Você está na página 1de 4

NOME DO ALUNO

TÍTULO DO PROJETO

PROJETO DE PESQUISA

GOIÂNIA
2019/20
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
FACULDADE DE HISTÓRIA

NOME DO ALUNO

PROJETO DE PESQUSISA
ÁREA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO II/III

TÍTULO:

TÍTULO DO PROJETO

1. APRESENTAÇÃO
Apresentar, de forma de geral, a temática do projeto, citando o recorte, as
fontes, as problemáticas centrais.

2. O TEMA NA BIBLIOGRAFIA (ESTADO DA ARTE)


Apresentar como o tema aparece na bibliografia consultada. Isto é, a partir da
historiografia sobre o tema, a partir de quais discussões ele é tratado? A partir de quais
perspectivas os autores os abordam?

3. PROBLEMATIZAÇÃO
Trazer as problematizações que te interessam tratar sobre o tema. Por que
estudá-lo? Qual o problema histórico do tema trabalhado?

4. JUSTIFICATIVA
Trata-se de justificar a escolha pela temática. Em que se sentido tal temática e
perspectivas são relevantes para o ensino de História?

5. OBJETIVOS
* Objetivo Geral
 Apresentar o objetivo central/geral da pesquisa. Usar verbos tais como: analisar,
compreender, contribuir, investigar...

* Objetivos Específicos
 Trazer, de forma detalhada, os objetivos específicos da pesquisa. Isto é, o que se
pretende em cada etapa? O que se pretende com as problematizações elencadas?
 Usar verbos de precisão, tais como: identificar, comparar, classificar, diferenciar,
analisar...

6. HIPÓTESES
* Hipótese Central
 Deve haver uma hipótese para cada objetivo. Trazer a hipótese referente ao objetivo
geral.

* Hipóteses Específicas
 Apresentar as hipóteses para cada objetivo específico. Ao se propor a um método de
análise, investigação, é preciso ter um caminho possível de argumentação, de
possibilidade. Para tanto, é preciso haver uma hipótese para cada objetivo
específico.

7. PRESSUPOSTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS
Apresentar os principais conceitos e procedimentos metodológicos a nortearem
a pesquisa. Trazer como esses conceitos são discutidos pela historiografia selecionada e
defender o porquê da escolha dos conceitos e métodos da pesquisa.

8. TIPOLOGIA DAS FONTES


Apresentar a natureza documental da fonte. Isto é, trata-se de compreender qual a
natureza da fonte ou das fontes escolhidas, como é possível ter acesso a elas, como foi o
processo de transmissão da mesma ao longo do tempo.
9. CRONOGRAMA
Calendário Atividades Específicas Atividades Gerais

 Apresentação da proposta de  Desenvolvimento de atividades


Agosto a pesquisa; relativas à disciplina de Estágio II;
setembro de  Levantamento da bibliografia
2019 especializada sobre o assunto;  Comparecimento em orientações
 Seleção da fonte documental. relativas ao desenvolvimento do projeto de
pesquisa;
Setembro a  Leitura e fichamento da  Participação em atividades de ensino
outubro de bibliografia especializada; na Faculdade de História da UFG e na
2019  Análise da fonte documental. escola-campo;
Novembro de Confecção da versão final do projeto
 Estudos tipológicos sobre o material
2019 de pesquisa
documental...
Dezembro de
Entrega do projeto de pesquisa
2019

10. BIBLIOGRAFIA
Documentos
A) Documentos escritos / textuais
 Livro(s) didático(s)
 Edições modernas de documentos textuais (Bilíngues e Traduções)
 Convenções, Cartas, Leis, Declarações, Obra literária..

B) Documentos imagéticos / iconográficos


 Fotos, Desenhos, Charges, Pinturas

C) Documentos Sonoros e/ou audiovisuais


 Músicas
 Filmes
 Entrevistas gravadas

D) Documentos Materiais
 Artefatos arqueológicos
 Patrimônio material

E) Documentos orais
 Entrevistas
 Mitos, Lendas

Obras de referência (Dicionários, glossários...)

Obras gerais (Historiografia / Literatura especializada; textos teóricos e acadêmicos)