que ele provavelmente viveu no século
XV. Segundo a tradição, ele nasceu em Erfurt e era um monge beneditino. A coleção dos trabalhos que lhe foram
atribuídos foi publicada no século XVII e contém observações excepcionais para o seu século. Entre as obras que se diz
terem sido escritas por Basilio Valentino, mencionamos Azoth (1613), Apocalypsis chimica ( 1624), Manifestatio
artificiorum (1624), Les Douze CIefs de Pbilosopbie (1659), Tractatus Chymico-Pbilosopbicus de Rebus Naturalibus e
Supern aturalibus (1676). ), De Occulta Pbilosopbia (1611), Via Veritatis (1718), Líbano de Magno Lapide Antiquorum
Sapientum (1702), De Prima Materia Lapidis Philosophici (1702), Testamentum Chymicum e Carro Triunfal de
Antimônio . teve muitas edições. Das obras alquímicas de Basílio Valentino , deduzimos sua firme crença na existência
da Pedra Filosofal. Ele é creditado com, entre outras coisas, a descoberta do antimônio (Dr. Al., Pp. 28-29).

Este é o mercúrio e o enxofre procurado pelo químico. Uma substância muito pura, penetrante
, iluminadora, fixadora. E agora você deve saber que eu quero dizer, ou o sal comum sobe
evaporado e criado pela ação do Fogo. Com ele, preparei um grão da substância mais nobre,
perfeitamente madura e aceitável, que é filtrada até a mais humilde das substâncias pelo mais
excelente dos primeiros princípios, derivado da alma de todas as coisas. É o chamado Sal da
Natureza, o primeiro criado, não corrosivo , não ácido, que não fere, muito penetrante
adstringente, reconfortante, laxante, solvente; e quando seguimos o caminho e o movimento
naturais, ele é digestivo, coagulando e amadurecendo. É o meio eterno e universalmente eficaz,
que amei a Vontade Sobrenatural de Deus: é uma substância no alto, retirada do ponto central
de uma Água Tripla e através do movimento contínuo tornado nobre e maduro: merece ser
chamada de Alma de todas as coisas existentes, o Sal da Natureza. Pode ser encontrada em toda
parte.

Adam trouxe-o do Paradi assim: no entanto, possui uma qualidade peculiar, pois é mais
adequada em alguns lugares do que em outros e está menos presente em um lugar do que em
outro.

Assim, entre os eruditos do Ac acadêmico, rejeitamos teorias e preconceitos antigos e


consumados. Existem três reinos: o mais baixo está sob os pés dos homens; a mediana está em
animais e vegetais; o mais alto, como expliquei, está acima e nisso temos o nosso Ser. Existe

22
impregnado de elementos imaturos , condensados e impuros: é tão remoto que, sendo
impedido por sua própria futilidade, não consegue atrair em si a emanação da esfera superior,
mesmo em cem anos, e, portanto, não pode extrair ou criar nada.

Os reinos superiores são compostos dos elementos mais puros e nobres dos quais são dotados
pelo Altíssimo. Esses reinos são remotos e inacessíveis; contudo , em virtude de um ímã, os
adeptos que buscam nas obras divinas podem extrair e usar algo das constelações e das regiões
supernais, ou seja, uma substância: o Sa le. A região mediana possui o sal da natureza que atrai
pela regi oni superior e em feriore e emite por si só.

Eu poderia revelar esses segredos da natureza, mas, devido à falta de tempo e espaço ,
colocando o dedo na boca, demonstrarei o pouco que posso e a parte mais essencial, com minha
caneta, sobre a localização aproximada do sal da natureza. , pois é isso que eu tenho permissão.

Na região do meio há uma cavidade (se é que posso chamar assim ) que é o lar da Dor e da
Alegria. Seu habitante é o ímã e o caos da salvação. Contém tanta venda frutífera da natureza
que pode ser encontrada em todo o mundo. É visível em uma túnica viscosa de cor clara e é
reconhecida pelo fedor. Quando extraído, não é apreciado e é jogado fora com nojo. Pode ser
produzido pelo trabalho, mas não por dinheiro. Uma vez adquirido, há o suficiente para durar
para sempre. Quando esse sal, o elemento primordial da natureza, é afastado da atração do ímã,
limpo, purificado e colocado em contato com outra substância, desperta calor no movimento e
se torna um agente novamente.

Abre, penetra e auxilia as substâncias densas e cruas a serem transformadas em água: dissolve
metais e minerais, que são apenas produtos do movimento, e os transforma em água,
produzindo um fluido salino semelhante a si mesmo mesmo, através do qual o metal original
recebe perfeição e é de caráter superior. Por exemplo, quando o ouro é dissolvido pela aplicação
deste sal, como um dissolvedor radical pela força de sua própria natureza e seu próprio
movimento, a cor externa vivifica, torna nobre e exalta o ouro em tal grau que se torna muito
superior a toda a matéria-prima encontrada na terra. Quando esse sal elaborado é aplicado aos
metais básicos , exalta esses metais , com sua influência, e transmuta- os até atingir a excelência
do ouro comum.

Desse sal deriva o solvente universal, a coa gulata da natureza, o vitríolo do microcosmo, o
mercúrio dos filósofos que, devido à sua utilidade, tem sido ansiosamente procurado por muitos
homens do mundo, mas que é tão pouco conhecido. .

Este sal é conhecido por mim e declaro que em um campo de dois acres vi o simples sal da
natureza, sem sua propagação impura, e nesse campo também havia frutos vigorosos. Na
preparação da substância, primeiro o útil é separado do inútil; o lucro é então purificado e
dividido em três . A matéria-prima é evaporada e absorve a parte superior, o fluido do meio,
com a parte menos importante, permanece tão moderno . Então, quando a impureza que
permanece em excesso é extraída , a parte superior aprimora o interior através da mediana e as
três partes produzem ouro. Isso traz uma fertilidade incessante, Homenageados, que é o mesmo
sal que mencionei anteriormente.

Agora expresso brevemente se ò próximo princípio, que têm demonstrado através de


experimentos queixo, para que você possa melhor e compreender com mais precisão quais são
os ácido i e álcalis que são consideradas irá, pelo aprendi em todas as partes do mundo, de
caráter e feroz e acre. Tendo por graça de Deus entendido o sal natural e adquirido, começarei
com o seguinte experimento. Minha prática revelou muitas maravilhas, já que não apenas obtive

23
o que os antigos afirmavam Filoso fi, mas também conheci novas substâncias, até agora
amplamente reconhecidas por indiferença e desprezo. Inverta a ordem normal da Natureza em
sua multiplicidade e extraia de uma única substância, devidamente composta e adulterada, em
uma única operação obtive de Ácido e substância ardente do Sal da Natureza , um material
corrosivo que, com grande espanto. , Eu investiguei mais e, como resultado disso, uma massa
para a calina oculta apareceu para mim e quando eu as havia separado uma da outra e purificado
cada uma de uma maneira especial, já que nas fezes ainda havia um pouco de sal natural. , pela
decomposição mencionada , purifiquei os dois novamente e descobri que havia perdido parte
do peso anterior, mas depois obtive um sal melhor que o anterior, do qual experimentos e
outros semelhantes descobriram que ácidos e álcalis não eles são os primeiros elementos, mas
são substâncias degeneradas na natureza, que em sua densidade são dificultadas por um
movimento muito rápido e, impulsionadas por esse movimento, degeneram e são divididas em
duas substâncias preternatu rali que, certamente, através de nossa capacidade, são reunidos e
um único corpo regenerado é produzido.

Esse processo, no entanto, é desconhecido do nosso chanceler Tachenius (25), porque ele não
sabe que o resultado é produzido pelo nosso ímã invisível, que atua no sal da natureza.
(25) Otto Tachenius, nascido em Herford, na Vestfália (data desconhecida) e morreu por volta de 1670, era químico e
médico. Seja o primeiro a afirmar que os sais são compostos de uma parte ácida e uma parte alcalina. Ele escreveu
Hipócrates chemicus e Epistola do famoso licor Alchaest.

Em todo o mundo, não existe outro elemento simples, exceto o ímã de nossa caverna terrestre,
através do qual, sem nenhuma divisão antinatural em álcalis e ácidos e sem fogo, o homem pode
obter o verdadeiro, simples e imutável Sal da Terra. Nature.

Não podemos considerar os outros elementos, porque não somos capazes de extrair, com a
violência do fogo, o que está oculto ali, nomeadamente ácido e alcalino. O sal pode ser
transformado em grosso ou fino ; o segundo se torna um ácido, o primeiro um alcalino; ambos
são fracos e perecíveis e não podem ser restabelecidos por outro método que não seja a
conjunção radical. Nesse processo, existe uma voracidade no sal para se unir a outras misturas,
que parecem gananciosas em seu forte desejo de sair da casca e se unir em um abraço. Às vezes
, nesse processo, a umidade aquosa e áspera, devido a um movimento e compressão muito
fortes, ferve e atrai outra forma e, portanto, o ácido e o alcalino são apresentados como
substâncias de geração e depois de se afastarem do caminho da natureza, eles retornarão a um
caminho verdadeiro e a um composto melhor. O caráter sobrenatural do ácido foi demonstrado
com este experimento .

Dissolvi a prata com o sal da natureza e coloquei-a em um copo bem fechado, em declínio ,
esperando que dele derivasse um metal muito mais perfeito, nobre e regenerado; mas o
experimento não tinha sido bem concebido e o Sal da Natureza degenerou junto com o Argen,
tornando-se um mineral ácido e sulfuroso, e eu não o percebia mais.

Eu produzi do pio mbo, com Iron e a Magnet, um mineral semelhante ao Antimony ; e de outros
minerais, recebi um mercúrio atual e também um vitríolo comum.

Descobri que todos os minerais, todos os metais inferiores, bem como minerais de chumbo e
fluidos , bem como muitos ácidos e álcalis vegetais, são todos imaturos e degenerados. Portanto,
em todos os casos de doenças e feridas ácidas, recomendo os medicamentos que lhes são
peculiares, ou seja, o álcali volátil e coagulado, que é a única panacéia verdadeira para o seu
tratamento.

24
Entre os cirurgiões, são poucos os que contemplaram a porta da Natureza, apenas para
desprezá-la em favor do que sabem, por vaga sensação, intuição e habilidade , de que podem
curar tais ácidos e feridas ou substâncias gordurosas e oleosas, mas também isso eles sabem
apenas na medida em que lhes permite encher seus bolsos com ouro. Sou compelido aqui a
inculcar quão irresponsáveis e errôneas são aquelas teorias que consideram curar com scir oppi,
ervas secas preservadas por um longo tempo, concozioni, pós e inúmeras infusões, preparadas
com métodos altamente suspeitos, aos quais os doentes se apegam, mesmo que com
adversidade e, na esperança de recuperar a saúde.

Quanto um quilo de ervas pode perder em força? O que um suco pode absorver? Co sabe pode
dar uma infusão? Com a melhor arte da química e com um método confiável para dissolver as
substâncias do corpo e da substância , podemos garantir que apenas uma pequena porção do
sal radical da natureza é a força real das coisas. Não venda escumalha por vinho! O shell por
kernel, o vício por virtude! Não engane uma multidão de doentes pedindo ajuda, dando-lhes
esses medicamentos inúteis.

O que você joga fora como lixo é muito mais útil do que o que você espera. Por que não preparar
sal, óleo, aguardente, em vez de tantos cataplasmas, substâncias cáusticas, mostarda,
decocções, infusões e xaropes? Por que não preparar um único composto com os ingredientes
? Um medicamento concentrado em Ta seria um remédio três vezes mais poderoso que uma
libra inteira de pó de ervas. O paciente logo estaria correndo. Desta forma , não seria necessário
para você farmácias ou essa quantidade de medicamentos. A nobre arte da China consiste na
aplicação de apenas algumas regras. Muitos homens justos condenaram os caprichos e as idéias
fanáticas estimadas hoje, uma vez que existe apenas uma doença e apenas um medicamento -
eu disse o suficiente!

Vou tentar aqui agora provar e que, em ácidos e álcalis, não existem alguns primos , mas apenas
o sal da natureza degenerou, pré- natal e separou, e disso você ficará absolutamente convencido
por meio de uma pesquisa e investigação sobre a natureza da minha "droga". ainda
desconhecido », tanto na teoria como na prática . Aqui eu quero revelar a você um segredo
desconhecido sobre o sal. É uma liquefação verdadeira e útil de sais pretos e calcinados , tão
desejada por químicos e médicos; e aqui você pode notar brevemente que não há sal em Natu
que é um sal naturalmente fixo, porque é sempre fluido até um certo ponto. O que
consideramos consertar é muito seco, queimado e enfraquecido pelo efeito ardente do Fogo.
Para garantir que a peça perdida possa ser devolvida e devolvida pelo ar, é utilizado o seguinte
método universal: pegue o calcinado sa, que por natureza é pesado, derreta-o na água e
coloque-o em um vaso novo e opaco, não envernizado ; quando estiver suficientemente fraco,
separe o sal da água salgada por evaporação em fogo para que o sal suba no colo do vaso e
quando o vaso for exposto ao ar, o sal é retificado para tal ponto que ele se torne fluido
novamente e permaneça ligado à superfície do vaso, com aparência semelhante à lã. O que você
pode coletar em pequenos punhados e você pode sublimar com o método peculi seguinte são:
Tome sal calcinado de força Tartar necessário, despeje sobre o vinagre de vinho destilado e
colocá-lo em um stor ta a uma fervura delicada: o vinagre permanece para molhar a sal
dissolvido por um mês filosófico: quarenta dias. Após o processo de embebição, remova o
vinagre e um sal de cristal permanece no fundo, transparente aqui . Retire-o do fundo e despeje
sobre a água da chuva destilada e limpe-a com suas próprias fezes : filtre-o várias vezes e você
obterá um sal branco claro do destilador, após imersão repetida no banho marinho de vinhos
espíritos não inflamáveis. Deixe de molho novamente por um mês nos vinhos spiritus e,
finalmente, quando os vinhos spiritus tiverem evaporado em um fogão portátil, o sal é

25
sublimado e com um sorriso nos lábios, você verá o volátil sal tártaro que permanece preso nas
laterais do seu recipiente vidro.

Existe um método mais fácil : tome meio quilo de enxofre comum e meio quilo de sal tártaro ou
outro sal calcinado. O enxofre pode ser dissolvido no fogo em um cadinho e o sal tártaro,
finamente triturado , deve ser adicionado ao enxofre. Com um pouco de madeira, bata o sal no
enxofre liquefeito e despeje em brasas quando a massa adquire a consistência do tom. Vers
comeram esta massa em uma placa de madeira perna germente humedecido e, mantendo-o
quente, derramar agitação em um almofariz quente, (amassado), em seguida, verter sobre uma
q uantità spiritus suficientes vinhos, dois dedos para SOP ra do nível de massa . Isso remove
imediatamente a tintura de enxofre, que se separa do resíduo. A partir dessas fezes e do
corante, por meio de um fogo forte, você vai entrar em algumas horas o sal volátil de tártaro
vertical alterada pela sal de ácido de enxofre.

Por falta de tempo, devo deixar de falar sobre outros métodos. Enquanto isso , faça bom uso do
segredo que revelei e peço a você e a seus colegas que aceitem esta introdução aos segredos da
natureza, pois, em sua mente, isso será estimulado por novas idéias, você mudará de opinião e
fundirá novas escolas. . Dessa maneira, tenho certeza de que você alcançará os segredos da
natureza com mais facilidade e rapidez . Devo, no entanto, repetir para que haja orientação de
que os viscos da água a são o único elemento de todas as coisas: que os primeiros Princípios são
realmente e sem dúvida Ar, Aquático e Terra : que a Trindade desses Princípios não cria nada se
não da Unidade; que a primeira origem dos elementos, ou o segundo , é o sal; que a qualidade
de vida é melhor na Terra; que seu espírito está mais na água; que sua alma está mais no ar; e
que o sal pode ser transformado em mil formas em harmonia com o movimento da natureza.

Procure, portanto, o sal da Alma , do Vegetal e do Mineral em nada além do Ar, que paira à
nossa volta, no Ar , eu digo. O Ímã e, do qual é facilmente atraído, Deus o deu a nós no estado
bruto e garante que somente aqueles que o conhecem são movidos a buscá-lo, primeiro são
movidos pela Sabedoria : e no amor e no medo da Majestade de Deus. Trinity. Este ímã é, por
natureza , animal, vegetal e M inerente e não é terra, orvalho, neblina, chuva, pedra, salitre,
mercúrio, sal, mineral , metal ou excremento de animais , embora a habilidade e a arte do mais
especialistas trabalham nessas substâncias. Eu digo a vocês, meus dignos amigos e colegas, que
as diferentes opiniões que vocês emitiram sobre Sp iritus Mundi são apenas mera infantilidade,
acreditando como eu acredito na Emanação do Deus Verdadeiro , que é nossa Tessa. Dizer que
o ímã é espúrio é mera presunção e é absurdo. Nisto você é como Hermes (26), que certamente
não está no vidiare. Em seu tratado sobre o ouro gerado pelo ar, ele se orgulha de ter
reconstituído o túmulo de Semiramis. Eu, em um momento de tolice, abri a porta selada, não
como outro Ciro curioso e ambicioso , mas como filósofo, e a achei, na minha opinião , cheia não
de um tesouro inimaginável, mesmo em um sonho, mas de nada além do engano: e isso um
filósofo não deveria ter feito por qualquer motivo. Fico envergonhado ao pensar que, em uma
conferência de tanta fama e autoridade, alguns de nossos membros escreveram afirmações
misturadas com coisas indignas e falsas e que essas pessoas são surpreendidas por um ato tão
deplorável.
(26) O autor ainda se refere a Balduinus e suas obras (ver nota 23).

Por favor, entenda que as palavras que uso nos meus escritos subseqüentes não são alegóricas
nem pretendem ser enigmáticos, porque, na minha opinião, não são obscuros nem herméticos.
Chamo as coisas pelo nome e o que quero dizer digo claramente. Sobre esse assunto, no
entanto, eu preferiria ficar calado.

26
Meus escritos, que agora coloco diante de você, contêm várias palavras que não concordam
perfeitamente com o discurso comum, embora eu tivesse mantido os termos antigos e
tradicionais, porque então eles poderiam ter sido usados de acordo com o argumento de que
agora é considerado.

Não busco fama nas novas: vocês que me conhecem, sabem muito bem que meus pais se
movem mais do que coisas temporais e teorias nutritivas e que eu tendem a ser o que é chamado
de bom naturalista. Ao mudar as palavras, não tenho outra descoberta ou razão além da busca
pela Verdade.

Por natureza, quero dizer movimento; Sal da natureza, o movimento autônomo inato; a teoria
da natureza, a ciência da criação; o muito des iderato Spiritus Mundi, sal de espírito, às vezes sal
etéreo (não como no "Centro da natureza concentrada", no qual, devido a um erro de
impressão, lemos "Espírito de sal") Sal Terra Central ou Vetriolo, Sale-Vivo, mercúrio, metal ou
metal fluido; e delas derivam : ouro brilhante , mercúrio, cobre vivo e chumbo vivo , o corante
comum de metal ou a Pedra Filosofal, essa é a obra-prima de ouro dos metais. A lagoa e o ferro
são maravilhosos: o ferro no mesmo nível do ouro e a lata ao da prata. Até agora, não era
possível produzir nenhum dos metais acima mencionados a partir do lodo do mundo , sem a
necessidade de mistura, da mesma maneira que outras substâncias, mas em ambos os casos a
preparação é uma obra-prima dos metais . O que tenho a dizer difere dos escritos de outros
filósofos. Rejeito completamente a fábula da cabeça negra do pescoço . Nesta questão, as
mentiras que são muito difundidas em tantas centenas de anos estão mudando e agora passam
a ser conhecidas como "preto muito brilhante"; na solução, "preto cinza" e "verde preto" estão
presentes nos escritos de pessoas que seguem o negócio de outra pessoa com outras mentiras
próprias.

Além disso, por escrito, eu uso um estilo simples e fácil, sei que minhas opiniões são confiadas
ao papel com palavras claras, porque você usa os discos sem nenhuma expressão floral. Se você
encontrar algo escrito aqui e exposto repetidamente, peço que veja que o fiz por uma questão
de maior clareza e não a atribuo à leveza de minha parte . É-nos pedido um raciocínio tão grande
para entender essa arte, que para alcançar esse conhecimento, a Graça de Deus e uma
inteligência particularmente bem ordenada são indispensáveis . A teoria da luz, do espírito e do
sal não deve ser exposta de maneira tão clara e breve quanto qualquer homem mau desejaria .
Para os homens, a Luz é indivisível, porque seu brilho só pode ser entendido através da Medida;
o Espírito pode ser mudado , mas não pode ser restaurado ao seu estado anterior nem através
da Medida, nem através do Peso: sua parte deve ser entendida pelo Número; o sal, a morada
do ar e do s pirito, deve ser considerado através do peso; o Sa se presta a ser dividido e reunido
por nós, desde que o Artista faça seu trabalho com as ferramentas apropriadas e no útero de
geração apropriado .

