Você está na página 1de 13

Plano de Ensino das Eletivas

2020
E.E 21 de abril

Titulo
Espelho meu facetas da violência

Professora Andreza Andrade

Matéria ARTE

SERIE 3º B ENSINO MEDIO

Ementa
Espelho meu facetas da violência central desse estudo é analisar a introdução da Lei
Maria da Penha no ordenamento jurídico brasileiro e Feminicidio , seus
mecanismos no combate à violência doméstica e familiar. Para isso, primeiramente
analisar-se-á a trajetória da Lei e seus aspectos legais no ordenamento pátrio,
incluindo análise detalhada de suas disposições. Adiante, questiona-se a ineficácia
na aplicação das medidas projetivas de urgência e, por fim, possíveis soluções que
venham garantir a as demandas.

Você já parou para pensar sobre o que é violência, vamos pensar juntos.
JUSTIFICATIVA
Diante das demandas de alunos e seus projetos de vida correspondentes,
relacionados à eletiva propõe aglutinar tais dimensões de projetos de vida num
percurso de aprendizagem sobre questões relativas ao sistema judiciário, a
importância da garantia do acesso da população aos próprios direitos e do exercício
da cidadania por meio de reivindicações para que instituições sociais públicas,
como a escola, possam melhorar suas realidades locais, mediando necessidades e
interesses junto aos órgãos responsáveis.

Objetivos Específicos
Analisar criticamente a violência contra mulher na sociedade atual.
Proporcionar aos participantes a apreensão dos conceitos necessários ao exercício
das suas funções.
Compreender a questão da competência e o conceito de feminicidio
Conhecer as medidas previstas na lei relativas à mulher em situação de violência
doméstica familiar;
Entender as questões controvertidas relativas à Lei Maria da Penha;
Compreender o papel do juiz e do Ministério Público na lei 11.340/2006.

Eixos Temáticas

( ) Investigação Cientifica ( X )Processo Criativos

(X )Mediação e intervenção Sociocultural ( )Empreendedorismo


Conteúdos Programáticos

Conteúdo Programático dessa disciplina tem por objetivo abordar a violência de


mulheres Neste contexto, serão trazidas as múltiplas concepções sobre violência,
feminicidio e violência contra a mulher, problematizando conceitos e
terminologias, enfocando em estratégias de prevenção e questões relacionadas aos
processos interventivos, visando o rompimento do ciclo de violência.

• Origens da lei 11.340/2006


Aspectos históricos, sociológico e axiológico da lei
A interpretação da lei e seus fins
• Competência para a sua aplicação
Conceito de violência de gênero
• O princípio da taxatividade e o art. 5º da lei 11.340/2006
Da assistência a mulher em situação de violência doméstica e familiar
Do atendimento pela autoridade policial
•Dos procedimentos
A competência civil dos juizados especiais de violência doméstica e familiar
As medidas protétivas de urgência
Natureza jurídica das medidas projetivas de urgência
Recurso contra decisão relativa às medidas protetivas
A prisão preventiva e a Lei Maria da Penha
Impacto das mudanças na prisão preventiva, as demais medidas cautelares e a
Lei Maria da Penha
• Da equipe de atendimento multidisciplinar
O papel do Judiciário, da União e Distrito Federal, dos Estados e Municípios.
• Aspectos relevantes
O art. 41 da lei 11.340/2006 A lei 9.099/95
A retratação na lei Maria da Penha
A proibição de "pena" de cesta básica e outras prestações pecuniárias
A pena de multa
A legitimidade da mulher para pleitear as medidas protéticas diretamente ao juiz
A possibilidade de substituição da pena privativa de liberdade por pena
alternativa na Lei Maria da Penha
O juiz e o MP na lei Maria da Penha Enunciados do Fórum Nacional de Violência
Doméstica e Familiar (FONAVID)
Habilidades desenvolvidas
Arte

(EF69AR32) Analisar e explorar, em projetos temáticos,as relações processuais entre


diversas linguagens artísticas.
(EF69AR35) Identificar e manipular diferentes tecnologias e recursos digitais para
acessar, apreciar, produzir, registrar e compartilhar práticas e repertórios artísticos, de
modo reflexivo, ético e responsável.

Língua portuguesa

(EF89LP21A) Realizar enquetes e pesquisas de opinião, com vistas


ao levantamento de prioridades, de problemas a resolver ou de propostas
sugeridas.
(EF89LP21B) Analisar a qualidade e alteridade de fontes de pesquisa.
(EF89LP15) Utilizar, nos debates,operadores argumentativos que
marcam a defesa de idéia e de diálogo com a tese do outro.

