Você está na página 1de 19

Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Janeiro, fevereiro e março de 2020


Terças-feiras de manhã (9:00h)
ou à noite (19:00h)

NT207
A Epístola de Paulo aos Romanos
EBNESR – 2019

Álvaro C. Pestana
alvarocpestana@gmail.com

Álvaro C. Pestana 1
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Arranjo retórico Argumentação Temas epistolares textos


Exordium Introdução [pré-escrito epistolar] Prefácio e Saudação [1-7] Oração 1.1-12
[8-12]
Narratio Narração 1.13-15
Propositio Proposição A tese Tema 1.16-17
Confirmatio Provas 1.18-11.36
[Probatio]
Oposto A antítese O pecado 1.18-3.20
Reafirmação A tese reafirmada A salvação 3.21-31
Exemplo A tese apresentada por um exemplo O caso de Abraão 4.1-25
Resultados A tese afirmada por seus resultados Reconciliação 5.1-11
Analogia A tese exposta por analogia e Salvação pelo Novo Adão 5.12-21
contraste
Refutatio Refutação[3.1-8] Resposta às objeções
3.8; 6.1, 15 Acusações de “libertinagem” Nova vida 6.1-7.6
no,moj x fu,sij 3.31;5.13; Acusações de macular a lei O problema do pecado no homem 7.7-25
7.6, 24 Acusações de inefetividade Transformação agora e depois 8.1-39
2.9; 3.22, 29 Acusação pela incredulidade de O problema da rejeição de Israel 9-11
E o sofrimento? E Israel?
Israel
Peroratio Peroração (parênese) A nova vida em comunidade Adoração; Dons; Amor fraternal; Autoridades; 12.1-15.13
Amor em geral; Vinda de Jesus; Opiniões
(clímax) A visita de Paulo A viagem para a Espanha 15.14-33
Conclusio Conclusão (epílogo) 16.1-27 [pós-escrito epistolar] A apresentação de Febe; Saudações ; 16.1-27
Conselhos; Saudações; Doxologia

NT207-Romanos – Romanos 9.1-11.33


• Acusação por via da incredulidade de Israel
• A tristeza pela incredulidade de Israel
• O temor pela manutenção da fidelidade de Deus

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos

Álvaro C. Pestana 2
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• Seminário sobre a ”Vida além da morte”

• A grande questão

• ”Vamos lembrar de tudo?”

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• Romanos 9-11
• Um dos textos mais difíceis/importantes do
Novo Testamento...
• Uma desintegração da fé na providência divina:
• Israel parece que se perdeu?
• Deus falhou?

Álvaro C. Pestana 3
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• Romanos 9-11
• Um dos textos mais difíceis do Novo
Testamento...
• Uma desintegração da fé na providência divina:
• Israel parece que se perdeu?
• Deus falhou?

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• Uma questão que se resolve não pela objetividade,
mas pela subjetividade...
• Um tropeço da racionalidade e se resolve por meios
não-racionais:
• misericórdia, compaixão, longanimidade (paciência),
amor fiel... e ao final de tudo, uma (nova) revelação.

Álvaro C. Pestana 4
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• (Res/Pro)posta:
• Deus continua o mesmo... Ele é Salvador!
• (Pro/Res)postas:
(i) não fechar-se em si mesmo e não ficar orgulhoso
[elitismo religioso não é a marca dos discípulos de Jesus];
• (ii) esperar pelo mistério com trabalho, esperança e
alegria.
•O justo viverá por fé

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos queridos
• (Res/Pro)posta:
• Deus continua o mesmo... Ele é Salvador!
• (Pro/Res)postas:
(i) não fechar-se em si mesmo e não ficar orgulhoso
[elitismo religioso não é a marca dos discípulos de Jesus];
• (ii) esperar pelo mistério com trabalho, esperança e
alegria.
•O justo viverá por fé