Deus reside na Luz: o espírito está no Espírito: o Espírito está no Sal: o Sal está no Ar: o Ar está
na Água, onde geralmente reside o vitríolo; o Ac aqui está na Terra: a Terra está no ventre de
todos os outros: mais ou menos como uma oficina, pela qual e na qual todos eles trabalham.

A Luz é o Senhor do Amor: o Espírito é a Luz do Sal: O Sal é o Espírito do Ar: O Ar é a Água. Le: A
Água, com seu vitríolo ou, domina na Terra. A Luz, o Espírito, o Espírito , o Ar e a Água são Um.
Deus reina sobre seus sentidos e não tornará meus escritos de conhecimento comum a nenhum
de vocês, nem o que está contido neles , nem o que deve ser entendido neles, pois o Julgamento
de Deus é Maravilhoso.

27
Pelo amor e pela amizade que tenho por você, declaro que revelei esse segredo a um rei e a dois
grandes príncipes quando eu estava em Berlim, como você sabe. Você também sabe que dois
desses homens estão mortos. Por esta razão, eu tenho um pouco de medo de que um qu pessoa
alsiasi, qualquer um pode ser, vir a conhecer -me mais do que eu colocar para baixo na minha
Tratado. Peço a Deus que não considere um pecado da minha parte o que fiz e o que revelei
nestes dias e que estou me perdendo. Sofri muito por tudo isso daqueles que me perseguiram.

Em conformidade com sua solicitação, agora continuarei a falar sobre os seguintes tópicos:

Primeiro: Da Tintura de Metais.

Segundo: da natureza e seus movimentos.

Terceiro: da luz.

Quarto: Dell ou Espírito Universal do Mundo.

Quinto: dos elementos.

Sexto: Dell'Aria.

Sétimo : Dell'Acqua.

Oitavo : Da Terra.

Nono : Do lodo do mundo (isto é, da substância que é realmente nossa).

Décimo : Del Magnet.

Décimo primeiro : Da minha Tessa.

Décimo segundo : Del Sale.

Décimo terceiro : Del Mercurio, Vetriolo ou Zolfo.

Décimo quarto : Dell'Oro.

Décimo Quinto : Das Cores

Décimo sexto : tempo e destinatário.

Décimo sétimo : Del Fuoco.

Décimo oitavo : Dos metais magistrais funcionam no corpo humano.

Décimo nono : Funções peculiares.

Vigésimo : Conclusão.

28
DE TINTURA DOS METAIS

Muito foi escrito e dito sobre a Tintura de Metais, comumente chamada de Pedra Filosofal, que
se torna difícil de entender e por que poucas pessoas a aceitam, a dor de realizar a tarefa e obter
posse dela.

Pouquíssimas pessoas sabem o que é essa substância que chamamos de Tintura de Metais ou
Pedra Filosofal ou, de fato, como é possível que uma pequena quantidade dela possa
transformar um grande pedaço de chumbo ou outros metais comuns em bom prata e ouro. Para
o bem daqueles que lutam nesta arte e para satisfazer seu pedido, direi que você tem a
satisfação de realmente conhecer e, sem a menor dúvida, entender que tipo de coisa é esse
corante, em que consiste e como ele pode ser usado para amadurecer metais, etc.

Muitos dos que o escreveram o fizeram de uma maneira tão bizarra e estúpida e inseriram tanta
coisa fabulosa que não posso tentar (e aqui louvo a Deus por minha experiência) definir
corretamente que existe o que eles estão tentando para descrever, nem sou capaz de
estabelecer quem escreve a verdade, nem quem está de posse da verdade, exceto quatro ou
cinco autores que, por muitas circulares , acreditam que possuem um mistério sagrado. Além
desses poucos, os demais autores escrevem de maneira tão genérica e fazem uso de tantos
leões, cobras, águias, dragões, raposas, peixes, pássaros, lobos cinzentos, velhos, jovens, Dian,
garotas bonitas, deuses e deusas, planetas , cabeças de dragão, rabos de dragão , metais,
sangue, suor, urina da Lua e excrementos do Sol que eu, não entendendo essa maneira de falar
sobre tantas coisas, não consigo, com a consciência limpa, explicar o significado de tudo.

Então, eu darei a você as substâncias, chamando-as pelo seu nome próprio, para que você , que
entende a indústria de mineração, possa apreender os principais segredos da Natureza, não de
livros ou escritos, mas como eles são manifestados por Deus e como são conhecidos por certos
pessoa e. Não sou obrigado a seguir os termos que outros escritores de livros usam para
expressar suas filosofias, o que ocorre quando a origem do Mercúrio Universal não é conhecida
e como acontece que a Prata Viva é produzida a partir dele . Este, no entanto, é o ponto mais
importante. Eu não conhecia mais de duas pessoas que eram mestres nesta arte, em todo o
mundo ( tanto quanto eu sei) que escreveram de maneira honesta e franca sobre a verdadeira
natureza desse Mercúrio Universal e como ele pode ser transformado em uma água metálica. O
que tri filósofos, se alguma vez tentar t rattare o tema, eles começam a explicar o metal Vivo e
sua Fonte Universal, que está a dizer quando ele já está preparado como uma substância natural
e II seu estado já está determinado e especifi ed e pertence a um mineral na terra, na forma de
um metal branco ou, como parece ser, um mineral atual (27), que a pessoa comum chama
Mercúrio . Com toda essa explicação, o discípulo não se torna mais sábio, nem pode encontrar
a verdadeira questão do Metal Dye; ele trabalhou duro sem recompensa, trabalhando com
mercúrio comum ou outras substâncias minerais que contêm um metal vivo. A partir dos termos
gerais usados por esses autores, muitas pessoas chegaram à conclusão de que, como é
Universal, o Mercúrio dos filósofos não pode ser o mercúrio comum, mas deve vir do sal da
terra, ou do barro, ou terra dos cocos, que a terra, agindo como um ímã, atrai em si o sal geral
do ar e se junta a ele. A partir disso, resultou na substância de um metal vivo, ou talvez tenha se
tornado um metal vivo , que necessariamente teria dissolvido e decomposto ouro e, loquor cum
vulgo, o teria fixado em ouro.

29
Outros procuraram Mercúrio e os Filósofos em Animais e Vegetais, mas como não podiam
preparar uma terra mineral, ela não permeava completamente o ouro e o deixava inalterado
em sua natureza mais íntima.

Alguns, os mais inteligentes, pensavam que, uma vez que todas as criaturas sublunares tiram
sua vida, desenvolvimento e sustento do ar, e que até os metais se originam dele, e todas as
coisas têm suas raízes lá e continuam a existir através de mudanças no tempo (28), como se por
inalação, portanto, os Mercuri ou os Filósofos devem ser retirados do Ar, antes que possam se
tornar uma substância terrestre, por materialização específica. Essas pessoas boas usaram um
imã falso para capturar um mercúrio ou um espírito assim e, como resultado, seus trabalhos não
tiveram êxito e, a partir do imã, eles não receberam nada além de salitre.
(27) No texto em inglês running, de ver bo para run, run; portanto, um coro não no sentido do comum, indo , mas no
de fluir, fluir.

(28) No texto em inglês: traga- a, isto é, o clima.

Quem pensaria que o Ímã Verdadeiro e Vivo, que serve as necessidades de um Curio Universal,
poderia ter se originado no corpo humano? Os artesãos habilidosos do laboratório de química
ficaram irritados com esse fato e ficaram satisfeitos em transformar essas informações sábias
em coisas sem sentido, dizendo que certamente deve ser impossível que um metal seja
produzido a partir do corpo humano ; no entanto, é indubitavelmente verdade que não há nada
no mundo inteiro, exceto nosso ímã humano, capaz de iluminar nosso ar, produzindo assim uma
obra-prima na natureza. O ensino que eu darei a você deve ser recebido por você de maneira
correta e ordenada.

Eu tinha a intenção quando comecei qu esto discurso por escrito, de n na conversa muito da
substância Universal, mas de occuparm eno brevemente aleatoriamente, explicando simples
mente como mencionado acima, que é realmente a Tintura de Pedra chamada dos Sábios; mas
minha consciência me obriga, por um sentimento de benevolência e pelo amor que trago a você
e ao meu próximo, acrescido à ansiedade que tenho, como alguém que se comunica em Cristo
e como colega de seu colega de faculdade. , para não retornar ao Senhor, meu Deus, o talento
que recebi dele sem ter encontrado alguém digno de recebê-lo e, por assim dizer, como fiador
e não deixar em silêncio o que é necessário para permitir que você entenda a verdade que agora
Eu revelo a você, como me foi confiado, e para salvá-lo de sentimentos, eu era um erro. O
momento de Apocalipse (29) está próximo e o Senhor quer que nenhum tesouro esteja
escondido dos homens, escrevo-o de um instrumento indigno de Deus, para mostrar o início e
a origem da criação e, por sua causa, francamente e claramente, sem ou colocando qualquer
coisa e nada, você será negado pelo Céu se fizer sua parte e fizer bom uso do conhecimento.
(29) No texto em inglês Reuelation, que corresponde a Apocalipse, mas com o mesmo termo em inglês, indica o
pocalisse no Novo Testamento.

Quanto a mim, sigo o caminho de toda a carne e diariamente espero o momento ou a morte,
acreditando em Jesus Cristo e no conhecimento de Deus e de Suas Criaturas. A piedade para o
meu indegn dade é ilimitado e Ele não negar os Eternos Tesouros e, em seguida, struttibili, mas
vai libertar minha pobre alma dos grilhões do pecado para onde era diariamente acorrentado;
já que é somente através do solvente divino e não através de qualquer outra medida e através
do tingimento sagrado de seu sangue e da entrada do Espírito Santo que eu serei impregnado
com um corante perfeito.

30
DA NATUREZA E DO MOVIMENTO

Essas palavras são frequentemente usadas em livros e parece apropriado que eu conte um
pouco do significado delas quando a descobri no seio mais íntimo da natureza , pela graça que
me foi concedida. Explicarei esses termos para que você possa entender a maneira de falar
usada e não tenha mais motivos para reclamar sobre trevas e erros devido à inescrutabilidade
do assunto.

Geralmente é ensinado nas escolas que a natureza é a causa da existência; essa causa não deriva
de uma quantidade ou qualidade, mas é uma condição ou estado peculiar através do qual tudo
se manifesta gradualmente.

Assim, o que foi amargo ontem pode tornar-se doce hoje, processo que não pode ser
absolutamente demonstrado. Nessa concepção da causa da existência, pode-se observar, até
certo ponto, uma semelhança com o que ocorre em uma ação de transformação , apenas através
do movimento , de uma qualidade da natureza para outra. Entenda-me corretamente; Ao
afirmar minha opinião sobre o conhecimento da Natureza e suas qualidades, não desprezo e
considero inútil para um homem que deseja a Sabedoria lidar por um longo tempo pesquisando
as causas da existência na própria Natureza, mas afirmo que ele se encontre no heroísmo ao
pensar em uma coisa sem quantidade e permaneça confuso na mente e, de fato, nas óperas . A
quantidade não pode ser entendida corretamente, a menos que seja formada uma idéia correta
da qualidade , natureza e gênero.

Ninguém é capaz de adquirir esse conhecimento de qualidade sem a compreensão, no início, de


uma quantidade e isso de uma maneira que será realmente útil no mais alto grau na arte e na
solução do problema. Ele desperdiçará seu trabalho, será enganado e terá sucesso em seu
empreendimento, a menos que tenha um conhecimento verdadeiro da quantidade, porque
nada é qualificado.

Agora, para que as palavras Natureza e Movimento sejam claramente entendidas, descrevo
Natu como motus rerum internus, o movimento interno de todas as coisas. Por Moto, quero
dizer os verbos divinos conseruantes praesentia - a presença da Palavra Divina - que preserva.
Para e desta Palavra paira a Luz; ae da luz, o meio do espírito; de e para o Espírito, o Sal Geral.
Qualquer um, através da Divina Graça, conhece a Luz, o Espírito e a criação de Sal; também os
raios de luz, o número do Espírito e o peso do sal; ele será capaz de ver a natureza, isto é, seu
Mot, e terá profunda inteligência e se alegrará na presença maravilhosa da Palavra, para sua
real vantagem.

31
DA LUZ

Para que nada seja deixado de fora que possa lhe dar conhecimento suficiente e uma explicação
da verdade das informações que lhe comunico , é necessário escrever o que quero dizer com a
palavra Lce e o que é Luz. No que diz respeito a este tópico, muitas pessoas escreveram sobre o
telli de pessoas de interesse agudo , que podem ler a si mesmas, em quem discutimos se a Luz
é ou não uma substância e as diferentes conclusões sobre as quais refletir surgem , não vou
tomar emprestado por alguém, nem vou contradizer as opiniões expressas, mas vou revelá-lo
como é. A Luz foi criada pelo sopro do vinho e surgiu de Deus no momento em que havia apenas
o glorioso lodo terrestre (30).

Esta Luz deveria ser o veículo da Palavra Eterna, da qual a glória do lodo terrestre foi irradiada e
o trabalho da criação começou. A substância deste mundo havia perdido a luz com a queda de
seu rei anterior: o diabo.

Após a queda de Lúcifer, a glória de sua Luz foi irradiada em toda a matéria e também no glorioso
reinado de Lúcifer, preparando-o e sustentando-o, e o que era completa escuridão, nas
profundezas do isso, foi cercado pelo sopro divino que ela deu uma nova luz para a massa de
lodo terrestre, pela graça benevolente, que foi saudada como um veículo, corrigindo assim o
movimento sórdido de Lúcifer que corrompeu e obscureceu a matriz do lodo terrestre. Quando
o lodo terrestre recebeu em si a nova Luz, um processo de incubação começou e, aquecida pelo
movimento, a Luz tornou-se um Sal no lodo terrestre. Então um rei, ou Aria, levantou-se da água,
para formar uma atmosfera e a separação do . Na teoria do lodo terrestre, o limus te rrae bíblico
do qual o corpo de Adão foi formado , o Autor segue de perto Paracelso, para quem o lodo
terrestre era o extrato de todos os seres previamente criados e compostos principalmente de
sal , enxofre e mercúrio.
(30) A etimologia parece confirmar a fabulosa tradição de uma origem especificamente alquímica da alquimia: o
árabe el-kimya (alquimia) é derivado da palavra egípcia kéme, terra negra. É claro que esta terra negra não deve ser
considerada apenas sob as espécies de fertilizante de lodo das inundações do Nilo, mas, no pensamento dos
alquimistas alexandrinos, como a matéria original para a qual seria uma questão de trazer todos os metais de volta
antes de sua conversão em ouro (Al , Eu pago 116).

A separação desses elementos simbólicos no corpo do homem, devido ao mau funcionamento


do arco (ver nota 13), sempre e de acordo com Paracelso, causou a doença terra da água.
Portanto, não há outro movimento além daquele produzido pela Luz que se origina e brota da
Palavra do Senhor. Os princípios do Ar, da Água e da Terra, juntamente com todas as coisas que
pertencem a eles, não podem capturar e guardar o Espírito para si devido à natureza deste
último que permeia tudo e os pares; no entanto, através da Luz e sua força para se aproximar
do sal do lodo terrestre, uma certa parte da Luz se condensou e da Luz um corpo foi produzido
, que pode ser chamado de espírito, que é recebido ou recebido. atmosfera, a partir da qual é
comunicada à água; da água para a terra e destes três para todas as coisas criadas em
abundância . Esta Luz não pode ser recebida por uma substância que não seja o Espírito, de onde
passa para a matéria sob os passos do Sal. Quando chegarmos a falar do Espírito e do Fogo, com
a ajuda de Deus, falarei mais sobre esse tópico que servirá para uma maior compreensão da Luz.
A Luz, como é percebida agora, não pode ser explicada de uma maneira mais esclarecida e
completa, uma vez que para muitas pessoas eruditas surgiria uma suspeita se eu, nesse estágio,
expusesse ao mundo seu verdadeiro esplendor.

32
DO ESPÍRITO UNIVERSAL DO MUNDO

A palavra Espírito é interpretada de várias maneiras e existem centenas de explicações e


opiniões. Por espírito, quero dizer o espírito daquilo e somente das coisas que se originaram
desde o primeiro dia da criação do mundo atual.

O Espírito nasceu de Luc e é o corpo de Luz, que permeia todas as coisas e todas as partes
incluídas na matriz, que são mais ou menos adequadas para recebê- lo. Traz consigo luz em
todas as coisas de acordo com o grau. Por meio de seu esplendor, o Verbo Divino move e anima
todas as coisas provenientes da própria Luz, e quanto cada tipo de coisa deriva dela . Quando
capturado e escondido, dá vida ao sal da natureza ou à auto-propulsão. Tudo vem disso, cresce
e é experimentado por ela . Quando a Luz se torna mais densa, torna-se um Espírito, quando o
Espírito engrossa, torna-se Sal. Assim, é o veículo da Palavra Divina, a Luz; o espírito da luz; o sal
do espírito; qual Sale, como veremos mais tarde, quando falarmos mais tarde, se torna Ar, Água
ou Terra, isto é, um ou outro, dependendo da quantidade presente.

Neste momento, eu poderia dizer muito mais sobre a Luz e o Espírito, uma doutrina oculta e
penetrante, para sua compreensão mais profunda , que expliquei de maneira bastante
aproximada , mas não é minha intenção prosseguir aqui, por exemplo. apenas alguns de vocês
podem entender. No entanto, direi mais sobre o Espírito, como geralmente é entendido, e como
é procurado pelos artesãos para o tingimento do meta- ili, quando for abordar a questão de Salt,
chamada Mercúrio dos Filósofos; isto, que não está prontamente disponível de forma clara e
luminosa, é um sal áspero, espiando a degradação do primeiro grau, nascido do Espírito da Luz,
como eu já disse, através de um espessamento e contração dos elementos do Espírito. Torna-
se uma venda visível através da concentração, um Senhor e do mundo, útil aos homens, dócil,
manejável, servi-los como um cetro.

33
DOS ELEMENTOS

Como você sabe, o elemento word deriva do latim e significa o começo de algo, assim como
quando você estabelece as letras do alfabeto a partir das quais as palavras são formadas
posteriormente . Entre os filósofos, ele ignora a substância principal das coisas, geralmente
quadruplicada, como fogo, ar, água e terra. Essa opinião é correta e errada , como demonstrei
contínua e suficientemente; portanto, não considero necessário repeti-lo. Eu direi novamente
que existe apenas um elemento visível e tangível, a saber, a água siltosa ou o lodo aguado.

Essa é a origem e o primeiro começo visível de todas as coisas e nela estão ocultos Luc e Espírito
e Sal: da mesma forma, todas as coisas são restringidas a ele em sua dissolução última e última,
e são alteradas. Assim, conforme o artista introduz uma quantidade maior ou menor do espírito
do sal universal, ou Mercúrio, ou, sem a intervenção das mãos humanas, através do fluxo
universal da atmosfera, então a substância substância das coisas, que é chamada Terra, torna-
se fluida a, pela natureza gorda do movimento do sal universal, pela qualidade terrestre da água
e, principalmente, pela natureza penetrante do ar; após o que era uma substância metálica ou
vegetal ou animal, quando dissolvido reaparece na forma de lodo aquoso ou água siltosa e se
presta a ser dividido em três partes, isto é, em fluido, volátil e denso; água, luz e terra; quais três
se tornam uma substância muito mais brilhante, perfeita e (devido à pureza do sal) benéfica
quando as partes são novamente unidas . O fogo, no entanto, é uma qualidade e nenhuma
qualidade, pois esse estado específico consiste em si mesmo e é detectado em um movimento
desordenado.

Esse é um problema complicado , já que o Fogo é um movimento inerente ao Salt, e quando eu


falar sobre o Fogo, lembrarei de levá-lo a uma melhor compreensão da palavra Elemen .
Enquanto isso, refiro-lhe meus escritos já enviados, para o estacionamento indicado, porque
agora devemos prosseguir com a ária.