Sociologia

Habilidades:
1. Abordar criticamente a problemática da violência no contexto brasileiro.
2. Compreender o que é violência em suas diferentes dimensões.
3. Reconhecer a existência de diferentes formas de violência: física, psicológica e
simbólica
Metodologia
O eletivo Tempo de duração: 17 aulas de 40 minutos/aula.
1-A apresentação da eletivas:como abertura será realizada a apresentação da ementa e
a proposta desse trabalho para o semestre.
2-Roda de conversas: abordagens sobre os objetivos das eletivas e maiores
esclarecimento: boas vindas aos alunos e apresentação dos Conceitos de violências de
gênero.
3-Organização e formação dos alunos em grupos: Apresentação. Descritores “violência
de gênero”, “violência doméstica”, “violência contra mulher”, “patriarcado”,
“dominação masculina”, “lei Maria da Penha” e “feminicídio”.
4-Elaboraçao da construção dos cartazes usando os temas acima. Organização e
formação dos alunos em grupos: Apresentação. Descritores “violência de gênero”,
“violência doméstica”, “violência contra mulher”, “patriarcado”, “dominação
masculina”, “lei Maria da Penha” e “feminicídio”.
5 -sala de aula resumo e leituras dos textos acima.
6-Sala de informática pesquisa sobre musicas do cotidiano que induz ao feminicídio.
Discussão sobre as diferenças entre feminicidio e violência domestica que ainda
perduram nos dias atuais e questionamento sobre cada estrofe da música.
Explicar sobre o contexto histórico-cultural da época que foi lançada a música.
7-Dividir a turma em pequenos grupos para discussão e registro de cenas que o
machismo foi mais evidente.
8-Cada grupo deverá criar uma situação através de dramatização do cotidiano, onde
apareça a diferença e apresentar aos demais.
Síntese: falar sobre a cultura machista, o modelo capitalista e que precisamos
compreender por que da violência contra as mulheres.
Questionar sobre as políticas públicas voltadas para a erradicação da violência contra a
mulher.
Apresentar a Lei número 11.340/2006 - Lei Maria da Penha.
9-Palestra com advogados renomados, Dra. Kátia Munhoz e Dr. Cesar Munhoz
10-Palestra com o Delegado Dr. João Luis Lopes Pandolfi.
11-Estudos sobre o teatro de apresentação, textos, Composição do por júri, através do
réu, Advogado, Juiz, Promotores,conferência de tribunal .
10-Ensaios teatrais, Tribunal de Justiça.
11- Ensaios teatrais.
12- verificações dos cartazes e figurino
13-Elaboração do cenário
14-Elaboraçao do cenário
15- 16 -ensaio das eletivas
RECURSOS DIDATICOS
SUPORTE MATERIALIDADE FERRAMENTA

Sala de vídeos Datashow Pen-drive

Cartolinas Material impresso Lápis de cor,


Papel cartão preto Desenhos Tesouras,
T NT coloridos azul e Pinturas Cola,
preto Revistas Canetinhas,
Pistola se cola Canetões,
Tintas,
Refil de cola

Computadores Pesquisas Documentários


Culminância
Será realizada em uma sala temática onde os alunos apresentarão seus trabalhos, tudo
que aprendeu nessa eletiva.
Nossa apresentação será dividida em grupo, onde cada grupo ficara responsável por
uma apresentação.
Um grupo apresentara a origem da Lei nº 11.340/2006, que discorre sobre a violência
contra mulheres, no âmbito familiar.
Dois alunos vão apresentar o seminário Feminicidio, juntamente apresentar gráficos
onde mais ocorre.
Exposições de cartazes.
Apresentação do teatro do tribunal da justiça,Tema Femicidio.

Avaliações

A avaliação se dará por meio da elaboração de um texto em que os alunos terão que
relacionar os assuntos trabalhados em sala de aula com seu cotidiano de trabalho
Verificação de aprendizagem escrita aplicada no final do curso.
Será considerada a participação dos alunos, realização das leituras indicadas e
freqüência nas aulas.
Cronograma de Eletiva

24/02 A apresentação da eletivas:como abertura será realizada a


apresentação da ementa e a proposta desse trabalho para o
semestre.
02/03 Roda de conversas: abordagens sobre os objetivos das eletivas e
maiores esclarecimento: boas vindas aos alunos e apresentação dos
Conceitos de violências.

09/03 Organização e formação dos alunos em grupos: Apresentação.


Descritores “violência de gênero”, “violência doméstica”, “violência
contra mulher”, “patriarcado”, “dominação masculina”, “lei Maria da
Penha” e “feminicídio”.

16/03 Sala de informática pesquisa sobre musicas do cotidiano que induz ao


feminicídio Discussão sobre as diferenças entre feminicidio e
violência domestica que ainda perduram nos dias atuais e
questionamento sobre cada estrofe da música.
Explicar sobre o contexto histórico-cultural da época que foi lançada
a música.

23/03 Dividir a turma em pequenos grupos para discussão e registro de


cenas que o machismo foi mais evidente.