10

Álvaro C. Pestana 5
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

O TRIUNFO DO EVANGELHO:
a fé vence a incredulidade
•Proêmio --------------- Apresentação do tema ------------- [1-5]
•Tese -------------------- A palavra de Deus não falha ------ [6a]
•Provas -------------------------------------------------------------- [9.6b-11.32]
• ------- Argumento #1 – a eleição divina -------------------- [9.6b-13]
•-------- Argumento #2 – a misericórdia divina ------------- [9.14-18]
•-------- Argumento #3 – a longanimidade divina --------- [9.19-29]
•-------- Argumento #4 – o erro de Israel -------------------- [9.30-10.4]
•-------- Argumento #5 – a palavra divina ------------------- [10.5-21]
•-------- Argumento #6 – a persistência divina ------------- [11.1-10]
•-------- Argumento #7 – a providência divina ------------- [11.11-24]
•-------- Argumento #8 – a revelação divina ---------------- [11.25-32]
•Peroração --------------------------------------------------------- [11.33-36]

11

• Proêmio --------------------- Apresentação do tema [1-5]


• Tese ------------------- A palavra de Deus não falha [6a]
• Provas ------------------------------------------------------- [9.6b-11.32]
• ------- Argumento #1 – a eleição divina ------------- [9.6b-13]
• -------- Argumento #2 – a misericórdia divina ------ [9.14-18]
• -------- Argumento #3 – a longanimidade divina --- [9.19-29]
• -------- Argumento #4 – o erro de Israel -------------- [9.30-10.4]
• -------- Argumento #5 – a palavra divina ------------- [10.5-21]
• -------- Argumento #6 – a persistência divina ------- [11.1-10]
• -------- Argumento #7 – a providência divina ------- [11.11-24]
• -------- Argumento #8 – a revelação divina ---------- [11.25-32]
• Peroração ------------------------------- louvor e glória [11.33-36]

12

Álvaro C. Pestana 6
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

• Provas ------------------------------------------------------ [9.6b-11.32]


• A------ Argumento #1 – a eleição divina ------------- [9.6b-13]
• B------ Argumento #2 – a misericórdia divina ------ [9.14-18]
• C------ Argumento #3 – a longanimidade divina --- [9.19-29]
• D------ Argumento #4 – o erro de Israel -------------- [9.30-10.4]
• E------ Argumento #5 – a palavra divina ------------- [10.5-21]
• C------ Argumento #6 – a persistência divina ------- [11.1-10]
• B------ Argumento #7 – a providência divina ------- [11.11-24]
• ABC--- Argumento #8 – a revelação divina ---------- [11.25-32]

13

• Provas ------------------------------------------------------ [9.6b-11.32]


• A------ Argumento #1 – a eleição divina ------------- [9.6b-13]
• B------ Argumento #2 – a misericórdia divina ------ [9.14-18]
• C------ Argumento #3 – a longanimidade divina --- [9.19-29]
• D------ Argumento #4 – o erro de Israel -------------- [9.30-10.4]
• E------ Argumento #5 – a palavra divina ------------- [10.5-21]
• C------ Argumento #6 – a persistência divina ------- [11.1-10]
• B------ Argumento #7 – a providência divina ------- [11.11-24]
• ABC--- Argumento #8 – a revelação divina ---------- [11.25-32]

14

Álvaro C. Pestana 7
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

• Provas ------------------------------------------------------- [9.6b-


11.32]
• A------ Argumento #1 – a eleição divina ------------- [9.6b-13]
• B------ Argumento #2 – a misericórdia divina ------ [9.14-18]
• C------ Argumento #3 – a longanimidade divina --- [9.19-29]
• D------ Argumento #4 – o erro de Israel -------------- [9.30-10.4]
• E------ Argumento #5 – a palavra divina ------------- [10.5-21]
• C------ Argumento #6 – a persistência divina ------- [11.1-10]
• B------ Argumento #7 – a providência divina ------- [11.11-24]
• ABC--- Argumento #8 – a revelação divina ---------- [11.25-32]

15

Proêmio & Tese


• Rm 9.1-5 •Rm 9.6a

• Os sentimentos de Paulo [1-3] •A palavra de


• Os privilégios de Israel [4-5a] Deus não
• O louvor [5b] falha

16

Álvaro C. Pestana 8
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Argumento #1
a eleição divina [9.6b-13]

• Nem todos os de Israel são Israelitas (6)


ØIsaque (6b-9)
ØJacó (10-13)

17

Argumento #2
a misericórdia divina [9.14-18]
• Misericórdia é dom, graça e bondade
• Não é obrigação

• É da natureza divina e exercitada dentro de sua


vontade

18

Álvaro C. Pestana 9
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Deus e Faraó – Êxodo 7-14


