Você está na página 1de 8

COLÉGIO XIX DE MARÇO

Educação do jeito que deve ser

2016
2ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA

Aluno(a): Nº

Ano: 9º Turma: Data: 23/06/2016 Nota:

Professor: Edvaldo de Oliveira Valor da Prova: 40 Pontos

Orientações gerais:

1) Número de questões desta prova: 15


2) Valor das questões: Abertas (5): 4,0 pontos cada. Fechadas (10):2,0 pontos cada.
3) Provas feitas a lápis ou com uso de corretivo não têm direito à revisão.
4) Aluno que usar de meio ilícito na realização desta prova terá nota zerada e conceituação
comprometida.
5) Tópicos desta prova:
- América Platina
- Argentina
- Integração Latino-americana
- Continente africano

1ª Questão: Observe o mapa e responda:

1.1) Que nome recebe a área em destaque? Explique quais são as principais características dessa região.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
1.2) Cite cinco nomes de países que fazem parte dessa área em destaque.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 1
2ª Questão: Observe o mapa das várias atividades agropecuárias argentinas

Os números 1,2,3 e 4 são, respectivamente, áreas de cultivos de


a) frutas irrigadas, vinhas, trigo e milho.
b) soja, trigo, milho e algodão.
c) soja, trigo, aveia, vinhas e feijão.
d) frutas irrigadas, milho, trigo e vinhas e oliveiras.
e) frutas, algodão, milho e trigo.

3ª Questão: Considerando o mapa da África:

a) Identifique qual país está em destaque e descreva suas principais características econômicas.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 2


b) Explique o que foi o Apartheid.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
4ª Questão: O mapa abaixo ilustra as indústrias argentinas e seus principais minerais.

As regiões de maiores concentrações de petróleo na Argentina estão em


a) Chaco, Pampa e Baía Blanca.
b) Pampa, Córdoba e Tucumán.
c) Neuquén, Comodoro Rivadávia e Mendoza.
d) Comodoro Rivadávia, Tucumán e Pampa.
e) Pampa, Neuquéne Córdoba.

5ª Questão: O mapa a seguir apresenta as formações vegetais presentes no continente africano.


Observando os números apresentados no mapa, relacione corretamente o clima à vegetação:

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 3


CLIMA VEGETAÇÃO
1
2
3
4
5

6ª Questão: Em relação à situação atual de subdesenvolvimento e dependência dos países latino-


americanos, das opções abaixo a(s) que está (ão) incorreta (s) está na letra

I- Em sua imensa maioria, os países latino-americanos foram até a primeira metade do século XIX
colônias da Espanha ou de Portugal. Mas antes mesmo de se tornarem independentes, eles ficaram
subordinados economicamente à Inglaterra, a grande potência mundial nos séculos XVIII e XIX.
II - Ouro brasileiro, por exemplo, extraído no século XVIII na região das minas (atualmente Mato Grosso,
Goiás e Minas Gerais), acabou indo muito mais para a Inglaterra do que para Portugal, porque, nesse período,
Portugal já era uma potência europeia de Segunda categoria, que realizava acordos desfavoráveis com a
Inglaterra para manter seus domínios coloniais com a proteção inglesa.
III - Desde o período colonial, as atividades econômicas nos países do Terceiro Mundo (agora
denominados: mundo em desenvolvimento) estão voltadas para o mercado externo. Os melhores gêneros
agrícolas, por exemplo, são exportados, enquanto os piores ficam para o consumo interno, como acontece
com o café no Brasil.
IV - Grande parte dos países latino-americanos tem dívidas enormes com os grandes bancos e instituições
financeiras dos países desenvolvidos. As dívidas externas do Brasil, do México e da Argentina, por exemplo,
estão entre as maiores do mundo atualmente. Isso tudo indica que esses países apresentam uma economia
independente, característica fundamental do desenvolvimento.

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) somente IV
e) somente III

7ª Questão: Leia o texto e responda:

