Você está na página 1de 266

pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

MÚSICO INSTRUMENTISTA – SAX


Código: 317

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 35
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Uma música com cinco sustenidos na armadura de clave
possui as seguintes possibilidades de tonalidade:
MÚSICO INSTRUMENTISTA – SAX
A) Si maior ou sol sustenido menor.

QUESTÃO 31 B) Lá maior ou fá sustenido menor.

Tendo como referência as regras relacionadas aos C) Fá sustenido maior ou ré sustenido menor.
compassos compostos, assinale a alternativa que D) Ré maior ou si menor.
apresenta o valor de duração da figura “semínima
pontuada” em um compasso 6/8.
QUESTÃO 36
A) 1 tempo.
Em acordo com o pesquisador Binder (2006), é correto
B) 1 tempo e meio.
afirmar sobre a história das bandas de música no Brasil:
C) 2 tempos.
A) Não existiam grupos como as bandas de música
D) 3 tempos.
no Brasil antes de 1808.
B) Um decreto dá indícios da existência de bandas
QUESTÃO 32
nos corpos militares antes de 1808.
Sobre a formação da escala diatônica maior, C) Em 1808, se instalou no Brasil a primeira banda
sua estrutura e relação dos sons, assinale a alternativa
de música.
correta.
D) É de 1808 o primeiro documento contendo o
A) O II grau da escala é definido como “dominante”.
nome de uma banda de música.
B) O VII grau da escala é alterado com uso de
sustenido.
QUESTÃO 37
C) Do II grau para o III grau, há um intervalo de
2ª menor. Diante do que já se produziu em pesquisas sobre a
história das bandas de música no Brasil e tomando como
D) Do I ao III grau, há um intervalo de 3ª maior.
referência o trabalho da pesquisadora Manuela Areias
Costa, pode-se afirmar que os traços mais visíveis de
QUESTÃO 33 apropriações de elementos das bandas militares por
bandas civis são
Se um instrumentista executar as notas da 1ª, 2ª e 3ª
linha do pentagrama, todas naturais e na clave de dó na A) nomes, instrumentos e repertórios.
3ª linha, ele estará tocando o arpejo
B) nomes, uniformes e repertórios.
A) fá maior.
C) uniformes, instrumentos e repertórios.
B) fá menor.
D) uniformes, instrumentos e ambientes de atuação.
C) fá meio diminuto.
D) fá diminuto.
QUESTÃO 38

QUESTÃO 34 Das formas musicais descritas a seguir, assinale aquelas


que se pode compreender como tipicamente brasileiras
Sobre uma música escrita em sol maior, é correto afirmar: e que se fundiram com outros gêneros, ao longo da
história da música popular brasileira.
A) A VII nota da escala é homônima de mi sustenido.
B) A tonalidade menor relativa é dó sustenido A) Maxixe e Lundu.
menor. B) Lundu e Mazurca.
C) No V grau, encontra-se um acorde formado por
C) Mazurca e Lundu.
3ª maior, 5ª justa e 7ª menor.
D) Valsa e Mazurca.
D) Todas as notas da escala serão naturais.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 39 QUESTÃO 42

Ao estudar os gêneros musicais que fizeram parte da O saxofone é um instrumento da família das madeiras.
história da música popular brasileira, é comum encontrar Assinale a alternativa com o fator que explica essa
referências ao “tango brasileiro”. classificação.
Sobre a terminologia desse gênero, pode-se afirmar: A) Seu princípio sonoro: palheta simples presa a
uma boquilha e sistema de chaves dispostas ao
A) “Tango brasileiro” foi o resultado da fusão do
longo de um tubo cônico.
tango com o choro brasileiro.
B) O tipo de palheta: utilização de palheta simples
B) “Tango brasileiro” era um termo utilizado
de bambu ou material sintético.
para diferenciar o maxixe de outros gêneros
populares. C) O timbre do instrumento: o som amadeirado do
saxofone e a escrita orquestral que combina
C) “Tango brasileiro” era o termo inicialmente
o instrumento constantemente com flauta e
utilizado para o samba, que viria a se tornar um
clarinetas.
sucesso nos carnavais do Rio de Janeiro.
D) Materiais utilizados na construção: o saxofone
D) “Tango brasileiro” foi um termo inventado por
possui uma liga metálica em sua estrutura e
Pixinguinha.
grande parte dos ajustes são feitos com cortiças
de madeira.
QUESTÃO 40

No início do século XX, a indústria fonográfica QUESTÃO 43


desempenhou um papel importante no registro e difusão
Para obter o melhor resultado sonoro da técnica
dos ritmos populares.
conhecida como “growl”, o instrumentista deve produzir
Sobre esse momento da música popular brasileira, um(a)
pode-se afirmar:
A) nota enquanto abafa o som com a pressão da
A) As bandas de música desempenharam um papel língua na palheta.
importante e praticamente todas as gravadoras
B) nota e a articular com utilização combinada de
tinham uma banda à disposição para realizar
língua e garganta.
seus registros.
C) som eólio com o aumento do volume de ar e
B) A primeira música gravada no Brasil foi “Jura”,
diminuição da velocidade de saída do ar.
de Sinhô.
D) entonação vocal enquanto executa outra nota no
C) No início do século XX, as gravadoras se
instrumento.
dedicaram somente ao registro de dobrados.
D) Pixinguinha assumiu a regência da Banda do
Corpo de Bombeiros, com a qual realizou várias QUESTÃO 44
gravações.
Considerando a técnica conhecida como “slap”, assinale
a alternativa que possui a representação gráfica de
QUESTÃO 41 articulação que indica para o instrumentista que ele deve
articular a nota com esse efeito.
Se comparado a outros instrumentos, pode-se afirmar
que o saxofone é um instrumento relativamente recente
na história da música. A)

Assinale a alternativa que apresenta o ano de registro da


1ª patente desse instrumento.

A) 1840
B)
B) 1846
C) 1894
D) 1900
C)

D)

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 45

A família dos saxofones é composta por diferentes tipos, cada um com uma afinação específica: sopranino em mib,
soprano em sib, alto em mib, tenor em sib, barítono em mib, baixo em sib e contrabaixo em mib.
Considerando que o saxofone é um instrumento transpositor e as regras tradicionais de transposição, analise o exemplo
a seguir.

Assinale a alternativa que corresponde à transposição correta do exemplo a seguir, escrito para flauta em dó, para o
saxofone soprano.

A)

B)

C)

D)

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMBONE


Código: 318

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 36
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
São tipos de glissandos, exceto:

A) Harmônico.
MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMBONE
B) Diatônico.
C) Cromático.
QUESTÃO 31
D) Microtonal.
Segundo o teórico Bohumil Med, o som é a

A) sensação produzida no ouvido pelas vibrações QUESTÃO 37


de corpos elásticos.
Relacionam-se à dinâmica na música:
B) vibração harmônica produzida pelos corpos do
ouvido. A) Piu, meno, ritenuto e poco.
C) harmonia das vibrações de corpos elásticos. B) Ritardando, poco, mezzo e meno.
D) produção de vibrações de corpos elásticos no C) Poco, mezzo, meno e piu.
ritmo.
D) Forte, decrescendo, tenuto e meno.

QUESTÃO 32
QUESTÃO 38
A vibração irregular produz sons chamados de
São razoes pelas quais a Banda do Corpo de Bombeiros
A) notas musicais. do Rio de Janeiro foi de grande relevância para a história
das bandas no Brasil, exceto:
B) sons musicais.
C) barulhos. A) Foi a protagonista das primeiras gravações em
disco da Casa Edison.
D) percussão.
B) Foi fundada por Anacleto de Medeiros, histórico
compositor e arranjador.
QUESTÃO 33 C) Ajudou na divulgação da música para bandas no
brasil.
A mudança de intensidade no som é chamada de
D) Fundou uma escola de música destinada a
A) vibração. músicos de banda.
B) dinâmica.
C) agógica. QUESTÃO 39
D) ralentando. Segundo Costa (2011), quanto às funções dos indivíduos
na banda, analise as afirmativas a seguir.
QUESTÃO 34 I. O maestro, o regente ou o mestre de banda rege
a banda.
A sequência correta de sustenidos na armadura é:
II. O contramestre, geralmente, é responsável
A) Si, ré, sol, mi, lá, dó, si. pela afinação da banda, podendo ser auxiliar ou
B) Si, mi, lá, ré, sol, dó, fá. substituto do maestro.

C) Fá, ré, sol, lá, dó, mi, si. III. Músicos instrumentistas interpretam o repertório.

D) Fá, dó, sol, ré, lá, mi, si. IV. Nas bandas, os iniciantes são chamados de
alunos.
V. A diretoria administra a banda e prepara o
QUESTÃO 35 repertório.
Atualmente, quais são as claves utilizadas na grafia VI. O tesoureiro realiza pagamentos e administra a
musical? parte financeira.
A) Sol e fá. Estão corretas as afirmativas

B) Sol, fá e dó. A) I, II, III e VI, apenas.


C) Sol, fá e si. B) II, III e IV, apenas.
D) Sol, fá e ré. C) I, III, V e VI, apenas.
D) II, IV e V, apenas.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 40 QUESTÃO 43

Segundo Lorenzo Mammi (2012), sobre a origem da Analise as afirmativas a seguir relativas à correção da
música popular brasileira, é correto afirmar: série harmônica (série de notas) no trombone.

A) Antes da Era do Rádio, as bandas se limitavam I. A série harmônica no trombone deve sofrer
a tocar apenas em procissões, nas cerimônias correções para que soe totalmente afinada.
públicas, nos carnavais e nos coretos.
II. A sétima nota (sétimo harmônico) tocada em
B) Antes da Era do Rádio, as bandas foram cada posição soa com a afinação muito baixa.
deixadas de lado pelas editoras e gravadoras
III. Terceiro e sexto harmônicos são a mesma nota,
por terem um grupo com grande quantidade de
mas em oitavas diferentes.
pessoas, não ideal para as primeiras gravações
fonográficas no Brasil. IV. Primeiro e quarto harmônicos são notas de
nomes diferentes.
C) Antes da Era do Rádio, houve uma Era das
Bandas, que levavam música para todas as Estão corretas as afirmativas
classes sociais, pelo Brasil inteiro, e criavam um
A) I, II e III, apenas.
repertório conhecido por todos, favorecendo a
formação de um gosto musical homogêneo. B) I e IV, apenas.
D) Antes da Era do Rádio, numa sociedade em C) II, III e IV, apenas.
rápida evolução, as contaminações e as trocas
culturais eram inúmeras: modinhas e lundus D) I e II, apenas.
eram cantados e dançados nos teatros; a valsa
alemã era incorporada totalmente ao imaginário
QUESTÃO 44
popular, até se tornar a brasileiríssima valsinha;
o schottisch virou xote; a polca confluiu no Levando em consideração o uso de ornamentos no
maxixe; e a mazurca se misturou com o choro. trombone, assinale a alternativa incorreta.
Na contramão dessa evolução, as bandas
priorizavam a tradição. A) O trinado é obtido por meio do uso rápido e
contínuo da flexibilidade.

QUESTÃO 41 B) O trinado pode ser obtido com o uso do rotor,


nos trombones com chave.
São variações de nomes do trombone pelo mundo,
C) O glissando é um ornamento característico do
exceto:
trombone pela sua forma de construção.
A) Trombone a tiro. D) O grupeto é um ornamento que não pode ser
B) Posaune. realizado no trombone.

C) Trombon.
QUESTÃO 45
D) Trombeta.
Com relação ao trombone, assinale a alternativa correta.
QUESTÃO 42 A) O trombone não é um instrumento transpositor;
toca em som real.
Com relação às posições do trombone, assinale a
alternativa que apresenta a sequência correta de notas B) Os primeiros trombones datam do século XVII.
obtidas a partir da nota geradora (pedal) na terceira
C) O trombone é da família dos trombofonos.
posição.
D) A família dos metais conta com trombone,
A) Láb (pedal), láb, mi, láb, dó, mi, sol, láb, sib, dó. trompete, saxofones, trompa e tuba.
B) Láb (pedal), láb, mib, láb, dó, mib, solb, láb, sib,
dó.
C) Sib (pedal), sib, fá, sib, ré, fá, láb, sib, dó, ré.
D) Sib (pedal), sib, fá, sib, ré, fá, sol, sib, dó, ré.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMPA Bb/F


Código: 319

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 36
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Quais são as claves mais comuns na literatura musical
dos instrumentos de banda?
MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMPA Bb/F
A) Sol de 2° linha e fá de 4° linha.
B) Sol de 1° linha e dó de 4° linha.
QUESTÃO 31
C) Dó de 2° linha e fá de 4° linha.
Qual é a tonalidade maior e sua relativa menor com
D) Sol de 2° linha e fá de 3° linha.
apenas um bemol na armadura de clave?

A) Ré maior e si menor.
QUESTÃO 37
B) Fá maior e si menor.
Qual símbolo a seguir indica repetição em trechos
C) Fá maior e ré menor. musicais?
D) Dó maior e lá menor.
A) •
B) :
QUESTÃO 32
C) >
Qual é a tonalidade menor relativa de sol maior?
D) +
A) Mi bemol menor.
B) Mi menor. QUESTÃO 38
C) Sol menor. Qual é a finalidade das claves?
D) Sol bemol menor.
A) Dar expressão sonora.
B) Determinar o nome das notas.
QUESTÃO 33
C) Definir o compasso.
Qual é o arpejo ou tríade de ré maior?
D) Promover modulação.
A) Ré – fá# – lá
B) Si – ré – fá# QUESTÃO 39
C) Sol – si – ré Assinale a alternativa que apresenta um ritmo cuja
D) Lá – dó# – mi marcação de base seja sincopada.

A) Swing.
QUESTÃO 34 B) Blues.
Qual é o arpejo ou tríade de si bemol menor? C) Minueto.

A) Si bemol – ré – fá bemol. D) Baião.

B) Si – ré bemol – fá.
QUESTÃO 40
C) Si – ré – fá bemol.
D) Si bemol – ré bemol – fá. O acorde do terceiro grau de dó maior apresenta qual
modo?

QUESTÃO 35 A) Menor.
B) Diminuto.
São compassos simples, exceto:
C) Aumentando.
A) 3/4.
D) Maior.
B) 4/2.
C) 6/8.
D) 3/2.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 41

Qual símbolo a seguir indica um som abafado, que altera


a série harmônica natural da trompa?

A) –
B) >
C) °
D) +

QUESTÃO 42

Quais termos são sinônimos de stopped horn?

A) Stop, chiuso e cuivré.


B) Hauá, cuivré e harmonia.
C) Buché, chiuso e gestopft.
D) Harmondy, mute e hauá.

QUESTÃO 43

Na escrita para trompa, qual expressão verbal é utilizada


para indicar um som forte e brilhante?

A) Cuivré.
B) Buchet.
C) Stooped.
D) Cool.

QUESTÃO 44

Quais são as claves mais utilizadas nas partituras para


trompa em Fá?

A) Dó de 3° linha e fá de 4° linha.
B) Sol de 2° linha e fá de 4° linha.
C) Dó de 1° linha e sol de 2° linha.
D) Fá de 4° linha e dó de 3° linha.

QUESTÃO 45

Se a partitura estiver para trompa em fá, de que forma


deve ser realizada a leitura?

A) Sem transposição.
B) Transpondo uma 4º abaixo.
C) Transpondo uma 5° acima.
D) Transpondo uma 8° abaixo.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMPETE


Código: 320

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 33
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Para interpretar fielmente uma obra, o intérprete
deve compreender todas as intenções e sentimentos
do compositor. Nesse contexto, assinale com V as
MÚSICO INSTRUMENTISTA – TROMPETE
afirmativas verdadeiras e com F as falsas.

( ) Agógica ou acento dinâmico corresponde ao


QUESTÃO 31
acento indicado pelo compositor como meio de
Uma das principais características da música ocidental expressão.
é a utilização de escalas diatônicas maiores e menores. ( ) O termo dinâmica se define como a gradação da
A escala maior possui dois semitons entre os graus III-IV intensidade do som.
e VII-I e, na escala menor, os intervalos aparecem entre
os graus II-III e V-VI, respectivamente. Nesse contexto, ( ) Expressão é o termo indicativo de um estado de
assinale a alternativa correta. espirito e indica que o intérprete deve executar a
obra segundo o seu próprio sentimento.
A) A escala maior é composta de dois tetracordes
( ) Tenuto é uma advertência para garantir que
consecutivos.
será dado à nota todo o seu valor e subentende,
B) A formação do primeiro tetracorde é idêntica à do também, uma ênfase na interpretação.
segundo, ou seja: tom, tom e tom. Assinale a sequência correta.
C) Na escala menor, a estrutura dos dois tetracordes
A) V V F V
é idêntica (similar à escala maior).
B) F V V V
D) As três formas de escala menor (primitiva,
harmônica e melódica) têm equivalência na C) V F F F
escala menor.
D) F F F V

QUESTÃO 32
QUESTÃO 34
A função básica da língua nos instrumentos de metais
Bohumil Med (1996) afirma em seu livro Teoria da Música
é iniciar o som com um estilo (ataque). A língua age
que clave é um sinal colocado no início da pauta e que
como uma válvula para soltar o ar e, juntamente com a
dá nome e altura exatos às notas escritas em sua linha.
coluna de ar, controla o comprimento e força das notas.
As sílabas mais utilizadas nos golpes de língua simples, Nesse contexto, assinale com V as afirmativas
duplos e triplos são: “tu” - “ta” - “da” e “lá”; em duplas verdadeiras e com F as falsas.
“tah-kah” e, em triplas, “tah-tah-kah”. O número de
sílabas que se pode utilizar na performance do trompete é ( ) A clave de sol surgiu no século XVIII, vem da
infinita e varia de acordo com extensão, duração, caráter Grécia antiga e significa “chave”.
musical e devido às diferentes estruturas dentárias.
( ) Atualmente, usam-se três tipos de clave: de sol,
Nesse contexto, assinale com V as verdadeiras e com de fá e de dó.
F as falsas.
( ) O desenho da clave se repete rigorosamente no
( ) A língua deve estar sempre relaxada, início de cada nova pauta.
pois a tensão cria uma articulação dura, lenta e ( ) A clave de FÁ é a mais recente, tendo surgido em
impraticável. meados do século XIX.
( ) Articula-se com a ponta da língua direcionada Assinale a sequência correta.
para o céu da boca quando da utilização de golpe
simples. A) F V V F

( ) Cada trompetista tem de experimentar diferentes B) V F F V


sílabas e métodos de articulação, de modo C) V V F F
que uma variedade de articulações possa ser
utilizada. D) F F F V

( ) A língua não deve ser acionada ao se utilizar as


sílabas “tu”–“ta”–“da” e “lá”.
Assinale a sequência correta.

