Você está na página 1de 2

Relé fotoelétrico. O que é, e Como instalar.

O relé fotoelétrico esta entre os elementos pioneiros dos sistemas de automação


residencial, hoje pode parecer uma coisa simples e comum, mas quando foi
inventado definitivamente trouxe muito conforto e economia de energia elétrica.
Sua principal função é que um determinado circuito seja ligado ou desligado
automaticamente através da quantidade de luz.
Isso possibilita uma infinidade de configurações para uma instalação. Um dos exemplos
mais práticos de uso de relé fotoelétrico é nas ligações das lâmpadas de postes, que
acendem automaticamente quando escurece.
Todo relé se configura como um contato que abre e fecha de acordo com algum fator ou
configuração, no caso do relé fotoelétrico esse fator é a quantidade de luz. O que torna
isso possível é um sensor LDR (light dependent resistor ou em português resistor
dependente de luz).

Relé Fotoelétrico
O Sensor LDR é capaz de variar uma pequena resistência de acordo com a quantidade
de luz que é incindida sobre ele, desta maneira de acordo com essa resistência é possível
fazer circular uma corrente por uma bobina que fará com que um contato, parecido com
um diafragma possa abrir ou fechar, comutando assim o circuito que estará ligado a este
relé.
Este vídeo abaixo possui esta explicação ilustrada:
O nome fotocélula não é o mais adequado para este dispositivo, apesar de ser comumente
usado pela população em geral. Fotocélula, célula fotovoltaica, célula fotoelétrica são
nomes para as células coletores de energia solar, como ambos os dispositivos trabalham
com o princípio da iluminação como fonte de acionamento ou fonte de energia, esta
confusão com os nomes é comum.
Sua função é como a de um interruptor comum, mas como internamente no relé
fotoelétrico existe um circuito eletrônico, para seu funcionamento a mesma deve ser
alimentado com fase e neutro (no caso da ligação do relé fotoelétrico em 127V) e com
fase e fase (caso seja uma ligação em 220V). Internamente há uma conexão entre a fase
e o ponto de retorno do relé.
Com esta exceção de alimentar o relé fotoelétrico para seu funcionamento interno o resta
da ligação de uma lâmpada, por exemplo, seria o mesmo, sendo o relé usado no lugar do
interruptor.
Confira neste vídeo abaixo como ligar um relé fotoelétrico controlando uma lâmpada:

Cuidados ao se instalar o relé fotoelétrico:


Deve se levar em consideração, que a potência máxima da maioria dos relés fotoelétricos
disponíveis no mercado é de 1000W. De acordo com os cálculos da potência elétrica, a
corrente elétrica máxima que um relé destes suporta seria de aproximadamente 7,8A, para
um circuito de 127V.
Caso o relé fotoelétrico seja ligado com o visor do sensor LDR voltado diretamente para
a lâmpada que o mesmo estará acionando, ocorrerá um efeito pisca pisca, o visor sempre
deve ficar voltado para a direção onde haja menos luz, no caso de instalação para ligação
de circuitos ao entardecer é recomendável que o sensor LDR fique voltado sempre para
o sul, para uma maior aproveitamento da iluminação da tarde.
Confira a quantidade de potência das lâmpadas e ou circuito que estará sendo alimentado
pela fotocélula para que estes não ultrapassem os 1000W do dispositivos, resguardando
assim a seguranaça de sua instalação e de seus equipamentos.