• Êx 7.3 = ”eu endurecerei o coração de Faraó...” è Antes das pragas
• Êx 7.13 = ”o coração de Faraó se endureceu...” è Depois da vara virar cobra
• Êx 7.22 = ”o coração de Faraó se endureceu...” è praga 1
• Êx 8.15 = ”continuou de coração endurecido...” è praga 2
• Êx 8.19 = ”o coração de Faraó se endureceu...” è praga 3
• Êx 8.32 = ”endureceu Faraó o coração...” è praga 4
• Êx 9.7 = ”o coração de Faraó se endureceu...” è praga 5
• Êx 9.12 = ”o Senhor endureceu o coração de Faraó...” è praga 6
• Êx 9.35-36 = ”Faraó... endureceu o coração... (2x)” è praga 7
• Êx 10.20 = ”O Senhor... Endureceu o coração de Faraó...” è praga 8
• Êx 10.27 = ”O Senhor... Endureceu o coração de Faraó...” è praga 9
• Êx 11.10 = ”o Senhor... Endureceu o coração de Faraó...” è anúncio praga 10
• Êx 14.4, 8 = ”endurecerei o coração de Faraó...” [14.17] è perseguição

19

Argumento #3
a longanimidade divina [9.19-29]
• Deus está sempre querendo salvar
• É por esta causa que suporta os maus
• No fim ele consegue salvar alguns
• ”Ele faz tudo para com todos,
para por todos os modos salvar alguns”
(ops!! Texto errado??)

20

Álvaro C. Pestana 10
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Argumento #4
o erro de Israel [9.30-10.4]
• Justiça/justificação pela/de fé não pelas/de obras...

• Salvação proposta por Deus [fé]


X
• Salvação por si mesmos [obras]

21

Argumento #5
a palavra divina [10.5-21]

• Midrash de Dt 30.12-14

• A palavra como recurso para a fé

22

Álvaro C. Pestana 11
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Argumento #6
a persistência divina [11.1-10]

•O caso de Paulo
•O caso de Elias
•O caso do Remanescente

23

Argumento #7
a providência divina [11.11-24]

• O tropeço de uns levou a salvação para outros


• Não há razão para orgulho
• Não há razão para desesperança
• Deus já provou que tudo pode para salvar

24

Álvaro C. Pestana 12
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Argumento #8
a revelação divina [11.25-32]

• O mistério revelado: todo Israel será salvo


• Por meio do evangelho pregado a todos os gentios
• Então os verdadeiros israelitas serão convertidos
• E todos serão salvas por Cristo.

25

Argumento #8
a revelação divina [11.25-32]
• 25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não
sejais presumidos em vós mesmos): que veio endurecimento em parte a
Israel, até que haja entrado a plenitude dos gentios. 26 E, assim, todo o
Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador e ele
apartará de Jacó as impiedades.
• 25Οὐ γὰρ θέλω ὑμᾶς ἀγνοεῖν, ἀδελφοί, τὸ μυστήριον τοῦτο, ἵνα μὴ ἦτε
[παρ’] ἑαυτοῖς φρόνιμοι, ὅτι πώρωσις ἀπὸ μέρους τῷ Ἰσραὴλ γέγονεν
ἄχρι οὗ τὸ πλήρωμα τῶν ἐθνῶν εἰσέλθῃ 26 καὶ οὕτως πᾶς Ἰσραὴλ
σωθήσεται, καθὼς γέγραπται· ἥξει ἐκ Σιὼν ὁ ῥυόμενος, ἀποστρέψει
ἀσεβείας ἀπὸ Ἰακώβ.

26

Álvaro C. Pestana 13
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Veio... até que...


e assim...
Entrada da
Endurecimento de Todo Israel
plenitude
parte de Israel será salvo
dos gentios at
é
qu
e

ue
éq
at
Endurecimento de parte de Israel e todo Israel será salvo
Entrada da Plenitude dos gentios
De
st
a
fo
rm
a
27

Veio... até que...


e assim...
Entrada da
Endurecimento de Todo Israel
plenitude
parte de Israel será salvo
dos gentios at
é
qu
e
ue
éq
at

Endurecimento de parte de Israel e todo Israel será salvo


Entrada da Plenitude dos gentios
De
st
a
fo
rm
a
28

Álvaro C. Pestana 14
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

A Missão na carta aos Romanos ELICAMP 2016.2 Álvaro César Pestana

Veio... até que...


e assim...