A) F V F V
B) F F F V
C) V F V F
D) F F V F

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 35 QUESTÃO 37
Segundo a teoria francesa, o compasso simples é O uso de termos de expressões como “zforzato”,
aquele que tem por unidade de tempo uma figura “ad libitum”, “coda” e “ritardando” aparece com muita
simples (não pontuada), já compasso composto é aquele frequência nas partituras de obras históricas e nas
que tem como unidade de tempo uma figura composta línguas nativas dos compositores, por exemplo,
(pontuada). Haydn, Beethoven, Wagner, Mahler, Stravinsky,
Nesse contexto, assinale a alternativa incorreta. Villa-Lobos e Puccini. É imperativo, portanto, no mundo
da música erudita, traduzir e entender expressões
A) Compasso simples apresenta como característica como essas.
principal a subdivisão binária ou quaternária dos
seus tempos. A esse respeito e tendo em vista o termo “gracioso”,
descrito por Bohumil Med, em Teoria da Música (1996),
B) Compasso composto apresenta como relacione a COLUNA I com a COLUNA II, associando a
característica principal uma subdivisão ternária expressão ao idioma ao qual pertence.
dos seus tempos.
COLUNA I
C) “Battuta” e “compasso” têm significados similares
e, portanto, são as principais ferramentas do 1. Grazioso
maestro para reger uma banda. 2. Zierlich ou Graziös
D) A fórmula de compasso composto é o resultado 3. Gracieux
da multiplicação de uma fórmula de compasso
simples, sendo o fator multiplicador 3/2. COLUNA II
( ) Italiano
QUESTÃO 36 ( ) Alemão
Os trompetistas devem saber como transportar à primeira ( ) Francês
vista diversos tons e direções. O método mais comum de
Assinale a sequência correta
transposição para trompetistas é nota por nota, em que
o instrumentista lê a nota escrita na partitura, mas toca um A) 1 2 3
tom acima ou abaixo na direção e intervalos apropriados
para produzir a altura correta das notas. Partindo desse B) 3 2 1
pressuposto, assinale a alternativa correta. C) 2 3 1

A) O trompetista que toca com um trompete em D) 3 1 2


si bemol, mas tem uma partitura escrita para
trompete em dó, deve tocar todas a notas da
partitura em um intervalo de 2ª maior acima. QUESTÃO 38

B) As transposições mais comuns no trompete Vários autores discorreram sobre o conceito de produção
são os intervalos de 4ª menor, 5ª maior, 6ª justa do som no trompete.
e 8ª maior. No que se refere ao uso e posicionamento da língua
C) Pode-se afirmar que trompetistas devem saber nesse processo e considerando sobre o que Arban
transportar apenas os intervalos de segunda (1936) discorre de maneira clara em seu livro, Complete
maior acima e segunda menor abaixo, pois essa Conservatory Method for Trumpet, é correto afirmar que
habilidade será utilizada para todas as partituras, a expressão coup de langue (ataque de língua) indica
considerando estilos e épocas. que a língua

D) O trompetista que usa o trompete em dó e lê uma A) permanece entre os dentes e bate no palato duro.
partitura escrita com som real deverá transportar
B) não bate no palato; pelo contrário, realiza um
uma 2ª maior abaixo do que está escrito na
movimento retrógrado, suprindo o lugar de uma
partitura.
válvula.
C) realiza um movimento na base da boca.
D) permanece em estado de repouso e se movimenta
apenas quando se toca na região aguda.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 39 QUESTÃO 41

Considerando que, no livro Teaching Brass: a resource Pesquisadores como Bailey et al. autores do Compêndio
manual (1992) professores como Bailey et al. (1992), Teaching Brass: a resource manual (1992) sugerem
afirmam que existem tendências similares na afinação alguns dos principais livros para serem utilizados
para todos os instrumentos de metais, pois apresentam no ensino do trompete, classificados em três níveis
diferentes correções e são, portanto, ajustáveis, assinale distintos – iniciante, intermediário e avançado.
com V as afirmativas verdadeiras e com F as falsas.
Nesse contexto, relacione a COLUNA I com a
( ) As notas que utilizam o dedilhado 1 soam COLUNA II, associando o autor e a obra a seu respectivo
levemente altas. Por essa razão, devem ser nível da literatura.
corrigidas apenas com a elevação do queixo e COLUNA I
dos lábios.
1. Iniciantes
( ) A combinação 1-2-3 soa muito alta e, portanto,
deve ser corrigida. Normalmente, o afastamento 2. Intermediários
da terceira volta (bomba) é recomendada. 3. Avançados
( ) As notas que utilizam a combinação 2-3 soam COLUNA II
baixas e, portanto, todos os outros dedilhados
devem ser corrigidos em função dessa anomalia. ( ) Arban – Complete Conservatory Method

( ) A combinação 1-2 soa moderadamente alta. ( ) Bitsch – 20 Études


Essa tendência deve ser corrigida abrindo a ( ) Hering – The Beginning Trumpeter
terceira volta.
Assinale a sequência correta. Assinale a sequência correta.
A) 2 1 3
A) F V V F
B) 1 2 3
B) F F F V
C) 3 2 1
C) V F V F
D) 2 3 1
D) V V F V

QUESTÃO 42
QUESTÃO 40
Tendo em vista que, segundo o Keith Johnson, a
O termo embocadura refere-se à maneira como a “articulação” no trompete pode ser comparada à dicção
cavidade oral, lábios e músculos faciais são usados ao para o cantor, assinale a alternativa incorreta.
se tocar um instrumento de sopro de metal. No trompete,
a coluna de ar passa através dos lábios para iniciar uma A) A articulação fornece os sons consoantes, que
vibração, que é transmitida para o bocal e amplificada definem os sons das vogais.
pelo instrumento formando o som.
B) Existem basicamente apenas dois tipos
Partindo desse pressuposto, assinale a alternativa de articulações no trompete: o TU, mais
incorreta. frequentemente utilizado, e o DU, para os efeitos
legatos.
A) A cavidade oral tem que estar aberta e relaxada
com a língua em repouso (abaixada). C) Articulação é uma pronúncia musical e, por isso,
a fonte básica da articulação é a língua.
B) O queixo deve estar esticado para baixo e firme.
D) A articulação bem definida é resultado do
C) A abertura criada pela junção dos lábios superior uso consciente da garganta no processo de
e inferior para empurrar a coluna de ar para respiração.
fora dos pulmões deve estar na forma oval.
Essa formação deve ocorrer de forma natural
com um equilíbrio próprio nos cantos da boca. QUESTÃO 43
D) A cavidade oral deve estar aberta e relaxada.
A intensidade do som depende da força do impulso que
Por essa razão, recomenda-se pressionar o
provoca a vibração, da amplitude das vibrações e do
bocal contra os lábios em todas as regiões.
ambiente em que o som é produzido.
Com o domínio dessa técnica, os lábios terão
mais resistência. Considerando esse contexto, o termo dinâmica não pode
ser definido como

A) graduação da intensidade de som.


B) dinâmica em grupo.
C) organização da intensidade dos sons na música.
D) grau de intensidade com que o som é emitido ou
articulado.

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 44

O termo Staccato é também conhecido como ponto de


diminuição e é um aspecto bastante controverso devido
às más traduções e interpretações de livros estrangeiros.
Sobre os tipos de Staccatos, segundo Bohumil Med
(1996), assinale a alternativa incorreta.

A) O staccato simples é também conhecido como


ponto de diminuição.
B) O staccato martelato divide o valor da nota em
quatro partes, sendo o primeiro quarto de som e
os três quartos restantes de silêncio.
C) O staccato simples ou de diminuição é aquele
que, colocado sobre ou sob a nota, divide o valor
em som e silêncio.
D) O staccato com ponto ligado é para ser tocado
ligado.   

QUESTÃO 45

Bailey et al. (1992) indicam oito itens de limpeza


necessários para manter os instrumentos sempre limpos
e em condições ótimas para a performance musical e
para a saúde bucal do instrumentista:
1. escovinha para o bocal; 2. escovinha para as válvulas;
3. escovinha flexível para introduzir no corpo interno do
trompete; 4. vareta de limpeza e gaze para limpar o cano
principal (leadpipe); 5. graxa deslizante; 6. óleo para as
válvulas; 7. detergente neutro; 8. água quente.
Assinale a alternativa que apresenta a maneira incorreta
de se realizar a limpeza de um trompete.

A) Desmonte o trompete para limpá-lo. Remova as


bombas principal e secundárias, como também
os capelotes inferiores, e mergulhe-os em água
morna numa pia grande ou banheira.
B) Remova os três pistos e os apoie numa toalha
macia. Coloque o corpo do trompete em água
morna numa pia grande ou banheira. Com muito
cuidado, passe a vareta de limpeza em todos
os canos do trompete (leadpipe / principal),
no cano da campana e nas demais voltas para
não arranhar suas paredes internas. Depois de
secar os pistos, passe o óleo próprio.
C) Tire o bocal do trompete e mergulhe o corpo inteiro
do instrumento em água quente numa pia grande
ou banheira. Deixe o instrumento mergulhado
na água até que as impurezas internas sejam
removidas. Por fim, retire o instrumento da água
e deixo-o secar naturalmente.
D) Remova os pistos do instrumento e coloque-os
sobre uma toalha macia. Depois, mergulhe os
três pistos numa vasilha cheia de água morna.
Certifique-se de que os feltros permaneçam
secos. Em seguida, mergulhe o corpo do
instrumento em água morna numa pia grande ou
banheira.

15
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

MÚSICO INSTRUMENTISTA – TUBA Bb/Eb


Código: 321

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 36
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
São considerados tipos de ornamentos, exceto:

A) Apojatura e escala.
MÚSICO INSTRUMENTISTA – TUBA Bb/Eb
B) Mordente e grupeto.
C) Glissando e portamento.
QUESTÃO 31
D) Trinado e floreio.
Segundo o teórico Bohumil Med, a música é constituída
principalmente por
QUESTÃO 37
A) melodia, harmonia, ritmo e som.
A sequência pianíssimo, meio forte, meio piano e
B) harmonia, som, contraponto e melodia. fortíssimo corresponde a:
C) som, harmonia, ritmo e contraponto.
A) p, mf, mp e f.
D) melodia, harmonia, contraponto e ritmo.
B) pp, mf, p e ff.
C) p, f, mp e f.
QUESTÃO 32
D) pp, mf, mp e ff.
As características principais do som são

A) altura, duração, intensidade e timbre. QUESTÃO 38


B) altura, intensidade, harmonia e timbre. No início do século XX, a banda de música do Corpo
C) harmonia, altura, timbre e ritmo. de Bombeiros do Rio de Janeiro foi a protagonista de
várias ações que a fizeram uma referência para todas as
D) timbre, altura, agudo e grave. bandas no Brasil.
Com relação a essa banda, assinale a alternativa correta.
QUESTÃO 33
A) Foi fundada e regida por Anacleto de Medeiros e
Apesar de ser conhecido desde o século XI, o pentagrama excursionou pela Europa em 1902, divulgando a
foi adotado na música apenas no século música brasileira.

A) XIII. B) Era composta por chorões e foi fundada e regida


pelo compositor Carlos Gomes.
B) XVII.
C) Foi responsável pelas primeiras gravações em
C) XV. disco no Brasil, em 1902, por meio da gravadora
D) XIX. Casa Edison.
D) Era formada por músicos vindos da Europa,
especialmente de Portugal.
QUESTÃO 34

A nota, quanto às alterações, pode ser


QUESTÃO 39
A) diatônica, grave, aguda e enarmônica.
Segundo Lorenzo Mammi (2012), o dobrado é gênero
B) grave, cromática, aguda e natural. bandístico por excelência.
C) natural, diatônica, cromática e enarmônica. Na chamada Era do Rádio, as bandas interpretavam
vários outros gêneros musicais além dos dobrados, que
D) cromática, diatônica, forte e piano. são:

A) Valsa, polca, tango brasileiro, modinha,


QUESTÃO 35 quadrilha, cateretê, maxixe e músicas típicas
de danças de salão, como a mazurca, a gavota,
Qual é a definição correta de escala menor?
a cavatina ou a “overtura”.
A) Escala harmônica, cuja principal característica é B) Valsa, polca, tango brasileiro, modinha, quadrilha,
o intervalo de terça menor entre os graus I e VI. cateretê, maxixe e músicas típicas de danças de
B) Escala diatônica, cuja principal característica é salão, como o forró, samba e a gafieira.
o intervalo de terça menor entre os graus I e III. C) Valsa, polca, modinha, quadrilha, cateretê,
C) Escala melódica, cuja principal característica é maxixe e músicas típicas de danças de salão,
o intervalo de terça menor entre os graus I e IV. como samba, bolero, forró e tango.

D) Escala diatônica, cuja principal característica é D) Valsa, polca, modinha, quadrilha, cateretê, frevo,
o intervalo de terça menor entre os graus I e V. maxixe e músicas típicas de danças de salão,
como o samba, bolero, forró, gafieira e tango.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 40 QUESTÃO 44

Segundo dados da Funarte (2004), qual o é estado com Sobre as tubas, analise as afirmativas a seguir.
a maior quantidade de bandas de música no Brasil?
I. A tuba de marcha é conhecida como sousafone.
A) São Paulo.
II. A tuba em mib é conhecida como tuba soprano.
B) Minas Gerais.
III. A tuba é o instrumento de sopro mais grave da
C) Rio Grande do Sul. banda.
D) Rio de Janeiro. Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)

A) II e III, apenas.
QUESTÃO 41 B) I, apenas.
Atualmente, as tubas são construídas e utilizadas nas C) I e III, apenas.
bandas e orquestras em várias afinações, que são:
D) III, apenas.
A) Sib, mib, lá e fá.
B) Dó, sib, mib e sol. QUESTÃO 45
C) Sib, mib, sol e lá. Na tuba de quatro pistons ou rotores, o acionamento do
D) Dó, sib, mib e fá. quarto pistom transfere o instrumento em uma

A) quarta.
QUESTÃO 42 B) terça.
Com relação às posições dos pistons ou retores, C) quinta.
observe nas alternativas qual é a sequências correta de
D) segunda.
notas reais (sons reais) obtidas a partir da nota geradora
(pedal) da quarta posição da tuba em sib.

A) Lá (pedal), lá, mi, lá, dó#, mi, sol, lá


B) Lá (pedal), lá, mi, lá, dó#, mi, fá#, lá
C) Sol (pedal), sol, ré, sol, si, ré, fá, sol
D) Sol (pedal), sol, ré, sol, si, ré, mi, sol

QUESTÃO 43

Com relação à série harmônica (série de notas) na tuba,


assinale a alternativa incorreta.