34
DO AR

Argumenta-se que o ar é um dos elementos. Eu digo que o Ar é a primeira e mais dolorosa parte
do lodo terrestre - ou seja, foi a primeira substância que agitou o lodo terrestre, por meio da
força do Verbo Divino , no início da Criação. Esse movimento, que emite calor e dilata a água e
a terra, sobe e separa, por assim dizer, ocupa um espaço ao redor da água e da terra. É nesse ar
que o Mistério dos Filósofos fica oculto e é apenas o que pode ser encontrado, porque esse é
seu veículo e sua morada.

O ar também está presente na terra e na água; a terra o recebe através da água, que é o veículo
do ar porque, através dos vapores vindos da água, forma-se uma passagem para o ar. Não
podemos tornar visível o sal do espírito ou de seu mercúrio, nem podemos adquiri-los, a menos
que ponhamos um ímã ígneo ao lado deles , sobre o qual eles deslizam suavemente quando o
ímã está cheio de vida, vigor e desprovido de energia. l exiões.

A forma universal aparecerá no ímã , sem ter adquirido nenhuma forma específica das mãos do
artista. As pessoas cometem um grande erro ao expor cinzas ou cinzas salgadas, pedras
calcinadas ou ossos calcinados; e na fabricação e utilização de instrumentos artificiais;
esperando que eles procurem o Mercúrio dos Filósofos ou os salões do Espírito Univer sobe. Eles
não obtêm nada adequado para o seu propósito, porque nem os sedimentos, os álcalis, os óleos
nem as pedras calcinadas não consideram nada da passagem do ar através deles, exceto sua
acrimônia e sua acidez, que são inúteis. . De ou ach Sal Lixivio vem um Nitro melhor e mais pura
de sal e comum. Este Nitro pode ser transmutado pelo processo e pela indústria do Artista em
um sal fluido, mas este não é o Mercúrio dos Filósofos, nem o sal comum da nossa Vida e do
nosso Espírito.

Eu sempre me surpreendi com o fato de as pessoas serem capazes de fazer com que essa teoria
chegue às pessoas . Quando se tem o verdadeiro sal tartari para calcinação, fac tum e seno e
volátil, então pode-se realizar muitos prodígios nos reinos mineral e metálico. Não se deve negar
, e é minha experiência, que muito pode ser feito com o sal volátil ex calcinato tártaro, sem a
adição de sal estranho; e muito pode ser alcançado na medicina e nas coisas metálicas, mas não
produz nada de útil no campo da transmutação. O ar, circulando pelo mundo, nutre e sustenta
todas as coisas e todas as criaturas, mas as distâncias também rugem. Deixando de lado o
Espírito do Homem, todas as criaturas consistem no Espírito do Sal universal , que penetra tudo,
em maior ou menor grau; da mesma forma, toda criatura é sustentada pelo sal do Espírito
universal e absorve da atmosfera uma porção apropriada às suas necessidades. Quando, no
entanto, a capacidade da criatura de tomar posse do sal do Espírito universal e transformá-lo
enfraquece, ou as proporções são alteradas e o vitríolo é produzido , seja por causa de um
evento externo ou por um movimento interno da influência da estrela , em seguida, a passagem
de ar através do corpo f em é que atrai a atmosfera de distância a partir do sal do corpo do
espírito universal, apenas com e a água que flui sobre a terra chamar a si o sal, após o que o
corpo desmorona; ele é privado de vigor e apenas salitre permanece como um remanescente
da vida salina que o animava anteriormente.

O que eu indiquei não é conhecido pelos membros da Faculdade; é realmente necessário que
eles sejam trazidos à sua atenção, para que o conhecimento possa ser disseminado. Você
encontrará uma explicação mais ampla desse processo quando eu falar sobre Mercúrio e Vitriol.

35
DA ÁGUA

Muitos autores consideram que a água é um elemento, cuja definição pode ser vista nas obras
de muitas autoridades ; acho que a água é a parte mais fluida do lodo ou elemento da Terra e
veículo do ar. Misturado com um pouco de terra, ele dá vida a todas as coisas e assim como a
alma de todas as coisas deriva do ar e o S pirito do espírito do ar.

Torna-se facilmente Terra quando encontra um meio adequado e pode facilmente mudar-se na
Terra com um mero movimento artificial, mas isso deve ser feito com atenção; caso contrário,
perde muito Sal do Espírito e fica sem força, porque o Sal do Espírito, sendo o a parte mais
penetrante pode combinar-se com o ar e ser puxada para a atmosfera aberta se a parte bruta
for temperada muito rapidamente. Assim, a água fina comum não é adequada para o propósito
da Pedra Filosofal e não pode ser de sua natureza, porque o artista não pode alterá-la na Terra,
exceto com um movimento rápido e violento, por meio do aqui , como já foi dito, perdemos o
mercúrio que temos em mente.

A água pode se tornar Terra sem nenhum movimento violento e sem perder muito do su ou
Mercúrio, por exemplo, quando a água é adicionada a esta terra durante seu movimento, o que
pode ocorrer infinitamente e sem proporções, essa terra que ela está carregada sob a dicção
maligna da queda e se mistura com a terra amaldiçoada e nada é servido para o nosso propósito,
porque o sal da natureza ou, mais explicitamente, o movimento do sal, não pode nascer dela.

Nossa água deve ser viscosa e deve ser propícia; a partir dele, através de um movimento
desprovido de violência e de um trabalho delicado, pode-se garantir uma Terra cheia de
Mercúrio universal e, uma vez que quase não tocou a Terra amaldiçoada, está cheia de bênçãos
e desprovida de maldições. Nossa água é o sedimento do ar sem sabor e sem cheiro, com
exceção de que em um estado de decadência fede como uma queda real. Nesta água, você pode
dissolver o Ar, a Água e a Terra em sua condição encadeada ou, para ser mais claro, nesta água
você pode dilatar o lodo da Terra e no Ar, Água e Terra, sem fogo ou violência, AQUI que, na
melhor parte da Água , permanecerá uma terra composta de Ária e Mercúrio, melhor do que o
Ouro, o Pietr e o Precioso. Nossa água não será obrigada a ser forçada através de destilação ou
pregação, mas é destruída pelo calor de um fogo ardente e não produz trevas, apesar do fato
de que meu amigo digno, morto há muito , já demonstrou uma vez , e em poucos dias
produzidos, um metal vivo do lodo da terra por meio de um processo excessivamente delicado
de destilação e embebição na água . Eu o vi agarrado firmemente ao topo da asa de micco com
outras partes do lodo terrestre, e fiquei muito surpreso. No entanto, este foi um caso de alterius
artifici invenero alliquid addi potest, eu pessoalmente não fiz o experimento. No processo em
que o banho é utilizado no tratamento, a virulência das chamas não é tão prejudicial para a
substância em um aparelho de vidro quanto quando é usada areia ou cinza, porque a
intensidade do calor é absorvida pela água e pela água. o vidro não está superaquecido.

36
DA TERRA

Alguns argumentam que o Terra é um dos quatro elementos, e , no entanto, é apenas a parte
que serve de matriz para o ar e a água, da qual o sal e o ar e até o sal do Espírito se apóiam e em
que nascem na origem. todas as coisas A terra comum é apenas liderada e não pode ser
reconciliada com seu Criador até que seja purificada e, por assim dizer, castigada pelo Fogo ao
Julgamento universal. Em nossa realização magistral, esta terra é inútil.

Qual Terra pode, portanto, ser aquela que brota do lodo da Terra para ser percebida como a
primeira substância, mesmo antes do lodo terrestre ter tido contato com a Terra comum? Esta
Terra desce para a atmosfera e voa sobre nossas cabeças, não que sempre tenha sido terra, mas
faz parte do que é gerado pelo lodo da terra através da capacidade de praticar a transmitância
e a iluminação do Espírito de Deus. a verdadeira mina de Mercúrio e do sal superior e inferior,
que estão unidos. É branca como a neve, extremamente leve e, o que representa um grande
prodígio e é contrário às opiniões das sociedades instruídas, essa terra se torna em poucas horas
um metal vivo, sem a adição de qualquer outra coisa ou através de qualquer artifício.

É o metal mais pesado depois que o ouro e o ouro aparecerão para você, mesmo que sejam
mantidos por um período de dez anos sem permitir que algo branco ou qualquer metal vivo se
desenvolva nele . Quando Mercúrio e Vitriol são extraídos desta terra , ela fica vermelha e é a
terra mais poderosa do mundo. Nenhum vidro pode ser separado dele, a menos que seja
repetidamente sujeito à ação do Fogo e da Água, então resta tanto do Espírito ligado que,
através da aplicação de uma simples corrente de Ar, ele emite e cria metais, sem a adição de
nenhum corpo estranho.

Foi então, suponho, que Deus criou Adão ou desta terra maravilhosa, cujos iguais, por força e
magnéticos, não podem ser encontrados em nenhuma parte do mundo. Seu primeiro
nascimento é, na verdade, a partir da Luz, que é recebida como uma semente do ar, escondida
nos recantos mais íntimos do Espírito do Ar. Quando o Espírito lhe dá vida, assume a atmosfera
e, portanto, é chamado Mercúrio. Não é terra, mas Espírito.

Na aparência, é semelhante à atmosfera osmática que serve como o corpo em que vive e cresce,
no qual o gera um sal ou vitríolo comum da efusão de suas sementes e do útero quente de seu
corpo.

De fato, como já mencionado , torna-se terra através da arte amigável e delicada do artista. Ele
considera a plenitude anterior de sua força; torna-se mais densa, mas não tão penetrante, e
quando se torna água siltosa , pode continuar a operar até que uma separação seja concluída.
Uma vez regenerado, ele acasala avidamente com ouro. É a verdadeira substância do filósofo,
não importa o quanto ele se define, e é a mina de nosso Mercúrio e nosso Vitríolo.

37
DO LIMO TERRESTRE (NOSSO MEIO VERDADEIRO)

Com o termo " Limo Terrestre", quero dizer não apenas a substância principal de que nosso Céu
e nossa Terra são feitos e tudo o que nela está contido, mas também a substância necessária
para o nosso trabalho magistral, porque se assemelha à substância principal. Água sedosa é o
começo e o fim de todas as coisas. É grossa ou fina, dependendo de você participar muito ou
pouco da natureza da Terra.

Muito foi dito sobre o lodo terrestre sendo a única substância e foi suficientemente explicado
em detalhes. Agora vou descrever nosso lodo terrestre como nosso próprio assunto. Nossa lama
terrestre, já existindo em tudo e parecendo ar, água e terra, é o assunto apropriado para a
execução de nossa obra de arte. Isto é devido ao seu sal e ao fato de ser produzido pela
atmosfera e pelo homem. Existe em Mercúrio e em Vitriol; em Mercúrio, por causa do Espírito
de Luz que é inato nele, cujo efeito é diluidor e desintegrador. Ele domina o Vetriolo de alguma
forma através de uma variação das proporções, de modo que o Vetriolo se degenera e se
dissolve. Vetriolo, por outro lado, possui um poder de contração que foi adquirido no momento
da primeira queda da única substância no reino de Lúcifer, onde o poder adstringente repousa,
e a Luz se tornou Escuridão.

Cada c ousa foi contraído e estreitado mais e mais em uma substancialmente za mais densos,
mas a criação da nova luz, que era dominante através do poder do sal do espírito, ou a sua M
ercurio, foi produzido um efeito de diluição e dissolução que foi necessário para o mundo atual
e todas as suas criaturas, pela razão em que quando - a atmosfera captura o Sal do Espírito ou
Mercúrio, todas as criaturas aparecem, crescem e são sustentadas por ele. Sem Mercúrio e
Vetriolo, e a menos que suas devidas proporções estejam presentes, nada pode existir. Mercúrio
torna tudo sutil; vitriol faz tudo parecer bom ; nas devidas proporções, porém, as coisas se
tornam finas ou grossas, duras ou moles, fluidas ou fixas, pelo que cada corpo absorve luz, ar e
terra, dependendo de sua capacidade, no curso de seus movimentos mantém sua forma e vigor
na matriz da atmosfera e gradualmente a harmonia é alcançada . Assim, esses dois são usados
apesar de suas propriedades diferentes. Mercúrio sustenta através de seu poder de atenuação
gradual; o Vetriolo, devido ao seu poder de condensação gradual; através do qual significa que
o Espírito, a Alma e a Vida aparecem na Matriz.

Quando, através do trabalho do Artista ou de algum caso ou destino, as proporções de Mercúrio


e Vitriol são alteradas , a substância muda sua forma anterior. Se houver muito mercúrio
presente, inicie o processo de atenuação; o inchaço, a dissolução e a deterioração começam e,
finalmente, a substância perece completamente. Se o peso da viticultura é aumentado , então
a concentração começa; por ser porosa e inchada, a substância torna-se espessa, firme e dura;
afunda e tem uma mudança gradual em pedra ou metal.

A origem do nosso Limo Ter Restre está no Homem e no Ar. Um homem pobre pode ser mais
rico que um rei; uma vez que essa substância nunca pode ser comprada, não tendo valor
monetário correspondente sendo considerado inútil e encontrado em toda parte. O Ego possui
em si o material do imã através do qual, por meio de um simples artifício e um instrumento
adequado, pode , quando desejado, capturar o Espírito comum do Ar e fazer um Sal . Isso pode
acontecer em qualquer época do ano, na água, na terra, nas montanhas e nas árvores, e ainda
assim obtemos apenas uma pequena parte do nosso Mercúrio. Nossa substância é encontrada
nas montanhas mais altas e quando um homem trabalha nas montanhas altas com seu ímã e,

38
sua mão coloca o ímã no aparato e o sal espiritual que é mais alto que as montanhas, muito mais
alto, entra. espontaneamente.

A questão do ímã universal é descartada por químicos e farmacêuticos; é feito em uma pilha de
lixo pela empregada; é encontrado em prédios públicos e geralmente serve como um brinquedo
para crianças. Na sua forma bruta, é um bom remédio, mas também pode ser um veneno mortal.
De acordo com as opiniões expressas nas publicações, e como resultado de experimentos, dos
sábios, dos não sábios e das pessoas de todos os lugares, tem a reputação de, segundo a alma,
a melhor, a mais gloriosa e mais útil das substâncias, mas também as ao mesmo tempo , a
substância mais vil, mais desprezada e mais inútil entre todos aqueles que o homem possui ou
que o mundo produz.

Nossa substância é a alma , porque se origina do homem e emite emanações de si mesma . É


mineral, porque sem a adição de nada estranho e o corpo do homem nasce. É vegetal, porque
apenas as plantas nascem dele e do ar, mas também de seu ímã produz um sal que, quando toca
as raízes das plantas ou é colocado no solo próximo às raízes, produz gradualmente uma grande
quantidade de O Espírito Universal, o arquivo do Espírito, que germina todas as sementes, faz
os caules crescerem rapidamente e as plantas amadurecerem ; além disso, restaura plantas
moribundas. Quando mantidos no Reino Animal, nossa substância era sal animal; é um
medicamento uperlativo e maravilhoso em seus efeitos. Quando está confinado ao Reino das
Plantas, sua força funciona nas plantas, como já enfatizei e expliquei de maneira suficiente .

Eu não tinha permissão para fazer essa obra de arte ; seu conhecimento pode ser muito
benéfico, mas também pode ser muito prejudicial. No momento em que escrevo sobre nosso
assunto e quando você tiver obtido a substância de nosso mineiro de terra e se tiver tornado
competente para produzir nossa obra de arte , entenderá o que eu disse.

Muitos estudiosos e operadores aprenderam algo sobre o nosso material magnético a partir do
estudo de outras obras, quando chegou ao meu ouvido; mas também aprendi que, devido à
obscuridade do assunto e ao quanto eles haviam entendido, juntamente com uma opinião
preconcebida, ou por causa das instruções errôneas dadas ao ro, eles se apegaram a algum outro
método e a uma substância do Para produzir Mercúrio, eles abandonaram o assunto de nosso
lodo terrestre e zombaram de seu mestre. Eu tenho entendimento pela ignorância deles ; Sei
muito bem que, entre vocês, alguns membros abandonaram o estudo da Earth Limo ,
considerando-o uma coisa desprezível. Você e eles se desviaram, não menos, e você se afastou
da verdadeira estrada, contudo , por meio da Luz que eu mais uma vez ofereço e pela bênção
do Onipotente que chove entre vocês, você pode novamente encontre o caminho certo com
facilidade e aprecie mais uma vez a substância da limusine da terra.

39
Do ímã

O que é o ímã e como é entendido pelos filósofos é abundantemente conhecido. O ímã prazo
deve ESS ere banido da investigação do processo criativo, porque é inadequada porque traz um
monte de escuridão e um monte de obstáculos nas mentes dos homens. Eu sei que uma pessoa
chamada ímã feito de osso calcinado, tártaro, pedra moída, vitríolo ou sal não atrai o ar, nem o
espírito do ar, nem o sal, nem aspira, como minha substância preparada , com que eu capto o
Mercúrio universal propriamente dito ou como um homem o chupa com a boca. Não é possível
criar um bom ímã a partir de uma substância vegetal. Quando um ímã realmente bom é
produzido , pronto e adequado para atrair, será entendido que as partículas do corpo magnético
preparadas com o movimento e com o movimento e transformadas em um instrumento
adequado devem ser acionadas com a aplicação do vitríolo; o ar que passa através dele deixará
as partículas do Sal do Espírito, ou Mercúrio Universal, aderentes a ele.

Há duas demonstrações que impressionam de uma maneira muito surpreendente uma mente
completamente aberta. Se eu deixar o lodo terrestre, contido em um recipiente de vidro, em
um local temperado e mantê-lo conectado adequadamente, um sal de mercúrio será atraído ao
redor do exterior do recipiente, acima, abaixo e nos lados, como os galhos de uma videira, e este
meu sal é tão bom quanto qualquer outro que eu fiz, e dela é produzido um bom metal vivo.

O outro experimento produz e sobe a partir do ferro vivo metálico no Vitriol, ou seja, quando o
Ferro é transformado em Vitriol com o comum sublimado vivo e um Espírito e um óleo são
extraídos , que são dois de força comum. Isso pode ser preparado com amplo lucro e usado
como um meio com antimônio e outras substâncias para produzir ouro, através do qual, em uma
hora, uma onça atrairá três a quatro libras de água. O ar flui com um assobio através do pescoço
do navio e, encontrando-se com a terra vítrea, é prontamente transformado em água que se
pode imaginar que tenha uma atração que realmente ocorre , porque o rei não tem outra
passagem do navio. qual ar poderia fluir , de modo que o ar se tornasse amplamente água . O
comportamento é exatamente semelhante à boca humana que aspira o ar, que é então
convertido em várias substâncias, quantidades e estados de condensação. Embora a água neste
experimento mostre grande virtude, ela contém uma quantidade menor de mercúrio comum,
não havendo nada de útil para nosso trabalho específico. Como ainda não concluí o exame das
circunstâncias que cercam esses experimentos, devo me abster de formular minha opinião
precisa no momento.

Se o chamado ímã realmente atrai o ar, se, através do fogo, algo do Espírito permanece lá e
alguns traços leves de outras substâncias fede no Vitriol, é algo que eu ainda não descobri .
Nosso ímã comum de Mercúrio é o Vetriolo (filosófico), mas não como o é na terra, mas que um
homem vivo possui em seu próprio corpo.

Sem dúvida, você desejará saber como o vitríolo no corpo humano atrai o Sa comum do Espírito,
para que ele se torne visível, tangível e na forma de um Mercúrio, porque é muito importante
garantir isso com a finalidade de praticar a arte e o cumprimento da obra de arte.

Você deve saber que uma descoberta tão ousada e um segredo tão grande devem ser
comunicados apenas a amigos de confiança e, portanto, não posso dar satisfação a todos e cada
um de vocês , porque, como sabem, não tenho o prazer de conhecer pessoalmente todos eles.
meus colegas membros. Eu já expus claramente para você o máximo com obscuridade em

40
relação ao ímã, mas o conhecimento do recipiente é tudo o que posso me dar ao luxo de
trabalhar (no momento).

Quando o Espírito do Espírito e o vitríolo humano estão unidos , a substância que já foi separada
por uma preparação anterior e dividida em Mercúrio, volátil, branco, cristalino e mortal, e um
vetrio constante e condensado, obtemos então o superior e o inferior combinados.

Observando o peso certo em cada um, com um pouco de água, eles podem ser absorvidos um
pelo outro. Desta mistura, originará um metal vivo semi- vivo ou fluido, que, do seu exterior ou
exterior, pode ser visto como um metal vivo, puro e fluido . A umidade é extraída do mercúrio
seco e do Vetriolo e não como os ignorantes dizem da umidade, porque nada úmido pode
penetrar nos metais, muito menos tingi- los. Torna-se um metal vivo com a adição de ouro e
certa mente que nenhuma água comum ou estranha deve se misturar a ele, caso contrário, seria
inadequado para a produção de nossa Obra de Arte e extremamente difícil de notar. Antes de
conseguirmos completar nossa obra de arte, devemos observar três mudanças: primeiro , o
Mercúrio com o Sal do Espírito passa pela água para a preparação ; segundo, usamos Vitriol e
Mercúrio para a preparação de metal vivo e ouro vivo, que também são preparados em água;
terceiro, usamos o metal vivo, ouro vivo e ouro comum para tingir.