τε

ιο
τό

ρ
Não isto ὶ
κα

ἄχ
1 2 3
Endurecimento de Plenitude dos Gentios Todo Israel será salvo
Israel

Mas isto


ιο
1 2

ρ
ἄχ
Endurecimento de IsraeL Plenitude dos Gentios

Todo Israel será salvo καὶ ο
ὕτως

29


A Missão na carta aos Romanos ELICAMP 2016.2 Álvaro César Pestana

Veio... até que...
e assim...

τε
ιο

τό
ρ

Não isto ὶ
κα
ἄχ


1
Endurecimento de 2 3
Plenitude dos Gentios Todo Israel será salvo
Israel

Mas isto


ιο

1 2
ρ
ἄχ

Endurecimento de IsraeL Plenitude dos Gentios



κ
Todo Israel será salvo αὶ οὕ
τως
GIA INVERTIDA
ESCATOLO22
30




Álvaro C. Pestana 15


Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Argumento #8
a revelação divina [11.25-32]

• O mistério revelado: todo Israel será salvo


• Por meio do evangelho pregado a todos os gentios
• Então os verdadeiros israelitas serão convertidos
• E todos serão salvas por Cristo.

31

• Proêmio --------------------- Apresentação do tema [1-5]


• Tese ------------------- A palavra de Deus não falha [6a]
• Provas ------------------------------------------------------- [9.6b-11.32]
• -------- Argumento #1 – a eleição divina ------------- [9.6b-13]
• ----------- Argumento #2 – a misericórdia divina ------ [9.14-18]
• -------------- Argumento #3 – a longanimidade divina --- [9.19-29]
• ------------------- Argumento #4 – o erro de Israel -------------- [9.30-10.4]
• ------------------- Argumento #5 – a palavra divina ------------- [10.5-21]
• -------------- Argumento #6 – a persistência divina ------- [11.1-10]
• ----------- Argumento #7 – a providência divina ------- [11.11-24]
• -------- Argumento #8 – a revelação divina ---------- [11.25-32]
• Peroração ------------------------------- louvor e glória [11.33-36]

32

Álvaro C. Pestana 16
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos ”outros”
• Como Deus é...
• misericórdia, compaixão, longanimidade
(paciência), amor fiel... e ao final de tudo,
alguma surpresa.
• Deus continua Salvador.
• O justo viverá por fé

33

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos ”outros”
• Como Deus é...
• misericórdia, compaixão, longanimidade
(paciência), amor fiel... e ao final de tudo,
alguma surpresa.
• Deus continua Salvador.
• O justo viverá por fé

34

Álvaro C. Pestana 17
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos ”outros”
• Como missionários:
• (i) Não fechar-se em si mesmo e não ficar orgulhoso
[elitismo religioso não é a marca dos discípulos de
Jesus];
• (ii) Esperar pelo mistério/surpresa com trabalho,
esperança e alegria.
• O justo viverá por fé

35

Romanos 9-11 – a agonia diante da


incredulidade dos ”outros”
• Como missionários:
• (i) Não fechar-se em si mesmo e não ficar orgulhoso
[elitismo religioso não é a marca dos discípulos de
Jesus];
• (ii) Esperar pelo mistério/surpresa com trabalho,
esperança e alegria.
• O justo viverá por fé

36

Álvaro C. Pestana 18
Romanos - EBNESR - 2017 03/03/2020

Romanos 11.33-35
Ὦ βάθος πλούτου καὶ σοφίας καὶ γνώσεως θεοῦ·
ὡς ἀνεξεραύνητα τὰ κρίματα αὐτοῦ
καὶ ἀνεξιχνίαστοι αἱ ὁδοὶ αὐτοῦ.
τίς γὰρἔγνω νοῦν κυρίου;
ἢ τίς σύμβουλος αὐτοῦ ἐγένετο;
ἢ τίς προέδωκεν αὐτῷ,
καὶ ἀνταποδοθήσεται αὐτῷ;
ὅτι ἐξ αὐτοῦ καὶ δι’ αὐτοῦ καὶ εἰς αὐτὸν τὰ πάντα·
αὐτῷ ἡ δόξα εἰς τοὺς αἰῶνας, ἀμήν.

37

•O justo viverá por fé

38

Álvaro C. Pestana 19