A) Segundo e quarto harmônicos são a mesma


nota em oitavas diferentes.
B) A sétima nota (sétimo harmônico) tocada em
cada posição soa com a afinação muito baixa.
C) Segundo e quinto harmônicos são notas
diferentes.
D) A série harmônica na tuba não deve sofrer
correções para que soe totalmente afinada.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

TÉCNICO EM ENFERMAGEM
Código: 322

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 34
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Considere que um paciente apresenta ferida aberta,
não infectada, com tecido de granulação em boas
TÉCNICO EM ENFERMAGEM condições e pouco exsudato.
Nesse caso, indica-se como coberturas primárias
QUESTÃO 31 A) produtos à base de ácido graxo essencial (AGE)
e placa de hidrocoloide fina.
Considere que um profissional de enfermagem vinculou
em redes sociais e aplicativos de compartilhamento de B) hidrogel e filme transparente de poliuretano.
imagens fotos que identificam um paciente internado em
C) alginato de cálcio em fita impregnada com prata
uma instituição de saúde. As imagens foram divulgadas
e carvão ativado.
por esse profissional sem autorização expressa da
instituição, dos familiares ou do próprio paciente. D) sulfadiazina de prata e hidrofibra.
Esse profissional descumpriu uma orientação prevista
no(a) QUESTÃO 35
A) Código de Ética dos Profissionais de Chama-se pressão alta ou hipertensão arterial
Enfermagem, no capítulo dos deveres. sistêmica (HAS) quando a pressão que o sangue faz
B) Lei do Exercício Profissional, no artigo das na parede das artérias é muito forte e fica acima dos
atividades do técnico de enfermagem. limites considerados normais para a idade do paciente.
Na maioria das vezes, isto só é percebido quando se
C) Código de Ética dos Profissionais de mede a pressão.
Enfermagem, no capítulo das proibições.
Os valores limites para a hipertensão em indivíduos
D) Lei do Exercício Profissional, no capítulo das adultos que não estão fazendo uso de medicação
atividades do trabalho em equipe. anti-hipertensiva são

A) 120 x 80 mm/Hg.
QUESTÃO 32
B) 100 x 60 mm/Hg.
Considere o seguinte trecho da lei que regulamenta a
C) 110 x 70 mm/Hg.
prática da enfermagem: “[...] exerce as atividades de nível
médio, envolvendo orientações e acompanhamento do D) 140 x 90 mm/Hg.
trabalho de enfermagem em grau auxiliar, e participação
no planejamento da assistência”.
QUESTÃO 36
Qual é categoria profissional descrita nesse trecho?
Sobre os cuidados que devem ser observados pelo
A) Enfermeiro. técnico de enfermagem em relação ao controle de
B) Técnico de enfermagem. infecção provocada por cateterismo endovenoso,
assinale a alternativa incorreta.
C) Auxiliar de enfermagem.
D) Parteira. A) Os cateteres rígidos devem ser evitados,
pois podem lesar a camada íntima da veia,
contribuindo para a ocorrência de complicações,
QUESTÃO 33 como flebite, formação de trombos e obstruções.
B) O local da punção também deve ser escolhido
O aleitamento materno é considerado o melhor método
com critério, e o cateter não deve ser inserido
de se alimentar um bebê. Seus efeitos positivos são
em regiões de articulações, devido ao risco
vistos não somente no bebê, mas também na mãe,
de infiltração e rompimento do vaso, além de
nos pais e, em última análise, no sistema de saúde.
prejudicar a mobilidade do paciente.
O tempo preconizado durante o qual o bebê deve ser
C) Os cateteres flexíveis, como os de poliuretano,
alimentado exclusivamente pelo leite materno é até os
são mais adequados, pois estão associados a
A) 9 meses de idade. menores complicações infecciosas e contribuem
significativamente para a redução de flebites em
B) 12 meses de idade. punções venosas periféricas.
C) 6 meses de idade. D) O silicone é comumente utilizado em cateteres
D) 18 meses de idade. de longa duração, como cateteres centrais de
inserção periférica, cateteres tunelizados e
totalmente implantáveis. Os cateteres de silicone
são os que apresentam maior prazo para a
troca, podendo permanecer na veia por mais de
20 dias.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 37 QUESTÃO 40

A segurança do paciente compreende a redução do risco Sobre o que é preconizado pelo Ministério da Saúde
de danos ao paciente nos serviços de saúde. Estudos em relação ao acolhimento com classificação de risco,
estimam que a ocorrência de incidentes relacionados à assinale a alternativa correta.
assistência à saúde, em particular, os eventos adversos A) O acolhimento não é um espaço ou um local,
(EA), afete de 4,0% a 16% de pacientes hospitalizados mas uma postura ética; não pressupõe hora
em países desenvolvidos, o que levou sistemas de saúde ou local, mas implica necessariamente no
em todo o mundo a melhorar a segurança do paciente. compartilhamento de saberes, angústias e
No que diz respeito à segurança do paciente, “eventos invenções; o profissional indicado para tal
adversos” são procedimento é o enfermeiro.
B) Acolher é tomar para si a responsabilidade de
A) efeitos de incidentes que não atingiram os “abrigar e agasalhar” outrem em suas demandas,
pacientes. sem o compromisso com a resolutividade de
B) incidentes que atingiram o paciente, mas não problemas de saúde e, sim, com compreender
causaram danos à saúde. a dor do outro.
C) A classificação de risco é uma ferramenta que,
C) incidentes que resultam em danos aos pacientes
além de organizar a fila de espera e propor outra
e podem ser temporários ou permanentes.
ordem de atendimento que não a de chegada,
D) incidentes de pequena proporção que podem tem outros objetivos importantes, como garantir
estar ligados a problemas de comunicação entre o atendimento imediato ao usuário com grau de
os profissionais e os pacientes ou familiares. risco elevado.
D) O acolhimento com classificação de risco é
uma forma de triagem, pois se constitui em uma
QUESTÃO 38 forma de retirar das filas os pacientes de maior
gravidade.
O desfibrilador externo automático (DEA) é um
equipamento de uso fácil e seguro. Assim que ligado,
o aparelho fornece instruções de acordo com a condição QUESTÃO 41
do paciente. Considere que um técnico de enfermagem iniciou a
Ao utilizar o DEA, o técnico de enfermagem deve, exceto: administração de um medicamento intravenoso num
paciente e, ao administrar 2 mL de um total de 20 mL
A) Conectar os eletrodos no tórax do paciente e, de solução, o profissional interrompeu o procedimento,
em seguida, conectá-los no equipamento. pois o paciente apresentou sinais de rompimento da
veia.
B) Aguardar que o equipamento realize a análise do
ritmo cardíaco. De acordo com as definições da ANVISA (2004) sobre
gerenciamento de serviços de saúde, assinale com V as
C) Afastar-se do paciente e aplicar o choque,
afirmativas verdadeiras e com F as falsas.
caso este seja indicado.
( ) Ao realizar o procedimento, o técnico de
D) Desligar o equipamento, caso o choque não seja
enfermagem gerou resíduos de serviços de
indicado.
saúde do tipo perfurocortantes. Esses resíduos
são classificados como do grupo E.
QUESTÃO 39 ( ) Ao realizar o procedimento, o técnico de
enfermagem gerou resíduos de serviço de
Considere que o técnico de enfermagem deve saúde infectantes, ou seja, do grupo B, como o
administrar, conforme prescrição médica, 2 mg de algodão e as luvas, ambos contendo sangue,
dexametasona EV, e na farmácia do hospital está que, necessariamente, devem ser desprezados
disponível a medicação em frasco ampola (FA) de em recipientes com saco branco leitoso.
2,5 mL, com 4 mg/mL.
( ) Os resíduos gerados no preparo do medicamento,
Para obter a dose prescrita, quanto desse medicamento como o papel / invólucro da seringa, devem ser
o técnico de enfermagem deve aspirar? desprezados em recipientes destinados aos
resíduos do grupo A, ou seja, em saco branco
A) 0,5 mL. leitoso.
B) 2,5 mL. ( ) O profissional que gerar o resíduo é o responsável
por segregá-lo e descartá-lo no recipiente
C) 4,0 mL. correto, conforme a classificação do grupo
D) 1,5 mL. correspondente.
Assinale a sequência correta.
A) V F V F
B) V F F V
C) F V F V
D) F V V F

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 42 QUESTÃO 45
Tendo em vista a avaliação e o atendimento Um dos procedimentos invasivos mais frequentes
inicial realizado em um paciente vítima de parada na prática assistencial é o cateterismo vesical.
cardiorrespiratória (PCR) em ambiente hospitalar, Esse procedimento pode estar relacionado tanto à
a equipe de saúde deve necessidade do controle do equilíbrio hidroeletrolítico
A) Avaliar nível de consciência, abrir via aérea, como também a outros tipos de controle necessários ao
ventilar e realizar compressão torácica e paciente no período de internação.
desfibrilação, se necessário.
Sobre esse procedimento, assinale a alternativa
B) Constatar inconsciência e / ou gasping, incorreta.
realizar compressões torácicas, ventilar e
desfibrilar, se houver ritmo chocável. A) Existem vários riscos relacionados ao uso do
cateter vesical ou à manipulação instrumental
C) Avaliar irresponsividade e / ou gasping, das vias urinárias; dessa forma, deve-se
temperatura, pulso, respirações e pressão avaliar o risco-benefício do procedimento
arterial. interdisciplinarmente.
D) Constatar irresponsividade e / ou gasping, B) O cateter vesical mais utilizado é o de Foley,
ofertar oxigenação, realizar compressão feito de nelaton, que proporciona maior
cardíaca e verificar sinais vitais. flexibilidade e apresenta tamanhos que variam
entre 10 e 30 French.
QUESTÃO 43 C) O cateterismo vesical pode ser utilizado tanto
Sobre o atendimento de urgência e emergência a um para demora como para alívio; é indicado na
paciente queimado, assinale a alternativa incorreta. retenção urinária, a fim de obter amostra de
urina para exame laboratorial e para esvaziar a
A) O técnico de enfermagem deve providenciar bexiga em procedimentos cirúrgicos.
acesso venoso com cateter de grande calibre
em vítimas de queimaduras extensas, pois elas D) O enfermeiro é o membro da equipe de
correm risco de hipovolemia. enfermagem responsável por realizar o
procedimento de cateterismo vesical, e os
B) No socorro à vítima com roupas em chamas, demais membros da equipe de enfermagem
deve-se abafar o fogo com um pano ou toalha e, compartilham os cuidados necessários ao
depois, se possível, retirar as roupas queimadas paciente.
que não estiverem aderidas ao corpo.
C) Quando há suspeita de uma lesão inalatória ou
intoxicação por monóxido de carbono, deve-se
administrar oxigênio umidificado a 100%.
D) O técnico de enfermagem deve aplicar
compressa úmida em pacientes com mais de
20% da superfície corporal queimada.

QUESTÃO 44
Sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs),
assinale a alternativa incorreta.
A) A equipe de saúde deve orientar o uso de
preservativos masculinos ou femininos
para pessoas sexualmente ativas, pois é o
método mais eficaz para a redução do risco
de transmissão do HIV e de outros agentes
sexualmente transmissíveis.
B) A equipe de saúde deve atentar quanto à
notificação compulsória das DSTs, pois nem
todas as doenças sexualmente transmissíveis
são de notificação compulsória.
C) No tratamento da candidíase, é necessário
orientar a mulher a suspender o tratamento se
menstruar.
D) A sífilis é curável e exclusiva do ser humano,
causada pela bactéria Treponema pallidum,
pode apresentar várias manifestações clínicas e
diferentes estágios (sífilis primária, secundária,
latente e terciária), e a equipe de saúde deve
estar atenta aos sinais e sintomas apresentados
pelo paciente.

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

Desenhista
Código: 323

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


Língua portuguesa visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho Questão 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 2 Questão 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das Questão 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
Questão 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
Questão 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às Questão 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  Questão 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
Questão 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 13
matemática / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
Questão 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre por Bruna é:
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


Questão 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
Questão 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, Questão 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

Questão 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 18 Questão 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
atualidades
C) 2 880.
D) 5 040.
Questão 21

Questão 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 22 Questão 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

Questão 23 Questão 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 29
legislação
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
Questão 26 seguir.
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
tempo determinado, para atender a necessidade III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
temporária e de excepcional interesse público. de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as Conforme as disposições da Lei Complementar
nomeações para cargo em comissão declarado nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
em lei, de livre nomeação e exoneração. as afirmativas

D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.


mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

Questão 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de Questão 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
Questão 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.
D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2
concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 32
Conhecimentos específicos
O capítulo II do Código de Obras do Município de
Uberlândia traz em sua seção I as disposições gerais
desenhista aplicáveis às edificações não residenciais, entre
elas as que regulamentam as instalações sanitárias
dessas edificações e dispõe ainda em seu Art. 80 que
Questão 31 “as edificações não residenciais deverão obedecer
às disposições contidas na norma NBR 9050 ou
O Código de Obras do Munícipio de Uberlândia dispõe, outra que vier a substituí-la e no Título III dessa Lei
entre outras coisas, das necessidades de padronização Complementar, além das exigências contidas nesse
na apresentação de projetos arquitetônicos. Entre essas Capítulo” (Prefeitura de Uberlândia, 2011). Nas
solicitações, estão as que se referem à padronização demais seções do mesmo capítulo, são apresentadas,
das escalas e elementos gráficos e / ou textuais que ainda, exigências específicas para determinados tipos
devem acompanhá-los para apresentação dos projetos de edificações.
arquitetônicos para fins residenciais, de acordo a
finalidade de cada desenho. Em relação às disposições gerais e específicas de que
tratam esse capítulo, assim como aquelas dispostas na
Considerando esse contexto, assinale com V as NBR 9.050, assinale a alternativa correta.
afirmativas as verdadeiras e com F as falsas.
A) As exigências descritas nas disposições gerais
( ) Exige-se a utilização da escala mínima de 1:50 (Seção I) apresentam requisitos mínimos em
tanto para representação de plantas baixas dos relação às instalações sanitárias a serem
pavimentos quanto para cortes longitudinais implantadas em edificações não residenciais,
e transversais, assim como no desenho da e são sempre mais detalhadas e / ou exigentes
elevação das fachadas voltadas para as vias do que em casos específicos dispostos nas
públicas. Para outros desenhos, todavia, seções seguintes.
pode-se utilizar escalas mais reduzidas, devido
ao menor detalhamento dos desenhos, sendo, B) Uma exigência em comum da seção I em relação
respectivamente, exigidas as escalas mínimas às instalações sanitárias a serem instaladas nas
de 1:200 para planta de locação e 1:2000 para edificações não residenciais de que trata esse
planta de situação. capítulo é de que elas sejam separadas por
sexo. Todavia, a obrigatoriedade da implantação
( ) A representação técnica da planta baixa de cada de instalações sanitárias com acessibilidade,
pavimento deve ser cotada e obrigatoriamente assim como a quantidade e dimensionamento
indicar, entre outros elementos: as dimensões destas, não são tratadas especificamente no
e áreas exatas de todos os compartimentos, texto, devendo, portanto, obedecer às normas
inclusive vão de iluminação, ventilação e da NBR 9.050.
áreas de estacionamento; a finalidade de cada
compartimento; os traços indicativos de cortes C) Segundo a NBR 9.050, “os boxes para
longitudinais e transversais; e as dimensões das bacia sanitária devem garantir as áreas para
espessuras de paredes. transferência diagonal, lateral e perpendicular,
bem como área de manobra para rotação de
( ) Desde que os desenhos estejam representados 180º” (ABNT, 1994). Além disso, apresenta
nas escalas corretas, a apresentação concomitante um exemplo de planta baixa de um boxe com
das escalas numérica (absoluta) e gráfica junto as dimensões mínimas do ambiente, abrindo
aos desenhos de um projeto arquitetônico exceção apenas em caso de reformas, em
exclui a necessidade de representação das que relaciona outras exigências. No município
dimensões dos ambientes e demais elementos de Uberlândia, o exemplo da norma é pouco
de construção por meio de cotas numéricas. relevante, uma vez que o atendimento à NBR
No caso das elevações das fachadas voltadas 9.050 se trata apenas de recomendação, não de
para a via pública, estas independem tanto exigência legal.
de cotas como da apresentação de quaisquer
escalas. D) Nas disposições gerais, relaciona-se que para
edificações de uso coletivo exige-se ainda “área
Assinale a sequência correta.
para vestiários, equipados com chuveiros e
A) V V F escaninhos junto aos sanitários de empregados
[...]” (Prefeitura de Uberlândia, 2011),
B) V F F o que inviabiliza o atendimento dessa exigência
C) F V V por pequenas edificações comerciais, sobretudo
por aquelas que possuem área inferior a 250 m².
D) F F V Assim sendo, por falta de opção nesses casos,
pode-se inferir que esses estabelecimentos são
prejudicados pelo Código de Obras do Município
de Uberlândia.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 33

No desenho de plantas baixas realizadas por meio do software AutoCAD, são várias as ferramentas e possibilidades para
se iniciar, desenvolver e finalizar o processo de desenho.
Analise as figuras de 1 a 4 a seguir, que representam parte do processo de desenho da planta baixa de uma edícula
utilizando o AutoCAD.

Para a realização das etapas apresentadas pelas figuras de 1 a 4 respectivamente, no software AutoCAD, é suficiente a
utilização dos seguintes comandos:

A) 1. Rectangle / 2. Offset / 3. Ungroup + Copy / 4. Trim.


B) 1. Line / 2. Move / 3. Offset / 4. Trim.
C) 1. Line / 2. Copy / 3. Copy / 4. Fillet.
D) 1. Rectangle / 2. Offset + Explode / 3. Offset / 4. Trim.

QUESTÃO 34

Em desenho técnico, a representação dos elementos de uma cota é descrita tanto pela NBR 10.126:1987 quanto
pela NBR 6.492:1994, sendo esta última uma norma mais genérica em relação aos detalhes das cotas, porém mais
direcionada à representação em projetos de arquitetura. De qualquer forma, o que era feito até então manualmente,
hoje pode ser configurado no AutoCAD através da janela “Manage Dimension Styles”, que, por sua vez, é acessada pelo
comando “DIMSTY”. Ao se abrir esse comando / janela e criar um novo estilo de cota, algumas abas são mais utilizadas
na configuração: “Lines”, “Symbols and Arrows”, “Text”, “Fit”, “Primary Units”. Em cada uma dessas abas, há opções e
campos editáveis que configuram as diversas partes do texto.
Considerando esse contexto, analise a figura a seguir.

Relacione as abas e funções a seguir aos respectivos itens indicados pelas letras de “A” a “E” em que estão configurados.

( ) Aba “Text”, opção “Offset from dim line”


( ) Aba “Lines”, opção “Offset from origin”
( ) Aba “Symbols and Arrows”, opção “Arrowheads”
Assinale a sequência correta.