41
DA MINHA TESSA

Tessa é uma nova palavra na Arte e contém em si um segredo especial pertinente ao


conhecimento da Criação. Eu escolhi Tessa, porque não há outra palavra que eu saiba com a
qual eu possa expressar o que desejo descrever.

Embora ele o tenha usado em outros documentos que lhe enviei, ele não foi entendido
corretamente , mas serviu como uma espécie de ferrolho inserido na porta da arte contra os
indignos. Fora essa palavra, não usei nenhum termo inexistente, que seja irreal ou cujo
significado seja desconhecido.

No entanto, agora explico sincera e abertamente e digo que significa nada menos que uma terra
branca como a neve, sem cheiro ou sabor, feita pelo lodo terrestre, sem fogo e na qual nascem
o comum Mercúrio e Vitriolo, como você entenderá e quando eu chegar falando sobre o sal da
terra.

42
DO SAL

Sal é uma coisa boa; um ser glorioso e visível, a raiz e a semente de todo o universo. É fluido e
constante, atenuando e condensando, doce e azedo. Vou falar brevemente sobre sua origem.

Quando Satanás caiu com seus exércitos de anjos, sua luz que cobria tudo se perdeu e se tornou
escuridão. O Espírito de Luz, até agora inerente a essas hostes, foi expulso no outono e houve
um grande grito de medo quando o castigo divino se tornou intenso. A parte bruta da substância
de Satanás e suas fileiras foi condensada no nevoeiro e subsequentemente no lodo; a parte mais
áspera desse lodo, que é a melhor ou a mais bela, caiu no centro da massa e se tornou um sal
fluídico se contraindo. Então Deus, movido por compaixão, criou uma Luz para suavizar o lodo,
que nova Luz enquanto Ele todas as partes do lodo penetravam . Foi do espírito (expulso) de
Lúcifer que o sal no centro se originou; algumas partes também existiam em todos os lugares do
lodo, mas o melhor e mais poderoso sal foi gerado no centro. Então o sal do lodo se tornou ativo
e começou a trabalhar na Nova Luz. A força Divina estava ativa e, por sua intervenção, o Espírito
fez com que a Luz penetrasse e penetrasse no lodo, e extraiu algo dela, que se tornou ar e serviu
de corpo e veículo para a Luz. Isto é o que se chama Espírito e, até certo ponto, é causado como
Espírito pelo movimento contínuo entre o atenuante Espírito da Luz e o sal do lodo em
contração, que por necessidade é transformado em sal (sal do Espírito) que tudo permeia nas
partes aquosas do lodo.

Este sal muito penetrante é chamado pelos antigos em seus livros com muitos nomes, mas
principalmente Mercúrio. L ou chamada Venda de Espírito - Universal, volátil, Astral Mercury
Sale. Desses dois sais, muitos outros sais são obtidos, devido à sua união nos processos comuns
de Mercúrio e Vitriol, o fluido mais volátil e o mais baixo. Destes sais, os principais são o sal
comum e o salitre.

Onde, na substância de nosso sujeito, existe mais vitríolo que mercúrio, tem origem, ou seja,
caput m ortuum, um sal de cozimento por meio de um processo de destilação.

O mercúrio branco no lodo passa pela retorta para a água e se torna um espírito de sal e óleo,
mas o restante do mercúrio deixado para trás é dominado pelo Vetriolo, do qual se origina um
sal de cozinha. Quanto Mercúrio e Vetriolo permanecem juntos, é difícil estabelecer por que,
devido a muitos obstáculos, não fui capaz de realizar investigações exaustivas. Quando a Nova
Luz, em sua primeira explosão de esplendor dentro do obscuro lodo terrestre, foi capturada pelo
lodo salgado, ela se condensou em espírito, parcialmente nas partes luminosas do lodo e,
quando se tornou ativa nas partes aquosas, condensou-se em sal.

É através do Espírito que o sal se origina . É um sal forte ou lodo de sal, no qual a Luz domina no
espírito, e o sal do espírito domina nas partes mais penetrantes do Vitriol. Eventualmente, torna-
se Salnitro, consolidando- se demais pela violenta contração de Vetriolo com a qual está unido.
Pesos iguais produzem menos Vitriol; uma quantidade maior de mercúrio produz um sal do
espírito; mas os sedimentos da limusine terrestre, em segundo lugar, você descobrirá que eles
são dominados pelas partes mais grossas do Vitriol. Por outro lado, através da ação de Mercúrio,
algumas partes dessa quantidade compacta de Vetriolo podem ser capturadas pelo sal do
Espírito e, arrastadas para os poros do Vetriolo, passam com água no Vetriolo e de ambos
originam um sal que resulta de um acoplamento de Mercúrio e Vetriolo, que é a parte mais
interna de Mercúrio e Vetriolo. O que é muito áspero ou muito penetrante permanece na terra,
mas algo flui da união desses dois, sem que um tome algo do outro, nem freqüentemente do

43
sutil, assim como o Senhor Deus começou a obra da criação. . O sal, em estado de movimento,
em combinação com outras substâncias, ficou quente; a parte nitrosa juntou-se à parte que era
sal comum e não pôde ser separada novamente em Vitriol e Mercúrio. O sal do Vetriolo caiu na
água ; sal do mercúrio foi produzido a partir do ar; e, consequentemente, temos a união de
ambas as substâncias salinas; o sal de mesa permaneceu como ar na expansão do lodo terrestre,
da água e da terra. A parte interna, levantada na água na forma de vapor, no devido tempo,
volta para a terra e a torna fértil. Eu já disse que nosso sal no ar não é sal, mas espírito e se torna
sal somente quando se junta à água. Deus trabalha através de três aspectos que surgem de um
e residem em um. Desses três, toda a criação deriva como Luz, Espírito e Sal, que residem no ar,
na água, no vitríolo e na terra.

Por causa desses três, há uma atividade tripla em água, vidro e terra. O sal marinho, devido ao
seu volume de vitríolo no estado bruto, preserva tudo o que é salgado com ele, reduzindo-o pela
ação do sal quesco volátil ou espirituoso, impedindo tanto a fermentação quanto a
decomposição por longos períodos impedindo- os de serem, por assim dizer, absorvidos e
levados pela ação do espírito terrestre do ar, que normalmente os decomporia. O conservante
perde gradualmente sua força e, com o passar do tempo, após alguns anos, pela ação do sal do
Espírito e do Vetriolo do sal de mesa, as duas substâncias, através do aumento do volume do sal
do espírito, tornam-se sal. O lodo, no entanto, se expande e, no curso da expansão, se originam
ar, água e terra. Água e terra produzem ar ao serem secas, mas as partes brutas ainda
permanecem como água e terra, semelhante a um sal com propriedades adstringentes. A parte
mais alta, o ar, foi chamada Mercúrio pelos antigos, pois eram obras magistrais produzindo dele
o Mercúrio. A parte inferior chamava-o Vetriolo ou Victrix Oleum, porque com ele eles não
apenas tornaram visível o espírito universal na forma de sal, como também o capturaram,
asseguraram uma substância dissolvente, destrutiva e atenuante que permanece fixa no Vitriol
e se presta a ser fechada. no corpo de ar e água. É chamado de óleo porque é usado na forma
de Pinguis Liquoris, como se poderia dizer, Oleum Vitriolo, Salis, Sulpburis, Nitri, etc., todos
líquidos salinos. Nosso vitríolo não assimila o Espírito da Luz na forma Sicca, mas apenas na
Forma Liquoris Pinguis.

Quando o colocamos em nosso maravilhoso aparelho de aquecimento, o espírito (de ordem


comum) desce sobre ele e, penetrando repetidamente, muitas vezes, acaba se tornando sal.
Assim, é na verdade, por si só, um verdadeiro Victrix Oleum ou Victrix Liquor, porque sem ele,
em estado de movimento, nenhum artista pode fazer nada nesta arte. O sal do Espírito também
é chamado de sal astral, sal da vida e sal central, e é essencialmente expresso como terra. Estes
dois S asas tornam-se facilmente um, através do fogo, por meio de um movimento artificial, um
cozimento e torná-los ser influenciados por uma constante operação. Eles fornecem, a partir de
sua combinação, um sal de mesa, um sal da vida, um metal vivo sem qualquer adição de
qualquer substância metálica. No entanto, esse metal vivo não é tão bom quanto o feito sem a
intervenção do fogo.

44
DO MERCURIO E DO VETRIOLO OU ENXOFRE

Mercúrio geralmente denota um metal fluido chamado Argento Vivo, mas devido à falta de
entendimento por parte dos ignorantes, o nome Mercúrio foi erroneamente atribuído à Vivo
Prata . O metal fluido não é o nosso mercúrio, embora a maior parte seja composto desse metal:
enquanto o n mercúrio é na verdade uma substância metálica líquida, transparente, branca e
macia, o resultado do efeito da contração no Vitriol comum ou através de l a ação do sal do
espírito universal ou através de um movimento espontâneo no processo artificial. A passagem
do ar através da água leva o sal do Espírito universal à terra, o penetra no ápice e penetra todos
os seus interstícios. No Sal do Espírito, presente onde o Vitriol e o enxofre universal são
combinados em quantidade, o su su é impedido de ser atraído pelos vapores e condensado em
uma substância branca, aparente e tenra; isso é Mercúrio. Mercúrio é mantido em movimento
pelo sempre presente sal do Espírito contido na atmosfera e é fortalecido pela condensação; o
Vitriol e Enxofre ajuda-lo poderosamente e, no final, fazer pouco de um processo de
espessamento, emerge como uma substância tangível, grosso e pesado. Quando esses dois sais
combinados emergem de seu veículo, sua proporção deve ser exata. Também é essencial que a
atmosfera, a água e a terra sejam puras quando o corpo é formado; caso contrário, elas não
podem dar à luz um metal limpo. Se uma grande quantidade de substância impura estivesse
presente no Vitriol , o veículo ou agente, ou seja, o Vetrio lo, ou o enxofre, ou seja, a água, que
é o paciente , estaria contaminada , o Vitriol não poderia assimilar ou absorver grande parte do
para a atmosfera ou sal do Espírito e convertê-lo em Mercúrio; c dare vem um metal ou mineral
não é limpo. Quando, pelo contrário , um Vetriolo limpo é gerado , em um aparelho limpo , no
qual uma corrente limpa de vapor atmosférico é passada , o sal do Espírito coagula em
quantidade e o converte em Mercúrio.

Às vezes, no entanto, a condição não pode amadurecer porque o peso e o volume são
excessivos; nesse caso, permanece na forma de metais da água aprox. Na preparação de nosso
Mercúrio e nosso Vetriolo, uma coisa vem a quarta cosa; o primeiro, o segundo e o terceiro
retornam a um e de um tornam-se três novamente . O Mercúrio é originário do Vetrolo , do
Acqua e do Argent Vivo; se o Silver V ivo não estiver presente no Vetriolo ou se o Vetrolo iolo
for removido dele, ele se tornará imediatamente um metal. Se o metal fosse ouro brilhante, com
a adição artificial do Vetriolo universal, o ouro seria produzido a partir dele ; mas se fosse prata,
a prata seria produzida. Pegue o Vetriolo supérfluo e coloque-o em movimento, adicionando
água e vapor, que aderem a qualquer substância, como um sal ou um depósito esbranquiçado.
Com a combinação do nosso Living Metal, ouro vivo e ouro comum, você pode fazer uma obra
de arte.

Agora devo informá-lo que a maioria das pessoas está decepcionada com meu aparato artificial,
porque nem os princípios de sua construção nem meus métodos de trabalho, parece que
prossigo na direção oposta a quase todas as doutrinas filosóficas conhecidas , argumentando
que não pode melhorar qualquer metal por meio de uma substância mineral ou metálica, exceto
a operação de metal de uma obra de arte que possa ser preparada sem nenhum metal vivo ou
qualquer substância metálica viva. Eles rejeitam meus bons conselhos e o método confiável
oferecido a eles e tentam descobrir um metal vivo muito puro com o qual dissolver o ouro
comum e apodrecê-lo, e torná-lo opaco, o que está longe de suas intenções. Outros
experimentos com zol fo, tratando-o de várias maneiras, e acreditando que o mercúrio d ele
antigos não é um metal ou de um mineral, mas um sal penetrou ante com o qual você pode

45
refinar enxofre, decompor e reduzi-la em tintura. Eu não pretendo contradizer ninguém, nem
tento dar a alguém o presente de mostrar a eles como eles estão errados sobre esse mercúrio,
enxofre e sal e como é impossível produzir um mercúrio mais puro e um Sa mais puro da Terra
sob nossa pés, pelo nosso orgulho e glória. O que eles obtêm é simplesmente parar já
especificado pela ação da Natureza que, em seus movimentos espontâneos, já juntou tão
firmemente certos pesos do Espírito ou do sal atmosférico com o Vitriol, que é impossível
separá-los sem adicionar o mercúrio comum. ou Espíritos de sal, a fim de separar o material de
vidro e o mercúrio. Assim , a Natureza combinou esses sais com tantas outras impurezas, que
eles não podem ser separados em nenhum processo de dissolução sem dar a melhor parte de
ambos. Se você conseguir obter um mercúrio desprovido de todas as impurezas da terra,
descobrirá que é estéril porque é derivado de mercúrio e lhe custará dez vezes mais que uma
libra de mercúrio a partir do qual foi produzido. Não há necessidade de jogar fora uma pedra
preciosa porque você não pode separá-la do lixo em que está fechada.

Se você possui o Mercúrio Universal não especificado ( nosso Mercúrio), é inútil e estúpido usá-
lo para obter um Mercúrio mais baixo. Se você possui o Mercúrio Universal, seria difícil usá-lo
na tentativa de separar o Mercúrio comum de metais, minerais, sais ou reduzi-los em suas partes
componentes; eles não contêm a substância, vigor e pureza necessários para a realização de
nossa obra de arte. Com pouquíssimas despesas, posso combinar metais e minerais reais para
produzir metais vivos e até mercúrio , sem a ajuda imediata de espíritos de sal ou mercúrio
universal, mas essas soluções e processos de separação não têm valor. -Eles produzem um metal
vivo que tem um baixo grau de benefício, mas permanece muito vítreo ou degenerado na
composição e, portanto, no processo de maturação de outros metais, muito pouco é obtido,
mesmo em raras ocorrências, em comparação com o Universal Vitriol .

Se construído adequadamente, meu aparato atrai da esfera atmo não apenas o Sal do Espírito
Universal, mas através da ação do Vetriol ou puro, ele o transforma em um Mercúrio puro e um
Metal Vivo. O trabalho é feito do começo ao fim, sem qualquer despesa de dinheiro; não custa
nada, exceto o tempo gasto em momentos tranquilos para fazê-lo. Por que, então, somos tão
obstinados que não nos deixamos instruir por um verdadeiro Mestre e nos corrigimos em nossos
erros? Posso lhe mostrar que sou capaz de produzir um Mercúrio comum em meu aparato a
partir do Salão do Espírito Universal , sem a adição de nada es tranea. Não posso esperar ficar
com você por muitos anos. O Senhor, a quem agradeço com toda humildade, me revelou esse
grande segredo em meu vigésimo terceiro ano, quando estudei os milagres feitos pelo Salvador
do Mundo, e agora estou chegando ao trigésimo primeiro ano de idade. Eu adquiri muita
experiência e cheguei tão longe em meus estudos que posso ajudar cada um de vocês.

Se não fosse pelo amor, bondade e amizade que sinto por você, não teria colocado a caneta de
volta no papel. Meu caráter e minha inteligência são constituídos de tal maneira que, sabendo
muito sobre essas coisas, não desejo que eles me dêem a oportunidade de obter altas honras,
mas me alegro porque a semente que joguei entre vocês começa no final brotar. Reflita bem,
no entanto, e pergunte a si mesmo qual Mercúrio é mais glorioso ou, vigoroso e puro, que você
possa desejar (oh! A grandeza deste trabalho) para o propósito daquela arte de metal que se
origina nos céus e em um rei, quem é seu op prire? No céu, que dá vida a todas as coisas e
sustenta tudo; em si mesmo como rei do mundo, que você domina tudo, que desfruta de tudo.
Esse Mercúrio não deveria ser ainda melhor do que o que é, por assim dizer, expulso de seu
trono? A atmosfera celestial foi acorrentada a uma prisão terrena e nenhuma arte ou violência
pode libertá-la antes que ela perca a gordura de seu corpo e a medula de seus ossos na firme
compreensão do trabalho realizado pelo processo de dissolução. Por outro lado, o Céu, guiado

46
pelo homem , dá vida a um príncipe real, produzindo a verdadeira arte em plena floração da
vida e do vigor. Em sua sabedoria, o homem pode criá-lo e, quando chegar a hora, ele pode noro
ou ouro e colocá-lo no topo do reino metálico e mineral porque ele g . Este é o todo-poderoso
que Hermes elogiou no Emerald Tablet.

Ele é o verdadeiro Mercúrio vivo, para não ser chamado de vivo, porque se torna um Metal Vivo
e isso é fluido e não está vivo; todavia, ele está vivo porque nele há a semente viva de ouro;
pode ser pequeno ou em peso, mas grande em força, uma vez que pode fazer com que o ouro
comum se torne ou ou vivo e dez ou doze vezes mais agradável; Ele também pode se expandir
de maneira penetrante. A alma vivente não nasce até que, com a habilidade do Mestre, o Vitriol
seja adicionado a ela, então ele pode tornar o ouro comum vivo e fértil. Escondidos no centro
de Mercúrio, existem pequenos grãos de ouro vivos, que constituem nada além de Tintura;
depois que o ouro comum é dissolvido pelo mercúrio , o corante passa para o ouro, que assimila
os pequenos grãos e se torna ouro vivo, capaz de se multiplicar do mercúrio e da água no vitríolo
e aumentar muitas centenas de milhares de vezes, dependendo do trabalho dedicado a ele. Por
esse motivo, meu Mercúrio transforma a Prata em Ouro, sem a adição de ouro comum, após
algum tempo, através de um procedimento de assimilação devidamente realizado, ainda que
lentamente, devido à presença de ouro vivo no ouro. o centro dele . Esta é uma operação
magistral em substâncias éticas. Após a maturação ou fixação como sim agora, uma parte do
corante transmutará em ouro uma dose dez vezes maior que o corante formado pela
combinação de Mercúrio e ouro comum.

A afirmação de que no Mercur estou oculto pequenos grãos de ouro vivo é uma afirmação de
fato e não uma especulação ex-posterior. É comprovado por experimentos que as sementes de
ouro são obtidas de Mercúrio usando um método artificial.

Se a prata for adicionada, juntamente com o ouro, tudo será transmutado e se tornará ouro
fino. Este ouro vivo em mercúrio, como já dissemos, nasce de Mercúrio e de Vetriolo, que logo
se transforma em outro Vetriolo, com a exceção de que pode se tornar branco devido a uma
violenta contração de Mercúrio no calor, que Me no entanto, ainda permanece doce e livre de
impurezas.

Eu amadureci minhas histórias através de uma injeção de Mercúrio e deste metal vivo, que se
transmuta em ouro fino, isto é, cem partes de prata em ouro fino, ou cem partes de cobre em
prata, muitos chamam de enxofre em Mercúrio, Sophorum ou Universale, porque o utilizaram
como corante para outros usos, mas não conheciam sua origem. Vou usar a maneira comum de
falar e dizer que, exceto por este Vitriol ou enxofre, não há não há outro Enxofre que é útil para
acelerar uma entrada, para amadurecer ou substâncias de coloração metálica imaturo e do
metal ao vivo. Se Mercúrio não estiver presente, nenhuma operação magistral é realizada em
metais ; nenhum corante é preparado . Para fazer com que o ouro comum penetre, você deve
entender que apenas o Mercúrio fornece o meio da entrada nos metais Vitamina e Enxofre, e a
contração desse Mercúrio o amadurece. A umidade da água viva passa para a secura do
mercúrio e o todo se torna corante. Não existe um estado "úmido" no mundo da natureza . O
povo ignorante entendeu a palavra úmido com o significado de molhado.

Um estado úmido destrói tudo . Nossa água não molha as mãos, mas está molhada. Os sais
líquidos não têm nada a ver com isso.