Conflitos africanos envolvem múltiplos fatores

Guerras tribais, genocídios, diversidade étnica. Essas são algumas das ideias que vêm à cabeça quando
se pensa nos conflitos de continente africano. Mas, ao se considerar apenas o fator étnico como causa, perde-
se a chance de compreender cada conflito, considerando múltiplos fatores. (...)
A escassez de recursos, associada ao aumento da demanda por parte de uma população pobre e, em
muitos casos, miserável, são elementos que pesquisadores consideram relevantes para pensar nos conflitos
africanos. A incapacidade dos governos atenderem essas demandas provoca, por vezes, uma reação violenta
por parte de setores sociais que se sentem abandonados pelo Estado. O prolongamento dos conflitos nos
Estados também tem sido associado à possibilidade dos grupos rebeldes se “autofinanciarem”, como foi o
caso de Serra Leoa e Angola (nos quais os rebeldes controlavam minas de diamantes). (...)
A combinação entre os múltiplos fatores complica a possibilidade de uma explicação simplista dos
conflitos. Paulo Fagundes Visentini, professor de relações internacionais na Universidade Federal do Rio
Grande do Sul e coordenador do Centro de Estudos Brasil-África do Sul, diz que falta de desenvolvimento
econômico, o traçado artificial das fronteiras e a dimensão inviável de muitos países, legados pelas potências
europeias, potencializam as contradições normais do continente. Para ele, os conflitos são deformados pelo
colonialismo e neocolonialismo que, desde o fim da Guerra Fria, vem adquirindo uma dimensão propriamente
mais africana.
Durante a Guerra Fria, a África (com exceção da África Austral) foi influenciada pelas ex-metrópoles mas,
com a globalização, a Europa perdeu enormemente sua influência e os EUA apareceram com a agenda da
segurança antiterrorista. Nesse contexto, países como a China, o Brasil e, mais recentemente, a Índia,
surgiram como grandes protagonistas. (...)

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 4


Do ponto de vista econômico, tirando a República da África do Sul e, em menor grau, a Nigéria, os Estados
africanos são exportadores tradicionais de matérias-primas e produtos agrícolas, ou seja, são primários-
exportadores. (...)
O caso do Quênia revela uma face da política na África: a falta de democracia. Embora o quadro esteja
começando a mudar, ainda é cedo para afirmar que os africanos aderiram convictamente à democracia. (...)
A África do Sul emerge como uma nova liderança africana. Visentini explica que, governada por um
vigoroso e internacionalmente legitimado movimento de libertação nacional antirracista, com a emblemática
figura de Nelson Mandela, a África do Sul voltou a se inserir política e economicamente na África, com
capacidade de liderança, conhecimento do continente e uma rede de transportes e energia que a conectam
diretamente com a metade sul do continente. (...)
O combate à corrupção é apontado como uma das posturas que as lideranças africanas precisam
enfatizar. (...)
CERQUEIRA, Nereide. Disponível em: <http://www.comciencia.com.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=34&id=406.>
Acesso em: abr. 2008.

Além dos fatores étnicos, quais são os motivos de conflito nos países africanos?
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

8ª Questão:
A crise no mundo árabe

“... Nos últimos dois meses, um furacão de revoltas populares varreu boa parte do norte da África e do
Oriente Médio, com o olho do monstro tocando baixo na Tunísia e depois no Egito, pegando ritmo na parte
inferior da Península Árabe, no Iêmen, e nem mesmo poupando o pequeno reino do Golfo Pérsico do Bahrein.
As repercussões dessa tempestade chegaram, até mesmo, a países periféricos, como a Jordânia e a Síria.”

(Fonte: HOURYABAND, S. Hesam – 25 mar. 2011 à Carta Capital)

O analista diplomático iraniano, S. Hesam Houryaband, elucida a ação da coalizão internacional no país árabe
de acordo com os interesses de cada país envolvido nela. Ciente da importância do tema para a geopolítica
mundial, identifique, a seguir, a alternativa que situa, corretamente, nos mapas, os países citados no texto
acima.

Os números 2 e 3, são, respectivamente


a) Egito e Argélia.
b) Argélia e Egito.
c) Líbia e Egito.
d) Argélia e Líbia.
e) Líbia e Sudão

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 5


9ª Questão: Explique sobre a História do continente africano:

9.1) Em 1885, após a decisão sancionada pelo Congresso de Berlim, a África se transformou no “quintal da
Europa”.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

9.2) O processo de independência africano após a Segunda Guerra Mundial.


_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________

10ª Questão: Observe as imagens. Identifique as paisagens representadas respectivamente pelas letras A
e B:

a) Tropical e Cerrado.
b) Savana e Equatorial.
c) Subtropical e Cerrado.
d) Subtropical e Savana.
e) Subtropical e Árida.

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 6


11ª QUESTÃO: Observe a charge

A partir da análise da charge foram feitas as seguintes afirmativas:


I. Com a implantação da ALCA, o índice de desemprego deverá ser elevado no Brasil, pois muitas
empresas nacionais podem fechar por não conseguirem concorrer com os produtos importados dos Estados
Unidos da América.
II. Os salários podem ser ainda mais reduzidos, em virtude das multinacionais se instalarem em países
cujo valor da mão de obra é barata e conseguirem desta forma aumentar sua margem de lucro.
III. Os países latinos americanos que aderirem à ALCA estarão sujeitos a abertura econômica e livre
circulação de mercadorias, no entanto terão a oferta de emprego aumentada em seus países devido a
presença das multinacionais.
Estão corretas as afirmativas:
a) todas.
b) somente II e III.
c) somente I e II
d) somente II.
e) somente I e III.