A) E B A
B) D A B
C) C D A
D) D E A

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 35 qUESTÃO 37
A NBR 6.492 dispõe sobre a representação de projetos Na época em que os desenhos técnicos arquitetônicos
de arquitetura. Publicada em 1994, quando o uso de eram realizados exclusivamente em prancheta,
desenho assistido por computador (CAD) ainda estava eram utilizados gabaritos que possibilitavam a
em suas primeiras décadas de existência, ela traz representação padronizada de mobiliários, louças,
algumas recomendações que são ainda utilizadas em símbolos, etc. Atualmente, softwares como o AutoCAD
meios eletrônicos e outras que não são. possuem ferramentas que facilitam essa padronização
Considerando esse contexto, assinale a alternativa que numa velocidade e precisão muito superior. A utilização
apresenta recomendações que não são mais usuais nas de uma biblioteca digital com desenhos predefinidos
ocasiões em que os projetos são apresentados de forma agiliza muito o layout de plantas baixas, mas, apesar da
digital e / ou impressa. facilidade em se adquirir esses desenhos – conhecidos
como “blocos” –, em alguns casos, é necessário
A) A utilização de formatos no padrão ISO, série A, editá-los para que se adequem à necessidade do projeto
sendo os mais conhecidos: A4, A3, A2, A1 e A0. ou até desenhar um objeto e transformá-lo em um bloco
para futura utilização.
B) A utilização do desenho à nanquim para papéis
translúcidos, como o papel vegetal. Considerando esse contexto, analise as afirmativas a
seguir acerca do uso, criação e edição de blocos.
C) A utilização do carimbo, também conhecido como
legenda, com informações gerais do projeto. I. Pode-se editar um bloco inserido no AutoCAD
D) A utilização de cotas gerais, cotas de níveis e através da função “Block Editor”. Essa
indicação de escala numérica em plantas baixas. modificação, por padrão, modifica todos os
blocos inseridos ou copiados no desenho a partir
da mesma origem / nome (na biblioteca), o que
QUESTÃO 36 pode ser indesejável. Assim sendo, caso queira
criar um novo bloco a partir das edições do “Block
O Art. 33 do Código de Obras do Município de Uberlândia Editor” em um bloco já utilizado, utiliza-se a
dispõe sobre a caracterização de habitações de função “Save Block As”.
interesse social no intuito de delimitar certos benefícios
e requisitos para construção desse tipo de edificação e II. À medida que blocos são inseridos a partir
diferenciá-las das demais edificações. de arquivos externos em um documento do
AutoCAD, ele vai armazenando os desenhos
Considerando esse contexto, relacione a COLUNA II com desses blocos na biblioteca do documento.
a COLUNA I, associando as exigências ou benefícios ao Caso o usuário deseje remover da biblioteca um
tipo de edificação a que se aplicam. bloco que esteja sendo utilizado no desenho,
basta apenas utilizar o comando “Purge”, que
COLUNA I
abrirá uma janela com todos os blocos ainda
1. É exclusivamente aplicável às habitações de utilizados no desenho. Em seguida, seleciona-se
interesse social. o bloco desejado e aciona-se a tecla “Delete”.
2. É aplicável tanto a habitações de interesse social III. Em linhas gerais, há duas funções para se
quanto às demais edificações. criar blocos: “Create Block” e “Write Block”.
A função “Create Block” objetiva a transformação
3. Não é aplicável às habitações de interesse social.
de desenhos em blocos que são armazenados
COLUNA II somente na biblioteca do documento, enquanto
a “Write Block” permite tanto o armazenamento
( ) A concessão pelo Poder Executivo, por meio do na biblioteca quanto a gravação de um arquivo
órgão municipal competente, de plantas populares externo, permitindo a importação em outros
aos proprietários de imóveis no município de projetos.
Uberlândia, desde que o requerente atenda aos
requisitos expressos no código de obras. IV. A inserção de um bloco em um “Layer” de cor
específica pode não alterar as cores das linhas
( ) A construção de edificação de uso misto desse bloco. Isto costuma acontecer quando
(residencial e comercial) por pequenas as cores das linhas do desenho original foram
construtoras, com fins comerciais, onde as predefinidas. Para que as linhas de um
unidades habitacionais possuam área construída determinado bloco respeitem a cor da “Layer”,
máxima de 70 m2 (setenta metros quadrados). em que o bloco se encontra, pode-se editá-lo,
( ) Exige-se, obrigatoriamente, a ligação da atribuir-lhe a cor 0 (zero) e, em “Properties”,
edificação às redes urbanas de água e esgoto e, deixar a propriedade da cor como “By Layer”.
na falta destas, a necessidade de se obedecer às Estão corretas as afirmativas
regulamentações dos órgãos competentes.
A) I, II e III, apenas.
Assinale a sequência correta.
B) I, III e IV, apenas.
A) 2 1 3
C) I e II, apenas.
B) 1 2 3
D) III e IV, apenas.
C) 1 3 2
D) 2 3 1

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 38 QUESTÃO 40
Sabe-se que para se construir uma edificação, além Sabe-se que o uso de rampas para acesso de pedestres
dos projetos arquitetônicos, utiliza-se como base os às edificações tem sido não só estimulado como exigido
projetos complementares necessários a cada tipo de em diversas circunstâncias, sobretudo nos edifícios de
construção, tais como: fundações, estruturas, coberturas, uso público.
instalações elétricas, instalações hidráulicas, prevenção
Nesse contexto, o Código de Obras do Município de
e combate a incêndio e levantamento planialtimétrico.
Uberlândia / MG
Estes, quando necessários, deverão seguir as
normas técnicas vigentes e atender às exigências das A) apresenta exigências mais rígidas que as da
concessionárias ou entidades administrativas. norma de acessibilidade vigente.

Em relação à exigência dos projetos complementares, B) apresenta exigências menos rígidas que as da
é correto afirmar que o código de obras do município de norma de acessibilidade vigente.
Uberlândia C) exige o atendimento das exigências segundo a
A) não faz nenhuma referência em seu texto aos norma de acessibilidade vigente.
projetos complementares. D) não traz em seu texto nenhuma referência às
B) exige que os projetos complementares sejam exigências para rampas para pedestre.
apresentados para obtenção do alvará de
construção. QUESTÃO 41
C) pode exigir quaisquer dos projetos
complementares necessários até a obtenção do Entre os itens de acessibilidade dos quais dispõe a NBR
habite-se. 9.050, está a regulamentação do uso de rampas para
acesso de pedestres. Nesse contexto, assinale com V as
D) não exige os projetos complementares no caso afirmativas verdadeiras e com F as falsas.
de construção de edificação para uso residencial.
( ) A largura das rampas deve ser estabelecida
de acordo com o fluxo de pessoas. A largura
QUESTÃO 39
livre mínima recomendável para as rampas em
Um funcionário responsável pela conferência da rotas acessíveis é de 1,50 m, sendo o mínimo
conformidade de um projeto arquitetônico com o Código admissível de 1,20 m. A exceção se dá para
de Obras do Município de Uberlândia/MG, ao conferir edificações existentes, quando a construção de
a planta baixa de um desses projetos residenciais de rampas nas larguras indicadas ou a adaptação da
uma casa, apresentado para aprovação à prefeitura, fez largura das rampas for impraticável, ocasião esta
algumas anotações referentes ao ambiente do quarto, em que há outras exigências específicas.
que possuía dimensões de 3,0 x 4,0 m, totalizando
( ) Em reformas, quando esgotadas as possibilidades
12,0 m², e em relação às projeções da cobertura, uma
de soluções que atendam integralmente às
vez que não se lembrava se esses itens estariam
exigências da NBR 9.050, que tratam das rampas
conformes ou não com a legislação vigente.
com inclinações entre 5,00 e 8,33%, não poderão
Considerando esse contexto, relacione a COLUNA II ser utilizadas inclinações superiores a 10% em
com a COLUNA I, indicando se as situações registradas nenhuma hipótese. Nesses casos, as edificações
pelo funcionário estão em conformidade ou em precisam dispor de elevador para acesso de
desacordo com o Código de Obras do Município de cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida.
Uberlândia / MG. ( ) Apesar de não serem consideradas rampas
COLUNA I as superfícies de piso com inclinação igual ou
inferior a 5%, a NBR 9.050 recomenda, nesses
1. Está em conformidade com o Código de Obras do casos, a previsão de uma área de descanso, fora
Município de Uberlândia / MG. da faixa de circulação, a cada 50 m, para pisos
2. Está em desacordo com o Código de Obras do com até 3% de inclinação, ou a cada 30 m, para
Município de Uberlândia / MG. pisos de 3% a 5% de inclinação, lembrando que
essas áreas devem estar dimensionadas para
COLUNA II permitir também a manobra de cadeiras de rodas.
( ) O eixo de abertura da janela dista ( ) Os patamares no início e no término das rampas
perpendicularmente 1,20 m da divisa de outra devem ter dimensão longitudinal mínima de
unidade autônoma. 1,50 m. Entre os segmentos de rampa devem
( ) O vão de iluminação da janela possui dimensões ser previstos patamares intermediários com
150 x 120 cm com a ventilação em 50% da área dimensão longitudinal mínima também de
do vão. 1,50 m. Já os patamares situados em mudanças
( ) O beiral de 1,10 m não foi contabilizado no projeto de direção devem ter dimensões iguais a 150%
quando efetuado o cálculo de área construída. da largura da rampa.
Assinale a sequência correta. Assinale a sequência correta.
A) 1 2 1 A) F V V F
B) 2 2 1 B) V F F V
C) 2 1 2
C) F V F V
D) 1 1 2
D) V F V F

15
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 42
Na representação de taludes em vista, a NBR 6.492:1994 recomenda a utilização de uma hachura de sequência de linhas
curtas e longas, alternadamente.
Sabendo-se que no AutoCAD não há hachura pronta desse tipo, considere uma situação na qual seja necessário
representar um talude conforme a figura a seguir, a partir de dezenas de linhas alternadas. Considere a situação inicial
“Antes” como ponto de partida de um procedimento que pretende atender à demanda, representada na figura “Depois”,
já com a simulação da hachura pronta.

Assinale a alternativa que indica a função do AutoCAD que permite realizar as cópias necessárias à produção do desenho
“Depois”, a partir das duas linhas iniciais, com uma distância predefinida e em uma só execução do comando.
A) Move C) Offset
B) Line D) Array

QUESTÃO 43
Em relação à cotagem de desenhos técnicos, a NBR 10.126:1987 recomenda certas padronizações, entre elas a direção
e o posicionamento dos elementos numéricos indicativos do dimensionamento dos elementos cotados.
Nesse contexto, analise as figuras a seguir.
Figura 1 Figura 2

Considerando as recomendações da NBR 10.126:1987 e as representações dadas, assinale a alternativa correta.


A) Nenhuma das duas figuras está correta, uma vez que não é permitida a utilização de texto de cota em sentido ou
inclinação diferente das linhas de cota que o acompanham.
B) Apenas a figura 2 apresenta método correto de apresentação dos textos das cotas, uma vez que se pode utilizar
tanto textos de cota horizontais quanto textos alinhados às linhas de cota, mas não simultaneamente.
C) Apenas a figura 1 apresenta um método correto de apresentação dos textos das cotas, pois os textos que
acompanham linhas de cota inclinadas devem, obrigatoriamente, ser apresentados na horizontal.
D) As duas figuras apresentam métodos corretos de apresentação dos textos das cotas, uma vez que são permitidas
tanto a utilização do texto alinhado às linhas de cota quanto disposto horizontalmente, à escolha de quem o
representa.

Questão 44
Na representação de linhas dos beirais de um telhado, ou mesmo de uma laje projetada para além dos limites externos da
alvenaria, projetadas sobre uma planta baixa, exige-se que elas tenham determinada aparência, de forma a permitir sua
correta leitura e diferenciação de outros tipos de linha, como das alvenarias externas à edificação. No AutoCAD, existem
ações que permitem a escolha da linha adequada ao seu ajuste de aparência.
Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, um tipo de linha adequado à representação das projeções descritas
e a característica que auxilia na configuração da sua aparência quanto ao tamanho de seus traços e espacejamentos.
A) Dashed e linetype scale.
B) Dash dot e lineweight.
C) Hidden e lineweight.
D) Border e linetype scale.

16
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 45

No desenho de perspectivas isométricas, são utilizados como base 3 eixos, indicados na figura 2 a seguir pelas letras X,
Y e Z, sendo que os eixos X e Y formam com a linha H ângulos de 30º e são utilizados para representar o comprimento e
a largura dos objetos, além do o eixo Z, que forma com essa mesma linha H um ângulo de 90º e é, por sua vez, utilizado
para a representação das alturas dos objetos.
Dessa forma, é possível, então, a partir de elementos e medidas obtidas a partir de vistas de um desenho bidimensional
(figura 1), representar objetos e / ou ambientes de forma a dar uma aparência tridimensional.

Figura 1 Figura 2

Considerando as características das representações em vista e o desenho isométrico, apresentados por essas figuras,
assinale com V as afirmativas verdadeiras e com F as falsas.

( ) Apesar de ser indicado um coeficiente de redução para a representação de perspectivas isométricas, na prática
as arestas dos desenhos isométricos de objetos que são paralelas aos eixos X, Y e Z (indicadas na figura 2 pelas
letras a, b e c) são representadas em verdadeira grandeza (ainda que em escala) para facilitar a execução do
desenho.
( ) Segundo MICELI e FERREIRA (2008), “para o traçado de arestas não isométricas deve-se considerar o sólido
envolvente como elemento auxiliar, marcando-se os pontos extremos das linhas não isométricas e unindo-os
posteriormente”. Na figura 2, pode-se verificar uma aresta desse tipo representada pela letra e.
( ) Considerando a “Vista 01”, indicada na figura 2 como sendo a vista frontal da peça representada em perspectiva
isométrica na figura 1, as vistas 2 e 3 representam, respectivamente, a vista lateral esquerda e a vista inferior.
( ) As linhas “traço ponto” presentes nas vistas 2 e 3 (figura 2) indicam tanto o centro do furo quadrado presente no
objeto representado quanto o eixo de simetria do mesmo desenho. As linhas tracejadas, por sua vez, presentes
também nessas vistas, representam as arestas não visíveis do mesmo furo e possibilitam concluir que ele atravessa
a peça de face a face.
Assinale sequência correta.

A) F V F V
B) V F V F
C) F V V F
D) V F F V

17
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(versão do candidato)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

Ao transferir essas marcações para A folha de respostaS,


observe as instruções específicas dadas na capa da prova.
Use caneta esferográfica azul ou preta.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

OFICIAL ADMINISTRATIVO
Código: 324

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 34
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Analise a caracterização a seguir.
Trata-se de gêneros textuais utilizados nas organizações
OFICIAL ADMINISTRATIVO públicas e muito usados nas comunicações internas
oficiais. De linguagem simples, não é adequado o uso
QUESTÃO 31 de preciosismos ou terminologias excessivamente
técnicas nesse tipo de documento. Serve para transmitir
Ciente de que um arquivo também passa por evoluções informações para funcionários de uma mesma unidade
e adequações e de que a formulação do planejamento ou local. Muito ágil e pouco burocrático, nele devem
do arquivo envolve muitas decisões e atribuições, constar: destinatário, emissor, assunto ou referência,
analise as afirmativas seguintes. data, mensagem, fecho e assinatura.
I. Na elaboração do plano arquivístico, um ponto Essa é a caracterização de
importante é a definição quanto à centralização
ou à descentralização dos serviços de arquivo A) ofício.
em fase corrente. A descentralização se aplica B) relatório.
somente à fase corrente dos arquivos.
C) formulário.
II. Pelo sistema centralizado, entende-se não
apenas a reunião dos documentos em um único D) memorando.
lugar, mas também a concentração de todas as
atividades de controle desses documentos em
um único órgão da estrutura organizacional, QUESTÃO 35
designado protocolo e arquivo ou comunicações
Com relação à comunicação e à redação oficial,
e arquivo, ou outra denominação parelha.
assinale com V as afirmativas verdadeiras e com F as
III. Para os sistemas descentralizados, faz-se a falsas.
necessidade da criação de uma coordenação
central, tecnicamente concebida para exercer ( ) Quando se fala em redação oficial,
funções normativas, orientadoras e de controle. quem comunica é o serviço público (secretarias,
departamentos, ministérios, divisão, serviço,
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)
seção), e o que se comunica deve ser algum
A) II, apenas. assunto relativo às atribuições do órgão em
questão.
B) II e III, apenas.
( ) Na redação oficial, deve-se considerar a intenção
C) I e III, apenas. do emissor e a finalidade do documento, para que
D) I, II e III. o texto seja adequado à finalidade e à situação
comunicativa.
( ) Comunicar com objetividade e acessibilidade é
QUESTÃO 32 a finalidade básica da redação oficial, impondo
Um princípio básico de arquivos é o da proveniência, certos parâmetros ao uso que se faz da língua,
segundo o qual devem ser mantidos reunidos, de modo distinto daquele da literatura, do texto
num mesmo fundo, todos os documentos provenientes jornalístico, da correspondência particular, etc.
de uma mesma fonte geradora de arquivo. ( ) A clareza é uma qualidade de todo texto oficial
Para tanto, as unidades administrativas que irão se e implica em buscar uniformidade do tempo
constituir em fundos de arquivo devem ser determinadas verbal em todo o texto, usar frases curtas e bem
tendo em vista dois critérios a serem aplicados, que são: estruturadas, apresentar as orações na ordem
direta, evitar intercalações excessivas e explicitar
A) digital e analógico. o significado da sigla em sua primeira referência.
B) estrutural e funcional. Assinale a sequência correta.