47
DO OURO

Não vou me demorar muito na descrição do nosso ouro glorioso, mas direi que, devido ao longo
tempo necessário para prepará-lo a partir de metais vivos, você pode, se desejar, prepará-lo a
partir do ouro comum que, neste caso, é necessário para o compmento desta obra-prima em
metais. O ouro comum vem da terra; consiste em um mercúrio muito limpo, de vidro velho e
um pouco de água: ele amadurece quando a água ou a umidade supérflua, através da qual o
mercúrio e o vitríolo se juntam , são eliminados e depois o mercúrio é eliminado. em um estado
de maturidade. Tendo absorvido seu vitríolo, torna-o impermeável à água e permanece um
metal permanente . O Vitriol mantém o Mercúrio de forma a impedir que seja absorvido e
levado pelo movimento do vento na atmosfera.

O ouro está em perfeitas condições e não precisa de mais tempo para amadurecer, como
acontece no caso de Saturno (chumbo) e outros metais. Sua perfeição consiste exclusivamente
nas forças e pesos puros e proporcionais de Vetriolo e Mercury. O seu crescimento e o seu
desenvolvimento são determinadas pela pureza e a fluidez da sua matriz.

Quando a matriz é fraca e porosa, por exemplo os vapores impuro rezzi passando
continuamente hrough a matriz, subindo a partir da evaporação de água no ar, facilmente
penetrar na pedra e contaminar o puro Vetriolo. Pelo contrário, quando é compacto e selado ,
nada pode penetrá-lo, exceto o sal atmosférico, que é imediatamente retido por Vetriolo
juntamente com a matriz e a pedra; a pedra nascida da água é coagulada em Mercúrio.

O ouro é preparado para a conversão em metal vivo por meio de um certo artifício, no processo
de nossa obra de arte, com o qual cerca de dez ou doze partes de nosso metal vivo podem
dissolver uma parte de ouro. A proporção também pode ser um quarto separado , uma quinta
parte ou uma sétima parte de ouro com três quartos , quatro quintos ou seis sétimos de metal
vivo, mas o tintur a não será tão poderoso; quanto menor o solvente, mais difícil é libertar e
expandir o ouro, porque o metal vivo, devido à maleabilidade do ouro que o recebeu da luz,
torna o ouro fluido e espirituoso através do ação do sal do Espírito que está ativo nele por um
longo tempo, até que finalmente o ouro é libertado de suas cadeias firmes e o Mercúrio ou ouro
é separado do seu Vidro.

Nesta fase, o mercúrio se torna mais espesso devido à constante lentidão da moto, enquanto o
Vetriolo do ouro dificulta firmemente e a expansão do seu mercúrio e ele se liga e o faz contrair-
se na medida em que sua força e a proporção de pesos atingem , fi NCHE no final, quando o
nosso Mercury juntou-se com Mercury dell ouro', então a vida de ouro junta-se com o metal
Vetriolo -lo vivo, ou seja, com o grão de estar ouro, e é reforçada, ac ause de sua intensa pureza,
a tal ponto que o Mercúrio, através do constante trabalho e movimento, engrossa a ação dos
sais vitriólicos, com os quais se junta pouco a pouco , até finalmente ser coletado com facilidade,
inteiramente enrolado e amadurecido . O mercúrio tornou-se fixo e deu uma nova vida a
Vetriolo, não como um metal , mas como um pó insolúvel em água , como avvien e no caso da
terra. O lodo bruto de metais vivos certamente pode coagular pela ação dos vapores da água ,
além de Mercúrio e Vitriol. O próprio metal vivo não tem fogo suficiente em sua natureza,
apenas em fatos para permitir que Vetriolo e Mercury se derretam um no outro, o que não pode
acontecer sem a ajuda da água. O ouro se desintegra e seu corpo bruto é separado do
movimento do corante. P faça apenas o Mercúrio e o Vetríolo e deixe o corpo morto ao redor
da borda como terra inútil. A menos que você separe a terra do corante, que é facilmente

48
reconhecido pela cor, após a conclusão da obra de arte, a terra se misturará ao tingimento e
impedirá o crescimento do crescimento, porque Mercúrio se dissolve e fica escravizado com o
corpo e faz com que a composição se degenere , de modo que a textura fique mais fraca após o
crescimento e capaz de produzir apenas uma vigésima parte mais do que antes, em vez de trazê-
la para a maturidade completa.

Os antigos chamavam l ou Sulphur e Vetriolo com muitos nomes, por exemplo, a atmosfera
condensada em minerais; sal de mercúrio; ouro; leão vermelho ; o mercúrio; a águia branca;
homem e mulher; fixo e fluido, etc. , mas não guardei esses nomes porque eles realmente não
lançam nenhuma luz sobre o assunto. Ao escrever esta epístola, não a retirei de outros autores,
pois julgo que é melhor para você descrever a forma e o caráter que os encontrei e como os
trabalhei.

49
DE CORES

Quando o mercúrio dissolve o ouro que estava no recipiente e o torna fluido e expandido, o
mercúrio se junta ao sal mercurial universal e ao vitríolo, ou enxofre universal de ouro; isto é,
vitríolo de ouro e enxofre. Alguns autores a descreveram como um processo de refazione put ,
porque aparentemente a substância é negra ; no entanto, não é possível que um metal ou um
mineral se torne um objeto de ecomposição. Isso, dizem eles, eles mudaram o rei pelo artesão
em uma essência animal ou planta, que, no entanto, não acontece lá durante nossos produ
quaisquer deste superprodotto.

Há não posso imaginar por que devemos acreditar e afirmar ch e a solução pode ocorrer por
meio de qualquer processo de decomposição. Embora o tempo de permanência da substância
seja enegrecido ou, para ser mais exato, tingido de preto que é transformado em verde-preto ,
não muito preto e muito menos, use uma maneira ridícula de se expressar , mais negra que o
próprio preto, no entanto, essa escuridão de cor não n demonstra que existe uma
decomposição, visto que muitas substâncias minerais, como Vetriolo ou Zolfo e Vivo Metal e as
preparações químicas adequadas a eles, são negras e, no entanto , não estão em estado de
decomposição. decomposição , embora essas substâncias geralmente emitam um cheiro ruim.
Além do que, no decorrer de nosso trabalho , ninguém pode notar nenhum cheiro vindo dessas
substâncias até o fim, nem pode opinar sobre essa possibilidade.

Quando transformamos o sal do ar em ar universal em Mercúrio, levamos a substância a um


estado de decomposição com nossos próprios métodos, para que a parte animal, através de sua
força magnética , saia completamente ; mas depois disso, assim que nossa substância é
transformada em uma condição mineral, não a mudamos mais: tudo o que fazemos a partir
deste momento ocorre através do processo de simples dissolução e coagulação; não ocorre
através de nenhum processo de decomposição, da maneira que as pessoas geralmente
acreditam.

A decomposição muda para a substância de uma coisa de sua forma atual para outra , assim
como nossa substância corporal humana é transformada, do ar, por certos processos artificiais
de decomposição, passando dos reinos mediano e superior para o ' inferior, para se tornar
mineral ou metálico; não volte à sua substância ou estado original. Um se eu que é colocado no
solo não se decompõe. O sal vital afunda no solo com orvalho e chuva, penetrando através da
casca da semente até o núcleo, que incha e se torna lodo; então a imagem vital da planta ou
árvore, que foi impressa na semente na origem , é dividida em várias formas. Cada uma dessas
pequenas imagens adquire uma existência na forma material através de seu próprio sal digital,
vitríolo e água, que se manifesta ao longo do tempo e seu próprio primeiro sal ou vitríolo é
reforçado pelo vidro universal do solo, que flui continuamente dele e para dentro dele, dos
vapores de água vindos do chão.

Assim, é continuamente nutrido pelo sal vital que vem do orvalho e da chuva; o veículo, ou água
comum, se infiltra no solo e coagula com ele como algo pela metade ; a água nutre e aumenta
sua substância, através de oposição em particular; daí cresce uma planta grande ou uma árvore
alta, desde que o solo permaneça , no qual o sal central nutritivo nutre e nutra. Este sal vital
desce sobre ele através da ação do orvalho e da chuva. Então, não é correto que qualquer d ica
que, através da experiência, pode melhorar tudo através de um processo de decomposição no

50
reino da Regn o animal, vegetal, mineral ou metal, deixando o stess ou tempo preservar a sua
forma original ea sua própria substância peculiar, para encontrá-la ou vê-la mais bonita.

Eu poderia escrever novamente sobre o ensino de plantas e revelar a você uma teoria
completamente diferente, baseada na verdade, não em especulações ociosas e não anti, se esse
era meu objetivo e meu objetivo, mas o fiz em outro Tratado.

Agora, quero dizer algo sobre o poder do olho, sobre o qual alguns escreveram, e mostrarei a
você do que é feito. O que eles chamam de "vis oogen" (poder do olho) nada mais é do que isso:
quando Mercúrio começa a se mover, a sala às vezes sobe no ar, parecendo pequenas colinas,
depois o solo de ouro extinto, lodo, ou o que é chamado de preto , precipita na margem e o ouro
vivo alto sobe em verde ou entra em erupção diante do olho (vis oogen). A cauda do pavão é
vermelha , amarela, verde e azul, mas não há nada mais bonito do que as cores vistas no
recipiente de vidro. Esse é o efeito do Universal Volatile Sal e do Mercury, que acontece algumas
vezes sem nenhuma operação, como no caso das janelas, onde é possível ver cores no vidro,
através da ação da chuva e do processo de destilação. Às vezes, parece que a substância muda
completamente e isso geralmente pode ser visto na superfície em várias cores, mas talvez seja
o recipiente de vidro que engana.

Sobre isso, não posso escrever muito para você, e a razão é que, quando o ouro se dissolve, a
Terra Mortal e a massa aparecem no topo, ou a massa fica totalmente esverdeada. Isso só pode
ser aprendido através do chamado vis oogênio, então a terra negra sai e deixa toda a massa
coberta. Quando o processo de dissolução do ouro é concluído e a água é removida, a massa
expele toda a terra extinta e impura na borda do recipiente de vidro e parece estar na moda.
Aqui deve-se notar que a substância não muda em um dia, mas leva muito tempo, porque cada
cor, em seu desenvolvimento, aparece lentamente, torna-se forte e gradualmente desaparece.
Quando a cor branca começa a aparecer, a substância muda gradualmente para pó, o que
significa que nosso Vitríolo substituiu o Mercúrio e o fez contratando-o. Aqui começa o processo
de amadurecimento e depois prossegue para a coagulação (comumente chamada fixação) e
depois que o vitríolo mostra sua primeira força e transforma o mercúrio divino e o ouro em uma
terra branca , um processo adicional segue e através de um movimento gradual, imita Mercúrio,
que reveste cada partícula de vitríolo com muitas partes de Mercúrio - quanto mais difícil esse
processo , melhor o resultado - até que finalmente os pequenos corpúsculos se tornam sólidos
e compactos, a cor aparece amarelo que termina em vermelho e nossa tarefa está concluída.

51
DO TEMPO E DO RECIPIENTE

Com relação ao tempo necessário, não posso escrever e fornecer um período exato, porque o
trabalho pode durar muito ou pouco tempo, dependendo se o Mercúrio e o Vitríolo são
extraídos de apenas um elemento ou vários. No entanto, é um período entre sete e dez meses.

Embora o trabalho seja conhecido por mim de forma abreviada, provavelmente nenhum dos
antigos sabia como o trabalho poderia ser realizado com um perigo mínimo do que da maneira
tradicional que praticavam repetidamente. Isso pode ser feito com uma grande massa de
material; no entanto, quando finalizado, o trabalho não é tão bom e a propriedade do corante
é mais fraca do que a resultante de quantidades menores.

No que diz respeito ao tipo de contêiner usado, eu tenho uma escolha que provou ser muito útil
para fixar o peso certo do nosso material de processo no contêiner de vidro.

52
DO FOGO

Não há mais nada a ser mencionado, da maneira que pretendo instruí-lo, como fiz no caso da
Água, exceto para dizer que o Fogo é um incidente - um movimento pré-termo turbulento no
sal da Natureza ou , mais claramente expresso no nosso estilo, como agora o uso, um movimento
desordenado entre Mercúrio e Vitriol. Quando um movimento forte é impressionado por
qualquer coisa através de uma intervenção externa, então seu mercúrio, ou sal do Espírito, se
afina e é feito, por assim dizer, penetrante e está aqui e ali pelo forte movimento externo do
atmosfera, mantendo assim o mercúrio e a substância inertes. O efeito externo contínuo
causado pelo movimento da atmosfera reduz o mercúrio e o vitríolo e a condensação faz com
que os sais fiquem quentes e, assim, mudam para a luz que aquece e reconecta ; então a luz
gradualmente é destacada e lentamente sai da substância material.

A pirita aquecida torna-se ácida, consome e seca a água e cria uma desordem no mercúrio e no
vitríolo; a umidade une o mercúrio e o vitríolo, a substância começa a cair em pedaços, o vitríolo
e seu mercúrio são privados de toda a umidade e se tornam uma lixívia de sal morto e cre;
(estando morto na força desordenada do movimento e na justaposição profunda) a maior parte
do espírito coeso em mercúrio e vitríolo se torna uma terra morta; o mercercio e o espírito,
juntamente com parte da água, agora transformados em atmosfera, saem na atmosfera em
turbulência, em estado de corrosão, na forma de vapor (isto é, a chama) . Enquanto se eleva
levemente , através do movimento comum, o espírito se torna penetrante e tênue; enquanto o
vapor aumenta , a substância se torna mais pura à medida que chega e é separada no ar. Quando
a luz é inteiramente separada e abandonou a Oscur dade por causa de sua acutezz em, origina
um vapor pesado que se anexa a tudo que ele toca na forma de fuligem.

Veja, essa substância preciosa, porém desprezada, a fuligem, tem a mesma origem que o nosso
lodo terrestre. Assim como surgiu o lodo terrestre através da queda de Lúcifer, porque é essa
mesma luz em um movimento muito forte diminuiu e foi acre (ou o considerado goglio e
arrogância dele) e , desta forma ele afastado de a própria Luz de Deus, C OSI, em nosso trabalho,
a Luz cria uma substância (de Cristo chamada Sal da Luz Terrena) que é o sal da Auto- repulsão
e, quando incitada por seu espírito soberbo , se afasta por si só a Luz da palavra revigorante e
então a substância material torna-se escura, detestável e fede.

Lúcifer foi jogado em perdição e condenado. Seria o mesmo para nós, se não fosse por nós que
Filius Aerex Deitatis vel Trinitatis - Mercurius (Sa volatile astrale et aerum) se apaixona pelo sal
caído e degenerado e lhe dá uma nova luz; isto é, surge no ar como uma fumaça negra, à qual a
substância caída se recupera e, suavizada por sua maior dureza, adere à aparência da chaminé
e do forno e depois dá vida à própria atmosfera , que embora ainda nas garras do pecado
original, da queda do sal da autopropulsão, e ainda negro e esparso em sua aparência externa,
ainda assim existe grande força devido ao sal liberado e à nova luz infundida pelos muitos sal
dos espírito-Mercúrio. Quando o artista consegue dissolver corretamente a fuligem e separar o
puro do impuro, o mais poderoso sal de autopropulsão, próximo ao nosso lodo terrestre, é
assegurado e, em seguida, possui um Mercúrio genuíno e glorioso, u n Vitriol gloriosa, um
Argento Vivo e todos os metais, inoltr e um solvente ouro delicado e isto sem gastos.

A fuligem possui um sal Universal, que se desviou de seu estado anterior por combustão e d é
agora uma substância indefinida nascido e inespecífica; portanto, não é mineral, nem metálico,
nem animal, nem vegetal; ainda assim, tem vigor para e em todas as coisas, uma vez que sua
função específica é restaurada através da especificação ; e eu, além do final do experimento,

53
não quero mencionar mais nada, mas tenho que repassar a preparação referente ao
cumprimento . No entanto, quero lhe contar o segredo de que há dificuldade em escolher
fuligem.

Você precisa escolher a fuligem que produz um mercúrio, durante a solução e a separação dos
puros dos impuros , sem a adição de nada, que contenha em si o ouro em peso proporcional e
que aumente e que também ofereça um espaço glorioso, após um devido processo de
coagulação e ação madura , adequado para a melhoria de metais comuns , o que torna esses
metais maduros e os transforma em ouro. Assim, essa tintura é feita, a mais gloriosa do mundo,
através de nosso empreendimento magistral.

Mas estou me afastando do assunto Fogo; ainda precisamos mencionar como algo acontece
através da fermentação e decomposição. Quando uma coisa está úmida, ou picada e úmida, a
estrutura especificada da substância é propensa a putrefação, ou seja, que uma quantidade
maior de mercúrio é infiltrada através do canal de umidade e começa a tornar o vitríolo rarefeito
e a decompor a matéria. Esse mercúrio toma posse do vitríolo pertencente à substância; a luz
vai, como conse quentemente desta dupla estado de m oto; o espírito inflama e o assunto pega
fogo; isso depende da quantidade de água presente; no caso de restar água, a substância não
pode queimar, porque impede a expansão excessivamente penetrante do espírito e a
conseqüente ignição; e então encontramos na água aqui um sal, que penetra, quente e
penetrante (mas somente quando de maneira artificial ela é separada e uma quantidade maior
de água é trazida a ela e é difamada), então o espírito se expande novamente e fica facilmente
inflamado . Toda a vida animal e vegetativa é liberada pela chamada fermentação e entra em
um estado de decomposição. A razão pela qual esses materiais não se decompõem
completamente durante sua desintegração e desaparecimento temporários é que não há água
suficiente e, portanto, uma quantidade insuficiente de mercúrio (aerum universal) pode
penetrar para causar uma dissolução completa.

Um quilo de água só pode absorver um certo peso de mercúrio; e a água acima mencionada é o
único canal para o ar (atmosfera) e para o sal universal presente nele que, quando é insuficiente,
não pode reduzir completamente a substância.

Da mesma forma, a água salgada, sendo crua, pode absorver apenas um certo peso (saturação)
, embora seja facilmente misturada. Enquanto isso, mantemos, sem fogo ou chama, através do
chamado processo de fermentação, o sal das coisas, juntamente com o espírito, e os usamos
para nossas necessidades diárias. Neste trabalho , no entanto, o processo de movimento deve
ser monitorado e o momento de dissolução deve ser conhecido. O vidro é constantemente
reforçado e aumentado por mercúrio, vindo de fora; mas a matéria selada não pode parar e
muito menos se decompor, a menos que o recipiente seja grande e largo o suficiente e a
quantidade de matéria contida nela seja pequena, deixando assim muito espaço para o ar. A
força do mercúrio é gradualmente reduzida e a matéria surge livremente no ar, juntamente com
o espírito. Chegou a hora da reunião e, portanto, temos um sal do espírito em forma de corpo
sem água, desde que tenhamos uma condição pronta . Se tivermos que esperar muito, o
trabalho será em vão e o sal penetrante e o sal aerum mercurii evaporam junto com o espírito
da vida animal e a planta e a substância começam a emitir um cheiro ácido, o que mostra que
muito espírito se foi e sal e mercúrio do lado de fora começam a expandir o excesso de vitríolo
e, finalmente, fazem com que ele se transforme em salitre misturado com alto mercúrio na
maior proporção possível. O que resta das partes da substância úmida e crua torna-se alcatrão.
Aqui você pode entender bem que os termos Fermentum Fermentantis e Decomposição

54
adquirem um aspecto completamente diferente do que se imaginava até agora e não podem
ser usados para os fins de nossa empresa magistral.

Nossa substância é dissolvida por um certo peso de Mercúrio, que não é mais capaz de
pressionar, expandir e mitigar o ouro e seu vidro, além da proporção de sua força e seu peso, e
não do lado de fora. pouco ou nada se acrescenta ao nosso trabalho , porque os vapores da água
não podem penetrar em nosso recipiente fechado, pois são o canal de Mercúrio; então nossa
substância não azeda.

Quando a dissolução ocorre, Vitriol inicia o processo de regeneração e coagulação. Agora,


mostrarei a causa do fogo ardente e direi que tipo de incêndio é apropriado para o nosso
propósito.

A chama comum do fogo realiza grandes coisas e a qualidade do fogo de Lúcifer é descoberta
por si mesma durante sua queda do céu por orgulho. Iluminando como ele fez todos os Espíritos
de seu reino, ele causou um alvoroço entre os Anjos subordinados a Lúcifer, ao qual a água foi
criada na Criação, para trazer alívio e ajuda a essas criaturas caídas.