30/03 Cada grupo deverá criar uma situação através de dramatização do


cotidiano, onde apareça a diferença e apresentar aos demais.
Síntese: falar sobre a cultura machista, o modelo capitalista e que
precisamos compreender por que da violência contra as mulheres.
Questionar sobre as políticas públicas voltadas para a erradicação da
violência contra a mulher.
Apresentar a Lei número 11.340/2006 - Lei Maria da Penha.

06/04 Palestra com advogados renomados, Dra. Kátia Munhoz e Dr. Cesar
Munhoz

13/04 Palestra com o Delegado Dr. João Luis Lopes Pandolfi, Delegado de
Polícia Titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de
Lins-SP e Dra. Juliana Bredariol de Oliveira, Delegada de Polícia Titular
da Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher de Lins-SP.
20/04 Estudos sobre o teatro de apresentação, textos, Composição do por
júri, através do réu, Advogado, Juiz, Promotores,conferência de
tribunal
27/04 Oficinas para confecções teatrais.
04/05 Oficinas para confecções teatrais

11/05 Oficinas para confecções teatrais


18/05 Oficinas para confecções teatrais
25/05 Ensaios teatrais
01/05 Ensaios teatrais
08/05 Ensaios teatrais
15/05 Ensaios teatrais
22/05 Ensaios para culminância
29/05 Ensaios para culminância
06/05 Apresentação da culminância
BIOGGRAFIAS E REFERENCIAS

BRASIL. Enfrentamento à violência contra a mulher – Balanço das ações 2006- 2007.
Brasília: secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, 2007. ______. Lei nº 11.340,
de 7 de agosto de 2006. Lei Maria da Penha. CAMPOS, C. H. Justiça consensual,
violência doméstica e direitos humanos. In: STREY, M; AZAMBUJA, M. P. R; JAEGER, F.
P. (orgs). Violência, Gênero e Políticas Públicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. 2
CARNEIRO, S. Enegrecer o feminismo: a situação da mulher negra na América Latina a
partir de uma perspectiva de gênero. Disponível em: www.unifem.org.br. Acesso dia:
20/12/2010. COSTA, L. C. Gênero: uma questão feminina? Disponível em:
www.uepg.br/nupes/genero.html. Acesso dia: 22/09/2010. FISCHER, I. R; MARQUES, F.
Gênero e exclusão social. Disponível em: www.fundaj.gov.br/tpd/113.html. Acesso dia:
10/09/2010. GROSSI, P. K. Violência contra a mulher na esfera doméstica: rompendo o
silêncio. Dissertação de Mestrado. PUCRS, Porto Alegre, 1994. GROSSI, P. K; TAVARES,
F. A; OLIVEIRA, S. B. A rede de proteção à mulher em situação de violência doméstica:
avanços e desafios. In: MENEGHEL, S.N. Rotas Críticas II: ferramentas para trabalhar
com a violência de gênero. Santa Cruz do Sul: EDUNIS, 2009. JAEGER. F. P. Infância,
Violência e Relações de Gênero. In: STREY, M; AZAMBUJA, M. P. R; JAEGER, F. P. (orgs).
Violência, Gênero e Políticas Públicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. MENEGHEL, S.N.
O que precisamos fazer para enfrentar as violências contra as mulheres? In:
MENEGHEL, S.N. Rotas Críticas II: ferramentas para trabalhar com a violência de
gênero. Santa Cruz do Sul: EDUNIS, 2009. ODÁLIA, N. O que é violência. 6ª. ed. São
Paulo: Brasiliense, 1991. SAFFIOTI, H. I. B. Contribuições feministas para o estudo da
violência de gênero. Disponível em: www.unb.br/ih/his/gefem/heleiet.html. Acesso
em: 2002. ______. Violência doméstica ou a lógica do galinheiro. In: KUPSTAS, M (org).
Violência em debate. São Paulo, Editora Moderna, 1997. _______. Gênero, patriarcado,
violência. Editora Perseu Abramo. São Paulo, 2004. SILVEIRA, P. S; MEDRADO. B.
Violência contra as mulheres: breves considerações sobre os estudos relacionados a
temática. In: MENEGHEL, S.N. Rotas Críticas II: ferramentas para trabalhar com a
violência de gênero. Santa Cruz do Sul: EDUNIS, 2009. STREY, M. N. Violência de
Gênero: uma questão complexa e interminável. In: STREY, M N; AZAMBUJA. M. P. R;
JAEGER. F. P. (orgs). Violência, Gênero e Políticas Públicas. Porto Alegre: EDIPUCRS,
2004. ______. Violência e gênero: um casamento que tem tudo para dar certo. In:
GROSSI, P. K; WERBA, G. C. Violências e gênero: coisas que a gente não gostaria de
saber. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001
ANOTAÇÕES
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_
______________________________________________________
_