C) corrente e intermediário. A) V F V F
D) permanente e provisório. B) F V F F
C) F F F V
QUESTÃO 33 D) V V V V
A emissão de notas fiscais, elaboração de relatórios,
controle de inadimplência e planejamento são serviços
ou tarefas relacionadas ao

A) almoxarifado.
B) setor de contabilidade.
C) departamento financeiro.
D) departamento de pessoal.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 36 QUESTÃO 39

Os almoxarifados adotam um sistema de classificação, Com relação ao campo da informática, relacione a


que tem como etapas centrais: COLUNA II com a COLUNA I, associando as descrições
a seus respectivos conceitos.
A) Recebimento, etiquetação, guarda e expedição.
COLUNA I
B) Admissão, paletização, datação e estocagem.
1. Extensão
C) Entrada, protocolo, verificação e
2. Protocolo
acondicionamento.
3. Programa
D) Identificação, codificação, cadastramento e
catalogação. 4. Download

COLUNA II
QUESTÃO 37
( ) Transferência de um programa ou arquivo
Considerando que, como prática de estoques, executável da internet para o computador.
periodicamente deve-se realizar contagens físicas dos ( ) Sistema específico desenvolvido para
itens em estoques, analise as afirmativas seguintes. determinada área ou empresa, sendo o próprio
sistema operacional do computador.
I. As discrepâncias em valores monetários ocorrem
entre o estoque físico e o estoque contábil. ( ) Determina o tipo de arquivo, ou seja, qual é a
sua compatibilidade. Todo arquivo ou documento
II. Discrepâncias quantitativas ocorrem entre o
possui esse tipo de fichamento. Sem isso
registro contábil e as quantidades reais nas
torna-se difícil identificar onde ou com o que se
prateleiras ou dependências dos estoques.
deve abrir o arquivo ou documento.
III. A apuração do valor total do estoque (contábil)
( ) Na internet, forma um conjunto de números que
ocorre para efeito do balanço e balancetes.
estabelece normas de comunicação com outras
Nesse caso, o inventário é efetuado próximo ao
máquinas, mesmo com sistemas operacionais
encerramento do ano fiscal.
ou idiomas diferentes. Permite a troca de
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s) informações entre os computadores ligados em
rede.
A) II, apenas.
Assinale a sequência correta.
B) II e III, apenas.
A) 1 2 3 4
C) I e III, apenas.
B) 4 3 1 2
D) I, II e III.
C) 3 1 4 2
D) 2 4 3 1
QUESTÃO 38

Um dos documentos de registro muito utilizados nas QUESTÃO 40


instituições é a ata e, para sua lavratura, deve-se
observar algumas normas. A amplitude de controle refere-se ao número de
Nesse contexto, assinale a alternativa que apresenta colaboradores que um administrador, coordenador ou
incorretamente uma dessas regras. gerente consegue dirigir com eficiência e eficácia e onde
a organização e coordenação de pessoal é otimizada.
A) O texto da ata pode ser digitado em computador, São fatores relevantes para se estabelecer a amplitude
datilografado ou manuscrito, mas sem rasuras. ideal, exceto:
B) Nas ocorrências de erros constatados no
momento da redação da ata, emprega-se a A) Nível de diferenciação salarial e formação dos
partícula “digo”. subordinados.

C) Deve-se lavrar a ata em livro próprio ou em B) Localização de funcionários; se estão na mesma


folhas soltas e de tal modo que impossibilite a localização física ou em lugares separados.
introdução de modificações. C) Características do trabalho em si; ou seja, se
D) Quando um erro for identificado após a redação é simples, rotineiro e estável ou complexo e
de toda ata, deve-se recorrer à redação de anexo dinâmico.
juntado às folhas da ata, com a escrita de todo D) Número ou percentual de subordinados que
parágrafo corrigido. executam atividades parelhas ou semelhantes.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 41 QUESTÃO 44
Com relação aos objetivos essenciais de um Com relação ao texto exposto na Lei nº 8.666, de 21 de
departamento de compras, analise as afirmativas a junho de 1993, analise as afirmativas seguintes.
seguir.
I. A licitação não será sigilosa, sendo públicos
I. Obter, sempre que possível, um fluxo intermitente e acessíveis ao público os atos de seu
de suprimentos a fim de atender aos programas procedimento, com exceção dos conteúdos das
de produção ou serviços. propostas, até a respectiva abertura.
II. Comprar materiais e insumos aos menores II. Poderá ser estabelecida oportunidade de
preços, obedecendo aos padrões de quantidade preferência para produtos manufaturados e
e qualidade definidos. para serviços nacionais que atendam a normas
III. Trabalhar com o prognóstico das necessidades técnicas brasileiras.
de suprimentos e dar subsídios suficientes para III. O procedimento licitatório previsto nessa lei
o responsável pelas compras executar seu caracteriza ato administrativo formal, seja ele
trabalho. praticado em qualquer esfera da administração
IV. Procurar, sempre dentro de uma negociação pública.
justa e honrada, as melhores condições para IV. As normas de licitações e contratos devem
a instituição, principalmente em termos de privilegiar o tratamento diferenciado e favorecido
pagamento. às micro e pequenas empresas na forma da lei.
É(são) objetivo(s) essencial(is) de um departamento de Estão corretas as afirmativas
compras
A) I e IV, apenas.
A) I, apenas.
B) II e III, apenas.
B) II e IV, apenas.
C) I, II e III, apenas.
C) II, III e IV, apenas.
D) I, II, III e IV.
D) I, II, III e IV.

QUESTÃO 45
QUESTÃO 42
Os contratos administrativos regulam-se pelas suas
No contexto da organização de compras, quando um cláusulas e pelos preceitos do direito público.
profissional ou equipe realiza tarefas como análise de
custos, estudo de materiais, inspeção de fábricas de Assinale a alternativa que não apresenta cláusulas
fornecedores e estudo do mercado, ele está envolvido necessárias nos contratos da administração pública.
com qual atividade típica do setor de compras?
A) Regime de execução ou forma de fornecimento.
A) Pesquisa. B) Tipo de licitação, melhor preço, melhor técnica
B) Aquisição. ou menor tempo de execução.

C) Planejamento. C) Legislação aplicável à execução do contrato e


especialmente aos casos omissos.
D) Administração.
D) Crédito pelo qual ocorrerá a despesa, com a
indicação da classificação funcional programática
QUESTÃO 43 e da categoria econômica.

São atribuições específicas do trabalho de assessoria ou


suporte às compras, exceto:

A) Controlar o recebimento de solicitações de


compras e conferir os valores anotados.
B) Consultar o arquivo de publicações técnicas e
controlar o arquivo de catálogos e documentos
referentes às compras efetuadas.
C) Elaborar as relações de fornecedores para cada
material e emitir os pedidos de compra.
D) Classificar e analisar as solicitações de compra
remetidas por diversos setores e efetuar
compras de materiais específicos mediante
orientação da chefia.

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

Técnico em Agropecuária
Código: 325

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, de lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11
do Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar o caderno de questões das Provas Objetiva e a Redação quando houver. Não haverá substituição
da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo estabelecido
para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções constantes
no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela Fundep durante
a realização das provas complementam este Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


Língua portuguesa visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho Questão 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 2 Questão 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das Questão 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
Questão 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
Questão 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às Questão 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  Questão 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
Questão 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 13
matemática / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
Questão 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre por Bruna é:
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


Questão 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
Questão 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, Questão 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

Questão 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 18 Questão 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
atualidades
C) 2 880.
D) 5 040.
Questão 21

Questão 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 22 Questão 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

Questão 23 Questão 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 29
legislação
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
Questão 26 seguir.
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
tempo determinado, para atender a necessidade III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
temporária e de excepcional interesse público. de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as Conforme as disposições da Lei Complementar
nomeações para cargo em comissão declarado nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
em lei, de livre nomeação e exoneração. as afirmativas

D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.


mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

Questão 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de Questão 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
Questão 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.
D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2
concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 33
Conhecimentos específicos
Sobre os cultivos do milho e da soja, que estão entre
as principais em área cultivada no Brasil, assinale a
técnico em agropecuária alternativa correta.

A) A economia com adubos nitrogenados é


Questão 31 marcante nos cultivos de milho e soja, em função
da fixação biológica de nitrogênio.
A análise de solos é uma das principais ferramentas de
B) Onde há o predomínio da monocultura de
planejamento de plantio.
soja entre as culturas anuais, é necessária
No que se refere à amostragem de solos para análise, a introdução, no sistema agrícola, de
assinale a alternativa correta. outras espécies, de preferência gramíneas,
como milho, pastagem e outras.
A) A partir de uma amostra não representativa,
não é possível obter uma adequada C) Uma das funções da rotação soja-milho é a
caracterização da fertilidade do solo. redução da incidência de pragas, pois não há
relatos de pragas da soja que atacam o milho.
B) Uma amostragem não representativa requer
alterações dos métodos de análise para melhorar D) O uso de híbridos é tão comum no milho quanto
a caracterização da fertilidade do solo. na soja, fato responsável pelo bom desempenho
das culturas.
C) Para o planejamento da implantação de espécies
frutíferas, a amostragem única deve ser feita na
camada de 20 a 40 cm de profundidade. Questão 34
D) No procedimento de coleta, resíduos vegetais Sobre o cultivo de olerícolas no Brasil, assinale a
devem ser preservados e coletados, a fim de alternativa incorreta.
não interferir na avaliação do teor de matéria
orgânica. A) A produção de mudas de qualidade é requisito
essencial para uma boa produtividade.

Questão 32 B) É realizado em sistemas de produção


diversificados, sendo de grande importância
Uma etapa importante para o correto desenvolvimento social e econômica.
das culturas é o preparo do solo para o plantio. O
C) Uma dificuldade é a ocorrência de viroses,
sistema de plantio direto (SPD) é uma tecnologia
que demanda atenção no manejo de insetos
conservacionista de preparo de solo, utilizada desde a
transmissores.
década de 1970 no Brasil, já bastante difundida entre
os agricultores, dispondo-se atualmente de sistemas D) O tomateiro pertence à mesma família da
adaptados a diferentes regiões e aos diferentes níveis berinjela e da cenoura, razão pela qual a
tecnológicos. realização de rotação de cultura com essas
espécies não é efetiva.
Sobre o SPD, assinale a alternativa correta.

A) É uma técnica que supriu algumas deficiências


Questão 35
do preparo convencional do solo, tais como a
compactação, a erosão hídrica e o uso excessivo A ocorrência de insetos-pragas, doenças e plantas
de herbicidas. daninhas é causa de grandes prejuízos em diversos
B) Trata-se de um sistema de preparo em que os cultivos.
custos de produção são maiores. Sobre o manejo fitossanitário das lavouras, assinale a
C) O plantio é efetuado sem aração e gradagem. alternativa correta.
No SPD, é necessário manter o solo sempre
coberto por plantas em desenvolvimento e por A) O controle biológico tem sido feito com mais
resíduos vegetais. frequência em insetos-pragas do que em plantas
daninhas.
D) A palhada nele contida tem por finalidade
proteger o solo do impacto das gotas de chuva, B) O controle químico é de uso restrito para as
do escorrimento superficial e da presença de plantas daninhas, nas quais predomina o
insetos-praga. controle mecânico.
C) A técnica do monitoramento não é eficaz no
manejo integrado de pragas, no qual deve
prevalecer o controle cultural.
D) As doenças de plantas, por serem causadas
por organismos microscópicos, não podem ser
detectadas em campo, diante da necessidade de
aparelhos de alto custo para sua avaliação.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 36 Questão 39

Sobre os herbicidas, amplamente utilizados no manejo Sobre os cuidados necessários à ordenha higiênica,
de plantas daninhas, assinale a alternativa correta. que consiste na ação de retirada do leite em adequadas
condições de higiene, assinale a alternativa correta.
A) Os herbicidas de contato normalmente são A) Deve-se atentar para aspectos relacionados
caracterizados pelo efeito mais demorado, ao animal (úbere e tetas), ao ambiente
crônico. (área / local) em que é realizada a ordenha,
B) Os herbicidas não têm potencial de criar plantas aos equipamentos, aos utensílios e à própria
daninhas resistentes ao seu uso. higiene do manipulador.

C) Por serem desenvolvidos para agirem em B) O curral é o local adequado para ordenhar os
vegetais, distantes taxonomicamente dos animais, sendo, para isso, necessárias limpezas
humanos, é dispensado o uso de equipamentos diárias.
de proteção individual para manuseio e C) O animal a ser ordenhado tem que estar sadio,
aplicação. visando minimizar o risco de zoonoses e garantir
D) Um exemplo de herbicidas não seletivos são os venda direta a consumidores de leite cru.
dessecantes usados no sistema de plantio direto. D) Após a ordenha, uma ação de grande importância
é imergir as tetas em uma solução de álcool 70%,
com o objetivo principal de proteger o animal
Questão 37 contra possíveis contaminações infecciosas na
O sistema intensivo de suínos criados ao ar livre é glândula mamária.
caracterizado por manter os suínos em piquetes com
boa cobertura vegetal. Questão 40
Sobre esse sistema, assinale a alternativa correta. São métodos de conservação de alimentos:
A) É utilizado nas fases de crescimento e A) Calor, frio, salga e plastificação.
terminação.
B) Salga, defumação, fermentação e microbiologização.
B) Embora o custo seja maior em função da maior
C) Irradiação, fermentação, defumação e cozimento.
área necessária, o retorno final compensa em
função do bom valor obtido na venda. D) Calor, frio, aplicação de aditivos e fermentação.
C) É utilizado nas fases de reprodução, maternidade
e creche. Questão 41
D) A ração utilizada é um dos itens de redução São instalações necessárias à atividade leiteira, exceto:
de custo em função do menor teor energético
A) Sala de ordenha.
e proteico necessário, em relação ao sistema
confinado. B) Silos.
C) Sala de resfriamento e embalagem do leite.
D) Depósito para fezes e urina.
Questão 38

Sobre a fase de terminação de bovinos em pastagem, Questão 42


assinale a alternativa incorreta.
Escala é uma relação que se estabelece entre as
A) Uma das necessidades é a redução da idade de dimensões de um objeto em verdadeira grandeza e
abate, para reduzir o tempo de retorno do capital aquelas que ele possui em um desenho.
investido.
Sobre o uso de escalas em desenho, assinale a
B) A suplementação se justifica economicamente alternativa correta.
apenas no período seco.
A) Considerando um objeto real desenhado em
C) O sucesso da suplementação é dependente da escalas diferentes, o desenho feito na escala de
quantidade e qualidade da forragem, uma vez 1:200 é maior e permite maior detalhamento que
que o consumo restrito de nutrientes é o principal o desenho feito na escala de 1:100.
fator que limita a produção animal.
B) Em alguns os casos, a escala selecionada
D) O desempenho dos animais terminados em deve ser suficientemente grande para permitir
pastagem não está relacionado apenas à uma interpretação fácil e clara da informação
disponibilidade de alimentos, mas, também, representada.
à procedência genética.
C) Deve-se, sempre que possível, procurar
fazer o desenho nas medidas reais da peça,
para transmitir uma ideia melhor de sua
grandeza.
D) Na confecção de mapas de fazendas, a escala
de 1:100 é mais adequada do que a escala de
1:10000.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Questão 43 Questão 45
A Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, dispõe sobre Conforme consta na Lei nº 10.831, de 23 de dezembro
o atendimento da alimentação escolar e do Programa de 2003, que dispõe sobre a agricultura orgânica e dá
Dinheiro Direto na Escola aos alunos da Educação outras providências, são finalidades de um sistema de
Básica, entre outras providencias. produção orgânico, exceto:
Nessa Lei, consta que são diretrizes da alimentação A) Ofertar produtos saudáveis isentos de
escolar, exceto: contaminantes intencionais.
A) A inclusão da educação alimentar e nutricional B) Incrementar a atividade biológica do solo.
no processo de ensino e aprendizagem, que
C) Manter ou incrementar a fertilidade do solo no
perpassa pelo currículo escolar, abordando o
curto prazo.
tema alimentação e nutrição e o desenvolvimento
de práticas saudáveis de vida, na perspectiva da D) Basear-se em recursos renováveis e em
segurança alimentar e nutricional. sistemas agrícolas organizados localmente.
B) A participação de organizações não
governamentais no controle social, no
acompanhamento das ações realizadas pelos
estados, pelo Distrito Federal e pelos municípios
para garantir a oferta da alimentação escolar
saudável e adequada.
C) A universalidade do atendimento aos alunos
matriculados na rede pública de Educação
Básica.
D) O direito à alimentação escolar, visando a garantir
segurança alimentar e nutricional dos alunos,
com acesso de forma igualitária, respeitando as
diferenças biológicas entre idades e condições
de saúde dos alunos que necessitem de atenção
específica e aqueles que se encontram em
vulnerabilidade social.

Questão 44
O Decreto nº 6.323, de 27 de dezembro de 2007,
que regulamenta a Lei nº 10.831, de 23 de dezembro
de 2003, menciona, no seu capítulo V, as medidas de
fiscalização.
De acordo com esse dispositivo, nos casos de
existência de indícios de adulteração, falsificação,
fraude ou inobservância do disposto nas normas legais,
não poderá ser adotada a seguinte medida cautelar:

A) Apreensão temporária de produtos.


B) Suspensão temporária do cadastro ambiental
orgânico.
C) Retirada temporária do cadastro de agricultores
familiares autorizados a trabalhar com venda
direta sem certificação.
D) Suspensão temporária de credenciamento
como organismo de avaliação da conformidade
orgânica.

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(versão do candidato)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

Ao transferir essas marcações para A folha de respostaS,


observe as instruções específicas dadas na capa da prova.
Use caneta esferográfica azul ou preta.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO


Código: 326

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 34
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Considere que ao final de uma análise da atividade
em uma ou várias situações de trabalho, será proposto
TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO um “diagnóstico local”, relativo a essas situações,
que fornecerá elementos para um diagnóstico geral,
abrangendo certos aspectos do funcionamento da
QUESTÃO 31 empresa.

O termo ergonomia é derivado das palavras gregas O diagnóstico relativo a uma situação de trabalho é um
Ergon (trabalho) e Nomos (regras). Nos estados Unidos, produto essencial da análise efetuada pelo
o termo é utilizado também como sinônimo de Human
A) engenheiro de segurança.
factors (fatores humanos).
B) técnico de segurança.
Resumidamente, é correto afirmar que a ergonomia se
aplica ao C) médico do trabalho.