Qualquer espírito ardente e qualquer sal que queima podem ser aquietados pela água e levados
a um estado de movimento ordenado; muito também pode ser realizado nas condições da
própria água através da natureza e qualidade do fogo. Porém, onde não há água na qual um
espírito incendiário e um sal ardente possam ocorrer , em seu estado de movimento
desordenado, todas as qualidades que o espírito, ou sal, possui em si ou entre elas são
corrompidas e desperdiçado.

Assim, quando reduzimos a carne e os legumes à condição adequada para nosso sustento,
juntamente com o copo , a menos que permitamos que o fogo seja carregado neles ou contra
eles, o mercúrio apaga e o vitríolo é desperdiçado e não tomamos nenhum alimento; mas se
permitirmos que o fogo intervenha suavemente , através da água, da manteiga ou da gordura,
no suco da terra, o espírito iluminado e seu sal ardente trabalharão na carne e nos vegetais, e o
espírito e o sal passam na gordura e na água, que se tornam mais espessas. Q uindi, quando nós
cozinhar a carne e legumes para desfrutar da vitrio lum, para o sustento da nossa vida corporal,
precisamos porta Rei fogo a eles ou através deles, caso contrário, o mercúrio vai e vitriol se
decompõe e não permanece para nós sem valor nutricional.

Devemos permitir que o fogo penetre suavemente através da água, da manteiga, da fruta e do
suco da própria comida; o espírito ardente e seu sal brilhante se tornam ativos em carnes e
vegetais; espírito ou passe para a gordura e a água e elas se tornam mais espessas. Assim que
as partículas salinas começam a saltar gradualmente , o que ocorre até a madeira , o carvão
vegetal ou outro material queimar sob ou próximo aos alimentos , partículas já existentes na
água. A comida é preservada nesse processo de amolecimento e desbaste e é trazida para
expandir ainda mais; a água, no entanto, não admite chamas; portanto, o espírito e o sal da
substância que queima , ainda penetrando, são inseridos no coração da árvore e dos vegetais e
separam suas partes componentes e sua estrutura e eles se dissolvem completamente; uma
parte do mérito contido nas substâncias, juntamente com o álcool e o sal, desaparece no vapor,
uma parte permanece na água e outra parte é absorvida pelo recipiente em que é cozida, que é
mantida fechada e a substância utilizada deve ser cozido com muito cuidado.

O vitríolo permanece fixo na substância e no suco. Não é facilmente danificado ou feito para
parecer salitre, a menos que o cozimento seja muito longo e violento; a gordura, no entanto,
não é tão boa para o espírito. Q ow água salgada, e ainda , e em que o sal e espírito, a menos

55
que eles estão ligados, pos devem ser feitas mais espessa, porque a carne crua é, pelo major ior
parte, sal e espírito e, em menor grau água; portanto, se um pedaço de assado deve ser bem
cozido no espeto, durante o cozimento, ele deve ser ungido continuamente, após o qual será
cozido, não queimado, suculento e saboroso.

Eu poderia explicar as coisas e as coisas muito mais completamente, se isso merecesse minha
atitude, mas o suficiente já foi explicado . O fogo pode ser usado sem danos; nada pode ser feito
sem uma chama; portanto, o fogo deve entrar em contato com o recipiente químico que contém
nossas substâncias. O espírito inflama você e o sal ardente passa pela água ou por algumas
camadas de ar; elas se tornam espessas e soltas em sua consistência firme, ou seja, não nos
prejudicam, porque usamos um fogo suave com nossas substâncias, assim como usamos um
fogo natural quando conseguimos produzir bom mercúrio e ouro em um recipiente adequado
para por meio de um corante metálico.

Mas essa não é minha prática, porque uso um fogo delicado. Meu fogo é delicado , estimulante
e revigorante; é ao mesmo tempo espírito e sal, mas não é um fogo ardente e flamejante , tem
uma qualidade suavizante e se espalha facilmente ; Eu o crio através do meio do ari , onde meu
Mercúrio e meu Ouro se originam ; tem uma qualidade calmante e propícia, tornando-se
gradualmente ativa em toda a substância utilizada, trazendo tudo à maturidade.

Não vou lhe escrever mais sobre o meu tipo de fogo, tendo prometido calar a boca; basta saber
que o resultado é garantido por uma aplicação exata da chama até um certo ponto moderado.
Espero ter aguçado minha mente e levado você a saber o que sua inteligência poderá usar.

56
DA FUNÇÃO MAGISTRAL DE METAIS NO CORPO HUMANO

Há muita vanglória nos livros de química que tratam desse assunto, mas sei por experiência que
metade é falsa.

Nosso sal, obtido a partir da imagem terrena, metálico e misturado com ouro, produz a
regeneração de sal e ouro na forma de uma tintura que é um remédio poderoso para fortalecer
o corpo humano e restaurar sua saúde. Não é um medicamento universal para a ordem humana,
até que se torne um mineral e se transforme em uma substância mineral; isto é, o artista deve
regenerá-lo antes que possa se tornar um Mercúrio, após o qual operará na doença e fará o que
é falsamente reivindicado como sendo feito por um corante metálico. Se você deseja viver longa
e saudável, deve remover todas as dores e males do corpo usando um medicamento salino.
Pegue uma aguardente ácida de sal, um óleo muito pesado e um sal adequado, como sal de
cozinha, não alcalino.

Limpe estes três ingredientes e separe a fleuma (32); depois adicione-os novamente e você
obterá um sal vermelho , permanente, fluido no fogo , que nas proporções apropriadas une e
sela dentro de si o sal concêntrico central, o mercúrio animal e o vitríolo. Com q T seu processo
de um professor qualificado pode preparar uma dose com base na natureza da doença e
administrar, em um recipiente e apropriada, em tais quantidades que, mesmo se não há
nenhum sinal de faísca lla de vida, apesar da fraqueza do sofrimento e g -los ele realizará uma
cura, a menos que Deus chame a alma.
(32) A fleuma foi um dos quatro humores (frio e úmido) que constituem o corpo humano, de acordo com a "teoria
umoral e . Hipócrates (ver nota 17).

57
DAS FUNÇÕES PECULIARES

Existem certos métodos em particular que geram uma comoção tremenda entre aqueles que
trabalham na busca de ouro; na verdade, não há ninguém tão simples, ignorante e pobre que
não possua algumas dúzias de fórmulas, entre as quais certamente deve haver algo proficiente;
na verdade, é certo que existe.

É muito engraçado e dificilmente credível como essas pessoas pobres obtêm o conhecimento
para fazer ouro e prata com suas utilidades e que estão dispostas a ensiná-las a outras pessoas.
Naturalmente, não sou capaz de fazer nada assim; eles mesmos não têm senão alguns papéis
antigos e não têm relações sociais, exceto com mentirosos que usam palavras incompreensíveis,
falsas em seu significado. Por isso, tomam pelo nariz vários avarentos e buscadores de ouro,
apressando-se até que, despindo-os de suas posses, os deixam com um punhado de pêlos
esparsos espalhados no lugar do tão cobiçado Vel Dourado de Jason ... Não nego. que certos
métodos particulares são úteis, mas sei com certeza que poucas pessoas no mundo foram
capazes de usá-los. Afirmo que entre os muitos garimpeiros que conheço, não consegui
encontrar mais de dois que puderam desfrutar do fruto de seu trabalho. Os métodos que gozam
de reputação vão consideravelmente; alguns consistem de subterfúgio inteligente (33) e estes
dão PIII facilme nte os melhores lucros; alguma usan ou uma condensação mais intensa da prata,
quando se aproximam dos átomos com a adição de vetrolo iolo ou salium vitrioli licorum, ao
qual receber o corante de ouro e cobre é transformado em ouro. Existem outros que usam
corantes puros e simples, pelos quais uma pequena parte de um metal inferior é transformada
em muitas partes de ouro e prata. Dizia-se pelos antigos "Nullum est parti nisi ex univers", não
se deve entender que nenhum corante pode ser feito sem a substância universal sop borum
(stricta suma) ou, como dizemos em nossa língua holandesa, sem nossa Limo Terrestre .

Todos Vetrioli que são particularizada ou especificados junto com seus enxofres são produzidos
por ele e todo o metal -los vivos obtido a partir Universal Mercury e de vitriol surgir a partir dele
e crescer e operar por meio do Espírito Universal de Mercúrio. Portanto, não existe uma tintura
especificada que não seja derivada primeiro do Universal Mercury e Vitriol.
(33) A história da alquimia está cheia de histórias às vezes cômicas, outras trágicas sobre alquimistas fraudulentos
que também enganaram pessoas de alto escalão, como reis e altos prelados (veja Intuction for this work e Dr. Al. ,
pago 19. pp. 47-50 e 53-54; Stai., pp. 141 ·, B).

Quando qualquer artista consegue unir um metal ou mineral inferior, ou uma terra mineral, com
vitríolo e mercúrio, puro e limpo, com o peso certo, e selar a mistura, pode, com muito trabalho,
obter uma tintura grande força. Tal l ork, no entanto, leva um longo tempo, um monte de
despesa e esforço , e não é, como eles imaginavam os proprietários deste corante, existe tal
coisa como corante universal, embora seja dito que este corante univers ale é derivado de um
tal processo.

58
EM CONCLUSÃO DO ANTERIOR

Já transmiti a vocês tudo o que Deus me concedeu, meus amigos e colegas dignos da famosa e
renomada Faculdade de Pesquisa. Considere isso, portanto, como meu último testamento e,
como pode ser que Deus logo me convide a deixar esse mundo maligno, eu não apenas
mostraria o caminho para realizar a tarefa magistral de preparar metais, mas também para
mostrar como você pode conhecer a origem de todas as substâncias e todos os elementos.

Existem, no entanto, muitas circunstâncias que não podem ser descritas adequadamente com a
caneta, mas só podem ser consideradas adequadamente através dos olhos e mãos daqueles que
as possuem.

A obra de um sapateiro ( qualquer outro artesão que tenha sua própria obra - prima ou arte,
mas comparada à nossa é semelhante à água em comparação com o vinho) não pode ser feita
por um aprendiz com a simples leitura e descrição de uma obra-prima. Assim como o aprendiz
é elevado ao nível mais alto da escala de seu ofício pelo mestre, e tratado com respeito somente
depois de, por algum tempo, ter causado sapatos ruins, que em nosso trabalho ninguém pode
alcançar a preparação eficaz de nosso segredo (a menos que lhe seja concedida a revelação das
influências celestes ) até que ele cometa erros ou , através do ensino de um mestre vivo, ele não
tenha visto e imitado o necessário e exigido movimento hábil da mão.

Com relação ao doma nda que você faz para mim: qual é o método real dessa magistral nos
metais e como é feito? Aqui você pede dinheiro e, por enquanto , não responderei por inteiro,
como você gostaria. Parece que eu já disse mais do que suficiente a esse respeito no meu "
Physica"; no entanto, vou esclarecê-lo ainda mais, e digo: a substância mais importante ligada a
esse empreendimento é a atmosfera; o segundo em ordem é a água doce salgada extraída da
atmosfera; a substância mais essencial é a terra branca como a neve que brota da água; e o
último, o Mercúrio que brota do sal duplo e emana desta terra.

Aqui, é claro, é intendon elementos ou vários, que são quase incontáveis, através do qual as
pessoas aprenderam e sede de você ouro tentaram encontrar e captar a essência da atmosfera
e o pássaro que voa. Seu tempo, trabalho e despesas são perdidos, porque acontece que eles
não conhecem completamente a verdade e, para esse propósito indispensável, a Magnet e a
OMS desperdiçaram seu trabalho, embora alguns venham ver o Magnet, zombaram disso.
trabalho e ridicularizou a filosofia da atmosfera. Sua opinião, no entanto, está errada e sua
ignorância não tira nada da verdade da arte e da ciência. Qualquer médico razoável que desse
sua opinião sem preconceito estaria do meu lado.

Então, como é possível que essas pessoas obtenham o que querem, quando nem sabem como
fazer o que acham que outras pessoas fizeram? O prêmio é uma recompensa justa de trabalho.
Eles estão ansiosos para pegar o bolo, o melhor e Univer salas Espírito, as salas de estar e a luz
do mundo e tentar obtê-lo a partir de um substancialmente za morto. Com substâncias
pungentes e ossos calcinados, álcalis ardentes e pedras corruptas, eles tentam atrair a Luz do
Mundo, mas não moem esse pássaro (que Hermes chama de seu); mas com armadilhas astutas,
boa alimentação de pássaros e com alguns de seu próprio gênero, isto é, outros pássaros, ele
atrai o pequeno espírito de Deus, que é brilhante, benevolente e glorioso; não é absorvido por
nenhum espírito sombrio, fedorento e róseo, mas pode ser agarrado por uma alma delicada e
humilde , porque é melhor aceitar algo com um chamado (34) de sua própria espécie. Quando
o Espírito Universal da atmosfera reside em uma substância arsênica, muda para essa qualidade

59
específica e serve como alimento para os vegetais. Assim, para os propósitos deste
empreendimento magistral, o imã necessário é a melhor, mais delicada e gloriosa luz e o doce
sal, cheio de vida e espírito, que nunca cheirou o fogo flamejante, nem provou o sabor. terra
crua. Em suma, a natureza a produz a partir da própria atmosfera, de uma maneira
extraordinária, mas completamente conhecida e conhecida. Eu me encontro em todos os
lugares o tempo todo e sou alimentado pelo Sol e regulado pela Lua.

Como tal, ele dá uma esperança feroz a um Servo de Deus e dota-o com as sementes de vigor e
força, as pedras superiores e inferiores, sob a forma de uma água doce de Mercúrio ou Saturno
(35 ) e uma parada nza untuosa, a minha. amigos e colegas dignos . Isso pode ser alcançado em
qualquer lugar e a qualquer momento, no calor do verão e nos rigores do inverno; é, no entanto,
mais abundante em um período do que no outro; Eu nunca vi isso oferecido para venda; ainda
pode ser visto no mar e na terra; a sua preparação é triplo na sua perfeição, em primeiro lugar,
um pó b ianco-neve inodoro e insípido; segundo, dois sais sem umidade; terceiro, essas três
partes foram convertidas em mercúrio. Sua força está presente em toda preparação de uma
maneira maravilhosa; em seu estado bruto, contém a raiz das mais altas em ouro e prata ; isso
o leva a fermentar, fervendo como fermento, como uma vez mostrei ao nosso velho amigo ,
Heer Andries Stijger, médico da corte designado para o hospital e o Homem de Medicina em
Heidelberg , bem como para o inesquecível Professor Staal (36).
(34) No sentido de sedução, atração , como na frase ave de escala.

(35) Lembre-se de que, na magia, Saturno simboliza o corpo físico ( veja Krem, III vol., Pag. 671).

Seu poder, usado na arte médica, é enorme e seu conhecimento é a chave da natureza; faz o
que não pode fazer com outros meios, como podem ser percebidos em todas as direções, do
centro ou da circunferência. A grande despesa ou a grande riqueza não produz nada: "Nam Deus
vende seu bona suis pro oratione et labore, não pro pecuniary". Não tentei imitar a natureza
para adquirir riqueza, bem ! Sabedoria, Deus me concedeu o que orei, por Sua benevolência, e
não tenho a intenção de me sobrecarregar com trabalho extra , ansiedade e preocupação, mas
quero aproveitar a aquisição do conhecimento da empresa Magis em metais, sem estes pedras
de moer pesadas em volta do pescoço. Quanto à sua outra pergunta, é muito fácil responder.
(36) O autor refere-se a Georg Sta h1 (1660-1734), químico, médico do rei da Prússia em Berlim e professor de medicina
em Halle. Quando jovem, Stah1 acreditava firmemente na alquimia, em cuja história ele também é lembrado por suas
relações científicas com JJ Becher , que alegou ter operado transmutações metálicas (ver Stel. , P. 144). Um Johann J.
Becher (da subterranea Pbysica) autor parece Stah1 devem as partes essência de -los de sua teoria do flogisto, pe
formuladas r dar uma explicação unitária do fenômeno do fenômeno da combustão e calcinação de metais, teoria
que foi seguido por produtos químicos , até que foi descaradamente refutado por Lavoisier em 1774. As teorias
biológicas de Stah1, baseadas na doutrina do animismo e na negação do mecanismo cartesiano, encontraram muitos
adversários, mas também vários apoiadores, entre eles o Mason Leibniz. Os trabalhos de Stah1 são: Zymotechemia
[undamentalis (1697), na qual ele expõe as opiniões do boi sobre a combustão; Theoria medica vera (1707-8), na qual
suas teorias biológicas estão resumidas acima. exibido em muitas publicações; e Fu ndamenta chymiae (1723), em
que ele expõe suas teorias químicas.

Você pergunta nada mais do que isso: o que se deve pensar das figuras eminentes da Corte,
chamadas em geral de trabalhadores e garimpeiros, ou Alquimistas? A isto, respondo: É certo
que o Príncipe e o Senhor permitem que os Alquimistas destruam muito de metais finos,
minerais, vegetais e animais e forneçam fornos, carvão, recipientes de alto custo, ele espera
fazer ouro, mas o alquimista não tem uma compreensão exata dessa arte, mesmo que tenha
tentado todos os dias de sua vida , ele também não tem outro instrumento além da força de sua
vontade nessa arte. . Todos eles foram jogados em um mar de desespero em sua fuga para o
mineral So le, assim como Ícaro (38 ), com suas asas de cera. Esses alquimistas não têm utilidade

60
para seu mestre, embora talvez sejam úteis para si mesmos; mas eles certamente não ajudam
o drone com sua arte que, por muitas vezes falsificaram um jurado, é uma coisa verdadeira e
confiável. No que diz respeito aos gastos, nenhum filósofo precisa se preocupar em recorrer a
qualquer homem de grande riqueza; os pobres podem obter o Materiam Lapidam phi fácil e
melhor que os príncipes. Uma libra inteira de Mercurii philosophorum, d no início do trabalho
de preparação completa, não deve custar mais de doze xelins. As somas de dinheiro são inúteis
para esse fim, porque o preparo perfeito da matéria-prima produz Aurum Virgineum tão fino ,
sem a adição de nenhum metal ou mineral; tempo e trabalho sozinhos são as coisas que o artista
precisará para seu processo de fermentação.
(37) Aqui o autor se refere aos "sopradores" mencionados na introdução.

(38) Os alquimistas fizeram grande uso da mitologia clássica, adaptando-a às suas teorias e alguns, em primeiro lugar
os Maier, sustentam que as mitologias clássicas não passam de um véu sob o qual o segredo do processo alquímico
de transmutação : "Para os fins da alquimia, as mitologias e civilizações clássicas foram aproveitadas , muitas vezes
adulteradas consideravelmente para enriquecer a linguagem da alquimia simbólica" (Stai., pág. 176). Mai er, por
exemplo, e sua escola argumentaram que a filosofia alquímica estava nublada e oculta nos mitos antigos (ver Enl.,
Pág. 159). Existem dois ensinamentos profundos no épico de Ícaro : seguir os meios certos e não se orgulhar dos
resultados alcançados. O primeiro é claro nas palavras de Dédalo para o filho antes de iniciar o empreendimento:
"Cuidado, filho, não seja ousado demais: não se esforce demais , para que o calor do sol não queime as penas e não
derreta a cera; não voe muito baixo, porque a umidade do mar não torna suas asas pesadas; mantenha isso! meio
certo, siga- me, voe no meu rastro; Eu o guiarei .. (Mit ., Pág. 162) a partir das quais palavras outro significado
simbólico brilha : o de escapar da terra (o labirinto construído pelo mesmo Daedalus), p atacando o ar, superando os
perigos das águas e tomando fogo no calor certo . O segundo ensinamento vem do resultado do empreendimento:
Dédalo, que sabia dominar o orgulho, chegou a um patamar feliz, enquanto Ícaro, Inor goglitosi de! O resultado
alcançado com o voo, chegou a reivindicar chegar ao sol e cair, presa nas águas.

Enquanto isso, ele precisa de comida e provisões e, por causa da pobreza, não deve esperar até
que sua obra-prima seja concluída, ele também possui um material universal que, através de um
simples processo de preparação para a ação, fornece remédios. e entre eles o melhor rei de
todos, que é um verdadeiro Aurum e Argentum potável, adequado para uso humano e uma
verdadeira tintura de ouro. Portanto, o poc, o ouro ou a prata que ele possa precisar com
antecedência não serão recusados por nenhum paciente que deseje ser tratado. Q uando tem
uma dúzia de dólares na mão e segue o caminho da v ivere que deve seguir, não deve passar
indispensável no pão de cada dia em sua casa.