12ª Questão: Observe o mapa com alguns organismos de integração mundial

7 1 6

8 5

Os números 1, 5, 6, 7 e 8 são respectivamente.


a) PA, CARICOM, UE, NAFTA e MERCOSUL.
b) MCCA, CA, UE, NAFTA e MERCOSUL.
c) PA, CARICOM, ASEAN, APEC e CEI.
d) CARICOM, PA, UE, NAFTA e MERCOSUL.
e) MERCOSUL, PA, NAFTA, ASEAN E CARICOM.

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 7


13ª Questão: O texto abaixo nos apresenta uma introdução ao continente africano. Leia-o com atenção:

Continente que abriga as mais antigas evidências da presença do homem moderno no planeta, a África
é seguidamente pilhada, dividida e ocupada pelas potências da Europa a partir do século XV. Milhões de
africanos são escravizados por essas potências, que mantiveram a exploração dos recursos naturais da região
mesmo após o fim da escravidão. As lutas anticoloniais se desenvolvem principalmente na segunda metade
do século XX e se misturam aos conflitos da Guerra Fria, que opunha os Estados Unidos (EUA) à União
Soviética (URSS). Persistem rivalidades étnicas entre populações de países cuja fronteira foi criada artificial
mente pelas nações europeias, no fim do século XIX.
Esse legado histórico explica por que a África respondia em 2006 por apenas 2,3% do Produto Interno
Bruto (PIB) mundial. Nos países ao sul do deserto do Saara (a África Subsaariana), metade da população
vive abaixo da linha de pobreza (com renda inferior a 1 dólar por dia). O continente também está sendo
devastado pela epidemia de AIDS.
Na África Subsaariana, a malária é a maior causa de mortes. A cada ano, 1 milhão de africanos morrem
em decorrência da doença. Outros milhões sofrem repetidas vezes a infecção, o que os afasta da atividade
produtiva durante se manas. De acordo com cálculos do Banco Mundial, apenas essa doença retarda o
crescimento econômico africano em 1,3% ao ano.
(Almanaque Abril, 2009, Ed. Abril.)
Da leitura atenta do texto conclui-se que
a) o processo de colonização foi problemático, mas deixou poucas sequelas na vida dos atuais povos
africanos.
b) a porção saariana possui o pior nível de vida.
c) a África participou apenas marginalmente na história mundial do período pós-II Guerra.
d) o processo de colonização permitirá que a África aumente a participação na economia mundial.
e) a dispersão de doenças infectocontagiosas é uma das mais nefastas heranças da colonização europeia.

14ª QUESTÃO: Leia as afirmações:


2. Até 1880, o controle do território africano pelos europeus limitava-se ao litoral e a algumas ilhas do
Atlântico.
5. De 1880 a 1914, todo o território africano esteve sob o domínio europeu, com exceção da Libéria e da
Etiópia.
7. A Libéria escapou da dominação europeia por ter sido fundada, em 1847, por ex-escravos dos EUA.
8. O Império da Etiópia manteve-se independente, derrotando os italianos (1896).
9. No final da Segunda Guerra Mundial, apenas quatro países eram independentes na África: Libéria, Etiópia,
Egito e União Sul-Africana.
10. O período de maior descolonização na África ocorreu entre 1957 e 1975.
A soma das opções corretas é
a) 7
b) 14
c) 22
d) 32
e) 41

15ª QUESTÃO: A descolonização não permitiu, por si só, que as novas nações superassem o
subdesenvolvimento ou resolvessem seus problemas sociais, econômicos e políticos, por várias razões,
exceto:
a) porque não se constrói um país em curto espaço de tempo.
b) por causa da desestruturação do sistema produtivo das ex-colônias, em virtude da penetração do
colonialismo e do capitalismo.
c) em razão da permanência da divisão internacional do trabalho ou da produção, mesmo após a
descolonização.
d) em razão da permanência das classes dirigentes locais em estreita aliança com grupos econômicos
estrangeiros que resistem a mudanças e procuram manter seus privilégios.
e) porque a independência política foi seguida pela independência econômica.

2ª PP de Geografia / 9º ano / Edvaldo de Oliveira/ Pág. 8

Você também pode gostar