A) projeto de máquinas, equipamentos, sistemas e D) ergonomista.


tarefas, com objetivo de melhorar a segurança,
saúde, conforto e eficiência no trabalho.
QUESTÃO 35
B) posto de trabalho, vida pessoal, saúde e salário,
com objetivo de melhorar a segurança, saúde, Em relação aos EPIs para a ergonomia, é correto afirmar:
conforto e eficiência no trabalho.
A) Devem cumprir as normas e leis trabalhistas.
C) processo produtivo, às doenças, às tarefas e aos
turnos, com objetivo de estabelecer a segurança, B) Devem ser utilizados como recurso paliativo em
saúde, conforto e eficiência no trabalho. todas as situações.

D) projeto da planta industrial, dos postos de C) Devem ser os últimos recursos a serem
trabalho, lazer e desempenho, com objetivo utilizados, após a análise criteriosa.
de estabelecer segurança, saúde, conforto e D) É obrigatório o uso de EPIs pelos trabalhadores
eficiência ao trabalho. e isso é imposto pela empresa.

QUESTÃO 32 QUESTÃO 36
A cabeça de um ser humano adulto pesa de 4 a 5 kg, Sobre as sinalizações de segurança, analise as
e, quando as atividades exigem uma inclinação dela instruções a seguir.
de mais de 30 graus para frente, consequentemente os
músculos do pescoço são tensionados para manter a I. Essas sinalizações devem ficar destacadas
postura, passando a surgir dores na nuca e nos ombros. próximo à máquina.
Portanto, a cabeça deve ser mantida o mais próximo II. Essas sinalizações devem ficar em localização
possível da postura claramente visível.

A) neutra. III. Essas sinalizações devem ser de fácil


compreensão.
B) inclinada.
Nesse contexto e considerando as sinalizações que
C) horizontal. devem ser adotadas em todas as fases de utilização e
vida útil das máquinas e equipamentos, estão corretas
D) vertical. as instruções

A) I e II, apenas.
QUESTÃO 33
B) I e III, apenas.
Tendo em vista que a ação ergonômica do trabalho
não consiste em aplicar métodos, realizar medidas, C) II e III, apenas.
fazer observações e conduzir entrevistas com os D) I, II e III.
trabalhadores, pode-se afirmar que ela também não
deve

A) ajustar os métodos e as condições de sua


aplicação ao contexto.
B) adequar as questões e o que foi identificado à
situação do trabalho em que se encontra.
C) ignorar os pontos de vistas e interesses próprios
dos atores envolvidos.
D) inscrever as possibilidades de transformações
de trabalho.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 37 QUESTÃO 39
O exame médico periódico deve ser feito de acordo Os trabalhadores da área elétrica devem ter habilitação,
com os intervalos mínimos de tempo para trabalhadores qualificação, capacitação e autorização para desenvolver
expostos a riscos ou a situações de trabalho que suas atividades.
impliquem o desencadeamento ou agravamento de
doença ocupacional ou, ainda, para aqueles que sejam Em situação de troca de função, mudança de empresa,
portadores de doenças crônicas. Nesse contexto, analise retorno de afastamento ao trabalho por inatividade
as afirmativas a seguir, marcando com V as verdadeiras e por período superior a três meses e modificações
e com F as falsas. significativas nas instalações elétricas ou troca de
métodos, processos e organização do trabalho, os
( ) Os exames periódicos devem ser feitos trabalhadores devem ter um treinamento de reciclagem
anualmente ou em intervalos menores, a critério de período
do médico encarregado, ou, se notificado, pelo
médico agente da inspeção do trabalho, ou, A) mensal.
ainda, como resultado de negociação coletiva de
B) semestral.
trabalho.
C) anual.
( ) Os exames periódicos devem ser feitos
anualmente, para os trabalhadores entre dezoito D) bienal.
anos e quarenta e cinco anos de idade
( ) Os exames periódicos devem ser feitos QUESTÃO 40
anualmente, em menores de dezoito anos e
maiores de quarenta e cinco anos de idade. A biomecânica, que se preocupa com as interações
( ) Os exames periódicos devem ser feitos de acordo físicas do trabalhador, com o seu posto de trabalho,
com a periodicidade especificada no Anexo máquinas, ferramentas e matérias, visando reduzir
nº 6 da NR 15, para os trabalhadores expostos a os riscos de distúrbios musculoesqueléticos, analisa
condições hiperbáricas. basicamente
Assinale a sequência correta. A) posturas corporais e aplicação das forças.
A) V F V F B) movimentos e metabolismo basal.
B) F V F V C) condições físicas e medidas corporais.
C) V F F V D) senso cinestésico e fadiga muscular.
D) F V V F
QUESTÃO 41
QUESTÃO 38
Considerando que o tratamento de questões no âmbito
O empregador deve adotar meios técnicos e
da segurança e saúde no trabalho oferece oportunidades
organizacionais para reduzir os esforços nas atividades
para melhorar a eficiência da empresa, bem como para
de manuseio de produtos, e, em caso de manuseio
proteger os trabalhadores e que essas oportunidades
de animais ou produtos, não deve propiciar o uso de
foram analisadas no último inquérito europeu em
força muscular excessiva por parte dos trabalhadores,
Empresas sobre Riscos Novos e Emergentes, analise as
devendo ser atendidos, no mínimo, estes requisitos:
vantagens a seguir.
● Os elementos a serem manipulados devem estar
dispostos dentro da área de alcance principal I. Aumento de custos produtivos, diminuição de
para o trabalhador, tanto para a posição sentada riscos, menos acidentes e prestígio reduzido na
como em pé. comunidade em geral.

● A altura das esteiras ou de outro mecanismo II. Diminuição de custos e de riscos (redução
utilizado para depósito de produtos e de partes das taxas de absentismo e de rotação dos
dos produtos manuseados deve ser dimensionada trabalhadores, menos acidentes e uma menor
de maneira a não propiciar extensões e / ou ameaça de processos judiciais).
elevações excessivas dos braços e ombros. III. Garantia de uma melhor continuidade da
● As caixas e outros continentes utilizados para atividade, o que aumenta a produtividade
depósito de produtos devem estar localizados de (evitando incidentes, acidentes, quebras e falhas
modo a facilitar a pega e não propiciar a adoção no processo produtivo).
excessiva e continuada de torção e inclinações São vantagens previstas nesse inquérito
do tronco, elevação e / ou extensão dos braços e
ombros. A) I e II, apenas.
As afirmativas pertencem à NR B) I e III, apenas.
A) 11. C) II e III, apenas.
B) 17. D) I, II e III.
C) 31.
D) 36.

13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 42 QUESTÃO 45

O PPRA é parte integrante do conjunto mais amplo das O Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) é,
iniciativas da empresa no campo da preservação da por definição do inciso VI do art. 187 da Instrução
saúde e da integridade dos trabalhadores, devendo estar Normativa INSS/DC nº 84 de 17/12/2002, “o documento
articulado com o disposto nas demais NR, em especial histórico-laboral, individual do trabalhador que presta
com o(a) serviço à empresa [...] registra dados administrativos
com base no PCMSO e PPRA sobre as atividades
A) Programa de Controle Médico de Saúde desenvolvidas e registros ambientais com base no
Ocupacional (PCMSO), previsto na NR-7. LTCAT e resultados de monitorização
B) Serviço de Engenharia de Segurança e Medicina
A) química.
do Trabalho (SESMT), previsto na NR-4.
B) biológica.
C) Comissão Interna de prevenção de Acidentes
(CIPA), prevista na NR-5. C) física.
D) PCMSO, articulado com o SESMT e CIPA, D) ergonômica.
previstos na NR-9.

QUESTÃO 43

Quando houver alteração dos riscos, os procedimentos


para trabalho em espaços confinados e a permissão
de entrada e trabalho, com participação do Serviço
Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho
– SESMT e da Comissão Interna de Prevenção de
Acidentes – CIPA, devem ser avaliados e revisados, no
mínimo uma vez a cada

A) Biênio.
B) Ano.
C) Semestre.
D) Trimestre.

QUESTÃO 44

Analise as afirmativas a seguir, sobre bancadas, mesas,


escrivaninhas e painéis nos quais é realizado trabalho
manual nas posturas sentada e / ou em pé, e assinale
com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) Estes devem ter características da superfície de


trabalho compatíveis com o tipo de equipamento.
( ) Estes devem ter área de trabalho de fácil alcance
e visualização pelo trabalhador.
( ) O trabalhador deve ter altura compatível com
o tipo de equipamento e apresentar correta
distância entre olhos e o campo de trabalho.
( ) Estes devem ter características dimensionais que
possibilitem posicionamento e movimentação
adequados dos segmentos corporais.
Assinale a sequência correta.

A) V F V F
B) F V F V
C) V F F V
D) F V V F

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

TOPÓGRAFO
Código: 327

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.

NÃO DEIXE NENHUMA QUESTÃO SEM RESPOSTA.


A Folha de Respostas não deve ser dobrada, amassada ou rasurada.
ATENÇÃO: Período de Sigilo – Não será permitido ao candidato se ausentar em definitivo da sala de provas antes de decorridas 2 (duas)
horas do início das provas. O candidato não poderá fazer anotação de questões ou informações relativas às suas respostas no Comprovante
Definitivo de Inscrição (CDI) ou em quaisquer outros meios, que não os permitidos neste Edital e especificados na capa da prova. Os candidatos
não poderão utilizar, em hipótese alguma, lapiseira, corretivos ou lápis-borracha ou outro material distinto do constante no subitem 9.4.11 do
Edital. Será proibido, durante a realização das provas, fazer uso ou portar, mesmo que desligados, telefone celular, relógios, pagers, beep,
agenda eletrônica, lápis, borracha, corretivo, calculadora, walkman, notebook, palmtop, gravador, transmissor / receptor de mensagens de
qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico, fazer uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro, lenço ou similares, podendo a
organização deste Concurso Público vetar o ingresso do candidato com outros aparelhos além dos anteriormente citados. Durante o período
de realização das provas, não será permitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os candidatos ou entre estes e pessoas
estranhas, oralmente ou por escrito, assim como não será permitido o uso de livros, códigos, manuais, impressos, anotações ou quaisquer
outros meios. O candidato não poderá levar os cadernos de questões das Provas Objetivas e de Redação, quando houver. Não haverá
substituição da Folha de Respostas da Prova Objetiva e Caderno Oficial da Prova Redação devido a erro do candidato. Ao término do prazo
estabelecido para a prova, os três últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova. As instruções
constantes no Caderno de Questões e na Folha de Respostas da Prova Objetiva, bem como as orientações e instruções expedidas pela
Fundep durante a realização das provas, complementam o Edital e deverão ser rigorosamente observadas e seguidas pelo candidato.

O Caderno de Questões e o Gabarito da Prova Objetiva serão divulgados no endereço eletrônico


<www.gestaodeconcursos.com.br> no dia 17 de dezembro de 2019.

DURAÇÃO MÁXIMA DA PROVA: 4 (QUATRO) HORAS


pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

ATENÇÃO
Sr.(a) Candidato(a),

Antes de começar a fazer a prova, confira se este caderno contém, ao todo,


45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, cada uma constituída de
4 (quatro) alternativas de resposta, assim distribuídas: 10 (dez) questões de Língua
Portuguesa, 10 (dez) questões de Matemática / Raciocínio Lógico, 5 (cinco)
questões de Atualidades, 5 (cinco) questões de Legislação, e 15 (quinze) questões
de Conhecimentos Específicos, todas perfeitamente legíveis.

Havendo algum problema, informe imediatamente ao aplicador de provas para que ele
tome as providências necessárias.

Caso não observe essa recomendação, não lhe caberão quaisquer reclamações ou
recursos posteriores.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Por outro lado, o fotógrafo Eamonn McCabe tem uma


LÍNGUA PORTUGUESA visão um pouco diferente. Para ele, a massificação
da tecnologia digital está deixando os fotógrafos cada
vez mais preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às era feita com dois rolos de filme de 24 poses. Hoje
questões de 1 a 6. pode-se fazer mil fotos em uma sessão e todos
os defeitos são corrigidos no pós processamento.
A fotografia está morrendo? Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos tira
a capacidade de apreciar uma imagem. Por isso que
De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico sempre digo que ninguém vai querer ver as 2 mil fotos
dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai de suas férias. Faça uma seleção de 20 fotos e vai ser
acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou um sucesso. “As pessoas estão fazendo um monte de
o fim do papel. Mas, alguns destes artigos nos trazem fotos, mas ninguém está olhando para elas”.
coisas para pensarmos. É o caso do texto intitulado “The
Death of Photography: are camera phones destroying E, no final do artigo, temos a voz da razão na pessoa do
an artform?” (Em português: “A morte da fotografia: fotógrafo Nick Knight, que já publicou um livro e fez uma
as câmeras de celular estão destruindo uma forma de campanha de moda utilizando apenas o iPhone. Para
arte?”) publicado no The Guardian por Stuart Jeffries em ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só tem paralelo
13 de dezembro. Ele parte de uma pergunta simples: com os anos 60, quando deixou-se de utilizar tripé nas
estaria a massificação da  fotografia  destruindo a arte? sessões de moda com a utilização de câmeras 35mm
Pergunta complicada. Em vez de expressar unicamente em detrimento das de médio formato. Segundo Nick,
sua opinião, o jornalista procurou alguns grandes “O que importa, artisticamente, não é quantos pixels elas
fotógrafos e os fez pensar sobre o assunto. tem, mas se as imagens funcionam. A máquina com que
você cria sua arte é irrelevante.”
O primeiro a ser questionado foi Antonio Olmos,
fotógrafo mexicano que vive em Londres. Segundo ele, O artigo é muito mais denso e merece uma leitura
nunca houve tantas fotografias tiradas no mundo, mas detalhada. Mas, qual minha opinião? A arte sempre
ao mesmo tempo a fotografia está morrendo. Para o vai estar morrendo, segundo a opinião de alguém.
fotógrafo isso se deve justamente pela massificação. Além do mais, a fotografia não é arte. É uma forma de
Para falar a verdade, a reportagem toda foi motivada por comunicação que pode ser utilizada como arte. Esta
dois acontecimentos da semana passada. O primeiro foi utilização é que se encontra em baixa ultimamente e
flagrante do autorretrato em que participou o Presidente é de difícil acesso para o público comum. Até mesmo
dos Estados Unidos Barack Obama na cerimônia em para os fotógrafos que investiram milhares de Reais em
memória a Nelson Mandela. Segundo a reportagem seu equipamento. Vejo muita foto feita com câmeras
ela mostra toda a natureza narcisista que cerca a nova caras, lentes soberbas, conhecimento técnico e pós
fotografia executada com celulares. O segundo fato foi a processamento exorbitante que são, apenas, bonitinhas.
divulgação de uma pesquisa feita por psicólogos onde foi Expressões máximas da frase “sua fotografia é tão boa
demonstrado que o atual comportamento que nos leva quanto seu equipamento”. A fotografia, como expressão
a fotografar tudo o que vemos tem por consequência o da arte, não está morrendo. Ela continua existindo no
fato de não vivermos intensamente o momento, levando mesmo nicho que sempre existiu. Talvez agora um
a sua não assimilação total dos fatos. Ou seja, quanto pouco mais escondida por conta da massificação, mas
mais você fotografa o seu cotidiano, menos capacidade ela está lá, vivendo bem.
de se lembrar dele você tem. Disponível em: <https://meiobit.com/274065/fotografia-esta-
morrendo/>. Acesso em: 31 jul. 2019 (Adaptação).
É nesse segundo ponto que Olmos bate mais forte:
“As pessoas que tomam fotografias de sua comida em um
restaurante em vez de comê-la. As pessoas que tomam
fotografias da Mona Lisa, em vez de olhar para ela. Acho QUESTÃO 1
que o iPhone está levando as pessoas para longe de Releia este trecho.
suas experiências.” O argumento do fotógrafo também
passa pela história do surgimento da fotografia, na qual “De tempos em tempos temos algum artigo apocalíptico
os pintores perderam o filão de retratos de família para dizendo que algo está morrendo, ou simplesmente vai
os fotógrafos. Agora, os profissionais estão perdendo acabar. Até hoje estamos esperando a morte do rádio ou
o seu espaço para as fotografias feitas pelo cidadão o fim do papel.”
comum. Entendo o argumento do fotógrafo, mas sinto
O adjetivo em destaque, no contexto em que se encontra,
aqui também um pouco de amargura. Sabemos que o
foi utilizado com sentido
ramo do fotojornalismo, a área de Olmos, está em crise.
Antigamente era necessário enviar um profissional para A) denotativo, pois refere-se ao primeiro sentido do
uma zona de conflito. Hoje é possível encontrar diversas termo, de uma revelação religiosa.
fotos desses conflitos feitas por quem está vivendo o
acontecimento. Imagens feitas com celulares e postadas B) literal, pois atribui ao termo “apocalipse” novos
em redes sociais. Complicado competir com esse tipo de significados para além do original.
interatividade. C) conotativo, já que o sentido original do termo é
reelaborado, e remete à anunciação do fim de
algo.
D) figurado, pois o sentido original do termo é
empregado em sua totalidade.