Considere o caso de um alfaiate que não é bom em seu trabalho. Como um homem de boas
condições, sem saber nada sobre a embalagem das roupas, se não o que se pode ouvir ou ler,
seria tão pouco carro confiar a essa pessoa a embalagem de uma peça de ouro? No entanto,
ouvimos ao redor que alguém, incapaz de tratar um paciente com um tratamento de quatro dias
e sem fazer nada no aperfeiçoamento dos metais , quer se comprometer com a criação de um
carro universal ou um meio de fabricar ouro, simplesmente porque tão pobre quanto Iro (39)
espera que seu trabalho fique rico como Creso. Quando nossos assistentes de laboratório (40)
conseguem aperfeiçoar a salia laxiua ou o álcali fixo, sem nenhuma adição; quando você os
transfigura, eles se fundem em elementos voláteis, espirituosos e vivos, e conseguem distinguir
o ouro sem ferver, sem deixar nada no bolo; quando eles puderem produzir os metais do próprio
ar sem nenhum elemento estranho e fazê-lo sem nenhum custo, começarei a considerá-los.

Haveria então esperanças de que, após os trabalhos realizados no laboratório de química dos
artistas, eles se tornassem mestres ou pelo menos assistentes. Para os grandes homens de
status social, os assistentes de laboratório não são importantes; esses senhores exigem que o
ouro dê origem a outro ouro e, em seus laboratórios particulares, consideramos apenas o que

61
produz dinheiro em superabundância , não em sabedoria. É apenas o ouro que os assistentes de
laboratório pedem à pequena nobreza do país e esta última aos assistentes de laboratório.

Eles têm pouca ou nenhuma consideração pela Sabedoria, de cujo Temp I certamente uma porta
secreta leva à riqueza. Qualquer pessoa que possua o conhecimento desta arte com certeza
indiscutível, nunca deve revelá-la a um homem de alto status ou a qualquer pessoa principesca
até que , com uma longa conversa, tenha sondado seus sentimentos e, portanto, possa
considerá-lo seu amigo. Cristão, reto e constante.

É somente dessa maneira que um conhecimento do coração mais íntimo da natureza pode
alcançar uma pessoa principesca. Um ministro da natureza honesto pode facilmente guiar a
natureza sem chamas ou fogo; ela não fala com ele com um fogo ardente e ele usa um fogo
muito penetrante no relacionamento mútuo, nada afetivo ou corrosivo, que reside na mesma
cavidade da natureza, junto com a substância real da matéria. O artista faz uma setembro
aration, coloca seu material em um recipiente e suspe nde sobre o fogo mais poderoso, lindo,
bonito e penetrante como o que podia para ver colocar o processo de separação e coagulação.
Uma vez ligado corretamente, esse fogo funciona por vários meses sem a necessidade de
cuidados; depois é renovado com uma alimentação subsequente . Para os propósitos da
química, em seu mais alto empreendimento, é da única substância e cavidade da natureza que
o ouro, as trevas e o fogo se originam e nada mais é colocado no vaso entre o oculto "Athanor"
. Como estão os ases em dificuldades agora , com seus maravilhosos fornos, cubas, materiais
caros e trabalho pernicioso? Onde estão os adultos com suas muitas migrações de ducados
perdidos? Em todas essas coisas, o trabalho usado é simples; não precisa de prolixidade de
expressão, nem é digno de meros elogios. A maioria dos assistentes são inimigos da natureza;
eles a torturam demais com seus artesãos do mal. Se fosse possível, acho que eles
transformariam o laboratório em um inferno.
(39) O mendigo da Odisséia.

(40) Também com este termo, o autor indica os «sopradores ..», que foram discutidos na introdução.

"Auri sacra fames , qui d non mortalia vogis pectora", que cada um de vocês se olhe desse tédio
louco e preste atenção à sua própria mente , para que um verme de ouro desse gênero não o
penetre e você o carregue para consternação. As suas outras consequências consistem no efeito
que tem para estragar a inteligência, Causand ou distúrbio ea perda de seus ativos. Essas
conseqüências devem ser temidas quando uma parte é deixada no pote. Nossos amigos riem
dessa seita perniciosa e se olham por esses feiticeiros praticantes, como se olham do diabo,
porque a maioria deles se parece com limpa-chaminés. Mas uma vez que um indivíduo ignóbil
de gener e se infiltrou na pele de alguém, sei com certeza que se livrar dele não é uma tarefa
fácil, pelo menos até que ele tenha sugado uma porção abundante de vigor e sangue. Em troca
de ganhos, ele deixa lixo e encontra uma dúzia de cantos para escapar de qualquer mão cruel,
sendo perfeito e hábil em disfarçar; NB você pode dizer que todos os processos são ou processo
Universal, mas você dizer que um é melhor que o outro. Esses autores sabem como levar seus
leitores pelo nariz . Alguns assistentes gostam de citar livros como Geber (41), Turba (42) e
muitos outros, qualquer que seja o título, assim como os Hermes citam a Bíblia. Uma verdadeira
inteligência sobre esse assunto não revela Deus com livros; eles não servem para ninguém. Eles
não podem ser usados sem serem iludidos e são inúteis sem uma demonstração positiva.

Esses livros podem confirmar nossa aprovação? Little Robaccia! Eles são sombrios e fúteis.
Existem opiniões preconcebidas lidas . Se, por acaso, formos inteligentes o suficiente para
entender nos livros o que dizer de Vetriolo ou Mercúrio, poderia haver sentido nas definições

62
ou explicações sobre o Vitríolo ou Mercúrio. O que o homem ouve é prontamente acreditado.
Era uma vez um aristocrata holandês nas Índias Orientais , que tinha a ilusão de que um dia ele
certamente se tornaria governador do Reino da Holanda e de toda a Holanda, já que outro
carpinteiro de navio havia garantido um lugar importante na velhice, pelo tempo de serviço e
pela boa e boa conduta, e porque outros oficiais haviam sido mortos em uma batalha naval; ele
pensou que sua inteligência não era inferior à do outro e considera sua aparência mais atraente
ao se olhar no espelho. Em comum , ele morreu em más condições econômicas. Se alguém
tivesse tempo e dinheiro sobrando no curso de sua profissão, dedicaria seu tempo ao serviço de
Deus e ao conhecimento de si mesmo e ofereceria o dinheiro aos pobres; então ele reunirá no
céu um tesouro para sua mente, que nem as mariposas nem a ferrugem devorarão e que os
ladrões não procurarão nem levarão embora. Há tempo de sobra para contemplar as
maravilhosas obras de Deus.
(41) O autor aqui se refere a Jabir ibn Hayyan, o maior alquimista árabe que viveu no século VIII, não deveria ser
confundido com o Geber, provavelmente espanhol, que escreveu sob esse pseudônimo obras alquímicas latinas no
século XIV . Entre as muitas teorias dos árabes Geber, há a que diz que todos os cumpridos consistem em dois princípios
que se assemelham a enxofre e mercúrio. Essa teoria, que representa uma modificação e uma extensão da concepção
aristocrática das duas exalações, foi modificada por JJ Becher e GE Stahl (ver nota 36) na teoria do flogisto. Os
trabalhos de Geber foram traduzidos para o inglês por R. Russell e publicados em 1928 sob o título The Works 01
Geber (ver também a Introdução a este trabalho, notas 6 e 13).

(42) O Turba pbilosopborum é uma obra anônima que apareceu pela primeira vez em manuscritos latinos no século
XIII , cuja primeira edição impressa data de 1572 (Basileia). O trabalho reproduz, através de uma espécie de introdução
e 63 discursos, uma discussão entre nove filósofos sobre temas alquímicos e parece até agora estabelecido, por
estudos de]. Ruska, HE Stapleton, M. Plessner e E.]. Homymyard, que assume uma tradução para o latim de uma obra
em árabe (cfr. Stai., P. 85-89) .

Portanto, não cabe a ninguém dedicar-se a esse esforço fútil, porque um dólar no bolso é
superior a mil dedicados a cobranças vãs . Agora vou pôr um fim a esses discursos e mostrarei,
em resposta à sua última pergunta , como você pode dissolver o ouro, com pouco trabalho e
pouca despesa e sem fogo ou ácidos corrosivos e, portanto, transformá-lo em um remédio
maravilhoso, para Grace de Deus.

Embora um Deus justo tenha sobrecarregado o homem não apenas com doenças, mas também
com a morte, ele também, por sua misericórdia e benevolência, foi solícito, na medida em que
admite que um excelente medicamento nascerá da terra para o benefício de do homem, a mais
alta criatura dentre todas as outras e, portanto, pela sagrada vontade de Deus, a doença vencida
pela doença pode ser rastreada de volta à boa saúde e mantida ali.

O reino da Natureza é dividido em três pelos professores e médicos instruídos , a saber, o Reino
Vegetal, o Animal e o Mineral, que distribuem sua energia ao Homem porque o usam; nesta
divisão, o Reino Minera certamente não é o menos importante , e nele o mais nobre dentre os
Metais, o Ouro, possui maravilhosos poderes medicinais, estimulando o Espírito na vida humana
quando a doença é entendida e dissipada com a ajuda de Deus, o Spiritus luminosus está
profundamente enraizado ou dourado como uma força metálica compacta e robusta e,
portanto, não é capaz de fazer o homem compartilhar sua força, a menos que esteja livre de
seus laços. Vários médicos tentaram quebrar as correntes com diferentes preparações .
Permitirei que cada um de vocês mantenha sua opinião. Eu, pela minha parte, tanto ringraziat
ou Deus, eu tenho a minha equipe TODO para trazer o ouro em solução e extrair a um ima. É
feito facilmente, sem despesas, com pouco esforço e sem tempo. Escrevo para você sobre essas
coisas que vieram, com muito trabalho , a conhecer experimentalmente o que é o erae solutionis
Auri, a verdadeira solução do ouro; e, no decorrer deste experimento, para saber quão poderosa

63
é essa essência do ouro dissolvido, uma vez que foi trazida a um estado de dissolução pelo meu
solvente e na condição de ser extremamente útil para o corpo humano . É muito provável que
muitos de vocês duvidem fortemente da eficácia do meu método.

No entanto, não vou extorquir dinheiro de você, duvide ou não, sendo incapaz de conduta
semelhante. Acredite ou não, não faz diferença para mim, nem me ofende; Confio em que você,
ou alguém entre vocês, acredite no meu método e ficarei satisfeito se meus escritos o
agradarem. Isso é o que eu quero dizer: Se Deus quiser, tudo nos preocupar com esta questão.

O ouro, em latim = Au rum e em grego = Chrusos, é entre todos os metais o mais nobre, o mais
sólido, o mais puro, o mais bonito, constante, o mais sumptuoso e magnífico e, sem dúvida, o
rei do reino Mineral, alegria para os olhos, o coração, a mente, a vida e os sentimentos do
homem; isso é o suficiente bem conhecido; mas dos químicos, por sua excelência, chama-se Sol,
Corpus Rubeum, Leo Homo Senex, Lapis Benedictus, Filius Solis, Ter Ignis, Rubeus Filius, Lumen
Majus, Fermentatum Rubeum, etc. Está além de qualquer discussão que o ouro, quanto à
excelência, não seja uniforme, sendo dividido em vários gêneros; entre os quais, os superiores
são o ouro árabe, o ouro húngaro e o ouro do Reno; não é, no entanto, somente nos nossos dias
que este Noble Metal está sendo criado; muito apropriadamente foi chamado, como Lucanus
diz, "Ferrum mortemque Timere A uri nescit Amor", e similarmente Nasone, "Aurum om nes,
proíbe [sou pietate, colunt; Auro pulso [ides; Auro uenalia [ura. Aurum lex sequitur »; e em
outras passagens: Aurea nunc uerae sunt secula; plurimus Auro venit bonos ; Honra Auro
conciliatur. Isso tem sido apreciado pelos homens nos tempos antigos; a cela do mosteiro estava
adornada com ela; Eu nem falo do Templo Sagrado que os Sábios ou Rei Judeu (43) construíram
em Honra e Glória do Rei On , que, como se diria, era tão brilhante quanto o Ouro, porque estava
coberto de Ouro. Sim, mesmo quando o Paraíso estava sendo criado, o ouro foi mencionado.

Ele trouxe fama para uma família real porque o ouro foi encontrado ; as palavras são "ouro é 11
". O ouro é caro em qualquer país e, portanto, pessoas de todas as idades aumentaram seu
status e status com o ouro , tornando sua aparência mais importante e bonita. Isso é
demonstrado na história dos mundos Temporal e Espiritual.
(43) O rei Salomão, cuja sabedoria é proverbial (rei I: 1-7), se engajou na construção do templo de Jerusalém (1 Reis
9: 1, 24; 11:27), que durou sete anos, sob a direção de Hirão de Tiro (1 Reis 7: 13, 40, 4 '). O simbolismo dos três
primeiros graus maçônicos (Azul da Maçonaria) baseia-se na construção simbólica desse Tem interior e no assassinato
de Hiram por três Companheiros , enquanto a simbologia de alguns se baseia na pesquisa e descoberta da tumba de
Hiram. graus do Rito Escocês Antigo e Aceito.

Um certo autor escreve que os reis peruanos, não satisfeitos em possuir pequenos assentos
banhados a ouro, fizeram cadeiras e selas de ouro ; da mesma forma haviam colocado em seus
templos estátuas de enormes dimensões feitas de ouro derretido puro e simples . Eles fizeram
isso porque as regiões que possuíam eram polvilhadas com sementes de Mineral Aureus.
Aconteceu que uma nova mina de ouro foi descoberta quase todos os dias; pelo vezes o ouro
cresceu da terra como cespug eles e arbustos e enrolando ao redor de árvores e videiras; é
dezembro e também que quando lançar as redes na água e retirou-se do lado de fora, havia
muitas vezes grandes peças de ouro. Algumas destas peças foi pena não quatro ou cinco mil
ducados cia scuno. Não devemos esquecer o grande tesouro na igreja de Maria de Loreto (44),
mencionado por escritores clericais . As paredes interiores são cobertas com retratos de F edeli,
gravados em ouro e prata; você pode ver corpos e artes feitos de ouro e prata; também estátuas
dos doze apóstolos , cada uma pesando sessenta libras decoradas com ouro, etc.

64
No entanto, como não é nossa tentativa de mantê-lo mais longe com histórias do gênero, (caso
contrário, eu poderia dizer várias), seria melhor se soubéssemos se de um metal tão nobre
poderíamos ou teríamos um excelente remédio para proteger a saúde humana, por recupere-o
quando estiver perdido, com a Bênção de Deus e o uso desse medicamento. Portanto, ficaremos
sem as histórias e imediatamente procederemos à descrição do ouro.

O ouro consiste em Mericrius e Vitriol muito puros e um pouco de água; quando amadurece , a
umidade passa através da qual o curativo e o Vitriol são unidos ; então o Mercúrio permanece
em sua plena maturidade, constante e completo.
(44) O autor refere-se ao santuário da Santa Casa de Loreto, cujo tesouro foi no passado parcialmente saqueado e
parcialmente entregue a Napoleão Bonaparte em consideração aos subsídios de guerra baseados no Tratado de
Tolentino (1797).

Geber descreve o RO da seguinte forma: Aurum est Corpus Metallicus} citrinum ponderosum
mixtum, fulgidum multum, equalizador em Ventrae T errae digestum et aqua lote de minerais
muito finos : sub-malleo ductile et igne fusile, excrenationem cirenitii et cemen ti fusans, La A
natureza perfeita do ouro consiste na pureza, força e peso do vitríolo e do mercúrio. É por meio
da dureza e solidez da matriz que o crescimento é promovido . Quando a matriz é fraca e porosa,
os vapores obsoletos e impuros que passam por ela com a passagem do ar da água para a terra
e, no devido tempo, através de um processo de penetração, contaminam o vitríolo puro ; mas,
dada uma matriz geradora compacta, nada pode penetrá-la, exceto o sal puro da atmosfera e o
ouro.

A partir desta breve descrição e em que consiste o ouro, podemos agora saber que ele é
atribuído com grandes potências para melhorar a maioria dos metais comuns e também a saúde
humana. Quanto ao primeiro, o material do qual o ouro vem para melhorar os metais, refinando-
os e transformando-os em ouro, é geralmente chamado de Pedra Filosofal; há muitas pessoas
que vagam em busca dele e o possuem, e muitos se gabam de realmente possuí- lo, entendendo
a arte de transmutar metais comuns em ouro ; contudo eles estão sem eles. Eles possuem
apenas uma grande força de vontade na prática artística, o que os leva ao Sol do reino mínimo
por meio de asas de cera; quando essas asas começam a derreter, jogam Ícaro no mar de
desespero. Outros não tomam conhecimento disso e continuam a acreditar que conhecem o
art.

Conheço a história de um artesão (que não mencionei por várias razões), que se apresentou
perante a Assembléia dos Médicos de uma universidade famosa para apresentar um tópico em
que, com rigoroso raciocínio, ele convenceu os professores de que não poderia haver Pedra
Filosofal ou qualquer processo de transmutação . Então o artesão pediu um pequeno forno, osso
ígneo e chumbo; quando lhe foram entregues, ele lançou o osso e jogou poeira nele, e o chumbo
se transformou em ouro, que ele colocou diante dos professores, pronunciando as seguintes
palavras: "Resolva mihi bune Syllogismum", após o que o artesão ele foi embora.

Embora muitas descrições cheguem à vanguarda do dia, que pretendem ensinar tudo sobre a
Pedra Filosofal, muitas delas são expostas de maneira tão obscura que não podemos falar sobre
elas . Não vou me misturar com eles, nem vou afirmar nada sobre a arte da transmutação, nem
vou negar sua possibilidade . Uma arte nobre deve ser estimada, bem aceita e deve ter um bom
começo; é certo que muitas vezes alguém é enganado; t antes que as pessoas escutem todas as
coisas tolas que lhes dizem e a maioria delas procure ouro e dinheiro. Há quem espere ouro dos
assistentes de laboratório, mas os assistentes de laboratório não tiram ouro de muitos. Esses
assistentes de laboratório são os inimigos da natureza; eles a atormentam continuamente com

65
seus fogos flamejantes, a qualquer hora do dia e da noite e, creio que sim, gostariam de fazer
da própria natureza um verdadeiro inferno.

Auri sacra fames quid non mort alia cogis pectora! Muitos bons químicos morrem de doenças
antes de terem sucesso. Infelizmente, quantos perderam tempo, dinheiro e saúde trabalhando
na Pedra Filosofal! Encontra-se uma abundância de histórias sobre esse assunto que se poderia
escrever um tratado ab astanza volumoso ; quem quiser fazer isso, pode comparar a Pyrosophica
de D. Barch usen (45) em Lib. De Alchymie e (45) Aqui, provavelmente, os erros de transcrição
foram cometidos, porque o nome de Barchusen era] oh ann Conrad, a menos que o autor com
o D. inicial quisesse se referir a algum pseudo-número ou à abreviação de Doctor. Barchusen
nasceu em Horn em 165 6, estudou farmácia e viajou bastante. Foi professor de medicina em
Utreeht em 1698 e professor de química em 1703. Ele morreu em Utrecht em 1723. Escreveu
vários trabalhos, incluindo PharmtKopoeus Synopticus (1645), Historia Medicinae (Amsterdã,
ele poderá encontrar muitas histórias do tipo que foram preparadas do ouro, pela graça de Deus,
um remédio poderoso, infalível e confiável, benéfico para a constituição humana , está fora de
dúvida, o que importa é como pode ser preparado sem grandes despesas, trabalho e tempo ,
trazendo ouro de sua condição rígida e compacta para derreter através de um solvente delicat
ou sem chamas, para que possa espalhar sua força, solicitar espíritos vitais e promover uma boa
constituição , que só preserva a saúde humana; irradiando e certificando-se de que os efeitos
bons e delicados dispersem os ruins sem aborrecimento, ou seja, eles nos mantêm em boas
condições.

Existem muitos remédios de ouro nos quais você pode ler tudo o que deseja na Pharmacopia
Schroeder, na Pyrosophica de Barchusen , no Medium: Spirit of Wirdig e outros textos, mas o
que estou escrevendo é sobre a verdadeira Solutie Auri da dissolução do ouro; leve o ouro a um
estado de dissolução em sua essência e faça com que ele se torne um verdadeiro ouro potável .
Não preciso mencionar a prova de seu poder e sua eficácia na manutenção da vida e da saúde
humana e na remoção de doenças e como isso ocorre , porque os autores que falam tanto sobre
Auro Potabilis escrevem muito sobre isso abundância.

