Você está na página 1de 5

PRINCÍPIO DOS TRABALHOS VIRTUAIS

CÁLCULO DE DEFORMAÇÕES EM ESTRUTURAS ISOSTÁTICAS

1. Calcular os deslocamentos verticais do ponto “B” e “D” na viga indicada em


concreto armado de seção constante (fig.01).

Dado: Considerar para o Concreto: 𝑬 = 𝟐𝟎 𝑮𝑷𝒂

fig.01

2. Calcular o deslocamento vertical do ponto “D” no pórtico indicado (fig.02).

Dado: Rigidez a flexão: 𝑬𝑰 = 𝟐. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵𝒎² constante para todo pórtico.

fig.02

1
3. Calcular o deslocamento horizontal e a rotação relativa das tangentes do
ponto “D” no pórtico indicado (fig.03).

Dado: Rigidez a flexão: 𝑬𝑰 = 𝟐. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵𝒎² constante para todo pórtico.

fig.03

4. Calcular o deslocamento vertical do ponto “E” e a rotação do nó “D” no


pórtico indicado (fig.04).

Dado: Rigidez a flexão: 𝑬𝑰 = 𝟐. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵𝒎² constante para todo pórtico.

fig.04
2
5. Calcular o deslocamento vertical e a rotação relativa das tangentes na rótula
“B” da viga inclinada indicada (fig.05).
Dado: Rigidez a flexão: 𝑬𝑰 = 𝟐. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵𝒎² constante para toda viga.
Rigidez axial: 𝑬𝑨 = 𝟑𝟗, 𝟏𝟓. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵 constante para toda viga.

fig.05

6. Calcular o deslocamento vertical e a rotação relativa das tangentes na rótula


“C” da viga GERBER indicada (fig.06).

Dado: Rigidez a flexão: 𝑬𝑰 = 𝟐. 𝟏𝟎𝟓 𝒌𝑵𝒎² constante para toda viga.

fig.06

3
7. Calcular o deslocamento vertical do nó “B” na treliça indicada (fig.07).
Dado: AÇO ASTM A36 (𝑬 = 𝟐𝟎𝟓𝑮𝑷𝒂 )
PERFIL CVS 300X55 ( 𝑨 = 𝟕𝟎 𝒄𝒎²)

fig.07

8. Calcular os deslocamentos verticais dos nós: “B” e “C” e o deslocamento


horizontal do apoio “D” na treliça indicada (fig.08).
Dado: AÇO ASTM A36 (𝑬 = 𝟐𝟎𝟓𝑮𝑷𝒂 )
PERFIL CVS 200X21 ( 𝑨 = 𝟐𝟔, 𝟓 𝒄𝒎²)

fig.08

4
CÁLCULO DE DEFORMAÇÕES EM ESTRUTURAS ISOSTÁTICAS

Respostas dos Exercícios

1. Resposta:

𝜟𝑽𝑩 = 9,62. 10−4 𝑚 e 𝜟𝑽𝑫 = 1,92. 10−3 𝑚

2. Resposta:

𝜟𝑽𝑫 = 2,67. 10−4 𝑚

3. Resposta:

𝜟𝑯 −3 Ѳ −3
𝑫 = 6,30. 10 𝑚 e 𝜟𝑫 = −2,63. 10 𝑟𝑎𝑑𝑖𝑎𝑛𝑜𝑠

4. Resposta:

𝜟𝑽𝑬 = 2,10. 10−3 𝑚 e 𝜟Ѳ𝑫 = 8,67. 10−4 𝑟𝑎𝑑𝑖𝑎𝑛𝑜𝑠

5. Resposta:

𝜟𝑽𝑩 = 1,34. 10−4 𝑚 e 𝜟Ѳ𝑩 = −1,83. 10−4 𝑟𝑎𝑑𝑖𝑎𝑛𝑜𝑠

Obs: O valor encontrado para o deslocamento vertical é devido a parcela


referente ao trabalho virtual para o esforço normal, já que no estado de
carregamento os momentos fletores serão nulos.
6. Resposta:

𝜟𝑽𝑪 = 1,00. 10−4 𝑚 e 𝜟Ѳ𝑪 = 1,50. 10−4 𝑟𝑎𝑑𝑖𝑎𝑛𝑜𝑠

7. Resposta:

𝜟𝑽𝑩 = 1,36. 10−4 𝑚

8. Resposta:

𝜟𝑽𝑩 = 3,60. 10−4 𝑚 ; 𝜟𝑽𝑪 = 3,80. 10−4 𝑚 e 𝜟𝑯 −4


𝑫 = 3,64. 10 𝑚