3
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 2 QUESTÃO 4

O texto tem como título o questionamento: “A fotografia O texto em questão, como se trata de um artigo de
está morrendo?” e apresenta distintas opiniões sobre opinião, traz o posicionamento do autor em relação ao
esse tema. tema debatido.
Entre as opiniões, aquela que justifica a morte da Nesse sentido, é correto afirmar que, a respeito das
fotografia está corretamente expressa em: opiniões expressas pelos fotógrafos abordados, o autor

A) “[...] a massificação da tecnologia digital A) discorda da opinião de Eamonn McCabe e de


está deixando os fotógrafos cada vez mais Antonio Olmos.
preguiçosos. Antes uma sessão fotográfica
B) discorda de Antonio Olmos, enquanto concorda
era feita com dois rolos de filme de 24 poses.
com Nick Knight.
Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
e todos os defeitos são corrigidos no pós C) refuta a opinião de todos os fotógrafos abordados.
processamento [...].”
D) reitera a opinião de Eamonn McCabe e discorda
B) “o iPhone trouxe uma liberdade que só tem de Nick Knight.
paralelo com os anos 60, quando deixou-se
de utilizar tripé nas sessões de moda com a
utilização de câmeras 35mm em detrimento das QUESTÃO 5
de médio formato.”
Analise os trechos a seguir.
C) “(a fotografia) É uma forma de comunicação que
pode ser utilizada como arte. Essa utilização é I. “Sem dizer que tamanha quantidade de fotos nos
que se encontra em baixa ultimamente e é de tira a capacidade de apreciar uma imagem.”
difícil acesso para o público comum. Até mesmo
II. “O que importa, artisticamente, não é quantos
para os fotógrafos que investiram milhares de
pixels elas tem, mas se as imagens funcionam.”
Reais em seu equipamento.”
III. “Segundo ele, nunca houve tantas fotografias
D) “O argumento do fotógrafo também passa pela
tiradas no mundo, mas ao mesmo tempo a
história do surgimento da fotografia, na qual os
fotografia está morrendo.”
pintores perderam o filão de retratos de família
para os fotógrafos. Agora, os profissionais estão Há desvio da norma-padrão no que diz respeito à
perdendo o seu espaço para as fotografias feitas concordância verbal no(s) trecho(s)
pelo cidadão comum.”
A) I, apenas.
B) II, apenas.
QUESTÃO 3
C) II e III, apenas.
Na conclusão do texto, o autor expressa sua opinião
D) I, II e III.
própria sobre o tema. Assinale a alternativa que a
sintetiza corretamente.
QUESTÃO 6
A) Para o autor, não se trata da morte da fotografia
enquanto expressão artística, pois esta continua Analise os trechos a seguir.
existindo, e, sim, da massificação da fotografia
como um todo. I. “Para ele, o iPhone trouxe uma liberdade que só
tem paralelo com os anos 60, quando deixou-se
B) O autor, concordando com o fotógrafo Nick
de utilizar tripé nas sessões de moda.”
Knight, acredita que o maior acesso das pessoas
a dispositivos de fotografar é responsável pela II. “Hoje pode-se fazer mil fotos em uma sessão
queda na qualidade expressiva da fotografia. e todos os defeitos são corrigidos no pós
processamento.”
C) O autor acredita que fotografia não é arte e, por
isso, nem mesmo os melhores equipamentos Considerando a norma-padrão da língua portuguesa,
seriam capazes de produzir fotografias artísticas. assinale a alternativa correta.

D) O autor do texto acredita que a massificação A) Ambos os trechos estão em desacordo com
promovida pelas novas formas de fotografar a norma-padrão. Em I, há um problema de
gera fotógrafos preguiçosos, incapazes de colocação pronominal, e, em II, um problema de
produzir arte. hifenização.
B) O trecho I está de acordo com a norma-
padrão, e, em II, há um problema de índice de
indeterminação do sujeito.
C) No trecho I, há um problema de conjugação
verbal, e o trecho II está de acordo com a
norma-padrão.
D) Ambos os trechos estão de acordo com a
norma-padrão da língua portuguesa.

4
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

INSTRUÇÃO: Leia o texto a seguir para responder às QUESTÃO 8


questões 7 e 8.
Nos versos “Recife... / Rua da União... / A casa de meu
“[...] avô...”, as reticências desempenham a função de
O de amendoim 
A) indicar que a ideia expressa pelos versos se
que se chamava midubim e não era torrado era cozido 
perpetua no pensamento do eu lírico e não
Me lembro de todos os pregões: 
termina com o fim da frase.
Ovos frescos e baratos 
Dez ovos por uma pataca  B) assinalar uma suspensão no ritmo da fala
provocada por uma hesitação nas ideias
Foi há muito tempo...
expressas pelo eu lírico.
A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo C) mostrar a interrupção do fluxo de ideias do eu
Língua certa do povo lírico, e a mudança do assunto que vinha sendo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil tratado até ali.
Ao passo que nós
D) marcar o corte na fala do eu lírico, pela
O que fazemos
interferência da fala de outro personagem
É macaquear
presente no poema.
A sintaxe lusíada
A vida com uma porção de coisas que eu não entendia
bem  QUESTÃO 9
Terras que não sabia onde ficavam 
Recife...  Leia o texto a seguir, de Manoel de Barros.
Rua da União...  Auto-Retrato Falado
A casa de meu avô... 
Nunca pensei que ela acabasse!  Venho de um Cuiabá de garimpos e de ruelas
Tudo lá parecia impregnado de eternidade  entortadas.
Recife...  Meu pai teve uma venda no Beco da Marinha, onde
Meu avô morto.  nasci.
Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro  Me criei no Pantanal de Corumbá entre bichos do chão,
como a casa de meu avô.” aves, pessoas humildes, árvores e rios.
Aprecio viver em lugares decadentes por gosto de estar
(Evocação do Recife – Manuel Bandeira). Disponível em: entre pedras e lagartos.
<https://www.escritas.org/pt/t/9074/evocacao-do-recife>.
Já publiquei 10 livros de poesia: ao publicá-los me sinto 
Acesso em: 1º ago. 2019.
meio desonrado e fujo para o Pantanal onde sou 
abençoado a garças.
Me procurei a vida inteira e não me achei – pelo que fui
QUESTÃO 7
salvo.
Sobre as reflexões de Manuel Bandeira a respeito Não estou na sarjeta porque herdei uma fazenda de
dos usos da língua portuguesa, assinale a alternativa gado.
incorreta. Os bois me recriam. 
Agora eu sou tão ocaso!
A) Os versos “Dez ovos por uma pataca” remetem Estou na categoria de sofrer do moral porque só faço
aos pregões que o eu lírico ouvia nas ruas de coisas inúteis.
sua cidade, portanto representam uma variação No meu morrer tem uma dor de árvore.
informal do português. Disponível em: <https://www.pensador.com/frase/
B) Quando se refere à “língua errada do povo”, MTY2MzAyNA/>. Acesso em: 29 jul. 2019.
o eu lírico utiliza ironia e investe contra a noção A respeito do gênero e da tipologia desse texto, é correto
da existência de uma língua certa e uma língua afirmar que se trata de um(a)
errada.
A) texto híbrido, que mescla elementos do
C) Em “A vida não me chegava pelos jornais
autorretrato e do poema.
nem pelos livros / Vinha da boca do povo”,
é estabelecida uma divisão entre a linguagem B) autobiografia, de tipologia injuntiva.
escrita (formal) e a linguagem oral (informal).
C) texto tipicamente descritivo, portanto, uma
D) Em “Ao passo que nós / O que fazemos / biografia.
É macaquear / A sintaxe lusíada”, o eu lírico
D) trecho de diário, texto típico da oralidade.
relembra as origens da língua e aponta a
incapacidade do falante brasileiro de utilizar a
sintaxe corretamente.

5
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 10

Analise os textos a seguir.


TEXTO I

Disponível em: <https://tinyurl.com/y565jq7l>. Acesso em: 1º ago. 2019.

TEXTO II

(Mãos Desenhando – M. C. Escher.) Disponível em: <http://miriancoelho.files.wordpress.com/2008/03/escher-drawinghands.jpg>.


Acesso em: 1º ago. 2019.

A respeito dos recursos linguísticos utilizados pelos textos, analise as afirmativas a seguir e a possível relação entre elas.

I. Ambos os textos utilizam a linguagem da qual são feitos para pensar essa própria linguagem, seja a tirinha que se
autorreferencia, no texto I, seja o desenho que desenha a si mesmo, no texto II.
PORTANTO
II. o processo presente em ambos os textos é denominado metalinguagem.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
A) Ambas as afirmativas estão corretas, mas a II não é conclusão da I.
B) Ambas as afirmativas estão corretas, e a II é conclusão da I.
C) A afirmativa I está correta, e a II está incorreta.
D) A afirmativa I está incorreta, e a II está correta.

6
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 13
MATEMÁTICA / RACIOCÍNIO LÓGICO
Bruna disse o seguinte: “Se gosto de filmes, então gosto
de cinema”.
QUESTÃO 11 Uma proposição que é logicamente equivalente à dita
por Bruna é:
Dani e Larissa são colegas de escola. Dani, que sempre
tenta impressionar com suas habilidades matemáticas, A) Se não gosto de filmes, então não gosto de
sugeriu à Larissa o seguinte: “você pensa em um número cinema.
natural qualquer de 1 até 10 e, após algumas instruções
que eu te der, vou adivinhar o resultado final sem saber B) Não gosto de filmes ou gosto de cinema.
qual número você pensou!”.
C) Gosto de filmes ou não gosto de cinema.
Após isso, Dani dá as seguintes instruções para sua
D) Gosto de filmes e de cinema.
colega Larissa:

• Pense em um número natural qualquer de


QUESTÃO 14
1 até 10;
• Em seguida, multiplique esse número que você Cleide pretende comprar uma bicicleta a fim de
pensou por 9; praticar diariamente ciclismo. Ela entrou em uma loja
especializada na venda desse tipo de produto e, após
• Agora, some o primeiro com o último dígito do escolher a bicicleta que iria comprar, o vendedor da loja,
resultado obtido da operação anterior se o prontamente, explicou quais as formas de pagamento:
resultado for um número de dois dígitos e some 0
caso o resultado seja um número de um dígito só; • À vista no valor de R$ 1 720,00; ou
• Some 4 ao resultado da operação anterior. • A prazo, em duas parcelas iguais, sendo a
Supondo que Larissa tenha realizado todas as operações primeira no ato da compra e a segundo trinta dias
de forma correta e sem que ela falasse para a colega qual após o primeiro pagamento.
o número havia pensado incialmente, Dani adivinhou Ao verificar que o valor do produto, nas condições
que o resultado final das operações feitas, após a última do pagamento a prazo, é de R$ 1 840,00, Cleide,
instrução dada por ela, era igual a imediatamente, calculou o percentual da taxa mensal
de juros praticados pela loja de bicicletas, chegando ao
A) 7. valor igual a
B) 9.
A) 5%.
C) 11.
B) 7%.
D) 13.
C) 13%.
D) 15%.
QUESTÃO 12

Em uma reunião com as lideranças de uma empresa, QUESTÃO 15


uma das gerentes pediu a palavra e disse as seguintes
afirmativas: Em uma clínica de controle alimentar, um médico
entregou à sua assistente uma tabela com a massa, em
I. “Se um funcionário cumpre com todas as suas quilograma, dos doze pacientes que haviam realizado
obrigações, então ele será promovido a um cargo consulta com ele em um determinado dia:
melhor.”
88 58 54 64
II. “Se um funcionário é promovido a um cargo
melhor, então ele receberá um salário melhor.” 70 85 91 70
76 66 56 92
Assinale a alternativa que relaciona, de maneira correta,
a falsidade ou a veracidade das duas afirmativas ditas
pela gerente. Para que o médico pudesse fazer uma melhor análise
dos resultados expressos na tabela naquele dia, sua
A) Se é falsa a afirmativa I, então será assistente calculou, respectivamente, os valores da
necessariamente verdadeira a afirmativa II. média, da mediana e da moda do conjunto de resultados,
encontrando, correta e respectivamente,
B) Se é falsa a afirmativa I, então será
necessariamente falsa a afirmativa II. A) 72,5; 70 e 70.
C) Se a afirmativa II é falsa, então será B) 72; 88 e 92.
necessariamente falsa a afirmativa I.
C) 72; 70 e 92.
D) Se a afirmativa II é verdadeira, então será
necessariamente verdadeira a afirmativa I. D) 72,5; 88 e 70.

7
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 16

Um plano de saúde cobra de seus associados, de acordo com a tabela, as seguintes mensalidades para a modalidade
de coparticipação:
Tipo de plano: enfermaria coparticipativo Tipo de plano: apartamento coparticipativo
Faixa etária Valor do plano (R$) Faixa etária Valor do plano (R$)
0 – 18 134,35 0 – 18 178,43
19 – 23 144,83 19 – 23 192,35
24 – 28 163,66 24 – 28 217,35
29 – 33 191,48 29 – 33 254,30
34 – 38 220,20 34 – 38 292,45
39 – 43 268,64 39 – 43 356,79
44 – 48 330,43 44 – 48 438,85
49 – 53 380,00 49 – 53 504,67
54 – 58 463,60 54 – 58 615,70
59 ou mais 672,22 59 ou mais 892,77

No sistema de coparticipação, cada associado, além da mensalidade, paga também parte (tabelada) do valor dos
procedimentos médico, terapêutico, ambulatorial realizados. Os valores pagos na coparticipação pelos associados são os
mesmos, independentemente do tipo de plano, enfermaria ou apartamento. Quais sejam:

Consultas: coparticipação de R$ 21,29, por procedimento;


Exames do Grupo 1: coparticipação de R$ 3,56, por procedimento;
Exames do Grupo 2: coparticipação de R$ 28,39, por procedimento;
Exames do Grupo 3: coparticipação de R$ 56,75, por procedimento;
Terapias: coparticipação de R$ 11,35, por procedimento.

Sr. Joel, que tem 61 anos de idade, é associado do plano de saúde citado na modalidade coparticipação e tipo de plano
apartamento. Em um determinado mês, ele realizou um exame do Grupo 1, dois exames do grupo 3 e 15 sessões de uma
determinada terapia.
Considerando os valores apresentados, nesse mês em que realizou os procedimentos, Sr. Joel pagou, ao plano de saúde,
o valor correspondente a

A) R$ 1 021,18.
B) R$ 1 123,36.
C) R$ 1 176,48.
D) R$ 1 180,08.

QUESTÃO 17

Ari é criador de mulas e, em sua propriedade, tem 72 desses animais. Ele acabou de comprar uma quantidade de ração
suficiente para alimentá-las por um período de trinta dias, a contar do dia da compra. Cinco dias após comprar a ração, Ari
adquiriu mais três mulas e, dez dias após essa compra, ele vendeu um terço dos animais que possuía.
Se Ari não aumentou e nem diminui a quantidade de animais após a última venda, é correto afirmar que a quantidade
inicial de ração comprada por ele durou um total de

A) 14 dias.
B) 24 dias.
C) 30 dias.
D) 36 dias.

8
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 18 QUESTÃO 20

A sala de reuniões de uma empresa é composta por uma Em um grupo de redes sociais, usuários levantaram uma
grande mesa retangular e oito cadeiras dispostas da enquete a respeito de três marcas de carro: A, B e C.
seguinte maneira: quatro de um lado da mesa e quatro Foi perguntado quantos usuários já tiveram carros de
do outro. pelo menos uma dessas marcas. Os valores obtidos na
enquete foram os seguintes:
• 35 usuários já tiveram carro da marca A;
• 43 usuários já tiveram carro da marca B;
• 40 usuários já tiveram carro da marca C;
• 20 usuários já tiveram carros das marcas A e B;
• 13 usuários já tiveram carros das marcas A e C;
• 15 usuários já tiveram carros das marcas B e C; e
• 8 usuários já tiveram carros das três marcas.
Todos os usuários responderam à enquete e tiveram
pelo menos um carro de uma das marcas.
Escolhendo um dentre os usuários desse grupo ao
acaso, a probabilidade de que ele tenha tido um carro de
uma única marca é igual a:
Duas cadeiras específicas (na representação marcadas
com x) são ocupadas, em todas reuniões, somente pelo 23
A) 23
presidente e vice-presidente da empresa, que, entre si, 23
39
podem trocar de lugar. As demais cadeiras são sempre 23
39
39
23
ocupadas, em qualquer ordem, pelos seis conselheiros 39
23
B) 59
23
dessa mesma empresa. 23
59
59
35
De acordo com a organização descrita, o número de 35
59
35
maneiras distintas em que presidente, vice-presidente e C) 39
35
39
39
35
os seis conselheiros podem se sentar em uma reunião 35
39
35
59
em que todos estiverem presentes é igual a 35
59
D) 59
59
A) 720.
B) 1 440.
ATUALIDADES
C) 2 880.
D) 5 040.
QUESTÃO 21

QUESTÃO 19 Leia o trecho a seguir.

Ari, Rui e Ivo são, não necessariamente nessa Teatro Grande Otelo é tombado como patrimônio
ordem, professor, economista e deputado. Ao fazer histórico e cultural de Uberlândia
uma comparação das suas alturas, sabe-se que o Decreto de tombamento foi publicado no Diário Oficial do
economista, melhor amigo de Ari, é o mais baixo dos Município desta segunda-feira (1º). Início das obras de
três. Já o deputado é mais baixo do que Ivo. revitalização ainda segue sem data definida.
Logo, é correto afirmar que Disponível em: <https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/
noticia/2019/04/01/teatro-grande-otelo-e-tombado-como-
A) Rui é o deputado. patrimonio-historico-e-cultural-de-uberlandia.ghtml>.
Acesso em: 18 jul. 2019.
B) Ivo é o professor.
C) Ari é mais baixo que o deputado. O teatro Grande Otelo, importante edifício de Uberlândia,
recebeu esse nome em 1993, devido ao
D) Ari é o economista.
A) ator uberlandense, Sebastião Bernardes.
B) Cine Vera Cruz, que foi um presente de Grande
Otelo para o entretenimento da cidade.
C) projeto de revitalização do teatro, que foi
inspirado na obra de Grande Otelo.
D) tombamento do teatro como patrimônio histórico
e cultural de Uberlândia.