Agora vou mostrar como insisti em dissolver o ouro em sua essência e mencionarei com
simplicidade e em poucas palavras seus poderes, Aurum qui po ssidet bêbado, secretissimuro
habet remedium. Quem possui este magnífico medicamento tem um remédio muito precioso,
mas não falarei ( 1710) e Dissertationes de medicinae origine et progressu (Utrccht, 1723). Ele
tratou particularmente da alquimia em Lib " singularis de Alchimia. O trabalho a que o autor se
refere aqui e mais tarde não é Pyrosophica, bensf Pyrosophia, succinte atque brevit"
Iatrochemiam, Rem Metallicam et Chrysopoeiam pervestigans (1698). O livro Elemen ta
Chèmiae (1718) é uma edição revisada da Pyrosophia deste medicamento da maneira que
Fredericus Guuldus falou sobre ele; depois de passar cem anos em sua vida. Muitas pessoas me
escreveram sobre a dissolução de ouro em ouro e como isso deveria ser feito, pedindo que eu
dissesse exatamente o que devemos descartar e o que deve ser mantido. Agora, pretendo
informá-lo sobre esses processos. Não acho que qualquer processo possa ser realizado sem o
uso de fogo, sem despesas, sem gastar um pouco de dinheiro, sem trabalho e sem gastar muito
tempo.

De fato, aqui está o meu método, que descobri pela graça de Deus: o ouro, como já disse, pode
ser produzido inteiramente por mim sem fogo, no inverno e no verão, em qualquer lugar , tanto
em terra como no mar. e sem dar um passo para fora do meu quarto, mas não estou satisfeito
por tê-lo completamente dissolvido até que se torne visível na forma de pó cinza ou bastante
enegrecido, do qual uma tintura pode ser retirada; quanto mais ouro é usado, mais poderoso e

66
eficaz o corante se torna; são necessários muito poucos gastos para esse trabalho, exceto pelo
que o ouro em si custa e, além disso, são necessários apenas alguns centavos, como eu já disse,
porque meu solvente, com o qual dissolvo completamente o ouro, pode ficar em qualquer lugar,
do eu.

Qualquer homem pode fazê-lo, rico ou pobre, de posição importante ou baixa, de fato, homem
ou mulher, por mar, na terra, sem dinheiro, com a diferença de que, para um indivíduo, leva
mais tempo que para outro e o ouro encontrado é mais brilhante ou mais opaco: ainda é certo
que ele o terá e há pouco trabalho a fazer; qualquer criança de dez anos ou menos pode fazê-lo
, infalivelmente, do começo ao fim, sem perigo e sem nenhum esforço específico; não é que se
deva dedicar muito do seu tempo, porque a dissolução do ouro pode ocorrer em algumas horas
e é uma alegria e um prazer ver a si mesmo como foi testemunhado por muitos bons amigos
que participaram do meu trabalho. Não faça disso um grande segredo, mas você não pode
esperar que aqueles que não me conhecem bem o suficiente mostrem tudo diretamente.

Quando esta força maravilhosa está presente na forma de poeira, o ouro é completamente
dissolvido e o corante pode ser extraído. Esse ouro deve então ser usado em gotas, a cada dois
ou três dias, ou mesmo a mim, e exige apenas que seja digerido docemente, o que não é um
grande incômodo, e deve-se observar cuidadosamente que ele é feito corretamente. V Eu tenho
escrito sobre este modo que você está melhor habilitado para entender tanto l e acima de
ambos os subsequentes observações de Ali Puli. Tenho o prazer de ter adquirido este
medicamento ccellente, através da Bênção de Deus, que é benéfica para as funções do corpo
humano. "Deus vende sua bona suis pro oratione et labore, não pro pecunia".

S i deve dedicar molt ou trabalho e você tem que fazer várias tentativas antes que você possa
perceber o que. No entanto, desde que prometi mostrar a você como fazer um remédio
maravilhoso com alguns métodos , do ouro, sem fogo, despesas e trabalho, vou agora revelar
os principais segredos do trabalho. Antes de tudo, posso dizer que a seguinte receita foi passada
por um senhor digno que me deu a honra de vir me visitar e tentou o meu melhor comigo, mas,
como Deus me revelou um caminho mais curto, prefiro segui-lo, mas vou dar a descrição, como
entregue pelo Senhor previu:

Receita: Reg. Marte e Vênus (46): três partes, derretem no fogo, jogam fora uma parte de ouro
fino, derreterão até que um filme fino semelhante a uma rete seja lançado sobre toda a massa
: aqui devemos permanecer cuidadoso - (46) Reg. = Regul. A régua é a " estrutura metálica pura
de um corpo, simples e composta. (DiI., P. 151-52) . A régua de Marte ou Marcial é uma "liga de
1 parte de antimônio e 2 partes de ferro. (DiI., P. 152). O governante de Vênus é uma «liga em
proporções iguais de antimônio e cobre» I «, página 152) - porque não dura muito, então vai à
lona e deixa esfriar; desamarre-o novamente; então o a é feito para brilhar inteiramente com os
fulminantes que você joga nele (ou seja, nitro = 1 libra, enxofre = 8 onças, ácido tartárico bem
sacudido = 6 onças: e fazer as brasas brilharem). Depois de agitar e deixar cozinhar em água por
uma hora, até a mistura se dissolver, a solução deve ser filtrada e precipitada com Spiritum Acet.
Alb. O vinho produzirá um enxofre amarelo como precipitado , que deve ser adoçado até liberar
água muito doce. Este enxofre deve então ser completamente seco , tomando cuidado para que
nenhuma substância, sujeira ou impurezas entrem em contato com ele .

Quando estiver seco, despeje mais de 6 partes do nosso licoris Mercurialis simplex sine
sulphuribus por cima e a solução deve ser deixada para cozinhar dia e noite. Isto é seguido por
um processo de destilação em um banho de areia durante o qual o enxofre se separa com muita
facilidade. Ele mostra várias cores na retorta e no contêiner de coleta, que pairam muito alto

67
como um arco - íris; nesse processo, ele cairá no fundo do enxofre. Quando as cores
desaparecerem, o que restar deve ser derramado sobre o restante e deixar esfriar - coloque a
retorta e deixe hermeticamente selada para cozinhar por quatro horas; então ele deve ser
destilado novamente e o assunto é separado e agora o chamamos de Mercurius Duplicatu . Mais
uma vez, deve passar pelo processo de destilação, desta vez sem restos; colocar -se o resíduo
em um molde, fechar completamente a rei cipiente de vidro, deixando bol lenta e suavemente
liras no vidro e quando umi resultante dedos atribui ao topo do recipiente, secá-lo com u
nenhuma pano limpo e repeti-la de cada vez que aparece o 'um oisture sobre o gargalo do
recipiente, de modo que o licor e pode ser desprovido de muco; é então chamado Tincture M
etallorum e deve ser usado em doenças, mas com discrição e somente após o terceiro dia.

O Liquor Mercurialis é o seguinte: Fac Regul Antimon - ex Minera et Mart cum Ni tr: parum
Antimon Une, 9 Martum Une, 4 - purificat e geralmente a regra de ouro com Nitri durante a
fusão, f na qual o Regulus não brilha mais; derreta meio quilo desta régua com meio quilo de
cobre, purifique novamente com Nitr. f para que o Nitri pareça branco no processo de fusão , a
régua ficará azulada e deverá ser embaralhada novamente ; adicione a uma libra

dele, três libras de Mercurii Sublimat sine arsenico. Isso deve ser destilado em um banho de
areia e o licor deve coletar em um recipiente; butyrum cum nova Sublimat - parte 6 cum parte
3 sublimat - erro e distinção Licorum rursus separa cape et serva, butyrum toties cohoba donec
totu m em Liquorum Transierit; omnes licores misce et destilla simal a laços; donec nulla feces
amplius reperiantur, sic bab es aqua Mercurialem, adequado para o trabalho mais bonito.

Borellus (47) diz que o ouro foi desfeito da seguinte maneira: Ele juntou o orvalho de uma
maneira particular e o filtrou; depois deixou ferver até a água evaporar; depois disso, ele o
deixou do lado de fora no ar à luz das Estrelas e dos cristais que foram gerados a partir dele
produziu um licor espirituoso com o qual ele dissolveu o ouro e, por isso, fez uma preparação
que serviu como um remédio caro.

Não direi nada a outros autores, incluindo Helmontius (48), Arnaldo da Villanova, Basil Valentine
(47) .O autor provavelmente se refere a Pietre Borel, nascido em Castres por volta de 1620 e
falecido em 1671 ou 1689. Borel estudou medicina em Montpellier e começou a praticar em
Castres em 1641. Em 1653, ele foi para Paris e em 1654 foi nomeado médico do Rei. Ao longo
de sua vida, prosseguiu fervorosamente o estudo da história natural , da química e da química.
óptica, astronomia, antiguidades, filologia e bibliografia.

Algumas de suas obras são: Obseruat IONES Physicae Médica (Castres, 1653; Paris, 1656) e
Bibliotbeca Química (Paris, 1654), mas ele também deixou um grande número de manuscritos
que nunca foram publicados, incluindo f igura uma História of Chemistry. (48) J . B. van Helmont
(ver nota 21) no (49), Raimondo Lullo (50 ), etc., que, através de vários métodos, tentaram
dissolver o ouro para obter um medicamento precioso .

Cerca de uma Au beber rum, em que um bom amigo, deixe-me saber de uma coisa, eu c refazer,
e eu de fato estabelecido, que é um p Aurum Putabile iuttosto que uma Beber Aurum: ouro a
apodrecer piutt esde para aliviar a sede , porque: Quia de auro nemi Nimu qvidem em
quantificar uel qualitate trans retortum ira potest sed spiritus sacbari ascendit: e capita mortuo
em alta ditionem nitrilo et litbargiri em igni [ortiger fundido et deinde AC Pella sua camminem
para paritatem metais Tractato, totum auri antimonii ad mixti pondus accipies, sed si salum
capel o injiciatur aurum ferme totum propter malignitatem antimonii amittes. O processo é o
seguinte:

68
Receita: Antimônio Cru, Tártaro Cru, Nitro de Sal, 1 lb cada, 2 oz de carvão vegetal de limão;
todos você ser pulverizado. Coloque um cadinho sólido para derreter no fogo até que comece a
brilhar e gradualmente coloque os pós no grilo com uma colher de ferro, permitindo que o todo
ferva lentamente. Quando tudo foi derramado, deve ser feito e sob fogo violento; deixe por um
tempo e depois remova e deixe esfriar; no fundo você encontrará um resíduo; essa régua é
então empoeirada e derretida em um pequeno cadinho, para que as impurezas possam sair e
ser purificadas; tendo feito isso, pegue quatro onças do Regulus Antimonii e derreta-o em um
pequeno cadinho; depois jogue um ducado que será removido imediatamente; em seguida,
despeje, mexa e adicione três onças do melhor açúcar do primeiro produto, ponetel ou de forma
suficientemente torta muito bem em um banho de areia e luz sob o fogo, aqueça gradualmente;
os espíritos o levarão para o recipiente coletor (que deve ser grande); o calor deve aumentar
gradualmente: mantenha o calor também no andar de cima, para que tudo possa ser rascinado,
o que ocorrerá em cerca de dezenove ou vinte horas; então o caput mortuum é removido e o
ouro é encontrado com o processo de remoção da fumaça.
(49) Para Basilio Valentino, consulte nota 24.

(50) Aqui, o autor evidentemente se refere às obras atribuídas a Llull, coletivamente chamadas de pseudo-Lull ou (veja
nota 24 da Introdução).

O que está no contêiner de coleta é cuidadosamente preservado e agora você tem vontade de
saber se isso é ou não é realmente chamado por mim Aurum Potabile.

Quanto ao meu método ou recuperar o Ouro Radical e obter um glorioso prédio digno de seu
nome; agora eu o colocarei por escrito: (que também serve para explicar meu Tratado, que
chamei de Centrum Naturae Concentratum, ou seja, o Sal Regenerado da Natureza, sob o nome
de Ali Puli, um moro asiático). Espero que você não suspeite que eu ainda observe o silêncio
sobre o menstruo (51) , (você, que possui uma visão maior do que outros estudiosos, a
encontrará facilmente nos meus escritos anteriores, dos quais não tenho a menor dúvida; digo
isso porque eu não conheço pessoalmente cada um de vocês) Eu não irei desprezar os médicos
honoráveis e suas provações, nem os farmacêuticos conhecidos, assim como muitos que têm
uma inteligência tão pobre que o pouco que tiram da escassez de conhecimento e do pouco do
traseiro medíocre. Eles são adornados com as penas de outras pessoas, acostumados a criticar
sem justificativa.

Deus criou cada um de nós e todas as outras coisas e os dotou de uma certa força para o
benefício do homem. Uma coisa possui mais ou menos força que outra, mas isso não importa.
(51) O termo menstruo na alquimia significa "qualquer liquido capaz de dissolver um corpo sólido a uma temperatura
amena " (Dizz., Página 117). enquanto no menstruo universal queremos dizer "a base líquida da vida". Essência de
todas as coisas criadas "( Diz., Página 117).

No passado, Deus nasceu de pessoas justas que foram chamadas doutores e doutores. Ainda
hoje existem pessoas que investigam o poder das coisas naturais, que sabem como separar o
que é vil e impuro do que é bom e como aplicar para curar a doença no momento certo.

No entanto, esse caso mesquinho é que esta falta de sentido de responsabilidade para ocorrer
em todos os lugares, de modo que os químicos, barbeiros, engraxate e até mesmo donas de
casa velhos Pratic ano sua arte baixa, e isso não é apendo nada da profissão médica, também
recebem pacientes para cuidar, sem ter o mínimo conhecimento da arte médica e do que lhe
pertence. Os Medici são diferentes; Deus dotou um de Pachino de mais conhecimento que
outro, mas eles certamente concordam com as coisas fundamentais relacionadas à nossa arte

69
difícil e notável; e eles podem, em sã consciência e com vigilância, praticar arte com toda a
seriedade.

Chegando agora à verdadeira solução do ouro e à minha preparação, que merece o nome de
supermedicina derivada do ouro; este rei do reino mineral é dado ao homem, que é o rei dos
animais, a quem eu aconselho a levar com o vinho, que é o rei do reino vegetal, para que seja
benéfico para o homem. Este remédio é preparado por mim da seguinte maneira:

Coleto meu solvente em um remédio tão nobre em certos momentos, da Lua, em um sulco
limpo, onde a Lua o colocou em toda parte através do meio das partículas do ar e depois provoco
um movimento com meu solvente, que como resultado, um ouro muito fino, macio e bonito, ou
talvez - ouro em folhas. Esse processo dura algumas horas até que, mesmo com um microscópio,
nenhum ouro possa ser visto e nenhum de seus vestígios seja percebido, mas resta um pó cinza
ou um pouco preto-acinzentado; nesse ponto, o tratamento com o solvente é aplicado e a raiz
do ouro que causa um tipo de fermentação é liberada, como na massa azeda do pão; portanto,
deixando o pó umedecer levemente com o solvente e secando sozinho em local seco. No
momento estará pronto e pode ser usado muito bem em todas as doenças. Se quiséssemos este
medicamento em estado líquido, poderíamos obter um ouro potável, ou seja, devemos
derramar um pouco de pó preto ou cinza-preto um pouco de genuínos vinhos espíritos
retificativos ou destilados na retorta. Sob os vestígios de poeira e líquido, desse ouro obtemos
uma notável mulherzinha; minhas pílulas e pós são preparados por este medicamento; o
corante, no entanto, limita-o inteiramente ao tratamento de condições mórbidas e à soma em
gotas, trinta por vez, dada no vinho; se o paciente não pode beber vinho, administro o remédio
em outro licor; seu efeito não é tão rápido, mas igualmente eficaz o uso de um bom vinho
potente e quente do Reno ou do vinho francês ou do bom vinho do campo: isso será seguido
por um suor suave, que deve ser seco com calor suave; (NB Os pés devem ser mantidos
aquecidos, preferencialmente com pedras quentes ou carne quente) e , como regra, quando o
paciente começa a suar, a boa saúde começa a retornar.

A panela com boa de prata pode ser dissolvido igualmente rapidamente pelo meu resolver nte,
produzindo assim uma prata potável (Argentum potabil e) um medicamento que pode ajudar
em casos de tubercola inclinações ri ou males cabeça de qualquer sexo e ambos Inscreva
elogiado horas, Às vezes, durante minhas viagens, aliviava a paciência nessa condição, que era
ruim.

Chegando à força das buscas com a medicina de ouro, possui grande força no uso medicinal
(pode ser usado como porcelana média, insípida, inodora e, portanto, não desagradável) e faz o
que outros remédios não fazem; é a chave dos segredos da natureza e, com ela, você pode
entender muito mais do que eu gostaria de escrever.

Dá vida ao paciente, que está completamente exausto, em todas as doenças e não quando há
pouca esperança de recuperação. Se pode ser administrado a tempo, expele todo o veneno, e
eu mesmo o experimentei quando fui envenenado por um copo de cerveja; no entanto, pela
graça de Deus, fui levado a uma feliz rejeição. Em outros tratamentos, elimina dores de cabeça,
doenças cardíacas , todas as dores no corpo, condições mórbidas, impurezas no sangue, aflições
sarnentas de todos os tipos, achatamento e hidropisia ; elimina oclusões, persegue a gota e
também elimina outras doenças dos membros. Este medicamento fortalece as energias vitais
do corpo, irradia vigor corporal, estimula a chamada centelha de vida que, de acordo com a
ciência ensinada nas escolas, promove a boa constituição e a saúde do corpo; auxilia na
promoção da boa saúde e grande melhoria nela; não importa quão grave seja, quão grande seja

70
a aflição, este medicamento expulsará a doença, com a ajuda do Senhor, purificando o sangue,
melhorando-o, desinfectando-o e tornando-o mais fluido; c OSI, quando os espíritos podem agir
através deste médico , então, pela graça de Deus, seguirá a boa saúde e a divisão do corpo
humano será ágil e vigorosa. De fato, elimina toda fraqueza, exceto quando é a Mão Divina que
aflige , como a duração da vida dada pelo Senhor que não pode ser mostrada ou conhecida e
além da qual ninguém pode ir.

A droga é feita para proteger o corpo humano doente e infeliz das doenças , para lhe dar forças
para se manter saudável e para eliminar doenças, com a ajuda do Senhor.

A partir deste medicamento, o homem não é apenas fortalecido, mas, se tiver sido bem
preparado e usado frequentemente em dias saudáveis, seu corpo se tornará magnético.

Não importa onde eles estejam na terra, ele puxa do ar, com a respiração, os melhores e mais
puros elementos; sua constituição será mantida forte em seus anos de declínio e a juventude
transplantada sem danos poderá ser prolongada na velhice com serenidade e reverência;
certifique-se de que isso possa acontecer sem problemas e desconforto e sem perda de tempo.
A despesa é um pouco , exceto a do ouro, mas o solvente exclusivo pode ser obtido para
qualquer coisa, a qualquer hora e lugar, e pode ser curado sem perturbações. Uma luz brilhante
pode acender muitas com três luzes, sem perder nenhuma parte de seu esplendor ou chama.

Note-se que este corpo luminoso não se extingue devido a muito ou pouco combustível.
Sabedoria e Saúde são mais nobres que Honra e Riqueza.

Agora, para terminar, deixe-me dizer novamente que nossa solução True Gold pode ser feita
sem fogo, sem nenhum trabalho especial ou grande período de tempo, sem despesas, em terra
e no mar, nas montanhas e nas planícies, inverno ou verão , em grande ou pequena quantidade
e com meio ducado ou um todo, pode produzir um óvulo e um começo; ou com algumas folhas
de ouro maciço, como existe em um ducado, ou com a quantidade que está no Aurum Foliatum
finum, que é obtida quando o ouro, por meio do meu solvente radical absoluto, era solto e
liberado. Através do pó excelente e medicinal, ainda de acordo com o peso , pode-se garantir,
com um ducado, dez ou doze dias , na forma de pó ou líquido; em geral, não é necessário repetir
uma dose deste médico frequentemente , antes que a doença desapareça.

Isso, em poucas palavras , é o que tenho que anunciar sobre a verdadeira dissolução do ouro e
o ouro verdadeiro potável (Aurum Potabile) sem nenhum estranho, exceto o solvente absoluto,
que não custa nada, o que pode ser feito da atmosfera e da própria luz , para que você possa
entender melhor o Tratado conhecido mundialmente sob o nome de ALI PULI e Cosi publicado.

Isso implica que Aurum qui po ssedet potável - secrissimum habet Remedium e quem sabe fazer
o Veram Solutionem Auri (a verdadeira sucção de ouro) sem fogo, fez o bem, com a ajuda divina
, pela saúde do homem.

Agora, passaremos ao tratado mencionado, que intitulei Centrum Naturae Concentratum, ossi
a, O sal regenerado da natureza, bem como, na verdade, chamado Pedra Filosofal, sob o nome
de ALI PULI, o chamado mouro asiático.

71