9
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 22 QUESTÃO 24

Analise a charge a seguir. Leia o trecho a seguir.


Empresários de Uberlândia já buscam
alternativas aos canudos plásticos
Disponível em: <https://diariodeuberlandia.com.br/
noticia/21610/empresarios-de-uberlandia-ja-buscam-
alternativas-aos-canudos-plasticos>. Acesso em: 12 jul. 2019.

A preocupação de empresários de Uberlândia está


alinhada a uma tendência que pode ser observada em
outros lugares do Brasil.
A principal motivação para a substituição e abolição dos
Disponível em: <http://www.leovillanova.net/category/charges/ canudinhos de plástico está relacionada à(ao)
page/20/>. Acesso em: 17 jul. 2019.
A) necessidade de se substituir os canudos
Após analisar a charge, é possível concluir que plásticos por outros fabricados com produtos
mais baratos.
A) a dengue e a zika são transmitidas pelo mesmo
tipo de mosquito. B) adesão aos movimentos ecológicos que vem
B) a vacina contra dengue é eficiente no tratamento reduzindo gradativamente o uso de plástico para
da zika. consumo em geral.
C) os transmissores da dengue ao contrário dos da C) alto custo gerado pela coleta seletiva dos
zika, são afetados pela vacina. materiais à base de polipropileno e poliestireno.
D) os mosquitos transmissores da dengue e da zika D) impacto ecológico do plástico, que pode levar
são diferentes. séculos para se decompor no meio ambiente.

QUESTÃO 23 QUESTÃO 25
Analise a imagem a seguir. Analise o gráfico a seguir, referente ao IDH de Uberlândia.

Disponível em: <http://reamp.com.br/blog/2018/09/o-


crescimento-das-fake-news-no-ambiente-digital/>.
Acesso em: 17 jul. 2019.

“Fake News são notícias falsas publicadas por veículos


de comunicação como se fossem informações reais.”
Disponível em: <http://www.uberlandia.mg.gov.br/uploads/
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o- cms_b_arquivos/21167.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2019
que-sao-fake-news.htm>. Acesso em: 17 jul. 2019.

Sobre fake news, é correto afirmar: “O Índice de Desenvolvimento Humano varia de 0 a 1,


quanto mais se aproxima de 1, maior o IDH de um local.
A) As fake news se restringem ao campo do
De acordo com dados divulgados em novembro de 2010
humor, não oferecendo prejuízo aos usuários da
pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699.”
tecnologia.
Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-idh-no-
B) As falsas notícias podem ser controladas pela brasil.htm>. Acesso em: 15 jul. 2019.
justiça e seu conteúdo corrigido por meio das
redes sociais. A partir do gráfico e do texto, é possível afirmar que o
IDH de Uberlândia
C) As redes sociais se autorregulam no que tange
à divulgação de fake news que podem ser A) está acima da média do IDH brasileiro.
debatidas no meio digital. B) manteve-se estável de 1991 a 2010.
D) As tecnologias digitais favoreceram a divulgação C) tem baixo índice em relação ao interior do estado.
de fake news devido à sua velocidade e extensão
D) sofreu queda em 2010.
de acesso.

10
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 29
LEGISLAÇÃO
Sobre o provimento em cargos no serviço público do
município de Uberlândia, considere as afirmativas a
seguir.
QUESTÃO 26
I. O servidor estável não poderá perder o cargo
Sabendo-se que os cargos, empregos e funções são em virtude de processo administrativo disciplinar,
acessíveis aos brasileiros que preenchem os requisitos sendo necessária a existência de sentença
previstos em lei, considere as disposições da Lei judicial transitada em julgado contra a qual não
Orgânica do Município de Uberlândia a respeito dos cabe recurso aos tribunais superiores.
servidores públicos municipais e assinale a alternativa
incorreta. II. No ato da posse, o servidor apresentará,
obrigatoriamente, declaração de bens e valores
A) O prazo de validade do concurso público é de que constituem seu patrimônio e declaração
até dois anos, prorrogável duas vezes por igual quanto ao exercício ou não de outro cargo,
período. emprego ou função pública.
B) A lei estabelecerá os casos de contratação por
III. O exercício do cargo, que é o efetivo desempenho
tempo determinado, para atender a necessidade
de suas atribuições, terá início dentro do prazo de
temporária e de excepcional interesse público.
trinta dias, contados da data da posse ou da data
C) A investidura em cargo ou emprego público da publicação do ato em qualquer outro caso.
depende da aprovação prévia em concurso de
Conforme as disposições da Lei Complementar
provas ou de provas e títulos, ressalvadas as
nº 40 de 1992 do município de Uberlândia, estão corretas
nomeações para cargo em comissão declarado
as afirmativas
em lei, de livre nomeação e exoneração.
D) O servidor público municipal em exercício de A) I e III, apenas.
mandato eletivo federal ou estadual ficará B) II e III, apenas.
afastado do cargo, emprego ou função.
C) I e II, apenas.

QUESTÃO 27 D) I, II e III.

De acordo com a Lei Orgânica do Município de QUESTÃO 30


Uberlândia, as fiscalizações contábil, financeira,
orçamentária, operacional e patrimonial do município e Relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando
das entidades da Administração Direta e Indireta, quanto as gratificações e os adicionais deferidos aos servidores
à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das municipais de Uberlândia pela Lei Complementar
subvenções e renúncias de receitas, serão exercidas, nº 40/1992 às suas respectivas características.
mediante controle externo, pelo(a)
COLUNA I
A) procurador municipal. 1. Gratificação de função
B) Tribunal de Justiça. 2. Gratificação natalina
C) Câmara Municipal. 3. Adicional por serviço extraordinário
D) controladoria fazendária. 4. Adicional por tempo de serviço

COLUNA II
QUESTÃO 28
( ) Remuneração com acréscimo de cinquenta por
Quanto à estabilidade do servidor público prevista na Lei cento em relação à hora normal de trabalho.
Orgânica do Município de Uberlândia, é correto afirmar: ( ) Corresponde a um por cento do vencimento do
A) É estável, após três anos de efetivo exercício, seu cargo efetivo, ao qual se incorpora para todos
o servidor público municipal nomeado em virtude os efeitos legais, até o limite de trinta e cinco
de concurso público. anuênios.

B) É estável, após dois anos de efetivo exercício ( ) Devida(o) ao servidor investido em função de
e desde que aprovado em avaliação de chefia, direção ou assessoramento.
desempenho, o servidor público municipal ( ) Corresponde a um doze avos, por mês de
nomeado para cargo de confiança. efetivo exercício, da remuneração devida, do
C) É estável, após dois anos de efetivo exercício, cargo de que seja titular, em dezembro do ano
o servidor público municipal nomeado em virtude correspondente.
de concurso público. Assinale a sequência correta.

D) É estável, após três anos da aprovação em A) 3 4 1 2


concurso público, o servidor público municipal
em exercício. B) 2 1 3 4
C) 3 2 4 1
D) 1 3 2 4

11
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

Com base nos princípios da representação do relevo por


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS meio de curvas de níveis, o valor, em metros, da outra
curva de nível mestra mais grossa sem numeração,
que aparece na parte superior da planta, é de
TOPÓGRAFO
A) 990.
B) 1 000.
QUESTÃO 31
C) 1 064.
A partir do ponto topográfico P, cuja posição planimétrica
é conhecida e dada pelas suas coordenadas planas D) 1 100.
retangulares (XP e YP), um topógrafo deseja calcular
a posição planimétrica do ponto Q, ou seja, suas
coordenadas (XQ e YQ). Para resolver essa questão, QUESTÃO 33
ele mediu a distância plana entre os dois pontos P e Q; No desenho de um perfil longitudinal do eixo de um
porém, logo concluiu que outra medição (informação) estudo viário, a escala vertical foi estabelecida de forma
seria indispensável para completar o cálculo. que 1 centímetro no desenho corresponde a 1 metro no
De acordo com as formulações topográficas, pertinentes terreno. O exagero vertical usado no desenho desse
ao cálculo de posições planimétricas, a medição que perfil é de 10 vezes, ou seja, a escala horizontal usada é
falta é o(a) 10 vezes menor que a escala vertical.

A) altitude do ponto Q. Nessas condições, se a medida entre dois talvegues


obtida no eixo da escala horizontal do desenho é de
B) ângulo vertical de P para Q. 12 cm, então, no terreno, a distância, em metros,
que separa esses dois talvegues é de
C) azimute da direção P para Q.
D) diferença de altura entre P e Q. A) 120.
B) 600.
QUESTÃO 32 C) 1 200.

O detalhe extraído de uma planta topográfica de curvas D) 2 400.


de níveis, cuja equidistância vertical é de 10 metros,
apresenta uma feição topográfica do tipo vale ou ravina,
identificada por uma linha composta de traços cheios e QUESTÃO 34
pontilhados, a qual é cruzada por curvas de níveis em Na planta cadastral urbana de um município,
formato de bico alongado. Na parte inferior da planta, uma praça de formato quadrado apresenta as seguintes
vê-se uma curva de nível mestra, mais grossa e coordenadas planas locais, em metros, (XP1: 800100
numerada com o valor 1 050 metros. e YP1: 7905100); (XP2: 800140 e YP2: 7905060);
(XP3: 800100 e YP3: 7905020) para três de seus cantos 1,
2 e 3, em ordem sequencial, respectivamente.
Portanto, as coordenadas planas locais, em metros,
do canto 4 (XP4 e YP4) extraídas da planta são

A) 800060 e 7905060.
B) 800060 e 7905100.
C) 800100 e 7905040.
D) 800140 e 7905060.

QUESTÃO 35

Em uma medição altimétrica pelo método de nivelamento


geométrico simples, dois pontos, A e B, do contexto de
uma obra, apresentaram diferença de nível de 3 metros.
Na caderneta de medição, consta uma leitura de RE de
3 200 milímetros na Referência de Nível (RN) e uma
leitura de VANTE de 300 milímetros no ponto A.
Portanto, a leitura de VANTE do ponto B, registrada na
caderneta, tem valor, em milímetros, de

A) 200.
B) 303.
Disponível em: <www.ibge.gov.br>.
Acesso em: 18 ago. 2019 (Adaptação). C) 3 300.
D) 6 200.

12
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 36 QUESTÃO 40

Um levantamento topográfico aproximado, de baixa Um lote retangular onde será construída uma edificação
precisão, foi realizado com uso de receptores de mede 12 metros de frente por 30 metros de fundos.
sinais GPS de baixo custo, operando no modo de As restrições legais e construtivas específicas para o
posicionamento isolado, sendo que as incertezas nas caso impõem um afastamento frontal de 3 metros e de
posições planimétricas obtidas são da ordem de 5 metros. 1,5 metros nas laterais e nos fundos do lote.
Considerando essa incerteza associada ao método de Um projeto de construção que prevê a máxima utilização
levantamento e o erro gráfico de 0,2 milímetros (menor permitida da área do terreno ocupará uma porcentagem
detalhe visível na planta), então a máxima escala de da área total do lote de, aproximadamente,
representação em que esse erro torna-se desprezível na A) 46%.
planta é da ordem de
B) 64%.
A) 1:2500. C) 85%.
B) 1:5000. D) 91%.
C) 1:10000.
D) 1:25000. QUESTÃO 41

Em topografia, a localização planimétrica de um ponto,


QUESTÃO 37 dada por meio de uma abscissa (X) e de uma ordenada
(Y), em metros, medidas em eixos perpendiculares
As designações verdadeiro, magnético e de
entre si, é própria do sistema de coordenadas
quadricula, usadas para definir azimutes, referem-se,
respectivamente, a ângulos de orientação topográfica A) cartesianas geocêntricas.
em relação aos Nortes de Referência B) planas retangulares.
A) geodésico, da bússola e magnético. C) planas polares.
D) geodésicas.
B) geográfico, astronômico e da bússola.
C) verdadeiro, magnético e de quadricula.
QUESTÃO 42
D) polar, do giroteodolito e da grade das coordenadas.
Tratando-se de aplicações topográficas e medições de
agrimensura que envolvem métodos e instrumentos
QUESTÃO 38 usados em levantamentos e coleta de dados, é correto
afirmar:
Trigonométrico e geométrico são subdivisões de
métodos relacionados com os trabalhos topográficos A) O método de poligonal fechada tem sua
associados a aplicação predominante nos levantamentos por
varredura a laser.
A) nivelamentos. B) Rumos verdadeiros e ângulos de deflexões
B) medições de poligonais. podem ser diretamente obtidos por meio de
bússolas magnéticas.
C) determinação de rumos e azimutes. C) A determinação de posições pelo método
D) posicionamento com receptores do sistema cinemático em tempo real é característica dos
GPS / GNSS. levantamentos que empregam os sistemas GPS
e GNSS.
D) O método do nivelamento geométrico é
QUESTÃO 39 tipicamente realizado com emprego de estações
totais, enquanto o nivelamento trigonométrico
Um lote retangular medindo 15 metros de frente por
utiliza os níveis de luneta.
40 metros de fundos apresenta sua testada (frente) em
nível e uma inclinação uniforme de 10% na direção dos
fundos. Um projeto de escavação prevê a terraplenagem QUESTÃO 43
para construção de uma plataforma no nível horizontal,
mantendo a mesma altura da testada do lote. Os taludes Na medição de um ângulo horizontal integrante de um
de corte laterais e dos fundos são verticais (arrimos). caminhamento poligonal, a visada de RÉ (no vértice
O solo da escavação apresenta empolamento de 10% anterior) foi feita com um instrumento topográfico,
e será transportado em veículos com capacidade apresentando azimute verdadeiro de 80 graus e 20
volumétrica de 10 metros cúbicos. minutos, enquanto a visada de VANTE (no vértice seguinte)
apresentou azimute verdadeiro de 180 graus e 10 minutos.
Nessas condições, a quantidade total de viagens para o Nessas condições, o ângulo medido pelo instrumento
transporte da terra escavada é de topográfico, no vértice considerado, apresenta o valor,
A) 100. em graus (˚) e minutos (’), de
B) 120. A) 99˚ 50’.
C) 132. B) 100˚ 10’.
D) 264. C) 180˚ 20’.
D) 260˚ 30’.
13
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

QUESTÃO 44

A posição de um ponto situado no estado de Minas


Gerais, no sistema de coordenadas da projeção UTM,
datum WGS84, foi indicada em um receptor de sinais
de satélites do sistema GPS/GNSS pelos dados:
22 K 788000, 7907000.
Nesses dados de posição, de acordo com as
características e padrões do sistema UTM,

A) 22 indica a declinação magnética do local em


graus.
B) K é uma letra indicativa do fuso UTM de 6 graus
de amplitude.
C) 7907000 é uma coordenada que corresponde à
distância exata em metros do Equador terrestre
até o ponto considerado.
D) 788000 é a coordenada da posição no eixo E do
sistema, referenciada ao meridiano de 51 graus
a oeste de Greenwich.

QUESTÃO 45

Analise a figura a seguir, que corresponde a um recorte


de planta topográfica, na qual o relevo é representado
por curvas de níveis construídas em linhas de traço
cheio, e as cotas numéricas indicam as altitudes,
em metros.

Nessa figura, as feições representadas pelas linhas


tracejadas indicam locais do terreno onde ocorrem

A) divisores de águas.
B) talvegues e canais fluviais.
C) máximos declives das encostas.
D) vertentes de declives constantes.

14
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

GABARITO
(VERSÃO DO CANDIDATO)

A B C D A B C D
1 24
A B C D A B C D
2 25
A B C D A B C D
3 26
A B C D A B C D
4 27
A B C D A B C D
5 28
A B C D A B C D
6 29
A B C D A B C D
7 30
A B C D A B C D
8 31
A B C D A B C D
9 32
A B C D A B C D
10 33
A B C D A B C D
11 34
A B C D A B C D
12 35
A B C D A B C D
13 36
A B C D A B C D
14 37
A B C D A B C D
15 38
A B C D A B C D
16 39
A B C D A B C D
17 40
A B C D A B C D
18 41
A B C D A B C D
19 42
A B C D A B C D
20 43
A B C D A B C D
21 44
A B C D A B C D
22 45
A B C D
23

AO TRANSFERIR ESSAS MARCAÇÕES PARA A FOLHA DE RESPOSTAS,


OBSERVE AS INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS DADAS NA CAPA DA PROVA.
USE CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL OU PRETA.
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

PARA VIRAR O CADERNO DE PROVA.


AGUARDE AUTORIZAÇÃO
ATENÇÃO:
pcimarkpci MDAwMDowMDAwOjAwMDA6MDAwMDowMDAwOmZmZmY6YmQ1ZTo3YTQ5:V2VkLCAxMiBGZWIgMjAyMCAxNjowNDoyOCAtMDMwMA==

CONCURSO PARA PROVIMENTO


DE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL
DE UBERLÂNDIA
Edital Nº 01 / 2019

AGENTE DE CONTROLE DE ZOONOSES


Código: 328

LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES


1. Este caderno contém as questões da Prova Objetiva.
2. Use o Gabarito (Versão do Candidato) reproduzido ao final deste caderno apenas para marcar
o gabarito.
3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:
• Confira seu nome, número de inscrição e cargo.
• Assine, A TINTA, no espaço próprio indicado.

4. ATENÇÃO: transcreva no espaço apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS, com sua caligrafia usual,
mantendo as letras maiúsculas e minúsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:
“Bravo não é quem sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

ATENÇÃO:
FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NÃO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas:


• use apenas caneta esferográfica azul ou preta.
• preencha, sem forçar o papel, toda a área reservada à letra correspondente à
resposta solicitada em cada questão.
• assinale somente uma alternativa em cada questão.
Sua resposta NÃO será computada se houver marcação de mais de uma alternativa,
questões não assinaladas ou rasuras.